ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO
Relatório referente ao período de 15/07/2010 a 24/09/2010
Local de Estágio: OpenLimits
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Curso de Especialização Tecnológica Nível IV
Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos
RELATÓRIO DE ESTÁGIO
ALUNO: João Manuel da Silva Campos
Numero: 1009925
ANO LECTIVO: 2009/2010
ORIENTADOR: Prof. Paulo Nunes
SUPERVISOR: Joaquim Caria
Outubro 2010
|| João Campos ||
Página | 2
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Índice
Agradecimentos ............................................................................................................................ 5
1. Introdução ................................................................................................................................. 6
1.1 Apresentação da empresa................................................................................................... 7
1.2 Apresentação de estágio ..................................................................................................... 8
1.3 Programa de estágio ........................................................................................................... 8
1.4 Actividades a desenvolver no estágio ................................................................................. 9
1.5 Contexto .............................................................................................................................. 9
2. Organização da Open Limits.................................................................................................... 10
2.1 Resumo Histórico .............................................................................................................. 10
2.2 Funcionamento ................................................................................................................. 11
3. Trabalhos Desenvolvidos......................................................................................................... 11
3.1 Microsoft Dynamics CRM .................................................................................................. 11
3.2 Instalação/Configuração de Sistemas Operativos Windows de Raiz (Xp, 2000, Vista,
Se7en, 2008 Server R2) ........................................................................................................... 12
3.3 Instalação de Microsoft Forefront Client Security via linha de comandos ....................... 15
3.4 Assistência técnica Remota Via “TeamViewer” ................................................................ 16
3.5 Instalação, Configuração e manutenção de Sistemas ....................................................... 17
3.5.1 Software Diverso ........................................................................................................ 17
3.5.2 Problemas de Arranque ............................................................................................. 18
3.5.3 Limpeza de Vírus, trojans, malware, spyware............................................................ 19
3.5.4 Instalação/configuração de anti-virus, firewall e anti-spywares ............................... 20
3.5.5 Instalação Hardware .................................................................................................. 21
3.6 Procedimento de Backups e Restauro .............................................................................. 23
3.7 Instalação e Configuração de impressoras de rede .......................................................... 25
3.8 Instalação da rede na nova sala de assistência técnica da Open Limits ........................... 26
3.9 Instalação e Configuração de Routers, Print Servers e Ap´s ............................................. 26
5.10 Assistência técnica no exterior........................................................................................ 28
3.11 Instalação de cablagem e respectivas fichas ISO 8877, bastidores, switches, routers ... 29
3.12 Estudo para Implementação de uma estrutura de rede em umas instalações de
bombeiros ............................................................................................................................... 29
4. Comentário e Conclusão ......................................................................................................... 31
|| João Campos ||
Página | 3
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Índice De Ilustrações
Ilustração 1 - Microsoft Dynamics CRM ...................................................................................... 12
Ilustração 2 - Formatação do disco rígido ................................................................................... 13
Ilustração 3 - Instalação do Windows Xp de Raiz ........................................................................ 14
Ilustração 4 - Windows 2008 Server ........................................................................................... 15
Ilustração 5 - Instalação Forefront Client Security ...................................................................... 16
Ilustração 6 - Conexão TeamViewer............................................................................................ 17
Ilustração 7 - Registos EasyCleaner ............................................................................................. 18
Ilustração 8 - FixBoot................................................................................................................... 19
Ilustração 9 - Scan Symantec Endpoint Protection ..................................................................... 20
Ilustração 10 - Firewall Mcafee ................................................................................................... 21
Ilustração 11 - Criar Backup Acronis True Image ........................................................................ 24
Ilustração 12 - Restaurar Backup Acronis True Image ................................................................ 24
Ilustração 13 - Porta TCP/IP ........................................................................................................ 26
Ilustração 14 - Configuração Access Point DLINK 3200 ............................................................... 27
|| João Campos ||
Página | 4
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Agradecimentos
Ao longo destas dez semanas em que estive envolvido no estágio do curso CET,
“Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos” e na respectiva
preparação e redacção deste documento, tive a oportunidade de contar com o apoio
de diversas pessoas que, directa ou indirectamente, contribuíram para a obtenção do
presente relatório de estágio.
