ACESSO A BASE
DE DADOS
Tutorial
Sistema Integrado de Bibliotecas Pe. Inocente Radrizzani
Centro Universitário São Camilo
CONCEITUAÇÃO
• Base de Dados: Conjunto de dados
interrelacionados, organizados de
forma a permitir a recuperação da
informação armazenada.
• Banco de Dados: Conjunto de Bases
de Dados
CONCEITUAÇÃO
• Bases de Dados Referenciais:
Apresenta referências bibliográficas dos
documentos e artigos, que podem
eventualmente incluir resumos (abstracts)
Exemplo: - QUÍRON (São Camilo)
http://200.207.76.119:8070/ALEPH
- MEDLINE (Saúde)
http://www.medline.com/
- BIBLIOTECA VIRTUAL DE EDUCAÇÃO
http://bve.cibec.inep.gov.br/
Identificação dos Assuntos
• Descritores: São palavras que representam o
conteúdo temático ou o assunto do documento/artigo.
Ex.: Literatura brasileira
• Qualificadores: são termos que determinam o
aspecto e o tipo de abordagem do assunto.
Ex.: Literatura brasileira – análise
• Limitadores de assunto: palavras que especificam o
assunto de acordo com um grupo etário, um gênero,
uma característica, data etc.
•Ex.: Literatura brasileira – 2005
DICAS DE PESQUISA
Antes de iniciar uma pesquisa é importante
verificar se a palavra que se pretende utilizar é um
descritor, isto é, se a palavra refere-se ao tema ou
assunto sobre o qual pretende-se pesquisar.
Comece a pesquisa sempre com o mínimo de
descritores, se obtiver muitos resultados,
adicione posteriormente outros descritores para
refinar a sua busca.
Para bases de dados nacionais, utilize
descritores em português;
Para bases de dados internacionais, dê
preferência a descritores em inglês
Dicas de Pesquisa
Prefira palavras que expressem os
descritores no singular;
Substitua as palavras por sinônimos para obter
outros resultados;
Somente adjetivos e substantivos são
necessários; não utilize preposições, conjunções
ou artigos;
Algumas Bases de Dados dispõem de índices
de assuntos; nesses casos é interessante
começar a consulta pelos descritores.
Ex.: no índice de assunto aparece “Políticas
Educacionais” ou invés de “Políticas em
Educação”.
OPERADORES BOOLEANOS
Delimitam, na interface de busca, o assunto que
o pesquisador está procurando.
A) Para localizar mais de um termo em uma mesma busca,
utilize o operador booleano AND. Exemplo:
Oncologia AND psicologia
B) Para excluir registros que não fazem parte do seu interesse,
utilize o operador booleano NOT. Exemplo:
Oncologia NOT infantil
C) Para localizar termos sinônimos da
palavra-chave que você está usando, utilize o operador
booleano OR. Exemplo:
Oncologia OR câncer
OPERADORES BOOLEANOS
São palavras ou símbolos utilizados para: combinar,
restringir, ampliar ou excluir assuntos.
OPERADOR
And
E
Or
(OU)
Not
(NÃO)
With
(COM)
FUNÇÃO
RESULTADO
Restringir
dort and men
(Disfunções Osteomusculares
Relacionadas ao Trabalho E em homens)
Ampliar
dort or ler
(Disfunções Osteomusculares
Relacionadas ao Trabalho Ou Lesões
por Esforço Repetitivo)
Excluir
Pesquisa por
termos que estão
no mesmo campo
dort not men
(Disfunções Osteomusculares
Relacionadas ao Trabalho e
não em homens)
stress with work
(Estresse COM trabalho)
OPERADORES BOOLEANOS
OPERADOR
Near
(PRÓXIMO)
Adj
(ADJACENTE)
FUNÇÃO
Pesquisa por termos
que estão na mesma
sentença
Pesquisa por termos
que estão na seqüência
RESULTADO
stress near treatment
Estresse NEAR tratamento
stress adj treatment
Estresse ADJ tratamento
Acesso ao Catálogo Quíron
CONSULTA AO QUÍRON
Busca simples
CONSULTA AO QUÍRON
Busca simples - resultado
Quíron - BUSCA AVANÇADA
Busca Avançada - Resultado
Busca - Resultado
Busca – Resultado Final
Localização dos Livros – Estante
• O acesso ao Portal da Pesquisa é permitido
através de dois tipos de autenticação:
– a autenticação por IP’s (Internet Protocol) e/ou;
– a autenticação por usuário e senha.
• Os usuários autorizados têm direito à
visualização, sem quaisquer restrições, ao
armazenamento digital (download), à impressão
e à cópia de itens de publicações disponíveis
no Portal para uso individual, em suas
atividades de ensino e pesquisa e em outros
programas acadêmicos.
