SEMINÁRIO DE IDENTIDADE VISUAL NO SETOR PÚBLICO
Outubro 2011
Gestão Estratégica de Marca
para o fortalecimento da imagem institucional
___________________________________________
Lincoln Seragini
Seragini Brand Innovation
lincoln@seragini.com.br
HIERARQUIA DO BRANDING
Nações Unidas
Comunidade Europeia
Paises
Instituições
Regiões
Cidades
Empresas
Produtos
Pessoas
VISÃO SERAGINI - CRIAÇÃO DE VALOR DA MARCA
MARCA
VISIONÁRIA
DESENVOLVIMENTO
SUSTENTAVEL
INOVAÇÃO
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Ambiental
CUIDADO COM O PLANETA
•Proteção ambiental
•Recursos renovaveis
•Ecoeficiencia
•Gestão de residuos
•Gestão de riscos
Econômico
Social
DIGNIDADE HUMANA
•Direitos humanos
•Direitos dos trabalhadores
•Respeito ao consumidor
•Envolvimento com as comunidades
•Transparencia
•Postura ética
PROSPERIDADE
•Resultado economico
•Direito dos acionistas
•Competitividade
•Relação entre clientes e
fornecedores
ESCALADA DA MARCA
Espiritual
Emocional
Sensorial
Racional
MARCA IDEAL
Comprada
Desejada
Admirada
Conhecida
ONDE A MARCA MORA
Bolso
Coração
Mente
Olho
PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE MARCA
20 / 80
Expressões visuais / ambientais / comunicação
Valores/Comportamento/Experiências
( Cultura da Marca )
PLANO GLOBAL
ETAPAS
ETAPA1 - Estratégia da marca
Nesta etapa se busca a Definição do Negócio, a Visão, Valores, Essência,
Plataforma e o Posicionamento competitivo da marca.
É realizado através de entrevistas com os dirigentes, banco de dados, Pesquisas e
um WORKSHOP com os líderes.
ETAPAS
ETAPA 2 - Identidade da marca
Essa etapa se concentrará em criar as expressões da marca à partir das
definições de sua Essência e Posicionamento Competitivo.
Inclui a criação do Naming, Logomarca, Conceito de Comunicação e é editado o
Brandbook ( Identidade Visual + Essência, Imaginário e Linguagem da Marca )
ETAPAS
ETAPA 3 - Gestão da marca
Através da organização do Comitê Gestor se estabelece os princípios para
implementar a Linguagem e disseminar a Cultura interna da Marca.
ETAPAS
ETAPA 4 - PROJETOS
Experiência de marca
Esta é a etapa de Implementação dos projetos, tanto nas áreas de
contato com os clientes, programas de Relacionamento, Promoção,
Comunicação, Arquitetura ambiental, etc
Ypê
Ypê é transparente.
SESI
Hotel da Terra
Rede hoteleira que oferece
hospedagem e alimentação com
jeitinho interiorano,
proporcionando encantamento
por meio de hospitalidade
aconchegante, conforto caseiro
e calor humano.
SITUAÇÃO ANTERIOR
- Praça Central, Coreto, Igreja da Matriz
- Natureza muito próxima
- Maior senso coletivo
- Rítimo lento
- Pureza do ambiente
- Unidade cultural
- Horizontalidade
SITUAÇÃO ATUAL
- Prédios, Avenidas,
- Natureza presente, porém mais distante
- Crescimento da individualidade
- Rítimo acelerado
- Poluição crescente
- Multiplicidade relativa de culturas
- Verticalidade crescente
A Estratégia para escolha dos
nomes se norteia nas diretrizes
apontadas pela Matriz da Marca,
percorrendo o caminho
identificado na Análise.
Caprichoso
Saudade
da Gente
Hotel da Terra
Raízes
Bem Querer
Serenata
Ponteio
Caboclo
Seresteiro
Dona Maria
Alvorada
Sol de Prata
Riacho
Orvalho
Ipê Amarelo
Terra Roxa
Sabiá
Bem-te-vi
Hotel da Gente
Hotel da Terra
Hotel do Interior
Serenata
Ipê Amarelo
Terra Roxa
Hotel da Gente
Hotel da Terra
Hotel do Interior
Serenata
Hotel da Terra
O desenho da marca do
empreendimento deve sintetizar
sua Estratégia em sua expressão
visual, criando uma personalidade
diferenciada e expansível.
