QUINZENÁRIO
ANO XXXII
N.º 692
5 de Dezembro de 2001
PORTE PAGO
PARCIALMENTE
Redacção e Administração:
Travessa do Belo Cais
4920-260 VILA NOVA DE CERVEIRA
Telefone: 251 794 762
Fax: 251 794 820
e-mail: cerveiranova@mail.pt
AVENÇADO
PUBLICAÇÕES
PERIÓDICAS
V.N. CERVEIRA
TAXA PAGA
PELO PROGRESSO DO CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA
Preço avulso: € 0,60 / 120$00 (IVA incluído)
Director – J. Lopes Gonçalves - Telefone: 258 922 601
Quem concorre e onde, no
concelho de Cerveira, às
Eleições Autárquicas
PS, PSD/CDS-PP E CDU
VÃO TODOS À CÂMARA
E À ASSEMBLEIA
MUNICIPAL. E ÀS
ASSEMBLEIAS DE
FREGUESIA VÃO A
SUFRÁGIO:
PS a 15, PSD/CDS-PP
a 11 e CDU a 4
Nas Eleições Autárquicas, a realizar no próximo dia 16 de Dezembro,
irão concorrer, no concelho de Vila
Nova de Cerveira, o Partido Socialista
e as coligações PSD/CDS-PP e CDU.
O PS concorre à Câmara e à
Assembleia Municipal e às quinze freguesias do concelho (Campos, Candemil, Cornes, Covas, Gondar, Gondarém, Loivo, Lovelhe, Mentrestido,
Nogueira, Reboreda, Sapardos, Sopo,
Vila Meã e Vila Nova de Cerveira).
A coligação PSD/CDS-PP vai concorrer à Câmara e à Assembleia
Municipal e a onze freguesias
(Campos, Candemil, Cornes, Covas,
Gondarém, Loivo, Nogueira, Reboreda, Sapardos, Sopo e Vila Nova de
Cerveira), não concorrendo a quatro
(Gondar, Lovelhe, Mentrestido e Vila
Meã).
E a coligação C.D.U. concorre à
Câmara Municipal e à Assembleia
Municipal e a quatro freguesias
(Campos, Covas, Loivo e Reboreda),
não concorrendo a onze (Candemil,
Cornes, Gondar, Gondarém, Lovelhe,
Mentrestido, Nogueira, Sapardos,
Sopo, Vila Meã e Vila Nova de Cerveira).
Está tudo a postos para o grande
acontecimento, Eleições Autárquicas,
a realizar no dia 16 de Dezembro.
Que a campanha e o acto eleitoral
decorram dentro da normalidade é o
que se espera, já que para escolher a
população do concelho de Vila Nova
de Cerveira tem um variado leque de
candidaturas.
SAI NOS DIAS 5 E 20
CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA
CANDIDATOS ÀS PRESIDÊNCIAS DA CÂMARA
E DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL
PS
PS
CÂMARA MUNICIPAL
ASSEMBLEIA MUNICIPAL
José Manuel Vaz Carpinteira
Daniel Bessa Fernandes Coelho
PSD/CDS-PP
PSD/CDS-PP
CÂMARA MUNICIPAL
ASSEMBLEIA MUNICIPAL
Manuel Lages Bernardo
António Roleira Marinho
C.D.U.
C.D.U.
CÂMARA MUNICIPAL
ASSEMBLEIA MUNICIPAL
Carlos Alberto Plácido de Sousa
Zeferino de Araújo Castro
José Lopes Gonçalves
Edição electrónica: http://www.cerveiranova.pt/
-
Do antigo ao novo
monumento a
Manuel José
Lebrão
Página 3
Segundo os
Censos 2001 a
população do
concelho de
Cerveira
diminuiu
Página 3
A entrega de
prémios da XI
Bienal
Internacional de
Arte foi em
1 de Dezembro
Página 4
Foi inaugurado,
em 24 de
Novembro, o
novo monumento
a Manuel José
Lebrão
Página 4
Candidatos do
concelho de
Cerveira às
Eleições
Autárquicas e
manifestos
eleitorais
Páginas 6, 7 e 8
“Quando a
sirene dos
bombeiros
silva” o avançar
sem hipocrisia
Página 9
Endereço electrónico: cerveiranova@mail.pt
Página 2
CERVEIRA NOVA
5-12-2001
2.ª Publicação no Jornal CERVEIRA NOVA - Edição n.º 692, de 5 de Dezembro de 2001
RESTAURANTE
TRIBUNAL JUDICIAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA
Venha
divertir-se
connosco
ANÚNCIO
A Gándara de Guillarei, s/n
Telf./Fax: (0034)-986 60 00 21
Telemóvel: 609 82 23 60
GUILLAREI – 36720 TUY
EMPREGOS
OFERTA
HOMEM
Ainda jovem, aceita propostas
de trabalho em qualquer área.
Telem. 917 417 547
Telem. 627 878 694
SENHORA
Aceita serviços domésticos
ou tratar de pessoas idosas.
Telem. 936 229 716
Anuncia-se que pelo Tribunal Judicial de Vila Nova de Cerveira
correm éditos de VINTE DIAS, contados da segunda e última publicação do respectivo anúncio, citando os credores desconhecidos do executado ANTÓNIO ALBERTO BRANDÃO FERNANDES, comerciante,
residente no lugar de Corredoura, da freguesia de Mentrestido, desta
comarca, para no prazo de QUINZE DIAS, posterior àquele dos éditos,
reclamarem o pagamento dos seus créditos pelo produto dos bens em
causa nos autos, sobre que tenham garantia real, nos autos de Execução Sumária a correr termos por este Tribunal com o n.º 178-A/1999,
nos quais é exequente Maria Alice Nogueira da Cunha, divorciada, residente na Av.ª Cónego Bernardo Chousal, 238, 2.º Esq.º, Paredes de
Coura, nos termos e para os efeitos do art.º 864.º do Código de Processo Civil.
Vila Nova de Cerveira, 26 de Outubro de 2001
O Juiz de Direito,
Rui A.Sousa Padrão Sanches Silva
O escrivão-adjunto,
Luciano Humberto D.R. Rodrigues
Procura emprego?
Anu n c ie , g ra t u it a me n t e ,
ne ste quinz e ná ri o
SENHORA
Aceita trabalho de
escritório ou telefonista
Telem.: 966 858 759
JOVEM
SECRETÁRIA
Aceita trabalho em escritório.
Telefone: 251 794 832
Estrada Nacional 13 / 4920-140 VILA MEÃ VNC
(Vila Nova de Cerveira)
Telefones: 251 700 240 / 9 e 251 796 713 - Fax: 251 700 241
E-mail: braseiraominho@netc.pt
http://www.cerveiranova.pt
Rua Queirós Ribeiro, 23-25
Telef.: 251 795 291 / Fax: 251 795 285
4920-289 VILA NOVA DE CERVEIRA
CRISTINA CANCELA
E-mail: comercial@vilaxiquita.com
/
www.vilaxiquita.com
PROCURA
SOCIEDADE DE MEDIAÇÃO IMOBILIÁRIA, L.DA
EMPREGADO/A
DE CONFIANÇA
Telem.: 962 443 090
VENDO
Volkswagen Golf 1.4 GL
Ano 1992 c/77.000 km.s
Bom estado, v.e; f.c.; t.a.; e.e.
1.000 c./ Telem. 937 232 701
NELSON FERNANDES
MÉDICO DENTISTA
CLÍNICA DE MEDICINA DENTÁRIA
CONSULTAS EM VILA NOVA DE CERVEIRA
Segundas, quartas e sextas:
das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 20h00
Sábados: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 16h00
No Largo do T erreiro, n.º 10 - 1.º - Esquerdo
4920-296 VILA NOVA DE CERVEIRA
Telefone 251 794 883 / Urgências: T elem.: 965 568 725
CONSULTAS EM CAMINHA
Terças e quintas: das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 20h00
Na Rua da Corredoura, n.º 35 - 1.º - Direito
4910-133 CAMINHA
Telefone 258 921 133 / Urgências: T elem.: 965 568 725
RECLAMOS LUMINOSOS / TOLDOS E CAPOTAS / PAINÉIS E SINALÉTICA
Fábrica: Loivo (A 50 m. da EN 13) - VILA NOVA DE CERVEIRA
Telefone e Fax: 251 79 45 89
FLOR E ARTE
Solicitadora
Edifício Ilha dos Amores
Praça de S. Cipriano
(entrada por trás da florista “Berço das Flores”)
4920 VILA NOVA DE CERVEIRA
Tel./Fax: 251 794 345
Telefones: 251 794 166 e 251 792 185 / Fax: 251 794 166
Telemóveis: 936 407 862 e 932 671 969
VILA XIQUITA
FARMÁCIA CERQUEIRA
r
A o s eu d is p o
Edifício das Finanças / Avenida Heróis do Ultramar
4920-275 VILA NOVA DE CERVEIRA
EMPREGOS
CERVEIRA NOVA
NA INTERNET PODE LER O NOSSO JORNAL
AGORA NO NOVO ENDEREÇO
LIC. N.º 4079 AMI
FLORISTA
Maria da Graça B. A. Gomes
Mercado Municipal / 4920 VILA NOVA DE CERVEIRA
Telef.: 251 794 385 / Telem.: 963 314 948
COM MAIS DE 25 ANOS DE EXISTÊNCIA
Gerência de Salvador Brandão e Filhos
AUTOMÓVEIS NOVOS E USADOS
COMPRA, VENDA E TROCA
VALENÇA DO MINHO
Lugar de Corguinhas, Lote 1
4930 GANDRA VLN
Telef.s e Fax’s: VALENÇA DO MINHO - 251 822 020
SEDE - LISBOA
- 218 407 814
FILIAL - LISBOA
- 218 492 206
CERVEIRA NOVA
5-12-2001
Página 3
Informação do Concelho
Crónica da quinzena
DO ANTIGO AO NOVO
MONUMENTO A
MANUEL JOSÉ LEBRÃO
Para assinatura de acordo de
colaboração Secretário de Estado
do Turismo esteve em CERVEIRA
Nonagenário de GONDARÉM
faleceu na sequência de um
acto infeliz
Na sequência de um acto infeliz veio a falecer, no Hospital de Santa Luzia de Viana do Castelo, o agricultor João
Silva, de 91 anos de idade, viúvo, que residia no lugar de
Agroeiros, na freguesia de Gondarém.
Após a infeliz acção de que foi protagonista foi conduzido pelos Bombeiros de Cerveira ao Hospital Distrital
onde ainda resistiu, apesar da gravidade do seu estado,
durante vários dias.
O extinto, que apesar de nonagenário ainda trabalhava
na lavoura, foi sepultado no Cemitério Paroquial de Gondarém.
Centro Paroquial de REBOREDA
foi contemplado no Plano de
Auxílio 2001 - Intrumentos
Musicais, pelo INATEL
Integrado na secção Bandas e Escolas de Música, do
Plano de Auxílio 201, do INATEL, o Centro Paroquial de
S. João de Reboreda foi contemplado com instrumentos
musicais, assim como outros agrupamentos, do género, do
distrito de Viana do Castelo. Facto que também aconteceu
(oferta de instrumentos) a diversos grupos folclóricos do
Alto Minho.
No Jornal “Cerveira Nova” de 5 de Abril de 1999, na
1.ª página e na secção “Flagrantes Cerveirenses”, apresentei, com o pseudónimo de Poeta da Lama, a seguinte quadra:
EM ABRIL DE TRINTA E TRÊS
FALECEU MANUEL LEBRÃO
PARA O MUITO QUE ELE FEZ
É POBRE A RECORDAÇÃO!
Estes simples versos não representaram nada de novo,
no aspecto crítico, àquilo que ao longo dos anos tantos
cerveirenses e não cerveirenses manifestaram em relação
ao monumento erigido (e a fotografia do nosso colaborador António Magalhães documenta) ao Grande Benemérito Manuel José Lebrão.
O Jornal “Cerveira Nova” foi muitas vezes o porta-voz
dessas críticas, aliás como também o foram outros órgãos
de Comunicação Social.
Há poucos dias, foi inaugurado um novo monumento
(ler notícia noutro local deste número) que, segundo as
opiniões, está mais de acordo com a grandeza da benemerência de Manuel José Lebrão.
Mas manda a verdade dizer que quem mandou erigir,
quando nada havia, o antigo monumento a Lebrão, também o teria feito com todo o sentido de GRATIDÃO.
O abandonar de cães nas traseiras
do Mercado Municipal de CERVEIRA
Várias pessoas têm feito referência de que nas traseiras
do Mercado Municipal de Vila Nova de Cerveira são
abandonados, com certa frequência, cães.
Um acto que merece repúdio e que deverá ser eliminado rapidamente.
População do concelho diminuiu, mas
aumentou nos alojamentos e edifícios
1991
2001
Pop. residente
Pop. residente
Diferença
Concelho
9144
8842
-302
Campos
1038
1244
206
Candemil
267
245
-22
Cornes
540
477
-63
Covas
932
741
-191
Gondar
170
154
-16
Gondarém
988
991
3
Loivo
771
863
92
Lovelhe
463
432
-31
Mentrestido
323
271
-52
Nogueira
198
243
45
Reboreda
596
679
83
Sapardos
412
396
-16
EM CERVEIRA
Sopo
680
574
-106
O octogenário Álvaro Augusto Rebelo veio a sepultar
para o Cemitério Municipal de Vila Nova de Cerveira.
O extinto, que residia em Lisboa, era casado com Emília Ramos, e havia, ainda há pouco tempo (conforme
“Cerveira Nova” na altura noticiou), celebrado as bodas de
ouro matrimoniais.
