Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
A INFLUÊNCIA DO RÁDIO NA DIFUSÃO DA CULTURA
PARAGUAIA EM DOURADOS MS
Andréia de Goés Waterkemper - UEMS1
dheyagoes@hotmail.com
Maria José de Toledo Gomes - UEMS2
maria_jose_505@hotmail.com
RESUMO: Este estudo contribui para o entendimento da cultura paraguaia na região de Dourados. Por
meio de programas de rádio Tereré Jeré, sobretudo, daqueles relacionados à utilização dos idiomas
português, espanhol e guarani, interação com os ouvintes, seleção de músicas, e abrangência da área
geográfica alcançada por estes. O trabalho foi desenvolvido a partir da transcrição de dois programas que
ressaltam as marcas culturais do povo paraguaio, na região de fronteira, observando aspectos de duração
de tempo em que os idiomas são utilizados durante os referidos programas; a relação das músicas tocadas,
abrangência do programa e a participação dos ouvintes. O resultado deste artigo mostra que o programa
de rádio Tereré Jeré contribui para a propagação da cultura paraguaia na região.
Palavras-chave: Bilinguismo; Difusão Radiofônica; Cultura paraguaia.
RESUMEN: Este estudio contribuye a la comprensión de la cultura paraguaya en Dourados. Através del
programas de radio Tereré Jere, especialmente las relacionadas con el uso del portugués, español y
guaraní, la interacción con los oyentes, la selección de la música y el alcance de la zona geográfica
alcanzada por ellos. El trabajo fue desarrollado a partir de la transcripción de dos programas que ponen de
relieve los rasgos culturales del pueblo paraguayo, en la región fronteriza, observando los aspectos de la
duración del tiempo en que las lenguas se utilizan para estos programas, la lista de las canciones
presentadas, el alcance del programa y la participación de los oyentes. El resultado de este trabajo se
muestra que el programa de radio Tereré Jere contribuye a la difusión de la cultura paraguaya en la
región.
Palabras clave: Bilinguismo, emisiones de radio, Paraguay Cultura.
1. Focalizando o contexto sul-mato-grossense e a cultura paraguaia
A conjuntura histórico-cultural do Estado de Mato Grosso do Sul apresenta
como marco importante a Guerra do Paraguai ocorrida em 1870, tendo em vista que
com o seu término, iniciou-se um povoamento efetivo na região, para a qual afluíram
1
. Graduada em Letras habilitação Português/Espanhol pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.
Especialista em Letras, Área de Concentração Estudos Linguísticos pela UEMS/Dourados e professora na rede
pública de ensino na cidade de Dourados–MS.
2
. Doutora em Letras pela UNESP/ASSIS - Docente da Graduação e da Pós-Graduação em Letras na
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS. Coordenadora Local do DINTER em Letras, parceria:
UFRGS/UEMS
1
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
povos oriundos de vários estados e imigrantes de outros países em busca de riquezas,
entre eles destacam-se os paraguaios, que têm como ancestrais os índios guaranis.
No período entre 1872 e 1970, Mato Grosso e o sul mato-grossense tiveram uma
população estrangeira acima da média nacional, sendo que, entre 1920 e 1970, mais de
50% dos estrangeiros que habitavam o estado eram paraguaios, 13% eram bolivianos.
Os paraguaios são um dos maiores grupos de estrangeiros residentes em Mato
Grosso do Sul, estabelecidos na região desde a demarcação da fronteira entre o estado e
aquele país. Sua presença se explica pelo fato de terem sido explorados como mão de
obra barata pela Companhia Mate Laranjeira, em virtude da experiência que possuíam
no conhecimento e no manejo da erva-mate, como ressalta Rocha (1990,p.79):
A Companhia acompanhou a comissão de demarcação dos limites entre
Brasil e Paraguai, iniciados em 1872, nas cabeceiras do rio Apa, iam
colocando marcas de pedra e cal nas cabeceiras dos principais rio divisores
até Guaíra. Tomaz Laranjeira, tomando conhecimento dos imensos ervais
inexplorados na fronteira, contando com uma numerosa mão-de-obra barata
de origem paraguaia, além do mercado consumidor do produto, no sul do
continente, iniciou assim a industrialização da erva-mate.
Entre os migrantes radicados no estado de Mato Grosso do Sul há paulistas,
mineiros, gaúchos, nordestinos, paranaenses, catarinenses. A presença desses migrantes
está relacionada à criação da Colônia Agrícola Federal de Dourados que visava à
ocupação mais sistematizada das terras devolutas, que tinham sido objeto da
exploração dos ervais nativos. Segundo Cabral (1999, p.45), Mato Grosso do Sul
continua recebendo, ainda nos dias de hoje, um elevado número de pessoas provindas
das mais diferentes regiões do Brasil em busca de emprego e melhores condições de
vida para as suas famílias.