Origem
Tranquilidade
Aconchego
Proteção
Gestualidade
Solo
Horizonte
Tapete
Cobertor
Cerâmica /Barro
O quadrado traz equílibrio à assimetria dos grafismos internos a ele,
tornando a marca mais contemporânea e corporativa. Ainda, o corte
que o quadrado extrai de uma suposta extensão de terra, reforça o
conceito regionalista da expressão “da terra”, contrapondo a idéia
de totalidade ou global.
Octavio Café
2º Workshop de Alinhamento Estratégico
ApexBrasil
Branding
Lincoln Seragini
Seragini Farné Guardado Design
19/Dez/07
Agenda
Marketing de País
Construindo marcas globais
Marca Brasil
O novo Vôo da ApexBrasil
Novo conceito
Nova marca
Grande fraqueza do Brasil:
Poucas marcas globais
Evolução de Exportação
Licenciamento
Filial
Marca própria
Fabricação Terceiro
Semi-processado
Extrativismo
Matriz Típica de Mercado
Revitalizador
Organizador
Segmentador
Imitador
Inovador
Destruidor
Escalada da China
Inovação
Marca
Design
Qualidade
Baixo Preço
Quem não tem marca
não cria valor,
não tem proteção,
não tem futuro.
País não exporta, setor não exporta
Empresas Exportam
Marca
Marcas Globais Brasileiras:
HAVAIANAS
BRAHMA
ROSA CHÁ
LILICA RIPILICA
CAFÉ BOM DIA
NATURA
BOTICÁRIO
CAFÉ OCTAVIO
PETROBRAS
GERDAU
VALE
EMBRAER
MARCO POLO
SADIA
PERDIGÃO
...
Marca Brasil Classe Mundial
Gestão Ideal da I M P
IMP
MODA
DESIGN
R
TURISMO
IDE
EXPORTAÇÃO
INTER-RELAÇÃO ENTRE IMP E SETORES ECONÔMICOS
Inter-relação entre IMP e setores econômicos
Marca Brasil Classe Mundial
Estratégia de Comunicação
OBJETIVO: Construir a IMP como fabricante de produtos
de classe mundial
BARREIRAS: Estereótipos e Imagem Negativa
Falta de Ação Promocional Dirigida
Recursos / Tempo
OPORTUNIDADE: Explorar o que o País tem e faz de bom
nos diversos a
setores.
Mobilizar
nação para o mundo
Mobilizar setores da sociedade com
Marca Brasil Classe Mundial
Etapas de Implantação
1a. FASE:
CONCEITO DE PAÍS
Exemplos:
País
Conceito
ALEMANHA
Engenharia
FRANÇA Luxo, glamour
JAPÃO
Inovação, tecnologia
ITÁLIA
Design, Dolce vita
CHINA
Barato, baixa qualidade
Idéia central como denominador da comunicação
USA
Mercado Livre
Marca Brasil Classe Mundial
Etapas de Implantação
2a. FASE:
CATEGORIAS DE PRODUTOS
Os países são conhecidos por categorias de produtos.
JAPÃO
FRANÇA ALEMANHA
BRASIL
Carros
Perfumes Carros
Café
Camêras/TV
Vinhos
Motocicletas
Moda
Eletrônicos
Carros
Cerveja
Suco de Laranja
Camêras
Medicamentos
Soja
Frango
Marca Brasil Classe Mundial
Ondas de Comunicação
COMUNICAÇÃO GLOBAL PAÍS
1a. ONDA:
SETOR 1
SETOR 2
SETOR 3
2a. ONDA:
3a. ONDA:
Otimizando a comunicação
Conceito da marca:
Apresentar o melhor
do Brasil para o mundo.
Criando:
Criando: Parcerias
Envolvimento
Movimento
Integração
Expansão
Credibilidade
Download

SEMINÁRIO DE IDENTIDADE VISUAL NO SETOR PÚBLICO