Jornal
O
INDEPENDENTE
e
Revista
ACONTECE
3281-1077
Edição Nº 741
- De 19/11 a 25/11 de 2015
Prefeitura e Câmara comemoram
dia da Consciência Negra
Palestra, lançamento
de livro e roda de
capoeira marcaram a
cerimônia que celebra
a data da morte de
Zumbi do Palmares
Numa parceria entre a
Prefeitura e a Câmara municipal, o dia nacional da
consciência negra, em Tupaciguara, abriu espaço
para debater a força dos
movimentos negros.
O evento aconteceu na
Câmara de vereadores e
contou com a presença do
presidente da Casa - Jerominho, do vereador Marcos Preto, da Prefeita Edilamar Novais, da Secretaria de Cultura e Comunicação - Rosália Prudente,
do presidente do Núcleo
de Cultura UNI RAÇAS
- Horácio Costa Leite,
do palestrante Sebastião
Francisco Ribeiro, do autor do Livro “O Romântico livro das comparações”
– Joao Vieira Nunes, grupos de capoeira, do gestor
cultural Cláudio Scaparo,
do secretário de esportes,
João Cláudio Costa, entre
outras autoridades.
A abertura da cerimônia
registrou o histórico da trajetória da data e o vereador
Marco Preto saudou os pavilhões.
A palestra com o tema:
Racismo e discriminação
racial, dirigida pelo Sr. Sebastião Francisco, apontou
os diversos caminhos percorridos pela luta do negro
no Brasil e no mundo, mas
também chamou a atenção
para a união dos movimentos negros, inclusive em Tupaciguara.
A Secretária municipal
de Cultura, Rosália Prudente, abriu a fala das autoridades, usando as palavras
“resiliência e amor” numa
analogia do atual momento no Brasil, com a história
do negro, na necessidade do
uso da capacidade de se recuperar de situações de crise
e aprender com ela. “È preciso aprender com a dor e
acredito que quando a substituímos pelo amor, passamos pelas dificuldades com
mais leveza e vitórias, vejo
isso na trajetória do negro”,
falou a secretária.
O vereador Marcos Preto citou nomes na luta contra a discriminação racial e
reafirmou seu compromisso
de legislador em projetos
que tragam benefícios para
a comunidade negra de Tupaciguara. “No próximo
ano, faremos uma festa na
Igreja do Rosário para comemorarmos esta data e a
festa será grande para mostrar a força do nosso legado
à história de nosso país”,
disse Marcos Preto.
Para o presidente da Câmara, vereador Jerominho,
a data não poderia deixar de
ser comemorada e parabenizou a Prefeita Edilamar pela
iniciativa, reafirmando a
parceria da Câmara em projetos como este, que são de
interesse da comunidade.
A Prefeita Edilamar
lembrou a criação da divisão de igualdade racial
em seu primeiro mandato
e falou de como essa data
já foi comemorada. “Queríamos realizar um evento
muito maior, comemorando esta data como fazíamos
no meu primeiro mandato,
só que o momento não nos
permitiu. Mas, nada nos
impede de lembrar este importante dia e discutir sobre
ele. Não podemos deixar
passar em branco uma luta,
que deve ser de todos, para
acabar com as diferenças e
preconceitos que o negro
ainda enfrenta”, discursou
a prefeita de Tupaciguara.
Logo após as falas das
autoridades, aconteceu o
lançamento oficial do Livro “O Romântico livro das
comparações”. O autor, S.
João Vieira, falou emocionado sobre a obra, agradecendo a oportunidade de ter
uma publicação sua lançada
oficialmente na cidade que
tanta ama e leu um trecho do
livro que fala sobre preconceitos e quebras de tabus.
O evento foi encerrado
com uma roda de capoeira,
dirigida pelo mestre Rocha,
do grupo de Capoeira Brasil.
Prefeitura promove “Roda
de Conversa” para alertar
sobre o câncer de próstata
Na última sexta-feira
(20), a prefeitura de Tupaciguara, através da Secretaria de Saúde, promoveu
uma “Roda de conversa”.
Esta ação é parte de
várias outras que estão
acontecendo na Campanha “Novembro Azul”
de 2015. Novembro azul
é uma campanha voltada
para o público masculino,
que alerta para a prevenção
do câncer de próstata.
Enfermeiro Jerominho entrega
Moção de Aplauso a Banda
Para se ter uma ideia, de
acordo com estudo realizado neste ano pela Sociedade Brasileira de Urologia
(SBU), 51% dos homens
nunca chegaram a consultar um urologista. Por outro lado, a estimativa é de
que surjam 7,8 novos casos de câncer de próstata a
cada hora.
Segundo a Secretaria
municipal de Saúde, os
maiores problemas para
fazer o exame são com
certeza o preconceito e o
medo. Mas, diferentemente do que se costuma imaginar, o exame de toque
retal não é a única alternativa para ajudar a diagnosticar a doença. Além dele,
é possível realizar uma
ultrassonografia da região
e fazer a medição do Antígeno Prostático Específico, a partir de exame de
sangue.
O evento aconteceu no
auditório da prefeitura, as
quatro da tarde e contou
com a participação do médico Dr.Célio Queiroz de
Souza, que é Urologista.
Durante o encontro, várias perguntas foram surgindo e esclarecidas pelo urologista que falou também
sobre a detecção precoce do
câncer de próstata, câncer
no pênis e dos exames que
devem ser realizados.
Funcionários da Secretaria municipal de Saúde
também participaram do
evento.
Vereador Licim apresenta proposta
à Lei Orçamentária do Município
O vereador e presidente
da Câmara, Enfermeiro Jerônimo, realizou a entrega
de uma honraria à Banda de
Música Clarins de Jerusalém,
da Igreja Assembleia de Deus
Missão, do Pastor Marco Aurélio Menezes. A orquestra
compareceu ao Plenário na
última segunda-feira (23) e
realizou uma apresentação
emocionante aos vereadores
e público presente. O objetivo foi dar o devido reconhecimento aos músicos, que tanto
se dedicam com o propósito
de levar boa música à Igreja e
à população.
Fundada em 1984 pelo
Maestro Sebastião Vanderlei Alves, a Banda Clarins
de Jerusalém tem 44 componentes, além dos dois maestros, Reginaldo Lopes Silva
e Gleisson Alves Cardoso.
A faixa etária dos participantes é variada: crianças,
adultos e até idosos são os
responsáveis por ensaiar e
fazer belas apresentações.
Em sua fala, o vereador
Enfermeiro Jerominho ressaltou a grande importância
que é apresentar a música às
crianças e construir todo um
trabalho social envolvendo
música. Além disso, mostrou o quão feliz estava em
poder entregar a eles esta
honraria e em apresentar a
mais pessoas o excelente
trabalho feito pela Banda
Clarins de Jerusalémp.
Vereador Ulisses Santana Júnior - Licim
O Orçamento da Câmara é de até 7% do orçamento do Município, sendo assim eu proponho que
passe a ser de até 5%, onde
esses 2% do orçamento do
município que serão economizados e significam
mais de 800 mil reais podem ser voltados para a
saúde, educação, entre outros. Entendo que isso não
trará prejuízo nenhum para
o bom andamento da Câmara Municipal, pois basta se fazer simplesmente
um ajuste administrativo,
como todos nós, empresa
ou pessoa física estamos
fazendo isso. Entendo ser
essa uma das maneiras,
onde nós vereadores daremos mais condições para
que o Município cumpra
com suas obrigações e uma
das soluções para enfrentarmos a crise que o país
vem passando e para que
esta proposta seja aprovada, não depende apenas
do meu voto, mas sim da
maioria dos vereadores,
por isso converse com seu
vereador, pois a Lei Orçamentária para 2016 já
se encontra aqui no Poder
Legislativo.
TODA COMUNIDADE PODE APRESENTAR
PROPOSTA NO ORÇAMENTO, SE ACHAR
JUSTO A MINHA, ME
AJUDE CONVERSANDO COM SEU VEREADOR!
Vereador Ulisses
Santana Júnior
Licim
2 JORNAL O INDEPENDENTE
De 19/11 a 25/11 de 2015
Sem dó, nem piedade
Nos últimos 6 anos, como deputado estadual e participando ativamente nos governos Aécio, Anastasia e Alberto Pinto Coelho pude acompanhar de perto a realidade
da assistência médica aos servidores de Minas Gerais e
me empenhei em fazer valer o direito de mais de 20 mil
servidores da região de Uberlândia, que pagavam por um
convênio que não os atendia.
Em 2009, em meio as antigas dificuldades do Instituto
de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais
depois de muita luta, consegui junto ao Ipsemg o credenciamento do Hospital Madrecor em Uberlândia, fazendo
com que em pouco mais de um ano, centenas de cirurgias
e procedimentos represados fossem feitos, fazendo valer
o direito do servidor e seus dependentes, num universo
estimado em 60 mil pessoas.
Nestes 6 anos, acompanhei o crescimento dos convênios,
a ampliação da oferta de serviços em odontologia, exames
laboratoriais e outros, além da modernização do atendimento
burocrático do próprio Instituto em sua sede na cidade.
Em 2014, conseguimos credenciar o Hospital Santa
Catarina, evitando que os que pagam religiosamente o
Ipsemg ficassem sem o atendimento, já que o Madrecor
optou por não dar sequência ao convênio.
Ainda em 2014, os balanços do Ipsemg revelaram investimentos de mais de R$ 34 milhões na região, beneficiando Uberlândia e mais 25 cidades, como Araguari,
Ituiutaba, Patrocínio e Monte Carmelo entre outras.
