MD758 – ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE
1. Ementa
Atendimento ambulatorial supervisionado em centros de saúde,
contemplando o atendimento integral à saúde da criança e do
Submódulos:
adolescente, da mulher e do adulto, incluindo vigilância
1. Centros de Saúde
epidemiológica, plano terapêutico, ambiente do trabalho e
2. Saúde Coletiva
3. Patologia Clínica
doméstico. Abordagem clínica, diagnóstica e terapêutica das
4. Radiologia
doenças e sintomas mais prevalentes nas diferentes faixas
5. Saúde Ambiental
6. Saúde do Trabalhador
etárias. Correlação clínico/diagnóstica com ênfase em Patologia
Clínica e Imagem.
Deptos. envolvidos:
Clínica Médica
2. Coordenação
Medicina Preventiva e
Social
Patologia Clínica
Profa. Dra. Maria Ângela Reis de Góes M. Antonio (Gestora)
Pediatria
Radiologia
Profa. Dra. Angélica Maria Bicudo (Pediatria)
Tocoginecologia
Prof. Dra. Arlete M. Santos Fernandes e Prof. Dr. Rodolfo
Pacagnella (Tocoginecologia)
Prof. Dr. Wilson Nadruz Junior /Profa. Dra. Simone Appenzeller
(Clínica Médica)
Profa. Dra. Silvia de Barros Mazon (Patologia Clínica)
Carga Horária:
40 créditos
600 horas
18 horas semanais
Prof. Dr. Nelson M G Caserta (Radiologia)
Prof. Dr. Sérgio Roberto de Lucca (Saúde do Trabalhador)
Prof. Dr. Herling Gregorio Aguilar Alonzo (Saúde Ambiental)
Profa. Dra. Maria da Graça G. Andrade (Saúde Coletiva)
Representação Discente
Local:
FCM-Unicamp
Unidades Básicas de
Saúde – Campinas
3. Objetivos
3.1. Centros de Saúde:
Contribuir para a formação geral do médico, por meio do desenvolvimento do raciocínio clínico,
da compreensão do processo diagnóstico e terapêutico e da prática da relação médico-paciente,
em situações de atendimento primário em saúde da criança e do adolescente, da mulher, do
adulto e do idoso(a). Tem por objetivo a inserção do estudante na rede básica do Sistema de
Saúde, permitindo-lhe a percepção e a análise crítica do sistema atual. Durante o atendimento
individual deverá: desenvolver raciocínio clínico, compreender o processo saúde-doença e praticar
a relação médico/paciente. Deverá também desenvolver a compreensão da interação entre o
social e o individual, recuperando os determinantes coletivos dos problemas individuais e as
questões individuais dos problemas coletivos e de suas soluções.
O estudante deverá: Realizar a anamnese e o exame físico completos do paciente, registrando
as informações de modo claro e ordenado e valorizando os dados relevantes para cada caso.
Indicar as condutas diagnósticas e terapêuticas para as situações mais comuns na prática médica.
Realizar a prescrição sob supervisão, reconhecendo a importância da adequação da dieta e as
doses de medicamentos de forma individualizada, levando em consideração fatores pessoais
como a idade e a massa corporal. Integrar os processos diagnóstico, terapêutico e propostas de
seguimento para os casos que acompanhe. Compreender o atendimento domiciliar e elaboração
de projeto terapêutico interprofissional ao atendimento integral do paciente, incluindo educação
para a saúde nas situações ou síndromes clínicas mais prevalentes em atenção primária à saúde
3.2. Saúde Coletiva
O Submódulo de Saúde Coletiva desenvolve-se no contexto do processo de trabalho da
unidade básica de saúde, onde os alunos do 4° ano estão inseridos em práticas clínicas dirigidas
à saúde da criança, mulher e adulto. Nessa articulação, a área de Saúde Coletiva trabalhará em
torno de dois eixos principais: as características do trabalho em saúde na rede básica, envolvendo
o processo de trabalho em saúde e a gestão do cuidado aos pacientes e famílias, e o eixo relativo
às ações epidemiológicas em serviço.