A influência cultural paraguaia é notável em todo estado, seja pelo consumo de
erva-mate em forma de tereré, seja pela presença de alguns pratos típicos paraguaios
como chipa e sopa paraguaia. As danças e as músicas destacam-se nas regiões do
Complexo do Pantanal e de fronteira. Esses traços culturais se fazem presentes no
cotidiano do povo sul mato-grossense, em especial na cidade de Dourados, localidade
selecionada para o presente estudo.
1.1 A influência da cultura paraguaia na cidade de Dourados
2
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
A região de Dourados recebeu imigrantes de vários países, dentre os quais
destacam-se: Síria, Líbano, Japão, além do Paraguai. Entretanto, tendo em vista o fato
de Dourados estar situado a 125 km da fronteira seca com o Paraguai, a presença destes
imigrantes ganha relevância, acentuando a influência da cultura paraguaia não só em
nossa região, mas em todo o estado.
Quanto à alimentação, Dourados incorpora elementos da cultura paraguaia e
indígena com destaque para as chipas. Uma bebida também muito comum na região é o
tereré, feito com infusão de erva-mate e água gelada. De fácil preparo, é tomada em
encontros especialmente em grupos jovens. A bebida possui regras que devem ser
respeitadas como ser servida em sentido horário e um não deve tomar a vez do outro.
Na música destacam-se gêneros Paraguaios como o chamamé que integram
raízes culturais dos povos indígenas guaranis, dos exploradores espanhóis e, inclusive
de italianos. Também há a polca, estilo musical de dança e a guarânia, um gênero
musical de origem paraguaia.
A identidade cultural paraguaia em Dourados tem seu fortalecimento mantido
por meio de ações relevantes como a presença da Casa Paraguaia ou Colônia Paraguaia,
que atuam para integrar os descendentes e divulgar suas tradições para a comunidade
douradense, como enfatiza Amarilla (1997, p. 23):
A implantação da Casa Paraguaia de Dourados teve uma importância capital
em nosso município, uma vez que possibilitou a um grande número de
paraguaios e seus descendentes, que residem no município, momentos de
congraçamento e o fomento de suas culturas e tradições fazendo com que as
características do povo paraguaio fossem cultuadas.
Essa implantação não apenas mantém viva a identidade paraguaia como recebe o
merecido respeito e admiração dos paraguaios e simpatizantes de sua cultura. Ainda de
acordo com o autor, em meio às celebrações realizadas na Praça Paraguaia, há duas
festas marcantes na Capela de Nossa Senhora de Caacupé. Em 15 de maio comemora-se
a Independência do Paraguai e o Dia das Mães, com a realização de uma missa
tipicamente paraguaia. Entretanto, a festa considerada mais importante do ano é a do dia
08 de dezembro, dia da Virgem de Caacupé, organizada pela Colônia Paraguaia com a
Pastoral do Imigrante de Dourados. A realização desta festa se inicia a partir do dia 04
3
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
de dezembro, com reza dos devotos e dura três dias, como forma de preparação
espiritual.
Na passagem do dia 07 para o dia 08, é realizada a oferta de serenata à Virgem
em frente à capela, dirigida por grupos de músicos paraguaios, que, com seus violões e
harpas, tocam e cantam canções tradicionais de sua cultura. Em seguida são servidos
pratos típicos paraguaios preparados por componentes da comunidade. A homenagem e
a festa seguem até o amanhecer, com observam Terenciane & Ayala (2011,p.01):
A história da vinda da Virgem de Caacupé prende-se ao ano de 1998, quando
o prefeito de Dourados inaugura a Praça Paraguaia, para sediar sua imagem.
Esta foi trazida pelo presidente do Paraguai pessoalmente, denotando uma
forte ligação do estado paraguaio com a Igreja. A imagem foi depositada num
nicho especialmente construído para recebê-la.
Ainda segundo as autoras, a palavra Caacupé significa “atrás da erva-mate”,
onde caa significa erva e cupê, atrás, que explica o significado relacionado à Virgem de
Caacupé, no idioma guarani.
Dentre os símbolos presentes na cultura do povo paraguaio, destacam-se os
relacionados à religião, e, de acordo com Geertz (1989,p.73):
O homem tem uma dependência tão grande em relação aos símbolos e
sistemas simbólicos a ponto de serem eles decisivos para sua viabilidade
como criatura e, em função disso, sua sensibilidade à indicação até mesmo
mais remota de que eles são capazes de enfrentar um ou outro aspecto da
experiência provoca nele a mais grave ansiedade[...].