Interessante destacar que dos R$ 34 milhões investidos
na região pelo Instituto, mais de R$ 18 milhões se referem apenas o custeio hospitalar em Uberlândia, ou seja,
mais da metade contemplou as unidades hospitalares da
cidade.
O governo Petista que sempre criticou, sempre questionou e nunca ajudou em nada, brinda-nos agora com a
Mística e Evangelização
Por Pe.William Eurípedes Garcia
QUANDO DEUS DORME
O vento estava forte e anunciava uma tempestade no
mar da Galiléia, o barulho que ele fazia assustava a todos, e a água quase cobria a barca onde os discípulos e
Jesus estavam, a ação do vento castigava o mar e consequentemente a embarcação que despertava um medo
absal nos discípulos, tinham receio de perecerem ali no
meio daquela tempestade sinistra.
Jesus estava dormindo e não havia presenciado a formação da tempestade de que tanto incomodava os discípulos, eles não sabiam o que fazer a não ser acordar o
mestre de seu sono sagrado para salvá-los daquela situação delicada e perigosa.
O desespero tomava conta daquela pequena tripulação de homens sem fé que se lançaram ao mar, mas eis
que Jesus é despertado e se depara com aquele contexto
conturbado e cheio de medo, onde os discípulos se debatiam em desespero diante do mar revoltado e de uma
tempestade violenta.
A natureza ali manifesta a sua força, a sua bravura,
quer impor-se diante daqueles amedrontados navegadores que acompanhavam o Senhor em sua missão, mas a
palavra de Jesus tinha mais força e poder que os fenômenos da natureza e ele simplesmente dá ordens ao vento e à fúria das águas e tudo imediatamente se acalma,
impressionante, os discípulos ficam admirados nunca tinham visto nada igual, presenciaram a glória do
Senhor.
Jesus critica a falta de fé de seus discípulos que se
deixaram levar pelo desespero e pela aflição de serem sucumbidos pelas águas. Deus estava com eles não precisavam perder a fé, e assim é com cada pessoa humana que
confia na presença de Deus em sua vida, ao seu lado.
Jesus não nos deixa afogar nas águas do mar da vida,
por maior que seja a tempestade, por mais açoites que
possa dar o vento, não estamos sozinhos no barco da nossa existência, ele está conosco e espera de nós a confiança precisa, o amor extremo e a fé inabalável.
A tempestade açoita com o seu vento, as águas do
mar que podem afundar o barco... Mas não o barco onde
Deus está.
to aos que constroem este estado.
Neste momento deveríamos ter tanto o Madrecor e o
Santa Catarina, prestando o atendimento como ocorria há
um ano, antes do governo Petista.
Neste primeiro ano o Governo Fernando Pimentel se
mostra perdido e sem rumo, ao aumentar impostos e mais
impostos, reduzir benefícios e sonegar direitos dos próprios servidores.
Como diriam os mineiros de corpo e alma, saudáveis
nas suas intenções, o Governo de Minas não tem dó,
nem piedade....
Luiz Humberto Carneiro – Deputado Estadual PSDB
Ajude-nos a divulgar Tupaciguara, fazendo uma assinatura do jornal.
Com a sua participação direta conseguiremos noticiar o que acontece
na Terra da Mãe de Deus.
Ligue ainda hoje e assine o jornal por 6 meses, por apenas R$ 40,00,
pelo telefone 3281-1077.
Deputado Luiz Humberto Carneiro
interrupção total do atendimento médico-hospitalar em
Uberlândia, desamparando e lesando o servidor que paga
e se vê abandonado nos seus direitos.
Contribui diretamente para superlotar a rede pública de
saúde, ampliando o sofrimento dos que dela dependem.
Como um parasita do presente, aniquila o futuro de
muitos e age como bactéria a destruir a esperança do povo
mineiro.
Hora então de unirmos forças e darmos um basta aos
que só sabem criticar, se beneficiam de falsas promessas e
ao conquistarem o poder, provam toda a sua incompetência sem se importar com o sofrimento da população.
Quem prometeu melhorar e ampliar, sequer consegue
manter os benefícios que foram conquistados gradativamente dentro do diálogo, do estudo detalhado e do respei-
COOPERATIVA AGROPECUÁRIA
LTDA. DE UBERLÂNDIA - CALU
Associação Atlética União da Granja
Torneio José Antônio de Castro
Resultados
WM/Rede G2 1 X 2 Macaúba
Café Mesmo 3 X 4 Real Madri/Edinho Artes Gráficas
Scala Tupã 1 X 0 Semensol
Campeonato Amador de Tupaciguara
CNPJ/MF 25.632.183/0001-99
NIRE 3140001373-3
AVISO DE CANCELAMENTO
DO EDITAL DE CONVOCAÇÃO
DE ASSEMBLÉIA GERAL
EXTRAORDINÁRIA
O Presidente da Cooperativa Agropecuária Ltda. de
Uberlândia – CALU, no uso das atribuições que lhe
confere o Estatuto Social, informa aos Senhores Cooperados acerca do CANCELAMENTO da Assembleia
Geral Extraordinária que ocorreria no dia 27 de novembro de 2015, às 12h00min, no Salão de Eventos do
seu novo Laticínio, situado na Rua Geraldo Moreira e
Silva, s/nº, Lote 03, Distrito Industrial, nesta cidade de
Uberlândia/MG, cujas ordens do dia consistiam na deliberação sobre a proposta de aumento do capital social
por chamada com subscrição de quotas e alienação de
bens imóveis.
A desconvocação da Assembleia Geral Extraordinária foi deliberada pelo Conselho de Administração da
Cooperativa em reunião realizada em 19 de Novembro
de 2015.
Em razão do cancelamento da Assembleia Geral
Extraordinária, fica sem efeito o Edital de Convocação
publicado nos jornais Correio de Uberlândia, Jornal do
Pontal e Jornal O Independente, edição do dia 18 de novembro de 2015.
Uberlândia-MG, 20 de Novembro de 2015.
Cenyldes Moura Vieira
Presidente
Teve início neste sábado (21) o Campeonato Amador de
Futebol de campo.
Com 8 equipes, divididas em duas chaves de quatro,
sendo uma chave enfrentando a outra, classificam-se
duas de cada para a semifinal.
O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Tupaciguara, através da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer
e Promoção e Juventude.
As partidas acontecem no Estádio Abdala José da Silva.
Resultados:
Dinterin/Diretoria 2 X 3 União Materiais para Construção
Hewoc Construtora/Dinterintontin 8 X 1 Agrotocha/M
Vale (Base)
TTC 0 X 3 Vasco Agrotocha/M Vale 1 X 0 AAT
Próximos jogos:
28/11(Sábado)
14 h Agrotocha/M Vale X TTC;
16 h Vasco X Hewoc Construtora/Dinterintontin.
29/11(Domingo)
08:00 Agrotocha/M Vale X Dinterin/Diretoria;
10:00 AAT X União Materiais para Construção.
Oração aos 3 Anjos da Guarda
São Miguel Arcanjo, glorioso príncipe do Céu, protetor
das almas eu vos chamo para
que me livres de todos os inimigos e de todo pecado e me faça
progredir na vida e no serviço
de Deus dando-me a graça de
perseverar sempre. Amém.
São Gabriel glorioso
Anjo Fortaleza de Deus, eu
vos chamo para que me alcance do Pai todas as forças, para desprezar o mundo, vencer o demônio, dominar todos os males, até o
fim da minha vida. Amém.
São Rafael, glorioso Anjo
da saúde eu vos chamo para
que cure todas as minhas enfermidades, toda cegueira do
meu corpo e da minha alma
e me ajude a fugir dos pecados que só fazem o mal para
o cristão. Amém.
Uma Devota
EXPEDIENTE
Diretor Responsável: Gilberto Motta
Diretora Comercial:
Rosânia Márcia Silva Motta
Redação e Reportagem:
Gilberto Motta
Colaboração editorial
Henrique Mendes
Rosânia Márcia Silva Motta - ME
Rua José Primo de Azevedo, 309
Bairro Nova Esperança
Fone: (34) 3281-1077
Celular: (34) 9973-7175 - (34) 9992-3406
CGC 17.378.862/0001-55
Venda Avulsa R$ 2,00
Assinatura Semestral:
TUPACIGUARA R$ 40,00
ARAPORÃ
R$ 40,00
OUTROS LOCAIS R$ 120,00
[email protected]
site: oindependentetupa.com.br
REDAÇÃO:
Rua Rodrigo do Vale, 79 - Centro
Tiragem: 3.500 exemplares
Circulação: Tupaciguara e Araporã
Informativo Independente fundado em 17 de Março de 1978,
Registrado no CRCPJ, no Livro B-01, sob nº 001, Folha 001.
Toda matéria assinada é de inteira responsabilidade de seu autor e não
configura a opinião do Jornal.
JORNAL O INDEPENDENTE 3
De 19/11 a 25/11 de 2015
Sindicato Rural de Tupaciguara apresenta
novos convênios para auxiliar o produtor rural
Com o firme propósito
de levar adiante a política
de estar sempre ao lado do
produtor rural, assim como
de buscar meios para que
benefícios sejam carreados
a seu favor, a Diretoria do
Sindicato Rural de Tupaciguara fechou recentemente importantes parcerias
com as empresas SCJ Assessoria e Consultoria em
Segurança do Trabalho e a
BioConsult Projetos Ambientais, as quais passam
a dar total assistência, em
seus segmentos de atuação, aos produtores filiados ao Sindicato Rural de
Tupaciguara.