Vila Meã
244
268
24
VNCerveira
1522
1264
-258
José Lopes Gonçalves
FUNERAIS
EM CAMPOS
Para o Cemitério Paroquial de Campos foi a sepultar
Maria Purete Pereira Paço Cunha, de 50 anos, casada,
que era natural de Campos e residia no lugar de Miragaia,
na freguesia de Vila Meã.
EM COVAS
Foi sepultado, no Cemitério Paroquial de Covas, João
Pereira (irmão de “Nelson Vilarinho”) que residia no lugar
da Valinha, na referida localidade.
O falecido foi tocador na Rancho Folclórico de Sopo e
também do agrupamento dos “Bombos de Santiago” (Sopo).
Às famílias de luto apresentamos condolências.
Segundo dados preliminares dos Censos 2001, o concelho de Vila Nova de Cerveira perdeu 302 habitantes,
comparativamente com os Censos de 1991.
Das 15 freguesias do concelho, 9 viram a sua população diminuir, sendo as mais atingidas Vila Nova de Cerveira, Covas e Sopo. Contrariando esta tendência, as freguesias de Campos, Loivo e Reboreda foram as que tiveram o maior aumento populacional.
Ainda segundo dados preliminares dos Censos 2001,
verificou-se no concelho de Vila Nova de Cerveira e em
relação aos Censos 1991, aumento de famílias, que passaram de 3037 a 3186; alojamentos, que passaram de 4245 a
5112; e edifícios, que passaram de 3792 a 4679.
Presidido pelo Secretário de Estado do Turismo, Vítor
Neto, teve lugar, no dia 23 de Novembro, no Salão Nobre
dos Paços do Concelho, a assinatura do acordo de colaboração no âmbito do Programa Piter “Consolidação da
Oferta Turística, Arte e Natureza - Vila Nova de Cerveira”.
«O acordo de colaboração, que foi rubricado pelo Presidente do Instituto de Financiamento e Apoio ao Turismo
e pelo Presidente da Câmara Municipal, compreende um
investimento global de 3 milhões e 714 mil contos.
Desta fatia, 782 mil contos referem-se a projectos de
natureza municipal: valorização do centro histórico, beneficiação e alargamento da EM 516, Aquo-museu do rio
Minho e parque biológico e praia da Lenta. A comparticipação governamental ronda 154 mil contos.
A restante verba (2 milhões e 932 mil contos) relaciona-se com investimentos de âmbito privado, designadamente apartamentos turísticos de primeira categoria, hotel
de quatro estrelas e dois parques de campismo. Estas
estruturas ficarão localizadas em diferentes pontos do concelho».
Agredida, em GONDARÉM, teve
de ser assistida no Centro de Saúde
de Cerveira
Declarando ter sido vítima de agressão, Benuzina Alice Dias Pereira, de 39 anos, teve de ser assistida no Centro
de Saúde de Vila Nova de Cerveira.
Residente no lugar de Padrozelo, na freguesia de Gondarém, a agredida foi transportada à unidade de saúde
pelos Bombeiros Voluntários de Cerveira.
Grupo de idosos cerveirenses de
férias, durante uma semana,
no Algarve
Um grupo de quatro dezenas de pessoas da terceira
idade, do concelho de Vila Nova de Cerveira, partiu, no
dia 4 de Dezembro, para o Algarve, onde gozará um período de férias, o qual se prolongará até ao dia 11 do mesmo
mês.
Esta estadia, em terras algarvias, dos idosos cerveirenses, integra-se no chamado turismo sénior.
João Henrique Roleira, de 98 anos,
residente em CAMPOS, é, afinal,
o assinante mais idoso do
Jornal “Cerveira Nova”
Recentemente publicamos no Jornal “Cerveira Nova”
que Rui Teodorico Martins Conde, de 97 anos, residente
em Lovelhe, era o assinante mais idoso deste quinzenário.
Posteriormente tivemos conhecimento que afinal o
assinante mais idoso de “Cerveira Nova” é João Henrique
Roleira, residente no lugar de Outeiro, na freguesia de
Campos, pois conta 98 anos de idade, completados em 12
de Outubro de 2001.
Aos dois nonagenários os sinceros desejos que continuem, por mais anos, como assinantes de “Cerveira
Nova”.
CERVEIRA NOVA
Página 4
5-12-2001
Informação do Concelho
Pontão causa perigo em CERVEIRA
Foi inaugurado, no dia 24 de Novembro,
em CERVEIRA, o novo monumento
ao Grande Benemérito Manuel José
Lebrão
Incêndio, num camião
em CANDEMIL
Os Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Cerveira
tiveram de actuar, na freguesia de Candemil, na extinção
de um incêndio que se declarou num camião, que transportava uma cisterna, com alcatrão, que era utilizado na pavimentação de um caminho.
Coro Académico da Universidade do
Minho actua, na Igreja Matriz de
Vila Nova de Cerveira, no dia
8 de Dezembro
Na Rua Costa Pereira, em Cerveira, existe uma travessia, junto ao antigo posto da G.N.R., que dá acesso ao Largo de Santa Cruz (antiga Praça do Peixe).
Há pouco tempo o trânsito de veículos foi cortado por
motivo de um pontão, existente na referida travessa, ameaçar ruir, o que se torna perigoso, uma vez que a estrutura é
de cantaria e ferro.
Mas se para os veículos e condutores o perigo deixou
de existir, para as pessoas que por ali circulam, a pé, a
integridade física está em risco, já que a anomalia continua
à vista.
Saliente-se, até, que nos dias da feira semanal de Cerveira, passam por aquele arruamento muitas pessoas.
A solução rápida do caso é o que se espera.
SUGESTÕES E OUTROS REGISTOS
JÁ CORRE ÁGUA NA FONTE DA VILA!
Noticiamos, na edição de 5 de Novembro findo, que as
três bicas do Fontanário existente no Terreiro, desta Vila,
deixaram de fornecer esse precioso líquido. Verifica-se
agora, com geral regozijo, que as mesmas voltaram novamente a mostrar o espelho daquelas límpidas águas, valorizando assim aquela antiquíssima “Fonte da Vila” de
mergulho, com acesso em escadaria e fontão triangular
moldurado que, pelo tipo de escudo e frontão, a sua cronologia aponta para meados do século XVII.
Também noticiamos, recentemente, que na Avenida
do Cemitério se encontravam apagados, durante a noite,
alguns postes de iluminação pública. Congratulamo-nos
por os mesmos já terem sido visitados por uma equipa dos
respectivos serviços da E.D.P. que procedeu à sua devida
reparação.
Alertamos ainda, na edição de 5 de Novembro, os
mesmos serviços, que um dos arruamentos do Bairro
Municipal, se encontrava às escuras por motivo de se
encontrar avariado o globo da iluminação lá existente. Foi
com satisfação que os habitantes daquela zona verificaram que, dentro de pouco tempo, foi o mesmo arranjado.
Na edição de 5 de Agosto findo, noticiamos que próximo às instalações do INATEL alguém, abusivamente, lançou uma quantidade de entulho, oferecendo mau aspecto.
Podemos agora informar que, graças aos esforços desenvolvidos pelos respectivos serviços camarários, esse local
já foi devidamente limpo, e mais, foi colocada uma tabuleta nesse local proibindo o lançamento de entulho nessa
zona. Medida muito acertada.
Bem hajam.
Gaspar Lopes Viana
Um residente em VILA MEÃ ferido
num acidente de viação na E.N. 13
Foi na E.N. 13, em Reboreda, que ficou ferido, após o embate entre um automóvel e uma motorizada, o ciclomotorista Valdemar Marques, de 46 anos, residente no lugar de Miragaia, na
freguesia de Vila Meã.
Pelos Bombeiros Voluntários de Cerveira foi transportado,
para receber assistência, ao Centro de Saúde local e, depois, ao
Hospital de Santa Luzia de Viana do Castelo.
CERVEIRA NOVA
O SEU JORNAL / O SEU AMIGO
Está marcado, para as 21 horas de 8 de Dezembro, na
Igreja Matriz de Vila Nova de Cerveira, a actuação do
Coro Académico da Universidade do Minho, num concerto, de Natal, em que também irá participar o Coral Polifónico de Vila Nova de Cerveira.
Num embate de veículos, em
GONDARÉM, um residente,
na localidade, ficou ferido
Tal como anunciamos, com destaque, no Jornal
“Cerveira Nova” de 20/11/2001, foi inaugurado, no dia 24
de Novembro, na sede do concelho de Vila Nova de Cerveira, o novo monumento a Manuel José Lebrão.
Diversas entidades, e outras pessoas, em número elevado, assistiram ao acto inaugurativo da nova MEMÓRIA ao
Grande Benemérito, MEMÓRIA localizada próximo da
avenida que também ostenta o nome de Manuel José
Lebrão, e também se encontra a pouca distância do HOSPITAL que doou ao concelho.
O busto, em bronze, assente num pedestal de granito, é
da autoria do escultor Jaime Azinheira.
A construção do novo monumento a Manuel José
Lebrão teve como dinamizadora a Junta de Freguesia de
Vila Nova de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal.
Entrega de prémios da XI Bienal
Internacional de Cerveira
No dia 1 de Dezembro teve lugar a entrega dos prémios da XI Bienal Internacional de Cerveira, no Fórum
Cultural de Cerveira, com a presença das entidades patrocinadoras destes prémios e exposição das obras premiadas
na XI Bienal bem como escultura em resina, projecto da
autoria do Escultor Artur Moreira, e executada no atelier
de resinas da XI Bienal que funcionou na Casa do Artista
“Pintor Jaime Isidoro”.
Além disso, o público pode apreciar 10 telas monumentais (4 metros de altura por 2 metros de largura), executadas no atelier de pintura monumental da X Bienal de
Cerveira (1999), acção patrocinada pela Baviera S.A., da
autoria de: Jaime Isidoro, Sobral Centeno, Rui Aguiar,
Miguel Dalte, Adriano Mesquita, Henrique do Vale, Acácio Carvalho, Francisco Trabulo, Cristina Leite e Augusto
Canedo.
A exposição estará patente ao público até 22 de
Dezembro. Entrada é livre e pode ser visitada todos os
dias, das 15 às 19 horas, excepto domingos.
Todas as obras premiadas, à excepção dos prémios de
aquisição Clipóvoa e Águas do Minho e Lima, ficam propriedade de Vila Nova de Cerveira, integrando assim o seu
espólio artístico e que brevemente terá lugar de exposição
no Museu da Bienal, a funcionar no Fórum Cultural de
Cerveira, no início de 2002.
Em simultâneo é inaugurada, na Galeria Projecto, a
exposição “Na Tal Cerveira”, com pintura de pequeno formato, objectos de arte, gravuras, serigrafias, cerâmicas de
diversos autores. Exposição patente até 12 de Janeiro, das
10 às 13 e das 15 às 18,30 horas. Entrada livre.
Parque automóvel e acesso a deficientes.
http://www.cerveiranova.pt
Por motivo de um embate, entre dois veículos ligeiros,
no lugar da Estação (E.N. 13), na freguesia de Gondarém,
ficou ferido Valdemar Manuel Romeu Ramalho, de 42
anos, residente na localidade.
Pelos Bombeiros Voluntários de Cerveira, o sinistrado
foi transportado, para receber assistência, ao Centro de
Saúde local e depois ao Hospital Distrital de Viana do
Castelo.
Mensagens de felicitações pelos 31 anos
de existência do Jornal “Cerveira Nova”
Através de variados meios de comunicação, recebemos
mensagens de felicitações pelo completar de 31 anos de
existência do Jornal “Cerveira Nova”.
Na impossibilidade de o fazermos individualmente,
deixamos aqui registado os nossos agradecimentos a todos
quantos tiveram a amabilidade de felicitar o quinzenário
pela passagem de mais um aniversário.
CERVEIRA NOVA
Proprietário e Editor:
Eduardo Jorge Creio da Costa Caldas
Travessa do Belo Cais, s/n.º
4920-260 VILA NOVA DE CERVEIRA
Director: José Lopes Gonçalves
Chefe de Redacção: José Lopes Gonçalves
Redacção, Assinaturas e Publicidade:
Travessa do Belo Cais, s/n.º
4920-260 VILA NOVA DE CERVEIRA
Telefone: 251 794 762 / Fax: 251 794 820
E-mail: cerveiranova@mail.pt
DEPÓSITO LEGAL: 74184/94 / R.I.C.S.: 100 891
NIPC: 816 673 578 / NIF: 189 156 791
Composição e paginação: Eduardo R. Costa Caldas
Edição electrónica: http://www.cerveiranova.pt/
Impressão: Gráficas JUVIA
A Gândara de Guillarei, s/n
GUILLAREI
36720 TUI – Espanha
Tiragem desta edição: 1350 exemplares
FUNDADORES:
Firmino Puga Gonçalves Costa; Germano Lopes Cantinho; Inocêncio
José Barbosa; Jaime Artur Amado Morgado; João Novais Alves;
José Augusto Lopes Gonçalves; José da Encarnação Ramos Pereira
Pedreira; José Henrique Paula Ferreira da Costa; Luís Pedro Pinto
Barbosa; Manuel Bonifácio de Portugal Marreca Gonçalves Costa;
Manuel Puga Gonçalves Costa; e Manuel da Purificação Rodrigues.
