PATENTES, DESENHOS INDUSTRIAIS, CONTRATOS, PROGRAMAS DE COMPUTADOR,
INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS
REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL No 1850
20 de junho de 2006
SEÇÃO I
REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL
Presidente
Luís Inácio Lula da Silva
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
Luiz Fernando Furlan
INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL
PRESIDENTE
Roberto Jaguaribe
VICE-PRESIDENTE
Jorge de Paula Costa Avila
CHEFE DE GABINETE
Josefina Sales de Oliveira
DIRETORIA DE ARTICULAÇÃO E INFORMAÇÃO
TECNOLÓGICA
Maria Beatriz Amorin Páscoa
PROCURADORIA GERAL
Mauro Sodré Maia
DIRETORIA DE PATENTES
Carlos Pazos Rodrigues
DIRETORIA DE MARCAS
Terezinha de Jesus Guimarães
DIRETORIA DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA
Breno Bello de Almeida Neves
DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS
Hélio Meirelles Cardoso
REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL
Órgão Oficial do INSTITUTO NACIONAL DA
PROPRIEDADE INDUSTRIAL
Lei nº 5648, de 11.12.70 art. 9º e decreto nº 68.104, de
22.01.71, art. 24
Para adquirir RPI’s antigas o usuário deve entrar em
contato com o SAP – Setor de Assinatura, localizado no
térreo da sed e do INPI. Telefone: (0XX-21) 2139-3422
SEDE DO INPI
Praça Mauá nº 7 - Centro
Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20083-900
Tel.: PABX (0XX-21) 2139- 3000
Fax: INPI (0XX-21) 2263-2539
PROC/DICONS
Tel.: (0XX-21) 2139-3731, 2139-3732
Fax: (0XX-21) 2253-9841
DIRMA - Diretoria de Marcas
Diretoria... 10º andar
Tel.: (0XX-21) 2139-3758, 2139-3104, 2139-3214
Fax: (0XX-21) 2139-3528
Central de atendimento: (0XX- 21) 2139-3158
DIRPA - Diretoria de Patentes
Diretoria... 10º andar
Tel.: (0XX-21) 2139-3592 e 2233-0785
Fax: (0XX-21) 2139-3194
DIRTEC - Diretoria de Transferência de Tecnologia
Diretoria... 10º andar
Tel.: (0XX-21) 2139-3608, 2139-3648, 2139-3651
Fax: (0XX-21) 2253-0430
DART - Diretoria de Articulação e Informação Tecnológica
Diretoria 10º andar
Tel.: (0XX-21) 2139-3354
Fax: (0XX-21) 2233-5077
REPRESENTAÇÕES DO INPI NOS OUTROS ESTADOS
DIVISÕES REGIONAIS
BRASÍLIA
Chefe: Antonio Carlos Pereira Coelho
SAS - Quadra 2, Lote 1/A
Brasília - DF - CEP: 70040-020
Tel. : (0XX-61) 224-1114
Fax.: (0XX-61) 323-2520
CEARÁ
Chefe: Ary Gadelha de Alencar Araripe
Rua Doutor Mário Martins Coelho, nº 36
Aldeota - Fortaleza - CE - CEP: 60170-280
Tel.: (0XX-85) 261- 1372 e 261-1695
Fax: (0XX-85) 268- 1495
MINAS GERAIS
Chefe: Rafael Jardim Goulart de Andrade
Avenida Amazonas nº 1.909
Santo Agostinho - Belo Horizonte - MG - CEP: 30180-002
Tel.: (0XX-31) 3291-5614
Fax: (0XX-31) 3291-5449
PARANÁ
Chefe: Renee Fernando Senger
Rua Marechal Deodoro, 344, 16º andar
Edifício Atalaia, Centro, Curitiba - PR
CEP: 80010-909
Telefone/Fax: (0XX-41) 3322-4411
RIO GRANDE DO SUL
Chefe: Vera Lúcia de Seixas Grimberg
Rua Sete de Setembro, 515 – 5º andar - Centro
Porto Alegre - RS - CEP: 90010-190
Telefone/Fax.: (0XX-51) 3226- 6909 e 3226-6422
SÃO PAULO
Chefe: Maria dos Anjos Marques Buso
Rua Tabapuã, 41 - 4º andar - Itaim-Bibi
São Paulo - SP - CEP: 04533-010
Telefone/Fax: (0XX-11) 3071-3434
REPRESENTAÇÕES:
Acre
SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL GERÊNCIA DE
MARCAS E PATENTES
Rua Marechal Deodoro, 219 – 4º andar - Centro
Rio Branco - AC - CEP: 69.900-210
Tel./FAX : (0XX-68) 3229-4259 e 3229-6349
Alagoas
SECRETARIA DA INDUSTRIA E COM.SERVIÇO
Av. Da Paz, N.1108 - Centro
Jaranguá - Maceió - AL - CEP: 57022-005
Tel.: (0XX-82) 3315-721, 33 15-1719
Amapá
JUNTA COMERCIAL
Av. FAB, 1610 – Centro - Macapá - AP - CEP: 68900-000
Tel.: (0XX-96) 3222-4867 Ramal 230 e 3222-4866
Fax: (0XX-96) 3222-3598
Amazonas
Rua Major Gabriel, n° 1870 – Praça 14 - Manaus – AM
CEP: 69020-060
Tel.: (0XX-92) 2126-1235 e 2126-1200
BAHIA
Rua Pedro R. Bandeira, 143 – 5º andar
Cidade Baixa – Salvador – Bahia
CEP: 40015-080
Tel.: (0XX-71)3326-9597 / 3242-5223
Fax.: (0XX-71) 242-5223
Espírito Santo
Rua Abigail do Amaral Carneiro, 191
Edifício Arábica – 3° andar – salas 312, 314 e 316
Enseada do Suá - Vitória - ES - CEP: 299055-907
Tel.: (0XX-27) 3235-7788 e 3315-9823
Goiás
JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE GOIÁS
Rua 260 - Esquina 259 - Setor Universitário, Quadra 84/A
CEP:74610.310 Goiânia -GO
Tel.: (0XX-62) 3202-2246
Maranhão
SUBDELEGACIA DE INDÚSTRIA E COMÉRCIO
Av. Carlos Cunha s/n°, Edifício Nagib Haickel – 1° andar
Bairro Calhau - MA - CEP: 65065-180
Telefone/Fax: (0XX-98) 3218-9208 – 3218- 9226
Mato Grosso
INMETRO/MT
Rua Historiador Rubens de Mendonça, s/nº - CPA
Cuiabá - MT - CEP: 78055-500
Tel.: (0XX-66) 3644-3095
Fax: (0XX-66) 3644-2902
Mato Grosso do Sul
SECRETARIA DE TURISMO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO
Junta Comercial/MS
Rua Dr. Arthur Jorge, 1376 - Centro
Campo Grande - MS - CEP: 79010-210
Tel.: (0XX-67) 3316-4429
Pará
JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO PARÁ
Av. Magalhães Barata, 1234
CEP: 66060-670 – São Braz - Belém - PA
Tel.: (0XX-91) 3217-5889
Fax: (0XX-91) 3217-5840
Paraíba
Rua Feliciano Cisne n° 50 – Bairro Jaguaribe
João Pessoa/PB - CEP: 58015- 570
Tel./FAX(0XX-83) 3208-3922 - 3208-3923 e 32422545/2729
Pernambuco
Universitária Federal de Pernambuco - UFPE
Av. Prof. Moraes Rego, 1235 – Campus Universitário
Bairro - Engenho do Meio
Recife - PE - CEP: 50670-920
Tel/Fax:(0XX-81) 3453-8145 e 3271-1223
Piauí
Av. João XXIII, n° 865
Espaço Cidadania
Teresina - PI - CEP: 64049-010
Tel.:(0XX-86) 3235-9616/3218-1838
Fax:(0XX-86) 3218-1838
Rio Grande do Norte
SECRETÁRIA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO –
SEDEC
BR 101 - Km 0 - 1 º andar - Lagoa Nova
Natal - RN - CEP: 59064-901
Tel.: (0XX-84) 3232-1724
Fax:(0XX-84) 3232-1745
Rondônia
Rua Sete de Setembro, 830 – Centro Shopping Cidadão
Porto Velho – RO – Cep: 78900-00
Tel.:(0XX-69) 3216-1031 e 3216-8636
Fax: (0XX-69) 3216-1000
Roraima
JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE RORAIMA
Av. Jaime Brasil, 157 - Centro
Boa Vista - RR - CEP: 69.301- 350
Tel.: (0XX-95) 3224-9777, 3623-1220 e 3623-2437
Fax.: (0XX-95) 623-2171
SANTA CATARINA
SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E
INTEGRAÇÃO AO MERCOSUL
Av. Rio Branco, 387 / - Centro
Florianópolis - SC - CEP: 88015-200
Tel.: (0XX-48) 3223-5227/4827
Fax.: (0XX-48) 3223-4827
Sergipe
Av. Tancredo Neves, n° 5.500 – Bairro América – Aracajú
– Sergipe – Cep: 49080-480
Tel/Fax – (79) 2106-7751 e 2106-7700
Tocantins
SECRETARIA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E TURISMO
DO ESTADO DO TOCANTINS
Praça dos Girassóis, snº - Marco Zero
Palmas - TO - CEP: 77003- 900
Tel.: (0XX-63) 3218-2002, 218-2000
Fax: (0XX-63) 3218-2090
Esta Publicação é de responsabilidade da Coordenação
Geral Modernização e Informática
Telefone: (21) 213 9-3447
Postos Avançados
RPI 1850 de 20/06/2006
POSTOS AVANÇADOS – RIO DE JANEIRO
POSTO AVANÇADO SANTAR ÉM / PA
POSTOS AVANÇADOS – EM MINAS GER AIS
CABO FRIO
ACIACF
Rua Bento José Ribeiro, 18, 3º andar
CEP: 28905-090
Tel.: (0XX-24)2647-6333
SANTARÉM
SEFA – Secretaria Estadual da Fazenda
Av. Mendonça Furtado, 2797 – Bairro Fátima
Santarém - Pará
CEP.: 68005- 020
Tel.: (0XX-91) 523- 2632
JUIZ DE FORA
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
CRITT – CENTRO REGIONAL DE INOVAÇÃO E
TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA
CAMPUS UNIVERSITÁRIO
SÃO PEDRO
CEP.: 36036- 330
Tel.: (0XX-32)3229-3435 e 3229-3477
Fax: (0XX-32)3229-3479
CAMPOS
ACIC
Praça São Salvador,41 , 16º andar
CEP: 28010-000
Tel.: (0XX-22) 2723-5174
NOVA FRIBURGO
ACINF
Av. Alberto Braune, nº111 , Térreo
CEP:28613-001
Tel.: (0XX-22) 2522-1145 e 2522-8452
PETRÓPOLIS
ASSOCIAÇÃO COMERCIAL EMPRESARIAL DE
PETRÓPOLIS
Rua Irmãos D’Angelo nº 48 – 7º andar
CEP: 25685-330
Telefone/Fax (0XX-24) 237-1101
VOLTA REDONDA
ACIAVR
Rua Assis Chateaubriand, nº 18 – Aterrado
Volta Redonda - CEP: 27295-210
Telefone: (0XX- 24) 3346-5332
Fax: (0XX-24)3347-2999
POSTOS AVANÇADOS - SANTA CATARINA
CHAPECÓ
ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE
CHAPECÓ
Av. Getúlio Vargas, 1748 - Centro
CEP: 89805-100
Tel.: (0XX-49) 7323-4100
Fax.: (0XX-49) 7323-1723
JOINVILLE
ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE
JOINVILLE
Rua do Príncipe, 330,10º andar
CEP: 89200-000
Tel.: (0XX-47) 461- 3364
RIO DO SUL
ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL
Rua XV de Novembro, 73 – s/174 - Centro
Caixa Postal: 174 - CEP: 89290-000
Tel./Fax: (0XX-47) 821-3857
XANXERÊ
ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL
Av. Brasil, 260 - 5º andar - Edifícil Tiradentes
Caixa Postal: 241 - CEP: 89820-000
Tel./Fax: (0XX-49)433-0420
POSTO AVANÇADO SALVADOR / BA
SALVADOR
SAC-EMPRESARIAL
Av. Otávio Mangabeira, n° 6929 – Multishop Boca do Rio –
Bairro Boda do Rio
CEP.:41715-000
Tel.:(0XX-71) 281-4148
POSTO AVANÇADO RIO VERDE / GO
RIO VERDE
JCIRV
Rua Augusta Bastos, 479 – Centro
CEP.: 75900- 000
Tel.: (0XX-64)3621-1985
Fax: (0XX-64) 3613-1569
PATROCÍNIO
ACIP – ASSOCIAÇÃO COMERCIAL INDUSTRIAL DE
PATROCÍNIO
Rua Joaquim Carlos dos Santos, nº 141 – Cidade Jardim
CEP.: 38740- 000
Tel.: (0XX-34) 3831-5500
Índice Geral
RPI 1850 de 20/06/2006
Comunicados
5
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
-
Presidência do INPI
7
DIRETORIA DE PATENTES
Exame Formal Preliminar – Índice Remissivo por Depositante
-
Exame Formal Preliminar – Índice Numérico Remissivo
-
Exigências Decorrentes do Exame Formal Preliminar
-
Tabela de Códigos de Despachos e Códigos INID de Pedidos, Patentes (incluindo as de MI/DI
expedidas na vigência da Lei 5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
9
Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos e Patentes (incluindo as de MI/DI expedidas na
vigência da Lei 5772/71) - Período de Transição (Lei 5772/71)
15
Índice Numérico Remissivo de Pedidos, Patentes e Certificados de Adição de Invenção
17
Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos de Patente e de Certificado de
Adição de Invenção
19
Despachos Relativos a Pedidos, Patentes (incluindo as de MI/DI expedidas na vigência de
Lei 5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
99
Pipeline - Publicação para Manifestação de Terceiros
-
Pipeline - Comunicação de Depósito e Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
113
Despachos Relativos a Pedidos e Patentes - Período de Transição (Lei 5772/71)
115
DIRETORIA DE CONTRATOS DE TECNOLOGIA E OUTROS REGISTROS
Tabela de Códigos de Despachos e Códigos INID de Pedidos e Registros de Desenho Industrial
117
Índice Numérico Remissivo de Pedidos e Registros de Desenho Industrial
119
Publicação de Desenhos Industriais
121
Despachos Relativos a Pedidos e Registros de Desenho Industrial
151
Tabelas de Códigos de Despacho em Contratos de Tecnologia e Outros Registros
155
Despachos em Contratos de Tecnologia e em Licença de Uso de Marca
157
Despachos em Registros de Programas de Computador
-
Despachos - Indicações Geográficas
-
PROCURADORIA
Estatísticas
161
Código Internacional de Países e Organizações
167
De conformidade com a Lei nº 5.648, de 11 de dezembro de 1970, esta é a publicação oficial do Instituto Nacional da Propriedade Industrial, órgão vinculado ao Ministério do
Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, República Federativa do Brasil, que publica todos os seus atos, despachos e decisões relativos ao sistema de propriedade
industrial no Brasil, compreendendo Marcas e Patentes, bem como os referentes a contratos de Transferência de Tecnologia e assuntos correlatos, além dos que dizem respeito
ao registro de programas de computador como direito autoral.
As established by Law nº 5.648 of december 11, 1970, this is the official publication of the National Institute of Industrial Property, an office under the Ministry of Development,
Industry and Foreign Trade, Federative R epublic of Brazil, which publishes all its official acts, orders and decisions regarding the industrial property system in Brazil, comprising
Trademarks and Patents, as well as those refering to Technology Transfer agreements and related matters, besides those regarding software registering as copyright.
D´après la Loi nº 5.648 du 11 décembre 1970, celle-si est la publication officielle de I'Institut National de la Propriété Industrielle, un office lié au Ministère du Développement, de
I’Industrie et du Commerce Extérieur, République Fédérative du Brésil, qui publie tous ses actes, ordres et décisions concernant le système de la propriété industrielle au Brésil,
y compris marques et brevets, aussi que ceux référents aux contracts de transfert de technologie et des sujets afférents, en outre que ceux se rapportant à l'enregistrement des
programmes d´ordinateur comme droit d'auteur.
Según estabelece la Ley nº 5.648 de 11 diciembre 1970, esta es la publicación oficial del Instituto Nacional de la Propiedad Industrial, oficina vinculada al Ministerio del
Desarrollo, Industria y Comercio Exterior, República Federativa del Brasil, que publica todos sus actos, ordenes y decisiónes referentes al sistema de propiedad industrial en
Brasil, comprendendo marcas y patentes así que los referentes a contractos de transferencia de tecnologia y asuntos corelacionados, además de los referentes al registro de
programas de ordenador como derecho de autor.
Laut Gezets Nr. 5.648 vom 11. dezember 1970, ist dies das Amtsblatt des Nationalen Instituts für gewerbliches Eigentum (INPI), eines Organs des Bundesministerium für
Entwicklung, Industrie und Aussenhandel, der Bundesrepublik Brasilien, welches alle Amtshandlungen, Beschlüsse und Entscheidungen über gewerbliches Eigentum in
Brasilien, einschliesslich Warenzeichen und Patente, ebenso wie auch Übertragunsvertrage von Technologie und Computerprogramme als Urheberrecht veroffentlicht.
Comunicados
RPI 1850 de 20/06/2006
Comunicados
RPI 1850 de 20/06/2006
INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E
COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.
Leia com atenção
1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado em tempo hábil.
2- Não serão aceitas fichas de compensação (guias) com rasuras em qualquer das vias.
3- Fichas de compensação (guias) recolhidas, originalmente, para determinado serviço não poderão ser utilizadas para
outra finalidade. O interessado deverá solicitar restituição do valor não utilizado.
4- O pagamento da retribuição deverá ser feito de acordo com a tabela vigente na data da publicação do pedido ou ato a
que se referir.
5- Alertamos sobre a mensagem constante nas fichas de compensação (guias) sobre a necessidade de autenticação
bancária das 2(duas) vias.
6- Solicitamos aos usuários que façam o recolhimento das guias de pagamento, preferencialmente, nas agências do
Banco do Brasil S/A.
COMPLEMENTO
7- No caso de Processo em tramitação, é obrigatório a menção do número do processo; data; código da natureza do
serviço e nome do interessado na guia de recolhimento
A ADMINISTRAÇÃO
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO
INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL
COMUNICADO
1. O pagamento via GRU – Eletrônica foi adotado de forma definitiva pelos usuários
do INPI a partir de 01/01/2005. Sua emissão é viabilizada da seguinte forma:
1.1 Pelo Agente da Propriedade Industrial, mediante contato com INPI – Comissão
de Cadastramento de Agentes da Propriedade Industrial – cocapi@inpi.gov.br para
aquisição de login e senha.
1.2 Pelo “Próprio Interessado”, ou Advogado, no site do INPI – www.inpi.gov.br Modulo de “Guia eletrônica”, criando login e senha, mediante preenchimento do
cadastro ali apresentado.
2. A partir de 19 de junho de 2006, as citadas Guias terão prazo de recolhimento de até
(trinta) dias corridos, após sua emissão.
A ADMINISTRAÇÃO
INPI - Presidência
RPI
1850 de 20/06/2006
NULIDADES E RECURSOS AO SR. PRESIDENTE DO INPI
DIRPA
NULIDADES
(11) DI 6100717-0 (45) 17/07/2001
(73) Keko Acessórios Ltda (BR/RS)
(74) SKO - Oyarzáball Marcas &
Patentes Sociedade Simples Ltda.
Requerente: Instaladora São Marcos
Ltda
A titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela anulação do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6100792-7 (45) 31/07/2001
(73) Keko Acessórios Ltda (BR/RS)
(74) Mario de Almeida Marcas e
Patentes Ltda
Requerente: Instaladora São Marcos
Ltda
A titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela anulação do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6202596-1 (45) 20/05/2003
(73) GRANDENE S.A. (BR/RS)
(74) Custódio de Almeida & Cia
Requerente: Dirtec/inpi, de ofício
a titular deverá tomar conhecimento
do parecer técnico, que concluiu pela
anulação do privilégio, para se
manifestar no prazo de 60 (sessenta)
dias.
(11) DI 6301984-1 (45) 19/08/2003
(73) SIDNEY NALEVAIKO (BR/PR)
(74) Rocha Marcas e Patentes S/C
LTDA
Requerente: Décio Ripolo
O titular e o requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela manutenção do
privilégio, para se manifestarem no
prazo comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6305001-3 (45) 22/11/2005
(73) João Batista dos Santos (BR/MG)
(74) Antônio Fernando de Lacerda
Requerente: Grendene S/A
O titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela manutenção do
privilégio, para se manifestarem no
prazo comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6402512-8 (45) 19/10/2004
(73) LINCOLN TAKESHI YAMAMURA
(BR/SP)
(74) Silva & Guimarães Marcas e
Patentes Ltda
Requerente: Clarissa Forssel Ferreira
O titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela anulação do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6500013-7 (45) 26/07/2005
(73) Márcio Ferreira Cintra (BR/SP)
(74) José Ricardo Gonçalves Azenha
Requerente: paulo Roberto Rosa
O titular e o requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela anulação do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6500687-9 (45) 19/07/2005
(73) Claudio Rocha de Araujo (BR/SP)
(74) Sigilo's Marcas e Patentes S/C
Ltda
Requerente: Grendene S/A
O titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela anulação do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6501164-3 (45) 21/06/2005
(73) Claudia Regina Cordeiro Lugli
Juliato (BR/SP)
(74) Cannon Marcas e Patentes Ltda
Requerente: fava Comércio de
Cereais e Frutas Ltda
A titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela manutenção do
privilégio, para se manifestarem no
prazo comum de 60 (sessenta) dias.
(74) Picosse e Calabrese Advogados
Associados
Requerente: Hellermanntyton Ltda
O titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela anulação do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6503261-6 (45) 29/11/2005
(73) Menno Equipamentos Para
Escritório Ltda (BR/RS)
(74) Sko Oyarzáball Marcas &
Patentes Sociedade Simples Ltda.
Requerente: Luiz Carlos Gastaldo
A titular e o requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela manutenção do
privilégio, para se manifestarem no
prazo comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6503335-3 (45) 13/12/2005
(73) João Sebastião Neto (BR/MG)
(74) Antônio Fernando de Lacerda
Requerente: Grendene S/A
O titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela manutenção do
privilégio, para se manifestarem no
prazo comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6503379-5 (45) 29/11/2005
(73) João Sebastião Neto (BR/MG)
(74) Antônio Fernando de Lacerda
Requerente: Grendene S/A
O titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela manutenção do
privilégio, para se manifestarem no
prazo comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6501832-0 (45) 12/07/2005
(73) Injex Pen Indústria e Comércio de
Artigos Plásticos Ltda (BR/SP)
(74) Cláudio Regonaschi
Requerente: Bic Brasil S/A
a titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela anulação do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) MU 7602346-0 (45) 15/02/2005
(73) Antonio Sperone Sobrinho
(BR/SP)
(74) Maria do Rosário de Lima
Requerente da Nulidade: MOPA
INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA.
Decisão: Nulidade conhecida e
negado o provimento. Mantida a
concessão do privilégio.
(11) DI 6502895-3 (45) 04/10/2005
(73) Pilkington Brasil Ltda (BR/SP)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Requerente: Karin Czymoch
A titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
conclui pela manutenção do privilégio,
para se manifestarem no prazo
comum de 60 (sessenta) dias.
(11) PI 9805668-9 (45) 23/11/2004
(73) Máquinas Suzuki S/A. (BR/SP)
(74) Tinoco Soares & Filho S/C Ltda.
Requerente da Nulidade:
INDÚSTRIAS MACHINA ZACCARIA
S/A
Decisão: Nulidade conhecida e
negado o provimento. Mantida a
concessão do privilégio.
(11) DI 6502902-0 (45) 04/10/2005
(73) Pilkington Brasil Ltda (BR/SP)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Requerente: Karin Czymoch
A titular e a requerente deverão tomar
conhecimento do parecer técnico, que
concluiu pela manutenção do
privilégio, para se manifestarem no
prazo comum de 60 (sessenta) dias.
(11) DI 6502973-9 (45) 18/10/2005
(73) José Orlando Carlomagno
(BR/SP)
RECURSOS
(21) MU 7702312-9 (22) 10/10/1997
(71) José Antônio Encinas Beramendi
(BR/RJ)
(74) Luiz Carlos de Carvalho Sillero
Recorrente: O depositante.
Decisão: Recurso conhecido e
negado o provimento. Mantido o
indeferimento do pedido.
(21) PI 0407344-4 (22) 10/02/2004
(71) Coöperatie Avebe U.A. (NL)
(74) Momsen, Leonardos & Cia
Recorrente: O depositante.
Despacho: Recurso conhecido e
provido. Desarquivada a petição INPI /
RJ 020050079444 de 09/08/2005 para
prosseguir o trâmite normal do
processo.
(21) PI 9508886-5 (22) 05/09/1995
(71) University of Georgia Research
Foundation, Inc. (US) , Yale University
(US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Recorrente: O depositante.
Decisão: Recurso conhecido e
negado o provimento. Mantido o
indeferimento do pedido.
(21) PI 9601612-4 (22) 26/04/1996
(71) HBA Hutchinson Brasil
Automotive Ltda (BR/SP)
(74) Gobernate Marcas e Patentes
S/C Ltda.
Recorrente: O depositante.
Decisão: Recurso conhecido e
negado o provimento. Mantido o
indeferimento do pedido.
(21) PI 9607623-2 (22) 12/02/1996
(71) Buckman Laboratories
International Inc. (US)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Recorrente: O depositante.
Decisão: Recurso conhecido e
negado o provimento. Mantido o
indeferimento do pedido.
(21) PI 9803212-7 (22) 24/08/1998
(71) Salva Pé Produtos Ortopédicos
Ltda. (BR/SP)
(74) Cometa Marcas e Patentes S/C
Ltda.
Recorrente: O depositante.
Decisão: Recurso conhecido e
negado o provimento. Mantido o
indeferimento do pedido.
(21) PI 9607197-4 (22) 15/03/1996
(71) Queens University At Kingston
(CA)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Recorrente: O depositante.
Despacho: Cumpra as exigências do
parecer técnico.
8 INPI – Presidência
RPI 1850 de 20/06/2006
Diretoria de Patentes - DIRPA
Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos, Patentes
(incluindo as de MI/DI expedidas na vigência da Lei
5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
RPI 1850 de 20/06/2006
1. Pedido Internacional
PCT/BR Designado ou Eleito
2.1
1.1
Notícias da Publicação Internacional
Comunicação da publicação internacional do
pedido internacional nos termos do Tratado de
Cooperação de Patente - PCT, aguardando o
início da fase nacional, folheto em idioma
original encontra-se à disposição dos
interessados no Banco de Patentes do INPI.
1.1.1 Retificação
Retificação da notificação da publicação
internacional por ter sido efetuada com
incorreção.
1.2
1.2.1
Pedido Retirado
Comunicação da perda do efeito do pedido
internacional no Brasil: por retirada do pedido
ou da designação pelo depositante; pelo
pedido internacional ter sido considerado
retirado em virtude dos artigos 12 (3), 14 (1)
(b), 14 (3) (a) ou 14 (4) do PCT; se a
designação do Brasil é considerada retirada
em virtude do artigo 14 (3) (b); se o
depositante não cumpriu as determinações
referentes à entrada do pedido na fase
nacional, isto é, não apresentação do pedido
na fase nacional dentro dos prazos
estabelecidos pelo artigo 22 ou 39 do PCT,
conforme o caso.
1.3
2.4
Publicação Anulada
Anulação da publicação da retirada do pedido
por ter sido indevida.
1.2.2 Republicação
Republicação da publicação da retirada do
pedido por ter sido efetuada com incorreção.
Notificação - Fase Nacional - PCT
Notificação da entrada na fase nacional do
pedido internacional depositado através do
Tratado de Cooperação de Patentes - PCT. O
prazo para requerimento do pedido de exame
é contado a partir da data do depósito
internacional. Não sendo o exame requerido,
pelo depositante ou qualquer interessado, no
prazo de 36 (trinta e seis) meses do depósito
internacional, o pedido será arquivado.
Publicado o arquivamento do pedido, poderá
ser requerido, no prazo de 60 (sessenta) dias,
o seu desarquivam ento. Não sendo requerido
o desarquivamento no prazo anteriormente
citado,
o
pedido
será
considerado
definitivamente arquivado. Os interessados
podem adquirir no Banco de Patentes do
CEDIN/INPI o folheto com o relatório
descritivo, reivindicações, desenhos e resumo
do pedido, tanto em sua forma original quanto
em sua versão em português.
2.5
Notificação de Depósito de Pedido de
Patente ou de Certificado de Adição de
Invenção
Notificação de depósito de pedido de patente
ou de certificado de adição de invenção. O
pedido de patente será mantido em sigilo
durante 18 (dezoito) meses a contar da data
da prioridade mais antiga. Decorrido esse
prazo, será publicado para conhecimento
público. O depositante pode, porém, requerer
a antecipação da publicação. O prazo de sigilo
de 18 (dezoito) meses para o pedido de
Certificado de Adição de Invencão é contado
da data do depósito do pedido principal.
Quando houver ocorrido a publicaçao do
pedido principal, o pedido de Certificado de
Adição de Invencão será imediatam ente
publicado. Os depósitos são designados de
acordo com a natureza requerida: Invenção
(PI), Modelo de Utilidade (MU) e Certificado de
Adição de Invencão (C ). Os pedidos
depositados através do PCT são notificados
no subitem 1.3.
Notificação de Depósito do Pedido Dividido
Notificação de pedido dividido de um pedido
de patente depositado anteriormente. Em
relação ao pedido original, o pedido dividido
tem a mesma data de depósito e, se for o
caso,
o
correspondente
benefício
da
prioridade reivindicada. O pedido dividido é
considerado como estando na mesma fase
processual do pedido original.
Exigência - Art. 21 da LPI
O pedido requerido pela petição citada não
atende formalmente ao disposto no art. 19 da
LPI e/ou às demais disposições quanto à sua
forma, tendo sido recebido provisoriamente.
Não tendo sido possível uma ciència ao
interessado diretamente no processo ou por
via postal, fica o requerente obrigado a sanar,
em 30 ( trinta ) dias a contar desta data, as
exigências estabelecidas. Não sendo a
exigência cumprida com a apresentação da
documentação correspondente no prazo
acima, o depósito não será aceito e a
documentação ficará à disposição do
interessado.
2.6
Publicação Anulada
Anulação da publicação da notificação de
depósito do pedido por ter sido indevida.
2.7
Republicação(*)
Republicação da publicação da notificação de
depósito do pedido por ter sido efetuada com
incorreção.
3.2
Publicação Antecipada
Publicação
do
pedido
depositado,
a
requerimento do depositante. Aplicam -se as
disposições do subitem 3.1.
3.5
Publicação do Pedido Retirado
Publicação do pedido retirado. Encerrada a
instância administrativa. Pode ser adquirido no
Banco
de
Patentes
do
Centro
de
Documentação e Informação Tecnológica do
INPI - CEDIN - o folheto com o relatório
descritivo, reivindicações, desenhos e resumo
do pedido.
3.6
Publicação
do
Pedido
Arquivado
Definitivamente - Art. 216 §2º e Art. 17 §2º
da LPI
Publicação
de
pedido
definitivamente
arquivado devido à não apresentação de
procuração ou devido à apresentação de um
pedido posterior
Encerrada a instância
administrativa. Pode ser adquirido no Banco
de Patentes do Centro de Documentação e
Informação Tecnológica do INPI - CEDIN - o
folheto
com
o
relatório
descritivo,
reivindicações, desenhos e resumo do pedido.
3.7
Publicação Anulada
Anulação da publicação do pedido por ter sido
indevida.
3.8
Retificação
Retificação da publicação do pedido por ter
sido efetuada com incorreção que não
impossibilita sua identificação. Tal publicação
não implica na alteração da data de
publicação do pedido de patente e nos prazos
decorrentes da mesma.
4. Pedido de Exame
4.3
Desarquivamento - Art. 33 parágrafo único
da LPI.
Desarquivado o pedido, arquivado por falta de
pedido de exame (cf. item 11.1), para
prosseguir seu andamento.
4.3.1 Publicação Anulada
Anulação da publicação do desarquivamento
do pedido por ter sido indevida.
4.3.2 Republicação
Republicação
da
publicação
do
desarquivamento do pedido por ter sido
efetuada com incorreção.
3. Publicação do Pedido
1.3.1 Retificação
Retificação da notificação da fase nacional PCT por ter sido efetuada com incorreção.
1.3.2 Publicação Anulada
Anulação da notificação da ent rada na fase
nacional através do PCT por ter sido indevida.
meses do depósito, o pedido será arquivado.
Publicado o arquivamento do pedido, poderá
ser requerido, no prazo de 60 (sessenta) dias,
o seu d esarquivamento. Não sendo o
requerido o desarquivamento no prazo
anteriormente
citado,
o
pedido
será
considerado definitivamente arquivado.
2. Depósito
6.Exigências Técnicas e Formais
3.1
Publicação do Pedido de Patente ou de
Certificado de Adição de Invenção
Publicação do pedido depositado (Art. 30 da
LPI), podendo ser adquirido no Banco de
Patentes do Centro de Documentação e
Informação Tecnológica do INPI - CEDIN - o
folheto
com
o
relatório
descritivo,
reivindicações, desenhos e resumo do pedido,
por quem se interessar. Não sendo o exame
requerido, pelo depositante ou qualquer
interessado, no prazo de 36 (trinta e seis)
6.1
Exigência - Art. 36 da LPI
Suspensão do andamento do pedido de
patente
que,
para
instrução
regular,
aguardará o atendimento ou contestação das
exigências formuladas. Caso a exigência não
tenha sido explicitada no despacho da RPI, o
depositante poderá requerer cópia do parecer
através do formulário modelo 1.05. A não
manifestação do depositante no prazo de 90
(noventa) dias desta data acarretará o
arquivamento definitivo do pedido.
10
DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos
6.6
Exigência - Art. 34 da LPI
Suspensão do andamento do pedido de
patente para que sejam apresentados todos
os documentos relativos às objeções, buscas
de anterioridade e resultados de exame para
concessão de pedido correspondente em
outros países quando houver reivindicação de
prioridade,
doc umentos
necessários
à
regularização do processo e exame do pedido,
ou a tradução simples do documento hábil
referido no § 2º do art. 16, caso esta tenha
sido substituída pela declaração prevista no §
5º do mesmo artigo. Caso a exigência não
tenha sido explicitada no despacho RPI, o
depositante poderá requerer cópia do parecer
através do formulário modelo 1.05. A não
manifestação do depositante no prazo de 60
(sessenta) dias desta data acarretará o
arquivamento do pedido.
6.7
Outras Exigências
Outras exigências que não as especificadas
nos subitens anteriores (6.1 e 6.6).
Suspensão do andamento do pedido de
patente que, para instrução regular da patente,
aguardará pelo prazo de 60 (sessenta) dias o
atendimento da exigência formulada. Caso a
exigência não tenha sido explicitada no
despacho da RPI, o depositante poderá
requerer cópia do parecer através do
formulário modelo 1.05.
6.8
Exigência Anulada (**)
Anulação da exigência por ter sido indevida.
6.9
Publicação Anulada
Anulação da publicação da exigência por ter
sido indevida.
6.10
RPI 1850 de 20/06/2006
O não cumprimento no prazo de 60 (sessenta)
dias acarretará o arquivamento do pedido.
8.6
8.7
7.3
7.4
Ciência relacionada com o art. 229 da LPI
O exame técnico concluiu que o pedido atende
aos requisitos estabelecidos pelos artigos 8 e
36 da LPI. O deferimento do mesmo está
condicionado à obtenção da anuência de que
trata o art. 229 da LPI da Lei 9.279/96,
conforme redação dada pela Lei 10.196/2001
8. Anuidade do Pedido
Exigência de Complementação de
Anuidade
O depositante deverá complementar, de
acordo com a tabela vigente na data da
complementação,
o
pagamento
da
anuidade especificada, por meio do formulário
modelo
1.02
acompanhado
dos
comprovantes
dos
pagamentos
correspondentes
ao
cumprimento
de
exigência e a complementação da anuidade.
Desistência Homologada
Notificação da homologação da desistência do
pedido de patente, apresentada pelo
depositante, acarretando o encerramento do
processo administrativo.
10.5
Desistência não Homologada
Notificação
da
não
homologação
desistência do pedido de patente.
do
da
10.6
Despacho Anulado (**)
Anulação do despacho por ter sido indevido.
8.10
Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
10.7
Publicação Anulada
Anulada a publicação por ter sido indevida
10.8
Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
8.11
Manutenção do Arquivamento
Manutenção do Arquivamento Mantido o
arquivamento do pedido uma vez que não foi
requerida a restauração nos termos do
disposto no art. 87 da LPI, encerrando a
instância administrativa.
9. Decisão
Deferimento
Deferido o pedido de patente. Desta data corre
o prazo de 60 (sessenta) dias para o
pagamento e comprovação, através do
formulário modelo 1.02, da retribuição para
expedição da carta-patente. O pagamento
desta retribuição poderá ainda ser efetuado
dentro dos 30 (trinta) dias subseqüentes,
independente de notificação na RPI. O não
pagamento e sua comprovação nos prazos
acima
determinados
acarretará
o
arquivamento definitivo do pedido.
11. Arquivamento
11.1
9.1.2 Publicação Anulada
Anulada a publicação de deferimento por ter
sido indevida.
9.1.3 Republicação
Republicação da publicação de deferimento
por ter sido efetuada com incorreção.
9.1.4 Retificação
Retificação da publicação de deferimento por
ter sido efetuada com incorreção. Tal
publicação não implica na alteração da data
do deferimento e nos prazos decorrentes da
mesma.
Indeferimento
Indeferido o pedido por não atender aos
requisitos legais, conforme parecer técnico. A
cópia do parecer técnico poderá ser solicitada
através do formulário modelo 1.05. Desta data
corre o prazo de 60 (sessenta) dias para
eventual recurso do depositante. No caso de
pedido de certificado de adição indeferido por
não ter o mesmo conceito inventivo, o
depositante poderá, no prazo de recurso,
requerer a sua transformação em pedido de
patente de invenção ou modelo de utilidade,
nos termos do Art. 76 § 4º da LPI.
Arquivamento - Art. 33 da LPI
Arquivado o pedido uma vez que não foi
requerido o pedido de exame no prazo
previsto no Art. 33 da LPI. Desta data corre o
prazo de 60 (sessenta) dias para o
depositante requerer o desarquivamento,
através do formulário 1.02, mediante
pagamento da retribuição específica de
desarquivamento e do pagamento do pedido
de exame sob pena de arquivamento
definitivo.
11.1.1 Arquivamento definitivo - Art. 33 da LPI
Arquivado definitivamente o pedido uma vez
que não foi requerido o desarquivamento.
11.2
Arquivamento - Art. 36 §1° da LPI
Arquivado definitivamente o pedido de
patente, uma vez que não foi respondida a
exigência formulada.
11.4
Arquivamento - Art. 38 § 2° da LPI
Arquivado definitivamente o pedido de
patente, uma vez que não foi comprovado o
pagament o da retribuição de expedição da
carta-patente.
11.5
Arquivamento - Art. 34 da LPI
Arquivado o pedido, uma vez que não foram
atendidas as exigências previstas no Art. 34
da LPI. Desta data correm simultaneamente o
prazo
de
60
(sessenta)
dias
para
apresentação de recurso e o prazo de 3 (três)
meses para requerimento de restauração do
andamento do pedido, mediante formulário
modelo
1.02,
com
o
pagamento
correspondente à restauração juntamente com
o cumprimento de exigência acompanhado da
respectiva taxa.
11.6
Arquivamento do Pedido-Art. 216 §2° da
LPI
Arquivado definitivamente o pedido de
patente, uma vez que não foi apresentada a
procuração devida no prazo de 60 (sessenta)
dias contados da prática do primeiro ato da
parte no processo.
9.1.1 Decisão Anulada (**)
Anulação da decisão de deferimento por ter
sido indevida.
9.2
8.5
10.1
Publicação Anulada
Anulada a publicação por ter sido indevida
Conhecimento de Parecer Técnico
Suspenso o andamento do pedido para que o
depositante se manifeste, no prazo de 90
(noventa) dias desta data, quanto ao contido
no parecer técnico. A cópia do parecer técnico
poderá ser solicitada através do formulário
modelo
1.05. A não manifestação ou a
manifestação considerada
improcedente
acarretará a manutenção do posicionamento
técnico anterior.
Republicação
Republicação da publicação de conhecimento
do parecer técnico por ter sido efetuada com
incorreção.
restauração
10.Desistência
8.9
Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
Publicação Anulada
Anulada a publicação de conhecimento do
parecer técnico por ter sido indevida.
à
9.2.3 Republicação
Republicação da publicação de indeferimento
por ter sido efetuada com incorreção.
Despacho Anulado (**)
Anulação do despacho por ter sido indevido.
9.1
7.2
Restauração
Notificação
quanto
andamento do pedido.
9.2.2 Publicação Anulada
Anulada a publicação de indeferimento por ter
sido indevida.
8.8
7. Ciência de Parecer
7.1
Arquivamento - Art. 86 da LPI
Arquivado
o
pedido
por
falta
de
pagamento de anuidade dentro do prazo ou
por não cumprimento de exigência de
complementação de pagamento de anuidade.
Desta
data
corre
o
prazo
de
3
(três) meses para o depositante requerer a
restauração
do
andamento
do
pedido por meio do formulário modelo 1.02
acompanhado
dos
comprovantes
referentes ao pagamento da restauração e
conforme
o
caso:
da
cópia
do
pagamento correspondente a anuidade paga
fora
do
prazo;
do
pagamento
correspondente à anuidade em débito; ou do
pagamento
correspondente
a
complementação
9.2.1 Decisão Anulada (**)
Anulação da decisão de indeferimento do
pedido por ter sido indevida.
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos 11
11.6.1 Arquivamento da Petição - Art. 216 §2º da
LPI
Arquivada a petição, uma vez que não foi
apresentada a procuração devida no prazo de
60 (sessenta) dias contados da prática do ato.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
para eventual recurso do interessado.
11.11 Arquivamento - Art. 17 § 2º da LPI
Arquivado definitivamente o pedido de
patente, uma vez que foi efetuado depósito
posterior nos termos do Art. 17 § 2º da LPI.
11.12 Art. 26 parágrafo único da LPI
Arquivado o
pedido, uma vez que o
requerimento de divisão está em desacordo
com o disposto no Art. 26 da LPI. Desta data
corre o prazo de 60 (sessenta) dias para
eventual recurso ao depositante.
11.13 Despacho Anulado (**)
Anulação do despacho de arquivamento do
pedido por ter sido indevido.
11.14 Publicação Anulada
Anulada a publicação de arquivamento do
pedido por ter sido indevida.
11.15 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
11.16 Restauração
Notificação
quant o
andamento do pedido.
à
restauração
do
12. Recurso
12.2
12.3
12.6
12.7
12.8
Recurso Contra o Indeferimento
Notificação de interposição de recurso ao
Presidente do INPI contra o indeferimento do
pedido de patente ou do certificado de adição
de invenção, objetivando o reexame da
matéria. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para apresentação de contrarazões por qualquer interessado. Poderá ser
requerida cópia do recurso através do
formulário modelo 1.05.
Recurso Contra o Arquivamento
Notificação de int erposição de recurso ao
Presidente do INPI contra o arquivamento do
pedido de patente, objetivando o reexame da
matéria. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para apresentação de contrarazões por qualquer interessado. Poderá ser
requerida cópia do recurso através do
formulário modelo 1.05.
Outros Recursos
Notificação de interposição de recurso ao
Presidente do INPI contra a decisão proferida
pela DIRPA, objetivando o reexame da
matéria. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para apresentação de contrarazões por qualquer interessado. Poderá ser
requerida cópia do recurso através do
formulário modelo 1.05.
Publicação Anulada
Anulada a publicação de
recurso por ter sido indevida.
notificação
15.9
15.11 Alteração de Classificação
Alterada a classificação do pedido para melhor
adequação.
15.8
17.1
Notificação de Interposição de Nulidade
Administrativa
Notificação, ao titular da patente, de
instauração de processo administrativo de
nulidade. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual contestação do
titular (Art. 52 da LPI). Poderá ser requerida
cópia do processo de nulidade através do
formulário modelo 1.05.
17.2
Publicação Anulada
Anulação da publicação de notificação da
instauração de processo administrativo de
nulidade por ter sido indevida.
17.3
Republicação
Republicação da publicação de notificação da
instauração de processo administrativo de
nulidade por ter sido efetuada com incorreção.
15.14 Notificação de Decisão Judicial
Notificação de decisão judicial referente ao
pedido.
15.21 Numeração Anulada
Anulada a numeração do pedido de patente
15.22 Devolução de Prazo Concedida
Notificação de devolução de prazo uma vez
que não foi possível ciência ao interessado
diretamente no processo. Desta data corre o
prazo adicional concedido no despacho. O
prazo será de, no mínimo 15 (quinze) dias e,
no máximo, o prazo legal dos atos
correspondentes (Art. 221 da LPI e AN 127
item 12).
15.22.1 Devolução de Prazo Negada
Negada a solicitação de devolução de prazo
uma vez que não ficou comprovada a justa
causa conforme definida no Art. 221 da LPI. A
cópia do parecer poderá ser solicitada através
do formulário 1.05. Desta data corre o prazo
de 60 (sessenta) dias para eventual recurso
do interessado.
15.23 Pedido “SUB JUDICE”
Notificação de ação judicial referente a pedido.
18. Caducidade
18.1
Notificação de Pedido de Caducidade
Notif icação, ao titular da patente, da
instauração do processo de caducidade por
falta de exploração por requerimento de
terceiros e/ou de ofício. Poderá ser requerida
cópia do processo de caducidade através do
formulário modelo 1.05.
18.3
Caducidade Deferida
Declarada a caducidade da patente por falta
de exploração. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do titular
(Art. 212 da LPI). A decisão da caducidade
produzirá efeitos a partir da data do
requerimento ou da publicação da i nstauração
de ofício do processo. Poderá ser requerida
cópia do parecer através do formulário modelo
1.05.
18.4
Caducidade Indeferida
Denegado o pedido de caducidade da patente.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
para eventual recurso do interessado (Art. 212
da LPI).Poderá ser requerida cópia do parecer
através do formulário modelo 1.05.
18.5
Recurso
contra
o
Deferimento
da
Caducidade
Interposição de recurso ao Presidente do INPI
contra o deferimento do pedido de
caducidade, objetivando o reexame da
matéria. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual contestação do
interessado. Poderá ser requerida cópia do
recurso através do formulário modelo 1.05.
18.6
Recurso contra o Indeferimento da
Caducidade
Interposição de rec urso ao Presidente do INPI
contra o indeferimento do pedido de
caducidade, objetivando o reexame da
matéria. Poderá ser requerida cópia do
recurso através do formulário modelo 1.05.
15.30 Publicação Anulada
Anulada a publicação de qualquer um dos
subitens anteriores por ter sido indevida.
15.31 Despacho Anulado (**)
Anulação do despacho referente a qualquer
um dos subitens anteriores
por ter sido
indevido.
15.32 Decisão Anulada (**)
Anulação da decisão referente a qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido indevida.
15.33 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
16. Concessão de Patente ou
Certificado de Adição
de Invenção
16.1
Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
Concessão de Patente ou Certificado de
Adição de Invenção
Expedição da carta-patente ou do certificado
de adição de invenção. O título acha-se à
disposição do interessado no setor
competente do INPI. Desta data corre o prazo
de 6 (seis) meses para interposição de
nulidade administrativa por qualquer
interessado (Art. 51 da LPI ).O certificado de
adição é acessório da patente, tem a data final
de vigência desta e a acompanha para todos
os efeitos legais.
16.2
Publicação Anulada
Anulada a publicação da concessão por ter
sido indevida.
16.3
Retificação
Retificação da publicação da concessão da
patente por ter sido efetuada com incorreção
que não impossibilita sua identificação. Tal
publicação não implica na alteração da data
de publicação
da concessão da patente e
nos prazos decorrentes da mesma.
Concessão Anulada
Anulada a concessão da patente por ter sido
indevida.
17.Nulidade Administrativa
15.12 Renumeração
Alterada a numeração por ter sido numerado
indevidamente.
do
Petição Não Conhecida
Não conhecimento da petição apresentada em
virtude do disposto nos Arts. 218 ou 219 da
LPI.
Petição Sustada
Sustado o conhecimento da petição para
aguardar providências necessárias ao seu
conhecimento.
16.4
15.10 Mudan ça de Natureza
Mudada a natureza e alterado o número do
pedido.
15. Outros Referentes a Pedidos
15.7
Perda de Prioridade
Perda da prioridade reivindicada por não
atender às disposições previstas no artigo 16
§ 7º da LPI.
18.10 Desistência de Caducidade
Notificação de desistência do pedido de
caducidade.
18.11 Decisão Anulada (**)
Anulação da decisão da caducidade por ter
sido indevida.
18.12 Publicação Anulada
Anulada a publicação de qualquer um dos
subitens anteriores por ter sido indevida.
18.13 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
12
DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos
RPI 1850 de 20/06/2006
22.5
19. Notificação de Decisão Judicial
19.1
19.2
19.3
Notificação de Decisão Judicial
Comunicação de decisão judicial referente à
patente.
Publicação Anulada
Anulada a publicação de comunicação de
decisão judicial por ter sido indevida.
Retificação
Retificação da publicação de comunicação de
decisão judicial ter sido efetuada com
incorreção.
21. Extinção de Patente e
Certificado de Adição de
Invenção
21.1
Extinção - Art. 78 inciso I da LPI
Notificação da extinção da patente e seus
certificados, se for o caso, pela expiração do
prazo de vigência de proteção legal.
21.2
Extinção - Art 78 inciso II da LPI
Notificação da extinção da patente e seus
certificados , se for o caso, pela homologação
da renúncia apresentada pelo seu titular.
Homologada a renúncia, a patente será
considerada extinta na data da apresentação
da renúncia.
21.6
Extinção - Art. 78 inciso IV da LPI
Notificação da extinção da patente e seus
certificados, se for o caso, dada a não
restauração prevista no Art. 87 da LPI. A
patente é considerada extinta na data final do
prazo legal (nove meses) do primeiro
pagamento devido que deixou de ser
efetuado.
21.7
Extinção - Art. 78 inciso V da LPI
Notificação da extinção da patente e seus
certificados, se for o caso, uma vez que após
solicitação do INPI o titular deixou de
comprovar a obrigação decorrente do Art. 217
da LPI.
21.8
Despacho Anulado (**)
Anulação do despacho da extinção da patente
por ter sido indevido.
21.9
Publicação Anulada
Anulada a publicação de qualquer um dos
subitens anteriores por ter sido indevida.
21.10 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
22. Outros Referentes a Patentes e
Certificados de Adição de
Invenção
22.2
Petição Não Conhecida
Não conhecimento da petição apresentada em
virtude do disposto nos Arts. 218 ou 219 da
LPI.
22.3
Petição Sustada
Sustado o conhecimento da petição para
aguardar providências necessárias ao seu
conhecimento.
22.4
Pedido de Licença Compulsória Para
Exploração de Patente
Notificação de requerimento de licença
compulsória para exploração da patente e
seus certificados, se for o caso, face ao
disposto no Art. 68 da LPI. Desta data corre o
prazo de 60 (sessenta) dias para manifestação
do titular. Ver publicação correspondente na
seção da Diretoria de Transferência de
Tecnologia.
Exigências Diversas
Formulada exigência para adequação ou
cumprimento de disposições legais no prazo
de 60 (sessenta) dias desta data. Caso a
exigência não tenha sido explicitada no
despacho da RPI, o titular poderá requerer
cópia do parecer através do formulário modelo
1.05.
22.10 Outros Recursos
Notificação de int erposição de recurso ao
Presidente do INPI contra a decisão proferida
pela DIRPA, objetivando o reexame da
matéria. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual contestação do
interessado. Poderá ser requerida cópia do
recurso através do formulário modelo 1.05.
22.11 Devolução de Prazo
Notificação de devolução de prazo uma vez
que não foi possível ciência ao interessado
diretamente no processo. Desta data corre o
prazo adicional concedido no despacho. O
prazo será de, no mínimo 15 (quinze) dias e,
no máximo, o prazo legal dos atos
correspondentes (Art. 221 da LPI e AN 127
item 12).
23.3
Publicação do Pedido para Manifestação de
Terceiros
Publicado o pedido uma vez que já foi
apresentada
a
declaração
de
não
comercialização até a data do depósito. Desta
data corre o prazo de 90 (noventa) dias para
apresentação, por qualquer interessado, de
manifestação quanto ao atendimento ao
disposto no caput do art. 230 da Lei 9279/96.
23.4
Notificação
Depositante
23.5
Anuidade
23.6
Arquivamento
23.7
Denegação do Pedido
23.8
Recurso
23.9
Expedição da Patente
para
Contestação
do
23.10 Publicação Anulada
23.11 Republicação
23.12 Retificação
22.12 Oferta de Licença de Patente
Notificação de oferta de licença (ou renovação
da mesma) para exploração da patente (Art.
64 § 1º da LPI). O interessado poderá obter
cópia na íntegra das condições contratuais
oferecidas pelo titular (AN 127 item 8),
mediante solicitação através do formulário
modelo 1.05.
22.13 Desistência da Oferta de Licença
Notificação da desistência da oferta de licença
pelo titular (Art. 64 § 4º).
23.13 Deferimento
Deferido o pedido. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para o pagamento e
comprovação, através do formulário 1.02, da
retribuição para expedição da carta-patente. O
pagamento desta retribuição, poderá ainda ser
efetuado dentro dos 30 (trinta) dias
subsequentes, independente de notificação da
RPI. O não pagamento e sua comprovação
nos prazos acima acarretará o arquivamento
definitivo do pedido.
22.14 Arquivamento da Petição -Art. 216 §2º da LPI
Arquivada a petição, uma vez que não foi
apresentada a procuração devida no prazo de
60 (sessenta) dias contados da prática do ato.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
para eventual recurso do interessado.
23.14 Decisão Anulada
22.15 Patente “SUB JUDICE”
Notificação de ação judicial
patente.
referente
a
22.20 Publicação Anulada
Anulada a publicação de qualquer um dos
subitens anteriores por ter sido indevida.
22.21 Despacho Anulado (**)
Anulação do despacho referente a qualquer
um dos subitens anteriores
por ter sido
indevido.
22.22 Decisão Anulada (**)
Anulação da decisão referente a qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido indevida.
23.15 Expedição Anulada
23.16 Outros
23.17 Ciência Relacionada com o Art. 229 da LPI
O exame técnico concluiu que o pedido atende
aos requisitos estabelecidos pelos artigos 229
a 231 da LPI. O deferimento do mesmo está
condicionado à obtenção da anuência de que
trata o art. 229 da LPI da Lei 9.279/96,
conforme redação dada pela Lei 10.196/2001
23.18 Notificação de Interposição de Nulidade
Administrativa
Notificação ao titular da patente, de
instauração de processo administrativo de
nulidade. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual contestação do
titular (Art. 52 da LPI). Poderá ser requeri da
cópia do processo de nulidade através do
formulário modelo 1.05
22.23 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
23. Processamento de Pedidos
Segundo Artigos 230 e 231 da
Lei 9279/96
23.1
24.2
Exigencia
de
Complementação
de
Anuidade
O
titular
deverá
complementar,
de
acordo com a tabela vigente na data da
complementação,
o
recolhimento
da
anuidade especificada, por meio do formulário
modelo
1.02
acompanhado
dos
comprovantes
dos
pagamentos
correspondentes
ao
cumprimento
da
exigência e a complementação da anuidade.
O não cumprimento no prazo de 60 (sessenta)
dias acarretará a extinção da patente nos
termos do no art. 87 da LPI.
24.3
Notificação da extinção da patente para
fins da restauração nos termos do art. 87
da LPI .
Notificação da extinção da patente por falta de
pagamento de anuidade, por pagamento de
anuidade fora do prazo ou por não
cum primento
de
exigência
de
complementação de pagamento de anuidade.
Desta data corre o prazo de 3 (três) meses
para o titular requerer a restauração da
patente. A restauração deve ser requerida por
Notificação de Pedido Depositado
23.1.1 Notificação de Depósito de Pedido Dividido
Notificação de pedido dividido de um pedido
depositado anteriormente. Em relação ao
pedido original, o pedido dividido tem a
mesma data de depósito. O pedido dividido é
considerado como estando na mesma fase
processual do pedido original.
23.2
24. Anuidade de Patente
Exigência
Suspens o andamento do pedido que,para
instrução regular, aguardará o atendimento da
exigência formulada em 90 ( noventa ) dias,
desta data
RPI 1850 de 20/06/2006
meio do formulário modelo 1.02, companhado
dos
comprovantes
dos
pagamentos
correspondentes à restauração e à anuidade
ou sua complementação. Caso não seja
requerida a restauração a patente será
extinta de acordo com o disposto no inciso IV
do art. 78 da LPI.
24.4
Restauração
Notificação quanto à restauração da patente.
24.5
Despacho Anulado (**)
Anulação do despacho referente a qualquer
um dos subitens anteriores
por ter sido
indevido.
24.6
Publicação Anulada
Anulação da publicação referente a qualquer
um dos subitens anteriores por ter sido
indevida.
24.7
Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos 13
25.5
25.6
25.7
25.8
25.9
25. Anotação de Alteração de nome
e/ou sede, de Transferência e de
Limitação ou Ônus de Pedido, Patente
e Certificado de Adição de Invenção.
25.1
25.2
25.3
25.4
Transferência Deferida
Notificação do deferimento da transferência
requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Transferência Indeferida
Notificação do indeferimento da transferência
requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Transferência em Exigência
Exigência referente ao pedido de transferência
requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para cumprimento da
exigência
formulada,
sob
pena
de
indeferimento da transferência.
(51)
(54)
(57)
de
de
da
de
Alteração de Sede Deferida
Notificação do deferimento da alteração de
Sede requerida. Desta dat a corre o prazo de
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Alteração de Sede Indeferida
Notificação do indeferimento da alteração de
Sede requerida. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Alteração de Sede em Exigência
Exigência referente ao pedido de alteração de
Sede requerida. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para cumprimento da
exigência
formulada,
sob
pena
de
indeferimento da alteração.
Número da Patente
Número do Pedido
Data do Depósito
Dados da Prioridade Unionista (data de
depósito, país, número)
Data da Publicação do Pedido
Data da Concessão da Patente/Certificado
de Adição de Invenção
Classificação Internacional
Título
Resumo
Nulidade Administrativa - Intimação para
Manifestação
Notificação ao titular da patente e ao
requerente da nulidade, da emissão de
parecer do INPI para manifestação. A
manifestação deverá ser apresentada no
prazo de 60(sessenta) dias, desta data após o
que o processo será decidido. O interessado
poderá requerer cópia do parecer através do
formulário DIRPA Modelo 1.05.
Nulidade Administrativa - Decisão
A decisão da nulidade encerra a instância
administrativa.
Recurso - Exigência
Recurso - Exigência - Art. 214 da LPI
Formulada exigência para complementação
das razões oferecidas a título de recurso no
prazo de 60 (sessenta) dias desta data.
Havendo ou não manifestação sobre a
exigência dar-se-á prosseguimento ao exame
do recurso. Caso a exigência não tenha sido
explicitada no despacho da RPI, o interessado
poderá requerer cópia do parecer através do
formulário DIRPA Modelo 1.05.
Recurso - Decisão
A decisão do recurso é final e irrecorrível na
esfera administrativa.
25.11 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido indevida.
Considerações Finais
25.12 Publicação Anulada
Anulada a publicação de qualquer um dos
subitens anteriores por ter sido efetuada com
incorreção.
25.13 Anotação de Limitação ou Ônus
Notificação referente à anotação de limitação
ou
ônus
conforme
indicado
no
complemento
Alteração de Nome Deferida
Notificação do deferimento da alteração de
nome requerida. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Códigos para
Identificação de Dados
Bibliográficos
(INID)
(43)
(45)
Alteração de Nome em Exigência
Exigência referente ao pedido de alteração
nome requerida. Desta data corre o prazo
60 (sessenta) dias para cumprimento
exigência
formulada,
sob
pena
indeferimento da alteração.
PR. INPI - Presidência
25.10 Despacho Anulad o (**)
Anulação do despacho referente a qualquer
um dos subitens anteriores
por ter sido
indevido.
(61)
(11)
(21)
(22)
(30)
Alteração de Nome Indeferida
Notificação do indeferimento da alteração de
nome requerida. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
(62)
(66)
(71)
(72)
(73)
(74)
(81)
(85)
(86)
(87)
Dados do Pedido ou patente principal do qual
o presente é uma adição (número e
data de depósito)
Dados do pedido original do qual o presente é
uma divisão (número e dadta de depósito)
Dados da Prioridade Interna (número e data de
depósito)
Nome do Depositante
Nome do Inventor
Nome do Titular
Nome do Procurador
Países Designados
Data do Início da Fase Nacional
Número, Idioma e Data do Depósito
Internacional
Número, Idioma e Data da Publicação
Internacional
Solicitação de Cópias:
1 - Os pedidos de fotocópias podem ser
solicitados na sede do INPI/RJ ou nas
delegacias e representações do INPI
constantes da primeira página da RPI.
(*)
Quando a republicação se referir a item de
publicação que envolva o prazo para toma da
de providências, o prazo contar-se-á a partir da
data da republicação.
(**)
A toda publicação que envolva anulação de
ato ou despacho caberá justificativa no
processo adminstrativo.
Diretoria de Patentes - DIRPA
Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos e
Patentes (incluindo as de MI/DI expedidas na
vigência da LEI 5772/71)
Período de Transição - LEI 5772/71 (CPI)
RPI 1850 de 20/06/2006
11.30
Arquivamento Definitivo - Art. 18 § 1º da
Lei 5772/71
Notificação da retirada definitiva do pedido
de patente uma vez que não foi requerido o
pedido de exame no prazo previsto pelo Art
18 § 1º, tendo o prazo expirado na vigência
da Lei 5772/71.
11.31
Arquivamento Definitivo - Falta de
Cumprimento de Exigência
Notificação do arquivamento definitivo do
pedido uma vez que não houve manifestação
do depositante quanto à exigência formal;
exigência técnica ou exigência referente ao
Art. 20, tendo o prazo de cumprimento
expirado na vigência da Lei 5772/71.
12.1
13.1
13.2
15.1
15.2
Arquivamento do Pedido de Patente por
Comprovação Intempestiva de Anuidade AN 082/86 item 4.1
Notificação do arquivamento automático do
pedido de patente, ocorrido durante a
vigência
da
Lei
5772/71,
por
intempestividade de comprovação
de
anuidade. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para o depositante requerer a
restauração do andamento do pedido através
do formulário modelo 1.02, com o
recolhimento correspondente à restauração.
15.3
Arquivamento do Pedido de Patente por
Falta de Comprovação e Recolhimento de
Anuidade - AN 082/86 item 4.1
Notificação do arquivamento automático do
pedido de patente, ocorrido durante a
vigência da Lei 5772/71, por falta de
comprovação e recolhimento de anuidade.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta)
dias para o depositante requerer a
restauração do andamento do pedido através
do formulário modelo 1.02, com o
recolhimento correspondente à restauração,
devendo anexar a guia de recolhimento
referente à anuidade devida. No caso de
arquivamento indevido, o depositante deverá,
no prazo acima, apresentar o comprovante
de recolhimento tempestivo, através do
formulário modelo 1.02, isento de retribuição.
Recurso Contra o Deferimento
Notificação de recurso, interposto na vigência
da Lei 5772/71, contra o deferimento do
pedido de patente, objetivando o reexame da
matéria. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual contestação do
depositante. Poderá ser requerida cópia do
recurso através do formulário modelo 1.05.
Notificação
para
Pagamento
da
Retribuição Relativa à Expedição da
Carta-Patente dos Pedidos Deferidos na
Vigên cia da Lei 5772/71
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta)
dias para o pagamento e comprovação de
retribuição para expedição da carta- patente.
O não pagamento e sua comprovação no
prazo acima determinado acarretará o
arquivamento definitivo do pedido.
15.3.1
Publicação Anulada
Anulação da publicação de notificação para
recolhimento por ter sido indevida.
Arquivamento do Pedido de Patente por
Comprovação
e
Recolhimento
Intempestivo de Anuidade - AN 082/86
item 4.1
Notificação do arquivamento automático do
pedido de patente, ocorrido durante a
vigência
da
Lei
5772/71,
por
intempestividade
de
comprovação
e
recolhimento de anuidade. Desta data corre
o prazo de 60 (sessenta) dias para o
depositante requerer a restauração do
andamento do pedido através do formulário
modelo
1.02,
com
o
recolhimento
correspondente à restauração.
15.4
Aquivamento do pedido de patente de
Modelo ou Desenho Industrial por falta de
recolhimento de anuidade/comprovação –
AN 082/86 item 4.1
Notificação do arquivamento automático do
pedido de patente, ocorrido durante a
vigência da Lei 5772/71, por falta de
recolhimento/comprovação de anuidade.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta)
dias para o depositante requerer a
restauração do andamento do pedido através
do formulário 1.02, com o recolhimento
correspondente à restauração, não sendo
necessário o recolhimento da(s) anuidade(s).
No caso de arquivamento indevido, o
depositante deverá, no prazo acima,
apresentar o comprovante do recolhimento
tempestivo através do formulário modelo
1.02, isento de retribuição.
Arquivamento do Pedido de Patente por
Falta de Comprovação e Recolhimento de
Anuidade e Comprovação e Recolhimento
Intempestivo de Anuidade - AN 082/86
item 4.1
Notificação do arquivamento automático do
pedido de patente, ocorrido durante a
vigência da Lei 5772/71, por falta e por
intempestividade
de
comprovação
e
recolhimento de anuidade. Desta data corre
o prazo de 60 (sessenta) dias para o
depositante requerer a restauração do
andamento do pedido através do formulário
modelo
1.02,
com
o
recolhimento
correspondente à restauração, devendo
anexar a guia de recolhimento referente à
anuidade devida. No caso de arquivamento
indevido, o depositante deverá, no prazo
acima, apresentar o comprovante de
comprovação e recolhimento tempestivo,
através do formulário modelo 1.02, isento de
retribuição.
15.13
Extinção da Gar antia de Prioridade
Notificação da extinção da garantia de
prioridade por não ter sido requerido o
privilégio dentro dos prazos previstos no Art
7º da Lei 5772/71.
18.2
Caducidade - Art 50 da Lei 5772/71
Notificação de caducidade automática da
patente por não ter sido efetuada a
comprovação do pagamento da respectiva
anuidade no prazo legal encerrado na
vigência da Lei 5772/71.
MDIC - MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,
INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR
Recurso - Interposição
Notificação de interposição, na vigência da
Lei 5772/71, de recurso ao Ministro do
Desenvolvimento, Indústria e Comércio
Exterior contra a decisão proferida pelo
Presidente do INPI, objetivando o reexame
da matéria.
Recurso - Decisão
A decisão do recurso, interposto na vigência
da Lei 5772/71, pelo Ministério do
Desenvolvimento, Indústria e Comércio
Exterior encerra a instância administrativa..
DIRETORIA DE PATENTES - DIRPA
Índice Numérico Remissivo de Pedidos, Patentes
(incluindo as de MI/DI expedidas na vigência da
Lei 5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
RPI 1850 de 20/06/2006
C1
C1
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
9802001- 3
9802001- 3
7601032- 5
7602346- 0
7603558- 1
7700097- 8
7702312- 9
7800434- 9
7800526- 4
7801725- 4
7802269- 0
7802445- 5
7802550- 8
7802598- 2
7900008- 8
7900211- 0
7900240- 4
7900595- 0
7900599- 3
7900688- 4
7900823- 2
7900915- 8
7900956- 5
7901001- 6
7901013- 0
7901182- 9
7901347- 3
7901445- 3
7901474- 7
7901497- 6
7901873- 4
7901878- 5
7901966- 8
7902342- 8
7902377- 0
7902756- 3
7902964- 7
7903086- 6
7903111- 0
7903162- 5
7903335- 0
7903339- 3
8201146- 0
8201436- 1
8202108- 2
8401970- 0
8402725- 8
8402748- 7
8402749- 5
8402750- 9
8402758- 4
8402759- 2
8402760- 6
8402761- 4
8402763- 0
8402765- 7
8402766- 5
8402769- 0
8402770- 3
8402772- 0
8402773- 8
8402774- 6
8402775- 4
8402779- 7
8402782- 7
8402796- 7
8402797- 5
8402798- 3
8402807- 6
8402821- 1
8402834- 3
8402842- 4
8402844- 0
8402858- 0
8402866- 1
8402879- 3
8402880- 7
8402881- 5
8402882- 3
8402883- 1
8402885- 8
8402889- 0
8402934- 0
8403002- 0
8403067- 4
8403174- 3
8403246- 4
9.1.1
16.4
7.1
PR
15.10
9.1
PR
6.1
9.1
7.1
7.1
7.1
16.1
16.1
12.2
7.1
16.1
7.1
7.1
16.1
9.1
7.1
7.1
7.1
9.1
9.2
6.1
16.1
7.1
9.1
12.2
9.1
7.1
7.1
16.1
16.1
16.1
16.1
25.7
9.1
25.1
9.1
6.1
4.3
15.7
11.6
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
25.1
3.1
105
109
104
7
106
104
7
103
104
104
104
104
107
107
106
104
107
104
104
107
104
104
104
104
104
105
103
107
104
104
106
104
104
104
107
107
107
107
111
104
109
105
103
103
106
106
63
63
64
64
64
64
65
65
65
65
66
66
66
66
66
67
67
67
67
68
68
68
68
69
69
69
69
70
70
70
70
71
71
71
71
72
72
72
73
109
73
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
MU
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
8403296- 0
8403304- 5
8403352- 5
8403364- 9
8403408- 4
8403409- 2
8403424- 6
8403469- 6
8500106- 6
8500769- 2
8500935- 0
850 1907- 0
8502396- 5
8502488- 0
8502490- 2
8502734- 0
8502753- 7
8502757- 0
8502857- 6
8600045- 4
8600115- 9
8600197- 3
8600701- 7
8600702- 5
8600703- 3
8600704- 1
8600705- 0
8600706- 8
8600707- 6
8600708- 4
8600709- 2
8600710- 6
8600711- 4
8600712- 2
8600735- 1
8600759- 9
8600760- 2
8600765- 3
8600766- 1
8600767- 0
8600768- 8
8600769- 6
0000565- 7
0000566- 5
0000567- 3
0001198- 3
0002447- 3
0002528- 3
0003166- 6
0003214- 0
0003323- 5
0004043- 6
0004254- 4
0005060- 1
000 7046- 7
0008072- 1
0009015- 8
0010691- 7
0011715- 3
0011874- 5
0011881- 8
0012193- 2
0012413- 3
0013459- 7
0014146- 1
0014546- 7
0014579- 3
0016326- 0
0017443- 2
0017443- 2
0100006- 3
0100007- 1
0100008- 0
0100009- 8
0100243- 0
0102627- 5
0103257- 7
0104887- 2
0105462- 7
0106337- 5
0107486- 5
0107992- 1
0108061- 0
0108127- 6
0108229- 9
0108231- 0
0109915- 9
3.1
73
3.1
73
3.1
74
3.1
74
3.1
74
3.1
74
3.1
75
3.1
75
3.2
89
3.2
89
11.6 106
3.2
89
3.2
90
3.2
90
3.2
90
3.2
90
3.2
91
3.2
91
3.2
91
3.2
92
3.2
92
3.2
92
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
2.1
100
11.6.1 106
11 .6.1 106
11.6.1 106
15.10 106
25.1 109
9.1
105
3.8
102
9.1
105
3.8
102
4.3
103
25.1 109
16.1 109
9.1.3 105
16.1 109
16.1 109
9.1
105
9.1
105
9.1
105
9.1
105
16.1 109
16.1 109
9.1
105
6.8
104
6.1
104
25.1 109
25.1 109
2.6
102
3.7
102
25.1 109
25.1 110
25.1 110
25.1 110
25.1 110
3.8
102
25.1 110
25.1 110
25.1 110
25.1 110
25.1 110
11.6.1 106
25.1 110
25.1 110
25.1 110
25.1 110
25.1 110
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
0113828- 6
0117230- 1
0117231- 0
0117232- 8
0117233- 6
0200079- 2
0200484- 4
0201398- 3
0201583- 8
0204734- 9
0205678- 0
0205753- 0
0205903- 7
0205908- 8
0205911- 8
0205916- 9
0210053- 3
0210254- 4
0210446- 6
0210740- 6
0210791- 0
0211051- 2
0211893- 9
0211955- 2
0211968- 4
0212034- 8
0212660- 5
0213312- 1
0214438- 7
0214438- 7
0214745- 9
0215340- 8
0215596- 6
0215695- 4
0215823- 0
0300090- 7
0300971- 8
0301792- 3
0301792- 3
0301792- 3
0306685- 1
0306685- 1
0306685- 1
0308624- 0
0313710- 4
0313811- 9
0313812- 7
0313813- 5
0317529- 4
0318448- 0
0318448- 0
0318504- 4
0318592- 3
0400944- 4
0401491- 0
0401825- 7
0402633- 0
0402727- 2
0403272- 1
0403565- 8
0403781- 2
0404444- 4
0404507- 6
0404799- 0
0404850- 4
0404873- 3
0404906- 3
0404907- 1
0404924- 1
0404925- 0
0404927- 6
0404929- 2
0404930- 6
0404931- 4
0404934- 9
0404936- 5
0404939- 0
0404950- 0
0404952- 7
0404958- 6
0404962- 4
0404975- 6
0404993- 4
0404995- 0
0405005- 3
0405006- 1
0405008- 8
7.1
2.4
2.4
2.4
2.4
25.1
25.1
25.4
25.7
25.3
25.1
25.1
25.1
25.1
25.1
25.1
25.7
12.2
1.3
25.1
25.1
25.7
25.3
25.1
25.4
25.1
25.4
25.1
25.4
25.7
1.3
25.7
25.1
25.1
2.4
25.3
25.1
3.7
6.8
11.14
25.4
25.7
25.7
25.3
25.4
25.1
25.1
25.1
1.3.1
2.6
3.7
2.6
2. 1
25.1
25.1
3.6
25.3
11.6
11.6
3.6
3.8
11.6
3.6
3.1
3.1
11.6
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3. 1
3.1
104
101
101
101
101
110
110
111
111
1 10
110
110
110
110
110
110
111
106
19
110
110
111
110
110
111
110
111
110
111
111
19
111
110
110
101
110
110
102
104
106
111
111
111
110
111
110
110
110
99
102
102
102
100
110
110
96
110
106
106
96
102
106
96
75
75
106
76
76
76
76
76
77
77
77
77
78
78
78
78
79
79
79
79
80
80
80
80
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
0405009- 6
0405010- 0
0405017- 7
0405025- 8
0405026- 6
0405027- 4
0405046- 0
0405047- 9
0405048- 7
0405049- 5
0405052- 5
0405054- 1
0405060- 6
0405062- 2
0405070- 3
0405071- 1
0405072- 0
0405073- 8
0405077- 0
0405078- 9
0405123- 8
0405177- 7
0405178- 5
0405181- 5
0405312- 5
0405315- 0
0405318- 4
0405319- 2
0406111- 0
0406135- 7
0406236- 1
0406311- 2
0406319- 8
0406334- 1
0406448- 8
0406601- 4
0406794- 0
0407221- 9
0407263- 4
0407344- 4
0408068- 8
0408581- 7
0409022- 5
0409291- 0
0409470- 0
0409641- 0
0409919- 2
0410027- 1
0410028- 0
0410253- 3
0410308- 4
0410342- 4
0410470- 6
0410500- 1
0410501- 0
0410503- 6
0410504- 4
0410505- 2
0410506- 0
0410507- 9
0410508- 7
0410509- 5
0410510- 9
0410511- 7
0410512- 5
041 0513- 3
0410514- 1
0410515- 0
0410516- 8
0410517- 6
0410518- 4
0410519- 2
0410520- 6
0410521- 4
0410522- 2
0410523- 0
0410524- 9
0410525- 7
0410526- 5
0410527- 3
0410528- 1
0410529- 0
0410530- 3
0410531- 1
0410532- 0
0410533- 8
0410534- 6
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
3.1
11.6
25.3
6.8
25.7
25.1
PR
1.3.1
11.6
1.3
1.3.1
1.3.1
1.3.1
1.3.1
1.3.1
1.3.1
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
80
81
81
81
81
82
82
82
82
83
83
83
83
84
84
84
84
84
85
85
85
85
86
86
86
87
87
87
87
88
88
88
88
89
106
110
104
111
110
7
99
106
19
99
99
99
99
99
99
20
20
20
20
20
21
21
21
21
21
21
21
22
22
22
23
23
23
23
23
23
24
24
24
24
25
25
25
25
25
26
26
26
26
26
27
27
27
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
0410535- 4
0410536- 2
0410537- 0
0410538- 9
0410539- 7
0410540- 0
0410541- 9
0410542- 7
0410543- 5
0410544- 3
0410545- 1
0410546- 0
0410547- 8
0410548- 6
0410549- 4
0410550- 8
0410551- 6
0410552- 4
0410553- 2
0410554- 0
0410555- 9
0410556- 7
0410557- 5
0410558- 3
0410559- 1
0410560- 5
0410561- 3
0410562- 1
0410563- 0
0410564- 8
0410565- 6
0410566- 4
0410567- 2
0410568- 0
0410569- 9
0410570- 2
0410571- 0
0410572- 9
0410573- 7
0410574- 5
0410575- 3
0410576- 1
0410577- 0
0410578- 8
0410579- 6
0410580- 0
0410581- 8
0410582- 6
0410583- 4
0410584- 2
0410585- 0
0410586- 9
0410587- 7
0410588- 5
0410589- 3
0410590- 7
0410591- 5
0410592- 3
0410593- 1
0410594- 0
0410595- 8
0410596- 6
0410597- 4
0410598- 2
0410599- 0
0410603- 2
0410604- 0
0410605- 9
0410606- 7
0410607- 5
0410611- 3
0410612- 1
0410613- 0
0410614- 8
0410615- 6
0410616- 4
0410617- 2
0410618- 0
0410619- 9
0410620- 2
0410621- 0
0410622- 9
0410623- 7
0410624- 5
0410625- 3
0410626- 1
0410627- 0
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
27
28
28
28
28
29
29
29
29
29
29
30
30
30
30
31
31
31
31
31
32
32
32
32
32
33
33
33
33
33
34
34
34
34
35
35
35
35
36
36
36
36
36
36
37
37
37
37
37
38
38
38
38
38
39
39
39
39
40
40
40
40
41
41
41
41
42
42
42
42
43
43
43
43
44
44
44
44
45
45
45
45
45
45
46
46
46
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
0410628- 8
0410629- 6
0410654- 7
0410655- 5
0410657- 1
0410658- 0
0410659- 8
0410660- 1
0410661- 0
0410662- 8
0410663- 6
0410664- 4
0410665- 2
0410666- 0
0410667- 9
0410668- 7
0410669- 5
0410670- 9
0410671- 7
0410672- 5
0410673- 3
0410674- 1
0410675- 0
0410676- 8
0410677- 6
0410678- 4
0410679- 2
0410680- 6
0410681- 4
0410682- 2
0410683- 0
0410684- 9
0410685- 7
0410686- 5
0410687- 3
0410688- 1
0410689- 0
0410690- 3
0410691- 1
0410692- 0
0410693- 8
0410694- 6
0410695- 4
0410696- 2
0410697- 0
0410698- 9
0410699- 7
0410715- 2
0410716- 0
0410717- 9
0410718- 7
0410719- 5
0410720- 9
0410721- 7
0410722- 5
0410723- 3
0410724- 1
0410725- 0
0410726- 8
0410727- 6
0410728- 4
0410729- 2
0410730- 6
0410731- 4
0410781- 0
0410782- 9
0410783- 7
0410784- 5
0410785- 3
04107 86- 1
0410787- 0
0410791- 8
0410794- 2
0410795- 0
0410796- 9
0410797- 7
0410798- 5
0410799- 3
0412308- 5
0415946- 2
0415947- 0
0500040- 8
0501252- 0
0501477- 8
0501779- 3
0502631- 8
0502653- 9
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1. 3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
1.3
2.1
2.1
15.9
3.2
3.2
3.8
3.8
3.2
46
46
47
47
47
47
47
48
48
48
48
49
49
49
49
50
50
50
50
50
51
51
51
51
52
52
52
52
52
52
53
53
53
53
53
53
54
54
54
54
55
55
55
55
56
56
56
56
57
57
57
57
58
58
58
58
58
59
59
59
59
60
60
60
60
61
61
61
61
61
61
62
62
62
62
62
63
63
63
100
100
106
92
92
102
102
93
18
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
DIRPA - Índice Numérico Remissivo
0503286- 5
0504084- 1
0504623- 8
0504831- 1
0505213- 0
0505574- 1
0505672- 1
0505820- 1
0505994- 1
0506032- 0
0506352- 3
0600074- 6
0600098- 3
0600302- 8
0600399- 0
0600494- 6
0601456- 9
0601457- 7
0601458- 5
0601459- 3
0601460- 7
0601461- 5
0601462- 3
0601463- 1
0601464- 0
0601465- 8
0601466- 6
0601468- 2
0601469- 0
0601470- 4
0601471- 2
0601472- 0
0601473- 9
0601474- 7
0601475- 5
0601476- 3
0601477- 1
0601478- 0
0601479- 8
0601480- 1
0601481- 0
0601507- 7
0601508- 5
0601509- 3
0601510- 7
0601516- 6
0601517- 4
0601518- 2
0601519- 0
0601520- 4
0601521- 2
0601522- 0
0601523- 9
0601524- 7
0601525- 5
0601558- 1
0601560- 3
0601561- 1
0601562- 0
25.1
3.8
3.2
3.1
3.2
3.2
3.2
3.2
3.2
3.2
2.1
3.2
3.2
3.2
3.2
3.2
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
110
102
93
89
93
93
94
94
94
95
100
95
95
95
96
96
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
0601563- 8
0601564- 6
0601565- 4
0601566- 2
0601567- 0
0601568- 9
0601569- 7
0601570- 0
0601571- 9
0601572- 7
0601573- 5
0601574- 3
0601575- 1
0601576- 0
0601577- 8
0601578- 6
0601579- 4
0601580- 8
0601581- 6
0601582- 4
0601584- 0
0601585- 9
0601608- 1
0601609- 0
0601610- 3
0601611- 1
0601612- 0
0601613- 8
0601614- 6
0601615- 4
0601616- 2
0601617- 0
0601618- 9
0601619- 7
0601620- 0
0601621- 9
0601622- 7
0601623- 5
0601624- 3
0601625- 1
0601626- 0
0601627- 8
0601628- 6
0601629- 4
0601630- 8
0601631- 6
0601639- 1
1100996- 9
8601888- 4
8604820- 1
8802682- 5
8804336- 3
8804491- 2
8806525- 1
8901409- 0
8902777- 9
9003797- 9
9005904- 2
9200503- 9
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
2.1
23.2
21.2
25.1
25.7
25.7
25.7
21.2
25.7
21.2
25.1
25.11
16.1
RPI 1850 de 20/06/2006
100
100
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
101
113
109
109
111
111
111
109
111
109
109
111
107
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
9201346- 5
9204190- 6
9207236- 4
9300452- 4
9300452- 4
9300822- 8
9407767- 3
9500013- 5
9505252- 6
9505467- 7
9506138- 0
9507473- 2
9507495- 3
9507562- 3
9507811- 8
9507873- 8
9508867- 9
9508886- 5
9508889- 0
9509423- 7
9509665- 5
9510703- 7
9510777- 0
9510797- 5
9600614- 5
9600762- 1
9601200- 5
9601310- 9
9601324- 9
9601575- 6
9601581- 0
9601612- 4
9602072- 5
9602613- 8
9602652- 9
9602673- 1
960 3313- 4
9603536- 6
9603902- 7
9604966- 9
9605221- 0
9605466- 2
9605739- 4
9605759- 9
9605965- 6
9606108- 1
9606928- 7
9607098- 6
9607101- 0
9607197- 4
9607296- 2
9607477- 9
9607575- 9
9607623- 2
9607956- 8
9608246- 1
9608265- 8
9608502- 9
9608594- 0
25.4
21.2
11.12
25.4
25.7
25.4
16.1
16.1
16.1
9.2
16.1
16.1
9.1.4
12.2
6.1
16.1
6.9
PR
16.1
12.2
16.1
16.1
12.2
2.4
6.1
9.1
7.1
16.1
7.1
6.1
16.1
PR
16.1
15.13
9.1.4
16.1
7.1
16.1
16.3
16.1
16.1
16.1
16.1
16.1
7.1
16.1
16.1
6.1
7.1
PR
16.1
16.1
12.2
PR
16.1
9.1
6.1
12.2
7.1
110
109
106
110
111
110
107
107
107
105
107
107
105
106
103
107
104
7
107
106
107
107
106
101
103
105
104
107
104
103
107
7
107
115
105
107
104
108
109
108
108
108
108
108
104
108
108
103
104
7
108
108
106
7
108
105
103
106
104
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
9608616- 5
9608956- 3
9609019- 7
9609037- 5
9609235- 1
9609365- 0
9609716- 7
9610359- 0
9610422- 8
9610943- 2
9610967- 0
9611427- 4
9611826- 1
9611871- 7
9611927- 6
9612953- 0
9612954- 9
9612955- 7
9612955- 7
9612959- 0
9700307- 7
9700338- 7
9700982- 2
9701448- 6
9701686- 1
9702354- 0
9702754- 5
9702841- 0
9702884- 3
9702918- 1
9702940- 8
9703302- 2
9703500- 9
9703547- 5
9703757- 5
9705642- 1
9706205- 7
9707070- 0
9707097- 1
9707167- 6
9707780- 1
9707830- 1
9708047- 0
9708337- 2
9708590- 1
9708739- 4
9710487- 6
9710938- 0
9711128- 7
9711430- 8
9711797- 8
9712111- 8
9713190- 3
9713612- 3
9713613- 1
9713811- 8
9713872- 0
9714581- 5
9714723- 0
6.1
6.1
6.1
9.1
12.2
7.1
25.4
6.1
6.1
7.1
7.1
9.1
7.1
7.1
7.1
2.4
2.4
2.4
9.2
9.2
16.1
7.1
9.1
6.1
6.1
6.1
15.10
7.1
6.1
7.1
25.4
7.1
6.1
16.1
6.1
16.1
9.1
16.1
6.1
12.2
25.4
9.1
16.1
25.1
7.1
16.1
12.2
16.1
9.1
7.1
15.22
6.1
6.1
6.1
6.1
12.2
16.1
6.1
6.1
103
103
103
105
106
104
110
103
103
104
104
105
104
104
104
101
101
101
105
106
108
104
105
103
103
103
106
104
103
104
110
104
103
108
103
108
105
108
103
106
110
105
108
109
104
108
106
108
105
104
106
103
103
103
103
106
108
103
103
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
9714978- 0
9715015- 0
9715239- 0
9801533- 8
9802100- 1
9802601- 1
9803055- 8
9803212- 7
9803414- 6
9804229- 7
9804269- 6
9804539- 3
9804600- 4
9804740- 0
9804806- 6
9805625- 5
9805668- 9
9806173- 9
9806722- 2
9806722- 2
9807019- 3
9807589- 6
9808362- 7
9808418- 6
9809427- 0
9810004- 1
9810157- 9
9810304- 0
9810491- 8
9810789- 5
9810887- 5
9811734- 3
9811947- 8
9812145- 6
9812526- 5
9812795- 0
9813100- 1
9813550- 3
9813623- 2
9813838- 3
9814038- 8
9814654- 8
9814812- 5
9814942- 3
9814973- 3
9814980- 6
9814985- 7
9814990- 3
9815112- 6
9815625- 0
9815718- 3
9815950- 0
9816182- 2
9816192- 0
9816193- 8
9816194- 6
9816195- 4
9816346- 9
9900149- 7
9.1
105
6.1
103
2.4
101
9.1
105
15.7 106
17.1 109
6.1
103
PR
7
9.1
105
15.10 106
6.1
103
11.6.1 106
9.1
105
6.1
103
25.1 109
16.1 108
PR
7
6.1
103
25.4 110
25.7 111
16.1 108
6.1
103
6.1
103
6.1
103
9.1
105
9.1
105
9.1
105
6.1
103
9.1
105
6.1
103
6.1
103
9.1
105
9.1
105
6.1
103
6.1
103
6.1
1 03
9.1
105
7.1
104
6.1
103
6.1
103
6.1
103
25.4 111
7.1
104
9.1
105
7.1
104
7.1
104
6.1
103
6.1
103
7.1
104
7.1
104
25.1 109
9.1
105
7.1
104
2.4
101
2.4
101
2.4
101
2.4
101
16.1 108
15.33 107
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
PI
9900551- 4
9900559- 0
9900747- 9
9901019- 4
9901160- 3
9901301- 0
9901540- 4
9901953- 1
9902191- 9
9902618- 0
9902669- 4
9902786- 0
9902996- 0
9903025- 0
9903220- 1
9903261- 9
9903318- 6
9903348- 8
9903459- 0
9903517- 0
9903965- 6
9903980- 0
9903995- 8
9904131- 6
9904494- 3
9904543- 5
9904549- 4
9905330- 6
9905387- 0
9905800- 6
9906205- 4
9906635- 1
9907409- 5
9907480- 0
9907799- 0
9908032- 0
9908245- 4
9908308- 6
9909008- 2
9909111- 9
9909155- 0
9909265- 4
9909715- 0
9910659- 0
9910981- 6
9911892- 0
9912647- 8
9912972- 8
9913625- 2
9913801- 8
9914556- 1
9914997- 4
9916569- 4
9916588- 0
9916712- 3
9917479- 0
6.1
103
6.1
103
6.1
103
16.1 108
12.2 106
6.1
103
6.1
103
25.7 111
6.1
1 03
6.1
103
6.1
103
6.1
103
7.1
104
7.1
104
6.1
103
7.1
104
7.1
104
9.1
105
6.1
103
9.1
105
6.1
103
6.1
103
7.1
104
16.1 109
6.1
103
6.1
103
7.1
104
9.1
105
7.1
104
6.1
103
6.1
103
11.6.1 106
16.1 109
6.1
103
16.1 109
6.1
103
6.1
103
6.1
103
6.1
103
6.1
103
16.1 109
6.1
103
16.3 109
6.1
104
25.1 109
6.1
104
7.1
104
7.1
104
9.1
105
9.1
105
16.1 109
7.1
104
6.1
104
11.6.1 106
9.1
105
9.1
105
Diretoria de Patentes - DIRPA
Notificação - Fase Nacional - PCT
Publicação de Pedidos de Patente e de
Certificado de Adição de Invenção
RPI 1850 de 20/06/2006
1. Pedido Internacional PCT/BR Designado ou Eleito
1.3
NOTIFICAÇÃO - FASE NACIONAL - PCT
(21) PI 0210446-6 (22) 18/12/2002
1.3
(30) 10/01/2002 US 10/043,527
(51) C10B 1/00, C10B 1/02, C10B 1/04, C10B 3/00, C10B 25/00, C10B 25/02,
C10B 25/04, C10B 25/08, C10B 25/10, C10B 25/16, C10B 25/20, C10B 25/22
(54) PROCESSO PARA PRODUZIR E REMOVER COQUE REPETIDAMENTE
A PARTIR DE UM VASO COQUEIFICADOR RETARDADO, E, VASO
COQUEIFICADOR
(57) "PROCESSO PARA PRODUZIR E REMOVER COQUE REPETIDAMENTE
A PARTIR DE UM VASO COQUEIFICADOR RETARDADO, E, VASO
COQUEIFICADOR". Um sistema fechado que elimina exposição do trabalhador
durante operações de descoqueificação de vaso coqueificador e, desse modo,
reduz significativamente riscos aos trabalhadores, além de aumentar a
capacidade de formação de coque pela redução do tempo de ciclo de
coqueificação. O sistema fechado compreende, de preferência, um vaso
coqueificador com uma linha de suprimento de entrada lateral ligada ao vaso
acima do fundo do vaso; um alojamento de fechamento com membro de
fechamento lateralmente móvel no mesmo, vedado ao fundo do vaso
diretamente sem, ou, indiretamente com um membro de carretel de adaptação
e uma calha de coque vedada ao fundo do alojamento de fechamento. O
sistema pode ser operado remota e repetidamente através de numerosos ciclos
de coqueificação/descoqueificação sem a remoção de qualquer elemento do
sistema.
(71) Chevron U.S.A. Inc. (US)
(72) Robert V. Bell, Harry J. Blevins, Steven Klasnich, David Reeves, Jeff N.
Riddle
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 08/09/2003
(86) PCT US03/05987 de 18/12/2002
(87) WO 03/104353 de 18/12/2003
(21) PI 0214745-9 (22) 05/12/2002
1.3
(30) 05/12/2001 GB 0129153.3
(51) B64B 1/00, B60V 3/08
(54) AERONAVE MAIS LEVE DO QUE O AR COM RECURSOS DE
MECANISMO DE ATERRISAGEM DE COLCHÃO DE AR
(57) "AERONAVE MAIS LEVE DO QUE O AR COM RECURSOS DE
MECANISMO DE ATERRISSAGEM DE COLCHÃO DE AR". A presente
invenção se refere a uma aeronave mais leve do que o ar (1) possuindo uma
f uselagem preenchida com gás (2) e um par de unidades de mecanismo de
aterrissagem separadamente espaçadas (11, 12) sobre a lateral inferior da
fuselagem (2) dispostas sobre as laterais opostas de um plano vertical central
se estendendo longitudinalmente da fuselagem. Em concordância com a
presente invenção, a aeronave mais leve do que o ar está caracterizada pelo
fato de que cada unidade de mecanismo de aterrissagem (11, 12) compreende
um recurso de saia em bolsa (5 - 7, 5’ – 7’), recursos para o suprimento de ar e
para a remoção de ar a partir dos recursos de saia em bolsa e recursos de
acionamento operáveis para movimentar os recursos de saia em bolsa entre
uma configuração operativa para a contenção de um ou mais colchões de ar e
uma configuração não operativa.
(71) Advanced Technologies Group Limited (GB)
(72) Munk, Jeffrey, Roger
(74) THOMAZ THEDIM LOBO
(85) 07/06/2004
(86) PCT GB02/05506 de 05/12/2002
(87) WO 03/047967 de 12/06/2003
(21) PI 0409022-5 (22) 18/03/2004
1.3
(30) 21/03/2003 US 10/394,626
(51) B65B 61/00
(54) SUPERFÍCIE DE VEDAÇÃO EM ELEVAÇÃO PARA CONTÊINER
(57) "SUPERFÍCIE DE VEDAÇÃO EM ELEVAÇÃO PARA CONTÊINER". Um
contêiner de retorta termoplástica para receber um fechamento que tenha uma
gaxeta comprimível. A presente invenção inclui ainda um sistema de vedação
para vedar o acabamento de um contêiner de retorta termoplástica. O sistema
de vedação inclui um acabamento configurado para ajustar uma gaxeta
comprimível dentro de um elemento de fechamento. Além disso, a presente
invenção inclui um método de vedação de um contêiner utilizando um elemento
de fechamento que possui uma gaxeta comprimível na qual o contêiner possui
uma parte de solo para ajustar a gaxeta comprimível.
(71) Pechiney Emballage Flexible Europe (FR)
(72) George A. Thierjung, James R. Lamb
(74) Cavalcanti e Cavalcanti Advogados
(85) 21/09/2005
(86) PCT US2004/008317 de 18/03/2004
(87) WO 2004/085257 de 07/10/2004
20
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) PI 0410253-3 (22) 31/03/2004
1.3
(30) 13/05/2003 SE 0301390-1
(51) A61K 35/74, A45D 37/00, A61F 13/15
(54) PRODUTO NOVO
(57) "PRODUTO NOVO". A presente invenção se refere a produtos de higiene,
tais como toalhas higiênicas, absorvente higiênicos, protetores de calcinha,
tampões, proteções para incontinência, tec idos higiênicos e semelhantes, que
contêm uma composição probiótica que contém uma preparação bacteriana
pelo menos de uma cepa bacteriana que produz ácido láctico e um portador de
secagem de absorção de contato dispersado em uma fase lipídica. A presente
invenção se refere igualmente a um método para produzir um produto de
higiene que contém bactérias que produzem ácido láctico, secas através de
portador de secagem de absorção de contato, em uma fase lipídica. A invenção
refere-se também a um método de fabricação que apresenta vantagens em
matéria de economia, simplicidade e sobrevivência bacteriana durante a
fabricação e subseqüente armazenamento.
(71) SCA Hygiene Products AB (SE)
(72) Husmark, Ulrika, Gustafon, Ingrid
(74) Magnus Aspeby e Claudio Marcelo Szabas
(85) 11/11/2005
(86) PCT SE2004/000491 de 31/03/2004
(87) WO 2004/101008 de 25/11/2004
(21) PI 0410308-4 (22) 16/04/2004
1.3
(30) 14/05/2003 ES P 2003 01115
(51) G09F 3/20
(54) PERFIL PARA PORTA ETIQUETAS
(57) "PERFIL PARA POR TA ETIQUETAS". A presente invenção refere-se, tal
como consta no título acima, a um melhoramento em perfil para porta etiquetas
utilizadas em estantes de estabelecimentos comerciais e armazéns para
proteger as etiquetas de preços, características, etc. dos produtos colocados na
referida estante, em que são proporcionados encaixes separados e
independentes para a colocação em estante e para a determinação de um
ângulo de posicionamento da etiqueta, e de uma lâmina dupla com a face
transparente em que é recebida a etiqueta e com movimento independente dos
encaixes anteriores. A presente invenção apresenta como uma de suas
principais características a de permitir com apenas um único tipo de perfil para
porta etiquetas a aplicação em uma estante sob vários ângulos, facilmente
selecionável e modificável visto que a lâmina frontal possui uma ampla
mobilidade para evitar que o conjunto venha a se soltar ou ser rompido de
maneira acidental.
(71) Yudigar S.L. (ES)
(72) Fernando Ruiz Artero
(74) João Marcelo de Lima As safim
(85) 14/11/2005
(86) PCT ES2004/000167 de 16/04/2004
(87) WO 2004/102510 de 25/11/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410342-4 (22) 04/05/2004
1.3
(30) 05/05/2003 US 60/467,999
(51) A61K 8/18
(54) COMPOSIÇÕES IMUNOPROFILÁTICAS E TERAPÊUTICAS ESTÁVEIS
DERIVADAS DE CÉLULAS VEGETAIS TRANSGÊNICAS E PROCESSOS
PARA PRODUÇÃO
(57) "COMPOSIÇÕES IMUNOPROFILÁTICAS E TERAPÊUTICAS ESTÁVEIS
DERIVADAS DE CÉLULAS VEGETAIS TRANSGÊNICAS E PROCESSOS
PARA PRODUÇÃO". A presente invenção refere-se de forma geral ao campo
da imunologia e fornece composições imunoprotetoras e processos para a
preparação de tais composições partindo de células vegetais transgênicas. A
presente invenção se refere ainda ao campo da produção de proteínas (por
exemplo, a produção recombinante de enzimas, toxinas, receptores de células,
ligantes, agentes de transdução de sinais, citocinas ou outras proteínas
expressas em cultura de células vegetais transgênicas) e fornece composições
que compreendem estas proteínas.
(71) Dow Agrosciences LLC (US)
(72) Timothy J. Miller, Matthew James Fanton, Steven Robert Webb
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 07/11/2005
(86) PCT US2004/013965 de 04/05/2004
(87) WO 2004/098530 de 18/11/2004
(21) PI 0410470-6 (22) 19/05/ 2004
1.3
(30) 19/05/2003 US 60/471,661
(51) A61K 38/19, A61K 38/18, C07K 14/52
(54) USO DE UMA ERITROPOIETINA OU DE UMA CITOCINA PROTETORA
DE TECIDO E MÉTODO PARA PROTEGER OU MANTER A VIABILIDADE DE
UMA CÉLULA, TECIDO OU ÓRGÃO DE MAMÍFERO RESPONDENTE
(57) "USO DE UMA ERITROPOIETINA OU DE UMA CITOCINA PROTETORA
DE TECIDO E MÉTODO PARA PROTEGER OU MANTER A VIABILIDADE DE
UMA CÉLULA, TECIDO OU ORGÃO DE MAMÍFERO RESPONDENTE".
Métodos e usos são apresentados para uma composição farmacêutica com
uma eritropoietina ou citocina protetora de tecido para proteger ou restaurar a
função a uma célula, tecido, órgão ou função de parte do corpo respondentes
ou viabilidade em mamíferos quando administrados fora da janela terapêutica
de terapêuticas previamente aprovadas.
(71) The Kenneth S. Warren Institute, INC. (US)
(72) Anthony Cerami, Michael Brines, Thomas Coleman
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 18/11/2005
(86) PCT US2004/015733 de 19/05/2004
(87) WO 2004/112693 de 29/12/2004
(21) PI 0410500-1 (22) 23/04/2004
1.3
(30) 23/04/2003 US 60/465,092
(51) B63B 21/50
(54) SISTEMAS DE AMARRAÇÃO DE TORRE E CONJUNTO DE SUPORTE
DE ROLAMENTO
(57) "SISTEMAS DE AMARRAÇÃO DE TORRE E CONJUNTO DE SUPORTE
DE ROLAMENTO". Trata-se de um sistema de amarração de torre para uma
embarcação que inclui um tombadilho de popa que compreende uma torre que
é posicionada no tombadilho de popa, uma bóia e em um conjunto de corrente
de âncora para ancorar a torre ao fundo do mar, um conjunto de rolamento para
conectar de maneira rotativa a torre à embarcação, e um conjunto de suporte
de rolamento que compreenda um membro de anel superior ao qual o conjunto
de rolamento é conectado, um membro de anel inferior que é conectado à
embarcação no tombadilho de popa, e uma série de vigas de suporte alongadas
que são conectadas entre os membros de anel superior e inferior. Além disso, o
membro de anel inferior é conectado à embarcação perto do centro vertical da
embarcação a fim de minimizar as deflexões do conjunto de rolamento devido
ao arqueamento e ao descaimento da embarcação.
RPI 1850 de 20/06/2006
(71)
(72)
(74)
(85)
(86)
(87)
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 21
FMC Technologies, Inc (US)
Stephen P. Lindblade, Quoc A. Dang
Ana Paula Santos Celidonio
21/10/2005
PCT US2004/012553 de 23/04/2004
WO 2004/094222 de 04/11/2004
(51) A61K 7/32
(54) COMPOSIÇÃO COSMÉTICA SÓLIDA, PROCESSO DE PREPARAÇÃO
DE BASTÃO DESODORANTE OU ANTITRANSPIRANTE E MÉTODO
COSMÉTICO DE INIBIÇÃO OU CONTROLE DA TRANSPIRAÇÃO E/OU
GERAÇÃO DE MAU ODOR
(57) "COMPOSIÇÃO COSMÉTICA SÓLIDA, PROCESSO DE PREPARAÇÃO
DE BASTÃO DESODORANTE OU ANTITRANSPIRANTE E MÉTODO
COSMÉTICO DE INIBIÇÃO OU CONTROLE DA TRANSPIRAÇÃO E/OU
GERAÇÃO DE MAU ODOR". Composições em bastão que possuem
propriedades sensoriais desejáveis podem ser elaboradas empregando, como
gelificante primário, uma combinação de es truturadores de amido que
compreendem (i) uma N-acilaminoácido amida em que o substituinte N-acila
X
x
possui a fórmula -CO-R em que R representa um grupo C6 a C11 alquila
ramificado e (ii) uma N-acilaminoácido amida em que o substituinte N-acila
contém um grupo alquila linear e o óleo veículo cosmético que compreende de
25 a 50% em peso de um álcool monoídrico imiscível em água que é líquido a
20ºC e ponto de ebulição de mais de 100ºC.
(71) Unilever N.V (NL)
(72) Kevin Ronald Franklin, Jason Richard Williams
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 21/10/2005
(86) PCT EP2004/004512 de 28/04/2004
(87) WO 2004/098552 de 18/11/2004
(21) PI 0410501-0 (22) 16/04/2004
1.3
(30) 23/04/2003 FR 03/04986
(51) C23C 4/12, B05D 1/10, B05B 7/20, C23C 4/16, C23C 4/04
(54) PROCESSO DE REVESTIMENTO DE UM OBJETO E DISPOSITIVO DE
REVESTIMENTO
(57) "PROCESSO DE REVESTIMENTO DE UM OBJETO E DISPOSITIVO DE
REVESTIMENTO". Este processo de revestimento de um objeto que se deseja
revestir (40) com um material de revestimento fundível compreende as
seguintes etapas criação de uma chama (44) com um sentido de chama (F)
dirigido para o objeto a ser revestido e introdução de uma quantidade de
material de revestimento fundível na chama. A chama possui uma temperatura
suficientemente elevada para que o material de revestimento fundível esteja
pelo menos parcialmente fundido. A velocidade de chama é escolhida de modo
tal que o material de revestimento fundível fundido seja projetado no objeto a
ser revestido. Pelo menos uma parte da quantidade do material de revestimento
fundível está no estado fundido no momento do impacto sobre o objeto a ser
revestido. A quant idade de material de revestimento fundível compreende um
pó. Aplicação aos revestimentos de canos de ferro fundido.
(71) Saint -Gobain PAM (FR)
(72) Alain Tournier, Denis Girardin, Michel Chezeau, Alain Secondy
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 21/10/2005
(86) PCT FR2004/000952 de 16/04/2004
(87) WO 2004/097060 de 11/11/2004
(21) PI 0410503-6 (22) 22/04/2004
1.3
(30) 24/04/2003 FR 03/05048; 09/05/2003 US 60/468,994
(51) A61K 31/7048, A61K 9/00, A61K 9/107, A61P 17/00
(54) USO DA IVERMECTINA PARA A FABRICAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO
FARMACÊUTICA TÓPICA, COMPOSIÇÃO TÓPICA E USO DA COMPOSIÇÃO
(57) "USO DA IVERMECTINA PARA A FABRICAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO
FARMACÊUTICA
TÓPICA,
COMPOSIÇÃO
TÓPICA
E
USO
DA
COMPOSIÇÃO". A presente invenção trata do uso da ivermectina para a
fabricação de uma composição farmacêutica tópica destinada ao tratamento da
rosácea. Ela trata também de uma composição farmacêutica tópica destinada
ao uso humano que compreende ivermectina.
(71) Galderma S.A (CH)
(72) Vincent Manetta, Gary R. Watkins
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 21/10/2005
(86) PCT EP2004/004950 de 22/04/2004
(87) WO 2004/093886 de 04/11/2004
(21) PI 0410504-4 (22) 28/04/2004
(30) 10/05/2003 GB 0310771.1
1.3
(21) PI 0410505-2 (22) 07/05/2004
1.3
(30) 07/05/2003 US 60/468,797
(51) A61K 7/16, A61K 7/18, A61K 7/20
(54) MÉTODOS E PRODUTOS PARA CUIDADOS ORAIS
(57) "MÉTODOS E PRODUTOS PARA CUIDADOS ORAIS". A invenção
fornece métodos, produtos e kits de cuidados orais para tratamento do tecido
bucal de um animal; em específico, a invenção fornece métodos, produtos e kits
de cuidados orais que usam ou compreendem um agente quelante de poliamina
de não- peptídeo, mais preferivelmente trientina, ou um sal fisiologicamente
aceitável da mesma, que possa inibir a liberação de citocinas pró-inflamatórias,
em específico a interleucina 8, das células localizadas nos tecidos da boca e
possa reduzir os danos causados por espécies de oxigênio reativo (ROS) a tais
tecidos.
(71) DMI Biosciences, INC. (US)
(72) Richard L. Yukl, David Bar-Or
(74) City Patentes e Marcas Ltda
(85) 21/10/2005
(86) PCT US2004/014208 de 07/05/2004
(87) WO 2004/100884 de 25/11/2004
(21) PI 0410506-0 (22) 14/05/2004
1.3
(30) 15/05/2003 US 60/471,018; 21/07/2003 US 60/489,270; 27/10/2003 US
60/514,930; 04/11/2003 US 60/517,338
(51) A61K 38/00
(54) TRATAMENTO DE DOENÇAS MEDIADAS POR CÉLULAS T
(57) "TRATAMENTO DE DOENÇAS MEDIADAS POR CÉLULAS T". A
invenção fornece um método para o tratamento de doenças mediadas por
células T e um método para a inibição da ativação de células T usando certas
dicetopiperazinas; a invenção também se refere a composições compostas de
certas dicetopiperazinas e a métodos para sintetizar dicetopiperazinas; a
invenção fornece ainda métodos para se fazer composições farmacêuticas
aprimoradas de proteínas e peptídeos para aument ar ou diminuir o conteúdo de
dicetopiperazinas nas composições e as composições farmacêuticas
aprimoradas resultantes.
(71) DMI Biosciences, Inc (US)
(72) David Bar-Or, Raphael Bar-Or, Richard Shimonkovitz
(74) City Patentes e Marcas Ltda
(85) 21/10/2005
(86) PCT US2004/015340 de 14/05/2004
(87) WO 2004/103304 de 02/12/2004
(21) PI 0410507-9 (22) 16/04/2004
1.3
(30) 25/04/2003 DE 103 18 714.6
(51) A61K 31/13, A61K 31/53, A61P 25/32
(54) COMBINAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS ATIVAS, USO DE UMA
COMBINAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS E PROCESSO PARA O TRATAMENTO
DO ABUSO DO ÁLCOOL E/OU DA DEPENDÊNCIA DE ÁLCOOL
(57) "COMBINAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS ATIVAS, USO DE UMA
COMBINAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS E PROCESSO PARA O TRATAMENTO
DO ABUSO DE ÁLCOOL E/OU DA DEPENDÊNCIA DE ÁLCOOL". A presente
invenção refere-se a uma combinação de substâncias ativas consistindo de
deoxipeganina ou de um dos seus derivados farmaceuticamente aceitáveis e de
mecamilamina ou de um dos seus derivados farmaceuticamente aceitáveis e
que serve para a produção de um medicamento para o tratamento de abuso do
álcool e/ou da dependência do álcool.