O reforço destes novos
projetos de atuação do Sindicato Rural foi feito, nesta
segunda-feira (23), através
de um delicioso café da manhã oferecido pelo sindicato,
oportunidade em que os seus
associados puderam conhecer de perto mais informações destes novos serviços
que a entidade classista passa a oferecer aos produtores
de Minas Gerais, o diretor
da BioConsult, Rafael Silva Motta, fez uma breve
explanação deste importante convênio que foi firmado
com o Sindicato Rural, que
visa contribuir ainda mais
com os seus associados,
assim como os benefícios
que o produtor irá alcançar, graças à ação positiva
e competente do presidente
do Sindicato Rural de Tupaciguara, Carlito Lemes
da Silva, que está amplamente apoiado por todos os
integrantes da diretoria da
entidade.
Carlito Lemes, por sua
Juberson expondo a importância da integração do produtor às Leis Trabalhistas
rurais de Tupaciguara.
Representando a SCJ
Assessoria e Consultoria
em Segurança do Trabalho, o consultor técnico
Juberson dos Santos Melo
falou aos produtores presentes sobre segurança do
trabalho, destacando a im-
associado do Sindicato. Na
oportunidade foram entregues os primeiros PPRAs
– Programas Prevenção de
Riscos Ambientais feitos
através do convênio.
Outra grande conquista
alcançada foi o convênio
firmado com a empresa
BioConsult Projetos Ambientais com o Sindicato
Rural de Tupaciguara, que
já está oferecendo aos produtores rurais, associados
do Sindicato, descontos
especiais na realização de
averbação de reservas, outorga de água e em vários
outros serviços ambientais,
como na emissão do Cadastro Ambiental Rural – CAR.
Para explicar a necessidade
de o produtor rural estar em
dia com as leis que regem
o meio ambiente no Estado
Carlito Lemes falado aos produtores sobre o encontro
portância de os produtores
buscarem se adequar as
normas cobradas pelas Leis
Trabalhistas em vigor, para
que não sejam pegos de
surpresas e com irregularidades em suas propriedades pelos fiscais do Ministério do Trabalho. Juberson
enfatizou que isto deve ser
feito o mais breve possível,
tendo em vista que as penalidades por irregularidades
encontradas na relação do
empregado com o empregador são muito onerosas
para o produtor rural.
Juberson fez um preâmbulo dos documentos que
a sua empresa estará oferecendo ao produtor através
do convênio firmado com
o Sindicato Rural. Destacase que o PPRA será oferecido sem qualquer custo ao
Rafael Motta expondo aos produtores pontos inportantes do convênio
Produtores rurais que receberam os primeiros PPRAs
Celebração pela Paz acontecerá em Tupaciguara
No próximo dia 29 (domingo) a Paróquia Nossa
Senhora da Abadia realizará uma Missa Pela Paz às 18
horas na Igreja Nossa Senhora de Fátima, localizada
na Rua Rodrigo do Vale,
Centro. Essa ação litúrgica
é uma realização do Grupo
de Jovens U.V.A juntamente com o Padre William e a
Pastoral da Comunicação.
Segundo os organizadores essa celebração será
uma forma de unir as orações e pedir por um mundo
melhor, por um mundo com
mais paz e menos guerra, “Pensamos em realizar
essa liturgia com resposta
ao que vêm acontecendo
pelo mundo, os atentados, o
rompimento das barragens,
as guerras que não sabemos
e não vemos, a fome do
vez, destacou o trabalho
que hoje o Sindicato Rural
de Tupaciguara vem prestando aos seus associados,
cumprindo o seu importante papel de representante
e defensor dos interesses
da classe ruralista tupaciguarense. “Este é mais um
importante trabalho que a
diretoria do Sindicato Rural presta aos seus associados. Defender o produtor rural é nossa obrigação
e oferecer meios para que
esta defesa seja eficiente e
eficaz sempre foi a meta
da diretoria”, disse Carlito
Lemes.
mundo, a desigualdade social, então concluímos que
precisamos rezar juntos
para pedir a Deus todo poderoso mais graças e mais
benções pra Tupaciguara e
para o mundo”, relata o Pároco William Garcia.
Antes da celebração, por
volta das 17 horas o grupo
de jovens rezará, com todos os presentes, um terço
pedindo a paz por Tupaciguara e pelo mundo, solicitando menos guerra e mais
amor entre os povos.
Assim, a Paróquia Nossa
Senhora da Abadia, através
da Pastoral da Comunicação e do Grupo de Jovens
convida a todos os Tupaciguarenses para participarem juntos desse ato de fé
e amor no qual solicitarão a
Paz no mundo.
Bioenergética Aroeira esteve
presente no 8° Congresso
Nacional da Bioenergia - Onde
a inteligência do setor se reúne!
Bioenergética
Aroeira participou do 8° Congresso Nacional
da Bioenergia,
promovido pela
UDOP e a STAB
- Sociedade dos
Técnicos do Setor Sucroenergético nos dias 11 e 12 de
novembro de 2015. O evento foi realizado no Centro Universitário Unisalesiano, em Araçatuba/SP, concomitante
aos 40 anos do ProÁlcool e dos 30 anos da UDOP.
O Congresso é referência no assunto troca de experiências entre os participantes e traz aos congressistas
novos conceitos, tecnologias e sistemas de produção
altamente aplicáveis ao dia a dia das usinas, divididos
nas áreas de maior impacto das unidades: Administrativa/Financeira; Agrícola; Biomassa e Novos Produtos;
Comunicação; Controladoria, Planejamento e Custos;
Direito do Agronegócio; Industrial; Inovações Tecnológicas em Etanol de Milho; Mercado, Comercialização e
Logística; Recursos Humanos; Saúde, Segurança e Meio
Ambiente do Trabalho; Tecnologia da Informação.
Durante o evento foram comemorados os 30 anos
de fundação da UDOP, com uma placa alusiva à data,
além da realização de um debate em homenagem aos
40 anos do Programa Nacional do Álcool (Proálcool),
com a participação do presidente da UDOP, Celso Junqueira Franco; Luiz Carlos Correa Carvalho (Abag);
Genésio Lemos Couto, vice-presidente de Pessoas,
Sustentabilidade e Comunicação do grupo Odebrecht
Agroindustrial; Luiz Roberto Pogetti, presidente do
Conselho Deliberativo da Unica(SP); Guilherme Nastari e Plínio Nastari, da Datagro; o empresário, Maurílio Biagi Filho; o presidente da Câmara Setorial do
Açúcar e do Álcool, Ismael Perina; Jacir Costa Filho
(Tereos) e André Rocha, Presidente do Fórum Nacional Sucroenergético (FNS).
Sem sombra de dúvidas todos os participantes voltaram munidos de informações altamente relevantes a
cada área, e que acrescentarão na tomada de decisão e
melhoria do setor.
“Aroeira e Você Trabalhando Para um
Futuro Melhor!”
4 JORNAL O INDEPENDENTE
Doce de abóbora com coco
Rende: 1 pote médio
De 19/11 a 25/11 de 2015
FÉRIAS DO VERÃO
Férias de verão e o “Cidadão” realiza uma ultrapassagem de alto risco em pista dupla numa dessas rodovias
do Litoral.
Logo em seguida é abordado por umas destas “Blazer”
da Polícia Rodoviária e o Guarda diz:
Bonito, Hein?
E o proprietário do Velho Maverick caindo aos pedaços
responde com ironia:
BONITO E VELOZ!!!
Ingredientes:
• 2 kg de abóbora bem vermelha
• Água suficiente para cozinhá-la
• 800 g de açúcar cristal
• 4 xícaras de água
• Cravo e canela em pau a gosto
• 1 pacote (100g) de coco ralado
Modo de preparo:
Preparo:20mins › Cozimento: 30mins › Pronto
em:50mins
1. Descasque e corte a abóbora em pedaços. Em uma
panela cozinhe com água em fogo alto. Depois de
cozinhadas escorra em uma peneira e depois amasse
com um garfo.
2. Numa panela, prepare uma calda com o açúcar e as
4 xícaras de água até ficar em ponto de pérola.
3. Acrescente a abóbora amassada e mexa deixando
ferver até ficar transaparente.
4. Acrescente o coco, mexa e retire do fogo. Sirva
frio, de preferência dentro de uma compoteira.
O vendedor não entendeu nada e disse: O quê?
Eu quero um ENIS!
Estranhando o sujeito, o vendedor entrou na loja e chamou um crioulo 3×2, que
era o gerente. Este dirigiu se ao freguês: Pois não?
Eu quero um ENIS!
O gerente sorriu e levou o freguês para dentro de sua
sala. Rapidamente baixou as calças e sorriu de novo. O
fanho gritou:
Eu disse que queria um ENIS, não um KICHUTE!
VIRGEM SANTISSIMA
Um camponês passa junto a uma lápide onde se lê: “Aqui jaz
um advogado, um homem honrado, um homem íntegro.”
O camponês exclama, assustado:Virgem santíssima! Enterraram três homens na mesma sepultura!
Incrédulo, o Policial olha para dentro do carro e pergunESTELIONATO
ta para a esposa do maluco:
Um aluno de Direito é chamado pelo professor para um
Seu marido é sempre “engraçado” assim?
exame oral: O que é estelionato?