Em primeiro lugar, desejo agradecer a todos aqueles que, com o seu saber, a sua
Colaboração e o seu apoio crítico, dispuseram do seu tempo para debater comigo
orientações e práticas de Sistemas e redes informáticas.
Estou especialmente grato aos meus orientadores, João Linhares, Flávio Marques e
Joaquim Caria, pela valiosa orientação essencial à obtenção deste relatório, pelo
precioso apoio e atenção indispensáveis à concretização deste projecto.
|| João Campos ||
Página | 5
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
1. Introduçã o
O Curso de Especialização Tecnológica de Instalação e Manutenção de Redes e
Sistemas Informáticos apenas fica concluído após frequentar um estágio de 400h
numa organização e apresentar o respectivo relatório.
A fim de dar cumprimento a esta fase final, o estágio foi realizado na empresa
OpenLimits, mais precisamente no departamento de Sistemas Informáticos.
A escolha desta Instituição como local de estágio, deveu-se a vários factores, entre os
quais a sua localização geográfica e o também pelo facto de ser uma empresa bem
cotada no ramo da informática, Por conseguinte, o estágio iniciou-se com o intuito de
enriquecer os conhecimentos relacionados com a temática de instalação e
administração de redes e sistemas Informáticos.
Neste estágio foi-me proposto a realização de um relatório, em que pudesse reflectir
acerca da minha prestação durante este estágio.
Segundo Teixeira (1991) um relatório é “a descrição de factos passados, analisados
com o objectivo de orientar o serviço interessado, ou o superior hierárquico imediato,
para determinada acção”.
|| João Campos ||
Página | 6
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
1.1 Apresentação da empresa
A OpenLimits é uma organização que desenvolve Soluções de Gestão
informática e controlo de processos específicos à medida das organizações, em
diversos segmentos de mercado.
Prestam
serviços
de
Consultoria,
Customização,
Outsourcing,
Integração,
Implementação, Manutenção, Infra-estruturas de rede, Formação e Suporte.
Ainda desenvolvem aplicações integradas com o ERP Primavera Além de soluções de
Business Intelligence, CRM/ERM, Sharepoint, Soluções de Comunicações, Portais
Internet e Intranet, Storage e Backups.
Tem a certificação Primavera Premium Partner, que é a certificação de topo da maior
empresa nacional de produção de software, Primavera Software BSS.
Conta também com certificação: Gold Certified Partner da Microsoft e a Certificação de
Small Business Specialist Community.
A empresa é constituída pelo departamento comercial, departamento de
administração / contabilidade, departamento de desenvolvimento de software,
departamento de software de gestão e departamento de redes e sistemas
informáticos.
|| João Campos ||
Página | 7
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
1.2 Apresentação de estágio
O estágio decorreu na organização, referida anteriormente, tendo como data
de início o dia 15 de Julho de 2010 e o seu término em 23 de Setembro de 2010. O
estágio consistiu na realização da manutenção dos diversos computadores a todos os
níveis, tal como instalações de redes e respectivos bastidores e toda a assistência a
sistemas informáticos, a empresas ligadas contratualmente com a Open Limits.
1.3 Programa de estágio
Depois de terminadas as componentes de formação sócio–cultural e científico–
tecnológico do Curso de Especialização Tecnológica de Instalação e Manutenção de
Redes e Sistemas Informáticos realizado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do
Instituto Politécnico da Guarda deu-se início do estágio no contexto de trabalho. A
organização escolhida foi, uma organização ligada á informática, desta forma foi
escolhida a Open Limits.
Seguidamente descreve-se as actividades mais relevantes exercidas nessas 400 horas
de estágio.