(71) HF Arzneimittelforschung GMBH (DE)
(72) Joachim Moormann, Hilke Winterhoff, Klaus Opitz
(74) Martinez & Moura Barreto S/C Ltda
(85) 21/10/2005
(86) PCT EP2004/004033 de 16/04/2004
(87) WO 2004/096200 de 11/11/2004
(21) PI 0410508-7 (22) 05/05/2004
1.3
(30) 06/05/2003 US 60/468,228; 05/08/2003 US 10/634,611
(51) C08G 65/34, C12P 7/18
(54) PROCESSOS DE CONTATO DE 1,3-PROPANODIOL E DE UM 1,3PROPANODIOL DERIVADO BIOQUIMICAMENTE COM UM CATALISADOR
DE
POLIMERIZAÇÃO,
COMPOSIÇÃO
QUE
COMPREENDE:
1,3PROPANODIOL E POLITRIMETILENO ÉTER GLICOL
(57) "PROCESSOS DE CONTATO DE 1,3-PROPANODIOL E DE UM 1,3PROPANODIOL DERIVADO BIOQUIMICAMENTE COM UM CATALISAD OR
22
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
DE
POLIMERIZAÇÃO,
COMPOSIÇÃO
QUE
COMPREENDE:
1,3PROPANODIOL E POLITRIMETILENO ÉTER GLICOL". É fornecido um
processo que compreende o contato de 1,3-propanodiol com um catalisador de
polimerização apropriado para produzir politrimetileno éter glicol, em que o 1,3propanodiol compreende cerca de 10 µg/g ou menos de compostos de
peróxido, com base no peso de 1,3-propanodiol.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Hari Babu Sunkara, Howard Chung-Ho NG
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 31/10/2005
(86) PCT US2004/014041 de 05/05/2004
(87) WO 2004/101469 de 25/11/2004
(21) PI 0410509-5 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 02/05/2003 US 60/467,479
(51) H04Q 7/20, H04L 12/66
(54) MÉTODO E ARQUITETURA PARA O ACESSO DE UM SUB-SISTEMA
MULTI MÍDIA PARA UM PROTOCOLO DE INTERNET (IMS) SOBRE UMA
REDE LOCAL SEM FIO (WLAN)
(57) "MÉTODO E ARQUITETURA PARA O ACESSO DE UM SUB-SISTEMA
MULTIMÍDIA PARA UM PROTOCOLO DE INTERNET (IMS) SOBRE URNA
REDE LOCAL SEM FIO (WLAN)". É descrito um método e uma arquitetura para
que se possa efetuar o acesso de um IMS por sobre WLAN’s/WWAN’s, em
geral, e de uma forma mais particular por sobre WLAN’s/WWAN’s como vistas à
luz das normas relacionadas e atualmente existentes. De uma forma mais
especifica, a presente invenção fornece uma nova interface, a qual permite o
acesso de IMS por sobre WLAN’s/WWAN’s e um método como exemplo, além
de uma arquitetura para tal interface.
(71) Interdigital Technology Corporation (US)
(72) Kamel M. Shaheen, Prabhakar R. Chitrapu, Brian Gregory Kiernan
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
(85) 31/10/2005
(86) PCT US2004/013484 de 30/04/2004
(87) WO 2004/100431 de 18/11/2004
(21) PI 0410510-9 (22) 07/05/2004
1.3
(30) 07/05/2003 US 60/468,677; 07/05/2003 US 60/468,718
(51) C07H 21/04
(54) MOLÉCULAS DE ÁCIDO NUCLÉICO ISOLADA, GENE QUIMÉRICO,
YARROWIA SP. TRANSFORMADA, MÉTODOS DE PRODUÇÃO DE ÁCIDOS
y -LINOLÊNICO,
ESTEARIDÔNICO,
EICOSATETRAENÓICO,
EICOSAPENTAENÓICO, DI-HOMO-y -LINOLÉICO, DOCOSAPENTAENÓICO,
MÉTODO DE OTIMIZAÇÃO DE UM GENE, MÉTODOS DE OTIMIZAÇÃO DA
EXPRESSÃO DE UM GENE E ÓLEO MICROBIANO
(57) "MOLÉCULAS DE ÁCIDO NUCLÉICO ISOLADA, GENE QUIMÉRICO,
YARROWIA SP. TRANSFORMADA, MÉTODOS DE PRODUÇÃO DE ÁCIDOS
γ-LINOLÊNICO,
ESTEARIDÔNICO,
EICOSATETRAENÓICO,
EICOSAPENTAENÓICO, DI-HOMO-γ-LINOLÉICO, DOCOSAPENTAENÓICO,
MÉTODO DE OTIMIZAÇÃO DE UM GENE, MÉTODOS DE OTIMIZAÇÃO DA
EXPRESSÃO DE UM GENE E ÓLEO MICROBIANO". A presente invenção
refere-se a elongases e dessaturases de ácidos graxos capazes de catalisar a
conversão de ác ido linoléico (LA) em ácido γ-linolênico (GLA); ácido α-linoléico
(ALA) em ácido estearidônico (STA); GLA em ácido di -homo-γ-linoléico (DGLA);
STA em ácido eicosatetraenóico (ETA): DGLA em ETA; ácido
eicosapentaenóico (EPA) em ácido docosapentaenóico (DPA); e ácido
araquidônico (ARA) em EPA. São descritas seqüências de ácidos nucléicos que
codificam elongases e dessaturases otimizadas por códons, seqüências de
ácidos nucléicos que se hibridizam a elas, construções de DNA que
compreendem a elongase ou dessat urase otimizada por códon e
microorganismos hospedeiros recombinates que expressam níveis maiores de
dessaturase ou elongase.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Stephen K. Picataggio, Quinn Qun Zhu
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 31/10/2005
(86) PCT US2004/014442 de 07/05/2004
(87) WO 2004/101753 de 25/11/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410511-7 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 01/05/2003 JP 2003-126667; 26/03/2004 JP 2004- 093824; 26/03/2004 JP
2004-093825; 26/03/2004 JP 2004-093826
(51) C12N 15/00, C12Q 1/68, A01H 1/00, A01K 67/00, A61D 19/00
(54) DISPOSIÇÃO NA QUAL DIFERENTES TIPOS DE BIOSUBSTÂNCIAS
OBTIDAS A PARTIR DE UM ORGANISMO DE INTERESSE OU
SUBSTÂNCIAS SINTÉTICAS INTERAGINDO COM ESSAS SUBSTÂNCIAS
SÃO DISPOSTOS E IMOBILIZADOS EM UM SUPORTE, DE MANEIRA
ORDENADA, PROCESSO PARA PRODUÇÃO DE UMA DISPOSIÇÃO,
MÉTODO DE IDENTIFICAÇÃO DE GENÓTIPO, MÉTODO DE DIAGNÓSTICO
DE GENE PARA IDENTIFICAR GENÓTIPOS HUMANOS, MÉTODO DE
TRIAGEM PARA SELECIONAR UMA VARIEDADE DE TRANSPORTE DO
TRAÇO ALVO DOS HÍBRIDOS OBTIDOS, SISTEMA DE ANÁLISE E
EXIBIÇÃO DE GENÓTIPO, SISTEMA DE ANÁLISE QUANTITATIVA DE
LOCAIS, SISTEMA DE ANÁLISE DE INTERAÇÃO DE GENES, MÉTODO DE
TRIAGEM PARA SELECIONAR UMA VARIEDADE DE TRANSPORTE DO
TRAÇO ALVO DOS HÍBRIDOS OBTIDOS PELO CRUZAMEN TO DOS
ORGANISMOS, SISTEMA DE ANÁLISE QUANTITATIVA DE LOCAIS,
MÉTODO DE ANÁLISE QUANTITATIVA DE TRAÇO PARA ANALISAR UM
TRAÇO QUANTITATIVO DE UM ORGANISMO, MÉTODO DE BUSCA DE
GENE PARA PROCURAR UM GENE ASSOCIADO À EXPRESSÃO DE UM
TRAÇO DE INTERESSE, MÉTODO DE APERFEIÇOAMENTO DE
VARIEDADE PARA ORGANISMOS, SISTEMA DE ANÁLISE DE INTERAÇÃO
DE GENES, MÉTODO DE ANÁLISE DE INTERAÇÃO DE GENES PARA
ANALISAR INTERAÇÃO ENTRE GENES, MÉTODO DE APERFEIÇOAMENTO
DE VARIEDADE
(57) "DISPOSIÇÃO NA QUAL DIFERENTES TIPOS DE BIOSUBSTÂNCIAS
OBTIDAS A PARTIR DE UM ORGANISMO DE INTERESSE OU
SUBSTÂNCIAS SINTÉTICAS INTERAGINDO COM ESSAS SUBSTÂNCIAS
SÃO DISPOSTOS E IMOBILIZADOS EM UM SUPORTE DE MANEIRA
ORDENADA, PROCESSO PARA PRODUÇÃO DE UMA DISPOSIÇÃO,
MÉTODO DE IDENTIFICAÇÃO DE GENÓTI PO, MÉTODO DE DIAGNÓSTICO
DE GENE PARA IDENTIFICAR GENÓTIPOS HUMANOS, MÉTODO DE
TRIAGEM PARA SELECIONAR UMA VARIEDADE DE TRANSPORTE DO
TRAÇO ALVO DOS HÍBRIDOS OBTIDOS, SISTEMA DE ANÁLISE E
EXIBIÇÃO DE GENÓTIPO, SISTEMA DE ANÁLISE QUANTITATIVA DE
LOCAIS, SI STEMA DE ANÁLISE DE INTERAÇÃO DE GENES, MÉTODO DE
TRIAGEM PARA SELECIONAR UMA VARIEDADE DE TRANSPORTE DO
TRAÇO ALVO DOS HÍBRIDOS OBTIDOS PELO CRUZAMENTO DOS
ORGANISMOS, MÉTODO DE ANÁLISE QUANTITATIVA DE TRAÇO PARA
ANALISAR UM TRAÇO QUANTITATIVO DE UM ORGAN ISMO, MÉTODO DE
BUSCA DE GENE PARA PROCURAR UM GENE ASSOCIADO À
EXPRESSÃO DE UM TRAÇO DE INTERESSE, MÉTODO DE
APERFEIÇOAMENTO DE VARIEDADE PARA ORGANISMOS, MÉTODO DE
ANÁLISE DE INTERAÇÃO DE GENES PARA ANALISAR A INTERAÇÃO
ENTRE GENES, MÉTODO DE APERFEIÇOAMENTO DE VARIEDADE". Na
fabricação de vários tipos de disposições, tais como uma micro-disposição,
diferentes tipos de biosubstâncias, ou substâncias sintéticas que interagem com
as biosubstâncias, são dispostas e imobilizadas em um suporte, de modo que a
ordem cromossômica dos blocos de seqüência de base correspondentes às
biosubstâncias, seja verificável; as biosubstâncias podem ser ácidos nucléicos,
tais como DNA, ou polipeptídeos, tais como proteína; as substâncias sintéticas
podem ser compostos que reagem com as biosubstâncias; assim especificando
a ordem das biosubstâncias ou substâncias sintéticas imobilizadas no suporte,
a disposição pode ser usada, por exemplo, para triagem no aperfeiçoamento de
variedades de organismos vivos.
(71) Japan Science And Technology Agency (JP)
(72) Kazuyoshi Takeda, Sato Kazuhiro
(74) SPI Marcas & Patentes S/C Ltda
(85) 31/10/2005
(86) PCT JP2004/006284 de 30/04/2004
(87) WO 2004/097015 de 11/11/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410512-5 (22) 05/05/2004
1.3
(30) 06/ 05/2003 US 60/468,227; 05/08/2003 US 10/634,612
(51) C07C 41/09, C07C 43/11, C07C 43/04
(54) PROCESSO QUE COMPREENDE O CONTATO DE PO3G E
COMPOSIÇÃO QUE COMPREENDE (I) PO3G
(57) "PROCESSO QUE COMPREENDE O CONTATO DE PO3G E
COMPOSIÇÃO QUE COMPREENDE (I) PO3G". Processo que compreende o
contato de PO3G que possui coloração com hidrogênio na presença de
catalisador de hidrogenação, em que o PO3G, após a hidrogenação, possui
coloração APHA de menos de cerca de 50.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Hari Babu Sunkara, Mayis Seapan, George Francis Diffendall, Francis
Glenn Gallagher
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 31/10/2005
(86) PCT US2004/014045 de 05/05/2004
(87) WO 2004/101471 de 25/11/2004
(21) PI 0410513-3 (22) 12/05/2004
1.3
(30) 16/05/2003 US 10/439,463
(51) C08G 69/32, C08G 69/12, C08G 69/28
(54) PROCESSOS PARA A PREPARAÇÃO DE POLIAMIDA, ARTIGOS
FORMADOS E FIBRAS
(57) "PROCESSOS PARA A PREPARAÇÃO DE POLIAMIDA, ARTIGOS
FORMADOS E FIBRAS". Em um processo de pré-condensado de duas etapas
para a preparação de poliamidas, as diaminas são reagidas com dihaletos de
ácidos dicarboxílicos em um meio líquido orgânico inerte não básico polar sob
condições tais que é formado um produto de condensação que tem um baixo
grau de polimerização. A condensação resultante é então colocada em contato
com uma solução aquosa de um aceptor de ácido solúvel em água através da
alimentação contínua dos componentes em um sistema de reator que tem um
tempo de residência total de cerca de dois segundos a cerca de dois minutos, e
tem um número de Peclet de mais de cerca de 3,5 para formar um produto de
poliamida que tem um grau elevado de polimerização.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Arthur William Etchells, III, Frederick K. Mallon
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 31/10/2005
(86) PCT US2004/015069 de 12/05/2004
(87) WO 2004/104069 de 02/12/2004
(21) PI 0410514-1 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 30/04/2003 US 60/466,647
(51) G08B 13/24
(54) MÉTODO DE DETEC ÇÃO DA AUTENTICIDADE DE UM ARTIGO
(57) "MÉTODO DE DETECÇÃO DA AUTENTICIDADE DE UM ARTIGO". A
presente invenção refere-se a um método de detecção da autenticidade de um
artigo. A presente invenção é um método de rastreamento e localização de
artigos marcados ao longo da cadeia comercial em que as informações obtidas
dos marcadores são armazenadas em uma memória oculta e analisadas para
determinar a sua autenticidade. A presente invenção é também um método de
determinação de tendências em atividades fraudulentas relativas àquele artigo
marcado.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Charles J. Molnar
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT US2004/013928 de 30/04/2004
(87) WO 2004/100099 de 18/11/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 23
(21) PI 0410515-0 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 02/06/2003 EP 03076699.2
(51) A47J 39/02, A47J 36/16, A47J 36/06
(54) CONJUNTO DE PANELA PARA SOPA E PROCESSO PARA SERVIR DE
MANEIRA SIMULTÂNEA MAIS DE UM TIPO DE SOPA
(57) "CONJUNTO DE PANELA PARA SOPA E PROCESSO PAR A SERVIR DE
MANEIRA SIMULTÂNEA MAIS DE UM TIPO DE SOPA". Trata-se de um
conjunto de panela para ferver para sopa, o qual compreende uma parte do
panela para ferver e uma tampa, caracterizado pelo fato de que a parte da
panela para ferver compreende um recipiente externo cilíndrico (1) e um
recipiente interno cilíndrico (2) que encaixa dentro do dito recipiente externo,
sendo que o dito recipiente interno tem no seu interior uma placa de separação
vertical (3), de maneira tal que pelo menos dois compartiment os são formados,
e que a tampa (4) compreende uma dobradiça (5), de maneira tal que cada um
dos compartimentos do recipiente interno pode ser aberto separadamente.
(71) Unilever N.V (NL)
(72) Johannes Albertus Nicolaas Hoekstra, Gerardus Egbertus Petrus van der
Krogt
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT EP2004/005497 de 19/05/2004
(87) WO 2004/105565 de 09/12/2004
(21) PI 0410516-8 (22) 21/04/2004
1.3
(30) 28/05/2003 EP 03076646.3
(51) A23P 1/04, A23L 1/30, A23L 1/29, A23L 1/307
(54) PRODUTO ALIMENTÍCIO E MÉTODO DE PREPARAÇÃO DE UM
PRODUTO ALIMENTÍCIO
(57) "PRODUTO ALIMENTÍCIO E MÉTODO DE PREPARAÇÃO DE UM
PRODUTO ALIMENTÍCIO". A presente invenção refere-se a um produto
alimentício que compreende um agente de sac iedade encapsulado e pelo
menos 2% em peso de proteína, excluindo qualquer proteína presente como ou
no agente de saciedade encapsulado, sendo que o agente de saciedade é
encapsulado pelo material de encapsulamento reticulado e também que, com o
consumo do produto alimentício por um indivíduo, o agente de saciedade é
predominantemente liberado do material do encapsulamento nos intestinos
desse indivíduo. Também é apresentado um método de preparação do produto
alimentício. O produto alimentício pode ser usado em um plano para a perda de
peso ou para o controle do peso, por exemplo, como um produto substituto de
uma refeição ou para o controle do peso.
(71) Unilever N.V (NL)
(72) Wilhelmus Antonius Josephina van Benthum, Gustaaf Servaas Marie
Joseph Emile Duchateau, Henricus Petrus Ferdinand Peters
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT EP2004/004246 de 21/04/2004
(87) WO 2004/105520 de 09/12/2004
(21) PI 0410517-6 (22) 28/04/2004
1.3
(30) 10/05/2003 GB 0310767.9
(51) A61K 7/32
(54) COMPOSIÇÃO COSMÉTICA SÓLIDA, PROCESSO DE PREPARAÇÃO
DE COMPOSIÇÃO COSMÉTICA E MÉTODO COSMÉTICO DE INIBIÇÃO OU
CONTROLE DA TRANSPIRAÇÃO E/OU GERAÇÃO DE MAU ODOR
(57) "COMPOSIÇÃO COSMÉTICA SÓLIDA, PROCESSO DE PREPARAÇÃO
DE COMPOSIÇÃO COSMÉTICA E MÉTODO COSMÉTICO DE INIBIÇÃO OU
CONTROLE DA TRANSPIRAÇÃO E/OU GERAÇÃO DE MAU ODOR".
Composições cosméticas em bastão na forma de emulsões que compreendem
uma combinação de estruturadores de amido que compreendem em classe (i)
uma N-acilaminoácido amida em que o substituinte N-acila possui a fórmula CO-RX em que RX representa um grupo C6 a C11 alquila ramificado em
combinação com um estruturador amido adicional, classe (ii), que inclui um
24
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
ciclohexano poliamido-substituído, um derivado amido de ácidos di ou
tricarboxílicos ou uma hidróxi-estearamida e empregando particularmente uma
N-acilaminoácido amida em que o substituinte N-acila contém um grupo alquila
linear ou um ciclodipeptídeo.
(71) Unilever N.V (NL)
(72) Bruce Steven Emslie, Kevin Ronald Franklin, Martin Peter Cropper
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT EP2004/004507 de 28/04/2004
(87) WO 2004/098551 de 18/11/2004
(21) PI 0410518-4 (22) 27/04/2004
1.3
(30) 28/04/2003 FR 03/05165
(51) C08K 3/32, B65D 65/38, C08J 5/18
(54) COMPOSIÇÃO QUE COMPREENDE PELO MENOS UMA MATRIZ
TERMOPLÁSTICA, PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO,
PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UM ARTIGO E ARTIGO
(57) "COMPOSIÇÃO QUE COMPREENDE PELO MENOS UMA MATRIZ
TERMOPLÁSTICA, PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO,
PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UM ARTIGO E ARTIGO". A presente
invenção trata de materiais que compreendem uma matriz termoplástica e pelo
menos partículas à base de fosfato de zircônio, titânio, cério e/ou silício na
forma de compostos lam elares que apresentam um fator de forma inferior a
100. Esses materiais podem ser utilizados em particular para a fabricação de
peças plásticas, tal como por exemplo filmes, folhas, tubos, corpos ocos ou
maciços, garrafas, condutos ou reservatórios.
(71) Rhodia Engineering Plastics S.r.l. (IT)
(72) Olivier Mathieu, Bruno Echalier, Bertrand Lousteau
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT FR2004/001013 de 27/04/2004
(87) WO 2004/096903 de 11/11/2004
(21) PI 0410519-2 (22) 28/04/2004
1.3
(30) 30/04/2003 US 10/426,223
(51) G01J 3/46
(54) MÉTODOS DE IDENTIFICAÇÃO DE PIGMENTOS DE EFEITO DE UM
REVESTIMENTO E USO DOS MÉTODOS
(57) "MÉTODOS DE IDENTIFICAÇÃO DE PIGMENTOS DE EFEITO DE UM
REVESTIMENTO E USO DOS MÉTODOS". O método de acordo com a
presente invenção fornece um método portátil útil para identificar os pigmentos
de efeito utilizados no desenvolvimento de fórmula com coloração igualada para
uma tinta de reparo de veículos. O método compreende a observação das
propriedades dos pigmentos de efeito do revestimento de um veículo a ter sua
cor igualada em local de campo com aparelho de ampliação portátil e
comparação das propriedades de pigmentos de efeito com as propriedades de
amostra(s) de referência de pigmentos de efeito disponíveis, de forma a permitir
a seleção precisa de pigmento(s) de efeito. O método pode também utilizar
características derivadas de imagens de amostras de referência físicas de
pigmentos de efeito disponíveis, para fins de comparação. Além disso, o
mét odo pode, no campo ou em local de laboratório centralizado, utilizar
comparação das propriedades de pigmento de efeito de imagens do
revestimento do veículo a ter sua cor igualada ou características derivadas de
suas imagens com imagens de amostras de referência de pigmentos de efeito
disponíveis, ou características derivadas de suas imagens, de forma a permitir a
seleção precisa do(s) pigmento(s) de efeito para uso no desenvolvimento da
mencionada fórmula com cor igualada.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) David H. Alman, Thomas C. Phelan, Jebby K. Tommy
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT US2004/013695 de 28/04/2004
(87) WO 2004/099741 de 18/11/2004
(21) PI 0410520-6 (22) 24/02/2004
1.3
(30) 27/04/2003 IL 155.588
(51) C12P 21/06, C12N 9/00, C12N 9/14, C12N 1/12, C12N 1/20, C12N 5/00,
C12N 15/00, C07H 21/04, A01H 11/00
(54) PRODUÇÃO DE PROTEÍNAS DE ALTA MANOSE EM CULTURA DE
PLANTAS
(57) "PRODUÇÃO DE PROTEÍNAS DE ALTA MANOSE EM CULTURA DE
PLANTA S". Especificamente proteínas com alta glicosilação de manose, ao
mesmo tempo em que objetiva tais proteínas com sinal de RE e/ou passando
pelo Golgi, a invenção se refere ainda aos vetores e métodos de expressão e
produção de enzimas lisossômicas de alta manose enzimaticamente ativas
usando raiz de planta transgênica, especificamente células de cenouras; mais
especificamente, a invenção se refere a células hospedeiras, especificamente
células de cenouras suspensas transgênicas, vetores e métodos para
expressão de alta produção e produção de Glicocerebrosidase (GCD ) de alta
manose biologicamente ativa; a invenção fornece ainda composições e
métodos para tratamento de doenças de armazenamento lisossômico.
(71) Protalix Ltd (IL)
(72) Yoseph Shaaltiel, Gideon Baum, Sharon Hashmueli, Ayala Lewkowicz,
Daniel Bartfeld
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
(85) 27/10/2005
(86) PCT IL2004/000181 de 24/02/2004
(87) WO 2004/096978 de 11/11/2004
(21) PI 0410521-4 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 30/04/2003 US 60/466,649
(51) G06K 5/00, G08B 13/14, G08B 1/00, H04L 9/00
(54) MÉTODO DE DETECÇÃO DA AUTENTICIDADE DE UM ARTIGO
(57) "MÉTODO DE DETECÇÃO DA AUTENTICIDADE DE UM ARTIGO". A
presente invenção refere-se a um método de detecção da autenticidade de um
artigo envolvendo artigos marcados. A presente invenção é um método de
rastreamento e localização de artigos marcados ao longo da cadeia comercial
em que as informações obtidas dos marcadores são armazenadas em uma
memória oculta e analisadas para determinar a sua autenticidade. A presente
invenção é também um método de determinação de tendências em atividades
fraudulentas relativas àquele artigo marcado.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Charles J. Molnar
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT US2004/013929 de 30/04/2004
(87) WO 2004/099932 de 18/11/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 25
(21) PI 0410524-9 (22) 22/04/2004
1.3
(30) 28/05/2003 EP 03076647.1
(51) A23L 1/00, A23L 1/307, A23L 1/30, B01J 13/14
(54) PRODUTO ALIMENTÍCIO E MÉTODO DE PREPARAÇÃO DE UM
PRODUTO ALIMENTÍCIO
(57) "PRODUTO ALIMENTÍCIO E MÉTODO DE PREPARAÇÃO DE UM
PRODUTO ALIMENTÍCIO". A presente invenção refere-se a um produto
alimentício que compreende uma quantidade de 0,1 a 20% em peso de um
agente de saciedade encapsulado que tem um tamanho de partícula médio
ponderal na faixa de 1 a 250 µm, sendo que o agente de saciedade é
encapsulado por um material de encapsulamento reticulado que tem um grau
de reticulação de pelo menos 20% e também que, quando o produto alimentício
é consumido por um indivíduo o agente de saciedade é liberado
predominantemente do material de encapsulamento nos intestinos desse
indivíduo. Também é apresentado um método para a preparação do produto
alimentício. O produto alimentício é de preferência um produto substituto de
refeição ou um produto para o controle do peso.
(71) Unilev er N.V (NL)
(72) Wilhelmus Antonius Josephina Van Benthum, Gustaaf Servaas Marie
Joseph Emile Duchateau, Henricus Petrus Ferdinand Peters
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT EP2004/004242 de 22/04/2004
(87) WO 2004/105505 de 09/12/2004
(21) PI 0410522-2 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 01/05/2003 US 10/427,785
(51) A61L 9/03, A61L 9/12, A01M 1/20
(54) DISPOSITIVO DISPERSADOR OU DISPENSADOR DE LÍQUIDO
(57) "DISPOSITIVO DISPERSADOR OU DISPENSADOR DE LÍQUIDO". Tratase de um dispositivo que pode ser usado para a dispersão ou a aplicação de
um (11) líquido, o qual compreende um recipiente (10), um dispositivo de bocal
(12), um pavio secundário (31), e um dispositivo de controle, em que o
recipiente compreende uma extremidade aberta (13) e um líquido (11); o bocal
compreende um pavio primário, uma primeira extremidade em comunicação
fluida com o líquido, e uma segunda extremidade (14) que se estende através
da extremidade aberta do recipiente e que tem uma abertura; a abertura tem
estendido através da mesma o pavio primário; o pavio secundário estende-se
na proximidade com o pavio primário; e o pavio secundário é conectado com
firmeza a um dispositivo de controle, o qual controle a distância entre o pavio
primário e o pavio secundário.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Charles Nehemiah Mcewen
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT US2004/013927 de 30/04/2004
(87) WO 2004/098661 de 18/11/2004
(21) PI 0410523-0 (22) 16/04/2004
1.3
(30) 28/04/2003 US 10/424,696
(51) C08G 69/04, C08G 69/16, C08G 69/38
(54)
PROCESSO
PARA
REMOVER
CAPROLACTAMA
E
SEUS
OLIGÔMEROS DE UMA MISTURA DE PRÉ-POLÍMEROS
(57) "PROCESSO PARA REMOVER CAPROLACTAMA E SEUS
OLIGÔMEROS DE UMA MISTURA DE PRÉ-POLÍMEROS". Trata-se de um
processo para reduzir as impurezas de baixo peso molecular, ou seja, a
caprolactama e seus oligômeros, de pré-polímero de Náilon 6 durante a
preparação do polímero de Náilon 6.
(71) Invista Technologies S.à.r.l. (CH)
(72) Albert W. Alsop, Carl E. Camp, John M. Iwasyk, Dilip Rajagopalan
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT US2004/011733 de 16/04/2004
(87) WO 2004/096890 de 11/11/2004
(21) PI 0410525-7 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 02/05/2003 US 10/428,294
(51) C08L 101/00, D01F 6/60
(54) DISPERSÃO DE PRECURSOR POLIMÉRICO, ARTIGO MOLDADO E
MÉTODO DE INCORPORAÇÃO DE MICROPOLPA
(57) "DISPERSÃO DE PRECURSOR POLIMÉRICO, ARTIGO MOLDADO E
MÉTODO DE INCORPORAÇÃO DE MICROPOLPA". A presente invenção
refere-se a uma dispersão de precursor de polímero para uso na fabricação de
polímero que é sólido à temperatura ambiente e refere-se adicionalmente a um
método de sua fabricação em que a dispersão compreende um precursor de
polímero que compreende um monômero de adição, um monômero de
condensação, um pré-polímero ou um modificador de polímero e 0,01 a 50%
em peso de micropolpa que possui comprimento médio em volume de 0,01 a
100 micrômetros.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) John Chu Chen, Arnold Frances, Sam Louis Samuels
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 27/10/2005
(86) PCT US2004/013926 de 30/04/2004
(87) WO 2004/099474 de 18/11/2004
(21) PI 0410526-5 (22) 28/04/2004
1.3
(30) 28/04/2003 US 10/424,891
(51) C09D 5/03, C09D 5/08, C09D 163/00, C08G 59/40, C08G 59/62
(54) COMPOSIÇÃO DE REVESTIMENTO CURÁVEL, COMPOSIÇÃO DE
REVESTIMENTO DE EPÓXI EM PÓ E MÉTODO DE PROTEÇÃO DE
CÁTODO
(57) "COMPOSIÇÃ O DE REVESTIMENTO CURÁVEL, COMPOSIÇÃO DE
REVESTIMENTO DE EPÓXI EM PÓ E MÉTODO DE PROTEÇÃO DE
CÁTODO". A presente invenção apresenta um revestimento em pó curável para
proteção catódica contra a corrosão, o qual compreende uma resina
termorrígida, um compos to de borato de zinco, e um agente de cura em uma
quantidade eficaz para curar o revestimento. Além disso, a presente invenção
também apresenta um método de proteção contra a corrosão de cátodo, o qual
inclui as etapas de sujeição do substrato a um tratamento mecânico, aplicação
do revestimento para proteção catódica à dita superfície de aço tratada, e
polarização do material revestido como um cátodo.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Stephen J. Edmondson
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 26/10/2005
(86) PCT US2004/013698 de 28/04/2004
(87) WO 2004/096926 de 11/11/2004
26
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) PI 0410527-3 (22) 28/04/2004
1.3
(30) 29/04/2003 CN 03116698.9
(51) C08F 4/645, C08F 10/02
(54) COMPONENTE CATALISADOR PRINCIPAL PARA PO LIMERIZAÇÃO DE
ETILENO, PROCESSO PARA SUA PREPARAÇÃO, CATALISADOR PARA
POLIMERIZAÇÃO DE ETILENO E PROCESSO DE POLIMERIZAÇÃO DE
ETILENO
(57) "COMPONENTE CATALISADOR PRINCIPAL PARA POLIMERIZAÇÃO
DE ETILENO, PROCESSO PARA SUA PREPARAÇÃO, CATALISADOR PARA
POLIMERIZAÇÃO DE ETILENO E PROCESSO DE POLIMERIZAÇÃO DE
ETILENO". A presente invenção provê um componente catalisador principal
sólido para a polimerização de etileno, um processo para preparar o mesmo e
um catalisador contendo o mesmo. O componente catalisador principal é
consistido essencialmente de um composto de magnésio, um composto de
titânio, e um doador de elétron(s), um composto de alquil alumínio e sílica
pirogênica, e é preparado por um processo que compreende as etapas de:
reagir magnésio pulverizado com um haleto de alquila de maneira a formar um
composto de magnésio no estado nascente; adicionar o composto de magnésio
no estado nascente em conjunto com um composto de titânio e um composto
de alquil alumínio em um doador de elétron(s) de maneira a formar um
complexo; adicionar e dispersar bem uma sílica pirogênica no mesmo, de
maneira a formar uma mistura espessa homogênea; moldar e secar a mistura
de maneira a formar partículas do componente catalisador principal com uma
boa morfologia de partícula; e opcionalmente, dispersar as partículas de
componente catalisador principal em um solvente de hidrocarboneto ou um óleo
mineral de maneira a formar uma pasta. O componente catalisador principal
tem uma alta razão de magnésio/titânio, alto teor de titânio, alta atividade de
polimerização, atividade inicial moderada de maneira tal que a polimerização
possa desenvolver-se estavelmente, e haja poucos ou nenhum algomerado
durante a preparação do componente catalisador principal.
(71) China Petroleum & Chemical Corporation (CN) , Shanghai Research
Institute Of Chemical Industry (CN)
(72) Mingwei Xiao, Shijiong Yu, Xiaofeng Ye
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 26/10/2005
(86) PCT CN04/00418 de 28/04/2004
(87) WO 2004/101630 de 25/11/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410529-0 (22) 22/04/2004
1.3
(30) 25/04/2003 US 60/465,663
(51) C07C 67/347, C07C 69/716, C07C 69/738, C07C 67/31, C07C 69/675,
C07C 69/ 732, C11C 3/00, C11C 3/12
(54) COMPOSIÇÕES DE ALDEÍDOS E DE ÁLCOOIS DERIVADOS DE ÓLEOS
DE SEMENTES E PROCESSOS PARA PREPARÁ-LOS
(57) "COMPOSIÇÕES DE ALDEÍDOS E DE ÁLCOOIS DERIVADOS DE
ÓLEOS DE SEMENTES E PROCESSOS PARA PREPARÁ-LOS". A presente
invenção com preende uma composição de aldeídoderivada por hidroformilação
de um óleo de semente transesterificado e contendo uma mistura de ácidos
graxos ou ésteres de ácidos graxos substituídos com formila tendo a seguinte
composição em peso: desde mais que cerca de 10 até menos que cerca de 95
por cento de monoformila, desde mais que cerca de 1 até menos que cerca de
65 por cento de diformila, e desde mais que cerca de 0,1 até menos que cerca
de 10 por cento de triformila, em peso, com base no peso total da composição,
e compreendendo adicionalmente uma razão em peso de diformila para
triformila de mais que cerca de 5/1; preferivelmente, desde mais que cerca de 3
até menos que cerca de 20 por cento de saturados; e, preferivelmente, desde
mais que cerca de 1 até menos que cerca de 20 por cento de insaturados. Uma
composição de álcool derivada por hidrogênio da acima mencionada
composição de aldeído contendo uma mistura de ácidos graxos ou ésteres de
ácidos graxos substituídos com hidroximetila tendo a seguinte composição em
peso: : desde mais que cerca de 10 até menos que cerca de 95 por cento de
monoálcool, desde mais que cerca de 1 até menos que cerca de 65 por cento
de diol, e desde mais que cerca de 0,1 até menos que cerca de 10 por cento de
triol, ácidos graxos ou ésteres de ácidos graxos substituídos com
trihidroximetila, preferivelmente desed mais que cerca de 3 até menos que
cerca de 35 por cento de saturados; e, preferivelmente, menos que cerca de 10
por cento de insaturados. A composição de álcool também pode ser convertida
em um poliol oligomérico para uso na manufatura de espumas flexíveis de
material em placas de poliuretano.
(71) Dow Global Technologies Inc (US)
(72) Zenon Lysenko, Donald L. Morrison, David A. Babb, Donald L. Bunning,
Christopher W. Derstine, James H. Gilchrist, Ray H. Jouett, Jeffrey S. Kanel,
Kurt D. Olson, Wei-Jun Peng, Joe D. Phillips, Brian M. Roesch, Aaron W.
Sanders, Alan K. Schrock, P.J. Thomas
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 25/10/2005
(86) PCT US2004/012246 de 22/04/2004
(87) WO 2004/096744 de 11/11/2004
(21) PI 0410528-1 (22) 22/04/2004
1.3
(30) 09/05/2003 NL 1023381
(51) H01H 33/66, H01H 51/22
(54) ATUADOR ELETROMAGNÉTICO, MÉTODO PARA MONTAR UM
ATUADOR E CONJUNTO PARA FIXAR UM ATUADOR
(57) "ATUADOR ELETROMAGNÉTICO, MÉTODO PARA MONTAR UM
ATUADOR E CONJUNTO PARA FIXAR UM ATUADOR". Atuador
eletromagnético para abrir pelo menos um contato móvel de um comutador para
uma posição ligada ou uma posição desligada. O atuador eletromagnético (1)
tem um primeiro circuito para fazer um corpo polar móvel (3) e um fixo (4) se
moverem um contra o outro e um segundo circuito magnético, separado do
primeiro circuito magnético, com um imã permanente (9) e uma placa de
retenção (10). Uma bobina de desligamento (15) opera para reagir contra o
campo magnético no segundo circuito magnético tal que o atuador (1) possa
retornar para uma posição desligada. Na direção axial do atuador (1), a bobina
de desligamento (15) é posicionada mais próxima da placa de retenção (10)
que o imã permanente (9) como um resultado do que a oper ação mais efetiva
do atuador é possível. Além disso, o atuador é construído a partir de elementos
cilíndricos que são fáceis para produzir e para montar
(71) Eaton Electric B.V (NL)
(72) Arend Jan Willem Lammers
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 26/ 10/2005
(86) PCT NL2004/000267 de 22/04/2004
(87) WO 2004/100198 de 18/11/2004
(21) PI 0410530-3 (22) 21/04/2004
1.3
(30) 25/04/2003 US 60/465,685
(51) C08G 18/36, C08G 18/42, C08G 18/48
(54) POLIÓIS BASEADOS EM ÓLEOS VEGETAIS, PROCESSOS PARA
FABRICÁ-LOS E POLIURETANOS PRODUZIDOS A PARTIR DOS MESMOS
(57) "POLIÓIS BASEADOS EM ÓLEOS VEGETAIS, PROCESSOS PARA
FABRICÁ-LOS E POLIURETANOS PRODUZIDOS A PARTIR DOS MESMOS".
Divulgam -se polióis úteis na fabricação de poliuretanos. Os polióis são
preparados reagindo monômero baseado em óleo vegetal (contendo
hidroximetila) com um poliol, poliamina ou aminoálcool a vácuo.
(71) Dow Global Technologies Inc (US)
(72) Zenon Lysenko, Alan K. Schrock, David A. Babb, Aaron Sanders, John
Tsavalas, Ray Jouett, Larry Chambers, Charles Keillor, James H . Gilchrist
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 25/10/2005
(86) PCT US2004/012427 de 21/04/2004
(87) WO 2004/096882 de 11/11/2004
(21) PI 0410531-1 (22) 21/05/2004
(30) 22/05/2003 US 10/444,410
(51) C09D 11/00, C07C 233/08, C07C 233/58, C07C 231/02
1.3
RPI 1850 de 20/06/2006
(54) COMPOSIÇÕES NÃO AQUOSAS COMPREENDENDO UM MATERIAL
FORMADOR DE IMAGEM E UMA BISAMIDA CÍCLICA OU UMA MISTURA
DESTAS; PROCESSO COMPREENDENDO A REAÇÃO, SOB CONDIÇÕES
DE AMIDIFICAÇÃO, DE REAGENTES COMPREENDENDO UMA DIAMINA E
MÉTODO DE IMPRESSÃO
(57) "COMPOSIÇÕES NÃO- AQUOSAS COMPREENDENDO UM MATERIAL
FORMADOR DE IMAGEM E UMA BISAMIDA CÍCLICA OU UMA MISTURA
DESTAS; PROCESSO COMPREENDENDO A REAÇÃO, SOB CONDIÇÕES
DE AMIDIFICAÇÃO, DE REAGENTES COMPREENDENDO UMA DIAMINA E
MÉTODO DE IMPRESSÃO". A presente invenção refere-se a bisamidas
cíclicas que podem ser usadas para a formulação de tintas para impressão a
jato de tinta. A bisamida pode ser preparada a partir de uma diamina cíclica e
ácidos monocarboxílicos acíclicos. Inversamente, a bisamida cíclica pode ser
preparada a partir de um diácido cíclico e uma amina acíclica. As propriedades
de desempenho do produto podem ser intensificadas mediante adição de
algum(ns) reagente(s) difuncional(is), por exemplo, diácido ou diamina. Uma
mistura de bisamidas pode proporcionar melhores propriedades de
desempenho do que quando se dispõe de um componente individual de
bisamida, em que a mistura inclui pelo menos uma bisamida cíclica. As
bisamidas, em combinação com um material formador de imagem e,
opcionalmente, em combinação com outros materiais, são levadas para uma
forma de estado fundido e depois aplicadas a um substrato, de modo a
proporcionar um substrato impresso.
(71) Arizona Chemical Company (US)
(72) Mark S. Pavlin
(74) Vieira de Mello Advogados
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016010 de 21/05/2004
(87) WO 2004/106442 de 09/12/2004
(21) PI 0410532-0 (22) 07/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,242
(51) A61C 9/00, A61C 17/00, A61C 17/02, A61C 5/00, A61C 15/00
(54) SISTEMA E KIT DE TRATAMENTO DENTAL PARA USO NA APLICAÇÃO
DE UMA COMPOSIÇÃO DE TRATAMENTO AOS DENTES DE UMA PESSOA
E MÉTODO DE APLICAR UMA COMPOSIÇÃO DE TRATAMENTO AOS
DENTES DE UMA PESSOA
(57) "SISTEMA E KIT DE TRATAMENTO DENTAL PARA USO NA
APLICAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO DE TRATAMENTO AOS DENTES DE
UMA PESSOA E MÉTODO DE APLICAR UMA COMPOSIÇÃO DE
TRATAMENTO AOS DENTES DE UMA PESSOA". Um sistema de tratamento
dental (100) compreende uma bandeja de tratamento de membrana (102) que é
auto-conformável aos próprios dentes de uma pessoa quando usada com uma
composição de tratamento dental aderente e uma armação de suporte (104). A
armação de suporte (104) mantém a bandeja de membrana flexível na forma de
bandeja antes de colocar a bandeja sobre os dentes da pessoa. Uma
com posição viscosa aderente é ou provida na ou aplicada à bandeja de
tratamento (102) e depois o sistema de tratamento é colocado de modo a
posicionar a bandeja de membrana sobre os dentes superiores ou inferiores da
pessoa. A armação de suporte (104) (interna ou externa) é separada as
bandeja de membrana (102) de modo somente a bandeja de membrana (102)
permanece sobre os dentes da pessoa durante o tratamento dentário desejado.
A composição viscosa aderente retém a bandeja de membrana (102) contra os
dentes e ajuda a mesma a se conformar pelo menos parcialmente com os
formato dos dentes. A bandeja de membrana dental é útil para branqueamento
dos dentes e outros tratamentos dentais conhecidos na técnica.
(71) Ultradent Products Inc. (US)
(72) Dan E. Fischer, Bruce S. Mclean
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/014330 de 07/05/2004
(87) WO 2004/105628 de 09/12/2004
(21) PI 0410533-8 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 ES P 2003 01213
(51) F16K 1/04, F16K 1/44
(54) VÁLVULA DE PASSAGEM INSTALAÇÕES DE FLUORÍDRICO
(57) "VÁLVULA DE PASSAGEM PARA INSTALAÇÕES DE FLUORÍDRICO".
Uma válvula de passagem para instalações de fluorídrico, que compreende
uma câmara de passagem (1) do fluido, que aloja um obturador (2) e dispõe de
um bocal de entrada (7) e de um outro de saída (8), um corpo de guia (3)
através do qual corre a haste (4) de acionamento do elemento de obturação (2)
e um cabeçote de atuação (5). A câmara de passagem (1) dispõe interiormente
de guias (17) paralelas à haste (4), que conduzem ao obturador (2). No bocal
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 27
de saída (8) é rosqueado um anel (9) constituído por uma liga de ferro, cobre e
níquel.
(71) Petroquímica Española S.A Petresa (ES)
(72) José Maria Del Castilho Miró
(74) Orlando de Souza
(85) 22/11/2005
(86) PCT ES2004/000230 de 21/05/2004
(87) WO 2004/104458 de 02/12/2004
(21) PI 0410534-6 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 US 60/474,489
(51) A61F 13/56, A61F 15/00
(54) ARTIGOS ABSORVENTES DESCARTÁVEIS CONTIDOS EM UMA
EMBALAGEM QUE TEM UMA JANELA TRANSPARENTE
(57) "ARTIGOS ABSORVENTES DESCARTÁVEIS CONTIDOS EM UMA
EMBALAGEM QUE TEM UMA JANELA TRANSPARENTE". A invenção referese a um produto absorvente descartável que compreende: uma embalagem que
tem uma janela transparente e uma pluralidade de artigo artigos absorventes
descartáveis individualmente embrulhados que são empilhados e confinados
em uma embalagem. O meio adesivo do artigo absorvente é disposto entre a
superfície da camada inferior voltada para a peça de vestuário e a folha de
embrulhamento. o meio adesivo contém uma pluralidade de seções adesivas
separadas umas das outras por pelo menos uma seção não-adesiva. Cada
artigo absorvente é dobrado sobre ao menos uma linha de dobra que
intersecciona o meio adesivo na seção não-adesiva. A pluralidade de artigos
absorventes embrulhados individualmente e empilhados é posicionada de modo
que a linha de dobra de cada artigo absorvente fique voltada para a janela
transparente da embalagem. Dessa forma, o meio adesivo pode ser protegido
contra o amarelecimento causado pela luz ultravioleta que penetra através da
janela transparente.
(71) The Procter & Gamble Company (US)
(72) Kenji Ohi, Tsunetoshi Miura, Kensuke Ito, Akiko Sasaki, Mina Numaga
(74) Trench, Rossi e Watanabe
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016678 de 27/05/2004
(87) WO 2004/108043 de 16/12/2004
(21) PI 0410535-4 (22) 29/04/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,408
(51) E21B 43/02, E21B 33/138
(54)
MÉTODOS
PARA
ESTABILIZAÇÃO
DE
UMA
FORMAÇÃO
SUBTERRÂNEA, E DE REDUÇÃO DA PRODUÇÃO DE PARTICULADOS E
ÁGUA DE UMA FORMAÇÃO SUBTERRÂNEA.
(57) "MÉTODOS PARA A ESTABILIZAÇÃO DE UMA FORMAÇÃO
SUBTERRÂNEA, E DE REDUÇÃO DA PRODUÇÃO DE PARTICULADOS E
28
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
ÁGUA DE UMA FORMAÇÃO SUBTERRÂNEA". A presente invenção apresenta
métodos para a redução da produção, tanto de água como de particulados, de
formações subterrâneas; os métodos são essencialmente úteis em relação a
formações subterrâneas em volta de furos de poço e fraturas. Os métodos
compreendem as etapas de aplicação em um a formação subterrânea de um
fluido de pré-rinsagem, a aplicação de um fluido de tensoativo aquoso, a
aplicação de um fluido de consolidação de baixa viscosidade, e a aplicação de
um fluido de pósrinsagem.
(71) Halliburton Energy Services, Inc. (US)
(72) Philip D. Nguyen, David L. Brown
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT GB2004/001842 de 29/04/2004
(87) WO 2004/104368 de 02/12/2004
(21) PI 0410536-2 (22) 25/05/2004
1.3
(30) 26/05/2003 EP 03076614.1
(51) E21B 10/36, E21B 10/38
(54) BROCA DE PERFURAÇÃO DE PERCUSSÃO PARA PERFURAR EM
UMA FORMAÇÃO GEOLÓGICA SUBTERRÂNEA, E, SISTEMA DE
PERFURAÇÃO E MÉTODO PARA PERFURAR UM FURO DE SONDAGEM
EM UMA FORMAÇÃO GEOLÓGICA
(57) "BROCA DE PERFURAÇÃO DE PERCUSSÃO PARA PERFURAR EM
UMA FORMAÇÃO GEOLÓGICA SUBTERRÂNEA, E, SISTEMA DE
PERFURAÇÃO E MÉTODO PARA PERFURAR UM FURO DE SONDAGEM
EM UMA FORMAÇÃO GEOLÓGICA". Uma broca de perfuração de percussão
para perfurar em uma formação geológica subterrânea, a broca de perfuração
tendo um eixo longitudinal central e sendo operável pela aplicação de
movimento percussivo axial ao longo do eixo e movimento rotativo ao redor do
eixo, a broca de perfuração compreendendo: uma pluralidade de lâminas (61,
62, 63) se projetando da broca de perfuração; uma pluralidade de canais de
fluxo (71, 72, 73) estendendo-se ao longo da broca de perfuração em uma
direção substancialmente radial, por meio do que os sucessivos canais de fluxo
são formados entre duas lâminas adjacentes; cortadores cisalhantes (9) que
são providos em uma fileira ou próximo à borda traseira de pelo menos uma
das mencionadas lâminas com respeito à direção de movimento de rotação
sucessivo adjacente ao canal de fluxo que está associado a ela, para escoar
um fluido transpassante e, desse modo, remover detritos de corte acumulados
na frente da fileira de cortadores cisalhantes; e, em adição, a estes cortadores
cisalhantes; e, em adição a estes cortadores cisalhantes, cortadores axiais (10,
11) que são localizados, com respeito à direção do movimento rotativo, em uma
posição traseira com respeito à mencionada fileira de cortadores cisalhantes e
seu canal de fluxo associado.
(71) Shell Internationale Research Maatschappij B.V. (NL)
(72) Antonio Maria Guimarães Leite Cruz
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/050912 de 25/05/2004
(87) WO 2004/104362 de 02/12/2004
(21) PI 0410537-0 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 60/473,053
(51) B31B 1/14, B31B 19/14, B65B 11/12, B65B 11/22
(54) MÉTODO DE ACONDICIONAR PRODUTOS TENDO UMA DIMENSÃO
MAIOR E UMA DIMENSÃO MENOR
(57) "MÉTODO DE ACONDICIONAR PRODUTOS TENDO UMA DIMENSÃO
MAIOR E UMA DIMENSÃO MENOR". Barras de sabão são acondicionadas em
uma única folha de material que pode é plástico, papel, papelão ou uma
combinação deste materiais na forma de laminados. As barras de sabão são
acondicionadas em máquinas de alta velocidade em mais de cerca de 50 por
minuto. A folha individual de material é cortada por matriz para formar uma
seção principal com os painéis superior, inferior e laterais longitudinais e abas
extremas apensas a cada painel. De maneira a promover o dobramento nos
pontos desejado a folha de material é enfraquecida pela abertura de entalhes,
perfurações e abertura de fendas nos pontos de dobramento. Este
enfraquecimento pode é realizado imediatamente antes da alimentação à
RPI 1850 de 20/06/2006
máquina de embrulhar ou por ocasião da realização de cortes com matrizes. Os
cortes por matrizes podem é efetuados por ocasião da alimentação à máquina
de embrulhar. A barra de sabão acondicionada terá superfícies extremas
planares para que a embalagem possa ficar de pé e pode ter suspiros nas
esquinas para permitir o escape de alguma unidade e fragrância no ponto de
venda.
(71) Colgate-Palmolive Company (US)
(72) Todd Van Gordon, Steven Johnson
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016234 de 21/05/2004
(87) WO 2004/113061 de 29/12/2004
(21) PI 0410538-9 (22) 20/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 60/473,601
(51) A01N 31/14, A01N 33/10, A01N 37/10, A01N 43/38, A01N 43/653, A01N
57/02
(54) MÉTODO PARA CONTROLE DE VEGETAÇÃO AQUÁTICA
(57) "MÉTODO PARA CONTROLE DE VEGETAÇÃO AQUÁTICA". A presente
invenção refere-se a herbicidas inibidores de enzima protoporfirinogênio
oxidase, que são úteis em um método para controlar vegetação aquática
indesejada em um ambiente aquático natural, como em riachos, lagoas, rios,
lagos e outros. De interesse particular é o uso de etila de carfentrazona e certos
metabólitos deste para controle de algas aquáticas e plantas aquáticas.
(71) FMC Corporation (US)
(72) Thomas E. Hashman
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016290 de 20/05/2004
(87) WO 2004/106238 de 09/12/2004
(21) PI 0410539-7 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 DK PA 2003 00785
(51) B24D 13/10, B24D 13/06
(54) MÓDULO DE ESCOVA PARA UMA ESCOVA DE ESMERILHAR
(57) "MÓDULO DE ESCOVA PARA UMA ESCOVA DE ESMERILHAR". A
presente invenção refere-se a um módulo de escova (6) para uma escova de
esmerilhar rotativa, o dito módulo de escova compreendendo: uma parte de
corpo alongada (7), pelo menos um pano abrasivo (9) projetando-se da parte de
corpo (7); uma pluralidade de cerdas (8) estendendo-se da parte de corpo (7)
essencialmente na mesma direção que do pano abrasivo (9). A parte de corpo
(7) é provida com uma guia (13), rebaixada, que se estende longitudinalmente,
e em uma borda, o pano abrasivo (9) é provido com um rebordo projetante (15)
que é complementar com a guia rebaixada (13) para o efeito que a guia
rebaixada (13) e o rebordo projetante (15) constituam meio de interconexão
mecânico complementar para montagem liberável do pano abrasivo (9) na parte
de corpo (7). O rebordo projetante (15) é provido em um suporte (14)
compreendendo duas abas (16,17), entre as quais uma borda do pano abrasivo
(9) é firmemente sujeita. Além disso, o uso de tal pano abrasivo (9) em uma
escova de esmerilhar rotativa com ou sem módulo de escova.
(71) Nina Himmer (RU)
(72) Nina Himmer
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT DK2004/000351 de 18/05/2004
(87) WO 2004/103643 de 02/12/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 29
(74)
(85)
(86)
(87)
(21) PI 0410540-0 (22) 11/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 JP 2003-146004
(51) A01N 25/32, A01N 47/36, A01N 43/76, A01N 43/08
(54) PROTETORES E SUA APLICAÇÃO
(57) "PROTETORES E SUA APLICAÇÃO". A presente invenção refere-se a
protetores contendo isotiazolcarboxamidas como componente eficaz e
composições herbicidas com fitotoxicidade reduzida contendo os referidos
protetores e component es herbicidas como componentes eficazes, em que os
protetores são representados pela fórmula (I):
(71) Bayer Cropscience AG (DE)
(72) Toshio Goto, Shinichi Shirakura, Teruyuki Icihara, Lutz Assmann, Rolf
Pontzen
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/005019 de 11/05/2004
(87) WO 2004/103072 de 02/12/2004
Momsen, Leonardos & Cia
22/11/2005
PCT US2004/020087 de 23/06/2004
WO 2005/009297 de 03/02/2005
(21) PI 0410543-5 (22) 25/05/2004
1.3
(30) 26/05/2003 EP 03076613.3
(51) E21B 10/36, E21B 10/40, E21B 10/56
(54) BROCA, SISTEMA DE PERFURAÇÃO E MÉTODO PARA PERFURAR
UM FURO DE SONDAGEM EM UMA FORMAÇÃO GEOLÓGICA
(57) "BROCA, SISTEMA DE PERFURAÇÃO E MÉTODO PARA PERFURAR
UM FURO DE SONDAGEM EM UMA FORMAÇÃO GEOLÓGICA". Uma broca
de perfuração para perfurar um furo de sondagem em uma formação geológica,
a broca de perfuração tendo um eixo longitudinal central e sendo operável pela
aplicação de pelo menos um movimento rotativo ao redor do eixo longitudinal
central e, opcionalmente, aplica movimentação alternante longitudinal à broca
de perfuração de modo a exercer uma força percussiva sobre o fundo do furo
de sondagem, a broca de perfuração compreendendo uma superfície provida
de uma pluralidade de cortadores cisalhantes (9) tendo uma superfície de
raspagem arranjada para induzir uma movimentação de raspagem ao longo do
fundo do furo de sondagem pela aplicação do movimento rotativo, a superfície
de raspagem, durante operação, voltada na direção de rotação a um ângulo de
retro-raspagem menor do que 90º, onde o ângulo de retro-raspagem é definido
como o ângulo interno entre a projeção de uma linha perpendicular à
mencionada superfície de raspagem sobre um plano definido pelo eixo
longitudinal central e a direção da componente de velocidade tangencial do
cortador cisalhante e um plano perpendicular ao mencionado eixo longitudinal,
por meio do que um ou mais dos cortadores cisalhantes é provido de uma
superfície de impacto plana pré-cortada (19) essencialmente paralela ao plano
perpendicular ao eixo longitudinal.
(71) Shell Internationale Research Maatschappij B.V. (NL)
(72) Antonio Maria Guimarães Leite Cruz
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/050913 de 25/05/2004
(87) WO 2004/104363 de 02/12/2004
(21) PI 0410541-9 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 60/472,946
(51) A61K 7/075
(54) COMPOSIÇÕES PARA CUIDADOS PESSOAIS TRANSPARENTES
CONTENDO UM POLÍMERO CONDICIONANTE CATIÔNICO E UM SISTEMA
TENSOATIVO ANIÔNICO
(57) "COMPOSIÇÕES PARA CUIDADOS PESSOAIS TRANSPARENTES
CONTENDO UM POLÍMERO CONDICIONANTE CATIÔNICO E UM SISTEMA
TENSOATIVO ANIÔNICO". As composições da presente invenção referem-se
a composições para higiene pessoal que têm de cerca de 0, 01 % a cerca de 5
%, em peso, de um polímero catiônico de goma guar; de cerca de 5 % a cerca
de 50 %, em peso, de um sistema tensoativo aniônico com um teor de etoxilato
e um teor de sulfato específicos para otimizar o desempenho do polímero, de
cerca de 0,01 % a cerca de 5 %, em peso, de um sal mono ou divalente; de
cerca de 0,01 % a cerca de 10 % de um óleo condicionador microemulsionado
e ao menos cerca de 20 %, em peso, de um veículo aquoso.
(71) The Procter & Gamble Company (US)
(72) Marjore Mossman Peffly, Debora W. Chang
(74) Trench, Rossi e Watanabe
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016317 de 21/05/2004
(87) WO 2004/105711 de 09/12/2004
(21) PI 0410544-3 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 60/472,533
(51) C12N 15/82, C12N 9/00, C12P 21/06
(54) AMIDO MODIFICADO USOS, PROCESSOS PARA A PRODUÇÃO DO
MESMO
(57) "AMIDO MODIFICADO, USOS, PROCESSOS PARA A PRODUÇÃO DO
MESMO". A presente invenção refere-se ao amido modificado, bem como a sua
produção e usos do mesmo. O amido possui propriedades modificadas de
viscos idade e um teor de fosfato modificado. A presente invenção também
refere-se a uma molécula de ácido nucléico que codifica uma forma com
códons otimizados de uma proteína R1 do milho apresentada na SEQ ID NO:1.
(71) Syngenta Participations AG (CH)
(72) Michael B. Lanahan, Ship S. Basu
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016291 de 24/05/2004
(87) WO 2005/002359 de 13/01/2005
(21) PI 0410542-7 (22) 23/06/20 04
1.3
(30) 10/07/2003 US 60/485,995
(51) A61F 2/14
(54) DISPOSITIVO DE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTO PARA UM
OLHO E MÉTODO DE ADMINISTRAR UM AGENTE FARMACEUTICAMENTE
ATIVO A UM OLHO
(57) "DISPOSITIVO DE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTO PARA UM
OLHO E MÉTODO DE ADMINISTRAR UM AGENTE FARMACEUTICAMENTE
ATIVO A UM OLHO". Dispositivos de administração de medicamentos
oftálmicos para a administração de agentes farmaceuticamente ativos ao
segmento posterior do olho são apresentados. Os dispositivos podem incluir
extensões e/ou estruturas imobilizantes e/ou geometrias para auxiliar a localizar
corretamente e prevenir migração dos dispositivos.
(71) Alcon, Inc. (CH)
(72) Yoseph Yaacobi
(21) PI 0410545-1 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 DK PA 2003 00786
(51) B24D 13/06
(54) ELEMENTO DE ESMERILHAMENTO
(57) "ELEMENTO DE ESMERILHAMENTO". A presente invenção refere-se a
um elemento de esmerilhamento para montagem em um recesso (41) em uma
superfície de um tambor cilíndrico (42) e incluindo um meio de retenção (2)
projetado com paredes laterais externas que são complementares a paredes
laterais do recesso (41), onde uma força de compressão (F) sobre as paredes
laterais do meio de retenção (2) aparece, em uma situação de uso, por meio da
rotação do tambor cilíndrico (42), onde o meio de retenção (2) inclui pelo menos
uma fenda (5) para segurar um meio de esmerilhamento (1), a fenda (5)
estendendo-se de um lado voltado para fora do meio de retenção (2) e para
dentro e formando pelo menos uma aba elástica, dobrável, que é disposta entre
a dita fenda (5) e pelo menos uma das paredes laterais externas, em que o
30
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
meio de esmerilhamento (1), para acomodação na fenda (5), tem uma parte de
fundo com uma forma complementar à fenda.
(71) Poul Erik Jespersen (DK)
(72) Poul Erik Jespersen
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT DK2004/000346 de 18/05/2004
(87) WO 2004/103642 de 02/12/2004
(21) PI 0410546-0 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 60/472,819
(51) A61K 9/28
(54) DISPOSITIVO DE RUPTURA DE LIBERAÇÃO CONTROLADA COM UMA
PASSAGEM PRÉ-FORMADA
(57) "DISPOSITIVO DE RUPTURA DE LIBERAÇÃO CONTROLADA COM UMA
PASSAGEM PRÉ-FORMADA". A presente invenção refere-se a um dispositivo
osmótico simples e aperfeiçoado capaz de prover a liberaç ão controlada de um
agente ativo contido no núcleo ao ambiente de uso, primeiro, através da
passagem pré-formada e, depois, através da segunda passagem formando no
lugar. Uma ou ambas as passagens incrementam opcionalmente seu tamanho
durante o uso do dispositivo osmótico. A passagem pré-formada e/ou a
segunda passagem incrementam a velocidade de liberação do agente ativo,
permitem a liberação de partículas maiores que contém o agente ativo, e/ou
permitem a liberação de agentes ativos que são substancialmente insolúveis no
ambiente de uso. Em virtude da formação no lugar da segunda abertura, o
dispositivo é capaz de liberar uma porcentagem superior de agente ativo do que
liberaria na ausência da segunda abertura.
(71) Osmotica Corp. (VG)
(72) Joaquina Faour, Juan A. Vergez
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT CR2004/000005 de 21/05/2004
(87) WO 2004/103349 de 02/12/2004
(21) PI 0410547-8 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 10/443,643
(51) H04N 7/ 173
(54) SISTEMAS E MÉTODOS PARA DINAMICAMENTE GERAR E
DISTRIBUIR APERFEIÇOAMENTOS SINCRONIZADOS PARA UM SINAL DE
DIFUSÃO
(57) "SISTEMAS E MÉTODOS PARA DINAMICAMENTE GERAR E
DISTRIBUIR APERFEIÇOAMENTOS SINCRONIZADOS PARA UM SINAL DE
DIFUSÃO". A presente invenção refere-se a sistemas e métodos para
dinamicamente gerar e distribuir uma apresentação de mídia sincronizada. A
presente invenção proporciona a recuperação, montagem e formatação
automáticas de uma apresentação de mídia aperfeiçoada e a distribuição
síncrona desta apresentação. O conteúdo de aperfeiçoamento é sincronizado
de modo que sua distribuição coincida com um sinal de difusão ou com outro
programa de mídia para o qual ele é projetado para aperfeiçoar sem requerer
que o conteúdo de aperfeiçoamento seja fisicamente limitado ao programa de
mídia. Outro aspecto da invenção é que a montagem e a sincronização do
conteúdo de aperfeiçoamento é independente do canal de distribuição e da
plataforma utilizados para executar ou exibir o conteúdo aperfeiçoado. Como
resultado, o conteúdo de aperfeiçoamento pode ser formatado para uma caixa
decodificadora, para um computador pessoal, para um gravador de vídeo
pessoal, para um sistema de áudio ou para qualquer outra plataforma utilizada
para distribuir um programa de mídia para um usuário.
(71) Turner Broadcasting System, Inc. (TBS Inc.) (US)
(72) Blake P. Lewin, Stephen Graham Woodward
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016373 de 24/05/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(87) WO 2004/107759 de 09/12/2004
(21) PI 0410548-6 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 DE 103 24 697.5; 16/07/2003 DE 103 32 429.1; 30/03/2004 DE
10 2004 016 084.8
(51) A01N 43/90, A01N 43/54
(54) MISTURA FUNGICIDA, AGENTE FUNGICIDA, PROCESSO PARA
COMBA TER FUNGOS NOCIVOS, SEMENTES, E, USO DE COMPOSTOS
(57) "MISTURA FUNGICIDA, AGENTE FUNGICIDA, PROCESSO PARA
COMBATER FUNGOS NOCIVOS, SEMENTES, E, USO DE COMPOSTOS". A
invenção está relacionada a misturas fungicidas para controle de patogênicos
para o arroz, contendo os seguintes componentes ativos: 1) Azoxistrobina com
a fórmula (I) e (2) o composto com a fórmula (II), em quantidades
sinergicamente ativas. A invenção está relacionada também a método para o
controle de fungos parasitas usando misturas do composto I com o composto II,
à utilização dos compostos I e II para a produção das ditas misturas e a agentes
contendo essas misturas.
(71) Basf Aktiengesellschaft (DE)
(72) Jordi Tormo i Blasco, Thoimas Grote, Maria Scherer, Reinhard Stierl,
Siegfried Strathmann, Ulrich Schöfl, Egon Haden, Manfred Hampel
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/005323 de 18/05/2004
(87) WO 2004/105490 de 09/12/2004
(21) PI 0410549-4 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 EP 03 101492.1
(51) G07D 9/00
(54) EMBALAGEM REUTILIZÁVEL PARA FICHAS OU MOEDAS
(57) "EMBALAGEM REUTILIZÁVEL PARA FICHAS OU MOEDAS". A presente
RPI 1850 de 20/06/2006
invenção refere-se a uma embalagem reutilizável para fichas ou moedas que
compreende um berço (2) sensivelmente semicilíndrico, para a retenção de
moedas ou fichas, formado pela alternância de uma primeira série de porções
(8) semicilíndricas de eixo comum, perpendicular ao plano das moedas ou
fichas, e por uma segunda série de porções semicilíndricas (10) de eixo
comum, em recuo vertical em relação à primeira série (8), os eixos da primeira
e da segunda série sendo paralelos. Duas abas rebatíveis (4) são dispostas
longitudinalmente de um lado e de outro do berço (2). Cada uma dessas abas
(4) é ligada, de modo articulado a uma tampa (6) em segmento cilíndrico
formada, do mesmo modo que o berço (2), pela alternância de uma primeira
série (12) de porções de segmentos cilíndricos de eixo comum, perpendicular
ao plano das moedas ou fichas, e por uma segunda série de porções de
segmentos cilíndricos (14) de eixo comum, as tampas (6) que correspondem a
cada uma das abas (4) sendo mutuamente encaixáveis.
(71) Nhe Sprl (BE)
(72) David Errera
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/050900 de 24/05/2004
(87) WO 2004/104949 de 02/12/2004
(21) PI 0410550-8 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 JP 2003-145085
(51) C12N 15/53, C12N 9/04, C12N 15/81, C12N 1/19, C12P 7/56
(54) DNA QUE CODIFICA UMA PROTEÍNA QUE TEM ATIVIDADE DE DLACTANO DESIDROGENASE E SEUS USOS
(57) "DNA QUE CODIFICA UMA PROTEÍNA QUE TEM ATIVIDADE DE DLACTATO DESIDROGENASE E SEUS USOS". Esta invenção fornece um
polinucleotídeo que codifica uma proteína que tem atividade de lactato
desidrogenase tal proteína pode ser usada para produzir ácido D-lático. Este
polinucleotídeo tem a seqüência de nucleotídeos indicada em SEQ ID NO: 1
(a), e hibridiza sob condições severas com uma sonda que compreende a
totalidade ou uma parte da sequencia de nucleotídeos indicada em SEQ ID NO:
1 ou um seu filamento complementar, e codifica uma proteína que tem atividade
de D-lactato desidrogenase (b).
(71) Toyota Jidosha Kabushiki Kaisha (JP)
(72) Nobuhiro Ishida, Kento Tokuhiro, Haruo Takahashi, Eiji Nagamori, Masana
Hirai, Satoshi Saitoh, Tohru Ohnishi
(74) Gruenbaum e Gaspar Ltda
(85) 22/11/2005
(86) PCT JP2004/007317 de 21/05/2004
(87) WO 2004/104202 de 02/12/2004
(21) PI 0410551-6 (22) 15/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 DE 103 28 817.4
(51) C07C 51/31, C07C 51/265, C07D 307/89, C07C 51/21
(54) PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE ANIDRIDO FTÁLICO
(57) "PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE ANIDRIDO FTÁLICO". A invenção
refere-se a um processo para a produção de anidrido ftálico, no qual a oxidação
em fase gasosa catalítica de o-xileno e/ ou naftaleno é efetuada através de pelo
menos três camadas de catalisador de atividade crescente, em que a última
camada do sistema de catalisador contém fósforo e, além disso, a última
camada contém pelo menos 10%, em peso, de vanádio (calculado como V2O 5)
com base na massa ativa do catalisador e uma razão de vanádio (calculado
como V2O5) para fósforo de mais do que 35.
(71) Basf Aktiengesellschaft (DE)
(72) Samuel Neto, Jürgen Zühlke, Sebastian Storck, Frank Rosowski
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/005246 de 15/05/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 31
(87) WO 2004/103944 de 02/12/2004
(21) PI 0410552-4 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 GB 0311936.9
(51) E03D 9/02, E03D 9/03
(54) DISPOSITIVO FORNECEDOR APERFEIÇOADO
(57)
"DISPOSITIVO
FORNECEDOR
APERFEIÇOADO".
Dispositivos
aperfeiçoados úteis para fornecer um efeito odorante em um utensílio sanitário,
particularmente um vaso sanitário. Descrevem -se também métodos de uso de
referidos dispositivos para proporcionar um efeito odorante.
(71) Reckitt Benckiser INC. (US)
(72) Andrew Courtney
(74) Di Blasi, Parente , S. G. & Associados
(85) 22/11/2005
(86) PCT GB2004/002131 de 18/05/2004
(87) WO 2004/104309 de 02/12/2004
(21) PI 0410553-2 (22) 13/04/2004
1.3
(30) 22/05/2003 DE 103 23 699.6
(51) C07C 213/02, C07C 233/09
(54)
PROCESSO
PARA
A
PRODUÇÃO
CONTÍNUA
DE
ALQUILAMINO(MET)ACRILAMIDA
(57)
"PROCESSO
PARA
A
PRODUÇÃO
CONTÍNUA
DE
ALQUILAMINO(MET)ACRILAMIDA". A invenção refere-se a um processo para
produzir cont inuamente alquilamino(met)acrilamida por reação de (met)acrilto
de metila ou aminas, que são de alta ebulição comparadas ametanol ou etanol.
Uma técnica de processamento especial é possível para obter qualidades de
produto não possíveis previamente. Também podem ser obtidos rendimentos
de espaço/tempo e totais muito altos.
(71) Röhm GMBH & CO. KG (DE)
(72) Volker Schleep, Thomas Mertz
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/003862 de 13/04/2004
(87) WO 2004/103952 de 02/12/2004
(21) PI 0410554-0 (22) 20/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 JP 2003-144557
(51) B21B 1/02, B21B 45/00, C22C 38/00, C22C 38/18
(54) BARRA DE LIGA DE FE-CR E MÉTODO DE PRODUÇÃO DA MESMA
(57) "BARRA DE LIGA DE FE-CR E MÉTODO DE PRODUÇÃO DA MESMA". A
presente invenção refere-se a um método de produção de barra de liga Fe-Cr,
uma vez que o desbaste é executado com a superfície de alta taxa de redução
da tira de aço coberta com uma camada de carepa de uma grande taxa de área
de 70% ou mais e sem a aplicação da remoção de carepa, pode reduzir os
entalhes e as inclusões da carepa. Portanto, no caso de uma barra para uso em
tubos de aço sem costura sendo produzida a partir de uma tira de aço de liga
Fe-Cr, o tratamento de superfície ant es da produção do tubo pode ser
grandemente reduzido. Portanto, quando a barra de liga Fe-Cr é adotada na
produção de tubos de aço sem costura, uma vez que mesmo o tubo de aço de
liga Fe-Cr relativamente duro de processar pode ser produzido a baixo custo de
produção e eficientemente, ela pode ser amplamente aplicada em um campo de
produção de tubos de aço a quente sem costura.
(71) Sumitomo Metal Industries, Ltd (JP)
(72) Yasuyoshi Hidaka, Toshiro Anraku, Tomio Yamakama, Yasufumi Kitamura
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT JP2004/007223 de 20/05/2004
(87) WO 2004/103589 de 02/12/2004
32
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) PI 0410555-9 (22) 03/06/2004
1.3
(30) 06/06/2003 JP 2003-162241
(51) A61K 45/06, A61K 9/14, A61K 31/4439, A61K 31/366, A61K 45/00, A61P
3/10, A61P 9/10, A61P 29/00
(54) PREPARAÇÃO SÓLIDA
(57)
"PREPARAÇÃO
SÓLIDA".
Preparações
farmacêuticas
sólidas
compreendendo um agente de melhora da resistência a insulina e um inibidor
de HMG-CoA reductase, em que a estabilidade destes agentes não é
deteriorada.
Particularmente,
preparações
farmacêuticas
sólidas
compreendendo grânulos contendo um agente de melhora da resistência a
insulina e grânulos contendo um inibidor de HMG-CoA reductase.
(71) Takeda Pharmaceutical Company Limited (JP)
(72) Naoru Hamaguchi, Hiroyoshi Koyma, Masafumi Misaki
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT JP2004/008076 de 03/06/2004
(87) WO 2004/108161 de 16/12/2004
(21) PI 0410556-7 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 23/ 05/2003 EP 03 447118.5
(51) C11D 17/00
(54) COMPOSIÇÃO DE LIMPEZA PARA USO EM UMA MÁQUINA DE LAVAR
ROUPAS OU PRATOS
(57) "COMPOSIÇÃO DE LIMPEZA PARA USO EM UMA MÁQUINA DE LAVAR
ROUPAS OU PRATOS". A presente invenção refere-se a uma composição de
limpeza, para uso em máquinas de lavar roupas ou pratos automáticas, que
compreende ao menos duas partes funcionais e ao menos um meio de controle
de liberação compreendendo um polissacarídeo amino -acetilado que tem um
grau de acetilação selecionado. A composição de limpeza da presente invenção
não só permite uma excelente liberação seqüencial de seus diferentes
constituintes, como também oferece diversas propriedades benéficas, como
benefícios de cuidados com a saúde e benefícios de tratamento de tecidos.
(71) The Procter & Gamble Company (US)
(72) Karl Ghislain Braeckman, Regine Labeque, Harold Emmerson, Anju
Deepali Massey -Brooker
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016556 de 24/05/2004
(87) WO 2004/111178 de 23/12/2004
(21) PI 0410557-5 (22) 15/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 DE 103 23 708.9; 16/07/2003 DE 103 32 430.5; 30/03/2004 DE
10 2004 016 084.8
(51) A01N 43/90
(54) MISTURA FUNGICIDA, AGENTE FUNGICIDA, PROCESSO PARA
COMBATER FUNGOS NOCIVOS, SEMENTES, E, USO DO COMPOSTO
(57) "MISTURA FUNGICIDA, AGENTE FUNGICIDA, PROCESSO PARA
COMBATER FUNGOS NOCIVOS, SEMENTES, E, USO DO COMPOSTO". A
invenção está relacionada a misturas fungicidas contendo o seguinte como
componentes ativos: 1) dimoxystrobin com a fórmula (I) e., 2) o composto com a
fórmula (II), em quantidades sinergicamente ativas. A invenção está relacionada
também a método para o controle de fungos nocivos usando uma mistura dos
compostos (I) e (II), ao uso dos compostos (I) e (II) para a produção de misturas
deste tipo e a agentes contendo as ditas misturas.
(71) Basf Aktiengeeellschaft (DE)
(72) Jordi Tormo i Blasco, Thomas Grote, Maria Scherer, Reinhard Stierl,
Siegfried Strathmann, Ulrich Schöfl, Egon Haden, Manfred Hampel
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/005250 de 15/05/2004
(87) WO 2004/103075 de 02/12/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410558-3 (22) 15/06/2004
1.3
(30) 18/06/2003 EP 03013490.5
(51) A61K 9/107, A61K 31/565, A61K 31/57
(54) PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE EMULSÕES OLEOSAS
ISOTÔNICAS, EMULSÃO OLEOSA ISOTÔNICA, USO DA MESMA, E,
PROCESSOS
PARA
REPOSIÇÃO
DE
HORMÔNIO
EM
BEBÊS
PREMATUROS, E PARA O TRATAMENTO DE DANOS NEUROLÓGICOS
APÓS DERRAMES
(57) "PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE EMULSÕES OLEOSAS
ISOTÔNICAS, EMULSÃO OLEOSA ISOTÔNICA, USO DA MESMA, E,
PROCESSOS
PARA
REPOSIÇÃO
DE
HORMÔNIO
EM
BEBÊS
PREMATUROS, E PARA O TRATAMENTO DE DANOS NEUROLÓGICOS
APÓS DERRAMES". A invenção refere-se a um processo para a produção de
emulsões oleosas (emulsões de lipídio) que contém hormônio, a uma emulsão
oleosa isotônica que pode ser obtida pelo dito processo e ao uso da dita
emulsão para a produção de um medicamento para administração intravenosa,
em particular, para reposição pós -parto de hormônio em bebês prematuros e
para o tratamento de danos neurológicos após isquemia cerebral.
(71) B. Braun Melsungen AG (DE)
(72) Sonja Brömer, Jörg Nehne, Frank Pohlandt
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/051114 de 15/06/2004
(87) WO 2004/110402 de 23/12/2004
(21) PI 0410559-1 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 10/443,539
(51) D21F 1/00
(54) MÉTODO E DISPOSITIVO PARA ESTABILIZAÇÃO DE LAÇOS SEM
COSTURA
(57) "MÉTODO E DISPOSITIVO PARA ESTABILIZAÇÃO DE LAÇOS SEM
COSTURA". Um método de estabilização dos laços de costura de um pano de
confecção de papel ou um outro pano industrial, até o pano estar pronto para
ser instalado e costurado em uma máquina. A estabilização dos laços impede
que um desequilíbrio de torque ou outras forças distorçam o alinhamento de
laço ao longo do tempo, desse modo tornando os laços mais fáceis de conectar
e costurar, quando o pano estiver pronto para ser instalado.
(71) Albany International Corp. (US)
(72) Glenn Kornett
(74) Orlando de Souza
(85) 22/11/2005
RPI 1850 de 20/06/2006
(86) PCT US2004/015650 de 19/05/2004
(87) WO 2004/106626 de 09/12/2004
(21) PI 0410560-5 (22) 13/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 IT TV2003A000080
(51) F01N 3/00, F01N 3/28, F01N 7/18
(54) MÉTODO DE RECUPERAÇÃO DE CONVERSORES CATA LÍTICOS
GASTOS OU QUE DEIXARAM DE SER EFICAZES
(57) "MÉTODO DE RECUPERAÇÃO DE CONVERSORES CATALÍTICOS
GASTOS OU QUE DEIXARAM DE SER EFICAZES". A presente invenção
descreve um método para a recuperação de conversores catalíticos gastos ou
ineficientes, o método consistindo em: corte do conversor perpendicularmente
ao seu eixo na zona onde se situa a unidade catalítica a substituir;
esvaziamento e limpeza do interior para eliminar todos os resíduos contidos no
catalisador; enchimento do invólucro com um corpo enrolado constituído por
uma folha metálica lisa e outra franzida sobrepostas e enroladas em espiral,
tratadas, antes ou depois, com washcoat e impregnadas de metais preciosos;
fixação das fitas enroladas ao invólucro de contenção; reconstituição do
conversor através da junção e soldadura TIG/MIG das duas partes inicialmente
separadas.
(71) Brain A. Toussaint (IT)
(72) Marco Loiola
(74) Paulo C. Oliveira & Cia.
(85) 22/11/2005
(86) PCT IT2004/000266 de 13/05/2004
(87) WO 2004/104382 de 02/12/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 33
(85) 22/11/2005
(86) PCT IB2004/001942 de 07/06/2004
(87) WO 2004/110994 de 23/12/2004
(21) PI 0410562-1 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 60/472,495
(51) C12P 21/06, C12N 9/00, C12N 9/24, C12N 1/20, C12N 15/00, C07H 21/04
(54) MOLÉCULA RECOMBINANTE E VEÍCULO PARA EXPRESSÃO,
LIBERAÇÃO E PURIFICAÇÃO DE POLIPEPTÍDEOS ALVO
(57) "MOLÉCULA RECOMBINANTE DE VEÍCULO PARA EXPRESSÃO,
LIBERAÇÃO E PURIFICAÇÃO DE POLIPEPTÍDEOS ALVO". Molécula
recombinante de veículos que têm seqüências de aminoácidos de enzimas
termo-estáveis e métodos de uso para expressão, recuperação e liberação de
seqüências estranhas (de peptídeos e polipeptídeos) produzidas em diferentes
sistemas (bactérias, levedura, DNA, culturas de células como culturas de
células de mamífero, de planta, de inseto, protoplasto e plantas inteiras ín vitro
ou in vivo) são fornecidos. A molécula recombinante de veículo que usa
seqüências de liquenase B (Lic B) também foi feita e usada como parte da
proteína de veículo para expressar, recuperar e liberar uma variedade de
polipeptídeos alvo de interesse.
(71) Fralunhofer USA, Inc. (US)
(72) Vidadi Yusibov, Vadim Mett, Konstantin Musiychuk
(74) Orlando de Souza
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016452 de 24/05/2004
(87) WO 2005/026375 de 24/03/2005
(21) PI 0410563-0 (22) 27/04/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 60/472,661
(51) C07D 487/04, C07D 487/14, A61K 31/519, A61P 35/00
(54) DERIVADOS DE PIRAZOL-QUINAZOLINA PROCESSO PARA SUA
PREPARAÇÃO E SEU USO COMO INIBIDORES DE QUINASE
(57) "DERIVADOS DE PIRAZOL-QUINAZOLINA, PROCESSO PARA SUA
PREPARAÇÃO E SEU USO COMO INIBIDORES DE QUINASE". A presente
invenção refere-se aos derivados de pirazol- quinazolina de fórmula (Ia) ou (Ib)
como definidos no relatório, e sais farmaceuticamente aceitáveis dos mesmos,
processo para sua preparação e composições farmacêuticas compreendendo
os mesmos são descritos, os compostos da invenção podem ser utilizáveis, em
terapia, no tratam ento de doenças associadas com uma atividade de proteína
quinase desregulada, como câncer
(71) Pharmacia Italia S.P.A. (IT)
(72) Gabriella Traquandi, Maria Gabriella Brasca, Roberto D'Alessio, Paolo
Polucci, Fulvia Roletto, Anna Vulpetti, Paolo Pevarello, Achille Panzeri,
Francesca Quartieri, Ron Ferguson, Paola Vianello, Daniele Fancelli
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/050612 de 27/04/2004
(87) WO 2004/104007 de 02/12/2004
(21) PI 0410561-3 (22) 07/06/2004
1.3
(30) 18/06/2003 US 60/479,436
(51) C07D 207/12, C07D 211/40, C07D 413/10, C07D 401/12, C07D 413/14,
C07D 401/14, C07D 405/14, A61K 31/495, A61P 25/00
(54)
LACTAMAS
DE
PIPERAZINILETEROARILÓXI -N-ARILL
E
DE
PIPERAZINILARILÓXI
(57)
"LACTAMAS
DE
PIPERAZINILETEROARILÓXI -N-ARIL
E
DE
PIPERAZINILARILÓXI". A presente invenção refere-se a compostos de fórmula
I em que Ar, Y e G são como definido no relatório descritivo, a é de 1 a 4, Z e W
são carbono ou nitrogênio e n é 1, 2 ou 3; e a composições farmacêuticas
compreendendo o composto de fórmula I e um veículo farmaceuticamente
eficaz; e a um método útil no tratamento ou prevenção em mamíferos, incluindo
humanos, de um distúrbio ou estado selecionado a partir de um grupo que
consiste em ansiedade, depressão, distimia, distúrbio depressivo agudo,
enxaqueca, distúrbio de estresse pós -traumático, distúrbio de personalidade
evitante, distúrbio de personalidade de estado limite e fobias.
(71) Pfizer Products Inc. (US)
(72) John Adams Lowe III, Mark Allen Sanner
(74) Alexandre Ferreira
(21) PI 0410564-8 (22) 25/05/2004
1.3
(30) 09/06/2003 US 10/457,657
(51) B29C 45/00, C08J 5/00, C08G 63/00, C08L 67/00
(54) COMPOSIÇÃO DE POLIÉSTER, PROCESSO PARA A FABRICAÇÃO DA
MESMA, COMPOSIÇÃO DE CONCENTRADO, E, PROCESSO PARA A
FABRICAÇÃO DE UMA PRÉ-FORMA DE POLI ÉSTER
(57) "COMPOSIÇÃO DE POLIÉSTER, PROCESSO PARA A FABRICAÇÃO DA
MESMA, COMPOSIÇÃO DE CONCENTRADO, E, PROCESSO PARA A
FABRICAÇÃO DE UMA PRÉ-FORMA DE POLIÉSTER". Uma composição de
poliéster, uma pré-forma, e uma garrafa contendo um poliéster tal como
tereftalato de polietileno ou naftalato de polietileno e carbono ativado para
aumentar a taxa para reaquecer a composição é fornecida. Carbono ativado
pode ser adicionado na presença de compostos contendo fósforo ativo, ou em
qualquer estágio na fase de fusão após pré-polimerização e após o polímero de
poliéster ser solidificado. Concentrados de poliéster contendo carbono ativado
podem ser adicionado para poliésteres de massa para produzir pré-formas
adequadas para sopramento nas garrafas.
(71) Eastman Chemical Company (US)
(72) Donna Rice Quillen, Earl Edmondson Howell, JR
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016345 de 25/05/2004
(87) WO 2004/110716 de 23/12/2004
34
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
aceleração de um elevador (12) com um dispositivo de medição (6) integrado,
um alojamento distanciado do braço de força (10) e disposto no braço de carga
(9), especialmente pelo menos um alojamento de cabo (4), e um apoio (5).
Além disso, a invenção apresenta um método para medição de capacidade de
acionamento de um cabo de elevador e/ou de uma capacidade de aceleração
de um elevador.
(71) Tüv Industries Gmbh-Tüv Rheinland Group (DE)
(72) Hans Ryser, Martin Fiedler
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/005180 de 14/05/2004
(87) WO 2004/103880 de 02/12/2004
(21) PI 0410565-6 (22) 10/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 DE 103 23 701.1
(51) C07D 233/50, C07D 265/08, C07D 235/30, C07D 409/12, C07D 495/04,
C07D 413/12, C07D 277/18, C07D 265/18
(54) PROCESSO PARA SÍNTESE DE COMPOSTOS HETEROCÍCLICOS
(57) "PROCESSO PARA SÍNTESE DE COMPOSTOS HETEROCÍCLICOS".
Esquema 1 A presente invenção refere-se ao processo representado pelo
esquema 1 para síntese de compostos heterocíclicos de fórmula (I). Assim
primeiramente é convertido o isotiocianato de fórmula (II) com a amina primária
de fórmula (III) para formar a tiouréia de fórmula (IV). Em seguida a tiouréia de
fórmula (IV) é convertida com uma base e um cloreto de ácido sulfônico no
heterociclo de fórmula (I).
(71) Sanofi-Aventis Deutschland Gmbh (DE)
(72) Uwe Heinelt, Hans -Jochen Lang
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/004955 de 10/05/2004
(87) WO 2004/103976 de 02/12/2004
(21) PI 0410566-4 (22) 13/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 FR 0306599
(51) F16L 15/06
(54) CONEXÃO TUBULAR ROSQUEADA
(57) "CONEXÃO TUBULAR ROSQUEADA". A conexão rosqueada da invenção
compreende pelo menos uma zona de contato (5, 6) separada de modo axial a
partir dos mencionados rosqueamentos (3, 4) nos quais os elementos macho e
fêmea (1, 2) estão em contato vedado por meio das superfícies de sustentação
constituídas, respectivamente, por uma superfície abaulada e por uma
superfície afilada. Essa zona de contato assegura uma vedação contra fluidos a
despeito de imprecisões de posicionamento nos elementos macho e fêmea na
extremidade da composição, devido às características geométricas dos
rosqueamentos. Aplicação para poços de óleo e gás.
(71) Vallourec Mannesmann Oil & Gas France (FR)
(72) Éric Verger, Damien De Montlebert, Émeric Thoreau
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 22/11/2005
(86) PCT EP2004/005139 de 13/05/2004
(87) WO 2004/106797 de 09/12/2004
(21) PI 0410567-2 (22) 14/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 DE 103 23 175.7
(51) B66B 5/00
(54) ALAVANCA DE TESTE
(57) "ALAVANCA DE TESTE". A presente invenção refere-se a uma alavanca
de teste portátil com um braço de carga (9) e um braço de força (10) para o
controle de uma capacidade de acionamento e/ou de uma capacidade de
(21) PI 0410568-0 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 60/473,271; 18/09/2003 US 10/665,948
(51) B01D 35/30
(54) DISPOSITIVOS PARA TRATAMENTO DE ÁGUA E CARTUCHOS PARA
OS MESMOS
(57) "DISPOSITIVOS PARA TRATAMENTO DE ÁGUA E CARTUCHOS PARA
OS MESMOS". A presente invenção refere-se a um cartucho para tratamento
de água, capaz de encaixar-se, de modo liberável, a um dispositivo para
tratamento de água. O cartucho inclui uma carcaça, uma entrada para
introdução de água não-tratada no cartucho, uma porta de saída para a
extração de água tratada do cartucho, e um meio de tratamento para tratar a
água não-tratada. O meio de tratamento encontra-se em comunicação fluida
com a entrada e com a porta de saída. O cartucho inclui, ainda, um primeiro
tubo tendo uma superfície interna, uma superfície externa, uma extremidade
proximal e uma extremidade distal, sendo que a superfície interna e/ou a
superfície externa são superfícies vedantes. O cartucho inclui, ainda, um
segundo tubo tendo uma superfície interna, uma superfície externa, uma
extremidade proximal e uma extremidade distal, sendo que a superfície interna
e/ou a superfície externa são superfícies vedantes. O primeiro tubo se estende
a partir da carcaça e envolve a porta de saída. Ao menos uma porção do
primeiro tubo ou do segundo tubo envolve o outro, de modo que uma lacuna
seja formada entre o primeiro tubo e o segundo tubo. A lacuna é capaz de
conter um volume de água. O primeiro tubo se estende para fora, a partir da
carcaça, e envolve a porta de saída, e o segundo tubo se estende para fora a
partir da carcaça, e envolve o primeiro tubo, de modo que uma lacuna seja
formada entre os primeiro e segundo tubos, lacuna capaz de conter de cerca de
0,1 ml a cerca de 6 ml de água, quando o cartucho não está encaixado de
maneira vedante ao dispositivo para tratamento de água, e de modo que a
extremidade distal do segundo tubo se estende por uma distância mais longa
que a extremidade distal do primeiro tubo, a partir da carcaça, e de modo que
ao menos uma das superfícies vedantes do segundo tubo se estende por uma
distância mais longa que ao menos uma das superfícies vedantes do primeiro
tubo, a partir da carcaça.
(71) Pur Water Purification Products, Inc. (US)
(72) John D. Tanner, David James Emmons
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/016551 de 24/05/2004
(87) WO 2004/105916 de 09/12/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 35
um líquido. A invenção é útil em uma ampla variedade de aplicações, como
purificação de água e redução de microorganismos perigosos em alimentos
líquidos.
(71) Coating Systems Laboratories, Inc. (US) , Northern Gravel Company (US)
(72) William Peterson, Renee E. Berman
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/11/2005
(86) PCT US2004/015853 de 19/05/2004
(87) WO 2004/105687 de 09/12/2004
(21) PI 0410569-9 (22) 15/04/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 10/443,675
(51) G06F 21/00, H04L 29/06, G06F 17/30, G06F 1/00
(54) EXTENSÃO DE SEGURANÇA DE REDE DE SISTEMAS DE ARQUIVOS
DISTRIBUÍDOS
(57) "EXTENSÃO DE SEGURANÇA DE REDE DE SISTEMAS DE ARQUIVOS
DISTRIBUÍDOS". Um protocolo de segurança que dinamicamente implementa
segurança de montagem aumentada de um sistema de arquivos, quando o
acesso a arquivos sensíveis em uma rede de sistema de arquivos é solicitado.
Quando o usuário de um sistema cliente tenta acessar um arquivo sensível
especificamente etiquetado, o servidor que hospeda o sistema de arquivos
executa um código de software que termina a montagem corrente e reconfigura
as portas do servidor para aceitar uma remontagem a partir do cliente através
de uma porta mais segura. A porta do servidor reconfigurada é fornecido o
endereço de IP do cliente e a correspondência do endereço de IP durante a
operação de remontagem. A comutação para uma montagem segura é
completada de uma maneira perfeitamente consistente de modo que os
usuários autorizados são permitidos acessar arquivos sensíveis sem derrubar o
servidor com as a criptografação custosa e outras características de segurança
de intensivo recurso. Nenhum retardo significante é experimentado pelo
usuário, enquanto o arquivo sensível é protegido de captura não autorizada
durante a transmissão do sis tema cliente.
(71) International Business Machines Corporation (US)
(72) Susann Marie Keohane, Gerald Francis McBrearty, Shawn Patrick Mullen,
Jessica Kelley Murillo, Johnny Meng-Han Shieh
(74) Di Blasi, Parente, S. G. & Associados
(85) 22/11/2005
(86) PCT GB2004/001629 de 15/04/2004
(87) WO 2004/104902 de 02/12/2004
(21) PI 0410570-2 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 22/05/2003 US 60/472,429
(51) A61K 9/14
(54) REVESTIMENTOS ORGANOS SILANO DE AMÔNIO QUATERNÁRIO
ANTIMICROBIAIS
(57) "REVESTIMENTOS ORGANOSSILANO DE AMÔNIO QUATERNÁRIO
ANTIMICROBIAIS". A presente invenção refere-se a novos veículos de fase
sólida revestidos com um revestimento de organossilano de amônio quaternário
para uso em redução ou eliminação de número viável de microorganismos em
(21) PI 0410571-0 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 19/05/2003 US 10/440,118
(51) H02K 1/27, H02K 21/22
(54) GERADOR POSSUINDO PÓLOS DE ESTATOR ALINHADOS
AXIALMENTE E/OU PÓLOS DE ROTOR
(57) "GERADOR POSSUINDO PÓLOS DE ESTATOR ALINHADOS
AXIALMENTE E/OU PÓLOS DE ROTOR". A presente invenção refere-se a um
gerador dínamo-elétrico que compreende um rotor possuindo uma pluralidade
de elementos de ímã permanente dispostos em uma configuração anular em
torno de um eixo geométrico de rotação, os elementos de ímã alternando
sucessivamente em polaridade magnética ao longo de uma superfície anular
interna, e um estator espaçado do rotor por um espaço de ar radial. O estator
inclui uma pluralidade de segmentos de núcleo magnético possuindo bobinas
respectivas enroladas no mesmo para formar enrolamentos de estator, os
segmentos de núcleo separados do contato direto um com o outro e dispostos
ao longo do espaço de ar radial. Cada segmento de estator compreende uma
pluralidade de pólos alinhados um com o outro em uma direção paralela ao eixo
geométrico de rotação. Dessa forma, o estator compreende uma pluralidade de
conjuntos de pólos de estator em alinhamento radial, os conjuntos sendo
axialmente deslocados um do outro.
(71) Wavecrest Laboratoires, LLC (US)
(72) Boris A. Maslov
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 21/11/2005
(86) PCT US2004/015485 de 18/05/2004
(87) WO 2004/105215 de 02/12/2004
(21) PI 0410572-9 (22) 19/02/2004
1.3
(30) 21/05/2003 AT GM354/2003
(51) A21B 5/02, A47J 37/06
(54) FOLHA DE WAFER
(57) "FOLHA DE WAFER". A presente invenção refere-se a uma folha de wafer
como produto de forno não perecível que apresenta nas superfícies de uma
camada de suporte, que ficam opostas uma à outra, respectivamente, uma
estrutura de nervuras. A camada de suporte tem a forma de uma chapa
ondulada (1,10,11,12), da mesma espessura, por exemplo, com uma ondulação
semelhante a uma forma senoidal ou trapezoidal de cantos. Transversais a isto
passam nervuras (5, 5’, 6) que atravessam ou fazem uma ponte sobre vales da
onda (3, 3’, 3’’ 3’’’). Os vales da onda (3, 3’, 3’’, 3’’’) de uma e da outra superfície
ou do lado superior e do lado inferior tocam uma linha central (4) imaginária da
seção transversal da folha de wafer, ou ultrapassam esta linha. A espessura de
parede média das nervuras (5, 5’, 6) corresponde à espessura de parede da
chapa ondulada (1, 10, 11, 12). A orientação das nervuras (5, 5’, 6) em relação
às linhas do vértice da onda é inclinada ou perpendicular. As nervuras (6) nos
vales da onda (3’, 3’’) no lado superior são deslocadas em torno de uma meia
div isão em relação às nervuras (5, 5’) dos vales da onda (3, 3’’’) no lado inferior.
Os ângulos de inclinação α
( , α‘) da ondulação (14) semelhantes a um
ziguezague ou os raios de curvatura (r, r’) são variáveis dependendo da parte
desejada de massa por unidade de espaço. A forma de assar (13) apresenta,
no lado da borda, réguas de vapor (15), com fendas de vapor na ondulação (14)
que sai como fenda.
(71) Franz Haas (AT)
(72) Franz Haas
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
36
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(85) 21/11/2005
(86) PCT EP2004/050172 de 19/02/2004
(87) WO 2004/103077 de 02/12/2004
(21) PI 0410573-7 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 21/05/2003 US 60/472,309; 06/04/2004 US 60/559,983; 20/05/2004 US
60/573,024
(51) C08K 3/08, C08K 3/04, C08K 3/02, C08K 3/22, C08G 63/183, C08G 63/20,
C08G 63/672, C08K 3/00
(54) RESINAS DE POLIÉSTER DE CRISTALIZAÇÃO LENTA
(57) "RESINAS DE POLIÉSTER DE CRISTALIZAÇÃO LENTA". A presente
invenção refere-se a resinas de tereftalato de polietileno de cristalização lenta,
que possuem uma temperatura máxima exotérmica de cristalização em
aquecimento significativamente mais elevada (TH) em comparação com aquelas
das resinas de tereftalato de polietileno catalisado em antimônio convencional.
As resinas de tereftalato de polietileno da presente invenção são especialmente
úteis para produzir garrafas de enchimento a quente tendo excepcional
limpidez.
(71) Wellman, Inc. (US)
(72) Tony Clifford Moore, David Eugene Thompson, Sharon Sue Griffith, Carl
Steven Nichols, Billy Mack Humelsine, Robert Joseph Schivaone
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 21/11/2005
(86) PCT US2004/016375 de 21/05/2004
(87) WO 2004/104080 de 02/12/2004
(21) PI 0410574-5 (22) 05/03/2004
1.3
(30) 20/05/2003 CH 900/03
(51) G08B 13/24
(54) ETIQUETA DE FIOS DE POLIÉSTER E INSTALAÇÃO PARA SUA
FABRICAÇÃO
(57) "ETIQUETA DE FIOS DE POLIÉSTER E INSTALAÇÃO PARA SUA
FABRICAÇÃO". A etiqueta é provida de fios de poliéster, com um transponder
(8) disposto entre duas camadas têxteis (4, 6), sendo que as camadas têxteis
estão ligadas entre si em ao menos dois lados (10, 12) mutuamente contrapostos. Uma produção simples da etiqueta resulta do fato de que as camadas
têxteis (4, 6) são fabricadas independentes entre si e são ligadas entre si em
dois lados (10, 12) mutuamente contrapostos ao menos por solda (14, 16)
pontual.
(71) Textilma AG. (CH)
(72) Francisco Speich
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 21/11/2005
(86) PCT CH2004/000133 de 05/03/2004
(87) WO 2004/104956 de 02/12/2004
(21) PI 0410575-3 (22) 09/01/2004
1.3
(30) 21/05/2003 JP 2003-143638
(51) C22C 38/04, C22C 38/14, C21D 9/46
(54) CHAPA DE AÇO DE ALTA RESISTÊNCIA LAMINADA A FRIO E CHAPA
DE AÇO DE ALTA RESISTÊNCIA COM SUPERFÍCIE TRATADA, COM LIMITE
DE RESISTÊNCIA À TRAÇÃO DE 780 MPA OU MAIS, TENDO EXCELENTE
CAPACIDADE DE CONFORMAÇÃO LOCAL E AUMENTO SUPRIMINDO NA
DUREZA DA SOLDA
(57) "CHAPA DE AÇO DE ALTA RESISTÊNCIA LAMINADA A FRIO E CHAPA
RPI 1850 de 20/06/2006
DE AÇO DE ALTA RESISTÊNCIA COM SUPERFÍCIE TRATADA, COM LIMITE
DE RESISTÊNCIA À TRAÇÃO DE 780 MPA OU MAIS, TENDO EXCELENTE
CAPACIDADE DE CONFORMAÇÃO LOCAL E AUMENTO SUPRIMIDO NA
DUREZA DA SOLDA". A presente invenção refere-se a uma chapa de aço
laminada a frio de alta resistência e a uma chapa de aço de alta resistência com
superfície tratada com 780 MPa ou mais de limite de resistência à tração, as
ditas chapas de aço tendo excelente capacidade de conformação local e
aumento de dureza da solda suprimido e sendo caracterizadas pelo fato de que
as ditas chapas de aço contêm, em peso, C: 0,05 a 0,09%, Si: 0,4 a 1,3%, Mn:
2,5 a 3,2%, P: 0,001 a 0,05%, N: 0,0005 a 0,006% Al: 0, 005 a 0,1%, Ti: 0,001 a
0,045%, e S na faixa estipulada pela expressão (A) a seguir, com o saldo
consistindo em Fe e as inevitáveis impurezas; as microestruturas das
mencionadas chapas de aço sendo compostas de bainita de 7% ou mais em
termos de porcentagem de área e o saldo consistindo em um ou mais dentre
ferrita, martensita, martensita temperada e austenita retida; e os ditos
componentes nas mencionadas chapas de aço satisfazendo as expressões (C)
e (D) a seguir quando Mn eq. é definido pela expressão (B) a seguir; S ≤ 0,08 x
(Ti(%) - 3,43 x N(%)) + 0,004 ... (A), onde, quando o valor do membro Ti(%) 3,43 x N(%) da dita expressão (A) é negativo, o valor é considerado como zero,
Mn eq. = Mn(%) - 0,29 x Si(%) + 6,24 x C(%) ... (B), 950 ≤ (Mn eq. / (C(%) (Si(%)/75))) x porcentagem de área de bainita (%) ... (C), C(%) + (Si(%)/20) +
(Mn(%)/18) ≤ 0,30 ... (D).
(71) Nippon Steel Corporation (JP)
(72) Koichi Goto, Riki Okamoto, Hirokazu Taniguchi
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 21/11/2005
(86) PCT JP2004/000126 de 09/01/2004
(87) WO 2004/104256 de 02/12/2004
(21) PI 0410576-1 (22) 15/06/2004
1.3
(30) 17/06/2003 DK PA 2003 00898
(51) C07D 257/04, A61K 31/41, A61P 19/00
(54) COMPOSTO QUÍMICO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DE UM
COMPOSTO OU UM SAL FARMACEUTICAMENTE ACEITÁVEL DO MESMO,
E, MÉTODO PARA O TRATAMENTO, PREVENÇÃO OU ALÍVIO DE UMA
DOENÇA OU UM DISTÚRBIO OU CONDIÇÃO DE UM CORPO DE ANIMAL
VIVO
(57) "COMPOSTO QUÍMICO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DE UM
COMPOSTO OU UM SAL FARMACEUTICAMENTE ACEITÁVEL DO MESMO,
E, MÉTODO PARA O TRATAMENTO, PREVENÇÃO OU ALÍVIO DE UMA
DOENÇA OU UM DISTÚRBIO OU CONDIÇÃO DE UM CORPO DE ANIMAL
VIVO". A presente invenção refere-se a novos derivados de difeniluréia
utilizáveis como bloqueadores de canal de cloreto. Em outros aspectos, a
invenção refere-se ao uso destes compostos em um método para terapia, e a
composições farmacêuticas compreendendo os compostos da invenção.
(71) Neurosearch A/S (DK)
(72) Bjarne H. Dahl, Palle Christophersen
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/051111 de 15/06/2004
(87) WO 2004/111017 de 23/12/2004
(21) PI 0410577-0 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 EP 03076591.1; 23/05/2003 EP 03076589.5; 23/05/2003 EP
03076592.9; 23/05/2003 EP 03076590.3
(51) C07D 201/04, C07D 223/10
(54) PROCESSO CONTÍNUO PARA A PREPARAÇÃO DE CAPROLACTAMA
(57)
"PROCESSO
CONTÍNUO
PARA
A
PREPARAÇÃO
DE
CAPROLACTAMA". A invenção se relaciona a um processo contínuo para a
preparação de caprolactama por rearranjo de Beckmann da ciclohexanona
oxima, o referido processo compreendendo: a) suprimento de um (i) óleo e (ii)
ciclohexanona ox ima em uma primeira mistura de reação que compreende
caprolactama, ácido sulfúrico e SO3, b) suprimento de (iii) uma porção da
primeira mistura de reação e (iv) ciclohexanona oxima em uma segunda mistura
de reação que compreende caprolactama, ácido sulfúrico e SO3, c) retirada de
uma porção da segunda mistura de reação, onde o processo também
compreende a obtenção de ciclohexanona oxima que é suprida às misturas de
reação por: 1) preparação de um meio orgânico que compreende ciclohexanona
oxima dissolvida em um solvente orgânico 2) separação por destilação, de
ciclohexanona oxima do referido meio orgânico.
(71) DSM IP Assets B.V. (NL)
(72) Joannes Albertus Wilhelmus Lammens, Frank Mostert, Theodorus Maria
Smeets
(74) Orlando de Souza
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005643 de 17/05/2004
(87) WO 2004/103964 de 02/12/2004
(21) PI 0410578-8 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 AU 2003902582
(51) F04D 29/08, F04D 27/00
(54) DISPOSITIVO DE ALÍVIO DE PRESSÃO PARA UMA BOMBA
(57) "DISPOSITIVO DE ALÍVIO DE PRESSÃO PARA UMA BOMBA".
Dispositivo de alívio de pressão para uma bomba (10) que inclui um mecanismo
de invólucro da bomba com uma câmara de bombeamento (25 ) naquele, o
mecanismo de invólucro da bomba incluindo uma seção (41) montada para
movim ento entre uma posição normal de funcionamento normal e uma posição
de sangria, um elemento de corte (45) estando adaptado para reter a seção na
posição normal de funcionamento, a seção (41) estando montada de modo que
a pressão dentro da câmara de bombeam ento (25) possa agir na seção (41 ) e
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 37
quando a pressão dentro da câmara de bombeamento (25) alcança uma
pressão específica o elemento de corte (45) falhará, permitindo deste modo
movimento da seção (41) da posição normal de funcionamento para a posição
de sangria.
(71) Weir Warman Ltd (AU)
(72) Kevin Edward Burgess
(74) Orlando de Souza
(85) 23/11/2005
(86) PCT AU2004/000646 de 17/05/2004
(87) WO 2004/104423 de 02/12/2004
(21) PI 0410579-6 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,375
(51) D21F 7/08
(54) ESTRUTURA DA TELA DE PRENSA RESISTENTE À CONTAMINAÇÃO E
MÉTODO DE FABRICAÇÃO
(57) "ESTRUTURA DA TELA DE PRENSA RESISTENTE À CONTAMINAÇÃO
E MÉTODO DE FABRICAÇÃO". A presente invenção é direcionada a telas para
máquinas de fabricação papel que são conferidas resistência à contaminação e
manutenção de boa permeabilidade como um resultado de um revestimento
durável que dura a vida toda da tela. Um fluoropolímero irá conferir a resistência
à contaminação da tela sobre o tempo de vida total da tela.
(71) Albany International Corp. (US)
(72) John M. Hawes
(74) Orlando de Souza
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/016049 de 21/05/2004
(87) WO 2005/038128 de 28/04/2005
(21) PI 0410580-0 (22) 17/03/2004
1.3
(30) 23/05/2003 DE 103 23 417.9
(51) A23C 13/00, C08J 5/18
(54) ENVOLTÓRIO OU FOLHA PARA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS EM
FORMA PLANA OU EM FORMA DE MANGUEIRA, QUE PODE SER
DEFUMADO, PARA EMBALAGENS DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS, ASSIM
COMO PROCESSO PARA SUA FABRICAÇÃO
(57) "ENVOLTÓRIO OU FOLHA PARA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS EM
FORMA PLANA OU EM FORMA DE MANGUEIRA, QUE PODE SER
DEFUMADO, PARA EMBALAGENS DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS, ASSIM
COMO PROCESSO PARA SUA FABRICAÇÃO". A presente invenção indica
um envoltório ou folha para produtos alim entícios em forma plana ou em forma
de mangueira, que pode ser defumado, para embalagens de produtos
alimentícios, como por exemplo envoltórios para salsicha, bolsas retráteis ou
semelhante, em base de polímeros, o qual pela primeira vez, é fabricado no
processo de moldagem a sopro por bocal, de uma fusão homogênea de
materiais plásticos de uma mistura de material plástico, pelo menos de PA
(poliamida), com PVAL (álcool polivinílico) e PEBAX (polieterblocamida). O
envoltório ou folha para produtos alimentícios, apresenta uma permeabilidade
2
de vapor de água, a qual é de pelo menos 1 kg/m em 24 h. Sua
permeabilidade de oxigênio fica em 24 h, no caso de uma espessura de folha
3
2
de 30 µm, embaixo de 2,1 cm /m . Além disso, a presente invenção mostra pela
primeira vez um processo para sua fabricação.
