GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
1
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
1
CONVOCAÇÃO
Visando contribuir para o fortalecimento do Sistema Regional de CT&I e do
Sistema Único de Saúde (SUS), o Governo do Estado do Pará, por intermédio da
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará (FAPESPA), em parceria com o
Ministério da Saúde (MS), torna público o presente Edital e convida pessoas com
formação de nível superior que tenham interesse em habilitar-se como bolsista, nos
termos estabelecidos neste Edital.
2
OBJETIVO GERAL
O objetivo do presente Edital é a implementação de bolsas visando
estabelecer a operacionalização do projeto “Estudo de Vigilância em Saúde, Pesquisa
Biomédica, Inovação e Tecnologia.”
3. RECURSOS FINANCEIROS
O valor do presente Edital é de até R$ 2.017.839,60 (Dois milhões, dezessete
mil, oitocentos e trinta e nove reais e sessenta centavos), sendo até R$ 1.883.501,64
(Um milhão, oitocentos e oitenta e três mil, quinhentos e um reais e sessenta e quatro
centavos) aportados pelo Ministério da Saúde e até R$ 134.337,96 (Cento e trinta e
quatro mil, trezentos e trinta e sete reais e noventa e seis centavos) aportados pela
Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Pará (FAPESPA).
4. PERFIL DOS CANDIDATOS
4.1 Bolsas de Graduação (GR)
Para concorrer a esta modalidade de bolsa o candidato deverá possuir, no mínimo,
graduação, observadas as áreas específicas e formações acadêmicas exigidas (ANEXO
1), além de ter disponiblidade para exercer suas atividades de acordo com as
necessidades do projeto, nas unidades de lotação.
4.2 Bolsas de Especialização (ESP)
Para concorrer a esta modalidade de bolsa o candidato deverá possuir, no mínimo,
especialização, observadas as áreas específicas e formações acadêmicas exigidas
(ANEXO 1), além de ter disponiblidade para exercer suas atividades de acordo com as
necessidades do projeto, nas unidades de lotação.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
2
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
4.3. Bolsas de Pesquisa (PEQ 1)
Para concorrer a esta modalidade de bolsa de pesquisa o candidato deverá possuir o
título de Mestre, observadas as áreas específicas e formações acadêmicas exigidas
(ANEXO 1), além de ter disponiblidade para exercer suas atividades de acordo com as
necessidades do projeto, nas unidades de lotação.
4.4. Bolsas de Pesquisa (PEQ 2)
Para concorrer a esta modalidade de bolsa de pesquisa o candidato deverá possuir o
titulo de Doutor, observadas as áreas específicas e formações acadêmicas exigidas
(ANEXO 1), além de ter disponiblidade para exercer suas atividades de acordo com as
necessidades do projeto, nas unidades de lotação.
4.5 Observações:
a) É permitida a participação de servidores com vínculo empregatício ou funcional nas
esferas federal, estadual e municipal e com entidades privadas, desde que não haja
incompatibilidade de horários entre as atividades a serem desenvolvidas, em tudo
observado o inciso XVI do Art. 37 da Constituição Federal de 1988.
b) Não é permitido o acúmulo de bolsas. A qualquer momento, o candidato classificado
que for identificado como beneficiário de outro tipo de bolsa da FAPESPA ou qualquer
outro órgão financiador terá cancelada a bolsa concedida por este Edital;
5. DAS INSCRIÇÕES
5.1. As propostas deverão ser apresentadas à FAPESPA utilizando-se, para tanto, o sítio
institucional (www.fapespa.pa.gov.br) e acessar o campo “Editais Abertos”.
5.2. Para a Submissão Eletrônica de Propostas, o propononte precisa estar cadastrado,
preenchendo todos os campos obrigatórios e com os dados atualizados no sistema da
FAPESPA (SIGFAPESPA), disponível em www.sig.fapespa.pa.gov.br, assim como
deverá
inserir
o
endereço
eletrônico
do
Curriculum
Lattes
(formato
http:lattes.cnpq.br/número) no campo obrigatório do Formulário de Cadastro de
Pesquisador.
5.3. As propostas devem ser transmitidas eletronicamente, por intermédio de
navegadores web, compatíveis com o sistema SIGFAPESPA (Mozilla Firefox versão 2.0
ou superior; Internet Explorer versão 6 ou superior), até às 17h:59 min (Horário de Belém)
da data limite de submissão das propostas, descrita no item 8 (Cronograma). O
proponente receberá, após o envio, um recibo eletrônico de protocolo da sua proposta, o
qual servirá como comprovante da transmissão.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
3
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
Na submissão os candidatos deverão:
a) Indicar no formulário de submissão a modaIidade da bolsa. O candidato deve
digitar as seguintes opções para o campo modalidade da bolsa: GR, ESP, PEQ 1
ou PEQ 2. Qualquer outra informação digitada no campo não será considerada;
b) Selecionar a lotação/área de atuação onde desenvolverá as atividades (conforme
ANEXO 1);
c) Anexar Declaração de Compromisso de execução da atividade (limitando-se a 500
Kb), na unidade de lotação optada no momento da inscrição (modelo disponível no
Anexo 5);
d) Anexar Cópia do Diploma (limitando-se a 500 Kb), comprovando a graduação,
conforme o item 4.1;
e) Anexar Cópia do Certificado de Especialização e/ou do Diploma de Mestre ou
Doutor (limitando-se a 500 Kb), comprovando a titulação, conforme os itens 4.2,
4.3. e 4.4;
f) Para todas as modalidades de bolsas (GR, ESP, PEQ 1 e PEQ 2), preencher o
Formulário BAREMA, disponibilizado na área “Propostas em Edição no Formulário
Eletrônico”, conforme modelo do ANEXO 3 deste Edital;
g) Anexar a Planilha de Pontuação do Curriculum Lattes, limitando-se 500 Kb,
disponibilizado no ANEXO 2 deste Edital.
Observações:
(1) Os documentos mencionados acima nas letras “c”, “d”, “e” e “g”
deverão ser baixados, prenchidos e anexados, em formato PDF, limitando-se a 500 Kb
(quinhentos Kilobytes) por arquivo. Recomenda-se evitar o uso de figuras, gráficos etc.,
que comprometam a capacidade do arquivo, pois propostas que excedam o limite de 500
Kb não serão aceitas pelo SIGFAPESPA. É da responsabilidade do proponente fornecer
arquivos que sejam compatíveis com o software Adobe Acrobad Reader, versão 6 ou
superior.
(2) Além dos documentos mencionados na Observação, (1), anexados on line, deverão
os mesmos serem impressos e entregues, no prazo máximo de 05 (cinco) dias corridos,
após a data de Submissão eletrônica, no protocolo da Fundação de Amparo à Pesquisa
do Estado do Para (FAPESPA) no endereço constante do item 14. INFORMAÇÕES
deste Edital, até às 14:00 horas, ou via CORREIO (considerada a data de postagem e
recebidos no protocolo da FAPESPA em até 07 (sete) dias úteis, a contar do prazo
máximo para a postagem), juntamente com os documentos abaixo:
a) cópia do recibo eletrônico de inscrição on line no referido edital, fornecido pelo Sistema
ao final da submissão;
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
4
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
b) uma versão impressa do Curriculum Lattes, juntamente com documentos
comprobatórios;
c) cópias dos documentos de identidade, CPF/MF e comprovante de residência.
5.4. Submissão (Envio) da Proposta
a) Cada candidato deverá submeter apenas uma proposta;
b) A FAPESPA não se responsabilizará por propostas não recebidas em decorrência de
eventuais problemas técnicos externos à sua infra-estrutura;
c) Após a submissão (envio) da proposta, não será permitido nenhum tipo de alteração
e/ou substituição da mesma por parte do proponente, uma vez que o sistema só aceita a
submissão de uma única proposta, a não ser que a mesma esteja com status “Em
Edição”. Portanto, só finalizar (enviar) quando preenchido todos os campos e anexados
todos as arquivos exigidos.
6. SOBRE AS BOLSAS
6.1. Serão disponibilizadas 68 (sessenta e oito) bolsas, com duração de 03 (três) meses,
podendo ser prorrogadas por período a ser definido pela FAPESPA. As bolsas serão
apoiadas com recursos do Ministério da Saúde e da FAPESPA, e destinadas à execução
exclusiva no Instituto Evandro Chagas no Estado do Pará, atendendo a distribuição
contida no ANEXO 1 deste Edital.
