“IMPLANTAÇÃO DE AÇÕES VOLTADAS À SUSTENTABILIDADE E PRESERVAÇÃO
AMBIENTAL NO HOSPITAL REGIONAL DO BAIXO AMAZONAS DO PARÁ”
Sheila Mara Bezerra de Oliveira – Responsável Técnica do
Programa de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de
Saúde
–
PGRSS
(93)
9141-0540ccih.hrs@prosaude.org.br.
Daniella Cristina
Sustentabilidade
Mota
–
Presidente do Comitê
(93)
8122-6444
danielamota.hrs@prosaude.org.br.
Santarém – Pará
Agosto – 2013
–
de
–
1 INTRODUÇÃO
A palavra sustentável tem origem no latim sustentare, que significa sustentar, apoiar,
conservar. O conceito de sustentabilidade está normalmente relacionado com uma mentalidade,
atitude ou estratégia que é ecologicamente correta, viável economicamente, socialmente justa e com
uma diversificação cultural. Sustentabilidade é um termo usado para definir ações e atividades
humanas que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro
das próximas gerações.
A geração de resíduos pelas diversas atividades humanas constitui-se atualmente em um
grande desafio a ser enfrentado na atualidade. A partir da segunda metade do século XX, com os
novos padrões de consumo da sociedade industrial, a produção de resíduos vem crescendo
continuamente em ritmo superior à capacidade de absorção da natureza. O descarte inadequado de
resíduos tem produzido passivos ambientais capazes de colocar em risco e comprometer os recursos
naturais e a qualidade de vida das atuais e futuras gerações.
A reciclagem é uma forma de gerenciamento dos resíduos, pois transforma o mesmo em
insumos com diversas vantagens ambientais (ALBERICI; PONTES, 2003); e baseado na premissa de
sustentabilidade e preservação ambiental o Hospital Regional do Baixo Amazonas, através da
Comissão de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e do Comitê de sustentabilidade, busca orientar
seus colaboradores, acompanhantes e visitantes, no que concerne a técnica de reaproveitamento e
da importância da reciclagem, garantindo geração de renda e preservação do meio ambiente.
2 OBJETIVO
O objetivo principal é promover a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente, através
do reaproveitamento e reciclagem dos resíduos gerados e a promoção de campanhas educativas e
de conscientização. As ações desenvolvidas têm como prisma promover o desenvolvimento
sustentável, pois os benefícios que trará à comunidade e ao meio ambiente serão significativos e
progressivos, e entre as diretrizes do programa estão: a reciclagem do óleo utilizado na cozinha,
diminuição no uso de copos descartáveis, economia no consumo de energia elétrica, reciclagem de
papel, embalagens e garrafas PET´s, troca de materiais nocivos ao meio ambiente (mercúrio) e
plantio de árvores. Vale ressaltar que todo dinheiro arrecadado com a venda de materiais recicláveis
serão repassados ao fundo de benefícios dos colaboradores, para utilização em festas juninas, final
de ano etc.
3 DESENVOLVIMENTO
As ações foram desenvolvidas da seguinte maneira:
 Transformação do óleo utilizado na cozinha em sabão: os resíduos são coletados todas as
segundas-feiras pela empresa ECOBOM, que fica responsável por transformá-lo em sabão,
que serão comercializados pelas cooperativas durante as exposições nas feiras de
artesanatos;
 Campanhas educativas, orientando os colaboradores quanto o impacto ambiental causado
pelo uso indiscriminado de copo descartável e estimulação para troca do mesmo por uma
caneca personalizada;
 Coleta de papel nos setores do Hospital para reaproveitamento e transformação em blocos de
anotações;
 Coleta e reciclagem das embalagens tipo (SMS) de caixas cirúrgicas, que serão
transformadas em mochilas, pufes, bolsas etc.;
 Seleção de materiais plásticos, que serão encaminhados a uma empresa de reciclagem
(ANAPLAST) que os transformará em mangueiras;
 Foram substituídos todos os materiais (lâmpadas, termômetros, etc...) que continham
mercúrio para a conquista do reconhecimento internacional de combate ao mercúrio oferecido
pela Mercury Free;
 Apoio ao Projeto “Adote uma árvore”, através do plantio de mudas em extinção, em parceria
com o IGPA (Instituto Geociências de Pesquisas Ambientais);
 Realização de campanhas educativas orientando os colaboradores para coleta de garrafas
PETs que são utilizadas na confecção da árvore de natal ecológica e roupas para o desfile
das “Miss Reciclável”, que acontece em Dezembro;
 Reutilização da água rejeitada pela osmose reversa da Hemodiálise no processo de
lavagem de artigos na CME – projeto em andamento.
 O Hospital possui uma ETE, com flitros anaeróbicos, com controle microbiológico, fisícoquímico da água oriunda da ETE, após tratamento com hipoclorito de sódio, antes da saída a
rede geral de esgoto ao meio ambiente.
4 RESULTADOS OBTIDOS
Com a transformação do óleo utilizado na cozinha (gerado no Serviço de Nutrição e Dietética)
em barras de sabão, deixou-se de despejar no meio ambiente uma média de 50 litros/ano de
resíduos, gerando uma economia para o Hospital de aproximadamente R$ 4.000,00. Para a
confecção da árvore de Natal Ecológica, foram arrecadadas, durante as campanhas educativas, nos
diversos setores do hospital, um total de 3.535 garrafas, sendo utilizadas um total de 3.000 garrafas
para a confecção da árvore e o restante doadas a uma cooperativa para transformação em materiais
recicláveis. Com a substituição de copos descartáveis por canecas personalizadas, deixou-se de
jogar no meio ambiente, uma média de 480 mil copos/ano, gerando uma economia de R$
13.000,00/ano para o hospital. Foram substituídos no Hospital, materiais com presença de mercúrio
tais como: 41 termômetros de bulbo, 24 aparelhos de pressão de coluna, 101 lâmpadas, 50 baterias e
etc. Em parceria com o Instituto de Geociências de Pesquisas da Amazônia -(IGPA), aderiu-se ao
projeto “Adote uma Árvore”, quando foram entregues ao Hospital, pelo IGPA, 200 mudas de árvores
em extinção, que foram plantadas durante Campanhas Educativas, nas áreas externas do Hospital e
também em áreas estratégicas no munícipio de Santarém. Com a coleta de diversos tipos de
materiais plásticos, foram enviados uma média de 720 kg de material para a transformação em
mangueiras para canalização de água e um total de 100 kg de invólucros das caixas cirúrgicas, para
transformação em: bolsas, mochilas, vestidos, pufes, etc. Com a coleta de papel, foram feitos mais de
200 blocos de notas com 50 folhas cada, um total de aproximadamente 20 kg de papel reutilizados.
5 ANEXOS
Registro Fotográfico
Campanha Educativa – Copo Descartável
Sabão artesanal feito a partir da reciclagem do óleo
utilizado na cozinha do hospital
Campanha Educativa para arrecadação de garrafas
PET´s
Árvore de Natal confeccionada com garrafas PET´s
Roupas confeccionadas através da reciclagem de garrafas PET´s, copos descartável,
bulas de medicamentos, papel, involucros das caixas cirúrgicas etc...
Materiais produzidos através da reciclagem de invólucros das caixas cirúrgicas.
Adesivo confeccionado no projeto “Adote uma àrvore”.
Download

Hospital Regional do Baixo Amazonas