Só quando embriagado, seu Guarda! (responde)
Responde o aluno:
O Policial da mais uma outra verificada por dentro do
É o que o sr. professor está fazendo.
carro e percebe que a esposa do maluco
O professor, muito indignado:
está carregando uma Criança de 4 anos na frente e atrás
Ora essa, explique se!
do veículo está a sogra do proprietário do Maverick;
Diz o aluno:
O policial pergunta novamente:
Segundo o Código Penal, comete estelionato todo aquele
Me diz uma coisa…CADÊ O CINTO DE SEGURANÇA ?
que se aproveita da ignorância do outro para prejudica-lo.
Está lá atrás no porta-malas amarrando meus botijões de
gás!!! (responde a sogra).
Muito irritado o Policial resume:
Bom… se é desse jeito…
eu vou ter que tirar a carteira do Seu marido!
A esposa conclui:
Libra (23/9 a 22/10)
É bom mesmo seu guarda,
Como está o seu signo na
faz 15 anos que ele tá tentanDo caos virá a ordem, tenha certeza
semana de 25/11 a 01/12/15 disso. Diante do panorama com que você
do tirá la e não consegue!
tem de lidar agora, o qual é bem distante
do que você apreciaria, mantenha a calma,
FANHO NA
pois, tudo está melhor do que parece. A orÁries (21/3 a 20/4)
LOJA DE
dem está renascendo.
HORÓSCOPO
CALÇADOS
O fanho entrou em uma
loja de calçados e pediu:
Eu quero um enis…
Considere com carinho as sugestões que
você receba hoje, mesmo que essas contraEscorpião (23/10 a 21/11)
digam suas necessidades e vontades. Uma
Faça movimentos discretos, mas sem
mudança de estratégia seria bem-vinda
péssimas
intenções envolvidas, pois isso
nesta parte do caminho, mas a decisão está
jogaria por terra todos seus esforços. Faça
em suas mãos.
movimentos discretos para beneficiar as
pessoas sem que elas sejam conscientes
Touro (21/4 a 20/5)
disso.
O tempo não pode faltar nem sobrar,
Sagitário (22/11 a 21/12)
porque não é uma coisa. O tempo é uma
experiência mental, encurta de acordo com
As coisas não estão do jeito que você
seu nível de ansiedade e se alonga quando gostaria, porém, neste momento se aproxivocê se encontra em estado de paz e tran- mam o máximo possível daquilo que sigquilidade.
nificaria uma arrumação básica para que,
nos próximos meses, você possa continuar
avançando.
Gêmeos (21/5 a 20/6)
Tenha em mente que você precisará adaptar seus planos às circunstâncias
reinantes e que, por essas serem bastante
dominantes, talvez chegue a hora em que
tudo pareça completamente diferente do
que você planejou.
Câncer (21/6 a 20/7
Capricórnio (22/12 a 20/1)
Envolva seu coração e mente na resolução das tarefas que estão em pauta na
atualidade. Trata-las com tédio ou descaso só complicaria sua situação e, a essa
altura do ano, não seria nada propícia essa
atitude.
Pequenos assuntos podem ser discutiAquário (21/1 a 19/2)
dos com tranquilidade, mas se você tiver
assuntos muito importantes em pauta, proAs sugestões que você anda recebendo
cure dividi-los em tópicos para, assim, ter
chance de discutir com clareza cada um vão na mão contrária do que você imaginaria ser eficiente. Porém, talvez esta seja
dos detalhes.
a hora de você dar uma chance às diferenças e colocar em prática o contraditório, só
Leão (21/7 a 22/8)
para experimentar.
Ofereça generosa atenção aos distúrbios
Peixes (20/2 a 20/3)
familiares, porque esses vêm pelo bem de
se resolverem, ou pelo menos se aproxiAinda que esteja tudo de pernas para o
marem disso. Porém, nada acontece por si ar, sua alma é capaz de enxergar que há
só, ofereça você a sua atenção e preste o uma ordem se infiltrando em todos os asserviço necessário.
suntos que sofrem descontrole e que, por
isso, produzem tranquilidade onde antes
havia angústia.
Virgem (23/8 a 22/9)
Nada, nunca, será absolutamente certo e
previsível, principalmente quando houver
outras pessoas envolvidas na empreitada.
É que as pessoas podem, pois são livres,
mudar de ideia a qualquer momento. Assim é.
ASSINATURA SEMESTRAL: R$ 40,00
Faça a sua pelo telefone: 3281-3940
JORNAL O INDEPENDENTE 5
De 19/11 a 25/11 de 2015
´
agropecuaria
Resistência: Manejo adequado
é a chave para sustentabilidade
da atividade agrícola
Para superar o desafio
de obter alimentos, fibras
e agroenergia para atender
as demandas crescentes do
mundo moderno, os programas de melhoramento
genético
desenvolveram
cultivares altamente produtivas. O problema é que,
além do ser humano, outras
espécies tiraram vantagem
dessa situação, tais como
insetos, ácaros, fungos e
plantas invasoras. A ampla oferta de alimento e
condições propícias ao seu
desenvolvimento fizeram
com que esses organismos
se multiplicassem e atingissem status de pragas.
Isso aumentou o custo de
produção e obrigou, muitas
vezes, o produtor a buscar
novas áreas para cultivo.
“O estado de São Paulo era
um grande produtor de algodão, mas a entrada e os
níveis críticos da população do bicudo-do-algodoeiro forçaram o produtor a
cultivar em outras regiões
do Brasil”, comenta Luís
Carlos Ribeiro, gerente técnico e de regulamentação
estadual da Associação Nacional de Defesa Vegetal
(ANDEF).
Situações como esta
levaram governo e setor
privado a investir pesadamente no desenvolvimento de novas tecnologias e
processos para combater as
pragas, tais como cultivares
com propriedades de resistência, métodos culturais,
agroquímicos, organismos
de controle biológico e modificações no sistema de
produção, além de medidas
legislativas como o vazio
sanitário. Mas isso resolve
o problema apenas temporariamente. “As pragas
são, por definição, espécies
dotadas de alta capacidade
de reprodução e de adaptação. Isso significa que, na
população, sempre há uma
pequena proporção de indivíduos que vai sobreviver
diante de um novo método
de controle e que, mantida a
pressão de seleção, os descendentes desses poucos indivíduos vão se reproduzir
mais abundantemente e a
população se tornará resistente”, explica o professor
Edivaldo Velini, da Universidade Estadual Paulista
(UNESP). “A resistência
é a norma, não a exceção.
O que nós podemos fazer é
adotar as práticas adequadas para retardar ao máximo essa resistência”, complementa Velini.
O manejo da resistência
a métodos de controle é um
assunto multidisciplinar e
que envolve desde os conhecimentos sobre a biologia básica da praga, sobre
os modos de ação dos métodos de controle, as práticas de cultivo e o conhecimento a legislação vigente.
“Naturalmente, quando se
fala em resistência, a primeira ideia que vem à cabeça é o controle químico,
mas a resistência acontece
com qualquer método de
Cultivo de peixes ornamentais gera
renda e qualidade de vida
O retorno da piscicultura
em Patrocínio de Muriaé já
empata com a bovinocultura
de leite. Atividade deve ser a
principal fonte econômica no
futuro
A criação de peixes ornamentais tornou a cidade de
Patrocínio de Muriaé, na Zona
da Mata, em referência no país
no setor. Segundo a avaliação
do extensionista da EmaterMG, Cristiano Alberto Silva,
a piscicultura ornamental envolve diretamente cerca 15%
da população economicamente ativa no município.
“A atividade vem sendo
abraçada pelos jovens, filhos
dos produtores de leite, e também pela mulher rural, garantindo o envolvimento da família e evitando o êxodo rural”,
afirma Cristiano. O técnico da
Emater-MG avalia que o retorno econômico da piscicultura
já empata com a bovinocultura
de leite no município e os caminhos apontam para que seja
a principal atividade no futuro.
A história de Jardel Rezende Nascimento é um dos muitos exemplos da importância
socioeconômica da atividade
na região. Mecânico de moto
até bem pouco tempo, em Pa-
trocínio do Muriaé, ele mudou
sua trajetória e decidiu investir
na piscicultura ornamental,
depois de participar do Projeto Transformar da Emater-MG
que desenvolveu, em todo o
estado, ações de qualificação
profissional voltadas para a juventude rural.
Orientado pela EmaterMG, ele desenvolveu o projeto, buscou financiamento
de R$ 6 mil pelo Pronaf, investiu na atividade e buscou
mais qualificação para tocar o
seu negócio. Hoje, seu sustento
vem 100% da piscicultura, que
é a responsável também pela
melhoria da qualidade de vida
de toda a família. Numa área de
900 metros quadrados, com sete
estufas, e o apoio da esposa, sua
produção é de 700 peixes ornamentais por semana, comercializados em várias regiões do estado e em São Paulo, a R$ 1,10
o macho; R$ 0,20 a fêmea e a
R$ 1,30 o casal.
“Consigo viver da piscicultura e foi com ela que
conseguimos melhorar nosso
padrão de vida, ampliar o negócio de uma para sete estufas
e adquirir nosso carro, casa e
computador com internet”,
enumera Jardelp
controle”, explica Fábio
Kagi, gerente de Educação
e Treinamento da ANDEF.
Para o consultor da Fundação MT, Fabiano Siqueri,
diversos fatores contribuem
para acelerar o surgimento de linhagens resistentes
de pragas (Ver Box). “Um
fator que agrava o cenário
é a crença, por parte dos
produtores, de que a fonte
de tecnologias é infinita.
Isso está muito longe de ser
verdade. A cada ano que
passa, torna-se mais improvável a descoberta de novas
tecnologias e, para piorar, o
tempo para obter um registro torna-se cada vez mais
longo”, explica o consultor.