6.2. Os valores das bolsas de pesquisa (GR, ESP, PEQ 1 e PEQ 2 ) são apresentados no
ANEXO 4.
6.3. A classificação dos candidatos às bolsas de pesquisa será realizada por intermédio
da análise do Curriculum Lattes, utilizando-se o Formulário BAREMA e a Planilha de
Pontuação, conforme descrito nos ANEXOS 2 e 3.
6.4. No caso de vacância (desistência, falecimento, desligamento e outros), por parte do
bolsista, a FAPESPA reserva-se o direito de chamar o próximo candidato aprovado e
classificado, obedecendo a ordem decrescente de classificação.
6.5. Todos os bolsistas deverão apresentar relatório técnico ao final da vigência da bolsa.
6.6 Os bolsistas serão contratados de acordo com as normas da FAPESPA.
7. DA SELEÇÃO
O processo seletivo, a ser realizado em duas fases (enquadramento e
avaliação curricular), será conduzido por uma Comissão de Avaliação composta por dois
representantes do Instituto Evandro Chagas (IEC) e dois da FAPESPA. Quando
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
5
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
necessário, contarão com auxílio das Câmaras de Assessoramento Científico da
FAPESPA.
7.1 Enquadramento: Nesta fase, será feita a verificação do atendimento às regras
previstas nos itens 4 e 5 deste Edital. Esta fase é eliminatória.
7.2. Avaliação Curricular: Nesta fase, será considerada toda a experiência acadêmica e
profissioral dos candidatos enquadrados, de acordo com os critérios estabelecidos nas
Planilhas de Pontuação e Formulário BAREMA do candidato, conforme solicitação
contida na alínea “ f “e “g”, do item 5.3 do presente edital.
8. CRONOGRAMA
ATIVIDADES
Lançamento do Edital
Submissão de Propostas
Divulgação de Resultados
Contratação das Propostas
DATAS
09/06/2011
De 10/06/2011 até 25/07/2011, às 17h:59min
(Horário de Belém)
A partir de 15/08/2011
A partir de 22/08/2011
9. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Na avaliação dos candidatos serão considerados os seguintes itens:
1. Formação Acadêmica;
2. Atividades Acadêmicas;
3. Atividades de Pesquisa e Profissional e;
4. Produção Científica e Tecnológica .
Serão classificados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 6 (seis) na
média entre as notas da planilha de pontuação e formulário BAREMA.
As propostas apresentadas no âmbito
segundo os critérios e ponderações:
deste Edital serão avaliadas
CRITÉRIO
Avaliação Planilha de Pontuação
Avaliação Formulário BAREMA
e classificadas
PONDERAÇÃO
40%
60%
10. RESULTADOS DO JULGAMENTO
A relação dos candidatos aprovados será divulgada na página eletrônica da
FAPESPA, disponível na lnternet, no endereço: http://www.fapespa.pa.gov.br; publicado
no Diário Oficial do Estado de Pará (D.O.E.).
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
6
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
11. RECURSOS ADMINISTRATIVOS
Caso o candidato tenha justificativa para contestar o resultado do julgamento do presente
edital, o eventual recurso deverá ser dirigido à presidência da FAPESPA, por meio de
Ofício, devidamente protocolizado, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, a contar da data de
publicação do resultado final do julgamento no D.O.E., para o seguinte endereço:
Av. Presidente Vargas, nº 1020,
Bairro: Centro
CEP: 66017-000 Belém - PA.
12. PRORROGAÇÃO OU ANULAÇÃO DO EDITAL
A qualquer tempo, o presente edital poderá ser revogado ou anulado, no todo
ou em parte, inclusive quanto aos recursos a ele alocados, por decisão da FAPESPA, por
motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito e quaisquer
formas de indenização ou reclamação.
13. DISPOSIÇÕES GERAIS
13 1. Será reservada a FAPESPA, o direito de resolver os casos omissos e as situações
não previstas no presente edital.
13.2. Os ANEXOS 1 e 4 deste Edital, não devem ser preenchidos pelos candidatos,
sendo apenas de caráter informativo.
13.3. É vedada a retroatividade na implementação de qualquer bolsa ou o ressarcimento
de despesas anteriores à implementação.
13.4. A FAPESPA não se responsabiliza por qualquer dano físico ou mental causado aos
bolsistas em decorrência da execução de suas atividades no projeto.
13.5. A seu critério, a FAPESPA poderá suspender, temporariamente, a recepção de
propostas, para o presente edital.
13.6. O presente edital regula-se pelas normas da FAPESPA e por outros dipositivos
legais aplicáveis.
13.7. A FAPESPA não se responsabilizará por quaisquer gastos decorrente de transporte
e/ou estadia do candidato.
13.8 Caso os resultados das atividades desenvolvidas pelo bolsista venham a ter valor
comercial ou possam levar ao desenvolvimento de um produto ou método envolvendo o
estabelecimento de uma patente, a troca de informações e a reserva dos direitos, em
cada caso, dar-se-ão de acordo com o estabelecido na Lei de Inovação, nº 10.973, de 2
de dezembro de 2004, regulamentada pelo Decreto nº 5.563, de 11 de outubro de 2005.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
7
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
13.9. Os candidatos serão classificados a título de cadastro de reserva, em até duas
vezes o número de vagas disponíveis por lotação, conforme ANEXO I deste Edital, e
contratados os aprovados dentro do limite das vagas disponíveis no item 6, deste Edital;
13.10. Em caso de empate a classificação dos candidatos obedecerá sucessivamente os
seguintes critérios:
13.10.1. Idade igual ou superior a 60 anos, até o último dia da inscrição no concurso,
conforme o Art.27, Parágrafo Único do Estatuto do Idoso;
13.10.2. Tempo de exercício profissional na área de atuação escolhida pelo candidato;
13.10.3. Persistindo o empate, terá preferência o candidato de maior idade cronológica.
13.11. O presente Edital terá vigência até 29 de novembro de 2011, podendo ser
prorrogado, a critério da FAPESPA.
14. INFORMAÇÕES
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará – FAPESPA
Av. Presidente Vargas, nº 1020,
Bairro: Centro
CEP: 66017-000 Belém - PA.
URL: http://www.fapespa.pa.gov.br
E-mail: sigfapespa@fapespa.pa.gov.br
Mário Ramos Ribeiro
Diretor-Presidente da FAPESPA
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
8
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
ANEXO 1
TIPO DE BOLSA, FORMAÇÃO ACADÊMICA, ÁREA DE ATUAÇÃO, ATIVIDADES,
LOTAÇÃO E Nº DE VAGAS
TIPO DE BOLSA: ESP (Especialista)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Medicina e Especialização em Anatomia
Patológica
AREA DE ATUAÇÃO: Anatomia Patológica
ATIVIDADES
A
SEREM
DESENVOLVIDAS:
1)
Realizar
procedimentos
anatomopatológicos dos tecidos retirados de pessoas com doenças infecciosas e
parasitárias procedentes de diversas regiões do Brasil para análise das lesões e
conclusão diagnóstica; 2) Desenvolver estudo macro e microscópico das doenças com
objetivo investigativo e de diagnóstico, analisando lesões nos tecidos por meio de
técnicas de rotina (hematoxilina-eosina) histoquímica, imuno-histoquímica em punção
biopsias, peças cirúrgicas e necropsia.
LOTAÇÃO: Seção de Patologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Imunopatologia
ATIVIDADES
A
SEREM
DESENVOLVIDAS:
1)
Realizar
procedimentos
imunopatológicos e moleculares com ênfase na pesquisa imunológica das citocinas no
soro, determinando o perfil imune de indivíduos infectados por diversas doenças
infecciosas e parasitarias; e 2) Realizar pesquisas na área de imunopatologia.
LOTAÇÃO: Seção de Patologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: ESP (Especialista)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Especialização nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Imunopatologia
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: Realizar estudos hematológicos e
bioquímicos referentes a distúrbios do metabolismo em humanos, como também
relacionar alterações hematológicas e bioquímicas às diversas doenças infecciosas e
parasitárias.