(71) Kuhne Anlagenbau Gmbh (DE)
(72) Jürgen Schiffmann
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/002767 de 17/03/2004
(87) WO 2004/103079 de 02/12/2004
(21) PI 0410581-8 (22) 21/05/2004
(30) 23/05/2003 US 60/473,206
(51) B65D 5/04, B65D 5/44, B65D 5/00
(54) RECIPIENTES PARA A EXPEDIÇÃO DE PRODUTOS E PEÇAS
BRUTO UNITÁRIA DE PAPELÃO CORRUGADO PARA FABRICAR
RECIPIENTE PARA EXPEDIÇÃO
(57) "RECIPIENTES PARA A EXPEDIÇÃO DE PRODUTOS E PEÇAS
1.3
EM
UM
EM
BRUTO UNITÁRIA DE PAPELÃO CORRUGADO PARA FABRICAR UM
RECIPIENTE PARA EXPEDIÇÃO". Trata-se de um recipiente (10) para expedir
produtos, que possui paredes de extremidade opostas (11, 12) e paredes
laterais opostas (13, 14), sendo que cada uma possui um painel de parede
interno (16, 17 e 20, 21, respectivamente) e um painel de parede externo (18,
19 e 22, 23, respectivamente) que definem paredes de espessura dupla. os
painéis de parede externos nas paredes laterais são dispostos de forma
ortogonal aos painéis de parede externos nas paredes de extremidade para
definir uma configuração de recipiente externa retangular ou quadrada, e os
painéis de extensão (25a, 25b) sobre bordas laterais opostas de um primeiro
par (16, 17) dos painéis de parede internos se estendem de forma diagonal
através de margens internas do recipiente para definir com os painéis de
parede internos uma configuração de recipiente interna octogonal. As abas
inferiores (40, 41, 42 e 43) conectadas de forma dobrável às bordas inferiores
dos painéis de parede externos a partir de uma parede inferior periférica (15), e
incluem detentores de trava rápida (46,47 e 52, 53, 54) permitindo montagem
rápida e fácil da parte inferior. Em uma modalidade (10’), um pain el de reforço
(61) é formado em dois dos painéis de parede internos, e é dobrável até uma
posição entre os painéis de parede interno e externo, na parte superior destes,
para reforçar as paredes do recipiente. Uma peça em bruto (B, B’) para fabricar
o recipiente (10, 10’) também é descrita.
(71) International Paper Company (US)
(72) Stanley L. Fry, Timi Disalvo
(74) Vieira de Mello Advogados
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/016097 de 21/05/2004
(87) WO 2004/106171 de 09/12/2004
(21) PI 0410582-6 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,734; 04/06/2003 US 10/455,492
(51) B32B 15/16, B32B 18/00, B32B 33/00, B22F 3/10
(54) ELEMENTO DURO RESISTENTE AO DESGASTE TENAZ
(57) "ELEMENTO DURO RESISTENTE AO DESGASTE TENAZ". Expõe-se um
elemento resistente ao desgaste (20) que inclui um elemento composto duro
(24) fixado a um suporte (22) O elemento composto duro (24) inclui
constituintes duros distintos (34) distribuídos no mesmo. Cada um dos
constituintes duros distintos (34) é dotado de uma área de superfície de cerca
2
2
de 0,00645 cm (0,001 de polegada quadrada) até cerca de 103,225 cm (16
polegadas quadradas). O elemento composto duro (24) contém ainda um pó de
matriz (30) que inclui partículas em que substancialmente todas as partículas
têm uma dimensão menor do que a dimensão dos constituintes duros. Os
constituintes duros (34) e o pó de matriz (30) são aglutinados entre si por meio
de uma liga de infiltração (31) para formar o elemento composto duto (24) O
suporte (22) é feito de um mat erial que se aglutina com a liga de infiltração (31).
(71) Kennametal Inc (US)
(72) Shivanandi I. Majagi
(74) Vieira de Mello Advogados
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/016042 de 17/05/2004
(87) WO 2005/030667 de 07/04/2005
(21) PI 0410583-4 (22) 27/04/2004
1.3
(30) 26/05/2003 SE 0301528-6
(51) B61G 7/00, B61G 9/20
(54) MANGA DE ACOPLAMENTO PARA ACOPLADORES DE VEÍCULO
(57) "MANGA DE ACOPLAMENTO PARA ACOPLADORES DE VEÍCULO". A
presente invenção se refere a uma manga de acoplamento (braçadeira de
acoplamento, envolvimento de acoplamento) intencionada para acopladores de
veículo do tipo que compreende dois componentes (2, 3) formados com flanges
configurados em anel (13) e interconectáveis por intermédio de uma manga de
acoplamento (8) consistindo de pelo menos duas partes de arco (9) passíveis
de aperto uma contra a outra, cada uma das quais separadamente possui uma
canelura interna (15) formada entre dois ressaltos internos (14), canelura (15)
que está delimitada por um fundo (26) e por duas superfícies opostas, laterais
38
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
de transferência de força (17, 17’), que são obliquamente inclinadas ou cônicas
de maneira que, sobre apertamento radial das partes de arco (9) uma contra a
outra, são pressionadas contra superfícies de apoio analogamente
obliquamente inclinadas ou cônicas (18) sobre os referidos flanges (13) dos
componentes (2, 3), e por intermédio disso, pela ação de cunha (de calço),
transferir forças componentes axiais para os mesmos com o propósito de
pressionar as extremidades dos componentes (2, 3) em contato cerrado um
contra o outro. Em concordância com a presente invenção, pelo menos um dos
referidos componentes (2, 3) em adição para o primeiro flange (13) possui uma
primeira superfície de apoio (18) incluindo um segundo flange (13’) estando
espaçado axialmente a partir do mesmo e possuindo uma segunda, superfície
de apoio obliquamente inclinada (18’), referidas forças componentes axiais que
diretamente ou indiretamente são transferidas a partir das partes de arco (9) por
intermédio de duas superfícies laterais analogamente obliquamente inclinadas
(17, 17’) estando distribuídas para ambas as superfícies de apoio em um trem
axial de forças próximo do exterior dos componentes (2, 3).
(71) Dellner Couplers AB (SE)
(72) Westman, Anders, Jernberg, Gunnar, Eriksson, Mats
(74) Magnus Aspeby e Claudio Marcelo Szabas
(85) 23/11/2005
(86) PCT SE2004/000638 de 27/04/2004
(87) WO 2004/103790 de 02/12/2004
(21) PI 0410584-2 (22) 20/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,605
(51) A61L 15/58, A61L 15/60, A61F 13/15
(54) ESTRUTURA ABSORVENTE DE LÍQUIDO FLEXÍVEL
(57) "ESTRUTURA ABSORVENTE DE LÍQUIDO FLEXÍVEL". A presente
invenção refere-se a uma estrutura absorvente flexível fina compreendendo um
substrato flexível e um material absorvente de líquido aquoso disposto no dito
substrato, onde o dito material absorvente de líquido aquoso compreende uma
mistura homogênea de um adesivo derretido a quente e um polímero
absorvente de líquido aquoso, onde o polímero absorvente de líquido aquoso
está presente na mistura em uma quantidade maior do que 1% em peso da
mistura e a estrutura absorvente de líquido aquosa tem uma absorvência maior
do que cerca de 5 g/g e uma dureza Gurley menor do que cerca de 400 mg e
um calibre menor do que cerca de 4 mm.
(71) Mcneil- PPC, Inc. (US)
(72) Brian Michael Drzewiecki, Joseph M. Luizzi
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/015750 de 20/05/2004
(87) WO 2004/112849 de 29/12/2004
(21) PI 0410585-0 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 DE 103 23 305.9
(51) C23C 22/16, C23C 22/18, C23C 22/36, C23C 22/73
(54) PROCESSO E SOLUÇÃO PARA REVESTIMENTO DE SUPERFÍCIES
METÁLICAS COM UMA SOLUÇÃO DE FOSFATAÇÃO CONTENDO
RPI 1850 de 20/06/2006
PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO, OBJETO METÁLICO PRODUZIDO E USO DO
OBJETO
(57) "PROCESSO E SOLUÇÃO PARA REVESTIMENTO DE SUPERFÍCIES
METÁLICAS COM UMA SOLUÇÃO DE FOSFATAÇÃO CONTENDO
PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO, OBJETO METÁLICO PRODUZIDO E USO DO
OBJETO". A presente invenção refere-se a um processo para tratamento ou
pré-tratamento de superfícies metálicas de objetos com solução aquosa, ácida
contendo zinco e fosfato. A referida invenção é caracterizada pelo fato de que a
solução de fosfatação contém entre 0,1 - 10 g/l de zinco, 4-50 g/l de fosfato
calculado como PO4, entre 0,03 - 3 g/l de pelo menos um composto de
guanidina, pelo menos um grupo nitro calculado como nitro guanidina, e entre
0,001 a 0,9 g/l de peróxido de hidrogênio, e tem uma temperatura menor do que
80ºC. A invenção também refere-se a uma composição aquosa, ácida
correspondente.
(71) Chemetall Gmbh (DE)
(72) Thomas Nitschke, Rüdiger Rein, Eckart Schönfelder, Peter Schubach,
Jürgen Specht
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005282 de 17/05/ 2004
(87) WO 2004/104266 de 02/12/2004
(21) PI 0410586-9 (22) 10/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 DE 103 23 840.9; 15/01/2004 DE 10 2004 002 356.5
(51) C01B 15/14, C01B 13/02, A61K 33/40, A61L 15/18
(54) USO DE MISTURAS PULVERULENTAS CONTENDO PERÓXIDO DE
HIDROGÊNIO E DIÓXIDO DE SILÍCIO HIDROFOBIZADO PARA A
LIBERAÇÃO CONTROLADA DE PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO OU OXIGÊNIO
(57) "USO DE MISTURAS PULVERULENTAS CONTENDO PERÓXIDO DE
HIDROGÊNIO E DIÓXIDO DE SILÍCIO HIDROFOBIZADO PARA A
LIBERAÇÃO CONTROLADA DE PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO OU
OXIGÊNIO". A presente invenção refere-se a misturas pulverulentas contendo
peróxido de hidrogênio e dióxido de silício hidrofobizado que são usadas para a
liberação controlada de peróxido de hidrogênio e/ou oxigênio. A liberação
controlada pode ocorrer em uma base de retardo de tempo ou sob aplicação de
pressão. Peróxido de hidrogênio pode ser liberado para meios aquosos ou
pulverulentos e em emulsões, géis, cremes ou pastas.
(71) Degussa AG (DE)
(72) Egon Walzer, Corinna Sc hmidt, Friedhelm Brandner, Steffen Hasenzahl,
Mario Scholz, Birgit Del Grosso
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/004954 de 10/05/2004
(87) WO 2004/103508 de 02/12/2004
(21) PI 0410587-7 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 EP 03 076590.3; 23/05/2003 EP 03 076591.1; 23/05/2003 EP
03 076589.5; 23/05/2003 EP 03 076592.9
(51) C07D 201/04, B01J 19/26
(54) PROCESSO PARA PREPARAÇÃO DE CAPROLACTAMA POR MISTURA
DE OXIMA DE CICLOHEXANONA A UMA MISTU RA REACIONAL
(57) "PROCESSO PARA PREPARAÇÃO DE CAPROLACTAMA POR
MISTURA DE OXIMA DE CICLOHEXANONA A UMA MISTURA REACIONAL".
A invenção refere-se a um processo para preparação de caprolactama por
mistura de oxima de ciclohexanona com uma mistura reacional, que
compreende caprolactama e ácido sulfúrico, por uso de um dispositivo de
mistura, o dito dispositivo de mistura compreendendo: (i) um tubo através do
qual a mistura reacional pode escoar; e (ii) canais dispostos em torno do tubo,
os ditos canais se abrindo para o tubo, o dito processo compreendendo: passar
a mistura reacional pelo tubo; e alimentar a oxima de ciclohexanona à mistura
reacional, por meio de um ou mais dos ditos canais, em que Re > 5.000, Re
sendo o número de Reynolds, definido por p.V.D/ η, em que: ρ = densidade (em
3
kg/m ) da mistura reacional que é alimentada ao tubo; V = velocidade da
3
mistura reacional, V sendo definida como W/A, W sendo a vazão (em m /s) da
mistura reacional que é alimentada ao tubo, e A é a área da seção transversal
2
do tubo (em m ) , no nível no qual os ditos canais se abrem para o tubo; D =
diâmetro do tubo no nível no qual os ditos canais se abrem para o tubo (em m);
e η = viscosidade da mistura reacional que é alimentada ao tubo (em Pa.s).
(71) DSM IP Assets B.V. (NL)
(72) Theodorus Maria Smeets, Joannes Albertus Wilhelmus Lemmens, Frank
Mostert, Peter Wei-Hae Cheng
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005338 de 17/05/2004
(87) WO 2004/113287 de 29/12/2004
(21) PI 0410588-5 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 DE 103 23 254.0
(51) F16H 3/54, F16H 37/04, F16H 57/08
(54) ENGRENAGEM PLANETÁRIA
(57) "ENGRENAGEM PLANETÁRIA". A presente invenção refere-se a uma
engrenagem planetária (8), que abrange uma roda oc a (24), uma roda central
(52) e um suporte planetário (10) com pinos planetários (18), em que está
montada ao menos uma roda planetária (20), que apresenta um dispositivo de
câmbio com uma luva corrediça (66), que em uma posição de câmbio possibilita
uma ligação direta entre um eixo (44) acionando a engrenagem planetária (8) e
um eixo de saída (12) da engrenagem planetária (8) e, em uma outra posição
de câmbio, possibilita uma alteração de número de rotações entre o eixo (44)
de acionamento e o eixo de saída (12) da engrenagem planetária (8),
caracterizada pelo fato de que o pino planetário (18) está disposto giratório no
RPI 1850 de 20/06/2006
suporte planetário (10) em um mancal (22, 80).
(71) ZF Friedrichshafen AG (DE)
(72) Josef Bader
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005329 de 18/05/2004
(87) WO 2004/104445 de 02/12/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 39
EÓLICA, E, INSTALAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA". A presente invenção referese a uma lâmina de rotor para uma instalação de energia eólica
compreendendo uma pluralidade de orifícios que são dispostos na região da
raiz de lâmina de rotor e que são na forma de orifícios transpassantes que se
estendem substancialmente transversalmente com respeito ao eixo geométrico
longitudinal da lâmina de rotor, pinos transversais que são inseridos nos
orifícios e elementos de tens ão que podem ser conectados aos pinos
transversais. Nesta disposição, os elementos de tensão do estado da arte
estendem -se no interior da raiz de lâmina de rotor e, assim, enfraquecem o
material nesta região. Para eliminar aquelas desvantagens por meio de uma
simplificação estrutural, a lâmina de rotor de acordo com a invenção e
caracterizada por compreender elementos de tensão estendendo-se fora da raiz
de lâmina de rotor. Neste caso, a invenção é baseada no conhecimento que,
desta maneira, a região da rai z de lâmina de rotor no cubo é admitidamente
alterada em uma maneira aerodinamicamente desvantajosa, mas que não tem
qualquer influencia prejudicial sobre as características acústicas e as outras
propriedades da instalação porque esta região da lâmina de rotor ou é coberta
pelo rotor ou é disposta pelo menos na parte do rotor, que gira mais lentamente.
(71) Aloys Wobben (DE)
(72) Aloys Wobben
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005166 de 14/05/2004
(87) WO 2004/106732 de 09/12/2004
(21) PI 0410589-3 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,522
(51) D21H 21/02, D21C 9/08
(54) MÉTODO PARA CONTROLAR DEPOSIÇÃO DA RESINA E ADERENTES
(57) "MÉTODO PARA CONTROLAR DEPOSIÇÃO DA RESINA E
ADERENTES". A presente invenção refere-se a um método para controlar
Resina e Aderentes é divulgado. O método compreende adicionar hidroxietil
celulose modificada de maneira hidrofóbica (HMHEC) e polímeros catiônicos a
uma pasta fluida de fibra celulósica (polpa) ou a um processo para papel ou a
um sistema para fabricação de papel e resulta em um grau mais elevado de
inibição de deposição orgânica e retenção da resina em fibra de papel quando
comparado à inibição de ingredientes individuais. A combinação de HMHEC e
polímeros catiônicos resulta surpreendentemente em um efeito sinérgico.
(71) Hercules Incorporated (US)
(72) Riet Van de Steeg, Raymond Koerhuis, Freddie L. Singleton
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/015879 de 18/05/2004
(87) WO 2004/113611 de 29/12/2004
(21) PI 0410590-7 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 EP 03 445063.5; 23/05/2003 US 60/472,783
(51) B32B 21/00, E04F 15/04
(54) MÉTODO DE PRODUÇÃO DE UM MATERIAL EM CAMADAS, E O
MATERIAL EM CAMADAS
(57) "MÉTODO DE PRODUÇÃO DE UM MATERIAL EM CAMADAS, E O
MATERIAL EM CAMADAS". A presente invenção refere-se a um método para
produção de um material em camadas. Esse método inclui as etapas de
impregnar um substrato com uma resina de termocura e também impregnar ou
revestir o substrato assim impregnado com uma dispersão compreendendo
microesferas termicamente expansíveis.
(71) Coveright Surfaces Holding Gmbh (DE)
(72) Monika Barbara Bischoff, Alexandra Bruns, Michael Guth, Constantijn
Bernardus Hemel, Thomas Gerhard Willi Krönke, Thomas Thews, Detlef
Andreas Wenzel
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005378 de 19/05/20 04
(87) WO 2004/103698 de 02/12/2004
(21) PI 0410591-5 (22) 14/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 DE 103 24 166.3
(51) F03D 1/06
(54) LÂMINA DE ROTOR E ROTOR PARA UMA INSTALAÇÃO DE ENERGIA
EÓLICA, E, INSTALAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA
(57) "LÂMINA DE ROTOR E ROTOR PARA UMA INSTALAÇÃO DE ENERGIA
(21) PI 0410592-3 (22) 10/08/2004
1.3
(30) 14/08/2003 KR 10-2003- 0056607
(51) G11B 20/10
(54) MÍDIA DE ARMAZENAMENTO DE INFORMAÇÕES, MÉTODO DE
REPRODUÇÃO DE DADOS ÁUDIO-VISUAIS EM UM MODO DE
NAVEGAÇÃO APERFEIÇOADA ("ENHANCED NAVIGATION" - ENAV),
APARELHO DE REPRODUÇÃO, SISTEMA DE REPRODUÇÃO POSSUINDO
UM MODO PARA REPRODUÇÃO E EXIBIÇÃO DE DADOS ÁUDIO-VISUAIS E
DADOS DE NAVEGAÇÃO APERFEIÇOADA ("ENHANCED NAVIGATION" ENAV) DE UMA MÍDIA DE ARMAZENAMENTO DE INFORMAÇÕES,
MÉTODO DE PRÉ-CARREGAMENTO DE DADOS DE NAVEGAÇÃO
APERFEIÇOADA ("ENHANCED NAVIGATION" - ENAV) REQUERIDOS, E
PROGRAMA DE COMPUTADOR PASSÍVEL DE LEITURA POR UM
COMPUTADOR
(57) "MÍDIA DE ARMAZENAMENTO DE INFORMAÇÕES, MÉTODO DE
REPRODUÇÃO DE DADOS ÁUDIO-VISUAIS EM UM MODO DE
NAVEGAÇÃO APERFEIÇOADA ('ENHANCED NAVIGATION' - ENAV)
APARELHO DE REPRODUÇÃO, SISTEMA DE REPRODUÇÃO POSSUINDO
UM MODO PARA REPRODUÇÃO E EXIBIÇÃO DE DADOS ÁUDIO-VISUAIS E
DADOS DE NAVEGAÇÃO APERFEIÇOADA ('ENHANCED NAVIGATION' ENAV) DE UMA MÍDIA DE ARMAZ ENAMENTO DE INFORMAÇÕES,
MÉTODO DE PRÉ-CARREGAMENTO DE DADOS DE NAVEGAÇÃO
APERFEIÇOADA ('ENHANCED NAVIGATION' ENAV) REQUERIDOS, E
PROGRAMA DE COMPUTADOR PASSÍVEL DE LEITURA POR UM
COMPUTADOR". Trata-se de um método e um aparelho para reprodução de
dados áu dio-visuais em um modo de Navegação Aperfeiçoada ('Enhanced
Navigation' - ENAV), e uma mídia de armazenamento de informações para o
mesmo. A mídia de armazenamento de informações armazena dados áudiovisuais, e pelo menos um aplicativo de Navegação Aperfeiçoada ('Enhanced
Navigation' - ENAV) incluindo pelo menos um arquivo de Navegação
Aperfeiçoada ('Enhanced Navigation' ENAV) , e o arquivo de Navegação
Aperfeiçoada ('Enhanced Navigation' - ENAV) é reproduzido juntamente com os
dados áudio -visuais, em que o aplicativo de Navegação Aperfeiçoada
('Enhanced Navigation' - ENAV) inclui um arquivo de informações de
carregamento, que inclui informações de pré-carregamento especificando a
localização de um arquivo de Navegação Aperfeiçoada ('Enhanced Navigation' ENAV) a ser armazenado temporariamente anteriormente à reprodução do
aplicativo de Navegação Aperfeiçoada ('Enhanced Navigation' - ENAV) , como o
arquivo de Navegação Aperfeiçoada ('Enhanced Navigation' - ENAV). Desta
forma, torna-se possível assegurar uma reprodução ininterrupta de dados
áudio-visuais para um aplicativo de Navegação Aperfeiçoada ('Enhanced
40
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
Navigation' - ENAV) .
(71) Samsung Electronics Co., Ltd. (KR)
(72) Kil-Soo Jung, Sung-Wook Park
(74) Paulo C. Oliveira & Cia
(85) 23/11/2005
(86) PCT KR2004/002007 de 10/08/2004
(87) WO 2005/017896 de 24/02/2005
(21) PI 0410593-1 (22) 20/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 60/472,884
(51) G01V 1/28
(54) MÉTODO PARA PREDIÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO DE TAMANHO DE
GRÃO A PARTIR DO FORMATO DE UM CORPO SEDIMENTAR
(57) "MÉTODO PARA PREDIÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO DE TAMANHO DE
GRÃO A PARTIR DO FORMATO DE UM CORPO SEDIMENTAR". As
propriedades internas de um corpo sedimentar depositado com água podem ser
determinadas a partir do formato do depósito. Um método compreende resolver
equações relativas ao formato de um corpo sedimentar para o campo de fluxo
que produziu o corpo e usar o campo de fluxo para resolução para as
propriedades de corpo sedimentar em pelo menos um ponto no corpo. As
propriedades de campo de fluxo incluem velocidade de fluxo, frações em
volume de sedimento em suspensão, tempo de deposição, e altura de fluxo. As
propriedades dos sedimentos depositados com água incluem, além das
propriedades de fluxo associadas à deposição dos sedimentos, a espessura do
corpo sedimentar, o tamanho do corpo, o formato do corpo e a distribuição de
tamanho de grão em pontos no corpo.
(71) Exxonmobil Upstream Research Company (US)
(72) Max Deffenbaugh, John C. Van Wagoner, Chun Huh, Tao Sun
(74) Orlando de Souza
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/015896 de 20/05/2004
(87) WO 2004/106974 de 09/12/2004
(21) PI 0410594-0 (22) 20/04/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/446,265
(51) B61F 3/00
(54) REVESTIMENTO DO CONJUNTO DE CHAPA CENTRAL CONDUTIVO
DO CARRO DE ESTRADA DE FERRO
(57) "REVESTIMENTO DO CONJUNTO DE CHAPA CENTRAL CONDUTIVO
DO CARRO DE ESTRADA DE FERRO". A presente invenção refere-se a um
revestimento do conjunto de chapa central autolubrificante para colocar entre
uma chapa central do chassi e uma câmara receptora de travessa do vagão de
um conjunto de chapa central em um carro de estrada de ferro, em que o
revestimento é configurado para substancialmente combinar com as chapas
centrais e inclui um corpo tendo uma porção de porta-carga de uret ana
carregada de vidro e uma pluralidade de membros resilientes condutivos
compressíveis de uretana carregada de carbono que se estendem através,
acima e abaixo da porção de porta-carga para prover uma continuidade elétrica
entre a chapa e câmara receptora no conjunto de chapa central.
(71) Zeftek, Inc. (US)
(72) John D. Anderson, W. Matthew Tonn
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/012243 de 20/04/2004
(87) WO 2004/106134 de 09/12/2004
(21) PI 0410595-8 (22) 20/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,443
(51) A61F 13/472, A61F 13/53
(54) ABSORVENTE HIGIÊNICO FINO E FLEXÍVEL TENDO UMA ESTRUTURA
ABSORVENTE RESISTENTE À COMPRESSÃO
(57) "ABSORVENTE HIGIÊNICO FINO E FLEXÍVEL TENDO UMA
ESTRUTURA ABSORVENTE RESISTENTE À COMPRESSÃO". A presente
invenção refere-se a um absorvente higiênico fino e flexível compreendendo um
meio absorvente tendo uma resistência à compressão maior que cerca de 110
3
kg/cm uma resistência flexional menor que cerca de 400,0 gramas, uma
capacidade de teste de pelo menos cerca de 5,0 gramas, e uma capacidade
total de pelo menos cerca de 10,0 gramas.
(71) Mcneil- PPC, Inc. (US)
(72) Brian Michael Drzewiecki, James P. Barr
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/016033 de 20/05/2004
(87) WO 2004/105666 de 09/12/2004
(21) PI 0410596-6 (22) 08/07/2004
1.3
(30) 28/07/2003 IT MI2003 4 01546
(51) B21C 47/04, B21C 47/18, B21C 47/26, B21B 1/46
(54) SISTEMA TERMO-ELETROMECÂNICO E PROCESSO PARA O
TRATAMENTO TERMO- MECÂNICO DE UMA PRÉ-TIRA
(57) "SISTEMA TERMO-ELETROMECÂNICO E PROCESSO PARA O
TRATAMENTO TERMO- MECÂNICO DE UMA PRÉ-TIRA". Um sistema e
processo termo-eletromecânico correlato com dois dispositivos superpostos (A)
suscetíveis de bobinar e desbobinar uma pré-tira (a) invertendo suas posições,
munidos de queimadores externo (4) e interno (7) para respectivamente igualar
e otimizar a temperatura ao longo da inteira pré-tira por intermédio de
algoritmos especiais do software de controle, próprios também para controlar a
velocidade, aceleração e desaceleração tanto na etapa de bobinar como na de
desbobinar, do mandril (6) até a parada avançada durante o bobinar para deixar
um segmento de cauda (c) da pré-tira fora do dispositivo (A).Uma estrutura
específica do mandril (6) é também descrita.
(71) Giovanni Arvedi (IT)
(72) Giovanni Arvedi
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 23/11/2005
(86) PCT IT2004/000378 de 08/07/2004
(87) WO 2005/009640 de 03/02/2005
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410597-4 (22) 18/06/2004
1.3
(30) 27/06/2003 JP 2003-184611; 21/08/2003 JP 2003- 297749; 06/10/2003 JP
2003-347174; 14/10/2003 JP 2003-353748
(51) H02K 37/14
(54) MOTOR PASSO A PASSO, E, MÉTODO DE FABRICAÇÃO DO MESMO
(57) "MOTOR PASSO A PASSO, E, MÉTODO DE FABRICAÇÃO DO MESMO".
Um motor passo a passo e um método de fabricação do motor onde o número
de partes e montagem homem -hora podem ser reduzidos. O motor passo a
passo (1) possui uma bobina (22) que suporta integralmente uma culatra (2) e
um alojamento de conector (26) que fica disposto em uma porção final em uma
direção axial da bobina (2) e suporta integralmente um pino (25) para conectar
uma espira (23) enrolada ao redor da bobina (22) a um condutor externo. A
bobina (22) e o alojamento de conector (26) são formados integralmente por
resina.
(71) Mitsubishi Materials (JP)
(72) Takanori Ohkawa, Takashi Ida, Osamu Kodaira
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 23/11/2005
(86) PCT JP2004/008600 de 18/06/2004
(87) WO 2005/002028 de 06/01/2005
(21) PI 0410598-2 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 FR 03/06542
(51) B60C 3/04, B60C 11/00, B60C 1/00
(54) PNEUMÁTICO PARA VEÍCULO PESADO DO TIPO AGRÍCOLA OU DE
ENGENHARIA CIVIL
(57) "PNEUMÁTICO PARA VEÍCULO PESADO DO TIPO AGRÍCOLA OU DE
ENGENHARIA CIVIL". A presente invenção refere-se a um pneumático para
veículo pesado do tipo agrícola ou engenharia civil, compreendendo uma
armadura de carcaça radial encimada radialmente por uma armação de topo,
ela propriamente dita coberta radialmente por uma banda de rodagem, a dita
banda de rodagem sendo reunida com dois talões por intermédio de dois
flancos. De acordo com a invenção o pneumático é tal que a relação de forma
H/S é inferior a 0,75 e a relação da largura da banda de rodagem A para a
altura da flecha meridiana B do topo é superior a 17.
(71) Société de Technologie MIchelin (FR) , Michelin Recherche ET TecHnique
S.A. (CH)
(72) Hien Vu, Gilles Godeau
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005646 de 26/05/2004
(87) WO 2004/106089 de 09/12/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 41
(21) PI 0410599-0 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,769
(51) A61B 17/00
(54) MECANISMO ARTICULADO PARA A MANIPULAÇÃO REMOTA DE UM
INSTRUMENTO CIRÚRGICO OU DE DIAGNÓSTICO
(57) "MECANISMO ARTICULADO PARA A MANIPULAÇÃO REMOTA DE UM
INSTRUMENTO CIRÚRGICO OU DE DIAGNÓSTICO". A presente invenção
refere-se a um mecanismo de articulação útil, por exemplo para a manipulação
a distância de diversos instrumentos cirúrgicos e ferramentas de diagnós tico
dentro de ou em regiões do corpo. O movimento dos segmentos na
extremidade proximal do mecanismo resulta em um movimento relativo
correspondente na extremidade distal do mecanismo. Os segmentos proximais
e distais são conectados por um conjunto de cab os de uma tal forma que cada
segmento proximal forma um par distinto com o segmento distal. A referida
configuração permite que cada par de segmento se mova independentemente
um do outro e também permite que o mecanismo de articulação se submeta a
moviment os complexos e adote configurações complexas.
(71) Novare Surgical Systems, Inc. (US)
(72) David J. Danitz, Adam Gold
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/015944 de 21/05/2004
(87) WO 2004/105578 de 09/12/2004
(21) PI 0410603-2 (22) 28/04/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,613
(51) B05B 3/00
(54) CONTROLE DE FLUXO PARA MÁQUINAS DE IRRIGAÇÃO
(57) "CONTROLE DE FLUXO PARA MÁQUINAS DE IRRIGAÇÃO". Esta
invenção refere-se a um método de controle de fluxo de fluido que permite que
uma máquina de irrigação autopropulsora aplique várias quantidades de fluido
quando poderia ser exigido para tratar adequadamente a área de superfície
afetada por cada um dos dispositivos de aplicação de fluido individual na
mesma. O método de controle regula o volume total de fluido emitido por cada
dispositivo de aplicação a um valor predeterminado na medida em que
responde a um sinal de controle adequado para permitir ou impedir o fluxo de
fluido. Este método de controle de fluxo de fluido envolve ciclo rápido baseado
42
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
em tempo do aparelho de controle de fluxo para fornecer fluxo de fluido
continuamente variável como é exigido para satisfazer a saída média desejada
de cada dispositivo de emissão quando a exigência de fluxo varia
ocasionalmente quando necessário para produzir uma taxa de aplicação
predeterminada, selecionada por toda a área de superfície tratada.
(71) Lindsay Manufacturing Company (US)
(72) Wayne D. Choat, Robert E. Callies
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/013688 de 28/04/2004
(87) WO 2004/105464 de 09/12/2004
(21) PI 0410604-0 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 EP 03076590.3; 23/05/2003 EP 03076591.1; 23/05/2003 EP
03076589. 5; 23/05/2003 EP 03076592.9
(51) C07D 201/04, C07D 223/10
(54) PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE CAPROLACTAMA
(57) "PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE CAPROLACTAMA". A invenção
se relaciona a um processo para a preparação de caprolactama por rearranjo
de Beckmann da ciclohexanona oxima através do suprimento de ciclohexanona
oxima à mistura de reação que compreende (i) ácido sulfúrico (ii) SO 3 e (iii)
caprolactama, onde o conteúdo de SO 3 da mistura de reação está entre 9 e
20% em peso e a proporção molar M da mistura de reação definida como (nSO3
+ nH2SO4)/ncap está entre 1 e 1,4, em que: nS03 = quantidade de SO 3 na mistura
de reação, em mol; nH2SO4 = quantidade de H2S0 4 na mistura de reaçao, em
mol; ncap = quantidade de caprolactama na mistura de reação, em mol.
(71) DSM Ip Assets B.V. (NL)
(72) Petrus Jozef Hubertus Thomissen, Joannes Albertus Wilhelmus Lemmens,
Theodorus Maria Smeets
(74) Orlando de Souza
(85) 23/11/2005
(86) PCT EP2004/005340 de 17/05/2004
(87) WO 2004/103963 de 02/12/2004
(21) PI 0410605-9 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 10/444,416
(51) D21F 3/02, B29D 29/00, B29D 31/00, B29C 67/24, B29C 37/00
(54) CORREIA OU FORRO PARA ROLO PARA USO NA PRODUÇÃO DE
PAPEL E PRODUTOS DE PAPEL; E MÉTODO PARA A FABRICAÇÃO DE
TAL CORREIA OU FORRO PARA ROLO
(57) "CORREIA OU FORRO PARA ROLO PARA USO NA PRODUÇÃO DE
PAPEL E PRODUTOS DE PAPEL; E MÉTODO PARA FABRICAÇÃO DE TAL
CORREIA OU FORRO PARA ROLO". A presente invenção e uma correia com
ranhuras ou rolo de superfície, onde aplicável, e um mét odo para fabricação
dessas correias ou rolos, compreendendo colocação de um material
quimicamente reativo sobre uma superfície de correia parcialmente completa e
depósito de um material elastomérico sobre o material quimicamente reativo o
qual reage e forma uma ligação com o mesmo para criar um padrão. A
colocação do material elastomérico é usada para criar as ranhuras, por
exemplo. As ranhuras são formadas sem usinagem e a superfície de correia
resultante é lisa e uniforme sem cortes ou rachaduras.
(71) Albany International Corp. (US)
(72) Eric Romanski
(74) Orlando de Souza
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/015620 de 19/05/2004
(87) WO 2004/110729 de 23/12/2004
(21) PI 0410606-7 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 US 10/448,996
(51) A61K 7/34, A61K 7/38
(54) EMULSÃO ÁGUA-EM-ÓLEO TRANSPARENTE
(57) "EMULSÃO ÁGUA- EM- ÓLEO TRANSPARENTE". A invenção é uma
composição em gel líquido, transparente (50 - 250 NTU, a 21,0 graus C), de alta
eficácia, que é uma emulsão água- em-óleo, isenta de elastômero, com baixa
viscosidade (cerca de 5 - 75 Pa.s). Esses géis liquidos compreendem um ativo
anti-transpirante contendo glicina e com uma baixa relação de metal para
cloreto, em uma fase interna (aquosa) com elevado conteúdo de água (> 30%
em peso da fórmula), um copoliol, e um solubilizante de fragrância na fase
externa. A fase externa (óleo) da composição é isenta de emolientes de silicone
e possui um alto índice de refração (R.I. > 1,4200). As composições em gel
líquido anti-transpirantes/ desodorantes desta invenção compreendem um
mínimo de pelo menos 14% em peso do sal ativo.
(71) Colgate-Palmolive Company (US)
(72) Christine Popoff
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 24/11/2005
(86) PCT US2004/016230 de 21/05/2004
(87) WO 2004/108105 de 16/12/2004
(21) PI 0410607-5 (22) 22/03/2004
1.3
(30) 03/06/2003 DE 103 24 953.2
(51) F27B 1/22, C04B 2/12
(54) PROCESSO PARA A QUEIMA DE MATERIAL COMBUSTÍVEL EM
PEDAÇOS
(57) "PROCESSO PARA A QUEIMA DE MATERIAL COMBUSTÍVEL EM
PEDAÇOS". Sendo um processo para a queima de material combustível em
pedaços, especialmente calcário, é realizado num forno regenerativo (3)
composto por ao menos duas cubas (1,2) interligadas por um canal de
transferência (19), nas quais o material combustível passe por uma zona
superior de pré -aquecimento (8), uma zona intermediária de combustão (18) e
uma zona inferior de resfriamento (14). O abastecimento de gás combustível
3
com um poder calorífico inferior menor do que 7,5 megajoule (MJ) por m é feito
com alternância peri ódica para uma das cubas de cada vez, através de lanças
injetoras, depois de este gás ter sido pré-aquecido pela troca de calor com o
gás de processo de queima. O pré-aquecimento do gás combustível é feito num
trocador de calor (21) e/ou pelas superfícies das lanças (9,25) que se estendem
pela zona de pré-aquecimento (8), as superfícies delas tendo sido aumentadas
para a troca de calor.
(71) Maerz- Ofenbau AG (CH)
(72) Hannes Piringer
(74) Security, Do Nascimento Souza & Associados Propriedade Intelectual Lt da
(85) 24/11/2005
(86) PCT IB2004/000955 de 22/03/2004
(87) WO 2004/106828 de 09/12/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410611-3 (22) 03/06/2004
1.3
(30) 04/06/2003 US 10/454,018
(51) A61K 7/32, A61K 7/34, A61K 7/36, A61K 7/38
(54) PROCESSO PARA A FORMAÇÃO DE UM PRODUTO EM BASTÃO,
SÓLIDO, ANTITRANSPIRANTE OU DESODORANTE, AUTO- SUPORTADO
(57) "PROCESSO PARA A FORMAÇÃO DE UM PRODUTO EM BASTÃO
SÓLIDO, ANTITRANSPIRANTE OU DESODORANTE, AUTO-SUPORTADO".
Um processo para a formação de um produto em bastão, sólido, autosuportado, desodorante ou antitranspirante, utilizando materiais particulados e
fluidos que são combinados por intermédio de amalgamação, homogeneização,
compactação e extrusão, em uma temperatura abaixo da temperatura de fusão
do referido produto e extrusado através do processamento mecânico dos
materiais particulados e fluidos.
(71) Colgate-Palmolive Company (US)
(72) John Jonas, Steven Misner
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 24/11/2005
(86) PCT US2004/017562 de 03/06/2004
(87) WO 2004/110397 de 23/12/2004
(21) PI 0410612-1 (22) 22/03/2004
1.3
(30) 03/06/2003 GB 0312681.0
(51) H04L 29/06
(54) MÉTODO DE REMETER PACOTES DE PROTOCOLO DE INTERNET,
ROTEADOR DE ACESSO PARA USO EM UMA REDE DE ACESSO
COMUTADA POR PACOTE, E, NÓ MÓVEL PARA USO NO CONTEÚDO
(57) "MÉTODO DE REMETER PACOTES DE PROTOCOLO DE INTERNET,
ROTEADOR DE ACESSO PARA USO EM UMA REDE DE ACESSO
COMUTADA POR PACOTE, E, NÓ MÓVEL PARA USO NO MÉTODO". Um
método de remeter pacotes de IP, enviados para um cuidado de endereço
antigo de um nó móvel, ao nó móvel seguindo uma transferência de passagem
do nó móvel de um primeiro roteador de acesso antigo para um segundo novo
roteador de acesso. O método inclui, antes de conclusão de dita transferência
de passagem, prover dito primeiro roteador ou outro nó de procuração com
informação necessária para determinar o novo cuidado de endereço de IP a ser
usado pelo nó móvel quando o nó móvel é transferido ao segundo roteador de
acesso. Em dito primeiro roteador ou dito nó de procuração, o novo cuidado de
endereço para o nó móvel é determinado usando dita informação e propriedade
do novo cuidado de endereço pelo nó móvel confirmado, e subseqüentemente,
pacotes recebidos em dita primeira rede de acesso e destinados para dito
cuidado de endereço antigo são remetidos ao endereço de cuidado de
endereço predito.
(71) Telefonaktiebolaget LM Ericsson (publ) (SE)
(72) Pekka Kikander, Jari Arkko
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 24/11/2005
(86) PCT EP2004/050342 de 22/03/2004
(87) WO 2004/107702 de 09/12/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 43
(21) PI 0410613-0 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 04/06/2003 US 60/475,589
(51) C07D 471/08
(54) PREPARAÇÃO DE QUINOXALINAS SUBSTITUÍDAS A PARTIR DA
DIANLINA COM 2,3-DIIDRÓXI -1,4-DIOXANO
(57) "PREPARAÇÃO DE QUINOXALINAS SUBSTITUÍDAS A PARTIR DA
DIANLINA COM 2,3-DIIDRÓXI -1,4-DIOXANO". A presente invenção refere-se a
um novo processo para a preparação de quinoxalinas substituídas (I) por
ciclização da dianilina correspondente com 2,3-diidróxi-1,4-dioxano. Numa
modalidade preferida, a invenção proporciona um processo para a preparação
de compostos tendo a fórmula III em que Q é um grupo protetor do nitrogênio.
Os compostos de fórmula III e os seus derivados são percursores de
determinados compostos azapolicíclicos fundidos com aril que exibem atividade
como agentes para o tratamento de perturbações neurológicas e psicológicas.
(71) Pfizer Products Inc. (US)
(72) Joseph Philip Rainville, Geraldine Patricia Taber
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
(85) 24/11/2005
(86) PCT IB2004/001787 de 24/05/2004
(87) WO 2004/108725 de 16/12/2004
(21) PI 0410614-8 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 24/05/2003 KR 20-2003- 0016198; 23/12/2003 KR 20-2003-0039993
(51) A63B 23/02
(54) APARELHO PARA EXERCÍCIO ABDOMINAL E EXERCÍCIO PARA
MEMBROS INFERIORES
(57) "APARELHO PARA EXERCÍCIO ABDOMINAL E EXERCÍCIO PARA
MEMBROS INFERIORES". A presente invenção refere-se a um aparelho para
exercício abdominal e exercício para membros inferiores que permite que o
usuário faça exercícios com os membros inferiores empurrando hastes para pés
montadas na parte inferior de uma prancha, ao sentar ou deitar na prancha e
que, ao mesmo tempo, permite que ele realize exercícios abdominais
pressionando para trás uma prancha, superior, com a força de seus mem bros
superiores e que pode proporcionar um exercício abdominal permitindo que o
usuário empurre o encosto da cadeira para trás enquanto coloca os pés
dele/dela em uma haste para pés ao se sentar no assento, e bem como pode
antecipar a melhora na circulação sangüínea através do uso de pressão por
acupuntura) provida no encosto, de modo a pressionar pontos de acupuntura
distribuídos em nas costas do usuário em contato por atrito com os mesmos
durante o exercício abdominal.
(71) Han IL Jung Gong CO., Ltd. (KR)
(72) Ki-Sung Bae
44
(74)
(85)
(86)
(87)
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
24/11/2005
PCT KR2004/001231 de 24/05/2004
WO 2005/007248 de 27/01/2005
(21) PI 0410615-6 (22) 03/02/2004
1.3
(30) 27/05/2003 DE 103 23 970.7
(51) C07D 417/06, A61K 7/13
(54) TIAZOLILMETIL-PIRAZÓIS, PROCESSOS PARA A SUA PREPARAÇÃO,
BEM COMO SUA APLICAÇÃO EM AGENTES DE TINGIMENTO PARA
FIBRAS DE QUERATINA
(57) "TIAZOLILMETIL-PIRAZÓIS, PROCESSOS PARA A SUA PREPARAÇÃO,
BEM COMO SUA APLICAÇÃO EM AGENTES DE TINGIMENTO PARA
FIBRAS DE QUERATINA". A presente invenção refere-se a 4,5-diaminopirazóis
da fórmula geral (I) na qual R representa um grupo C1-C6- alquila em cadeia
linear ou ramificada, um grupo fenila insubstituído ou um grupo fenila
substituído uma ou mais vezes, no qual os substituintes no grupo fenila,
independentes um do outro, podem ser selecionados de um átomo de
halogênio, de um grupo éster de ácido C1-C6-carboxílico, de um grupo C1-C6alcóxi em cadeia linear ou ramificada, de um grupo C1-C6-alcóxi interrompido
por um ou dois heteroátomos, de um grupo hidroxietóxi, de um grupo
dihidroxipropóxi ou de um grupo nitrila; agentes de tingimento com oxidação
contendo estes compostos para fibras de queratina, bem como processos para
a preparação destes compostos.
(71) Wella Aktiengesellschaft (DE)
(72) Otto Göttel, Hans -Jürgen Braun
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 24/11/2005
(86) PCT EP2004/000943 de 03/02/2004
(87) WO 2004/106332 de 09/12/2004
(21) PI 0410616-4 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 29/05/2003 US 10/447,966
(51) A61K 7/06
(54) XAMPU CONDICIONADOR
(57) "XAMPU CONDICIONADOR". Xampu condicionador compreendendo: (a) 8
a 18% em peso de um tensoativo aniônico; (b) 0,5 a 0,8% em peso de um
RPI 1850 de 20/06/2006
sistema condicionador que compreende: (i) 0,1 a 0,75% em peso de silicone do
tipo Quaternium -8; (ii) 0,1 a 0,5% em peso (particularmente 0,15 a 0,3%) de
uma goma guar de peso molecular baixo menos que 100.000 centipoise como
uma solução catiônica translúcida aquosa de uma solução catiônica translúcida
de polissacarídeo modificada; e (iii) 0,1 a 0,5% em peso de Polyquaternium -10;
(c) 1,0 a 6,0% em peso de um tensoativo anfotérico; (c) 0,5 a 6,0% de um
tensoativo anfotérico; (d) 0,5 a 5,0% em peso de um membro selecionado do
grupo que consiste de cocodietanolamida e cocomonoetanolamida; e (e) O
remanescente como água;
(71) Colgate-Palmolive Company (US)
(72) Eugene Hardy, Anthony Psihoules
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 24/11/2005
(86) PCT US2004/016233 de 21/05/2004
(87) WO 2004/105710 de 09/12/2004
(21) PI 0410617-2 (22) 12/05/2004
1.3
(30) 07/06/2003 DE 103 25 962.7
(51) C07D 413/12, C07D 409/12, A61K 31/5377, A61P 7/02
(54) DERIVADOS DE AROILSEMICARBAZIDA CONTRA DOENÇAS
TROMBOEMBÓLICAS
(57) "DERIVADOS DE AROILSEMICARBAZIDA CONTRA DOENÇAS
TROMBOEMBÓLICAS". A presente invenção refere-se as novos compostos da
1
2
3
fórmula (I) onde Het, R , R e R têm os significados dados na reivindicação 1,
que são inibidores do fator Xa da coagulação e podem ser empregados para a
profilaxia e/ou terapia de doenças tromboembólicas e para o tratamento de
tumores.
(71) Merck Patent Gesellschaft Mit Beschränkter Haftung (DE)
(72) Werner Mederski, Christos Tsaklakidis, Dieter Dorsch, Bertram Cezanne,
Johannes Gleitz
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 24/11/2005
(86) PCT EP2004/005088 de 12/05/2004
(87) WO 2004/108718 de 16/12/2004
(21) PI 0410618-0 (22) 14/04/2004
1.3
(30) 10/06/2003 US 10/458,401
(51) G06F 3/033
(54) DISPOSITIVO DE ENTRADA DO ROTOR PARA DETECTAR A
INTERAÇÃO DO USUÁRIO, DISPOSITIVO DE COMUNICAÇÃO MÓVEL, E ,
MÉTODO PARA REGISTRAR A INTERAÇÃO DO USUÁRIO NO DISPOSITIVO
DE COMUNICAÇÃO MÓVEL
(57) "DISPOSITIVO DE ENTRADA DO ROTOR PARA DETECTAR A
INTERAÇÃO DO USUÁRIO, DISPOSITIVO DE COMUNICAÇÃO MÓVEL,E,
MÉTODO PARA REGISTRAR A INTERAÇÃO DO USUÁRIO NO DISPOSITIVO
DE COMUNICAÇÃO MÓVEL". Esta invenção relaciona a um rotor que
interpreta o movimento angular em uma representação de saída. Em particular,
esta invenção relaciona a um dispositivo de entrada do rotor para detectar a
interação do usuário. O dispositivo de entrada do rotor compreende o elemento
rotor disposto em um suporte que possibilita o movimento angular e inclinado
do elemento rotor relativo ao eixo rotacional do elemento rotor e possui uma
superfície operacional perpendicular,ao eixo. O dispositivo de entrada do rotor
também compreende um detector de movimento para detectar o movimento
angular do elemento rotor, um circuito de comutação para detectar o movimento
inclinado do elemento rotor durante a depressão da superfície de operação e
uma primeira pluralidade de elementos de comutação dispostos abaixo da
superfície operacional e substancialmente ao longo da periferia do elemento
rotor.
(71) Nokia Corporation (FI)
(72) Rasmus Christjansen, Jakob Boennelykke Kristensen
(74) Araripe & Associados
(85) 24/11/2005
(86) PCT IB2004/001126 de 14/04/2004
(87) WO 2004/109486 de 16/12/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 45
geração de peroxila.
(71) Unilever N.V. (NL)
(72) Maartje Ouwendijk-Vrijenhoek, Simon Marinus Veerman
(74) Momsen , Leonardos & CIA
(85) 24/11/2005
(86) PCT EP2004/005498 de 21/05/2004
(87) WO 2004/111172 de 23/12/2004
(21) PI 0410619-9 (22) 19/03/2004
1.3
(30) 02/06/2003 DE 103 25 032.8
(51) E04H 12/08, F03D 11/04
(54) PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE UM FLANGE DE CONEXÃO
ANULAR, E, FLANGE DE CONEXÃO ANULAR
(57) "PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE UM FLANGE DE CONEXÃO
ANULAR, E, FLANGE DE CONEXÃO ANULAR". A invenção refere-se a um
processo para a produção de um flange de conexão. O objetivo da presente
invenção é propor um processo com o qual a produção de um flange de
conexão anular, em particular um flange de conexão como é descrito no DE 101
26 049 é melhorada e simplificada. O dito objetivo é atingido por um processo
de acordo com o qual o flange anular é produzido de um elemento em forma de
anel circular que é configurado com seção transversal (perfil) substancialmente
triangular.
(71) Aloys Wobben (DE)
(72) Aloys Wobben
(74) Momsen , Leonardos & CIA
(85) 24/11/2005
(86) PCT EP2004/002862 de 19/03/2004
(87) WO 2004/106671 de 09/12/2004
(21) PI 0410620-2 (22) 13/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 IN 549/MUM/03
(51) B08B 3/10, B09C 1/02
(54) MÉTODO DE LIMPEZA DE UM ARTIGO OU UM OBJETO
(57) "MÉTODO DE LIMPEZA DE UM ARTIGO OU UM OBJETO". Método para
limpar um artigo ou um objeto, em que a superfície do artigo ou objeto a ser
limpa (i) está em contato com um ou mais líquidos tendo uma constante
dielétrica de 1 a 200 e (ii) é colocada em um campo elétrico na faixa de 103 v/m
a um valor limitado pela estabilidade do líquido no campo gerado, utilizando-se
uma fonte de voltagem / corrente alternada.
(71) Unilever N.V. (NL)
(72) Kartik Kumar, Viajay Mukund Naik, Anita Sure, Sambamurthy Jayaraman
Suresh, Sumit Taraphdar, Rajanarayana Venkataraghavan, Janhavi Sanjay
Raut
(74) Momsen , Leonardos & CIA
(85) 24/11/2005
(86) PCT EP2004/005188 de 13/05/2004
(87) WO 2004/105970 de 09/12/2004
(21) PI 0410621-0 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 09/06/2003 GB 0313253.7
(51) C11D 3/39, C11D 3/16, C11D 3/50
(54)
COMPOSIÇÃO
DE
BRANQUEAMENTO,
E,
MÉTODO
DE
BRAQUEAMENTO DE UMA MANCHA TÊXTIL
(57)
"COMPOSIÇÃO
DE
BRANQUEAMENTO,
E,
MÉTODO
DE
BRANQUEAMENTO DE UMA MANCHA TÊXTIL". A invenção atual se refere à
conservação de componentes de perfume em uma composição de
branqueamento. A composição de branqueamento é substancialmente isenta
de um branqueador de peroxigênio ou de um sistema baseado em peróxi ou de
(21) PI 0410622-9 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 26/05/ 2003 FR 03/06309
(51) G06K 19/077
(54) PROCESSO DE FABRICAÇÃO EM VÁRIAS ETAPAS DE TÍQUETES OU
CARTÕES SEM CONTATO
(57) "PROCESSO DE FABRICAÇÃO EM VÁRIAS ETAPAS DE TÍQUETES OU
CARTÕES SEM CONTATO". Processo de fabricação em várias etapas de
tíquetes ou cart ões sem contato que compreendem um chip (24) conectado a
uma antena (10) sobre um suporte de papel, e que consiste em imprimir em
série com a ajuda de uma tinta de serigrafia, as antenas sobre a tira de suporte
de papel, em fixar um chip sobre cada tíquete por conexão dos pinos de
conexão do chip aos pinos de conexão da antena (14, 16) e em recobrir a tira
de papel que comporta as antenas serigrafadas e os chips correspondentes por
uma tira de papel adesivado, cada uma das etapas sedo seguida pelo
enrolamento da tira de suporte em papel antes de passar à etapa seguinte. O
processo compreende uma etapa de revestimento de cada uma das antenas
serigrafadas por uma camada da proteção (12) destinada a impedir a tinta de
serigrafia de ser transferida sobre o verso da tira de suporte de papel durante
os enrolamentos sucessivos daquela depois de cada etapa.
(71) Ask S.A. (FR)
(72) Christophe Halope
(74) Momsen , Leonardos & CIA
(85) 24/11/2005
(86) PCT FR2004/001299 de 26/05/2004
(87) WO 2004/107260 de 09/12/2004
(21) PI 0410623-7 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 FR 03/06403; 04/06/2003 FR 03/06712
(51) C07D 233/64, A61K 31/4164, A61P 35/00, C07D 403/10, C07D 405/10,
C07D 409/10
(54) COMPOSTO, PROCESSO PARA PREPARAÇÃO DE UM COMPOSTO,
COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, E, UTILIZAÇÃO DE UM COMPOSTO
(57) "COMPOSTO, PROCESSO PARA PREPARAÇÃO DE UM COMPOSTO,
COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, E, UTILIZAÇÃO DE UM COMPOSTO". O
presente pedido tem por objeto novos derivados de imidazóis. Esses produtos
apresentam uma atividade antitumoral. A invenção refere-se igualmente a
composições farmacêuticas que contêm dos ditos produtos e sua utilização
para a preparação de um medicamento antitumoral.
(71) Société de Conseils de Recherches Et D'Applications Scientifiques
(S.C.R.A.S.) (FR)
(72) Dennis Bigg, Anne-Marie Liberatore, Dominique Pons
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 24/11/2005
(86) PCT FR2004/001297 de 26/05/2004
(87) WO 2004/106307 de 09/12/2004
(21) PI 0410624-5 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 US 10/448,514
(51) A61K 7/34, A61K 7/38
(54) EMULSÃO ÁGUA-EM-ÓLEO TRANSPARENTE
(57) "EMULSÃO ÁGUA- EM- ÓLEO TRANSPARENTE". A invenção é uma
composição em gel, transparente e isenta de elastômeros, compreendendo: (a)
14-30% em peso de um ativo antitranspirante possuindo uma baixa relação de
metal para cloreto; (b) 7-23,3% em peso de uma ou mais ciclometiconas
46
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
possuindo um ponto de vaporização instantânea de 100 graus C ou menos; (c)
0,6-0,9% em peso de um tensoativo de silicone possuindo um valor de HLB ≤ 8;
(d) 30-70% em peso de água; (e) 3,85-10% em peso de glicol ou poliglicol
solúveis em água, e (f) 0, 1 -3,0% em peso de um solubilizante de fragrância
orgânico não -siliconizado; onde a composição é um gel que possui uma
viscosidade maior que 150 Pa.s, e uma relação da fase óleo para a fase água
na faixa de 10:90 a 24:76.
(71) Colgate-Palmolive Company (US)
(72) Christine Popoff, Suman Chopra, Mardoqueo Bustos, Xiaozhong Tang, Lin
Fei
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 24/11/2005
(86) PCT US2004/016 238 de 21/05/2004
(87) WO 2004/108098 de 16/12/2004
(21) PI 0410625-3 (22) 28/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 US 60/473,652; 27/05/2004 US 10/855,108
(51) B60D 1/173
(54) CONJUNTO DE ENGATE DE REBOQUE
(57) "CONJUNTO DE ENGATE DE REBOQUE" Um conjunto de engate inclui
uma porção de receptor incluindo uma cavidade, um elemento de
embuchamento recebido dentro da cavidade, e um elemento de engate que
inclui um eixo pivotadamente recebido dentro do elemento de embuchamento.
Um dentre o elemento de embuchamento e o eixo é construído de um material
que elimina substancialmente a necessidade de usar um lubrificante aplicado
separadamente. O elemento de engate também inclui um primeiro elemento de
garra, um segundo elemento de garra acoplado ao prim eiro elemento de garra e
operável entre posições aberta e fechada, uma lingüeta primária acoplada ao
segundo elemento de garra e operável entre uma posição travada evitando
abertura do segundo elemento de garra, e uma posição destravada permitindo
abertura do segundo elemento de garra, e uma lingüeta secundária acoplada à
lingüeta primária e operável entre uma posição travada evitando o
destravamento da lingüeta primária e uma posição destravada, onde a lingüeta
primária pode ser movido para a posição destravada.
(71) The Holland Group, Inc. (US)
(72) Eric. M. Terpsma, David O. Roe, Richard T. Polanic, Rudolph A. Bahnsen
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 24/11/2005
(86) PCT US2004/016839 de 28/05/2004
(87) WO 2004/110847 de 23/12/2004
(21) PI 0410626-1 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 60/473,141
(51) A01N 37/28, A01N 43/08, A01N 43/10, A01N 43/12, A01N 43/16, A01N
43/40, A01N 43/54, A01N 43/56, A01N 43/60, A01N 43/80, A01N 51/00, C07D
213/16, C07D 231/12, C07D 261/08, C07D 413/12
(54) MÉTODOS PARA COMBATER INSETOS OU ARACNÍDEOS, E PARA
PROTEGER SAFRAS DO ATAQUE OU INFESTAÇÃO POR INSETOS OU
ARACNÍDEOS, E, COMPOSTOS DE PRIRIDILA, DE ISOXAZOLILA, E DE
PIRAZOLILA
(57) "MÉTODOS PARA COMBATER INSETOS OU ARACNÍDEOS, E PARA
PROTEGER SAFRAS DO ATAQUE OU INFESTAÇÃO POR INSETOS OU
ARACNÍDEOS, E, COMPOSTOS DE PRIRIDILA, DE ISOXAZOLILA, E DE
PIRAZOLILA". A presente invenção diz respeito a um método para combater
insetos ou aracnídeos que compreende contactar os insetos ou aracnídeos, seu
habitat,área de reprodução, suprimento de alimento, planta, semente, solo,
área, material ou ambiente em que os insetos ou os aracnideos se
desenvolvem ou podem ser desenvolver ou os materiais, plantas, sementes,
solos, superfícies ou espaços a serem protegidos do ataque ou infestação de
insetos ou aracnídeos com uma quantidade pesticidamente eficaz de um
composto da fórmula geral I ou um sal destes em que: Ar é um radical cíclico, n
1
4
é 0 ou 1, X é CO OU SO2 e R a R são como definidos na reivindicação 1.
(71) Basf Aktiengesellschaft (DE)
(72) Michael Hofmann, Markus Kordes, Udo Lange, Ernst Baumann, Wolfgang
Von Deyn, Michael Puhl, Thomas Schmidt, Gerd Steiner, Michael F. Treacy,
Deborah L. Culbertson, Toni Bucci, Hong-Ming Shieh, Lester L. Maravetz
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 24/11/2005
RPI 1850 de 20/06/2006
(86) PCT EP2004/005681 de 26/05/2004
(87) WO 2004/105488 de 09/12/2004
(21) PI 0410627-0 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 GB 03 11950.0
(51) A61N 5/06
(54) DESINFECÇÃO FOTOATIVADA
(57) "DESINFECÇÃO FOTOATIVADA". A presente invenção refere-se a uma
desinfecção fotoativada. Em particular, a presente invenção refere-se a uma
desinfecção fotoativada na cavidade oral. Foi descrito um aparelho dentário que
compreende uma fonte de luz produzindo luz a um comprimento de onda e
potência predeterminados, e um meio de transmissão ótico para encadeamento
da luz da fonte de luz para pelo menos um lado externo de um dente.
Preferencialmente, o meio de transmissão ótico compreende pelo menos uma
guia ótica. Em uma modalidade preferida, o meio de transmissão ótico
compreende um par de guias de luz substancialmente paralelas alongadas,
cada guia de luz tendo uma extremidade distal provida com uma superfície
reflexiva inclinada a 45º com a direção de transmissão de luz ao longo das
guias de luz, as superfícies reflexivas das guias de luz sendo opostas de modo
que a luz emitida de cada guia de luz seja paralela, mas de direção oposta.
Preferencialmente, a fonte de luz é um diodo de emissão de luz ou um arranjo
de diodos de emissão de luz e tem um comprimento de onda de 550 a 690 nm,
mais preferencialmente de 600 a 680 nm, ainda mais preferencialmente de 625
a 660 nm.
(71) Denfotex LTD (GB)
(72) Michael John Colles
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT GB2004/002187 de 21/05/2004
(87) WO 2004/103471 de 02/12/2004
(21) PI 0410628-8 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 60/473,079
(51) B05D 1/00, B05D 5/00, C08L 33/02, C08L 33/04
(54) VEÍCULOS DE REVESTIMENTO REDUTÍVEIS EM ÁGUA ISENTA DE
VOC
(57) "VEÍCULOS DE REVESTIMENTO REDUTÍVEIS EM ÁGUA ISENTA DE
VOC". A invenção refere-se a novos veículos de revestimento à base de água.
Estes veículos são resinas redutíveis em água, produzidas via a reação da
combinaç ão de di / oligoaminas contendo hidroxila (conforme fórmula I), e
resinas contendo ácido carboxílico derivadas da (co)polimerização de
monômeros vinílicos, estirênicos e/ou de monômeros de (met)acrilato tendo
grupos ácido carboxílico. Os referidos veículos mostram -se úteis na preparação
de revestimentos, tintas de impressão e tintas sem composto orgânico volátil
('VOC') que são resistentes ao desgaste, à água e à vibração.
(71) Vocfree, Inc. (US)
(72) Gerald Sugerman
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/11/2005
(86) PCT US2004/015995 de 21/05/2004
(87) WO 2004/105963 de 09/12/2004
(21) PI 0410629-6 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 US 60/473,450
(51) H04L 25/52, H04B 7/14, H04Q 7/32
(54) MÉTODO DE EXECUTAR COMUNICAÇÃO EM UMA REDE DE
COMUNICAÇÃO SEM FIO DE DOIS SALTOS, ESTAÇÃO DE
RETRANSMISSÃO,
SISTEMA
ADAPTADO
PARA
COMUNICAÇÃO,
RECEPTOR, E, ESTAÇÃO BASE, E, ESTAÇÃO MÓVEL
RPI 1850 de 20/06/2006
(57) "MÉTODO DE EXECUTAR COMUNICAÇÃO EM UMA REDE DE
COMUNICAÇÃO SEM FIO DE DOIS SALTOS, ESTAÇÃO
DE
RETRANSMISSÃO,
SISTEMA
ADAPTADO
PARA
COMUNICAÇÃO,
RECEPTOR, E, ESTAÇÃO BASE, E, ESTAÇÃO MÓVEL". A presente invenção
relaciona-se a redes sem fio usando retransmissão. No método de acordo com
a presente invenção de executar comunicação em uma rede de comunicação
sem fio de dois saltos, um transmissor 210, um receptor 220 e pelo menos uma
estação de retransmissão 215 estão engatados em uma sessão de
comunicação. A estação de retransmissão 215 transmite sinais de uma primeira
ligação entre o transmissor 210 e a estação de retransmissão 215 para uma
segunda ligação entre as estações de retransmissão 215 e o receptor 220. A
transmissão executada por pelo menos uma estação de retransmissão 215 é
adaptada como uma resposta às características de canal de rádio estimadas da
pelo menos primeira ligação. Preferivelmente, a transmissão é adaptada como
uma resposta às características de canal de rádio estimadas de ambas a
primeira e segunda ligações.
(71) Telefonaktiebolaget LM Ericsson (publ) (SE)
(72) Peter Larsson
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 23/11/2005
(86) PCT SE2004/000825 de 27/05/2004
(87) WO 2004/107693 de 09/12/2004
(21) PI 0410654-7 (22) 10/06/2004
1.3
(30) 12/06/2003 DK PA 2003 00880; 13/06/2003 US 60/478,561
(51) C07D 401/12, C07D 401/14, C07D 413/14, C07D 211/44, C07D 211/88,
C07D 401/06, C07D 409/14, C07D 409/06, C07D 211/34, C07D 211/66, C07D
409/12, C07D 417/14, A61K 31/4545, A61P 3/00
(54) COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DE UM
COMPOSTO, MÉTODO PARA TRATAR UM DISTÚRBIO DE UM PACIENTE,
E, PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE UM COMPOSTO
(57) "COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DE UM
COMPOSTO, MÉTODO PARA TRATAR UM DISTÚRBIO DE UM PACIENTE,
E, PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE UM COMPOSTO". Novos
carbamatos,de piperidina substituídos, composições farmacêuticas que os
compreendam e seu uso no tratamento e/ou prevenção de doenças e distúrbios
relacionados com a lipase sensível a hormônio. Mais particularmente, os
compostos são úteis para o tratamento e/ou prevenção de doenças e distúrbios
em que a modulação da atividade da lipase sensível a hormônio é benéfica.
(71) Novo Nordisk A/S (DK)
(72) Soren Ebdrup, Per Vedso, Poul Jacobsen, Flemming Elmelund Nielsen,
Johannes Cornelis De Jong
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 25/11/2005
(86) PCT DK2004/000398 de 10/06/2004
(87) WO 2004/111032 de 23/12/2004
(21) PI 0410655-5 (22) 10/06/2004
1.3
(30) 13/06/2003 US 10/461,148
(51) A61K 39/42, C07H 21/02, C07K 16/00, C12N 5/06, C12N 15/00, C12N
15/63, C12P 19/34, G01N 33/53
(54) COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, MÉTODO DE TRATAR OU PREVENIR
UMA INFECÇÃO PELO VÍRUS DA RAIVA EM UM INDIVÍDUO EM
NECESSIDADE DESTE TRATAMENTO, VETOR DE EXPRESSÃO DE
RHABDOVÍRUS RECOMBINANTE, CÉLULA HOSPEDEIRA DE MAMÍFERO,
MÉTODO DE PRODUZIR UMA ANTI CORPO RECOMBINANTE HUMANO
NEUTRALIZANTE DO VÍRUS DA RAIVA EM UMA CÉLULA DE MAMÍFERO, E,
USO DE UMA COMBINAÇÃO
(57) "COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, MÉTODO DE TRATAR OU PREVENIR
UMA INFECÇÃO PELO VÍRUS DA RAIVA EM UM INDIVÍDUO EM
NECESSIDADE DESTE TRATAMENTO, VETOR DE EXPRESSÃO DE
RHABDOVÍRUS RECOMBINANTE, CÉLULA HOSPEDEIRA DE MAMÍFERO,
MÉTODO DE PRODUZIR UMA ANTICORPO RECOMBINANTE HUMANO
NEUTRALIZANTE DO VÍRUS DA RAIVA EM UMA CÉLULA DE MAMÍFERO, E,
USO DE UMA COMBINAÇÃO". Métodos e composições são providos para o
uso de anticorpos neutralizantes do vírus da raiva para um tratamento profilático
após a exposição de indivíduos expostos ao vírus da raiva. As composições
compreendendo misturas de anticorpos neutralizantes do vírus da raiva, assim
como seqüências de nucleotídeos e aminoácidos codificando estes anticorpos
podem ser usadas no tratamento de indivíduos expostos ao vírus da raiva. A
invenção também provê métodos de produzir anticorpos recombinantes
humanos neutralizantes do vírus da raiva em células de mamíferos usando
vetores de expressão recombinantes.
(71) Thomas Jefferson University (US)
(72) Douglas Craig Hooper, Bernhard Dietzschold
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 25/11/2005
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 47
(86) PCT US2004/018613 de 10/06/2004
(87) WO 2005/002511 de 13/01/2005
(21) PI 0410657-1 (22) 10/06/2004
1.3
(30) 12/06/2003 DK PA 2003 00876; 13/06/2003 US 60/478,451
(51) C07D 213/75, C07D 213/74, C07D 213/80, C07D 213/76, C07D 401/12,
C07D 401/14, A61P 3/06, A61P 3/10, A61K 31/496
(54) COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DE UM
COMPOSTO, MÉTODO PARA TRATAR UM DISTÚRBIO DE UM PACIENTE,
E, PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE UM COMPOSTO
(57) "COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DE UM
COMPOSTO, MÉTODO PARA TRATAR UM DISTÚRBIO DE UM PACIENTE,
E, PROCESSO PARA A PR EPARAÇÃO DE UM COMPOSTO". As piperazinas
novas da fórmula (I), composições farmacêuticas as compreendendo e o uso
destas no tratamento e/ou prevenção de doenças e distúrbios relacionados com
lipase sensível a hormônio. Mais particularmente, os compostos são úteis para
o tratamento e/ou prevenção de doenças e distúrbios em que a modulação de
lipólise, tal como a lipólise diminuída é benéfica. (I).
(71) Novo Nordisk A/S (DK)
(72) Holger Claus Hansen, Johannes Cornelis De Jong, Poul Jacobsen, Soren
Ebdrup
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 25/11/2005
(86) PCT DK2004/000396 de 10/06/2004
(87) WO 2004/111007 de 23/12/2004
(21) PI 0410658-0 (22) 25/05/2004
1.3
(30) 26/05/2003 KR 10-20030033400; 03/03/2004 KR 10-20040014356
(51) A61M 5/32, A61M 5/50
(54) SERINGA DESCARTÁVEL
(57) "SERINGA DESCARTÁVEL". É revelada uma seringa descartável que é
aperfeiçoada para um uso mais seguro. A seringa descartável inclui um cilindro
que tem as duas extremidades abertas, um tubo adaptador inserido em um lado
do cilindro, um tubo de inserção inserido no tubo adaptador, e permitindo que o
tubo adaptador esteja em contato hermético com uma circunferência interna do
cilindro, e um pistão inserido no cilindro.
(71) Woo In Baik (KR)
(72) Woo In Baik
(74) Bhering Advogados
(85) 25/11/2005
(86) PCT KR2004/001241 de 25/05/2004
(87) WO 2004/103429 de 02/12/2004
(21) PI 0410659-8 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 60/473,582
(51) A61F 13/15
(54) PEÇA DE VESTUÁRIO DE PUXAR DESCARTÁVEL
(57) "PEÇA DE VESTUÁRIO DE PUXAR DESCARTÁVEL". É apresentada uma
peça de vestuário de puxar descartável. A peça de vestuário de puxar
descartável tem uma abertura para a cintura e aberturas para as pernas. A peça
de vestuário de puxar compreende um corpo abs orvente principal, um cós
elástico circular e uma camada de revestimento externo. O corpo absorvente
principal compreende uma camada superior permeável a líquidos, uma camada
inferior impermeável a líquidos, e um núcleo absorvente disposto entre as
mesmas. O corpo absorvente principal tem uma linha central longitudinal,
48
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
bordas laterais longitudinais, bordas de extremidade transversais, uma região
da cintura anterior, uma região da cintura posterior e uma região do gancho. A
região da cintura anterior e a região da cintura posterior não estão unidas
diretamente. O cós elástico circular compreende uma camada anterior do cós
elástico e uma camada posterior do cós elástico. O cós elástico circular está
unido ao corpo absorvente principal na região da cintura ant erior e na região da
cintura posterior, para formar uma abertura para a cintura e duas aberturas para
as pernas. O cós elástico circular não está disposto na região do gancho do
corpo absorvente principal. A camada de revestimento externo compreende um
mat erial separado da camada anterior do cós e da camada posterior do cós. A
camada de revestimento externo tem porções laterais longitudinais e porções
de extremidade transversais. A camada de revestimento externo cobre o corpo
absorvente principal na região do gancho, e se estende até a região da cintura
anterior e a região da cintura posterior, para ser unida ao cós elástico circular. A
porção lateral longitudinal da camada de revestimento externo é dotada de um
material elástico, para formar uma braçadeira elástica para pernas.
(71) The Procter & Gamble Company (US)
(72) Toshiyuki Matsuda, Kenji Fujimoto
(74) Vieira de Mello Advogados
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/016673 de 27/05/2004
(87) WO 2004/105664 de 09/12/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
aceitáveis destes, um mét odo de preparação dos mesmos, e composições
farmacêuticas contendo os mesmos. Os derivados de benzopirano com
derivados substituídos de benzimidazole, representados na <Fórmula 1>, têm a
função de proteger o coração de isquemia-re-perfusão sem efeito colat eral
similar à vasodilatação, de modo que uma composição farmacêutica contendo
derivados de benzopirano substituídos com derivados de benzimidazole ou sais
farmaceuticamente aceitáveis destes da presente invenção como um
ingrediente efetivo podem ser efetivamente usados para a proteção de tecidos
influenciados por isquemia/re-perfusão, por exemplo., para a proteção do
coração, células nervosas, cérebro, células retinais, órgãos de armazenagem,
etc, e para o tratamento de doenças causadas por isquemia-re-perfusão.
(71) Dongbu Hannong Chemical CO., LTD. (KR)
(72) Hong Lim, Dong Ha Lee, Sun Ok Kim, Sung-Eun Yoo, Kyu Yang Yi, Sun
Kyung Lee, Jee Hee Suh, Nak Jeong Kim, Sun Kyung Hwang, Tae Mi Kim,
Byung Ho Lee, Ho-Won Seo
(74) Tavares Propriedade Intelectual LTDA
(85) 25/11/2005
(86) PCT KR2004/001269 de 28/05/2004
(87) WO 2004/106330 de 09/12/2004
(21) PI 0410662-8 (22) 23/04/2004
1.3
(30) 26/05/2003 NO 20032347
(51) G09B 9/06, G06F 15/00
(54) MÉTODO E DISPOSITIVO SIMULADOR PARA TREINAR UM PILOTO DE
UMA EMBARCAÇÃO
(57) "MÉTODO E DISPOSITIVO SIMULADOR PARA TREINAR UM PILOTO
DE UMA EMBARCAÇÃO". A presente invenção refere-se a um método e um
dispositivo simulador para treinar um piloto de uma embarcação (6) no uso do
assim chamado posicionament o dinâmico, chamado DP, onde um primeiro sinal
de distância representando uma distância entre a embarcação (6) e uma bóia
balizadora ou outro alvo (1) é opcionalmente alimentado diretamente para um
sistema de controle (13) para operação DP normal, ou onde o primeiro sinal de
distância é direcionado por meio de um transdutor (22) alimentando um
segundo sinal de distância para o sistema de controle (13) para simulação. O
segundo sinal de distância representa outra distância normalmente mais curta
do que o primeiro sinal de distância.
(71) Teekay Norway As (NO)
(72) Geir Arne Almas, Kjell Egil Helgoy
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 25/11/2005
(86) PCT NO2004/000111 de 23/04/2004
(87) WO 2004/104969 de 02/12/2004
(21) PI 0410660-1 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 04/06/2003 GB 0312842.8; 04/06/2003 GB 0312840.2
(51) C07D 213/73, A61K 31/44, A61P 11/00
(54) DERIVADOS DE 2-AMINO-PIRIDINA COMO AGONISTAS DE
ADRENORECEPTOR ß2
(57) "DERIVADOS DE 2-AMINO-PIRIDINA COMO AGONISTAS DE
ADRENOREC EPTOR ß2". A invenção relaciona-se com compostos de fórmula
(1) e com processos para a preparação, com intermediários utilizados na
preparação, com composições que contêm e com as utilizações desses
derivados. Os compostos de acordo com a presente invenção são úteis em um
grande número de doenças, distúrbios e estados, em particular doenças,
distúrbios e estados inflamatórios, alérgicos e respiratórios.
(71) Pfizer Inc. (US)
(72) Alan Daniel Brown, Justin Stephen Bryans, Charlotte Alice Louise Lane,
Simon John Tell
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
(85) 25/11/2005
(86) PCT IB2004/001735 de 21/05/2004
(87) WO 2004/108675 de 16/12/2004
(21) PI 0410661-0 (22) 28/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 KR 10-2003- 0034109
(51) C07D 405/04
(54) DERIVAD OS DE BENZOPIRANO SUBSTITUÍDOS COM UM DERIVADO
DE BENZIMIDAZOLE, SAIS FARMACEUTICAMENTE ACEITÁVEIS DESTES,
SUAS PREPARAÇÕES E COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS CONTENDO
OS MESMOS
(57) "DERIVADOS DE BENZOPIRANO SUBSTITUÍDOS COM UM DERIVADO
DE BENZIMIDAZOLE, SAIS FARMACEUTICAMENTE ACEITÁVEIS DESTES,
SUAS PREPARAÇÕES E COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS CONTENDO
OS MESMOS". A presente invenção se refere a derivados de benzopirano
substituídos com um derivado de benzimidazole, ou sais farmaceuticamente
(21) PI 0410663-6 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 26/05/2003 DE 103 23 898.0
(51) C07D 295/205, C07D 295/215, C07C 311/10, A61K 31/495, A61K 31/18,
A61P 35/00
(54) COMPOSTOS DE HIDROXIAMIDINA E HIDROXIGUANIDINA COMO
INIBIDORES DE UROQUINASE
(57) "COMPOSTOS DE HIDROXIAMIDINA E HIDROXIGUANIDINA COMO
INIBIDORES DE UROQUINASE". A presente invenção refere-se a novos
compostos para inibição do ativador de plasminogênio uroquinase (uPA), que
apresentam alta biodisponibilidade e administrabilidade oral, e também ao uso
dos mesmos como compostos terapêuticos ativos para o tratamento de
distúrbios associados à uroquinase ou/e receptores de uroquinase tais como,
por exemplo, tumores e metastatização. A invenção refere-se em particular a
compostos que contêm grupos hidroxiamidina ou hidroxiguanidina.
(71) Wilex Ag (DE)
(72) Stefan Sperl, Markus Bürgle, Wolfgang Schmalix, Katja Wosikowski, Bernd
Clement
RPI 1850 de 20/06/2006
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 25/11/2005
(86) PCT EP2004/005682 de 26/05/2004
(87) WO 2004/103984 de 02/12/2004
(21) PI 0410664-4 (22) 28/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 KR 10-2003- 0034110
(51) C07D 413/04
(54) DERIVADOS DE BENZOPIRANO SUBSTITUÍDOS COM UM DERIVADO
DE TIOXOBENZOXAZOLE, SAIS FARMACEUTICAMENTE ACEITÁVEIS
DESTES, SUAS PR EPARAÇÕES E COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS
CONTENDO OS MESMOS
(57) "DERIVADOS DE BENZOPIRANO SUBSTITUÍDOS COM UM DERIVADO
DE TIOXOBENZOXAZOLE, SAIS FARMACEUTICAMENTE ACEITÁVEIS
DESTES, SUAS PREPARAÇÕES E COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS
CONTENDO OS MESMOS". A presente invenção se refere a derivados de
benzopirano substituídos com um derivado de tioxobenzoxazole, ou sais
farmaceuticamente aceitáveis destes, processos para preparar os mesmos, e
uma composição farmacêutica contendo os acima um ingrediente efetivo. Os
derivados de benzopirano com derivados substituídos de tioxobenzoxazole,
representados na <Fórmula 1>, têm a função de proteger o coração de
isquemia-re-perfusão ambas in vivo e in vitro, de modo que uma composição
farmacêutica contendo derivados de benzopiran o substituídos com derivados
de tioxobenzoxoazole ou sais farmaceuticamente aceitáveis destes da presente
invenção como um ingrediente efetivo podem ser efetivamente usados para a
proteção de tecidos influenciados por isquemia/re-perfusão, por exemplo., para
a proteção do coração, células nervosas, cérebro, células retinais, órgãos de
armazenagem, etc, e para o tratamento de doenças causadas por isquemia-r eperfusão.
(71) Dongbu Hannong Chemical Co., Ltd. (KR)
(72) Hong Lim, Dong Ha Lee, Sun Ok Kim, Sung-Eun Yoo, Kyu Yang Yi, Sun
Kyung Lee, Jee Hee Suh, Nak Jeong Kim, Sun Kyung Hwang, Tae Mi Kim,
Byung Ho Lee, Ho-Won Seo
(74) Tavares Propriedade Intelectual Ltda.
(85) 25/11/2005
(86) PCT KR2004/001271 de 28/05/2004
(87) WO 2004/106331 de 09/12/2004
(21) PI 0410665-2 (22) 28/04/2004
1.3
(30) 09/06/2003 US 10/458.571
(51) A61F 13/15
(54) ARTIGO ABSORVENTE MODULAR
(57) "ARTIGO ABSORVENTE MODULAR". Um artigo absorvente (20) incluindo
uma primeira seção de protetor (26) e uma segunda seção de protetor menor
(28), a qual é operativamente unida à primeira seção de protetor, é descrito. A
primeira seção de protetor (26) inclui uma primeira cobertura de lado de corpo
(30), uma primeira folha de fundo (32), um primeiro corpo absorvente (34)
localizado entre a primeira cobertura e a primeira folha de fundo, e um primeiro
mecanismo de afixação a artigo de vestuário (36) localizado na superfície de
lado de artigo de vestuário da primeira folha de fundo (32). A segunda seção de
protetor (28) inclui uma segunda cobertura de lado de corpo (38), uma segunda
folha de fundo (40), um segundo corpo absorvente (42) localizado entre a
segunda cobertura e a segunda folha de fundo, e um segundo mecanismo de
afixação a artigo de vestuário (44) localizado na superfície de lado de artigo de
vestuário da segunda folha de fundo (40). Em um arranjo desejado, a primeira
seção de protetor (26) pode se sobrepor a pelo menos uma porção da segunda
seção de protetor (28), e pelo menos uma porção do primeiro mecanismo de
afixaç ão a artigo de vestuário (36) pode operativamente afixar a primeira seção
de protetor (26) à segunda seção de protetor (28).
(71) Kimberly -Clark Worldwide, Inc. (US)
(72) Elizabeth Ellen Bell, Emily Jean Baum, Carmen Judith Dietz
(74) Orlando de Souza
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/013182 de 28/04/2004
(87) WO 2005/000175 de 06/01/2005
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 49
(21) PI 0410666-0 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 29/05/2003 US 10/449,294
(51) H03M 11/00, G08C 21/00
(54) SENSOR DE TOQUE AUTO-CALIBRÁVEL
(57) "SENSOR DE TOQUE AUTO-CALIBRÁVEL". Um sensor de toque autocalibrável genericamente inclui um bloco comutador dielétrico em comunicação
elétrica com um controlador. Uma forma de onda forçadora é fornecida ao bloco
comutador dielétrico. A forma de onda de resposta do bloco comutador
dielétrico é então monitorada pelo controlador para detectar alterações nas
propriedades dielétricas do bloco comutador dielétrico. Mediante a iniciação de
um sistema em que o sensor de toque auto-calibrável é embutido ou mediante a
detecção de um evento indicativo de uma persistente alteração no ambiente
dielétrico em torno do bloco de toque dielétrico, o controlador processa a forma
de onda de resposta de avanço para determinar a constante de tempo do
circuito compreendendo o bloco comutador dielétrico. A constante de tempo
determinada é armazenada como valor de linha de base pelo controlador. O
controlador então monitora a forma de onda de resposta de avanço quanto a
alterações temporárias em relação ao valor armazenado, indicativo de um
evento de pressionamento de tecla.
(71) Lancer Partnership, Ltd. (US)
(72) Thomas J. Chadwell, David C. Sudolcan
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/016650 de 27/05/2004
(87) WO 2005/001862 de 06/01/2005
(21) PI 0410667-9 (22) 12/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 10/445,245
(51) A01M 1/02, A01M 1/06, A01M 1/10, F23N 1/00, F23D 14/50
(54) ARMADILHA COM REGULADOR DE ESCOAMENTO MELHORADO
(57) "ARMADILHA COM REGULADOR DE ESCOAMENTO MELHORADO". O
presente pedido refere-se a um dispositivo de armadilha para inseto voador (10)
configurado para ser utilizado com um suprimento de combustível (12) que
contém combustível para ser queimado. Um aspecto da invenção fornece um
regulador de combustível (110) para controlar o escoamento de combustível em
pulsos intermitentes e um outro aspecto fornece uma válvula (8) para
possibilitar a lavagem do dispositivo de combustão.
(71) American Biophysics Corporation (US)
(72) Emma A. Durand, Michael J. Palombo
(74) Dannemann , Siem sen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/014707 de 12/05/2004
(87) WO 2004/105481 de 09/12/2004
50
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
(71)
(72)
(74)
(85)
(86)
(87)
(21) PI 0410668-7 (22) 10/06/2004
1.3
(30) 10/06/2003 US 60/477,043
(51) C11C 1/04
(54) MÉTODO PARA A PRODUÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS TENDO UM
BAIXO TEOR DE ÁCIDO TRANS-GRAXO
(57) "MÉTODO PARA A PRODUÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS TENDO UM
BAIXO TEOR DE ÁCIDO TRANS-GRAXO". Esta invenção se refere a um
método para hidrolisar a composição contendo éster de ácido graxo de glicerol,
tal como uma gordura e/ou um óleo, para produzir ácidos graxos tendo uma
proporção baixa de ácidos graxos de trans -isômeros. Especificamente, a
presente invenção se refere a um processo para hidrolisar as composições
contendo éster de ácido graxo de glicerol sob condições resultando em uma
baixa proporção de ácidos graxos de trans -isômeros.
(71) Archer-Daniels- Midland Company (US)
(72) Paul D. Bloom, Inmok Lee, Peter Reimers
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/018586 de 10/06/2004
(87) WO 2004/111164 de 23/12/2004
(21) PI 0410669-5 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 60/473.622
(51) C07D 213/74, C07D 213/75, C07D 213/76, C07D 213/81, C07D 213/82,
C07D 405/12, C07D 417/12, A61K 31/4412
(54) INIBIDORES DE CASPASE E USOS DOS MESMO
(57) "INIBIDORES DE CASPASE E USOS DOS MESMOS". A presente
1
2
3
4
5
invenção proporciona um composto da fórmula I: em que R , R , R , R e R
são conforme definido aqui. A presente invenção também proporciona
composições farmacêuticas e métodos de uso de tais composições para o
tratamento de doenças mediadas por caspase e processos para o preparo dos
compostos da invenção.
(71) Vertex Pharmaceuticals Incorporarted (US)
(72) Guy Brenchley, Jean-Damien Charrier, Steven Durrant, Ronald Knegtel,
Michael Mortimore, John R. Studley
(74) Di Blasi, Parente, S.G & Associados
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/016706 de 27/05/2004
(87) WO 2004/106304 de 09/12/2004
(21) PI 0410670-9 (22) 10/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 10/445,464
(51) B65D 1/02
(54) FRASCO
(57) "FRASCO". A presente invenção refere-se a um frasco de camadas
múltiplas, tendo uma camada externa e/ou interna composta de um polietileno
de metaloceno. O frasco tem uma camada intermediária de polietileno de alta
densidade. O frasco, surpreendentemente, é claro e tem uma transmitância
superior de luz no espectro visível de luz.
Unilever N.V (NL)
Edward John Giblin, John Michael Paulovich
Momsen, Leonardos & Cia
25/11/2005
PCT EP2004/005003 de 10/05/2004
WO 2004/106173 de 09/12/2004
(21) PI 0410671-7 (22) 18/06/2004
1.3
(30) 19/06/2003 US 60/479,793
(51) A61K 7/00
(54) COMPOSIÇÃO DE CUIDADOS PESSOAIS
(57) "COMPOSIÇÃO DE CUIDADOS PESSOAIS". Esta invenção diz respeito
aos poligalactomananas cationicamente derivadas obtidas da cassia tora e
cassia obtusifolia e a seu uso nas composições de cuidados pessoais, cuidados
domésticos e cuidados institucionais.
(71) Noveon IP Holdings Corp. (US)
(72) Ferdinand Utz, Carole A. Lepilleur, Krishnan Tamaraselvy, Joseph A.
Chiarelli, Julie F. Schmucker-Castner, Brian J. Vondruska, William R. Wilber,
Hong Luo, Nancy S. Marchant, Francine Shuster, Daniel F. Hasman, Jr.,
Michael P. Myers
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 25/11/2005
(86) PC T US2004/019426 de 18/06/2004
(87) WO 2004/112733 de 29/12/2004
(21) PI 0410672-5 (22) 22/06/2004
1.3
(30) 27/06/2003 US 10/608,663
(51) G05D 16/10, G05D 7/00
(54) REGULADOR DE PRESSÃO, SISTEMA DE VÁLVULA, E, MÉTODO
PARA OPERAR UM SI STEMA DE VÁLVULA DE CONTROLE
(57) "REGULADOR DE PRESSÃO, SISTEMA DE VÁLVULA, E, MÉTODO
PARA OPERAR UM SISTEMA DE VÁLVULA DE CONTROLE". Um sistema de
válvula de controle é apresentado que proporciona um mecanismo pelo qual a
válvula pode é movida para sua posição de segurança contra falhas. O sistema
inclui um atuador de válvula (26) que recebe fluido pressurizado de um
regulador (42). O regulador é munido de uma válvula de escape de pressão
reversa (76) de tal maneira que se a pressão no interior do atuador da válvula
deve é aliviada, como quando a válvula deve é posicionada em sua posição de
segurança contra falhas, a válvula de escape de pressão reversa (76) é aberta
desse modo oferecendo uma passagem imediata e exata através da qual a
pressão excedente no interior da saída do regulador pode é aliviada.
(71) Fisher Controls International LLC (US)
(72) Justin Wade Hart, David Blair Davis, Gregg Alan Schneider, Steven Ernest
Berry
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/020189 de 22/06/2004
(87) WO 2005/003876 de 13/01/2005
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410673-3 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 EP 03011174.4
(51) H04Q 1/14
(54) MÓDULO DE TELECOMUNICAÇÕES
(57) "MÓDULO DE TELECOMUNICAÇÕES". Um módulo de telecomunicações
tem um alojamento com um interior e um exterior e diversos elementos de
contato (12, 40) que se estendem do interior ao exterior, de maneira a permitir a
conexão dos fios exteriores e/ou a conexão de componentes elétricos interiores
ou exteriores e/ou permitir derivaç ão de contatos de um outro módulo de
comunicação, em que pelo menos dois dos elementos de contato (12, 14) são
mutuamente conectados no interior do alojamento por meio de um fio interno
(28, 32, 40, 42).
(71) 3M Innovative Properties Company (US)
(72) Hans -Dieter Otto
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/015262 de 17/05/2004
(87) WO 2004/107773 de 09/12/2004
(21) PI 0410674-1 (22) 10/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 EP 03101558.9
(51) G09F 3/20, G09F 3/02
(54) ADESIVO DE SEGURANÇA, MÉTODO PARA OPERAR UM SISTEMA DE
SEGURANÇA DE DOCUMENTO, E, SISTEMA DE SEGURANÇA DE
DOCUMENTO
(57) "ADESIVO DE SEGURANÇA, MÉTODO PARA OPERAR UM SISTEMA
DE SEGURANÇA DE DOCUMENTO, E, SISTEMA DE SEGURANÇA DE
DOCUMENTO". O adesivo de segurança e sistema de recuperação de
documento, em que o adesivo compreende uma ou mais características de
segurança em uma camada de costado (16) que tem primeiro e segundo lados
principais opostos, o dito primeiro lado principal tendo uma camada adesiva
transparente ou translúcida (22) aplicada pelo menos em uma primeira parte (5)
deste e um revestimento (18) em um lado da camada adesiva (22) afastada da
dita camada de costado (16). O primeiro lado principal tem na primeira parte do
dito adesivo de segurança uma primeira área que contém uma ou mais marcas
distintivas que descrevem a primeira informação (3) a ser protegida contra
falsificação e/ou adulteração em um primeiro modo de uso, e o dito segundo
lado principal tem em uma segunda parte do dito adesivo de segurança uma
segunda área localizada oposta a uma terceira área no dito primeiro lado
principal que não contém informação a ser exibida e protegida no dito primeiro
modo de uso. A segunda área (14) compreende uma seção que é adaptada
para receber a segu nda informação (13), a dita segunda informação (13) sendo
relacionada a toda ou parte da dita primeira informação.
(71) 3M Innovative Properties Company (US)
(72) Thomas R. Kolodzie, Domenica Kirchmeyer, Mario Ergovic
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 25/11/2005
(86) PCT US2004/014614 de 10/05/2004
(87) WO 2004/107295 de 09/12/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 51
(21) PI 0410675-0 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 60/473,543
(51) C25B 11/04, C25B 1/26, B01J 21/18, B01J 27/045, B01J 23/89
(54) CATALISADOR PARA REDUÇÃO DE OXIGÊNIO
(57) "CATALISADOR PARA REDUÇÃO DE OXIGÊNIO". A presente invenção
refere-se a um novo catalisador de sulfeto de rutênio e a elétrodos de difusão
de gás que incorporam este último para a redução de oxigênio em
eletrolizadores industriais. O catalisador é altamente resistente à corrosão,
resultando assim particularmente adequado para o uso em eletrólise de ácido
clorídrico aquoso despolarizada com oxigênio.
(71) De Nora Elettrodi S.P.A (IT)
(72) Andrea F. Gulla, Robert J. Allen, Emory S. de Castro
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 25/11/2005
(86) PCT EP2004/005761 de 27/05/2004
(87) WO 2004/106591 de 09/12/2004
(21) PI 0410676-8 (22) 19/04/2004
1.3
(30) 09/05/2003 DE 203 07 258.8
(51) B23B 51/ 02
(54) BROCA PARA USINAGEM DE MATERIAIS FUNDIDOS, CABEÇOTE
PORTA- BROCAS E PLACA DE CORTE
(57) "BROCA PARA USINAGEM DE MATERIAIS FUNDIDOS, CABEÇOTE
PORTA- BROCAS E PLACA DE CORTE". É descrita uma broca de material
duro com barras subdivididas por ranhuras de aparas e com pelo menos dois
gumes principais (1), que possuem respectivamente uma aresta de corte (2) e
uma passagem para o gume transversal (5) sendo que o gume principal (1) é
continuamente convexo desde a aresta de corte (2) e segue em sentido axial
(A), pelo menos por segmento.
(71) Jörg Gürhing (DE)
(72) Peter Hähle
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 08/11/2005
(86) PCT EP2004/004149 de 19/04/2004
(87) WO 2004/098822 de 18/11/2004
52
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
(30) 06/05/2003 US 10/430,498
(51) B01D 11/00, B01D 11/04, C02F 1/26, C02F 1/44, C02F 1/00, C12P 7/04,
C12P 7/14, C07C 31/18
(54) PROCESSO PARA A RECUPERAÇÃO DE 1,3-PROPANODIOL DE UM
CALDO DE FERMENTAÇÃO
(57) "PROCESSO PARA A RECUPERAÇÃO DE 1,3-PROPANODIOL DE UM
CALDO DE FERMENTAÇÃO". São divulgados aqui processos para a
recuperação de 1,3-propanodiol de uma corrente de alimentação aquosa. A
presente invenção envolve contatar uma corrente de alimentação aquosa que
compreende água, 1,3-propanodiol, e pelo menos um contaminante com pelo
menos um solvente extrator para formar uma mistura. A mistura é separada em
uma primeira fase e uma segunda fase. A segunda fase compreende uma
maioria da água da corrente de alimentação aquosa. A primeira fase
compreende solvente extrator e pelo menos parte do 1,3-propanodiol que
estava presente na corrente de alimentação aquosa. A razão em peso na
primeira fase de 1,3-propanodiol para qualquer contaminante presente é maior
do que a razão em peso de 1,3-propanodiol para o mesmo contaminante na
corrente de alimentação aquosa antes da corrente de alimentação aquosa ser
contatada com o solvente extrator. A primeira fase pode ser removida da
segunda fase separada para recuperar o 1,3-propanodiol.
(71) Tate & Lyle Ingredients Americas, INC (US)
(72) Avraham M. Baniel, Robert P. Jansen, Asher Vitner, Anthony Baiada
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 07/11/2005
(86) PCT US2004/013905 de 06/05/2004
(87) WO 2004/101437 de 25/11/2004
(21) PI 0410677-6 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 09/05/2003 FR 0305636; 24/10/2003 US 60/513,577
(51) A61K 7/13
(54) PROCESSO PARA O TRATAMENTO DAS FIBRAS QUERATÍNICAS E
COMPOSIÇÃO PARA A TINTURA DAS FIBRAS QUERATÍNICAS
(57) "PROCESSO PARA O TRATAMENTO DAS FIBRAS QUERATÍNICAS E
COMPOSIÇÃO PARA A TINTURA DAS FIBRAS QUERATÍNICAS". A presente
invenção trata de um processo para o tratamento das fibras queratínicas, que
compreende a aplicação nas fibras queratínicas de uma composição capilar que
compreende pelo menos um agente ativo escolhido entre os corantes capilares,
os agentes oxidantes e os condicionadores catiônicos, seguida da aplicação
nas fibras de um ferro de aquecer cuja temperatura é superior ou igual a 60ºC.
A presente invenção trata também de uma composição que compreende pelo
menos um polímero superabsorvente e pelo menos um agente ativo escolhido
entre os pigmentos capilares, os agentes oxidantes e os condicionadores
catiônicos.
(71) L'oreal (FR)
(72) Roland de La Mettrie
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 08/11/2005
(86) PCT EP2004/006058 de 30/04/2004
(87) WO 2004/098550 de 18/11/2004
(21) PI 0410678-4 (22) 05/05/2004
1.3
(30) 09/05/2003 US 60/469,230; 04/05/2004 US 10/838,427
(51) A61K 31/70, A61K 31/7048, C07H 17/08
(54) MÉTODOS PARA AUMENTAR A PRODUÇÃO DA CARNE DO PEITO EM
UMA AVE
(57) "MÉTODOS PARA AUMENTAR A PRODUÇÃO DA CARNE DO PEITO
EM UMA AVE". Trata-se de um método para aumentar a produção da carne do
peito em aves mediante o tratamento das aves com uma quantidade eficaz de
natamicina. A quantidade eficaz de natamicina pode ser adicionada à ração da
ave tanto diretamente quanto na forma de uma pré-mistura contendo um
veículo.
(71) Arkion Life Sciences LLC (US)
(72) A. Franklin Carter
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 08/11/2005
(86) PCT US2004/014078 de 05/05/2004
(87) WO 2004/100675 de 25/11/2004
(21) PI 0410679-2 (22) 12/05/2004
1.3
(30) 13/05/2003 EP 03010671.0
(51) A61K 38/21, A61J 1/00
(54) FÓRMULAS DE PROTEÍNA LÍQUIDA ESTABILIZADA EM CONTEINERS
FARMACÊUTICOS COBERTOS
(57) "FÓRMULAS DE PROTEÍNA LÍQUIDA ESTABILIZADA EM CONTEINERS
FARMACÊUTICOS COBERTOS". Prevê um contêiner compreendendo um
meio de fechamento coberto por um material fluorinado inerte e contendo uma
composição líquida farmacêutica. Em particular, o contêiner compr eende um
meio de fechamento coberto com TEFLON e contém uma fórmula HSA-free
Interferon-ß com a seguinte composição: 30 a 100 µg/ml de Interferon-ß, um
agente de isotonicidade, 0.1 a 2 mg/ml de Poloxamer 188, ao menos 0.12
mg/ml de L-Metionina e uma solução tampão capaz de manter o pH da fórmula
líquida a um valor entre 3.0 e 4.0.
(71) Ares Trading S.A. (CH)
(72) Fabrizio Samaritani, Alessandra Del Rio
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
(85) 07/11/2005
(86) PCT EP2004/050779 de 12/05/2004
(87) WO 2004/100979 de 25/11/2004
(21) PI 0410680-6 (22) 06/05/2004
1.3
(21) PI 0410681-4 (22) 07/05/2004
1.3
(30) 07/05/2003 US 60/468,677; 30/06/2003 US 60/484,209
(51) C12P 7/64
(54) MOLÉCULAS DE ÁCIDO NUCLÉICO ISOLADAS, POLIPEPTÍDIO, GENE
QUIMÉRICO, CÉLULA HOSPEDEIRA TRANSFORMADA, MÉTODOS PARA A
PRODUÇÃO DE ÁCIDO LINOLÉICO E DE ÁCIDOS GRAXOS w- 3, MÉTODO
PARA MODULAR A BIOSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS w-3 OU w- 6, ÓLEO
MICROBIAL, E MÉTODOS PARA A OBTENÇÃO DE UMA MOLÉCULA DE
ÁCIDO NUCLÉICO
(57) "MOLÉCULAS DE ÁCIDO NUCLÉICO ISOLADAS, POLIPEPTÍDIO, GENE
QUIMÉRICO, CÉLULA HOSPEDEIRA TRANSFORMADA, MÉTODOS PARA A
PRODUÇÃO DE ÁCIDO LINOLÉICO E DE ÁCIDOS GRAXOS ω-3, MÉTODO
PARA MODULAR A BIOSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS ω-3 OU ω-6, ÓLEO
MICROBIAL, E MÉTODOS PARA A OBTENÇÃO DE UMA MOLÉCULA DE
ÁCIDO NUCLÉICO". A presente invenção refere-se a uma ∆12 desaturase de
ácido graxo com capacidade de catalisar a conversão de ácido oléico em ácido
linoléico (LA; 18:2). São descritas as seqüências de ácido nucléico que
codificam a desaturase, as seqüências de ácido nucléico que hibridizam na
mesma, os construtos de DNA que compreendem o gene de desaturase, e os
microorganismos hospedeiros recombinantes que expressam níveis
aumentados da desaturase. Métodos para aumentar a produção de ácidos
graxis ω-3 e/ou ω- 6 específicos são descritos pela superexpressão da ∆12
desaturase de ácido graxo ou pelo rompimento do gene nativo.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Narenda S. Yadav, Hongxiang Zhang
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 07/11/2005
(86) PCT US2004/014542 de 07/05/2004
(87) WO 2004/104167 de 02/12/2004
(21) PI 0410682-2 (22) 06/05/2004
1.3
(30) 06/05/2003 US 10/429,735
(51) A61K 48/00, A61K 39/12, C12N 15/33, C12N 7/01
(54) FATOR ACELERADOR DE VACINA PARA MELHORIA NA VACINAÇÃO
DE AVES DE CORTE
(57) "FATOR ACELERADOR DE VACINA PARA MELHORIA NA VACINAÇÃO
DE AVES DE CORTE". A presente invenção proporciona um fator acelerador
de vacina (FAV) que é um nucleotídeo imunoestimulante. O FAV contém uma
ou mais construções de DNA, cada qual contendo uma molécula de DNA e um
vetor. Cada molécula de DNA contém um ou mais genes ou fragmentos de
genes, cada qual codificando um péptido-antígeno de um vírus aviário. O FAV é
preferivelinente aplicado no líquido aminiótico do ovo depois de ter sido
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 53
fertilizado durante cerca de 17-19 dias. O FAV pode ser administrado
juntamente com uma vacina viral contendo um ou mais vírus aviários atenuados
ou inativados. Alternativamente, o FAV pode ser administrado antes da
aplicação da vacina viral, que é administrada antes ou depois da incubação. O
FAV estimula e acelera a resposta imunológica protetiva de uma vacina viral.
(71) Schweitzer Chemical Corporation Ltd (US)
(72) Tsun-Yung Kuo
(74) Daniel Rejman
(85) 04/11/2005
(86) PCT US2004/013937 de 06/05/2004
(87) WO 2004/100877 de 25/11/2004
(21) PI 0410683-0 (22) 22/03/2004
1.3
(30) 07/05/2003 CN 03124287.1
(51) A63B 23/20
(54) INSTRUMENTO PARA EXERCITAR O MÚSCULO VAGINAL FEMININO
(57) "INSTRUMENTO PARA EXERCITAR O MÚSCULO VAGINAL FEMININO".
A proposta da presente invenção é oferecer um instrumento destinado a
reforçar o grupo dos músculos da vagina feminina e, com isto, resolver o
problema de relaxação vaginal e promover o sentimento da sexualidade do
casal, sendo que, em um prim eiro exemplo de concretização compreende um
invólucro elástico tubular cilíndrico, em cujo interior tem acondicionada uma
matéria fluida (líquido ou gás) que ocupa toda a área disponível dentro do
invólucro, e num segundo exemplo de concretização tem fixada no interior do
invólucro uma chapa separadora que divide o interior em duas cavidades, uma
vazia e outra contendo a matéria fluida, havendo em dita chapa separadora,
pelo menos uma válvula, sendo que, quando uma cavidade é pressionada pelo
grupo dos músculos vaginais, o líquido nesta contido entra na outra cavidade
fora da vagina através da válvula, e num terceiro exemplo de concretização
pode ter fixado no suporte algumas argolas elásticas em forma semi-elipsoidal
que formam dois elementos elástico aneliforme no interior do invólucro.
(71) Rondge Li (CN)
(72) Rondge Li
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
(85) 04/11/2005
(86) PCT CN2004/000236 de 22/03/2004
(87) WO 2004/098726 de 18/11/2004
(21) PI 0410684-9 (22) 03/05/2004
1.3
(30) 08/05/2003 ES P200301054
(51) A61K 38/17, A61K 39/00, A61P 25/28
(54) USO DE UM PEPTÍDIO CONJUGADO A UMA PROTEÍNA QUE AGE
COMO UM IMUNÓGENO PARA A PRODUÇÃO DE ANTICORPOS CAPAZES
DE RECONHECER ESPECIFICAMENTE QUALQUER UMA DAS VARIANTES
PREDOMINANTES DO PEPTÍDEO BETA AMILÓIDE Aß40 E Aß42 NA
PREPARAÇÃO DE UM MEDICAMENTO PARA A PREVENÇÃO E/OU O
TRATAMENTO DE UMA DOENÇA E USO DE UM ANTICORPO OU UM
FRAGMENTO ATIVO OU O DERIVADO DE UM ANTICORPO QUE
RECONHECE ESPECIFICAMENTE QUALQUER UMA DAS VARIANTES
PREDOMINANTES DO PEPTÍDIO BETA AMILÓIDE, Aß40 E Aß42, NA
PREPARAÇÃO DE UM MEDICAMENTO PARA PREVENÇÃO E/OU
TRATAMENTO DE UMA DOENÇA
(57) "USO DE UM PEPTÍDIO CONJUGADO A UMA PROTEÍNA QUE AGE
COMO UM IMUNÓGENO PARA A PRODUÇÃO DE ANTICORPOS CAPAZES
DE RECONHECER ESPECIFICAMENTE QUALQUER UMA DAS VARIANTES
PREDOMINANTES DO PEPTÍDEO BETA AMILÓIDE Aß40 E Aα42 NA
PREPARAÇÃO DE UM MEDICAMENTO PARA A PREVENÇÃO E/OU O
TRATAMENTO DE UMA, DOENÇA E USO DE UM ANTICORPO OU UM
FRAGMENTO ATIVO OU O DERIVADO DE UM ANTICORPO QUE
RECONHECE ESPECIFICAMENTE QUALQUER UMA DAS VARIANTES
PREDOMINANTES DO PEPTÍDIO BETA AMILÓIDE, Aß40 E Aß42, NA
PREPARAÇÃO DE UM MEDICAMENTO PARA A PREVENÇÃO E/OU O
TRATAMENTO DE UMA DOENÇA". A invenção refere-se a anticorpos que são
utilizados na preparação de um medicamento para o tratamento do mal de
Alzheimer. Mais especificamente, a invenção refere-se ao uso de um anticorpo
que reconhece especificamente qualquer uma das variantes predominantes do
peptídio beta amilóide, Aβ40 e Aβ42, na preparação de um medicamento que é
utilizado para a prevenção e/ou o tratamento do mal de Alzheimer.
(71) Universidad de Zaragoza (ES)
(72) Manuel Sarasa Barrio
(74) David do Nascimento Advogados Associados S/C
(85) 04/11/2005
(86) PCT ES2004/000194 de 03/05/2004
(87) WO 2004/098631 de 18/11/2004
(21) PI 0410685-7 (22) 05/05/2004
(30) 06/05/2003 US 60/468,231
(51) C12P 7/18, C07C 29/80, C07C 31/20
(54) PROCESSOS DE PURIFICAÇÃO
COMPOSIÇÕES
(57) "PROCESSOS DE PURIFICAÇÃO
1.3
DE
1,3-PROPANODIOL
E
DE
1,3-PROPANOD IOL
E
COMPOSIÇÕES". É fornecido um processo de purificação de 1,3-propanodiol a
partir do caldo de fermentação de E. coli cultivado que tenha sido bioelaborado
para sintetizar 1,3-propanodiol a partir de açúcar. O processo básico
compreende a filtragem, troca de íons e destilação do fluxo de produto de caldo
de fermentação, incluindo preferencialmente a redução química do produto
durante o procedimento de destilação. Também são fornecidas composições
altamente purificadas de 1,3-propanodiol.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US) , Tate & Lyle Ingredientes
Americas, Inc (US)
(72) Dennis Michael Adkesson, Albert W. Alsop, Tyler T. Ames, Luís Alberto
Chu, James M. Disney, Bryan C. Dravis, Patrick Fitzgibbon, James M. Gaddy,
F.Glenn Gallagher, William F. Lehnhardt, Jefferson C. Lievense, Michael L.
Luyben, Mayis Seapan, Robert E. Trotter, Gregory M. Wenndt, Eugene K. Yu
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 04/11/2005
(86) PCT US2004/014043 de 05/05/2004
(87) WO 2004/101479 de 25/11/2004
(21) PI 0410686-5 (22) 05/05/2004
1.3
(30) 06/05/2003 US 60/468,212
(51) C07C 29/90
(54) PROCESSO E COMPOSIÇÃO
(57) "PROCESSO E COMPOSIÇÃO". A presente invenção descreve um
processo de hidrogenação para remoção de impurezas e controle de ácido para
uso no processamento abaixo no fluxo de 1,3-propanodiol derivado
bioquimicamente.
Preferencialmente,
o
1,3-propanodiol
derivado
bioquimicamente, antes do contato, possui coloração inicial e, após o contato,
possui coloração que é inferior à coloração inicial.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) George Francis Diffendall, Tyler T. Ames, F. Glenn Gallagher, Mayis
Seapan, Robert E. Trotter
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 04/11/2005
(86) PCT US2004/014044 de 05/05/2004
(87) WO 2004/101482 de 25/11/2004
(21) PI 0410687-3 (22) 06/05/2004
1.3
(30) 07/05/2003 FR 03 05667
(51) A45D 34/04, B65D 83/00
(54) APLICADOR PARA PRODUTOS COSMÉTICOS LÍQUIDOS E MÉTODO
PARA EMBALAR UM PRODUTO COSMÉTICO LÍQUIDO
(57) "APLICADOR PARA PRODUTOS COSMÉTICOS LÍQUIDOS E MÉTODO
PARA EMBALAR UM PRODUTO COSMÉTICO LÍQUIDO". A presente
invenção refere-se a um aplicador para produto cosmético líquido, que
compreende especialmente um reservatório (10), um pistão interno (3) e uma
peça posterior de aplicador (1) equipada com válvula posterior (2). O
mencionado aplicador é caracterizado pelo fato de que o reservatório (10) é
definido na peça posterior, em primeira extremidade, pela válvula (2) e, na outra
extremidade, pelo pistão (3), em que o mencionado pistão forma uma tampa
rosqueada sobre uma vara axial rosqueada (41) fixada a uma base (4) que é
conectada de forma giratória à peça posterior (1).