Durante esse tempo prestei apoio ao departamento de redes e sistemas informáticos
da Open Limits, assim como apoio aos vários utilizadores e funcionários
Da empresa, tentando sempre cumprir o programa de estágio previamente entregue.
|| João Campos ||
Página | 8
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
1.4 Actividades a desenvolver no estágio
No âmbito do desenvolvimento do estágio foram definidas as actividades pelo
orientador da organização:
- Assistência Técnica a computadores e servidores
- Apoio a clientes
- Instalação de sistemas operativos
- Instalação de software e antivírus
- Resolução de problemas em sistemas infomáticos
- Instalação de redes
- Instalação e manutenção de impressoras
- Configuração de Routers e Acess Points e Print Server´s
- Instalação da rede no futuro novo departamento de sistemas informáticos da
empresa
1.5 Contexto
O estágio em contexto de trabalho decorreu dentro do esquema normal de
funcionamento da empresa, nas duas primeiras semanas foi mais difícil porque ainda
não estava por dentro das estratégias, politicas e gestão da empresa, bem como
esquemas e métodos de trabalho, depois de ultrapassadas essas duas semanas já
estava perfeitamente integrado na equipa de trabalho.
|| João Campos ||
Página | 9
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
2. Organizaçã o da Open Limits
2.1 Resumo Histórico
Iniciou a sua actividade em 1991 com o nome de Novitec, tal como parceiro de
clientes no suporte ao software de gestão Saari e Infologia.
Apostou fortemente no desenvolvimento de competências e em parcerias de
excelência que garantisse a evolução e conhecimento adequados à competitividade e
satisfação dos seus clientes.
Em 1997 tornou-se Partner Microsoft e em 1998 estabeleceu parceria com a Primavera
BSS.
A sua missão sempre esteve assente na Excelência dos seus serviços e na
especialização das mais variadas vertentes tecnológicas e aplicacionais, numa
perspectiva de antecipação da mudança, continuidade e acompanhamento dos
negócios.
Actualmente a Openlimits - Business Solutions, nasce como resultado da fusão de duas
empresas nacionais - Novitec e Privilégios - localizadas em Viseu e Condeixa,
respectivamente. Ambas são da área das Tecnologias da Informação, cuja experiência
de mercado vem sendo reconhecida ao longo de 18 anos.
Desenvolvem serviços personalizados com objectivo de satisfazer um conjunto de
situações específicas de determinados ramos de actividade.
Em relação aos serviços de manutenção são garantidos pela equipa de assistência
técnica, disponibilizando remotamente ou presencialmente, assentes no compromisso
da resolução dos problemas dentro dos prazos estabelecidos.
|| João Campos ||
Página | 10
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
2.2 Funcionamento
O Horário praticado pela Open Limits é de segunda-feira a sexta-feira aberto
das 8.30h às 12.30h e das 14.30h às 18h.
Aos Sábados e Domingos e Feriados encerra.
O objectivo é colocar ao dispor das empresas a melhor solução de gestão para gerir a
sua actividade empresarial com base num estudo aprofundado do seu negócio.
Ao mesmo tempo, buscam excelência no fornecimento de informação necessária à
gestão dos serviços tecnológicos, com permanente suporte de forma a assegurar os
melhores resultados para o sucesso da sua empresa.
3.TrabalhosDesenvolvidos
3.1 Microsoft Dynamics CRM
Esta ferramenta é a base de toda a empresa, porque após haver um pedido de
assistência vindo do exterior, o processo é aberto e destinado á secção correcta, a
partir daí todas as actividades feitas nesse mesmo cliente, são registadas, e quando
terminado o processo, é fechado e dado como processo resolvido, que ficará nas bases
de dados da empresa, pois pode ser necessário consultar mais tarde, todo o processo
desse mesmo cliente.