MEDALHA DE MÉRITO CONCELHIO
CERVEIRA NOVA
5-12-2001
10 de Outubro
31 de Outubro
SUMÁRIO DA REUNIÃO
SUMÁRIO DA REUNIÃO
Orde m do Dia
- Balancete
Período Antes da Ordem do Dia
- Tolerância de ponto no dia 2 de Novembro
Serviços Municipais
- Regime jurídico da urbanização e da edificação Delegação de competências
Ordem do Dia
- Balancete
- Alterações ao Plano de Actividades e ao Orçamento
Municipais em vigor
Juntas de Freguesia
- Junta de Freguesia de Candemil - Verba para a
Estrada dos Cabrais
- Junta de Freguesia de Gondarém - Subsídio para
equipamento informático
- Junta de Freguesia de Vila Nova de Cerveira Verba para arranjo urbanístico
Serviços Municipais
- Inspecção temática no município de Vila Nova de
Cerveira - Relatório final
Emissão de Pareceres
- Governo Civil - Máquina de Diversão
- Direcção dos Serviços Florestais - Parques Eólicos
de Quebrada e de São Paio
Paróquias e Comissões de Festas
- Centro Social e Paroquial de Campos - Subsídio
Expediente e Assuntos Diversos
- INH - Acordo de colaboração para a construção de
1 fogo
- APPACDM - Apoio a transportes
- Jornal "Cerveira Nova" - 31º aniversário
- Eduardo J. Costa Caldas - Site Internet
Património Municipal
- Edifício do GAT do Vale do Minho - Arrendamento de
instalações
- Alienação de património municipal - Venda de terreno
a Emília de Barros Bouça
CINEMA PARA TODOS
OS GOSTOS NO MÊS
DE DEZEMBRO
A agenda cinematográfica para o mês
de Dezembro, cujas sessões decorrem às sextas e
sábados (22.00 horas) e aos domingos (21.30
horas) no cine-teatro dos bombeiros, apresenta
quatro películas de géneros diferentes mas com a
mesma qualidade.
Este fim de semana, dias 7, 8 e 9, está
prevista a projecção do filme "Scary Movie 2 Um susto de filme", comédia realizada por
Keenen Ivory Wayans, com a participação dos
actores Marlon Wayans, Shawn Mayans e Anna
Faris. Nos dias 14, 15 e 16, será apresentado "O
beijo mortal do dragão" com Jet Li, Bridget
Fonda e Tchéky Karyo. A realização leva a
assinatura de Chris Naon.
Para o fim de semana seguinte, dias 21,
22 e 23, a película escolhida é "Olhos de Anjo".
Trata-se de um drama/romance que conta com a
realização de Luis Mandoki e interpretação
cinematográfica de Jennifer Lopez, Jim Caviezel
e Sonia Braga.
Depois do Natal e antes do fim de ano,
está reservado o filme "Fantasmas de Marte de
John Carpenter", da autoria de John Carpenter,
com participação de Ice Cube, Natasha
Henstridge e Jason Statham. A entrada é para
maiores de 12 anos. O género é ficção científica.
Principais deliberações
AUTARQUIA APOIA JUNTAS DE
FREGUESIA E COLECTIVIDADES
DESPORTIVAS
A Câmara Municipal de Vila Nova de
Cerveira aprovou, nas reuniões ordinárias dos
dias 10 e 31 de Outubro, um conjunto de apoios
às juntas de freguesia e colectividades
desportivas no valor global de 18000 contos.
Paralelamente, atribuiu um subsídio aos
bombeiros locais na ordem dos 5000 contos para
as obras de ampliação do quartel.
Empreitadas e Fo rnecimentos
- Empreitada de "Pavimentação do Arruamento entre
Areal/Cruzeiro/Sra da Encarnação" - Divisão de encargos
nos termos do Artº 22º do D.L. 197/99, de 8 de Junho
Juntas de Freguesia
- Junta de Freguesia de Covas - Cedência de cubos
- Junta de Freguesia de Loivo - Verba para intempéries
- Junta de Freguesia de Gondarém - Verba para regadios
- Junta de Freguesia de Mentrestido - Verba para
caminhos
- Junta de Freguesia de Sapardos - Verba para caminhos
- Junta de Freguesia de Sopo - Pedido de transporte
Emissão de Pareceres
- Governo Civil - Máquina de diversão
- Zona Florestal do Vale do Minho - Parecer sobre
projecto de reflorestação
- Aprovação da acta em minuta
Página 5
Associações Culturais, Desportivas e Clubes
- Veteranos do Clube Desportivo de Cerveira - Subsídio
- Associação Desportiva de Campos - Subsídio
- Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de
Vila Nova de Cerveira - Verba para obras
Paróquias e Comissões de Festas
- Centro Social e Paroquial de Campos - Grupo
Folclórico
Escolas do Concelho
- Escola do 1º CEB de Vila Nova de Cerveira - Material
informático
- Delegação Escolar de Vila Nova de Cerveira Reordenamento da rede escolar do 1º CEB 2002/2003
- Escola do núcleo de Cividade, em Cornes - Material
para o refeitório
Assuntos de Pessoal Municipal
- Requisição de chefe de repartição - Prorrogação de
prazo
- Ana Catarina Costa Viana do Rocha - Acumulação de
funções
Loteamentos e Obras Particulares
- Processo de obras 22/01 - Nelson Pereira
Expediente e Assuntos Diversos
- Juizes sociais para tribunais de menores - Elaboração
de listas
- XI Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de
Cerveira - Prémios
- Águas do Minho e Lima - Títulos das acções
- Escola Superior Gallaecia - Estágio
- Targa Clube - Rali Casino da Póvoa
- Cerveira Fraterna - Uso da piscina municipal
- Período de intervenção aberto ao público
- Aprovação da acta em minuta
No tocante às freguesias, registou-se
um apoio financeiro de 5000 contos à junta de
Loivo para o melhoramento de regos de águas
bravas e reparação de caminhos danificados no
último inverno. À freguesia de Mentrestido foi
concedida uma verba de 3200 contos para o
caminho do lugar da Portela.
Por sua vez, a junta da vila recebeu um
subsídio de 3 mil contos para proceder ao arranjo
urbanístico envolvente ao Monumento a Manuel
José Lebrão, na Avenida do Hospital, enquanto a
freguesia de Candemil foi contemplada com uma
verba de 2000 contos destinada à reparação de
danos causados no inverno passado na estrada
dos Cabrais.
Melhoramento das instalações
da Associação Desportiva de Campos
Neste capítulo, verificaram-se ainda
transferências financeiras para a junta de
Gondarém (1250 contos para aquisição de
equipamento informático e obras de regadio) e
junta de Sapardos (1000 contos para fazer face a
despesas de reparação e pavimentação de
caminhos em calçada à portuguesa no largo do
Cruzeiro, no caminho do Outeiro e na sede da
junta).
No domínio desportivo, o executivo
disponibilizou uma dotação financeira de 2300
contos à Associação Desportiva de Campos para
a execução de obras de carácter urgente nas suas
instalações, tendo revogado a deliberação que
previa a concessão de um apoio para aquisição de
uma viatura.
Por fim, o executivo apreciou e votou
favoravelmente um subsídio de 250 contos à
secção de veteranos do Clube Desportivo de
Cerveira destinado a comparticipar os encargos
decorrentes da sua participação no Torneio
Distrital de Veteranos.
Textos da responsabilidade do Gabinete de Imprensa da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira
CERVEIRA NOVA
Página 6
5-12-2001
CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA
LISTA DE CANDIDATOS À CÂMARA MUNICIPAL
PS
PSD/CDS-PP
C.D.U.
José Manuel Vaz Carpinteira, João Fernando Brito
Nogueira, Fernando José Rodrigues Pires Venade, Anabela Lajes de Oliveira Quintas, Maria Célia Sá Pereira Caldas, Acácio da Silva Pereira Pinto, Maria Augusta Pinto
Barbosa, Napoleão Augusto Silva Rodrigues, Irene Maria
Rodrigues Caetano Pereira de Matos, Maria Dulce da Costa e Bruno Miguel Fernandes Rodrigues.
Manuel Lages Bernardo, Vítor Manuel Inácio Costa, Carlos Miguel Brandão Alves, José Augusto Cantinho Venade, Vítor Manuel da Silva Alves, Luís Gonzaga Pena
Machado, Homero António Gomes, Sandra Isabel Bouça
Valentim, César Paulo Carvalho Gomes e Luís Alberto
Fernandes Araújo.
Carlos Alberto Plácido de Sousa, Zeferino de Araújo Castro, João Joaquim Lemos Costa, João Pedro Amorim
Ribeiro, Maria Manuela Palmeira Afonso, Teresa de Jesus
Silva Rodrigues Venade, Eusébio Devesa Afonso e João
Esteves Pereira.
LISTA DE CANDIDATOS À ASSEMBLEIA MUNICIPAL
PS
PSD/CDS-PP
C.D.U.
Daniel Bessa Fernandes Coelho, Rui Manuel de Sousa
Esteves, Daniel Amorim Barbosa, Maria Manuela Gonçalves Lourenço Ferreira, Maria José Castro Guerreiro,
Manuel Pedro Cerqueira Soares, Manuel José Romeu
Galamba Ramalho, Paulo Jorge Gonçalves da Purificação,
Rui Alberto Rodrigues da Cruz, Silvério José Alves de
Carvalho, Manuel Carlos da Encarnação Barros, João
Miguel Vieira Malheiro, Cândido Magalhães Malheiro,
Carla Isabel Martins Segadães, Nuno Gonçalo Lopes
Pereira, João Lourenço de Abreu Enes do Rego, António
Gonçalves Lopes, Luís Sérgio Esteves Gomes, Agostinho
da Cunha Gonçalves Rio, Marco André Esteves Torres da
Silva, Emanuel Renato de Sousa Oliveira, Jean Jacques
Gonçalves, José Luís de Barros Lima, Nelson José da Silva Barbosa, João José da Costa Oliveira, Virgilino José
Gonçalves Espinheira, Fernando Manuel Pereira Torres,
Jorge Augusto da Silva Rodrigues, Ernesto Antero Tavares Pereira de Matos, Rui Manuel Rocha Amorim e Susana Helena da Silva Nogueira.
António Roleira Marinho, Ricardo Olas Martins Conde,
Jorge Humberto Malheiro Barbosa Ribeiro, Manuel Carlos
Caldas Palhares, José Isaac Afonso, Cândido da Ascenção
Azevedo Bouça, António Carlos Martins Roleira Marinho,
Manuel da Silva Araújo, Augusto Silva Mendes Lima,
Francisco Manuel Fernandes Pires Cerdeira, Aristides
Manuel Rodrigues Martins, Manuel da Purificação Rodrigues, José Ventura Araújo Venade, Fernando Faria Araújo, Vítor Manuel Neves Pereira, Fernando Emílio Rodrigues Costa Caldas, Jacinto Miguel Mota Alves, Carlos
Alberto Lima Guerreiro, Joaquim Casimiro da Silva Barbosa, Ana Catarina Martins Roleira Marinho, António
João Henriques da Cunha, Augusto Armando Romeu,
João Filipe Pereira Rebelo, José Luís Rodrigues, João
Manuel Araújo da Cunha Ribeiro, António Esmeriz
Lameira, Manuel Luís Roleira Barbosa, Manuel Pereira de
Oliveira e Manuel António Martins.
Zeferino de Araújo Castro, Carlos Alberto Plácido de Sousa, Rosamel Pires Venade, João Pedro Amorim Ribeiro,
Carlos Alberto Perucho de Morais, João Joaquim Lemos
Costa, Maria Manuela Palmeirão Afonso, Lito de Jesus
Dias, Júlio Alberto Andrade Carilho, Branca Lucília Amorim, João Pereira Esteves, Rui Pedro da Encarnação Castro, Eusébio Devesa Afonso, José Carlos Pereira da Silva,
Maria Amélia Rocha Pereira, João Paulo Araújo, Joaquim
Manuel da Cunha Rodrigues Araújo, Carlos Brito Gomes,
Manuel Domingos Morgado Brandão, Raimundo Dantas
Araújo e José Carlos do Barreiro Gomes.
LISTA DE CANDIDATOS ÀS ASSEMBLEIAS DE FREGUESIA
FREGUESIA DE CAMPOS
PS
Joaquim Aneceto Bernardes Martins Lara, Fernando José
Malheiro Pires, Deodato António Barros Fernandes, Euclides de Jesus Gonçalves Rodrigues, Olga Maria Barbosa
Pontedeira, Nestor Pereira Afonso, Daniel Pires de Sousa,
José António Lopes da Silva, Luís Fernando Antunes,
Jacinto Carlos Amorim Fernandes, António Magalhães
Carneiro, Silvia Maria Fernandes da Cunha, Eugénia
Maria Barros Borges Fernandes, Mário Inocêncio Vieira e
Pedro Gonçalves Costa.
PSD/CDS-PP
Joaquim de Sousa Malheiro, António Ferreira da Silva,
Alexandre José Barros Joaquim, Elvis Graça Costa,
Andrelino Augusto Senra Fernandes, Daniela Sofia Ferreira Fernandes, Jorge Castro Costa, Joaquim Baptista Pires
Graça, Francisco George Celestiano Goes e Sá, Fernanda
Lima da Silva Graça, Humbertino Afonso Costa e Gonçalo Trindade Gonçalves Roleira.
C.D.U.
Rosamel Pires Venade, Carlos Alberto Plácido de Sousa,
Manuel Dias de Carvalho Fernandes, Branca Lucília Amorim, Maria Manuela Palmeira Afonso, Virgílio Joaquim da
Cruz, Teresa de Jesus Silva Rodrigues Venade, Marco
António de Carvalho Varela, Ana Luísa Garcia do Nascimento e Victor Manuel Loureiro de Azevedo.
FREGUESIA DE CANDEMIL
PS
David Brito da Rocha, João Pinto de Barros, Ana Maria
Gonçalves de Barros, Manuel Horácio Gomes Viana, Ilídio Rodrigues Gonçalves Malheiro, Ernesto José Miranda
Costinha, Luís Jaime Leal Costa, Gonçalo da Silva Fernandes, Manuel Joaquim Fernandes de Barros, José Joa-
quim Gonçalves Batista, Luís Filipe Ambrósio Valente,
Mário Fernandes Pereira, Vasco Rodrigues Pereira,
Manuel Joaquim Barros e João António Cantinho da Costa.