Os objetivos das práticas de Saúde Coletiva no Módulo são: Conhecer, vivenciar e refletir sobre
o trabalho em saúde na atenção básica, envolvendo as necessidades de saúde, as ações e
tecnologias de cuidado, o trabalho da equipe multiprofissional, a relação com os usuários e os
fluxos da atenção. Permitir que os alunos ampliem sua percepção das necessidades de saúde dos
usuários do serviço e a capacidade de atuar a partir da realidade dos pacientes e famílias, através
da realização de visitas domiciliares (ou institucionais) a pacientes que estejam em
acompanhamento na unidade de saúde.
Refletir sobre a atenção recebida pelo paciente a partir do referencial da integralidade do
cuidado, considerando o Centro de Saúde e os outros serviços da rede de saúde. Conhecer as
informações epidemiológicas coletadas pela unidade, os bancos de dados disponíveis e as ações
de Vigilância à Saúde desenvolvidas na rede básica.
3.3. Patologia Clínica
O curso tem como objetivo principal fornecer subsídios para indicação e interpretação dos
exames laboratoriais relacionados às doenças de maior prevalência para todas as faixas etárias
atendidas na rede básica do Sistema de Saúde.
3.4. Radiologia
Capacitar o aluno da graduação em Radiologia Clínica e Diagnóstica com noções de
indicações de exames e leitura das imagens em Radiologia Geral, Ultra-sonografia, Medicina
Nuclear, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética para situações prevalentes no
nível primário de atenção à saúde. O formato das aulas contemplará temas que estão sendo
abordados nos Centros de Saúde.
3.5. Saúde Ambiental
Capacitar em Toxicologia Clínica e Epidemiológica com Noções de Toxicologia Analítica
aplicáveis na atenção ao indivíduo e à coletividade.
3.6. Saúde do Trabalhador
Formação do médico que, principalmente ao cuidar da saúde do adulto, saiba dar a importância
ao fator ocupação (o trabalho em si, o ambiente e as condições em que este se realiza), no
processo saúde-doença, além de conhecer as doenças profissionais e as relacionadas ao
trabalho, com enfoque nas situações mais prevalentes no nível primário de atenção à saúde.
Objetivos Específicos: a) Conhecer e discutir as doenças profissionais e relacionadas ao trabalho
de maior incidência ou prevalência. b) Conhecer os ambientes e condições de trabalho que
possam gerar doenças do trabalho. c) Conhecer a legislação básica trabalhista (acidente do
trabalho) e previdenciária (acidente do trabalho e benefícios previdenciários).
4. Corpo Docente e Carga Didática
4.1. Pediatria
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Profa. Dra. Angélica Maria Bicudo
8
Prof. Dr. Roberto Teixeira Mendes
4
Profa. Dra. Maria Ângela R G M Antonio
4
Prof. Dr. Eduardo Marques Gamba
4
Profa. Dra. Maria de Lurdes Zanolli
8
4.2. Tocoginecologia
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Profa. Dra. Arlete Maria dos Santos Fernandes
Prof. Dr. Belmiro Gonçalves Pereira
4
4
Profa. Dra. Silvia Maria Santiago
4
Profa. Dra. Helaine Maria Besteti Pires Milanez
4
Profa. Dra. Cássia Juliato
Profa. Dra. Cristina Laguna
4
4
Profa. Dra. Joana B. Bastos
4
Prof. Dr. Rodolfo de Carvalho Pacagnella
8
Prof. Dr. Júlio César Teixeira
4
Profa. Dra. Daniela Angerame Yela Gomes
8