LOTAÇÃO: Seção de Patologia
Nº DE VAGAS: 01
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
9
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
TIPO DE BOLSA: GR (Graduação)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação nas áreas das Ciências Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Patologia Clínica/CTLAB
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Sub-coordenar o Curso Técnico de
Laboratório (CTLAB); 2) Ministrar aulas nas disciplinas voltadas para as análises clínicas
no CTLAB; 3) Realizar atividades voltadas para a pesquisa e docência em ensino pósmédio para análises clínicas.
LOTAÇÃO: Seção de Patologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Análises Clínicas em Primatas não humanos
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Realizar coleta de material biológico em
primatas não humanos; 2) Executar técnicas de diagnóstico em primatas não humanos;
3) Participar de atividades de pesquisa relacionadas a primatas não humanos criados e
mantidos em cativeiro e os de vida livre; 4) Participar de atividade de ensino e
orientação; 5)Orientar e coordenar ações do complexo de laboratórios do CENP( Centro
Nacional de Primatas)
LOTAÇÃO: Centro Nacional de Primatas
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: GR (Graduação)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Medicina Veterinária
AREA DE ATUAÇÃO: Manejo em Primatologia
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Disponibilidade de realizar viagens
técnico-científicas; 2) Gerenciar e orientar programas de pesquisas científicas.
LOTAÇÃO: Centro Nacional de Primatas
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado em Tecnologia em Processamento
de Dados e áreas afins
AREA DE ATUAÇÃO: Geoprocessamento aplicado à Saúde
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
10
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Executar trabalhos de
Geoprocessamento aplicado à vigilância em saúde e epidemiologia, na Amazônia; 2)
Orientar projetos de pesquisas em nível de graduação e pós-graduação na área de
geoprocessamento, computação gráfica e áreas afins; 3) Gerar mapas temáticos com
informações sobre vigilância em saúde; 4) Participar de pesquisas e coletas de dados
georreferenciados, em campo, de informações epidemiológicas, ambientais e
socioeconômicas; 5) Implantar Sistemas de informação geográfica aplicados à vigilância
em saúde e epidemiologia.
LOTAÇÃO: Geoprocessamento
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia Molecular de Arbovírus
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Produção de estoque viral em cultura de
células VERO (rim de macaco verde africano), C6/36 (Aedes albopictus) e/ ou
camundongos recém-nascidos (2-3 dias); 2) Extração do RNA viral a partir do fluido de
células VERO, C6/36 infectadas e/ou de suspensão de cérebro de camundongo;
3)Detecção do genoma viral utilizando técnicas moleculares de RT-PCR (Reação de
Transcrição-Reversa seguida da Reação em Cadeia mediada pela Polimerase) e single
primer amplification utilizando iniciadores degenerados, randômicos e 3’ –
aminobloqueados; Detecção e quantificação do genoma de arbovírus pela técnica de
RT-PCR em tempo real; 4) Seqüenciamento nucleotídico utilizando seqüenciador
automático modelo ABI 3130 (Applied Biosystems), GS FLX 454 (Roche) e SOLID
(Applied Biosystems) empregando os métodos de terminação em cadeia,
pirosequenciamento e DNA ligase; 5) Análise de seqüências nucleotídicas e filogenia
(construção de árvores filogenéticas) empregando programas computacionais
específicos: Blast search tool (portal NCBI: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/) Clustal X DNA
star ® Lasergene Inc., Mega 4.0, PHYML, Mr Bayers, Beast, Geneius Pro, plataforma
CLCBio.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: uma bolsa de PEQ 1 (Mestrado), uma bolsa de ESP (Especialização)
e uma bolsa de GR (Graduação)
FORMAÇÃO ACADÊMICA:
Para a bolsa PEQ 1 (Mestrado): Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
Para a bolsa de Especialização: Graduação e Especialização nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
Para bolsa de Graduação: Graduação nas áreas das Ciências Biológicas ou da Saúde
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
11
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia Molecular de Arbovírus
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Participar de atividades de pesquisa
biomédica com arbovírus; 2) Realizar técnicas de biologia molecular para diagnóstico de
Dengue e Febre Amarela; 3) Extração de ácido ribonucléico viral (RNA) pelo método
TRIZOL; 4) Transcrição Reversa (RT)-Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) para
preparação de àcido desoxirribonucléico complementar (cDNA); PCR em tempo Real; 5)
Isolamento de cDNA em gel de agarose; 6)Seqüenciamento nucleotídico em
seqüenciador automático ABI PRISM 3130 (Applied Biosystems); 7)Dar apoio, como
instrutor, aos treinamentos de estudantes e profissionais em procedimentos técnicos
pertinentes a sua área de atuação.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 03
TIPO DE BOLSA: duas bolsas PEQ 2 (Doutorado), uma bolsa PEQ 1 (Mestrado) e uma
ESP (Especialização)
FORMAÇÃO ACADÊMICA:
Para as duas bolsas PEQ 2 (Doutorado): Graduação e Doutorado nas áreas das
Ciências Biológicas ou da Saúde
Para a bolsa PEQ 1 (Mestrado): Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
Para a bolsa de Especialização: Graduação e Especialização nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde.
AREA DE ATUAÇÃO: Diagnóstico sorológico das arboviroses
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Realizar testes de inibição da
hemaglutinação; 2) Realizar testes de soro contra os antígenos virais; 3) Realizar análise
de anticorpos contra 19 tipos diferentes de arbovírus em soro de humanos.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 04
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde ou Ciências Agrárias.
AREA DE ATUAÇÃO: Diagnóstico laboratorial de raiva
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Executar o diagnóstico laboratorial da
raiva humana e animal pelas técnicas de Imunofluorescência Direta (IFD) e o isolamento
viral pela Prova Biológica em camundongos; 2) Executar a tipificação antigênica de
isolados do vírus da raiva pela técnica de Imunofluorescência Indireta (IFI); 3) Realizar
experimentos com animais de laboratório; 4)Realizar amplificação do genoma do vírus
da raiva através da técnica de RT-PCR; 5)Realizar o seqüenciamento nucleotídico dos
produtos de RT-PCR; 6)Proceder à análise filogenética.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
12
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
Nº DE VAGAS: 02
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Isolamento de Arbovírus em Cultivos Celulares
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : Realizar tentativas de isolamento viral em
diferentes espécimes, tais como: artrópodes e vísceras de animais, bem como
espécimes de humanos como vísceras e sangue, soro, LCR com até 5 dias de evolução
de doença compatíveis com sintomatologia para as arboviroses. Esses espécimes
serão inoculados em células C6/36 e VERO de acordo com a suspeita clínica.
Posteriormente será realizado o teste de Imunofluorescência Indireta para a confirmação
da replicação viral e identificação do arbovírus responsável pela infecção.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 02
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Ecoepidemiologia dos Culicídeos
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Capturar e identificar nematóceros
hematófagos transmissores de arbiviroses, para estudos de conhecimento; Dinâmica da
fauna desses insetos, estudar a biologia desses vetores das diversas unidades da
federação brasileira; 2) Criação e colonização das diversas espécies de culicídeos de
interesse médico; 3) Montagem dos estágios (fases) de desenvolvimento das espécies
dos nematóceros hematófagos; 4) Ministrar cursos, treinamentos teóricos e práticos na
área de entomologia ( técnicas de campo, armazenamento, transporte, conservação do
material coletado, identificação dos diferentes gêneros, sub-gêneros e espécies para
profissionais técnicos de diversas instituições municipais,estaduais e de pós-graduação
internacionais, quando solicitado; 5) Dar apoio técnico especializado a diversos projetos
de pesquisa; 6) Dar apoio técnico especializado a estudantes de instituições nacionais e
internacionais.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 02
TIPO DE BOLSA: uma bolsa PEQ 2 (Doutorado) e uma bolsa GR (graduação)
FORMAÇÃO ACADÊMICA:
Para bolsa PEQ 2 (Doutorado): Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde.
Para bolsa de Graduação: Graduação nas áreas das Ciências Biológicas ou da Saúde.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
13
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
AREA DE ATUAÇÃO: Diagnóstico e Biologia Molecular das Hantaviroses.