PSD/CDS-PP
João Celestino Loureiro Esteves, José Carlos Lopes Correia, Armando Monteiro de Sá, Joaquim Luís de Amorim
Barbosa, Amália Lameira Pereira Barcelos, José Miguel
Rodrigues Pereira, Madalena da Conceição Pinto Sanches,
Perfeito João Pereira, Cristina Maria Rodrigues da Cunha,
Maria Fernanda Senra Pereira Silva, Vítor Porfírio Dias de
Barros, Adriano da Costa e Liliana Filipa Brandão Neves.
FREGUESIA DE CORNES
PS
Salvador Bacelar Roleira Barbosa, José Augusto Sobreiro
Domingues, Fernando António da Cunha Alves, José Henrique Esmeriz Costa, Homero António Alves Bouçós, João
Batista do Paço Valente, Luís Ibérico Gonçalves Lopes,
António Senra de Sousa, Joaquim Luís Rodrigues Oliveira, Emídio Afonso da Cunha, António Jorge Valente
Pereira, António Mouta, Amaro Fernandes Lameira, José
Luís Marinho de Carvalho e José António da Costa Correia.
PSD/CDS-PP
Fernando Batista da Rocha, Marisa do Nascimento de Sá,
José Jorge Correia da Cunha, Diamantino do Nascimento
Marinho, Armando Eduardo da Cunha Correia Jesus, Luís
de Jesus Maia, José Joaquim Neves Barbosa, Victor
Manuel Rodrigues da Cunha, Luís Alberto Lopes Marinho, Homero António Bouçós Rodrigues, José Augusto
Marinho Sousa, José Brandão da Cruz, Manuel Augusto
Gonçalves Mendes, Américo Fernandes Lopes, José
Manuel Fernandes Montenegro e Domingos Araújo
Valente.
FREGUESIA DE COVAS
PS
Vítor Manuel Vieira da Rocha, Cesaltina de Lurdes
Moreira da Costinha, Pedro André da Costa Araújo, Isabel
Cristina da Cunha Saavedra, Manuel Salvador Dias da Silva, Judite Senra de Araújo Barros, José Pereira da Costinha, Fernando Manuel Rocha Amorim, Domingos Carvalho Saavedra, Jorge Domingos Fernandes Santos e João
Vital Fernandes Barreiro.
PSD/CDS-PP
Alfredo Martins Barbosa, João Norte de Melo, Júlio
Manuel Costa Fernandes Sequeira, João Manuel Araújo
Domingues Caldas, Ricardo Nuno Correia, Manuel José
Gonçalves Freire, Carlos Alberto da Cunha Saavedra,
Davide Alves de Araújo, António João da Rocha Correia,
Américo Ceia Durão, Narciso Batista Fernandes da Cunha
e Armindo José Domingues.
C.D.U.
João Esteves Pereira, Manuel Mendes Rodrigues Machado, Ilda do Céu Pereira Esteves Miranda, Carlos Brito
Gomes, José do Vale Rodrigues, Raimundo Dantes de
Araújo, Manuel Domingos Morgado Brandão, José Carlos
Pereira da Silva, José Carlos do Barreiro Gomes e Eusébio
Devesa Afonso.
FREGUESIA DE GONDAR
PS
João Luís Barbosa Pinto, Paulo Jorge Martins Pereira,
João Salvador Barbosa Pires, Henrique Pereira da Silva,
Mário José Barbosa, José Henrique P imentel do Vale,
Gracelina Miranda Tavares, Célio Martins Silva, Maria
Aparecida Sanches Martins Sá, Luís Miguel Rodrigues
Brandão, Manuel Joaquim Esteves Pereira e Orlando
Xavier da Silva Lourenço.
5-12-2001
CERVEIRA NOVA
Página 7
CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA
LISTA DE CANDIDATOS ÀS ASSEMBLEIAS DE FREGUESIA
FREGUESIA DE GONDARÉM
PS
João Reinaldo da Silva Alves, Armando Rui Brandão
Paço, Joaquim Carlos Pereira de Sousa, Maria Alberta
Ferreira da Rocha, Alfredo Mota da Silva Guerreiro,
Maria de Lurdes Couto Barroso Rego, Armando Gonçalves Pereira, Fernando Ernesto Barbosa da Luz, Luís José
Correia Guerreiro, Maria de Fátima Araújo Fraga, Carlos
Alberto de Sá Gonçalves, Manuel Francisco Pereira Coelho, Claudino Pereira Ferreira e António de Amorim Cerqueira.
PSD/CDS-PP
João de Deus de Carvalho, Américo dos Santos Pereira,
David Luís da Rocha Lemos, Áurea Ferreira Martins,
Marçal Fernandes Vitorino, Carminda Maria Alves da Silva, Joaquim Casimiro da Silva Barbosa, Manuel Cunha
Oliveira, Teresa Raquel Oliveira Sousa, Maria Paula Ferreira Pereira e Arnaldo João Couto Guerreiro.
FREGUESIA DE LOIVO
PS
Joaquim Teixeira e Silva, Joaquim José Gomes Carpinteira, Armando António Bouça, José Bento Carvalho Lopes,
José Luís Azevedo Gomes, José Evaristo Caldas Gomes,
João Valentim Ferreira, Ana Maria da Cunha Montenegro,
César Augusto Valentim Andrade, Jorge Emílio Pereira da
Costa, Joaquim Barbosa Pereira Torres, Armando Ferreira
Gonçalves, Joaquim José Inácio da Silva, Augusto José
Encarnação Valentim, Manuel Gonçalves Varandas e José
Carlos Senra Durão.
PSD/CDS-PP
Rosa de Jesus da Fonte Vieira Machado, Cândido da
Ascensão Azevedo Bouça, José Carlos Gonçalves Azevedo, Sandra Isabel Queirós Pires da Cunha, Joaquim Amorim Pereira, Vítor Manuel Gonçalves Lopes Teixeira, José
Maria da Costa Sá, Manuel Pereira de Oliveira, Fernando
Mário Pereira da Cunha, Paulo dos Santos Luciano e
André Fernandes Pereira.
C.D.U.
Zeferino de Araújo Castro, Júlio Alberto Andrade Carilho,
Lito de Jesus Dias, Rui Pedro da Encarnação Castro, João
Paulo Araújo, Rosa Maria Oliveira Arantes Araújo, Joaquim Manuel da Cruz Rodrigues Araújo, Maria Amélia
Rocha Pereira, Carlos Alberto Esmeriz Costa e António
Gonçalves Varandas.
FREGUESIA DE LOVELHE
PS
Fernando Monteiro Matias, João Manuel Sousa Araújo,
Joaquim Domingos Martins Conde Gonçalves, José António Martins da Costa, Diamantino Martins Pontedeira,
Sérgio Henrique Malheiro Gonçalves, Américo Pereira
Araújo, António Martins, Maria de Fátima Bouçada da
Costa Barbosa, Carlos Alberto Lopes Durão, Elisa Maria
Lopes Martins, Maria da Conceição Ferreira Esmeriz, José
Gregório Morais Rodrigues, Carla Alexandra Amorim
Viães, Luzia Barbosa Alves e Joaquim Alves Ferreira.
FREGUESIA DE MENTRESTIDO
PS
António João Fernandes Gomes, Filipe Manuel da Silva
Amorim, João Manuel Gonçalves de Araújo, Manuel
António Correia, Isabel Cristina Esteves da Silva, Joaquim
Gonçalves Araújo, Carlos Manuel Pereira Pinheiro, Moi-
sés Pacheco Martins, Manuel Esteves da Costa, Justino
Pedro Pacheco Gomes, Manuel Joaquim Brandão, Isabel
Maria Gonçalves Brandão, José Gonçalves Pereira,
Manuel Brandão da Rocha.
FREGUESIA DE NOGUEIRA
PS
José Francisco Rodrigues, Maria de Fátima Flores Araújo
Alves, Filipe Miguel Fernandes Rio, António Sousa Gonçalves Vieira, Pedro Miguel Barros de Castro, Rui Manuel
Neves Gonçalves Rio, José Galvão Barreiro, Carlos Alberto da Silva Gonçalves, Brísida Malheiro Antunes, João
Paulo Barbosa Fernandes, Manuel Joaquim Esteves
Neves, Mário Carvalho de Sousa e Moisés Joaquim Barbosa Alves.
PSD/CDS-PP
Gil Costa Malheiro, Alexandrino Sousa Oliveira, Mónica
Sofia Rodrigues Marques, António Pires, Mário José
Neves Pereira, Artur Sousa Carvalho, Januário José Patusca Alves, Salvador Marinho Gonçalves, António Fernandes Castro, José Pedro da Cruz Senra, Horácio Joaquim da
Cruz Senra, António Manuel Fernandes Costa, Gabriel
José Oliveira Antunes, César Manuel Correia Cunha,
Madalena Oliveira Gonçalves, João António Costa Gomes
e Jorge Manuel Bento Queirós.
FREGUESIA DE REBOREDA
PS
Lourenço Caldas Martins, José Rodrigues Pereira, Joaquim José Roleira Afonso, Joaquim Giordano Rodrigues,
José Rodrigues Araújo Amorim, Afonso Rogério Sobreiro
Morence, Luís Albano Esmeriz, Orlando Mário Fernandes
Correia, António Maria Sousa Araújo, Henrique Gonçalves de Brito, Firmino Orlando Ribeiro Barbosa, Bernardino Maria de Araújo Ferreira, José Manuel Araújo Amorim
e José Constantino Viana de Barros.
PSD/CDS-PP
David Manuel Lopes Morgado Pinto dos Santos, José
Alberto Soares Pontes, Albino Martins Rodrigues, Filipe
Lameira, Jacinta de Araújo Rodrigues, José António Carvalho Ribeiro, João Luís Perucho Morais, Pedro Miguel
Gonçalves Correia, Ana Elisabete da Cunha Venade,
Albano Esmeriz Lameira, José Joaquim Alves Pereira,
Miguel José Cantinho Martins, Miguel Francisco de Araújo Ramalho e Paulo Manuel da Silva Fernandes.
C.D.U.
João Alberto Martins Fernandes, Carlos Alberto Perucho
de Morais, João Pedro Amorim Ribeiro, Diamantino
Venade Fernandes, José Augusto Fernandes da Cunha,
João Venade Fernandes, José Maria Amorim Morais, João
Batista da Cunha Rodrigues, José Francisco Chaveiro e
Ana Cristina Fonseca Ligueiro.
FREGUESIA DE SAPARDOS
PS
José Gonçalves da Silva, José Joaquim Araújo Pereira,
Manuel Joaquim Cunha Gonçalves, Anabela Pereira Oliveira Brito, Ana Maria Ribeiro de Carvalho Pereira, Carlos Alberto Gonçalves Dias, José António da Silva Pereira, Carlos da Silva Gonçalves, Manuel Maximino Montenegro Gonçalves, Carlos Manuel Rocha Carvalho de
Meneses Barbosa, António Jorge de Araújo Pereira, Elisabete Gonçalves da Silva, Feliciano Miguel Araújo Esteves,
Isabel Barros Pereira Gonçalves, José Joaquim da Silva,
Luís Miguel Fernandes da Rocha, Natália Zuzarte da Silva, Daniel Gonçalves Brandão, Manuel de Melo da Rocha
e Amélia dos Prazeres Fernandes Antunes da Cunha.
PSD/CDS-PP
José Duarte Gonçalves Silva, Carlos Miguel Brandão
Alves, Carlos Manuel Gonçalves Pereira, Maria Celeste
Brandão Ferreira, Cristina Oliveira Ferreira, Silvia de Oliveira Castro, José Manuel Alves Gonçalves, Secundino
Manuel Barros Batista, Nuno Jorge dos Santos Vilaça,
Jorge Manuel da Silva Pereira, Efrem Agostinho Pereira
da Silva, José Manuel da Costa Lopes, Luís Vaz da Rocha
e Joaquim Esteves de Sá.
FREGUESIA DE SOPO
PS
José Augusto do Poço, Cristina Maria Fernandes Guerreiro, Carmen de la Salete Oliveira Araújo, José António
Ruivo Rodrigues, Carlos Manuel Teixeira Bouça, Salvador Branco Gomes Brandão, Manuel António Cunha
Pereira, Henrique Graciano Giestal de Castro, Cecília
Alves Brandão, Jaime Manuel Branco Oliveira, Luís
Gomes Maciel, Elza Rosa Lopes do Poço Cunha, Alfredo
José Alves Soeiro, Marcindo José Barreira Branco, José
Gonçalves Barandas e Joaquim António da Costa Gomes.
PSD/CDS-PP
Manuel da Silva Araújo, Isidro da Silva Fernandes,
Manuel Angelo Guerreiro Teixeira, Paulo Alexandre da
Costa Fragata Lopes, Angela Sofia Barroso Rodrigues,
António Alves da Silva, Joaquim de Castro Rebelo, José
António Gomes Rego, António Postiço Branco, Liliana
Sofia Ávida do Poço, Albertina Barreiro Branco, Armando
Rodrigues da Silva Pereira, David João da Cunha Queirós,
Catarina Dantas Giestal, Raul Manuel Pereira Pinto, Maria
do Rosário Fiúza Rocha Oliveira Venade, Helena Araújo
Mendes, José Carlos Fernandes Codeço, Eugénio José
Cruz da Rocha, João António Branco, Manuel Raul Araújo Pereira, Jorge Luís Queirós Ribeiro, José Augusto Ferraz Pinto, José Manuel Novais Carvalho, Luís Joaquim
Barreiros Barroso, Manuel Fernandes Barbosa, Manuel
Ilídio Giestal T iago, Manuel Joaquim Durão Branco e
Manuel Luís Pinto Araújo.