Profa. Dra. Maria Laura Costa do Nascimento
8
Profa. Dra. Ilza Monteiro
4
4.3. Clínica Médica
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Prof. Dr. Wilson Nadruz Júnior
8
Prof. Dr. Andrei Carvalho Sposito
4
Profa Dra Simone Appenzeller
4
Prof Dr. Márcio Figueiredo
4
Profa Dra Zoraida Sachetto
Profa Dra Margareth Castro Ozelo
Profa Dra Olga Maria Carvalho
4
4
4
4.4. Radiologia
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Prof. Dr. Nelson Marcio Gomes Caserta
2
Prof. Dr. Celso Dario Ramos
0,5
Profa. Dra. Beatriz Regina Álvares
0,5
Profa. Dra. Inês Carmelita M. Rodrigues Pereira
Prof. Dr. Jamal Baracat
0,5
0,5
Profa. Dra. Elisa M. de B.Pacheco
0,5
Profa Dra. Irene H K Barcelos
0,5
Prof. Dr. Fabiano Reis
0,5
4.5 Patologia Clínica:
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Prof. Dr. Anibal E. Vercesi
Profa. Dra. Angélica Zaninelli Schreiber
0,53
1,05
Prof. Dr. Carlos Emilio Levy
1,58
Profa. Dra. Célia Regina Garlipp
0,53
Prof. Dr. Claudio Lucio Rossi
Profa Dra Eliana Cotta de Faria
Prof. Dr. Erich Vinicius de Paula
0,53
1,05
1,05
Profa. Dra. Maria de Fátima Sonati
1,05
Profa. Dra. Maria Heloísa de Souza Lima Blotta
0,53
Profa. Dra. Nelci Fenalti Höehr
Prof. Dr. Roger Frigério Castilho
0,53
1,05
Prof. Dra Silvia de Barros Mazon
0,53
4.6. Saúde Coletiva:
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Profa. Dra. Maria da Graça Garcia Andrade
6,5
Profa. Dra. Silvia Maria Santiago
4,5
4.7. Saúde Ambiental
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Prof. Dr. Ângelo Z. Trapé
8
Prof. Dr. Herling Alonzo
8
4.8. Saúde do Trabalhador
Docentes
Média CH
Prática
Semanal
Prof. Dr. Satoshi Kitamura
Prof. Dr. Ericson Bagatin
0,5
0,5
Prof Dr. Sérgio R de Lucca
1
4.9 . Programa teórico
Docentes
CH
Teórica
Prof. Dr. Andrei Sposito (Clínica Médica)
Prof. Dr. Abimael Aranha (Pediatria)
Profa. Dra. Angélica Maria Bicudo (Pediatria)
Prof. Dr. Antonio Azevedo Barros Filho (Pediatria)
Profa. Dra. Arlete Fernandes (Tocogineco)
Prof. Dr. Belmiro Pereira (Tocogineco)
Profa. Dra. Cassia Juliato (Tocogineco)
Profa. Dra. Daniela Angerame Yela Gomes (Tocogineco)
Profa. Dra. Denise Zantut (Clínica Médica)
Prof. Dr. Eduardo M. Capítani (Clínica Médica)
Profa. Dra. Eliana Amaral (Tocogineco)
Profa. Dra. Elizete Lomazi Costa Pinto (Pediatria)
Prof. Dr. Emílio Baracatt (Pediatria)
Prof. Dr. Erich Vinicius de Paula (Patologia Clínica)
Profa. Dra. Fernanda Garanhani Surita (Tocogineco)
Prof. Dr. Fernando Ribeiro (Pediatria)
Prof. Dr. Francisco Aoki (Clínica Médica)
Prof. Dr. Gabriel Hessel (Pediatria)
Profa. Dra. Helaine Milanez (Tocogineco)
Prof. Dr. Ibsen Coimbra (Clínica Médica)
Profa. Dra. Ilma Paschoal (Clínica Médica)
Profa. Dra. Ilza Monteiro (Tocogineco)
Prof. Dr. Jazon R Almeida (Clínica Médica)
Profa. Dra. Joana Bastos (Tocogineco)
Prof. Dr. João Francisco Marques Neto (Clínica Médica)
Prof. Dr. José Dirceu Ribeiro (Pediatria)
4
2
1
2
2
2
2
2,5
2
1
4,5
4
4
2
1
2
0,5
2,5
3
6
4
2
1,5
2
1
4
Prof. Dr. José Roberto Gabiatti (Tocogineco)
Prof. Dr. José Roberto M. de Souza (Clínica Médica)
Prof. Dr. José Vassallo (Anatomia Patológica)
Profa. Dra. Joyce Bizzachi (Clínica Médica)
Profa. Dra Julia Shinzato (Tocogineco)
Prof. Dr. Júlio Teixeira (Tocogineco)
