“Há muito que o Senhor me apareceu, dizendo:
Com amor eterno te amei; também com amável
benignidade te atraí.”
Jeremias 31:3
 Conhecer exemplos de amor romântico e
intimidade retratados nas histórias bíblicas
como símbolos do relacionamento que Deus
espera ter conosco.
 Sentir a proximidade e intimidade que Deus
deseja que tenhamos no casamento e em
nosso relacionamento com Ele.
 Promover o desenvolvimento do romance e
intimidade nos contextos apropriados.
Desde o primeiro casamento no Jardim do
Éden até o casamento do Cordeiro no
Apocalipse e as muitas histórias entre esses
dois momentos, as Escrituras revelam a
santidade e a beleza do romance, amor e
intimidade nos relacionamentos saudáveis.
Em Gênesis 2:24 está escrito: “Por essa
razão, o homem deixará pai e mãe e se
unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma
só carne.” Sobre que pais a Bíblia está
falando aqui, porque não havia nenhum
nesse tempo? O que Ele quis dizer com a
expressão “Uma só carne”?
1. Moisés escreveu esse relato muitos
séculos depois que o evento aconteceu,
e usou a história da criação deles para
explicar com mais detalhes o que o
casamento significava;
2. Eles estavam ligados um ao outro;
3. Uma indicação ao casamento;
4. Deus não é contra o romance. Ao contrário,
Ele nos criou como seres capazes de
experimentar isso.
Cite três histórias bíblicas que comprovam que Deus
valoriza o amor romântico e o casamento entre um
homem e uma mulher.
Às vezes os seres humanos se desviam do plano de
Deus para os relacionamentos. Mas a boa notícia é que
Deus não apenas perdoa, mas cura. Quaisquer que
tenham sido os erros cometidos nos relacionamentos
românticos, como podemos aprender a buscar o perdão
e a cura que vêm da cruz?
1. Os laços de amor entre Abraão e Sara, Isaque
e Rebeca;
2. No amor entre Jacó e Raquel, a Bíblia pinta o
quadro da resposta impulsiva e apaixonada
de Jacó para Raquel. Além do Cântico dos
Cânticos, certamente não há outro exemplo
nas Escrituras de um homem e uma mulher
se beijando antes do casamento;
3. A Bíblia abrange uma grande extensão da
história. No entanto, ela dedica tempo para
retratar alguns romances.
Nada deve ser mais íntimo do que o
relacionamento entre marido e esposa, exceto
a relação individual de uma pessoa com Deus.
Deus nos ama e, como qualquer amante, Ele
sofre por causa da nossa infidelidade. De que
forma podemos ser infiéis para com Deus?
Cite algumas maneiras.
1. Não guardando os mandamentos (João
14:15);
2. Sendo infiéis nos
(Malaquias 3:10);
dízimos
e
ofertas
3. Adorando outros deuses (dinheiro, trabalho,
hobbies, etc.) e não buscando a Deus em
primeiro lugar (Mateus 6:33);
4. Ao mesmo tempo, porém, Deus não apenas
declarou Seu amor por nós, Ele o
demonstrou de muitas maneiras poderosas.
A maior delas, é claro, foi a cruz e o que nela
aconteceu.
Deus aprova o prazer? Segundo a Bíblia,
quando pode ocorrer a intimidade saudável?
Que abusos da intimidade são possíveis, e
como podemos evitar esses problemas? Cite
textos Bíblicos. Por que é importante
compreender o amor como princípio e não
apenas como sentimento?
1. Embora a questão do sofrimento humano
se relacione com todos os aspectos da
vida, também não devemos esquecer os
prazeres da vida;
2. Deus aprova o prazer sexual;
3. O sexo no contexto do casamento
(Hebreus 13:4, Gênesis 2:24, Mateus
19:5,6, Malaquias 2:14-16, Marcos 10:7-9,
Êxodo 20:14)
Qual foi a atitude de Jesus para com o
casamento e o amor romântico? O que
significa o fato de que Ele abençoou aquela
cerimônia de casamento judaico, tão
agitado e prolongado naquela época? (Jo
2:1-11) Como um relacionamento mais
íntimo com Jesus pode enriquecer nossos
relacionamentos pessoais?
1. Jesus saiu do deserto onde havia tomado
o cálice da angústia. Dali Ele saiu para dar
à família humana o cálice da bênção e para
consagrar os relacionamentos afetivos da
vida humana.
2. A falta de vinho foi mais do que um pequeno
desapontamento. Foi uma catástrofe. E a
mãe de Jesus foi falar com Ele, descrevendo
a situação de emergência.
3. Jesus ofereceu 2.160 porções do melhor
vinho. Quando está no casamento, Jesus
oferece coisas melhores do que tudo que as
pessoas já viram.
1. Tanto no Antigo quanto no Novo
Testamento, o casamento é utilizado para
representar a união amorosa e sagrada
entre Cristo e Seu povo.
2. Que práticas da sociedade e cultura atuais
podem conduzir ao abuso dos prazeres?
3. O que você pode fazer para instruir os outros,
especialmente os jovens, sobre os perigos de
abusar desses dons? Ser fiel aos princípios e
leis de Deus nos coloca em melhor situação
para desfrutar a vida, em comparação com os
que seguem os costumes e práticas
contrários aos princípios da Palavra de
Deus?
4. Nas leis civis que Deus deu a Israel, há outro
lembrete da natureza romântica de Deus. Que
tipo de lua de mel Deus sugere para um casal
recém-casado? (Dt. 24:5). Como podemos
compensar as limitações de tempo impostas
pela sociedade atual?
- Texto: Pr. Evandro Fávero – Departamental de
Escola Sabatina na USB.
- Apresentação em Slides: Departamento de
Escola Sabatina da USB.
Download

Slide 1