FREGUESIA DE VILA MEÃ
PS
Ilídio Bouçada Rodrigues, Daniel Philippe Bezerra Ferreira, Adriano de Sousa Alves, Fernando Manuel Ribeiro
Neves, César Fernando Alves de Sá, José Ranhado
Gomes, José Carlos Dantas Costa, Joaquim Cerqueira,
João Luís Silva Brito, Carlos Manuel Nogueira Gonçalves,
José Joaquim Marinho Dantas Ferreira e João José Lopes
de Sousa.
FREGUESIA DE V.N. DE CERVEIRA
PS
António Amorim Barbosa, Vítor Nelson Esteves Torres da
Silva, Rodolfo Manuel Fernandes Torres, José Manuel
Cabral de Morais Sarmento Conde, Carlos Manuel do
Poço Pereira, Manuel Mário Ribeiro da Silva, Joaquim
Torres da Silva, Dulcídio Fernandes Pereira, Elisio Nuno
Roleira Rebelo, Rosa Carvalho Ferreira Ramos, Manuel
Travessa Martins, Cristina Isabel da Silva Cancela Gomes,
Silvia Raquel Alves Barbosa, Jorge Alberto Veloso Pinto
e Cristina Eduarda da Silva Nogueira.
PSD/CDS-PP
José Manuel Pereira Lopes Rebelo, Rui Miguel Gomes
Duro, Carlos Manuel Conde Tenedório, Eduardo Manuel
Duro Morgado, José Luís Ribeiro Rebelo, Manuel José da
Silva Rodrigues, Orlando Jorge Gonçalves Pinto, Joaquim
Augusto Barros Alves, Saul Augusto Conde Oliveira,
António Manuel Romeu de Carvalho, Beatriz José Araújo
de Sousa Pinto, Dante Jorge Araújo Roleira, Augusto
Vilas Leal, Luís Alberto Rodrigues Fernandes, Diamantino José Fernandes Oliveira e António Baixinho Fernandes.
Página 8
CERVEIRA NOVA
5-12-2001
MANIFESTOS ELEITORAIS DOS CANDIDATOS
Mais e Melhor CERVEIRA
TODOS POR IGUAL
SEMPRE COM CERVEIRA!
SEMPRE COM OS CERVEIRENSES
CERVEIRENSE E AMIGO(A):
Estimada(o) Cerveirense
No dia 16 Dezembro, vamos ser chamados a eleger os representantes dos diversos órgãos autárquicos
do nosso Concelho.
Da sua participação activa nas próximas Eleições
Autárquicas depende o futuro de Vila Nova de
Cerveira.
Dirijo-me a si para lhe dar a conhecer a minha
posição relativamente ao acto eleitoral que se aproxima.
Correspondendo a uma vontade pessoal de continuar o trabalho que tenho vindo a desenvolver com a
preciosa ajuda de todos os Cerveirenses e, sensível
ao apelo que tenho sentido de amplos sectores da
nossa comunidade, quero-lhe transmitir que estou
disponível para a recandidatura a um novo mandato
à Presidência da Câmara Municipal.
Vila Nova de Cerveira é um município que se tem
desenvolvido de forma bem visível, nos últimos
anos, fruto de uma política municipal consistente e
vigorosa, que privilegia o diálogo e a igualdade de
oportunidades entre as pessoas.
É cada vez melhor viver e trabalhar e m Vila
Nova de Cerveira.
Isto não significa que tudo esteja feito.
Conhecedor dos problemas do nosso concelho e
julgando saber interpretar o sentir e a vontade da
nossa população, estou empe nhado na defesa
intransige nte e promoção do interesse colectivo,
em cada uma das nossas 15 freguesias.
Com entusiasmo e sentido da responsabilidade,
apresento-me com uma equipa renovada - na Câmara, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia - que
é competente, experiente e tem obra feita, garantias de que iremos fazer mais e fazer melhor, nos
próximos 4 anos.
O pacto que lhe proponho a si e a todos os Cerveirenses, para os próximos anos, vai ao encontro de
um único objectivo: garantir a qualificação global
e coerente do nosso concelho, reforçando a qualidade de vida das pessoas.
Espero continuar a merecer a sua confiança e dos
Cerveirenses, para que o progresso da nossa Terra
continue no bom caminho.
Juntos, faremos mais e melhor Cerveira.
Sou o candidato da coligação “POR CERVEIRA” que integra os Partidos PPD/PSD e CDS/PP,
à CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA
DE CERVEIRA. Por isso, peço licença para me
dirigir a si dizendo das razões e quais os principais
objectivos desta Candidatura.
Por solicitação do meu Partido PPD/PSD decidi aceitar este difícil desafio, entendendo-o como
um SERVIÇO ao CONCELHO - onde vivo,
onde nasceram os meus filhos, onde me sinto bem
- e às SUAS GENTES.
Adoptei como lema da Candidatura “TODOS
POR IGUAL”, porque ao longo da minha vida
sempre tratei toda a gente da mesma maneira com
igual respeito, dedicação e apreço - independentemente das suas profissões, condição social ou
poder económico. Quero continuar essa forma de
estar na vida no exercício Autárquico.
Sou Delegado de Informação Médica, toda a
minha formação tem andado à volta da Gestão,
sinto-me, por isso, preparado para contribuir para
uma agilização dos procedimentos administrativos, melhorando a eficácia da Gestão Autárquica.
As PRIORIDADES da minha Candidatura são
todas aquelas que promovam MELHOR QUALIDADE DE VIDA para TODOS os CERVEIRENSES: SANEAMENTO BÁSICO; LIGAÇÃO À
AUTO-ESTRADA; REDE MUNICIPAL DE
ESTRADAS; ESCOLAS; APOIO SOCIAL;
REVISÃO DO PDM; COMÉRCIO; TURISMO;
DESPORTO; são algumas das áreas às quais darei
particular atenção, tendo sempre presente o que é
realmente necessário para os cerveirenses.
Todas estas prioridades e outras que fazem parte do quadro das nossas preocupações estão desenvolvidas no PROGRAMA DE ACÇÃO que a seu
tempo distribuiremos a TODOS.
“POR CERVEIRA” para ter “CERVEIRA SEMPRE”.
Até lá, aceite os meus cumprimentos.
Caros Cerveirenses:
Aproximam-se as próximas eleições autárquicas em 16
de Dezembro.
A CDU concorre por todo o país a estas eleições,
defendendo os interesses de Portugal e dos portugueses.
Aqui em Cerveira estão para nós em primeiro lugar os
Cerveirenses e o nosso concelho.
SÃO JÁ 12 ANOS!
Após 12 anos com o PS dominando Cerveira e as suas
autarquias, continuam muitos problemas afectando a qualidade de vida dos Cerveirenses. Vejamos alguns.
Os cuidados de saúde são muito deficientes, com um
Centro de Saúde de poucos recursos, obrigando os doentes
urgentes a irem para Viana, correndo maiores riscos. Por
tudo isto a medicina privada floresce, incluindo no Hospital, o qual deveria ser, sim, para todos nós.
Os ricos recursos em água do nosso concelho foram
entregues pela Câmara e pelo PS a uma empresa distrital,
que irá aumentar os preços para os consumidores.
A zona industrial continua sem saneamento básico. Há
lá bons lucros mas os trabalhadores têm baixos salários; e
há muito trabalho precário.
Não podemos esquecer também a má situação na
lavoura, as baixas reformas, a situação dos pequenos e
médios empresários, dos professores, dos empregados
bancários e outros, dos jovens e das mulheres. E apesar de
todas as propagandas e inaugurações com ministros, etc.,
as oportunidades dadas aos Cerveirenses nos últimos dez
anos não chegaram para impedir que a população do concelho baixasse. E subidas dos preços dos medicamentos e
da electricidade estão para breve.
Mas o PS em Cerveira continua cegamente amarrado à
desastrosa política do governo PS no país. Enquanto o
PSD e o PP já mostraram que não conseguem melhorar o
nosso concelho.
UMA ALTERNATIVA PARA MELHORAR!
Por todo o Portugal a CDU tem mostrado a sua competência e honestidade nas autarquias; defendendo também a
Paz e a segurança das populações.
Nós, que hoje a vós nos dirigimos em Cerveira, temos
muitos anos de experiência política; e não fazemos agora,
como nunca fizemos, promessas que não sejam para serem
cumpridas. Assim tudo faremos para melhorar o que apontámos!
Tudo indica que o PS irá ficar à frente nestas eleições
no concelho; mas os votos dados à CDU nunca serão aqui
perdidos; pois são os únicos votos úteis para sempre se
defender a beleza sem par da nossa terra e os verdadeiros
interesses de Cerveira e dos Cerveirenses!
É esta a nossa mais firme e maior promessa!
Estamos sinceramente ao vosso lado e, com abraços
amigos, somos:
Uma saudação amiga,
José Manuel Carpinteira
Manuel Lages Bernardo
PS apresentou, publicamente, no dia 24
de Novembro, os candidatos às Eleições
Autárquicas
Jantar convívio da coligação PPD-PSD/
CDS-PP para apresentação dos candidatos às Eleições Autárquicas é no dia 8
Candidatos da C.D.U. tem procedido à
distribuição do manifesto eleitoral no
concelho de Vila Nova de Cerveira
Foi no “Braseirão do Minho”, em Vila Meã, que o Partido Socialista apresentou os seus candidatos às Eleições
Autárquicas, a realizar no próximo dia 16 de Dezembro.
A apresentação dos candidatos do PS, ao acto eleitoral
no concelho de Vila Nova de Cerveira, ocorreu no dia 24
de Novembro.
Num jantar-convívio, a efectuar na “Braseirão do
Minho”, em Vila Meã, a coligação PPD-PSD/CDS-PP vai
apresentar os candidatos às Eleições Autárquicas, no concelho de Vila Nova de Cerveira, que terão lugar no dia 16
de Dezembro.
O jantar-convívio acontecerá no dia 8 de Dezembro e o
início está marcado para as 20 horas.
Os candidatos da coligação CDU, que irão concorrer,
no próximo dia 16 de Dezembro, às Eleições Autárquicas,
tem procedido à distribuição, no concelho de Vila Nova de
Cerveira, do manifesto eleitoral.
Essa acção política tem ocorrido em zonas de maior
concentração de trabalhadores.
Carlos Plácido de Sousa e Zeferino Castro
CERVEIRA NOVA
5-12-2001
Do meu miradouro
“QUANDO A SIRENE DOS BOMBEIROS SILVA...”
OS QUE NÃO SABEM... E NÃO QUEREM APRENDER
O tema não é
novo neste cantinho. Já
cá esteve, mas a sugestão caiu em saco roto. O
que até nem é coisa rara
quando se trata de matéria da competência da
Administração Pública.
A foto documenta uma das placas que, a
partir da principal artéria a ainda chamada estrada
internacional - pretende,
erradamente, indicar ao
viandante um dos mais
pitorescos lugares da freguesia de Reboreda.
Acontece que o
lugar se chama GÁVEA,
escrito assim mesmo,
com acento agudo na primeira sílaba, pois estamos perante uma palavra
esdrúxula.
Contudo, as placas pretendem apontam
um lugar que não existe,
chamado GAVÊA; um
vocábulo imaginário, e
que, se efectivamente
existisse tal como se
encontra gravado na placa,
ler -se-i a
então
"GAVEIA", palavra grave.
Situação semelhante, mas essa correcta, passa-se com algumas pessoas de mais
idade, ou mesmo até
com descendentes de
famílias nobres, que, tendo por apelido CORREIA,
e pretendendo conservar
Página 9
a ortografia antiga, continuam a escrever CORRÊA.
Noutros tempos,
isto de classificar as palavras quanto à acentuação - agudas, graves e
esdrúxulas - aprendia-se
na antiga 3.ª classe, e
ninguém ousava apresentar-se ao exame da
4.ª sem papaguear, na
ponta da língua, tudo isto
e muito, muito mais, da
Gramática da Língua
Portuguesa. Confesso
que após todas as
conhecidas reformas e
contra-reformas do nosso
sistema educativo, tantas
que já não sei quantas,
ignoro se os nossos estudantes ainda aprendem
estas coisas, e, na hipótese afirmativa, em que
grau de aprendizagem,
se no Ensino Secundário
ou no Superior.
Tempos em se
chumbava implacavelmente com menos de
9,5. Agora, e como se
sabe, tem havido casos
em que um zero já é suficiente.
Um humorista
crítico como uma lâmina,
ao comentar o estado do
nosso ensino, escreveu
mais ou menos isto:
"Conhecida agência de
viagens, numa campanha
de promoção, criou o
seguinte slogan: viaje
agora... e pague depois;
adaptado o slogan, teremos talvez em data não
muito distante: forme-se
agora... e estude depois."
António Magalhães
O AVANÇAR SEM HIPOCRISIA
Por solicitação telefónica, ou porque alguém pessoalmente alertou a Instituição de Bombeiros é
atendido o pedido de
socorro e, de imediato, se
os Soldados da Paz são
insuficientes a sirene é
posta a silvar. E, eis que
uns correndo, outros com
os seus meios de transporte a toda a velocidade
vão chegando ao quartel,
onde são informados do
motivo para que estão
sendo chamados. Enquanto isso, cada um veste a
farda com a rapidez que
lhe é possível, deslocando-se urgentemente para
a viatura ou viaturas que
já estão prontas para
arrancar com aqueles que
não sabem verdadeiramente a missão que os
espera. Na viatura ou viaturas conduzidas velozmente, com a marcha
assinalada pelos semáforos e pelo ruído das suas
próprias buzinas rumo a
mais uma, e por vezes,
ingrata missão, deixando
para traz o seu trabalho e
a sua família.
Assim, sem hipocrisia,
“a sirene silva, o cão ladra
e as viaturas dos Soldados da Paz passam”.