Prof. Dr. Lício A Velloso (Clínica Médica)
Profa. Dra. Lilia Freire Souza Li (Pediatria)
Profa. Dra. Lilian Costallatt (Clínica Médica)
Profa. Dra. Lucia S Paiva (Tocogineco)
Prof. Dr. Manoel Bértolo (Clínica Médica)
Prof. Dr. Marcelo C Ramos (Clínica Médica)
Prof. Dr. Marcio J. Oliveira Figueiredo (Clínica Médica)
Prof. Dr. Marcos Nolasco (Pediatria)
Prof. Dr. Marcos Tambascia (Clínica Médica)
Profa. Dra. Maria Almerinda V Alves (Clínica Médica)
Profa. Dra. Maria Laura C. do Nascimento (Tocogineco)
Profa. Dra. Maria Luiza Moretti (Clínica Médica)
Profa. Dra. Maria Aparecida Mesquita (Clínica Médica)
Profa. Dra. Maria Elena Guariento (Clínica Médica)
Profa. Dra. Mariana Porto Zambon (Pediatria)
Profa. Dra. Mariângela Ribeiro Resende (Clínica Médica)
Profa. Dra. Marilda Mazzali (Clínica Médica)
Prof. Dr. Mário Saad (Clínica Médica)
Prof. Dr. Oswaldo Grassioto (Tocogineco)
Prof. Dr. Paulo Dalgalarrondo (Psiquiatria)
Profa. Dra. Raquel Stucchi (Clínica Médica)
Profa. Dra. Renata Azevedo (Psiquiatria)
Prof. Dr. Ricardo Pereira (Pediatria)
Prof. Dr. Roberto Teixeira Mendes (Pediatria)
Prof. Dr. Rodolfo Pacagnella (Tocogineco)
Profa. Dra. Sara Saad (Clínica Médica)
Prof. Dr. Satoshi Kitamura (Saúde Coletiva)
Prof. Dr. Sérgio de Lucca (Saúde Coletiva)
Profa. Dra. Simone Appenzeller (Clínica Médica)
Profa. Dra. Vera S. Belangero (Pediatria)
Prof. Dr. Wilson Nadruz (Clínica Médica)
2
2
1
2
2
2
4
2
2
1
2
2,5
2
0,5
2
4
2
6
2
4
3
6
2
1
2
2,5
4,5
2
4
5
1
1
2
2
4
2
6
PROFISSIONAIS AUXILIARES DE ENSINO
Submódulo Centros de Saúde
Dr. Felipe Osório Costa (Clínica Médica)
Dr. Paulo Roberto Araújo Mendes (Clínica Médica)
Dra. Sandra Gasparini (Clínica Médica)
Dra. Tatiana Alves Kiyota (Clínica Médica)
Dr. Tiago N. Amaral (Clínica Médica)
Dra. Marici Braz (Pediatria)
Dr. Ricardo César Caraffa (Pediatria)
Dr. Fernando César Chacra (Pediatria)
Dra. Suzana Zimmerman (Pediatria)
Dra. Isabela Nelli Machado (Tocogineco)
Dr. Caio Harttman (Tocogineco)
Dr. Giuliano Dimarzio (Clinica Médica)
Dr. Felipe Monte Cardoso (Clinica Médica)
Dra Juliana Massuda (Clínica Médica)
Dr. Samuel S. Medina (Clínica Médica)
PRECEPTORES (profissionais da Rede e pós-graduandos)
Dra. Alessandra de L B Martins (Pediatria)
Dra. Maria Ângela Feldstein (Pediatria)
Dra. Renata M B Pinto de Lemos (Pediatria)
Dr. Alexandre Andrechuk Filho(Pediatria)
Dra. Andréa M Campedelli Lopes (Pediatria)
Dra. Patrícia A da Silva Arduíno. (Pediatria)
Dr.José Pedro Gentil de Almeida Rollo (Pediatria)
Dra. Thay Lyse Salzano de Andrade (Pediatria)
Dra. Ana Lourdes Lima Fernandes (Pediatria)
Dra. Silvia Regina Reis Del Santo Mendes (Pediatria)
Dra. Edimilson Marques(Clínica Médica)
Dra. Renata Gasparotto Bandeira de Almeida Prado (Clínica Médica)
Dra. Mariana Schweller (Pediatria)
Dra. Claudia Mota A de Lacerda (Tocogineco)
Dra. Márcia G. Machado (Tocogineco)
Dra. Diama (Tocogineco)
Dra. Lorena Zambrano Velho (Tocogineco)
Dra. Ivani Ribeiro (Tocogineco)
Dra. Mariana Mellone (Tocogineco)
Submódulo Saúde do Trabalhador
Prof .Dr. Valmir Antonio Zulian de Azevedo
Dr. Ricardo Sallai Viciana
Submódulo Saúde Ambiental
Dra. Gisela Figueiredo
5. Temas Abordados
5.2. Saúde Coletiva
Necessidades de saúde individuais e coletivas. Integralidade do cuidado em saúde.