(71) Rexam Dispensing Systems (FR)
(72) Jean-Louis Bougamont
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 04/11/2005
(86) PCT EP2004/004834 de 06/05/2004
(87) WO 2004/098346 de 18/11/2004
(21) PI 0410688-1 (22) 07/05/2004
1.3
(30) 07/05/2003 US 60/468,677
(51) C12P 7/64
(54) MÉTODOS DE PRODUÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS, DE ÁCIDOS
LINOLÉICO, (GAMA)-LINOLÊNICO, ESTEARIDÔNICO, (ALFA)-LINOLÉICO,
DI-HOMO-(GAMA)- LINOLÉICO,
EICOSATETRAENÓICO,
DOCOSAPENTAENÓICO,
ARAQUIDÔNICO,
EICOSAPENTAENÓICO,
54
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
DOCOSAHEXAENÓICO, LEVEDURA OLEAGINOSA TRANSFORMADA E
ÓLEO MICROBIANO
(57) "MÉTODOS DE PRODUÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS, DE ÁCIDOS
LINOLÉICO, γ-LINOLÊNICO, ESTEARIDÔNICO, α-LINOLÉICO, DI -HOMOγLINOLÉICO,
EICOSATETRAENÓICO,
DOCOSAPENTAENÓICO,
ARAQUIDÔNICO,
EICOSAPENTAENÓICO,
DOCOSAHEXAENÓICO,
LEVEDURA OLEAGINOSA TRANSFORMADA E ÓLEO MICROBIANO". A
presente invenção refere-se a métodos de produção de ácidos graxos ω- 3 e/ou
ω-6 em levedura oleaginosa. Desta forma, dessaturases e elongases capazes
de catalisar a conversão de ácido linoleico (LA) em ácido γlinolênico (GLA);
ácido α-linoleico (ALA) em ácido estearidônico (STA); GLA em ácido di- homo-γlinoleico (DGLA); STA em ácido eicosatetraenóico (ETA): DGLA em ácido
araquidônico (ARA); ETA em ácido eicosapentaenóico (EPA); DGLA em ETA;
EPA em ácido docosapentaenóico (DPA); e ARA em EPA foram introduzidas no
genoma de Yarrowia para síntes e de ARA e EPA.
(71) E.I. Du Pont de Nemours And Company (US)
(72) Stephen K. Picataggio, Narendra S. Yadav, Quinn Qun Zhu
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(85) 03/11/2005
(86) PCT US2004/014541 de 07/05/2004
(87) WO 2004/101757 de 25/11/2004
(21) PI 0410689-0 (22) 07/05/2004
1.3
(30) 08/05/2003 US 10/434,433
(51) F16D 3/38, F16J 15/32
(54) JUNÇÃO UNIVERSAL E MÉTODO DE MONTAGEM DE UMA JUNÇÃO
UNIVERSAL
(57) "JUNÇÃO UNIVERSAL E MÉTODO DE MONTAGEM DE UMA JUNÇÃO
UNIVERSAL". Trata-se de uma junção universal que inclui um garfo (16)
conectado a um elemento cruciforme (20) pelo conjunto de capa de rolamento
(48) . O conjunto de capa de rolamento - (10) inclui uma capa (52) de
rolamento, um rolamento (50) e um retentor integral do de vedação (60) . O
conjunto de capa de rolamento é acoplado de maneira rotativa a um munhão
(44) do elemento cruciforme. O retentor integral do defletor de vedação inclui
uma caixa (120) que acopla o elemento cruciforme para reter o conjunto de
rolamento no munhão.
(71) American Axle & Manufacturing, Inc (US)
(72) Mark M. Menosky
(74) David do Nascimento Advogados Associados S/C
(85) 03/11/2005
(86) PCT US2004/014154 de 07/05/2004
(87) WO 2004/102019 de 25/11/2004
(21) PI 0410690-3 (22) 04/05/ 2004
1.3
(30) 05/05/2003 US 10/429,345; 16/05/2003 US 10/249,915; 27/05/2003 US
10/445,517; 07/07/2003 US 10/614.592; 11/07/2003 US 10/617,896
(51) A61H 7/00, A61H 15/00
(54) MASSAGEADOR DE APOIO
(57) "MASSAGEADOR DE APOIO". Compreendendo uma estrutura base (12)
que tem um painel superior alongado (14), um cursor (18) disposto abaixo do
painel superior alongado da estrutura base, um membro guia (26) acoplado de
maneira móvel entre a estrutura base e o cursor para permitir que o cursor
execute um movimento horizontalmente recíproco em relação à estrutura base,
um içador (20) que tem uma placa superior (120), uma placa inferior (122), e um
dispositivo levantador que move a placa superior verticalmente em relação à
placa inferior, e esferas massageadoras (100) unidas à placa superior do içador
e que se movem vertical e/ou horizontalmente ao longo da abertura superior
alongada do painel superior alongado da estrutura base; dito dispositivo
levantador do içador adota o movimento linear direto; sendo que ainda, dito
dispositivo levantador inclui um mecanismo levantador de parafuso, um
mecanismo de engrenagem de combinação, um mecanismo de engrenagem de
cremalheira, um mecanismo levantador hidráulico e um mecanismo levantador
de cilíndro pneumático.
(71) Hakjin Kim (US)
(72) Hakjin Kim
(74) Miranda, Lynch & Kneblewski S/C Ltda
(85) 03/11/2005
(86) PCT IB2004/050582 de 04/05/2004
(87) WO 2004/098482 de 18/11/2004
(21) PI 0410691-1 (22) 20/04/2004
1.3
(30) 05/05/2003 US 60/467,901; 17/11/2003 US 10/714,704
(51) B61F 5/00
(54) TRUQUE DE DIRECIONAMENTO LINEAR
(57) "TRUQUE DE DIRECIONAMENTO LINEAR". Um equipamento consistindo
em um truque de direcionamento linear (10) compreendendo: um membro que
consiste em uma travessa central (20) que tem duas extremidades; a travessa
central (20) fica localizada ao longo do eixo transverso que se estende
geralmente perpendicular ao eixo longitudinal, e geralmente fica localizada
entre e paralelamente aos eixos que se estendem transversalmente (14), (16);
os am parabalanços (32), (34) ligam o truque de direcionamento linear (10) à
caixa do carro (12); uma pluralidade de pedestais (26), (27), (28), (29) acopla,
cada um, um mancal de eixo (30); o mancal de eixo (30) acopla rotacionalmente
uma extremidade de um eixo que se estende transversalmente (14), (16); pelo
menos um pedestal (26)-(29) se liga de forma móvel a pelo menos um outro
pedestal (27)-(28) situado no mesmo plano ao longo do eixo longitudinal; o
componente de direcionamento (90) é provido para realizar o direcionamento da
caixa do carro, sendo que a geometria dos pontos pivô (63)a, (63)b) a partir de
outro eixo até a travessa central (20), forma um paralelogramo; os pedestais
(26)-(29) são ligados pivotados, de maneira que uma força lateral em um eixo
(14), (16) reage pelo outro eixo (14), (16), com isso, a massa da caixa do carro
(12) age como uma força restauradora da massa do pêndulo; o equipamento
(10) é direcionado para o centro da via férrea estando à frente qualquer
extremidade do truque após os desvios laterais trapezóides.
(71) Paul S. Wike (US)
(72) Paul S. Wike
(74) Remarca Reg de Marcas e Patentes SC Ltda
(85) 01/11/2005
(86) PCT US2004/012179 de 20/04/2004
(87) WO 2004/098973 de 18/11/2004
(21) PI 0410692-0 (22) 28/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 KR 10-2003- 0034685
(51) H01M 2/14
(54) BATERIA DE LÍTIO RECARREGÁVEL USANDO UM SEPARADOR
PARCIALMENTE RECOBERTO COM UM GEL POLÍMERO
(57) "BATERIA DE LÍTIO RECARREGÁVEL USANDO UM SEPARADOR
PARCIALMENTE RECOBERTO COM UM GEL POLÍMERO". Descreve-se um
RPI 1850 de 20/06/2006
separador para uma bateria que é recoberto com um polímero de gel sobre 4060% da área total do separador e uma bateria de lítio recarregável que usa tal
separador. O separador parcialmente recoberto com um polímero de gel reduz
a resistência da bateria de forma que a potência da bateria pode ser melhorada.
Adicionalmente, o separador aumenta a taxa de impregnação de eletrólito e
provê impregnação uniforme de eletrólito, enquanto melhora a vida útil,
capacidade e propriedades de alta tax a de descarga de uma bateria. Além do
mais, o separador permite a execução uniforme das reações dos eletrodos,
prevenindo assim a precipitação de lítio e melhorando a segurança de bateria.
(71) LG Chem, Ltd. (KR)
(72) Jee Ho Kim, Ji Sang Yu, Jeong Hee Choi
(74) Pinheiro Neto - Advogados
(85) 01/11/2005
(86) PCT KR2004/001257 de 28/05/2004
(87) WO 2004/107479 de 09/12/2004
(21) PI 0410693-8 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 01/05/2003 KR 10-2003-0028042; 03/05/2003 KR 10-2003-0028418;
11/08/2003 KR 10-2003-0055373
(51) H04Q 7/38, H04B 7/216
(54) SISTEMA E MÉTODO PARA GERAÇÃO DE UMA MÁSCARA DE
CÓDIGO PÚBLICO LONGO EM UM SISTEMA DE COMUNICAÇÕES MÓVEL
(57) "SISTEMA E MÉTODO PARA GERAÇÃO DE UMA MÁSCARA DE
CÓDIGO PÚBLICO LONGO EM UM SISTEMA DE COMUNICAÇÕES MÓVEL".
Descreve-se um método de atribuição de uma máscara de código público longo
(Public Long Code Mask - PLCM) a um terminal móvel em uma rede de
comunicações móvel. O método inclui a atribuição de um primeiro tipo de
PLCM, quando a rede de comunicações móvel atribui a PLCM ao terminal
móvel; e atribuir um segundo tipo de PLCM, quando a PLCM para o terminal
móvel é determinada baseado em um número de série eletrônico (NSE)
associado com o terminal móvel.
(71) LG Electronics Inc (KR)
(72) Jong Hoe An, Chan Ho Kyung
(74) Pinheiro Neto - Advogados
(85) 01/11/2005
(86) PCT KR2004/001017 de 30/04/2004
(87) WO 2004/098228 de 11/11/2004
(21) PI 0410694-6 (22) 03/05/2004
1.3
(30) 01/05/2003 US 60/467,442; 19/02/2004 US 60/546,393; 30/04/2004 US
10/837,519
(51) A61K 31/495, A61K 31/496, C07D 241/04, C07D 241/08, C07D 403/04
(54) COMPOSTOS DE PIPERAZINA TETRA E PENTA-SUBSTITUÍDOS E DE
ANEL DERIVADO DE PIPERAZINA
(57) "COMPOSTOS DE PIPERAZINA TETRA E PENTA- SUBSTITUÍDOS E DE
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 55
ANEL DERIVADO DE PIPERAZINA". Composto receptor-específico de
melanocortina da fórmula geral de estrutura (I) onde X, R1, R 2a, R 2b, R 3, R 4a, R 4b,
R 5, e R5b são conforme definido na especificação, composto que se liga com
alta afinidade a um ou mais receptores de melanocortina e que é opcionalmente
um agonista, um antagonista, um agonista inverso ou um antagonista de um
agonista inverso, e que pode ser empregado para tratamento de condições ou
distúrbios associados com receptor de melanocortina e métodos para o uso dos
compostos da invenção.
(71) Palatin Technologies, Inc. (US)
(72) Shubh D. Sharma, Yi-Qun Shi, Zhijun Wu, Ramesh Rajpurohit, Annette M.
Shadiack, Papireddy Purma, Kevin D. Burris
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 01/11/2005
(86) PCT US2004/013 803 de 03/05/2004
(87) WO 2004/098602 de 18/11/2004
(21) PI 0410695-4 (22) 03/05/2004
1.3
(30) 02/05/2003 US 60/467,724
(51) C12N 1/14, C12N 1/16, C12N 1/18
(54)
CEPA
DE
LEVEDURA
(GCSI)
TOLERANTE
A
GLICOSE,
INDEPENDENTE DA FONTE DE CARBONO C2, MÉTODO PARA
SELECIONAR UMA CEPA DE LEVEDURA (GCSI) TOLERANTE A GLICOSE,
INDEPENDENTE DA FONTE DE CARBONO C2, MÉTODO PARA PRODUZIR
ÁCIDO PIRÚVICO E SAIS DOS MESMOS E MÉTODO PARA PRODUZIR
ÁCIDO LÁCTICO OU SAIS DOS MESMOS
(57) "CEPA DE LEVEDURA (GCSI) TOLERANTE A GLICOSE,
INDEPENDENTE DA FONTE DE CARBONO C 2, MÉTODO PARA
SELECIONAR UMA CEPA DE LEVEDUPA (GCSI) TOLERANTE A GLICOSE,
INDEPENDENTE DA FONTE DE CARBONO C 2, MÉTODO PARA PRODUZIR
ÁCIDO PIRÚVICO E SAIS DOS MESMOS E MÉTODO PARA PRODUZIR
ÁCIDO LÁCTICO OU SAIS DOS MESMOS". São descritas aqui cepas de
leveduras (GCSI) tolerantes a glicose independente da fonte de Carbono C2,
não tendo quantidades detectáveis de atividade decarboxilase piruvato, onde as
cepas de leveduras do alelo-selvagem em relação a cepa de levedura tolerante
a glicose independente da fonte de Carbono C2 são Crabtree positivas. São
também descritos os métodos para selecionar as cepas de leveduras tolerantes
a glicose independente da fonte de Carbono C2, e os métodos para produ zir o
ácido pirúvido ou os sais dos mesmos usando a cepa de levedura tolerante a
glicose independente da fonte de Carbono C2. São ainda, aqui descritas, cepas
de levedura GCSI tendo um genoma que compreende um gene dehidrogenase
de lactato exógeno.
(71) Tate & Lyle Ingredientes Americas, Inc (US)
(72) Antonius J. A. Van Maris, Jacobus Thomas Pronk, Johannes Pieter Van
Dijken
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 01/11/2005
(86) PCT US2004/013495 de 03/05/2004
(87) WO 2004/099425 de 18/11/2004
(21) PI 0410696-2 (22) 03/05/2004
1.3
(30) 02/05/2003 US 60/467.663
(51) B01D 61/08
(54) SISTEMA, FILTRO, E TUBULAÇÃO DE FILTRAGEM DE FLUXO
TRANSVERSAL E MÉTODO PARA FORMAÇÃO DE UM SISTEMA DE
FILTRAGEM DE ÁGUA COM UM FILTRO DE FLUXO TRANSVERSAL
(57) "SISTEMA, FILTRO, E TUBULAÇÃO DE FILTRAGEM DE FLUXO
TRANSVERSAL E MÉTODO PARA FORMAÇÃO DE UM SISTEMA DE
FILTRAGEM DE ÁGUA COM UM FILTRO DE FLUXO TRANSVERSAL". Um
sistema de filtragem de fluxo transversal incluindo pelo menos um cartucho de
filtragem de conversão de secagem rápida designado para rotativamente
comunicar-se com o conjunto de tubulação. O cartucho de filtragem de fluxo
transversal pode compreender um elemento de membrana, por exemplo uma
membrana ultrafiltragem, membrana de micro-filtragem, membrana de nanofiltragem ou elemento de membrana de osmose reversa dentro do alojamento.
O cartucho de conversão de secagem rápida inclui um córrego de entrada, um
córrego de permeado e um córrego condensado. O conjunto de tubulação inclui
três trajet os de fluxo; um córrego de entrada, um córrego de permeado e um
córrego condensado. Quando encaixado, o cartucho e o conjunto de tubulação
define uma entrada contínua do trajeto de fluxo, trajeto de fluxo de permeado e
trajeto de fluxo condensado que se conectam sobre uma superfície. Em seguida
todos as conexões do sistema de filtragem de água podem ser feitas sobre a
tubulação, e o sistema conectado resultante é compacto e fácil para conectar.
(71) Cuno Incorporated (US)
56
(72)
(74)
(85)
(86)
(87)
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
Karl Fritze, Nathan E. Marks
Waldemar do Nascimento
01/11/2005
PCT US2004/013565 de 03/05/2004
WO 2005/021439 de 10/03/2005
(21) PI 0410697-0 (22) 30/04/2004
1.3
(30) 02/05/2003 US 60/467.414; 30/09/2003 US 60/506.724; 30/04/2004 US
10/835.109
(51) A61B 17/56
(54) MÉTODO E ESTABILIZADOR DINÂMICO DE ESPINHA
(57) "MÉTODO E ESTABILIZADOR DINÂMICO DE ESPINHA". Um
estabilizador dinâmico de espinha move-se sob o controle do movimento
espinhal provendo suporte mecânico aumentado dentro de uma zona central
correspondendo substancialmente com a zona neutra da espinha machucada.
O estabilizador dinâmico de espinha inclui um conjunto de suporte e um
conjunto de resistência associado com o conjunto de suporte. O conjunto de
resistência gera um maior aum ento na força mecânica durante o movimento
dentro da zona e um menor aumento na força mecânica durante o movimento
além da zona central. Um método para uso do estabilizador é também revelado.
(71) Yale University (US)
(72) Manohar M. Panjabi
(74) Waldemar do Nascimento
(85) 01/11/2005
(86) PCT US2004/013684 de 30/04/2004
(87) WO 2004/098452 de 18/11/2004
(21) PI 0410698-9 (22) 25/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 JP 2003-151207; 30/06/2003 JP 2003-188360
(51) A01N 47/44, A61K 31/155, A61P 31/02
(54) COMPOSIÇÕES AQUOSAS DESINFETANTES E/OU BACTERICIDAS
(57) "COMPOSIÇÕES AQUOSAS DESINFETANTES E/OU BACTERICIDAS".
A presente invenção fornece uma composição aquosa desinfetante e/ou
RPI 1850 de 20/06/2006
bactericida contendo um sal de adição de ácido de olanexidina, e pelo menos
um tensoativo não-iônico à base de polioxietileno selecionado do grupo que
consiste em éteres alquílicos superiores de polioxietileno e éteres alquilfenílicos
de polioxietileno; uma composição aquosa desinfetante elou bactericida
contendo um sal de adição de ácido de olanexidina a uma concentração de
0,05 a 0,5% p/v, e um álcool a uma concentração de 20 a 80% p/v, e não
contendo tensoativos; e uma composição aquosa desinfetante e/ou bactericida
contendo um sal de adição de ácido de olanexidina, e pelo menos um membro
selecionado do grupo que consiste em tensoativos não-iônicos à base de éster
e oligossacarídeos cíclicos.
(71) Otsuka Pharmaceutical CO., LTD. (JP)
(72) Toru Nishibayashi, Tetsuya Sato, Masaaki Odomi, Kinue Ohguro, Hiroshi
Ishikawa
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT JP2004/007436 de 25/05/2004
(87) WO 2004/105492 de 09/12/2004
(21) PI 0410699-7 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 DK PA 2003 00805
(51) D01G 25/00, D04H 5/ 08
(54) MÉTODO E DISTRIBUIDOR DE FIBRAS PARA A DEPOSIÇÃO A AR DE
FIBRAS
(57) "MÉTODO E DISTRIBUIDOR DE FIBRAS PARA A DEPOSIÇÃO A AR DE
FIBRAS". Distribuidor de fibras que é usado para a deposição a ar de fibras (4;
6) em um fio de formação sem -fim permeável ao ar (9) em uma maquinaria para
produzir tramas não-tecidas. O distribuidor de fibras compreende um cabeçote
de formação (2) com um fundo perfurado (7) e fileiras (14) de palhetas rotativas
(15) em um fluxo de ar antes que elas sucessivamente deixem o cabeçote de
formação (2) através das aberturas (8) do fundo perfurado (7) para serem
depositadas em uma camada (16) na parte superior (17) do fio de formação (2).
As fibras (4; 6) são, enquanto passadas assim rapidamente, inclinadas para
formarem nós (20; 21). As palhetas (15) são, portanto, adaptadas para girarem
com uma ótima velocidade de rotação em um intervalo onde a inclinação das
fibras (4; 6) para formar os nós (20; 21) mudará de menor para maior, quando a
velocidade de rotação das palhetas (15) aumentar. Por meio do método e do
distribuidor de fibras, de acordo com a invenção, é possível produzir tramas
não-tecidas com um mínimo de perda de fibras na forma de nós e ao mesmo
tempo também com uma taxa extremamente alta de produção.
(71) M&J Fibretech A/S (DK)
(72) Jens Ole Bröchner Andersen
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT DK2004/000370 de 27/05/2004
(87) WO 2004/106604 de 09/12/2004
(21) PI 0410715-2 (22) 13/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 DE 103 24 307.0
(51) F16K 15/02, F16K 15/06, F16L 29/02
(54) UNIDADE DE ACOPLAMENTO RÁPIDO COM VÁLVULA DE RETENÇÃO
INTEGRADA
(57) "UNIDADE DE ACOPLAMENTO RÁPIDO COM VÁLVULA DE RETENÇÃO
INTEGRADA". A presente invenção refere-se a uma unidade de acoplamento
rápido (1) para condutos conduzindo meios fluentes ou em corrente, em que
está integrada uma válvula de retenção (5) para controle da pressão dos meios
ou para ventilação nos condutos conduzindo o meio. Essa válvula de retenção
(5) está disposta em um ramal secundário (4) aberto para fora, partindo do
conduto principal da unidade de acoplamento rápido (1), e seu corpo de válvula
(10), a partir de sua posição bloqueando a passagem para o meio, através de
um tucho de válvula (12) acessível de fora, pode ser levado para sua posição
liberando a passagem para o meio contra uma força de reposição. Além disso,
a ramificação secundária (4) é simultaneamente a caixa de válvula (4) da
válvula de retenção (5). O corpo de válvula (10) axialmente móvel na caixa de
válvula (4) é executado em uma só peça e apresenta um cone de válvula (11),
cuja sede de válvula como área cônica (16) correspondente é executada em
uma contrapeça (17) oca, inserida de modo vedante na extremidade aberta da
ramificação secundária (4) ou caixa de válvula (4) contra sua parede interna. A
válvula de retenção (5) proporciona a vantagem de que consiste em apenas
poucas partes individuais, que são de fabricação e montagem simples e
econômica, de preferência de plástico. É obtida a máxima vedabilidade no
estado fechado da válvula (figura 1).
(71) A. Raymond & Cie. (FR)
RPI 1850 de 20/06/2006
(72)
(74)
(85)
(86)
(87)
Erminio Moretti, Franck Lallement, Albert Raymond
Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
28/11/2005
PCT EP2004/005117 de 13/05/2004
WO 2004/106786 de 09/12/2004
(21) PI 0410716-0 (22) 03/02/2004
1.3
(30) 28/05/2003 US 10/446.298
(51) H04R 25/00
(54) ALTO -FALANTE DE ÁUDIO POSSUINDO UMA BOBINA DE ALTOFALANTE REMOVÍVEL
(57) "ALTO-FALANTE DE ÁUDIO POSSUINDO UMA BOBINA DE ALTOFALANTE REMOVÍVEL". Trata-se de um alto-falante de áudio (300) possuindo
uma bobina de alto-falante removível (320), a qual pode ser uma parte de uma
montagem de bobina de alto-falante (355). A bobina de alto-falante pode ser
removível pelo usuário para facilitar a substituição de uma bobina de altofalante danificada ou a reconfiguração de um sistema de alto-falante. Posicionar
de forma apropriada a montagem de bobina de alto-falante pode proporcionar
uma conexão elétrica livre de solda entre a bobina de alto-falante e os cabos
condutores que proporcionam corrente para a bobina de alto-falante. Em
algumas modalidades, a bobina de alto-falante é de forma removível pelo
usuário ligada com uma superfície circunferencial interna de um diafragma
(310). Em outras modalidades, a bobina de alto-falante é conectada com o
diafragma (310), e tanto a montagem de bobina de alto-falante (355) como o
diafragma (310) são de forma removível pelo usuário ligados com um quadro
(370).
(71) BOSTON ACOUSTICS, INC. (US)
(72) Aaron Linn, Leif Blackmon
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
(85) 28/11/2005
(86) PCT US2004/003168 de 03/02/2004
(87) WO 2004/107801 de 09/12/2004
(21) PI 0410717-9 (22) 07/05/2004
1.3
(30) 29/05/2003 US 10/447894; 29/05/2003 US 10/447,894
(51) C01F 11/18, C08K 3/26, D21H 17/67, D21H 19/38
(54) PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE PCC FOLHEADO, PRODUTO
DE PCC FOLHEADO, CARBONATO DE CÁLCIO FOLHEADO PRECIPITADO,
POLÍMERO, E, PAPEL
(57) "PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO DE PCC FOLHEADO, PRODUTO
DE PCC FOLHEADO, CARBONATO DE CÁLCIO FOLHEADO PRECIPITADO,
POLÍMERO,E,PAPEL". Um processo para a preparação de PCC folheado
compreendendo as etapas de prover uma suspensão de hidróxido de cálcio,
carbonatar a suspensão de hidróxido de cálcio, adicionar um fosfato
condensado à suspensão antes de completar a carbonatação para precipitar o
carbonato de cálcio folheado. Um papel, que é carregado, é também provido e
um papel que é revestido e um polímero que é carregado são visados, os quais
usam o PCC folheado de acordo com a presente invenção.
(71) Specialty Minerals (Michigan) Inc. (US)
(72) Harry John Huhn III
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 28/11/2005
(86) PCT US2004/014342 de 07/05/2004
(87) WO 2004/106236 de 09/12/2004
(21) PI 0410718-7 (22) 28/05/ 2004
1.3
(30) 28/05/2003 KR 10-2003-0034004; 28/05/2003 KR 10-2003-0034003;
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 57
20/06/2003 KR 10- 2003- 0040220; 21/06/2003 KR 10-2003-0040493;
21/06/2003 KR 10-2003-0040494; 21/06/2003 KR 10-2003-0040495
(51) D06F 33/02
(54) MÁQUINA DE LAVAR ROUPAS E MÉTODO DE CONTROLE DA MESMA
(57) "MÁQUINA DE LAVAR ROUPAS E MÉTODO DE CONTROLE DA
MESMA". São reveladas uma máquina de lavar roupas e um método de
controle da mesma, incluindo as etapas de (a) calcular a quantidade de um
detergente em uma operação de lavar roupas, (b) definir um padrão de lavagem
com base na quantidade calculada do detergente, e (c) executar uma operação
de enxágüe de acordo com o padrão de lavagem definido, desse modo
melhorando a capacidade de enxágüe da máquina de lavar roupas.
(71) LG Electronics INC (KR)
(72) Seok Kyu Park, Seog Ho Go, Bo Sun Chung, Young Soo Kim, Young Man
Yang, Gyoo Cheol Choi
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
(85) 28/11/2005
(86) PCT KR2004/001255 de 28/05/2004
(87) WO 2004/106615 de 09/12/2004
(21) PI 0410719-5 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 26/05/2003 ES P200301229
(51) H04L 1/20, G01R 29/26
(54) MÉTODO PARA REDUZIR A VARIAÇÃO DE UMA AVALIAÇÃO DE
RELAÇÃO SINAL/RUÍDO PARA UM SINAL COM MODULAÇÃO DE FASE
DIFERENCIAL E AMPLITUDE COERENTE
(57) "MÉTODO PARA REDUZIR A VARIAÇÃO DE UMA AVALIAÇÃO DE
RELAÇÃO SINAL/RUÍDO PARA UM SINAL COM MODULAÇÃO DE FASE
DIFERENCIAL E AMPLITUDE COERENTE". Caracterizado pelo fato de que, a
fim de se calcularem as amostras da potência de ruído que afeta o sistema, os
erros de amplitude e incremento de fase obtidos no receptor são combinados
realizando-se uma tradução desses erros (1) e (4) para o ponto correspondente
do primeiro anel (6) da constelação como se este tivesse sido aquele que foi
transmitido e sem aqueles erros submetidos a qualquer modificação, a fim de
mais tarde calcular o módulo elevado ao quadrado do vetor de erro (9). Ele
reduz ao mínimo e equilibra a variação das amostras obtidas para os diferentes
valores, pares e ímpares, de bits por portadora que o sistema utiliza. Ele reduz
a variação da estimativa da relação sinal/ruído em um sistema de
comunicações digital de multiusuário. A dita estimativa é necessária para
selecionar o número de bits por portadora, a fim de ser adaptada ao canal e
como informação de cópia de segurança na eventualidade de se utilizar um
receptor com diversidade.
(71) Diseño de Sistemas En Silicio, S.A. (ES)
(72) Jorge Vicente Blasco Claret, Juan Carlos Riveiro Insúa, Agustín Badenes
Corella
(74) Vieira de Mello Advogados
(85) 28/11/2005
(86) PCT ES2004/000223 de 19/05/2004
(87) WO 2004/105301 de 02/12/2004
58
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
variedade de doenças, distúrbios ou condições, as composições e os sistemas
de distribuição de droga espumáveis da invenção são particularmente utilizáveis
para a administração dermatológica de corticoesteróides e agentes
antifúngicos.
(71) Stiefel Laboratories, Inc. (US)
(72) Karl F. Popp, Edward R. Yuhas
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT US2004/016733 de 27/05/2004
(87) WO 2004/105702 de 09/12/2004
(21) PI 0410720-9 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 60/473,817
(51) C07D 239/94, C07D 405/14, C07D 401/12, C07D 471/04, A61K 31/517,
A61P 35/00
(54) QUINAZOLINAS E PIRIDO[3,4-D]PIRIMIDINAS COMO INIBIDORES DO
RECEPTOR DE TIROSINA CINASE
(57) "QUINAZOLINAS E PIRIDO[3.4-D]PIRIMIDINAS COMO INIBIDORES DO
RECEPTOR DE TIROSINA CINASE". A invenção refere-se a compostos de
fórmula 1 e a seus sais, pró-fármacos e solvatos farmaceuticamente aceitáveis,
1
3
4
11
em que R , R , R , R , N, Z, A, m e p são como definido aqui. A invenção
também se refere a métodos de tratamento de crescimento celular anormal em
mamíferos por administração dos compostos de fórmula (I) e com composições
farmacêuticas para tratar tais distúrbios os quais contêm os compostos de
fórmula (I). A invenção também refere-se a métodos de preparar os compostos
de fórmula (I).
(71) Pfizer Products Inc. (US)
(72) Samit Kumar Bhattacharya, Jinshan Chen, Richard Damian Connell, John
Charles Kath, Goss Stryker Kauffman, Blaise Scott Lippa, Joel Morris
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT IB2004/001687 de 17/05/2004
(87) WO 2004/106308 de 09/12/2004
(21) PI 0410721-7 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 US 10/445.487
(51) A61K 31/57, A61K 31/415, A61K 9/12, A61M 11/00
(54) COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS ESPUMÁVEIS E MÉTODOS PARA
TRATAMENTO DE UM DISTÚRBIO
(57) "COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS ESPUMÁVEIS E MÉTODOS PARA
TRATAM ENTO DE UM DISTÚRBIO". A presente invenção refere-se às novas
composições de matéria compreendendo um sistema de distribuição espumável
que são providas. Novos métodos de tratamento de uma doença, distúrbio, ou
condição usando as novas composições, são ainda providos. Os novos
métodos para fazer e distribuir uma composição farmacêutica espumável são
também providos. Apesar da composição e do sistema de distribuição de
drogas espumável novos poderem ser usados para a administração de uma
ampla faixa de drogas aos tecidos epiteliais, para o tratamento de uma ampla
(21) PI 0410722-5 (22) 23/04/2004
1.3
(30) 28/05/2003 SE 0301565-8
(51) F16H 57/04
(54) DISPOSITIVO PARA A LUBRIFICAÇÃO DE UMA ENGRENAGEM
(57) "DISPOSITIVO PARA A LUBRIFICAÇÃO DE UMA ENGRENAGEM" A
presente invenção se refere a um dispositivo para a lubrificação de uma
engrenagem, compreendendo uma primeira roda de engrenagem (402, 602,
702) em engrenamento com uma segunda roda de engrenagem (404), os
dentes da primeira roda de engrenagem (402, 602, 702) possuindo um
comprimento axial mais longo do que a integridade de comprimento axial dos
dentes da segunda roda de engrenagem (404). Uma primeira superfície
denteada da primeira roda de engrenagem (402, 602, 702) está em
engrenamento com os dentes da segunda roda de engrenagem (404). Uma
segunda superfície denteada da primeira roda de engrenagem (402, 602, 702)
constitui uma parte em uma junção de chaveta (spline joint - uma chave ou uma
tira, de madeira ou de metal, utilizada em estruturas construtivas, que está
fixada para uma de duas partes mec ânicas conectadas e montadas em um
caminho de chave uma na outra) juntamente com correspondentes dentes
internos de um elemento de engrenagem (423, 623, 723, 823) . Um duto
lubrificante (429, 629, 729, 829) está disposto de maneira a conduzir lubrificante
para a primeira superfície denteada. Em concordância com a presente
invenção, o referido dispositivo está caracterizado pelo fato de que o referido
duto lubrificante (429, 629, 729, 829) consiste de um espaço entre uma ponta
denteada e uma correspondente raiz denteada na referida junção de chaveta. O
elemento de engrenagem (423, 623, 723, 823) consiste de um anel de
acoplamento. A primeira roda de engrenagem (402, 602, 702) consiste de uma
roda sol. Tanto o anel de acoplamento e quanto a roda sol fazem parte de uma
caixa de marchas gradual com estágios de engrenagem planetária.
(71) Volvo Lastvagnar AB (SE)
(72) Hedman, Anders
(74) Magnus Aspeby/Claudio Marcelo Szabas
(85) 28/11/2005
(86) PCT SE2004/000626 de 23/04/2004
(87) WO 2004/106778 de 09/12/2004
(21) PI 0410723-3 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 26/05/2003 FR 03 06352
(51) B41M 3/14, G07D 7/12
(54) DOCUMENTO DE SEGURANÇA E SEU PROCESSO DE PRODUÇÃO
(57) "DOCUMENTO DE SEGURANÇA E SEU PROCESSO DE PRODUÇÃO".
A presente invenção refere-se a um documento de segurança útil para se prémunir contra as falsificações e contrafações de peças de pagamento ou de
documentos oficiais por reprodução, que se caracteriza pelo fato de comportar
como meio de segurança um motivo de segurança (M) constituído de um
primeiro motivo (M1) formado a partir de substâncias que apresentam um efeito
interferencial e de um segundo motivo (M2) formado a partir de substâncias que
reagem a certos estímulos, tais como radiação luminosa ou estímulo calorífico,
magnético, eletromagnético, elétrico ou de tipo microonda, dando uma resposta
luminosa visível por um olho humano ou um sinal específico detectável com o
auxílio de um aparelho adaptado. A presente invenção refere-se também ao
processo de produção desse documento.
(71) Arjowiggins (FR) , Arjowiggins Security (FR)
(72) Sandrine Rancien, Nathalie Vast
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT FR2004/001227 de 19/05/2004
(87) WO 2004/106078 de 09/12/2004
(21) PI 0410724-1 (22) 14/06/2004
1.3
(30) 12/06/2003 EP 03425381.5
(51) B32B 17/10, B32B 31/02, B32B 31/04, B32B 31/14, C03C 27/12, B60J
RPI 1850 de 20/06/2006
1/02, B29C 35/02, B29C 51/02
(54) PROCESSO PARA PRODUÇÃO DE UMA FOLHA DE VIDRO LAMINADA
(57) "PROCESSO PARA PRODUÇÃO DE UMA FOLHA DE VIDRO
LAMINADA".Trata-se de uma vidraça laminada para uso automotivo em que um
filme funcional de material termoplástico é submetido a conformação térmica e
posteriormente refrigerado por ventilação forçada, anteriormente à introdução
do mesmo entre as folhas de vidro da vidraça laminada.
(71) Pilkington Italia S.p.A. (IT)
(72) Litterio Bolognese
(74) Paulo C. Oliveira & Cia
(85) 28/11/2005
(86) PCT EP2004/051106 de 14/06/2004
(87) WO 2004/110747 de 23/12/2004
(21) PI 0410725-0 (22) 12/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 10/445,199
(51) A01M 1/02, A01M 1/06
(54) ARMADILHA COM VÁLVULA DE LIMPEZA
(57) "ARMADILHA COM VÁLVULA DE LIMPEZA". A presente invenção referese a um dispositivo de armadilha de inseto voador configurado de modo a ser
usado com um suprimento de combustível contendo combustível. Um aspecto
da presente invenção provê um regulador de combustível de modo a controlar o
fluxo de combustível em pulsos intermitentes e um outro aspecto provê uma
válvula de modo a permitir a lavagem do dispositivo de combustão.
(71) American Biophysics Corporation (US)
(72) Emma A. Durand, Richard M. Oster
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT US2004/014706 de 12/05/2004
(87) WO 2004/105480 de 09/12/2004
(21) PI 0410726-8 (22) 27/05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 US 60/473,424
(51) G06Q 30/00
(54) SISTEMA E MÉTODO PARA PROGRAMA DE PREMIAÇÃO DE CARTÃO
DE CRÉDITO
(57) "SISTEMA E MÉTODO PARA PROGRAMA DE PREMIAÇÃO DE CARTÃO
DE CRÉDITO". A presente invenção refere-se a uma plataforma e programa
para melhorar o valor e a vontade de possuir um cartão de crédito (ou outro
produto de pagamento) para um possuidor do cartão e encorajar uma utilização
aumentada do cartão como um dispositivo de pagamento pela premiação do
possuidor do cartão não somente em compras de qualificação mas em milhas
viajadas em conexão com as compras de bilhetes de viagem ou passes de
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 59
viagem. O programa da invenção alavanca as informações de transação de
qualificação e outros dados (por exemplo, os Dados de Nível 3) os quais
automaticamente fluem com tais informações de transação. A premiação
resgatada pelo possuidor do cartão de acordo com a plataforma e programa da
invenção não está vinculada a um provedor específico de bens ou serviços, e a
execução da premiação é gerenciada através do emissor do cartão ou seu
agente executor.
(71) Citicorp Credit Services, Inc. (US)
(72) Steven Freiberg
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT US2004/016885 de 27/05/2004
(87) WO 2004/107127 de 09/12/2004
(21) PI 0410727-6 (22) 19/08/2004
1.3
(30) 20/08/2003 US 60/496,638
(51) C07D 209/42, C07D 307/85, C07D 333/70, C07D 277/56, C07D 215/48,
C07D 239/70, C07C 259/10, A61K 31/343, A61P 35/00
(54) COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, E, USO DE UM
COMPOSTO
(57) "COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, E, USO DE UM
COMPOSTO" A presente invenção é dirigida a certos derivados de
hidroxamato, que são inibidores da histona deacetilase e são, portanto, úteis no
tratamento de doenças associadas com a atividade da histona deacetilase. São
também descritos composições farmacêuticas e processos para preparar estes
compostos.
(71) Axys Pharmaceuticals, INC (US)
(72) Martin Sendzik
(74) Momsen, Leonard os & Cia
(85) 28/11/2005
(86) PCT US2004/027053 de 19/08/2004
(87) WO 2005/019174 de 03/03/2005
(21) PI 0410728-4 (22) 28/05/2004
1.3
(30) 28/05/2003 KR 10-2003-0034002; 23/06/2003 KR 10-2003-0040673;
07/08/2003 KR 10-2003-0054634
(51) D06F 33/02
(54) MÉTODO DE CONTROLE DE MÁQUINA DE LAVAR
(57) "MÉTODO DE CONTROLE DE MÁQUINA DE LAVAR". O representado é
um método de controle de uma máquina de lavar compreendendo as etapas de
(a) ajustar um padrão de lavagem na presente operação da máquina de lavar
em consideração de dureza da água calculada na operação anterior da
máquina de lavar, (b) operar a máquina de lavar baseada no padrão de
lavagem ajustado, e (c) calcular e armazenar dureza da água na presente
operação da máquina de lavar para ajustar um próximo padrão de lavagem na
próxima operação da máquina de lavar, desse modo tendo a lavagem ótima ou
capacidade de enxágüe da máquina de lavar em consideração a diferentes
características de água por grupos regionais.
(71) LG Electronics Inc. (KR)
(72) Seok Kyu Park, Seog Ho Go, Bo Sun Chung, Young Soo Kim
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
(85) 28/11/2005
(86) PCT KR2004/001256 de 28/05/2004
(87) WO 2004/106616 de 09/12/2004
60
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
W, La, Ce ou Sn ou pelo menos em cada caso um sal de pelo menos dois
destes elementos.
(71) Henkel Kommanditgesellschaft Auf Aktien (DE)
(72) Bernhard Grünewälder, Thomas Empt, Birgit Ness, Horst Beck
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT EP2004/005602 de 25/05/2004
(87) WO 2004/106451 de 09/12/2004
(21) PI 0410729-2 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 26/05/2003 DE 103 24 114.0; 23/09/2006 DE 103 44 306.1
(51) E03B 3/28, B01D 53/02, B01D 53/14
(54) DISPOSITIVO PARA OBTENÇÃO DE ÁGUA DO AR ATMOSFÉRICO
(57) "DISPOSITIVO PARA OBTENÇÃO DE ÁGUA DO AR ATMOSFÉRICO".
Propõe-se um dispositivo para obtenção de água de ar atmosférico (8) com
adsorvente ou absorvente fluente, especialmente uma solução de salmoura (3),
com um sal higroscópico para adsorção ou absorção da água, sendo que ao
menos ao longo de um trecho de adsorção ou absorção (7) é prevista a
adsorção ou absorção, o qual com um alto rendimento de água (potável) por
unidade de volume da construção ou do absorvente/adsorvente (3) produz uma
redução do dispêndio de montagem e uma estabilização do processo. Isso é
obtido de acordo com a invenção pelo fato de que o adsorvente (3, 13) ou
absorvente (3, 13) fluente está disposto ao menos ao longo do trecho de
adsorção ou absorção (7) essencialmente em um elemento de guia (1, 16, 19,
22, 24) para guia do adsorvente (3) ou absorvente (3) especialmente em uma
via predeterminável.
(71) Logos -Innovationen GMBH (DE)
(72) Frank Thielow
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/11/2005
(86) PCT DE2004/001102 de 26/05/2004
(87) WO 2004/106649 de 09/12/2004
(21) PI 0410730-6 (22) 25/ 05/2004
1.3
(30) 27/05/2003 DE 103 24 086.1
(51) C09J 9/00, C09J 11/04, C09D 5/02, C08K 3/00
(54) DISPERSÃO DE POLÍMEROS MARCADA E ADESIVOS OBTENÍVEIS A
PARTIR DA MESMA
(57) "DISPERSÃO DE POLÍMEROS MARCADA E ADESIVOS OBTENÍVEIS A
PARTIR DA MESMA". A presente invenção refere-se a uma dispersão de
polímeros, contendo água, pelo menos um polímero capaz de ser preparado
mediante polimerização por emulsão e pelo menos dois íons ou elementos
escolhidos do grupo formado de Li, Ba, Sr, B, Co, Cu, Mn, Mo, Ni, Ag, Pb, Zn,
(21) PI 0410731-4 (22) 17/06/2004
1.3
(30) 19/06/2003 US 60/479,740; 29/03/2004 US 60/557,347; 13/05/2004 US
60/570,676; 13/05/2004 US 60/570, 737
(51) A61K 38/12, A61P 3/04
(54) COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, MÉTODOS PARA
AGONIZAR O RECEPTOR MC4, PARA TRATAR OBESIDADE, PARA
TRATAR DIABETES MELITO E PARA TRATAR DISFUNÇÃO SEXUAL
MASCULINA E/OU FEMININA EM UM MAMÍFERO, E, USO DE UM
COMPOSTO
(57) "COMPOSTO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, MÉTODOS PARA
AGONIZAR O RECEPTOR MC4, PARA TRATAR OBESIDADE, PARA
TRATAR DIABETES MELITO E PARA TRATAR DISFUNÇÃO SEXUAL
MASCULINA E/OU FEMININA EM UM MAMÍFERO, E, USO DE UM
COMPOSTO". A presente invenção refere-se a agonistas peptídeos do receptor
MC4, e como tais, são úteis no tratamento de distúrbios responsivos à ativação
deste receptor, como obesidade, diabetes melito e disfunção sexual masculina
e/ou feminina.
(71) Eli Lilly And Company (US)
(72) David Benjamin Flora, Mark Louis Heiman, JeAnne L. Hertel, Hansen
Maxwell Hsiung, John Philip Mayer, David Lee Smiley, Liang Zeng Yan,
Lianshan Zhang
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 28/11/2005
(86) PCT US2004/016625 de 17/06/2004
(87) WO 2005/000339 de 06/01/2005
(21) PI 0410781-0 (22) 10/05/2004
1.3
(30) 19/05/2003 AT A 772/2003
(51) B22D 11/06, B22D 11/106, B22D 43/00
(54) PROCEDIMENTO PARA FABRICAR UMA TIRA DE METAL FUNDIDA E
DISPOSITIVO CORRESPONDENTE PARA FUNDIR, COMPREENDENDO
DOIS CILINDROS
(57) "PROCEDIMENTO PARA FABRICAR UMA TIRA DE METAL FUNDIDA E
DISPOSITIVO CORRESPONDENTE PARA FUNDIR, COMPREENDENDO
DOIS CILINDROS". A presente invenção se refere a um procedimento para
fabricar uma tira de metal fundida com um dispositivo de fundição
compreendendo dois cilindros. Este último consiste de dois cilindros de fundição
e duas placas laterais que, conjuntamente, formam um compartimento para
massa fundida e uma fenda de fundição, sendo que a massa fundida de metal é
conduzida para dentro do compartimento para massa fundida, formando, dentro
do compartimento para massa fundida, um banho de massa fundida com a
superfície do banho aberta para cima, e que uma tira de metal fundida sai do
compartimento para massa fundida através da fenda de fundição. Uma região
de superfície limitada (30) é formada na superfície do banho por meio da
atuação de pelo menos um jato de gás (20, 20a, 20b), para recolher as
partículas estranhas à massa fundida. Para evitar a entrada de partículas
estranhas à massa fundida na superfície ou na região próxima à superfície da
tira fundida a presente invenção propõe que pelo menos um jato de gás (20,
20a, 20b) seja orientado para a superfície do banho, mantendo-se uma
distância entre o eixo do jato de gás (21) e a linha de contato (10, 11) da
superfície do banho com os cilindros de fundição (1, 2).
(71) Voest-Alpine Industrieanlagenbau Gmbh & Co (AT)
(72) Gerald Hohenbichler, Gerald Eckerstorfer, Markus Brummayer
(74) Orlando de Souza
(85) 21/11/2005
(86) PCT EP2004/004947 de 10/05/2004
(87) WO 2004/101196 de 25/11/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410782-9 (22) 18/05/2004
1.3
(30) 20/05/2003 SE 0301470-1
(51) G01N 33/53, G01N 21/17, C12Q 1/00
(54) SUPORTE DE MICRO ARRANJO POLIMÉRICO, MÉTODO DE
FORMAÇÃO DE MICRO CARACTERÍSTICAS E UMA DISPOSIÇÃO DE
ENSAIO ÓTICO
(57) "SUPORTE DE MICRO ARRANJO POLIMÉRICO, MÉTODO DE
FoRMAÇÃO DE MICRO CARACTERÍSTICAS E UMA DISPOSIÇÃO DE
ENSAIO ÓTICO". A presente invenção se refere a um suporte de micro arranjo
(microarray) polimérico (1) para uma disposição de ensaio (de análise, de teste)
ótico (2) compreendendo recursos óticos (3, 4, 6) para a detecção de luz
emitida a partir do referido suporte (1). O referido suporte de micro arranjo
polimérico (1) está proporcionado com micro características (micro relevos ou
micro sulcos) (microfeatures) compreendendo um padrão de ampliação de
superfície (5), isto é, ranhuras possuindo uma profundidade selecionada (8). Em
concordância com a presente invenção, o referido suporte de micro arranjo
polimérico (1) está caracterizado pelo fato de que o referido padrão de
ampliação de superfície (5) compreende ranhuras dispostas para possuir uma
profundidade que é selecionada de uma maneira tal que a soma da
profundidade selecionada (8) e das variações na espessura (7) do referido
suporte (1) corresponde substancialmente para a profundidade de foco dos
referidos recursos óticos (3, 4, 6). A presente invenção igualmente se refere a
uma disposição de ensaio ótico (2) compreendendo um suporte de micro
arranjo polimérico (1) e bem como a um método de formação de micro
características compreendendo ranhuras em um suporte de micro arranjo
polimérico (1) de uma disposição de ensaio ótico (2).
(71) Amic AB (SE)
(72) Lindström, Tomas, Öhman, Ove
(74) Magnus Aspeby e Claudio Marcelo Szabas
(85) 21/11/2005
(86) PCT SE2004/000761 de 18/05/2004
(87) WO 2004/104585 de 02/12/2004
(21) PI 0410783-7 (22) 27/04/2004
1.3
(30) 22/05/2003 DE 103 23 081.5
(51) C12Q 1/48, C07K 14/47, G01N 33/74
(54) APLICAÇÃO DE UM POLIPEPTÍDEO
(57) "APLICAÇÃO DE UM POLIPEPTÍDEO". A presente invenção refere-se a
uma aplicação de um polipeptídeo para a determinação da capacidade de uma
enzima, um fragmento funcional ou derivado do mesmo, de modular o estado
de fosforilação do polipeptídeo, caracterizado pelo fato de que o polipeptídeo é
biotinilado.
(71) Sanofi-Aventis Deutschland Gmbh (DE)
(72) Norbert Tennagels, Aimo Kannt, Harald Thuering
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 21/11/2005
(86) PCT EP2004/004428 de 27/04/20 04
(87) WO 2004/104220 de 02/12/2004
(21) PI 0410784-5 (22) 17/05/2004
1.3
(30) 20/05/2003 US 10/442,590
(51) A61K 38/48, A61P 27/02
(54) MÉTODOS E COMPOSIÇÕES PARA TRATAR DISTÚRBIOS OCULARES
(57) "MÉTODOS E COMPOSIÇÕES PARA TRATAR DISTÚRBIOS
OCULARES". A presente invenção refere-se a métodos de tratar um distúrbio
ocular. Os métodos compreendem uma etapa de localmente administrar uma
toxina Clostrídica ao olho de um paciente para tratar o distúrbio. O distúrbio do
olho pode estar associado com uma inflamação do olho, incluindo por exemplo,
conjuntivite bacteriana, conjuntivite fúngica, conjuntivite viral, uveíte,
precipitados ceráticos, edema macular, e resposta de inflamação após implante
de lente intra- ocular. A toxina Clostrídica pode ser produzida por um Clostridial
beratti, Clostridia butyricum, Clostridial tetani bacterium ou Clostridial botulinum.
(71) Allergan, Inc. (US)
(72) Eric R. First
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 21/11/2005
(86) PCT US2004/016456 de 17/05/2004
(87) WO 2004/112830 de 29/12/2004
(21) PI 0410785-3 (22) 24/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 60/472,844; 26/02/2004 US 60/547,975
(51) C07K 14/715, C07K 16/00, C12N 15/11, A01K 67/00, A61K 38/00, A61K
39/00, G01N 33/50
(54) MOLÉCULA DE ÁCIDO NUCLEICO ISOLADA, CÉLULA HOSPEDEIRA,
ANIMAL
TRANSGÊNICO
NÃO
HUMANO,
PROTEÍNA
ISOLADA,
OLIGONUCLEOTÍDEO ANTI -SENTIDO, MOLÉCULA DE SIRNA, ANTICORPO
ISOLADO, MÉTODOS DE TRIAGEM QUANTO AOS COMPOSTOS DE TESTE
CAPAZES DE INIBIR, DE INTENSIFICAR OU IMITAR A INTERAÇÃO DO
GITRL COM O GITR, PARA DIAGNOSTICAR DOENÇAS, PARA TRATAR UM
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 61
PACIENTE EM RISCO OU DIAGNOSTICADO COM UMA DOENÇA, PARA
INDUZIR E PARA INIBIR A PROLIFERAÇÃO DE UMA POPULAÇÃO
CELULAR CONTENDO CÉLULAS T EFETORAS, DE BLOQUEAR A
SUPRESSÃO E DE SUPRESSÃO DE UMA POPULAÇÃO CELULAR QUE
INCLUA CÉLULAS T EFETORAS NA PRESENÇA DE CÉLULAS T
REGULADORAS CD4+CD25+, E PARA TRATAR UMA DOENÇA,
COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, E, ADJUVANTE DE VACINA
(57) "MOLÉCULA DE ÁCIDO NUCLEICO ISOLADA, CÉLULA HOSPEDEIRA,
ANIMAL
TRANSGÊNICO
NÃO
HUMANO,
PROTEÍNA
ISOLADA,
OLIGONUCLEOTÍDEO ANTI -SENTIDO, MOLÉCULA DE SIRNA, ANTICORPO
ISOLADO, MÉTODOS DE TRIAGEM QUANTO AOS COMPOSTOS DE TESTE
CAPAZES DE INIBIR, DE INTENSIFICAR OU IMITAR A INTERAÇÃO DO
GITRL COM O GITR, PARA DIAGN OSTICAR DOENÇAS, PARA TRATAR UM
PACIENTE EM RISCO OU DIAGNOSTICADO COM UMA DOENÇA, PARA
INDUZIR E PARA INIBIR A PROLIFERAÇÃO DE UMA POPULAÇÃO
CELULAR CONTENDO CÉLULAS T EFETORAS, DE BLOQUEAR A
SUPRESSÃO E DE SUPRESSÃO DE UMA POPULAÇÃO CELULAR QUE
INCLUA CÉLULAS T EFETORAS NA PRESENÇA DE CÉLULAS T
+
+
REGULADORAS CD4 CD25 , E PARA TRATAR UMA DOENÇA,
COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, E, ADJUVANTE DE VACINA". A presente
invenção fornece novos polinucleotídeos e polipeptídeos isolados e purificados
relacionados a um novo ligando para o receptor de TNF induzido por
glicocorticóides (GITR). A invenção também fornece anticorpos para o ligando
de GITR (GITRL). A presente invenção também é direcionada a novos métodos
para diagnosticar, prognosticar, monitorar o progresso, e tratar de distúrbios
que se originam da desregulação do sistema imune (por exemplo, distúrbios
autoimunes, doenças inflamatórias e rejeição de transplantes, e cânceres e
doenças infecciosas) com o uso do GITRL e/ou moduladores do GITRL. A
presente invenção é ainda direcionada às novas terapêuticas e alvos
terapêuticos e a métodos de triagem e avaliação de compostos de testes para a
intervenção (tratamento) e prevenção dos referidos distúrbios originários da
desregulação do sistema imune, quando relacionados ao GITRL e ao GITR.
(71) Wyeth (US) , The Government Of The United States Of America As
Represented By The Secretary Of The Department Of Health And Human
Services (US)
(72) Mary Collins, Ethan Menahem Shevach, Rebecca Suzanne McHugh,
James Matthew Whitters, Deborah Ann Young, Michael Chapman Byrne,
Padmalatha S. Reddy, Geoffrey Laurence Stephens, Beatriz M. Carreno
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 21/11/2005
(86) PCT US2004/016381 de 24/05/2004
(87) WO 2004/107618 de 09/12/2004
(21) PI 0410786-1 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 23/05/2003 US 60/473,378
(51) A61K 31/47, A61K 31/19, A61K 31/519
(54) COMPOSIÇÃO, USO DA MESMA, E, MÉTODO DE TRATAMENTO DE
UM DISTÚRBIO DE HUMOR EM UM PACIENTE
(57) "COMPOSIÇÃO, USO DA MESMA, E, MÉTODO DE TRATAMENTO DE
UM DISTÚRBIO DE HUMOR EM UM PACIENTE". A composição farmacêutica
da presente invenção compreende um derivado de carbostirila que é um
estabilizador do sistema dopaminaserotonina e um estabilizador de humor em
um veículo farmaceuticamente aceitável. O derivado de carbostirila pode ser
aripiprazol ou metabólito deste. O estabilizador de humor pode incluir, mas não
está limitado a, lítio, ácido valpróico, divalproex sódio, carbamazapina,
oxcarbamazapina,
zonisamida,
lamotragina,
topiramato,
gabapentina,
levetiracetam ou clonazepam. Estas composições são usadas para tratar
pacientes como distúrbios de humor, particularmente distúrbio bipolar com ou
sem características psicóticas, mania ou episódios misturados. Os métodos são
fornecidos para administração separada de um derivado de carbostirila e um
estabilizador de humor a um paciente com um distúrbio de humor.
(71) Otsuka Pharmaceutical Co., Ltd. (JP)
(72) Tetsuro Kikuchi, Taro Iwamoto, Tsuyoshi Hirose
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 21/11/2005
(86) PCT US2004/ 013308 de 19/05/2004
(87) WO 2004/105682 de 09/12/2004
(21) PI 0410787-0 (22) 19/05/2004
1.3
(30) 21/05/2003 US 60/472.298
(51) A61K 31/05, A61K 31/404, A61K 31/407, A61K 31/4425, A61P 9/04
(54) INIBIÇÃO DA PROTEÍNA CINASE C-MU (PKD) COMO UM
TRATAMENTO PARA HIPERTROFIA CARDÍACA E INSUFICIÊNCIA
62
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
CARDÍACA
(57) "INIBIÇÃO DA PROTEÍNA CINASE C- MU (PKD) COMO UM
TRATAMENTO PARA HIPERTROFIA CARDÍACA E INSUFICIÊNCIA
CARDÍACA". A presente invenção refere-se a métodos de tratamento e de
prev enção de hipertrofia cardíaca e insuficiência cardíaca. As MEF -2 e as
HDCA Classe II mostraram ter um papel principal na hipertrofia cardíaca e na
doença cardíaca. e a inibição das HDCA Classe II demonstraram ter um efeito
benéfico anti-hipertrófico. A presente invenção proporciona a ligação entre as
MEF-2 e as HDCA Classe II, uma cinase conhecida como PKD. A presente
invenção demonstra também que os inibidores de PKD inibem a hipertrofia
cardíaca, e a doença do coração através da inibição, em parte da expressão do
gene fetal cardíaco e da reorganização celular que ocorre quando a transcrição
dependente das MEF -2 é inibida.
(71) Board of Regents, The University of Texas System (US) , Myogen, INC
(US)
(72) Timothy A. Mckinsey, Eric Olson, Rick B. Vega
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 21/11/2005
(86) PCT US2004/015715 de 19/05/2004
(87) WO 2004112763 de 29/12/2004
(21) PI 0410791-8 (22) 21/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 US 10/449,289
(51) A61K 7/32
(54) COMPOSIÇÃO CREMOSA BRANCA DE ALTA VISCOSIDADE, E,
CREME BRANCO LIVRE DE SUSPENSÃO
(57) "COMPOSIÇÃO CREMOSA BRANCA DE ALTA VISCOSIDADE, E,
CREME BRANCO LIVRE DE SUSPENSÃO". A invenção é uma composição
livre de suspensão e livre de elastômero, compreendendo: a) 0,1 - 30% em
peso de um ativo antiperspirante, tendo uma baixa relação de metal para
cloreto na faixa de 0,9 a 1,5: 1; (b) 7 - 28,4% em peso de um ou mais silicones
voláteis, tendo um ponto de vaporização instantânea de 100ºgraus C ou menor;
(c) 0,6 - 2,0% em peso de um tensoativo de silicona, tendo um valor HLB ≤ 8;
(d) 30 - 70% em peso de água; (e) 0 - 3% em peso de um glicol ou poliglicol
solúvel em água; (f) 1 - 5% de emoliente de silicona; e (g) 0 - 3% em peso de
um solubilizador de fragrância orgânico não siliconizado; em que a composição
é opticamente um creme branco livre de suspensão e tem uma viscosidade
maior do que 150.000 centipoises e uma relação de fase óleo para fase água
na faixa de 10:90 a 30:70.
(71) Colgate-Palmolive Company (US)
(72) Christine Popf f, Marian Holerca
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 29/11/2005
(86) PCT US2004/016237 de 21/05/2004
(87) WO 2004/108104 de 16/12/2004
(21) PI 0410794-2 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 US 10/449,682
(51) H04M 1/00, H04M 9/00
(54) MÉTODO PARA ADMINISTRAR ENERGIA EM UM SISTEMA DE
ADMINISTRAÇÃO DE ELEMENTO, E, APARELHO
(57) "MÉTODO PARA ADMINISTRAR ENERGIA EM UM SISTEMA DE
ADMINISTRAÇÃO DE ELEMENTO, E, APARELHO". Um método para
administrar energia em um sistema de administração de elemento para
elementos de rede fornecedor de energia e de absorção de energia de uma
rede de acesso. O método inclui identificar um conjunto de primitivos para
administrar o uso de energia no elemento de rede de absorção de energia
associado com um serviço provido, prover pelo menos um caso de um
administrador de energia de linha para o serviço com os primitivos, prover pelo
menos um caso de um controlador de energia de linha associado em cada um
dos elementos de rede fornecedor e de absorção de energia, as sociar pelo
menos um meio condutivo com o controlador de energia de linha, pelo menos
um meio condutivo acoplado entre os elementos de rede fornecedor e de
absorção de energia, e passar os selecionados do conjunto de primitivos aos
elementos de rede fornec edor e de absorção de energia para uso por pelo
menos uma função de controle de energia de linha dos elementos de rede
fornecedor e de absorção de energia.
(71) ADC DSL Systems, Inc. (US)
(72) Dieter Nattkemper
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 29/11/2005
(86) PCT US2004/016501 de 26/05/2004
(87) WO 2004/109439 de 16/12/2004
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0410795-0 (22) 28/05/2004
1.3
(30) 29/05/2003 US 60/474.294
(51) A61K 47/14, A61K 47/18
(54) COMPOSIÇÕES PARA TRATAMENTO DE INFECÇÃO EM BOVINOS E
SUÍNOS
(57) "COMPOSIÇÕES PARA TRATAMENTO DE INFECÇÃO EM BOVINOS E
SUÍNOS". A presente invenção refere-se a formulações, que contêm um
antibiótico de derivado de cloranfenicol ou tianfenicol fluorado, tal como
florfenicol, e métodos para usar essas formulações no tratamento e prevenção
de doenças infecciosas de bovinos e suínos, incluindo doença respiratória
bovina.
(71) Schering-Plough LTD. (CH)
(72) Keith A. Freehauf, Allan J. Weingarten, Robert D. Simmons, Kanwal Jit
Varma
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 29/11/2005
(86) PCT US2004/016841 de 28/05/2004
(87) WO 2004/110494 de 23/12/2004
(21) PI 0410796-9 (22) 05/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 EP 03076675.2
(51) C08F 297/04, C08L 53/02
(54) PROCESSO PARA FABRICAR UMA COMPOSIÇÃO DE COPOLÍMERO
EM BLOCO ACOPLADO, E, COMPOSIÇÃO DE COPOLÍMERO EM BLOCO
(57) "PROCESSO PARA FABRICAR UMA COMPOSIÇÃO DE COPOLÍMERO
EM BLOCO ACOPLADO E COMPOSIÇÃO DE COPOLÍMERO EM BLOCO".
Esta invenção refere-se a um processo para fabricar uma composição de
copolímero em bloco acoplado, compreendendo as etapas de: a. reagir um
polímero terminado em lítio vivo tendo a fórmula P-Li, onde P é uma cadeia de
copolímero tendo, pelo menos, um bloco A de polímero composto de um ou
mais mono-alquenil arenos tendo 8 a 18 átomos de carbono e, pelo menos, um
bloco B de polímero composto de um ou mais dienos conjugados tendo 4 a 12
átomos de carbono, com um agente de acoplamento de alcóxi silano tendo a
fórmula R-Si (OR’)3, em que R é selecionado dentre radicais de arila tendo de 6
a 12 átomos de carbono, ou radicais de alquila linear e alquila ramificada tendo
de 1 a 12 átomos de carbono, e R’ é selecionado dentre radicais de alquila
linear tendo de 1 a 4 átomos de carbono, e onde a relação molar de Si para Li
está entre 0,35e 0,7, assim formando uma composição de copolímero em bloco
acoplado, b. opcionalmente hidroaenar a composição de copolímero em bloco
acoplado; e c. recuperar a composição de copolímero em bloco acoplado
resultante. Ela também se refere à composição resultante.
(71) Kraton Polymers Research B.V. (NL)
(72) Adrie A. Van Der Huizen, Mark Hageman
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 29/11/2005
(86) PCT EP2004/050714 de 05/05/2004
(87) WO 2004/106399 de 09/12/2004
(21) PI 0410797-7 (22) 21/06/2004
1.3
(30) 19/06/2003 DK PA 2003 00912; 19/06/2003 DK PA 2003 00913;
10/10/2003 DK PA 2003 01492; 10/10/2003 DK PA 2003 01493; 10/10/2003 DK
PA 2003 01494; 01/03/2004 DK PA 2004 00331; 01/03/2004 DK PA 2004
00332; 01/03/2004 DK PA 2004 00333
(51) C12N 9/58, C12N 9/52, C12N 15/57, A23J 3/34
(54) POLIPEPTÍDEO ISOLADO, SEQÜÊNCIA DE ÁCIDO NUCLEICO
ISOLADO, CONSTRUÇÃO DE ÁCIDO NUCLEICO, VETOR DE EXPRESSÃO
RECOMBINANTE, CÉLULA HOSPEDEIRA RECOMBINANTE, MÉTODO PARA
A PRODUÇÃO DE UM POLIPEPTÍDEO, PLAN TA TRANSGÊNICA OU, PARTE
DA PLANTA, ANIMAL TRANSGÊNICO, NÃO-HUMANO, OU PRODUTOS, OU
ELEMENTOS DESTE, USO DE PELO MENOS UM POLIPEPTÍDEO, ADITIVO
PARA RAÇÃO PARA ANIMAL, COMPOSIÇÃO, E, MICROORGANISMO
(57) "POLIPEPTÍDEO ISOLADO SEQÜÊNCIA DE ÁCIDO NUCLEICO
ISOLADO, CONSTRUÇÃO DE ÁCIDO NUCLEICO, VETOR DE EXPRESSÃO
RECOMBINANTE, CÉLULA HOSPEDEIRA RECOMBINANTE, MÉTODO PARA
A PRODUÇÃO DE UM POLIPEPTÍDEO, PLANTA TRANSGÊNICA OU, PARTE
DA PLANTA, ANIMAL TRANSGÊNICO , NÃO-HUMANO, OU PRODUTOS, OU
ELEMENTOS DESTE, USO DE PELO MENOS UM POLIPEPTÍDEO, ADITIVO
PARA RAÇÃO PARA ANIMAL , COMPOSIÇÃO, E, MICROORGANISMO". As
proteases termoestáveis homólogas a proteases derivadas de Nocardiopsis e a
produção destas pelas células hospedeiras recombinantes do tipo selvagem
incluem plantas transgênicas e animais transgênicos não humanos. As
RPI 1850 de 20/06/2006
proteases são eficazes na ragão para animal, em particular ração para peixe e,
detergentes. As proteases são capazes de degradar o inibidor Bowman-Birk: da
soja e, outros fatores anti-nutricionais, tais como, aglutinina de soja e o inibidor
de tripsina Kunitz, bem como glicinina e betaconglicinina das proteínas de
armazenagem de soja isoladas. Os aspectos estruturais característicos de
relevância para a termoestabilidade destas proteases da família de peptidase
S2A ou S1E são divulgados.
(71) Novozymes A/S (DK)
(72) Soren Flensted Lassen, Carsten Sjoholm, Peter Rahbek Ostergaard,
Carsten Andersen, Morten Fischer
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 29/11/2005
(86) PCT DK2004/000432 de 21/06/2004
(87) WO 2004/111220 de 23/12/2004
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 63
aminotransferase, que apresenta estereosseletividade para D-beta-fenilalanina,
(ácido D-3-amino-3-fenilpropanóico) , foi purificada a partir de uma nova cepa
isolada de Variovorax paradoxus. uma nova L-beta- aminotransferase foi
purificada a partir de uma nova cepa isolada de Alcaligenes eutrophus. As D- e
L-beta-aminotransferases podem ser utilizadas para facilitar a biossíntese
estereosseletiva de beta-D-fenilalanina ou beta-L-fenilalanina, a partir de uma
mistura de ácido L-glutâmico ou L-alanina, respectivamente, e ácido 3-ceto-3fenilpropanóico na presença do cofator piridoxal fosfato.
(71) Pharmacia Corporation (US)
(72) Amit Banerjee, Matthew Chase, Robert A. Clayton, Bryan Landis
(74) Marjory A. Hessling
(85) 04/01/2006
(86) PCT IB2004/002183 de 30/06/2004
(87) WO 2005/005633 de 20/01/2005
(21) PI 0410798-5 (22) 26/05/2004
1.3
(30) 30/05/2003 US 10/449,917
(51) H04M 1/00, H04M 11/00, H04M 9/00
(54) CIRCUITO SENSOR DE CORRENTE EM UM ELEMENTO DE REDE
ENERGIZADO POR LINHA, SISTEMA SENSOR DE CORRENTE EM UMA
REDE DE ENERGIA POR LINHA, MÉTODOS PARA DETECTAR E
CONTROLAR CORRENTE EM UM FIO DE DESCIDA DE PAR TRANÇADO
EM UMA REDE DE ENERGIA POR LINHA
(57) "CIRCUITO SENSOR DE CORRENTE EM UM ELEMENTO DE REDE
ENERGIZADO POR LINHA, SISTEMA SENSOR DE CORRENTE EM UMA
REDE DE ENERGIA POR LINHA, MÉTODOS PARA DETECTAR E
CONTROLAR CORRENTE EM UM FIO DE DESCIDA DE PAR TRANÇADO
EM UMA REDE DE ENERGIA POR LINHA". Administrar energia de linha para
elementos de rede em uma rede de acesso. Em uma concretização, um
sistema sensor de corrente em uma rede de energia por linha é exposto. O
sistema sensor de corrente inclui uma fonte de energia, um divisor e um circuito
sensor. A fonte de energia é adaptada para prover corrente de saída a um fio
de descida de par trançado. O divisor é adaptado para combinar sinais de
comunicação e a corrente de saída em um fio de descida de par trançado. O
circuito sensor está acoplado para amostrar a corrente de saída da fonte de
energia entre a fonte de energia e o divisor. O circuito sensor é ademais
adaptado para sair com um sinal de sensor que é representativo da corrente de
saída.
(71) ADC DSL Systems, Inc. (US)
(72) Charles Weston Lomax, Jr., Christopher Tad Ammann, Randall L. Powers
(74) Momsen, Leonardos & Cia
(85) 29/11/2005
(86) PCT US2004/016507 de 26/05/2004
(87) WO 2004/110031 de 16/12/2004
3. Publicação do Pedido
3.1
PUBLICAÇÃO DO PEDIDO DE PATENTE OU DE
CERTIFICADO DE ADIÇÃO DE INVENÇÃO
(21) PI 0410799-3 (22) 14/05/2004
1.3
(30) 03/06/2003 US 10/453.303; 01/10/2003 US 10/676.760
(51) C23F 15/00, C08K 3/22, C08K 3/24, B65D 81/26
(54) COMPOSIÇÃO DE INIBIÇÃO DE MANCHA E ARTIGO CONTENDO-A
(57) "COMPOSIÇÃO DE INIBIÇÃO DE MANCHA E ARTIGO CONTENDO-A".
Uma composição de polímero de inibição de mancha ('TI') eficaz incluindo um
descontaminante para sulfeto de hidrogênio opcionalmente na presença de um
gás ácido tal como dióxido de enxofre, fornece proteção excelente contra o
manchamento das superfícies lustrosas de um objeto de prata. Quando a
composição é termoformada em um recipiente tipo caixa ou extrusada como
película que contém partículas em tamanho de mícron sólida uniformemente
dispersas do descontaminante escolhido de óxido de zinco e um silicato de um
metal alcalino em uma quantidade não maior do que 5% em peso do polímero,
é transparente para que a condição da prata armazenada possa ser avaliada.
Um adjuvante inerte sólido pode ser adicionado. Todas as partículas sólidas no
material têm um tamanho de partícula primário menor do que 53 gm que torna
possível obter a dispersão uniforme. Um objeto de prata pode ser empacotado
na película ou armazenado em um a caixa selada para que as partículas sólidas
no polímero não sejam revestidas sobre as superfícies do objeto de prata.
(71) Northern Technologies International Corporation (US)
(72) Donald Aloysius Kubik, Boris Varshal, Efim Ya Lyublinski, Barbara Ann
N y gaard
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
(85) 29/11/2005
(86) PCT US2004/015394 de 14/05/2004
(87) WO 2004/108993 de 16/12/2004
(21) PI 0412308-5 (22) 30/06/2004
1.3
(30) 10/07/2003 US 60/486.032; 02/09/2003 US 60/499.622
(51) C12N 15/11, C12N 9/10, C12P 13/04, C12P 13/22, C12P 41/00, C12Q 1/68
(54)
MÉTODOS
PARA
A
SÍNTESE
ESTEREOSSELETIVA
E
ENRIQUECIMENTO ENANTIOMÉRICO DE ß-AMINOÁCIDOS
(57)
"MÉTODOS
PARA
A
SÍNTESE
ESTEREOSSELETIVA
E
ENRIQUECIMENTO ENANTIOMÉRICO DE ß-AMINOÁCIDOS". A presente
invenção refere-se a métodos para a síntese estereoespecífica e para o
enriquecimento enantiomérico de beta-aminoácidos. Uma nova D-beta-
(21) MU 8402725-8 (22) 09/11/2004
3.1
(51) G02C 5/00
(54) ÓCULOS CORRETORES DE PRESBIOPIA DE MONTAGEM IMEDIATA
(57) "ÓCULOS CORRETORES DE PRESBIOPIA DE MONTAGEM IMEDIATA".
São revelados óculos corret ores de presbiopia de montagem rápida, que
recebeu aperfeiçoamentos para ampliar o seu campo de utilização e
compreendendo substancialmente: uma ponte A selecionada a partir de um
conjunto de pontes de diversas amplitudes, de modo a obter-se a correta
distância inter-pupilar indicada pelo médico, hastes E, conforme acima
indicadas, e por um par de lentes corretivas H; os óculos são dotados do
elemento de encaixe G, que permite montar e desmontar as lentes corretivas H.
A distância inter-pupilar é obtida através da correta seleção da ponte A.
(71) Suntech Supplies Indústria e Comércio de Produtos Óticos e Esportivos
Ltda (BR/SP)
(72) José de Anchieta da Costa Aguiar Toschi
(74) Montaury Pimenta, Machado & Lioce
(21) MU 8402748-7 (22) 09/11/2004
3.1
(51) A47J 43/14
(54) TRINCA OVO CRU
(57) "TRINCA OVO CRU". Constituído por corpo (1) provido de alavancas (2),
apropriada para bascular em seu próprio eixo (4), acionada pela compressão
das extremidades superiores, provoca a introdução forçada das extremidades
inferiores no ovo (3), permitindo a abertura do mesmo, e para liberar a casca do
64
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
ovo (3), voltar as alavancas a posição inicial.
(71) Leonardo José Miranda (BR/SP)
(72) Leonardo José Miranda
(21) MU 8402749-5 (22) 09/11/2004
3.1
(51) D06F 39/02
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM DISPOSITIVO DOSADOR DE SABÃO
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM DISPOSITIVO DOSADOR DE SABÃO".
O presente modelo de utilidade refere-se a uma disposição introduzida em
dispositivo dosador de sabão (1) que compreende um receptáculo (2) e uma
tampa (3). o receptáculo (2) sendo dotado de uma reentrância (5) para encaixe
em uma protuberância do agitador (4) da máquina lavadora de roupas. A
reentrância (5) e as paredes (7) do receptáculo (2) conf iguram uma região de
armazenamento (6) de sabão em pó e a tampa (3) sendo provida de forma a
cobrir o receptáculo (2) em toda a sua extensão e é dotada de orifícios
passantes (3a).
(71) Arno S.A. (BR/SP)
(72) Rinaldo Planca, José Carlos Veneziano
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda
(21) MU 8402750-9 (22) 09/11/2004
3.1
(51) A63B 57/00, A63B 69/36
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM MÓDULO DE TREINAMENTO PARA A
PRÁTICA DO JOGO DE GOLFE
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM MÓDULO DE TREINAMENTO PARA A
PRÁTICA DO JOGO DE GOLFE". Em peça única portátil com formato
ordinariamente cuneiforme (1), tendo duas partes distintas, um definida como
rampa de entrada (2) e a outra como caixa ordinariamente cúbica (3), em que a
primeira parte é uma verdadeira cunha, tendo a sua borda anterior (4) sem
qualquer altura e rente ao chão, enquanto as sua extremidade posterior elevase de acordo com uma altura exatamente igual ao lado anterior da caixa (3),
cujas paredes laterais e verticais (5) são coplanares com as paredes laterais da
rampa de entrada (2), formando um único corpo com as ditas partes definidas
como rampa (2) e caixa (3), onde esta última também tem o seu lado superior
definido por uma área quadrangular e plana, no centro da qual existe um furo
(6) com diâmetro padrão dos buracos oficiais utilizados no jogo de golfe e,
ainda, abaixo de tal furo (6), o interior da dita caixa (3) possui um fundo à
maneira de um telhado de duas águas, formando duas rampas (7), cujo pico
fica sob e no centro do furo (6), porém, nos lados opostos, ditas rampas (7)
terminam em aberturas (8), uma de cada lado, existentes nas paredes laterais
(5), sendo que a dita caixa (1) pode incluir canaletas laterais (9) ou canaleta
contornante (12), que colhem a bola e faz a mesma retornar em direção ao
usuário.
RPI 1850 de 20/06/2006
(71) Valdecir Carlos de Jesus (BR/SP)
(72) Valdecir Carlos de Jesus
(74) Ricci & Assoc. Marcas e Pat. S/C Ltda
(21) MU 8402758-4 (22) 10/11/2004
3.1
(51) A45D 40/22, A45D 33/22
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM EMBALAGEM PARA
ACONDICIONAMENTO DE COSMÉTICOS
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM EMBALAGEM PARA
ACONDICIONAMENTO DE COSMÉTICOS". Compreendida por um corpo
principal formado por uma tampa e uma base circular provida de uma borda
periférica cuja secção frontal detém um alivio acoplador, sendo que em sua
secção central a dita base projeta uma caneca circular cuja aba contornante
acopla sua face externa no interior de uma caneca secundária disposta na
secção central da dita tampa, promovendo o travamento interno, através da aba
contornante, cuja secção interna projeta radialmente diversos grampos de
travamento posicionados de forma eqüidistante, sendo a dita aba contornante
ladeada por rebaixos, enquanto a tampa, em sua borda perimetral externa, na
secção dianteira, descreve uma trava que estende-se além do diâmetro externo
da tampa, trava esta que é inserida no interior do alívio acoplador formado uma
trava externa, sendo a dita tampa e a base unidas através de uma união flexível
que permite a articulação da tampa.
(71) Geraldo Lubrano (BR/SP)
(72) Geraldo Lubrano
(74) Celso de Carvalho Mello
(21) MU 8402759-2 (22) 10/11/2004
3.1
(51) B60R 3/00
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM ESTRIBO COM PERFIL PARA
VEÍCULOS E SIMILARES
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM ESTRIBO COM PERFIL PARA
VEÍCULOS E SIMILARES". Que tem por objetivo um modelo de estribo
veicular, pertencente o campo dos acessórios automobilísticos, para uso em
laterais de automóveis, utilitários, entre outros e ao qual foi dada original
construção, com vistas a melhorar a proteção da porta contra o acúmulo de
sujeiras, dendritos e terra nas portas de veículos e evitar a projeção desses
para a parte interna, durante a sua utilização em terrenos, áreas agrícolas,
praias, entre outros locais não asfaltados ou de excessivo nível de poeira, visto
ser de um estribo (1), formado por um perfil metálico semicircular (2), cuja face
planar (3) permanece voltada para cima, sendo dotada de reentrâncias lineares
(4) ao lon go de seu comprimento, para o encaixe por escorregamento de frisos
de fixação (5) solidários a uma base delgada (6) elastomérica, a qual contém
uma aba alongada (8) semiflexível que se projeta súpero-lateralmente, além do
seu perímetro lateral, de forma que quando o estribo (1) é encaixado abaixo da
entrada lateral do veículo, a aba alongada (6) avança desde o estribo (1) até
além do perímetro do contorno ínfero-interno da entrada lateral propriamente
dita, eliminando o vão livre entre o estribo (1) e a carroceria do veículo.
(71) Autometal S/A (BR/SP)
(72) Amable Martinez Conde Barrasa
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 65
(74) Logos Marcas e Patentes S/S Ltda
(21) MU 8402760-6 (22) 10/11/2004
3.1
(51) E04D 1/30
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM CUMEEIRA DE ENCAIXE POR
ALINHAMENTO DE MARCADORES OU SIMILAR
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM CUMEEIRA DE ENCAIXE POR
ALINHAMENTO DE MARCADORES OU SIMILAR". É constituída por uma
telha, denominada cumeeira (1) construída em corpo (2) cerâmico de terra cota
ou outro material apropri ado com perfil de meia cana com leve declinação entre
seus extremos, cuja superfície apresenta marcadores de ajustes (3) superior e
inferior (4) em suas porções finais, para alinhamento de encaixe longitudinal
sucessivo, não propagando desvios em sua extensão de montagem, sendo que
em seu projeto para bloqueio de infiltrações por águas pluviais, idealiza em sua
porção inferior de menor diâmetro, um canal sinuoso (5) transversal para
derivação radial da água precipitada e ainda um furo (6) final não transfixado,
para facilitar a fixação por introdução forçada de fixadores mecânicos (7),
travando toda a montagem do cume e junções do telhado (8); a cumeeira (1) de
encaixe possui disposição construtiva com superfície curvilínea conferindo
atributo hidrofugante; os marcadores de ajustes (3) superior e inferior (4)
possibilitam o alinhamento das cumeeiras (1) sem a necessidade de empenho
de fios de orientação ou outros dispositivos de aferição,
(71) Lafarge Roofing Brasil Ltda (BR/SP)
(72) Claudio Benevides Soares
(74) Rita de Cassia Brunner
(21) MU 8402761-4 (22) 09/11/2004
3.1
(51) A47J 43/07
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM BATEDEIRA COM SISTEMA DE
COLUNA ARTICULÁVEL
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM BATEDEIRA COM SISTEMA DE
COLUNA ARTICULÁVEL". Descreve-se um eletrodoméstico do tipo batedeira
(K), acompanhado por uma plataforma (X) dotada de um pedestal (Y) e membro
articulado (U) com uma tigela (Z) contenedora de alimentos; numa situação de
armazenamento/embalamento da batedeira (K), a citada batedeira fica colocada
sobre a plataforma (X) com o membro articulado (U) rebatido sobre em direção
à superfície da plataforma (X); a tigela (Z) acha-se emborcada, colocada sobre
a plataforma (X), encerrando compactamente o pedestal (Y), a batedeira ( K), o
membro articulado (U), toda a parte superior da plataforma (X), apresentando
mínimas dimensões físicas, com grande compactação do conjunto.
(71) Arno S.A. (BR/SP)
(72) Rinaldo Planca, José Carlos Veneziano
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda.
(21) MU 8402763-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B65D 27/12
(54) EMBALAGEM INTELIGENTE
(57) "EMBALAGEM INTELIGENTE". Patente de modelo de utilidade que é
compreendida por um fio (linha) (1), onde o destinatário irá puxar (2), fazendo
com que esse fio ou linha faça um corte na embalagem (3), possibilitando sua
abertura com praticidade, rapidez, segurança e eficiência. Esse tipo de
embalagem pode ser obtido em tamanhos diferentes para atender às
necessidades dos usuários de embalagem pa ra correspondência, comércio e
indústrias em geral.
(71) Tomaz Gilberto Soler Castellan (BR/SP)
(72) Tomaz Gilberto Soler Castellan
(21) MU 8402765-7 (22) 11/11/2004
3.1
(51) B65D 6/16
(54) CAIXA PLÁSTICA MONTÁVEL
(57) "CAIXA PLÁSTICA MONTÁVEL". Compreendendo seis elementos sendo
duas peças tampa (1) com canaletas (1A) em todo o seu contorno como guia
para fixação das torres de fixação (2A) contidas nas peças lateral (2) e nas
peças cabeceira (3) que clicam nos encaixes (lB) contidos nas peças tampa (1).
As torres de fixação (2A) encaixam de forma irreversível nos encaixes (1B) das
peças tampa (1) de forma que a caixa plástica não pode ser desmontada sem o
prejuízo da mesma. A Figura 3 apresenta a Caixa Plástica Montável com
aberturas (5) em sua superfície como alternativa de utilização para acomodação
de produtos que necessitem de ventilação e visualização.
(71) Oroazil Sottomaior Camargo (BR/PR)
(72) Oroazil Sottomaior Camargo
66
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
(71) Alexandre Jorge Pinheiro Mota (BR/CE)
(72) Alexandre Jorge Pinheiro Mota
(74) Rejane Maria de Oliveira Silva
(21) MU 8402766-5 (22) 10/11/2004
3.1
(51) F23B 1/30
(54) FORNO METÁLICO PARA QUEIMA DE CARVÃO VEGETAL
(57) "FORNO METÁLICO PARA QUEIMA DE CARVÃO VEGETAL". Patente de
Modelo de Utilidade de um forno metálico, para queima de carvão vegetal,
compreendido de um forno circular com pequenas aberturas para circulação de
ar, revestido internamente por material refratário, disposto sobre duas bandejas
com roldanas que se movimentam sobre trilhos paralelos, apoiados em uma
estrutura horizontal, fixado em suas laterais duas torres verticais, com dois
sistemas de manivelas cabos e roldanas, que fazem o movimento de abrir e
fechar o forno para a descarga após a queima, com um sistema de pinos para
manter a tampa e a chaminé suspensas, para o procedimento de recarga e uma
nova queima
(71) Trajano Teixeira de Andrade (BR/GO)
(72) Trajano Teixeira de Andrade
(21) MU 8402770-3 (22) 10/11/2004
3.1
(51) A47K 5/12
(54) RECIPIENTE ACONDICIONADOR DE DETERGENTES E SIMILARES
(57) "RECIPIENTE ACONDICIONADOR DE DETERGENTES E SIMILARES".
Descreve-se a presente patente de modelo de utilidade do campo técnico de
acondicionadores em geral, como um recipiente acondicionador de detergentes
e similares que propiciar a formação de um recipiente acondicionador (1) em
estrutura própria e específica para um seguro e higiênico acondicionamento de
detergentes líquidos e similares em ge ral diretamente sobre as cubas (B) de
pias (A) e similares em geral, com a finalidade específica de possibilitar que os
usuários utilizem detergentes líquidos e similares de forma extremamente
confortável, segura e ergonômica e, tendo como base à incorporação desta
estrutura de formato geral oblonga de seção elíptica, em material plástico de
alta resistência ou similar e contendo integrados e simetricamente dispostos um
reservatório (2) central, um bico dosador (3) inferior e um apoio inferior (4).
(71) Adilson Odair Valente (BR/PR)
(72) Adilson Odair Valente
(74) Yuri Yacishin da Cunha
(21) MU 8402772-0 (22) 10/11/2004
3.1
(51) A47C 1/14
(54) ENCOSTO RECLINÁVEL COM ESTEIRA
(57) "ENCOSTO RECLINÁVEL COM ESTEIRA". Refere-se a um encosto
reclinável com esteira para praia, camping e piscina, é constituído pelo suporte
de sustentação (1), cinta regulável (2), esteira (3), encosto (4), encaixe (5).
(71) Tito Jorge da Silva Teixeira (BR/RS) , Lívia Elaine Silva Flores (BR/RS) ,
Rodrigo Flores Teixeira (BR/RS) , Patrícia Flores Teixeira (BR/RS) , Jaqueline
Flores Teixeira (BR/RS)
(72) Tito Jorge da Silva Teixeira, Lívia Elaine Silva Flores, Rodrigo Flores
Teixeira, Patrícia Flores Teixeira, Jaqueline Flores Teixeira
(21) MU 8402769-0 (22) 09/11/2004
3.1
(51) E02B 3/04
(54) QUEBRA MAROLA APLICADO NA AQUICULTURA
(57) "QUEBRA MAROLA APLICADO NA AGRICULTURA. Composto por um
conjunto de partes móveis e flutuantes que proporciona ao aquicultor a
eliminação do efeito destruidor das pequenas ondas sobre as paredes do
tanque em função deste dispositivo estar sempre posicionado no nível d’água
neutralizando o efeito do vento na superfície da água e abaixo desta superfície,
antes que esta marola chegue até as paredes do tanque, ou seja, este
dispositivo faz com que a marola reduza sua amplitude e freqüência e ao
encostar nas paredes do tanque não tenha força para provocar a erosão destas
paredes e pode ser instalado a qualquer momento antes ou durante o ciclo de
criação dos indivíduos aquicolas, inclusive com o tanque com água. Este
dispositivo proporciona ao aquicultor uma maior segurança às paredes do
tanque para o cultivo de indivíduos aquicolas em função de incorporar maiores
recursos técnicos para evitar a destruição das paredes dos tanques de criação
de indivíduos aquicolas por atuar na causa do problema, ou seja, na ação do
vento sobre a água e não no efeito como as soluções aplicadas atualmente o
que demonstram ter limitações técnicas e elevado custo de instalação e
manutenção. O 'QUEBRA MAROLA APLICADO NA AQUICULTURA', é
composto por placa plana podendo ser fabricada com materiais termoplásticos
ou termofixos, flutuadores que podem ser fabricados com materiais
termoplásticos ou termofixos através de processo de extrusão ou injeção,
cordas e abraçadeiras de fixação fabricadas com materiais resistentes às
intempéries da exposição ao sol e a água, podendo ser instalado com um, dois
ou mais conjuntos de placas e flutuadores, dependendo da velocidade do vento
e amplitude da marola no local de instalação.
(21) MU 8402773-8 (22) 09/11/2004
3.1
(51) H05B 1/02, F24H 1/10
(54) AQUECEDOR DE PASSAGEM PARA ÁGUA
(57) "AQUECEDOR DE PASSAGEM PARA ÁGUA". Particularmente
empregado para o aquecimento de água em banheiras de hidromassagem,
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 67
contendo acionamento digital de borda, contendo resistência blindada montado
na posição horizontal, proporcionando maior fluxo de passagem de água e um
melhor aproveitamento do aquecimento.
(71) Sinapse- Microeletrônica Ltda (BR/PR)
(72) Cleberson Ribeiro de Matos
(74) Marpa Cons. e As ses. Empres. LTDA
(21) MU 8402774-6 (22) 11/11/2004
3.1
(51) A47C 5/12
(54) POLTRONA EM ACRÍLICO MOLDADO
(57) "POLTRONA EM ACRÍLICO MOLDADO". Compreendida por 04 pés em
ferro torneado com acabamento cromado, em formato cônico (1), unidos entre
si por um quadro chapado do mesmo material e acabamento, fixados à
estrutura da poltrona de forma oblíqua, com inclinação aproximada de 15º, por
parafusos; estrutura do assento e encosto (2) em acrílico espessura 8mm,
curvado para a formação do assento e dos braços laterais, feitos em uma única
peça, unida ao encosto por parafusos e cola; almofadas (3) revestindo o
encosto e o assento, em espuma com capa em tecido natural ou sintético,
caracterizando inovação no que diz respeito aos materiais utilizados e
processos construtivos em relação aos modelos de poltronas existentes
anteriormente.
(71) Cyntia Iris Correia (BR/PR)
(72) Cyntia Iris Correia
(21) MU 8402775-4 (22) 11/11/2004
3.1
(51) B65D 85/57, G11B 23/00
(54) PORTA CD
(57) "PORTA CD". Compreendendo uma base superior, figura 1 constituída por
um flange (1), com três torres para fixação (2), um nicho saliente com a função
de centralizar o terceiro elemento do produto (3), um ressalto que cria um
obstáculo não permitindo a abertura voluntária do suporte (4), um mancal
posicionado no seu quadrante para ser possível a articulação do suporte (5), e
uma alça para que possa acontecer a armazenagem por suspensão (6),
seguido de outra peça base inferior, figura 2 constituída pelos mesmos
elementos da base superior (1 a 6) e uma peça suporte, figura 3 formada por
uma estrutura semicircular (1), contendo uma saliência ao centro para sustentar
a mídia (2), dois braços de apoio (3), um orifício numa extremidade para o giro
(4) e uma proeminência (5) na outra para a retirada do suporte do interior da
caixa formada pela peça superior figura 1 e pela peça base figura 2, e
complementar a alça de suspensão do produto detalhada na figura 6.
(71) Claudio José Alessi (BR/PR)
(72) Claudio José Alessi
(21) MU 8402779-7 (22) 10/11/2004
3.1
(51) A47K 5/12, A47J 47/20
(54) RECIPIENTE ACONDICIONADOR DE DETERGENTES E SIMILARES
(57) "RECIPIENTE ACONDICIONADOR DE DETERGENTES E SIMILARES".
Descreve-se a presente patente de modelo de utilidade do campo técnico de
acondicionadores em geral, como um recipiente acondicionador de detergentes
e similares que propiciar a formação de um recipiente acondicionador (1) em
estrutura própria e específica para um seguro e higiênico ac ondicionamento de
detergentes líquidos (A), esponjas (B) e similares em geral diretamente sobre
as cubas (D) de pias (C) e similares em geral, com a finalidade específica de
possibilitar que os usuários utilizem detergentes líquidos (A), esponjas (B) e
sim ilares de forma extremamente confortável, segura e ergonômica e, tendo
como base à incorporação desta estrutura de formato geral prismático similar a
um 'L', em material plástico de alta resistência ou similar e contendo integrados
e simetricamente dispostos um reservatório (2) central, um bico dosador (3)
inferior, um porta-esponja (4) superior e uma ventosa (5) inferior.
(71) Adilson Odair Valente (BR/PR)
(72) Adilson Odair Valente
(74) Yuri Yacishin da Cunha
(21) MU 8402782-7 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A61B 5/03
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM TRANSDUTOR DE PRESSÃO
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM TRANSDUTOR DE PRESSÃO".
Notadamente de um transdutor (2) que se distingue por possuir uma disposição
construtiva que permite abolir tubagens de soro como também possuir, no caso
de monitoramento intracraniano, um suporte (1) flexível que permite sua
locação diretamente na cabeça do paciente.
(71) Angelo Luiz Maset (BR/SP)
(72) Angelo Luiz Maset
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C Ltda
68
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) MU 8402796-7 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A47B 91/00
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM SUPORTE PARA ELEVAÇÃO DE
BALCÕES DE CONFERÊNCIA E CONGÊNERES
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM SUPORTE PARA ELEVAÇÃO DE
BALCÕES DE CONFERÊNCIA E CONGÊNER ES". Consiste de um suporte (1)
fabricado em material inerte que poderá ser inox ou polímero, a ser instalado
sob a porção inferior de balcões (B) propiciando sua elevação em relação ao
piso, de modo a facilitar operações de limpeza, bem como protegê -lo mecânica
e quimicamente da ação de equipamentos e produtos utilizados na limpeza.
(71) N S F Indústria e Com de Equipamentos P/ Inst Com Ltda (BR/SP)
(72) Diniz Amilcar Matias Fernandes
(74) Vilage Marcas e Patentes S/C Ltda
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 8402798-3 (22) 12/11/2004
3.1
(51) E04G 7/24, E04G 1/26
(54) DISPOSITIVO DE TRAVA GRAVITACIONAL PARA GUARDA-CORPO DE
ANDAIME TUBULAR
(57) "DISPOSITIVO DE TRAVA GRAVITACIONAL PARA GUARDA-CORPO
DE ANDAIME TUBULAR". Um dispositivo de trava gravitacional para guardacorpo de andaime tubular compreende um guarda-corpo (3) com pino de
encaixe (6) que se encaixa em uma alça de engate (7) solidária de um poste (8)
do andaime, sendo que o dispositivo de trava (2), mantido prisioneiro no tubo do
guarda-corp o (3) por um pino (4) por meio de um rasgo oblongo (5), impede a
retirada do referido guarda corpo (3) da alça de engate (7) por obstruir a
passagem com uma lingüeta (1) que encosta na referida alça (7), sendo que um
arco (9) entalhado atua com encaixe de segurança para o pino e, para a
retirada do dispositivo de trava (2), gira-se axialmente para a lateral de maneira
que a lingüeta (1) sai da direção da alça de engate (7), liberando a retirada
vertical do guarda-corpo (3), tendo o seu giro limitado pelo rasgo oblongo (5)
que tem como batente o pino (4).
(71) Jahu Indústria e Comércio Ltda. (BR/RJ)
(72) Archibald Hastie Dick, Jr
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(21) MU 8402797-5 (22) 12/11/2004
3.1
(51) F25D 21/14
(54) DISPOSIÇÃO APLICADA EM LUVA ACOPLÁVEL À VÁLVULA DE
DRENAGEM DE BALÇÕES REFRIGERADOS E CONGÊNERES
(57) "DISPOSIÇÃO APLICADA EM LUVA ACOPLÁVEL À VÁLVULA DE
DRENAGEM DE BALCÕES REFRIGERADOS E CONGÊNERES". constitui-se
de uma luva (1) que recepciona em seu interior a válvula (V) de drenagem, com
projeções (5) longitudinais internas que recepciona dita válvula (V), de modo a
gerar canais (8) internos que direcionam eventual líquido residual, diretamente
para o exterior do balcão (B), não permitindo seu contato direto com o material
isolante (9).
(71) N S F Indústria e Com de Equipamentos P/ Inst Com Ltda (BR/SP)
(72) Diniz Amilcar Matias Fernandes
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C Ltda
(21) MU 8402807-6 (22) 12/11/2004
3.1
(51) F16B 7/00
(54) JUNÇÃO DE TUBOS METÁLICOS
(57) "JUNÇÃO DE TUBOS METÁLICOS". Tem como objetivo estender e/ou
unir postes de iluminação pública onde são instalados os medidores de energia
e constitui-se de uma junção (4) composta por um corpo (1) onde encaixam -se
os tubos (3) de seção transversal quadrada, um de cada lado, e são fixados por
parafusos especiais (2), que perdem suas cabeças sextavadas depois de
fixados, e com isso, a junção (4) só pode ser solta dos tubos (3) através de
chave especial; a junção (4) é quadrada, sem rosca e sem colagem; a junção
(4) possibilita a montagem dos tubos (3) formando os postes, com qualquer
altura, dificultando bastante roubos e/ou violação dos medidores de energia.
(71) Amaury Sebastião da Rocha (BR/BA)
(72) Amaury Sebastião da Rocha
RPI 1850 de 20/06/2006
(74) Carla Maria Madrigali
(21) MU 8402821-1 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A47J 43/07, F16M 13/00
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM SAPATA ANTI DESLIZANTE
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM SAPATA ANTI DESLIZANTE". (1) aplicada a aparelhos eletroeletrônicos do tipo ventiladores
de mesa e outros, particularmente aqueles cujas bases de apoio são
conformadas por estruturas tubulares (ET); dita sapata anti-deslizante (1) é
constituída por um anel de material resiliente, cuja conformação apresenta
orifício central (2), dimensionado ligeiramente menor que o diâmetro (D) do
local a ser aplicada, ou seja do diâmetro externo da porção (E) de perfil da
estrutura tubular (ET), anel este cuja porção mediana interna (3) é
confeccionada em material maciço (a) e a porção mediana externa (4) é
conformada por pluralidade de ranhuras e/ou aletas (b), de maneira a configurar
meios de agarre no plano de apoio (PA); as sapatas anti-deslizantes
constituem, portanto, meios eficazes de evitar o deslocamento involuntário de
aparelhos eletroeletrônicos em geral, particularmente ventiladores de mesa
durante seu funcionamento.
(71) Edson Silva Lorensini (BR/SP)
(72) Edson Silva Lorensini
(74) Paulo Euzébio
(21) MU 8402834-3 (22) 12/11/200 4
3.1
(51) B65D 71/08
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM EMBALAGEM PARA
PRODUTOS ALIMENTÍCIOS PRÉ-COZIDOS PARA O PREPARO DE CALDA
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM EMBALAGEM PARA
PRODUTOS ALIMENTÍCIOS PRÉ-COZIDOS PARA O PREPARO DE CALDA".
produtos alimentícios do tipo compotas e similares que, quando acondicionados
na presente embalagem (1), podem ou não permanecer sob refrigeração;
referida embalagem (1) é confeccionada em material laminar plástico termoencolhível, preferencialmente transparente; dita embalagem (1) apresenta-se
em formato de saco com dobra inferior (2) conformando face frontal (F) e
posterior (P) cujas bordas laterais (3) e superior (4) são termo soldadas (5); dita
borda superior (4), preferencialmente de maior largura que as laterais (3),
recebe a fixação de frontão (6) de papel ou equivalente, no qual são dispostas
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 69
as informações (A) ao consumidor; as faces (F) e (P), após o termoencolhimento da embalagem (1) e antes da solda de fechamento final que
ocorre na borda superior, assume a forma do produto (PD) embalado de
maneira a eliminar todo ar do interior da embalagem, dispensando, assim a
convencional etapa de aplicação de vácuo.
(71) Antônio Zacheschi Stephane (BR/SP)
(72) Antônio Zacheschi Stephane
(74) Mara Barbosa Peixoto
(21) MU 8402842-4 (22) 09/11/2004
3.1
(51) A21C 3/00
(54) CILINDRO MULTI -USO COM EXTRUSORA
(57) "CILINDRO MULTI -USO COM EXTRUSORA" É um cilindro elétrico com
extrusora utilizado para sovar pão, cilindrar massas, e preparar massas
caseiras, que possui dois cilindros com reguladores de distancia entre os
cilindros (espessura da massa), um moedor com bandeja que pode ser
acoplado ao cilindro através da saída de eixo auxiliar para o moedor. Este
moedor é utilizado para moer carne e outros ingredientes que serão utilizados
nas massas e funciona através do motor do cilindro. Possui bancada em
alumínio para acondicionamento de acessórios da extrusora com barras de
sustentação e pés de borracha. Possui correia dentada, acoplada ao
mecanismo de eixo. Duas polias que movimentam a correia lisa e um motor.
(71) Mecanica Formosa Ltda ME (BR/SC)
(72) Augusto Cella
(21) MU 8402844-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B62D 49/00, B62D 33/06
(54) CABINE COM TETO INTEGRADO
(57) "CABINE COM TETO INTEGRADO". Refere-se o presente pedido de
Patente de Modelo de Utilidade a uma cabine com teto integrado a estrutura
não tendo saliências com isso forma uma peça compacta, arredondada, sem
saliências e ou reentrâncias, sem partes para fora da estrutura, tomando a parte
superior da cabine lisa, sem partes que possam danificar galhos, arvoredos,
plantações fechadas.
(71) Salete Schio Soldatelli (BR/RS)
(72) Salete Schio Soldatelli
70
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) MU 8402858-0 (22) 11/11/200 4
3.1
(51) B62H 5/04, B62J 11/00
(54) PRENDEDOR ANTI -FURTO DE CAPACETE DE MOTOCICLISTA PARA
MOTOCICLETAS COM TRAVA DE GUIDÃO
(57) "PRENDEDOR ANTI -FURTO DE CAPACETE DE MOTOCICLISTA PARA
MOTOCICLETAS COM TRAVA DE GUIDÃO". Patente de Modelo de Utilidade
para um prendedor anti-furto de capacete para motocicletas com trava de
guidão compreendido por uma base 1, de um lado aparafuzada à fita 21 que
tem garra 25 no tanque, e sob êle tirante 26 com dobra 27 dentro do furo do
tanque. Do outro lado tem tirante 28 e fita 29 com furo 31 sendo afixada pela
arruela 32 e parafuso do tanque. Dita base 1 tem também furos 5 sobre cones 3
ladeando porca 20 onde se instalam: Pela porca 24 o pino inserido na argola 14
da ferradura 13, e pelo eixo / 19 da argola 16 da ferradura 13, o pino 7 que
pode bascular penetrando na argola 36 da abraçadeira 35, e voltar para junto
da ferradura 13 entrando sob pressão no furo 5 respectivo quando em desuso.
Na presente disposição a base 1 tem ainda grande furo 2 de alojamento da
tampa do tanque, e furos 5 descritos, repuxados (cones 3) possibilitando
eficiente travamento do conjunto móvel / quando em desuso.
(71) José do Carmo Menezes (BR/SP)
(72) José do Carmo Menezes
(21) MU 8402866-1 (22) 12/11/2004
3.1
(51) H04M 15/30
(54) TELEFONES TARIFADORES RESIDENCIAIS
(57) "TELEFONES TARIFADORES RESIDENCIAIS". Patente de Modelo de
Utilidade de um Sistema Tarifador para telefonia fixa residencial compreendido
por um aparelho telefônico fixo (5), uma placa de aquisição de dados (6) que é
conectada a linha telefônica (7), ao circuito interno do telefone (5) através da
linha (8) e ao computador do usuário (10) através da linha (9). A placa de
aquisição de dados (6) possui um processador (12), memória (13), circuito de
pulsos de relógio (14) e uma interface e Entrada/Saída (11). Além da instalação
da placa de aquisição de dados (6), um programa tarifador é instalado no
computador do usuário (10). A função deste programa é processar os dados
armazenados na memória da placa (6). Os dados telefônicos são o número do
telefone, a data e a duração de um chamada telefônica. O sistema operacional
da placa (6) tem como função o gerenciamento da mesma antes, durante e
após a execussão de uma chamada telefônica. O sistema Tarifador aqui
reivindicado fornece as informações necessárias para solucionar os problemas
e o controle de gastos decorrentes de má utilização dos recursos da telefonia
fixa residencial.
(71) Jussara de França Barros (BR/PE)
(72) Jussara de França Barros
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 8402879-3 (22) 11/11/2004
3.1
(51) F16H 3/38
(54) APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM ENGRENAGENS PARA
CÂMBIOS DE AUTOMÓVEIS COM MOTORES DE POTÊNCIA ELEVADA
(57) "APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM ENGRENAGENS PARA
CÂMBIOS DE AUTOMÓVEIS COM MOTORES DE POTÊNCIA ELEVADA".
Patente de Modelo de Utilidade para um aperfeiçoamento introduzido em
engrenagens para câmbios de automóveis com motores de potência elevada
pertencente ao campo das peças automotivas, o qual foi desenvolvido para
utilização em veículos com características de potência alteradas - comumente
chamados de veículos 'turbinados' - com o objetivo de aumentar a resistência
das peças através da modificação da quantidade e dimensões de seus dentes
aliada à diversificação das relações de transmissão, resultando em aumento da
resistência dos componentes envolvidos e em ganhos no desempenho final dos
veículos. É constituído por engrenagem (1) de formato cilíndrico e dotada de
dentes (2) dispostos em formato helicoidal, cuja quantidade e dimensões são
calculados e variam para cada caso individual de utilização.
(71) Sapinho Comércio de Cambios Especiais e Prestação de Serviço Ltda-ME
(BR/SP)
(72) Sergio Roberto Caetano Ganga
(74) Mercantil Assessoria em Marcas e Patentes S/C Ltda
(21) MU 8402880-7 (22) 12/11/2004
3.1
(51) F16L 33/02
(54) ABRAÇADEIRA REGULÁVEL E FLEXÍVEL COM TRAVA CHAVEADA
(57) "ABRAÇADEIRA REGULÁVEL E FLEXÍVEL COM TRAVA CHAVEADA".
Patente de Modelo de Utilidade para uma abraçadeira que é compreendida por
uma tira dentada (1), fixada na parte externa do corpo da trava (2) por uma das
extremidades, onde a outra é introduzida e atravessa o mesmo corpo da trava
(2) pelas janelas de passagem (11) e (12) alinhada pela guia da tira dentada (8)
que é fixada à tampa do c orpo (5) que por sua vez, tem a chave (7) e o miolo da
chave (6) fixados à tampa de modo que o giro em sentido anti-horário desse
conjunto, move a lingüeta (4) por sobre a trava articulada (3) liberando os
dentes da tira (14), permitindo o deslocamento liv re nos dois sentidos da tira
dentada (1) que é flexível, assim como o giro de retorno a posição inicial desliga
a lingüeta (4) da trava articulada (3) que sofre pressão da mola de trava (10), o
que promove o seu encaixe nos dentes da tira (14), impedindo a saída da tira
dentada (1) do corpo da trava(2) possibilitando apenas a sua introdução,
regulando e ajustando conforme necessário.
(71) Edson de Paula Alves (BR/SP)
(72) Edson de Paula Alves
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 71
rebitado (11), que propicia o movimento de articulação da alavanca do freio.
(71) Dura Automotive Systems do Brasil Ltda (BR/SP)
(72) Mario Henrique Piçarra Buttino
(74) Logos Marcas e Patentes S/S Ltda
(21) MU 8402881-5 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A61M 16/00, A62B 7/02, F16K 11/00
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM MISTURADOR DE FLUXO DE GASES
HOSPITALARES
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM MISTURADOR DE FLUXO DE GASES
HOSPITALARES". Que tem por objetivo um modelo de válvula reguladora e
misturadora de gases, pertencente ao campo hospitalar, para uso na
oxigenação de pacientes em tratamento intensivo e respiratório, ao qual foi
dada original construção, com vistas a melhorar a eficiência de oxigenação por
parte dos pacientes usuários, em relação aos similares existentes, visto o
dispositivo possuir uma válvula de fluxo que limita a entrada de ar e uma válvula
misturadora que controla a vazão de oxigênio (O2), de forma a não causar
problemas ao usuário, sendo que para o controle efetivo do percentual de
oxigênio (02), o presente dispositivo utiliza o sistema de bilia como indicador.