Entretanto, ao ser ouvido o toque da sirene, isto
também sem hipocrisia,
surgem os curiosos, os
impacientes, os incautos,
ou outros não enumerados
que, tratam sem perda de
tempo, de pegar no telefone ou telemóvel e ligar
para o quartel dos bombeiros para saberem o que se
passa. Porém, não se lembrando ou não se apercebendo que estão a prejudicar as comunicações efectuadas entre o quartel e os
bombeiros chegados ao
local do sinistro, dando
assim o ponto de situação,
para que o quartel fique
informado de necessidades que possam surgir,
durante o trabalho desenrolado pelos respectivos
bombeiros. Sendo assim,
as comunicações periódicas efectuadas entre o
quartel e entidades coordenadoras, não podem ser
efectuadas na devida altura se os telefones estão
ocupados com chamadas
praticamente desnecessárias!
As missões dos Soldados da Paz são, ainda
sem hipocrisia, adversas e
diversas, como um naufrágio, um acidente de trabalho ou de viação, um
incêndio no monte, num
veículo, numa habitação,
numa fábrica, etc. e, em
quaisquer destas situações, é imprevisível o perigo constante a que por
vezes são expostos!
No quartel ficam, na
expectativa, os que chegaram mais atrasados,
aguardando atentamente
as comunicações, para ver
se ainda são necessários
na entreajuda de seus
colegas!
A missão está cumprida, efectua-se o regresso
dos Soldados da Paz, que
satisfeitos por mais uma
vez terem levado a cabo a
missão, para que tão dignamente foram incumbidos e voluntariamente
desempenharam!
magalhães costa/2001
UM VIVO MORTO DA GUERRA CIVIL DE ESPANHA
Em um de Abril de mil novecentos e trinta e nove Franco proferia a que foi, talvez, a mais curta declaração a todo um Povo:
“LA GUERRA HÁ TERMINADO”.
Mas tanto bastou para que muitos dos intervenientes numa das
mais, senão a mais fratricida das
guerras, respirassem de alívio.
O Manuel Sanchez Mariño, de
seu nome de baptismo Manuel
dos Santos Venade Marinho,
natural do Porto, freguesia de
Cedofeita, Legionário da 7.ª Bandeira, Divisão de Navarra, que
desfilou em Madrid após a vitória dos franquistas, foi dos
que esboçou um sorriso de satisfação. Nem sabia o que o
esperava...
Em meados de 1937, com 18 anos feitos há pouco
tempo, alistou-se na Legião Estrangeira e, quando terminou a guerra, tinha ainda para cumprir dois anos. No
entanto ainda acalentou a esperança de obter licença para
ver seus pais, mas tal não lhe foi facultado. Mais tarde
dizia, em carta de Alfaro, datada de 28.08.1939, aos seus
progenitores que a sua Companhia ainda iria até à fronteira com a França “porque se desconfiava de alguma coisa”.
O estado de guerra continuava, as coisas estavam
feias e parecia-lhe que teriam de ir à luta, agora ao lado
dos alemães.
Recuando até 1938, à sua carta de 13.03, Manuel
anunciava que ia mandar “um rapaz que esteve com ele
em Orense e que ficara inutilizado e onde se encontrava
de licença até ao dia 14 (data em que partiria para a frente
de combate)” a fim de contar a seus pais por que se tinha
alistado na Legião Estrangeira.
O tal rapaz nunca apareceu em casa dos pais do
Manuel que, na altura, residia em Rio Tinto. Entretanto o
Major António Arsénio da Rosa Bastos, da Missão Militar
Portuguesa sediada em Talavera de La Reina, respondendo a uma carta que o pai escrevera, informava isto: “v/filho
me informou haver-se alistado na Legião Estrangeira, com
muito gosto. Ter-lhe-á dado ele já esta notícia?”. Não
tinha, não! Nem os motivos por que o fez!...
Pelo que se deduz da sua correspondência (nem toda
chegada ao seu destino em virtude da censura militar),
entrou no teatro da guerra (que foi teatro de guerra) na
Frente da Catalunha em 1937. Nos sobrescritos das suas
cartas, geralmente encimadas pela efígie, a vermelho, de
Franco, podia ler-se “Viva Franco! Viva España!”. Algumas
delas eram escritas a lápis, quase ilegíveis, e todas elas
autênticos repositórios de laudatórios a Franco, Salazar,
Espanha e Legião, seja no início, seja no fim dos seus textos e até nos sobrescritos.
Um exemplo esclarecedor é o da carta atrás referida,
de 13.03.1938, que inseria, nada mais nada menos, que o
Hino do Legionário que, transcrito tal e qual era o seguinte: “Soi valiente e leal legionário / Soi soldado da brava
legião / Pesa mi alma doliente calvario / Que no fuego busca a rendição / Mi divisa não conoce miedo / Mi divisa tem
solo es / Tão solo es sufrir mi bandera / Luchar com
denuedo”; e invocativos como “Arriba Espanha, Viva Franco, Viva Portugal, Viva Salazar, Viva a 7.ª Bandeira del
Tércio de la Legião”.
Manuel dos Santos Venade Marinho, com 19 anos, foi
dos que “acabou com a frente do Ebro” onde caiu ferido
“com metralha nas costas”. Esteve internado durante 12
dias em Logronho. Sucedeu isto em Dezembro de 1938.
As cartas que seus pais lhe escreviam não lhe foram
entregues durante muito tempo; disso se queixava amargamente nas dele recebidas, dizendo que “passava dias e
dias na frente de batalha e pelas serras sem ter o refrigério das notícias da família”, ele que não queria morrer sem
as ter! Entretanto acabou por receber um maço delas e,
então, desabafou que já podia morrer. E esteve quase. Foi
gravemente atingido ao tomarem Tarragona, em Janeiro
de 1939. De Pedernales anunciava-o a seu pai e dizia
que, brevemente, terminaria a guerra “porque nossas tropas já entraram em bairros de Barcelona”.
Já livre de perigo e novamente em acção a sua Bandeira tinha “terminado com toda a Catalunha (sua carta de
10 de Fevereiro de 1939) e que, em seguida, iam à ofensiva de Valencia. Nesta carta dizia ao seu progenitor para
não se afligir “porque esta é a última operação e se Deus
me der sorte irei aí”. Continuava a acalentar um desejo,
um sonho, que nunca mais viria a realizar!
O local mais próximo que esteve de Portugal foi em
Orense onde, a partir de 13 de Fevereiro de 1939, iniciava
15 dias de licença por convalescença.
Como se sabe a Guerra Civil de Espanha findou, formalmente, em 1 de Abril de 1939. Três dias após o
Manuel atingia a idade com que iria morrer - 20 anos!
O fim “formal” da guerra baseia-se na seguinte indicação deste legionário dada na sua carta de 24.04.939:
“andamos por aqui de guarnição por los poblos”.
Na Bandeira a que pertencia (a sétima) a disciplina era
férrea, e disso dava conta quando insistia, uma vez mais,
com o pai para que lhe conseguisse autorização para vir a
Portugal visitar a família.
Já em 27 de Setembro de 1939 falava com entusiasmo
de sua noiva que “trabalhava em bordados e era filha dum
tenente de aviação”. Foi a sua última carta. Só em 5 de
Março de 1940, após inúmeras diligências da família, chegaram notícias. E que notícias!...
Manuel Sanchez Mariño, de acordo com uma carta
assinada de Arzila-Marrocos por Inocêncio Nuñez, oficial
da Legião ali estacionada, “causó baja en esta Compañia
por enfermo el dia 19 de Deciembre pasado año, passando al Hospital Militar de Larache (...), há fallecido de fiebre
paludica el dia 24 de Deciembre”.
Por sua vez, em 30 de Abril de 1940, o Director do
Hospital Militar de Larache, também por diligências insistentes do pai, anunciava que, efectivamente, o Manuel
tinha falecido naquela véspera de Natal e, como que
desempenhando-se de algum dever de consciência,
escrevia: “Momentos antes de morir recibió los Auxílios
Espirituales como todo buen cristiano; estando rodeado en
sus últimos momentos de sus compañeros los caballeros
Legionários asi como del personal sanitario del Estabelecimento”.
Esta é a história, breve e triste, dum voluntário, menor
de idade, na Guerra Civil de Espanha, que desfilou como
herói em Madrid no fim da sangrenta contenda e faleceu
(?) em Marrocos Espanhol na véspera de Natal com 20
anos. Vinte anos feitos em 04.04.939, e tem 81 anos, neste ano de 2000, porque não há certidão de óbito (que ateste a sua morte) que permita juntá-lo ao rol dos mortos. É,
pois, um vivo morto! E é meu irmão.
Joaquim dos Santos Marinho
Setembro/2000
Página 10
CERVEIRA NOVA
CERVEIRA NOVA - Edição n.º 692, de 5 de Dezembro de 2001
1.ª Publicação no Jornal CERVEIRA NOVA - Edição n.º 692, de 5 de Dezembro de 2001
ANÚNCIO
A cargo do Notário Lic. Anibal Castro da Costa
Certifico, para efeitos de publicação que, por escritura de
hoje, lavrada de fls. 28, a fls. 29, do livro de notas para "escrituras
diversas" n° 72-D, deste Cartório, Manuel Horácio Silva da
Encarnação, N.I.F. 167708899, natural da freguesia e concelho
de Vila Nova de Cerveira, onde reside na Rua das Cortes, casado
com Maria Júlia do Rosário Santos, sob o regime imperativo da
separação de bens, declarou que é dono e legítimo possuidor,
com exclusão de outrém, do prédio urbano, composto por uma
casa de habitação, de três pavimentos, com recinto, com a área
coberta de noventa e seis metros quadrados, e com a área
descoberta de oitenta e quatro metros quadrados, sito na Rua
das Cortes, freguesia e concelho de Vila Nova de Cerveira, a
confrontar do norte e do nascente com José Maria da Encarnação, do sul com Maria Rita e do poente com estrada nacional,
OMISSO na Conservatória do Registo Predial de Vila Nova de
Cerveira, inscrito na respectiva matriz, em nome do justificante,
sob o artigo 610, com o valor patrimonial de 203.011$00, e o
valor atribuído de um milhão de escudos.
Que não é detentor de qualquer título formal que legitime o
domínio do referido prédio, tendo-o adquirido ainda como rústico
(omisso na antiga matriz), onde posteriormente, edificou o identificado prédio no ano de mil novecentos e setenta por doação verbal feita por José Maria da Encarnação e mulher Maria Rita S i l va
da Encarnação, residentes que foram na referida Rua das Cortes,
não chegando todavia a realizar-se a projectada escritura de doação.
Que, no entanto, desde aquela data da aquisição, tem usufruído em nome próprio o referido prédio, gozando de todas as
utilidades por ele proporcionadas, ainda como rústico, cultivandoo, colhendo os correspondentes frutos e rendimentos, e após a
conclusão da referida casa, habitando-a e fazendo obras de conservação, pagando as respectivas contribuições e impostos, com
ânimo de quem exercita direito próprio, sendo reconhecido como
seu dono por toda a gente, fazendo-o de boa fé, por ignorar lesar
direito alheio, pacificamente, porque sem violência, continua e
publicamente, à vista e com conhecimento de toda a gente e sem
oposição de ninguém.
Que a posse assim exercida e mantida durante mais de VINTE ANOS, lhe facultou a aquisição do direito de propriedade do
dito prédio por USUCAPIÃO, que expressamente, invoca para
efeitos de Registo Predial, uma vez que não é susceptível de ser
comprovada por qualquer outro título formal extrajudicial, esta forma de aquisição.
ESTÁ CONFORME E CONFERE COM O ORIGINAL NA PARTE
TRANSCRITA.
Processo: 94-A/1996 / Execução Sumária
Exequente: Maria Augusta da Cunha Esteves
Executado: Maria Armanda A. Pereira de Araújo e marido
Nos autos acima identificados foi designado o dia 22-01-2001,
pelas 09:15 horas, neste Tribunal, para a abertura de propostas, que
sejam entregues até esse momento, na Secretaria deste Tribunal, pelos
interessados na compra do seguinte bem: direito e acção dos executados à herança ilíquida e indivisa aberta por óbito de Luís José de Araújo, pai da executada, pelo preço-base de 1.345.833$00 (um milhão,
trezentos e quarenta e cinco mil, oitocentos e trinta e três escudos),
penhorados a Maria Armanda A. Pereira de Araújo e marido, Segirém - Loivo, 4920 V.N. CERVEIRA, NIF: 0, BI: 0, na qualidade de
Executado.
É fiel depositário.
Vila Nova de Cerveira, 19-11-2001
N/Referência3: 2614
O Juiz de Direito,
Dr. Rui Sanches e Silva
O Oficial de Justiça,
Humberto Rodrigues
“ C e r ve i r a N o v a ”
O mais antigo quinzenário do concelho
Assinatura anual: 2 500$00
€ 12,5
N
S
Escola de Condução
Cerveirense, L.da
Categorias A, B, C e E
Profissionalismo / Eficiência / Simpatia
Edifício Ilha dos Amores, n.º 5—Rua D. Manuel I
4920-279 VILA NOVA DE CERVEIRA
Telefone e Fax: 251 795 840
Cartório Notarial de Vila Nova de Cerveira, catorze de Novembro
de dois mil e um.
Leia, assine e divulgue
“Cerveira Nova”
Consultas de optometria e contactologia
RECEBEMOS
TRIBUNAL JUDICIAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA
CARTÓRIO NOTARIAL DE
VILA NOVA DE CERVEIRA
O Notário,
a) - Aníbal Castro da Costa
5-12-2001
Tiveram a amabilidade de liquidar as respectivas
anuidades os seguintes assinantes:
Gonçalo Trindade Gonçalves Roleira, de Campos; José
Queirós Lameira, da França; José Luís Barbosa Sousa, da
França; João Lopes Areal, da França; D. Maria Fernanda
Vieira, da França; Advêncio António Esteves, de Lisboa;
José Joaquim Pereira do Paço, dos Estados Unidos da
América; Orlando Lages, da França; José Maria Esmeriz,
do Uruguay; D. Maria Rosa Barbosa Cunha Mendes, de
Lisboa; José Manuel Fernandes Durão Gomes, da França;
Manuel Joaquim Ranhado Gomes, da França; José Moreira Calé, de Porto Salvo; Virgílio Ernesto de Carvalho, da
Pontinha; D. Maria Virgínia Teixeira, de VNCerveira; D.