Características do trabalho na atenção básica. Multiprofissionalidade e tecnologias de cuidado na
rede de serviços. Visita domiciliar como estratégia para a atenção integral. Vigilância à Saúde.
5.3. Patologia Clínica
Diagnóstico Laboratorial de Parasitoses. Investigação Laboratorial das Coagulopatias e
Hemoglobinopatias. Investigação Laboratorial das Anemias. O Hemograma: Diagnóstico
Laboratorial das Infecções Bacterianas e Virais. Diagnóstico laboratorial de micoses.
Imunodiagnóstico de Infecções Congênitas. Avaliação Laboratorial no Diabete, na Síndrome
Plurimetabólica e de Fatores de Risco Cardiovascular. Diagnóstico Laboratorial das Principais
Doenças Sexualmente Transmissíveis. Avaliação Laboratorial na Infecção Urinária. Avaliação
Laboratorial na Insuficiência Renal. Avaliação Laboratorial de Doenças Endócrinas e Marcadores
Tumorais. Avaliação Laboratorial nas Doenças Reumatológicas. Diagnóstico Laboratorial da
Tuberculose. Diagnóstico Sorológico e Molecular das Hepatites Virais. Avaliação Laboratorial da
Função Hepática. Avaliação Laboratorial das Dislipidemias Primária e Secundária. Enzimas e
Proteínas Musculares e Miocárdicas e seu uso Clínico-Laboratorial.
5.4. Radiologia
Medicina nuclear. Respiratório/cardiovascular: Hipertensão arterial e repercussão na imagem.
Aterosclerose, aneurismas e outras lesões vasculares. ICC. Lesões tráqueo-brônquicas e do
parênquima pulmonar (inflamatórias e neoplásicas). Tuberculose e pneumoconioses. Dificuldade
respiratória na criança e no adulto. DPOC. Lesões congênitas.
Digestório/gênito-urinário: Neoplasias. A imagem no diagnóstico precoce e no estadiamento
das principais neoplasias gênito-urinárias e digestivas. Infecção urinária no adulto e na criança.
Doenças do tubo digestivo e das vias urinárias. Hematúria e cólica renal. Estudo da adrenal.
Imagem no fígado, vias biliares e pâncreas. Hipertensão portal. Cirrose. Alterações congênitas e
neonatais. Estudo da pelve masculina e feminina, incluindo próstata e descenço do assoalho.
Mamas/ginecologia e obstetrícia: Lesões precursoras de neoplasias, incluindo mama. Métodos
de investigação diagnóstica e de estadiamento. Avaliação da pelve feminina e correlação dos
métodos. Osteoporose. Dor pélvica. Imagem nas principais ocorrências no acompanhamento
obstétrico. Sangramento na gestação. Diagnóstico precoce do câncer na criança e no adulto.
Cuidados
em
imagem
do
neonato.
Osteomuscular/trauma:
Lombalgias.
Osteoartrites.
Osteoporose. Doenças infecciosas na criança e no adulto. Alterações congênitas. Imagem no
traumatismo.
Principais
indicações
dos
diferentes
métodos
de
imagem.
Neuroimagem/órbitas/cabeça e pescoço: Tireóide. Principais afecções do SNC que podem ser
atendidas em Centros de Saúde e o papel da imagem. Alterações congênitas e adquiridas da face
e das mastóides. Como se apresentam as seqüelas em imagem.
5.5. Saúde Ambiental
Toxicologia Clínica: Princípios Básicos em Toxicologia, Toxicocinética Toxicodinâmica: Efeitos
Adversos Agudos e Crônicos Toxicologia Epidemiológica: Estudos de Casos-Surtos e Epidemias
de Intoxicações Químicas. Toxicologia Analítica: Metodologias de análise de marcadores
biológicos de exposição. Toxicologia dos agrotóxicos Toxicologia dos Metais Pesados Toxicologia
dos Químicos Industriais Emergências em Toxicologia Laboratório em Toxicologia O Centro de
Intoxicações da FCM: Importância/ Função/ Atuação
5.6.Saúde do Trabalhador:
Os Acidentes de trabalho, a legislação trabalhista e previdenciária. A doença e o acidente e os
benefícios previdenciários; a aposentadoria. Os principais riscos à saúde relacionados ao
trabalho; Doenças do aparelho respiratório relacionadas ao trabalho e ao ambiente Dermatoses
ocupacionais; Perda auditiva induzida pelo barulho; Distúrbios osteo-musculares relacionadas ao
trabalho (DORTs) e a ergonomia como prevenção; Intoxicações e outras doenças Ocupacionais e
a higiene ocupacional como prevenção.