“Portanto, toda e qualquer
tecnologia existente deve
ser protegida, sob o risco
de não termos ferramentas para manter os níveis
de produtividade atuais”,
complementa Siqueri.
No Brasil, três grupos
de pesquisadores se organizaram para criar Comitês de Ação à Resistência
de insetos, fungos e plantas invasoras a métodos de
controle. Eles promovem
ações de pesquisa, extensão e comunicação para
promover a adoção de boas
práticas agrícolas e, assim,
prolongam a susceptibilidade de pragas a métodos
de controle. Para 2016, os
Comitês planejam realizar
um projeto de pesquisa em
parceria com a Prof. Sílvia
Helena Miranda, da Universidade de São Paulo,
sobre os impactos econômicos que a resistência tem
para o país.
Segundo a prof. Sílvia,
o produtor precisa ser esclarecido sobre perdas no
longo prazo associadas à
resistência. “Elas incluem,
entre outras, o aumento do
custo de produção, perdas
em produtividade, realocação do uso da terra, custos
ambientais e sociais e redução de acesso a mercados”, explica a professora.
Segundo levantamento feito pela FAO em 1996, já
havia mais de 700 espécies
de pragas agrícolas para as
quais a resistência já havia sido documentada. Somente nos Estados Unidos,
estima-se que o custo anual
da resistência gira em torno de 10 bilhões de dólares.
“Estudos realizados nos
EUA demonstraram que o
benefício do uso de agroquímicos (traduzido como
perdas evitadas) é maior do
que o impacto percebido
pela sociedade (traduzido
como riscos à saúde humana e redução da qualidade
ambiental”, complementa
Miranda.
Uma agenda com os
encaminhamentos e orientações advindos do evento
será publicada pelos Comitês de Ação à Resistência.
“É preciso planejar e sair da
inércia, todavia mais diante
de problemas provocados
pelo próprio ser humano,
que são os mais difíceis
de resolver. Mudar o comportamento do produtor e,
consequentemente, o manejo empregado é o desafio
que se apresenta”, finaliza
o prof. Velini.
O workshop foi uma realização dos Comitês Brasileiros de Ação à Resistência
a Inseticidas (IRAC-BR),
Fungicidas (FRAC-BR) e
Herbicidas
(HRAC-BR),
com apoio da Associação
Nacional de Defesa Vegetal
(Andef) e do Sindiveg, e com
organização da Agropec.
Mercado do frango
vivo segue estável,
porém firme
Os preços do frango vivo
seguem firmes e estáveis
em São Paulo, cotados, em
média, em R$3,10/kg. Este
é o maior valor registrado
da série.
No atacado, com o passar do mês, o consumo desaquece, abrindo espaço
para redução nos preços.
A carcaça está sendo comercializada por R$3,93/
kg, uma queda de 5,8% nos
últimos sete dias.
No varejo também foram observadas quedas.
Segundo levantamento da
Scot Consultoria, na média
de todos os cortes pesquisados, houve redução semanal de 0,5%.
Com relação às exportações, estas iniciaram bem
novembro.
A média diária de embarque de carne de frango in natura nos primeiros
nove dias úteis do mês foi
de 17,7 mil toneladas, ante
as 14,9 mil toneladas embarcadas em igual período
do ano passado.
Este fator colabora com
o cenário de firmeza do
mercado.
Fonte: Scot Consultoria
CNA e Banco do Brasil discutem
propostas para a próxima safra
Um novo modelo de seguro rural, mais recursos
para a subvenção ao prêmio de seguro e ampliação
do volume de crédito para
a safrinha, no próximo ano.
Estes foram os temas discutidos no encontro entre
o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João
Martins, e o vice-presidente de Agronegócio e Micro
e Pequenas Empresas do
Banco do Brasil (BB), Osmar Dias, na última quintafeira (19/11), na sede da
CNA, em Brasília.
Para João Martins, com
um modelo eficiente de seguro rural, o produtor terá
mais tranquilidade para
planejar sua safra e procurar fontes mais baratas de
recursos. “Tudo o que o
produtor rural quer é ter a
certeza de que vai ter recursos para plantar e que vai
ter o seguro”, disse o presi-
dente da CNA, ao defender
as propostas. Além de um
modelo que leve em conta
as peculiaridades da atividade agropecuária e proteja
a renda do produtor, o setor
também defende mais recursos para a subvenção ao
prêmio para a safra do ano
que vem.
A subvenção é condição
essencial para a contratação das apólices. Para este
ano, o volume inicial de
R$ 400 milhões está esgotado, o que deixou vários
produtores sem a proteção
das lavouras. Desta forma,
a CNA defendeu ampliação do volume de recursos.
Presente ao encontro, o vice-presidente da entidade e
presidente da Federação da
Agricultura e Pecuária do
Estado de Goiás (FAEG),
José Mário Schreiner, acha
que a demanda pela subvenção tende a aumentar
por conta do crescimento
da agropecuária.
“Acreditamos que há
fontes de recursos que não
foram totalmente utilizadas que podem ser alocadas
para a subvenção”, disse
Schreiner. O vice-presidente do Banco do Brasil foi
receptivo aos pontos abordados pela CNA e se propôs a discutir alternativas
para as questões levantadas
no encontro, visando reduzir os riscos da atividade. A
ideia é promover reuniões
técnicas para a elaboração
de propostas já para a próxima safra, que possam ser
incluídas no Plano Agrícola e Pecuário do ano que
vem.
Participaram do encontro o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Rio Grande do Norte (FAERN), José
Álvares Vieira, o superintendente técnico da CNA,
Bruno Lucchi, o superin-
tendente de Relações Institucionais, Nelson Fraga, e
o coordenador nacional de
Assistência Técnica e Gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural
(SENAR), Matheus Ferreira. Acompanhou o vicepresidente do BB o diretor
de Agronegócio e Micro e
Pequenas Empresas da instituição, Clênio Teribele.
Fonte: CNA
Oração de Salmos
Ler, com muita fé, os
Salmos 6, 23, 26, 27, 38 e
91, três vezes no dia, durante três dias seguidos.
Faça três pedidos, sendo 2
difíceis e um impossível.
Publicar logo em seguida.
Uma Devota
JORNAL O INDEPENDENTE
De 19/11 a 25/11 de 2015
3DUWLFLSHGDVDo}HVGR3URJUDPD
¶¶3UHIHLWXUDPDLVSHUWRGHYRFr··
1RVGLDVHGHQRYHPEURDSDUWLUGDVKD3UHIHLWXUDGH7XSDFLJXDUDOHYDUi
j=RQD5XUDODo}HVGH6D~GH0HLR$PELHQWH7XULVPR&LGDGDQLDH&XOWXUD
3RYRDGRGR%ULOKDQWH
/RFDLV'DWD $VVHQWDPHQWR6mR'RPLQJRV
3RYRDGRGR%iOVDPRV
$o}HVGH6D~GH
$o}HV6RFLDLVHGH&LGDGDQLD
&ROHWDSDUDH[DPHGR3DSDQLFRODX
&DPSDQKD1RYHPEUR$]XO
2ULHQWDo}HVVREUHRWHVWHUiSLGRGH+HSDWLWH%H&
2ULHQWDomRVREUHHVFRYDomRGHQWDO
$SOLFDomRGHÀ~RUHGLVWULEXLomRGHHVFRYDVGH
GHQWHV
$WHQGLPHQWRFRPD'U*DEULHOD$SHQDVFRPRV
DJHQGDGRV
3DOHVWUDVREUHD'HQJXH
$WHQGLPHQWRDR3URJUDPD%ROVD)DPtOLDHDRV
SURJUDPDVRIHUHFLGRVSHOR&5$6H&5($6
&RUWHGH&DEHOR
'LVWULEXLomRGHPXGDVQDWLYDVGR&HUUDGR
$SUHVHQWDomRGR3URMHWR3LVFLFXOWXUDQRPXQLFtSLR
$o}HVGH&XOWXUDH(QWUHWHQLPHQWR
$SDUWLUGDVK6HVV}HVGH&LQHPD'FRP
GLVWULEXLomRJUDWXLWDGHSLSRFDHSLFROp
129(0%52$=8/
&8,'('$68$6$Ô'(
35(9,1$6(&2175$2&Ç1&(5'(35Ð67$7$
$57(1(/6217$9$5(6
$o}HVGH0HLR$PELHQWH
$o}HVGH7XULVPR
$57(1(/6217$9$5(6
6
JORNAL O INDEPENDENTE 7
De 19/11 a 25/11 de 2015
ASSUNTO RÁPIDO
Rede SINDJORI de Comunicação
Este é o nosso país?
Está escancarado pra quem quiser ver que o PT tem um
projeto para se manter no poder, vide a operação do Mensalão e agora a Lava Jato, que apura os roubos da Petrobrás. Podemos até ir além do somente “projeto de poder”,
pois ao que tudo indica há também vestígios claros de
enriquecimento ilícito de muitos dos membros. Tem sido
pontuado também que dentro do contexto das apurações
da Lava Jato tem aparecido em outras estatais esquemas
montados aos moldes do que a tinge a Petrobrás. À frente dessa operação de desmantelamento da quadrilha que
operava na Petrobrás está o juiz Federal Sergio Moro,
que a tem conduzido de uma maneira eficaz e contundente. Juntamente também a Polícia Federal e o Ministério
Público. Porém recentemente o povo brasileiro foi tomado de assalto quando viu a sua mais alta corte o Supremo
Tribunal Federal - STF - se posicionar a favor do desmembramento dos inquéritos. Como desmembrar algo,
que mais se parece uma colcha de retalhos? Onde os elos
vão se interligando e deixando pistas de um novo golpe?