Maria Carmo Lopes Malheiro, da França; Alberto Sousa
Pereira, da Amadora; David Rodrigues Barbosa Leal, do
Canadá; Adélio Barros Batista, de Paços de Arcos; António Purificação Pereira, de Almada; Cipriano da Cunha
Lameira, da França; Manuel Lima do Poço, da França; D.
Marília Afonso, da França; António Barreira da Cunha, da
França; António Perucho Carvalho, da França; Fernando
Sá Oliveira, de Calendário; José Cunha, da Suíça; D. Ana
Fernandes, do Canadá; D. Ana Paula Gomes Ramada, de
Loivo; Eduardo Amorim Alves, da França; D. Maria Alice
Rodrigues Martins, de VNCerveira; Frederico dos Santos,
da França; D. Rita Alexandra Alves Ferreira, do Porto;
Armando António Gomes Bouça, da França; José Fernandes Afonso, de Paços de Arcos; António Gonçalves Barbosa, da França; D. Maria Fernanda Mendes, de Linda-aVelha; Fernando Silva Fernandes, da França; Anselmo
Joaquim de Melo, de Candemil; Manuel Rodrigues Dantas, da França; D. Anabela Santos Gomes, da França; Heitor António Castro Silva, de Lisboa; José Fernandes Pereira, da França; José Manuel Araújo Amorim, de Reboreda;
João Vilela Barros, da França; D. Maria Carolina Vicente
Flores, de Lisboa; Francisco António Sobrosa Ferreira, de
Campos; Gabriel José Rodrigues, da França; Agostinho
Antunes, de Nogueira; e António Alberto Nicho S. Neves,
da França.
A todos estes nossos fiéis e estimados assinantes
agradecemos o seu continuado apoio ao nosso esforço de
manutenção desta publicação, pedimo-lhes que se certifiquem da data de vencimento aposta na etiqueta de endereçamento e aproveitamos para cumprimentá-los com toda a
cordialidade.
FRANCÊS / INGLÊS / ESPANHOL
Contactar: Teresa Vitorino
Licenciada em Tradução e Interpretação Simultânea
Lugar das Faias / 4920-061 GONDARÉM
Telef.: 251 795 864 / Fax: 251 794 182
Telemóvel: 96 908 63 89
OS NOSSOS ANUNCIANTES
TÊM O PRIVILÉGIO DE VER AS SUAS
EMPRESAS PUBLICITADAS,
GRATUITAMENTE, NA INTERNET
Travel
VEFA TRAVEL - Viagens e Turismo, L.da
* Lo t.to d a E scol a S ecu nd ári a, B l oco 2 –Lo j a E – Te l. 25 8 9 31 20 0 / 20 1 / 2 02
49 9 0 P O N T E D E LI M A – Loja 1
* C. Co m er ci al Il ha do s A m o re s, Lo te 2 – L oj a 6 – Te l . 2 51 7 9 2 5 00
49 2 0 V ILA N O V A DE C E RV E I R A – Loja 2
STAND-BANGÚ
COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS
Financiamos até 48 meses
É uma casa cerveirense que vos espera
SEDE: Rua dos Anjos, 80 B e C – T elef.: 21 353 02 66 – 1150-040 LISBOA
FILIAL: Rua José Estevão, 10-B – T elef.: 21 353 36 05 – 1150-040 LISBOA
A. COUTO GUERREIRO, L.DA
Compra e Venda de Propriedades
♦ ALUGUER DE AUTOCARROS
♦ RESERVA DE HOTÉIS, APARTAMENTOS E ALOJAMENTOS TURÍSTICOS
♦ VENDA DE PACOTES TURÍSTICOS PRÓPRIOS
♦ ORGANIZAÇÃO DE VIAGENS DE EMPRESAS, GRUPOS, CONGRESSOS E FEIRAS
♦ VIAGEM DE 4 DIAS À COSTA DO SOL - ANDALUZIA
QUALIDADE E SIMPATIA AO SEU DISPOR
Telefone 251 708 240 / Fax 251 708 245
Lugar de Vila Verde / 4920-112 REBOREDA (VNCerveira)
Sede:
Largo Frei Redento Cruz, n.º
4940-523 PAREDES DE COURA
Tel./Fax: 251 782 520
Filial:
Rua César Maldonado, n.º 23
4920-265 VILA NOVA DE CERVEIRA
Telefone 251 794 926
GUERREIRO, BARBOSA & MARTINS, L.DA
Compra e Venda de Propriedades
CONTABILIDADE
(Gerência de um Cerveirense)
Rua Rafael Andrade, 16
1169-095 LISBOA
Telefone: 218 850 439 / Fax: 218 850 771
Grupo
(Gerência de um Cerveirense)
Rua Rafael Andrade, 16
1169-095 LISBOA
Telefone: 218 850 439 / Fax: 218 850 771
(Gerência de um Cerveirense)
Rua Rafael Andrade, 16
1169-095 LISBOA
VENDEMOS E MONTAMOS ANTENAS TERRESTRES E PARABÓLICAS
VENDEMOS FRIGORÍFICOS, MÁQUINAS DE LAVAR E SECAR ROUPA
AGENTE AUTORIZADO TV CABO
VENDEMOS TELEVISORES, VÍDEOS E HI-FI
DAMOS ASSISTÊNCIA TÉCNICA
RECOLHEMOS NO DOMICÍLIO OS ELECTRODOMÉSTICOS AVARIADOS
REPRESENTAMOS MAIS DE 30 MARCAS CONSAGRADAS
Estamos em V. N. de Cerveira na Praça D. Dinis (C. Comercial Ilha dos Amores), Loja 7 e 8
Telefone 251 794 892 / Telemóvel 936 858 335
Telefone: 218 850 439
Fax: 218 850 771
Posto de
Energia
E.D.P.
CERVEIRA NOVA
5-12-2001
Página 11
A PALAVRA DE DEUS
POR: Manuel Venade Martins (pastor)
www.igrejaemanuel.com
E disse-lhes: Ide po r todo o m undo, pregai o eva ng elho a to da a criatura. Quem crer e fo r ba ptiza do será salvo; ma s
quem não crer será co ndena do. Ora o Senho r, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de
Deus. E eles, tendo pa rtido, prega ra m po r todas as pa rtes, coopera ndo co m eles o Senho r, e co nfirma ndo a palavra co m os
sinais que se seg uira m. Am em. S. Ma rcos, 16:15, 16, 19 e 20.
COMENTÁRIO 321
O EVANGELHO QUE SALVA
É este mesmo evangelho que trazemos ao caro leitor
através deste artigo. O leitor está habituado a ligar o seu
rádio ou a televisão e só ouvir e ver más notícias, algumas
que até nos fazem entristecer, vendo tais acontecimentos.
Notícias de mortes, roubos, imoralidades, corrupção, guerra, enfim, desgraças e mais desgraças a todo o dia e hora.
Nesta mensagem trazemos boas novas. O Evangelho de
Jesus Cristo são boas notícias para si e para todo o povo
que nos lê. Graças a Deus! As boas novas de Cristo iniciam-se com uma chamada de Deus ao arrependimento dos
pecadores. Todo o homem ou mulher, rico ou pobre, douto
ou indouto, religioso ou não, vive na triste condição de
pecador.
Pecador é alguém que transgride a Lei de Deus, vivendo
por isso afastado de Deus; e até o que não conhece verdadeiramente a Deus apesar de religioso. Pecador é aquele
que, pelas suas más acções, palavras e pensamentos a dominarem a sua vida, não tem alegria de viver, nem paz no
coração. Quantas pessoas que lêem este artigo vivem com a
consciência culpada, que continuamente os acusa, impedindo-as de dormir? Porque a consciência acusa aqueles que
ainda a possuem, carregando a culpa, lhes produz remorso.
Sei que não é nada agradável ouvir isto, mas temos de
ser honestos connosco e com Deus. A verdade pode ser
incómoda e até doer, todavia que importa se for para o nosso bem?
Para que viver assim se a solução é tão simples? Para
que viver nessa agonia, nessa luta, nessa infelicidade, se o
remédio de Deus é tão poderoso? E esse remédio é o Evangelho de Cristo.
O prezado leitor deseja saber como é? Pois bem: siga
lendo atentamente o resto deste comentário. Você é pecador! Reconheça e admita isso como um facto, como ensina
a Bíblia, a Palavra de Deus. Por mais que se justifique; por
mais desculpas que invente, ninguém sério e honesto poderá negar esta realidade. Por mais que se esforce em fazer o
bem, em ter uma vida limpa e irrepreensível perante Deus e
dos homens, você continua a ser pecador. Olhe que o pecado não é só matar ou roubar; é também mentir, caluniar. Ser
grande ou pequeno pecador é igual diante de Deus; você é
apenas pecador, e por isso está em falta para com o Criador.
Se reconhece que é pecador, deverá arrepender-se sinceramente do mal que tem feito. Creia em Jesus Cristo como
seu Salvador pessoal. Jesus Cristo, o Santo Filho de Deus,
morreu numa cruz, no Golgotá, em lugar do leitor para o
salvar. Morreu também por mim e por toda a humanidade.
Se você se arrepender dos seus pecados pode ter a certeza
que os mesmos ser-lhe-ão perdoados, apagados e esquecidos por Deus. O seu cadastro espiritual ficará tão limpo,
como se nunca tivesse pecado. E note, amigo leitor, que
nada precisa pagar, nem carece de fazer sacrifício ou penitência. É a Escritura Sagrada que o afirma.
Confesse a sua fé ao Senhor Jesus, e ninguém mais, é
quem salva o homem condenado e perdido. Se você crê em
Cristo como o Filho de Deus ressuscitado de entre os mortos, e o recebe pela fé como seu Salvador, será salvo.
Romanos 10:9.
Este é o Evangelho da salvação que, em nome de Deus,
lhe anunciamos. Uma mensagem de boas novas, que é o
poder de Deus para si. Se acredita no Evangelho e deseja
converter-se a Cristo, faça ao Senhor esta oração com sinceridade:
Campos
ÁLVARO AUGUSTO REBELO
MARIA PURETE PEREIRA
PAÇO CUNHA
A FAMÍLIA de Álvaro Augusto Rebelo, profundamente sensibilizada pelas manifestações de carinho que lhe foram
expressas por ocasião do falecimento do seu ente querido, vem,
por este ÚNICO MEIO, agradecer
a todas as pessoas que quiseram
participar no funeral do saudoso
extinto, bem como àquelas que, por
qualquer outra forma, lhe tenham
patenteado o seu pesar.
Agradece igualmente a todos quantos participaram na
Missa do 7.º Dia, em sufrágio da alma do familiar desaparecido.
Lisboa, 29 de Novembro de 2001
AGRADECIMENTO
A FAMÍLIA da saudosa extinta, particularmente irmãs,
irmãos, cunhadas, cunhados,
sobrinhas e sobrinhos, a quem
deixou eternas saudades, vem,
por este ÚNICO MEIO, agradecer
a todas as pessoas que participaram no funeral do seu ente querido, bem como a todas aquelas
que, por qualquer outro meio, lhe
tenham manifestado o seu sentimento de pesar por tão infausto
acontecimento.
Agradece, também, a todas as pessoas que participaram na Missa do 7.º Dia.
Campos, 23 de Novembro de 2001
A FAMÍLIA
A FAMÍLIA
CINE-TEATRO DOS
BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS
Visite-nos na INTERNET no endereço www.cerveiranova.pt
VENDE-SE
FILMES EM EXIBIÇÃO
Dias 7, 8 e 9 de Dezembro
SCARY MOVIE
UM SORRISO DE FILME
(Maiores de 12 anos)
Dias 14, 15 e 16 de Dezembro
O BEIJO MORTAL DO DRAGÃO
(Maiores de 12 anos)
Dias 21, 22 e 23 de Dezembro
OLHOS DE ANJO
(Maiores de 12 anos)
Horário das sessões:
Sextas e Sábados: 22h00
Domingos: 21h30
TERRENO
PARA
CONSTRUÇÃO
c/1.000 m2
Contacto:
Telem.: 914 931 597
CONSULTÓRIO
MÉDICO
CLÍNICA GERAL
Linda Rosa Pinto
E.N. 13 - Cabreira, n.º 6
4920-012 CAMPOS VNC
Telem.: 96 614 88 72
TRESPASSA-SE
VENDE-SE
BAR AL-CAPONE
EM CORNES
TERRENO PARA
CONSTRUÇÃO
c/aprox. 1.000 m2
Contacto:
Telem.: 914 355 999
EM VALENÇA
Bem situado
C/área de 360 m2
Preço a combinar
no local
IMPORTANTE AVISO
Se o amado leitor, depois de ler este comentário, sente
em seu coração prosseguir este caminho, que não é outro na
verdade em seguir ao Senhor Jesus Cristo, como seu Salvador pessoal, e está decidido nesta caminhada terrestre, pode
contactar o Pastor Eugénio Araújo - ASSEMBLEIA DE
DEUS, pelo telefone 258 721 982, nosso representante em
Caminha, Cerveira, etc..
Se desejar, pode visitar o nosso web site na Internet:
www.igrejaemanuel.com
Ou escrever para:
ASSEMBLEIA DE DEUS EMANUEL
14, Connecticut Ave.
BAY SHORE – NY 11706
U.S.A.