6. Sistema de Avaliação do Desempenho do Estudante
6.1 De acordo com o sistema de ensino-aprendizagem adotado pela FCM/Unicamp, os módulos
de ensino são autônomos. Para a aprovação, é exigida uma nota média final e freqüência
mínima.
6.2 Cada um desses módulos é composto de submódulos, com conteúdo programático próprio,
ministrado por professores e médicos pertencentes aos vários departamentos que compõem a
estrutura administrativa da FCM/Unicamp.
6.3 A avaliação dos alunos nos submódulos é independente e exclusiva. A aprendizagem do
conteúdo programático poderá ser avaliada por meio de uma ou mais provas teóricas e/ou
práticas, escritas e/ou orais e outras atividades avaliatórias (trabalhos, seminários, portfólios,
notas de conceito, etc.), atribuindo-se pesos diferentes às atividades que julgarem mais
importantes para o aprendizado do aluno.
6.4 Cada prova, que poderá ser integrada (todo o módulo) ou exclusiva (cada submódulo),
abrangerá os objetivos desenvolvidos até a data da mesma e poderá incluir conteúdos
programáticos ministrados anteriormente.
6.5 Este módulo de possui os seguintes submódulos:
Módulo: Atenção Integral à Saúde (AIS)
Submódulos: 1.Centros de Saúde, 2.Saúde Coletiva, 3.Patologia Clínica, 4.Radiologia,
5.Saúde Ambiental e 6.Saúde do Trabalhador.
Cada submódulo deverá atribuir a cada aluno uma nota final do submódulo de 0 (zero) a 10
(dez), resultante da média das atividades avaliadas.
6.6 Submódulo Centros de Saúde (CS):
♦ Provas Teóricas: T1 = média aritmética de quatro provas teóricas realizadas no 1º período
letivo e T2 = média aritmética de duas provas teóricas realizadas no 2º período letivo.
♦ Conceito Global Itemizado (X1 e X2): nota atribuída pelo docente e tutor que avalia:
desempenho, interesse, assiduidade, pontualidade e relação com o paciente/ família/
colegas/ tutor e professor/ equipe/CS). X1= 1º semestre e X2= 2º semestre
♦ “Portfólio” (Y1) – avaliação de aprendizado, onde deverá constar em uma planilha o registro
de todos os casos atendidos, discussão de três casos, sendo um de cada área baseada na
literatura e auto-avaliação de aprendizado e sugestões para melhorias.
♦ Avaliação teórico-prática (P2) - instrumento utilizado para verificação do aprendizado
(habilidades específicas e desempenho), com devolutiva para o aluno.
1. A nota final mínima de cada uma das avaliações acima deverá ser 5,0 (cinco).
2. A média da somatória das avaliações deverá ser ≥ 7,0 (sete).
Caso isto não ocorra: no 1º período o aluno fará a Prova de Recuperação e no 2º
período irá direto para Exame Fnal do Módulo.
ATENÇÃO: O item 1 independe da somatória de todos os componentes da avaliação
(mesmo que a somatória seja ≥ 7,0 (sete).
Média 1º Período do submódulo CS = (T1 + X1+ Y1 )/ 3 ≥ 7,0 (sete
Média 2º Período do submódulo CS = (T2 + X2+ P2 )/ 3 ≥ 7,0 (sete
MÉDIA FINAL DO SUBMÓDULO DO CENTRO DE SAÚDE: (Média 1º Período + Média
2º Período do submódulo CS) / 2
A Média Final do Submódulo deverá ser ≥ 7,0 (sete).
Se a Média 1º Período do submódulo CS < 7,0 = Prova de Recuperação do 1º Período
do submódulo (PR1oPSM).
