Discipulado cristão
Estudo 06
Discipulado cristão
na Carta aos
Gálatas
Gálatas 5 e 6
“Se vivemos pelo
Espírito, andemos
também pelo
Espírito”
Introdução
Estamos seguindo a
ordem de
classificação das
cartas de Paulo no
NT. Já estudamos
o discipulado nas
cartas aos romanos
(ano 60) e aos
coríntios (52/54).
Esta carta foi a
1a.a ser escrita
(Ano 50/51).
Introdução I
A região da Galácia
foi visitada por
Paulo em sua
primeira viagem nos
anos 49/50. Era a
região que
compunha o norte
da Ásia Menor
(Galácia, Ponto,
Capadócia e Bitínia)
a Turquia atual.
Vejam o mapa:
© EBibleTeacher.com
1.a Viagem Missionária
At 13 & 14
Antioquia (Pisídia)
Icônio
Perge
Atalia
Turquia Atual
Listra
Derbe
Antioquia
Mar Mediterrâneo
Selêucia
Pafos
Salamina
Chipre
Satellite Image - NASA
Introdução II
Foi a primeira
carta, escrita
provavelmente no
intervalo entre as
1a. e a 2a.
viagem, pois Paulo
se preocupou com
as notícias que
ouviu, tanto que na
2a. viagem vai
passar por toda a
região novamente.
Introdução III
A razão da carta
está bem expressa
no versículo 6 do
primeiro capítulo:
“Estou admirado de
que tão depressa
estejais desertando
daquele que vos
chamou na graça de
Cristo, para outro
evangelho”
Introdução IV
Sim, o apóstolo se
preocupava que o
exercício de seu
discipulado na
Galácia estivesse
fracassando pelo
afastamento dos
discípulos que ali
treinara para outro
evangelho que não o
de Cristo.
Introdução IV
É isto exatamente
que vamos estudar
hoje: o cuidado que
deve ter o
discipulador pela
fidelidade e
crescimento cristão
dos discipulandos.
O bom discipulador
acompanha os seus
discipulandos.
Com as Bíblias
abertas vamos
agora acompanhar
os conselhos que o
apóstolo vai
transmitir aos seus
discípulos na
Galácia de ontem e
a nós no mundo de
hoje.
Parte I - Gl 5.1-5
Os crentes da
Galácia estavam se
deixando perverter
pelas velhas formas
da lei dos judeus.
Ele chama atenção
para a liberdade
em Cristo que
agora desfrutavam.
Não mais a
circuncisão, mas a
fé.
Parte II - Gl 5.6-15
Chamando a atenção
dos gentios
convertidos ao
cristianismo para a
liberdade que
desfrutavam em
Cristo, ele também
os adverte que por
causa desta nova
situação, não podiam
dar lugar ao pecado.
Parte III-Gl5.16-21
Neste sentido destaca
para os gálatas quais
são as obras da carne
que deviam evitar.
São 16: prostituição,
impureza, lascívia,
idolatria, feitiçaria,
inimizades, contendas,
ciúmes, iras, facções,
dissensões, partidos,
invejas, bebedices,
orgias e coisas
semelhantes.
Parte IV-Gl 5.22-23
Para em contraposição a
tais frutos do pecado,
apresentar então, o
fruto do Espírito que se
expressa de 9 formas
na vida do verdadeiro
discípulo de Cristo:
Amor, gozo, paz,
longanimidade,
benignidade, bondade,
fidelidade, mansidão e
domínio próprio
Parte V-Gl 5.24-26
Para culminar a lição
com a vitória do
crente sobre o
pecado por meio da
presença do Espírito
Santo em seu íntimo.
Daí o texto áureo:
”Se vivemos pelo
Espírito, andemos
também pelo Espírito”
Parte VI-Gl 6.1-9
Suas recomendações
finais são
essenciais para o
exercício do bom
discipulado: Como
corrigir o irmão, o
exercício da
solidariedade, a
humildade de
espírito, a busca
pela prática do
bem, enfim.
Parte VII-Gl6.10-18
As marcas do
discipulado cristão:
- Bondade (v.10)
- Humildade de
espírito (v.11-16)
- A marca do crente:
“Daqui em diante
ninguém me
moleste; porque eu
trago no meu corpo
as marcas de
Jesus.”
Conclusão
Você se sente livre
em Cristo? O que é
isto?...
Você consegue
superar o ataque
das obras do mal?
E quanto ao fruto do
Espírito, você o
experimenta?
Que marcas de
Cristo você leva
para o mundo?
Download

clique aqui para usar a lição