VIVÊNCIAS COM AMOR
Vila Nova de Cerveira
AGRADECIMENTO
Senhor Deus, Todo-Poderoso, eu reconheço ser pecador, tendo transgredido a Tua lei. Por isso vivo longe de
Ti, triste, infeliz, sem paz nem esperança. Mas hoje,
Senhor, quero dar novo rumo à minha vida. Eu arrependo-me, peço-Te perdão de todo o mal que tenho feito. Creio no Teu Filho Jesus Cristo, o qual morreu na
cruz para expiar os meus pecados e salvar-me da condenação eterna, ressuscitando para minha justificação.
Recebe-me, Senhor, como um dos Teus filhos. Em nome
de Jesus Cristo. Amem.
DE ENCONTROS CASUAIS SURGEM
GRANDES AMIZADES
Costuma dizer-se que muitas vezes somos filhos das
circunstâncias. Assim acontece que em muitas ocasiões,
por coincidir em viagens de longas distâncias, se iniciam
conversas por parte dos que estão em assentos contínuos;
em instalações sanitárias, por se encontrarem no mesmo
edifício; a assistir aos mesmos espectáculos ou em zonas
de lazer; em casas comerciais de certo relevo, com o fim
de se fazerem compras, ao fazer-se alguma pergunta com
respeito à qualidade de um dado artigo; quase sem se
darem conta as pessoas vão criando relações que são o
começo de verdadeiras amizades. E podem viver bastante
longe uns dos outros que, de alguma forma, se vão
comunicando: por carta, telefone ou mesmo viajando ao
encontro para se voltarem a ver.
Amizades estas que irão mais longe quando se observam normas de ser recíprocas, quer dizer, não querendo
intrometer-se na vida do próximo.
Que exemplar é a conduta destas pessoas que um dia
tiveram a oportunidade de encontrar-se e iniciar uma amizade que foi progredindo e se consolidando, até estarem
dispostas, se é possível, a sacrificarem-se por quem passou
a formar parte de si mesmo, sem serem da família. Quando
se dão estes casos de relações amigáveis que tiveram um
princípio quando menos se pensava, ao fim de algum tempo brindam-se atenções e graças que, de outro modo, nunca de teriam conseguido.
Sei de pessoas que por seus amigos estão dispostos a
dispensar tal ou qual graça; que estão pendentes da pessoa
amiga para a visitar quando está enferma, não duvidando,
nem por um só momento, de empreender viagem para a
visitar e consolar os familiares.
Que exemplares são estas pessoas que um dia se
conheceram por certas circunstâncias providenciais e se
estão relacionando com certa frequência e se têm amado
muito.
Estas pessoas que um dia, sem terem pensado conhecer-se, têm estado pendentes reciprocamente, são dignas
de admiração pelo seu exemplo de fazer o bem.
José Maria Perez Alonso
Pároco Emérito de Nigran (Vigo)
CERVEIRA NOVA
Página 12
CAMPEONATO
DISTRITAL
DA 1ª DIVISÃO
CAMPEONATO
DISTRITAL
DA 1ª DIVISÃO
DE HONRA
CAMPEONATO
DISTRITAL
JUNIORES
8ª JORNADA
RESULTADOS
7ª JORNADA
RESULTADOS
Correlhã, 3 - Formariz, 0
Távora, 2 - Torreenses, 1
Neves, 1 - Melgacense, 2
Ponte Barca, 2 - Ambos Rios, 0
Darquense, 3 - Vit. Piães, 1
Courense, 1 - Castelense, 1
Alvarães, 1 - Cerveira, 2
Vit. Donas, 0 - Lanheses, 1
Sopo, 7 - Nogueirense, 2
Paçô, 1 - Soutelense, 2
Bertiandos, 2 - Campos, 3
Águias Souto, 3 - Vila Fria, 0
Fachense, 1 - Neiva, 2
Caminha, 2 - Cabaços, 1
Moreira, 2 - Raianos, 0
8ª JORNADA
RESULTADOS
9ª JORNADA
RESULTADOS
Formariz, 3 - Alvarães, 1
Torreenses, 0 - Correlhã, o
Melgacense, 2 - Távora, 2
Ambos Rios, 3 - Neves, 4
Vit. Piães, 1 - Ponte Barca, 3
Castelense, 1 - Darquense, 2
Cerveira, 2 - Courense, 1
Vit. Donas, 2 - Sopo, 2
Nogueirense, 0 - Paçô, 3
Soutelense, 5 - Bertiandos, 1
Campos, 4 - Águias Souto, 1
Vila Fria, 5 - Fachense, 0
Neiva, 3 - Caminha, 1
Cabaços, 1 - Moreira, 3
Lanheses, 1 - Raianos, 1
CAMPEONATO
DISTRITAL
INFANTIS
3ª JORNADA
RESULTADOS
Neves, 1 - Limianos, 1
Valenciano, 0 - Ancorense, 1
Vit. Piães, 2 - Courense, 1
Valdevez, 0 - Vianense, 6
Darquense, 3 - Caminha, 4
Cerveira, 3 - Monção, 3
CLASSIFICAÇÃO.
1º - Vianense
12
2º - Ancorense
10
3º - Valdevez
6
5
5º - Limianos
5
6º - Vitorino Piães
5
7º - Courense
4
8º - Cerveira
4
CLASSIFICAÇÃO
24
9º - Valenciano
4
2º - Correlhã
19
2º - Campos
22
10º - Caminha
4
3º - Cerveira
17
3º - Moreira
17
11º - Vila Fria
3
4º - Os Raianos
16
12º - Darquense
3
5º - Paçô
16
13º - Neves FC
1
6º - Águias Souto
15
7º - Bertiandos
14
11
8º - Caminha
13
10
9º - Nogueirense
12
16
5º - Darquense
15
6º - Neves F.C.
11
7º - Távora
8º - Formariz AC
9º - Courense
9
10º - Os Torreenses
8
11º - Vitorino Piães
6
12º - Ambos Rios
6
13º - Castelense
5
14º - Alvarães
4
10º - Cabaços
8
11º - Fachense
8
12º - Neiva FC
7
13º - Lanheses
7
14º - Vila Fria
7
15º - Sopo
7
16º - Vitorino Donas
5
ESTAMOS NA INTERNET
agora no novo endereço
http://www.cerveiranova.pt/
Publicidade
Com Manuel Lages Bernardo,
TODOS POR IGUAL!
JUVENAL MARTINS
ADVOGADO
C. Comercial “Ilha dos Amores”
4920-000 VNCERVEIRA
Telef. 251 796 200
Fax: 251 795 377
ASSINAR
“CERVEIRA NOVA”
CUSTA € 12,50
DIA 8 / Dezembro ( Sábado) – 20,00, no
BRAZEIRÃO DO MINHO
Ementa: Sopa
Rojões à Portuguesa com castanhas
Vinhos, refrigerantes, água
Sobremesa, café
Preço p/ pessoa : 1.800$00
Especial Jovens ( 6 aos 15 anos): 1.000$00
Bilhetes à venda nas freguesias – contactar cabeças de lista
ou na Sede de Campanha, no C. Com. Santa Cruz,
ou pelos telem. 91 9353009; 91 91123379; 96 6871361.
Por Cerveira!
6ª JORNADA
RESULTADOS
Cerveira, 5 - Melgacense, 1
Valenciano, 1 - Âncora Praia, 1
Folgou o Torreenses
CLASSIFICAÇÃO
1º - Limianos
18
2º - Caminha
15
13
1º - Cerveira
12
3º - Vitorino Piães
2º - Paçô
12
4º - Barroselas
13
1º - Âncora Praia
13
2º - Cerveira
12
3º - Valenciano
7
4º - Melgacense
3
5º - Torreenses
0
CERVEIRA NOVA
Locais de venda
em Cerveira:
3º - Vianense
9
5º - Cerveira
12
4º - Barroselas
9
6º - Valenciano
12
5º - Vianense B
8
7º - Quinta Oliveira
8
6º - Valenciano
7
8º - Vianense
7
Barbosa, Bouça &
Ferreira da Costa
7º - Limianos
7
9º - Ancorense
7
(Rua Queirós Ribeiro)
8º - Qt. da Oliveira
6
10º - Paçô
6
9º - Âncora Praia
6
11º -Ponte da Barca
6
10º - Vit. de Piães
4
12º - Vila Fria
3
11º -Darquense
3
13º - Vila Franca
1
EUREK@
12º - Torreenses
3
14.º - Lanheses
1
(Av. 1.º de Outubro)
13º - Távora
3
14.º - Ponte da Barca
3
15.º - Neves
1
16.º - Lanheses
0
LEIA, ASSINE
E DIVULGUE
O CERVEIRA NOVA
Papelaria Tali
(Largo do Terreiro)
VENDO
Volkswagen Golf 1.4 GL
Ano 1992 c/77.000 km.s
Bom estado, v.e; f.c.; t.a.; e.e.
1.000 c./ Telem. 937 232 701
CERVEIRA NOVA - Edição n.º 692, de 5 de Dezembro de 2001
CERVEIRA NOVA - Edição n.º 692, de 5 de Dezembro de 2001
COOPERATIVA AGRÍCOLA DE
VILA NOVA DE CERVEIRA, C.R.L.
COOPERATIVA AGRÍCOLA DE
VILA NOVA DE CERVEIRA, C.R.L.
CONVOCATÓRIA
CONVOCATÓRIA
Convoco a Assembleia Geral da Cooperativa Agrícola de Vila Nova de Cerveira, C.R.L., a reunir na sua
sede social, sita na Avenida das Comunidades Portuguesas, em Vila Nova de Cerveira, às 9 horas do dia
22/12/2001 com a seguinte
Nos termos do art.º 23 dos Estatutos, convoco a
Assembleia Geral da Cooperativa Agrícola de Vila
Nova de Cerveira, C.R.L., a reunir em sessão ordinária, na sua sede social, sita na Avenida das
Comunidades Portuguesas, freguesia e concelho de
Vila Nova de Cerveira, às oito horas, do dia
22/12/2001, com a seguinte
1.º - Deliberação sob proposta da Direcção, da
adaptação dos Estatutos à introdução do Euro, como
moeda única da União Económica e Monetária Europeia e a consequente expressão do capital social nesta
nova moeda.
Compreendendo:
A) - Redenominação do capital
B) - Renominalização do valor das acções
C) - Alteração dos artigos 6, 7, 8 dos Estatutos respeitantes ao capital social
2.º - Outros assuntos de interesse.
Se à hora marcada, 9 horas, não estiverem presentes mais de metade dos cooperadores, a Assembleia
Geral funcionará uma hora depois com qualquer número de presenças.
Vila Nova de Cerveira, 28 de Novembro de 2001
MARQUE JÁ O SEU BILHETE!
Valenciano, 5 - Melgacense, 0
Torreenses, 0 - Âncora Praia, 3
Folgou o Cerveira
CLASSIFICAÇÃO
ORDEM DE TRABALHOS
JANTAR CONVÍVIO DE CAMPANHA
5ª JORNADA
RESULTADOS
Caminha, 6 - Ponte Barca, 0
Barroselas, 4 - Paçô, 1
Vila Fria, 1 - Valenciano, 3
Vit. Piães, 2 - Qt. Oliveira, 2
Ancorense, 0 - Cerveira, 4
Vila Fria, 2 - Lanheses, 2
Limianos, 10 - Vianense, 0
4º - Monção
1º - Soutelense
5ª JORNADA
RESULTADOS
6ª JORNADA
RESULTADOS
4ª JORNADA
RESULTADOS
Ponte Barca, 3 - Darquense, 2
Cerveira, 6 - Qt. Oliveira, 4
Barroselas, 9 - Távora, 1
Vit. Piães, 0 - Vianense , 10
Vianense B, 4 - Neves, 1
Torreenses, 4 - Lanheses, 1
Âncora, 5 - Valenciano, 3
Paçô, 3 - Limianos, 1
19
CAMPEONATO
DISTRITAL
JUVENIS
SÉRIE 1
Paçô, 0 - Caminha, 2
Valenciano, 1 - Barroselas, 2
Qt. Oliveira, 11 - Vila Fria, 0
Cerveira, 2 - Vit. Piães, 7
Lanheses, 0 - Ancorense, 1
Vianense, 4 - Vila Franca, 0
Ponte Barca, 1 - Limianos, 10
Qt. Oliveira, 6 - Ponte Barca, 4
Távora, 1 - Cerveira, 4
Vianense, 7 - Barroselas, 1
Neves, 4 - Vit. Piães, 4
Lanheses, 0 - Vianense B, 8
Valenciano, 3 - Torreenses, 0
Limianos, 6 - Ancora Praia, 1
Darquense, 0 - Paçô, 4
1º - Ponte da Barca
4º - Melgacense
CAMPEONATO
DISTRITAL
INICIADOS
(FUTEBOL DE SETE)
4ª JORNADA
RESULTADOS
CLASSIFICAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO
5-12-2001
O Presidente da Assembleia Geral,
Joaquim Cadaval Queirós de Sousa Coutinho
ORDEM DE TRABALHOS
1. Leitura da acta da Assembleia Geral anterior;
2. Apreciação e votação do Orçamento e do Plano de Actividades da Direcção para o exercício de
2002;
3. Eleições dos corpos sociais para o triénio
2002/2004.
As listas para os corpos sociais desta Cooperativa terão que obedecer aos requisitos estabelecidos
no art.º 20 dos Estatutos, sendo um deles a entrada
na Cooperativa das mesmas até dez dias antes da
data da Assembleia Geral.
A votação é encerrada às doze horas do referido
dia.
Se à hora marcada, 8 horas, não estiverem presentes, mais de metade dos cooperadores, a
Assembleia funcionará uma hora depois com qualquer número de presenças.
Vila Nova de Cerveira, 28 de Novembro de 2001
O Presidente da Assembleia Geral,
Joaquim Cadaval Queirós de Sousa Coutinho
Download

PS PSD/CDS-PP CDU PS PSD/CDS-PP CDU