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Executar testes de: ELISA para
detecção de anticorpos da classe IgG anti-hantavírus em amostras de soros e/ ou
sangue humanos; ELISA para detecção de anticorpos da classe IgM anti-hantavírus em
amostras de soros e/ ou sangue humanos; ELISA para detecção de anticorpos da classe
IgG anti-hantavírus em amostras de sangue de roedores silvestres. 2) Realizar
caracterização viral por técnicas de biologia molecular aplicadas aos segmentos S e M
do genoma dos hantavírus em amostras de soro e/ou sangue humanos e material
biológico de roedores silvestres; Documento técnico descrevendo a detecção de
anticorpos IgG para hantavírus em populações humanas residentes na Amazônia
brasileira; 3) Elaborar Documento técnico descrevendo a detecção de anticorpos IgM
para hantavírus em populações humanas residentes na Amazônia brasileira; 4) Elaborar
Documento técnico descrevendo a detecção de anticorpos IgG em amostras de sangue
de roedores capturados na Amazônia brasileira; 5) Elaborar Documento técnico
contendo Perfil epidemiológico da SCPH na Amazônia brasileira; 6) Elaborar Documento
técnico contendo dados de seqüenciamento genômico e filogenia dos hantavírus
circulantes na Amazônia brasileira a partir de amostras de soro e/ou sangue humanos e
material biológico de roedores silvestres sorologicamente positivos.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 02
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde.
AREA DE ATUAÇÃO: Imunopatologia
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Realizar/desenvolver técnicas de
estudos de imunopatologia em modelos experimental de infecções por arbovírus,
hantavírus e vírus da raiva através de técnicas imunobiológicas; 2) Realizar técnicas de
histologia em material proveniente de modelos experimental; 3) Realizar técnicas/testes
de imunomarcação (imuno-histoquímica) em tecidos para identificação de antígenos,
marcadores, etc; 4) Realizar técnicas/testes para a caracterização da resposta
imunológica celular, citocínica e quimiocínica sanguínea e tecidual em modelos
experimental. 5) Realizar estudos na área da imunopatologia; 6) Desenvolver e/ou
participar de projetos de pesquisa na área de imunopatologia.
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: GR (Graduação)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação nas áreas das Ciências Biológicas ou da Saúde.
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia Molecular e Genômica (Seqüenciamento Nucleotídico)
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : Capacidade técnica para execução de:
Extração de ácidos nucléicos (RNA e DNA); fragmentação de genomas por ação
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
14
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
química (Cloreto de Zinco) ou mecânica (Nitrogênio líquido, ultrasom de pulsos);
Preparação de biblioteca genômica (método de fragmentos e/ou mate-paired); PCR de
emulsão; Seqüenciamento (pirosequenciamento e DNA ligase).
LOTAÇÃO: Seção de Arbovirologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Diagnóstico das Infecções Fúngicas
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Desenvolver e colaborar na evolução
de planos de trabalho programados de pesquisas e exames laboratoriais; 2) Padronizar,
atualizar, coordenar, supervisionar, avaliar e executar métodos e técnicas necessárias
ao desenvolvimento de pesquisas científicas e/ou exames laboratoriais; 3)
Desenvolvimento e aplicação de métodos micológicos e sorológicos no diagnóstico de
micoses sistêmicas endêmicas e oportunistas; 4) Desenvolver atividade nas principais
linhas de pesquisa do laboratório, dentre elas: obtenção e caracterização de antígenos
fúngicos; 5) Identificação e caracterização macro/micromorfológica de fungos; 6)
Manutenção de culturas fúngicas (Agar, Congelamento, Liofilização); Diagnóstico
micológico de infecção fúngica (Exame Micológico Direto, cultura, Técnicas de
coloração); 7) Identificação de leveduras (método manual e automatizado); 8)
Identificação e tipagem molecular de microrganismos fúngicos (PCR, PFGE); 9)
Padronização de métodos moleculares no diagnóstico e caracterização de infecções
fúngicas; 10) Diagnóstico sorológico das infecções fúngicas sistêmicas (Imunodifusão,
Western blotting, ELISA, Teste de Aglutinação com Látex); 11)Produção de soro
hiperimune para utilização em testes sorológicos; Experimentação animal.
LOTAÇÃO: Seção de Bacteriologia e Micologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia molecular de microrganismos.
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Realizar diagnóstico molecular de
infecções por micobactérias (MNT e M. tuberculosis); 2) Realizar técnicas de
genotipagem para vigilância da tuberculose e outras micobacterioses; 3) Utilizar as
ferramentas moleculares para vigilância de infecções nosocomiais e avaliação de genes
de resistência antimicrobiana; 4) Utilizar os softwares GeneMapper e Bionumerics 6.5
para análise de genótipos; 5) Utilizar as ferramentas moleculares para vigilância de
infecções nosocomiais e avaliação de genes de resistência antimicrobiana; 6) Utilizar os
softwares GeneMapper e Bionumerics para análise de genótipos.
LOTAÇÃO: Seção de Bacteriologia e Micologia
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
15
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia e Genética de Micobactérias
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Aplicação de métodos moleculares para
identificação de micobactérias não tuberculosas (MNT); sequenciamento de DNA na
plataforma ABI3130; 2) desenvolvimento de técnicas de genotipagem para vigilância de
micobacterioses; avaliação de genes de resistência em micobactérias; 3) utilização de
softwares de bioinformática aplicados a análise de seqüências: Sequence Analysis,
Sequence Scanner, GeneMapper, Bionumerics, DNAsp, Bioedit, DAMBE e MEGA 5.0.
LOTAÇÃO: Seção de Bacteriologia e Micologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Genotipagem de Enterobactérias
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Elaboração e Coordenação de Projetos
de Pesquisa; 2) Padronizar, atualizar, coordenar, supervisionar, avaliar e executar
métodos e técnicas necessárias ao desenvolvimento de pesquisas científicas e/ou
exames laboratoriais; 3) Métodos de isolamento e identificação de enteropatógenos
bacterianos (método convencional e automatizado Vitek 2-Biomerieux).
LOTAÇÃO: Seção de Bacteriologia e Micologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) / Tracoma
ATIVIDADES
A
SEREM
DESENVOLVIDAS:
1)métodos
de
detecção
antígeno/anticorpo; método de amplificação de ácidos nucléicos; 2)Preparo de
antígenos; coletar sangue Humano; 3)Desenvolver projetos de pesquisa e formação de
recursos humanos para atuação na área em questão.
LOTAÇÃO: Seção de Bacteriologia e Micologia
Nº DE VAGAS: 01
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
16
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Microscopia Eletrônica
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Domínio em técnicas de microscopia
eletrônica transmissão (técnica de rotina, constatação negativa, imunomicroscopia
ultraestrutural, citoquímica ultraestrutural); imunocitoquímica ultraestrutural); 2) Domínio
na técnica de rotina e para o processamento e análise de amostra para microscopia
eletrônica varredura; 3) Domínio nas técnicas de imunofluorescência e imunohistoquímica.
LOTAÇÃO: Seção de Hepatologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: ESP (Especialização)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Especialização nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia molecular dos agentes hepatotrópicos
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Técnicas de biologia molecular
(extração de DNA e RNA viral e parasitário, PCR e ylcântarayento) e análise de
seqüência (edição, alinhamento e análises filogenéticas) aplicada a estudos
epidemiológicos, taxonômicos e genéticos dos agentes hepatotrópicos: vírus da hepatite
B, C e D e agentes causadores da equinococose policística (Echinococcus vogeli e E.
oligarthrus); 2) participação em projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico
ligados a sorologia e biologia molecular dos agentes hepatotrópicos: vírus da hepatite B,
C e D e agentes causadores da equinococose policística (Echinococcus vogeli e E.
oligarthrus).