O Microsoft Dynamics CRM é um sistema integrado de gestão de relacionamento com
clientes (customer relationship management - CRM). Oferece a capacidade de
facilmente criar e manter uma visão clara dos clientes desde o primeiro contacto
|| João Campos ||
Página | 11
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
passando pela venda até ao pós-venda. Com ferramentas para melhorar os processos
de venda, marketing e serviços.
Ilustração 1 - Microsoft Dynamics CRM
3.2 Instalação/Configuração de Sistemas Operativos Windows de Raiz
(Xp, 2000, Vista, Se7en, 2008 Server R2)
A instalação de sistemas operativos de raiz era um método usado várias vezes
no departamento onde me enquadrava, por vezes havia máquinas de clientes com
problemas que a solução partia por uma formatação do disco em DOS e de seguida
prosseguia a instalação do sistema operativo de raiz. Em alguns casos poderia haver
necessidade de criar partições no disco rígido.
Existem dois tipos de formatação, chamados de formatação física e formatação lógica.
A formatação física é feita na fábrica ao final do processo de fabricação, que consiste
em dividir o disco virgem em sectores, cilindros e isola os bad blocks (danos no Disco
Rígido).
|| João Campos ||
Página | 12
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
A formatação física é feita apenas uma vez, e não pode ser desfeita ou refeita através
de software. Porém, para que este disco possa ser reconhecido e utilizado pelo sistema
operativo, é necessária uma nova formatação, chamada de formatação lógica. Ao
contrário da formatação física, a formatação lógica não altera a estrutura física do
disco rígido, e pode ser desfeita e refeita quantas vezes for preciso.
Ilustração 2 - Formatação do disco rígido
A Microsoft tem vindo a melhorar a rotina de instalação do Windows com cada nova
edição e o Windows XP não é excepção. Embora alguns dos conceitos suportados pelo
sistema operativo mais recente da Microsoft sejam bastante complexos.
A configuração da rede, as contas de vários utilizadores e as habituais opções de
configuração encontram-se bem detalhadas da forma mais acessível possível e, à
excepção da criação de partições, não existe nada de particularmente atemorizador
nesta oferta.
Outro método usado é a recuperação do sistema, isto é feito através de um partição
ou CD/DVD de recuperação fornecido pela marca, o chamado System Recovery repõe
todas as definições de fabrica, sem haver necessidade de instalar drivers aparte, pois
|| João Campos ||
Página | 13
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
esses System Recovery já incorpora todo o software e controladores necessários para o
computador.
Ilustração 3 - Instalação do Windows Xp de Raiz
Efectuei também algumas instalações de Windows 2008 R2 em servidores HP, estes
necessitavam de um aplicativo da HP chamado SmartStart para poder prosseguir com
a instalação do Windows 2008 R2.
|| João Campos ||
Página | 14
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Ilustração 4 - Windows 2008 Server
3.3 Instalação de Microsoft Forefront Client Security via linha de
comandos
Este é um antivírus muito usado em computadores de grandes infra-estruturas
de rede, este antivírus tem uma particularidade, é instalado via consola do MS-DOS:
Na linha de comandos, Aceder ao directório Client dentro da pasta onde se encontra a
instalação e executar o ClientSetup.exe com o parâmetro /nomom, ou seja, ClientSetup
/nomom.
O Forefront Client Security fornece protecção unificada conta malware para sistemas
operativos empresariais de desktops, portáteis e servidores. Com a administração
simplificada e a visibilidade crítica de ameaças e vulnerabilidades. Além disso, o
Forefront Client Security SP1 oferece suporte às funções do Windows Server 2008.
|| João Campos ||
Página | 15
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Ilustração 5 - Instalação Forefront Client Security
3.4 Assistência técnica Remota Via “TeamViewer”
O programa TeamViewer é uma ferramenta indispensável na organização Open
Limits pois é uma mais-valia para resolver muitos dos casos de assistência técnica á
distancia poupando tempo e dinheiro.