(71) João Batista Mendes (BR/SP)
(72) João Batista Mendes
(74) Logos Marcas e Patentes S/S Ltda
(21) MU 8402882-3 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B60T 7/10
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM ALAVANCA DE FREIO DE
ESTACIONAMENTO
MANUAL
UNILATERAL
COM
BOTÃO
PARA
AUTOMÓVEL E SIMILARES
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM ALAVANCA DE FREIO DE
ESTACIONAMENTO
MANUAL
UNILATERAL
COM
BOTÃO
PARA
AUTOMÓVEIS E SIMILARES". constituída de dois subconjuntos de
componentes, sendo o primeiro subconjunto formado por um suporte metálico
(1), no qual é montado a porção posterior de um setor dentado (2); o segundo
subconjunto é formado por uma alavanca unilateral (3), constituída de uma
única lateral de chapa de aço estampada em formato semitriangular ínfero-oval
e que recepciona o came semicircular apêndice retangular (4) em sua porção
oval, além de ostentar, em sua projeção súpero-frontal recoberta pela manopia
(5), um botão (6), cuja ext remidade posterior se fixa a um tirante semicurvado
(7), enquanto se mantém apoiada sobre uma mola (8); a outra extremidade do
tirante semicurvado (7) é fixada a extremidade maior da trava em forma de 'L'
(9), anexa à alavanca unilateral (3) por meio do rebite (10), enquanto a
extremidade menor permanece voltada para a face dentada do setor dentado
(2); o primeiro e o segundo subconjunto são fixados entre si através de um pino
(21) MU 8402883-1 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B60T 7/08
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM ALAVANCA DE FREIO DE
ESTACIONAMENTO MANUAL UNILATERAL COM GATILHO PARA
AUTOMÓVEL E SIMILARES
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM ALAVANCA DE FREIO DE
ESTACIONAMENTO MANUAL UNILATERAL COM GATILHO PARA
AUTOMÓVEIS E SIMILARES". Constituída de dois subconjuntos de
componentes, sendo o primeiro subconjunto formado por um suporte metálico
(1), no qual é montado a porção posterior de um setor dentado (2), por
cravamento, mantendo a face dentada voltada à frente da porção superior do
suporte metálico (1); o segundo subconjunto é formado por uma alavanca
unilateral (3), constituída de uma única lateral de chapa de aço estampada em
formato semi-triangular ínfero-oval e que recepciona o came semicircular
apêndice retangular (4) em sua porção oval, por meio de solda, além de
ostentar, lateralment e ao início do prolongamento súpero-frontal recoberta pela
manopla (5), um gatilho tipo balancim (6) por meio de um pino rebitado (7), cuja
extremidade anterior se projeta por debaixo da manopla (5) e a posterior se fixa
a um tirante (8), enquanto se mantém apoiada sobre uma mola (9); a outra
extremidade do tirante (8) é fixada a extremidade maior da trava em forma de 'L'
(10), anexa à alavanca unilateral (3) por meio do rebite (11), enquanto a
extremidade menor permanece voltada para a face dentada do setor dentado
(2); o primeiro e o segundo subconjunto são fixados entre si através de um pino
rebitado (12).
(71) Dura Automotive Systems do Brasil Ltda (BR/SP)
(72) Mario Henrique Piçarra Buttino
(74) Logos Marcas e Patentes S/S Ltda
(21) MU 8402885-8 (22) 11/11/2004
3.1
(51) B62B 1/18, B62B 1/26
(54) APERFEIÇOAMENTO CONSTRUTIVO INTRODUZIDO EM CARRINHO
MANUAL PARA TRANSPORTE DE CARGAS DE PEQUENO PORTE
(57) "APERFEIÇOAMENTO CONSTRUTIVO INTRODUZIDO EM CARRINHO
MANUAL PARA TRANSPORTE DE CARGAS DE PEQUENO PORTE". Onde
se apresenta uma aperfeiçoamento em carrinho manual (A), que permite
praticidade e operação ergonomicamente correta para o carregamento de
cargas de pequeno porte, tais como botijão de gás (B), sendo possível ainda a
fixação prática de elementos do tipo cesto (C), para um mix de produtos
definido, sendo que tal aperfeiçoamento é caracterizado por um elemento cabo
(1), ligado ao elemento estrutura principal (2), cuja porção inferior sustenta o
elemento eixo de sustentação de rodas (3), cujas extremidades sustentam os
elementos rodas de locomoção (4), sendo fixado por um elemento garra de
fixação (6), a qual ainda acomoda a porção central do elemento arco de
sustentação de carga (5), sendo que tal fixação é garantida por um sistema de
fixação por parafuso (6’), tendo em vista ainda que para o engate do elemento
botijão (B) junto ao carrinho manual (A), é previsto em sua porção inferior um
72
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
elemento arco de sustentação de carga (5), que da sustentação ao peso do
mesmo, e na sua porção superior é engatada a estrutura em forma de gancho
(7A), ligada a dois elos de corrente (7B), fixados ao corpo do elemento estrutura
principal (2) por intermédio de um elo de ligação (7C); alternativamente é
possível a fixação de um elemento do tipo cesto (C), que se dá através do
encaixe de seus elementos vazados (C1) junto aos elementos de encaixe (8)
previamente fixados ao copo do elemento estrutura principal.
(71) Julio Cesar Taques (BR/SP)
(72) Julio Cesar Taques
(74) Beerre Assessoria Empresarial Ltda
(21) MU 8402889-0 (22) 11/11/2004
3.1
(51) A47B 88/04
(54) TRILHO PARA GAVETAS
(57) "TRILHO PARA GAVETAS". A presente patente de modelo de utilidade,
tem por objetivo um modelo de trilho para gavetas ou suportes, cuja
movimentação se faz através de carrinhos que deslizam em hastes encaixadas
em suportes de sustentação. o trilho para gavetas, é dotado de torres
posteriores (1) e torres frontais (5), as quais sustentam as hastes circulares (2),
pelas quais deslizam os carrinhos (3), através das roldanas (4) acopladas aos
mesmos.
(66) MU8401608-6 08/07/2004
(71) Designplast Indústria Termoplástica Ltda. (BR/SP)
(72) Jose Roberto Caetano
(74) David do Nascimento Advogados Associados S/C
(21) MU 8402934-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B62M 1/00
(54) CONJUNTO DE COROA MÓVEL E PÉ-DE-VELA COM EIXO FIXO
SEXTAVADO PARA ENGATE
(57) "CONJUNTO DE COROA MÓVEL E PÉ-DE-VELA COM EIXO FIXO
SEXTAVADO PARA ENGATE". A presente patente de modelo de utilidade
refere-se a um conjunto de coroa móvel e pé-de-vela com eixo fixo sextavado
para engate feito para utilização em bicicletas, triciclos e quadriciclos e tendo
por finalidade permitir o encaixe e retirada da coroa sobre o pé- de-vela com
eixo fixo sextavado. O dito conjunto é constituído por um sistema funcional no
qual há a presença de um eixo fixo sextavado (4) no pé-de -vela (1) e a
presença de um furo sextavado (8) na coroa móvel (5), de tal forma que ambos
se encaixam perfeitamente O conjunto proporciona rapidez na instalaç ão,
RPI 1850 de 20/06/2006
diminuição dos custos da fabricação e de futuros consertos, bem como maior
segurança ao usuário, uma vez que a conexão sextavada proporciona um alto
grau de atrito entre as peças.
(71) Antonio Nicolas Vergos (BR/SC)
(72) Antonio Nicolas Vergos
(74) Jean Carlo Rosa
(21) MU 8403002-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) G06F 1/16
(54) SISTEMA DE CONCEPÇÃO MODULAR DE FINS EMINENTEMENTE
PEDAGÓGICOS PARA O DESENVOLVIMENTO, PELA VIA EXPERIENCIAL,
DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA
(57) "SISTEMA DE CONCEPÇ ÃO MODULAR DE FINS EMINENTEMENTE
PEDAGÓGICOS
PARA
O
DESENVOLVIMENTO,PELA
VIA
EXPERIENCIAL,DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA". O pleito trata de sistema de
concepção modular cuja aplicação aperfeiçoa estudos e técnicas pela via
experiencial de funções de automação, notadamente as didáticas.
Instrumentalizado por placas, sensores e meios de conexão, proporciona o
controle das funções do conjunto e a interface entre os vários componentes
moduláveis, que realizam tarefas a partir de um conceito que 'de per si' torna
extremamente amplas as possibilidades de composição. Assim é que o objeto
aperfeiçoa técnicas existentes no sentido de sistematizar em módulos (1, 2 e 3)
a aplicação experimental e prática, em que pese o desenvolvimento do
processo de ensino e aprendizado de ciência e tecnologia. Do ponto de vista
funcional, o módulo principal (1) é conectado ao módulo auxiliar (2) e ao módulo
(3) de sensores por conectores (15) via cabo ou meio sucedâneo, enquanto
que, através de um microcontrolador (9), processam -se e executam-se todas as
ações comandadas pelo usuário. No mesmo sentido, e ainda dentro de uma
solução técnica operativa recomendável, o módulo principal (1) é dotado de
infravermelho (13) que realiza a comunicação do conjunto com outro
dispositivo, especialmente os computacionais, ao passo que o módulo (3) é
composto por sensores (6) de uso comum e não demonstrados, que se utilizam
de conectores também de uso comum. Ou seja, a placa (1) ou módulo principal
estabelece a comunicação com dispositivo computacional de us o comum e
processa os comandos do usuário, podendo, o sistema computacional de que é
dotado, operar de maneira integrada ao computador ou a partir de 'software'
remoto, ou, ainda, de modo autônomo, pela execução de um programa
previamente carregado. Finalm ente, diga-se que o módulo principal (1)
possibilita comunicação com dispositivos computacionais cujas aplicações são
definidas por interação entre o 'software' armazenado na memória do sistema e
o 'software' em operação no computador, para que ambos os programas sejam
definidos em função da aplicação-fim, havendo interação com o 'software' em
operação no microcomputador em tempo real.
(71) Lucas Prado Lone (BR/PR) , Tiago Prado Lone (BR/PR) , Luis Reinaldo
Sciena (BR/PR)
(72) Lucas Prado Lone, Tiago Prado Lone, Luis Reinaldo Sciena
(74) Cleudemir Elias Calheiros
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 8403067-4 (22) 17/09/2004
3.1
(51) F03B 13/10, F03B 13/06
(54) MICRO USINA HIDRELÉTRICA URBANA
(57) "MICRO USINA HIDRELÉTRICA URBANA". O presente modelo de
utilidade, consiste no aproveitamento das águas que passam através das
tubulações subterrâneas já existentes e instaladas da rede pública que
transportam água potável para todos os bairros e em todas as direções. Não
havendo portanto necessidade de se construir reservatórios de água e nem de
quedas de água ou desníveis diferentes. Devido a forte pressão e ao grande
volume de água que passam constantemente por essas tubulações,
propiciando a instalação das micro usinas hidrelétricas urbanas denominadas
pelo seu idealizador de 'as carioquinhas'. Portanto este modelo de utilidade teria
grande potencial na geração de energia elétrica que atualmente não está sendo
utilizado cujo o seu entendimento está exposto nas figuras 1, 2, 3, 4 e 5 com
toda configuração do sistema e a sua implementação, e que poderá ser
adotado tanto pela iniciativa pública ou privada, tal invento podendo ser
estendido a todos os Estados e até servindo de proposta para os outros Países.
(71) Celso Magalhães Damasceno (BR/RJ)
(72) Celso Magalhães Damasceno
(21) MU 8403246-4 (22) 09/11/2004
3.1
(51) A42B 3/04
(54) DISPOSIÇÃO TÉCNICA INTRODUZIDA EM SINALIZADOR DE
SEGURANÇA, INSTALADO CAPACETE
(57) "DISPOSIÇÃO TÉCNICA INTRODUZIDA EM SINALIZADOR DE
SEGURANÇA, INSTALADO CAPACETE". A presente Patente de Modelo de
Utilidade diz respeito à Disposição Técnica Introduzida em Sinalizador de
Segurança, Instalado em Capacete, (1), caracterizada por ser constituída por
unidade de emissão de sinais (2); sinalizadores luminosos de freio (3); seta
esquerda (4); seta direita (5), sendo que o Sinalizador de Segurança, (1) fica
disposto e fixado na parte posterior do capacete (6) do motociclista (7), ou,
solidário ao capacete (6) e uma unidade de emissão de sinais (2) instalada em
qualquer parte da motocicleta (8), desde que possa captar os sinais de setas e
freio produzidos pela ação do motociclista (7), sendo que a captação destes
sinais é efetuada pelo auxílio de sensores, os quais devem indicar se o
motociclista (7) tende a virar para a direita, esquerda ou, ainda com a
possibilidade de serem captados diretamente do circuito sinalizador da
motocicleta (8).
(71) Tiago de Franco Renno (BR/MG) , Luis Carlos Rodrigues (BR/SP) , Valdeci
Miranda de Lima (BR/MG)
(72) Tiago de Franco Renno, Luis Carlos Rodrigues, Valdeci Miranda de Lima
(74) Fabiano Maia Rocco
(21) MU 8403296-0 (22) 11/11/2004
3.1
(51) A61C 3/00
(54) CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO PORTÁTIL
(57) "CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO PORTÁTIL". Patente de Modelo de
Utilidade de consultório dentário portátil é composto de um EQUIPO dentário
completo, composto de saída para caneta de alta rotação, micromotor, seringa
tríplice de água e esgoto. Este Equipo é movido a ar comprimido que é
produzido por um conjunto composto por compres sor de ar e um tanque
reservatório ou pulmão de ar. O compressor de ar é elétrico, bivolte, com
capacidade para produzir até 100 libras de pressão, e o tanque de
armazenamento de ar ou pulmão tem capacidade de armazenar até 10 litros,
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 73
permitindo se manter a pressão de trabalho entre 40 e 60 libras, que é
necessário para que as ferramentas pneumáticas tenham máxima eficiência. O
controle da pressão é mantido por instrumentos de medição como manômetro,
válvula reguladora de pressão e pressostalo. Estes equipamentos são
acondicionados em caixas produzidas em alumínio e madeira, ou ABS. próprio
para proteger contra impacto, vibração e umidade, possibilitando o transporte
seguro de todos equipamentos e peças contidos nela. Para facilitar o
deslocamento esta caixa é provida de carrinho retrátil que possui rodas,
rodízios e extensores que fixam a caixa e permite que se suba até escadas
íngrimes ou ainda se deslocar por entre os piores pisos.
(71) Marcelo Schettini Dias da Costa (BR/RJ)
(72) Marcelo Schettini Dias da Costa
(21) MU 8403304-5 (22) 11/11/2004
3.1
(51) A47C 1/024, A47C 17/16
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
ARTICULADA PARA SOFÁ-CAMA RECLINÁVEL
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
ARTICULADA PARA SOFÁ-CAMA RECLINÁVEL". Constituída por um conjunto
móvel (1) formado basicamente por um assento (2) e um encosto (3), sendo
que essas duas partes são articuladas entre si através de um par de eixos (4).
O assento (2) é formado pelo estrado (5) sobre um par de suportes (6), onde
referido par de suportes (6), são idênticos e paralelos. Esses suportes (6) do
assento (2) apresentam formato predominantemente de sólido prismático de
seção triangular reto, sendo que a superfície formada no cateto maior (7) é
apoiada sobre o chão quando o conjunto móvel (1) encontra-se em posição
sofá ou posição de descanso; e a superfície formada por um chanfro (8) no
vértice reto do suporte, apóia-se adequadamente sobre o chão quando o
conjunto móvel (1) encontra-se em posição cama. Os suportes (6) ainda são
providos por um outro chanfro (28) no vértice do cateto maior (7) com a
hipotenusa (12), de maneira que quando o móvel está em posição sofá, esse
chanfro (28) apóia-se sobre o rodapé (10) da parede (29) de forma a evitar que
a porção superior do encosto (3) danifique ou marque a parede (29). O estrado
(5) do assento (2) pode ser formado por corpos alongados de seção retangular,
ou por chapa, e são fixados no par de suportes (6) na hipotenusa (12) do
suporte (6); a ripa (9) instalada na extremidade do assento (2) apresenta uma
seção em 'L', para melhor conforto do usuário. O encosto (3) é formado por um
estrado (14) sobre um par de suportes (15), onde referido par de suportes (15),
são idênticos e paralelos, e cada um encaixado a um dos suportes (6) do
assento (2) através do par de eixos (4), onde esse encaixe é feito de maneira
que o suporte (15) do encosto fique disposto externamente ao suporte (6) do
assento (2). Esses suportes (15) do encosto (3) apresentam formato
predominantemente de sólido prismático de seção hexagonal assimétrica;
sendo que o lado primário (16) apóia-se sobre o chão quando o conjunto móvel
(1) encontra-se em posição sofá; o lado secundário (17) apóia-se sobre o chão
quando o conjunto móvel (1) encontra-se em posição de descanso; e o lado
terciário (18) apóia-se sobre o chão quando o conjunto móvel (1) encontra-se
em posição cama. O estrado (14) do encosto (3) pode ser formado por corpos
alongados de seção retangular, ou por chapa plana, sendo fixos no par de
suportes (15) no maior lado (20) do suporte (15); a ripa (22) instalada na
extremidade do encosto (3) apresenta uma seção em 'L'. O par de suportes (15)
do encosto (3) apresenta, em cada um, dois furos (23) e (24) em sua porção
próxima à articulação. O primeiro furo (23) é utilizado para o acople do pino de
apoio (25), de maneira que possa sustentar o encosto sobre o assento na
posição sofá, e também possa prover segurança ao conjunto móvel (1) quando
o mesmo se encontra em posição cama, de maneira a ev itar que ocorra o
movimento basculante na articulação. O segundo furo (24) é utilizado para o
acople do mesmo pino de apoio (25), porém de maneira que possa sustentar o
encosto sobre o assento quando o mesmo se encontra na posição de
descanso. O par de pinos de apoio (25) que são encaixados nos furos (23) e
(24) do encosto (3), são corpos de formato cilíndrico, sendo que em uma de
suas extremidades apresenta diâmetro maior configurando uma cabeça de
retenção (26) e o resto do corpo cilíndrico apresenta diâm etro menor uniforme,
configurando o suporte de apoio (27) que suportará o encosto (3) sobre o
assento (2).
(71) Futon World Ltda (BR/SP)
(72) Matthieu Samuel Halbronn
74
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) MU 8403352-5 (22) 10/11/2004
3.1
(51) B60J 11/00
(54) CAPA PROTETORA PARA VEÍCULOS AUTOMOTIVOS EM GERAL
(57) "CAPA PROTETORA PARA VEÍCULOS AUTOMOTIVOS EM GERAL".
Descreve-se a presente patente como uma capa protetora para veículos
automotivos em geral que, de acordo com as suas características, propicia a
formaç ão de uma capa protetora em estrutura própria e específica do tipo
inflável para aplicação direta na proteção externa dos mais diversos tipos de
veículos automotivos (A) e similares em geral quando posicionados
estacionados, com vistas a otimizar e tomar extremamente prático, agradável e
seguro os procedimentos de acondicionamento e proteção externa destes
veículos automotivos (A) e similares em geral nos mais diversos locais e, tendo
como base à incorporação da estrutura própria e específica contendo
integrados e simetricamente dispostos entre si uma capa central (2) como
invólucro, um dispositivo de vedação (3) como junção das partes, um
equipamento insuflador de ar (4) como introdutor de ar e um conjunto de alças
(5) como sustentador.
(71) Polidora de Veiculos RC3 Ltda (BR/PR)
(72) Rogerio Woellner Casagrande
(74) Brasil Sul Marcas e Patentes S/C Ltda
(21) MU 8403364-9 (22) 09/11/2004
3.1
(51) B65F 1/14
(54) LIXEIRA BASCULAR VERTICALIZADA PARA MUROS E OUTROS
(57) "LIXEIRA BASCULAR VERTICALIZADA PARA MUROS E OUTROS".
Patente de Modelo de Utilidade para uma lixeira bascular verticalmente para
muros e outros que é compreendido por uma gaveta 17, em forma de 'V',
fechado por todos os lados e também por baixo, dotado de uma boca superior,
essa gaveta 17, é presa por dois eixo raso 13, na parte lateral inferior, que fixaa a um batente11, que é fixo à parede, que da mobilidade a ela, dotada de um
puxador 18, e trancada para dentro ou para fora através de um sistema de
trincos 1, fixo à parede por parafusos 4, nos buracos 3, que se fecha a um
suporte 5, paralelo a parede.
(71) Antônio Rogerio Campos (BR/SP)
(72) Antonio Rogerio Campos
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 8403408-4 (22) 10/11/2004
3.1
(51) H04Q 7/32
(54) APARELHO TELEFÔNICO MÓVEL PARA CARTÃO PESSOAL DE
CHAMADAS TELEFÔNICAS
(57) "APARELHO TELEFÔNICO MÓVEL PARA CARTÃO PESSOAL DE
CHAMADAS TELEFÔNICAS". O presente modelo de utilidade, denominado
aparelho de telefone móvel, tipo 'Telefone Convencional', com utilização
principal des tinada ao 'CARTÃO PESSOAL DE CHAMADAS TELEFÔNICAS',
vem se apresentar ao mercado de telefonia como mais uma opção aos meios
de comunicação. O dito aparelho de telefone é constituído, em sua maior parte,
dos itens já existentes em aparelhos tidos como convencional, acrescentando
apenas, um monitor/visor digital (2), leitor ótico (3) para 'CARTÃO PESSOAL
DE CHAMADAS TELEFÔNICAS', conector para acesso a internet (6), quando
em operação via satélite.
(71) Francisco Pedro Guilherme Neto (BR/RN)
(72) Francisco Pedro Guilherme Neto
(21) MU 8403409-2 (22) 10/11/2004
3.1
(51) H04M 17/02
(54) APARELHO TELEFÔNICO FIXO PARA CARTÃO PESSOAL DE
CHAMADAS TELEFÔNICAS
(57) "APARELHO TELEFÔNICO FIXO PARA CARTÃO PESSOAL DE
CHAMADAS TELEFÔNICAS". O presente modelo de utilidade, denominado
aparelho de telefone fixo, tipo 'Telefone Público ou Orelhão', com utilização
principal destinada ao 'CARTÃO PESSOAL DE CHAMADAS TELEFÔNICAS',
vem se apresentar ao mercado de telefonia como mais uma opção aos meios
de comunicação. O dito aparelho de telefone é constituído, em sua maior parte,
dos itens já existentes em aparelhos tidos como 'Telefone Público ou Orelhão',
acrescentando apenas, monitor/visor digital (8), leitor para 'CARTÃO PESSOAL
DE CHAMADAS TELEFÔNICAS' (6), conector de acesso à internet (5), saída
de papel impresso (2), mini-impressora (12), fone opcional (7).
(71) Francisco Pedro Guilherme Neto (BR/RN)
(72) Francisco Pedro Guilherme Neto
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 75
(21) MU 8403424-6 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A62B 1/18
(54) APARELHO DE ESCAPE DE EMERGÊNCIA PARA EDIFÍCIOS COM
GRANDES ALTURAS
(57) "APARELHO DE ESCAPE DE EMERGÊNCIA PARA EDIFÍCIOS COM
GRANDES ALTURAS". O modelo de utilidade de um aparelho de escape para
edifícios com grandes alturas inclui um gancho de mão formando uma primeira
canaleta e um trinco rotativo para o gancho de mão, rotativo em relação ao
gancho de mão entre a posição travada e a posição de liberação. O trinco forma
a segunda canaleta, no qual forma, junto com a primeira abertura da canaleta,
uma fenda tendo um tamanho predeterminado para definir uma passagem para
o cabo com um atrito predeterminado induzido entre as canaletas e o cabo
quando o trinco é colocado na posição travado. Um sistema de escape de
emergência inclui um cabo estendido do alto do edifício até o solo com um
membro amortecedor de fita deslizante por todo o cabo. No aparelho de escape
o cabo esta duplicado apertando este, entre a primeira e segunda canaleta. Um
cinto envolve e segura o usuário no aparelho de escape, no qual permite que o
usuário deslize para baixo ao longo do cabo com uma velocidade controlada e
segura atingindo sua distância até o solo.
(71) Yin-Hsi Liao (TW)
(72) Yin-Hsi Liao
(74) Araripe & Associados
(21) PI 0404799-0 (22) 28/10/2004
3.1
(51) E04F 21/165
(54) FITA PARA REJUNTE DE PISOS
(57) "FITA PARA REJUNTE DE PISOS". Compreende uma fita nas variadas
fórmulas, de composição de materiais e durezas que melhor se adapte para
rejuntar as juntas de delatação dos pisos em geral. Essa fita é encaixada dentro
dos canais de delatação é feito o acabamento, cortando com um objeto cortante
possíveis rebarbas , que possam sobrar, levando em conta a profundidade do
canal de delatação e a altura ou a largura da fita.
(71) João Candido da Silva Neto (BR/SC)
(72) João Candido da Silva Neto
(74) Saulo Leal
(21) MU 8403469-6 (22) 01/06/2004
3.1
(51) D06F 81/06
(54) GIROFIX TÁBUA PASSAR DE PAREDE ARTICULADA
(57) "GIROFIX TÁBUA DE PASSAR DE PAREDE ARTICULADA". Idealizada a
fim de promover uma versatilidade e ampla de uso de tábua de passar roupa,
que através de um simples deslize como de uma gaveta e desdobramento da
tábua de passar roupa, propicia o uso de uma compacta e prática tábua de
passar fixada em um suporte de parede que pode ser articulado para todos os
lados, e fixada em qualquer ambiente da casa constituindo-se de um suporte de
parede a ser fixado na parede por meios de parafusos e buchas (1), que
contem duas regulagens para articulação de todo o conjunto do móvel que se
compõem em: um porta dobrável (2) dotada de uma haste tubular alongada (3),
que servirá para apoiar a tábua de passar dobrável (9) duas peças de forma
retangular, que conformam as laterais da estrutura externa do móvel (4), duas
peças de forma retangular, que conformam a base superior e a base inferior do
móvel da estrutura externa (5), essa dotada, de um par de canaletas (6) fixadas
na base inferior (5), junto com um par de corrediças (8), e outro par de canaleta
(7) que também junto com a corrediça (8), são fixadas na tábua dobrável (9),
que tem a função de deslizar uma na outra com a finalidade de fazer com que a
canaletas (7) junto com a tábua de passar (9), deslizem para fora do conjunto
(4) e (5), junto com a porta dobrável (2) e a haste tubular (3), que serve para
abrir e fechar o móvel e também como apoio para tábua (9), quando esta
estiver desdobrada para uso.
(71) Marcelo Xavier Pinheiro (BR/SP)
(72) Marcelo Xavier Pinheiro
(21) PI 0404850-4 (22) 08/11/2004
3.1
(51) B27L 11/02
(54) SISTEMA DE ÂNGULO DE CORTE EM MÁQUINA PICADORA DE
MADEIRA
(57) "SISTEMA DE ÂNGULO DE CORTE EM MÁQUINA PICADORA DE
MADEIRA". Refere-se a presente patente de invenção a um inédito sistema de
ângulo de corte em máquina picadora de madeira, desenvolvido especialmente
para produzir cavacos de madeira com alta qualidade, para produção de
celulose. Sendo caracterizado pelas possíveis variações de (A) distância entre
o centro do rotor e a contra faca no sentido vertical, sendo a faixa de v ariação
de 260 até 620 mm. (B) distância entre o centro do rotor e a contra faca no
sentido horizontal, sendo a faixa de variação entre 100 até 350 mm. (C) altura
de alimentação do equipamento, sendo a faixa entre 120 até 350 mm, e (α)
ângulo de corte da madeira, sendo a faixa de variação entre 40º até 50º.
(71) Arno Rui Schaly (BR/SC)
(72) Arno Rui Schaly
(74) Santa Cruz Consultoria Em Marcas & Patentes LTDA
76
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
para todos os modelos de vasos sanitários.
(71) Geraldo Krupp (BR/RS)
(72) Geraldo Krupp
(21) PI 0404906-3 (22) 09/11/2004
3.1
(51) C02F 1/52
(54) CLARIFICANTE PARA TRATAMENTO DE ÁGUA
(57) "CLARIFICANTE PARA TRATAMENTO DE ÁGUA". Compreendendo uma
formulação de componentes adequada à água a ser tratada, incluindo
coagulantes, cargas, neutralizantes, núcleos de coagulação e lubrificantes;
onde os coagulantes são preferivelmente o policloreto de alumínio, sulfato de
alumínio e aluminato de sódio; as cargas são preferivelmente sulfato de sódio e
cloreto de sódio; o neutralizante é preferivelmente o carbonato de sódio; os
núcleos de coagulação são preferivelmente a bent onita e a terra de Fuller; os
lubrificantes são preferivelmente o estearato de glicerila e o estearato de
magnésio; sendo que, ainda, tais componentes são previamente preparados
individualmente e apresentam -se em estado de agregação em pó, arenoso ou
granulado, de modo que os mesmos possam ser homogeneamente misturados;
sendo que tais formulações são compactadas na forma de tabletes ou
comprimidos com qualquer geometria externa, seja ela oca, vazada ou não.
(71) Helga Empreendimentos Administração e Participações S.A (BR/SP)
(72) Alcides dos Santos Lisboa
(74) Marcas Marcantes e Patentes Ltda
(21) PI 0404907-1 (22) 09/11/2004
3.1
(51) A61C 17/14
(54) BLOQUEADOR AUTOMÁTICO DE FLUXO DE ÁGUA EM CUSPIDEIRA
ODONTOLÓGICA
(57) "BLOQUEADOR AUTOMÁTICO DE FLUXO DE ÁGUA EM CUSPIDEIRA
ODONTOLÓGICA". A presente invenção, propicia ao cirurgião dentista
economizar água em seu consultório, através do uso de um único interruptor de
corrente elétrica (1), que simultaneamente alimenta a válvula solenóide para
água (4) e acende a lâmpada do refletor odontológico (3).
(71) Marcos Alberto de Souza Sebastião (BR/SP)
(72) Marcos Alberto de Souza Sebastião
(21) PI 0404925-0 (22) 09/11/2004
3.1
(51) A45D 27/00
(54) SISTEMA EM ROLETES PARA APLICAÇÃO DE LOÇÃO OU GEL APÓS
BARBA
(57) "SISTEMA EM ROLETES PARA APLICAÇÃO DE LOÇÃO OU GEL APÓS
BARBA". A presente invenção tem como finalidade a aplicação mais fácil e
econômica da loção ou gel após barba, visto o que sempre se faz é derramar
uma quantidade nas mãos e esfregá-las no rosto, repetindo-se esta operação
tantas vezes quantas se tomem necessárias, sujando-se as mãos e
desperdiçando a loção ao escorrer pelos dedos. O presente frasco (FIGURA
01), tem no seu gargalo ou boca, um rolete (1) que se fixa por um eixo ou pinos
(2), que ao girar, desliza sobre os raspadores (3), que tem como função não
deixar passar excessos de líquido, e, em cuja tampa (FIGURA 3), tem uma
saliência (4) na sua parte superior interna, e reentrâncias (5) na parte inferior,
que se encaixam no rolete e nas saliências (6) do corpo do frasco,
respectivamente, para um perfeito fechamento.
(71) Valmir Meneses (BR/SE)
(72) Valmir Meneses
(21) PI 0404924-1 (22) 10/11/2004
3.1
(51) A47K 13/30
(54) APERFEIÇOAMENTO EM ASSENTO SANITÁRIO TÉRMICO
(57) "APERFEIÇOAMENTO EM ASSENTO SANITÁRIO TÉRMICO". A presente
invenção refere-se ao aperfeiçoamento desenvolvido em assento sanitário
articulado, com elemento aquecedor de temperatura controlada, o qual é
montado sobre o vaso sanitário para proteger do frio as nádegas das pessoas
que ficam em contato direto com o mesmo, durante o uso do vaso sanitário. Na
parte interna e em toda a circunferência do assento ( 1 ) está encaixada uma
resistência elétrica ( 2 ) como elemento aquecedor, e para controlar a
temperatura do assento na média do corpo humano, está também embutido um
termostato ( 3 ), que por sua vez está conectado a um terminal do conector de
energia ( 4 ), que fica colocado num dos lados traseiros do assento sanitário ( 1
). Todos os elementos, termostato ( 3 ), resistência ( 2 ), estão ligados em série
no conector de energia ( 4 ). O aperfeiçoamento em assento sanitário térmico,
com elemento aquecedor e temperatura controlada da presente invenção, pode
ser fabricado em todo o tipo de material, tanto plástico como madeira e serve
(21) PI 0404927-6 (22) 11/11/2004
3.1
(51) B65F 1/00
(54) EMBALAGEM PRÁTICA PARA LIXO RECICLÁVEL
(57) "EMBALAGEM PRÁTICA PARA LIXO RECICLÁVEL". Refere-se o
presente invento constituído de embalagens em forma de sacos ou sacolas;
etiquetas e cartela alternativa, configurada graficamente, destinada a promover
a reciclagem do lixo de forma prática e simples. A embalagem configurada (1) e
a etiqueta configurada (5), destinada as embalagens desprovida de
configurações (9) são dotadas de um espaço apropriado, listados graficamente
com os nomes de materiais recicláveis (2) e (6) e dotada de um formato gráfico
RPI 1850 de 20/06/2006
para marcação indicativa (3) e (7). A cartela alternativa (10), é listada
graficamente com nomes de materiais recicláveis, perfilados em serie (11), para
serem descartadas e justaposta nas embalagens sem configurações (9). As
embalagens (1), etiquetas (5) e cartelas alternativas (10), são dotadas ainda de
um espaço gráfico, destinada aos patrocinadores para sua publicidade e
recomendações de uso (4), (8) e (12).
(71) Orlando Timmermans (BR/SC)
(72) Orlando Timmermans
(21) PI 0404929-2 (22) 10/11/2004
3.1
(51) F01D 15/10
(54) SISTEMA DE GRUPO GERADOR DE ENERGIA, DE INDEFINIDA
POTENCIA EM KVA, COM OU SEM COMBUSTIVEL
(57) "SISTEMA DE GRUPO GERADOR DE ENERGIA, DE INDEFENIDA
POTÊNCIA EM KVA, COM OU SEM COMBU STÍVEL". O 'Sistema de Grupo
Gerador de Energia, de indefinida potência em kva, com ou sem combustível'
caracterizado pelo fato de compreender um sistema de um gerador de
indefinida potência em kva, que pode ser gerada com ou sem a presença de
quaisquer combustíveis, tais como gasolina, álcool, diesel, biodiesel, gás
butano, gás natural, é montado em uma plataforma com suporte a base de
borracha sintética, medindo aproximadamente de 8 (oito) a 10 (dez) cm de
bases flutuantes com isolamento antichoque, antif aísca, antivibrações ou riscos
de radiação a saúde humana, não inibindo o acesso de pessoas programas
para o seu manuseio operacional; para cada tipo de gerador faz-se necessário
um quadro elétrico tipo microprocessado, com supervisão de rede, partida,
parada, sincronismo e transferência automática com indicadores digital de
tensão (f -f/f -n), corrente freqüência, potência ativa (kW), potência reativa (kVAr),
energia ativa consumida (kW/h), temperatura, fator de potência, rotação, horas
de funcionamento, contador de partidas, data/hora e tempo restante para
manutenção, proteção sobre-corrente, sobrecarga, curto-circuito, sobrevelocidade, tensão/freqüência anormais; o objeto da presente invenção é
compreendido por um gerador 1, sistema elétrico ou quadro de comando 2,
motor/acoplamento desenvolvido tecnologicamente com um conjunto de força
motriz e inercial e seus mecanismos e periféricos 3, tambor ou tanque de
combustível ou sem combustível 4, acoplado através de uma tração de engate
fresado ou de polia tipo B de 4 (quatro) faces de fácil desmontagem para
manutenção preventiva e corretiva, com o acionamento de tração de
embreagem simples, caixa de força mecânica ou hidramática que poderá, para
multiplicação de força motriz, adicionar um diferencial 1x4 nas extremidades do
eixo para acoplamento de mais de um gerador opcional, ficando assim, um
gerador em cada extremidade do diferencial, com um só motor, que na sua
partida de tração motriz através de combustão ou sem combustível através do
sistema inercial propulsor não sofrerá nenhuma queda ou alteração de potência
do mesmo, montado na mesma plataforma com suporte a base de borracha
sintética, medindo aproximadamente de 8 (oito) a 10 (dez) cm de bases
flutuantes com isolamento antichoque, antifaísca, antivibrações ou riscos de
radiação a saúde humana, os gases que são expelidos passam por processo
não poluente a nossa atmosfera através de um processo catalisador e
altamente filtrado e inodoro.
(71) Andre Luiz Accioly de Azevedo (BR/CE) , Raimundo do Carmo Rebouças
Filho (BR/CE)
(72) Andre Luiz Accioly de Azevedo, Raimundo do Carmo Rebouças Filho
(21) PI 0404930-6 (22) 10/11/2004
3.1
(51) B60J 11/00, E04H 15/00
(54) BARRACA, BAGAGEIRO, ABRIGO MONTÁVEL E DESMONTÁVEL
AUTOMATICAMENTE, COM SINALIZADORES E LUMINÁRIAS
(57) "BARRACA, BAGAGEIRO, ABRIGO MONTÁVEL E DEMONTÁVEL
AUTOMATICAMENTE, COM SINALIZADORES E LUMINÁRIAS". É
caracterizado pelo uso mutiplo (Fig.1), como bagageiro (Fig. 1-E) e Fig. 6),
barraca (Fig.2), sinalizadores e luminárias (Fig 2- L), luminária (Fig. 2- L E Fig.6L), abrigo equipado com tanque de água, moradia definitiva ou provisória. Pode
ser usado tanto em comércio, como expansão de barraca em trailers, abrigo e
proteção contra chuvas e intempéries, moradia alternativa e abrigo par a carros
(Fig.2), além de transporte de malas (Fig.6 - 1) , tanque extra de depósito de
combustível, para água ou qualquer (Fig.7- D). O Seu funcionamento poderá
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 77
ser automático, (Fig.7), manual (Fig. 5), com as opções de movimentação,
elétrica, hidráulica, a ar comprimido, pantográfica (Fig.7 - H) e tubos
telescópicos, além de barras de elevação angular ou vertical. O principio de
funcionamento , o usuário estaciona, aciona o dispositivo de montagem, eleva o
conjunto e puxa os tecidos da barraca até o chão e crava os grampos (Fig.
1,2,3 itens 1) no terreno e está pronta a montagem da barraca. O veículo uma
vez dissociado das ventosas ou garras, poderá sair e fica no local, uma sala de
estare visita, ou abrigo de mercadorias e do próprio veículo no seu retorno,
além de dormitórios anexos e demais dependências. Possui luz e água através
o tanque ( Fig. 1-D e Fig. 7-D), poderá ter esgoto e outros complementos de
drenagem para uma permanência prolongada, forros etc.
(71) Jason Carvalho Gomes Jr (BR/PR)
(72) Jason Carvalho Gomes Jr
(21) PI 0404931-4 (22) 09/11/2004
3.1
(51) H01F 1/10
(54) FLUIDOS MAGNÉTICOS DE FERRITA DE CÁDMIO COM
PROPRIEDADES ÓPTICAS
(57) "FLUIDOS MAGNÉTICOS DE FERRITA DE CÁDMIO COM
PROPRIEDADES ÓPTICAS". A invenção pos sibilita obter um fluido magnético
que possui propriedades magneto-ópticas, à base de nanopartículas de ferrita
de cádmio, aplicável em acopladores ópticos, sensores ópticos, polarizadores
ópticos, atenuadores ópticos, amplificadores ópticos, moduladores ópticos e em
outros dispositivos ópticos, magnéticos, optoeletrônicos e magnetooptoeletrônicos. O fluido inventado é preparado a partir de nanopartícula de
ferrita de cádmio, ultrafina, não cristalina ou cristalina, estequiométrica ou não
estequiométrica, com diâmetro de partícula variando entre 4nm e 12 nm,
funcionalizada ou não funcionalizada, podendo apresentar-se em meio aquoso
ou em meio orgânico. Os fluidos magnéticos preparados em meio aquoso
podem conter nanopartículas não funcionalizadas, estabilizados por repulsão
eletrostática, ou podem conter nanopartículas funcionalizadas e serem
estabilizados por repulsão eletrostérica. Os fluidos magnéticos preparados em
meio orgânico podem conter nanopartículas funcionalizadas com moléculas que
promovem estabilização coloidal por repulsão estérica.
(71) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnologico CNPq
(BR/DF)
(72) Emília Celma de Oliveira Lima, Osni Silva, Andris Figueiroa Bakuzis, Paulo
César de Morais
(74) Eury Pereira Luna Filho
(21) PI 0404934-9 (22) 10/11/2004
3.1
(51) B01D 67/00
(54) PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE PENEIRAS SUBMICROMÉTRICAS E
PENEIRAS ASSIM OBTIDAS
(57) "PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE PENEIRAS SUBMICROMÉTRICAS E
PENEIRAS ASSIM OBTIDAS". A presente invenção trata de um processo para
fabricação de peneiras submicrométricas para utilização em sistemas de
microfiltração e separação de materiais na faixa macro-molecular. Onde o
processo inovador de fabricação consiste da associação da técnica de
exposição holográfica (padrão de interferência) para fotogravação de uma
máscara de alta razão de aspecto em fotorresinas à eletroformação em metal
apropriado. Todo o processo é feito utilizando-se um substrato transparente
previamente recoberto com uma fina camada condutora para realização do
contato elétrico. Após a eletroformação da peneira submicrométrica é fabricada
uma estrutura de sustentação também eletroformada, utilizando-se processo de
fotogravação convencional. Esta estrutura de sustentação permite a
descolagem da peneira do substrato assim como sua utilização em sistemas de
microfiltração. Estas peneiras possuem grande aplicação, são normalmente
utilizadas para separação de partículas na indústria farmacêutica e alimentícia,
na área médica na hemodiálise, na biotecnologia para estudos de DNA,
bactérias, fungos e outros, assim como, outras aplicações como nas
ultrafiltrações, fabricação de emulsões, pigmentos e pinturas.
(71) Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (BR/SP)
(72) Lucila Helena Deliesposte Cescato, Edson José de Carvalho, Luis
Henrique Gutierrez Rivera
(74) Maria Cristina Valim Lourenço Gomes
78
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) PI 0404936-5 (22) 09/11/2004
3.1
(51) F25D 23/08
(54) GABINETE PARA REFRIGERADORES E FREEZERS
(57) "GABINETE PARA REFRIGERADORES E FREEZERS". Do tipo que
compreende: uma caixa externa (10) com paredes laterais (11) e superior (12)
em chapa metálica, cada uma apresentando uma borda posterior que incorpora,
internamente, uma respectiva aba (11a, 12a); e um painel traseiro (20) em
f orma de placa de material plástico, tendo bordas laterais e superior assentadas
e retidas no interior do gabinete, contra as referidas abas (11a, 12a) das
paredes laterais (11) e superior (12) da caixa externa (10) e incorporando abas
estruturais (21, 22) assentadas e retidas contra as adjacentes paredes laterais
(11) e superior (12) da caixa externa (10), no interior do gabinete.
(71) Multibrás S.A Eletrodomésticos (BR/SP)
(72) Estevão Marino Espíndola, Guilherme Klitzke Giesbrecht
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(21) PI 0404939-0 (22) 10/11/2004
3.1
(51) F24C 15/32, A21B 1/00
(54) FORNO DE COZIMENTO EM VELOCIDADE
(57) "FORNO DE COZIMENTO EM VELOCIDADE". A presente invenção
refere-se a um forno de cozimento em velocidade que é descrito
compreendendo uma cavidade de cozimento, um controlador, fonte de
aquecimento térmico, montagem de ventoinha, meio de direção do ar e uma
montagem de ventilação. O ar quente é circulado pela montagem do motor da
ventoinha para a cavidade do forno onde o ar quente é direcionado em uma
maneira onde um fluxo de gás turbulento de divergência, colisão é direcionado
para um produto alimentício propiciando um rápido cozimento dos produtos
alimentícios.
(71) Global Appliance Technologies, Inc. (US)
(72) David H. Mcfadden
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0404950-0 (22) 10/11/2004
3.1
(51) C10G 65/06, C10G 45/08, C10G 45/10
(54) PROCESSO DE HIDROGENAÇÃO DE OLIGÔMEROS RAMIFICADOS DE
OLEFINAS EM DOIS ESTÁGIOS
(57) "PROCESSO DE HIDROGENAÇÃO DE OLIGÔMEROS RAMIFICADOS
DE OLEFINAS EM DOIS ESTÁGIOS". Um processo de hidrogenação de
oligômeros ramificados de olefinas com baixo craqueamento a leves e em dois
estágios é descrito. Uma corrente (102) de oligômeros, constituídos
principalmente
de
isoctenos,
são
inicialmente
submetidos
a
hidrodessulfurização em leito de catalisador (152) em presença de catalisador
de CoMo ou CoW sobre suporte básico sob condições de hidrodessulfurização
3
3
que envolvem 150-30ºC, 04-5,0 MPa, 50-1000 Mm /m para vazão de H2/carga,
-1
LHSV entre 1 e 20,0 h , obtendo uma corrente produto (115)
hidrodessulfurizada e com não mais do que 30% das olefinas hidrogenadas,
que é enviada para um segundo estágio, para hidrogenação das olefinas e com
baixo craqueamento a leves, dita corrente (115) sendo adicionada de corrente
de reciclo (116) e corrente de gás rico em H2 (122) para um reator de
hidrogenação contendo espécies hidrogenantes de metal nobre como Pt e/ou
Pd sobre alumina, sob condições de hidrogenação que envolvem 30-180ºC,
-1
0,5-4,0 MPa, razão H2/olefinas 0,5-20 e LHSV de 2,0 a 40 h . A separação do
H 2S é efetuada entre o primeiro e segundo estágios de reação. A corrente
produto (117) (isoctanos) apresenta-se hidrogenada e com menos de 2% de
leves.
(71) Petroleo Brasileiro S.A. - PETROBRAS (BR/RJ)
(72) Carlos René Klotz Rabello, Rafael Menegassi de Almeida, Jefferson
Roberto Gomes, Guilherme Luis Monteiro de Souza, Xiaondong Hu
(74) Antônio Cláudio Correa Mayer Sant'Anna
(21) PI 0404952-7 (22) 10/11/2004
3.1
(51) C12P 21/02, C12N 9/80, A61P 35/02
(54) PROCESSO DE PRODUÇÃO DE ASPARAGINASE PELA BACTÉRIA
ZYMOMONAS MOBILIS E USO DO CALDO FERMENTATIVO E/OU DA
ENZIMA PURIFICADA NO TRATAMENTO DE DOENÇAS
(57) "PROCESSO DE PRODUÇÃO DE ASPARAGINASE PELA BACTÉRIA
ZYMOMONAS MOBILIAS E USO DO CALDO FERMENTATIVO E/OU DA
ENZIMA PURIFICADA NO TRATAMENTO DE DOENÇAS". A presente
invenção refere-se ao processo de obtenção da enzima L-asparaginase II pela
bactéria Zymomonas mobilis. O processo de produção consiste no crescimento
da bactéria em um meio fermentativo, com diferentes fontes de carbono e de
nitrogênio. Utilizando-se o substrato L-asparagina como fonte de nitrogênio,
observa-se a produção enzima asparaginase a partir da formação do aspartato
e da liberação de amônia. Experimentos realizados em meio sintético sem
asparagina e em meio contendo apenas glicose extrato de levedura também
resultaram na formação da enzima, mostrando que a mesma é constitutiva e
que pode ser produzida em diferentes meios e condições de fermentação. Além
disso, devido aos efeitos colaterais relacionados às asparaginases comerciais,
a formação de asparaginase a partir da bactéria Zymomonas mobilis, mesmo
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 79
com uma produtividade menor, tem a vantagem de que o caldo fermentativo
deste microrganismo já é utilizado no tratamento de doenças.
(71) COPPE/UFRJ - Coordenação dos Programas de Pós Graduação de
Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (BR/RJ)
(72) José Carlos Costa da Silva Pinto, Tito Livio Moitinho Alves, Ana Karla de
Souza Abud
(74) Joubert Gonçalves de Castro
(21) PI 0404958-6 (22) 10/11/2004
3.1
(51) C10G 49/02
(54) PRODUÇÃO DE HIDROCARBONETO DE BAIXA TEMPERATURA A
PARTIR DE HIDROCARBONETOS OXIGENADOS
(57) "PRODUÇÃO DE HIDROCARBONETO DE BAIXA TEMPERATURA A
PARTIR DE HIDROCARBONETOS OXIGENADOS". A presente invenção
refere-se a um método de produção de hidrocarbonetos a partir de reagentes
de hidrocarboneto oxigenado, tais como glicerol, glicose, ou sorbitol. O método
pode ocorrer na fase de vapor ou na fase de líquido condensado (de
preferência na fase de líquido condensado). O método inclui as etapas de
reação de água e um hidrocarboneto oxigenado solúvel em água tendo pelo
menos dois átomos de carbono, na presença de um catalisador contendo metal.
O catalisador contém um metal selecionado do grupo consistindo em metais de
transição do Grupo VIIIB, ligas destes, e misturas destes. Estes metais são
suportados em suportes que exibem acidez ou a reação é conduzida sob
condições de fase líquida em pHs acídicos. O método descrito permite a
produção de hidrocarboneto pela reação de fase líquida de água com
compostos oxigenados derivados de biomassa.
(71) Wisconsin Alumni Research Foundation (US)
(72) Randy D. Cortright, James A. Dumesic
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(21) PI 0404962-4 (22) 12/11/2004
3.1
(51) C02F 1/24
(54) PROCESSO E SISTEMA PARA TRATAMENTO DE EFLUENTES
(57) "PROCESSO E SISTEMA PARA TRATAMENTO DE EFLUENTES".
Contendo matéria orgânica em suspensão tal como aqueles provenientes de
esgotos domésticos, sistemas de processamento de produtos alimentícios e
outros, mediante a super-aeração de ditos efluentes, a introdução por repetidas
vezes de ar no líquido em fases sucessivas do processo, seguindo-se pelo
menos uma etapa de flotação e retirada do lodo flotado mediante aplicação de
vácuo. A aeração do líquido é provida por dispositivos ejetores (7, 8, 9)
alimentados por líquido sob pressão nos quais o ar atmosférico é sugado e
misturado ao líquido por efeito Venturi. A introdução de micro-bolhas de ar na
região inferior das câmaras de flotação (3, 5) intensifica esta fase do processo,
sendo o lodo flotado retirado por bocais succionadores (15, 16).
(71) Antônio José Pires da Silva (BR/SP)
(72) Antônio José Pires da Silva
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda.
(21) PI 0404975-6 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B01D 11/04
(54) MÉTODO E EQUIPAMENTO PARA CONTROLAR A SEPARAÇÃO DE
UMA DISPERSÃO EM EXTRAÇÃO LÍQUIDO-LÍQUIDO
(57) "MÉTODO E EQUIPAMENTO PARA CONTROLAR A SEPARAÇÃO DE
UMA DISPERSÃO EM EXTRAÇÃO LÍQUIDO-LÍQUIDO". A presente invenção
se refere a um método e a um equipamento para a separação controlada de
uma dispersão de dois líquidos formada no estágio de misturação de extração
líquido-líquido em suas próprias fases na seção de separação da extração. Em
particular, o método e o equipamento em concordância com a presente
invenção se referem a um processo de extração utilizado na recuperação de
metais. Em concordância com o método da presente invenção, a banda de
dispersão permanecendo entre as fases separadas é represada utilizando pelo
menos um membro de reversão para o referido propósito localizado na seção
de separação. Em concordância com a present e invenção, o equipamento
compreende pelo menos um membro de reversão, que é por sua vez feito de
pelo menos duas partes separadas assemelhadas à placa. (Figura 1)
(71) Outokumpu Oyj (FI)
(72) Nyman, Bror, Hultholm, Stig-Erik, Ekman, Eero, Lilja, Launo, Ly yra, Juhani,
Pekkala, Pertti, Kuusisto, Raimo
(74) Thomaz Thedim Lobo e Magnus Aspeby
(21) PI 0404993-4 (22) 11/11/2004
3.1
(51) G06F 17/27
(54) SISTEMA E MÉTODO PARA ELABORAÇÃO DE TEXTO E/OU LAUDOS
MÉDICOS E ACESSO A ELES
(57) "SISTEMA E MÉTODO PARA ELABORAÇÃO DE TEXTO E/OU LAUDOS
MÉDICOS E ACESSO A ELES". A presente invenção se refere a um sistema e
método para elaboração de texto e/ou laudos médicos e acessos aos mesmos
incluindo pelo menos um processador de dados (1) com dispositivos de entrada
(2) e saída (3) para que um usuário (4) entre com informações (5) relacionadas
aos componentes 8 (8) de um texto e/ou laudo médico em uma categorização
relacional hierárquica (9), utilizando um programa (10) que, automaticamente,
gera uma representação diagramática (11) do texto e/ou laudos médicos que
está sendo acessado, sendo produzida em um formato visível (12) e modificável
pelo usuário. Adicionalmente, o(s) usuário(s) pode(m) entrar com informações
mais detalhadas (14) para fornecer uma base para uma representação textual
do texto e/ou laudo médico que está sendo elaborado ou acessado. Essa
informação adicional (14) é associada com e/ou conectada ao diagrama de
representação através de um link automático ou hiperlink, que permite ao
usuário (4) comutar entre as visualizações do diagrama e as descrições dos
componentes (8) do texto e/ou laudo médico.
(71) Expedicto Gammaro (BR/RJ)
(72) Expedicto Gammaro
(74) Veirano e Advogados Associados
80
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0404995-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) C04B 20/06, C04B 14/20, C04B 14/06
(54) MASSA REFRATÁRIA ISOLANTE TÉRMICA E OU ACÚSTICA(SECA),
PARA EMBOÇOS DE PAREDES, PISOS E TETOS E SEU MÉTODO DE
PREPARAÇÃO E APLICAÇÃO
(57) "MASSA REFRATÁRIA ISOLANTE TÉRMICA E OU ACÚSTICA (SECA),
PARA EMBOÇOS DE PAREDES, PISOS E TETOS; E SEU MÉTODO DE
PREPARAÇÃO E APLICAÇÃO". Uma massa refrataria de constituição seca,
composta das seguintes matérias primas: - areia lavada ------------------------------------------ 35 a 48% - argila ------------------------------------------------- 12 a 16% - pó
de tijolo ------------------------------------------- 25 a 31% - vermiculita expandida
entre 580º a 620ºC -------- 5 a 50% - areola ------------------------------------------------10 a 12% Utilizada como isolante termo-acústico, em emboços de paredes em
geral e na construção de lareiras, churrasqueiras, fornos e fogões à lenha. Para
sua aplicação o usuário deverá acrescentar no momento do uso água e cimento
do tipo (CPII, CPIII) até ficar com a consistência desejada.
(71) Felisberto Jose da Silva (BR/RJ) , Eliane Lopes da Silva Cardoso (BR/RJ)
(72) Felisberto Jose da Silva
(21) PI 0405005-3 (22) 12/11/2004
3.1
(51) E03F 7/00
(54) KIT LIMPA CANO
(57) "KIT LIMPA CANO". Patente de Inv enção para um Kit limpador de sistema
de esgoto que é compreendido por uma esfera 2 de material esponjoso, flexível
e resistente com dois ganchos 1, ganchos estes que possuem um sistema de
abre-fecha automático, fixados em extremidades opostas da esfera limpadora 2
(fig. 1), por presilhas de extremidades (fig. 2), com base 4 levemente flexível,
para acompanhar o formato do cano, quando nele fixado e pino de fixação 3, no
centro desta base, em formato de cogumelo aumentando assim a segurança na
fixação da linha condutora 7 quando em desuso, formando assim uma única
peça também por uma luva adaptadora 5 de medidas compatíveis com o
mercado, de encaixe de um lado interno e de outro externo, que apresenta na
face superior interna do encaixe externo, uma cavidade 6 para acomodação da
linha condutora, quando em desuso, que estará fixado na presilha de
extremidade (fig. 2) da face superior externa da luva adaptadora 5 e por fim,
completando o Kit, carretéis com linha de nylon (fig. 5) colorida, chamada de
linha condutora 7.
(71) Anselmo de Souza Pereira (BR/SP)
(72) Anselmo de Souza Pereira
(21) PI 0405006-1 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B65F 1/00
(54) COMPACTADOR DE LIXINHO
(57) "COMPACTADOR DE LIXINHO". Patente de Invenção de utensílio de
manuseio pessoal compreendido por um disco 1 com espessura conveniente à
capacidade funcional chamado de disco compactador e um cabo 2 com
comprimento compatível ao não contato entro o operador e o lixo. O cabo 2 que
apresenta algumas ondulações, pouco antes da extremidade superior,
acompanhadas de um diâmetro pouco maior, aumentando a segurança na
pegada, será fixado no centro de uma das faces planas do disco 1 e a fixação
será reforçada por quatro triângulos 3 que serão dispostos e colados entre a
borda do disco 1 e o cabo 2, eqüidistantes entre si.
(71) Anselmo de Souza Pereira (BR/SP)
(72) Anselmo de Souza Pereira
(21) PI 0405008-8 (22) 10/11/2004
3.1
(51) A47F 5/01
(54) ESTAÇÃO MÓVEL E ESTACIONÁRIA DE VENDA DE FLORES
(57) "ESTAÇÃO MÓVEL E ESTACIONÁRIA DE VENDA DE FLORES". Referese a presente patente de invenção a uma estação móvel fabricada em estrutura
tubular, fibra de vidro e com acabamento em madeira, proporcionando
durabilidade, resistência e baixos custos de produção. Sua es trutura dinâmica
permite a rápida montagem em qualquer local, seja na rua, em feiras e até
mesmo em shopping center, servindo como ilha. Por ser confeccionada com
materiais leves, a mesma pode ser rebocada por qualquer tipo de veículo
automotor ou motocicletas. Além da praticidade, o design aplicado na unidade
móvel, permite a rápida identificação dos produtos a serem comercializados,
servindo, para tanto, como fonte divulgadora.
(71) Ricardo César Lianza Lombardi Junior (BR/PB)
(72) Ricardo César Lianza Lombardi Junior
(74) Antonio Carlos Lima de Moraes
(21) PI 0405009-6 (22) 12/11/2004
3.1
(51) H01M 2/14, H01M 8/00
(54) MEMBRANAS CONDUTORES DE ÍONS RETICULADAS COM
DERIVADOS HETEROCÍCLICOS
(57) "MEMBRANAS CONDUTORAS DE ÍONS RETICULADAS COM
DERIVADOS HETEROCÍCLICOS". A invenção compreende um método para
preparar polímeros ácidos reticulados úteis como membranas condutoras de
ions, tais como polietercetonas sulfonadas, polisulfonas sulfonadas,
poliestirenos sulfonados e outros polímeros ácidos, por reticulação com
espécies que geram uma funcionalidade ácida. O reticulador utilizado na
invenção preferencialmente se liga a funções ácidas por conversão de grupos
ácidos para funcionalidade dos ions imidazolium, os quais, devido a acidez das
ligações N-H, compensam a perda de acidez por ocupação dos grupos ácidos e
assim preservando a condutividade da membrana enquanto que contribui para
resistência mecânica e ao inchamento. A incorporação de vários compostos
higroscópicos, e freqüentemente nanopartículas inorgânicas condutoras de
prótons, tais como heteropoliacidos (HPA), significativamente aumenta o
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 81
desempenho em altas temperaturas. A presença de ligações cruzadas previne
a perda destes heteropoliacidos das membranas.
(71) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
(BR/DF)
(72) Ailton de Souza Gomes, Ai Ren Tan, Luisa Magno de Carvalho
(74) Eury Pereira Luna Filho
(21) PI 0405010-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) F03G 7/04
(54) PROCESSO E APARATO PARA GERAÇÃO DE ENERGIA A PARTIR DE
EDIFÍCIOS OU MONTANHAS
(57) "PROCESSO E APARATO PARA GERAÇÃO DE ENERGIA A PARTIR DE
EDIFÍCIOS OU MONTANHAS". Processo e aparato para geração de energia a
partir de edifícios e montanhas, onde fontes de energia, diferenças de
temperatura e diferenças de elevação entre o topo e a base são utilizadas para
gerar um escoamento multifásico líquido-vapor ascendente e um fluxo
monofásico líquido descendente de um fluido de trabalho em um circuito
fechado contendo tubulações, sistem as de aquecimento, sistemas de
resfriamento e turbinas. Esses equipamentos promovem trocas de calor e
mudanças de pressão, fazendo com que ocorra a vaporização e a condensação
de uma fração do fluido de trabalho. A presença da fase vapor reduz, no trecho
com fluxo ascendente, a massa específica e a condensação aumenta a massa
específica no trecho com fluxo descendente, fazendo com que ocorra o
escoamento do fluido de trabalho. A fase líquida aciona uma turbina que pode
ser acoplada a um gerador de energia elétrica.
(71) Paulo César Ribeiro Lima (BR/DF)
(72) Paulo César Ribeiro Lima
(21) PI 0405025-8 (22) 12/11/2004
3.1
(51) E04F 15/10, B28B 1/087, E04B 5/44
(54) PROCESSO PARA OBTENÇÃO DE REVESTIMENTO PARA BORDA DE
PISCINAS EM GERAL E O REVESTIMENTO PARA BORDA
(57) "PROCESSO PARA OBTENÇÃO DE REVESTIMENTO PARA BORDA DE
PISCINAS EM GERAL E O REVESTIMENTO PARA BORDA". Particularmente
de um processo para obtenção de revestimento (1) ser dotado de encaixes (2)
inferiores propícios a se amoldarem na estrutura (3) de sustentação de mantas
(4) vinílicas, possuindo também a borda interna (B) à piscina de formato
boleado sem quinas ou cantos vivos, permitindo uma variedade de combinação
de cores e estampas, ótimo acabamento e segurança.
(71) Felipe Teixeira de Barros Nonato (BR/SP)
(72) Felipe Teixeira de Ba rros Nonato
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C LTDA
(21) PI 0405017-7 (22) 11/11/2004
3.1
(51) F16B 23/00
(54) SISTEMA DE FIXAÇÃO INTEGRADO
(57) "SISTEMA DE FIXAÇÃO INTEGRADO". A presente invenção refere-se a
um sistema fixador compreendendo uma pluralidade de faixas de tamanho de
prendedor rosqueado (10), cada prendedor tendo uma cabeça (12,32)
produzida com um recesso (14) para receber uma ferramenta (20) para
introduzir com rotação o prendedor. Em cada faixa de tamanhos, o maior
tamanho do prendedor tem um recesso (14) compreendendo uma pluralidade
de camadas de introdução (16a,b,c,d) de tamanho reduzido sobrepostas. Entre
duas faixas de tamanho adjacentes, existe uma camada comum (16d,16b),
sendo a maior camada (16b’, 16b’’) do recesso (14’, 14’’) a faixa de tamanho
menor, e a menor camada (16d) do recesso (14) da faixa de tamanho maior.
(71) Uni-Screw Worldwide, INC. (US)
(72) Lawrence Antony Brooks, Steven Sidwell
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(21) PI 0405026-6 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B65D 85/57, G11B 23/033
(54) DISPOSITIVO PARA SISTEMA DE FIXAÇÃO DE CD'S EM ESTOJOS
(57) "DISPOSITIVO PARA SISTEMA DE FIXAÇÃO DE CD’s EM ESTOJOS".
Onde a face interna (I) da parte posterior do estojo (1) recebe um recorte
circular (2) compatível para receber a inserção de uma peça circular (3),
fabricada em material elastomérico flexível, a qual, ao ser fixada por sua base
(4), projeta e expõe um pescoço (6) dotado de pequeno ressalto anelar (7) junto
ao seu extremo, para receber cd (C), pressionado pelo seu furo central contra o
ressalto anelar (7) do pescoço (6) da peça circular (3), o qual, pela sua
flexibilidade, deformase e permite a passagem da borda interna do furo do cd
(C), de modo que, com o retorno, o referido disco (C) trave-se firmemente e,
quando em procedimento contrário, permita a retirada do cd (C), de forma
segura, mantendo sua integridade.
(71) Sérgio Luiz Mano Ugeda Sanches (BR/SP)
(72) Sérgio Luiz Mano Ugeda Sanches
(74) Mercosul Ass Cons Empresarial p/ America do Sul S/C Ltda
82
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
saída radial (33); uma haste de acionamento (40) tendo um extremo interno (41)
rotativamente acoplado à contra-sede (30) e um extremo externo (42)
configurado para receber um volante (V).
(71) DURATEX S.A (BR/SP)
(72) Luiz Moquiuti Morales
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(21) PI 0405027-4 (22) 12/11/2004
3.1
(51) H04M 1/82
(54) INDICADOR LUMINOSO DE OCUPADO
(57) "INDICADOR LUMINOSO DE OC UPADO". Patente de invenção tem por
objetivo tomar mais versátil o uso de computadores acoplados a linha telefônica
convencional, se caracteriza pelo fato de utilizar componentes simples de fácil
obtenção e de uso,que com o tempo torna-se imprescindível ao usuário. Em
face a tais perspectivas, vem o inventor propor uma solução para esse
problema através de um sinalizador visual, que também poderá ser utilizado
como um indicador luminoso no qual informa se a linha telefônica está sendo
ocupada ou não, apenas ao verificar se o indicador luminoso está aceso no qual
indica que a linha está sendo ocupada ou apagado no qual indica que a linha
não está sendo utilizada. O sistema consiste em um retificador de onda
completa acoplado a um indicador óptico luminoso, led(1) que se mantém
aceso enquanto a conexão telefônica está funcionando. Logo que o sistema é
desconectado da linha telefônica o indicador óptico luminoso se apaga, fazendo
com que o usuário perceba imediatamente a irregularidade e restabeleça uma
nova conexão com a linha telefônica sem a menor perda de tempo. Na
descrição do circuito, uma fase que vem da linha telefônica, entra no circuito
indicador luminoso através da ponte retificadora formada pelos diodos D1(2),
D2(3), D3(4) e D4(5) que impedem erro de funcionamento quando da inversão
da polaridade da linha telefônica. Seu lado positivo vai para o indicador
luminoso e fecha o circuito através do resistor de carga R1 (6) que retorna ao
negativo da ponte. A fim de prevenir a queima do indicador luminoso quando da
chegada de uma alta tensão alternada de toque o condensador despolarizado
C1 (8) conduz evitando que uma alta voltagem seja retificada pela ponte. O
resistor R2(7) pode ser um circuito similar ao indicador luminoso mais R1, ou
apenas ter a função de divisor de tensão.
(71) Christian Elias Tanajura Goulart (BR/SP)
(72) Christian Elias Tanajura Goulart
(21) PI 0405046-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) F16K 1/32
(54) REGISTRO PARA INSTALAÇÕES HIDRAÚLICAS
(57) "REGISTRO PARA INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS". Compreendendo um
corpo (10) ; uma luva tubular (20) tendo extremo interno (21) aberto e uma
janela radial (23) e sendo imobilizada no interior de um bocal auxiliar (12) do
corpo (10), de modo a ter seu extremo interno (21) hermeticamente assentado
em torno de uma janela (15) de uma parede divisória (14) no interior do corpo
(10), e sua janela radial (23) aberta para um bocal de saída (12) do corpo (10);
uma contra-sede (30) rotativamente mancalizada no interior da luva tubular (20)
e apres entando uma porção extrema interna tubular (31) axialmente aberta para
a abertura para a abertura (15) e provida de saída radial (33), a contra-sede
(30) sendo girada entre uma posição aberta, na qual alinha a saída radial (33)
com a janela radial (23) da luva tubular (20), e uma posição fechada, na qual
veda a janela radial (23) com uma porção de parede lateral cilíndrica oposta à
(21) PI 0405047-9 (22) 12/11/2004
3.1
(51) C05G 1/00
(54)
COMPOSIÇÃO
FERTILIZANTE
ORGANO- MINERAL
PARA
FOSFATAGEM E REMINERALIZAÇÃO DE SOLOS
(57)
"COMPOSIÇÃO
FERTILIZANTE
ORGANO- MINERAL
PARA
FOSFATAGEM E REMINERALIZAÇÃO DE SOLOS". Compreendida pelas
seguintes proporções e especificações: - Matéria orgânica total ...... de 5,00% a
11,00% - Matéria orgânica compostável ..de 3,00% a 9,00% - Carbono total
................ de 2,00% a 7,00% - Carbono orgânico ............. de 1,50% a 5,50% Resíduo mineral total ...... de 60,00% a 94,00% - Resíduo mineral insolúvel .. de
20,00% a 50,00% - Resíduo mineral solúvel .... de 25,00% a 75,00% Nitrogênio total ............. de 0,20% a 2,00% - Fósforo total .............. de 20,00% a
50,00% - Potássio ..................... de 0,10% a 1,00% - Cálcio total ............... de
12,00% a 25,00% - Magnésio total ............... de 0,50% a 2,00% - Enxofre total
................ de 0,50% a 3,00% - óxido de Cálcio ............ de 14,00% a 26,00% óxido de Magnésio ............ de 0,50% a 3,00% - Carbonato de cálcio ........ de
25,00% a 45,00% - Carbonato de magnésio ........ de 2,00% a 8,00% - Sílica
..................... de 30,00% a 60,00% - Cobre ........................ de 20 a 45 mg/kg Manganês total ............. de 400 a 600 mg/kg - Zinco ....................... de 60 a 105
mg/kg - Ferro .................. de 27000 a 36000 mg/kg - Boro ........................... de 2
a 8 mg/kg - Sódio .................... de 1000 a 3000 mg/kg
(71) Agro Citrus Comercial Ltda - EPP (BR/SP)
(72) Carlos Alberto Cristan
(74) Embramarcas -Empresa Brasileira de Marcas
(21) PI 0405048-7 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A61C 7/08
(54) PLACA ORTODÔNTICA, PROCESSO DE FABRICAÇÃO DA PLACA
ORTODÔNTICA E FORMA DE UTILIZAÇÃO DA MESMA
(57) "PLACA ORTODÔNTICA, PROCESSO DE FABRICAÇÃO DA PLACA
ORTODÔNTICA E FORMA DE UTILIZAÇÃ O DA MESMA". A placa é
compreendida por uma peça única (10) a guisa de uma palmilha odontológica
removível anatomicamente arranjada junto a boca (B) do paciente e com um
valor de Resistência de Impacto compatível com o verificado nos dentes e nas
fibras gengivais. O processo compreende as etapas de: a) preparo laboratorial
da resina (R); b) encapsular a massa preparada na boca (B) do paciente,
determinando, o posicionamento mandibular do mesmo; c) modelar a massa
(resina em sua fase plástica) (R) por toda a extensão desejada do dente (D); d)
ainda em sua fase plástica retirar a massa modelada e promover os recortes.
de acabamento; e) recolocar a peça modelada e acabada na arcada ou porção
da arcada desejada. A forma de utilização da placa (10) compreende, em
mantê-la em uso de forma removível na boca (B) do paciente, por períodos
entre 20 e 30 dias, sendo após este período submetida a trocas e reajustes até
a conclusão do tratamento.
(71) Odaisa Paulino Laporta (BR/SP)
(72) Odaisa Paulino Laporta
(74) Tozzini Freire Teixeira e Silva Advogados
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0405049-5 (22) 10/11/2004
3.1
(51) B60G 7/00
(54) BARRAMENTO DE SUSPENSÃO COM PIVOTAMENTO
(57) "BARRAMENTO DE SUSPENSÃO COM PIVOTAMENTO". A presente
invenção refere-se a um barramento de suspensão com pivotamento para ser
aplicado em veículos automotores, mais especificamente, em veículos pesados.
O sistema é constituído por duas barras rígidas (1) que possuem em suas
extremidades, articulações moleculares (2) que são fixadas no eixo e no chassi
do veículo, interligando estes dois componentes veiculares e permitindo
movimentos angulares, laterais e rotacionais entre os mesmos. As barras
rígidas (1) possuem uma geometria angular entre si e são interligadas por uma
barra pivotada (5) e uma barra elástica (11), estas últimas dispostas em
paralelo próximo uma da outra e acopladas às barras rígidas (1), próximas das
articulações moleculares (2). A barra pivotada (5) é acoplada nas barras rígidas
(1), em secção mais próxima das articulações molec ulares (2), através de um
sistema construído nas próprias extremidades da barra pivotada (5) e no corpo
das barras rígidas (1) que resulta em uma articulação esférica e que permite o
movimento articulado entre as barras fixas (1) e a barra pivotada (5). A barra
elástica (11) possui a função de mola, é acoplada em paralelo próximo à barra
pivotada (5) através de um furo (12) nas barras rígidas (1) onde são encaixadas
as suas extremidades (13) sendo que os furos (12) podem conter uma folga
(14) que permitirá o movimento axial da barra elástica (11) em relação às barras
fixas (1), sem , contudo, permitir o movimento rotacional entre ambas as peças.
O sistema, considerados seus efeitos técnicos, permite a adequação e ajuste
do projeto do sistema de suspensão, proporcionando a eliminação da barra
estabilizadora, e restringindo a rolagem do chassi fazendo-se uso da própria
movimentação relativa entre as barras (1).
(71) Dana Indústrias Ltda. (BR/SP)
(72) Fernando Roveri
(21) PI 0405052-5 (22) 11/11/2004
3.1
(51) A63C 17/06
(54) QUADRISKATE
(57) "QUADRISKATE". Trata-se de um brinquedo destinado à prática de
esportes radicais, sendo um equipamento similar aos patins tradicionais fixados
nas mãos e similares aos skates tradicionais fixados nos joelhos, sendo
composto por prancha (1) com depressão para encaixe do joelho (1.1) e apoio
para o pé (1.2), presilhas (2), um par para prender a perna na altura da
panturrilha e o outro para prender a perna no lado oposto ao joelho, três pares
de rodas (3),sendo cada par fixo a um eixo(4) como nos skates, sendo duas
rodas menores do que as outras logo abaixo da depressão (1.1), freio (5), três
rodas em linha (6), revestidas externamente por capa protetora (6.1), haste de
apoio e travamento das rodas localizada na frente da prancha (7), invólucro de
proteção do antebraço e da mão (8), prancha com bordas mais altas do que o
centro para manter a inclinação do braço (9), seis parafusos fixadores das
rodas, sendo três de cada lado (10), e uma abertura para entrada da mão e do
antebraço (11).
(71) Flávio Teles Filogonio (BR/ES)
(72) Flávio Teles Filogonio
(74) Wagner José Fafá Borges
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 83
(21) PI 0405054-1 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A63H 11/04, A63H 13/12
(54) BONECO AUTOMATIZADO PARA PROPAGAN DA E ENTRETENIMENTO
(57)
"BONECO
AUTOMATIZADO
PARA
PROPAGANDA
E
ENTRETENIMENTO". Refere-se a Patente de Invenção caracterizada por em
primeiro lugar de dois cabos, um cabo móvel (02) preso em uma extremidade
ao motor (05), passando pelo suporte superior (04) e na outra extremidade na
parte frontal superior do boneco (01), e o outro cabo fixo (28) no suporte inferior
(03) e no suporte superior (04). O boneco (01) está no cabo (28) e conforme o
movimento do motor sobe e desce o mesmo sem parar, enquanto o mot or (05)
estiver sendo alimentado por energia. No interior do boneco (01) é que está o
sistema mecânico que dá os movimentos ao mesmo, constituído de corpo do
mecanismo (11) que pode ser duas peças ou uma inteira, na parte superior, tem
prendido a roldana superior (08), na parte central entre o corpo (11) contém a
roldana intermediária (09) e na parte inferior a roldana inferior (10). O
funcionamento é simples, como podemos observar na Figura 01: O cabo fixo
(28) passa pelas mãos (06) do boneco (01) e entra pela parte frontal do mesmo
na altura do peito, passando pela lateral direita e parte inferior da roldana
superior (08) e parte superior e lateral esquerda da roldana intermediária (09) e
na lateral direita da roldana inferior (10) saindo na parte frontal no boneco (01)
na altura do umbigo, passando também pelo interior dos pés (07) indo até a
fixação inferior (03). O cabo fica tracionado em 'S' entre as três roldanas, o que
possibilita o movimento dele no cabo fixo (28) não descendo o mesmo. O
sistema que move o cabo (02), é composto de motor (21) que pode ser ligado a
uma corrente elétrica ou movido por combustível. Este gira a correia (22) que
por sua vez faz funcionar o eixo da bobina (26) e a bobina (24) que enrolam e
desenrolam o cabo (02). A corrente (25) faz funcionar o limitador que permite
que o cabo móvel (02) só puxe o boneco até o desejado, impedindo que
esbarre aos extremos das fixações.
(71) Carlos Evandro Borsari (BR/SC)
(72) Carlos Evandro Borsari
(74) Rogério de Souza
(21) PI 0405060-6 (22) 10/11/2004
(51) G09F 19/00
(54) SISTEMÁTICA DE EXIBIÇÃO E
PROPAGANDAS E ASSEMELHADOS
(57) "SISTEMÁTICA DE EXIBIÇÃO E
PROPAGANDAS E ASSEMELHADOS".
inovadora maneira de expor uma ou mais
3.1
VEICULAÇÃO
TELEVISIVA
DE
VEICULAÇÃO TELEVISIVA DE
Tem por objeto uma prática e
logomarcas de patrocinadores nas
84
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
chamadas de eventos e/ou programações televisivas, pertencente ao campo da
propaganda e marketing, de uso mais precisamente para a divulgação de
reclames e informes, e o qual foi concebido com vistas a melhorar a forma de
apresentação da logomarca dos patrocinadores de eventos, feiras, promoções
e similares, em relação aos outros modelos usualmente encontrados no
mercado.
(71) Sport Promotion Sociedade Simples Ltda (BR/SP)
(72) João Jos é Bastos
(74) Logos Marcas e Patentes S/S Ltda
(21) PI 0405062-2 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A61F 2/66
(54) APERFEIÇOAMENTOS INTRODUZIDOS EM PÉ MULTIAXIAL PARA
PRÓTESE EXTERNA PARCIAL E / OU TOTAL DE MEMBRO INFERIOR
(57) "APERFEIÇOAMENTOS INTRODUZIDOS EM PÉ MULTIAXIAL PARA
PRÓTESE EXTERNA PARCIAL E/OU TOTAL DE MEMBRO INFERIOR". Mais
particularmente trata de uma prótese utilizada como um pé (1) humano, o qual é
provido de artIculação (2) multiaxial que substitui o tornozelo e é notadament e
desenvolvido para ser aplicado em próteses externas parciais e/ou totais de
membro inferior, de modo a oferecer ao usuário, maior amplitude e uma grande
facilidade de movimentação em vários planos do ponto de vista biOmecânico, o
que aumenta a sua segurança e conforto, principalmente ao caminhar sobre
superfícies irregulares, tais como, por exemplo, ruas com paralelepípedos,
terrenos acidentados ou superfícies ligeiramente inclinadas, proporcionando um
caminhar mais agradável, natural e seguro, com maior conforto e bem -estar.
(71) Nelson Tuzino Nolé (BR/SP) , Ulrich Boer (BR/SP) , Emerson D. Souza
(BR/SP)
(72) Nelson Tuzino Nolé, Ulrich Boer, Emerson D. Souza
(74) José Monteiro
(21) PI 0405071-1 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A01G 9/02
(54) NOVA FORMULAÇÃO PARA CACHEPOT ECOLÓGICO
(57) "NOVA FORMULAÇÃO PARA CACHEPOT ECOLÓGICO". A qual possui
nova formulação contendo itens como, casca de pínus, fibra de rami ou cisal,
extrusado de nó de cana-de-açúcar e látex in natura,os quais proporcionam
uma maior resistência contra fungos, uma maior durabilidade e um
custo/benefício mais vantajoso.
(71) Vaso - Flor - Industria e Comercio de Vasos Ltda ME (BR/PR)
(72) Humberto Guaita Neto
(74) Josué Cordeiro Montes
(21) PI 0405072-0 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A23L 1/18
(54) PIPOQUEIRA AUTOMÁTICA
(57) "PIPOQUEIRA AUTOMÁTICA".Constituída por uma caixa de fibra de vidro
(8) que isola a caixa de material específico utilizada nos fornos de microondas
(6), um dispositivo de magnetron (5), sob esta caixa do microondas outra caixa
(7) onde fica o depósito dos sacos de pipocas, a pipoqueira será ligada à
energia elétrica pelo sistema convencional (4) os botões de comando dos
sabores (1) serão confeccionados em material plástico coloridos com a
designação do sabores, o orifício onde deverá ser colocada a moeda também
terá indicação (3) e saída do saco de pipoca (2), esta caixa de fibra será afixada
sob uma coluna de sustentação (9) que por sua vez estará sob a base apoio
(10) com fixação ao piso por parabolts.
(71) Ivanna Helen Fontana (BR/PR) , Tatianna Kelli Fontana (BR/PR)
(72) Ivanna Helen Fontana, Tatianna Kelli Fontana
(21) PI 0405070-3 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B65G 57/16
(54) EQUIPAMENTO CONTADOR E EMPILHADOR DE LIVROS EM GERAL
(57) "EQUIPAMENTO CONTADOR E EMPILHADOR DE LIVROS EM GERAL".
Descreve-se a presente patente como um equipamento contador e empilhador
de livros em geral que, de acordo com as suas características, propicia a
formação de um equipamento contador e empilhador (1) em estrutura própria e
específica do tipo eletromecânica direcionada para aplicação nas industrias
gráficas e editoriais em geral, com vistas a otimizar todos os procedimentos de
contagem e empilhamento de livros ou similares, aliado à geração de grande
precisão e praticidade nestes procedimentos e, tendo como base, a
incorporação de uma estrutura própria e específica, contendo integrados e
simetricamente dispostos um módulo contador (2) como separador, alinhador e
contador de livros, um módulo empilhador (3) como acumulador e empilhador
de livros e um módulo de saída (4) como liberador de livros, viabilizando um
conjunto único e completo, cujas formas e disposições internas e externas
possibilitam o acondicionamento dos mais diversos tipos de livros e similares.
(71) Gledson Rodrigo Bordun (BR/PR)
(72) Gledson Rodrigo Bordun
(74) Brasil Sul Marcas e Patentes S/C LTDA
(21) PI 0405073-8 (22) 12/11/2004
3.1
(51) A61L 9/03
(54) EQUIPAMENTO DESBACTERIZADOR, DESCARBONIZADOR E
DESODORIZADOR HOSPITALAR VEÍCULAR
(57) "EQUIPAMENTO DESBACTERIZADOR, DESCARBONIZADOR E
DESODORIZADOR HOSPITALAR VEICULAR". Trata-se de um equipamento
desbacterizador, descarbonizador e desodorizador hospitalar veicular, para ser
utilizado em hospitais, salas de cirurgias, ônibus de longo percurso e em
ambientes onde há grande concentração humana, com risco de doenças
infecto-contagiosas e infecções hospitalares transmitidas por vias de
respiração. Primeiro o ar ambiente é aspirado pelo motor elétrico(1) provido de
aspirador, em seguida a moto bomba (2) faz circular o líquido de
desbacterização do reservatório (5), fazendo com que o mesmo chegue até o
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 85
elemento de pulverização (3), o qual possui um bico pulverizador (4). Neste
estágio o líquido de desbacterização é pulverizado, com isso destruindo os
micro-organismos em suspensão no ar tais como: Ácaro, Vírus e Bactérias. Em
seguida este ar após ser pulverizado encaminha-se até um elemento de
aquecimento (6), sendo este um componente cilíndrico em aço inóx, possuindo
em seu interior uma resistência elétrica, a qual aquece uma lâmina em aço inóx,
destruindo o restante dos micro-organismos que não foram destruídos por
química durante a pulverização, já que o ar é forçado a passar por este duto
cilíndrico de aço inox. Logo após este ar sair do elemento de aquecimento (6),
ele é encaminhado para a descarbonização em um segundo elemento de
pulverização (3), o qual possui um motor elétrico (1), que possui um aspirador,
o qual faz a aspiração do ar proveniente do elemento de aquecimento (6).
Então uma moto-bomba (2) faz circular o hidróxido que se concentra em seu
reservatório(7), fazendo assim com que ele pulverize o ar em um elemento de
pulverização (3) assim descarbonizando o ar. Em seguida esse ar passa pelo
item de desodorização (8), o qual contém um filtro de carvão ativado, o qual tem
por função acabar com o odor exalado pelo líquido de por função acabar com
forte odor exalado pelo líquido de desbacterização.
(71) Paulo Roberto Krachuski (BR/PR) , Roberto Capra (BR/PR) , Gilmar Capra
(BR/PR)
(72) Paulo Roberto Krachuski
(74) Josué Cordeiro Montes
(21) PI 0405077-0 (22) 10/11/2004
3.1
(51) B32B 31/00, C08L 7/02
(54) PELÍCULA RESILIENTE E MÉTODO DE APLICAÇÃO DE IMPRESSÃO
GRÁFICA EM PELÍCULA RESILIENTE
(57) "PELÍCULA RESILIENTE E MÉTODO DE APLICAÇÃO DE IMPRESSÃO
GRÁFICA EM PELÍCULA RESILIENTE". Do tipo aplicada como forração ou
revestimento de peças, partes e compartimentos de equipamentos em geral,
por exemplo veículos automotivos, agrícolas, entre outros, sendo dita película
resiliente preferencialmente uma borracha sintética especialmente obtida
passível de receber uma camada de tinta a base de poliuretano depositada
através de processo de 'silk -screen' e aderida através de processo térmico
resultando em ótima aderência e fixação da tinta sobre a película, garantindo
assim os objetivos propostos em manter a visualização das impressões por um
tempo útil bastante prolongado.
(71) Borcol Indústria de Borracha Ltda (BR/SP)
(72) Alessandro Colognori
(74) Nobel Marcas e Patentes Ltda
(21) PI 0405123-8 (22) 12/11/2004
3.1
(51) F23B 1/30
(54) FORNO METÁLICO PARA PRODUÇÃO DE CARVÃO PROVENIENTE DA
CASCA DE COCO DE BABAÇU
(57) "FORNO METÁLICO PARA PRODUÇÃO DE CARVÃO PROVENIENTE
DA CASCA DE COCO DE BABAÇU". Trata-se de um forno metálico, vertical.
cilíndrico operado manualmente, para a produção de carvão, tendo como
matéria-prima a ser carbonizada a casca de coco de babaçu, apresentando
vantagens com relação à fabricação convencional, com o melhor
aproveitamento, maior resistência mecânica, diminuição de impurezas, aumento
de densidade e carbono fixo, maior produção e produtividade com menor custo
e mão de obra em relação ao processo tradicional. Viabilidade de produção, o
equipamento em pauta, tornou possível a produção de carvão, da casca ou
coco de babaçu, em condições necessárias a sua utilização em altos fornos
destinados a produção de ferro gusa.
(71) COSIMA - Companhia Siderurgica do Maranhão (BR/MA)
(72) Afonso Agenor Albuquerque Oliveira, Augusto Alberto Salazar Gomes
(74) Geraldo Mayrinck Monteiro de Andrade
(21) PI 0405078-9 (22) 10/11/2004
3.1
(51) F16K 5/00
(54) REGISTRO HIDRÁULICO
(57) "REGISTRO HIDRÁULICO". Do tipo que compreende um corpo tubular
(10) fixado em um furo (2) de uma bancada (1) e apresentando uma porção
extrema superior (11), aberta para receber um mecanismo de fechamento (20)
do registro, e uma porção extrema inferior (12) a ser conectada a uma rede
hidráulica de alimentação, dito registro hidráulico compreendendo ainda: uma
flange anelar (30) fixada na porção extrema superior (11) do corpo tubular (10)
e assentada sobre a bancada (1); orelhas radiais (14), incorporadas à porção
extrema inferior (12) do corpo tubular (10) e vazadas por um furo roscado (14a);
um parafuso (40) montado no furo roscado (14a) de cada orelha radial (14) e
tendo uma cabeça (41) voltada para baixo e um extremo livre (42) voltado para
cima; e um anel (50) folgadamente montado em torno do corpo tubular (10),
para ser assentado no extremo livre (42) dos parafusos (40) e por estes
pressionado contra a bancada (1).
(71) Duratex S.A (BR/SP)
(72) Luiz Moquiuti Morales
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(21) PI 0405177-7 (22) 11/11/2004
3.1
(51) F25C 1/22
(54) CONJUNTO PLÁSTICO PORTA GELO PARA SER USADO EM CAIXAS
TÉRMICAS
(57) "CONJUNTO PLÁSTICO PORTA GELO PARA SER USADO EM CAIXAS
TÉRMICAS, a presente patente de invenção tem por objetivo um conjunto
plástico porta gelo para ser usado em caixas térmicas para manter ou gelar
produtos sem contato físico com o gelo para uso doméstico ou comercial o qual
foi dada original técnica construtiva, com vistas a eliminar o uso do gelo aos
86
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
cubos ou pedaços, eliminando por tanto a água do degelo, a água colocada
com pedaços de gelo do interior das caixas térmicas, o conjunto plástico porta
gelo para ser usado em caixas térmicas é caracterizado por conter, recipiente
plástico porta gelo vertical (1) com tampa rosqueada (2) nervura de reforço da
estrutura (3), recipiente plástico porta gelo horizontal (4) com tampa rosqueada
(5) nervura de reforço da estrutura (6), grampo de união lateral (7), grampo de
união duplo lateral, superior e inferior (8), grampo de união lateral a 90º(9),
grampo de união duplo lateral, superior e inferior a 90º(10).
(71) Celso Luiz Nogueira (BR/SP)
(72) Celso Luiz Nogueira
(21) PI 0405178-5 (22) 11/11/2004
3.1
(51) H01L 23/36
(54) APERFEIÇOAMENTO EM DISSIPADOR DE CALOR
(57) "APERFEIÇOAMENTO EM DISSIPADOR DE CALOR". Apresentado-se na
forma de um perfil metálico (1), preferivelmente de alumínio, cuja seção
transversal é em 'U', formando duas paredes verticais (2-3), ordinariamente
paralelas entre si, cujas extremidades inferiores são livres, enquanto as
superiores são interlIgadas por uma massa de ligação com qualquer geometria
externa (4), formando uma pinça (5) para encaixe do componente eletrônico a
ser resfriado.
(71) Edward Roderick Noel-Morgan (BR/SP)
(72) Edward Roderick Noel-Morgan
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0405181-5 (22) 11/11/2004
3.1
(51) F02N 17/04
(54) SISTEMA DE PARTIDA A FRIO SEM GASOLINA PARA MOTORES
FUNCIONANTES
A
ÁLCOOL,
PROVIDO
DE
DISPOSITIVO
DE
AQUECIMENTO INDIVIDUALIZADO PARA CADA CILÍNDRO
(57) "SISTEMA DE PARTIDA A FRIO SEM GASOLINA PARA MOTORES
FUNCIONANTES
A
ÁLCOOL,
PROVIDO
DE
DISPOSITIVO
DE
AQUECIMENTO INDIVIDUALIZADO PARA CADA CILINDRO".Compreende
este pedido de patente de invenção a uma derivação da galeria de combustível
(1), onde numa de suas extremidades há uma entrada de combustível (2), e no
lado oposto uma derivação da linha de combustível (3), o qual se conecta a um
dispositivo de controle de vazão ou fluxo auxiliar de partida a frio (4); num fluxo
controlado em seguida entram nos dispositivos de aquecimento de combustível
(6), instalados um em cada cilindro (R1, R2, R3, R4, RN) onde N é o número
dos cilindros do motor térmico, promovendo assim a distribuição uniforme do
álcool condicionado, pelos cilindros do motor através ou não de restrições
calibradas; o acionamento do aquecimento do dispositivo de aquecimento de
combustível (6) pode ser feito sob o gerenciamento da Unidade Eletrônica de
Comando (5), tendo um circuito elétrico (7), ligado a cada aquecedor, os quais
podem receber sinal proveniente de um switch (8) instalado na porta do veículo,
ou outro tipo de sinal, que informa à Unidade Eletrônica de Comando que o
veículo será ligado e, portanto, inicia-se o processo de aquecimento controlado
no combustível.
(71) Magneti Marelli Controle Motor Ltda (BR/SP)
(72) Eduardo Augusto de Campos
(74) Adauto Silva Emerenciano
(21) PI 0405312-5 (22) 09/11/2004
3.1
(51) F03G 3/02
(54) IMPULSOR INERCIAL
(57) "IMPULSOR INERCIAL". Compreende a presente patente de invenção a
um tipo de propulsor cujo princípio de movimento é o desbalanceamento
intencional do centro de massa de um corpo girante sempre em uma mesma
direção pré- determinada. Esse deslocamento intencional de massas rotativas
em relação a um centro comum (ou variação do raio de giro) provoca uma
diferença entre os módulos de força centrífuga, gerando uma resultante no
sentido do deslocamento desejado, independente de qualquer reação do meio
sobre o veículo. O impulsor inercial, objeto desta patente, a partir do
fornecimento de uma energia que proporcione o movimento de giro aos corpos
em rotação e também a energia necessária para provocar o desbalanceamento
dos pesos móveis, proporciona uma resultante sempre na mesma direção,
podendo esta energia ser fornecida por qualquer tipo de motor ou de
combustão interna. Trata-se de um equipamento impulsor baseado na ação da
força de magnetos pam movimentar massas oscilantes, constituído dos
seguintes componentes principais: eixo motriz (1) da roda principal (11),
acionado por um motor de velocidade variável, para transferir ao sistema a
energia de acionamento; barras de suporte (2) com limitador de curso (7);
magnetos (3); e massas oscilantes (4, 4A e 4B) orientada por guias (5); sendo
as barras de suporte, em número par mínimo para que a resultante das forças
de impulso ocorra sempre na direção zero graus do eixo X-X (8), e dispostas
perpendicularmente entre si, com a função de suportar e transmitir movimento
de rotação aos magnetos e às massas oscilantes. Podendo outros tipos de
atuadores ser utilizados para deslocar as massas oscilantes, tais como, por
exemplo: a ação de força hidráulica, ou a aplicação de um canal excêntrico (6)
que sirva de guia para as massas oscilantes.
(71) Alexandre Costa Calijorne (BR/MG) , Valter de Araújo Alves (BR/MG)
(72) Alexandre Costa Calijorne, Valter de Araújo Alves
(74) Souza Ramos & Associados
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0405315-0 (22) 10/11/2004
3.1
(51) F25J 1/02
(54) PAINEL DE REDUÇÃO DE PRESSÃO E CALEFAÇÃO DO GÁS
NATURAL COMPRIMIDO
(57) "PAINEL DE REDUÇÃO DE PRESSÃO E CALEFAÇÃO DO GÁS
NATURAL COMPRIMIDO". O Brasil, conforme política governamental adotada,
pretende aumentar a participação do Gás Natural de sua matriz energética dos
atuais 7.5 % para 10% em 2006 e 12% em 2010. Para tanto, carece de avanços
tecnológicos relacionados à utilização do gás natural, nos mais variados
segmentos da indústria e do comércio. A essência da presente invenção está
baseada no fato de que estaremos superando um problema técnico hoje
existente, por meio da disponibilização de um equipamento facilitador da
utilização do Gás Natural Comprimido - GNC. Trata-se de um equipamento de
redução de pressão e controle de temperatura para uso do Gás Natural
Comprimido - GNC, o qual ficará instalado no setor de descompressão do GNC
em empresas dos segmentos industrial ou comercial e que utilizam GNC de
forma virtual ou industrial.
(71) Alternativa Distribuidora de Gás Natural Comprimido Ltda (BR/MG)
(72) Eraldo Pereira Costa
(74) Carlos José dos Santos Linhares
(21) PI 0405318-4 (22) 12/11/2004
3.1
(51) B30B 15/30
(54) SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA E DESCARGA AUTOMÁTICA DE
PRODUTOS EM PRENSAS
(57) "SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA E DESCARGA AUTOMÁTICA DE
PRODUTOS EM PRENSAS". Compreende a presente patente de invenção a
um sistema para transferência e descarga automática de produtos em prensas,
composto por um conjunto de Eixo X (1), um conjunto de Eixo Z (2), conjunto de
Eixo G1 (3) e um conjunto de Eixo G2 (4). Contendo o conjunto de Eixo X (1),
que proporciona a movimentação horizontal no sentido para frente e para trás,
composto por um perfil de alumínio (11) com caixa em aço (12) nas
extremidades, um conjunto de trilhos montado sobre o perfil (11), duas rodas
dentadas, correias dentadas (13) e conjunto de redutor e servomotor (14).
Contendo o conjunto de Eixo Z (2), que proporciona a movimentação vertical
com sentido para cima e para baixo, composto de dois perfis de alumínio (21),
tampa em alumínio (22), um conjunto de trilhos (23), um fuso (24), um conjunto
de redutor e servomotor (25) e uma caixa de alumínio (26), com dispositivo de
bucha de rolamento. Contendo o conjunto de Eixo GI (3), responsável pelo
movimento de rotação horizontal do braço, composto de um cabeçote de
alumínio giratório (31), com tampa de proteção (32), correia de acionamento,
duas rodas dentadas de tamanhos diferentes, correias dentadas sincronizadas
com as rodas e conjunto redutor e servomotor (33). Contendo o conjunto de
Eixo G2 (4), responsável pelo movimento de rotação vertical do punho,
composto do mesmo cabeçote de alumínio (31) giratório do conjunto de Eixo
G1 (3), conjunto de redutor e servomotor (41) e uma travessa (42) com as
garras (43).
(71) Aethra Componentes Automotivos Ltda (BR/MG)
(72) Pietro Sportelli
(74) Soares Assessoria Empresarial S/C Ltda
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 87
(21) PI 0405319-2 (22) 08/11/2004
3.1
(51) C22B 3/08
(54) PROCESSO PARA RECUPERAÇÃO DE METAIS PRECIOSOS
(57) "PROCESSO PARA RECUPERAÇÃO DE METAIS PRECIOSOS". Partindo
de um concentrado de flotação rico em enxofre elementar, o qual é submetido a
uma ustulação separando e conduzindo o óxido de enxofre para uma fábrica de
ácido sulfúrico e recuperando-se o resíduo calcinado. O calcinado é submetido
a uma lixiviação sulfúrica, cuja parte líquida é direcionada para os efluentes
líquidos e a parte sólida é submetida a uma etapa de neutralização, seguida de
uma clanetação em presença de carvão ativado; para em seguida ser
submetida a uma eluição, da qual é obtido o ouro.
(71) Companhia Vale do Rio Doce (BR/MG)
(72) Paulo Eduardo Antunes Libânio, Renato de Souza Costa, Luiz Renato
Lage Gonçalves
(74) Denise Naimara dos Santos Tavares
(21) PI 0406111-0 (22) 15/10/2004
3.1
(51) F42B 39/30
(54) COLETOR DE ESTOJOS DE MUNIÇÃO PARA FUZIL
(57) "COLETOR DE ESTOJOS DE MUNIÇÃO PARA FUZIL". A presente
invenção, possui a função de coletar estojos de munição do Fuzil Leve e
Pesado, Automático e Semi-Automático, de calibre 5,56mm e 7,62mm,
fabricados pela IMBEL, proporcionando, assim, facilidade no recolhimento dos
estojos, melhor emprego da arma quando utilizada em veículo e helicóptero,
diminuição de decibes, redução de acidente de tiro, melhor controle quanto ao
emprego da munição e evita a possibilidade de identificar a arma que foi
empregada, por não deixar vestígios (estojos).
(71) Ricardo Dias Paz (BR/DF)
(72) Ricardo Dias Paz
88
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) PI 0406135-7 (22) 12/11/2004
3.1
(51) C02F 11/06, C02F 1/72
(54) SISTEMA E PROCESSO PARA MISTURA E DISSOLUÇÃO DE AR EM
ÁGUA SOB ALTA PRESSÃO
(57) "SISTEMA E PROCESSO PARA MISTURA E DISSOLUÇÃO DE AR EM
ÁGUA SOB ALTA PRESSÃO". Especialmente adequado ao tratamento de
efluentes líquidos provenientes de esgotos, compreendendo a mistura de ar a
uma pressão próxima da atmosférica com o dito líquido ejetado a alta
velocidade num dispositivo que utiliza o efeito Venturi e imediata compressão
de dita mistura, por meio de uma bomba, sendo parte do líquido assim
pressurizado reconduzida ao dito dispositivo ejetor formando um circuito
f echado. Outra parte do líquido é encaminhada a um reservatório estanque,
dotado de válvula de controle do fluxo de saída, para posterior utilização.
(71) Antônio José Pires da Silva (BR/SP)
(72) Antônio José Pires da Silva
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda.
(21) PI 0406236-1 (22) 09/11/2004
3.1
(51) G10G 7/02
(54) AFINADOR AUTOMÁTICO PARA GUITARRAS E INSTRUMENTOS DE
CORDAS
(57) "AFINADOR AUTOMÁTICO PARA GUITARRAS E INSTRUMENTOS DE
CORDAS". Patente de invento para um afinador automático para guitarras e
instrumento de cordas que é compreendido por um motor 1, um eixo motriz 2,
secções de rosca sem -fim 3 e para cada uma delas, uma engrenagem 4,
acoplada a um eixo afinador 6, provido de estrias 5, desligada do sem -fim 3
pressionada por uma mola 7 até um tope 8 e é posicionada sobre ele por um
braço de encaixe 9 acionado por um pistão magnético 10, movimentando um
carro 11 em seu alojamento 12 tracionando um cabo esticador 13 preso em seu
ressalto 14, passando por um rolete 15 saindo por um orifício 16, onde um
gancho 18 recebe as cordas do instrumento que serão afinadas pelo dispositivo
26 que é montado em caixa de metal leve, ligado a um conjunto eletrônico (19,
21, 23, 24, 25, 27) que liga/desliga o motor 1 e posiciona a engrenagem 4 fora
de seu sem -fim via pistão magnético 10.
(66) PI0405468- 7 21/07/2004
(71) Armando Marques da Silva Sobrinho (BR/SP)
(72) Armando Marques da Silva Sobrinho
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0406311-2 (22) 10/11/2004
3.1
(51) C02F 1/00
(54) SISTEMA APTS - PI - ÁGUA PARA TODOS EM SÉRIE
(57) "SISTEMA APTS-PI - ÁGUA PARA TODOS EM SÉRIE". É uma patente de
invenção onde visa o processo de implementação do sistema de distribuição de
água potável em série. A instalação de um sistema de fornecimento imediato de
água potável em série, nos locais de trabalho, para beneficiar e garantir ao
usuário uma melhor forma de praticidade e aproveitamento, econômico,
material e financeiro. O que se propõe é a adaptação de bebedouros de água
potável, modernos, instalados em série nos locais de trabalho, a ligação
passaria por um sistema de hidráulica, e seria instalados os pontos de
adaptações em locais pré estabelecidos, onde suprissem os trabalhadores de
forma a plena satisfação. Instalados em locais visíveis e de fácil acesso aos
funcionários, para sanar melhor as vontades, e saciar a sede de todos, com o
precioso líquido. Assim, a instituição estará economizando bastante em termos
humanos e financeiros, servindo melhor seus usuários, e com a certeza da
pureza e confiabilidade da água, que poderia ser servida de várias maneiras,
fria, gelada ou quente, conforme a disponibilidade e vontade do consumidor.
OBS: Para melhor expressar os objetivos desse pequeno projeto, envio-lhes em
anexo, cópias apresentadas na Câmara dos Deputados, onde o requerente foi
selecionado como o autor de uma das 10 (dez) melhores propostas de idéias de
2004. Que ora solicita registro para posterior aproveitamento. Os bebedouros
modernos seriam instalados em série, e sua manutenção feita atrav és de
remanejamento de funcionários terceirizados.
(71) Sigefredo Nogueira de Vasconcelos (BR/DF)
(72) (Art 6° § 4° da Lpi.)
(21) PI 0406319-8 (22) 10/11/2004
3.1
(51) C02F 1/58, C02F 101/16
(54) PROCESSO DE REMOÇÃO DE AMÔNIA EM ÁGUAS EFLUENTES POR
ARRASTE COM MICROBOLHAS DE AR
(57) "PROCESSO DE REMOÇÃO DE AMÔNIA EM ÁGUAS EFLUENTES POR
ARRASTE COM MICROBOLHAS DE AR". É descrito um processo de remoção
de amônia por arraste com microbolhas de ar de diâmetro entre 1O e 100µm. O
processo faz uso de reatores compactos, sendo obtidos níveis de eficiência
superiores a 70% no tratamento de águas efluentes contendo amônia entre 60
-1
e 100 mg.L .
(71) Petroleo Brasileiro S. A. - PETROBRAS (BR/RJ)
(72) Jorge Rubio Rojas, Cristina Alfama Costa
(74) Antônio Cláudio Correa Mayer Sant'Anna
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 89
(21) PI 0406334-1 (22) 11/11/2004
3.1
(51) C22B 1/24
(54) MÉTODO PARA DIMINUIÇÃO DO EFEITO COLAGEM NAS PELOTAS DE
MINÉRIO DE FERRO UTILIZADAS NOS PROCESSOS DE REDUÇÃO
DIRETA
(57) "MÉTODO PARA DIMINUIÇÃO DO EFEITO COLAGEM NAS PELOTAS
DE MINÉRIO DE FERRO UTILIZADAS NOS PROCESSOS DE REDUÇÃO
DIRETA". Refere-se a presente patente a um método para diminuição do efeito
de colagem que ocorre nas pelotas de minério de ferro durante a etapa de
redução sob carga nos processos metalúrgicos que utilizam a tecnologia de
redução direta. A diminuição do índice de colagem das pelotas com a utilização
deste método possibilita a utilização de um número maior de tipos de minérios
de ferro para a produção de pelotas de redução direta.
(71) Geraldo Almeida Filho (BR/MG)
(72) Geraldo Almeida Filho
(74) Carlos José dos Santos Linhares
(21) PI 0504831-1 (22) 27/10/2005
3.1
(30) 29/10/2004 JP 2004-315299
(51) B62J 17/00
(54) COBERTURA DE PROTEÇÃO PARA COBERTURA DE CORPO DE
VEÍCULO
(57) "COBERTURA DE PROTEÇÃO PARA COBERTURA DE CORPO DE
VEÍCULO". A invenção refere-se a coberturas de proteção (35A, 36A, 37A, 38A,
39A) que têm uma espessura de parede menor do que uma espessura de
parede de uma cobertura de corpo de veículo e são feitas de resina sintética e,
ainda, estão montadas destacáveis sobre uma superfície da cobertura de corpo
de veículo.
(71) Honda Motor Co. LTD (JP)
(72) Omi Iida, Seiji Higashihara
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(21) MU 8500769-2 (22) 15/04/2005
3.2
(51) A47C 7/00
(54) APERFEIÇOAMENTO EM PINO DE FIXAÇÃO DE RODÍZIOS
(57) "APERFEIÇOAMENTO EM PINO DE FIXAÇÃO DE RODÍZIOS".
Constituído pelo pino propriamente dito (1) e pela base de fixação ao móvel (2),
cuja forma depende do móvel onde o rodízio será fixado, sendo o pino (1)
formado por um corpo cilíndrico vazado por um canal central longitudinal (3),
que diminui o peso e a quantidade de material sem comprometer a resistência,
apresentando em uma de suas extremidades um rebaixo anelar (4) com um
corte reto (5) que dificulta desencaixes indesejados, além de um
encabeçamento arredondado (6), que facilita introdução no rodízio, enquanto a
outra extremidade, que será fundida a base (2) por solda de indução
eletromagnética, apresenta uma cabeça com formas arredondadas (7) ou um
alargamento em forma de saia (8).
(71) Metalúrgica Drawanz Ltda (BR/RS)
(72) Wino Drawanz
(74) D'Mark Registros de Marcas e Patentes
3.2
PUBLICAÇÃO ANTECIPADA
(21) MU 8500106-6 (22) 25/01/2005
3.2
(51) H01H 83/10
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM PROTETOR CONTRA DESCARGAS
ATMOSFÉRICAS EM SISTEMAS DE RÁDIO FREQÜÊNCIA
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM PROTE TOR CONTRA DESCARGAS
ATMOSFÉRICAS EM SISTEMAS DE RÁDIO FREQÜÊNCIA". Ou mais
particularmente o presente modelo de utilidade, o qual inclui aprimoramentos
técnicos e funcionais especialmente desenvolvidos tendo em vista a
caracterização de melhorias na utili zação de protetores contra descargas
atmosféricas em sistemas de rádio freqüência, para tanto, dito protetor é
composto por um condutor externo (1) que é acoplado a um condutor externo
complementar (2), ambos preferencialmente conformados em um material
metálico como o latão, capaz de suportar altos níveis de descargas, podendo
receber diferentes revestimentos superficiais de forma a não degradar as
características elétricas e ambientais, sendo que dito condutor externo (1)
apresenta formato cilíndrico, em cuja extremidade é previsto um setor em rosca
(3), da parte a ser protegida, sobre o qual se dispõe uma arruela (4) e uma
porca sextavada (5), ambas utilizadas para sua fixação no painel de um
aparelho qualquer, bem como o condutor externo (1) apresenta ai nda, um
orifício (6), lateralmente conformado, que também é utilizado para sua fixação
junto a um aparelho qualquer em torre ou por cabo de aterramento. Na porção
interna o dito dispositivo são previstos dois capacitores (22 e 23) que se
complementam e formam, juntamente com o disco dielétrico (24), um capacitor
de passagem (25), que é montado junto a um indutor (26), responsável pela
drenagem das descargas atmosféricas, além de, em conjunto com o capacitor
(25), sintonizar o dispositivo, assim como próximo ao indutor (26) é previsto um
casador de impedância (27) que transfere o sinal do circuíto sintonizador
(capacitor/indutor) para o condutor externo complementar (2) e seu respectivo
condutor interno (28).
(71) KMP - Cabos Especiais e Sistemas Ltda (BR/SP)
(72) Marcos Rogério Nascimento Kiss
(74) Ana Maria Freitas Gomes
(21) MU 8501907-0 (22) 06/09/2005
3.2
(51) A45C 1/04, A61F 6/04
(54) ESTOJO PORTÁTIL PARA GUARDA DE PRESERVATIVO MASCULINO
(57) "ESTOJO PORTÁTIL PARA GUARDA DE PRESERVATIVO
MASCULINO". Estojo (1) dedicado exclusivamente à guarda de preservativos
(P), sendo o mesmo obtido a partir de uma lâmina (1) de substrato qualquer, tal
como plástico, couro, etc., lâmina esta que apresenta recorte periférico e vincos
(V) passíveis de conformar uma parede posterior (2), uma parede frontal (3)
com recorte (3a), paredes laterais (4) e uma tampa (5); ditas partes quando
dobradas nos vincos (V) configuram um compartimento (6) para guarda de
preservativos masculinos (P), sendo que ditas partes são fixas entre si por meio
de lingüetas (7) encaixadas em correspondentes recortes (8) ou por meio de
fixação por rebites (9); a parede posterior (2) pode apresentar dois cortes
longitudinais e paralelos (10) para introdução de alças, tiras ou cinto (C);
eventualmente, em opções construt ivas, podem ser dispostos elementos de
fechamento (11) entre a tampa (5) e a parede frontal (3), tais como botões de
pressão, velcro, entre outros, dependendo do material utilizado para a
confecção do estojo (1).