LOTAÇÃO: Seção de Hepatologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Citotaxonomia de animais silvestres, reservatórios de agentes
hepatotrópicos
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Realizar citotaxonomia e distribuição de
roedores silvestres e morcegos na Amazônia; 2) Realizar estudo de agentes
hepatotrópicos de animais silvestres; 3) Atuar na identificação de hospedeiros e
reservatórios, animais silvestres associados a agentes hepatotrópicos primários e
secundários por meio de dados citogenéticos; agentes Virais Hepatotrópicos em
Primatas Neotropicais.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
17
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
LOTAÇÃO: Seção de Hepatologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Microbiologia Viral da Rubéola, Sarampo e Citomegalovírus
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Coordenar, supervisionar e executar
projetos de pesquisa envolvendo os vírus Rubéola e CMV aplicados na saúde materno
infantil e de pacientes imunodeprimidos. 2) Realização do diagnóstico laboratorial e
diferencial para TORCH com ênfase nas viroses congênitas rubéola e CMV; 3)
Diagnóstico diferencial das viroses exantemáticas rubéola e sarampo por métodos
sorológicos, moleculares e por isolamento viral; 4) Realizar inquéritos epidemiológicos e
laboratoriais na Vigilância da Rubéola e da Síndrome da Rubéola Congênita; 5)
Desenvolver atividades de campo relacionadas à pesquisa das viroses congênitas
rubéola e CMV e viroses exantemáticas rubéola e sarampo 6) Desenvolver atividades
relacionadas à biossegurança em laboratórios de pesquisa; 7) Organização e
participação de inquérito epidemiológico; 8) Supervisão e orientação em coleta de
amostras biológicas no campo para vigilância em saúde na região Amazônica; 9)
Elaboração de POPs; 10) Realizar diagnóstico diferencial entre agentes neurotrópicos
ambientais e virais; 11) Coleta de sangue de gestantes e recém-nascidos em Unidades
Hospitalares; 12) Apoio no atendimento ambulatorial de pacientes para diagnóstico
laboratorial em Citomegalovírus, rubéola e sarampo; 13) Capacitação de técnicos em
atividades de interesse em saúde pública relacionadas a agentes virais e/ou ambientais;
14) Coleta de dados epidemiológicos em pesquisa de campo na área da saúde e meio
ambiente.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Farmácia ou Química ou Química Industrial
e Mestrado em Ciências Químicas ou Farmacêuticas
AREA DE ATUAÇÃO: Química Analítica e Ambiental
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Orientar e supervisionar atividades
técnico-científicas de análises de metais em amostras ambientais (água e sedimento de
fundo); 2) Desenvolver, otimizar e validar ensaios químicos para determinação de
contaminantes metálicos em amostras biológicas e ambientais; 3) Desenvolver, otimizar
e validar ensaios em equipamentos espectrofotométricos, Cromatográficos de Íons e
potenciômétricos para execução de análises físico-químicas em amostras de água e
efluentes; 4) Orientar procedimentos de coleta e preparo de amostras ambientais para
análises toxicológicas
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
18
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: ESP (Especialista)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Engenharia Sanitária e Especialização na
área da Engenharias Sanitária e Ambiental
AREA DE ATUAÇÃO: Saneamento Ambiental
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS
: 1) Elaborar e coordenar projetos envolvendo análises físico-químicas e microbiológicas
em amostras de lodo, águas superficiais, subterrâneas, de abastecimento público e
residuárias; 2) Orientar e supervisionar atividades técnico-científicas envolvendo
análises físico-químicas em águas; 3) Desenvolver atividades em pesquisas de vigilância
ambiental em saúde na Amazônia; 4) Desenvolver e otimizar ensaios físico-químicos
com validação para determinação de contaminantes em amostras ambientais; 5)
Desenvolver, otimizar e operar equipamentos espectrométricos no UV-Visível,
Cromatografo de Íons e potenciômetros para análises físico-químicas em amostras de
água e efluentes; 6) Orientação e execução de procedimentos de coleta e preparo de
amostras ambientais para análises físico-químicas.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado em nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Microbiologia Ambiental
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Coordenar e orientar atividades de
campo georeferenciadas para coleta de amostras ambientais (água, sedimento e solo);
Análise e interpretação dos resultados microbiológicos obtidos; 2) Elaboração de
relatórios técnicos; 3) Otimização de ensaios microbiológicos e moleculares, incluindo
operação e manutenção de equipamentos; 4) Interpretação de resultados das análises;
5) Planejamento e orientação de procedimentos de coleta e preparo de amostras
ambientais e biológicas para análises microbiológicas; 6) Desenvolvimento de métodos
de isolamento e obtenção de culturas bacterianas puras; 7) Apresentação de trabalhos
científicos em eventos na área de atuação (Simpósios, Congressos, Seminários, entre
outros.)
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
19
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Engenharia Química ou Ambiental e
Mestrado em Geoquímica e áreas afins.
AREA DE ATUAÇÃO: Engenharia e Ambiente
ATIVIDADES: 1) Elaborar e coordenar projetos envolvendo análises de contaminantes
metálicos e riscos a saúde; 2) Desenvolver atividades em pesquisas de vigilância
ambiental em saúde na Amazônia; 3) Desenvolver, otimizar e validar ensaios químicos
para determinação de contaminantes metálicos em amostras biológicas e ambientais; 4)
Orientar procedimentos de coleta e preparo de amostras ambientais e biológicas para
análises toxicológicas
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Microbiologia Ambiental e Biologia Molecular
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Elaboração e coordenação de projetos
envolvendo análises microbiológicas e moleculares; Emissão de resultados
microbiológicos; 2) Realização de atividades de campo para coleta de amostras
ambientais (água, sedimento e solo) e biológicos (algas, peixes, sangue tecido capilar e
urina); 3) Orientação e supervisão de atividades técnico-científicas em Microbiologia
Ambiental.; 4) Otimização de ensaios microbiológicos e moleculares; Interpretação de
resultados das análises microbiológicas e Moleculares; 5) Planejamento e orientação de
procedimentos de coleta e preparo de amostras ambientais e biológicas para análises
microbiológicas e moleculares; 6) Desenvolvimento de métodos de isolamento e
obtenção de culturas bacterianas puras, de caracterização bioquímica, antigênica e de
caracterização molecular, incluindo mecanismos de resistência e virulência molecular de
bactérias; Desenvolvimento de métodos de rastreamento molecular de cepas de origem
ambiental.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia Ambiental
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Planejar, coordenar, orientar,
supervisionar, gerenciar, implantar e executar atividades relacionadas ao estudo das
cianobactérias (diversidade molecular e cianotoxinas); 2) Elaboração e coordenação de
projetos envolvendo análises microbiológicas e limnológicas; 3) Planejamento e
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
20
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
orientação de procedimentos de coleta e preparo de amostras biológicas para o estudo
das cianobactérias; 4) Orientação e supervisão de atividades técnico-científicas em
Microbiologia Ambiental; 5) Quantificação de cianotoxinas através cromatografia líquida
de alta eficiência (HPLC); 6) Interpretação de resultados das análises microbiológicas e
limnológicas; 7) Desenvolvimento de métodos moleculares para a identificação da
microbiota aquática; 8) Aplicação de métodos moleculares para o monitoramento
ambiental; 9) Isolamento, cultivo e biologia molecular de cianobactérias em amostras
ambientais.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 02
TIPO DE BOLSA: ESP (Especialização)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Especialização nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Viroses Congênitas e Ambiente
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Desenvolvimento e execução de
estudos epidemiológicos e coleta de campo em vigilância em saúde de populações em
situação de risco de exposição a poluentes como o mercúrio, na Amazônia; 2) Cultivo e