O TeamViewer permite controlar qualquer computador à distância, como se o
tivéssemos á nossa frente, mesmo através de firewalls. Basta que o cliente inicie uma
pequena aplicação, que nem sequer implica instalação ou direitos administrativos, e
fornecer o ID e a senha daquela maquina, para conectar,
Permite também Transferência de ficheiros para outro computador, eu usei várias
vezes este programa para prestar assistência técnica remota a vários clientes.
|| João Campos ||
Página | 16
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Ilustração 6 - Conexão TeamViewer
3.5 Instalação, Configuração e manutenção de Sistemas
3.5.1 Software Diverso
No departamento em que me encontrava era necessário dominar várias
configurações de diversos softwares, bem como saber instalar todo o tipo de produtos,
para puder saber usá-los da melhor maneira, como exemplo o hijackthis e o
easycleaner, estes softwares serviam para optimizar o Windows, bem como eliminar
entradas de registos falsos, remover erros e ficheiros desnecessários para o sistema,
como cookies, é uma boa ferramenta, que ajudou bastante a resolver problemas em
máquinas de clientes.
|| João Campos ||
Página | 17
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
É de salientar que antes de uma operação destas o disco rígido é verificado se
não possui vírus ou spyware, para termos a certeza que o sistema fica limpo e estável.
Este software é um exemplo, pois em todo o decorrer do estágio deparei-me com
varias situações diferentes.
Ilustração 7 - Registos EasyCleaner
Em todos os sistemas, tinha que saber resolver variados problemas, saber analisar o
problema e pôr em prática todos os recursos, pois era garantido que o sistema saía
100% optimizado da empresa para o cliente.
3.5.2 Problemas de Arranque
O problema comum em muitos sistemas era problemas de arranque, muitas
vezes era solucionado pelos comandos Fixboot e fixmbr ou mesmo uma reparação de
arranque, caso houvesse uma falha de ficheiros, estes eram repostos todos em linha
|| João Campos ||
Página | 18
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
de comandos, uma técnica usada era também o comando chkdsk –r, repara todos os
ficheiros danificados do Windows, bem como erros do disco rígido.
Ilustração 8 - FixBoot
3.5.3 Limpeza de Vírus, trojans, malware, spyware
O processo de remoção de vírus e spyware, passava por retirar o disco rígido do
computador infectado, em seguida ligar em computadores destinados só para limpeza
de vírus, e aí fazer um scan até garantir que todos os vírus foram eliminados, os
programas usados são Symantec endpoint protection para remoção de vírus e AdAware para remoção de spyware, trojan´s e malware e qualquer tipo de rootkit.
|| João Campos ||
Página | 19
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Ilustração 9 - Scan Symantec Endpoint Protection
3.5.4 Instalação/configuração de anti-virus, firewall e anti-spywares
Antivírus e firewalls são ferramentas indispensáveis em computadores,
actualmente só antivírus não é suficiente, em cada sistema só se deve usar um
antivírus, pois podem entrar em conflito.
O segredo do antivírus é mantê-lo actualizado, e essa é uma tarefa que a
maioria deles já faz automaticamente, basta estar ligado à internet para ser
descarregado do site do fabricante a actualização, e estar configurado para isso.
Os primeiros sistemas firewall nasceram exclusivamente para suportar segurança no
conjunto de protocolos TCP/IP. A função da firewall consiste em regular o tráfego de
dados entre redes distintas e impedir a transmissão e/ou recepção de acessos nocivos
ou não autorizados de uma rede para outra. Este conceito inclui os equipamentos de
filtros de pacotes e de proxy de aplicações, associados a redes TCP/IP.
|| João Campos ||
Página | 20
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Em baixo segue uma imagem de configuração de uma firewall Mcafee, era uma
firewall muito usada em clientes, pois a organização onde estagiava é um centro
autorizado Mcaffe.