(71) Jansen Moreira Pinto (BR/RJ)
(72) Jans en Moreira Pinto
(74) Mario Sebastião Braga Amorim
90
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) MU 8502396-5 (22) 08/11/2005
3.2
(51) E03F 5/06
(54) RALO ANTI -VANDALISMO, PARA CAIXA SIFONADA
(57) "RALO ANTI -VANDALISMO, PARA CAIXA SIFONADA". Produzido em aço
Inox e/ou ferroso, composto basicamente pela grelha (2), com dispositivo
rotativo de abertura e fechamento fabricada em processo de estampagem em
chapa, ao passo o seu suporte ou caixilho (10) de fixação ao bocal da caixa
sifonada, é fabricado em processo de forja e usinagem, sendo que a grelha (2)
pode, ao invés de ser perfurada, ser em chapa maciça, atuando dessa forma,
como tampa (11) para a caixa sifonada ou caixa de coleta, sendo peças de
grande robustez, pelo fato de a grelha/tampa ser travada ao suporte ou caixilho
(10), por meio de dois parafusos (4) com cabeça para chave Allen, de padrões
diferenciados, formando um ralo que vai ser, posteriormente, chumbado ao
bocal da caixa sifonada, através da aplicação de massa adesiva.
(71) João Antonio Giroto (BR/SP)
(72) João Antonio Giroto, Anabel Cristina Giroto
(74) Amâncio da Conceição Machado
(21) MU 8502488-0 (22) 01/11/2005
3.2
(51) G09F 3/03
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM LACRE DE
SEGURANÇA
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTROD UZIDA EM LACRE DE
SEGURANÇA". Onde o lacre (1) incorpora um corpo principal (2) com parede
externa (9) estruturalmente limpa e com contorno contínuo; o lacre (1) contando
com um esquema de gravação incorporado à face superior (10) do inserto
rotativo (3), a qual conta com uma área (11) destinada a receber caracteres de
personalização e numeração (12); a face inferior (13) do corpo (2) do lacre (1)
pode incorporar também uma área (11) destinada a receber caracteres de
personalização e numeração (12), sendo que alternativamente, também a face
inferior (14) do inserto rotativo (3) pode incorporar a gravação de caracteres de
personalização (12), os quais podem ser visualizados através da parede inferior
do corpo (13) do lacre (1).
(71) Brooks Selos de Segurança do Brasil Ltda (BR/MG)
(72) Luiz Roberto Barcellos Gonçalves
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 8502490-2 (22) 01/11/2005
3.2
(51) E05B 67/38
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM CADEADO
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM CADEADO".
Compreendendo um cadeado (1) composto por um corpo maciço (2) dotado
com uma aldrava (3), a qual, é passível de ser trancada através da atuação de
mecanismos internos convencionais operados por chave também convencional,
sendo a pres ente inovação sendo particularizada com relação ao estado da
técnica pelo fato de que o cadeado (1) incorpora, em seu corpo (2), um orifício
passante (4), o qual é produzido de modo a estabelecer uma condição de
alinhamento com um correspondente orifício passante (5) que é incorporado no
extremo livre (6) da aldrava (3); ditos orifícios (4) e (5), quando alinhados
definem um canal através do qual pode ser atravessado um cabo (7) de um
lacre de segurança (8).
(71) Brooks Selos de Segurança do Brasil Ltda. (BR/MG)
(72) Luiz Roberto Barcellos Gonçalves
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
(21) MU 8502734-0 (22) 12/12/2005
3.2
(51) F16L 47/12
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM SUMP
(57) "DISPOSIÇÃO CONTRUTIVA INTRODUZIDA EM SUMP". compreende um
'SUMP' composto por uma tampa (1) e por um corpo base (2), onde a tampa (1)
possui área circular e apresenta o mesmo diâmetro da parte superior do corpo
base (2); já o corpo base (2), de área também circular, possui duas porções
distintas, a porção superior (2A) e a porção inferior (2B); a tampa (1) possui um
anel contornante (1.1) que é confeccionado preferencialmente em alumínio e
fixo à tampa (1) através de rebites (1.3); o anel contornante (1.1) é interrompido
em quatro trechos (1.2) que são equidistantemente dispostos; cada trecho (1.2)
da início a dois canais de baixo relevo (1.4), sendo que cada um dos dois
canais provenientes de um trecho (1.2) se dispões a noventa graus um do
outro; a disposição de todos os canais (1.4) acaba por formar um único canal
em baixo relevo de formato quadrático; os canais (1.4) tem o objetivo de
receber as cintas plásticas (3); a tampa (1) apresenta uma elevação circular
(1.5) em sua região central, e no centro desta elevação (1.5) existe um buraco,
também circular, onde é instalado o visor de inspeção (1.6); o visor de inspeção
(1.6) é redondo e semelhante a um flange cego, porém transparente, e é
confeccionado preferencialmente em plástico ou material compatível; o visor de
RPI 1850 de 20/06/2006
inspeção (1.6) é fixado à tampa (1), mais especificamente ao buraco existente
na elevação (1.5), por um conjunto de borracha de vedação (1.7), anel de
aperto (1.8), parafuso (1.9), porca (1.10) e arruela de pressão (1.11); a tampa
(1) possui, internamente, um anel de borracha (1.12), anel este que tem a
função de vedação; o corpo base (2) possui parede triplas, e a parede externa
(PI) é confeccionada em material idêntico ao material utilizado para a confecção
da parede interna (P3) enquanto a parede intermediária (P2) é confeccionada
outro material; as paredes (P1) e (P3) são confeccionadas preferencialmente
em polietileno de média densidade e a parede (P2) é confeccionada
preferencialmente em polietileno expansível de densidade média; a parte
superior (2A) é circular e possui um diâmetro com patível ao diâmetro do anel de
borracha (1.12) existente na parte interna da tampa (1); a parte superior (2A) do
corpo base 2 possui quatro cintas plásticas (3), as quais são espaçadas
equidistantemente ao longo da parede (Pl) da parte 2A do corpo base (2) e fixas
por rebites (3,1) próximos à extremidade inferior de cada uma das respectivas
cintas plásticas; logo abaixo da parte superior (2A), existe um trecho (2C) de
formato essencialmente tronco cônico, e este trecho (2C) é parte integrante do
corpo base (2), e é confeccionado em parede tripla; abaixo do trecho 2C
encontra-se a parte inferior (2B), parte esta que é multifacetada; o diâmetro da
parte inferior (2B) é maior que o diâmetro da parte superior (2A); as cintas
plásticas (3), que existem em número de quatro, são presas às fivelas (4)
situadas sobre a tampa (1), mais especificamente, dentro dos canais (1.4).
(71) Sóllitta Engenharia e Construções LTDA (BR/SP)
(72) Roberto Marcelo Gadotti, Sérgio Luis Morelli
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
(21) MU 8502753-7 (22) 16/12/2005
3.2
(51) A45C 11/24
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM CAPA PARA TELEFONE CELULAR
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM CAPA PARA TELEFONE CELULAR".
Descreve-se uma disposição introduzida em capa para telefone celular, que
compreende um envoltório (2) que envolve todo o corpo do aparelho celular. O
envoltório (2), compreende um elemento para fechamento (3) e, são dispostos
na parte posterior da capa (1) , um compartimento principal (4a) e um
compartimento secundário (4b).
(71) Barbara Lima Indústria e Comércio de Artefatos de Couro Ltda (BR/MG)
(72) Eduardo Ribeiro de Carvalho
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 91
(21) MU 8502757-0 (22) 16/12/2005
3.2
(51) A61C 7/00
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM FERRAMENTA DE
AJUSTE APLICADO EM EXPANSOR PALATAL
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM FERRAMENTA DE
AJUSTE APLICADO EM EXPANSOR PALATAL". Ferramenta de ajuste do tipo
utilizada como elemento de ajuste de aparelho de expansão palatal (A), mais
precisamente para mover o fuso roscado (R) do dispositivo expansor (P)
através de orifícios (F) previstos no centro do corpo do referido fuso roscado; a
ferramenta de ajuste (1) compreende uma haste confeccionada em corpo único,
conf ormada por trecho alongado (2) de bordas alargadas (2a), tendo uma
extremidade provida de orifício vazado (3), enquanto que a outra extremidade é
operativa e compreende uma rampa (4) de onde se desenvolve um cabeçote
cilíndrico (5), de pouca altura, vazado centralmente por orifício (6) que constitui
um trecho de parede cilíndrica (6a) e apresentando, na borda periférica externa,
um canal reentrante circular (7), comunicante com a rampa (4); no canal
reentrante (7) é alojado um pino metálico (8), de seção pr eferencialmente
cilíndrica, o qual, por sua vez, desenvolve uma porção circular (9) que atua
como mola fixadora que envolve a parede cilíndrica central (6a), e um trecho
alongado que constitui o pino atuador (10); próximo à extremidade do pino
atuador (10) é aplicada uma expansão de área (11) que constitui um limitador
quando da entrada do pino no fuso roscado (R) do dispositivo de expansão (P)
do aparelho (A).
(71) Dental Morelli Ltda (BR/SP)
(72) Oraci João de Vechi Morelli
(74) P.A Produtores Associados Marcas e Patentes Ltda
(21) MU 8502857-6 (22) 11/11/2005
3.2
(51) E06B 1/14, F16S 3/00
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM ESQUADRIAS DE
ALUMÍNIO
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM ESQUADRIAS DE
ALUMÍNIO. Que foram desenvolvidas para possibilitar a construção de
aberturas, por exemplo, portas e janelas de correr em dois ou três planos, com
duas, três, quatro ou seis folhas para venezianas ou persianas de enrolar, onde
os perfis apresentam características construtivas que asseguram excelente
desempenho estrutural atendendo a grandes vãos, garantindo permeabilidade
ao ar e estanqueidade à água.
(71) ALPA - Industria e Comércio Ltda (BR/RS)
(72) Vitacir Pellin
(74) Acerti Marcas e Patentes Ltda
92
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 8600045-4 (22) 23/01/2006
3.2
(51) A01K 3/00, B65H 75/34
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM CARRETEL PARA EMBOBINAMENTO
DE CERCA ELÉTRICA
(57) "DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM CARRETEL PARA EMBOBINAMENTO
DE CERCA ELÉTRICA". Especialmente de um carretel (1) utilizado
preferencialmente em cercas elétricas (não representadas), fabricado em
polímero isolante e de baixo peso específico, isento de oxidações, sendo
composto de duas partes (2) encaixáveis entre si em que a primeira parte (2A)
forma o primário e a segunda parte (2B) o secundário, ambos com uma das
faces (F) vedadas (V), onde é enrolado o fio (3) do embobinamento, a partir de
uma das faces (F) onde permanece é fixada a extremidade do fio (3A), enrolado
em 44'sulcos' (4) justapostos que após determinado número de voltas segue
em direção ao 'sulco' (4) subseqüente acessado por reentrância (5) central até
chegar no último 'sulco' (4) onde a ponta oposta do fio (3B) transpassa um
rasgo (6) transversal para então ser fixado ao pino (7).
(71) Marcos Antonio Sant'anna de Lima (BR/SP)
(72) Marcos Antonio Sant'anna de Lima
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S Ltda
(21) MU 8600115-9 (22) 23/01/2006
3.2
(51) B65D 19/06
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM EMBALAGEM PARA
TRANSPORTE
(57) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM EMBALAGEM PARA
TRANSPORTE". Constituída por uma estrutura prismática quadrangular (1),
que possui, em duas de suas laterais, um conjunto composto por três barras
prismáticas ocas (2), no interior das quais são inseridas outras três barras
prismáticas não ocas (3), de forma a prover a união dos dois conjuntos
externos, conferindo rigidez à base da embalagem, que conta ainda com um
reforço interno para a base (4), um reforço lateral interno (5) e uma tampa
superior (6), todos fixados por encaixe simples, conferindo ao conjunto uma
capacidade para suportar cargas de até 500 kg.
(71) Slotter Industria de Embalagens Ltda. (BR/SP)
(72) Walter Previtalli Filho
(74) Picosse e Calabrese Advogados Associados
(21) MU 860019 7-3 (22) 09/02/2006
3.2
(51) D02H 1/00
(54) GAIOLA GIRATÓRIA TRIÂNGULO PARA TRÊS CARGAS
(57) "GAIOLA GIRATÓRIA TRIÂNGULO PARA TRÊS CARGAS". (1), constituise de gaiolas (2) giratórias que são utilizadas para alimentar as Urdideiras (4)
com cargas de fios, sem a necessidade de se ficar abastecendo-as com novas
cargas, aumentando-se a produção; as gaiolas (2) são sustentadas por uma
estrutura (3) apoiada ao chão. A gaiola giratória triângulo (1) para três cargas é
uma estrutura especial que serve para carregar com três cargas as gaiolas (três
tipos de tecidos diferentes), tornando a quantidade de fios maior, evitando
perdas de tempo com carregamento e descarregamento de cargas (novelos
cheios e vazios), mantendo a Urdideira (4) funcionando com poucas
interrupções.
(71) Luiz Carlos Correa Henriques (BR/SP) , Luiz Antonio Pedrinho (BR/SP)
(72) Luiz Carlos Correa Henriques, Luiz Antonio Pedrinho
(74) Solução Comercial Assessoria Ltda
(21) PI 0501252-0 (22) 06/04/2005
3.2
(51) A61K 31/5415, A61K 31/54, A61K 9/20
(54)
COMPOSIÇÃO
PARA
O
TRATAMENTO
DE
PROCESSOS
INFLAMATÓRIOS DO APARELHO LOCOMOTOR
(57)
"COMPOSIÇÃO
PARA
O
TRATAMENTO
DE
PROCESSOS
INFLAMATÓRIOS DO APARELHO LOCOMOTOR". Mais particularmente trata
de uma composição destinada ao tratamento de processos inflamatórios que
acometem cães e gatos, particularmente aqueles que afetam estruturas do
aparelho locomotor como articulações, ossos e músculos e ainda outras
articulações como as da coluna vertebral, sendo que, a presente composição
constitui-se de uma associação de ativos sendo um antiinflamatório não
esteróide com ação seletiva ou exclusiva em Cicloxigenase-2 e um precursor de
mucopolissacarídeo ou um mucopolissacarídeo com atividade condroprotetora,
sendo a principal finalidade, a associação da propriedade antiinflamatória,
analgésica e antipirética de um antiinflamatório não esteróide de ampla margem
de segurança, que possa ser administrado por tempo sufíciente para garantir a
melhora do quadro clínico e alívio do animal; com um mucopolissacarídeo, ou
precursores
de
mucopolissacarídeos,
de
ação
condroprotetora
e
condroreparadora, que promoverão a recuperação do tecido cartilaginoso
afetado e, ainda, outra finalidade da referida composição otimiza o tratamento
de osteoartrites, artrites, artroses, espondiloses e outras desordens de ordem
muscular, cartilaginosa ou óssea do aparelho locomotor de cães e gatos, bem
como de outras inflamações onde se fizer necessária a utilização de uma
terapia antiinflamatória, de modo a proporcionar maior alívio e tratamento mais
rápido e eficaz.
(71) Ouro Fino Saúde Animal Ltda. (BR/SP)
(72) Dolivar Coracci Neto
(74) Seta Marcas e Patentes Ltda.
(21) PI 0501477-8 (22) 15/04/2005
3.2
(51) A23K 1/00
(54) ALIMEN TO PARA ANIMAIS, COM ADIÇÃO EXTERNA E INTERNA DE
PRODUTO PARA AUMENTO DE PALATABILIDADE
(57) "ALIMENTO PARA ANIMAIS, COM ADIÇÃO EXTERNA E INTERNA DE
PRODUTO PARA AUMENTO DE PALATABILIDADE". Obtido pela inserção à
massa contínua em avanço, na saída da extrusora - junto ao cabeçote, de um
elemento palatabilizante em forma de fio, também contínuo, injetado por
agulhas ou outro meio adequado, como palatabilizante interno, dando assim ao
produto, uma camada interna (5) de sabor à massa, de textura única, sendo a
massa cortada para a formação da configuração do alimento (7), o qual é
passado a etapas de secagem, recepção de gordura e de mais uma camada,
ou camada externa (11), formando assim um alimento (7) com dosagem interna
e externa de palatabilizantes, passív eis de serem combinadas em termos de
sabor, e distribuídas proporcionalmente, também combinadas, de modo a
atingir em torno de 10 a 20% do peso total do alimento; dito alimento (7), com
massa em textura única, a medida em que vai sendo triturado, conserva as
propriedades originais de palatabilidade, homogeneizadas e mantidas desde o
início até o final da mastigação.
(71) Total Alimentos S/A (BR/MG)
(72) Antonio Teixeira de Miranda Neto
(74) Aguinaldo Moreira
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0502653-9 (22) 30/06/2005
3.2
(30) 06/02/2005 CH 2005100331471; 17/03/2005 CH 2005100335769
(51) D04H 1/02
(54) MÉTODO PARA PRODUÇÃO DE PANO NÃO TECIDO TRAMADO,
MÉTODO PARA PRODUÇÃO DE PANO NÃO TECIDO TRAMADO COM
ELEMENTO DETECTÁVEL POR RAIO- X E PANO NÃO TECIDO TRAMADO
COM ELEMENTO DETECTÁVEL PELO RAIO- X PRODUZIDO NESTE
PROCESSO
(57) "MÉTODO PARA PRODUÇÃO DE PANO NÃOTECIDO TRAMADO,
MÉTODO PARA PRODUÇÃO DE PANO NÃO TECIDO TRAMADO COM
ELEMENTO DETECTÁVEL POR RAIO- X E PANO NÃO TECIDO TRAMADO
COM ELEMENTO DETECTÁVEL PELO RAI O- X PRODUZIDO NESTE
PROCESSO". Incluindo os seguintes passos: Limpeza do algodão - Cardagem
- Espalhar a rede - Jato D’água - Branqueamento - Secagem - enrolamento dos
produtos acabados. Este método melhora a taxa de bons produtos finais de
todo processo, reduz o custo de produção, economiza a material -prima bruta e
poupa energia, bem como, reduz as impurezas contidas nos produtos e
assegura a higiene dos produtos finais e reduz, consideravelmente, a
quantidade de bactérias contidas. Além disso, o produto direto da presente
invenção tem as vantagens de ser macio, ter uma boa tolerância pela pele, não
ser tóxico, não ser estimulante, não ser sensibilizante, ter uma boa absorção e
ser conveniente e confortável de usar.
(71) Jianquan Li (CN)
(72) Jianquan Li
(74) D'Mark Registros de Marcas e Patentes S/C Ltda
(21) PI 0504623-8 (22) 24/06/2005
3.2
(51) B02C 4/00
(54) MÁQUINA TRITURADORA DE RESIDUOS
(57) "MÁQUINA TRITURADORA DE RESÍDUOS". Compreendendo máquina
trituradora (1) que possui estrutura superior elevada (2) no formato de uma
caixa reforçada (3), em cujas laterais (4) e (5) são transpassados quatro eixos
(6), (7), (8) e (9), que recebem motores (10) em suas respectivas extremidades
(11), movimentando em rotações inversas um conjunto de lâminas (12)
compostas por dentes (13), dita estrutura elevada superior (2) é sustentada por
uma espécie de cavalete estrutural (14) dela integrante, onde se apóia a caixa
reforçada (3).
(71) TPA Trituradores do Brasil Ltda (BR/SP)
(72) Virginio Zam bello
(74) P.A Produtores Associados Marcas e Patentes Ltda
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 93
(21) PI 0505213-0 (22) 01/11/2005
3.2
(51) B65D 45/30
(54) APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM LACRE
(57) "APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM LACRE". Onde o corpo
principal (2) conta com um orifício (13) disposto de forma transversal ao orifício
axial concêntrico (3) e também deslocado com relação ao eixo de simetria do
corpo principal (2); o orifício (13) recebe, sob pressão, um pino de travamento
(14), o qual, quando montado, av ança parcialmente no espaço definido no
primeiro trecho de parede lisa (4) do orifício axial e concêntrico (3); a haste (9)
incorpora um trecho (15) com diâmetro reduzido, definindo assim um recesso
contornante onde é acomodado o pino de travamento (14).
(71) Brooks Selos de Segurança do Brasil Ltda (BR/MG)
(72) Luiz Roberto Barcellos Gonçalves
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
(21) PI 0505574-1 (22) 07/12/2005
3.2
(51) C25D 3/02
(54) MÉTODO DE ACABAMENTO DE SUPERFÍCIES E SUPERFÍCIES
ACABADAS
(57) "MÉTODO DE ACABAMENTO DE SUPERFÍCIES E SUPERFÍCIES
ACABADAS". O presente resumo refere-se a uma patente de invenção para
método de acabamento de superfícies e superfícies acabadas, pertencentes ao
campo, particularmente de cromação em plásticos, que foram desenvolvidos
para possibilitar dar novo aspecto visual às peças de plástico metalizadas,
compreendido, essencialmente, pelas etapas de: 2)Selecionar, na superfície
(80) da peça (1) a ser acabada: primeiras áreas (10), que não serão
metalizadas descontínuas umas em relação às outras (ilhas) e segunda área
(20), que será metalizada contínua através de impressão tampográfica de
camada de verniz de isolamento transparente ou com cor qualquer (30) sobre
as superfícies de ditas primeiras áreas 10; 3)- Submeter a peça (1) tendo as
primeiras áreas descontínua que não serão metalizadas (10) recobertas com
verniz isolante (30); e segunda área contínua que será metalizada (20) não
recoberta com verniz a processo de deposição de metal usual; 4)- Remoção
dos resíduos de metal não fixados; a superfície acabada pelo método fica,
composta pelas primeiras áreas descontínuas não metalizadas (10), com a
coloração original do material ou do verniz (30) e pela segunda área contínua
metalizada (20) estendida em torno daquelas.
(71) Francisco Carlos Kuzolitz (BR/SP)
(72) Francisco Carlos Kuzolitz
(74) Sigilo's Marcas e Patente S/C Ltda
94
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) PI 0505672-1 (22) 26/12/2005
3.2
(51) B41F 16/02
(54) APERFEIÇOAMENTO EM MÁQUINA PARA ESTAMPAR ARTIGOS DO
VESTUÁRIO
(57) "APERFEIÇOAMENTO EM MÁQUINA PARA ESTAMPAR ARTIGOS DO
VESTUÁRIO". A presente invenção refere-se a uma aperfeiçoada máquina para
estampar artigos do vestuário em geral, que é dotada de um sistema mecânico
rotativo dos berços de apoio das peças a serem impressas. A base da máquina
é assentada no piso e compreende uma estrutura (1) com uma coluna central
(2) e um motor elétrico (3), no qual está acoplado um redutor de velocidade (4),
em cujo eixo de saída está chavetado um pinhão (5). O corpo do carrossel
envolve a base da máquina e compreende uma capa cilíndrica vertical (6) com
uma chapa no topo (7) onde estão fixados os braços (8) de apoio da forma do
berço (9). Uma cremalheira circular (10) é fixada no corpo do carrossel, sendo
engrenada pelo pinhão (5), de modo que a rotação do motor (3) provoca o giro
de todo o conjunto do corpo do carrossel. O conjunto do berço é composto pelo
braço (8) de fixação da forma (9) no corpo do carrossel. Nesse braço (8) estão
fixadas duas buchas horizontais (11), onde deslizam as hastes (12) que
suportam uma cantoneira (13), em cuja aba vertical é encaixada a fenda de um
suporte (14) do quadro de estampagem. O quadro da tela de estampagem varia
de acordo com cada figura a ser impressa na peça do vestuário, podendo
assumir formas e dimensões variadas e sendo facilmente fixado na cantoneira
(13) através da fenda do suporte (14) e do seu parafuso de retenção. Manípulos
(15) servem para liberar o deslizamento das hastes (12) no interior das buchas
(11), possibilitando o ajuste da posição da cantoneira (13) em função das
dimensões e da posição do quadro da tela sobre a forma (9).
(71) Nilmar Indústria Metalúrgica Ltda Epp (BR/SC)
(72) Nilton Drechsel
(74) Alice Fausto de Oliveira Ramos
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0505820-1 (22) 11/11/2005
3.2
(51) B27M 3/36, B27D 5/00
(54) EQUIPAMENTO APLICADOR DE FITA DE ACABAMENTO EM BORDA
DE COMPONENTES PARA MÓVEIS
(57) "EQUIPAMENTO APLICADOR DE FITA DE ACABAMENTO EM BORDA
DE COMPONENTES PARA MÓVEIS". A invenção refere-se a um equipamento
aplicador de fita de acabamento na borda de peças planas que integram
móveis, que é dotado de mecanismos de movimentação nos eixos X e Y do
dispositivo aplicador, além de rotação da mesa suporte da dita peça
componente de móvel. O equipamento compreende uma estrutura dos carros
(1), uma estrutura das mesas suportes (2) para as peças a serem acabadas (P),
uma estrutura do painel de comando (3), um carro longitudinal (4), um carro
transversal (5) e um dispositivo aplicador da fita (6). O conjunto das mesas
rotativas (2) compreende pernas (21) de suporte de um tampo (22), sobre o
qual está posicionado um mancal (23) com freio mecânico (24). No topo do
mancal (23) está montado um disco giratório (24) dotado de um gabarito (25)
que faz a retenção da peça a ser acabada (P). Esse gabarito (25) compreende
uma câmara de vácuo alimentado por uma mangueira (26) que é conectada a
uma bomba de vácuo (27). Sobre a estrutura da máquina (1) estão montados
os guias lineares (11) para deslocamento do carro longitudinal (4) que é
controlado por micros de segurança (41). A movimentação do carro longitudinal
(4) é realizada por um motorredutor (42) que aciona uma engrenagem (43) que
rola sobre uma cremalheira (44). Sobre o carro longitudinal (4) estão montados
os guias lineares (51) para deslocamento do carro transversal (5) que é
controlado por micros de segurança (52). A movimentação do carro transversal
(5) é realizada por um motorredutor (53) que rotaciona uma polia (54) de
acionamento de uma correia (55). No carro transversal (5) está montado um
suporte (56) de um cilindro pneumático (57) para alinhamento do dispositivo
aplicador da fita (6). Um conjunto de cilindro pneumático (58) e régua linear (59)
mantém o dispositivo (6) constantemente pressionado contra a peça a ser
acabada (P). Um mancal (60) suporta a mesa do dispositivo aplicador (6)
montado no carro transversal (5).
(71) D'Itália Móveis Industrial Ltda (BR/RS)
(72) Luis Fernandes Aiolfi
(74) Alvaro Pessin Jr.
(21) PI 0505994-1 (22) 30/09/2005
3.2
(51) B31B 1/00
(54) APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM LAMINA PARA CONFECÇÃO
DE VINCO DE EMBALAGENS
(57) "APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM LAMINA PARA CONFECÇÃO
DE VINCO DE EMBALAGENS". Compreendido caracterizado por um corpo
principal, confeccionado a partir de borracha sintética, nitrílicas e naturais com
resinas, cargas secas e vulcanizadores, formando um perfil em 'T', cuja base é
de formato retangular e projeta em sua secção inferior uma superfície plana de
assentamento e fixação, enquanto de sua secção superior estende-se
centralmente uma faca de vinco de formato trapezoidal, ladeada inferiormente
por uma base de esmagamento disposta longitudinalmente, sendo o topo da
dita faca de vinco, provida de recartilha.
(71) Antonio Aparecido Carlos (BR/SP)
(72) Antonio Aparecido Carlos
(74) Silva & Guimarães Marcas e Patentes Ltda
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) PI 0506032-0 (22) 14/09/2005
3.2
(51) G03B 21/56
(54) MONITOR MODULAR PLANO OU CÔNCAVO COM MULTIPLEXAGEM
ELETRÔNICA E MECÂNICA DE LEDS
(57) "MONITOR MODULAR PLANO OU CÔNCAVO COM MULTIPLEXAGEM
ELETRÔNICA E MECÂNICA DE LEDS". Patente de Invenção de solução
modular para a constituição de monitores de grande porte planos ou côncavos
pelo uso da multiplexação mecânica e eletrônica conju gada de um ou de vários
leds (30) para um subconjunto de pixels de um segmento do monitor de grande
porte através de movimentação mecânica (1) e multiplexagem eletrônica, o que
viabiliza o seu custo para configurações de alta densidade de pixels, permite
reduzir a dimensão do pixel para a ordem de grandeza de 1 mm, garante a
estabilidade operacional provinda de características intrínsecas de leds (baixa
perda de luminância ao longo do tempo, estabilidade de comprimento de onda e
longa vida útil), permite a construção em baixa profundidade (por exemplo, de
15 a 20 cm) , provê operação sem consumíveis (por exemplo, de lâmpadas
especiais e componentes mecânicos móveis sujeitos a desgaste), tem uma
apresentação isenta de bordas internas e confere alta vida útil ao equipamento
(ordem de grandeza de 50.000 a 100.000 horas).
(71) Klaus Christoph Liesenberg (BR/SP)
(72) Klaus Christoph Liesenberg
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda.
(21) PI 0600074-6 (22) 06/01/2006
3.2
(51) F04D 1/04
(54) BOMBA PARA LÍQUIDOS COM BAIXA E ALTA VISCOSIDADE, PROVIDO
DE SELO MECÂNICO E/OU HIDRÁULICO, CONJUGADOS OU COM
ATUAÇÃO EM SEPARADO
(57) "BOMBA PARA LÍQUIDOS COM BAIXA E ALTA VISCOSIDADE,
PROVIDO DE SELO MECÂNICO E/OU HIDRÁULICO, CONJUGADOS OU
COM ATUAÇÃO EM SEPARADO". A presente Patente de Invenção diz
respeito à Bomba Para Líquidos Com Baixa e Alta Viscosidade, Provido de Selo
Mecânico e/ou Hidráulico, Conjugados ou Com Atuação em Separado, (1),
caracterizada por ser constituída por câmara (2), com posto por adaptador (3);
contra rotor (4); carcaça (5); rotor (6); selo misto (7), destacando-se que em
uma primeira forma de realização, utiliza-se rotor (6) centrífugo, no qual em alta
rotação, expele todo fluído, através de orifícios comunicantes, constituindo o
contra rotor (4) do sistema de selagem hidráulico; Dispõe de selo misto (7) com
face giratória (12) retrátil, assentada em um êmbolo (13), fixado no eixo (11) e
apoiado sobre uma mola (14), deve recuar em função da ação de força
centrífuga atuando sobre quatro pêndulos (15); Em uma segunda forma, o
conjunto do selo misto (7) é acionado por esferas (17), com posicionamento
similar ao do selo misto (7) acionado por pêndulos (15) Em uma terceira forma,
destaca-se que a retração do selo mecânica é acionada por um solenóide (22);
Uma outra forma de montagem da moto bomba (1), para fluidos de alta
viscosidade, utiliza-se rotor (23) do tipo disco, com disco (24) fixado por pinos
(25). O rotor (23) de disco succiona o fluído pela sua parte central, expelindo -o
por adesão e arraste, junto à parede do disco (24), através da passagem entre
os discos, e os sistemas de selagem são os mesmos da montagem com rotor
centrífugo.
(71) Maria Helena Caliendo Marchesan (BR/SP)
(72) Maria Helena Caliendo Marchesan
(74) Odeon Marcas e Patentes S/C Ltda
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 95
(21) PI 0600098-3 (22) 11/01/2006
3.2
(51) A46B 9/08
(54) ESCOVA DE DENTES, COM SISTEMA DE SUBSTITUIÇÃO DO
TERMINAL DE CERDAS, JUNTO AO CABO
(57) "ESCOVA DE DENTES, COM SISTEMA DE SUBSTITUIÇÃO DO
TERMINAL DE CERDAS, JUNTO AO CABO". O qual incorpora, a partir de seu
extremo livre, projeções em forma de aba (5), pino roscado (6) e pinoguia (7),
escalonadas em redução de diâmetro, para a união à respectivas abertura
circular (9), cavidade roscada (10) e cavidade interna (11) do extremo de
acoplamento do terminal (2) de cerdas da escova de dentes, para que, após o
desgaste das cerdas, o terminal (2) possa ser desrosqueado e descartado,
sendo substituído por um novo terminal (2) com cerdas novas e assim
sucessivamente, mantendo-se o cabo (1), de forma permanente, trazendo
maior flexibilidade em termos de produção, permitindo a produção de terminais
com cerdas de diferentes durezas, em diferentes etapas de injeção, desde que
mantendo-se o sistema de rosqueam ento entre as partes, de modo a atender
demandas conforme a maior ou menor procura.
(71) Luiz Aparecido Mangini (BR/SP)
(72) Luiz Aparecido Mangini
(74) Maurício Darré
(21) PI 0600302-8 (22) 20/01/2006
3.2
(51) C09D 195/00, C09D 5/02
(54) PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE EMULSÃO E EMULSÃO
RESULTANTE
(57) "PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE EMULSÃO E EMULSÃO
RESULTANTE". A presente invenção se trata de um processo de fabricação de
uma emulsão amortecedora de vibração e emulsão amortecedora de vibração
resultante. Trata-se de uma emulsão aniônica betuminosa modificada com
cargas minerais e aditivos isentos de substâncias orgânicas voláteis, que
quando aplicada sobre a superfície, numa camada de até 2 mm de espessura ,
reduz significativamente o ruido, devido à dissipação da energia vibracional e
conseqüentemente aumentando a resistência à fadiga da chapa metálica, com
enorme redução de desenhos, espaço e movimentação logística e significativa
redução de custos.
(71) Vibrac System S/A (BR/SP)
(72) João Fruchi Neto
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda
96
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
(21) PI 0600399-0 (22) 21/02/2006
3.2
(51) B01D 35/00
(54) SISTEMA DE FILTRAGEM E VÁLVULA DE VEDAÇÃO
(57) "SISTEMA DE FILTRAGEM E VÁLVULA DE VEDAÇÃO". A presente
invenção refere-se a um sistema de filtragem compreendendo um cabeçote e
um refil, o cabeçote compreendendo uma primeira conexão de líquido e uma
segunda conexão de líquido, a primeira conexão de líquido compreendendo
uma parede de vedação e um primeiro orifício interior, o refil sendo encaixável
no cabeçote e compreendendo uma porção de vedação e acoplamento, a qual
compreende uma extremidade de acoplamento dotada de um primeiro e um
segundo orifícios de fluxo de líquido. Ainda, o cabeçote compreende uma
válvula de vedação disposta no interior da primeira conexão de líquido, esta
válvula compreende um pino, um elemento elástico, um primeiro anel de
vedação e um corpo de válvula. O corpo de válvula compreende uma parede
envoltória de formato substancialmente cilíndrico, sendo que em uma de suas
extremidades perpendiculares está associada uma parede de vedação e na
outra extremidade perpendicular está associada uma parede de retenção.
Quando da vedação do fluxo de líquido através dos primeiro e segundo orifícios
interiores, o primeiro anel de vedação é associado junto à parede de vedação e
a porção de vedação do pino projeta-se através do primeiro orifício interior.
Quando do fluxo de líquido através dos orifícios interiores, a porção de vedação
do pino recebe uma primeira força direcionada ao interior do corpo de válvula
sendo que o primeiro anel de vedação associado à porção de vedação se
distancia da parede de vedação, e sendo que o elemento elástico realiza uma
segunda força em direção oposta à primeira, sendo a primeira força superior em
valor absoluto à segunda força. Além disso, o refil é dotado de rampas
deslizantes e o cabeçote é dotado de contra-rampas deslizantes sendo que
para encaixar o refil no cabeçote basta que as rampas deslizantes do refil sejam
alinhadas com as contra-rampas deslizantes do cabeçote para que então seja
realizado um movimento de rotação do refil em relação ao cabeçote, de modo
que as rampas deslizantes deslizem sobre as contra-rampas deslizantes até
que o refil esteja encaixado no cabeçote.
(71) Indústria Brasileira de Bebedouros Ltda. (BR/SP)
(72) Guilherme Antônio Müller
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
RPI 1850 de 20/06/2006
painel (60) de interface com o usuário; por computador (80) baseado em
programa específico (100) no qual podem ser descarregados e armazenados os
dados coletados pelos sensores e esfera e que processa esses dados.
(71) Vidjaya Informática Ltda (BR/SP)
(72) José Santos Garcia Neto
(74) Remarca Reg de Marcas e Patentes SC Ltda
3.6
PUBLICAÇÃO
DO
PEDIDO
ARQUIVADO
DEFINITIVAMENTE - ART. 216 PARÁG. 2º E ART. 17
PARÁG. 2º DA LPI
(21) PI 0401825-7 (22) 25/05/2004
3.6
(51) G06T 5/00
(54) SISTEMA DE IDENTIFICAÇÃO CROMÁTICA APLICADO EM TÉCNICAS
CARTOGRÁFICAS
(57) "SISTEMA DE IDENTIFICAÇÃO CROMÁTICA APLICADO EM TÉCNICAS
CARTOGRÁFICAS". O qual emprega um índice cromático associado a mapas
e guias regionais, a partir do qual é possível a introdução de outras ferramentas
de utilização, as quais, além de facilitar a sua consulta, propiciando a obtenção
de informações de maneira rápida e prática, possibilitará também o
desenvolvimento ordenado na área de infra-estrutura necessários ao
desenvolvimento da região.
(71) Jornal da Cidade - Guia e Turismo Ltda. ME (BR/SP)
(72) Edson José Bravo
(74) Graziela Vicari Mellis
(21) PI 0600494-6 (22) 16/02/2006
3.2
(51) G05D 9/00
(54) DISPOSITIVO PARA COLETA, ARMAZENAMENTO E ANÁLISE DE
DADOS RELATIVOS A FORÇAS E OUTRAS VARIÁVEIS QUE ATUAM EM UM
CORPO EM MOVIMENTO E SISTEMA DE CONTROLE OPERACIONAL DE
CONDUTOR
(57) "DISPOSITIVO PARA COLETA, ARMAZENAMENTO E ANÁLISE DE
DADOS RELATIVOS A FORÇAS E OUTRAS VARIÁVEIS QUE ATUAM EM UM
CORPO EM MOVIMENTO E SISTEMA DE CONTROLE OPERACIONAL DE
CONDUTOR". O presente resumo refere-se a uma patente de invenção para
dispositivo para coleta, armazenamento e análise de dados relativos a forças e
outras variáveis que atuam em um corpo em movimento (200), que numa
aplicação compõe um Sistema de Controle Operacional de Condutores de
veículos automotores, destinado principalmente a analisar a forma como um
motorista conduz um veículo; dito dispositivo composto, basicamente: por
esfera (2); por sensores eletrônicos de tipo que geram uma diferença de tensão
referencial quando sujeitos a uma força, dispostos a espaços regulares em
torno da esfera, livre entre os mesmos, a saber: sensor de força superior (3)
sensibilizado por movimento descendente abrupt o do corpo em movimento
(200); sensores de força intermediários: anterior (4), lateral direito (5), posterior
(6) e lateral esquerdo (7) sensibilizáveis, respectivamente, por frenagem, curva
à esquerda, aceleração e curva à direita do corpo em movimento (200), todos
dispostos a pequena distância da esfera; e sensor de força inferior (8),
sensibilizado por movimento ascendente abrupto do corpo em movimento (200)
e sobre o qual a esfera se apóia; por circuito eletrônico (20) associado; por
gabinete (40) que aloja o conjunto e montado no corpo em movimento; por
(21) PI 0403565-8 (22) 25/05/2004
3.6
(51) A61F 13/00
(54) MODELADOR NASAL E CURATIVO PÓS OPERAÇÃO PLASTICA DO
NARIZ.
(57) "MODELADOR NASAL E CURATIVO PÓS OPERAÇÃO PLASTICA DO
NARIZ". Compreendido como um dispositivo (peça) em formato do nariz (01 fig.
4) excelente para curativo pós operação plástica do nariz e ainda aperfeiçoando
e modelando, posiciona os orifícios de respiração em casos estéticos como
modelador e fixador nasal. A peça é confeccionada em alumínio plástico flexível
ou por qualquer outro material que permita o ajuste para dentro ou para fora,
para um lado ou para o outro sem danificação de peça, quando ajustada de
acordo com a necessidade e tamanho do nariz.
(71) Antonia Carolino Mesquita (BR/CE)
(72) Antonia Carolino Mesquita
(74) Cezar de Oliveira Sobreira
(21) PI 0404507-6 (22) 21/10/2004
3.6
(51) G07D 7/04
(54) DISPOSITIVO DE PONTO-DE- VENDA, MÉTODO PARA PROCESSAR
UMA TRANSAÇÃO, SISTEMA PARA EFETUAR UMA TRANSFERÊNCIA DE
VALOR, MÉTODOS PARA EFETUAR TRANSAÇÕES, PARA EFETUAR
AUTORIZAÇÃO
DE
CHEQUE
ELETRÔNICA,
PARA
EFETUAR
TRANSF ERÊNCIAS DE VALOR ATRAVÉS DE UMA REDE ELETRÔNICA,
PARA IMPLEMENTAR UM SISTEMA QUANTIFICÁVEL DE TRANSFERÊNCIA
DE VALOR, E PARA EMPREGAR UM SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA DE
VALOR DINÂMICO, E, SISTEMA PARA TRANSAÇÃO EXTENSÍVEL
(57) "DISPOSITIVO DE PONTO-DE-VENDA, MÉTODO PARA PROCESSAR
UMA TRANSAÇÃO, SISTEMA PARA EFETUAR UMA TRANSFERÊNCIA DE
VALOR, MÉTODOS PARA EFETUAR TRANSAÇÕES, PARA EFETUAR
AUTORIZAÇÃO
DE
CHEQUE
ELETRÔNICA,
PARA
EFETUAR
TRANSFERÊNCIAS DE VALOR ATRAVÉS DE UMA REDE ELETRÔNICA,
PARA IMPLEMENTAR UM SISTEMA QUANTIFICÁVEL DE TRANSFERÊNCIA
DE VALOR, E PARA EMPREGAR UM SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA DE
VALOR DINÂMICO, E, SISTEMA PARA TRANSAÇÃO EXTENSÍVEL". Um
dispositivo de ponto-de-venda útil em relação a uma variedade de
circunstâncias e/ou métodos de utilização. Várias implementações desses
dispositivos de ponto-de -venda são reveladas. Por exemplo, um dispositivo de
RPI 1850 de 20/06/2006
ponto-de-venda em particular inclui uma unidade de base adaptada para efetuar
funções de comerciante e uma unidade periférica adaptada para efetuar
funções de cliente. A unidade de base pode incluir um alojamento de unidade
de base com um processador disposto na mesma e capaz de suportar uma
variedade de tipos de transação.
(71) First Data Corporation (US)
(72) Earney Stoutenburg, Cassandra J. Mollett, James Price, Charles A.
Fillinger, Eric M. Nelson, Dean A. Seifert, Jeffrey Singleton
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 97
98
DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos
RPI 1850 de 20/06/2006
Diretoria de Patentes - DIRPA
Despachos Relativos a Pedidos, Patentes
(incluindo as de MI/DI expedidas na vigência da Lei
5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
RPI 1850 de 20/06/2006
1. Pedido Internacional
PCT/BR Designado ou
Eleito
1.3.1
RETIFICAÇÃO
(21) PI 0317529-4 (22) 17/12/2003 1.3.1
(30) 19/12/2002 US 10/322,609
(51) A61F 2/44
(54) IMPLANTE INTERVERTEBRAL
(57) "IMPLANTE INTERVERTEBRAL". É
divulgado um implante vertebral para
fundir vértebras adjacentes ou para
substituir corpos vertebrais. O implante é
um metal biocompatível reabsorvível, ou
implante transparente à radiação que se
conforma substancialmente em
dimensão e forma com uma placa
extrema de um a vértebra. O implante
tem preferivelmente um perfil em forma
de cunha para restaurar a altura do disco
e a curvatura natural da espinha. As
superfícies superior e inferior do implante
têm áreas com uma pluralidade de
dentes para resistir à expulsão e
proporcionar estabilidade inicial e áreas
desprovidas de quaisquer saliências para
acomodar instrumentação de
implantação. O implante também têm
uma característica de ser empilhável. O
implante proporciona estabilidade inicial
necessária para a fusão sem proteção de
tensão.
(71) Synthes (U.S.A.) (US)
(72) William S. Rhoda
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(85) 17/06/2005
(86) PCT US2003/040535 de 17/12/2003
(87) WO 2004/056289 de 08/07/2004
Referente a RPI 1846 de 23/05/2006,
quanto ao item (71)
(21) PI 0408068-8 (22) 05/03/2004 1.3.1
(30) 06/03/2003 GB 03 05152.1
(51) C07D 417/12, A61K 31/427, A61P
11/06
(54) DERIVADOS DE 5-FENILTIAZOL E
SEUS USOS COMO INIBIDORES DE
PI3 CINASE
(57) "DERIVADOS DE 5-FENILTIAZOL E
SEUS USOS COMO INIBIDORES DE
PI3 CINASE". Compostos de fórmula I
1
2
em forma livre ou de sal, em que R , R ,
3
4
5
R , R e R têm os significados conforme
indicado no relatório descritivo, são úteis
para tratar doenças mediadas por
fosfatidilinositol 3-quinase. Composições
farmacêuticas que contêm os compostos
e processos para preparar os
compostos.
(71) Novartis A.G (CH)
(72) Graham Charles Bloomfield, Ian
Bruce, Catherine Leblanc, Lewis
Whitehead, Bernard Cuenoud, Thomas
Hugo Keller, Louise Kirman, Clive
Mccarthy, Gaynor Elizabeth Woodward,
Mrinalini Sachin Oza
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(85) 05/09/2005
(86) PCT EP2004/002285 de 05/03/2004
(87) WO 2004/078754 de 16/09/2004
Referente a RPI 1843 de 02/05/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0409291-0 (22) 14/08/2004 1.3.1
(30) 23/08/2003 DE 103 38 883.4
(51) A61K 7/09, A61K 7/075
(54) PROCESSO PARA O
ALISAMENTO DE FIBRAS CONTENDO
QUERATINA
(57) "PROCESSO PARA O
ALISAMENTO DE FIBRAS CONTENDO
QUERATINA". A presente invenção
refere-se a um processo para o
alisamento de fibras contendo queratina,
especialmente cabelos humanos, no qual
as fibras são submetidas a um
tratamento térmico e a um tratamento
com um agente, que contém pelo menos
um composto de efeito condicionador,
escolhido a partir de polímeros
catiônicos, compostos de amônio
quaternários, silicones e hidrolisados de
proteína e o emprego de um agente,
contendo pelo menos um dos
respectivos compostos de efeito
condicionador, neste processo para o
alisamento de fibras contendo queratina.
Através do proc esso, as fibras obtêm um
excelente alisamento uniforme e são
cuidadas.
(71) Hans Schwarzkopf & Henkel GmbH
& Co. KG (DE)
(72) Burkhard Müller, Aaltje Schellin,
Inge Neubüser
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(85) 11/10/2005
(86) PCT EP2004/009151 de 14/08/2004
(87) WO 2005/020943 de 10/03/2005
Referente a RPI 1840 de 11/04/2006,
quanto ao item (71)
(21) PI 0409470-0 (22) 08/04/2004 1.3.1
(30) 15/04/2003 EP 03 008604.5
(51) C07K 5/083, A61K 38/06, A61K
31/337, A61P 35/ 00
(54) IDENTIFICAÇÃO DE TRÍMEROS
DE N-ALQUILGLICINA PARA INDUÇÃO
DE APOPTOSE
(57) "IDENTIFICAÇÃO DE TRÍMEROS
DE N-ALQUILGLICINA PARA INDUÇÃO
DE APOPTOSE". Os trímeros de Nalquilglicina com a capacidade de
controlar o ciclo celular em células de
câncer humano e induzir a apoptose útil
para a terapia de câncer. Combinação
dos referidos trímeros de N-alquilglicina
com taxol.
(71) Merck Patent Gesellschaft Mit
Beschränkter Haftung (DE)
(72) Gema Tarrason, Claudia Cases,
Jaume Piulats, Angel Messeguer, Nuria
Cortés, Isabel Masip
(74) Dannemann, Siemsen Bigler &
Ipanema Moreira
(85) 17/10/2005
(86) PCT EP2004/003749 de 08/04/2004
(87) WO 2004/092204 de 28/10/2004
Referente a RPI 1843 de 02/05/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0409641-0 (22) 21/04/2004 1.3.1
(30) 25/04/2003 US 60/465,265
(51) A61P 35/00, A61P 37/02, A61K
31/55, C07D 243/14
(54) 1-4-DIAZEPINAS SUBSTITUÍDAS E
SEU USO
(57) "1,4-DIAZEPINAS SUBSTITUÍDAS
E SEU USO". A presente invenção
refere-se às novas 1,4-diazepinas, suas
composições farmacêuticas, e o seu uso
como inibidores das interações HDM2p53. Os compostos possuem a Fórmula
1
8
1 como aqui definido, com R a R e X
como aqui definidos ou um solvato,
hidrato ou sal farmaceuticamente
aceitável destes.
(71) Ortho-Mcneil Pharmaceutical, Inc.
(US)
(72) Tianbao Lu, Karen L. Milkiewicz,
Pierre Raboisson, Maxwell David
Cummings, Raul R. Calvo, Daniel J.
Parks, Louis V. Lafrance, III, Juan Jose
Marugan Sanchez, Kristi Leonard, Joan
Gushue
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreir a
(85) 21/10/2005
(86) PCT US2004/012240 de 21/04/2004
(87) WO 2004/096134 de 11/11/2004
Referente a RPI 1842 de 25/04/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0409919-2 (22) 24/04/2004 1.3.1
(30) 29/04/2003 EP 03 009587.1;
13/01/2004 EP 04 000508.4; 21/01/2004
EP 04 001171.0
(51) A61K 31/496, A61K 31/517, A61P
35/00, A61K 31/404
(54) COMBINAÇÕES PARA O
TRATAMENTO DE DOENÇAS
ENVOLVENDO PROLIFERAÇÃO,
MIGRAÇÃO OU APOPTOSE CELULAR
DE CÉLULAS DE CÉLULAS DE
MIELOMA, OU ANGIOGÊNESE
(57) "COMBINAÇÕES PARA O
TRATAMENTO DE DOENÇAS
ENVOLVENDO PROLIFERAÇÃO,
MIGRAÇÃO OU APOPTOSE CELULAR
DE CÉLULAS DE MIELOMA, OU
ANGIOGÊNESE". A invenção refere-se a
uma combinação farmacêutica para o
tratamento de doenças que envolvem
proliferação, migração ou apoptose
celular de células de mieloma, ou
angiogênese. A invenção refere-se
também a um método para o tratamento
das ditas doenças, compreendendo coadministração de quantidades eficazes
de compostos ativos específicos e/ou cotratamento com terapia de radiação, em
uma razão que provê um efeito aditivo e
sinérgico, e ao uso combinado desses
compostos específicos e/ou radioterapia
para a fabricação de preparações de
combinação farmacêutica
correspondentes.
(71) Boehringer Ingelheim Intternational
GMBH (DE)
(72) Frank Hilberg, Flavio Solca, Martin
Friedrich Stefanic, Anke Baum, Gerd
Munzert, Jacobus C.A. Van Meel
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(85) 31/10/2005
(86) PCT EP2004/004363 de 24/04/2004
(87) WO 2004/096224 de 11/11/2004
Referente a RPI 1842 de 25/04/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0410027-1 (22) 29/04/2004 1.3.1
(30) 02/05/2003 US 60/467,772
(51) C12Q 1/68
(54) MOLÉCULA E CONSTRUCTO DE
DNA, KIT E MÉTODO PARA A
IDENTIFICAÇÃO DE DNA E DO
EVENTO TC1507 DE MILHO, MÉTODO
PARA A CONFIRMAÇÃO DE PUREZA E
DE SCREENING DE SEMENTES E
MÉTODO PARA A PRODUÇÃO DE
UMA PLANTA DE MILHO RESISTENTE
A INSETO
(57) "MOLÉCULA E CONSTRUCTO DE
DNA, KIT E MÉTODO PARA A
IDENTIFICAÇÃO DE DNA E DO
EVENTO TC1507 DE MILHO, MÉTODO
PARA A CONFIRMAÇÃO DE PUREZA E
DE SCREENING DE SEMENTES E
MÉTODO PARA A PRODUÇÃO DE
UMA PLANTA DE MILHO RESISTENTE
A INSETO". A invenção provê
composições de DNA que se referem a
plantas transgênicas de milho resistentes
a inseto. São também providos ensaios
para detectar a presença do evento
TC1507 baseado na seqüência de DNA
do constructo recombinante inserido no
genoma de milho e seqüências de DNA
flanqueadoras do sítio de inserção. São
providos kits e condições utilizáveis na
condução dos ensaios.
(71) Dow Agrosciences LLC (US) ,
Pioneer Hi-Bred Intenational, Inc. (US) ,
E.I. Du Pont De Nemours & Company
(US)
(72) Eric Barbour, James W. Bing, Guy
A. Cardineau, Robert F. Cressman Jr.,
Manju Gupta, Mary E. Hartnett Locke,
David Hondred, Joseph W. Keaschall,
Michael G. Koziel, Terry E. Meyer, Daniel
Moellenbeck, Kenneth E. Narva, Wilas
Nirunsuksiri, Steven W. Ritchie, Marjorie
L. Rudert, Craig D. Sanders, Aihua Shao,
Steven J. Stelman, David S. Stucker,
Laura A. Tagliani, William M. Van Zante
(74) Castro Barros Sobral Gomes
Advogados
(85) 01/11/2005
(86) PCT US2004/013538 de 29/04/2004
(87) WO 2004/099447 de 18/11/2004
Referente a RPI 1842 de 25/04/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0410028-0 (22) 30/04/2004 1.3.1
(30) 02/05/2003 DE 103 19 708.7
(51) C03C 21/00, C03C 23/00
(54) VIDROS ALCALINOS COM
SUPERFÍCIES VÍTREAS
MODIFICADAS E PROCESSO PARA
PRODUÇÃO DOS MESMOS
(57) "VIDROS ALCALINOS COM
SUPERFÍCIES VÍTREAS
MODIFICADAS E PROCESSO PARA
PRODUÇÃO DOS MESMOS". A
100
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
invenção diz respeito a vidros alcalinos
com superfícies vítreas modificadas. O
objeto técnico da invenção é estabilizar a
superfície vítrea modificada de um modo
tal que a difusão de sódio reversa fora do
volume é evitada substancialmente,
mesmo em temperaturas elevadas e, em
particular, no caso de procedimentos de
pós-tratamento usando uma chama.
Surpreendentemente, verificou-se que
uma superfície vítrea modificada de um
vidro alcalino é substancialmente
resistente à difusão de sódio reversa fora
do volume em temperaturas elevadas, se
o quimismo dentro da superfície tiver
uma concentração de alumínio, que seja
significativamente aumentada em
relação ao volume. A origem pode se
fundamentar no nível muito alto de
entalpia de formação negativa de fases
de albita. O processo de acordo com a
invenção é caracterizado pelo fato de
que a superfície dos ditos vidros é posta
em contato com concentrações de
alumínio elevadas e é submetida a um
tratamento térmico.
(71) Heiko Hessenkemper (DE) , Heide
Landermann -Hessenkemper
(DE)
(72) Heiko Hessenkemper, Heide
Landermann -Hessenkemper
(74) Castro Barros Sobral Gomes
Advogados
(85) 01/11/2005
(86) PCT EP2004/004642 de 30/04/2004
(87) WO 2004/096724 de 11/11/2004
2. Depósito
2.1
NOTIFICAÇÃO DE
DEPÓSITO DE PEDIDO
DE PATENTE OU DE
CERTIFICADO DE
ADIÇÃO DE INVENÇÃO
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 8600711-4 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Valeplast Indústria e Comércio de
Plásticos do Vale do Paraíba Ltda
(BR/RJ)
(74) David Nilton Pereira de Lucena
(21) MU 8600712-2 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Wilton Raimundo da Silveira
(BR/RJ)
(74) Iris Proença Martins
(21) MU 8600735-1 (22) 10/04/2006 2.1
(71) Irmão Rezende Indústria &
Comércio de Equipamentos Hidraúlicos
Ltda-ME (BR/MG)
(74) Cidwan Uberlândia Ltda
(21) MU 8600759-9 (22) 04/05/2006 2.1
(71) Osías Maria Rocha (BR/RJ)
(21) MU 8600760-2 (22) 10/05/2006 2.1
(71) Wilton Raimundo da Silveira
(BR/RJ)
(74) Iris Proença Martins
(21) MU 8600765-3 (22) 25/04/2006 2.1
(71) Cotiplás Ind. e Com. de Artefatos
Plásticos Ltda. (BR/SP)
(74) Braga & Braga Associados Advogados
(21) MU 8600766-1 (22) 25/04/2006 2.1
(71) Cotiplás Ind. e Com. de Artefatos
Plásticos Ltda. (BR/SP)
(74) Braga & Braga Associados Advogados
(21) MU 8600767-0 (22) 04/05/2006 2.1
(71) Jost Brasil Sistemas Automotivos
Ltda (BR/RS)
(74) Vieira de Mello Advogados
(21) MU 8600768-8 (22) 10/05/2006 2.1
(71) Wilton Raimundo da Silveira
(BR/RJ)
(74) Iris Proença Martins
(21) MU 8600769-6 (22) 10/05/2006 2.1
(71) Wilton Raimundo da Silveira
(BR/RJ)
(74) Iris Proença Martins
(74) Seldon Parkes
Ipanema Moreira
(21) PI 0601461-5 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Société de Technologie Michelin e
Michelin Recherche Et Technique S.A.
(FR)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(21) PI 0601480-1 (22) 03/05/2006 2.1
(71) Luciano Alfredo Fusco (BR/SP)
(21) PI 0601462-3 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Sulzer Pumpen AG (CH)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601507-7 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601463-1 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Geco System S.P.A (IT)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601508-5 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Johnson & Johns on (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601464-0 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Sérgio Antonini (BR/SP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601509-3 (22) 27/04/2006
(71) Fras -Le S/A (BR/RS)
(74) Vieira de Mello Advogados
(21) PI 0601465-8 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Fundacion Chile (CL) , Universidad
de Talca (CL)
(74) Orlando de Souza
2.1
2.1
(21) PI 0601517-4 (22) 09/05/2006
(71) Snecma Services (FR)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
2.1
(21) PI 0601468-2 (22) 28/04/2006
(71) Miba Gleitlager Gmbh (AT)
(74) Orlando de Souza
(21) PI 0601469-0 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Dow Agrosciences LLC (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601470-4 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Semeato S/A Indústria e Comércio
(BR/RS)
(74) David Nilton Pereira de Lucena
(21) PI 0601471-2 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Central Can Company (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) MU 8600702-5 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Wilson Simão (BR/RJ)
(21) PI 0415946-2 (22) 22/10/2004 2.1
(71) Autoliv Development Ab (SE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601473-9 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Cooper Cameron Corporation (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0415947-0 (22) 28/12/2004
(71) Carlos Augusto Sousa Jatene
(BR/PA)
(21) PI 0601474-7 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Clariant Produkte (Deutschland)
GMBH (DE)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) MU 8600705-0 (22) 02/05/2006 2.1
(71) Companhia Metalúrgica Prada
(BR/SP)
(74) Sul América Marcas e Patentes Ltda
(21) MU 8600706-8 (22) 02/05/2006 2.1
(71) Mario de Jesus Dourado Fialho de
Oliveira (BR/RJ)
(21) PI 0506352-3 (22) 10/02/2005 2.1
(71) Edivaldo Ivo Junqueira (BR/PR)
(21) PI 0601456-9 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) MU 8600707-6 (22) 03/05/2006 2.1
(71) Mario de Jesus Dourado Fialho de
Oliveira (BR/RJ)
(21) PI 0601457-7 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Johnson & Johndon (US)
(74) Dannemann, Siemsen & Ipanema
Moreira
(21) MU 8600708-4 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Wilton Raimundo da Silveira
(BR/RJ)
(74) Iris Proença Martins
(21) PI 0601458-5 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Johson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen & Ipanema
Moreira
(21) MU 8600709-2 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Wilton Raimundo da Silveira
(BR/RJ)
(74) Iris Proença Martins
(21) PI 0601459-3 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Copeland Corporation (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) MU 8600710-6 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Guilherme Pereira Fonseca (BR/PR)
(74) London Marcas & Patentes S/S Ltda
(21) PI 0601460-7 (22) 26/04/2006
(71) Petroleo Brasileiro S. A. PETROBRAS (BR/RJ)
2.1
(21) PI 0601510-7 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Whirpool Corporation (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601516-6 (22) 09/05/2006
(71) Itrec B.V. (NL)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(21) PI 0318592-3 (22) 09/10/2003 2.1
(71) Carlos Dulipé Almeida Barbosa
(BR/AM)
2.1
2.1
2.1
(21) MU 8600701-7 (22) 06/04/2006 2.1
(71) Maurício Nogueira Macedo Silva
(BR/RJ)
(21) MU 8600704-1 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Glória Maria Manzano (BR/RJ)
2.1
(21) PI 0601466-6 (22) 27/04/2006
(71) Motorola, Inc. (US)
(74) Orlando de Souza
(21) PI 0601472-0 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Pai Lung Machinery Mill CO. LTD.
(TW)
(74) Tavares Propriedade Intelectual
LTDA
(21) MU 8600703-3 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Samuel Bilheiro (BR/RJ)
(21) PI 0601481-0 (22) 03/05/2006
(71) Valdevir Murat (BR/RJ)
(21) PI 0601475-5 (22) 02/05/2006 2.1
(71) Bayer Material Science AG (DE)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601476-3 (22) 03/05/2006
(71) Jimo Química Industrial Ltda
(BR/RS)
(74) Momsen, Leonardos & Cia
2.1
(21) PI 0601477-1 (22) 03/05/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601478-0 (22) 03/05/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601479-8 (22) 03/05/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson Industrial LTDA.
(BR/SP)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
(21) PI 0601518-2 (22) 09/05/2006 2.1
(71) Fernando Franzoni (BR/SP)
(74) Sul América Marcas e Patentes Ltda
(21) PI 0601519-0 (22) 09/05/2006 2.1
(71) Viaflex Serviços Ltda. (BR/SP)
(74) Sul América Marcas e Patentes Ltda
(21) PI 0601520-4 (22) 09/05/2006 2.1
(71) Viaflex Serviços Ltda. (BR/SP)
(74) Sul América Marcas e Patentes Ltda
(21) PI 0601521-2 (22) 09/05/2006 2.1
(71) Conc recon Artefatos de Cimento
LTDA. (BR/SC)
(74) Maria Aparecida Pereira Goncalves
(21) PI 0601522-0 (22) 10/05/2006 2.1
(71) Jonas Florippes Page (BR/RJ)
(21) PI 0601523-9 (22) 10/05/2006 2.1
(71) Jonas Florippes Page (BR/RJ)
(21) PI 0601524-7 (22) 10/05/2006
(71) Black & Decker Inc. (US)
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
2.1
(21) PI 0601525-5 (22) 10/05/2006
(71) TBS Engineering Limited (GB)
(74) Momsen , Leonardos & CIA
2.1
(21) PI 0601558-1 (22) 20/04/2006
(71) Chu - Fu Lin (CN)
(74) Momsen , Leonardos & CIA
2.1
(21) PI 0601560-3 (22) 26/04/2006 2.1
(71) American Axle & Manufacturing INC.
(US)
(74) Di Blasi, Parente, S. G. &
Associados
(21) PI 0601561-1 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Nupi S.P.A (IT)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601562-0 (22) 26/04/2006
(71) Nichromet Extration Inc. (CA)
(74) Di Blasi, Parente, S. G. &
Associados
2.1
(21) PI 0601563-8 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Alcon, INC. (CH)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601564-6 (22) 26/04/2006
2.1
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes 101
(71) Inventio Aktiengesellschaft (CH)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601565-4 (22) 26/04/2006 2.1
(71) Amazonen-Werke H. Dreyer Gmbh
& Co.Kg (DE)
(74) Flávia Salim Lopes
(21) PI 0601566-2 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Magneti Marelli Powertrain S.P.A.
(IT) , Enter Per Le Nuove Tecnologie,
L'Energia e L'Ambiente - ENEA (IT)
(74) Tavares Propriedade Intelectual
Ltda.
(71) Marcos Marçal Ferreira Queiroz
(BR/PB)
(71) Vivaldo Mazon (BR/DF)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S LTDA
(21) PI 0601585-9 (22) 10/03/2006 2.1
(71) Empresa Brasileira de Pesquisa
Agropecuária - EMBRAPA (BR/DF) ,
Fundação Universidade de Brasília
(BR/DF)
(74) Luciana Harumi Morimoto
Figueiredo
(21) PI 0601626-0 (22) 08/05/2006 2.1
(71) Vivaldo Mazon (BR/DF)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S LTDA
(21) PI 0601627-8 (22) 08/05/2006 2.1
(71) Maxiforja S/A Forjaria e Metalurgica
(BR/RS)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(21) PI 0601608-1 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Bayer Materialscience AG (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601628-6 (22) 08/05/2006
(71) Dell Products L.P (US)
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
(21) PI 0601567-0 (22) 27/04/2006 2.1
(71) Satake Corporation (JP)
(74) Tavares Propriedade Intelectual
Ltda.
(21) PI 0601609-0 (22) 28/04/2006 2.1
(71) The Boc Group, Inc. (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601629-4 (22) 08/05/2006 2.1
(71) Modine Manufacturing Company
(US)
(74) Orlando de Souza
(21) PI 0601568-9 (22) 27/04/2006 2.1
(71) O.A.M. - Societa' Per Azioni (IT)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(21) PI 0601610-3 (22) 04/05/2006 2.1
(71) United Technologies Corporation
(US)
(74) Bhering Advogados
(21) PI 0601630-8 (22) 08/05/2006 2.1
(71) Modine Manufacturing Company
(US)
(74) Orlando de Souza
(21) PI 0601611-1 (22) 04/05/2006 2.1
(71) Heraeus Kulzer Gmbh (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601631-6 (22) 31/01/2006 2.1
(71) Fundação Universidade de Brasília
(BR/DF)
(21) PI 0601569-7 (22) 02/05/2006 2.1
(71) Sulzer Pumpen AG (CH)
(74) Dannemann, Siemsen & Ipanema
Moreira
(21) PI 0601570-0 (22) 02/05/2006
(71) Bontaz Centre (FR)
(74) Orlando de Souza
2.1
(21) PI 0601612-0 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Colgate-Palmolive Company (US)
(74) Momsen , Leonardos & CIA
(21) PI 0601571-9 (22) 04/05/2006 2.1
(71) Rogério Eloi Pscheidt M.E. (BR/SC)
(74) Maria Aparecida Pereira Gonçalves
(21) PI 0601572-7 (22) 04/05/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601573-5 (22) 04/05/2006 2.1
(71) Tecumseph Products Company (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601574-3 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Fábrica de Artefatos de Látex
Blowtex LTDA (BR/SP)
(74) Remarca Reg de Marcas e Pat S/C
Ltda
(21) PI 0601575-1 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Juan Enrique Requena (BR/ES)
(21) PI 0601576-0 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Magneti Marelli Powertrain S.P.A
(IT)
(74) Tavares Propriedade Intelectual
LTDA
(21) PI 0601577-8 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Satisloch Gmbh (DE)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601578-6 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Auto Mecanica Arapongas Ltda
(BR/RJ)
(74) Altair Dias, Mello & Cia Ltda
(21) PI 0601579-4 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Fábrica de Artefatos de Látex
Blowtex Ltda (BR/SP)
(74) Remarca Reg de Marcas E Pat S/C
Ltda
(21) PI 0601613-8 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601614-6 (22) 05/05/2006
(71) The Goodyear Tire & Rubber
Company (US)
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
2.1
(21) PI 0601615-4 (22) 05/05/2006 2.1
(71) American Axle & Manufacturing, Inc.
(US)
(74) Di Blasi, Parente, S.G. & Associados
(21) PI 0601616-2 (22) 08/05/2006
(71) Toledo do Brasil Indústria de
Balanças Ltda (BR/SP)
(74) Trench, Rossi e Watanabe
Advogados
2.1
(21) PI 0601617-0 (22) 08/05/2006 2.1
(71) S.C. Johnson & Son INC. (US)
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
(21) PI 0601618-9 (22) 08/05/2006
(71) Centro Brasileiro de Pesquisa
Físicas -CBPF (BR/RJ)
(74) Bernardo Atem Francischetti
2.1
(21) PI 0601619-7 (22) 08/05/2006
(71) Dana Corporation (US)
(74) Bhering Advogados
2.1
(21) PI 0601620-0 (22) 08/05/2006
(71) L'Oreal (FR)
(74) Momsen, Leonardos & Cia
2.1
(21) PI 0601621-9 (22) 08/05/2006 2.1
(71) The Quaker Oats Company (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601580-8 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreir a
(21) PI 0601622-7 (22) 08/05/2006 2.1
(71) Isoltech Tecnologias Eco Isolantes
Ltda (BR/TO)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601581-6 (22) 05/05/2006 2.1
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601623-5 (22) 08/05/2006 2.1
(71) Satisloh Gmbh (DE)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0601582-4 (22) 09/05/2006 2.1
(71) Modine Manufacturing Company
(US)
(74) Orlando de Souza
(21) PI 0601624-3 (22) 08/05/2006 2.1
(71) OZ! Sistemas de Organização Ltda EPP (BR/SP)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S LTDA
(21) PI 0601584-0 (22) 11/04/2006
(21) PI 0601625-1 (22) 08/05/2006
2.1
2.1
2.1
(21) PI 0601639-1 (22) 28/04/2006 2.1
(71) Meritor Suspension Systems
Company, U.S. (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
2.4
NOTIFICAÇÃO DE
DEPÓSITO DO PEDIDO
DIVIDIDO
(21) PI 9510797-5 (22) 24/04/1995 2.4
(62) PI9507506- 2 24/04/1995
(71) Board Of Regents, The University Of
Texas System (US)
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1396 de
02/09/1997; Outras exigências (6.7)
publicada na RPI 1758 de 14/09/2004;
Conhecimento do parecer técnico (7.1)
publicado na RPI 1806 de 16/08/2005.
(21) PI 9612953-0 (22) 07/02/1996 2.4
(62) PI9607111- 7 07/02/1996
(71) Boehringer Mannheim
Pharmaceuticals Corporation Smithkline
Beecham Corporation Limited
Partnership No. 1 (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1405 de
04/11/1997; Retificação (1.3.1) publicada
na RPI 1757 de 08/09/2004;
Conhecimento do parecer técnico (7.1)
publicado na RPI 1757 de 08/09/2004.
(21) PI 9612954-9 (22) 07/11/1996 2.4
(62) PI9611448- 7 07/11/1996
(71) Abiogen Pharma S.P.A. (IT)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1472 de
23/03/1999; Alteração de nome deferida
(25.4) publicada na RPI 1713 de
04/11/2003.
(21) PI 9612955-7 (22) 25/10/1996 2.4
(62) PI9611184- 4 25/10/1996
(71) Janssen Pharmaceutica N.V. (BE)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1473 de
30/03/1999; Exigência técnica (6.1)
publicada na RPI 1812 de 27/09/2005.
(21) PI 9715239-0 (22) 26/03/1997 2.4
(62) PI9702162- 8 26/03/1997
(71) Merial (FR)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1489 de
20/07/1999; Conhecimento do parecer
técnico (7.1) publicado na RPI 1803 de
26/07/2005.
(21) PI 9816192-0 (22) 23/01/1998 2.4
(62) PI9806794- 0 23/01/1998
(71) Jomed Gmbh (DE)
(74) Momsen, Leonardos & Cia
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1532 de
16/05/2000; Conhecimento do parecer
técnico (7.1) publicado na RPI 1736 de
13/04/2004; Transferência deferida
(25.1) publicada na RPI 1756 de
31/08/2004; Conhecimento do parecer
técnico (7.1) publicado na RPI 1772 de
21/12/2004; Exigência - art.36 da LPI
(6.1) publicada na RPI 1798 de
21/06/2005.
(21) PI 9816193-8 (22) 26/10/1998 2.4
(62) PI9813301- 2 26/10/1998
(71) Alpla Werke Alwin Lehner Gmbh &
Co. Kg (AT)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1547 de
29/08/2000.
(21) PI 9816194-6 (22) 05/03/1998 2.4
(62) PI9808202- 7 05/03/1998
(71) The Trustees Of Columbia
University In The City Of New York (US)
(74) Ricardo Fonseca de Pinho
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1779 de
09/02/2005; Conhecimento do parecer
técnico (7.1) publicado na RPI 1813 de
04/10/2005.
(21) PI 9816195-4 (22) 02/10/1998 2.4
(62) PI9812843- 4 02/10/1998
(71) Minnesota Mining And
Manufacturing Company (US)
(74) Momsen, Leonardos & Cia
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1544 de
08/08/2000; Conhecimento do parecer
técnico (7.1) publicado na RPI 1798 de
21/06/2005.
(21) PI 0117230-1 (22) 27/07/2001 2.4
(62) PI0107091- 6 27/07/2001
(71) Symbol Technologies , INC (US)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1641 de
18/06/2002.
(21) PI 0117231-0 (22) 27/07/2001 2.4
(62) PI0107091- 6 27/07/2001
(71) Symbol Technologies, INC (US)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1641 de
18/06/2002.
(21) PI 0117232-8 (22) 27/07/2001 2.4
(62) PI0107091- 6 27/07/2001
(71) Symbol Technologies, INC (US)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1641 de
18/06/2002.
(21) PI 0117233-6 (22) 28/11/2001 2.4
(62) PI0115816- 3 28/11/2001
(71) Clariant GMBH. (DE)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Notificação de entrada na fase nacional
(1.3) publicada na RPI 1706 de
16/09/2003.
(21) PI 0215823-0 (22) 15/05/2002 2.4
(62) PI0213762- 3 15/05/2002
(71) Transcutaneous Technologies Inc.
(JP)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Notificação de entrada na fase nacional
102
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
(1.3) publicada na RPI 1763 de
19/10/2004.
2.6
PUBLICAÇÃO ANULADA
(21) PI 0017443-2 (22) 09/06/2000 2.6
(71) Rieter Automatik GMBH. (DE)
(74) Paulo Leopoldo Dahmer
Referente à RPI 1640 de 11/06/2002.
(21) PI 0318448-0 (22) 26/09/2003 2.6
(71) Wildey J. Moore (US)
(74) P.A Produtores Associados Marcas
e Patentes Ltda
Referente à RPI 1817 de 01/11/2005.
(21) PI 0318504-4 (22) 26/09/2003 2.6
(71) Wildey J. Moore (US)
(74) P.A Produtores Associados Marcas
e Patentes Ltda
Referente à RPI 1827 de 10/01/2006.
3. Publicação do Pedido
3.7
PUBLICAÇÃO ANULADA
(21) PI 0017443-2 (22) 09/06/2000 3.7
(30) 18/08/1999 DE DE1991038583
(51) C08J 3/00, C08G 63/88, C08G
85/00
(54) APARELHO E PROCEDIMENTO
PARA MANUFATURA DE MATERIAL
PLÁSTICO CRISTALIZÁVEL
(71) Rieter Automatik GMBH. (DE)
(72) Camille Borer
(74) Paulo Leopoldo Dahmer
Referente à RPI 1650 de 20/08/2002.
(21) PI 0301792-3 (22) 17/06/2003 3.7
(51) C09D 5/34
(54) PROCESSO PARA PRODUZIR
MASSA COLORIDA PARA PINTURA DE
PAREDES
(71) Gustavo de Souza Lobo (BR/MT)
(72) Gustavo de Souza Lobo
(74) Joel Ribas Vaz
Referente à RPI 1825 de 27/12/ 2005.
(21) PI 0318448-0 (22) 26/09/2003 3.7
(30) 09/10/2002 US 60/417,522
(51) F41C 3/14, F41A 3/12
(54) ARMA DE FOGO DE CILINDRO
PRONTAMENTE MODIFICÁVEL
(71) Wildey J. Moore (US)
(72) Wildey J. Moore
(74) P.A Produtores Associados Marcas
e Patentes Ltda
Referente à RPI 1822 de 06/12/2005.
3.8
RETIFICAÇÃO
(21) PI 0003166-6 (22) 18/02/2000 3.8
(51) A61K 7/48, A61K 33/42, A61K
33/06, A61K 31/74, A61K 31/716, A61K
31/375
(54) PROCESSO PARA
ESTABILIZAÇÃO DE COMPOSTOS
ANTIOXIDANTES, E COMPOSIÇÕES
AQUOSAS
(57) Patente de Invenção: "PROCESSO
PARA ESTABILIZAÇÃO DE
COMPOSTOS ANTIOXIDANTES, E
COMPOSIÇÕES AQUOSAS". A
presente invenção refere-se a um
processo para estabilização de
compostos antioxidantes
compreendendo a etapa de adicionar ao
referido composto, em um meio aquoso,
pelo menos um compostos
desoxigenador, pelo menos um
composto seqüestrante de íons
metálicos e pelo menos um composto
reversor de reação de oxidação. A
invenção é particularmente útil para
estabilizar compostos antioxidantes,
como o ácido ascórbico levógiro (LAA),
popularmente conhecido como "Vitamina
C", e LAA associado às
proantocianidinas (OPC) para
preparação de composições
farmacêuticas e cosméticas.
(66) PI9902973- 1 16/07/1999
(71) Natura Cosméticos S.A. (BR/SP)
(72) Roberto Alcantara Martins
Zuchetti, Luciana Villa Nova
Silva, Simoni Chitarra Souza,
Simone
Fanan,
Jean-Luc
Gesztesi, Luiz Gustavo Martins
Matheus,
Philippe
Joseph
Pommez, Karla Araujo Macian,
Rodrigo Fuscelli Pytel
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Referente a RPI 1583 de 08/05/2001,
quanto ao item (72)
(21) PI 0003323-5 (22) 12/07/2000 3.8
(30) 12/07/1999 DE 199 32 523.5;
12/07/1999 DE 199 32 524.3
(51) C25D 5/08
(54) PROCESSO E DISPOSITIVO PARA
O TRATRAMENTO ELETROQUÍMICO
(57) Patente de Invenção: "PROCESSO
E DISPOSITIVO PARA O
TRATAMENTO ELETROQUÍMICO".
Processo para o tratamento
eletroquímico, especialmente para o
revestimento eletroquímico, de peças
condutoras ou tornadas condutoras, em
um recipiente cheio de solução
eletrolítica, no qual acham -se dispostos
dois eletrodos que acham -se ligados a
uma fonte de tensão constante, sendo
que as peças são revestidas
permanentemente de modo envolvente
durante o tratamento na solução
eletrolítica em um cesto rotativo, sendo
que as peças são conectadas
catodicamente através de um cubo do
cesto e que a solução eletrolítica é
bombeada em circuito através do
recipiente, sendo que o recipiente
permanece fechado à prova de gás.
(71) WMV Apparatebau GMBH & CO KG
(DE) , Surtec Produkte Und Systeme
Fuer Die Oberflaechenbehandlung
GmbH (DE)
(72) Markku Vaarni, Dirk Bube, Dr. Rolf
Jansen, Alois Mueller
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Referente a RPI 1575 de 13/03/2001,
quanto ao item (71)
(21) PI 0102627-5 (22) 15/05/2001 3.8
(51) A21C 11/02, A21D 13/08
(54) MAQUINA PARA PRODUÇÃO DE
MINI-TORTAS
(57) "MÁQUINA PARA PRODUÇÃO DE
MINITORTAS". Compreendendo uma
máquina (1) para produção de minitortas, que atua sob sistema de pres são,
composta basicamente por um painel
superior (2) dotado de bojo de ar
comprimido (3) composto de
mangueiras, conexões, sensores e
sistemas elétricos próprios que propiciam
o funcionamento de todo o sistema,
ladeado por botões interruptores tipo
"push button" (4) dito painel superior é
fixado e sustentado por colunas laterais
cilíndricas (5), perpendiculares a base
(6), que por sua vez recebe uma espécie
de plataforma (7) com uma abertura/vão
circular vazado (8), originando uma zona
de baixo relevo (9) para disposição de
uma fôrma própria de alumínio (10), que
quando em uso, conterá massa em seu
interior, permanecendo sob o bojo de ar
comprimido (3), recebendo, dita massa,
a operação específica de cada peça
moduladora, que por sua vez
descem/sobem sob pressão, guiados por
RPI 1850 de 20/06/2006
prumo (18), localizado na região
posterior de cada módulo (lA), (1B) e
(1C), tendo cada um, uma função
específica, de acordo as peças plásticas
modulares (11) dispostas no cilíndrico
pneumático (12) de cada módulo; na
primeira etapa, uma peça plástica
moduladora (11 a), denominada
colocadora de fundo, que pressionada
pelo cilindro pneumático (12) do primeiro
módulo (1A), contra a massa (13)
disposta na fôrma de alumínio (10),
origina o formato inicial da torta,
modelada tipo um recipiente (13a); em
seguida, a fôrma de alumínio (10) com o
primeiro formato da torta já obtida (13a)
é recheada e encoberta por massa (14)
que tampará a torta e após, dispostas no
vão circular (8) do segundo módulo (1B),
sobre os quais se encontrará a segunda
peça plástica moduladora (11b),
denominada fechadora, contendo dentes
(15) em toda sua borda, sendo também
pressionada pelo cilindro pneumático
(12) do dito módulo (1B), comprimindo a
tampa (14) contra o recheio,
conseqüentemente efetuado o
fechamento da torta, com novo
acabamento característico (13b), cuja
tampa (14) é agora dotada de pequenos
sulcos contomantes (16), conformados
pela dita superfície dentada (15) da peça
moduladora (11b); na terceira e última
etapa, a fôrma (10), contendo o segundo
formato da torta (13b) obtida na
operação anterior é submetida ao vão
circular (8) do terceiro módulo (1C)
abaixo da peça plástica moduladora
(11c), denominada cortadora que efetua
então o corte da massa sobressalente
(17) que excedeu o tamanho da fôrma de
alumínio (10), finalizando, assim, a torta
(13c).
(71) Marcelo Elias Lima (BR/SP) ,
Waldemir Elias Lima (BR/SP)
(72) Marcelo Elias Lima, Waldemir Elias
Lima
Referente a RPI 1677 de 25/02/2003,
quanto ao item (74)
(21) PI 0403781-2 (22) 09/09/2004 3.8
(51) C11D 1/90, A61K 7/00
(54) USO DE MANTEIGA DE CUPUAÇU
BASEADO EM AMIDOAMINAS
ANFOTÉRICAS COMO TENSOATIVOS
ANFOTÉRICOS
(57) "USO DE MANTEIGA DE
CUPUAÇU BASEADO EM
AMIDOAMINAS ANFOTÉRICAS COMO
TENSOATIVOS ANFOTÉRICOS". A
invenção refere-se ao uso de compostos
1
2 3
da formula geral (I) R -CONH-X-NR R 4
1
R -y (I) em que R representa uma
fração alquila contendo 11 a 21 átomos
de carbono, X representa um grupo
(CH 2) n- e n é um número inteiro de 1 a
2
3
6, R e R representam,
independentemente, uma fração alquila
com 1 a 4 átomos de carbono ou um
átomo de hidrogênio, Y representa um
grupo COO-, nas composições
cosméticas, caracterizado pelo fato do
composto de fórmula (I) ser preparado
por reação de óleo de Theobroma
grandiflorum com uma amina da formula
2 3
(II) H 2N-X-NR R (II) e
subseqüentemente, reação com ácido
monocloroacético de sódio.
(71) Cognis Brasil Ltda (BR/SP) , Natura
Cosméticos S.A. (BR/SP)
(72) Rosa Maria Teixeira Tagé Biaggio,
Setsuo Sato, Juliana Bucchi Alencastre,
Carlos Alberto Moura, Henrique Sales,
Tiago Costa Beber, Rosa Maria da
Cunha Canto Friedlander, Tereza Maria
de Senne Peranovich Victorio, Edjane
dos Santos Lima
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Referente a RPI 1843 de 02/05/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0501779-3 (22) 19/05/2005 3.8
(30) 31/08/2004 JP 2004-252423
(51) B62J 6/12
(54) CUBO GERADOR DA BICICLETA
(57) "CUBO GERADOR DA BICICLETA".
A presente invenção refere-se a um cubo
gerador da bicicleta que impede uma
diminuição na eficiência de geração de
energia e reduz os custos. O cubo
gerador da bicicleta 8 é um cubo
montado junto ao garfo frontal 3 de uma
bicicleta e inclui um eixo do cubo 50, um
invólucro do cubo 51, o primeiro e
segundo mancais 52, 53, um mecanismo
gerador 54 e o primeiro e segundo
membros de recirculação de fluxo
magnético 55, 56. O eixo do cubo é um
eixo que é de forma não-giratória
montado junto ao garfo frontal. O
invólucro do cubo é disposto ao redor da
superfície circunferencial externa do eixo
do cubo. Os mancais são dispostos entre
o invólucro do cubo e o eixo do cubo e
permitem ao invólucro do cubo ser
montado de modo que ele possa girar
em relação ao eixo do cubo. O
mecanismo gerador possui uma bobina
70 montada junto ao eixo do cubo e uma
unidade de ímã 71 disposta oposta em
relação à bobina na superfície
circunferencial interna do invólucro do
cubo e gera energia elétrica via a rotação
do invólucro do cubo em relação ao eixo
do cubo. Os membros de recirculação de
fluxo magnético estão dispostos no eixo
do cubo ou no invólucro do cubo e
retornam para a bobina o fluxo
magnético que escapa para fora da
bobina.
(71) Shimano Inc. (JP)
(72) Kazuki Tanaka, Takahiro Endo
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Referente a RPI 1840 de 11/04/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0502631-8 (22) 04/07/2005 3.8
(30) 02/07/2004 US 10/884,773
(51) B29D 29/00, C08G 73/10, G03G
15/16
(54) COMPONENTES DE
TRANSFERÊNCIA INTERMEDIÁRIOS
SOLDÁVEIS DE POLIIMIDA
CARREGADOS DE POLIANILINA
(57) "COMPONENTES DE
TRANSFERÊNCIA INTERMEDIÁRIOS
SOLDÁVEIS DE POLIIMIDA
CARREGADOS DE POLIANILINA". Uma
correia de transferência intermediária
soldável tendo um substrato com uma
composição homogênea de polianilina
em uma quantidade de cerca de 2 a
cerca de 25 por cento em peso de
sólidos totais, e uma poliimida
termoplástica em uma quantidade de
cerca de 75 a cerca de 98 por cento em
peso de sólidos totais, e a polianilina tem
um tamanho de partícula de cerca de 0,5
a cerca de 5,0 mícrons, e um aparelho
para formar imagens sobre um meio de
gravação e incorporar a correia de
transferência intermediária.
(71) Xerox Corporation (US)
(72) Donald J. Goodman, Satish R.
Parikh, Edward F. Grabowski, Matthew J.
Torpey, M John Hinckel, Markus R.
Silvestri, John J. Darcy III, David W.
Martin, Scott J. Griffin, Felix J. Santana,
Robert J. Flanagan, Joellen Simone,
Robert C. U. Yu, John P. Kerwawycz,
Satchidanand Mishra, MIchael S.
Roetker
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Referente a RPI 1843 de 02/05/2006,
quanto ao item (72)
(21) PI 0504084-1 (22) 20/09/2005 3.8
(30) 20/09/2004 EP 04 425700.4
(51) B62D 25/14
(54) ESTRUTURA DE SUPORTE PARA
PAINEL DE VEÍCULO
RPI 1850 de 20/06/2006
(57) "ESTRUTURA DE SUPORTE PARA
PAINEL DE VEÍCULO". A presente
invenção refere-se a uma estrutura de
suporte (12) para um conjunto de painel
(10) para veículos, compreendendo: um
eixo transversal principal (20) com
formato tubular formando um conduto de
distribuição de ar transversal e fornecido
com pelo menos duas saídas de ar de
extremidade (30) e com pelo menos uma
entrada de ar central (28); e pelo menos
um eixo transversal secundário (26) com
formato tubular, posicionado abaixo do
eixo principal (20) e definindo um
conduto para a distribuição de ar na
direção dos pés de pelo menos um dos
ocupantes dos assentos dianteiros do
veículo a motor.
(71) Denso Thermal Systems SPA (IT)
(72) Giovanni Scavino, Eloi Bondon
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Referente a RPI 1843 de 02/05/2006,
quanto ao item (54)
4. Pedido de Exame
4.3
DESARQUIVAMENTO ART. 33 PARÁGRAFO
ÚNICO DA LPI
(21) MU 8201436-1 (22) 10/06/2002 4.3
(71) A & D Embalagens LTDA. (BR/SC)
(74) Griffe Marcas e Patentes
(21) PI 0004043-6 (22) 06/09/2000 4.3
(71) Stefan Paulo Fonai (BR/SP) , Nabal
de Almeida Ribeiro (BR/SP) , Chao Chih
Ching (BR/SP)
(74) Darré, Bueno & Moreira
6. Exigências Técnicas
e Formais
6.1
EXIGÊNCIA - ART. 36 DA
LPI
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes 103
(21) PI 9608616-5 (22) 28/06/1996 6.1
(71) Sasol Technology (Proprietary)
Limited (ZA)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9608956-3 (22) 17/06/1996
(71) Zeneca Limited (GB)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9806173-9 (22) 10/09/1998
(71) Saint -Gobain Vitrage (FR)
(74) Pinheiro Neto - Advogados
(21) PI 9609019-7 (22) 07/06/1996 6.1
(71) NPS Pharmaceut icals,INC (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9610422-8 (22) 27/08/1996 6.1
(71) G.D. Searle & Co., (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9808418-6 (22) 12/03/1998 6.1
(71) Filterwerk Mann + Hummel Gmbh
(DE)
(74) Antonio Maurício Pedras Arnaud
(21) PI 9701448-6 (22) 24/03/1997
(71) Lacks Industries, Inc. (US)
(74) DANIEL & CIA
6.1
(21) PI 9701686-1 (22) 07/04/1997
(71) UCB (BE)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9810304-0 (22) 29/05/1998 6.1
(71) Cerdec Aktiengesellschaft
Keramische Farben (DE) , British
Ceramic Research Limited (GB)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9702354-0 (22) 24/07/1997 6.1
(71) Kerr- Mcgee Chemical Llc (US)
(74) Clarke Modet do Brasil LTDA
(21) PI 9702884-3 (22) 17/09/1997
(71) Rhodia Brasil Ltda (BR/SP)
(74) Sabina Nehmi de Oliveira
6.1
(21) PI 9703500-9 (22) 09/06/1997 6.1
(71) Hoechst Aktiengesellschaft (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9703757-5 (22) 27/06/1997 6.1
(71) Rohm And Haas Company (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9707097-1 (22) 09/02/1997 6.1
(71) Petróleo Brasileiro S.A. - Petrobras
(BR/RJ)
(74) Antonio Claudio C.M. Sant'anna
(21) PI 9712111-8 (22) 19/09/1997 6.1
(71) The Procter Gamble Company (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) MU 7901347-3 (22) 25/06/1999 6.1
(71) Reinaldo Gomes (BR/SC)
(74) Santa Cruz Marcas & Patentes
LTDA
(21) PI 9713612-3 (22) 03/12/1997
(71) Unilever N.V. (NL)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9713613-1 (22) 03/12/1997
(71) Unilever N.V. (NL)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9714581-5 (22) 03/12/1997
(71) The Goodyear Tire & Rubber
Company (US)
(74) DANIEL & CIA
6.1
(21) PI 9714723-0 (22) 21/10/1997
(71) Minnesota Mining And
Manufacturing Company (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9715015-0 (22) 15/12/1997
(71) Institute of Paper Science and
Technology (US)
(74) Trench, Rossi e Watanabe
6.1
(21) PI 9600614-5 (22) 23/02/1996 6.1
(71) Wagner Vedovato (BR/SP)
(74) Astin Marcas e Patentes S/C LTDA
(21) PI 9601575-6 (22) 19/04/1996 6.1
(71) Aventis Cropscience S.A (FR)
(74) Francisco Carlos Rodrigues Silva
(21) PI 9607098-6 (22) 26/02/1996 6.1
(71) Gilead Sciences, Inc. (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9608265-8 (22) 03/05/1996 6.1
(71) Pharmacia & Upjohn Company (US)
(74) Clarke Modet do Brasil LTDA
(21) PI 9807589-6 (22) 20/02/1998 6.1
(71) The Procter & Gamble Company
(US)
(74) Trench, Rossi & Watanabe
(21) PI 9808362-7 (22) 13/03/1998
(71) UCB, S.A. (BE)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9713190-3 (22) 12/08/1997 6.1
(71) Monsanto Company (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9507811-8 (22) 27/05/1995 6.1
(71) Altana Pharma AG (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
6.1
(21) PI 9610359-0 (22) 26/07/1996 6.1
(71) Elbion AG (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) MU 7800434-9 (22) 26/02/1998 6.1
(71) Manfredo Henrique Reimer (BR/SC)
(74) City Patentes e Marcas Ltda.
(21) MU 8201146-0 (22) 25/02/2002 6.1
(71) João Queiroz do Nascim ento
(BR/RJ)
(21) PI 9804740-0 (22) 16/11/1998 6.1
(71) Johnson & Johndon (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
6.1
(21) PI 9810789-5 (22) 11/07/1998 6.1
(71) Filterwerk Mann+Hummel GMBH
(DE)
(74) Antonio Maurício Pedras Arnaud
(21) PI 9810887-5 (22) 14/07/1998 6.1
(71) ABB Power T& D Company, Inc.
(US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9812145-6 (22) 14/08/1998 6.1
(71) The Procter & Gamble Company
(US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9812526-5 (22) 28/08/1998 6.1
(71) Boehringer Ingelheim International,
Gmbh (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9812795-0 (22) 19/11/1998 6.1
(71) Kamterter ll, L.L.c (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9813623-2 (22) 16/12/1998 6.1
(71) Kimberly -Clark Worldwide, Inc (US)
(74) Orlando de Souza
(21) PI 9813838-3 (22) 10/12/1998 6.1
(71) Dow Global Technologies Inc. (US)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(21) PI 9814038-8 (22) 18/09/1998 6.1
(71) EBG Gesellschaft Fuer
Elektromagnetische Weskstoffe MBH
(DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9814985-7 (22) 06/11/1998 6.1
(71) Kronos Titan GmbH & Co. Ohg (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9803055-8 (22) 17/08/1998 6.1
(71) Universidade Estadual de Campinas
- UNICAMP (BR/SP)
(74) Maria Cristina Valim Lourenço
Gomes
(21) PI 9804269-6 (22) 07/08/1998 6.1
(71) Edson Azevedo Palmas (BR/PR)
(21) PI 9814990-3 (22) 16/11/1998 6.1
(71) Clariant GMBH (DE) , Sofitech N.V.
(BE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9900551-4 (22) 08/02/1999
(71) Dyno Nobel Inc. (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9900559-0 (22) 09/02/1999
(71) Saint -Gobain Emballage (FR)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9900747-9 (22) 18/02/1999
(71) Petróleo Brasileiro S.A. PETROBRÁS (BR/RJ)
6.1
(74) Antônio Cláudio Corrêa Meyer
Santanna
(21) PI 9901301-0 (22) 27/04/1999 6.1
(71) Cerdec Aktiengesellschaft
Keramische Farben (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9901540-4 (22) 17/05/1999
(71) Fundação Zerbini (BR/SP)
(74) Maurício Darré
6.1
(21) PI 9902191-9 (22) 20/04/1999
(71) Uni-Charm Corporation (JP)
(74) Waldemar do Nascimento
6.1
(21) PI 9902618-0 (22) 24/06/1999
(71) Kemira Oyj (FI)
(74) Thomaz Thedim Lobo
6.1
(21) PI 9902669-4 (22) 09/07/1999 6.1
(71) Degussa-Huels Aktiengesellschaft
(DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9902786-0 (22) 08/07/1999
(71) Dyno Nobel INC. (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9903220-1 (22) 08/07/1999
(71) Uni-Charm Corporation (JP)
(74) Waldemar do Nascimento
6.1
(21) PI 9903459-0 (22) 09/08/1999 6.1
(71) David Serson (BR/SP)
(74) Gold Star Patentes e Marcas S/C
Ltda.
(21) PI 9903965-6 (22) 30/08/1999
(71) Uni-Charm Corporation (JP)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
6.1
(21) PI 9903980-0 (22) 31/08/1999
(71) Uni-Charm Corporation (JP)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
6.1
(21) PI 9904494-3 (22) 07/07/1999 6.1
(71) Hirofumi Ohnari (JP)
(74) CRUZEIRO/NEWMARC Patentes e
Marcas Ltda.
(21) PI 9904543-5 (22) 10/09/1999
(71) Uni-Charm Corporation (JP)
(74) Waldemar do Nascimento
6.1
(21) PI 9905800-6 (22) 03/12/1999 6.1
(71) Degussa-Huels Aktiengesellschaft
(DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9906205-4 (22) 10/12/1999
(71) Uni-Charm Corporation (JP)
(74) Waldemar do Nascimento
6.1
(21) PI 9907480-0 (22) 03/12/1999 6.1
(71) Hunter Douglas Industries B.V. (NL)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9908032-0 (22) 10/11/1999
(71) Joong-Chun Kwon. (KR)
(74) Waldemar do Nascim ento
6.1
(21) PI 9908245-4 (22) 24/12/1999
(71) Autoliv Development AB (SE)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
6.1
(21) PI 9908308-6 (22) 28/01/1999 6.1
(71) Reinhart Von Nordenskjoeld (DE)
(74) Di Blasi, Parente, S. G. &
Associados S/C
(21) PI 9909008-2 (22) 19/03/1999
(71) Hill-Rom, Inc. (US)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
6.1
(21) PI 9909111-9 (22) 19/03/1999
(71) Hill-Rom, Inc. (US)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
6.1
(21) PI 9909265-4 (22) 08/01/1999 6.1
(71) Breed Automotive Technology, Inc.
104
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
(US)
(74) Paulo C. Oliveira & Cia.
(21) PI 9910659-0 (22) 19/05/1999 6.1
(71) Zodiac Pool Care Europe (FR)
(74) Clarke Modet do Brasil Ltda.
(21) PI 9911892-0 (22) 02/06/1999 6.1
(71) S. D. Warren Services Company
(US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9916569-4 (22) 22/12/1999 6.1
(71) International Truck And Engine
Corporation (US) , TRW Inc (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0014546-7 (22) 04/10/2000 6.1
(71) Pechiney Rhenalu (FR)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
6.8
EXIGÊNCIA ANULADA(**)
(21) PI 0014146-1 (22) 24/08/2000 6.8
(71) Enhance Pharmaceuticals, Inc (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Anulação da exigência por ter sido
indevida.
(21) PI 0301792-3 (22) 17/06/2003 6.8
(71) Gustavo de Souza Lobo (BR/MT)
(74) Joel Ribas Vaz
Anulação da exigência por ter sido
indevida.
(21) PI 0406794-0 (22) 12/01/2004 6.8
(71) Alcan Technology & Management
Ltd. (CH) , Rasselstein Gmbh
(DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Anulação da exigência por ter sido
indevida.
6.9
PUBLICAÇÃO ANULADA
(21) PI 9508867-9 (22) 07/08/1995 6.9
(71) Earth Chemical Co., Ltd (JP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Anulação da publicação da exigênc ia 6.7
da RPI nº 1842 por ter sido indevida.
7. Ciência de Parecer
7.1
CONHECIMENTO DE
PARECER TÉCNICO
(21) MU 7601032-5 (22) 18/06/1996 7.1
(71) Reinaldo Henrique Moreira (BR/SP)
(74) Aguinaldo Moreira
(21) MU 7801725-4 (22) 04/08/1998 7.1
(71) KBK Plásticos Ltda. (BR/RS)
(74) Custódio de Almeida & Cia.
(21) MU 7802269-0 (22) 25/11/1998 7.1
(71) Luiz José dos Santos (BR/SP)
(74) Sociedade Civil BRAXIL Ltda.
(21) MU 7802445-5 (22) 12/11/1998 7.1
(71) Dacio Mucio de Souza (BR/SP)
(74) Global Marcas e Patentes S/C Ltda
(21) MU 7900211-0 (22) 10/02/1999 7.1
(71) David Régis Rousseau (BR/SP) ,
Jean Francis Rousseau (BR/SP)
(74) Leandro Roque de Oliveira Neto
RPI 1850 de 20/06/2006
(21) MU 7900595-0 (22) 12/04/1999 7.1
(71) ANDAIME - Locação Indústria e
Comércio Ltda. (BR/RS)
(74) Lealvi Marcas
(21) MU 7900599-3 (22) 13/04/1999 7.1
(71) Sisson Acessórios de Piscinas Ltda.
(BR/RS)
(74) Custódio de Almeida & Cia.
(21) MU 7900915-8 (22) 14/05/1999 7.1
(71) Flávio Luiz Schneider (BR/RS)
(74) SKO - Direitos da Propriedade
Industrial em Marcas e Patentes Ltda.
(21) MU 7900956-5 (22) 30/04/1999 7.1
(71) Produtos Elétricos Corona Ltda.
(BR/SP)
(74) David do Nascimento
(21) MU 7901001-6 (22) 23/06/1999 7.1
(71) Centercom Produtos e Serviços
Siderúrgicos Ltda. (BR/GO)
(74) Benedita Alves Rêgo
(21) MU 7901474-7 (22) 25/06/1999 7.1
(71) Wender Teixeira Moraes (BR/MG) ,
José Luiz Machado (BR/MG)
(74) PRÓPRIA - Marcas e Patentes
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9903318-6 (22) 16/07/1999
(71) Arehy Silva (BR/SP)
(21) PI 9611871-7 (22) 22/11/1996 7.1
(71) Arpida Ag (CH)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9903995-8 (22) 23/09/1999 7.1
(71) Astrasand do Brasil Técnicas Águas
e Saneamentos Ltda (BR/RS)
(74) Marpa Cons. & Asses. Empresarial
Ltda
(21) PI 9611927-6 (22) 22/11/1996 7.1
(71) The Procter & Gamble Company
(US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9700338-7 (22) 03/03/1997 7.1
(71) Dow Global Technologies Inc. (US)
(74) Paulo Sérgio Scatamburlo
(21) PI 9702841-0 (22) 05/09/1997 7.1
(71) Laboratórios Sintofarma S/A
(BR/SP)
(74) Cruzeiro Newmarc Patentes e
Marcas Ltda.
(21) PI 9702918-1 (22) 25/09/1997 7.1
(71) Universidade Estadual de Campinas
- Unicamp (BR/SP)
(74) Gilberto de Martino Jannuzzi
(21) MU 7901966-8 (22) 20/04/1999 7.1
(71) Terônnio Ferreira Carvalho Santos
(BR/RJ)
(21) PI 9703302-2 (22) 21/05/1997 7.1
(71) Board Of Control Of Michigan
Technological University (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) MU 7902342-8 (22) 14/09/1999 7.1
(71) Norteste Equipamentos e Serviços
Para Gases LTDA (BR/PE)
(74) Continental Marcas e Patentes S/C
Ltda.
(21) PI 9708590-1 (22) 04/04/1997
(71) Crompton Corporation (US)
(74) Bhering Advogados
(21) PI 9601200-5 (22) 29/03/1996 7.1
(71) Pfizer Products Inc. (US) , OSI
Pharmaceuticals, Inc. (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9601324-9 (22) 11/04/1996 7.1
(71) Ciba Specialty Chemicals Holding
Inc .- Ciba Spezialitatencheime Holding
Ag - Ciba Spécialités Chimiques Holding
SA (CH)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9603313-4 (22) 12/07/1996 7.1
(71) Ismael Alves de Brito Neto (BR/DF) ,
Enio Moreira Viotti (BR/DF)
(21) PI 9605965-6 (22) 11/12/1996 7.1
(71) Novartis AG (Novartis SA) (Novartis
Inc.) (CH)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9607101-0 (22) 13/12/1996
(71) Xechem Inc (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
7.1
(21) PI 9608594-0 (22) 20/05/1996 7.1
(71) Bayer Aktiengesellschaft (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9609365-0 (22) 03/06/1996 7.1
(71) American Home Products
Corporation (US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9610943-2 (22) 28/08/1996 7.1
(71) Nitto Denko Corporation (JP) ,
Abbott Japan Co., Ltd (JP)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9610967-0 (22) 08/10/1996 7.1
(71) Centre International de Recherches
Dermatologiques Galderma (FR)
(74) Francisco Carlos Rodrigues Silva
(21) PI 9611826-1 (22) 23/11/1996
(71) B. Braun Melsungen Ag. (DE)
7.1
(21) PI 9905387-0 (22) 19/11/1999 7.1
(71) Paulo Antônio N. Schinestsck
(BR/RS)
(74) MARPA Consultoria & Assessoria
Empresarial Ltda.
(21) PI 9912647-8 (22) 22/07/1999
(71) William B. C. Watkins (US)
(74) Araripe & Associados
7.1
(21) PI 9912972-8 (22) 05/08/1999 7.1
(71) Tamicare Ltd. (GB)
(74) Tinoco Soares & Filho S/C Ltda.
(21) PI 9914997-4 (22) 02/11/1999 7.1
(71) RAS Holding Corporation (US)
(74) Clarke Modet do Brasil Ltda.
(21) PI 0113828-6 (22) 11/09/2001
(71) Manulatex France (FR)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
7.1
9. Decisão
7.1
(21) PI 9814812-5 (22) 27/08/1998 7.1
(71) Separation Technologies Group Pty
Ltd (AU)
(74) Alberto Jerônimo Guerra Neto
(21) PI 9814973-3 (22) 15/10/1998 7.1
(71) Eastman Chemical Company (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9814980-6 (22) 17/11/1998 7.1
(71) Kvaerner Process Systems A.S.
(NO)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9815112-6 (22) 13/11/1998 7.1
(71) Stockhausen Gmbh & Co. KG (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9815625-0 (22) 16/11/1998 7.1
(71) Asahi Kasei Kabushiki Kaisha (JP)
(74) Custódio de Almeida
(21) PI 9816182-2 (22) 19/10/1998
(62) PI9813119- 2 19/10/1998
(71) Steelcase Inc. (US)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(21) PI 9904549-4 (22) 27/09/1999 7.1
(71) Astrasand do Brasil Técnicas, Águas
e Saneamento Ltda (BR/RS)
(74) Custódio de Almeida & CIA
7.1
(21) PI 9711430-8 (22) 20/10/1997 7.1
(71) AAE Technologies International PLC
(IE)
(74) Pinheiro Neto - Advogados
(21) PI 9813550-3 (22) 10/12/1998
(71) Nalco Company (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
7.1
7.1
(21) PI 9902996-0 (22) 27/07/1999 7.1
(71) Kyowa Chemical Industry Co., Ltd.
(JP)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9903025-0 (22) 15/03/1999 7.1
(71) Investronica Sistemas, S.A. (ES)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9903261-9 (22) 30/07/1999 7.1
(71) Carlos Alberto Resende Sobral
(BR/RJ)
(74) Tavares Propriedade Intelectual
Ltda
9.1
DEFERIMENTO
(21) MU 7700097-8 (22) 31/01/1997 9.1
(54) Elementos para estacar plantações.
(71) Eduardo Ferreira Lobo (BR/SP)
(74) Beérre Assessoria Empresarial S/C
Ltda.
(21) MU 7800526-4 (22) 30/04/1998 9.1
(54) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA
APLICADA EM COBERTURA"
(71) Euro Telhas Indústria e Comércio
Ltda. (BR/RS)
(74) MARPA Consultoria & Assessoria
Empresarial Ltda.
(21) MU 7900823-2 (22) 06/05/1999 9.1
(54) "ELEMENTO DE APERTO AUTOAUSTÁVEL PARA ADAPTAÇÃO EM
VÁLVULAS DE ESCOA MENTO"
(71) Amanco Brasil S.A. (BR/SP)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
(21) MU 7901013-0 (22) 16/06/1999 9.1
(54) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA
APLICADA À TUBO COM FURO
VINCADO PARA DERIVAÇÃO"
(71) Companhia de Saneamento de
Minas Gerais - COPASA MG (BR/MG)
(74) Frederico de Ávila
(21) MU 7901497-6 (22) 24/06/1999 9.1
(54) "DISPOSIÇÃO PROPORCIONADA
À MÓVEL CONJUGADO À TÁBUA DE
PASSAR"
(71) D'ITÁLIA Móveis Industrial Ltda.
(BR/RS)
(74) Álvaro Pessin Júnior
(21) MU 790187 8-5 (22) 20/08/1999 9.1
(54) "DISPOSIÇÃO APLICADA EM
LENÇOL PROTETOR DESCARTÁVEL"
(71) Aparecida de Andrade (BR/SP)
(74) VILAGE Marcas & Patentes S/C
Ltda.
(21) MU 7903162-5 (22) 22/12/1999 9.1
(54) "DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM
ARMÁRIO MODULAR"
RPI 1850 de 20/06/2006
(71) Alcides Rodrigues (BR/SP)
(74) Celso de Carvalho Mello
(21) MU 7903339-3 (22) 28/04/1999 9.1
(54) BUCHA DE FIXAÇÃO
(71) Keko Acessóros Ltda (BR/RS)
(74) Sko Oyarzáball Marcas e Patentes
Sociedade Simples Ltda
(21) PI 9600762-1 (22) 16/02/1996 9.1
(54) "PROCESSO E APARELHO PARA
REDUZIR O RUÍDO EM EM UM SINAL
DE VOZ DE ENTRADA ".
(71) Sony Corporation (JP)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9608246-1 (22) 01/05/1996 9.1
(54) "PROCESSO E APARELHO PARA
ANULAR EFEITOS DE MODIFICAÇÕES
DE SINAL DE SICRONISMO DE COR
EM UM SINAL DE VÍDEO"
(71) Macrovision Corporation (US)
(74) Clarke Modet do Brasil LTDA
(21) PI 9609037-5 (22) 03/06/1996 9.1
(54) PROCESSO PARA A
PREPARAÇÃO DE UM COMPOSTO E
COMPOSTO
(71) Syngenta Limited (GB)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9611427-4 (22) 31/10/1996 9.1
(54) Disposição para conectar condutos
que transportam fluido de produção sob
alta pressão.
(71) Framo Engineering A.S. (NO)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9700982-2 (22) 14/02/1997 9.1
(54) MÉTODO PARA OPERAR UM
REATOR DE ALTA TEMPERATURA
PARA TRATAMENTO DE MATERIAIS
DE REFUGO
(71) Thermoselect Ak tiengesellschaft (LI)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9706205-7 (22) 29/07/1997 9.1
(54) "Desincrustante de Superfícies".