Frente às marcas interculturais do povo paraguaio, notamos que os traços dessa
cultura permeiam traços de inter-relações entre língua, o meio cultural e as marcas da
religiosidade, como se verifica no item a seguir.
1.2 As inter-relações entre língua, cultura e religião
Sabe-se que a língua não é apenas uma junção de sons realizados para o ato da
comunicação, mas, sobretudo que ela faz parte do comportamento social do falante,
considera-se que a língua está ligada à base da formação de um povo. De acordo com
Mello (1999, p.23): “São os falares, os modos de serem, os valores, crenças que fazem
4
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
com que os povos sejam diferentes ou semelhantes, porém singulares. Não há sequer
dois grupos sociais idênticos em todos os seus aspectos, inclusive o linguístico”.
Ao falar da relação entre indivíduo, língua, cultura e a religião, notamos que é
impossível ignorar o papel da religiosidade na cultura do povo paraguaio e, da sua
cultura e na religiosidade, tendo em vista que os princípios desse povo são em geral
voltados ao contexto da espiritualidade. Além disso, a religião retrata aspectos
originários da formação de qualquer povo. A língua, cultura e religião são fatores
interligados à formação de um povo e contribuem para o surgimento de novos aspectos
culturais.
Há em destaque no povo paraguaio, a influência cultural indígena de diversas
etnias somada à religião cristã, que atua como um princípio básico para a vida do
homem paraguaio, e que se reflete nas manifestações, ou na busca de piedade e limpeza
da alma, ou para a obtenção de proteção e direcionamento do povo paraguaio, o que o
torna um personagem de sentimento religioso, como salienta Gauto (1986, p.69):
Todas sus actividades comienza con: “Ñandejára há Tupasy rérape”; Dios y
la Virgen siempre van juntos. Los favores recibidos los retribuye con el
“Dios se lo pague manté”. Para cualquier emprendimiento nuevo, hay que
contar con la anuência divina: “Si Dios quiere y la Virgen”, que se dice em
castellano.
Vemos, então, que para o povo paraguaio Deus e a Virgem andam juntos, e para
qualquer novo empreendimento, devem ter o consentimento de Deus e da Virgem.
É oportuno ressaltar que o fato da Rádio Comunitária Boa Nova ser vinculada à
Igreja Católica evidencia ser este mais um dos fatores que contribui para que haja maior
propagação do aspecto religioso do programa Tereré Jeré.
A religiosidade típica da cultura paraguaia encontra na mídia radiofônica uma
forma clara, simples e eficaz de alcançar toda a sociedade douradense e de expandir sua
audiência para além dela, utilizando a modalidade oral da linguagem para a propagação
e a preservação não só de sua religião, mas de todo seu arcabouço cultural.
2. A importância do rádio para a propagação de traços da cultura paraguaia
5
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
O rádio como um meio de comunicação tem importância fundamental na vida
do cidadão e da comunidade a que ele pertence, espera-se que haja imparcialidade na
grade de programação das emissoras de rádio. Ele é o meio de comunicação que mais
apela para o receptor, utilizando para isso a linguagem oral, independente do contexto
social em que esteja inserido, uma vez que o indivíduo não interrompe suas atividades
diárias e visuais. Além disso o rádio, tornou-se acessível por ser um produto de baixo
custo. Ele faz parte da história da humanidade de modo relevante e autêntico.
As rádios AM (Amplitude Modulada) e FM (frequência Moduladas) são, em
geral, as mais ouvidas. A rádio on-line também tem contribuição valiosa para os
amantes da internet, que, desempenhando papel importantíssimo para a comunidade a
que pertencem influência significativa sobre o comportamento social e psicológico do
ouvinte. Ao lado da televisão, cinema, jornal e internet, ele é um instrumento utilizado
como um meio educativo, para abordagens culturais e agem de forma simples e objetiva
valorizando a liberdade de expressão. Chantler & Harris (1998, p.52) (apud Marcelo)
salienta que “a simplicidade é uma das principais características do rádio”.
Neste contexto, o rádio além de ser um instrumento que pode ser ouvido em
diferentes locais e situações cotidianas, permite que essa ação seja mais íntima e o
ouvinte se identifica com a linguagem utilizada e a mensagem transmitida, uma vez que
são ações que influenciam o contexto sócio-cultural da comunidade.