Ilustração 10 - Firewall Mcafee
3.5.5 Instalação Hardware
No departamento onde me encontrava a estagiar, fazia-se toda a substituição
de hardware, bem como discos rígidos, motherboads, memória Ram, processadores,
|| João Campos ||
Página | 21
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
placas gráficas, placas de rede, fontes de alimentação, etc. Depois de montar o
hardware seguia-se a respectiva configuração e instalação dos drivers.
De todos os Componentes a instalar o mais difícil é a motherboard. Para substituir a
motherboard vai-se ter, literalmente, de desligar e remover todos os componentes da
motherboard antiga, transferindo tudo para a nova motherboard. É claro que esta
alteração vai ter repercussões, tanto ao nível do hardware como da instalação do
Windows. É preciso uma chave de parafusos, um saco anti-estático para armazenar os
componentes e as peças que se querem instalar. No passado, tínhamos de ter uma
secção que cobrisse cuidadosamente toda a configuração de jumpers de modo a
poder-se fazer a substituição. Felizmente, vivemos uma época de relativa calma para
os processadores, uma vez que as motherboards se configuram praticamente sozinhas.
Isto significa que apenas se tem de ligar todos os componentes e depois o sistema. A
motherboard detecta automaticamente a voltagem necessária para o processador
funcionar, bem como a respectiva velocidade.
No entanto, antes de ligar o computador convém verificar em primeiro lugar, que a
ventoinha e o dissipador de calor estão colocados correctamente, bem como se a
ventoinha está ligada, normalmente há uma tomada existente na motherboard.
Certificar também de que o altifalante está ligado, o botão de ligar/desligar e o
interruptor de Reset à motherboard. É muito importante que o altifalante esteja
correctamente ligado, pois ele pode dar o primeiro aviso caso alguma coisa não esteja
bem configurada na motherboard.
O passo final antes de começar a reinstalar o Windows é verificar a configuração da
BIOS (Basic Input/Output System (Sistema Básico de Entrada/Saída)). Verificar se todas
as drivers foram detectadas, se a BIOS* está a usar as configurações de memória
correctas. Também vale a pena dar uma vista de olhos ao estado do sistema,
nomeadamente a velocidade da ventoinha e a temperatura do processador.
*BIOS é um programa pré-gravado em memória permanente (firmware) executado por um computador quando ligado. Ele é
responsável pelo suporte básico de acesso ao hardware, bem como por iniciar a carga do sistema operativo.
|| João Campos ||
Página | 22
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
3.6 Procedimento de Backups e Restauro
Antes de qualquer operação de risco em sistemas de clientes, que pudesse
comprometer a sua informação pessoal, era feito um backup do disco rígido, este
backup era feito com o software Acronis Image.
O que se pode encontrar neste software são backups incrementais / diferenciais e
movimentação de ficheiros, backup de restauração, clonagem de disco, função de
pesquisa, montagem de imagem, editor de ficheiros separados no disco, e muito mais.
Para efectuar o backup ou o restauro do backup é necessário retirar o disco rígido do
computador e ligar como secundário em outro computador, só destinado para
backups.
Existem varias opções de backup, criar uma imagem de um disco inteiro ou partição,
Ficheiros e pastas específicas. Na parte direita aparecem todas as partições disponíveis
com o seu tipo (primário, lógico), a capacidade total (NTFS, FAT16/32) e a quantidade
de espaço livre.