manutenção de culturas de células primárias para diagnóstico em Virologia; 3)
Manutenção de linhagens celulares contínuas utilizadas no diagnóstico do HCMV e do
vírus da rubéola; 4) Desenvolver análise e avaliação do efeito citopático do HCMV e do
vírus da rubéola e a resposta imunológica do paciente; 5) Desenvolver análises
utilizando técnicas de Citometria de Fluxo; 6) Planejamento, organização e execução de
atividades na área de Educação em Saúde em ações de Vigilância Ambiental em Saúde
na Amazônia.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Farmácia ou Química ou Química Industrial
ou Geologia e Mestrado em Ciências Químicas, Farmacêuticas ou em Geoquímica
AREA DE ATUAÇÃO: Toxicologia Ambiental
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Elaborar e coordenar projetos
envolvendo análises de contaminantes metálicos e riscos a saúde; 2) Orientar e
supervisionar atividades técnico-científicas de análises de metais em bioindicadores
(plantas aquáticas, plânctons e pescado); 3) Desenvolvimento, otimização e operação de
equipamentos espectrométricos (Atomização em Chama, Geração de Hidretos, Forno de
Grafite e ICP OES), para determinação de contaminantes metálicos em amostras
biológicas e ambientais; 4) Desenvolvimento, otimização e operação de equipamentos
por Cromatografia Gasosa e Líquida; 5) Orientar procedimentos de coleta e preparo de
amostras ambientais e biológicas para análises físico-químicas e espectrométricas.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
21
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Viroses Congênitas
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Coordenar projetos de pesquisa em
saúde pública, na investigação de agravos causadas pelo Citomegalovírus Humano
(HCMV) e Rubéola nas áreas materno-infantil, doença pós-natal, imunodeprimidos ou
exantemáticos; 2) Diagnóstico laboratorial, e diferencial das viroses congênitas e viroses
exantemáticas causadas pelo HCMV, Rubéola e Sarampo; 3) Desenvolver atividades de
campo relacionadas à pesquisa em viroses congênitas ou viroses exantemáticas
causadas pelo HCMV, Rubéola e Sarampo; 4) Desenvolver atividades relacionadas à
biossegurança em laboratórios de virologia; 5) Desenvolvimento de culturas de células
primárias e manutenção de linhagens celulares utilizadas no diagnóstico do HCMV,
Rubéola e Sarampo; 6)Adquirir insumos necessários à pesquisa das viroses congênitas
ou exantemáticas pelo HCMV, Rubéola e Sarampo.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 02
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Banco de Células Primárias de Animais Vertebrados e de
Humanos
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Obtenção e manutenção de culturas
primárias provenientes de órgãos e de tecidos de revestimento de animais vertebrados e
humanos; 2) Obtenção e cultivo de células–tronco; 3) Caracterização citogenética de
células primárias e linhagens contínuas; 4) Identificação fenotípica celular por citometria
de fluxo; 5) Capacitação de pessoal técnico em cultura, expansão e preservação celular;
6) Elaboração, coordenação e desenvolvimento de projetos envolvendo cultura de
células; 7) Composição de protocolos para o cultivo, multiplicação e diferenciação de
células primárias e linhagens celulares.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado em Ciências Biológicas ou da
Saúde
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
22
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
AREA DE ATUAÇÃO: Epidemiologia Ambiental
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Planejar, organizar, coordenar e
executar pesquisas em saúde e ambiente com coleta de amostras ambientais e
biológicas; 2) Descrição e análise de dados em saúde ambiental; 3) Analisar e interpretar
dados laboratoriais relacionados à saúde ambiental; 4) Construção e monitoramento de
indicadores de saúde humana e ambiental; 5) Analisar dados de pesquisa para
verificação de impactos ambientais; 6) Elaborar desenhos de estudo e técnicas de
amostragem na área de saúde humana e ambiental; 7) Colaborar no desenvolvimento
de projetos de pesquisa para estudos de impactos ambientais e em saúde humana; 8)
Desenvolvimento estrutural de banco de dados em pesquisa; 9) Elaborar planejamento
para experimentos científicos.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Farmácia ou Química, ou Química Industrial
e Mestrado em Ciências Químicas ou Farmacêuticas.
AREA DE ATUAÇÃO: Contaminantes Orgânicos
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Elaborar e coordenar projetos
envolvendo análises de contaminantes orgânicos para a análise de riscos a saúde; 2)
Orientar e supervisionar atividades técnico-científicas de análises de contaminantes
orgânicos em materiais biológicos e ambientais; 3) Desenvolver atividades em pesquisas
de vigilância ambiental em saúde na Amazônia; 4) Desenvolver, otimizar e validar
ensaios químicos para determinação de contaminantes orgânicos em amostras
biológicas e ambientais; 5) Orientar procedimentos de coleta e preparo de amostras
ambientais e biológicas para análises toxicológicas; 6) Desenvolver atividades de
pesquisa relacionada a poluição atmosférica.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Medicina e Mestrado nas áreas das
Ciências Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Pesquisa Clínica e Saúde Ambiental
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Desenvolvimento de metodologias de
estudo para avaliação das condições de saúde nas populações expostas e não expostas
a riscos ambientais na Amazônia; 2) Elaboração de indicadores de saúde nas
populações estudadas expostas e não expostas a riscos ambientais na Amazônia; 3)
Organização dos fatores de natureza socioeconômica, epidemiológica, clínica,
toxicológica e ambiental que estão relacionados aos impactos à saúde humana na
Amazônia; 4) Promoção de ações junto aos órgãos de proteção, controle e recuperação
da saúde humana e do meio ambiente levando em consideração a participação do
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
23
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
Sistema Único de Saúde (SUS), através da Vigilância Ambiental em Saúde na
Amazônia.
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Química, Química Industrial, Engenharia
Química ou Geologia e Mestrado em Ciências Químicas, Geociências e áreas afins
AREA DE ATUAÇÃO: Geoquímica, Metais e Saúde
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Elaborar e coordenar projetos
envolvendo análises de contaminantes metálicos e riscos a saúde; 2) Orientar e
supervisionar atividades técnico-científicas de análises de metais em bioindicadores
(plantas aquáticas, plânctons e pescado); 3) Desenvolver atividades em pesquisas de
vigilância ambiental em saúde na Amazônia; 4) Desenvolver, otimizar e validar ensaios
químicos para determinação de contaminantes metálicos em amostras biológicas e
ambientais; 5) Orientar procedimentos de coleta e preparo de amostras ambientais e
biológicas para análises toxicológicas
LOTAÇÃO: Seção de Meio Ambiente.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Epidemiologia e Diagnóstico Laboratorial de Toxoplasmose
Humana
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Realizar a manutenção in vivo de cepas
virulentas e pouco virulentas de Toxoplasma gondii; 2) Realizar isolamento de cepas de
T. gondii através de métodos de bioensaio e moleculares; 3) Preparar antígeno integro
de Toxoplasma gondii utilizado nas diferentes reações sorológicas empregadas no
Laboratório de Toxoplasmose do IEC; 4) Realizar reações sorológicas
(imunofluorescência indireta, ensaio imunoenzimático, ensaio imunofluorimétrico e
aglutinação direta) para: a) diagnóstico de toxoplasmose humana em pacientes oriundos
das diferentes seções do IEC; b) investigação soroepidemiológica de toxoplasmose em
diferentes áreas do estado do Pará; c) apoio a projetos desenvolvidos em outras seções
ou em instituições colaboradoras de pesquisa e/ou de ensino superior. Realização de
método molecular (PCR) aplicado a pesquisa de toxoplasmose (isolamento de cepas e
diagnóstico); 5) Elaborar e desenvolver projetos de pesquisa científica relacionados a
área de atuação do perfil; 6) Orientar ou coordenar treinamento teórico-prático de
estudantes de cursos técnicos, de graduação e pós-graduação, e profissionais em
atividades de iniciação científica ou de rotina laboratorial relacionadas à área de atuação
do perfil; 7) Planejar e executar expedição de campo; 8) Coordenar investigações em
situações de surtos de toxoplasmose humana.