Frente à relevante atuação do rádio para a comunidade, surgiu a necessidade de
analisar a influência desse meio, para a propagação da cultura paraguaia na região de
Dourados-MS, por meio do programa de rádio Tereré Jeré, uma vez que ele tem por
objetivo difundir e fortalecer a cultura paraguaia em todo estado de Mato Grosso do Sul,
tendo em vista a influência dos costumes paraguaios em nossa região. Neste programa
são faladas três línguas: o português, espanhol e o guarani. Espelhando o que Fishman
aponta, citado por Heye (2006,p.74):
De acordo com Fishman […] a maioria bilíngue que usaria ambas as línguas
em quase todos os contextos situacionais, resultado de uma espécie de
'vazamento' diglossia 'vaza' quando distinções funcionais começam a
desaparecer, ou seja, quando uma variedade invade os domínios de outra
variedade.
6
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
Assim, a opção de estudar o programa “Tereré Jeré” partiu do pressuposto de
que ele fornece elementos para estudar a influência do rádio na difusão da cultura
paraguaia em Dourados.
3. Abordando os pressupostos metodológicos
Para a constituição do corpus da pesquisa, realizamos a gravação de quatro
programas, dentre os quais foram escolhidos dois: o do dia 23 de abril, por se tratar da
Semana Santa ou Sábado de Glória, como dizem os católicos paraguaios, data
importante para o povo paraguaio, como se observa na fala do locutor Elizeu Rodriguez
Cristaldo:
Quero desejar a todos um feliz final de semana, feliz páscoa a todo o pessoal
que são ouvintes do programa, uma alegria muito grande poder estar
partilhando com vocês esse momento, que Deus abençoe a cada um, a cada
uma das pessoas que sempre tem ligado pra nos aqui, participando da nossa
programação, Deus abençoe a todos e que tenhamos uma feliz páscoa, que
Deus possa iluminar a todos [...].
Optamos também pelo programa do dia 14 de maio por comemorar o
bicentenário da Independência Paraguaia, veja o que diz o mesmo locutor:
14 de maio é uma data festiva em toda a República do Paraguay é e também
em todas as colônias paraguaias que existe no mundo inteiro é hoje estamos
comemorando a independência paraguaia quatorze de maio í também
estamos comemorando o bicentenário da independência paraguaia duzentus
anos que o Paraguay ficou independente da Espanha ficou um pais livre e
isso é motivo de muita alegria motivo de muitas felicidades de muitas
comemorações [...] Elizeu Rodriguez Cristaldo
Outro fator relevante é por ser véspera do Dia das Mães: “amanhã é uma data
muito importante dia das mães paraguaias dia das mães brasileiras né por que não dizer
isso dia das mães nu mundo inteiro né” [...] Elizeu Rodriguez Cristaldo
Estes programas foram escolhidos para estudo por tratarem de temas relevantes
para a formação da cultura paraguaia e nos deram a possibilidade de trabalhar aspectos
linguísticos expressos por meio do trilinguismo presente no programa. Notamos
também outros aspectos culturais, como a música, religião, o pensamento voltado ao
fortalecimento dos traços da cultura do povo paraguaio na região de fronteira em
especial na cidade de Dourados.
7
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
Para a concretização do estudo os dois programas foram transcritos, e destacados
os pontos relevantes para serem sistematizados e analisados. Primeiramente foi
realizada a relação de músicas tocadas nos programas, identificando os idiomas nos
quais foram executadas: espanhol e/ou guarani. O segundo passo a fazer foi a relação de
ocorrência da participação dos ouvintes por meio de ligações telefônicas que puderam
ser observadas por terem o som captado no ato da gravação dos programas. Com isso,
foram tabulados os nomes dos bairros citados no programa, partindo de recados
mencionados pelo locutor e de ligações que foram ao ar, com participação ao vivo.
Partindo desses dados foi possível conhecer a abrangência geográfica do programa e sua
audiência, além da contribuição para a propagação da cultura paraguaia.
Com relação ao uso dos três idiomas, foram cronometrados o tempo de uso de
cada um deles, e o tempo referente às ocorrências de suas respectivas mesclas.
Após a obtenção do o corpus da pesquisa, os dados tabulados foram analisados,
para o desenvolvimento do estudo, em que nos pautamos em teóricos como: Mello
(1999), Melià (1997), e outros que nortearam o estudo.
4. Conhecendo meu objeto de pesquisa: Programa de rádio Tereré Jeré
Tereré Jeré é um programa de rádio trilíngue que une o Brasil ao Paraguai. O
Tereré Jeré, que, em português quer dizer “Roda de Tereré,” está em todas as redes
sociais da internet e passou a ser o porta voz da comunidade paraguaia em Dourados.
