Estimativa de consumo de
sódio pela população
brasileira, 2002-2003
Rafael Moreira Claro
rclaro@usp.br
Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde
Faculdade de Saúde Pública – Universidade de São Paulo
O sódio e a saúde

Necessário

Contudo:
◦ Consumo excessivo pode ser prejudicial
 DVC, problemas renais...
No momento...

OMS
◦ Força tarefa internacional
Sobre o consumo de sódio

Quantidade

Fontes
Fontes de sódio

Contido nos alimentos in natura

Adicionado aos alimentos
◦ Preparações culinárias
◦ À mesa

Adicionado no processamento dos
alimentos
Consumo de sódio nos EUA
2,3 g/d
Estimativas de consumo de sódio no Brasil, segundo
estudos selecionados
Referências
Ano da pesquisa
Metodologia de avaliação
do sódio
Características
da amostra
Sódio
g / dia
Sarno F e cols. 2009
2002 - 2003
Quantidade de alimentos
adquiridos
Brasil. n= 48.470 domicílios
4,7
5,9*
1971 -1972
Gasto Mensal com
aquisição dos
alimentos
Cidade de São Paulo
n = 10.418
1998 -1999
Quantidade de alimentos
adquiridos
Cidade de São Paulo
n = 7.980
Claro RM e cols.
2007
Moraes RS e cols.
2000
Molina M e cols.
2003
Michelia E e Rosa A.
2003
Pavan L e cols. 1997
1990 - 1992
1999 - 2000
Urina noturna
3,1
Sem história familiar de HAS
n = 130
3,1
Homens
n = 764
4,9
Mulheres
n = 899
4,3
Urina de 24 h
6 a 17 anos
n = 31
3,4
Urina noturna
6 a 17 anos
n = 188
3,1
Questionário alimentar
n = 370
4,0
Urina noturna
2000 - 2001
1997**
Com história familiar de HAS
n = 27
4,5*
* g de sódio por 2.000 Kcal ** data da publicação da pesquisa
De forma geral as fontes são...

Nos países desenvolvidos:
◦ Alimentos processados

Nos demais países:
◦ Sal de adição
◦ Cenário de transição (sal de adição e alimentos processados)
Fontes de consumo de sódio

Suprimento nacional
◦ Indústria produtora
◦ Governo

Disponibilidade domiciliar
◦ Inquéritos

Consumo individual
◦ Inquéritos
Fontes de consumo de sódio

Suprimento nacional
◦ Indústria produtora
◦ Governo

Disponibilidade domiciliar
◦ Inquéritos (estudo de consumo domiciliar)

Consumo individual
◦ Inquéritos
Pesquisa de Orçamentos Familiares

Realizada desde a década de 70
◦ 1/Década

2002-2003
◦ Representatividade nacional
◦ 48.470 domicílios
◦ 5 Regiões / 26 Estados (+FD)
◦ Áreas urbanas e rurais
POF

Registro detalhado da aquisição de
alimentos e bebidas
◦ Consumo familiar
◦ 7 dias consecutivos
 2002/2003: 969.989 registros
Métodos

Aproximadamente 1.300:

Remoção da fração não-comestível dos
alimentos

Baseado na fração comestível:
◦ 4 Grupos de alimentos (69 subgrupos)
◦ Energia (kcal)
◦ Sódio (gramas)
Methods

Software: Aquinut (NUPENS/USP):
 Remoção da fração não-comestível
 TACO (v.1)
 ARS/USDA (v.15)
◦ *Ajuste*: Alimentos preservados em sal
 Carne ou peixe salgado
AQUINUT
Métodos

Disponibilidade per capita:
◦ Energia (Kcal/ d/ p)
◦ Sódio (mg/ d/ p)