Para restauro desse backup, basta procurar o ficheiro de backup onde foi guardado,
depois temos 2 opções de restauro, “restauro do disco completo e partições” e
“restauro de pastas e ficheiros”, aí só restauramos a informação necessária,
normalmente quando um sistema é formatado, o que acontece é que fazemos um
restauro de ficheiros, ou seja só restauramos os documentos úteis e a pasta de perfil.
|| João Campos ||
Página | 23
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Ilustração 11 - Criar Backup Acronis True Image
Ilustração 12 - Restaurar Backup Acronis True Image
|| João Campos ||
Página | 24
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
3.7 Instalação e Configuração de impressoras de rede
Em uma rede é essencial utilizar uma ou mais impressoras de rede, pois
permitir que uma única impressora sirva a todos os computadores da rede. Assim os
utilizadores podem imprimir sem precisar ir até o computador onde a impressora está
ligada. Para Instalar uma impressora de rede com IP, é necessário utilizar os seguintes
passos:
- No menu iniciar, escolher painel de controlo, seleccionar "Impressoras e outro
hardware",
- Seleccionar a opção "Adicionar uma impressora", Clicar em "Seguinte"
- Seleccionar "Impressora local ligada a este computador" mas, retirar a opção
"detectar e instalar automaticamente..."
- Seleccionar "Criar uma nova porta" e escolher a opção "Standard TCP/IP Port".
- Introduzir o IP da impressora, para saber o ip está nas configurações da própria
impressora, em seguida:
- Seleccionar a marca e o modela da impressora, caso não exista na lista é necessário ir
ao cd da impressora para instalar os controladores
- Por ultimo "Seguinte" e fica assim concluída a instalação da impressora.
|| João Campos ||
Página | 25
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Ilustração 13 - Porta TCP/IP
3.8 Instalação da rede na nova sala de assistência técnica da Open
Limits
No decorrer do meu estágio assisti e contribui para a ajuda na mudança de
local da assistência técnica da OpenLimits, mudamos para uma sala bastante maior, o
que vai de encontro com as necessidades da empresa, nessa nova sala participei na
instalação da rede, ligação de switches, ligação ao bastidor principal, e por último
certificação da rede.
3.9 Instalação e Configuração de Routers, Print Servers e Ap´s
Foi necessário a configuração de routers, print servers (Servidores de
Impressão) para clientes, os routers saíam da empresa já configurados com as
definições necessárias para cada cliente. Instalei e configurei pessoalmente um Print
Server,
|| João Campos ||
Página | 26
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
pois o cliente possuía impressoras usb numa sala onde não havia computadores, então
foi instalado um print server, que ligou ao switch com o cabo de rede, e as respectivas
impressoras ligadas no print server, em seguida com um computador ligado á rede
acedi ao IP do print server, entrei no modo de configuração e instalei as impressoras
respectivas.
Foi ainda me pedido a instalação e configuração de dois Access points (ponto de acesso
Wireless), pois este eram para fazer roaming, ou seja tive que os instalar e configurar
de maneira a que não houvesse perca de rede nem pontos fracos.
Ilustração 14 - Configuração Access Point DLINK 3200
Para melhor optimização da rede usei as ferramentas abaixo descritas:
- Estudo e implementação de ferramentas Survey
|| João Campos ||
Página | 27
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
Implementei o estudo de duas ferramentas Survey, as ferramentas foram Ekahau
HeatMapper e o Covera.
O Covera é um aplicativo de pesquisa local de rede Wi-Fi, projectado para maximizar a
produtividade da norma a/b/g/n e parâmetros de desempenho de IP. Também
permite visualizar a cobertura efectiva da rede sem fios,
O Ekahau HeatMapper faz o mapa de todos os sinais de Wi-Fi em redor. O programa é
muito útil para determinar pontos cegos e saber onde a intensidade de sinal é
excelente.
O programa detecta a velocidade máxima disponível ou se há outros sinais que
interferem no desempenho do aparelho utilizado. Normalmente, o programa
simplesmente mostra as redes disponíveis no formato de uma mancha, indicando o
alcance e o ponto de origem.
5.10 Assistência técnica no exterior
Na segunda semana de estágio comecei a dar assistência técnica no exterior ou
seja em empresas clientes sempre que era necessário, deparei-me com vários
problemas tanto a nível de redes na infra-estrutura, como nível de software como
problemas de Outlook. Alguns problemas pedia ajuda aos colegas que me orientaram
durante o estágio, porque não conhecia muito bem as politicas, e a estrutura de rede
de certas empresas.