(Fala do locutor em guarani 4 segundos)... Tereré Jeré quer dizer em
português roda de terere e isso é um costume uma tradição que tem né a
gente vê nas calçadas a gente vê nas ruas de Dourados em vários outros
lugares e cidades de Mato Grosso do Sul que é uma cultura típica paraguaia
que é adotada por tantos brasileiros... Elizeu Rodríguez Cristaldo (23/04/11).
As culturas e histórias do Brasil e Paraguai estão entrelaçadas no programa
Tereré Jeré, que vai ao ar todos os sábados das 11h às 13h pela Rádio Comunitária Boa
Nova de Dourados. O programa pode ser ouvido pelo dial FM 87,9 ou pelo site
www.boanova87.fm.br, como ressalta Elizeu Rodríguez Cristaldo (23/04/2011):
Vinheta: estas se escuchando el programa Tereré Jeré conduce Eliceu
Rodrigues [...] bom dia a todos ouvintes da rádio Boa Nova FM, Buenos dias
8
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
a toda los oyentes de la Rádio Buena Nueva estamos iniciando nuestra
programación [...] con mucha alegría con mucha paz en el corazón con
mucho entusiasmo estamos iniciando nuestra programación, programa que
Tereré Jeré quiero dar a la bienvenida un gran abrazo a todos los internautas
que están ai sintonizando nuestra programación atreves del doble, del doble,
del doble ponto boa nova 87.9 fm.br
Há seis anos o cientista social Elizeu Rodriguez Cristaldo comanda o programa
que aborda a cultura paraguaia através de polcas, guarânias e chamamés. Ao mesmo
tempo Cristaldo, que é presidente da Associação da Colônia Paraguaia de Dourados,
conduz o programa nos três idiomas português, guarani e espanhol. O objetivo do
programa é fortalecer a cultura paraguaia em Dourados e região onde moram os
paraguaios e seus descendentes.
Com isso o locutor tornou-se um dos principais incentivadores da cultura
guarani na região, - “eu sou presidente juntamente com toda a diretoria...” -, sempre
teve como proposta promover a integração e a confraternização dos paraguaios e seus
descendentes.
[...] na quarta feira quarta feira santa ne:: isso e:: tão gostoso e tão e tão e:::
uma coisa as vezes inexplicável né a gente poder na semana santa se juntar se
unir ne e fazer chipa principalmente no (tatakuá) de uma forma tradicional ne
isso é muito bom eso isso e valorizar a nossa cultura e não deixar morrer essa
riqueza cultural do povo paraguayo [...] Elizeu Rodríguez Cristaldo
(23/04/11).
Um dos fatores que corroboram para que o programa atue como subsídio para a
propagação dos traços da cultura paraguaia, é o incentivo às celebrações e o
trilínguismo presente no programa como observa-se no quadro a seguir:
Quadro nº 1 - Idiomas Utilizados nos Programas
Datas e tempo em segundos / Idiomas
23/04
Português
Guarani
Guarani/Por-tuguês
Guarani/Espanhol
Espanhol
14/05
Totais
Percentuais
1585"
698"
2283"
78,02%
137"
98"
235"
8,03%
09"
5"
14"
0,48%
152"
156"
308"
10,53%
67"
19"
86"
2,94%
9
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
Totais
1950"
976"
2926"
100%
Observa-se que, por se tratar de um programa de uma rádio situada no Brasil, é
fato esperado que o idioma mais utilizado pelo locutor seja o português, que se
apresenta assim com maior índice de ocorrências, o que equivale 78,02%, sendo que a
mescla dos idiomas guarani/espanhol aparece com 10,53% das ocorrências; o idioma
guarani, com o índice equivalente a 8,03%; o espanhol, com 2,94% e a mescla dos
idiomas guarani/português, com apenas 0,48% das ocorrências.
Cabe ressaltar que os dados foram obtidos dos programas dos dias 23/04/2011 e
14/05/2011, o que pode variar de acordo com o contexto, pois acreditamos que se
mostra apenas um reflexo das características sociolinguísticas do bilinguismo regional
do Paraguai presente nesta região de fronteira, pois, segundo Mello (1999,p.16):
As línguas são usadas, pelo bilíngue, de maneira isolada, alternada ou
mesclada, dependendo da situação do falante em comunicar sua mensagem.
O falar bilíngue está, pois, diretamente relacionado ao contexto
sociopsicolinguístico no qual transcorre a interação verbal como, quando,
com quem e para quem os bilíngues usam suas línguas.