Para que um usuário tenha acesso ao Portal da Pesquisa será
necessária a autenticação por IP’s (Internet Protocol) e/ou a
autenticação por usuário e senha.
http://www.bireme.br
BIREME – Busca Simples
BIREME - Busca Simples RESULTADO
BIREME – BUSCA AVANÇADA
informando o termo da busca
•ADICIONE OS TERMOS DE SUA BUSCA.
•REFINE SUA BUSCA, APLICANDO OS LIMITES DESEJADOS
VEJA SEUS RESULTADOS CLICANDO EM
QUALQUER DAS BASES ESPECÍFICAS.
•Caso muitos resultados sejam encontrados, CLIQUE EM
“REFINAR”
•SELECIONE AS REFERÊNCIAS RELEVANTES.
•AO FINAL, CLIQUE EM “SUA SELEÇÃO”
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da Saúde
INCLUA A PALAVRA QUE VOCÊ DESEJA PESQUISAR –
Consulta por Palavra / Consulta por índice – alfabético,
permutado ou hierárquico
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da Saúde
– Consulta por Palavra-
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da Saúde
– Consulta por Palavra- Resultado
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da
Saúde - Consulta por Índice Alfabético
CONSULTA AO DeCS – Descritores em
Ciências da Saúde - Consulta por Índice
Alfabético – delimitando a busca
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da
Saúde - Consulta por Índice Alfabético – resultado
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da
Saúde - Consulta por Índice Permutado
CONSULTA AO DeCS – Descritores em
Ciências da Saúde – Consulta por Índice
Permutado – delimitando a busca
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da
Saúde – Consulta por Índice Permutado – resultado
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da
Saúde - Consulta por Índice Hierárquico
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da
Saúde - Consulta por Índice Hierárquico –
verificando a abrangência da busca
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências da
Saúde – Consulta por Índice Hierárquico – escolhendo
uma área de pesquisa dentro da hierarquia
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências
da Saúde – Consulta por Índice Hierárquico –
verificando o resultado da busca
CONSULTA AO DeCS – Descritores em Ciências
da Saúde - Consulta por Índice Hierárquico –
verificando o resultado da busca
http://www.pubmed.com
O PubMed é um serviço da NATIONAL
LIBRARY OF MEDICINE que inclui 15 milhões
de citações do medline e, ainda, de artigos
biomédicos de outros jornais adicionais das
Ciências da Saúde, a partir de 1950.
Inclui ainda links para muitas bases de dados
que possuem os artigos na íntegra, além de
outras ferramentas relacionadas.
No PUBMED a busca é simples.
Basta colocar as palavras que expressam os descritores,
sem necessidade do uso de operadores booleanos e clicar
em “GO”.
Você pode restringir sua pesquisa
clicando em LIMITS
Selecione as referências do seu interesse.
SUBSTITUA A CAIXA DE OPÇÃO “SUMMARY” POR
“ABSTRACT”.
Você poderá obter:
Título, ano e volume do periódico
E se o artigo pode ser obtido gratuitamente
Você ainda poderá obter:
O título do artigo
O nome do(s) autor(es)
As referências selecionadas podem ser enviadas por
e-mail ou salvas em formato .txt
Caso você faça várias pesquisas, com diferentes termos,
envie cada uma delas ao “CLIPBOARD”.
Para avaliar as referências escolhidas em cada
pesquisa clique em “CLIPBOARD”.
Pode-se optar por salvar ou ler todas as referências de
uma só vez.
O SciELO é uma biblioteca eletrônica que abrange textos
na íntegra, selecionados de periódicos científicos
brasileiros e latino-americanos.
http://www.scielo.br/
Pode ser utilizada a interface em inglês, ou se preferir
clique em “português”.
A seguir, clique em “pesquisa de artigos
Preencha o campo com palavras que
expressam os assuntos.
Selecione o termo encontrado para
adicioná-lo ao formulário de busca
Você poderá refinar sua busca, preenchendo os
campos com palavras que expressem o assunto.
A seguir, selecione os operadores booleanos.
Para obter o texto na íntegra, clique em “TEXTO EM
PORTUGUÊS”.
A busca ainda pode ser refinada.