(71) José Carlos Rosa (BR/SP)
(74) Calisto Vendrame Sobrinho
(21) PI 9707830-1 (22) 10/03/1997 9.1
(54) "COMPOSIÇÃO DE ARGILA SECA,
E, PROCESSOS PARA ATIVAÇÃO DE
UMA BENTONITA DE METAL
ALCALINO-TERROSO E PARA
FABRICAÇÃO DE PAPEL".
(71) Ciba Specialty Chemicals Water
Treatments Limited (GB)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9711128-7 (22) 07/08/1997 9.1
(54) "PRODUTO COMPÓSITO E SEU
PROCESSO DE FABRICAÇÃO; E
TRATAMENTO QUÍMICO PARA
APLICAÇÃO A FIBRAS PARA
PROCESSAMENTO EM UM FIO
COMPÓSITO ÚTIL PARA DISPOSIÇÃO
EM UM MATERIAL MATRIZ PARA
FORMAÇ ÃO DE UM ARTIGO
COMPÓSITO REFORÇADO COM
FIBRA".
(71) Owens Corning (US)
(74) DANIEL & CIA
(21) PI 9714978-0 (22) 29/09/1997 9.1
(54) "CABEÇOTE CORTANTE
ROTATÓRIO, APARELHO PARA
CORTE DE POLÍMERO E PROCESSO
PARA CORTE DE POLÍMERO".
(71) E. I. Du Pont DE Nemours And
Company (US)
(74) Artur Francisco Schaal
(21) PI 9801533-8 (22) 30/04/1998 9.1
(54) "URÉIA SUBSTITUÍDA COM ÉTER
N, N, N' -TRIMETIL-BIS (AMINOETILA)
PARA A PRODUÇÃO DE
POLIURETANOS, COMPOSIÇÃO DE
CATALISADOR, PROCESSO PARA
CATALISAR A TRIMERIZAÇÃO DE UM
ISOCIANATO E/OU A REAÇÃO ENTRE
UM ISOCIANATO E UM COMPOSTO
QUE CONTÉM UM HIDROGÊNIO
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes 105
REATIVO, E PROCESSO PARA
PREPARAR UMA ESPUMA DE
POLIURETANO".
(71) Air Products And Chemicals, Inc
(US)
(74) Paulo C. Oliveira & Cia.
(21) PI 9803414-6 (22) 10/09/1998 9.1
(54) "PNEU TENDO UMA BANDA DE
RODAGEM DE UMA COMPOSIÇÃO DE
BORRACHA REFORÇADA COM SÍLICA
QUE CONTÉM NEGRO DE FUMO".
(71) The Goodyear Tire & Rubber
Company (US)
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
(21) PI 9804600-4 (22) 10/11/1998 9.1
(54) "COMPOSIÇÃO DE BORRACHA,
BANDA DE ROLAMENTO,
ENVOLTÓRIO DE PNEU, E,
ARTICULAÇÃO ELÁSTICA DE
LIGAÇÃO AO SOLO PARA VEÍCULOS".
(71) Compagnie Générale Des
Etablissements Michelin - Michelin &
CIE. (FR)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9809427-0 (22) 21/04/1998 9.1
(54) "USO DE COMPOSIÇÕES
AMACIANTES DE TECIDOS E
COMPOSIÇÃO AMACIANTE DE
TECIDO".
(71) Ciba Speciality Chemicals Holding
Inc. (CH) , Ciba Spezialitaetenchemie
Pfersee Gmbh (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9810004-1 (22) 10/06/1998 9.1
(54) "ÉTER DE CELULOSE ANIÔNICA
HIDROFOBICAMENTE MODIFICADA,
E, USO DO MESMO".
(71) Akzo Nobel N.V (NL)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9810157-9 (22) 16/06/1998 9.1
(54) "PROCESSO PARA
POLIMERIZAÇÃO DE OLEFINAS".
(71) Borealis A\S (DK)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9810491-8 (22) 24/06/1998 9.1
(54) "ESTRUTURA MULTICAMADA E
TUBO OU CONDUTO".
(71) Rhodia Engineering Plastics S.R.L
(IT)
(74) Francisco Carlos Rodrigues Silva
(21) PI 9811734-3 (22) 26/08/1998 9.1
(54) "DISPOSITIVO DE ABSORÇÃO DA
UMIDADE DO AR".
(71) Henkel Kommanditgesellschaft Auf
Aktien (DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9811947-8 (22) 11/08/1998 9.1
(54) "DISPOSIÇÃO DE FILTRO,
MÉTODO PARA DRENAR DISPOSIÇÃO
DE FILTRO E DISPOSIÇÃO DE
VÁLVULA".
(71) Donaldson Company, INC (US)
(74) DANIEL & CIA
(21) PI 9813100-1 (22) 22/10/1998 9.1
(54) "PROCESSO DE
RECURVAMENTO E DE TÊMPERA DE
UM VIDRO E QUADRO DE
CONFORMAÇÃO PARA A EXECUÇÃO
DO DITO PROCESSO".
(71) Saint -Gobain Vitrage (FR)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9814942-3 (22) 19/08/1998 9.1
(54) "PROCESSO PARA A FORMAÇÃO
DE UMA DISPERSÃO DE PARTÍCULAS
SECAS DE
POLITETRAFLUOROETILENO".
(71) E.I. DU PONT DE NEMOURS AND
COMPANY (US)
(74) Francisco Carlos Rodrigues Silva
(21) PI 9815950-0 (22) 16/07/1998 9.1
(54) "DISPOSITIVO MISTURADOR DE
FLUIDO".
(71) Renner Herrmann S.A. (BR/PR)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9903348-8 (22) 26/07/1999 9.1
(54) "DISPOSITIVO ANTI- TENSÃO
PARA CALÇADOS"
(71) Calçados Samello S/A (BR/SP)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
(21) PI 9903517-0 (22) 12/08/1999 9.1
(54) "UTENSÍLIO PARA A DISPERSÃO
DE ÁGUA ATRAVÉS DE CORREIAS DE
CHINELO OU SANDÁLIAS"
(71) João Batista Ferreira (BR/MG)
(21) PI 9905330-6 (22) 05/10/1999 9.1
(54) MÉTODO PARA COBERTURA
COM ESCÓRIA DE PAREDE DE
CONVERSOR
(71) JFE Steel Corporation (JP)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9913625-2 (22) 31/08/1999 9.1
(54) Sistema de montagem de molas
internas automatizado, sistema para
fabricação automatizada de montagens
de molas internas, dispositivo de
formação de espira, sistema
transportador, máquina de montagem de
molas internas autom atizada e matriz de
engate de espira.
(71) Sealy Technology LLC (US)
(74) Clarke Modet do Brasil LTDA
(21) PI 9913801-8 (22) 20/09/1999
(54) Método e equipamento para
remodelagem da estrutura de um
recipiente.
(71) Ball Corporat ion (US)
(74) City Patentes e Marcas Ltda.
9.1
(21) PI 9916712-3 (22) 15/12/1999 9.1
(54) LIMPADOR DE PÁRA-BRISA DE
VEÍCULO AUTOMÓVEL
(71) Valeo Systemes D'Essuyage (FR)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9917479-0 (22) 30/07/1999 9.1
(54) Estrutura de aeronave e fita de
condução de calor
(71) Northcoast Technologies (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0002528-3 (22) 30/05/2000 9.1
(54) APARELHO PARA BOBINAMENTO
DE TIRA DE AÇO
(71) Mitsubishi Heavy Industries, LTD.
(JP)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 0003214-0 (22) 31/07/2000 9.1
(54) Aparelho para impelir axialmente um
conjunto de mancal
(71) Morgan Construction Company (US)
(74) Vieira de Mello Advogados
(21) PI 0010691-7 (22) 20/04/2000 9.1
(54) Processo e dispositivo para fundir
material metalífero contendo partículas
finas, como esponja de ferro
(71) Voest-Alpine Industrieanlagenbau
GMBH (AT)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0011715-3 (22) 19/06/2000 9.1
(54) Ferramenta para conformação sob
pressão de placa de metal, e, processo
para regular a pressão superficial em um
esboço em uma ferramenta de pressão.
(71) Hy draulico A/S (DK)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 0011874-5 (22) 26/06/2000
(54) EQUIPAMENTO PARA
VAZAMENTO CONTÍNUO
HORIZONTAL DE METAL, EM
PARTICULAR ALUMÍNIO
(71) Norsk Hydro ASA (NO)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
9.1
(21) PI 0011881-8 (22) 26/06/2000
9.1
(54) EQUIPAMENTO PARA
VAZAMENTO CONTÍNUO
HORIZONTAL DE METAL, EM
PARTICULAR ALUMÍNIO
(71) Norsk Hydro ASA (NO)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 0013459-7 (22) 16/08/2000 9.1
(54) Máquina de fundição de tira
compreendendo dois rolos de fundição.
(71) SMS Demag AG (DE) , Main
Management Inspiration AG (CH)
(74) Clarke Modet do Brasil Ltda.
9.1.1
DECISÃO ANULADA(**)
(21) C1 9802001-3 (22) 31/01/2000 9.1.1
(54) FREIO FERROVIÁRIO MONTADO
EM TRUQUE COM CABEÇOTE DE
FREIO REMOVÍVEL
(61) PI9802001- 3 12/06/1998
(71) New York Air Brake Corporation
(US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Anulado o deferimento publicado na RPI
1818 de 08/11/05 por ter sido indevido
9.1.3
REPUBLICAÇÃO
(21) PI 0007046-7 (22) 24/08/2000 9.1.3
(54) Processo de fabricação de uma lata
em forma de garrafa e ferramenta de
formação para uso no processo.
(71) Daiwa Can Company (JP)
(72) Yasushi Enoki, Yukio Ogawa, Satoru
Moriyama
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Referente à RPI 1845 de 16/05/2006.
9.1.4
RETIFICAÇÃO
(21) PI 9507495-3 (22) 07/04/1995 9.1.4
(54) AÇÚCAR -CANDE COM AÇÃO
NEUTRALIZADORA DA PLACA
DENTÁRIA
(71) Dibona Holding Ag (CH)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Retificação da publicação de deferimento
por ter sido efetuada com incorreção. Tal
publicação não implica na alteração da
data do deferimento e nos prazos
decorrentes da mesma.
(21) PI 9602652-9 (22) 05/06/1996 9.1.4
(54) COMPOSIÇÃO EM
MICROCÁPSULA, PROCESSO PARA A
PREPARAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO
EM MICROCÁPSULAS, MÉTODO DE
CONTROLE DE PESTE, E,
COMPOSIÇÃO PESTICIDA
(71) American Cyanamid Company (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Referente a RPI 1843 de 02/05/2006.
Por ter saído com o título incorreto.
9.2
INDEFERIMENTO
(21) MU 7901182-9 (22) 09/06/1999 9.2
(54) "APERFEIÇOAMENTO
INTRODUZIDO EM CABO PARA
PANELA DE PRESSÃO"
(71) José Carlos Fronteira Teodoro
(BR/SP)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C Ltda.
"Indeferido com base no Art. 9º em vista
do art. 14 da LPI."
(21) PI 9505467-7 (22) 27/12/1995 9.2
(54) "Aquecedor de água com comando
eletro-eletrônico"
(71) Duchacorona Ltda (BR/SE)
(74) Ana Paula Santos Celidonio
(21) PI 9612955-7 (22) 25/10/1996
9.2
106
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
(54) PROCESSO PARA PREPARAÇÃO
DE UM DERIVADO DE 1-(1,2PIPERIDINIL DISSUBSTITUÍDO)-4PIPERAZINA SUBSTITUÍDA E
PROCESSO PARA A PREPARAÇÃO
DE UMA COMPOSIÇÃO
(62) PI9611184- 4 25/10/1996
(71) Janssen Pharmaceutica N.V. (BE)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Indefiro o pedido de patente com base
no Artigo 229-A da Lei nº 10.196 de
14/02/2001, que alterou dispositivos do
Artigo 229 da LPI de 14/05/11996.
(21) PI 9612959-0 (22) 19/12/1996 9.2
(54) APLICAÇÕES DE AMIDAS
TRICÍCLICAS PARA PREPARAÇÃO DE
MEDICAMENTOS ÚTEIS PARA A
INIBIÇÃO DA FUNÇÃO DA GPROTEÍNA E PARA O TRATAMENTO
DE DOENÇAS PROLIFERATIVAS
(62) PI9612203- 0 19/12/1996
(71) Schering Corporation (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Indefiro o pedido de patente com base
no artigo 229-A da LPI nº 9.279,
conforme redação da lei nº 10.196 de
14/02/2001.
11. Arquivamento
11.6
ARQUIVAMENTO DO
PEDIDO - ART. 216
PARÁG. 2º DA LPI
(21) MU 8401970-0 (22) 04/06/2004 11.6
(71) Revenda de Gás Familia Boy LtdaME (BR/AC)
(21) MU 8500935-0 (22) 17/05/2005 11.6
(71) Sergio Entres (BR/SC)
(74) Agência Gaúc ha de Marcas e
Patentes Ltda
(21) PI 0402727-2 (22) 15/07/2004 11.6
(71) Almir Gomes de Oliva Filho (BR/RJ)
, Ricardo César Pina Dantas (BR/RJ) ,
Alois Sgier (BR/RJ)
(74) Alves, Vieira, Lopes & Atem
Advogados
(21) PI 0403272-1 (22) 20/07/2004 11.6
(71) Ronaldo da Silva Furtado Filho
(BR/RJ)
(74) Domingos Capistrano
(21) PI 0404444-4 (22) 28/06/2004 11.6
(71) Opibra- Operações Internacionais do
Brasil Ltda (BR/MG)
(21) PI 0404873-3 (22) 22/07/2004 11.6
(71) Marisa Junqueira Nobrega Affonso
Ferreira (BR/SP)
(74) Proind Marcas e Patentes S/C LTDA
(21) PI 0406448-8 (22) 12/11/2004 11.6
(71) Triodyne Safety Systems, LLC (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0408581-7 (22) 19/10/2004 11.6
(71) Furnas Centrais Elétricas S.A
(BR/RJ)
(74) Marise Kantz Diniz
11.6.1
ARQUIVAMENTO DA
PETIÇÃO - ART. 216
PARÁG. 2º DA LPI
(21) PI 9804539-3 (22) 29/10/1998
11.6.1
(71) Francisco de Assis da Silva (BR/SP)
(74) Ivan Sardelic
Arquivada a petição DESP
018060010563 de 06/02/2006 uma vez
que não foi apresentada procuração para
Toledo Corrêa Marcas e Patentes S/C
Ltda.
(21) PI 9906635-1 (22) 30/07/1999
11.6.1
(71) Grupo Antolin-Ingenieria, S.A (ES)
(74) Belleza Marcas E Patentes Ltda
Arquivada a petição DESP
018050053904 de 21/11/2005 uma vez
que não foi apresentada procuração para
Martinez & Moura Barreto S/C Ltda.
(21) PI 9916588-0 (22) 23/12/1999
11.6.1
(71) Buitendijk Holding B.V. (NL) , Hans
Van Der Poel (NL)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Referente à petição 007148 de
25/06/2001.
RPI 1850 de 20/06/2006
11.14
PUBLICAÇÃO ANULADA
(21) PI 0301792-3 (22) 17/06/2003 11.14
(71) Gustavo de Souza Lobo (BR/MT)
(74) Joel Ribas Vaz
Referente à RPI 1822 de 06/12/2005.
12. Recurso
12.2
RECURSO CONTRA O
INDEFERIMENTO
(21) MU 7900008-8 (22) 18/01/1999 12.2
(71) Maria das Mercês Navarro
Vasconcellos (BR/RJ)
(21) MU 7901873-4 (22) 20/08/1999 12.2
(71) Eder Cleiton Nardelli (BR/SC)
(74) Sant a Cruz Consultoria Em Marcas
& Patentes Ltda
(21) PI 9507562-3 (22) 12/04/1995 12.2
(71) Hoechst Schering Agrevo GmbH
(DE)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0000565-7 (22) 06/01/2000
11.6.1
(71) Visteon Automotive Systems Inc.
(US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Arquivada a petição SP 456 de
06/01/2003 uma vez que não foi
apresentada procuração para Símbolo
Marcas e Patentes Ltda.
(21) PI 9509423-7 (22) 12/09/1995 12.2
(71) E. Khashoggi Industries LLC (US)
(74) Veirano e Advogados Associados
(21) PI 0000566-5 (22) 06/01/2000
11.6.1
(71) Visteon Automotive Systems Inc.
(US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Arquivada a petição SP 457 de
06/01/2003 uma vez que não foi
apresentada procuração para Símbolo
Marcas e Patentes Ltda.
(21) PI 9607575-9 (22) 01/11/1996 12.2
(71) Robert H. Getzenberg, norteamericano (US) , Robert R. Bahnson
(US)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 0000567-3 (22) 06/01/2000
11.6.1
(71) Visteon Automotive Systems Inc.
(US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Arquivada a petição SP 458 de 06/01/03
uma vez que não foi apresentada
procuração para Símbolo Marcas e
Patentes Ltda.
(21) PI 0107992-1 (22) 31/01/2001
11.6.1
(71) Scientific-Atlanta, INC. (US)
(74) Clarke Modet do Brasil Ltda
Referente à petição 007641/RJ de
31/07/2002.
11.12
ART. 26 PARÁGRAFO
ÚNICO DA LPI
(21) PI 9207236-4 (22) 06/04/1992 11.12
(62) PI9201217- 5 06/04/1992
(71) Eli Lilly and Company (US)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Arquivado o pedido de divisão, de acordo
com o disposto no Art. 26 da LPI, por ter
sido requerido após o final do exame,
conforme definido no item 7.5 do AN 127
de 05/03/97, uma vez que o pedido
original foi indeferido em 14/09/99.
(21) PI 9510777-0 (22) 11/10/1995 12.2
(62) PI9504382- 9 11/10/1995
(71) Johnson & Johnson (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9608502-9 (22) 06/06/1996 12.2
(71) Nippon Shinyaku CO., LTD (JP)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9609235-1 (22) 06/05/1996 12.2
(71) Immunotech Developments INC.
(CA)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9707167-6 (22) 22/01/1997 12.2
(71) Regents Of The University Of
Minnesota (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9710487-6 (22) 17/07/1997 12.2
(71) Cornell Research Foundation, Inc
(US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(21) PI 9713811-8 (22) 19/06/1997 12.2
(62) PI9706804- 7 19/06/1997
(71) Novartis Ag (Novartis SA) (Novartis
Inc) (CH)
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
(21) PI 9901160-3 (22) 03/05/1999 12.2
(71) Didimo de Souza (BR/GO)
(21) PI 0210254-4 (22) 18/03/2002 12.2
(71) Helio Santiago Olmos (BR/SP)
15. Outros Referentes a
Pedidos
15.7
PETIÇÃO NÃO
CONHECIDA
(21) MU 8202108-2 (22) 30/08/2002 15.7
(71) Wilson Batista da Costa (BR/MG)
Não conhecida a petição
14060002155/MG de 13/03/2006, com
base no Art. 218, § 1º da LPI.
(21) PI 9802100-1 (22) 14/05/1998 15.7
(71) Engetherm Eletrotérmica Ltda ME
(BR/SP)
(74) Informe Federal Assessoria da
Propriedade Industrial S/C Ltda
Não conhecida a petição SP 13.253 de
25/05/01 em virtude do disposto no
Art.218, II da LPI 9.279/96.
15.9
PERDA DE PRIORIDADE
(21) PI 0500040-8 (22) 13/01/2005 15.9
(71) Glória Maria Manzano (BR/RJ)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
15.10
MUDANÇA DE
NATUREZA
(21) MU 7603558-1 (22) 11/03/1996 15.10
(54) TAMPA PARA UMA CAIXA DE
BATERIA DE VEÍCULO"
(71) Scania CV AB (SE)
(74) Matilde da R. Castellani
Mudada a natureza do pedido de PI
9600976- 4 para MU 7603558-1
(21) PI 9702754-5 (22) 13/08/1997 15.10
(54) TOUCA PROTETORA CAPILAR
(71) Marcello de Souza Rodrigues
(BR/SP)
(74) Marthom Assessoria Empresarial
Ltda.
Alterada a natureza e a numeração
para MU 7703294- 2.
(21) PI 9804229-7 (22) 15/07/1998 15.10
(54) "DEGRAU PORTÁTIL PARA
ESCALADA EM ÁRVORES E POSTES
DE MADEIRA OU CONCRETO"
(71) Companhia Energética de Minas
Gerais - CEMIG (BR/MG)
(74) José Henrique Diniz
Alterada a natureza e a numeração
para MU 7802875- 2.
(21) PI 0001198-3 (22) 11/04/2000 15.10
(54) "APERFEIÇOAMENTOS
INTRODUZIDOS EM SISTEMA DE
ILUMINAÇÃO SUBAQUÁTICA PARA
PISCINAS E TANQUES
ORNAMENTAIS"
(71) Aníbal René Reichenbach (BR /SP)
(74) Maria do Rosário de Lima
Alterada a natureza e a numeração
para MU 8003202- 8.
15.22
DEVOLUÇÃO DE PRAZO
CONCEDIDA
(21) PI 9711797-8 (22) 04/03/1997 15.22
(71) The Research Foundation of the
State University of New York (US)
(74) Francisco Carlos Rodrigues Silva
RPI 1850 de 20/06/2006
Concedida a solicitação de devolução de
prazo.
15.33
REPUBLICAÇÃO
(21) PI 9900149-7 (22) 04/01/1999 15.33
(71) Sebastião Netto de Carvalho e Silva
(BR/SP)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C Ltda
Ref. à RPI 1847 de 30/05/2006. Alterada
a natureza e a numeração para MU
7903338- 5.
16. Concessão de
Patente ou Certificado
de Adição de Invenção
16.1
CONCESSÃO DE
PATENTE OU
CERTIFICADO DE
ADIÇÃO DE INVENÇÃO
(11) MU 7802550-8 (22) 28/12/1998 16.1
(43) 09/05/2000
(51) B28D 1/12
(54) LÂMINA DE AÇO PARA
DESDOBRAMENTO DE BLOCOS DE
GRANITO E MÁRMORE
(73) Newport Steel Indústria e Comércio
Ltda. (BR/SP)
(72) João Fortunato Marzi
(74) Aguinaldo Moreira
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 28/12/1998,
observadas as condições legais.
(11) MU 7802598-2 (22) 18/12/1998 16.1
(43) 20/06/2000
(51) A47B 5/00, B66F 7/16
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA
APLICADA EM MESA OU
PLATAFORMA ELEVATÓRIA
UTILIZADA PARA PRODUÇÃO E OU
MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS
DIVERSOS
(73) Silmar Equipamentos Hidráulicos
Ltda. (BR/SP)
(72) Silmar Carlos Limberti
(74) SETA Marcas e Patentes Ltda.
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 18/12/1998,
observadas as condições legais.
(11) MU 7900240-4 (22) 08/02/1999 16.1
(43) 05/09/2000
(51) A44B 17/00
(54) CONFIGURAÇÃO EM BOTÃO DE
PRESSÃO
(73) Cláudio Antônio Frota Albuquerque
(BR/RS)
(72) Cláudio Antônio Frota Albuquerque
(74) César Alexandre Leão Barcellos
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 08/02/1999,
observadas as condições legais.
(11) MU 7900688-4 (22) 29/04/1999 16.1
(43) 31/10/2000
(51) A61G 5/02
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM
CADEIRA DE RODAS PARA
TETRAPLÉGICOS
(73) Ortopedia Jaguaribe Indústria e
Comércio Ltda. (BR/SP)
(72) José Carlos Rodrigues de Souza
(74) BRITÂNIA Marcas e Patentes S/C
Ltda.
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 29/04/1999,
observadas as condições legais.
(11) MU 7901445-3 (22) 24/06/1999 16.1
(43) 19/09/2000
(51) A61F 2/02
(54) PARAFUSO PARA USO EM
IMPLANTES INTERSOMÁTICOS
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes 107
LOMBAR E CERVICAL
(73) Geraldo Marins dos Reis Júnior
(BR/SP)
(72) Geraldo Marins dos Reis Júnior
(74) Silva & Guimarães Marcas e
Patentes Ltda.
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 24/06/1999,
observadas as condições legais.
(11) MU 7902377-0 (22) 22/09/1999 16.1
(43) 17/04/2001
(51) E06B 9/00
(54) DISPOSIÇÃO APLICADA NO
SUPORTE PONTIAGUDO PARA
MUROS E SIMILARES
(73) Garoni Carlos Mendes (BR/SP)
(72) Garoni Carlos Mendes
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 22/09/1999,
observadas as condições legais.
(11) MU 7902756-3 (22) 28/10/ 1999 16.1
(30) 22/01/1999 ES 9900163
(43) 12/09/2000
(51) B65D 5/32
(54) Caixa de papelão armável manual
ou mecanicamente de forma indistinta
(73) Cartonajes International, S.A.
(Cartisa) (ES)
(72) Jesús Boveda Berard
(74) Tinoco Soares & Filho S/C Ltda
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 28/10/1999,
observadas as condições legais.
(11) MU 7902964-7 (22) 20/12/1999 16.1
(43) 24/07/2001
(51) A46B 3/00
(54) ESCOVA ANATÔMICA
(73) Plásticos Vandux de Colômbia S.A.
(CO)
(72) Alberto Lee Bigio Grunfeld
(74) SANTA CRUZ Marcas & Patentes
Ltda.
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 20/12/1999,
observadas as condições legais.
(11) MU 7903086-6 (22) 10/12/1999 16.1
(43) 31/07/2001
(51) A61G 1/02
(54) CARRO-MACA HOSPITALAR
(73) Centro Médico Especializado S/C
Ltda. (BR/SP)
(72) Wladmir Gubeissi Pinto
(74) BEÉRRE Assessoria Empresarial
S/C Ltda.
Prazo de Validade: 15 (quinze) anos
contados a partir de 10/12/1999,
observadas as condições legais.
(11) PI 9200503-9 (22) 13/02/1992 16.1
(30) 15/02/1991 US 07/656.538
(43) 20/10/1992
(51) C08L 27/06
(54) COMPOSIÇÃO TERMOPLÁSTICA,
TUBO EXTRUDADO E PROCESSO
PARA FORMAR UM TUBO
EXTRUDADO A PARTIR DE UMA
COMPOSIÇÃO TERMOPLÁ STICA DE
CPVC
(73) Noveon Ip Holdings Corp (US)
(72) Joachim Ernst Hartitz
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9407767-3 (22) 05/10/19 94 16.1
(30) 08/10/1993 DK 1133/93; 02/02/1994
DK 0140/94
(51) C12N 9/28, C12N 15/56, C11D
3/386
(54) COMPOSIÇÃO DETERGENTE E
ADITIVO DETERGENTE
(73) Novozymes A/S (DK)
(72) Henrik Bisgard-Frantzen, Torben
Vedel Borchert, Allan Svendsen,
Marianne Thellersen, Pia Van Der Zee
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9500013-5 (22) 03/01/1995 16.1
(30) 05/01/1994 GB 9400101.3;
26/05/1994 US 249.915
(43) 26/09/1995
(51) H04L 12/56, H04B 7/14
(54) MÉTODO E APARELHO PARA
TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÕES DE
GUIAS DE PROGRAMAÇÃO DE
TELEVISÃO COM TRANSMISSÃO VIA
SATÉLITE
(73) Thomson Consumer Electronics, Inc
(US)
(72) John William Chaney, Kevin Elliott
Bridgewater
(74) Daniel & Cia
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9505252-6 (22) 21/11/1995 16.1
(30) 21/11/1994 IL 111772
(43) 16/09/1997
(51) H04Q 7/36
(54) REDE DE COMUNICAÇÃO E
PROCESSO PARA ALOCAR
FREQÜÊNCIAS EM UMA REDE DE
COMUNICAÇÃO GEOGRAFICAMENTE
DISTRIBUÍDA
(73) Alvarion Israel (2003) Ltd. (IL)
(72) Moshe Levin
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9506138-0 (22) 29/12/1995 16.1
(30) 30/12/1994 FR 94 16017
(43) 31/03/1998
(51) C12N 15/86, C12R 1/92, A61K
39/295, A61K 39/255, A61K 39/245
(54) VACINA VIVA RECOMBINANTE
AVIÁRIA, BEM COMO FÓRMU LA DE
VACINA MULTIVALENTE
(73) Merial (FR)
(72) Jean-Christophe Francis Audonnet,
Michel Joseph Marie Bublot, Raphael
Jean Darteil, Carole Veronique Duinat,
Eliane Louise Laplace, Michel Albert
Emile Riviere
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreir a
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9507473-2 (22) 13/04/1995 16.1
(30) 18/04/1994 US 08/229291
(51) C12N 15/38, C12N 1/21, C12N 5/10,
C07K 14/05, A61K 39/245
(54) FRAGMENTO DE DNA, VETOR, E,
MICROORGANISMO
(73) Aviron (US)
(72) Richard Spaete, Winthrop T.
Jackman
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9507873-8 (22) 10/05/1995 16.1
(30) 18/05/1994 DE 94 201402.8(EP)
(51) A61K 9/00, A61K 47/40
(54) EMULSÃO MUCOADESIVA
COMPREENDENDO CICLODEXTRINA
OU DERIVADOS DA MESMA
(73) Janssen Pharmaceutica N.V. (BE)
(72) Peter Putteman, Marc Karel Jozef
Francois, Eric Carolus Leonarda
Snoeckx
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9508889-0 (22) 14/07/1995 16.1
(30) 02/08/1994 US 08/284,925;
07/06/1995 US 08/481,791
(51) C07F 17/00, C08F 10/00
(54) COMPLEXO DE METAL,
COMPOSIÇÃO DE MATÉRIA ÚTIL
COMO CATALISADOR DE
POLIMERIZAÇÃO DE OLEFINAS E
PROCESSO DE POLIMERIZAÇÃO DE
OLEFINAS
(73) Dow Global Technologies Inc. (US)
(72) Francis J. Timmers, James C.
Stevens, Robert K. Rosen, Jasson T.
Patton, David R. Neithamer, David D.
Devore
(74) Paulo Sérgio Scatamburlo
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9509665-5 (22) 14/11/1995 16.1
(30) 14/11/1994 US 08/337795;
05/06/1995 US 08/464398; 03/11/1995
US 08/552794
(51) A61K 38/05, C07K 5/04, C07C
229/00
(54) COMPOSTO E FORMULAÇÃO
FARMACÊUTICA
(73) Cephalon Inc. (US)
(72) Mohamed Iqbal, James Diebold,
Robert Siman, Sankar Chatterjee, James
C. Kauer
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9510703-7 (22) 19/05/1995 16.1
(51) B44C 1/165, B32B 3/14, B32B 3/16
(54) CARTUCHO REMOVÍVEL E
APARELHO PARA PROCESSAR UM
ELEMENTO BÁSICO UTILIZANDO O
CARTUCHO REMOVÍVEL
(62) PI9507735- 9 19/05/1995
(73) Minnesota Mining and
Manufacturing Company (US)
(72) Robert V. O'Keefe, Franklin C.
Bradshaw
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9601310-9 (22) 10/04/1996 16.1
(30) 11/04/1995 DE 195 13 207.6
(43) 13/01/1998
(51) C07C 29/147
(54) PROCESSO PARA A
PREPARAÇÃO DE UM ÁLCOOL
GRAXO A PARTIR DE UMA MISTURA
DE PARTIDA LÍQUIDA
(73) Metallgesellschaft AG (DE)
(72) Dr. Henning Buchold, Dr. FritzJuergen Gaertner, Gert Mallok, Dr.
Eberhard Schlichting, Dr. Hans -Martin
Stoenner
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9601581-0 (22) 22/04/1996 16.1
(43) 27/07/1999
(51) C07F 9/38
(54) PROCESSO PARA PREPARAÇÃO
DE N-FOSFONOMETILGLICINA
(73) Nortox S/A (BR/PR)
(72) Pedro Puig Ibañes, Daniela Amaral
Alves
(74) LLC - Info Connection Ltda
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9602072-5 (22) 18/04/1996 16.1
(43) 06/10/1998
(51) A23P 1/12, A21D 15/00
(54) MOINHO PARA REJEITOS DE
BISCOITOS E AFINS
(73) Marco Antonio Martani (BR/SP)
(72) Marco Antonio Martani
(74) A Criativa Marcas e Patentes S/C
Ltda.
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9602673-1 (22) 05/06/1996 16.1
(30) 07/06/1995 US 478088
(43) 10/11/1998
(51) C07D 251/60, C07D 251/62
(54) PROCESSOS CONTÍNUO E NÃOCATALÍTICO, A ALTA PRESSÃO, PARA
108
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
PRODUÇÃO DE MELAMINA A PARTIR
DE URÉIA
(73) DSM Melamine B.V. (NL)
(72) David Best, Amit Gupta
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9603536-6 (22) 23/08/1996 16.1
(30) 23/08/1995 US 08/518,744
(43) 12/05/1998
(51) H01R 4/50
(54) CONECTOR EM CUNHA E
PROCESSO DE FORMAÇÃO DE UMA
BLINDAGEM PARA O MESMO
(73) Framatome Connectors International
(FR)
(72) Richard Chadbourne, William J.
Lasko
(74) Paulo Sérgio Scatamburlo
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 23/08/1996,
observadas as condições legais.
(11) PI 9604966-9 (22) 03/04/1996 16.1
(30) 05/04/1995 US 08/417.652
(51) A61K 9/70, A61K 31/715, C07H 1/00
(54) COMPOSIÇÕES DE FOLHA DE
MEMBRANA MACROMOLECULAR
BIOCOMPATÍVEL E NÃO
IMUNOGÊNICA; BOLSA; SUPERFÍCIE
PARA CULTURA DE CÉLULAS IN
VITRO.
(73) Biomm Incorporated (US)
(72) Marcos Mares -Guia
(74) Daniel & Cia
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9605221-0 (22) 23/10/1996 16.1
(30) 25/10/1995 US 08/547,853
(43) 21/07/1998
(51) C01C 1/04, C01B 3/02
(54) PROCESSO DE RETROAJUSTE
PARA AUMENTAR A CAPACIDADE DE
PRODUÇÃO DE UMA PLANTA DE
AMÔNIA, E, PROCESSO PARA A
SÍNTESE DE AMÔNIA
(73) The M.W. Kellogg Company (US)
(72) Josef Ray LeBlanc, Stan A. Knez
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 23/10/1996,
observadas as condições legais.
(11) PI 9605466-2 (22) 30/10/1996 16.1
(43) 25/11/2003
(51) H02B 3/00
(54) ESFERA DE SINALIZAÇÃO
DIURNA PARA LINHAS AÉREAS COM
DISPOSITIVO PARA INSTALAÇÃO E
RETIRADA A PARTIR DE
HELICÓPTERO
(73) Ritz do Brasil S.A. (BR/MG)
(72) Emil Ritz
(74) Magalhães & Associados Ltda
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 30/10/1996,
observadas as condições legais.
(11) PI 9605739-4 (22) 28/11/1996 16.1
(30) 29/11/1995 CH 95203277.9(EP)
(43) 25/08/1998
(51) A23P 1/12, A23K 1/14
(54) DISPOSITIVO DE CORTE
(73) Societe des Produits Nestle S.A.
(CH)
(72) Denis Janot, Laurent Sisiak
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vint e) anos
contados a partir de 28/11/1996,
observadas as condições legais.
(11) PI 9605759-9 (22) 29/11/1996 16.1
(30) 30/11/1996 DE 195 44 599.6
(43) 25/08/1998
(51) C07D 487/02
(54) PROCESSO PARA PREPARAÇÃO
CONTÍNUA DE 4-AMINO-2,2,6,6, TETRAMETILPIPERIDINA
(73) Degussa AG (DE)
(72) Dr. Udo Jegelka, Dr. Gerhard
Bachstaedter, Stefan Frentzen, Guenter
Kreilkamp, Gerhard Thelen
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 29/11/1996,
observadas as condições legais.
(11) PI 9606108-1 (22) 16/12/1996 16.1
(43) 08/09/1998
(51) A01K 13/00
(54) TRONCO PARA CONTENÇÃO DE
BOVINO COM PESCOCEIRAS
PARALELAS
(73) José Carlos Beckheuser (BR/PR)
(72) José Carlos Beckheuser
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 16/12/1996,
observadas as condições legais.
(11) PI 9606928-7 (22) 21/11/1996 16.1
(30) 23/11/1995 IT MI95 A002435
(51) H01J 61/28, H01J 9/395
(54) MÉTODO PARA PRODUZIR UM
DISPOSITIVO PARA FORNECIMENTO
DE MERCÚRIO, ABSORÇÃO DE
GASES REATIVOS E BLINDAGEM DE
ELETRODO DENTRO DE LÂMPADAS
FLUORESCENTES E DISPOSITIVO
(73) Saes Getters S.P.A (IT)
(72) Massimo Della Porta
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 21/11/1996,
observadas as condições legais. - Nas
linhas 18 e 19 da página 1 do Quadro
Reivindicatório onde se lê "trilhas de pó
(24, 24') em torno", leia-se "trilhas de pó
em torno".
(11) PI 9607296-2 (22) 02/02/1996 16.1
(30) 21/02/1995 US 391110
(51) G06F 1/16, H05K 7/16
(54) COMPUTADOR COMPANHEIRO
(73) Intel Corporation (US)
(72) Homer T. Gee, Daniel C. Steere Jr,
Walter S. Matthews
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9607477-9 (22) 06/03/1996 16.1
(30) 15/03/1995 CH 740/95; 17/11/1995
CH 3269/95
(51) C07D 251/24, C08K 5/3492, C07D
405/04, C07D 251/10
(54) TRIAZINAS SUBSTITUÍDAS POR
BIFENILA COMO ESTABILIZANTES DE
LUZ, PROCESSOS PARA SUA
PREPARAÇÃO, BENZOXAZIZONA,
SEU PROCESSO DE PREPARAÇÃO,
COMPOSIÇÃO, MÉTODO PARA
AUMENTAR O FATOR DE PROTEÇÃO
SOLAR DE MATERIAIS DE FIBRAS
TÊXTIS, PROCESSO PARA
ESTABILIZAR MATERIAL ORGÂNICO
CONTRA DANOS CAUSADOS PELA
LUZ, OXIGÊNIO E/OU CALOR,
PREPARADO COSMÉTICO, BEM
COMO USO DAS REFERIDAS
TRIAZINAS
(73) Ciba Specialty Chemicals Holding
Inc. (CH)
(72) Ian John Fletcher, Juergen Kaschig,
Georges Metzger, Dieter Reinehr, Pascal
Hayoz
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9607956-8 (22) 11/01/1996 16.1
(30) 24/03/1995 US 08/409.237
(51) H04L 1/18, H04Q 1/30, H04Q 5/22
RPI 1850 de 20/06/2006
(54) MÉTODO E APARELHO PARA
TRANSMISSÃO DE LEMBRETES EM
UM SISTEMA DE COMUNICAÇÃO
(73) Motorola, Inc. (US)
(72) Eric Thomas Eaton
(74) Carlos André B. Cavalcanti
Prazo de Validade: 10 (dez) anos
contados a partir de 20/06/2006,
observadas as condições legais.
(11) PI 9700307-7 (22) 26/02/1997 16.1
(30) 07/03/1996 CH 00596/96
(43) 27/10/1998
(51) B29C 45/00, B29L 31/42, A46D 3/00
(54) PROCESSO PARA A
FABRICAÇÃO DE ESCOVAS
ROTATÓRIAS PARA A LAVAGEM
AUTOMÁTICA DE CARROS
(73) Edoardo Favagrossa S.r.l. (IT)
(72) Max Zigerlig
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 26/02/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9703547-5 (22) 13/06/1997 16.1
(30) 13/06/1996 JP 8-188006
(43) 06/06/2000
(51) B65H 3/08
(54) APARELHO PARA EMISSÃO DE
UM CORPO EM FORMA DE FOLHA
(73) Asahi Seiko Co. Ltd. (JP)
(72) Takashi Ehara
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (v inte) anos
contados a partir de 13/06/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9705642-1 (22) 11/12/1997 16.1
(30) 12/12/1996 US 766163
(43) 09/03/1999
(51) A01D 45/02
(54) Desespigador de milho em carreiras
estreitas com unidades de fileira de
alturas alternadas
(73) Case Corporation (US)
(72) Richard E. Mc Millen
(74) Paulo Sérgio Scatamburlo
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 11/12/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9707070-0 (22) 22/01/1997 16.1
(30) 25/01/1996 US 591,819
(51) C07C 7/144
(54) PROCESSO DE SEPARAÇÃO DE
HIDROCARBONETOS E/OU
COMPOSTOS OXIGENADOS
ATRAVÉS DE UMA MEMBRANA
(73) Exxon Research and Engineering
Company (US)
(72) James Alexander McHenry, Harry
William Deckman, Edward William
Corcoran, Lothar Ruediger Czarnetzki
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 22/01/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9708047-0 (22) 06/03/1997 16.1
(30) 13/03/1996 DE 196 09 765.7
(51) C07B 37/04, C07C 205/12, C07C
205/06, C07C 205/35, C07C 205/11,
C07C 201/12
(54) PROCESSO PARA A
PREPARAÇÃO DE NITROBIFENILAS
(73) Basf Aktiengesellschaft (DE)
(72) karl Eicken, Joachim Gebhardt,
Harald Rang, Michael Rac k, Peter
Schäfer
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 06/03/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9708739-4 (22) 18/04/1997 16.1
(30) 23/04/1996 US 636860
(51) H05K 9/00
(54) BLINDAGEM ELETROMAGNÉTICA
E RÁDIOTELEFONE
(73) ERICSSON INC. (US)
(72) John C. Phillips, Craig A. Phelps
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 18/04/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9710938-0 (22) 28/11/1997 16.1
(43) 15/02/2000
(51) B24C 7/00
(54) BIOJATEAMENTO COMPOSTO AR
COMPRIMIDO ABRASIVO VAPOR
(73) Mario Nasser Moraes (BR/PR)
(72) Mario Nasser Moraes
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 28/11/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9713872-0 (22) 22/12/1997 16.1
(30) 27/12/1996 JP 349920/1996
(51) C08L 59/00, C08K 5/3445
(54) COMPOSIÇÃO DE RESINA DE
POLIACETAL, PROCESSO PARA SUA
PRODUÇÃO, E ARTIGO PERFILADO
MOLDADO A PARTIR DE UMA
COMPOSIÇÃO DE RESINA DE
POLIACETAL
(73) Polyplastics Co., Ltd. (JP)
(72) Hatsuhiko Harashina, Hayato Kurita,
Tatsuya Yamada
(74) Paulo C. Oliveira & Cia.
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 22/12/1997,
observadas as condições legais.
(11) PI 9805625-5 (22) 23/12/1998 16.1
(30) 24/12/1997 US 998072
(43) 26/10/1999
(51) B65D 41/04, B21D 51/46
(54) Fechamento de plástico e método
de fabricação do mesmo.
(73) Owens -Illinois Closure Inc (US)
(72) David B. Riffer
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 23/12/1998,
observadas as condições legais.
(11) PI 9807019-3 (22) 27/01/1998 16.1
(30) 28/01/1997 US 08/ 790710
(51) B01D 61/46, B01D 61/48, B01D
63/00, B01D 57/02, C02F 1/469, G01N
27/26
(54) CÉLULA ELETROQUÍMICA CAPAZ
DE REMOVER ÍONS DE UMA
CORRENTE DE SOLUÇÃO, SISTEMA
DE TROCA DE ÍON ELETROQUÍMICO,
CONJUNTO DE CÉLULAS
ELETROQUÍMICAS PARA REMOVER
SELETIVAMENTE ÍONS
MULTIVALENTES DE UMA SOLUÇÃO,
E, PROCESSOS DE SUBSTITUIÇÃO
DE ÍONS EM UM MATERIAL DE
TROCA DE ÍON PELA APLICAÇÃO DE
UMA VOLTAGEM PARA UMA CÉLULA
ELETROQUÍMICA, E DE REMOÇÃO DE
ÍONS MULTIVALENTES DE UMA
SOLUÇÃO
(73) Pionetics Corporation (US)
(72) Eric D. Nyberg
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 27/01/1998,
observadas as condições legais.
(11) PI 9816346-9 (22) 11/03/1998 16.1
(43) 26/09/2000
(51) B05B 12/00
(54) MÉTODO DE ESPECIFICAÇÃO DE
DIÂMETRO NOMINAL DAS
TUBULAÇÕES QUE COMPÕEM
ESTRUTURAS AÉREAS E ADUTORAS
DE PIVOTS CENTRAIS DE IRRIGAÇÃO
(73) Francisco Ganzer Neto (BR/GO)
(72) Francisco Ganzer Neto
(74) David Nilton Pereira de Lucena
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 11/03/1998,
observadas as condições legais.
(11) PI 9901019-4 (22) 18/03/1999 16.1
RPI 1850 de 20/06/2006
(30) 18/03/1998 JP HEI -10-068928
(43) 18/01/2000
(51) B62K 25/10
(54) CONJUNTO DE SUPORTE E
ACIONAMENTO DE RODA TRASEIRA
PARA MOTOCICLETAS
(73) Honda Giken Kogyo Kabushiki
Kaisha ( Honda Motor Co., Ltd. ) (JP)
(72) Hiroyuki Kawasaki, Akio Kawano
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 18/03/1999,
observadas as condições legais.
(11) PI 9904131-6 (22) 10/09/1999 16.1
(30) 14/09/1998 JP 10-260679
(43) 05/09/2000
(51) F01L 1/14, F01L 13/00
(54) Dispositivo de válvula tendo
mecanismo de apoio de válvula usado
para motor de combustão interna.
(73) Honda Giken Kogyo Kabushiki
Kaisha (Honda Motor CO. LTD.) (JP)
(72) Takaaki Tsukui
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 10/09/1999,
observadas as condições legais.
(11) PI 9907409-5 (22) 07/12/1999 16.1
(30) 07/12/1998 JP 10-346826
(43) 15/08/2000
(51) F16H 7/08, F01L 1/02
(54) Motor de combustão interna tipo "V"
para veículo.
(73) Honda Giken Kogyo Kabushiki
Kaisha (Honda Motor Co. Ltd.) (JP)
(72) Takashi Kanbe, Akifumi Nomura
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 07/12/1999,
observadas as condições legais.
(11) PI 9907799-0 (22) 10/02/1999 16.1
(30) 10/02/1998 US 60/074,252
(51) F16G 13/04
(54) Elo de duplo prolongamento para
uma corrente, corrente dentada e
sistema de corrente
(73) The Mesh Company LLC (US)
(72) Reinhold F. Reber
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 10/02/1999,
observadas as condições legais.
(11) PI 9909155-0 (22) 30/03/1999 16.1
(30) 31/03/1998 DE 19814274.9
(51) B62D 53/08
(54) Acoplamento de quinta roda
(73) Jost-Werke Gmbh & Co.Kg (DE)
(72) Jose Manuel Algueira Gallego,
Wolgang Pohl, Martin Schneider
(74) Gruenbaum e Gaspar Ltda.
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 30/03/1999,
observadas as condições legais.
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes 109
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 26/10/2000,
observadas as condições legais.
(11) PI 0008072-1 (22) 31/01/2000 16.1
(30) 08/02/1999 US 09/246128
(51) B23K 26/00
(54) Máquina de prensa perfuradora e
laser combinada, e, método de
isolamento de um sistema de corte a
laser de um sistema de perfuração, em
uma máquina de laser e prensa
perfuradora combinada
(73) Lillbacka Jetair OY (FI)
(72) Johannes Ulrich
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 31/01/2000,
observadas as condições legais.
(11) PI 0009015-8 (22) 15/05/2000 16.1
(30) 14/01/2001 JP 2000-5378
(51) B22C 15/08, B22C 15/28
(54) Método e sistema de moldagem
com aparelho de moldar
(73) Sintokogio, LTD. (JP)
(72) Minoru Hirata, Yutaka Hadano
(74) Clarke Modet do Brasil LTDA
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 15/05/2000,
observadas as condições legais.
(11) PI 0012193-2 (22) 22/06/2000 16.1
(30) 25/06/1999 LU 90409
(51) C21C 5/52, C21C 5/54
(54) Processo de otimização do
funcionamento de um forno elétrico do
tipo a arco submerso
(73) Paul Wurth S. A. (LU)
(72) Jean-Luc Roth
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 22/06/2000,
observadas as condições legais.
(11) PI 0012413-3 (22) 12/05/2000 16.1
(51) C21C 7/10
(54) Aparelho de refino em panela de
fundição e método de refino em panela
de fundição usando o dito aparelho
(73) Nippon Steel Corporation (JP)
(72) Hideaki Kimura, Atsushi Ishikawa,
Hiromi Ishii, Masayuki Arai, Jun Aoki
(74) Di Blasi, Parente, S. G. &
Associados S/C
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 12/05/2000,
observadas as condições legais.
16.3
RETIFICAÇÃO
(11) PI 9914556-1 (22) 15/10/1999 16.1
(30) 15/10/1998 GB 9822545.1;
24/05/1999 GB 9912046.1
(51) B64D 11/06
(54) Assento unitário
(73) British Airways PLC (GB)
(72) Matthew Round, Martin Darbyshire
(74) Daniel & Cia
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 15/10/1999,
observadas as condições legais.
(11) PI 9603902-7 (22) 26/09/1996 16.3
(30) 29/12/1995 KR 95-65560
(45) 20/03/2001
(51) F25C 5/16
(54) CONJUNTO DE BANDEJAS DE
CUBOS DE GELO PARA
REFRIGERADORES
(73) Samsung Electronics Co., Ltd. (KR)
(72) Sang Chul Ryu
(74) Paulo C. Oliveira & Cia
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 26/09/1996,
observadas as condições legais.
Retificada a concessão da Carta
Patente, para fazer constar o
apostilamento proveniente da decisão da
nulidade publicada na RPI 1689 de
20/05/2003
(11) PI 0005060-1 (22) 26/10/2000 16.1
(30) 26/10/1999 FR 99 13326
(43) 12/06/2001
(51) B21D 39/03
(54) Chapa compósita destinada à
estampagem profunda e processo de
fabricação de uma peça formada com o
auxílio de uma chapa compósita
(73) Usinor (FR)
(72) Francis Schmit, Michel Sanadres,
Philippe Charbonnet
(11) PI 9909715-0 (22) 13/07/1999 16.3
(30) 23/07/1998 DE 298 13 895.0
(45) 14/03/2006
(51) B62D 1/ 00
(54) VOLANTE COM COBERTURA
DECORATIVA
(73) Petri Aktiengesellschaft (DE)
(72) Jakob Emeneth, Benno
Rosenberger
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Prazo de Validade: 20 (vinte) anos
contados a partir de 13/07/1999,
observadas as condições legais.
Referente RPI no. 1836 de 14/03/2006 ítem 30
16.4
CONCESSÃO ANULADA
(21) C1 9802001-3 (22) 31/01/2000 16.4
(30) 13/06/1997 US 08/874,228;
13/03/1998 US 09/046,847; 29/01/1999
US 09/239,829
(51) B61H 13/34
(54) FREIO FER ROVIÁRIO MONTADO
EM TRUQUE COM CABEÇOTE DE
FREIO REMOVÍVEL
(61) PI9802001- 3 12/06/1998
(73) New York Air Brake Corporation
(US)
(72) Jefrrey F. Sauter, Robert Gayfer,
Zdzislaw Samulak
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Anulada a concessão publicada na RPI
1832 de 14/02/06 por ter sido indevida
17. Nulidade
Administrativa
17.1
NOTIFICAÇÃO DE
INTERPOSIÇÃO DE
NULIDADE
ADMINISTRATIVA
25. Anotação de
Alteração de Nome e/ou
Sede e Transferência de
Pedido, Patente e
Certificado de Adição
de Invenção
25.1
TRANSFERÊNCIA
DEFERIDA
(11) MU 7903335-0 (22) 27/08/1999 25.1
(45) 16/08/2005
(71) Poly -Vac S/A. Indústria e Comércio
de Embalagens (BR/SP)
(74) Waldemar do Nascimento
Transferido de: Celso Luiz Nogueira
(21) MU 8403174-3 (22) 27/12/2004 25.1
(71) Montana Indústria de Máquinas
Ltda. (BR/PR)
(74) Veirano e Advogados Associados
Transferido por Incorporação de: Freso
Fabricação de Brinquedos Ltda.
(11) PI 8604820-1 (22) 03/10/1986 25.1
(45) 30/06/1992
(73) Toshiba Mitsubishi-Electric Industrial
Systems Corporation (JP)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Transferido de: Mitsubishi Denki
Kabushiki Kaisha
(11) PI 9003797-9 (22) 02/08/1990 25.1
(45) 13/07/1999
(71) Basell Poliolefine Italia S.p.A. (IT)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Transferido de: Basell North America Inc.
(11) PI 9802601-1 (45) 08/11/2005 17.1
(73) John Deere Brasil S.A. (BR/RS)
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
Requerente da nulidade: SEMEATO S/A
INDÚSTRIA E COMÉRCIO.
(11) PI 9708337-2 (22) 25/03/1997 25.1
(45) 19/03/2002
(71) iDRAPE A/S (DK)
(74) Paulo C. Oliveira & Cia.
Transferido de: IDCom A/S
21. Extinção de Patente
e Certificado de Adição
de Invenção
(11) PI 9804806-6 (22) 23/03/1998 25.1
(45) 17/01/2006
(71) Basell Poliolefine Italia S.p.A. (IT)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Transferido de: Basell Technology
Company B.V.
21.2
EXTINÇÃO - ART. 78
INCISO II DA LPI
(11) PI 8601888-4 (45) 26/08/1997 21.2
(73) Montell North América Inc. (US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Conforme solicitado através da Petição
DEINPI/SP 018060042525 de
28/04/2006.
(11) PI 8806525-1 (45) 24/11/1998 21.2
(73) Montell North America INC. (US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Conforme solicitado através da Petição
DEINPI/SP 018060042514 de
28/04/2006.
(11) PI 8902777-9 (45) 24/11/1998 21.2
(73) Montell North America Inc. (US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Conforme solicitado através da Petição
DEINPI/SP 018060042502 de
28/04/2006.
(11) PI 9204190-6 (45) 31/10/2000 21.2
(73) Montell North America Inc. (US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Conforme solicitado através da petição
DEINPI/SP 018060042487 de
28/04/2006.
(11) PI 9815718-3 (22) 29/10/1998 25.1
(45) 17/01/2006
(71) GenCorp Property, Inc. (US)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Transferido de: Laird Holdings Limited
(21) PI 9910981-6 (22) 09/06/1999 25.1
(71) Martin Unger (CA)
(74) Orlando de Souza
Transferido de: William J. Embro
(21) PI 0002447-3 (22) 05/07/2000 25.1
(71) Novartis AG (CH)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Novartis Nutrition AG
(21) PI 0004254-4 (22) 18/09/2000 25.1
(71) Prolec -GE, S. de R.L. de C.V. (MX)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido parte dos Direitos de:
General Electric Company
(21) PI 0014579-3 (22) 29/09/2000 25.1
(71) RPL Holdings Limited (GB)
(74) Martinez & Moura Barreto S/C Ltda.
Transferido de: Refrigerant Products Ltd.
(21) PI 0016326-0 (22) 14/12/2000 25.1
(71) Proxilliant Systems AB (SE)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Transferido de: Protan Investments
Limited
(21) PI 0100006-3 (22) 03/01/2001 25.1
110
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
(71) Usinor (FR)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Sollac
(71) The University of Melbourne (AU)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Axonyx, Inc.
(21) PI 0100007-1 (22) 03/01/2001 25.1
(71) Usinor (FR)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Sollac
(21) PI 0200079-2 (22) 08/01/2002 25.1
(71) Rotan Indústria e Comércio de
Componentes Hidráulicos Ltda. (BR/SP)
(74) Beérre Assessoria Empresarial S/C
Ltda.
Transferido de: Spengler Car Auto
Elétrico e Mecânica Ltda. - ME
(21) PI 0100008-0 (22) 03/01/2001 25.1
(71) Usinor (FR)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Sollac
(21) PI 0100009-8 (22) 03/01/2001 25.1
(71) Usinor (FR)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Sollac
(21) PI 0100243-0 (22) 01/02/2001 25.1
(71) I.M.A.M. S.p.A. (IT)
(74) Tavares Propriedade Intelectual
Ltda.
Transferido de: S.I.V. S.P.A.
(21) PI 0103257-7 (22) 07/08/2001 25.1
(71) Jens Schröder (DE) , Enno
Christophers (DE) , Jürgen Harder (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Schering
Aktiengesellschaft
(21) PI 0200484-4 (22) 19/02/2002 25.1
(71) Sistema S.r.l. (IT)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
Transferido por Incorporação de: Mamor
S.p.A.
(21) PI 0205678-0 (22) 12/11/2002 25.1
(71) Geraldo Krupp (BR/RS) , Juarez
Santos Alves (BR/RS) , José Alfredo dos
Santos (BR/RS) , Lodovino João Biazus
(BR/RS)
Transferido parte dos Direitos de:
Geraldo Krupp
(21) PI 0205753-0 (22) 27/11/2002 25.1
(71) CEMIG Distribuição S.A. (BR/MG)
(74) Luiz Carlos Leal Cherchiglia
Transferido de: Companhia Energética
de Minas Gerais - CEMIG
(21) PI 0205903-7 (22) 24/09/2002 25.1
(71) Alexandre Paiva (BR/SP)
Transferido de: Anita Reiser
(21) PI 0104887-2 (22) 30/10/2001 25.1
(71) Nippon Soda Co., Ltd. (JP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Dainippon Ink and
Chemicals, Inc.
(21) PI 0205908-8 (22) 13/11/2002 25.1
(71) CEMIG Geração e Transmissão
S.A. (BR/MG)
(74) Luiz Carlos Leal Cherchiglia
Transferido de: Companhia Energética
de Minas Gerais - CEMIG
(21) PI 0105462-7 (22) 11/06/2001 25.1
(71) DT Engenharia de
Empreendimentos Ltda. (BR/SP)
(74) J. Barone e Papa, Advogados
Associados
Transferido de: Elizabeth Maniero
Gomes de Oliveira e João Carlos Gomes
de Oliveira
(21) PI 0205911-8 (22) 26/12/2002 25.1
(71) CEMIG Distribuição S.A. (BR/MG)
(74) Luiz Carlos Leal Cherchiglia
Transferido de: Companhia Energética
de Minas Gerais - CEMIG
(21) PI 0106337-5 (22) 07/05/2001 25.1
(71) Aubert & Duval (FR)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Transferido de: Societe Industrielle de
Metallurgie Avancee (S.I.M.A.)
(21) PI 0107486-5 (22) 11/01/2001 25.1
(71) Maabarot Project Launching and
Management Ltd. (IL)
(74) Orlando de Souza
Transferido de: Biorex Health Limited
(21) PI 0108061-0 (22) 07/02/2001 25.1
(71) Strike Investments, LLC (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: The Procter & Gamble
Company
(21) PI 0108127-6 (22) 15/02/2001 25.1
(71) Strike Investments, LLC (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: The Procter & Gamble
Company
(21) PI 0108229-9 (22) 15/02/2001 25.1
(71) Proxilliant Systems AB (SE)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Transferido de: Protan Investiments
Limited
(21) PI 0108231-0 (22) 05/01/2001 25.1
(71) Rivard Instruments Inc. (CA)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Grant S. Humphrey
(21) PI 0109915-9 (22) 09/04/2001 25.1
(21) PI 0205916-9 (22) 13/11/2002 25.1
(71) CEMIG Geração e Transmissão
S.A. (BR/MG)
(74) Luiz Carlos Leal Cherchiglia
Transferido de: Companhia Energética
de Minas Gerais - CEMIG
(21) PI 0210740-6 (22) 01/07/2002 25.1
(71) Maabarot Project Launching and
Management Ltd. (IL)
(74) Orlando de Souza
Transferido de: Biorex Health Limited
(21) PI 0210791-0 (22) 12/07/2002 25.1
(71) Danisco USA Inc. (US)
(74) Di Blasi, Parente, Soerensen Garcia
& Associados S/C
Transferido de: Rhodia Inc.
(21) PI 0211955-2 (22) 09/08/2002 25.1
(71) Paper Technology Foundation, Inc.
(US)
(74) Trench, Rossi e Watanabe
Advogados
Transferido de: The Procter & Gamble
Company
(21) PI 0212034-8 (22) 16/08/2002 25.1
(71) Nippon Soda Co., Ltd. (JP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Dainippon Ink and
Chemicals, Inc.
(21) PI 0213312-1 (22) 27/03/2002 25.1
(71) Aeronautica Macchi S.p.A. (IT)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
Transferido por Fusão de: Aermacchi
S.p.A.
(21) PI 0215596-6 (22) 13/02/2002 25.1
(71) General Mills Marketing, Inc. (US)
RPI 1850 de 20/06/2006
(74) Cavalcanti e Cavalcanti Advogados
Transferido de: The Pillsbury Company
(21) PI 0215695-4 (22) 17/04/2002 25.1
(71) Monika Werner (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: Lehmann GmbH & Co.
KG
(21) PI 0300971-8 (22) 17/04/2003 25.1
(71) Sistema S.r.l. (IT)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
Transferido por Incorporação de: Mamor
S.p.A.
(21) PI 0313811-9 (22) 27/08/2003 25.1
(71) Sandvik Intellectual Property AB
(SE)
(74) Magnus Aspeby
Transferido de: Sandvik Intellectual
Property HB
(21) PI 0313812-7 (22) 27/08/2003 25.1
(71) Sandvik Intellectual Property AB
(SE)
(74) Magnus Aspeby
Transferido de: Sandvik Intellectual
Property HB
(21) PI 0313813-5 (22) 27/08/2003 25.1
(71) Sandvik Intellectual Property AB
(SE)
(74) Magnus Aspeby
Transferido de: Sandvik Intellectual
Property HB
(21) PI 0400944-4 (22) 19/03/2004 25.1
(71) Instituto Via Viva (BR/SP)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C Ltda.
Transferido de: Paulo Bina
(21) PI 0401491-0 (22) 28/04/2004 25.1
(71) Clínica Fisionort S/S Ltda. (BR/SP)
(74) City Patentes e Marcas Ltda.
Transferido de: Ariane Neves Talliate
(21) PI 0407263-4 (22) 08/02/2004 25.1
(71) Sandvik Intellectual Property AB
(SE)
(74) Magnus Aspeby
Transferido de: Sandvik Intellectual
Property HB
(21) PI 0503286-5 (22) 03/08/2005 25.1
(71) Walter Pinto Júnior (BR/SP)
(74) Beérre Assessoria Empresarial S/C
Ltda.
Transferido parte dos Direitos de:
Gustavo Júnior Alves
25.3
TRANSFERÊNCIA EM
EXIGÊNCIA
(21) PI 0204734-9 (22) 21/10/2002 25.3
(71) Carol Hollingworth Collins (BR/SP) ,
Universidade Estadual de Campinas UNICAMP (BR/SP) , Kenneth Elmer
Collins (BR/SP) , Isabel Cristina Sales
Fontes Jardim (BR/SP) , Fundação de
Amparo à Pesquisa do Estado de São
Paulo - FAPESP (BR/SP)
(74) Toledo Corrêa Marcas e Patentes
S/C Ltda
A fim de atender ao solicitado na Petição
nº 018050054043/SP de 21/11/2005,
apresente o documento de cessão com
as firmas reconhecidas do cedente,
cessionário e das testemunhas.
(21) PI 0211893-9 (22) 03/07/2002 25.3
(71) Solvay Interox GmbH (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
A fim de atender à Petição de alteração
de nome e transferência, solicitado
através da Petição nº 020050132566/RJ
de 21/11/2005, apresente a devida
procuração, uma vez que a que foi
apresentada para o presente pedido é
restrita a outro pedido de patente.
(21) PI 0300090-7 (22) 08/01/2003 25.3
(71) Fundação de Amparo à Pesquisa do
Estado de São Paulo (BR/SP)
(74) Beérre Assessoria Empresarial S/C
Ltda
A fim de atender ao solicitado na Petição
nº 018050057281/SP de 29/11/2005,
apresente o documento de cessão com
as firmas reconhecidas do cedente,
cessionário e das testemunhas, e
também o contrato social da empresa
cedente onde consta que o assinante
tem poderes para tal ato.
(21) PI 0308624-0 (22) 24/03/2003 25.3
(71) Chrysalis Technologies,
Incorporated INC. (US)
(74) Di Blasi, Parente, S.G. & Associados
A fim de atender ao Pedido contido na
Petição nº 020050135327/RJ de
25/11/2005, apresente a devida
Legalização Consular.
(21) PI 0402633-0 (22) 02/07/2004 25.3
(71) Natura Cosméticos S.A (BR/SP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
A fim de atender à Transferência de
Titular requerida através da Petição nº
020050151640/RJ de 22/12/2005, favor
apresentar os documentos que
comprovem que os assinantes do
documento de cessão, tem poderes para
pratical tal ato.
(21) PI 0406601-4 (22) 15/01/2004 25.3
(71) Chrysalis Technologies,
Incorporated (US)
(74) Di Blasi, Parente, S.G & Associados
A fim de atender à Transferência de
Titular requerida através da Petição nº
020050135333/RJ de 25/11/2005, favor
reapresentar o documento de
incorporação com a devida Legalização
Consular.
25.4
ALTERAÇÃO DE NOME
DEFERIDA
(11) PI 9201346-5 (22) 13/04/1992 25.4
(45) 11/07/2000
(71) Rhodia Chimie (FR)
(74) Momsen, Leonardos & Cia.
Alterado de: Rhone-Poulenc Chimie
(11) PI 9300452-4 (22) 01/02/1993 25.4
(45) 30/05/2000
(71) Basell Poliolefine Italia S.p.A. (IT) ,
Basell North America Inc. (US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Alterado de: Montell North America Inc.
(11) PI 9300822-8 (22) 11/03/1993 25.4
(45) 29/09/1998
(73) I.T.W. Fastex Italia S.r.l. (IT)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Alterado de: I.T.W. Fastex Italia S.p.A.
(21) PI 9609716-7 (22) 19/07/1996 25.4
(71) Biogen Idec MA, Inc. (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Alterado de: Biogen, Inc.
(11) PI 9702940-8 (22) 03/10/1997 25.4
(45) 30/04/2002
(71) I.T.W. Fastex Italia S.r.l. (IT)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Alterado de: I.T.W. Fastex Italia S.p.A.
(21) PI 9707780-1 (22) 21/02/1997 25.4
(71) Astellas Pharma Inc. (JP)
(74) Paulo Sérgio Scatamburlo
Alterado de: Yamanouchi Pharmaceutical
Co., Ltd.
(21) PI 9806722-2 (22) 20/10/1998 25.4
(71) Basell North America Inc. (US)
RPI 1850 de 20/06/2006
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Alterado de: Montell North America Inc.
(11) PI 9814654-8 (22) 28/10/1998 25.4
(45) 02/08/2005
(71) CSO Aker Marine Contractors, Inc.
(US)
(74) Matos & Associados - Advogados
Alterado de: Aker Marine Contractors,
Inc.
(21) PI 0201398-3 (22) 19/04/2002 25.4
(71) Pasom Indústria e Comércio de
Materiais para Fundição Ltda. - EPP.
(BR/SP)
(74) Princesa Marcas e Patentes Ltda.
Alterado de: Pason Indústria e Comércio
de Materiais Odontológicos Ltda. - ME
(21) PI 0211968-4 (22) 14/08/2002 25.4
(71) Japan as Represented By President
of National Center of Neurology and
Psychiatry (JP) , Daiichi Asubio Pharma
Co., Ltd. (JP)
(74) Orlando de Souza
Alterado de: Daiichi Suntory Pharma Co.,
Ltd.
(21) PI 0212660-5 (22) 20/08/2002 25.4
(71) Solvay Interox Beteiligungs GmbH
(DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Alterado de: Solvay Interox GmbH
(21) PI 0214438-7 (22) 26/11/2002 25.4
(71) Daiichi Asubio Pharma Co., Ltd. (JP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Alterado de: Daiichi Suntory Pharma Co.
Ltd.
(21) PI 0306685-1 (22) 21/05/2003 25.4
(71) Kenji Kangawa (JP) , Daiichi Asubio
Pharma Co., Ltd. (JP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Alterado de: Daiichi Suntory Pharma Co.,
Ltd.
(21) PI 0313710-4 (22) 27/08/2003 25.4
(71) Dow Corning Toray Co., Ltd. (JP)
(74) Orlando de Souza
Alterado de: Dow Corning Toray Silicone
Co., Ltd.
25.7
ALTERAÇÃO DE SEDE
DEFERIDA
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes 111
(73) Idemitsu Kosan Co., Ltd. (JP)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Anotada as alterações de sede conforme
requerido na Petição nº
020050025938/RJ de 15/04/2005.
(11) PI 9300452-4 (22) 01/02/1993 25.7
(45) 30/05/2000
(71) Basell Poliolefine Italia S.p.A. (IT) ,
Basell North America Inc. (US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
018050022199/SP de 29/08/2005.
(21) PI 9806722-2 (22) 20/10/1998 25.7
(71) Bas ell North America Inc. (US)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
018060005230/SP de 19/01/2006.
(21) PI 9901953-1 (22) 13/05/1999 25.7
(71) Metalúrgica Albrás Ltda. (BR /SP)
(74) Gusmão & Labrunie Ltda.
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição
nº018050002754/SP de 28/06/2005.
(21) PI 0201583-8 (22) 25/04/2002 25.7
(71) Ita Fria Indústria e Comércio LTDA.
(BR/SP)
(74) Igracy Almeida Damous
Alterada a sede do Titular conforme
solicitado na Petição nº
018050049424/SP de 08/11/2005.
(21) PI 0210053-3 (22) 29/05/2002 25.7
(71) INVISTA Technologies S.à.r.l. (CH)
(74) Ana Paula Santos Celidonio
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
018050042905/SP de 21/10/2005.
(21) PI 0211051-2 (22) 23/08/2002 25.7
(71) INVISTA Technologies S.à.r.l. (CH)
(74) Gusmão & Labrunie S/C Ltda.
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
018050041823/SP de 19/10/2005.
(21) PI 0211968-4 (22) 14/08/2002 25.7
(71) Japan as Represented By President
of National Center of Neurology and
Psychiatry (JP) , Daiichi Asubio Pharma
Co., Ltd. (JP)
(74) Orlando de Souza
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
020050147400/RJ de 15/12/2005.
(21) MU 7903111-0 (22) 29/12/1999 25.7
(71) Metalúrgica Albrás Ltda. (BR/SP)
(74) Gusmão & Labrunie Ltda.
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
018050002754/SP de 28/06/2005.
(21) PI 0214438-7 (22) 26/11/2002 25.7
(71) Daiichi Asubio Pharma Co., Ltd. (JP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
020050150101/RJ de 20/12/2005.
(11) PI 8802682-5 (22) 02/06/ 1988 25.7
(45) 26/03/1996
(73) Idemitsu Kosan Co., Ltd. (JP)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Anotada as alterações de sede conforme
requerido na Petição nº
020050025938/RJ de 15/04/2005.
(21) PI 0215340-8 (22) 16/12/2002 25.7
(71) INVISTA Technologies S.à.r.l. (CH)
(74) Gusmão & Labrunie S/C Ltda.
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
018050042916/SP de 21/10/2005.
(11) PI 8804336-3 (22) 25/08/1988 25.7
(45) 24/11/1998
(73) Idemitsu Kosan Co., Ltd. (JP)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Anotada as alterações de sede do Titular
conforme requerido na Petição nº
020050025938/RJ de 15/04/2005.
(21) PI 0306685-1 (22) 21/05/2003 25.7
(71) Kenji Kangawa (JP) , Daiichi Asubio
Pharma Co., Ltd. (JP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
020050150101/RJ de 20/12/2005.
(11) PI 8804491-2 (22) 01/09/1988 25.7
(45) 27/04/1993
(73) Idemitsu Kosan Co., Ltd. (JP)
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Anotada as alterações de sede do Titular
conforme requerido na Petição nº
020050025938/RJ de 15/04/2005.
(11) PI 8901409-0 (22) 27/03/1989 25.7
(45) 30/07/1996
(21) PI 0407221-9 (22) 10/02/2004 25.7
(71) John E. Davies (CA) , Dolores
Baksh (CA) , Rahul Sarugaser (CA) ,
Morris Hosseini (DE) , Antony David
Sutton Lickorish (CA)
(74) Ana Paula Santos Celidonio
Alterada a sede do Titular conforme
requerida através da Petição nº
018050047984/SP de 04/11/2005.
25.11
REPUBLICAÇÃO
(11) PI 9005904-2 (22) 16/11/1990 25.11
(45) 28/11/1995
(73) Qualix S/A - Serviços Ambientais
(BR/SP)
(74) Albanez Bastos, Vicente e
Associados S/C Ltda.
Referente a RPI 1848 de 06/06/2006
Cod. de despacho 25.7 e 25.4, quanto ao
nome do titular.
112
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
RPI 1850 de 20/06/2006
Diretoria de Patentes - DIRPA
PIPELINE - Comunicação de Depósito e
Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
RPI 1850 de 20/06/2006
23. Processamento de
Pedidos Segundo
Artigos 230 e 231 da
Lei 9279/96
23.2
EXIGÊNCIA
(21) PI 1100996-9 (22) 14/05/1997 23.2
(71) Iowa State University Research
Foudation, Inc. (US) , Wyeth Holdings
Corporation (US)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
114
DIRPA - Comunicação de Depósito e Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
RPI 1850 de 20/06/2006
Diretoria de Patentes - DIRPA
Despachos Relativos a Pedidos e Patentes
Período de Transição (Lei 5772/71)
RPI 1850 de 20/06/2006
15. Outros Referentes a
Pedidos
15.13
EXTINÇÃO DA
GARANTIA DE
PRIORIDADE
(21) PI 9602613-8 (22) 30/05/1996 15.13
(51) A61K 35/78, A61K 9/48
(54) PRINCÍPIO ATIVO PARA
REDUÇÃO DE GLICOSE,
TRIGLICERÍDEOS E COLESTEROL
(71) Sansão Farina (BR/ES)
(72) Sansão Farina
(74) Wagner José Fafá Borges
116
DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes - Período de Transição (Lei 5772/71)
RPI 1850 de 20/06/2006
Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros
Registros - DIRTEC
Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos e
Registros de Desenhos Industriais
RPI 1850 de 20/06/2006
30
31
32
Exigência – Art. 103 da LPI
O pedido requerido pela petição citada não
atende formalmente ao disposto no art. 103 da
LPI e/ou às demais disposições quanto à sua
forma, tendo sido recebido provisoriamente.
Não tendo sido possível uma ciência ao
interessado diretamente no processo ou por via
postal, fica o requerente obrigado a sanar, em
5 (cinco) dias a contar desta data, as
exigências estabelecidas. Não sendo a
exigência cumprida com a apresentação da
documentação correspondente no prazo acima,
o depósito não será aceito e a documentação
ficará à disposição do interessado.
35.1 Arquivamento da Petição -Art. 216 §2º da LPI
Arquivamento da petição, uma vez que não foi
apresentada a procuração devida no prazo de
60 (sessenta) dias contados da prática do ato.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
para eventual recurso do interessado.
36
Notificação de Depósito
Notificação de depósito de pedido de registro
de desenho industrial.
Notificação do Depósito Com Requerimento
de Sigilo
Tendo sido requerido o sigilo na forma do Art.
106 § 1º o processamento do pedido será
suspenso pelo prazo de 180 (cento e oitenta)
dias . O depositante poderá solicitar a retirada
do pedido dentro do prazo de 90 (noventa) dias
contados da data do depósito. A retirada do
pedido sem que o mesmo tenha produzido
qualquer efeito dará prioridade ao depósito
imediatamente posterior.
37
38
33
34
34.1
35
Pedido Retirado
Retirado o pedido com base no Art. 105 da LPI
a requerimento do depositante.
Exigência - Art. 106 § 3º da LPI
Suspensão do andamento do pedido de
registro de desenho industrial que, para
instrução regular, aguardará o atendimento ou
contestação das exigências formuladas. Caso a
exigência não tenha sido explicitada no
despacho da RPI, o depositante poderá
requerer cópia do parecer através do formulário
Modelo 1.05.
A não manifestação do
depositante no prazo de 60 (sessenta) dias
desta data acarretará o arquivamento
definitivo do pedido.
Conhecimento de parecer técnico
Suspenso o andamento do pedido para que o
depositante se Manifeste no prazo de 60
(sessenta) dias desta data, quanto ao contido
no parecer técnico. A cópia do parecer técnico
poderá ser solicitada através do formulário
1.05. A não manifestação ou a manifestação
considera
improcedente
acarretará
o
indeferiment o do pedido.
Arquivamento do Pedido – Art. 216 § 2º e
Art. 106 § 3º da LPI
Arquivado definitivamente o pedido de registro
de desenho industrial, uma vez que não foi
apresentada a procuração devida no prazo de
60 (sessenta) dias contados da prática do
primeiro ato da parte no processo ou não
houve manifestação do depositante quanto à
exigência formulada. Pode ser adquirido no
Banco
de
Patentes
do
Centro
de
Documentação e Informação Tecnológica do
INPI - CEDIN - o folheto com o relatório
descritivo e reivindicações (se for o caso) e
desenhos do pedido.
39
40
41
Indeferimento - Art. 106 § 4º da LPI
Indeferido o pedido por não atender ao
disposto no Art. 100 da LPI, conforme parecer
técnico. A cópia do parecer técnico poderá ser
solicitada através do formulário Modelo 1.05.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
para eventual recurso do depositante. Pode ser
adquirido no Banco de Patentes do Centro de
Documentação e Informação Tecnológica do
INPI - CEDIN - o folheto com o relatório
descritivo e reivindicações (se for o caso) e
desenhos do pedido.
Recurso Contra o Indeferimento
Notificação de interposição de recurso ao
Presidente do INPI contra o indeferimento do
pedido de registro de desenho industrial,
objetivando o reexame da matéria. Desta data
corre o prazo de 60 (sessenta) dias para
apresentação de contra-razões por qualquer
interessado. Poderá ser requerida cópia do
recurso através do formulário modelo 1.05.
Outros Recursos
Notificação de interposição de recurso ao
Presidente do INPI contra a decisão proferida
pela DIRPA, objetivando o reexame da matéria.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
para apresentação de contra-razões por
qualquer interessado. Poderá ser requerida
cópia do recurso através do formulário modelo
1.05.
Concessão do Registro
Expedição do certificado de registro de
desenho industrial. O título acha-se à
disposição do interessado no setor competente
do INPI. Desta data corre o prazo de 5 (cinco)
anos
para
interposição
de
nulidade
administrativa por qualquer interessado (Art.
113 § 1º da LPI ). Se interposto o pedido de
nulidade no prazo de 60 (sessenta) dias
contados da data da concessão, os efeitos da
concessão do registro serão suspensos (Art.
113 § 2º).
Publicação do Parecer de Mérito
Notificação da emissão do parecer de mérito
conforme previsto no Art. 111 da LPI. O
interessado poderá requerer cópia do parecer
através do formulário Modelo 1.05.
Nulidade Administrativa
Notificação, ao titular da patente, de
instauração de processo administrativo de
nulidade. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual contestação do
titular (Art. 114 da LPI). Se interposto o pedido
de nulidade no prazo de 60 (sessenta) dias
contados da data da concessão, os efeitos da
conces são do registro serão suspensos (Art.
113 § 2º). Poderá ser requerida cópia do
processo de nulidade através do formulário
modelo 1.05.
42
43
Extinção - Art. 119 inciso I da LPI
Notificação da extinção do registro de desenho
industrial, pela expiração do prazo de vigência
de proteção legal ou da prorrogação.
Extinção - Art. 119 inciso II da LPI
Notificação da extinção do registro de desenho
industrial, pela homologação da renúncia
apresentada pelo seu titular. Homologada a
renúncia, o registro será considerado extinto na
data da apresentação da renúncia.
44
Extinção - Art. 119 inciso III da LPI
Notificação da extinção do registro de desenho
industrial pela falta de pagamento da
retribuição prevista nos Arts. 108 e 120 da LPI.
45
Extinção - Art. 119 inciso IV da LPI
Notificação da extinção do registro de desenho
industrial uma vez que após solicitação do INPI
o titular deixou de comprovar a obrigação
decorrente do Art. 217 da LPI.
46
Prorrogação
Prorrogada a vigência do certificado do
registro de desenho industrial por solicitação do
titular.
47
Petição Não Conhecida
Não conhecimento da petição apresentada em
virtude do disposto nos Arts. 218 ou 219 da
LPI.
47.1
Arquivamento da Petição Art. 216 § 2º da
LPI
Arquivada a petição, uma vez que não foi
apresentada a procuração devida no prazo de
60 (sessenta) dias contados da prática do ato.
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
para eventual recurso do interessado
48
Petição Sustada
Sustado o conhecimento da petição para
aguardar providências necessárias ao seu
conhecimento.
49
Perda de Prioridade
Perda da prioridade reivindicada por não
atender às disposições previstas no Art. 99 da
LPI.
50
Alteração de Classificação
Alterada a classificação do registro para melhor
adequação.
51
Renumeração
Alterada a numeração por ter sido numerado
indevidamente.
52
Numeração Anulada
Anulada a numeração do registro.
53
Notificação de Decisão Judicial
Notificação de decisão judicial referente ao
registro.
54
Devolução de Prazo Con cedida
Notificação de devolução de prazo uma vez
que não foi possível ciência ao interessado
diretamente no processo. Desta data corre o
prazo adicional concedido no despacho. O
prazo será de 5 (cinco) dias, na hipótese do
Art. 103 da LPI e de, no mínimo 15 (quinze)
118
DIRTEC - Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos e Registros de Desenhos Industriais
dias a, no máximo, o prazo legal dos atos
correspondentes nos demais casos. (Art. 221
da LPI e AN 129 item 8).
formulada, sob pena de indeferim ento da
transferência.
59
54.1
55
56
57
Devolução de Prazo Negada
Negada a solicitação de devolução de prazo
uma vez que não ficou comprovada a justa
causa conforme a definida no Art. 221 da LPI.
A cópia do parecer poderá ser solicitada
através do formulário 1.05. Desta data corre o
prazo de 60 (sessenta) dias para eventual
recurso do interessado.
Exigências Diversas
Formulada exigência para adequação ou
cumprimento de disposições legais no prazo de
60 (sessenta) dias desta data. Caso a
exigência não tenha sido explicitada no
despacho da RPI, o depositante/titular poderá
requerer cópia do parecer através do formulário
1.05.
Transferência Deferida
Notificação do deferimento da transferência
requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Transferência Indeferida
Notificação do indeferimento da transferência
requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
60
61
62
63
64
58
Transferência em Exigência
Exigência referente ao pedido de transferência
requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para cumprimento da exigência
Códigos para
Identificação de Dados
Bibliográficos
(INID)
(11)
Número do Registro
(15)
Data do Registro/Data da Prorrogação
(21)
Número do Pedido
RPI 1850 de 20/06/2006
Alteração de Nome Deferida
Notificação do deferimento da alteração de
nome requerida. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Alteração de Nome Indeferida
Notificação do indef erimento da alteração de
nome requerida. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Alteração de Nome em Exigência
Exigência referente ao pedido de alteração
nome requerida. Desta data corre o prazo
60 (sessenta) dias para cumprimento
exigência
formulada,
sob
pena
indeferimento da alteração.
de
de
da
de
Alteração de Sede Deferida
Notificação do deferimento da alteração de
Sede requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Alteração de Sede Indeferida
Notificação do indeferimento da alteração de
Sede requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
Alteração de Sede em Exigência
Exigência referent e ao pedido de alteração de
Sede requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para cumprimento da exigência
(22)
Data do Depósito
(30)
Dados da Prioridade Unionista (data, país e
número)
(43)
Data de Publicação do Desenho Industrial
(antes de ser examinado)
(44)
Data de Publicação do Desenho Industrial
(depois de examinado, mas antes da
concessão do registro)
(45)
Data de Publicação do Desenho Industrial
(após concessão)
formulada, sob pena de indeferimento da
alteração.
65
Desistência Homologada
Homologada a desistência do pedido de
registro de desenho industrial, apresentada
pelo depositante. Pode ser adquirido no Banco
de Patentes do Centro de Documentação e
Informação Tecnológica do INPI - CEDIN - o
folheto
com
o
relatório
descritivo
e
reivindicações (se for o caso) e desenhos do
pedido.
66
Anotação de Limitação ou Ônus
Notificação referente à anotação de limitação
ou ônus conforme indicado no complemento
70
Publicação Anulada
Anulada a publicação de qualquer um dos itens
anteriores por ter sido indevida.
71
Despacho Anulado
Anulação do despacho referente a qualquer um
dos itens anteriores por ter sido indevido.
72
Decisão Anulada
Anulação da decisão referente a qualquer um
dos itens anteriores por ter sido indevida.
73
Retificação
Retificação da publicação de qualquer um dos
itens anteriores por ter sido efetuada com
incorreção. Tal publicação não implica na
alteração da data da decisão ou despacho e
nos prazos decorrentes da mesma.
74
Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
dos itens anteriores por ter sido indevida.
(52)
Classificação Nacional
(54)
Título
(71) Nome do Depositante
(72)
Nome do Autor
(73)
Nome do Titular
(74)
Nome do Procurador
(78)
Nome do Novo Titular no caso de Mudança
de Titular
Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros
Registros - DIRTEC
Índice Numérico Remissivo de Pedidos e Registros
de Desenho Industrial
RPI 1850 de 20/06/2006
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
5501603- 0
5501604- 9
5600131- 2
5602195- 0
5800761- 0
6000321- 9
6000322- 7
6000957- 8
6001181- 5
6100717- 0
6100792- 7
6101755- 8
6200835- 8
6201902- 3
6202596- 1
6203855- 9
6301984- 1
6302699- 6
6303469- 7
6305001- 3
6402079- 7
6402145- 9
6402512- 8
6403280- 9
6403483- 6
6403593- 0
6404066- 6
6404075- 5
6404076- 3
6404461- 0
6404463- 7
6404464- 5
6404465- 3
6404912- 4
6404931- 0
6500013- 7
62
62
62
46
62
62
62
62
41
PR
PR
59
62
41
PR
56
PR
62
56
PR
41
58
PR
41
39
39
41
41
41
62
62
62
62
39
39
PR
153
153
153
153
153
153
153
153
152
7
7
153
153
152
7
153
7
153
153
7
152
153
7
153
121
121
153
153
153
153
153
153
153
121
122
7
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
6500262- 8
6500614- 3
6500687- 9
6501164- 3
6501296- 8
6501832- 0
6501849- 4
6502304- 8
6502312- 9
6502343- 9
6502344- 7
6502353- 6
6502582- 2
6502661- 6
6502778- 7
6502821- 0
6502822- 8
6502867- 8
6502885- 6
6502895- 3
6502902- 0
6502973- 9
6503061- 3
6503133- 4
6503167- 9
6503179- 2
6503220- 9
6503221- 7
6503254- 3
6503261- 6
6503287- 0
6503323- 0
6503324- 8
6503335- 3
6503379- 5
6503421- 0
34
34
PR
PR
39
PR
40
56
39
39
39
39
34
39
39
39
39
39
39
PR
PR
PR
41
34
34
34
39
39
41
PR
39
56
56
PR
PR
39
151
151
7
7
122
7
152
153
122
123
123
123
151
123
124
1 24
124
125
125
7
7
7
153
151
151
151
125
126
153
7
126
153
153
7
7
126
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
6503609- 3
6503646- 8
6503658- 1
6503659- 0
6503785- 5
6503792- 8
6503927- 0
6503992- 0
6504009- 0
6504077- 5
6504251- 4
6504267- 0
6504306- 5
6504339- 1
6504340- 5
6504346- 4
6504347- 2
6504350- 2
6504368- 5
6504385- 5
6504403- 7
6504430- 4
6504439- 8
6504458- 4
6504695- 1
6504697- 8
6504728- 1
6504742- 7
6504743- 5
6504754- 0
6504757- 5
6504903- 9
6504927- 6
6504928- 4
6504954- 3
6504976- 4
54
54.1
41
41
39
41
39
41
39
39
39
39
39
39
39
39
39
39
34
39
41
39
39
39
39
39
41
39
39
39
39
39
39
39
39
41
153
153
153
153
126
153
127
153
127
127
128
128
128
128
129
129
129
129
151
130
153
130
130
130
131
131
153
131
131
132
132
132
133
134
135
153
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
6505019- 3
6505037- 1
6505119- 0
6600002- 5
6600082- 3
6600083- 1
6600180- 3
6600337- 7
6600415- 2
6600476- 4
6600754- 2
6600804- 2
6600806- 9
6600878- 6
6600879- 4
6601100- 0
6601111- 6
6601117- 5
6601140- 0
6601141- 8
6601142- 6
6601143- 4
6601148- 5
6601151- 5
6601152- 3
6601153- 1
6601154- 0
6601157- 4
6601158- 2
6601171- 0
6601172- 8
6601195- 7
6601199- 0
6601202- 3
6601203- 1
6601204- 0
41
39
34
71
39
39
39
34
34
34
34
39
34
39
39
34
34
34
34
34
34
34
34
34
34
34
34
39
34
39
39
34
39
39
39
39
153
135
151
153
135
135
136
151
151
151
151
136
151
136
136
151
151
151
151
151
151
151
151
151
151
152
152
137
152
137
137
152
137
138
138
138
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
6601205- 8
6601207- 4
6601208- 2
6601209- 0
6601210- 4
6601212- 0
6601213- 9
6601224- 4
6601229- 5
6601230- 9
6601231- 7
6601232- 5
6601233- 3
6601234- 1
6601235- 0
6601237- 6
6601243- 0
6601250- 3
6601251- 1
6601252- 0
6601254- 6
6601255- 4
6601256- 2
6601258- 9
6601259- 7
6601263- 5
6601264- 3
6601265- 1
6601266- 0
6601267- 8
6601268- 6
6601274- 0
6601276- 7
6601278- 3
6601282- 1
6601283- 0
39
34
34
34
34
39
39
39
39
39
39
39
39
39
39
34
39
39
39
39
34
34
34
34
34
34
39
34
39
39
39
39
34
34
34
34
138
152
152
152
152
139
139
140
140
140
140
141
141
141
141
152
142
142
143
143
152
152
152
152
152
152
143
152
143
144
144
144
152
152
152
152
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
DI
6601284- 8
6601286- 4
6601287- 2
6601288- 0
6601306- 2
6601307- 0
6601309- 7
6601314- 3
6601315- 1
6601316- 0
6601317- 8
6601319- 4
6601320- 8
6601321- 6
6601326- 7
6601327- 5
6601333- 0
6601341- 0
6601342- 9
6601343- 7
6601344- 5
6601345- 3
6601348- 8
6601355- 0
6601356- 9
6601357- 7
6601358- 5
6601382- 8
6601383- 6
6601384- 4
6601388- 7
39
39
34
39
39
39
34
39
34
39
34
39
39
39
39
39
39
39
39
34
39
39
39
39
39
34
34
39
39
34
34
144
145
152
145
145
146
152
146
152
146
152
146
147
147
147
147
148
148
148
152
149
149
149
150
150
152
152
150
150
152
152
Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros
Registros - DIRTEC
Publicação de Desenhos Industriais
RPI 1850 de 20/06/2006
39
CONCESSÃO DO REGISTRO
(11) DI 6403483-6 (22) 20/09/2004 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 08-08.V 0126
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PARAFUSO
(73) STECK INDÚSTRIA ELÉTRICA LTDA (BR/SP)
(72) GABRIEL GANANIAN
(74) Tinoco Soa res & Filho Ltda.
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 20/09/2004, observadas as
condições legais.
(11) DI 6404912-4 (22) 10/11/2004 39
(15) 20/06/2006
(30) 12/05/2004 DE 404 03 048.3
(45) 20/06/2006
(51) 19-06.S 0387
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM COMPONENTE DE INSTRUMENTO DE
ESCRITA" - "DIVIDIDO DO DI 6404081-0, DE 10/11/2004"
(62) DI6404081-0 10/11/2004
(73) MERZ & KRELLGMBH & CO. KGAA (DE)
(72) VOLKMAR ROMMEL
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 10/11/2004, observadas as
condições legais.
O objeto do registro não atende ao disposto no art. 95 da Lei nº 9.279/96 - LPI,
portanto será instaurado o processo de nulidade administrativa.
(11) DI 6403593-0 (22) 29/09/2004 39
(15) 20/06/2006
(30) 29/03/2004 FR 000 158 803; 15/07/2004 US 29/209,377; 15/07/2004 US
120/892,261
(45) 20/06/2006
(51) 24-02.C 0716, 24-02.S 0376
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CONTA -GOTAS"
(73) MERIAL LIMITED (GB)
(72) PATRICE WURTZ, SUSAN LEIBENGUTH
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 29/09/2004, observadas as
condições legais.
122
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6501296-8 (22) 15/03/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 16/09/2004 EM 000227574
(45) 20/06/2006
(51) 09-01.T 0274
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM FRASCO PARA PRODUTOS DE
PERFUMARIA
(73) Kenzo (FR)
(72) Karim Rashid
(74) Momsen , Leonardos & CIA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 15/03/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6404931-0 (22) 09/07/2004 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-04.T 0056, 07-07.C 0791, 09-09.S 0442
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CESTO AUTO -SUSTENTÁVEL"
(73) CLAUDIO JOSE BAUNGART (BR/PR)
(72) CLAUDIO JOSE BAUNGART
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 09/07/2004, observadas as
condições legais.
(11) DI 6502312-9 (22) 04/07/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 04/01/2005 US 29/220,712; 04/01/2005 US 29/220.642; 04/01/2005 US
29/220.679; 04/01/2005 US 29/220.680
(45) 20/06/2006
(51) 24-02.D 0064, 26-05.A 0246
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM ESTRUTURA DE SUPORTE PARA
APLICAÇÕES ODONTOLÓGICAS
(73) Discus Dental Impressions, Inc (US)
(72) Eric Paul Rose, Douglas H. Grambush
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 04/07/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6502343-9 (22) 05/07/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 05/01/2005 US 29/220,702
(45) 20/06/2006
(51) 09-03.C 0766
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM RECIPIENTE
(73) The Sherwin-Williams Company (US)
(72) Adam J. Chafe, Stuart F. Bedford, Kenneth W. Erdmann, James E. MacDonald,
Dilip R. Tamhane, Oliver J. Ramsey, Ronald D. Hudas, Charlie Watling, Forrest A.
Burney, Bob Bruno, Scott Belliveau
(74) Trench, Rossi e Watanabe Advogados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 05/07/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6502344-7 (22) 05/07/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 09-07.F 0043
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM TAMPA PARA RECIPIENTE
(73) The Sherwin-Williams Company (US)
(72) Adam J. Chafe, Stuart F. Bedford, Kenneth W. Erdmann, James E. MacDonald,
Dilip R. Tamhane, Oliver J. Ramsey, Ronald D. Hudas, Charlie Watling, Forrest A.
Burney, Bob Bruno, Scott Belliveau
(74) Trench, Rossi e Watanabe Advogados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 05/07/2005, observadas as
condições legais.
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 123
(11) DI 6502353-6 (22) 01/07/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 03/01/2005 US 29/220,661
(45) 20/06/2006
(51) 19-06.C 0983
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM INSTRUMENTO DE ESCRITA.
(73) JAKKS PACIFIC, INC (US)
(72) KATHLEEN TORRELL
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 01/07/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6502661-6 (22) 22/07/2005 39
(15) 20/ 06/2006
(30) 24/01/2005 JP JP2005-1674
(45) 20/06/2006
(51) 14-01.A 0357
(54) "FONE PARA APARELHO RECEPTOR DE IMAGENS"
(73) KABUSHIKI KAISHA GINGANET (JP)
(72) NOZOMU SAHASHI
(74) Sheila Araujo
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 22/07/2005, observadas as
condições legais.
124
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6502778-7 (22) 05/07/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 09-03.C 0766
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM SUPERFÍCIE DE LIMPEZA DE APLICADOR
PARA RECIPIENTE
(73) The Sherwin-Williams Company (US)
(72) Adam J. Chafe, Stuart F. Bedford, Kenneth W. Erdmann, James E. Macdonald,
Oliver J. ramsey, Ronald D. Hudas, Charlie Watling, Forrest A. Burney, Bob Bruno,
Scott Belliveau
(74) Trench, Rossi e Watanabe
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 05/07/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6502821-0 (22) 20/07/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 21/01/2005 KR 30 2005-0001963
(45) 20/06/2006
(51) 12-08.A 0367
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM AUTOMÓVEL"
(73) GM DAEWOO AUTO & TECHNOLOGY COMPANY (KR)
(72) BYUNGJIP KIM
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 20/07/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6502822-8 (22) 20/07/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 21/01/2005 KR 30-2005- 0001964
(45) 20/06/2006
(51) 12-08.A 0367
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM AUTOMÓVEL
(73) GM DAEWOOD AUTO & TECHNOLOGY COMPANY (KR)
(72) SUNGKYUN HONG
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 20/07/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6502867-8 (22) 05/08/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 07/02/2005 EM 000294475
(45) 20/06/2006
(51) 14-03.T 0121
(54) "CONTROLE REMOTO"
(73) BRITISH SKY BROADCASTING LIMITED (GB)
(72) JONATHAN ARNOLD MANLEY KNIGHT, ZOLTAN RADIVOJEVIC
(74) Alexandre Ferreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 05/08/2005, observadas as
condições legais.
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 125
(11) DI 6502885-6 (22) 03/08/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 03/02/2005 US 29/222.745
(45) 20/06/2006
(51) 14-01.A 0357
(54) "RÁDIO E APARELHO REPRODUTOR DE CDs"
(73) BOSTON ACOUSTICS, INC. (US)
(72) CHALES ROZIER
(74) Nellie Anne Daniel Shores
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 03/08/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6503220-9 (22) 19/09/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 21-01.J 0043
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM APARELHO DIDÁTICO PARA PRÁTICA DE
LÓGICA EM LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA"
(73) BRINK MOBIL EQUIPAMENTOS EDUCACIONAIS LTDA (BR/PR)
(72) VALDEMAR ABILA
(74) Marcos Aurélio de Jesus
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 19/09/2005, observadas as
condições legais.
126
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6503221-7 (22) 19/09/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 21-01.J 0043
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CONVERSOR DIDÁTICO DE SISTEMA DE
NUMERAÇÃO BINÁRIO PARA DECIMAL, PARA USO EM LABORATÓRIO DE
MATEMÁTICA"
(73) BRINK MOBIL EQUIPAMENTOS EDUCACIONAIS LTDA (BR/PR)
(72) VALDEMAR ABILA
(74) Marcos Aurélio de Jesus
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 19/09/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6503287-0 (22) 08/09/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 08/03/2005 DE 4 05 01 380.9
(45) 20/06/2006
(51) 08-07.F 0042
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM ELEMENTOS DE FECHO.
(73) DORMA GMBH CO. KG (DE)
(72) GEORG KALUZA
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 08/09/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6503421-0 (22) 26/09/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 25/03/2005 FR 05 1582
(45) 20/06/2006
(51) 12-08.C 0179
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA A CARROÇARIA DE AUTOMÓVEL
(73) Peugeot Citroën Automobiles S.A. (FR)
(72) Gérard Welter
(74) Fróes, Luna & Advogados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 26/09/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6503785-5 (22) 13/10/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 13/04/2005 EM 325410
(45) 20/06/2006
(51) 26-05.D 0149
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM LUMINÁRIA
(73) Schreder S.A. (BE)
(72) Michel Tortel
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 13/10/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 127
(11) DI 6503927-0 (22) 26/10/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 27/04/2005 US 29/228673
(45) 20/06/2006
(51) 28-03.E 0213
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CABO DE APARELHO DE BARBEAR"
(73) THE GILLETTE COMPANY (US)
(72) CRAIG PROVOST, MICHAEL J. GRAY
(74) Momsen, Leonardos & Cia
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 26/10/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504077-5 (22) 09/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 09/05/2005 IN 199371
(45) 20/06/2006
(51) 24-04.I 0049
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM DISPOSITIVO PARA INALAÇÃO"
(73) CIPLA LIMITED (IN)
(72) AMAR LULLA, GEENA MALHOTRA
(74) Castro Barros Sobral Gomes Advogados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 09/11/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504009-0 (22) 11/10/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 12-16.T 0013
(54) CON FIGURAÇÃO APLICADA EM CAIXA DE MOVIMENTAÇÃO DE PAINÉIS
DE CONTROLE
(73) HALDEX DO BRASIL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA (BR/SP)
(72) JOÃO HENRIQUE BAKER BOTELHO
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 11/10/2005, observadas as
condições legais.
128
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6504251-4 (22) 18/ 11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 12-08.A 0363
(54) "CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA EM CARROCERIA DE ÔNIBUS"
(73) MARCOPOLO S.A (BR/RS)
(72) EDSON DALLE MOLLE MAINIERI
(74) Capella & Veloso Advogados Associados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/11/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6504306-5 (22) 21/11/2005 39
(15) 20/ 06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.C 0445
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PARTE SUPERIOR DE CALÇADO"
(73) NIKE INTERNATIONAL LTD (US)
(72) JASON GREGORY PETRIE
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 21/11/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504339-1 (22) 03/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 01-01.B 0245
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM BISCOITO COM MOTIVO BASEADO EM
CARACTERES ALFA-NUMÉRICOS TIPOGRÁFICOS"
(73) ADRIA ALIMENTOS DO BRASIL LTDA (BR/SP)
(72) FRANCISCO IVENS DE SÁ DIAS BRANCO JÚNIOR
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 03/11/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504267-0 (22) 16/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-06.P 0677
(54) PADRÃO ORNAMENTAL APLICADO A PORTA DE ARMÁRIO GUARDAROUPA
(73) Industria de Moveis Movelar S/A (BR/ES)
(72) Flavia Galon
(74) Carlos Alberto Rizzo
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 16/11/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6504340-5 (22) 03/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 01-01.B 0245
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM BISCOITO COM MOTIVO BASEADO
PREDOMINANTEMENTE EM CARACTERES ALFA-NUMÉRICOS"
(73) ADRIA ALIMENTOS DO BRASIL LTDA (BR/SP)
(72) FRANCISCO IVENS DE SÁ DIAS BRANCO JÚNIOR
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 03/11/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504346-4 (22) 18/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.S 0155
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM SOLADO PARA CALÇADO
(73) ANTONIO GILBERTO SILVEIRA (BR/SP)
(72) ANTONIO GILBERTO SILVEIRA
(74) Beerre Assessoria Empresarial Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/11/2005, observ adas as
condições legais.
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 129
(11) DI 6504347-2 (22) 18/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.S 0155
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM SOLADO PARA CALÇADO"
(73) ANTONIO GILBERTO SILVEIRA (BR/SP)
(72) ANTONIO GILBERTO SILVEIRA
(74) Beerre Assessoria Empresarial Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/11/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504350-2 (22) 18/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-02.T 0059
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM AVENTAL"
(73) LAVASECO PARTICIPAÇÕES LTDA (BR/SP)
(72) MARIA ALZIRA LEMOS PEREIRA LINARES
(74) Ferraro e Faccioli Advs. Associados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/ 11/2005, observadas as
condições legais.
130
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6504385-5 (22) 17/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.C 0445
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PARTE SUPERIOR DE CALÇADO"
(73) NIKE INTERNATIONAL LTD. (US)
(72) JEAN -FRANÇOIS FULLUM
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 17/11/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6504439-8 (22) 28/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 09-01.B 0350
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM BOMBONA"
(73) UNIPAC INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA (BR/SP)
(72) TERUAKI MOGUI
(74) Osmar Sanches Braccialli
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 28/11/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504430-4 (22) 28/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(30) 30/05/2005 EM 000347299
(45) 20/06/2006
(51) 14-02.I 0017
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM IMPRESSORA"
(73) TELECOM ITALIA S.P.A (IT)
(72) INGRID BARON, ALEXANDER GRÜNSTEIDEL
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 28/11/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504458-4 (22) 28/11/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/ 06/2006
(51) 02-04.S 0155
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM SOLADO PARA CALÇADO"
(73) MARCELO BERTOLUCI (BR/SP)
(72) MARCELO BERTOLUCI
(74) Beerre Assessoria Empresarial Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 28/11/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6504695-1 (22) 12/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 11-01.C 0666
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM COLAR
(73) LUTHERO FLORES BUCKER (BR/RS)
(72) LUTHERO FLORES BUCKER
(74) Sko - Dir. Prop. Indl. Marcas e Patentes LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 12/12/2005, observadas as
condições legais.
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 131
(11) DI 6504742-7 (22) 19/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 26-05.P 0399
(54) CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA A LUMINÁRIA COM MÓDULOS
DE EMBUTIR COM FOCO NAS EXTREMIDADES. DIVIDIDO DO DESENHO
INDUSTRIAL CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA A LUMINÁRIA COM
MÓDULOS DE EMBUTIR, DI 6502317-0 DE 17/06/05.
(73) RONALDO MAFRA (BR/MG) , CÍCERO ALBERTO MAFRA (BR/MG)
(72) RONALDO MAFRA, CÍCERO ALBERTO MAFRA
(74) Magalhães & Associados Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 19/12/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504743-5 (22) 19/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 26-05.P 0399
(54) CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA A PLAFON DE EMBUTIR
DIVIDIDO DO DESENHO INDUSTRIAL CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL
APLICADA A LUMINÁRIA COM MÓDULOS DE EMBUTIR DI 6502317-0 DE
17/06/2005
(73) RONALDO MAFRA (BR/MG) , CÍCERO ALBERTO MAFRA (BR/MG)
(72) RONALDO MAFRA, CÍCERO ALBERTO MAFRA
(74) Magalhães & Associados Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 19/12/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504697-8 (22) 13/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 22-03.F 0307, 08-08.T 0110
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM SUPORTE PARA LANÇAMENTO DE
ROJÕES"
(73) JANUÁRIO LUIZ GONÇALVES VASCONCELLOS (BR/SC)
(72) JANUÁRIO LUIZ GONÇALVES VASCONCELLOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 13/12/2005, observadas as
condições legais.
132
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6504754-0 (22) 26/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 26-03.E 0032, 26-05.A 0244
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA A POSTE DE ILUMINAÇÃO"
(73) ÍNDIO DA COSTA DESIGN LTDA ME (BR/RJ)
(72) LUIZ AUGUSTO ÍNDIO DA COSTA
(74) Di Blasi, Parente, S. G. & Associados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 26/12/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6504757-5 (22) 26/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 26-03.E 0032, 26-05.A 0244
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA A POSTE DE ILUMINAÇÃO"
(73) ÍNDIO DA COSTA DESIGN LTDA ME (BR/RJ)
(72) LUIZ AUGUSTO ÍNDIO DA COSTA
(74) Di Blasi, Parente, S. G. & Associados
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 26/12/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6504903-9 (22) 28/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 08-08.F 0163
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM ESPELHO
(73) AGRIGENTO S.A. (PA)
(72) GUILLERMO EMILIO CERRUTI MACHADO
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 28/12/2005, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 133
(11) DI 6504927-6 (22) 28/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 08-08.F 0163, 13-03.R 0305
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM ESPELHO"
(73) AGRIGENTO S.A. (PA)
(72) GUILLERMO EMILIO CERRUTI MACHADO
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 28/12/2005, observadas as
condições legais.
134
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6504928-4 (22) 28/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 08-08.F 0163, 13-03.R 0305
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM ESPELHO"
(73) AGRIGENTO S.A. (PA)
(72) GUILLERMO EMILIO CERRUTI MACHADO
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 28/12/2005, obs ervadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6504954-3 (22) 01/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 25-02.P 0405
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA A ESPAÇADOR PARA PISO INDUSTRIAL"
(73) GILMAR MARANGONI (BR /PR)
(72) GILMAR MARANGONI
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 01/12/2005, observadas as
condições legais.
(11) DI 6505037-1 (22) 29/12/2005 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 24-03.P 0811
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM MOLDE DE APLICAÇÃO PARA
DENTISTAS"
(73) DEVELOPMENT AND TECHNOLOGYOF DENTAL SYSTEMS, SL (ES)
(72) JOSÉ CRUZ MARTÍN POZO
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 29/12/2005, observadas as
condições legais.
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 135
(11) DI 6600082-3 (22) 19/01/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.B 0072, 06-01.T 0060
(54) "BANCO EXPANSÍVEL"
(73) RAFAEL SILVEIRA MATSUMURA DE CASTRO (BR/RJ)
(72) RAF AEL SILVEIRA MATSUMURA DE CASTRO
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 19/01/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6600083-1 (22) 19/01/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.C 0319
(54) CADEI RA EXPANSÍVEL
(73) RAFAEL SILVEIRA MATSUMURA DE CASTRO (BR/RJ)
(72) RAFAEL SILVEIRA MATSUMURA DE CASTRO
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 19/01/2006, observadas as
condições legais.
136
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6600180-3 (22) 12/01/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 09-03.B 0114
(54) "BANDEJA COM TAMPA PARA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS"
(73) CELULOSA MOLDEADA S/A (AR)
(72) ALBERTO JOSÉ RODRIGO
(74) Alvaro Pessin JR.
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 12/01/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6600878-6 (22) 20/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 21-02.P 0377
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PISCINA"
(73) ARLÃ ÉMERSON TORMEM (BR/SC)
(72) ARLÃ ÉMERSON TORMEM
(74) Santa Cruz Consultoria em Marcas & Patentes LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 20/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6600804-2 (22) 07/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 09-01.J 0017
(54) "CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA EM POTE"
(73) PLÁSTICOS CRIATIVOS IND. E COM. LTDA (BR/SP)
(72) MARCELO ABRANTES DE GOUVEIA
(74) PA Produtores Associados Marcas e Patentes Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 07/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6600879-4 (22) 20/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 21-02.P 0377
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PISCINA"
(73) ARLÃ ÉMERSON TORMEM (BR/SC)
(72) ARLÃ ÉMERSON TORMEM
(74) Santa Cruz Consultoria em Marcas & Patentes LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 20/04/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 137
(11) DI 6601157-4 (22) 28/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 15-03.A 0094
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM MÁQUINA DEBULHADORA"
(73) ROSSANA MARIA GOES (BR/PR) , REGINALDO GOES (BR/PR)
(72) ROSSANA MARIA GOES, REGINALDO GOES
(74) Dinamica Marcas Patentes
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 28/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601172-8 (22) 18/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 04-01.B 0044
(54) "CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA A BASE PARA UTENSÍLIO DE
LIMPEZA"
(73) BETTANIN INDUSTRIAL S/A (BR/RS)
(72) TELMO VIEIRA DUTRA
(74) D'Mark Registros de Marcas e Patentes S/C Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601171-0 (22) 18/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 23-02.S 0414
(54) "CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL EM PORTA DESINFETANTE SANITÁRIO"
(73) BETTANIN INDUSTRIAL S/A (BR/RS)
(72) TELMO VIEIRA DUTRA
(74) D'Mark Registros de Marcas e Patentes S/C Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601199-0 (22) 20/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 21-02.P 0377
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PISCINA"
(73) ARLÃ ÉMERSON TORMEM (BR/SC)
(72) ARLÃ ÉMERSON TORMEM
(74) Santa Cruz Consultoria em Marcas & Patentes LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 20/04/2006, observadas as
condições legais.