Pior ainda a decisão dos ministros abre a possibilidade do
juiz Sérgio Moro perder o comando de outros processos
ligados ao esquema. O procurador-geral da República até
tentou convencer os ministros do Supremo dizendo que
“Essa investigação se dirige a uma organização criminosa que tem vários ramos e que opera de maneira uniforme
e que mesmo não envolvendo a Petrobrás, o esquema é
o mesmo:uma organização entre empresários, políticos
e operadores com desvio de dinheiro de contratos públicos”. Confesso que fiquei chocada, e me veio de pronto
a atuação de alguns dos ministros do supremo no julgamento do mensalão, onde muitos dos envolvidos saíram
quase ilesos nos processos, outros com penas tão irrisórias que nos deixou com a sensação de que ser honesto
no Brasil é ridículo. Resta-nos agora a esperança de que
surjam outros magistrados com a mesma lisura e lealdade
ao seu país como o juiz Sérgio Moro.
(Inez Valadares - Jornal Diário Boca do Povo
Sete Lagoas/MG)
Tributos
“Onde vamos parar? Não bastasse o governo federal
pedir ao Congresso a volta da CPMF, agora, me vem o
governo de Minas e aprova um aumento significativo das
alíquotas do Imposto sobre Circulação de Marcadoras e
Serviços (ICMS). Ainda para piorar, a Petrobrás autorizou
o aumento da gasolina e do óleo diesel e os postos já correram e aumentaram para nós, consumidores finais. Pior
é que, quando aumenta o preço dos combustíveis, todo o
processo de fretamento aumenta, e aí, meu amigo, vamos
ter alta de alimentos, vestuário, higiene, serviços etc. Um
problemão, enfim! Isso tudo depois do gás de cozinha chegar a R$ 65 e a energia elétrica dobrar de valor em pouquíssimo tempo. Assim posto, mais parece um apocalipse
de maldades. Tudo isso para quê ? Para tirar o Brasil da
crise que o próprio governo promoveu. Hoje mesmo, no
mercado, fiz minhas compras e voltei abatido, sentindome frustrado por pagar tantos impostos e não ter serviço
público satisfatório e ainda pagar por uma conta que não é
minha. Até quando aguentaremos? Onde vamos parar?
Wilton Ronald da Silva - Jornal Estado de Minas
Belo Horizonte/MG)
Governo Pimentel
Governo de Pimentel tem sido omisso sobre
o problema do endividamento de Minas
Matéria publicada no Jornal O Tempo de BH revela que a atual administração estadual não está atuando
junto ao governo federal e ao Congresso Nacional no
sentido de buscar uma revisão da dívida pública de Minas. Ou seja está sendo omisso. “Apesar da grave crise
financeira do Estado, o governo (do estado) não endossa
o pedido da Câmara dos Deputados para que o Tribunal
de Contas da União (TCU) faça uma auditoria nas dívidas de Minas”, diz o texto publicado na coluna “Aparte”. De acordo com a matéria, a revisão dos contratos
seria uma das possibilidades para tentar renegociar juros
e prazos para o pagamento dos débitos com a União,
que hoje são estimados em R$ 74,65 bilhões e constituem um dos principais gastos no orçamento estadual. A
omissão do governo petista foi confirmada pela própria
Secretaria de Estado da Fazenda, que assumiu não haver
“qualquer pedido para rever a dívida ou articulação com
parlamentares para que o façam”. A matéria lembra que
esta foi “uma reivindicação que perpassou toda a gestão
tucana numa tentativa de aliviar as contas”. De fato, nos
últimos anos até 2014, os governadores tucanos Aécio
Neves e Antonio Anastasia, do PSDB, e Alberto Pinto
Coelho, do PP, atuaram intensamente para tentar viabilizar a aprovação de um Projeto de Lei no Congresso Na-
cional em que estados e municípios reivindicam a redução
do índice de correção de suas dívidas com a União. Entretanto, o governo Federal do PT tem atuado no sentido de
impedir ou procrastinar a vigência de indicadores menos
extorsivos. Sabe-se agora que, ao não endossar o trabalho do TCU, a administração petista de Minas também
está atuando no sentido de adiar o processo de revisão
do endividamento. Sem pressão, diz o jornal, o tribunal
pode demorar até nove meses para atender a solicitação.
“A falta de interesse está ligada ao fato de que os petistas
de Minas não querem se indispor com a presidente Dilma
Rousseff ou piorar a situação das contas federais”, destaca
a matéria, com base em informações apuradas junto a integrantes da base aliada de Pimentel. Isso demonstra que
o governo Pimentel está mais preocupado em proteger e
agradar o governo federal do que em defender os interesses de Minas e dos mineiros. BOA LEITURA !!
(Jornal Gazeta - Uberlândia/MG)
Propaganda enganosa
As fabricantes de smartphones Apple e Samsung foram
processadas por um órgão de defesa do consumidor. As
ações acusam as empresas de fazerem propaganda enganosa ao anunciar celulares e tablets com memória interna
maior do que a efetivamente disponível para o consumidor
guardar fotos, vídeos e outros conteúdos. Os dois processos, que foram protocoladas no Foro Central de São Paulo, se baseiam nos artigos 30 e 31 do Código de Defesa
do Consumidor. Eles abordam a precisão das informações
usadas por empresas ao anunciar ou apresentar produtos
ou serviços: “Art. 30. Toda informação ou publicidade,
suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma ou
meio de comunicação com relação a produtos e serviços
oferecidos ou apresentados, obriga o fornecedor que fizer
veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a
ser celebrado”.” Art.31. A oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas,
claras, precisas, ostensivas e em língua portuquesa sobre
suas características, qualidades, quantidade, composição,
preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros
dados, bem como sobre os riscos que apresentam à saúde
e segurança dos consumidores”.
No processo, é pedido à justiça uma liminar que obrigue as duas empresas a cessarem as ofertas de produtos
com informação sobre a memória interna total. Caso o pedido seja aceito, as fabricantes terão que substituir as especificações dos produtos em todos os canais de divulgação
- incluindo embalagem e manual de instruções - pela memória interna disponível ao consumidor. Além da liminar,
o processo pede que as duas empresas paguem uma indenização correspondente ao valor da quantidade de memória livre não entregue, a título de perdas e danos, calculada
com base no preço do produto e de cada GB de memória.
No caso da Samsung, o valor é superior a R$ 197 milhões;
para a Apple, a indenização superaria R$ 21 milhões. Se
houver condenação, os valores serão revertidos para um
fundo criado pela Lei da Ação Civil Pública.
(Portal NewTrade - São Paulo/SP)
Pimentel e Lafaiete
Governador Fernando Pimentel joga mais
uma bomba em Conselheiro Lafaiete.
Já se foram a Indústria REX, o Shopping e dezenas de
empresas que não conseguem se instalar em Lafaiete por
questões altamente burocráticas e sem contar a quantidade
de comércio que estão fechando constantemente. Por determinação direta do Governador, a CODEMIG detentora
de uma área de terreno onde estão instaladas as faculdades
de Conselheiro Lafaiete FDCL, CES, FUMES localizadas
ORAÇÃO A
SANTO EXPEDITO
Ó Deus, que a intercessão
de Santo Expedito nos recomende junto a Vossa Divina
bondade, a fim de que, pelo
seu auxílio, possamos obter o
que os nossos próprios méritos
são impotentes para alcançar.
Glorioso Santo Expedito,
honrado pelo reconhecimento
daqueles que o invocam à última hora e para negócio urgentes, nós lhe suplicamos obter
da bondade misericordiosa de
Deus, com a intercessão de
Maria Imaculada a graça que,
com toda submissão, solicitamos a vontade divina (pedir a
graça).
Rezar um Pai Nosso, uma
Ave Maria e um Glória.
Por alcançar uma graça,
ofereço esta oração. (Quando
alcançar a graça oferecer e
mandar publicar esta oração).
Uma Devota
no bairro Carijós a Rua Lopes Franco, estão prestes a serem despejadas, por estarem construídas irregularmente
conforme descrito no próprio edital licitatório. O terreno
ocupado pelas faculdades é de propriedade da CODEMIG.
Por determinação do governo de Minas foi publicado no dia
primeiro de outubro o Edital de licitação número 004/2015
onde se coloca a venda o terreno que se denomina Condomínio das Tamareiras anexo ao bairro Carijós. O Edital deixa claro que as faculdades foram construídas irregularmente e que o comprador terá que fazer uma tratativa com as
faculdades. Informações de bastidores dão conta que o governo colocou o terreno a venda tendo como objetivo fazer
fundo de caixa, ofertado pelo lance inicial - preço mínimo
de 10 milhões e meio de reais.Fica a pergunta que não quer
calar. Porque o terreno foi ocupado por Faculdades e outros
empreendimentos comerciais e só agora a CODEMIG se
manifesta. Com a palavra a promotoria, Câmara Municipal,
Prefeitura Municipal e a CODEMIG e os ocupantes hoje
ditos como irregulares.
(Jornal Expressão Regional - Conselheiro Lafaiete/MG)
Incentivo aos meios de comunicação
Mesa da ALMG recebe projeto que incentiva
os meios de comunicação locais.