O programa contribui para a valorização e propagação da cultura paraguaia na
região da grande Dourados, o locutor ressalta a importância desta fusão dos idiomas
durante o programa Tereré Jeré:
[...] aqui a gente escuta a música também o guarani que a gente valoriza
muito pra que essa língua que foi oficializada e:: recentemente né uma língua
que estava sendo exterminada praticamente era proibido falar em todo
Paraguay em todo território paraguaio as pessoas mais antigas lembram quem
falava guarani nas escolas apanhavam então estava se perdendo uma riqueza
tão grande riqueza de todo um povo né e ai e o seguinte um povo que não
valoriza sua raiz né é praticamente um povo inexistente né mas sim graças a
Deus o Paraguay hoje é um país bilíngüe né se fala o guarani se tornou a
língua guarani a língua oficial do Paraguai e também a língua espana que é a
língua espanhola que é também falada lá dentro do território paraguaio né é
também é língua oficial por isso o Paraguay tem duas línguas oficiais né a
língua guarani e o espanhol. Elizeu Rodríguez (23/04/11).
Elizeu Rodrigues ressalta que a música é também um dos fatores que atua no
programa Tereré Jeré, realçando os aspectos da cultura paraguaia. Veja o quadro a
seguir:
10
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
Quadro nº 2 - Das músicas Executadas nos Programas de rádio
Músicas /Idiomas
23/04
14/05
Totais
Percentuais
Espanhol
08
05
13
45%
Guarani
08
08
16
55%
Totais
16
13
29
100%
55% das músicas tocadas nos dois programas são em guarani, mantendo-se em 8
para cada programa. Já as músicas em espanhol tiveram um total de 45% daquelas
tocadas nos dois programas, sendo que, no programa do dia 23/04/2011, foram tocadas
8 músicas e, no dia 14/05/2011, foram tocadas apenas 5 em espanhol, totalizando 13
músicas.
Portanto, das músicas tocadas em espanhol e guarani nos dois programas
observados, tem-se o total geral de 29 músicas que equivale a 100%. “Las palabras son
mucho más pobres aun, en la comunicación de los sentimientos. […] El hombre tiene
que recurrir a la música para expresar los sentimientos profundos, gracias a que ésta es
un lenguaje inmaculado; no cuenta pero expresa.” Melià (1997,p.72).
Quadro nº 3 – Das ligações telefônicas realizadas durante os Programas de rádio
Quantidade de ligações telefônicas
23/04
14/05
Totais
Percentuais
Fixo
13
11
24
86%
Celular
03
0
03
11%
Ao vivo
01
0
01
3%
Totais
17
11
28
100%
Com base nos dados relacionados no quadro 3 nos dois programas analisados,
ressalta-se a quantidade de ligações telefônicas para o telefone fixo da rádio, com 13
ligações no programa do dia 23/04/2011 e 11 no dia 14/05/2011, totalizando 24 ligações
com 86%. As ligações para o celular foram 03 no dia 23/04/2011 e nenhuma no
11
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
programa do dia 14/05/2011. No que diz respeito às participações ao vivo, houve apenas
01 ocorrência no programa do dia 23/04/2011 o equivalente a 3% das ligações para o
programa. Os totais de ligações telefônicas observadas nos dois programas são de 28
ligações que equivalem a 100% das ligações observadas nos dois programas. O que
significa que há uma relevante audiência do referido programa de rádio na região de
Dourados.
Quadro nº 4 – Da abrangência geográfica do programa de rádio
Localidades alcançadas pelo programa
23/04
14/05
Totais
Percentuais
Bairros da cidade de Dourados
6
6
12
86%
Outras Localidades
2
0
2
14%
Totais
8
6
14
100%
Em relação às localidades alcançadas pelo programa, foram citados 6 bairros da
cidade de Dourados em cada programa, equivalendo a um total de 12 bairros. Quanto às
outras localidades, tivemos 02 ocorrências no programa do dia 23/04/2011, tendo um
total percentual de 14%. No total geral foram citadas 14 localidades. Veja o quadro a
seguir:
Quadro nº 5 – Da audiência atingida pelo programa de rádio
Famílias e pessoas mencionadas no
programa
23/04
14/05
Totais
Percentuais
Famílias
15
10
25
15%
Pessoas
72
71
143
85%
Totais
87
81
168
100%
Com base nos dados, observamos o percentual de nomes de famílias e pessoas
mencionadas em cada programa. Desta forma temos 15 famílias citadas no programa do
dia 23/04/2011 e 10, no do dia 14/05/2011, o que soma um total de 25 famílias citadas,
equivalendo a 15% da relação de ouvintes mencionados, também foram mencionadas
12
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
isoladamente pessoas em geral, equivalendo a 72 no dia 23/04/2011 e 71 no dia
14/05/2011, o que perfaz um total de 143 pessoas, cerca de 85% dos ouvintes.