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
24
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Malária Humana: Diagnóstico Laboratorial e Resistência
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Realizar o diagnóstico laboratorial de
malária; 2) Avaliar a susceptibilidade in vitro e molecular do Plasmodium falciparum às
drogas antimaláricas; 3) Avaliar a qualidade de drogas antimaláricas; 4) Avaliar a
qualidade do diagnóstico laboratorial de malária; 5) Elaborar e desenvolver projetos de
pesquisa científica; 6) Orientar estudantes de graduação, iniciação científica e
especialização; 7) Apoiar outros pesquisadores em atividades de pesquisa e extensão;
8) Planejar e executar expedição de campo.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Epidemiologia e diagnóstico da amebíase invasiva
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Desenvolver e coordenar projetos de
pesquisa direcionados à estudos epidemiológicos da amebíase invasiva no estado do
Pará; 2) Realizar estudos sobre a avaliação de métodos para diagnóstico da amebíase
invasiva; 3) Realizar isolamento em cultivo, caracterização bioquímica e genotipagem de
E. histolytica e E. Díspar; 4) Coordenar Laboratório de Pesquisa; 5) Orientar alunos de
iniciação científica; 6) Colaborar na formação de novos profissionais; 7) Realizar
consultoria ad hoc de revistas científicas e projetos de pesquisa.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Entomologia da Malária
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Realizar a identificação morfológica de
mosquitos anofelinos adultos e imaturos para determinar a diversidade e distribuição da
fauna anofélica em áreas da Região Amazônica; 2) Realizar método de detecção de
infecção malárica nos mosquitos anofelinos adultos; 3) Realizar infecção experimental
em anofelinos; 4) Realizar método de detecção de fonte alimentícia de espécimes de
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
25
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
mosquitos anofelinos adultos; 5) Realizar a prova das garrafas para determinação da
susceptibilidade de mosquitos anofelinos aos inseticidas; 6) Elaborar e desenvolver
projetos de pesquisa científica sobre vetores de malária humana; 7) Orientar estudantes
de graduação, iniciação científica e especialização; 8) Apoiar outros pesquisadores em
atividades de pesquisa e extensão; 9) Planejar e executar expedição de campo.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Biologia Celular e Molecular de Leishmania
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Elaborar, coordenar, desenvolver e
executar projetos de pesquisa com ênfase sobre as leishmanioses tegumentar e visceral
em áreas endêmicas da Amazônia; 2) Realizar diagnóstico laboratorial (parasitológico e
imunológico) das leishmanioses tegumentar e visceral; 3)Realizar cultura de células
(macrófago peritoneal de camundongo e de primata não humano) para a infecção in vitro
por Leishmania sp; 4) Realizar a infecção in vitro de macrófago peritoneal de
camundongo e de primata não humano por Leishmania sp; 5) Realizar isolamento,
cultivo e manutenção de cepas de Leishmania sp; 6) Realizar a infecção experimental de
animais de laboratório (hamster e camundongo) com Leishmania sp; 7) Realizar a
técnica de dosagem de óxido nítrico em sobrenadante de cultura celular por método
colorimétrico; 8) Preparar reagentes, meios de cultura, soluções e corantes, bem como,
coloração para microscopia óptica; 9) Preparar antígenos de Leishmania sp. para
utilização no diagnóstico laboratorial das leishmanioses tegumentar e visceral;
10)Processar e analisar amostras por microscopia eletrônica de transmissão e
varredura; 11) Processamento e análise de amostras provenientes de tecidos de animais
por PCR para detecção de DNA do parasito Leishmania; 12) Processamento e análise
de amostras sanguíneas por citometria de fluxo.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Leishmaniose
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Elaborar, desenvolver e executar
projetos de pesquisa com ênfase na leishmaniose canina em áreas endêmicas da
Amazônia; 2) Realizar exame clínico nos cães de áreas endêmicas; Realizar diagnóstico
laboratorial (parasitológico e imunológico) da leishmaniose canina; 3) Preparar e utilizar
antígeno de L. (L). infantum chagasi (forma amastigota e promastigota) com vista ao
diagnóstico da leishmaniose visceral canina; 4) Desenvolver infecção experimental em
flebotomíneo por Leshmania sp; 5)Analisar biópsias (vísceras, linfonodo e pele) de cães
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
26
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
com leishmaniose visceral através da técnica anátomo-patológica e de
imunohistoquímica; 6) Realizar cultura de células (macrófago peritoneal de camundongo
e de primata não humano) para a infecção in vitro por Leishmania sp; 7) Realizar a
infecção in vitro de macrófago peritoneal de camundongo e de primata não humano por
Leishmania sp; 8) Realizar isolamento, cultivo e manutenção de cepas de Leishmania
sp; 9) Realizar a técnica de dosagem de óxido nítrico em sobrenadante de cultura celular
por método colorimétrico.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Protozoologia e Imunologia das Leishmanias
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Elaborar, desenvolver e executar
projetos de pesquisa com ênfase sobre as leishmanioses tegumentar e visceral em
áreas endêmicas da Amazônia; 2) Acompanhar as pesquisas em áreas endêmicas de
leishmaniose tegumentar e visceral na Amazônia; 3) Realizar diagnóstico laboratorial
(parasitológico e imunológico) das leishmanioses tegumentar e visceral; 4) Realizar
cultura de células (macrófago peritoneal de camundongo e de primata não humano) para
a infecção in vitro por Leishmania sp; 5) Realizar a infecção in vitro de macrófago
peritoneal de camundongo e de primata não humano por Leishmania sp; 6) Realizar
isolamento, cultivo e manutenção de cepas de Leishmania sp; 7) Realizar a infecção
experimental de animais de laboratório (hamster e camundongo) com Leishmania sp; 8)
Realizar a técnica de dosagem de óxido nítrico em sobrenadante de cultura celular por
método colorimétrico; 9) Preparar reagentes, meios de cultura, soluções e corantes, bem
como, coloração para microscopia óptica; 10) Preparar antígenos de Leishmania sp.
para utilização no diagnóstico laboratorial das leishmanioses tegumentar e visceral.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Epidemiologia e Imunologia aplicada às Leishmanioses
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1- Elaborar, coordenar e executar
pesquisas em protozoologia, imunologia aplicada e epidemiologia com ênfase na
vigilância e controle das leishmanioses na Amazônia. 2- Coordenar laboratório de
Protozoologia, Imunologia e Epidemiologia na Seção de Parasitologia. 3- Liderar grupo
de pesquisa cadastrado no Diretório de Grupos do CNPq. 4- Realizar estudos
experimentais sobre as leishmanioses in vivo e in vitro de importância para a Amazônia.
5- Avaliar novos insumos ou estratégias para o diagnóstico imunológico e molecular das
leishmanioses com potencial para incorporação pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
27
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
municípios Amazônicos. 6- Realizar pesquisas e ações para fortalecimento do SUS nos
municípios amazônicos, com ênfase em leishmanioses. 7- Realizar estudos e
intervenções baseados em comunidades para o controle da leishmaniose visceral em
localidades amazônicas. 8- Realizar estudos sobre a etiologia da leishmaniose
tegumentar em localidades amazônicas. 9-Realizar consultorias técnicas e capacitação
de recursos humanos, incluindo formação superior stricto sensu. 10- Produzir relatórios,
documentos técnicos, artigos científicos, conferências e palestras. 11- Coordenar e/ou
participar de comitês institucionais científicos e de ética em pesquisa.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Parasitologia com ênfase em triatomíneos e tripanossomatideos.
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Execução, análise, aplicação e
proposição de novos métodos diagnósticos para Doença de Chagas; 2) Desenvolver
pesquisas sobre a relação de parasita hospedeiro empregando técnicas de marcação,
soltura e recaptura de reservatórios, incluindo a utilização de armadilhas e outros
métodos de vigilância úteis na investigação da doença de Chagas na Amazônia,
Inquéritos sorológicos, entomológicos e epidemiológicos durantes surtos de doença de
Chagas; 3) Descrição de triatomíneos, reconhecimento dos seus ecótopos e
manutenção de espécies silvestres em insetários; 4) Estrutura populacional, taxonomia,
sistemática e filogenia de tripanossomas utilizando ferramentas tradicionais e
moleculares; 5) Identificação, isolamento, crio preservação e caracterização molecular
de tripanossomatideos.
LOTAÇÃO: Seção de Parasitologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Doutorado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Diagnóstico laboratorial no vírus da Influenza
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS : 1) Realizar a caracterização molecular dos
vírus da Influenza em espécimes clínicos de pacientes com gripe encaminhados ao
Laboratório de Referência do IEC; 2) Elaborar e executar protocolos de pesquisa na
área de vírus respiratórios.
LOTAÇÃO: Seção de Virologia.
Nº DE VAGAS: 01
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
28
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Rotavírus
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Diagnóstico laboratorial de agentes
infecciosos, preferencialmente os rotavírus; desenvolvimento de projetos na área de
virologia; 2) desenvolver projetos preferencialmente na área de Virologia;
LOTAÇÃO: Seção de Virologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Cultivo Celular e Microscopia Eletrônica de vírus
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Coordenar e elaborar projetos de
pesquisa aplicados à virologia; 2) Participar de atividades de ensino e pesquisa
científica; 3) Executar procedimentos de manutenção de linhagens celulares contínuas;
4) Desenvolver atividades de pesquisa em virologia clássica; 5) Diagnosticar viroses por
microscopia eletrônica de transmissão; 6) Desenvolver atividades para o preparo de
amostras e obtenção de micrografias eletrônicas; 7) Compreender e elaborar textos
científicos (artigos, resumos e relatórios);
LOTAÇÃO: Seção de Virologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Mestrado nas áreas das Ciências Biológicas
ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Doenças Exantemáticas
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Atividades relacionadas ao diagnóstico
laboratorial de agentes infecciosos; 2) Execução e interpretação de métodos
moleculares de diagnóstico e genotipagem (PCR, PCR em tempo real e seqüenciamento
de nucleotídeos); 3) Desenvolvimento de projetos, preferencialmente na área de
Virologia.