A mesa da Assembléia Legislativa de Minas Gerais
recebeu o projeto de lei (PL) 3083/2015, que “dispõe
sobre a política estadual de incentivo às mídias locais e
regionais no estado de Minas Gerais”. O PL é de autoria
do deputado Rogério Correia (PT). Para o deputado o PL
é importante para estimular os veículos de comunicação
locais. “Com essa lei fica instituída a política estadual de
incentivo às mídias locais e regionais no estado. Sendo
assim, os veículos que valorizam Minas em sua programação vão receber verba do estado”, disse o deputado.
O texto original do PL prevê que “os poderes do estado
destinarão aos veículos mencionados nesta lei o percentual de 20% (vinte por cento) da sua receita anual de publicidade ou patrocínio”. As mídias que serão beneficiadas pela lei devem ter reconhecimento regional ou local
e serem difusoras de matérias relevantes para o estado ou
produzirem conteúdos específicos de Minas Gerais, sendo eles de cultura, meio ambiente, movimentos sociais
e sindicais de universidades públicas ou privadas, promovendo a pluralidade e a diversidade da informação.
Os veículos de comunicação que poderão fazer parte da
lei são: periódicos, jornais, revistas impressas, mídias de
internet, rádio e televisão, de responsabilidade de empresário individual, micro e pequenas empresas.
Opinião do Sindijori: Será que desta vez vai acontecer ou como sempre continuará no papel e sem cumprimento da lei.
(Boletim do Deputado Rogério Correia - ALMG Belo Horizonte/MG)
ORAÇÃO A SANTO EXPEDITO
Ó Deus, que a intercessão de Santo Expedito nos recomende
junto a Vossa Divina bondade, a fim de que, pelo seu auxílio, possamos obter o que os nossos próprios méritos são impotentes para
alcançar.
Glorioso Santo Expedito, honrado pelo reconhecimento daqueles que o invocam à última hora e para negócio urgentes, nós lhe
suplicamos obter da bondade misericordiosa de Deus, com a intercessão de Maria Imaculada a graça que, com toda submissão,
solicitamos a vontade divina (pedir a graça).
Rezar um Pai Nosso, uma Ave Maria e um Glória.
Por alcançar uma graça, ofereço esta oração. (Quando alcançar
a graça oferecer e mandar publicar esta oração).
R.M.S.M.
Elemento rouba padaria
ameaçando funcionária
Na manhã do último dia
23, por volta de 07 horas, a
Polícia Militar foi solicitada
a comparecer na empresa
Fiorella Pães, localizada na
Avenida Adilon de Araújo,
53, Bairro Tiradentes, para
o registro de uma ocorrência de roubo.
Segundo a funcionária
da padaria, um elemento
de cor branca, entrou no estabelecimento e pediu um
lanche, no valor de sete reais. Ao se dirigir ao caixa, o
elemento disse para a funcionária: “Não grite e me
passe todo o dinheiro do
caixa”. Muito assustada, a
funcionária passou às mãos
do meliante o valor que tinha no caixa: R$ 100,00.
Depois das informações
levantadas, os policiais fizeram diligências na cidade
chegando até a casa de Fernanda Aparecida Oliveira,
34 anos, residente na Travessa Irmã Dulce, Bairro
Nova Esperança, que de
acordo com o Boletim de
Ocorrência é usuária de
drogas. A polícia chegou ao
endereço depois de levantar
a descrição da aparência do
acusado, já que suspeitava
quem seria o autor do roubo.
Fernanda, diante da solicita-
ção dos policiais, concedeu
permissão para que entrassem em sua casa à procura
do acusado. Atrás da porta
do banheiro foi encontrado
RODRIGO SIMÕES PEREIRA, 25 anos, natural
de João Pinheiro - MG, residente na Rua Elim, 626,
Bairro Jardim Canaã, na
cidade de Uberlândia, que
assumiu a autoria do roubo.
Com Rodrigo foi encontrada a quantia de R$ 86,00,
valor apreendido pela PM
e entregue na Delegacia de
Polícia, assim como o acusado Rodrigo que foi preso
em flagrante delito.
8
JORNAL O INDEPENDENTE
De 19/11 a 25/11 de 2015
Serão doze concorrentes no
Samu no Triângulo
Concurso
de
vitrines
natalinas
Norte publica edital de
seleção para 505 vagas
As vagas são para Uberlândia (211), Ituiutaba (50),
Araguari (50), Patrocínio (38) e mais treze municípios.
Os salários vão de R$ 1.156,00 a R$ 9 mil
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência
(Samu) divulgou no dia
23/11 o edital de abertura
do processo seletivo para
contratação de funcionários para atuar no serviço,
que foi publicado no Diário
Oficial de Minas Gerais no
dia 21/11. Serão 505 vagas
entre condutor socorrista,
técnico em enfermagem,
enfermeiro, médico, psicólogos, farmacêutico, auxiliar de farmácia e auxiliar
administrativo.
A gestão do serviço e do
processo seletivo é de responsabilidade do Consórcio
Público Intermunicipal de
Saúde da Rede de Urgência
e Emergência da Macrorregião do Triângulo Norte
(CISTRI). O financiamento
fica a cargo da Secretaria
de Estado de Minas Gerais
(SES – MG), do Ministério
da Saúde e dos 27 municípios consorciados da região
de saúde de Ituiutaba, Patrocínio/Monte Carmelo e
Uberlândia/Araguari.
Para o Governo de Minas Gerais, o serviço de
urgência e emergência é
prioridade, defendeu o Superintendente da Regional
de Saúde de Uberlândia,
Almir Fontes. “Desde que
assumimos a gestão, estamos trabalhando para a implantação do Samu. É com
muito orgulho que, com
menos de um ano, conseguimos lançar o edital. É
fruto, principalmente, do
trabalho das gestões municipais que fizeram o seu
Serviço de Registro Civil das Pessoas Naturais
Tupaciguara – Minas Gerais
Rosa Maria Fonseca Carvalho, Oficiala
PROCLAMA DE CASAMENTOS
Faz saber que pretendem se casar:
ANDERSON TIMÓTEO DA COSTA e DIÔSE RODRIGUES
PEIXOTO. ELE: Nacionalidade brasileira, solteiro, operador de
máquinas, natural de Tupaciguara - MG, nascido no dia 16/02/1990,
residente em Tupaciguara - MG, filho de RAIMUNDO TIMÓTEO
DA COSTA e ELEUZA AMÉLIA DA COSTA. ELA: Nacionalidade brasileira, solteira, dona de casa, natural de Tupaciguara MG, nascida no dia 29/10/1986, residente em Tupaciguara - MG,
filha de FRANCISCO DE ASSIS PEIXOTO e MARIA APARECIDA RODRIGUES PEIXOTO. Tupaciguara - MG, 18 de novembro
de 2015. (Processo nº 3459)
WANDERSY BALTAZAR DOS SANTOS e DARLEN CRISTINA GOMES FERNANDES. ELE: Nacionalidade brasileira, solteiro, pastor evangélico, natural de Itabira - MG, nascido no dia
29/08/1992, residente em Tupaciguara - MG, filho de WILSON
SEVERIANO DOS SANTOS e MARIA FABIANA DA SILVA
SANTOS. ELA: Nacionalidade brasileira, solteira, vendedora, natural de João Pinheiro - MG, nascida no dia 27/01/1996, residente
em Tupaciguara - MG, filha de GILMAR FERNANDES BARBOSA e DALVA GOMES DA MOTA. Tupaciguara - MG, 19 de novembro de 2015. (Processo nº 3460)
KAYSTON MATHEUS CORRÊA e THAYNA CABRAL
ARANTES. ELE: Nacionalidade brasileira, solteiro, autônomo,
natural de Uberlândia - MG, nascido no dia 06/11/1991, residente em Tupaciguara - MG, filho de JORGE CESAR LEMOS DA
SILVA e CARMÊNIA CORRÊA. ELA: Nacionalidade brasileira,
solteira, dona de casa, natural de Tupaciguara - MG, nascida no dia
16/07/1997, residente em Tupaciguara - MG, filha de ELOVER
ALVES ARANTES e FLÁVIA CABRAL DE PAIVA. Tupaciguara - MG, 19 de novembro de 2015. (Processo nº 3461)
LUCAS CARRIJO FERREIRA e KELLY CRISTINA CORREIA. ELE: Nacionalidade brasileira, solteiro, representante comercial autônomo, natural de Uberlândia - MG, nascido no dia
05/11/1987, residente em Uberlândia - MG, filho de DELCIO
FERREIRA e ROSA MARIA APARECIDA CARRIJO FERREIRA. ELA: Nacionalidade brasileira, solteira, vendedora, natural de
Tupaciguara - MG, nascida no dia 30/01/1987, residente em Tupaciguara - MG, filha de WALDEIR LUIZ CORREIA e MARIA
JOSÉ DA SILVA CORREIA. Tupaciguara - MG, 20 de novembro
de 2015. (Processo nº 3462)
LUCAS BORGES COSTA e JÉSSICA CABRAL FERREIRA.
ELE: Nacionalidade brasileira, solteiro, serviços gerais, natural de
Uberlândia - MG, nascido no dia 17/10/1987, residente em Tupaciguara - MG, filho de TRAJANO JOSÉ DA COSTA e ANA LUCIA
MACHADO BORGES COSTA. ELA: Nacionalidade brasileira,
solteira, recepcionista, natural de Tupaciguara - MG, nascida no dia
07/08/1991, residente em Tupaciguara - MG, filha de NIVALDO
CABRAL FERREIRA e EDILAMAR FERREIRA. Tupaciguara MG, 20 de novembro de 2015. (Processo nº 3463)
Apresentaram os documentos exigidos pelo Art. 1525
e incisos do Código Civil Brasileiro. Se alguém tiver conhecimento de existir algum impedimento legal, acuse-o
para os fins de direito. E para constar e chegar este ao
conhecimento de todos, lavra o presente que será afixado no lugar de costume, e publicado pela imprensa local .
dever de casa”.