É possível obter cópia de alguns artigos em
formato .PDF
O site oferece ainda a opção de “COMO CITAR
ESSE ARTIGO”, em formato ISO
LOCALIZAÇÃO DE PERIÓDICOS NA
BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE
Para iniciar a busca, informe as palavras
que expressam os descritores
Selecione a coleção de interesse
Visualizando o registro
Selecione o formato
Endereço eletrônico de acesso
Sites com base de dados
Instituto Brasileiro de Informação em
Ciência e Tecnologia
http://www.ibict.br/
Catálogo Coletivo Nacional (CCN)
http://www.ibict.br/secao.php?cat=CCN
Biblioteca Digital de Teses e
Dissertações (BDTD)
http://bdtd.ibict.br/
Sites com base de dados
Coordenação de Pessoal de
Aperfeiçoamento de Nível Superior
http://www.capes.gov.br/capes/portal/
http://www.periodicos.capes.gov.br/portugues/index.jsp
COMUTAÇÃO BIBLIOGRÁFICA
Comutação Bibliográfica é a compra de
material
bibliográfico
por
meio
do
intercâmbio entre bibliotecas do Brasil e do
mundo.
As referências, cuja íntegra não se encontra
disponível na internet ou nas bibliotecas,
podem ser obtidas por este sistema.
PROGRAMA DE COMUTAÇÃO
BIBLIOGRÁFICA
Permite a obtenção de cópias de documentos
técnico-científicos disponíveis nos acervos
das principais bibliotecas brasileiras e em
serviços de informação internacionais.
Entre os documentos acessíveis, encontram–
se periódicos, teses, anais de congressos,
relatórios técnicos e partes de documentos.
PROGRAMA DE COMUTAÇÃO
BIBLIOGRÁFICA
Para participar do Comut, o usuário deve, em
primeiro lugar, cadastrar-se no Programa via
Internet.
Uma vez cadastrado, o usuário pode pedir cópias
de documentos, dirigindo-se a uma biblioteca
pertencente à rede Comut, que funciona como
intermediária. Nesse caso, todos os
procedimentos de solicitação serão feitos pela
própria biblioteca.
PROGRAMA DE COMUTAÇÃO
BIBLIOGRÁFICA
O usuário pode, ainda, fazer suas solicitações diretamente
pela Internet, de qualquer lugar do mundo, sem usar
uma biblioteca como intermediária. Para isso, após
cadastrar-se, deverá adquirir Bônus Comut, que
servirão como mecanismo de pagamento pelas cópias
solicitadas. Os bônus podem ser adquiridos, via
Internet, em forma de boleto bancário.
http://comut.ibict.br/
A Associação Brasileira de Normas Técnicas
(ABNT) é o Fórum Nacional de Normalização. As
Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de
responsabilidade dos Comitês Brasileiros
(ABNT/CB) e dos Organismos de Normalização
Setorial (ABNT/NOS), são elaboradas por
Comissões de Estudo (CE), formadas por
representantes dos setores envolvidos, delas
fazendo parte: produtores, consumidores e
neutros (universidades, laboratórios e outros).
http://www.abnt.org.br
ENTENDENDO UMA
REFERÊNCIA
ENTENDENDO
UMA
REFERÊNCIA:
Padrão ABNT de referência (ABNT - NBR-6023:2002)
Autor. Título do artigo. Título do periódico, Local
de publicação, volume, número, página inicialpágina final, mês. ano.
Exemplo:
SEKEFF, Gisela. O emprego dos sonhos.
Domingo, Rio de Janeiro, v.26,n.1344, p.30-36, fev.
2002.
ENTENDENDO UMA REFERÊNCIA
Padrão Vancouver
O estilo dos Requisitos Uniformes para
Originais submetidos a Revistas Biomédicas,
conhecido como ESTILO DE VANCOUVER, foi
elaborado pelo Comitê Internacional de
Editores de Revistas Médicas (ICMJE) e
baseia-se no padrão ANSI, adaptado pela U.S.
National Library of Medicine.
http://www.icmje.org/
ENTENDENDO UMA REFERÊNCIA
Referência padrão Vancouver:
Autor. Título do artigo. Título do periódico abreviado.
[Localização] Ano Mês volume; (número): página inicialpágina final. Disponível em: endereço eletrônico
Exemplo:
Feiz V, Mannis MJ. Intraocular lens power calculation after
corneal refractive surgery. Curr Opin Ophthalmol [serial on
the Internet]. 2004 Aug [cited 2004 Aug 12]; 15 (4) :
[about 8 p.]. Avaible from: http:
//www.coophtalmology.com/pt/re/coophth/abstract.00055735200408000-00011.htm
Bibliotecas Universitárias: Ipiranga - Pompéia
Biblioteca Escolar Cardeal Motta II
Sala de Leitura Infantil Cardeal Motta I
http://www.scamilo.edu.br
bibli@scamilo.edu.br
biblip@scamilo.edu.br
6169.4068 – Ipiranga
3861.3419 – Pompéia
6161.7420 – Cardeal Motta II
Download

Exemplo - São Camilo