LOTAÇÃO: Seção de Virologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: ESP (Especialização)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Especialização nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
29
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
AREA DE ATUAÇÃO: Vigilância epidemiológica das infecções respiratórias agudas
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1)Identificar a ocorrência de casos de SRA
em escolas de primeiro grau, da cidade de Belém, buscando estabelecer o padrão de
sazonalidade da síndrome e investigando a sua relação com o absenteísmo escolar; e
Investigar os casos de SRA associados a pacientes internados em um hospital de ensino
da rede pública, a fim de identificar se as hospitalizações estão relacionadas também a
esta enfermidade.
LOTAÇÃO: Seção de Virologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: GR (Graduação)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação nas áreas das Ciências Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Enteroviroses
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Identificação de vírus em cultivo celular;
técnicas de virologia molecular (RT-PCR e Nested PCR); 2) Participação projetos
preferencialmente na área de Virologia Geral.
LOTAÇÃO: Seção de Virologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: ESP (Especialização)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação e Especialização nas áreas das Ciências
Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Epidemiologia e Análises Clínicas
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Realizar coleta e executar exames
laboratoriais de espécimes biológicos; 2) Atuar na Vigilância Epidemiológica; 3)
Preenchimento fichas do SINAN; 4) Elaborar relatórios semanais e avaliações
quadrimestrais.
LOTAÇÃO: Seção de Epidemiologia.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 1 (Mestrado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Medicina e Mestrado em Pediatria ou
Ciências aplicadas à Pediatria
AREA DE ATUAÇÃO: Pesquisa Clínica - Saúde do Binômio Mãe Filho
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Atuação na gestão para o
desenvolvimento de grupos de pesquisa e de formação de equipe para atendimento
especializado do binômio mãe-filho; 2) Participação de pesquisas clínicas nacionais e
multinacionais; participação em pesquisas no âmbito de diagnóstico e tratamento das
infecções perinatais; 3) Acompanhamento clínico-laboratorial de pacientes portadores de
infecções congênitas e perinatais; 4) Atuação na formulação e gestão de políticas
públicas e projetos de pesquisa temáticos que possuam o objetivo de desenvolver e
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
30
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
incentivar a pesquisa clínica sobre a morbi-mortalidade materno-fetal.
LOTAÇÃO: Serviço de Atendimento Médico Unificado.
Nº DE VAGAS: 01
TIPO DE BOLSA: PEQ 2 (Doutorado)
FORMAÇÃO ACADÊMICA: Graduação em Medicina e Doutorado nas áreas das
Ciências Biológicas ou da Saúde
AREA DE ATUAÇÃO: Epidemiologia Clínica e Laboratorial de doenças infecciosas
aplicadas a Vigilância e Controle de Doenças Infecto-Parasitárias, com ênfase em
protozooses de interesse na Amazônia
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS: 1) Delineamento e execução de ensaios
clínicos de seguimento de pacientes em médio e longo prazo; 2) Elaboração e execução
de projetos de interface pesquisa biomédica e atenção médica, relacionados a agravos
de origem infecto-parasitária, com ênfase em Tripanossomíases e Malária; 3) Análises
de banco de dados epidemiológicos referentes a síndromes febris prolongados de
demanda do IEC; 4) Articulação de parcerias sustentáveis com Vigilância epidemiológica
municipal e estadual em estudos de surtos de agravos de origem infecciosa.
LOTAÇÃO: Serviço de Atendimento Médico Unificado.
Nº DE VAGAS: 01
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
31
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
ANEXO 2
PLANILHA DE PONTUAÇÃO
A. Formação Acadêmica (Não Cumulativo) - No Máximo 50 pontos
TITULAÇÃO
Graduação
Especialista
Mestre
Doutor
TOTAL PARCIAL
PONTUAÇÃO
5
10
30
50
B. Atividades Acadêmicas - No Máximo 50 pontos
DISCRIMINAÇÃO DAS ATIVIDADES
B.1. Cursos Realizados (Máximo de 10):
Participação em cursos com mais de 360 horas
Participação em cursos de 181 a 360 horas
Participação em cursos de 91 a 180 horas
Participação em cursos de 30 a 90 horas
Participação em Mini-curso e curso em evento
técnico-científico. CH 4 (mínimo)
Participação em evento técnico-científico
Participação em comissão organizadora de evento
técnico-científico
TOTAL PARCIAL
PONTUAÇÃO
Pontos Frequência
5
4
3
2
Total de
Pontos
1
1
1
C. Cursos, Concursos e Atividades de Pesquisa e Profissional - No Máximo 40 pontos
Total
PONTUAÇÃO
C.1. Capacitação e execução de atividades acadêmicas de
Máximo de 20 pontos
Pontos Frequência Pontos
Debatedor de mesas ou painéis de evento (últimos três
anos)
2
Ministrar conferência ou palestra em congresso, simpósio,
ou seminário (últimos três anos)
2
Estágio Profissional com mínimo de 12 meses por instituição
3
Estágio Profissional de 6 a 12 meses
1
Iniciação Científica financiada por uma agência de fomento
5
Iniciação Científica voluntária atestada pela instituição
3
TOTAL PARCIAL
Total
C.2. Atividades Profissionais e Administrativas - Máximo
de
de 20 pontos
PONTUAÇÃO
Pontos
Exercício Profissional na área específica:
Acima de 10 anos
20
Entre 3 a 9 anos
10
Igual ou menor que 2 anos
5
TOTAL PARCIAL
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
32
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
Para Classificação Geral será utilizada a fórmula abaixo.
PT = A + B + C
3
ANEXO 3
FORMULÁRIO BAREMA
DISCRIMINAÇÃO DAS ATIVIDADES
Produção Científica e Tecnológica. Produção nos últimos 5
anos. (Total de pontos máximo definida no formulário eletrônico)
Artigo completo em periódicos - nível A1
Artigo completo em periódicos - nível A2
Artigo completo em periódicos - nível B1
Artigo completo em periódicos - nível B2
Artigo completo em periódicos - nível B3
Artigo completo em periódicos - nível B4
Artigo completo em periódicos – nível B5
Artigo completo em periódicos - nível C
Publicações de livros nas linhas de trabalho do candidato
Publicações de capítulos de livro nas linhas e trabalho do
candidato
Trabalho completo publicado em evento internacional
Trabalho completo publicado em evento nacional
Resumo publicado em anais de congresso internacional
Resumo publicado em anais de congresso nacional
Desenvolvimento de produtos ou processos, com patente
registrada ou depositada
Apresentação de trabalho em eventos científicos nacionais
Apresentação de trabalho em eventos científicos internacionais
Premiação técnico-científico
Participação como coordenador ou autor principal, na execução
de projeto de pesquisa com financiamento
Participação como colaborador ou integrante, na execução de
projeto de pesquisa com financiamento
Participação como coordenador ou autor principal, na execução
de projeto de pesquisa com financiamento, na sua área de
conhecimento
TOTAL
PONTUAÇÃO
Pontos Frequência
100
80
50
40
30
20
10
05
50
20
15
10
10
05
20
01
02
02
05
02
10
Total de
Pontos
GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
EDITAL N.° 003/2011
BOLSAS DE APOIO AO PROJETO “ESTUDO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE,
PESQUISA BIOMÉDICA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA”
ANEXO 4
TABELA DE ENQUADRAMENTO E VALORES DE BOLSAS
Tipo de Bolsas
GR – Profissional com graduação
ESP – Profissional com especialização
PEQ 1 – Título de Mestre
PEQ 2 – Título de Doutor
Valor (R$)
2.965,67
3.262,24
3.707,09
4.003,65
33
Download

Acesse Aqui - fapespa - Governo do Estado do Pará