Durante o anúncio, o
prefeito de Uberlândia e
presidente do consórcio
CISTRI, Gilmar Machado,
explicou que o Samu não se
reduz somente a ambulâncias e enfatizou o papel da
regulação regional. “Só os
casos de alta complexidade chegarão a Uberlândia.
Agora teremos uma distribuição mais equânime das
vagas na região. Portanto
teremos uma melhora de
atenção à saúde”, explicou.
A Central de Regulação
das Urgências terá sede na
9ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP),
o local será reformado e
adaptado pelo consórcio,
“além do investimento em
efetivo e viaturas”, afirmou
o coronel Demetrius Martins Rodrigues. A previsão
é que o serviço entre em
funcionamento ainda no
primeiro trimestre de 2016.
Serviços: Concurso –
Serviço de Atendimento
Móvel de Urgência (Samu)
§ Níveis: fundamental,
médio, técnico e superior
(médicos).
§ Cidades e vagas:
Araguari (50), Campina Verde (12), Capinópolis
(12), Centralina (12), Coromandel (12), Estrela do Sul
(12), Gurinhatã (12), Iraí
de Minas (12), Ituiutaba
(50), Monte Alegre de Minas (12), Nova Ponte (12),
Patrocínio (38), Prata (12),
Santa Vitória (12), Tupaciguara (12) e Uberlândia
211). Total 505 vagas.
§ Provas: 14 de fevereiro de 2016.
§ Inscrições: site da
UFSJ, entre 14 de dezembro de 2015 e 12 de janeiro
de 2016.
O concurso de vitrines é
uma realização da Prefeitura de Tupaciguara, através
da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e uma
inovação na gestão administrativa municipal.
Com o objetivo de estimular o clima natalino e fomentar as vendas do comércio no final de ano, a prefeita Edilamar Novais Borges
sancionou a Lei 2.863/2015,
onde fica o Poder Executivo
autorizado a realizar anualmente o concurso de vitrines e premiar as melhores
decorações de natal.
A Prefeitura vai premiar o 1º Lugar com R$
1.576,00; 2º Lugar com
R$ 1.182,00; e 3º Lugar
com R$ 788,00. Uma equipe técnica estará, no período de 16 a 19 de dezembro, visitando os comércios
inscritos no concurso para
avaliação.
O concurso de fachadas e vitrines de Natal
vislumbra a integração da
população de Tupaciguara e turistas com a temática de Natal, de modo a
compor um visual bonito e
original, buscando atrair a
atenção dos visitantes e turistas, ampliando o volume
de atrativos em cada ponto
comercial
A premiação acontecerá
no dia 31/12/2015, em local a ser divulgado. Estão
NOVENA A
SANTA CLARA
Oh! Santa Clara que seguiste
a Cristo com tua vida de pobreza
e oração, faze que, entregandonos confiantes à providência do
Pai Celeste no inteiro abandono,
aceitemos serenamente tua divina vontade, Amém.
Rezar esta oração com Ave
Maria durante nove dias, com
uma vela acesa na mão, e no último dia deixar a vela queimar
até o fim.
Fazer três pedidos, um de negócio e dois impossíveis.
Publicar no 9º dia agradecendo.
Um devoto
Inscrições para o Minas Olímpica
Incentivo ao Esporte vão até
dia 30 de novembro
O Minas Olímpica Incentivo ao Esporte (MOIE), programa da Secretaria de Estado
de Esportes (Seesp), está com
as inscrições abertas para os
interessados em captar recursos destinados aos projetos
que viabilizem acesso gratuito à pratica esportiva até o dia
30 de novembro.
Podem participar pessoas
jurídicas sem fins lucrativos
como clubes, federações, associações, ligas, prefeituras,
órgãos ou entidades da administração pública indireta das
esferas municipal, estadual,
federal e ONG’s.
Todos precisam ter mais
de um ano de existência legal a contar da data do primeiro registro em cartório,
com comprovação de capacidade de execução do projeto, respondendo diretamente
por sua elaboração, promo-
ção, execução e prestação de
contas.
Os projetos validados recebem um certificado de aprovação, que permitirá a busca
por apoiadores. Caso o executor não conheça as empresas
participantes do programa,
está disponibilizada no portal
do MOIE uma lista de empresas que já apoiaram projetos.
Para inscrever, a pessoa jurídica e seu representante legal
devem ser previamente cadastrados no sistema disponível
no endereço eletrônico www.
incentivo.esportes.mg.gov.br.
Documentação pode ser consultada também neste site. Ao
final do cadastro os dados passarão pela avaliação da Seesp
e o resultado sai em dois dias
úteis. Aprovado o cadastro, é
liberada uma senha de acesso
para adicionar o projeto no
sistema.
participando as seguintes
empresas: A EXÓTICA,
GLOBO PAPELARIA E
INFORMÁTICA LTDA,
NATURALE PRESENTES E DECORAÇÕES
LTDA, LOFT BÁSICO,
SPAÇO LIVRE ROUPAS E ACESSÓRIOS,
ARRAIO, VALENTINA
MENDES CALÇADOS, A
CIRANDINHA, DONDOCA BOUTIQUE, JÔ MODAS E ACESSÓRIOS,
NANDA
CALÇADOS,
CELINA MODAS, ANGELO MODAS E WANDA BOUTIQUE.
Quem quiser participar
da votação, poderá acessar
o site da prefeitura de Tupaciguara: www.tupaciguara.
mg.gov.br, a partir do dia
1º de dezembro, votando na
vitrine preferida, lembrando que estes votos serão
apenas para conhecer a preferência da comunidade e
que não serão computados
na votação dos técnicos.
A Prefeita Edilamar
aposta na novidade como
um incentivo para o comércio e um aumento no
número de candidatos para
o próximo ano. “Acredito
que por ser o primeiro ano,
muitos comerciantes ficam
ainda receosos de participar, mas será, sem dúvida,
um concurso que tornará
nossa cidade mais bonita
para as festividades de fim
de ano, representando a
tradição do Natal e mantendo o espírito natalino,
fomentando as vendas para
o natal”, falou Edilamar.
E D I TAL
CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL
PESSOA JURÍDICA
EXERCÍCIO DE 2016
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil
– CNA, em conjunto com as Federações Estaduais de
Agricultura e os Sindicatos Rurais e/ou de Produtores
Rurais com base no Decreto-lei nº 1.166, de 15 de abril
de 1971, que dispõe sobre a arrecadação da Contribuição Sindical Rural - CSR, em atendimento ao princípio
da publicidade e ao espírito do que contém o art. 605
da CLT, vêm NOTIFICAR e CONVOCAR os produtores rurais, pessoas jurídicas, que possuem imóvel rural,
com ou sem empregados e/ou empreendem, a qualquer
título, atividade econômica rural, enquadrados como
“Empresários” ou “Empregadores Rurais”, nos termos
do artigo 1º, inciso II, alíneas “a”, “b” e “c” do citado
Decreto-lei, para realizarem o pagamento das Guias de
Recolhimento da Contribuição Sindical Rural, referente
ao exercício de 2016, devida por força do Decreto-lei
1.166/71 e dos artigos 578 e seguintes da CLT. O recolhimento da CSR deverá ocorrer, impreterivelmente,
até o dia 31 de janeiro de 2016, em qualquer estabelecimento integrante do sistema nacional de compensação bancária. A falta do recolhimento da Contribuição
Sindical Rural – CSR, até a data do vencimento (31 de
janeiro de 2016), constituirá o produtor rural em mora
e o sujeitará ao pagamento de juros, multa e atualização
monetária previstos no artigo 600 da CLT. As guias foram emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto sobre a
Propriedade Territorial Rural – ITR, repassadas à CNA
pela Secretaria da Receita Federal do Brasil – SRFB, remetidas, por via postal, para os endereços indicados nas
respectivas Declarações, com amparo no que estabelece
o artigo 17 da Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1.996,
e o 7º Termo Aditivo do Convênio celebrado entre a
CNA e a SRFB. Em caso de perda, de extravio ou de
não recebimento da Guia de Recolhimento pela via postal, o contribuinte deverá solicitar a emissão da 2ª via,
diretamente, à Federação da Agricultura do Estado onde
tem domicílio, até 5 (cinco) dias úteis antes da data do
vencimento, podendo optar, ainda, pela sua retirada, diretamente, pela internet, no site da CNA: www.canaldoprodutor.com.br. Eventual impugnação administrativa
contra o lançamento e cobrança da Contribuição Sindical Rural – CSR deverá ser encaminhada, por escrito,
no prazo de 30 (trinta) dias, contado do recebimento da
guia, para a sede da CNA, situada no SGAN Quadra
601, Módulo K, Edifício CNA, Brasília - Distrito Federal, Cep: 70.830-021 ou da Federação da Agricultura do
seu Estado, podendo ainda, ser enviada via internet no
site da CNA: [email protected] O sistema sindical rural é
composto pela Confederação da Agricultura e Pecuária
do Brasil–CNA, pelas Federações Estaduais de Agricultura e/ou Pecuária e pelos Sindicatos Rurais e/ou de
Produtores Rurais.
Brasília, 25 de Novembro de 2015.
João Martins da Silva Júnior
Presidente da Confederação
Download

Prefeitura promove “Roda de Conversa” para alertar sobre o câncer