Ainda participei no Upgrade para o Microsoft Office 2010, programa de garantia
tecnológica que consistia numa actualização gratuita feita através da internet, para
quem adquiriu o Microsoft Office 2007 no período deste ano, os requisitos mínimos
era uma conta live ID e Product ID de instalação do Microsoft Office 2007.
|| João Campos ||
Página | 28
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
3.11 Instalação de cablagem e respectivas fichas ISO 8877, bastidores,
switches, routers
Na quinta semana de estágio foi-me proposto ir instalar uma rede de raiz em
uma empresa de castelo branco que ia começar a iniciar actividade este ano, assim foi,
das instalações de Viseu fui eu e das instalações de Coimbra foi outro colega, assim
procedemos a instalação da rede com sucesso, da minha parte fiquei encarregue de
cravar todas as tomadas de parede com a norma B tudo categoria 6, foi ainda instalado
um bastidor onde ficaram os switches, no final foi feita a certificação de rede com o
certificador.
Neste campo, também entrevi com a ajuda na mudança de rede em duas empresas,
pois estas possuíam cablagem de categoria 5e e passaram a possuir cablagem de
categoria 6.
3.12 Estudo para Implementação de uma estrutura de rede em umas
instalações de bombeiros
Fui chamado às instalações dos Bombeiros municipais de Vouzela, para fazer
um estudo das instalações para a implementação de uma rede, bem como quantidade
de material necessário, neste aspecto senti-me á vontade pois fui por em prática toda
a matéria dada na disciplina de Projecto de redes e sistemas Informáticos.
A estrutura era composta por uma secretaria com quatro postos de trabalho, um posto
só para registo de chamadas, uma sala para o bastidor que iria levar um servidor,
router adsl e respectivos switches, e mais um posto de trabalho na sala ao lado,
garagem com um terminal, depois seguia-se a 1º piso com o bar, sala dos bombeiros,
sala de comandos, sala de formação e sala de direcção, todos com 4 postos de
trabalho, execpto o bar que iria levar 8 tomadas duplas de rede, no outro piso existia a
cozinha que iria levar um terminal, sala de conferência onde iria se instalada uma rede
|| João Campos ||
Página | 29
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
wireless e o museu, com um posto de trabalho, fiz o levantamento de todo o material
necessário e estudei a melhor forma de instalação e tempo a dispensar.
|| João Campos ||
Página | 30
INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA
ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO
4. Comentá rio e Conclusã o
Neste relatório só abordei os pontos fortes do trabalho desenvolvido de uma forma
simplificada, seria quase impossível descrever todo o trabalho desenvolvido de uma
forma pormenorizada durante o estágio, pois foi muito.
O trabalho desenvolvido ao longo deste estágio foi positivo, consegui pôr em prática
alguma parte da formação adquirida no curso, para além disso consegui resolver e
ajudar a resolver alguns problemas que apareceram tal como prestar assistência
técnica fora das instalações da organização.
Em termos globais, o estágio correu bem quer a nível do trabalho desenvolvido, quer a
nível da colaboração entre todos os técnicos.
Foi uma experiência bastante enriquecedora pois obtive bastantes conhecimentos e
principalmente prática a nível de redes e sistemas informáticos.
Vencida a apreensão inicial, depressa nos familiarizamos com o novo ambiente de
trabalho. As pessoas com as quais tive a oportunidade de trabalhar também tiveram
um papel importante neste estágio, pois eles souberam apoiar-me e elucidar-me
sempre que surgiram algumas dúvidas.
Visto sob uma perspectiva prática, este estágio além de uma experiência agradável, foi
um confronto com as realidades da vida activa. Um Estágio pode, desta forma,
representar a antecâmara do mundo laboral que nos aguarda.
|| João Campos ||
Página | 31
Download

Ver/Abrir - Biblioteca Digital do IPG