Ajuste segundo total energético 2,000 kcal
◦ Aproximação do consumo real:
 Alimentação fora do domicílio
Gráfico1. Disponibilidade per capita média de sódio (g/ d/
2,000Kcal). Brasil, 2002/03.
7
Sódio g/ d/ 2,000Kcal
6
5
4
3
2
1
0
Total
Urbano
Rural
Gráfico2. Disponibilidade per capita média de sódio (g/ d/
2,000Kcal). Segundo grandes regiões do país. Brasil, 2002/03.
Gráfico 3. Disponibilidade per capita de sódio (g/ d/
2,000Kcal) segundo níveis de renda. Brasil, 2002/03.
Sódio (g/ p/ 2,000 Kcal)
7
6
5
4
3
2
1
0
1o
2o
3o
4o
5o
Quintos da distribuição de renda
Brasil
Gráfico 4. Distribuição (%) da disponibilidade domiciliar de
sódio segundo grupos de alimentos. Brasil, 2002/03.
6,6
1,4
Sal e condimentos a
base de sal
15,8
Alimentos processados
com adição de "sal"
76,2
Alimentos in-natura e
processados sem adição
de sal
Refeições prontas
Gráfico 5. Distribuição (%) da disponibilidade domiciliar de
sódio segundo grupos de alimentos e nível de renda. Brasil,
2002/03.
100
90
80
70
Refeições prontas
%
60
50
Alimentos in-natura e
processados sem adição de sal
40
Alimentos processados com
adição de "sal"
30
Sal e condimentos a base de
sal
20
10
0
1o
2o
3o
4o
Quintos da distribuição de renda
5th
Limitações

Disponibilidade domiciliar X Consumo real
◦ Alimentos consumidos fora do lar
 Assume-se que tenham maior teor de sódio
◦ Desperdício
 Assume-se que seja baixo
 Água de cocção
 9% do total
 Salgamento domiciliar
 Raro em ambientes urbanos
 Mais freqüente em ambientes rurais
Principais benefícios

Esses resultados se assemelham com estudos
mais onerosos

POFs fornecem uma precisa estimativa no caso
de ingredientes
◦ Indivíduos tem dificuldade de aferir o uso de
ingredientes em sua alimentação.




Periodicidade
Custo
Métodos padronizados
Permite estratificações
 Geográficas e econômicas
Próximos passos

Refinamento da estratégia de análises
◦ Alimentos fora do lar

POF 2008-2009
◦ Tendência

Dados de composição de alimentos
POFs nas Américas e Caribe
Canada
Mexico
United States of America
Antigua and Barbuda
Guatemala
Haiti
The Bahamas
Honduras
Barbados
Jamaica
Belize
Nicaragua
Costa Rica
Panama
Cuba
Saint Kitts and Nevis
Dominica
Saint Lucia
Dominican Republic
Saint Vincent and the Grenadines
El Salvador
Trinidad and Tobago
Grenada
Argentina
Bolivia
Brazil
Chile
Colombia
Ecuador
Guyana
Paraguay
Peru
Suriname
Uruguay
Venezuela
HBS in Americas and Caribean
Canada
Mexico
United States of America
Antigua and Barbuda
Guatemala
Haiti
The Bahamas
Honduras
Barbados
Jamaica
Belize
Nicaragua
Costa Rica
Panama
Cuba
Saint Kitts and Nevis
Dominica
Saint Lucia
Dominican Republic
Saint Vincent and the Grenadines
El Salvador
Trinidad and Tobago
Grenada
Argentina
Bolivia
Brazil
Chile
Colombia
Ecuador
Guyana
Paraguay
Peru
Suriname
Uruguay
Venezuela
Conclusões

A POF fornece uma estimativa confiável do
consumo de sódio

O consumo de sódio pela população brasileira
excede em duas vezes os limites recomendados
◦ A principal fonte de consumo é o sal de adição (e os
condimentos a base de sal)
 *A contribuição dos alimentos processados é significante.
 *Seu aumento com a renda indica complicações para um
período próximo
rclaro@usp.br
Informações complementares
- Conjunto dos resultados
Download

Estimativa de consumo de sódio pela população brasileira, 2002