A dimensão da influência do programa se limita apenas à ação de propagação da
cultura paraguaia, tendo em vista que a amplitude se dá além do que está exposto, pois
as palavras do locutor tem o poder de retratar não apenas o contexto sociocultural de um
povo, mas os sentimentos entrelaçados às conquistas alcançadas ao longo de sua
trajetória. Como observa-se na fala do locutor Elizeu Rodríguez Cristaldo (14/15/2011):
Ontem nós estivemos um uma alegria redobrada né uma atividade da a
associação da colônia Paraguaia da qual eu sou presidente juntamente com
toda diretoria que compõe comigo uma equipe maravilhosa né ontem foi
aconteceu na câmara Municipal de Dourados a sessão solene sessão solene
homenageando a todos a todos não são cada ano a gente faz isso cada ano
então cada ano é escolhido algumas pessoas que tem contribuído muito pra
cidade de Dourados pro Municipio de Dourados né pro estado de Mato
Grosso do Sul com sua presença, né de trabalho com a presença com seus
familiares aqui desde a década de trinta então.
O locutor destaca a alegria dos paraguaios pela homenagem recebida por
contribuírem para o desenvolvimento do município de Dourados. Elizeu Rodríguez
Cristaldo também relata o importante processo de migração de um povo em busca de
melhorias para seus familiares, em que sua trajetória traz marcas de sacrifícios e
sofrimentos:
Ontem aconteceu um ato muito digno de louvar muito digno de dizer que eu
fiquei muito feliz pelas pessoas que foram homenageadas né pelo trabalho
tão bonito que cada um e cada uma das pessoas homenageadas fizeram
durante todas suas vidas aqui em Dourados e no todo Mato Grosso do Sul
cada um construiu sua historia e acho que isso tem que ser valorizado embora
as veis com muito sacrifício com muito sofrimento ne muita gente é::: que
veio do Paraguai há muito tempo né veio pra cá as veis sem nada com uma
mochilinha nas costa com muito filhus né é:: enfrentar muito desafios as veis
o desafio até mesmu de saber falar o português pessoas num sabiam fala o
português isso já é já é um sofrimento muito grande você pode si comunicar
cum as pessoas né então a gente fica assim emocionado por que as pessoas
foram vencedoras essas pessoas venceram na vida.. hoje muitas dessas
famílias tem seus filhus seus netus né já formados muitas desis descendentes
fizeram faculdade tem um boa profissão médico adevogados engenheiros
enfim professores professoras né isso é uma alegria pra cada um de nós né
então ontem nós fizemos isso.
13
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
O locutor prossegue seu discurso, citando o reconhecimento conquistado pelo povo
paraguaio na cidade de Dourados transparecendo sentimentos de liberdade, reconhecimentos,
entre outros.
Com a com a presença muito importante de autoridades que vem do Paraguai
veio o governador Emilio Pavon de Concepción veio o prefeito da cidade de
Concepción veio o vereador também veio dua é:: a Consulesa
de Ponta
Porã a consulesa paraguaia de Ponta Porã a senhora Nanci estava aqui
também veio o Augustin lá:: do consulado de Campo Grande veio passar esse
momento de muita alegria conosco com os homenageados né é uma forma da
gente demonstra através de um gesto tão pequeno mas um gesto que tem um
valor muito profundo tenho certeza que as pessoas que foram homenageado
ontem sentiram isso né que um pequeno gesto mas que tem um significado
muito grande pra vida dessas pessoas né pra vida dessas pessoas achu que
isso que é importante isso não se paga em dinheiro se paga assim com gesto
com abraço isso que ontem a gente conseguiu realizar foi digno de de
comentário muito bom muita gente elogiou todos esses momentos feliz que
a gente passou então isso queria colocando isso inicialmente parabenizando
dezessete pessoas que foram homenageados ontem né i::: isso trouxe uma
alegria muito grande pra toda a coletividade paraguaia né é:: e aproveitamo
bem essa data festiva nossa do mês de maio a semana paraguaia né então
hoje ainda tem atividade amanha também tem eu quero ta colocando aqui
pra vocês ontem teve a sessão solene foi uma maravilha né as autoridades
daqui de Dourados né os vereadores os presidente da câmara o vereador Elias
Ishy a vereadora Della Rasuk que foram os propositores dessa solene sessão
ne e tinha vários outras autoridades presentes do nosso município nessa nessa
noite maravilhosa e hoje continua as atividades né [...].