138
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6601202-3 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.C 0319
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CADEIRA
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601203-1 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-06.E 0137, 06-03.T 0029
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM BASE DE SUSTENTAÇÃO PARA MESA
(73) MAURÍCIO DE VASCON CELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601204-0 (22) 31/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 08-06.B 0460
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM MAÇANETA
(73) PAPAIZ INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA (BR/SP)
(72) LUIZ AUGUSTO DE SIQUEIRA ÍNDIO DA COSTA
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e Marcas Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 31/ 03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601205-8 (22) 31/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.C 0445
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CALÇADO"
(73) THAI QUANG NGHIA (BR/SP)
(72) THAI QUANG NGHIA
(74) Amâncio da Conceição Machado
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 31/03/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 139
(11) DI 6601212-0 (22) 04/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 20-02.E 0258
(54) "CONFIGURAÇÃO INTRODUZIDA EM BOMBA DISPENSADORA DE
COMBUSTÍVEIS"
(73) GILBARCO DO BRASIL S.A EQUIPAMENTOS (BR/SP)
(72) OLIVIER ALAIN JOSEPH MARIE GHISLAN VAN DE WERVE D IMMERSEEL
(74) Virginia Giulliod Fagury Barros
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 04/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601213-9 (22) 04/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 09-01.T 0274
(54) "CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA EM ACONDICIONADOR DE
PASTA DENTAL"
(73) ANTÔNIO EDUARDO DURIGAN (BR/SP)
(72) ANTONIO EDUARDO DURIGAN
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 04/04/2006, observadas as
condições legais.
140
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6601224-4 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.F 0015
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM POLTRONA"
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601229-5 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-03.T 0048
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM MESINHA DE CENTRO"
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601230-9 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.S 0224
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM POLTRONA DE CANTO"
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601231-7 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-06.P 0677, 06-03.T 0029
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM BASE DE SUSTENTAÇÃO DE MESA"
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 141
(11) DI 6601232-5 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.F 0015
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM POLTRONA
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601234-1 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-03.T 0048
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM MESINHA DE CANTO"
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601233-3 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.F 0015
(54) "CPNFIGURAÇÃO APLICADA EM POLTRONA"
(73) MAURÍCIO DE VASCONCELLOS (BR/PR)
(72) MAURÍCIO DE VASCONCELOS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601235-0 (22) 07/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.T 0060
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM BANCO"
(73) ANDRÉ LUIZ DA SILVA BARROS (BR/RJ)
(72) ANDRÉ LUIZ DA SILVA BARROS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 07/04/2006, observadas as
condições legais.
142
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6601243-0 (22) 07/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(30) 12/10/2005 US 26/240.337
(45) 20/06/2006
(51) 12-15.S 0157
(54) "BANDA DE RODAGEM PARA PNEUMÁTICO"
(73) THE GOODYEAR TIRE & RUBBER COMPANY (US)
(72) JEAN -NICOLAS HELT
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 07/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601250-3 (22) 06/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 25-01.B 0261
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA A CONJUNTO DE BLOCO MODULARES PARA
CONSTRUÇÃO"
(73) CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ S/A (BR/MG)
(72) JOÃO BATISTA SANTOS DE ASSIS
(74) Edmundo Brunner Ass em Prop. Indl. Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 06/04/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 143
(11) DI 6601264-3 (22) 29/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 23-04.B 0385
(54) "CONFIGURAÇÃO ESTÉTICA APLICADA EM CLIMATIZADOR DE
AMBIENTES"
(73) ADEMAR PIAN EBONE (BR/SP)
(72) ADEMAR PIAN EBONE
(74) Beerre Assessoria Empresarial LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 29/03/ 2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601251-1 (22) 06/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(30) 06/10/2005 US 29/239.932
(45) 20/06/2006
(51) 13-03.C 0750
(54) "CONECTOR DE CABO COAXIAL"
(73) THOMAS & BETTS INTERNATIONAL, INC. (US)
(72) JULIO F. RODRIGUES, RANDY WARD
(74) Nellie Anne Daniel-Shores
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 06/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601266-0 (22) 29/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 23-04.B 0385
(54) "CONFIGURAÇÃO ESTÉTICA APLICADA EM CLIMATIZADOR DE
AMBIENTES COM RESERVATÓRIO OVAL"
(73) ADEMAR PI AN EBONE (BR/SP)
(72) ADEMAR PIAN EBONE
(74) Beerre Assessoria Empresarial LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 29/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601252-0 (22) 24/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 14-03.A 0237, 24-99.A 0042
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM APARELHO DE TELECOMUNICAÇÃO
MÓVEL PARA SURDOS"
(73) ANDRÉ MIGUEL DE SOUZA (BR/PR )
(72) ANDRÉ MIGUEL DE SOUZA
(74) A Criativa Marcas e Patentes S/C LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 24/03/2006, observadas as
condições legais.
144
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601267-8 (22) 29/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 23-04.B 0385
(54) "CONFIGURAÇÃO ESTÉTICA APLICADA EM CLIMATIZADOR DE
AMBIENTES COM DUPLO RESERVATÓRIO OVAL"
(73) ADEMAR PIAN EBONE (BR/SP)
(72) ADEMAR PIAN EBONE
(74) Beerre Assessoria Empresarial LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 29/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601274-0 (22) 29/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(30) 29/12/2005 KR 30-2005- 0044825
(45) 20/06/2006
(51) 14-03.T 0148
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM APARELHO DE TV"
(73) SAMSUNG ELECTRONICS Co., LTD (KR)
(72) JIN HO CHOI, HAN KYUN KIM
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 29/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601268-6 (22) 29/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.S 0155
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM SOLADO PARA CALÇADO"
(73) LEONILDO LOPES FERREIRA (BR/SP)
(72) LEONILDO LOPES FERREIRA
(74) Beerre Assessoria Empresarial LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 29/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601284-8 (22) 02/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.C 0445
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM TÊNIS"
(73) CILMARA DUARTE COELHO BENTO (BR/MG)
(72) CILMARA DUARTE COELHO BENTO
(74) Almir Corrêa de Lacerda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 02/03/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 145
(11) DI 6601286-4 (22) 14/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 23-01.A 0307, 23-02.D 0226
(54) "CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA A DUCHA"
(73) ERIKA VIRGINIA CORNELIO TEIXEIRA DOMINGUES (BR/MG)
(72) ERIKA VIRGINIA CORNELIO TEIXEIRA DOMINGUES
(74) Magalhães & Associados Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 14/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601306-2 (22) 02/03/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-04.S 0047
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM SANDÁLIA
(73) José Cardoso (BR/MG)
(72) José Cardoso
(74) Almir Corrêa de Lacerda/ Adv./ OAB/ MG 23.167/A.P.I 01164
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 02/03/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601288-0 (22) 05/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-04.D 0248
(54) "CONFIGU RAÇÃO APLICADA EM APARADOR"
(73) FLÁVIO LAZZAROTTO (BR/RS)
(72) FLÁVIO LAZZAROTTO
(74) Regina Magro Poletto
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 05/04/2006, observadas as
condições legais.
146
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6601307-0 (22) 10/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 02-07.F 0039
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM COMPONENTE DE ZÍPER"
(73) CHUNG CHWAN ENTERPRISE CO.,LTD (TW)
(72) YU-PAU LIN
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 10/04/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601316-0 (22) 04/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 12-16.G 0046
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PORTA ESTEPE"
(73) COMPOSY S COMPONENTES PLÁSTICOS LTDA ME (BR/PR)
(72) FÁBIO ANTUNES MENDES
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 04/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601319-4 (22) 05/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/ 2006
(51) 20-01.D 0180
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM MÁQUINA DE VENDA AUTOMÁTICA"
(73) ANA CAROLINA DE OLIVEIRA (BR/PR) , PAULA BREDA AICHNER (BR/PR)
(72) ANA CAROLINA DE OLIVEIRA, PAULA BREDA AICHNER
(74) Brasil Sul Marcas e Patentes S/C LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 05/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601314-3 (22) 10/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-06.P 0307
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM PÉ"
(73) N S F INDÚSTRIA E COM DE EQUIPAMENTOS P/ INST COM LTDA (BR/SP)
(72) DINIZ AMILCAR MATIAS FERNANDES
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 10/04/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601320-8 (22) 10/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 03-01.E 0318
(54) "ESTOJO"
(73) ODIWALDO BOOSCO FILHO (BR/SP)
(72) ODIWALDO BOOSCO FILHO
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 10/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601321-6 (22) 11/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(30) 12/10/2005 US 29/240,332
(45) 20/06/2006
(51) 15-01.B 0265, 15-01.M 0309
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA PARA COBERTURA DE MOTOR"
(73) BRIGGS & STRATTON CORPORATION (US)
(72) DENNIS A. VERVOORN
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 11/04/2006, observadas as
condições legais.
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 147
(11) DI 6601326-7 (22) 12/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(30) 18/10/2005 EM 000417662-0002
(45) 20/06/2006
(51) 14-99.S 0444
(54) SUPORTE PARA TELEFONE
(73) KONINKLIJKE PHILIPS ELECTRONICS N. V (NL)
(72) JEAN -MARIE PAUL SURTOUC
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 12/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601327-5 (22) 12/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(30) 18/10/2005 EM 000417662-0001
(45) 20/06/2006
(51) 14-03.T 0133
(54) "TELEFONE"
(73) KONINKLIJKE PHILIPS ELECTRONICS N. V (NL)
(72) JEA-MARIE PAUL SURTOUC
(74) Nellie Anne Daniel -Shores
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 12/04/2006, observadas as
condições legais.
148
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6601333-0 (22) 13/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 07-04.E 0228, 07-04.E 0350
(54) "CONFIGURAÇÃO APLICADA EM DESCASCADOR"
(73) CARLOS MENDES NETO (BR/SP)
(72) CARLOS MENDES NETO
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 13/04/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601341-0 (22) 26/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 07-05.P 0203
(54) CONFIGURAÇÃO ORNAMENTAL APLICADA A PÁ COLETORA
(73) Bettanin Industrial S.A (BR/RS)
(72) Telmo Vieira Dutra
(74) D'Mark Registros de Marcas e Patentes S/C LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 26/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601342-9 (22) 26/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 20-03.C 0673
(54) CONFIGURAÇÃO APLICAD A EM PÓRTICO
(73) Única Indústria de Móveis Ltda. (BR/RS)
(72) Juvenil Antônio Zietolie
(74) Custódio de Almeida & Cia
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 26/04/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601344-5 (22) 27/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 07-05.P 0414
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM MÓVEL PARA PASSAR ROUPAS.
(73) José Carlos Fin (BR/RS)
(72) José Carlos Fin
(74) Poli & Kawski Consultoria e Assessoria em Marcas e Patentes Ltda.
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 27/04/2006, observadas as
condições legais.
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais 149
(11) DI 6601345-3 (22) 13/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-06.P 0291, 06-01.C 0319
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM BASE DE SUSTENTAÇÃO DE CADEIRAS E
AFINS.
(73) Leandro Moreira (BR/PR)
(72) Leandro Moreira
(74) London Marcas & Patentes S/S Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 13/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601348-8 (22) 13/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 24-02.D 0064
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM ADAPTADOR PARA TUBOS FLEXÍVEIS
(73) Vagner Saciloto (BR/SP)
(72) Vagner Saciloto
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S LTDA
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 13/04/2006, observadas as
condições legais.
150
DIRPA - Publicação de Desenhos Industriais
(11) DI 6601355-0 (22) 18/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.B 0195
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CHAISE
(73) ANDRÉ LUIZ DA SILVA BARROS (BR/RJ)
(72) ANDRÉ LUIZ DA SILVA BARROS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601356-9 (22) 18/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 06-01.F 0015
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM POLTRONA
(73) ANDRÉ LUIZ DA SILVA BARROS (BR/RJ)
(72) ANDRÉ LUIZ DA SILVA BARROS
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 18/04/2006, observadas as
condições legais.
RPI 1850 de 20/06/2006
(11) DI 6601382-8 (22) 11/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 09-01.T 0274
(54) CONFIGURAÇÃO EM FRASCO
(73) Karvia do Brasil Ltda. (BR/SP)
(72) Adão Mariano Aparecido
(74) Org. Mérito Marcas e Patentes Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 11/04/2006, observadas as
condições legais.
(11) DI 6601383-6 (22) 11/04/2006 39
(15) 20/06/2006
(45) 20/06/2006
(51) 14-01.H 0034
(54) CONFIGURAÇÃO APLICADA EM CARCAÇA PARA ALTO-FALANTE
(73) Bravox S/A Indústria e Comércio Eletrônico (BR/SP)
(72) Firmino Lima de Freitas
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes S/C Ltda
Prazo de validade: 10 (dez) anos contados a partir de 11/04/2006, observadas as
condições legais.
Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros
Registros - DIRTEC
Despachos Relativos a Pedidos e Registros de
Desenho Industrial
RPI 1850 de 20/06/2006
34
EXIGÊNCIA - ART. 106
PARÁG.3º DA LPI
(21) DI 6500262-8 (22) 02/02/2005 34
(71) Compania Colombiana de Ceramica
S.A (CO)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras ilustrando o
objeto com traços regulares, contínuos e
uniformes, com alta resolução gráfica.
(21) DI 6500614-3 (22) 03/03/2005 34
(71) Fabrica Electrotecnica Josa S.A.
(ES)
(74) Matos e Associados
- Cancelar o relatório. - Reapresentar o
relatório iniciado pelo título "Luminária";
usar a expressão "este desenho
industrial" e não "este modelo industrial".
(21) DI 6502582-2 (22) 13/07/2005 34
(71) Werzalit AG + Co. KG (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
As atuais figuras 1.7 a 1.10 permanecem
inadequadas à visualização das
perspectivas do objeto. Reapresentá-las
por meio de figuras de excelente
qualidade gráfica.
(21) DI 6503133-4 (22) 05/08/2005 34
(71) Miguel Angelo de Oliveira Junior
(BR/MG)
1- As novas figuras apresentadas ainda
apresentam contorno irregular,
visualizando-se segmentos serrilhados e
interrupções de traçado. Reapresentá-las
em traços contínuos e uniformes (melhor
resolução gráfica ou fotográfica), de
acordo com o AN161/02.
(21) DI 6503167-9 (22) 01/07/2005 34
(71) Marcelle Marcolino Ferreira Lawson
- SMITH (BR/MG)
(74) Soares Assessoria Empresarial Ltda
apresentar as figuras 1 e 2, com
excelente qualidade gráfica e sem
cortes; retirar a inscrição "anel" da figura
1; apresentar as duas modalidades de
anéis em todas as suas vistas perspectiva, frontal, superior e lateral -,
por meio de figuras de excelente
qualidade gráfica.
(21) DI 6503179-2 (22) 18/07/2005 34
(71) Chien Yen Lin (BR/GO)
Apresentar, em fundo neutro, os objetos
das figuras 01, 02 e 04; retirar a
representação do logotipo do automóvel
contido nas figuras 01, 04 e 05; retirar as
inscrições do modelo do automóvel da
figura 03; retirar o segundo objeto da
figura 04 ; apresentar as figuras sem
corte; apresentar os dois modelos de
automóvel nas vistas em perspectiva,
laterais e posterior. A vista frontal é
comum aos dois veículos, portanto,
poderá ser apenas uma vista frontal.
(21) DI 6504368-5 (22) 18/11/2005 34
(71) Greif Embalagens Industriais do
Brasil Ltda (BR/SP)
(74) Sabina Nehmi de Oliveira
- Cancelar o atual relatório. Reapresentar o relatório referindo-se a
pedido de registro de desenho industrial,
e não, a inv enção. - O novo relatório
deverá se limitar a descrever as
características configurativas do objeto,
sem mencionar aspectos técnicos,
funcionais e construtivos. - Cancelar as
atuais figuras. - Apresentar: Vista
Frontal, Vista Superior e Vista em
Perspectiv a e perfil da seção transversal
de cada componente do conjunto,
separadamente e sem revelar o tambor
ou container. - Suprimir a figura 8, pois
cada perfil será considerado objeto
distinto e não poderá constar de um
mesmo pedido. - As novas figuras não
deverão ilustrar os objetos com traços
regulares, contínuos e uniformes, com
alta resolução gráfica, sem conter linhas
de eixo, hachuras e linhas tracejadas.
(21) DI 6505119-0 (22) 29/12/2005 34
(71) Moverama Indústria de Móveis Ltda.
(BR/ES)
(74) Carlos Alberto Rizzo
- Mudar o título para: "Configuração
aplicada em porta de armário guardaroupa", e harmonizar o pedido com o
novo título.
(21) DI 6600337-7 (22) 03/02/2006 34
(71) V.A Diseños Alternativos, C.A (VE)
(74) Orlando de Souza
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras ilustrando o
objeto com traços regulares, contínuos e
uniformes, com alta resolução gráfica.
(21) DI 6600415-2 (22) 22/02/2006 34
(71) Alexander Binzel Sc hweisstechnik
Gmbh & Co. Kg (DE)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
- Cancelar as atuais figuras. Apresentar: Vista Frontal; Vista Lateral;
Vista Superior e Vista em Perspectiva
ilustrando somente o punho, sem revelar
outros componentes do maçarico.
(21) DI 6600476-4 (22) 31/01/2006 34
(71) Hermes Sellier (FR)
(74) Alexandre Fukuda Yamashita
- Cancelar a atual figura. - Apresentar:
Vista Frontal; Vista Lateral; Vista
Superior e Vista em Perspectiva do
objeto.
(21) DI 6600754-2 (22) 10/03/2006 34
(71) Société des Produits Nestlé S.A.
(CH)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Proceder a divisão do pedido da seguinte
forma. Deverá permanecer no presente
pedido, apenas o padrão ilustrado na
atual figura 1. - Os demais padrões
deverão fazer parte de 09 (nove) pedidos
divididos, sendo um para cada padrão. A divisão do pedido deverá ser procedida
de acordo com as instruções contidas no
item 7 do Ato Normativo 161/02.
(21) DI 6600806-9 (22) 07/04/2006 34
(71) Valdecir Moreira Fernandes (BR/PR)
(74) Manoel Paixão do Nascimento
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras sem manchas
de impressão.
(21) DI 6601100-0 (22) 04/04/2006 34
(71) Luís Augusto Ferrari Mazzon
(BR/SP)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Os objetos apresentados no presente
pedido de registro de desenho industrial
não foram considerados variações entre
si, assim sendo, o depositante deverá
proceder a divisão do pedido conforme
Ato Normativo de desenho industrial AN
161/2002 da seguinte forma: PEDIDO
ORIGINAL: atuais objetos das figuras 1
e 12; os demais objetos deverão constar
em pedidos separados, perfazendo um
número de 10 pedidos divididos e 1
original. os desenhos podem ser
apresentados à mão livre, entretanto, a
qualidade gráfica deverá ser perfeita. As
linhas deverão ser firmes e contínuas e a
representação de volume deverá ser
utilizada de forma correta para não
prejudicar a definição do objet o. os
objetos são tridimensionais, portanto
deverão ser representados pelas vistas
em perspectiva, lateral, frontal e superior.
(21) DI 6601111-6 (22) 27/03/2006 34
(71) Brother Industries, Ltd (JP)
(74) Daniel Rejman
- Cancelar o atual relatório descritivo. Apresentar novo relatório no qual as
referências descritas a respeito das
vistas ilustradas nas figuras estejam
compatíveis. - O novo relatório deverá
incluir também as referências às figuras
que ilustram vistas da variante. Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras aplicando a
numeração das mesmas, de acordo com
as instruções contidas no Ato Normativo
161/02, em relação a figuras de variantes
configurativas.
(21) DI 6601117-5 (22) 27/03/2006 34
(71) Rimet Empreendimentos Industriais
e Comerciais S/A. (BR/SP)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
- Cancelar as figuras apresentadas. Apresentar todas as vistas ortogonais e
em perspectiva do objeto e de suas
variantes. As figuras deverão ser
numeradas de acordo com o Ato
Normativo 161/02. Tais figuras deverão
constar do relatório descritivo. Apresentar quadro reivindicatório com o
seguinte texto: Configuração aplicada à
lata "por ser conforme desenhos do
objeto e de suas variantes em anexo".
(21) DI 6601140-0 (22) 28/03/2006 34
(71) Fiat Auto S.p.a (IT)
(74) Marco Antonio Saltini
- Apresentar o objeto ilustrado nas vistas:
superior, inferior e a outra lateral. -Tais
vistas deverão constar do relatório. Cancelar a reivindicação. - Apresentar
nova reivindicação com o seguinte texto:
" Configuração Aplicada em Lanterna de
Automóvel "por ser substancialmente
conforme desenhos em anexo". Vide Ato
Normativo 161/02
(21) DI 6601141-8 (22) 28/03/2006 34
(71) Fiat Auto S.p.a (IT)
(74) Marco Antonio Saltini
- Apresentar o objeto ilustrado nas vistas:
superior, inferior e a outra lateral. -Tais
vistas deverão constar do relatório. Cancelar a reivindicação. - Apresentar
nova reivindicação com o seguinte texto:
" Configuração Aplicada em Grade
DIanteira de Automóvel "por ser
substancialmente conforme desenhos
em anexo". Vide Ato Normativo 161/02
(21) DI 6601142-6 (22) 28/03/2006 34
(71) Fiat Auto S.p.a (IT)
(74) Marco Antonio Saltini
- Cancelar a reivindicação. - Apresentar
nova reivindicação com o seguinte texto:
" Configuração Aplicada em Espelho
Retrovisor de Automóvel "por ser
substancialmente conforme desenhos
em anexo". Vide Ato Normativo 161/02 Cancelar a figura 2. - Reapresentar a
figura 2 sem manchas. - Apresentar o
objeto ilustrado na vista lateral não
apresentada -Tal vista deverá constar do
relatório.
(21) DI 6601143-4 (22) 28/03/2006 34
(71) Fiat Auto S.p.a (IT)
(74) Marco Antonio Saltini
Apresentar o objeto ilustrado nas vistas:
superior e laterais. -Tais vistas deverão
constar do relatório. - Cancelar a
reivindicação. - Apresentar nova
reivindicação com o seguinte texto: "
Configuração aplicada em roda de
automóvel "por ser substancialmente
conforme desenhos em anexo". Vide Ato
Normativo 161/02
(21) DI 6601148-5 (22) 28/03/2006 34
(71) Comercial de Brinquedos Sorocaba
Ltda (BR/SP)
- Apresentar Vista em Perspectiva do
objeto.
(21) DI 6601151-5 (22) 28/03/2006 34
(71) Fiat Auto S.p.a. (IT)
(74) Marco Antonio Saltini
- Apresentar: Vista Lateral e Vista
Superior do objeto. - Fazer constar do
relatório as referências às novas figuras.
(21) DI 6601152-3 (22) 28/03/2006 34
(71) Papaiz Indústria e Comércio Ltda.
(BR/SP)
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e
Marcas Ltda.
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras ilustrando o
objeto com maior nitidez e alta resolução
gráfica, com melhor definição de
contornos e sem utilizar linhas tracejadas
(atual figura 4).
152
DIRTEC – Despachos Relativos a Pedidos e Registros de Desenho Industrial
(21) DI 6601153-1 (22) 28/03/2006 34
(71) Fiat Auto S.p.a. (IT)
(74) Marco Antonio Saltini
- Mudar o título para: "Configuração
aplicada em conjunto de maçaneta de
automóvel", e harmonizar o pedido com
o novo título.
(21) DI 6601154-0 (22) 28/03/2006 34
(71) Fiat Auto S.p.a. (IT)
(74) Marco Antonio Saltini
- Cancelar as atuais figuras. Apresentar: Vista Frontal; Vista Lateral;
Vista Superior e Vista em Perspectiva do
objeto. - As novas figuras deverão
ilustrar o objeto com alta nitidez e alta
resolução gráfica.
(21) DI 6601158-2 (22) 10/04/2006 34
(71) Docile Alimentos Ltda (BR/RS)
(74) Renato Hahn
- Cancelar as atuais figuras. - Apresentar
somente: Vista Frontal; Vista Lateral;
Vista Superior e Vista em Perspectiva do
objeto (pastilha comestível), sem os
padrões aleatórios de elementos em cor.
(21) DI 6601195-7 (22) 13/04/2006 34
(71) SANREMO S/A (BR/RS)
(74) D'Mark-RF Assessoria Empresarial
Ltda
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras ilustrando o
objeto com traços regulares, contínuos e
uniformes, sem interrupções ou falhas
gráficas e imagens maior nitidez e alta
resolução gráfica, com perfeita definição
de contornos.
(21) DI 6601207-4 (22) 04/04/2006 34
(71) Antônio Eduardo Durigan (BR/SP)
- Mudar o título para "Configuração
aplicada em cabo de escova de dentes"
e harmonizar todo o pedido com o novo
título. - Reapresentar a reivindicação
com o seguinte texto: Configuração
aplicada em cabo de escova de dentes,
" por ser substancialmente conforme
desenhos anexos". - Cancelar as atuais
figuras. - Apresentar vistas: frontal,
laterais direita e esquerda, superior
inferior e em perspectiva do objeto em
sua forma completa, montado sem
destacar partes.
(21) DI 6601208-2 (22) 04/04/2006 34
(71) Antônio Eduardo Durigan (BR/SP)
- Mudar o título para "Configuração
aplicada em cabo de escova de dentes"
e harmonizar todo o pedido com o novo
título. - Cancelar a reivindicação. Reapresentar a reivindicação com o
seguinte texto: Configuração aplicada em
cabo de escova de dentes, " por ser
substancialmente conforme desenhos
anexos". - Cancelar as figuras. Reapresentar as figuras montrando a
característica 9 tal como descrita no
relatório.
(21) DI 6601209-0 (22) 04/04/2006 34
(71) ANTONIO EDUARDO DURIGAN
(BR/SP)
- Mudar o título para "Configuração
aplicada em cabo de escova de dentes"
e harmonizar todo o pedido com o novo
título. - Cancelar a reivindicação. Reapresentar a reivindicação com o
seguinte texto: Configuração aplicada em
cabo de escova de dentes, " por ser
substancialmente conforme desenhos
anexos".
(21) DI 6601210-4 (22) 04/04/2006 34
(71) Collaço Comércio Importação e
Exportação de Artigos Esportivos Ltda
(BR/SP)
(74) Martinez & Moura Barreto S/C Ltda
- Mudar o título para " Configuração
aplicada em bolsa" e harmonizar todo o
pedido. - Retirar do relatório o trecho:"
Tendo ... até ... anexos." ( linhas de 3 a
10 da flh 2/2). - Cancelar a reivindicação.
- Apresentar nova reivindicação com o
seguinte texto: Configuração aplicada em
bolsa, por ser substancialmente
conforme desenhos em anexo. Cancelar os desenhos. - Reapresentar
os desenhos nas vistas: frontal, superior,
inferior, laterais direita e esquerda e em
perspectiva do objeto fechado sem
revelar parte interna.
(21) DI 6601237-6 (22) 07/04/2006 34
(71) Jose Marques da Silva Filho
(BR/RJ)
- Cancelar a figura 2. - Reapresentar a
figura 2 ilustrando o objeto com traços
contínuos.
(21) DI 6601254-6 (22) 07/04/2006 34
(71) Société BIC (FR)
(74) Alexandre Fukuda Yamashita
- Mudar o título para: "Configuração
aplicada em aplicador de fita corretiva".
(21) DI 6601255-4 (22) 29/03/2006 34
(71) Papaiz Indústria e Comércio Ltda.
(BR/SP)
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e
Marcas Ltda.
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras com melhor
definição dos contornos da forma do
objeto.
(21) DI 6601256-2 (22) 29/03/2006 34
(71) Papaiz Indústria e Comércio Ltda
(BR/SP)
(74) Cruzeiro/Newmarc Patentes e
Marcas Ltda.
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras com maior
nitidez e alta resolução gráfica, de modo
que os contornos da forma do objeto
fiquem perfeitamente definidos.
(21) DI 6601258-9 (22) 10/04/2006 34
(71) Ivan Donizete Parente (BR/SP)
(74) Joaquim Calheiros de Morais
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras ilustrando o
objeto com alta nitidez e alta resolução
gráfica.
(21) DI 6601259-7 (22) 10/04/2006 34
(71) Sawary Confecções Ltda (BR/SP)
(74) Gevalci Oliveira Prado
- Cancelar as figuras 3 e 4. Reapresentar as figuras ilustrando
somente o objeto, sem revelar partes do
corpo.
(21) DI 6601263-5 (22) 29/03/2006 34
(71) Rony Candi (BR/SP)
(74) Tavares & Camargo Consultores
Associados Ltda
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras sem falhas
gráficas (linhas horizontais).
(21) DI 6601265-1 (22) 29/03/2006 34
(71) Elaine Cristina Catharin Bufelli
(BR/SP)
(74) Beerre Assessoria Empresarial
LTDA
- Mudar o título para: "Padrão
Ornamental aplicado em peças de cama
e banho", e harmonizar o pedido com o
novo título.
(21) DI 6601276-7 (22) 05/04/2006 34
(71) Valdecir Moreira Fernandes (BR/PR)
(74) Manoel Paixão do Nascimento
- Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras com alta nitidez
e alta resolução gráfica, sem falhas ou
manchas gráficas.
(21) DI 6601278-3 (22) 05/04/2006 34
(71) Valdecir Moreira Fernandes (BR/PR)
(74) Manoel Paixão do Nascimento
- Cancelar as atuais figuras. -
Reapresentar as figuras ilustrando o
objeto com alta nitidez e alta resolução
gráfica, sem manchas.
(21) DI 6601282-1 (22) 05/04/2006 34
(71) Celio Luiz Bianchi (BR/MG)
(74) Manoel Paixão do Nascimento
- Mudar o título para: "Configuração
aplicada em conjunto para dormitório", e
harmonizar o pedido com o novo título. Cancelar as atuais figuras. Reapresentar as figuras sem revelar o
escudo de clube de futebol.
(21) DI 6601283-0 (22) 02/03/2006 34
(71) CILMARA DUARTE COELHO
BENTO (BR/MG)
(74) Almir Corrêa de Lacerda
- Cancelar as figuras. - Reapresentar as
figuras numerando as fonhas de acordo
com o ato normativo 161/02. Apresentar vista em perspectiva da parte
exterior do solado.
(21) DI 6601287-2 (22) 04/04/2006 34
(71) Silvano Vaccaro (BR/SC)
(74) Carlo Andreas Dalcanale
- Mudar o título para: "Configuração
aplicada em carretinha para bicicleta". Cancelar as atuais figuras. Reapresentar somente: Vista Frontal;
Vista Lateral; Vista Superior e Vista em
Perspectiva ilustrando somente o objeto,
em sua forma completa, sem destacar
partes em detalhe, sem interrupções da
imagem e sem revelar partes da
bicicleta.
(21) DI 6601309-7 (22) 10/04/2006 34
(71) Henrique César Bernardo Padovani
(BR/SP) , Antonio Bernardo Padovani
(BR/SP)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S Ltda
- Retirar do relatório os seguintes
trechos: " É fato ... até ... destaca-" (
linhas de 15 a 21 da flh 1/3) e " se ...
até... água" (linhas de 1 a 5 da flh 2/3).
(21) DI 6601315-1 (22) 10/04/2006 34
(71) Luiz Guilherme Todeschi (BR/PR)
(74) Terezinha Ana da Silva Schwingel
- Mudar o título para "Configuração
aplicada em recipiente para bebidas" e
harmonizar todo o pedido. - Retirar do
relatório os seguintes trechos : "
alcoólicas ... até ... atóxico" (linhas 4 e 5
da flh 1/2) e " Dito ... até ... modernidade"
(linhas de 9 a 16 da flh 1/2). - Cancelar a
reivindicação. - Reapresentar a
reivindicação com o seguinte texto:
Configuração aplicada em recipiente
para bebidas " por ser substancialmente
conforme desenhos em anexo".
(21) DI 6601317-8 (22) 04/04/2006 34
(71) Cecrisa Revestimentos Ceramicos
S/A. (BR/SC)
(74) Marcos Aurélio de Jesus
- Mudar o título para "Padrão ornamental
aplicado em cerâmica" e harmonizar todo
o pedido. - Cancelar a reivindicação. Apresentar nreivindicação com o
seguinte texto: Padrão ornamental
aplicado em cerâmica, por ser
substancialmente conforme desenhos
em anexo"
(21) DI 6601343-7 (22) 26/04/2006 34
(71) Única Indústria de Móveis LTDA
(BR/RS)
(74) Custódio de Almeida & Cia
- Fazer constar do relatório as
referências numéricas 11' e 23'.
(21) DI 6601357-7 (22) 18/04/2006 34
(71) Almo Braccesi (BR/SP) , Valmir
Banheti dos Santos (BR/SP)
(74) Sul America Marcas E Patentes S/C
Ltda.
- As folhas do relatório, da reivindicação
e de desenhos deverão manter as
margens especificadas no Ato Normativo
RPI 1850 de 20/06/2006
161/02. - Retirar do relatório o seguinte
trecho: "Esta ... até ... reivindicado" (
linhas de 14 a 17 da flh1/3) - Cancelar a
reivindicação. - Apresentar nova
reivindicação com o seguinte texto:
Configuração aplicada em caixa para
sinalizador áudio visual "por ser
substancialmente conforme desenhos
em anexos
(21) DI 6601358-5 (22) 18/04/2006 34
(71) Sadanori Matsui (BR/SP) ,
Massacasu Matsui (BR/SP) , Toshyaky
Matsui (BR/SP)
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S LTDA
- Retirar do relatório os seguintes
trechos: " Sabe-se ... até ...são" (linhas
de 15 a 21da flh1/3 ) e " determinados ...
até ... diferenciado" (linha 2/3 da flh 2/3).
- Cancelar a reivindicação. Reapresentar a reivindicação com o
seguinte texto: Configuração aplicada em
colhedora "por ser substancialmente
conforme desenhos em anexo".
(21) DI 6601384-4 (22) 11/04/2006 34
(71) IBC Industrial Bopil de Calçados
Ltda (BR/CE)
(74) Org. Mérito Marcas e Patentes Ltda
- Numerar as folhas do relatório de
acordo com o Ato Normativo 161/02. Retirar do relatório os seguintes trechos:
" Compreende ... até ... gera." (linhas de
4 a 7 da primeira folha apresentada), "
O objeto ... até ... ergonômicas" (linhas
de 12 a 15 da primeira folha
apresentada), e "é fabricada ... até
similar" (linha de 28 da primeira folha
apresentada). - Cancelar a reivindicação.
- Reapresentar a reivindicação com o
seguinte texto " Configuração aplicada
em sandália, "por ser substancialmente
conforme desenhos em anexo"
(21) DI 6601388-7 (22) 11/04/2006 34
(71) Brinquedos Bandeirante S/A
(BR/SP)
(74) Itamarati Patentes e Marcas Ltda
- Retirar do relatório o seguinte texto:
"fabricado ... até ...e" Linhas de 3 e 4 da
flh 1/2), e " Dito ... até ... finalidade"
(linhas de 7 a 11 da flh 1/2). - Cancelar a
reivindicação. - Reapresentar a
reivindicação com o seguinte texto "
Configuração aplicada em carrinho para
criança, "por ser substancialmente
conforme desenhos em anexo"
40
PUBLICAÇÃO DO
PARECER DE MÉRITO
(11) DI 6501849-4 (15) 26/07/2005 40
(73) Estok Comércio e Representações
Ltda (BR/SP)
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda.
NÃO FORAM ENCONTRADAS
ANTERIORIDADES.
41
NULIDADE
ADMINISTRATIVA
(11) DI 6001181-5 (15) 22/05/2001 41
(73) Eletrônica Senun Ltda (BR/SP)
(74) Waldemar do Nascimento
Requerente: Mar-Girus Continental
Indústria de Controles Elétricos Ltda
Nulidade instaurada em 22 de maio de
2006.
(11) DI 6201902-3 (15) 10/12/2002 41
(73) Eudes Dias Bicalho (BR/SP)
(74) Vogal Marcas e Patentes S/C Ltda
Requerente: Dirtec/Inpi, de ofício
Nulidade instaurada em 29 de maio de
2006.
(11) DI 6402079-7 (15) 14/03/2006 41
(73) Maciel Aparecido Jorge (BR/MG)
RPI 1850 de 20/06/2006
(74) Antônio Fernando de Lacerda
Requerente: Grendene S/A
nulidade instaurada em 12 de maio de
2006, ficando suspensos os efeitos da
concessão de acordo com o § 2º do
artigo 113 da Lei 9279/96.
(11) DI 6403280-9 (15) 03/05/2005 41
(73) Almir Contini (BR/SP)
(74) José Ricardo Gonçalves Azenha
Requerente: Almir Contini
Nulidade instaurada em 06 de fevereiro
de 2006.
(11) DI 6404066-6 (15) 25/01/2005 41
(73) MIGUEL DELL'AGLI (BR/SP)
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
Requerente: Alliedsignal Automotive Ltda
Nulidade instaurada em 08 de maio de
2006.
(11) DI 6404075-5 (15) 21/06/2005 41
(73) Miguel Dell'Agli (BR/SP)
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
Requerente: Alledsignal Automotive Ltda
Nulidade instaurada em 08 de maio de
2006.
(11) DI 6404076-3 (15) 25/01/2005 41
(73) MIGUEL DELL'AGLI (BR/SP)
(74) Símbolo Marcas e Patentes Ltda
Requerente: Alliedsignal Automotive Ltda
Nulidade instaurada em 08 de maio de
2006.
(11) DI 6503061-3 (15) 01/11/2005 41
(73) Márcia Aparecida Campos Pinto
(BR/MG)
(74) Almir Corrêa de Lacerda
Requerente: Grendene S/A
Nulidade instaurada em 23 de maio de
2006.
(11) DI 6503254-3 (15) 16/11/2005 41
(73) Noiaplast Industria e Comercio de
Plasticos Ltda (BR/RS)
(74) Teresa Mariley Oliveira Abreu
Requerente: Grendene S/A
Nulidade instaurada em 23 de maio de
2006.
(11) DI 6503658-1 (15) 14/03/2006 41
(73) Usebem Industria e Comercio de
Calçados Ltda ME (BR/CE)
(74) Francisco Leite de Oliveira Filho
Requerente: Grendene S/A
Nulidade instaurada em 12 de maio de
2006, ficando suspensos os efeitos da
concessão de acordo com o § 2º do
artigo 113 da Lei 9279/96.
(11) DI 6503659-0 (15) 14/03/2006 41
(73) Usebem Industria e Comercio de
Calçados Ltda ME (BR/CE)
(74) Francisco Leite de Oliveira Filho
Requerente: Grendene S/A
Nulidade instaurada em 12 de maio de
2006, ficando suspensos os efeitos da
concessão de acordo com o § 2º do
artigo 113 da Lei 9279/96.
(11) DI 6503792-8 (15) 13/12/2005 41
(73) Cermag Comercial Importadora e
Exportadora Ltda (BR/SP)
(74) Mercosul Ass. e Cons. Empre. p/
Amer. do Sul S/C Ltda
Requerente: Metalúrgica Albras Ltda
Nulidade instaurada em 03 de maio de
2006, ficando suspensos os efeitos da
concessão de acordo com o § 2º do
artigo 113 da Lei 9279/96.
(11) DI 6503992-0 (15) 10/01/2006 41
(73) Usebem Industria e Comercio de
Calçados Ltda ME (BR/CE)
(74) Francisco Leite de Oliveira Filho
Requerente: Grendene S/A
Nulidade instaurada em 23 de maio de
2006.
(11) DI 6504403-7 (15) 21/02/2006 41
(73) Guilherme dos Santos (BR/RS)
(74) José Antônio Bumbel
Requerente: Dover do Brasil Ltda
Nulidade instaurada em 10 de maio de
DIRTEC - Despachos Relativos a Pedidos e Registros de Desenho Industrial 153
2006.
(11) DI 6504728-1 (15) 07/03/2006 41
(73) Pilkington Brasil Ltda (BR/SP)
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
Requerente: Aluk Sistemas em Alumínio
Ltda
Nulidade instaurada em 03 de maio de
2006, ficando suspensos os efeitos da
concessão de acordo com o § 2º do
artigo 113 da Lei 9279/96.
(11) DI 6504976-4 (15) 21/03/2006 41
(73) Enrique Fabian Gonzalez Escalada
(BR/SP)
(74) Dinâmica Marcas Patentes
Requerente: Parlux S. P. A.
Nulidade instaurada em 27 de abril de
2006, ficando suspensos os efeitos da
concessão, de acordo com o § 2º do
artigo 113 da Lei 9279/96.
(11) DI 6505019-3 (15) 28/03/2006 41
(73) Hamilton Bartolomeu Negrão
(BR/SP)
(74) José Ricardo Gonçalves Azenha
Requerente: Avon Cosméticos Ltda
Nulidade instaurada em 19 de maio de
2006, ficando suspensos os efeitos da
concessão de acordo com o § 2º do
artigo 113 da Lei 9279/96.
46
PRORROGAÇÃO
(11) DI 5602195-0 (22) 24/05/1996 46
(15) 21/01/1998
(45) 21/01/1998
(52)(BR) 5.06
(54) Ornamentação aplicada em papel
decorativo
(73) Masa Decor, S.A. (ES)
(72) D. Arturo Dominguez Casanova
(74) Brasil Sul Marcas e Patentes S/C
Ltda
Prorrogado de 25/05/2006 até
24/05/2011.
54
DEVOLUÇÃO DE PRAZO
CONCEDIDA
(11) DI 6503609-3 (22) 28/09/2005 54
(15) 06/12/2005
(71) Metalúrgica Meber Ltda (BR/RS)
(74) Pap Marcas e Patentes Ltda
São devolvidos 25 (vinte e cinco) dias, a
serem contados a partir da data desta
publicação.
54.1
DEVOLUÇÃO DE PRAZO
NEGADA
(21) DI 6503646-8(22)30/09/2005 54.1
(71) Botafogo 31 De Utilidade e Lazer
Ltda (BR/RJ)
DEVOLUÇÃO DE PRAZO NEGADA.
56
TRANSFERÊNCIA
DEFERIDA
(11) DI 6203855-9 (22) 03/12/2002 56
(15) 08/04/2003
(71) SHAMA INVES TIMENTOS,
PARTICIPAÇÕES E NEGÓCIOS LTDA
(BR/SP)
(74) Antonia Andreoli
Transferido de: " Shama Investimentos,
Participações e Negócios Ltda".
(11) DI 6303469-7 (22) 30/09/2003
(15) 04/01/2005
(71) JOSÉ FERNÁNDEZ ALONSO
(BR/SP)
(74) Paulo Sergio Scatamburlo
Transferido de: "José Fernandez
Alonso".
(11) DI 6502304-8 (22) 22/06/2005 56
(15) 03/01/2006
(71) PASCOAL BUTINI INDÚSTRIA E
COMERCIO DE PRODUTOS
ALIMENTÍCIOS LTDA (BR/MG)
(74) Minasmarca & Patente Ltda
Transferido de: " Pirata Indústria e
Comércio de Produtos Alimentícios
Ltda".
(11) DI 6503323-0 (22) 16/09/2005 56
(15) 17/01/2006
(71) VOLKSWAGEN DO BRASIL
INDÚSTRIA DE VEÍCULOS
AUTOMOTORES LTDA (BR/SP)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: " Volkswagen AG ".
(21) DI 6503324-8 (22) 16/09/2005 56
(71) VOLKSWAGEN DO BRASIL
INDÚSTRIA DE VEÍCULOS
AUTOMOTORES LTDA (BR/SP)
(74) Dannemann , Siemsen, Bigler &
Ipanema Moreira
Transferido de: " Volkswagen AG ".
58
TRANSFERÊNCIA EM
EXIGÊNCIA
(11) DI 6402145-9 (22) 11/05/2004 58
(15) 14/09/2004
(71) WORLD ENERGY WATER LTDA
(BR/MG)
(74) Sâmia Amin Santos
Prove que o signatário do documento de
cessão têm poderes contratuais e/ou
estatutários para isoladamente alienar o
Desenho Industrial.
59
ALTERAÇÃO DE NOME
DEFERIDA
(11) DI 6101755-8 (22) 25/06/2001 59
(15) 04/12/2001
(71) PRIOR PACK INDÚSTRIA E
COMÉRCIO LTDA (BR/SP)
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C
Nome alterado de: " Prior Pack Serviços
de Empacotamento Ltda".
62
ALTERAÇÃO DE SEDE
DEFERIDA
(11) DI 5501603-0 (22) 05/10/1995 62
(15) 26/08/1997
(73) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede Alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2006.
(11) DI 5501604-9 (22) 05/10/1995 62
(15) 21/01/1998
(73) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede Alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2006.
(11) DI 5600131-2 (22) 02/01/1996 62
(15) 17/08/1999
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C ltda.
Sede Alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2006.
56
(11) DI 5800761-0 (22) 07/04/1998 62
(15) 06/07/1999
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2005
(11) DI 6000321-9 (22) 15/03/2000 62
(15) 19/12/2000
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2005
(11) DI 6000322-7 (22) 15/03/2000 62
(15) 19/12/2000
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2005
(11) DI 6000957-8 (22) 15/03/2000 62
(15) 29/05/2001
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2005
(11) DI 6200835-8 (22) 12/04/2002 62
(15) 12/11/2002
(71) RAWLINGS SPORTING GOODS
COMPANY, INC. (US)
(74) Momsen, Leonardos & CIA
Sede alterada - Pet (RJ) nº 71000, de
18/05/2006.
(11) DI 6302699-6 (22) 13/08/2003 62
(15) 07/10/2003
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2005
(11) DI 6404461-0 (22) 01/12/2004 62
(15) 01/03/2005
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2005
(11) DI 6404463-7 (22) 01/12/2004 62
(15) 01/03/2005
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
(11) DI 6404464-5 (22) 01/12/2004 62
(15) 05/04/2005
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - Pet(DESP) nº 24726, de
05/09/2005
(11) DI 6404465-3 (22) 01/12/2004 62
(15) 05/04/2005
(71) BRAVOX S/A INDÚSTRIA E
COMÉRCIO ELETRÔNICO (BR/SP)
(74) Fortrade Brasil Marcas e Patentes
S/C LTDA.
Sede alterada - PetDESP) nº 024726, de
05/09/2005.
71
DESPACHO ANULADO
(21) DI 6600002-5 (22) 04/01/2006 71
(71) Peugeot Citroën Automobiles S.A.
(FR)
(74) Fróes, Luna & Advogados
Referente ao despacho de código 34,
publicado na RPI 1846 de 23 de maio de
2006, por ter sido indevido.
154
DIRTEC – Despachos Relativos a Pedidos e Registros de Desenho Industrial
RPI 1850 de 20/06/2006
Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros
Registros - DIRTEC
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRTEC
Contratos de Tecnologia e Licenças de Uso de
Marcas
Tabela de Códigos de Despachos
060
Cumpra a EXIGÊNCIA formulada EM
GRAU DE RECURSO, observando o
disposto no complemento.
130
Pedidos de Averbação de Contratos
Indeferidos
185
210
002
010
025
031
032
033
044
Apresentar/reapresentar
PROCURAÇÃO contendo a qualificação
completa do outorgante e outorgado e
explicitando os poderes deste último.
800
Certificados de Averbação Cancelados
998
Pedidos de Licença Obrigatória para
Exploração de Patentes
999
Outros
065
Apresentar/reapresentar TERMO DE
AUTORIZAÇÃO do criador e, se for o
caso, do depositante do programa
original para Modificação/Derivação
Tecnológica contendo: a qualificação
completa do(s) autorizante(s) e dos(s)
autorizado(s) e o título do programa
original.
400
Concessão do Registro.
560
Anotada alteração de nome/razão social
e/ou endereço.
565
Anotada a transferência de titularidade.
570
Prorrogado o prazo de sigilo.
080
Apresentar cópia(s) autenticada(s)
dos(s) documento(s) de instrução de
pedido de registro.
571
Sigilo levantado por solicitação do
depositante.
572
090
Deferido o pedido de registro com base
na norma legal. Desta data corre o
prazo de 60(sessenta) dias para
interposição de recurso ao Presidente
do INPI.
Sigilo levantado com base no item 5.4
do ATO NORMATIVO INPI nº 95/88.
573
Sigilo levantado em atendimento à
ordem judicial.
574
Restaurado o sigilo.
575
Desistência do REGISTRO DE
PROGRAMA DE COMPUTADOR.
601
Anexar cópia(s) autenticada(s) de
documento(s) de instrução.
602
Reapresentar PROCURAÇÃO em
virtude de ter havido substituição do
outorgado.
603
Reapresentar PROCURAÇÃO por
término do prazo legal da existente no
processo.
604
Reapresentar PROCURAÇÃO por
decurso do prazo de 2(dois) anos de
concessão do registro.
700
Extinção.
Comprovar ou reapresentar documentos
que caracterizam a relação
empregatícia/prestação de serviços
entre o(s) depositante(s) e o(s)
criador(es) do programa de computador.
140
Por serem diferentes depositante(s) e
criador(es), apresentar/reapresentar
documentos que caracterizem relação
empregatícia/prestação de serviços ou
TERMO DE CESSÃO DE DIREITOS,
contendo: qualificação completa de
ambos, definição dos direitos objeto de
cessão e suas condições de exercício
quanto ao tempo e lugar.
RECURSO(S) INTERPOSTO(S) contra
decisão indicada.
Retificação de Publicações
100
Comprovar que a atividade do
empregado/servidor público/prestador
de serviço, compreende as de pesquisa
ou desenvolvimento de computador.
Pedidos de Averbação de Contratos
Aprovados
290
Recolher complemento da retribuição
devida para o serviço solicitado.
Comprovar que o programa de
computador trazido a registro foi
elaborado na vigência do vínculo
empregatício/prestação de serviço.
350
RECURSO CONHECIDO, observando o
disposto no complemento.
Regularizar dados da instrução do
pedido de registro.
Comprovar o recolhimento da
retribuição devida pelos serviços
prestados.
Anulação de Publicações
272
DIRTEC
Programas de Computador
Tabela de Códigos de Despachos
001
295
Pedidos de Averbação de Contratos
Arquivados
Indeferido o PEDIDO DE REGISTRO
com base na norma legal.
Arquivado o PEDIDO DE REGISTRO
com base no item 3.4 do ATO
NORMATIVO INPI-95/88.
155
Desistência do PEDIDO DE
REGISTRO.
210
Recurso interposto contra decisão
exarada.
265
266
267
Recurso conhecido e provido.
Reformada a decisão recorrida. Deferido
o PEDIDO DE REGISTRO DE
COMPUTADOR com base no item 3.6.1
do ATO NORMATIVO INPI-95/88.
Recurso conhecido e provido na
instância do CNDA.Reformada a
decisão recorrida. Deferido o PEDIDO
DE REGISTRO DE COMPUTADOR.
Recurso conhecido e negado
provimento na instância do CNDA.
Mantido o indeferimento do PEDIDO DE
REGISTRO DE PROGRAMA DE
COMPUTADOR.
750
Republicação da publicação de
qualquer um dos subitens anteriores por
ter sido efetuada com incorreção.
760
Anulação
Anulação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores, por ter sido
indevida.
156
DIRTEC – Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros Registros
DIRTEC
Tabela de Códigos de Despachos
INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS
380
385
305
315
325
335
340
373
375
CUMPRA A EXIGÊNCIA, observando
o disposto no complemento.
Recolha e/ou complemente a
RETRIBUIÇÃO devida, no exato valor
fixado na tabela de retribuições de
serviços , em vigor na data da
comprovação do cumprimento desta
exigência junto ao INPI, observando o
disposto no complemento. Recolha,
também, a retribuição estabelecida
para CUMPRIMENTO DE
EXIGÊNCIA.
390
ARQUIVADO o pedido de registro de
indicação geográfica, POR FALTA DE
CUMPRIMENTO/ RESPOSTA À
EXIGÊNCIA.
PUBLICADO o pedido de registro de
indicação geográfica. Inicia-se, nesta
data, o prazo de 60 (sessenta) dias
para manifestação de terceiros.
395
MANIFESTAÇÃO(ÕES) de
terceiros(s) indicado(s) no
complemento, face à publicação do
pedido de registro de indicação
geográfica.
DEFERIDO o pedido de registro de
indicação geográfica. Inicia-se,
nesta data, o prazo de 60 (sessenta)
dias para que o requerente comprove,
junto ao INPI, o recolhimento da
RETRIBUIÇÃO RELATIVA À
EXPEDIÇÃO DE CERTIFICADO DE
REGISTRO, no exato valor previsto
na tabela de custosde serviços
prestados pelo INPI, vigente à
época do recolhimento.
INDEFERIDO o pedido de registro de
indicação geográfica, observado o
disposto no complemento.
405
PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO
INTERPOSTO contra a decisão de
indeferimento do pedido de registro
de indicação geográfica.
PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO
CONHECIDO E PROVIDO.
DEFERIDO o pedido de registrode
indicação geográfica. Inicia-se, nesta
data, o prazo de 60 (sessenta) dias
para que o requerente comprove,
junto ao INPI, o recolhimento da
RETRIBUIÇÃO RELATIVA À
EXPEDIÇÃO DE CERTIFICADO DE
REGISTRO, no exato valor previsto
na tabela de custos de serviços
prestados pelo INPI, vigente à
época do recolhimento.
PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO
CONHECIDO. NEGADO
PROVIMENTO. MANTIDO O
INDEFERIMENTO do pedido de
registro de indicação geográfica,
tendo em vista o disposto no
complemento. ENCERRADA A
INSTÂNCIA ADMINISTRATIVA.
Comunicação de CONCESSÃO DE
REGISTRO de reconhecimento de
indicação eográfica. O certificado de
registro estará à disposição do Titular
na recepção do INPI, após 60
(sessenta) dias, a contar desta data.
Poderá, a pedido, ser remetido a
qualquer Delegacia/Representação do
INPI/MDIC.
Retificação da COMUNICAÇÃO DE
CONCESSÃO DE REGISTRO de
reconhecimento de indicação
geográfica, conforme indicado no
complemento. O certificado de
registroestará à disposição do Titular
na recepção do INPI, após 60
(sessenta) dias, a contar desta data.
Poderá, a pedido, ser remetido a
qualquer Delegacia/Representação do
INPI/MDIC.
RPI 1850 de 20/06/2006
410
NÃO CONHECIDA A PETIÇÃO
indicada, observando o disposto no
complemento.
412
PREJUDICADA A PETIÇÃO indicada.
413
ARQUIVADA A PETIÇÃO indicada.
414
INDEFERIDA A PETIÇÃO indicada.
415
ARQUIVADO o pedido de registro de
indicação geográfica, por
DESISTÊNCIA do requerente.
416
RECONHECIDO O OBSTÁCULO
ADMINISTRATIVO. DEVOLVIDO O
PRAZO, conforme requerido, que
começará a fluir a partir da data de
sua publicação na RPI, observando o
disposto no complemento.
420
HOMOLOGADA A DESISTÊNCIA
requerida, através da petição
indicada.
423
ANULADO(S) o(s) despacho(s)
abaixo indicado(s).
425
NOMEADO PERITO, para
saneamento de questões técnicas.
430
SOBRESTADO o exame do pedido
de registro de indicação geográfica,
observando o disposto no
complemento.
435
PEDIDO DE REGISTRO DE
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA SUBJUDICE. NOTIFICAÇÃO DE
PROCEDIMENTO JUDICIAL,
observando o disposto no
complemento.
440
REGISTRO DE INDICAÇÃO
GEOGRÁFICA SUB-JUDICE,
NOTIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTO
JUDICIAL, observando o disposto no
complemento.
445
DECIDIDO JUDICIALMENTE,
conforme indicado no complemento.
Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros
Registros - DIRTEC
Contratos de Tecnologia (EP, FT, SAT, FRA)
Licenças de Uso de Marca (UM)
RPI 1850 de 20/06/2006
Processo: 040629
350
Com Última Informação de: 01/02/2006
Certificado de Averbação: 040629/04
Cedente: DAIDO KOGYO CO., LTD.
País da Cedente: JAPÃO
Cessionária: DAIDO INDUSTRIAL E
COMERCIAL LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE
EQUIPAMENTOS DE TRANSMISSÃO
PARA FINS INDUSTRIAIS INCLUSIVE ROLAMENTOS
CNPJ/CPF: 45.175.387/0001-55
Endereço da Cessionária: Avenida
Independência nº 3.300 - Jardim
Independência - Taubaté - SP
Natureza do Documento: Contrato de
01/01/1997Objeto: UM - Licença não exclusiva para
o Registro nº 006318320 - Alteração do
item "Prazo"Moeda de Pagamento: IEN JAPONES
Valor: 1% (um por cento) sobre o
faturamento líquidoForma de Pagamento: AnualPrazo: De 01/01/2006 até 31/12/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 040919
185
Cedente: ILOG INC
Cessionária: KLABIN S/A
Objeto: SAT - Serviços de consultoria
no projeto cartucho de planejamento e
scheduling da produção de papel.
Setor: Fabricação de celulose e outras
pastas para a fabricação de papel.
Processo: 040919
800
Certificado de Averbação: 040919/01
Cedente: ILOG INC
Cessionária: KLABIN S/A
Objeto: SAT - Serviços de consultoria
no projeto cartucho de planejamento e
scheduling da produção de papel.
Setor: Fabricação de celulose e outras
pastas para a fabricação de papel.
Processo: 050111
350
Com Última Informação de: 18/04/2006
Certificado de Averbação: 050111/02
Cedente: EUROPIPE GmbH
País da Cedente: ALEMANHA
Cessionária: TUBOS SOLDADOS
ATLÂNTICO LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE TUBOS DE
AÇO COM COSTURA
CNPJ/CPF: 61.142.766/0001-03
Endereço da Cessionária: KM 274 - BR
101 - Rodovia do Contorno, s/nº Distrito de Carapina - Serra - ES
Natureza do Documento: Aditivo nº 01
de 01/01/2006 ao Contrato de
31/12/2004Objeto: SAT - Serviços de
desenvolvimento da engenharia,
supervisão da montagem da produção,
colocação em produção experimental,
acompanhamento da produção e
treinamento relativos à implantação da
fábrica de tubos de aço soldados
helicoidal com revestimento interno e/ou
externo - Alteração do item "Valor"-
Moeda de Pagamento: EURO
Valor: Até EUR 333.875,00Forma de Pagamento: Taxa/dia
variando de EUR 390,00 até EUR
1.500,00Prazo: De 31/12/2004 até 31/12/2006Responsável pelo pagam ento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 050677
350
Com Última Informação de: 10/04/2006
Certificado de Averbação: 050677/02
Cedente: MITSUI & CO., LTD.
País da Cedente: JAPÃO
Cessionária: COMPANHIA
SIDERÚRGICA DE TUBARÃO - CST
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE PRODUTOS
SIDERÚRGICOS - EXCLUSIVE EM
SIDERÚRGICAS INTEGRADAS
CNPJ/CPF: 27.251.974/0001-02
Endereço da Cessionária: Avenida
Brigadeiro Eduardo Gomes nº 930 Jardim Limoeiro - Serra - ES
Natureza do Documento: Contrato nº
CEI -04 00032 002 00 de 14/12/2004Objeto: SAT - Supervisão de montagem
do soprador, comissionamento, testes
de desempenho, isoladamente e
integrado aos sistemas aos quais será
acoplado o equipamento,
compreendendo filtro de ar de
admissão, válvulas de descarga de
"blow-off", silenciador de "blow- off" e
válvulas de ar soprado, incluindo
treinamento de equipe técnica da
Cessionária - Alteração do item "Prazo"Moeda de Pagamento: IEN JAPONES
Valor: NIHILPrazo: De 14/12/2004 até 30/06/2007Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 050845
350
Com Última Informação de: 06/04/2006
Certificado de Averbação: 050845/01
Cedente: SIEMENS S/A
País da Cedente: ARGENTINA
Cessionária: SIEMENS LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE
SUBESTAÇÕES, QUADROS DE
COMANDO, REGULADORES DE
VOLTAGEM E OUTROS APARELHOS
E EQUIPAMENTOS PARA
DISTRIBUIÇÃO E CONTROLE DE
ENERGIA
CNPJ/CPF: 44.013.159/0001-16
Endereço da Cessionária: Avenida
Mutinga nº 3.800 - Pirituba - São Paulo
- SP
Natureza do Documento: Contrato de
02/01/2004Objeto: SAT - Assistência técnica para a
implantação, integração, adaptação,
operação e manutenção dos
equipamentos que comporão a rede de
serviços "NGN" (Next Generation
Networks), de telefonia fixa das
operadoras Brasil Telecom e TelefônicaMoeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Até US$ 188,950.97-
Forma de Pagamento: Taxa/hora US$
35.00Prazo: De 02/01/2004 até 30/09/2004Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: Até US$ 18,469.00 assistência técnica remota e
emergencialProcesso: 051090
350
Com Última Informação de: 22/12/2005
Certificado de Averbação: 051090/01
Cedente: NACCO MATERIALS
HANDLING GROUP, INC.
País da Cedente: ESTADOS UNIDOS
Cessionária: NACCO MATERIALS
HANDLING GROUP BRASIL LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS,
EQUIPAMENTOS E APARELHOS
PARA TRANSPORTE E ELEVAÇÃO
DE CARGAS E PESSOAS
CNPJ/CPF: 57.014.896/0001-85
Endereço da Cessionária: Avenida das
Naç ões Unidas nº 22.777 - Jurubatuba São Paulo - SP
Natureza do Documento: Contrato de
31/10/2005Objeto: FT - Fabricação das
empilhadeiras séries Hyster L177,
códigos H40FT, H50FT, H60FT e
H70FTe Yale B875, códigos GP040VX,
GP050VX , GP060VX e GP070VX Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: 5% (cinco por cento) sobre o
preço líquido de venda dos produtos
contratuaisPrazo: 05 (cinco) anos, a contar de
20/12/2005Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 060117
350
Com Última Informação de: 18/04/2006
Certificado de Averbação: 060117/01
Cedente: THERMO DESIGN
ENGENEERING LTD
País da Cedente: CANADÁ
Cessionária: BRASKEM S.A.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE PRODUTOS
PETROQUÍMICOS BÁSICOS
CNPJ/CPF: 42.150.391/0001-70
Endereço da Cessionária: Rua Eteno nº
1561 - Complexo Petroquímico
Camaçari - Camaçari - BA
Natureza do Documento: Contrato de
15/12/2005Objeto: SAT - Serviços de elaboração
de projeto conceitual de engenharia
para a reforma da Unidade de
Desetanização de Gás Natural na
Refinaria de De-etanização de
Camaçari - BAMoeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Até US$ 1,062,288.00Forma de Pagamento: Taxa/hora
variando de US$ 68.00 até US$ 95.00Prazo: 05 (cinco) anos, a contar de
15/05/2006-
Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: Até US$ 45,712.00 AdministraçãoProcesso: 060143
350
Com Última Informação de: 17/04/2006
Certificado de Averbação: 060143/01
Cedente: LEAD METAL
TECHNOLOGIES, S.A. DE C.V.
País da Cedente: MÉXICO
Cessionária: TAMARANA METAIS
LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: RECICLAGEM DE SUCATAS
METÁLICAS
CNPJ/CPF: 00.367.910/0001-07
Endereço da Cessionária: Rodovia
Victório Francovig nº 1.550 - Km 01 Rodovia - Tamarana - PR
Natureza do Documento: Contrato de
01/01/2006Objeto: SAT - Serviços técnicos para
instalação de uma planta industrial para
reciclagem de baterias automotivas
Chumbo Ácido (SLI), esgotadas e
sucateadas, até o Tipo BCI tamanhos 6D e 8-D, para fabricação de Chumbo
Metálico e Polipropileno TrituradoMoeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Até US$ 51,840.00Forma de Pagamento: Taxa/dia US$
2,160.00Prazo: 24 (vinte e quatro) meses, a
partir de 01/01/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060150
130
Cedente: GRD MINPROC LIMITED
Cessionária:
GRD MINPROC
ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA
Processo: 060162
350
Com Última Informação de: 08/05/2006
Certificado de Averbação: 060162/01
Cedente: AMMONIA CASALE S.A.
País da Cedente: SUIÇA
Cessionária: ULTRAFÉRTIL S.A.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE
INTERMEDIÁRIOS PARA
FERTILIZANTES
CNPJ/CPF: 02.476.026/0011-08
Endereço da Cessionária: Rua Dr. Eli
Volpato nº 999 - Distrito Industrial Araucária - PR
Natureza do Documento: Fatura nº
96/2005 de 20/10/2005Objeto: SAT - Serviços de projeto de
engenharia, expedição, inspeção e teste
para fabricação de economizador da
síntese de amônia na planta de
AraucáriaMoeda de Pagamento: EURO
Valor: EUR 58.000,00Forma de Pagamento: Taxa/dia EUR
906,25Prazo: De 02/01/2006 até 05/03/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
158
DIRTEC - Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros Registros
Processo: 060282
350
Com Última Informação de: 06/04/2006
Certificado de Averbação: 060282/01
Cedente: SOUTHERN
SCHLUMBERGER S.A. e
SCHLUMBERGER SERVIÇOS DE
PETRÓLEO LTDA.
País da Cedente: URUGUAI
Cessionária: BG E&P BRASIL LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: EXTRAÇÃO DE PETRÓLEO E
GÁS NATURAL
CNPJ/CPF: 02.681.185/0002-53
Endereço da Cessionária: Rua José
Clemente Pereira nº 126 - Parte Campo Grande - Santos - SP
Natureza do Documento: Contrato nº
BG/2005/BRASIL/007 de 24/10/2005,
Aditivo nº 01 de 10/01/2006 e Aditivo nº
02 de 01/02/2006Objeto: SAT - Serviços de perfilagem de
cabos elétricos no poço de exploração
de petróleo no bloco BM- S-13, Bacia de
Santos "offshore", BrasilMoeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Até US$ 520,000.00Forma de Pagamento: Taxas/hora US$
66.01, US$ 132.02 e US$ 179.10Prazo: De 24/10/2005 até 24/10/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: Até US$ 1,150,000.00 Aluguel de Equipamentos Processo: 060305
350
Com Última Informação de: 12/04/2006
Certificado de Averbação: 060305/01
Cedente: FRP RECYCLING PRESS
GmbH
País da Cedente: ALEMANHA
Cessionária: FAUDI FILTER SYSTEMS
INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE
FILTROS INDUSTRIAIS LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS E
APARELHOS DE REFRIGERAÇÃO E
VENTILAÇÃO DE USO INDUSTRIAL
CNPJ/CPF: 05.931.487/0001-40
Endereço da Cessionária: Praça Rui
Barbosa nº 765 - Sala 124 - Centro Curitiba - PR
Natureza do Documento: Contrato de
09/02/2006Objeto: SAT - Serviços de consultoria
relacionada ao projet o e elaboração de
uma central de filtragem Moeda de Pagamento: EURO
Valor: Até EUR 99.080,00Forma de Pagamento: Taxa/hora EUR
92,00;
Taxas/dia EUR 1.080,00 e EUR
1.400,00Prazo: De 15/02/2006 até 15/10/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: Até EUR 4.200,00 - Viagens
InternacionaisProcesso: 060310
350
Com Última Informação de: 13/04/2006
Certificado de Averbação: 060310/01
Cedente: LCT TECHNOLOGY PTY
LTD.
País da Cedente: AUSTRÁLIA
Cessionária: COMPANHIA VALE DO
RIO DOCE
País da Cessionária: BRASIL
Setor: EXTRAÇÃO DE MINÉRIO DE
FERRO
CNPJ/CPF: 33.592.510/0001-54
Endereço da Cessionária: Avenida
Graça Aranha nº 26 - Centro - Rio de
Janeiro - RJ
Natureza do Documento: Contrato nº
301859 de 01/02/2006 Objeto: SAT - Serviços de revisão da
engenharia básica e de detalhamento
do projeto níquel do vermelho-
Moeda de Pagamento: DOLAR
AUSTRALIANO
Valor: Até AUD$ 86.800,00Forma de Pagamento: Taxa/hora AUD$
140,00Prazo: De 01/03/2006 até 01/12/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: Até AUD$ 4.340,00 Despesas locaisProcesso: 060315
350
Com Última Informação de: 18/04/2006
Certificado de Averbação: 060315/01
Cedente: UNIVERSIDAD CENTRAL DE
VENEZUELA - UCV
País da Cedente: VENEZUELA
Cessionária: PETRÓLEO BRASILEIRO
S.A. - PETROBRAS
País da Cessionária: BRASIL
Setor: REFINO DE PETRÓLEO
CNPJ/CPF: 33.000.167/0001-01
Endereço da Cessionária: Avenida
República do Chile nº 65 - Sala 302 Centro - Rio de Janeiro - RJ
Natureza do Documento: Contrato nº
0050.0020074.06.2 de 10/03/2006Objeto: SAT - Serviços de pesquisa no
Projeto "Catalisadores com base de
cobalto na síntese Fischer-Tropsch"Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Até US$ 72,000.00Forma de Pagamento: Taxas/hora US$
40.00 e US$ 60.00Prazo: De 10/03/2006 até 09/03/2008Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: Até US$ 66,600.00 Equipamentos, materiais, overhead e
outros custos administrativos Processo: 060318
350
Com Última Informação de: 19/04/2006
Certificado de Averbação: 060318/01
Cedente: FETTE GmbH
País da Cedente: ALEMANHA
Cessionária: BOEHRINGER
INGELHEIM DO BRASIL QUÍMICA E
FARMACÊUTICA LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE
MEDICAMENTOS PARA USO
HUMANO
CNPJ/CPF: 60.831.658/0001-77
Endereço da Cessionária: Avenida
Maria Coelho Aguiar nº 215 - Bloco F, 3º
andar - Jardim São Luiz - Santo Amaro SP
Natureza do Documento: Fatura nº
580933 de 16/08/2005 Objeto: SAT - Serviço de manutenção e
calibração das compressoras Fette
P2100 - CP14 e CP15 e treinamento
dos operadores Moeda de Pagamento: EURO
Valor: EUR 6.703,00Forma de Pagamento: Taxa/dia EUR
1.340,60Prazo: De 01/08/2005 até 05/08/2005Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060320
350
Com Última Informação de: 20/04/2006
Certificado de Averbação: 060320/01
Cedente: KYUSHU MUSASHI
SEIMITSU CO., LTD.
País da Cedente: JAPÃO
Cessionária: MUSASHI DO BRASIL
LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE PEÇAS E
ACESSÓRIOS PARA OS SISTEMAS
DE MARCHA E TRANSMISSÃO
CNPJ/CPF: 10.963.007/0001-62
Endereço da Cessionária: Praça
Motogear nº 111 - Cruz de Rebouças Igarassu - PE
RPI 1850 de 20/06/2006
Natureza do Documento: Fatura nº
MSB- TECH(KMS)060228 de
28/02/2006Objeto: SAT - Serviços de assistência
técnica à linha de produção no
planejamento e recuperação do atraso
de produção de novos produtos Moeda de Pagamento: IEN JAPONES
Valor: JPY 550.000Forma de Pagamento: Taxa/dia JPY
50.000Prazo: De 10/12/2005 até 24/12/2005Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: JPY 1.097.130 - Despesas
de viagem Processo: 060322
350
Com Última Informação de: 20/04/2006
Certificado de Averbação: 060322/01
Cedente: MURAKAMI CORPORATION
País da Cedente: JAPÃO
Cessionária: FICOSA DO BRASIL
LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE PEÇAS E
ACESSÓRIOS DE METAL PARA
VEÍCULOS AUTOMOTORES NÃO
CLASSIFICADOS EM OUTRA CLASSE
CNPJ/CPF: 00.839.627/0001-30
Endereço da Cessionária: Avenida
Doutor Humberto Gianella, 622 - Jardim
Belval - Barueri - SP
Natureza do Documento: Contrato de
01/09/2004 e Aditivo de 08/12/2005Objeto: FT - Fabricação de espelhos
laterais externos IMV (Modelo 692N)
para automóveis fabricados pela Toyota
do Brasil Ltda.
Moeda de Pagamento: IEN JAPONES
Valor: 1) parte fixa: Yenes 13.000.000;
2) 3% (três por cento) sobre o preço
líquido de venda dos produtos
contratuaisPrazo: De 17/04/2006 até 30/08/2009Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 060323
130
Cedente: TSAGI CENTRAL
AEROHYDRODYNAMIC INSTITUTE
Cessionária:
EMBRAER - EMPRESA
BRASILEIRA DE AERONÁUTICA S/A
Processo: 060330
350
Com Última Informação de: 25/04/2006
Certificado de Averbação: 060330/01
Cedente: PRAYON TECHNOLOGIES
S.A.
País da Cedente: BÉLGICA
Cessionária: FERTILIZANTES
FOSFATADOS S.A. - FOSFERTIL
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE
FERTILIZANTES FOSFATADOS,
NITROGENADOS E POTÁSSICOS
CNPJ/CPF: 19.443.985/0001-58
Endereço da Cessionária: Estrada da
Cana Km 11 - Industrial - Uberaba - MG
Natureza do Documento: Fatura nº
1000000004 de 24/01/2006Objeto: SAT - Serviços de análise
laboratorial de amostra de rocha salitre
para teste de fabricação de ácido
fosfóricoMoeda de Pagamento: EURO
Valor: EUR 65.000,00Forma de Pagamento: Taxa/dia EUR
3.095,24Prazo: De 02/01/2006 até 22/01/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060331
350
Com Última Informação de: 26/04/2006
Certificado de Averbação: 060331/01
Cedente: HAVEN MANUFACTURING
CORPORATION
País da Cedente: ESTADOS UNIDOS
Cessionária: ACESITA CENTROS DE
SERVIÇOS LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: SEDES DE EMPRESAS E
UNIDADES ADMINISTRATIVAS
LOCAIS
CNPJ/CPF: 04.335.855/0001-24
Endereço da Cessionária: Praça 1º de
Maio nº 9 - 2º andar - Centro - Timóteo
- MG
Natureza do Documento: Fatura nº
182974 de 05/01/2006 Objeto: SAT- Serviços de ins peção e
diagnóstico da máquina de corte de
lâmina dupla modelo 873Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: US$ 3,520.00
Forma de Pagamento: Taxa/hora US$
80.00
Prazo: De 05/12/2005 até 10/12/2005
Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: US$ 598.31 - Despesas de
estacionamento, quilometragem de
veículo, telefone, fotografia, visto e
diárias
Processo: 060334
350
Com Última Informação de: 26/04/2006
Certificado de Averbação: 060334/01
Cedente: ILOG, INC.
País da Cedente: ESTADOS UNIDOS
Cessionária: KLABIN S/A
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE CELULOSE E
OUTRAS PASTAS PARA A
FABRICAÇÃO DE PAPEL
CNPJ/CPF: 89.637.490/0001-45
Endereço da Cessionária: Rua Formosa
nº 367 - 12º andar - Centro - São Paulo
- SP
Natureza do Documento: Faturas nºs
978558 de 30/06/2005, 978822A de
29/07/2005 e 9912305 de 30/12/2005Objeto: SAT - Serviços de consultoria
no projeto cartucho de planejamento e
scheduling da produção de papelMoeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: US$ 99,350.00Forma de Pagamento: Taxa/dia US$
1,600.00Prazo: De 01/06/2005 até 30/12/2005Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060337
350
Com Última Informação de: 27/04/2006
Certificado de Averbação: 060337/01
Cedente: OSAKA SEIMITSU KIKAI CO.,
LTD.
País da Cedente: JAPÃO
Cessionária: MUSASHI DO BRASIL
LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE PEÇAS E
ACESSÓRIOS PARA OS SISTEMAS
DE MARCHA E TRANSMI SSÃO
CNPJ/CPF: 10.963.007/0001-62
Endereço da Cessionária: Praça
Motogear nº 111 - Cruz de Rebouças Igarassu - PE
Natureza do Documento: Contrato de
05/04/2005Objeto: SAT - Serviços de montagem e
verificação de um equipamento de
medida de condução e lançamento,
modelo CLP-35Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Até US$ 6,727.32Forma de Pagamento: Taxa/dia US$
747.48Prazo: De 19/04/2005 até 27/04/2005Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: Até US$ 11,308.03 - Custos
de viagem -
RPI 1850 de 20/06/2006
Processo: 060340
350
Com Última Informação de: 28/04/2006
Certificado de Averbação: 060340/01
Cedente: DET NORSKE VERITAS AS
País da Cedente: NORUEGA
Cessionária: PETRÓLEO BRASILEIRO
S/A - PETROBRAS
País da Cessionária: BRASIL
Setor: REFINO DE PETRÓLEO
CNPJ/CPF: 33.000.167/0001-01
Endereço da Cessionária: Av. República
do Chile, 65 - Sala 302 - Centro - Rio de
Janeiro - RJ
Natureza do Documento: Contrato nº
0050.0015572.05.2 de 16/03/2006
Objeto: SAT - Serviços técnicos
relacionados ao "Projeto Multiclientes"
denominado "Gerenciamento da
Integridade do Duto de Interligação
(RIM) definido como Gerenciamento de
Conhecimento e Experiência"
Moeda de Pagamento: COROA
NORUEGUESA
Valor: NOK 250.000,00
Prazo: De 18/04/2005 até 15/10/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060341
350
Com Última Informação de: 28/04/2006
Certificado de Averbação: 060341/01
Cedente: HTE
AKTIENGESELLSCHAFT
País da Cedente: ALEMANHA
Cessionária: PETRÓLEO BRASILEIRO
S.A. - PETROBRAS
País da Cessionária: BRASIL
Setor: REFINO DE PETRÓLEO
CNPJ/CPF: 33.000.167/0001-01
Endereço da Cessionária: Avenida
República do Chile nº 65 - Sala 302 Centro - Rio de Janeiro - RJ
Natureza do Document o: Fatura nº
05/00133 de 13/12/2005Objeto: SAT - Serviços de calibração e
ajuste no sistema analítico, manutenção
e ajustes no software do equipamento
do sistema de controle da unidade de
catálise combinatória em equipamentos
GTL (Gás Natural)Moeda de Pagamento: EURO
Valor: EUR 9.000,00Forma de Pagamento: Taxa/dia EUR
1.800,00Prazo: De 31/10/2005 até 05/11/2005Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Serviços/Despesas Isentas de
Averbação: EUR 1.180,84 - Despesas
de viagens Processo: 060342
350
Com Última Informação de: 28/04/2006
Certificado de Averbação: 060342/01
Cedente: MITSUI BABCOCK ENERGY
LIMITED
País da Cedente: REINO UNIDO
Cessionária: PETRÓLEO BRASILEIRO
S.A. - PETROBRAS
País da Cessionária: BRASIL
Setor: REFINO DE PETRÓLEO
CNPJ/CPF: 33.000.167/0001-01
Endereço da Cessionária: Avenida
República do Chile nº 65 - Sala 302 Centro - Rio de Janeiro - RJ
Natureza do Documento: Contrato nº
0050.0015301.05.2 de 13/02/2006Objeto: SAT - Serviços técnicos
relacionados ao "Projeto Multicliente"
denominado "Eficácia dos Métodos de
Classificação para Inspeção em
Serviço"Moeda de Pagamento: LIBRA
ESTERLINA
Valor: Até £ 20.000,00Prazo: De 13/02/2006 até 13/02/2008Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060344
350
Com Última Informação de: 28/04/2006
DIRTEC - Diretoria de Transferência de Tecnologia
Certificado de Averbação: 060344/01
Cedente: STFI - PACKFORSK AB
País da Cedente: SUÉCIA
Cessionária:
ARACRUZ CELULOSE
S.A.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE CELULOSE E
OUTRAS PASTAS PARA A
FABRICAÇÃO DE PAPEL
CNPJ/CPF: 42.157.511/0001-61
Endereço da Cessionária: Rodovia
Aracruz - Barra do Riacho s/nº - Aracruz
- ES
Natureza do Documento: Contrato nº
C2006/017 de 05/04/2006Objeto: SAT - Serviços de
desenvolvimento de programa de
pesquisa na área de produção de
celuloseMoeda de Pagamento: COROA SUECA
Valor: Até SEK 4.500.000Forma de Pagamento: Taxa/dia SEK
4.166,67Prazo: De 05/04/2006 até 31/12/2008Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060347
350
Com Última Informação de: 28/04/2006
Certificado de Averbação: 060347/01
Cedente: DAEWOO INTERNATIONAL
CORPORATION
País da Cedente: REPUBLICA DA
COREIA
Cessionária: DAEWOO ELECTRONICS
CORPORATION
País da Cessionária: REPUBLICA DA
COREIA
Setor: FABRICAÇÃO DE OUTRAS
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS DE
USO GERAL
Endereço da Cessionária: 686, AhyeonDong, Mapo-gu
Natureza do Documento: Contrato de
07/04/2006Objeto: UM - Licença exclusiva para os
Registros nºs 812163400, 812163419,
812640543, 812640560 e 812640551Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: NIHIL
Prazo: De 26/04/2006 até 31/12/2007Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Não se Aplica
Processo: 060348
350
Com Última Informação de: 02/05/2006
Certificado de Averbação: 060348/01
Cedente: IAIN LE MAY
País da Cedente: CANADÁ
Cessionária: CENTRO DE PESQUISAS
DE ENERGIA ELÉTRICA - CEPEL
País da Cessionária: BRASIL
Setor: PESQUISA E
DESENVOLVIMENTO DAS CIÊNCIAS
FÍSICAS E NATURAIS
CNPJ/CPF: 42.288.886/0001-60
Endereço da Cessionária: Ilha do
Fundão - Cidade Universitária - Rio de
Janeiro - RJ
Natureza do Documento: Contrato nº
02/034/2005 de 18/08/2005Objeto: SAT - Consultoria técnica
especializada e assessoria em estudos
e serviços e projetos de pesquisas do
Departamento de Tecnologias
EspeciaisMoeda de Pagamento: REAL
Valor: Até R$ 89.485,00Forma de Pagamento: Taxa/dia R$
1.627,00Prazo: 02 (dois) anos, a contar de
16/05/2006Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
Processo: 060350
350
Com Última Informação de: 02/05/2006
Certificado de Averbação: 060350/01
Cedente: OUTBACK STEAKHOUSE
INTERNATIONAL, L.P.
País da Cedente: ESTADOS UNIDOS
Cessionária: CLS SÃO PAULO LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: RESTAURANTES E
ESTABELECIMENTOS DE BEBIDAS,
COM SERVIÇO COMPLETO
CNPJ/CPF: 02.704.394/0012-47
Endereço da Cessionária: Travessa
Casalbuono nº 120 - Salão Usos
Comercial 24 - Vila Guilherme - São
Paulo - SP
Natureza do Documento: Contrato de
13/12/2004 e Aditivo de 23/08/2005Objeto: Franquia não exclusiva para
operação de um restaurante localizado
na Travessa Casalbuono nº 120 Salão
de Uso Comercial 24, Shopping Center
Norte, CEP 02047-050, Vila Guilherme,
São Paulo, SP, em conformidade com
o "Sistema Outback Steakhouse",
incluindo a utilização das marcas
referentes aos Registros nºs
818727373, 818727381, 819671878 e
Pedido de Registro nº 819213179Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Taxa Inicial de Franquia: US$
40,000.00;
Taxa de Royalties: 4% (quatro por
cento) das vendas brutas do
restauranteForma de Pagamento: MensalPrazo: Até 29/06/2009, a partir da data
de abertura do Restaurante, para os
Registros e até a expedição do
Certificado de Registro para o Pedido
de RegistroResponsável pelo pagam ento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 060351
350
Com Última Informação de: 02/05/2006
Certificado de Averbação: 060351/01
Cedente: OUTBACK STEAKHOUSE
INTERNATIONAL, L.P.
País da Cedente: ESTADOS UNIDOS
Cessionária: CLS RESTAURANTES
BRASÍLIA LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: RESTAURANTES E
ESTABELECIMENTOS DE BEBIDAS,
COM SERVIÇO COMPLETO
CNPJ/CPF: 06.204.320/0001-40
Endereço da Cessionária: SAI/SO, Área
6580 CCCV, Loja 1491/1491T - Park
Shopping - SAI/SP - Brasília - DF
Natureza do Document o: Contrato de
12/08/2004 e Aditivo de 23/08/2005Objeto: Franquia não exclusiva para
operação de um restaurante localizado
na SAI/SO, Área 6580 CCCV Lojas
15491 e 149T - Parkshopping 70610,
SAI/SP, Brasília - DF, em conformidade
com o "Sistema Outback Steakhouse",
incluindo a utilização das marcas
referentes aos Registros nºs
818727373, 818727381, 819671878 e
Pedido de Registro nº 819213179Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Taxa Inicial de Franquia: US$
50,000.00;
Taxa de Royalties: 4% (quatro por
cento) das vendas brutas do
restauranteForma de Pagamento: MensalPrazo: Até 29/06/2009, a partir da data
de abertura do Restaurante, para os
Registros e até a expedição do
Certificado de Registro para o Pedido
de RegistroResponsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 060352
350
Com Última Informação de: 02/05/2006
Certificado de Averbação: 060352/01
Cedente: OUTBACK STEAKHOUSE
INTERNATIONAL, L.P.
País da Cedente: ESTADOS UNIDOS
Cessionária: CLS RESTAURANTES
RIO DE JANEIRO LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
159
Setor: RESTAURANTES E
ESTABELECIMENTOS DE BEBIDAS,
COM SERVIÇO COMPLETO
CNPJ/CPF: 06.077.850/0004-17
Endereço da Cessionária: Rua XV de
Novembro, 8 - Lojas 121 G/H/I/J/K/L
122 - Centro - Niterói - RJ
Natureza do Documento: Contrato de
30/08/2003, Termo de Cessão e
Assunção de 31/03/2004 e Aditivo de
23/08/2005
Objeto: Franquia não exclusiva para
operação de um restaurante na Rua XV
de Novembro, nº 8 - Espaços
Comerciais 121, G/H/O/J/K/L, e 121,
Centro, Niteroi - RJ, em conformidade
com o "Sistema Outback Steakhouse",
incluindo a utilização das marcas
referentes aos Registros nºs
818727373, 818727381, 819671878 e
Pedido de Registro nº 819213179Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Taxa Inicial de Franquia: US$
50,000.00;
Taxa de Royalties: 4% (quatro por
cento) das vendas brutas do
restauranteForma de Pagamento: MensalPrazo: Até 29/06/2009, a partir da data
de abertura do restaurante, para os
Registros e até a expedição do
Certificado de Registro para o Pedido
de RegistroResponsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 060357
130
Cedente: PETRO.COM
Cessionária: UP PETRÓLEO BRASIL
LTDA
Processo: 060375
350
Com Última Informação de: 10/05/2006
Certificado de Averbação: 060375/01
Cedente: INSTITUTO ESTRADA REAL
- IER
País da Cedente: BRASIL
Cessionária: VELOSO E TAVARES
INDÚSTRIA DE ALIMENTOS LTDA.
País da Cessionária: BRASIL
Setor: TORREFAÇÃO E MOAGEM DE
CAFÉ
CNPJ/CPF: 06.052.530/0001-60
Endereço da Cessionária: Avenida
General David Sarnoff nº 4.123 - Cidade
Industrial - Contagem - MG
Natureza do Documento: Contrato de
01/08/2005 e Aditivo de 06/01/2006Objeto: UM - Licença exclusiva para os
Pedidos de Registro nºs: 826417400,
826417850, 826418678, 827819463,
827819536, 827952015 e 827952023Valor: NIHILPrazo: De 17/04/2006 até a expedição
dos Certificados de Registro referentes
aos Pedidos de Registro objeto da
Licença, desde que não ultrapasse
01/08/2008Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Não se Aplica
Processo: 060386
350
Com Última Informação de: 11/05/2006
Certificado de Averbação: 060386/01
Cedente: RESTAURANTE NANAKO
LTDA.
País da Cedente: BRASIL
Cessionária:
MARIA CAROLINA DE
PAULA ISHIBA-ME
País da Cessionária: BRASIL
Setor: RESTAURANTES E OUTROS
ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS
DE ALIMENTAÇÃO
CNPJ/CPF: 05.905.282/0001-90
Endereço da Cessionária: Avenida
Lavandisca nº 627 - Moema - São Paulo
- SP
Natureza do Documento: Contrato de
28/05/2004Objeto: Licença não exclusiva para o
Registro nº 818915110-
160
DIRTEC - Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros Registros
Moeda de Pagamento: REAL
Valor: 01(um) Salário Mínimo Mensal,
desde que não ultrapasse 1% (um por
cento) sobre o preço líquido das
vendas Forma de Pagamento: MensalPrazo: De 05/05/2006 até 15/09/2008Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cedente
Processo: 980886
350
Com Última Informação de: 27/03/2006
Certificado de Averbação: 980886/03
Cedente: PPG INDUSTRIES OHIO,
INC.
País da Cedente: ESTADOS UNIDOS
Cessionária: PPG INDUSTRIAL DO
BRASIL - TINTAS E VERNIZES
LIMITADA. (anteriormente denominada
PPG INDUSTRIAL DO BRASIL LTDA.)
País da Cessionária: BRASIL
Setor: FABRICAÇÃO DE TINTAS,
VERNIZES, ESMALTES E LACAS
CNPJ/CPF: 43.996.693/0001-27
Endereço da Cessionária: Rodovia
Anhanguera s/nº - KM 106 - Jardim São
Judas Tadeu - Sumaré - SP
Natureza do Documento: Contrato de
25/03/1998, Aditivo de 01/08/2001 e 2º
Aditivo de 11/05/2005Objeto: FT - Fabricação de
revestimentos para indústria
automobilística e demais atividades
industriais - alteração do item "Prazo"Moeda de Pagamento: DOLAR DOS
ESTADOS UNIDOS
Valor: Pela tecnologia e assistência
técnica - 4% (quatro por cento) sobre as
vendas líquidas Prazo: De 03/01/2006 até 02/01/2011Responsável pelo pagamento do
Imposto de Renda: Cessionária
RPI 1850 de 20/06/2006
Estatísticas
RPI 1850 de 20/06/2006
DIRETORIA DE PATENTES
Código
1.1
1.1.1
1.2
1.2.1
1.2.2
1.3
1.3.1
1.3.2
2.1
2.4
2.5
2.6
2.7
3.1
3.2
3.5
3.6
3.7
3.8
4.3
4.3.1
4.3.2
6.1
6.6
6.7
6.8
6.9
6.10
7.1
7.2
7.3
7.4
8.5
8.6
8.7
8.8
8.9
8.10
8.11
9.1
9.1.1
9.1.2
9.1.3
9.1.4
Quantidade
Código
Quantidade
207
8
9.2
9.2.1
9.2.2
9.2.3
10.1
10.5
10.6
10.7
10.8
11.1
11.1.1
11.2
11.4
11.5
11.6
11.6.1
11.11
11.12
11.13
11.14
11.15
11.16
11.30
11.31
12.1
12.2
12.3
12.6
12.7
12.8
13.1
13.2
15.1
15.2
15.3
15.3.1
15.4
15.7
15.8
15.9
15.10
15.11
15.12
15.13
15.14
15.21
15.22
15.22.1
15.23
15.30
15.31
15.32
15.33
4
114
14
3
106
28
3
3
7
2
73
3
1
49
43
1
1
2
Código
16.1
16.2
16.3
16.4
17.1
17.2
17.3
18.1
18.2
18.3
18.4
18.5
18.6
18.10
18.11
18.12
18.13
19.1
19.2
19.3
21.1
21.2
21.6
21.7
21.8
21.9
21.10
22.2
22.3
22.4
22.5
22.10
22.11
22.12
22.13
22.14
22.15
22.20
22.21
22.22
22.23
8
7
1
1
13
2
1
4
1
1
1
TOTAL:
864
Quantidade
56
2
1
1
4
Código
23.1
23.1.1
23.2
23.3
23.4
23.5
23.6
23.7
23.8
23.9
23.10
23.11
23.12
23.13
23.14
23.15
23.16
23.17
23.18
24.2
24.3
24.4
24.5
24.6
24.7
25.1
25.2
25.3
25.4
25.5
25.6
25.7
25.8
25.9
25.10
25.11
25.12
25.13
Quantidade
1
50
6
14
16
1
Estatísticas
RPI
de
162
Diretoria de Contratos de Tecnologia e Outros
Registros - DIRTEC
Estatística de Pedidos e Registros de
Desenhos Industriais
RPI 1850 de 20/06/2006
PEDIDOS E REGISTROS DE DESENHOS INDUSTRIAIS
Código
30
31
32
33
34
34.1
35
35.1
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
47.1
48
49
Quantidade
Código
50
51
52
53
54
54.1
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
70
71
72
73
74
52
101
1
17
1
TOTAL:
195
Quantidade
1
1
5
1
1
13
1
Estatística da Diretoria de Contratos de
Tecnologia e Outros Registros - DIRTEC
RPI 1850 de 20/06/2006
CONTRATOS DE TECNOLOGIA
LICENÇAS DE USO DE MARCAS
Código
Quantidade
Código
Quantidade
Código
Quantidade
060
130
185
210
3
1
-
272
290
295
350
800
31
1
998
999
-
Total:
36
REGISTROS DE PROGRAMAS DE COMPUTADOR
Código
Quantidade
Código
Quantidade
Código
Quantidade
001
002
010
025
031
032
033
044
065
080
-
090
100
140
155
210
265
266
267
400
560
565
-
570
571
572
573
574
575
601
602
603
604
700
750
760
-
Total:
-
INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS
PEDIDOS E REGISTROS
Código
Quantidade
Código
Quantidade
Código
Quantidade
305
315
325
335
345
350
357
360
365
-
373
375
380
385
390
395
405
410
415
-
420
423
425
430
435
440
445
-
Total:
-
166
Estatísticas
RPI 1850 de 20/06/2006
RPI 1850 de 20/06/2006
Código Internacional adotado pelo INPI
para Países e Organizações
Internacionais
Organizações Internacionais
Escritório de Marcas do
Benelux e Escritório de
Modelos de Benelux
Instituto Internacional de
Patentes
Organização Regional de
Propriedade Industrial
Africana
Organização Africana de
Propriedade Intelectual
(OAPI)
Organização Européia de
Patentes EPO
Organização Mundial de
Propriedade Intelectual
(OMPI) (WIPO)
Escritório para Harmonização
no Mercado Interno (Marcas
Registradas e Designs)
BX
IB
AP
OA
EP
WO
EM
Países - Ordem de Nomes
AFEGANISTÃO
ÁFRICA DO SUL
ALBÂNIA
ALEMANHA
ANDORRA
ANGOLA
ANGUILLA
ANT.IUGOSLÁVIA
(REP.MACEDÔNIA)
ANTARTICA
ANTÍGUA E BARBUDA
ANTILHAS HOLANDESAS
ARÁBIA SAUDITA
ARGÉLIA
ARGENTINA
ARMÊNIA
ARUBA
AUSTRÁLIA
ÁUSTRIA
AZERBAIJÃO
BAHAMAS
BANGLADESH
AF
ZA
AL
DE
AD
AO
AI
MK
BARBADOS
BAREINE
BELARUS
BÉLGICA
BELIZE
BENIN
BERMUDAS
BOLÍVIA
BÓSNIA E HERZEGÓVINA
BOTSUANA
BRASIL
BRUNEI DARUSSALAM
BULGÁRIA
BURKINA FASO
BURUNDI
BUTÃO
CABO VERDE
CAMARÕES
CAMBOJA
CANADÁ
CATAR
BB
BH
BY
BE
BZ
BJ
BM
BO
BA
BW
BR
BN
BG
BF
BI
BT
CV
CM
KH
CA
QA
AQ
AG
AN
SA
DZ
AR
AM
AW
AU
AT
AZ
BS
BD
Código Internacional de Países 167
CAZAQUISTÃO
CHADE
CHANNEL ISLAND OF
GUERNSEY
CHILE
CHINA
CHIPRE
COLÔMBIA
COMORES
CONGO
COSTA DO MARFIM
COSTA RICA
CROÁCIA
CUBA
DINAMARCA
DJIBUTI
DOMINICA
EGITO
EL SALVADOR
EMIRADOS ARABES
UNIDOS
EQUADOR
ERITRÉIA
ESLOVÁQUIA
ESLOVENIA
ESPANHA
ESTADOS UNIDOS
ESTÔNIA
ETIÓPIA
FEDERAÇÃO RUSSA
FIJI
FILIPINAS
FINLÂNDIA
FRANÇA
GABÃO
GÂMBIA
GANA
GEÓRGIA
GEORGIA DO SUL E
ILHAS SANDWICH DO
SUL
GIBRALTAR
GRANADA
GRÉCIA
GROELÂNDIA
GUADALUPE
GUAM
GUATEMALA
GUIANA
GUIANA FRANCESA
GUINÉ
GUINÉ BISSAU
GUINÉ EQUATORIAL
HAITI
HOLANDA
HONDURAS
HONG-KONG
HUNGRIA
IÊMEN
ILHA BOUVET
ILHA NATAL
ILHA NORFALK
ILHAS CAIMAN
ILHAS COCOS
ILHAS COOK
ILHAS FAROE
ILHAS HEARD E MC
DONALD
ILHAS MALVINAS
ILHAS MARIANAS DO
NORTE
ILHAS MARSHALL
ILHAS MENORES
AFASTADAS / EUA
ILHAS SALOMÃO
KZ
TD
GG
CL
CN
CY
CO
KM
CG
CI
CR
HR
CU
DK
DJ
DM
EG
SV
AE
EC
ER
SK
SI
ES
US
EE
ET
RU
FJ
PH
FI
FR
GA
GM
GH
GE
GS
GI
GD
GR
GL
GP
GU
GT
GY
GF
GN
GW
GQ
HT
NL
HN
HK
HU
YE
BV
CX
NF
KY
CC
CK
FO
HM
FK
MP
MH
UM
SB
ILHAS TURKS E CAICOS
ILHAS VIRGENS
(BRITÂNICAS)
ILHAS VIRGENS (U.S.)
ILHAS WALLIS E FUTURA
ÍNDIA
INDONÉSIA
IRÃ (REPÚBLICA
ISLÂMICA DO)
IRAQUE
IRLANDA
ISLÂNDIA
ISRAEL
ITÁLIA
JAMAICA
JAPÃO
JORDÂNIA
KIRIBATI
KUWAIT
LAOS
LESOTO
LETÔNIA
LÍBANO
LIBÉRIA
LÍBIA
LIECHTENSTEIN
LITUÂNIA
LUXEMBURGO
MACAU
MADAGASCAR
MALÁSIA
MALÁWI
MALDIVAS
MALI
MALTA
MARROCOS
MARTINICA
MAURÍCIO
MAURITÂNIA
MAYOTTE
MÉXICO
MIANMÁ
MICRONÉSIA (EST. DA
FEDERAÇÃO)
MOÇAMBIQUE
MÔNACO
MONGÓLIA
MONT SERRAT
NAMÍBIA
NAURU
NEPAL
NICARÁGUA
NÍGER
NIGÉRIA
NIUE
NORUEGA
NOVA CALEDÔNIA
NOVA ZELÂNDIA
OMÃ
ORGANIZAÇÃO
EUROPÉIA DE PATENTES
PAÍSES BAIXOS
PALAU
PANAMÁ
PAPUA NOVA GUINÉ
PAQUISTÃO
PARAGUAI
PERU
PITCAIRN
POLINÉSIA FRANCESA
POLÔNIA
PORTO RICO
PORTUGAL
QUÊNIA
QUIRGUISTÃO
TC
VG
VI
WF
IN
ID
IR
IQ
IE
IS
IL
IT
JM
JP
JO
KI
KW
LA
LS
LV
LB
LR
LY
LI
LT
LU
MO
MG
MY
MW
MV
ML
MT
MA
MQ
MU
MR
YT
MX
MM
FM
MZ
MC
MN
MS
NA
NR
NP
NI
NE
NG
NU
NO
NC
NZ
OM
EP
PB
PW
PA
PG
PK
PY
PE
PN
PF
PL
PR
PT
KE
KG
REINO UNIDO
REPÚBLICA CENTRO
AFRICANA
REPÚBLICA DA CORÉIA
REPÚBLICA DA
MOLDOVA
REPÚBLICA DOMINICANA
REPÚBLICA POPULAR
DEM. DA CORÉIA
REPÚBLICA TCHECA
REPÚBLICA UNIDA DA
TANZÂNIA
REUNIÃO
ROMÊNIA
RUANDA
SAARA OCIDENTAL
SAINT PIERRE E
MIQUELON
SAMOA AMERICANA
SAMOA OCIDENTAL
SANTA HELENA
SANTA LÚCIA
SÃO CRISTÓVÃO E
NEVIS
SÃO MARINO
SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
SÃO VICENTE E
GRANADINAS
SENEGAL
SERRA LEOA
SEYCHELLES
SINGAPURA
SÍRIA
SOMÁLIA
SRI LANKA
SUAZILÂNDIA
SUDÃO
SUÉCIA
SUÍÇA
SURINAME
SVALBARD E JAN MAYEN
TADJIQUISTÀO
TAILÂNDIA
TAIWAN, PROVÍNCIA DA
CHINA
TERRAS AUSTRAIS
FRANCESAS
TERRIT. BRITAN.
OCEANO ÍNDICO
TERRITÓRIO OCUPADO
PALESTINO
TIMOR -LESTE
TOGO
TOKELAU
TONGA
TRINIDAD E TOBAGO
TUNÍSIA
TURCOMENISTÃO
TURQUIA
TUVALU
UCRÂNIA
UGANDA
URUGUAI
UZBEQUISTÃO
VANUATU
VATICANO
VENEZUELA
VIETNÃ
YUGOSLÁVIA
ZAIRE
ZÂMBIA
ZIMBÁBUE
GB
CF
KR
MD
DO
KP
CZ
TZ
RE
RO
RW
EH
PM
AS
WS
SH
LC
KN
SM
ST
VC
SN
SL
SC
SG
SY
SO
LK
SZ
SD
SE
CH
SR
SJ
TJ
TH
TW
TF
IO
PS
TL
TG
TK
TO
TT
TN
TM
TR
TV
UA
UG
UY
UZ
VU
VA
VE
VN
YU
ZR
ZM
ZW
168
Código Internacional de Países
Países - Ordem de Sigla
AD
AE
AF
AG
AI
AL
AM
AN
AO
AQ
AR
AS
AT
AU
AW
AZ
BA
BB
BD
BE
BF
BG
BH
BI
BJ
BM
BN
BO
BR
BS
BT
BV
BW
BY
BZ
CA
CC
CF
CG
CH
CI
CK
CL
CM
CN
CO
CR
CU
CV
CX
CY
CZ
DE
DJ
DK
DM
DO
DZ
EC
EE
EG
EH
EP
ANDORRA
EMIRADOS ARABES
UNIDOS
AFEGANISTÃO
ANTÍGUA E BARBUDA
ANGUILLA
ALBÂNIA
ARMÊNIA
ANTILHAS HOLANDESAS
ANGOLA
ANTARTICA
ARGENTINA
SAMOA AMERICANA
ÁUSTRIA
AUSTRÁLIA
ARUBA
AZERBAIJÃO
BÓSNIA E HERZEGÓVINA
BARBADOS
BANGLADESH
BÉLGICA
BURKINA FASO
BULGÁRIA
BAREINE
BURUNDI
BENIN
BERMUDAS
BRUNEI DARUSSALAM
BOLÍVIA
BRASIL
BAHAMAS
BUTÃO
ILHA BOUVET
BOTSUANA
BELARUS
BELIZE
CANADÁ
ILHAS COCOS
REPÚBLICA CENTRO
AFRICANA
CONGO
SUÍÇA
COSTA DO MARFIM
ILHAS COOK
CHILE
CAMARÕES
CHINA
COLÔMBIA
COSTA RICA
CUBA
CABO VERDE
ILHA NATAL
CHIPRE
REPÚBLICA TCHECA
ALEMANHA
DJIBUTI
DINAMARCA
DOMINICA
REPÚBLICA DOMINICANA
ARGÉLIA
EQUADOR
ESTÔNIA
EGITO
SAARA OCIDENTAL
ORGANIZAÇÃO
EUROPÉIA DE PATENTES
ER
ES
ET
FI
GG
FJ
FK
FM
FO
FR
GA
GB
GD
GE
GF
GH
GI
GL
GM
GN
GP
GQ
GR
GS
GT
GU
GW
GY
HK
HM
HN
HR
HT
HU
ID
IE
IL
IN
IO
IQ
IR
IS
IT
JM
JO
JP
KE
KG
KH
KI
KM
KN
KP
KR
KW
KY
KZ
LA
LB
LC
LI
LK
RPI 1850 de 20/06/2006
ERITRÉIA
ESPANHA
ETIÓPIA
FINLÂNDIA
CHANNEL ISLAND OF
GUERNSEY
FIJI
ILHAS MALVINAS
MICRONÉSIA (EST. DA
FEDERAÇÃO)
ILHAS FAROE
FRANÇA
GABÃO
REINO UNIDO
GRANADA
GEÓRGIA
GUIANA FRANCESA
GANA
GIBRALTAR
GROELÂNDIA
GÂMBIA
GUINÉ
GUADALUPE
GUINÉ EQUATORIAL
GRÉCIA
GEORGIA DO SUL E
ILHAS SANDWICH DO
SUL
GUATEMALA
GUAM
GUINÉ BISSAU
GUIANA
HONG-KONG
ILHAS HEARD E MC
DONALD
HONDURAS
CROÁCIA
HAITI
HUNGRIA
INDONÉSIA
IRLANDA
ISRAEL
ÍNDIA
TERRIT. BRITAN.
OCEANO ÍNDICO
IRAQUE
IRÃ (REPÚ BLICA
ISLÂMICA DO)
ISLÂNDIA
ITÁLIA
JAMAICA
JORDÂNIA
JAPÃO
QUÊNIA
QUIRGUISTÃO
CAMBOJA
KIRIBATI
COMORES
SÃO CRISTÓVÃO E NEVIS
REPÚBLICA POPULAR
DEM. DA CORÉIA
REPÚBLICA DA CORÉIA
KUWAIT
ILHAS CAIMAN
CAZAQUISTÃO
LAOS
LÍBANO
SANTA LÚCIA
LIECHTENSTEIN
SRI LANKA
LR
LS
LT
LU
LV
LY
MA
MC
MD
MG
MH
MK
ML
MM
MN
MO
MP
MQ
MR
MS
MT
MU
MV
MW
MX
MY
MZ
NA
NC
NE
NF
NG
NI
NL
NO
NP
NR
NU
NZ
OM
PA
PB
PE
PF
PG
PH
PK
PL
PM
PN
PR
PS
PT
PW
PY
QA
RE
RO
RU
RW
SA
SB
SC
SD
SE
SG
LIBÉRIA
LESOTO
LITUÂNIA
LUXEMBURGO
LETÔNIA
LÍBIA
MARROCOS
MÔNACO
REPÚBLICA DA MOLDOVA
MADAGASCAR
ILHAS MARSHALL
ANT.IUGOSLÁVIA
(REP.MACEDÔNIA)
MALI
MIANMÁ
MONGÓLIA
MACAU
ILHAS MARIANAS DO
NORTE
MARTINICA
MAURITÂNIA
MONT SERRAT
MALTA
MAURÍCIO
MALDIVAS
MALÁWI
MÉXICO
MALÁSIA
MOÇAMBIQUE
NAMÍBIA
NOVA CALEDÔNIA
NÍGER
ILHA NORFALK
NIGÉRIA
NICARÁGUA
HOLANDA
NORUEGA
NEPAL
NAURU
NIUE
NOVA ZELÂNDIA
OMÃ
PANAMÁ
PAÍSES BAIXOS
PERU
POLINÉSIA FRANCESA
PAPUA NOVA GUINÉ
FILIPINAS
PAQUISTÃO
POLÔNIA
SAINT PIERRE E
MIQUELON
PITCAIRN
PORTO RICO
TERRITÓRIO OCUPADO
PALESTINO
PORTUGAL
PALAU
PARAGUAI
CATAR
REUNIÃO
ROMÊNIA
FEDERAÇÃO RUSSA
RUANDA
ARÁBIA SAUDITA
ILHAS SALOMÃO
SEYCHELLES
SUDÃO
SUÉCIA
SINGAPURA
SH
SI
SJ
SK
SL
SM
SN
SO
SR
ST
SV
SY
SZ
TC
TD
TF
TG
TH
T
TK
TL
TM
TN
TO
TR
TT
TV
TW
TZ
UA
UG
UM
US
UY
UZ
VA
VC
VE
VG
VI
VN
VU
WF
WS
YE
YT
YU
ZA
ZM
ZR
ZW
SANTA HELENA
ESLOVENIA
SVALBARD E JAN MAYEN
ESLOVÁQUIA
SERRA LEOA
SÃO MARINO
SENEGAL
SOMÁLIA
SURINAME
SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
EL SALVADOR
SÍRIA
SUAZILÂNDIA
ILHAS TURKS E CAICOS
CHADE
TERRAS AUSTRAIS
FRANCESAS
TOGO
TAILÂNDIA
TADJIQUISTÀO
TOKELAU
TIMOR-LESTE
TURCOMENISTÃO
TUNÍSIA
TONGA
TURQUIA
TRINIDAD E TOBAGO
TUVALU
TAIWAN, PROVÍNCIA DA
REPÚBLICA UNIDA DA
TANZÂNIA
UCRÂNIA
UGANDA
ILHAS MENORES
AFASTADAS / EUA
ESTADOS UNIDOS
URUGUAI
UZBEQUISTÃO
VATICANO
SÃO VICENTE E
GRANADINAS
VENEZUELA
ILHAS VIRGENS
(BRITÂNICAS)
ILHAS VIRGENS (U.S.)
VIETNÃ
VANUATU
ILHAS WALLIS E FUTURA
SAMOA OCIDENTAL
IÊMEN
MAYOTTE
YUGOSLÁVIA
ÁFRICA DO SUL
ZÂMBIA
ZAIRE
ZIMBÁBUE
“Lista dos Códigos de Duas -Letras
para representação dos Paises,
Entidades e Organizações
Intergovernamentais baseada no
Padrão ST.3 recomendado pela
OMPI e na ISSO 3166-1.”
Download

DIRETORIA DE PATENTES - Revista da Propriedade Industrial