8 ABCDMAIOR | 24 e 25 de fevereiro de 2015
cidades
Vacinação em dia com o Bolsa Família
Balanço do governo federal divulgado nesta segunda-feira (23/02)
mostra que nas famílias beneficiárias do Bolsa Família, entre as crianças
menores de 7 anos, das 5,6 milhões acompanhadas, 99% estão com o
calendário de vacinação em dia.
Sto. André reabre Chácara Pignatari
reformada e com novos espaços
Área verde no Bairro Santa Terezinha reabre em março com pista de skate, coreto, espaço para animais e quadra poliesportiva
rodrigo pinto
Jessica Marques
jessica.marques@abcdmaior.com.br
Os moradores das proximidades do Bairro Santa Terezinha, em Santo André, poderão
passear novamente no Parque
Antonio Pezzolo, mais conhecido como Chácara Pignatari,
a partir da segunda quinzena
de março. A reforma do espaço
de lazer, iniciada em novembro de 2014, está na reta final,
de acordo com o secretário de
Mobilidade Urbana, Obras e
Serviços Públicos, Paulinho
Serra.
Os frequentadores terão, a
partir da entrega da revitalização do parque, pista de skate,
coreto, quadra poliesportiva readequada, redário (local
para o uso de redes), área destinada aos animais de estimação e espaço para a prática de
slackline, esporte que consiste
no equilíbrio sobre uma corda
elástica fixada em dois pontos.
A academia que já existe no
parque também passa por reformas, assim como o campo
de malha, que terá o telhado
refeito. “Tivemos algumas
reuniões com a comunidade
e uma das demandas era o
telhado antigo, que quebrou
conforme caíam galhos de
árvore”, afirmou o secretário
Paulinho Serra. “Quando o
prefeito Carlos Grana assumiu, já anunciou a reforma,
nem precisou passar pelo Orçamento Participativo”, disse.
O pacote completo de reformas custou ao município em
torno de R$ 2 milhões, conforme o secretário. No valor está
inclusa a instalação de câmeras
de monitoramento e a troca da
iluminação por lâmpadas de
LED, dentro do programa Banho de Luz.
A segurança também era
uma grande demanda dos
moradores da região e usuários da área verde. A projetista
Mayara Almeida Soares, 19
Parque Antonio Pezzolo, mais conhecido como Chácara Pignatari, teve reforma iniciada em novembro passado e será entregue totalmente revitalizado
anos, frequentava o parque
ao menos uma vez por semana, antes de ser fechado para
reforma. “Lá precisa de mais
segurança, muitas pessoas são
assaltadas. Precisa de mais vigia”, afirmou.
ESCOLA DE CINEMA
Nas dependências da Chácara Pignatari, funciona a ELCV
(Escola Livre de Cinema e Vídeo), que também está com as
atividades interrompidas. Dentre os cursos oferecidos na sede,
está iniciação cinematográfica e
documentário.
Questionado sobre o retorno
do funcionamento da ELCV
após a reabertura do parque,
o secretário de Cultura, Tiago
Nogueira, não garantiu a volta
das atividades. “A intenção é
que a gente retome, mas precisamos rever as instalações e resolver os problemas de estrutura. Teremos uma reunião com
a coordenação da escola para
definir”, projetou.
Parques da cidade seguirão padrão do Celso Daniel
A Secretaria de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços
Públicos do município está
elaborando projetos para
que os parques da cidade sejam requalificados no padrão
do Parque Celso Daniel. Ao
todo, Santo André possui 11
espaços verdes com área reservada à prática de atividades
físicas.
Em 12 de abril de 2014, o
Parque Celso Daniel foi entregue após mudanças na iluminação, estrutura e seguran-
ça. O horário de fechamento
foi estendido de 22h para 0h.
“Depois da reforma, o parque
teve um aumento de em média
30% de frequentadores”, constatou o secretário Paulinho
Serra. Após serem instaladas
lâmpadas de LED, o consumo
de energia também diminuiu
em 53%, de acordo com Serra.
No segundo semestre deste
ano, está previsto que o Parque da Juventude Ana Maria
Brandão (av. Mário Toledo de
Camargo, Vila Rica) comece a
ser reformado. Conforme Serra, haverá uma reunião com a
Liga de Skate da Região, para
definir as mudanças mais adequadas e o conceito ideal para
a nova pista que o local receberá.
ÁREA DO GAMBOA
A liberação da área da favela
do Gamboa, no Bairro Paraíso, resultou em uma área de
35 mil metros quadrados. Está
em discussão utilizar parte do
terreno para fazer um estacio-
namento ou mudanças no sistema viário para facilitar a entrada na Sabina Escola Parque
do Conhecimento. Também é
possível que o Parque Central
seja ampliado.
“Estamos aguardando a definição da área, para saber até
que ponto do terreno pertence
à Eletropaulo e à Prefeitura.
Depois enviaremos um estudo
para o prefeito, até o final de
fevereiro, para ter a certeza do
que será feito”, considerou o
secretário.
Download

24 e 25/02/2015 - Jornal - ABCD Maior