A cultura paraguaia tem conquistado seu espaço na cidade e região de Dourados,
fator relevante mencionado de forma expressiva pelo locutor.
Tecendo as Considerações Finais
Os objetivos que nortearam esta pesquisa foram a observação e estudo de
aspectos do programa de rádio Tereré Jeré, os relacionados à utilização dos idiomas
português, espanhol e guarani; à interação com os ouvintes; à seleção das músicas, e
com a abrangência da área geográfica alcançada por ele.
Os resultados obtidos mostram a atuação do programa Terere Jeré e sua
influência na difusão da cultura paraguaia na região de Dourados. Isto se dá
nomeadamente sob a presença do trilinguismo entre os idiomas português, espanhol e
guarani, em que constata-se a ocorrência de 78,02% do idioma português, 8,03% do
guarani, 0,48% guarani/português, 10,53% guarani/espanhol e 2,94% espanhol. Esses
14
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
idiomas se entrelaçam e se confundem dando à fala do locutor traços de um mundo
multicultural e refletem o trilinguismo, que advém dos contatos linguísticos que
ultrapassam as divisões político-administrativas. Essas características multilinguísticas
refletem-se também nas músicas tradicionais da cultura paraguaia e no falar desenvolto
do locutor ao se referir aos da cultura deste povo, suas raízes, seus costumes e sua
crença.
Há uma propagação da cultura paraguaia não apenas em Dourados com um
percentual de 86% e abrangência nos bairros e 14% em outras localidades. Os ouvintes
paraguaios pertencentes às famílias tradicionais que buscam, por meio do programa
Tereré Jeré, o fortalecimento dos traços culturais do seu país seja pelas músicas,
filosofias e marcas linguísticas presentes no programa.
As marcas da religiosidade também são algo presentes nas famílias paraguaias
tradicionais. São notórias, na fala do locutor expressões de liberdade, que demonstram a
importância desse fator para o povo paraguaio. O locutor também enobrece a história
dos imigrantes paraguaios que, após a guerra, se refugiaram em nossa cidade e, com luta
e dedicação, fazem com que as raízes paraguaias permaneçam vivas até os dias atuais.
Esperando que este artigo possa se configurar também como um "pequeno
gesto", reproduzimos à guisa de conclusão, uma das falas do locutor do programa, que
generosamente nos concedeu tantas e valiosas informações, e, ao mesmo tempo,
apontamos a necessidade de estudos futuros.
Referências
AMARILLA, C. M. M. A Casa Paraguaia de Dourados (1991-1994). Monografia,
UFMS: Dourados 1997.
CABRAL, P. E. “Formação étnica e demográfica” in: Estado de Mato Grosso do Sul.
Campo Grande – 100 anos de construção. Campo Grande: Estado de Mato Grosso do
Sul, 1999.
15
Web-Revista SOCIODIALETO • www.sociodialeto.com.br
Bacharelado e Licenciatura em Letras • UEMS/Campo Grande
Mestrado em Letras • UEMS / Campo Grande
ISSN: 2178-1486 • Volume 2 • Número 1 • julho 2012
GAUTO, D. VII Semana social paraguaya El hombre paraguayo en su cultura.
p.63-70.
GEERTZ, C. A Interpretação das Culturas. LTC Editora, 1989.
HEYE J. Sobre o conceito de diglossia. In: GORSKI, E. M.; COELHO, I. L. (orgs.).
Sociolinguística e ensino: contribuições para a formação do professor de língua.
Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2006.
MELLO, H. A. B. de. O falar bilíngue. Goiânia: Ed. Da UFG, 1999.
MELIÀ, B. El Paraguay inventado, Assunción: Distribuidora Montoya S.J, 1997.
MARCELO, A. R. R. O Rádio como difusor da cultura religiosa: Uma análise do
programa Encontro com os Romeiros. Revistas Eletrônicas de Ciências da
Comunicação - Coleção Revcom Vol. 6. 2011. Unitau -SP- artigo pós graduação.
ROCHA, M. A. S. da, Dinâmica de Estudos Sociais na vida escolar. Secretária de
Educação. Ponta Porã – MS/1990.
TERENCIANE, C. & AYALA, F. H. Práticas Religiosas: O Espaço Sagrado da Praça
Paraguaia em Dourados – MS. Revista Brasileira de História das Religiões Ano IV nºX
– maio de 2011.
Recebido Para Publicação em 13 de junho de 2012.
Aprovado Para Publicação em 15 de julho de 2012.
16
Download

a influência do rádio na difusão da cultura paraguaia em dourados ms