Para este aluno a nota final do 1º Período será a soma da Média 1º Período do
submódulo CS = (T1 + X1+ Y1 )/ 3 + (PR1oPSM)/2 (Média do 1º período com recuperação)
OBS: Para o aluno que fizer PR1oPSM a média será constituída pela média aritmética
das notas do semestre + a nota da PR1oPSM (Média do 1º período com recuperação).
Se a Média do 1º período com recuperação for < 7 o aluno deverá recuperar-se no 2º
período. A Média do 2º período deverá ser ≥ 7,0 (sete). A média da soma da Média do 2º
período com a Média do 1º período com recuperação também deverá ser ≥ 7,0 (sete),
caso contrário o aluno irá para EXAME FINAL DO MÓDULO.
Se a Média 2º Período do submódulo CS < 7,0 = EXAME FINAL DO MÓDULO
EXAME FINAL GERAL do MÓDULO (MD758)
♦ Deverá ser realizado:
1. pelo aluno que ao final do ano tiver Média 2º Período do submódulo CS < 7,0 ou
2. pelo aluno que ficou de recuperação no 1º Período e cuja média for < 7,0, (ou
seja, a média da soma da Média do 1º período com recuperação com a Média do 2º
período, < 7,0)
ATENÇÃO: FREQUÊNCIA
♦ Além da aprovação por nota, o aluno deverá ter freqüência de 100% nas atividades
práticas do submódulo para ser considerado aprovado.
6.7. Saúde Coletiva
Cada aluno será avaliado considerando-se seu grau de participação em todas as atividades
realizadas. Os critérios de avaliação incluem pontualidade, interesse, leitura dos textos e
desempenho na discussão teórico-conceitual, preparação e realização das práticas previstas
(peso 2), apresentação dos relatórios de atividades, trabalho final ou prova escrita versando
sobre os conteúdos e práticas desenvolvidos (peso 2).
♦ O estudante que não obtiver nota maior ou igual a 7,0 nas avaliações realizará Prova
de Recuperação do submódulo.
♦ O estudante que não atingir nota sete na Prova de Recuperação do submódulo
deverá realizar EXAME FINAL GERAL do MÓDULO (MD758).
♦ Além da aprovação por nota, o aluno deverá ter freqüência de 100% nas atividades
práticas no submódulo para ser considerado aprovado.
6.8. Patologia Clínica
Serão realizadas avaliações parciais ao final de cada tema/atividade trabalhada. A nota mínima
exigida será sete (7,0), que corresponderá à média das notas obtidas nas avaliações parciais. A
nota mínima para aprovação é 7,0 (sete).
♦
O estudante que não obtiver nota maior ou igual a 7,0 na média das avaliações
parciais realizará Prova de Recuperação do submódulo.
♦ O estudante que não atingir nota sete na Prova de Recuperação do submódulo
deverá realizar EXAME FINAL GERAL do MÓDULO (MD758).
♦ Além da aprovação por nota, o aluno deverá ter freqüência de 100% nas atividades
práticas no submódulo para ser considerado aprovado.
6.9. Radiologia
Serão avaliações práticas, pela assiduidade, pontualidade, participação, desempenho e
desenvolvimento dos casos. Avaliações teóricas serão realizadas após as aulas. A nota mínima
para aprovação é 7,0 (sete).
♦ O estudante que não obtiver nota maior ou igual a 7,0 na média das avaliações
parciais realizará Prova de Recuperação do submódulo.
♦ O estudante que não atingir nota sete na Prova de Recuperação do submódulo
deverá realizar EXAME FINAL GERAL do MÓDULO (MD758).
♦ Além da aprovação por nota, o aluno deverá ter freqüência de 100% nas atividades
práticas no submódulo para ser considerado aprovado.
6.10. Saúde Ambiental
Serão realizadas avaliações durante o semestre constituídas por seminários com apresentação
de casos clínicos, conceito sobre a participação do estudante em atividades do submódulo e
prova escrita. A nota de cada semestre será a média aritmética das avaliações realizadas.
A nota mínima para aprovação é 7,0 (sete).
♦ O estudante que não obtiver nota maior ou igual a 7,0 nas duas avaliações realizará
Prova de Recuperação do submódulo.
♦ O estudante que não atingir nota 7,0 na Prova de Recuperação do submódulo deverá
realizar EXAME FINAL GERAL do MÓDULO (MD758).
♦ Além da aprovação por nota, o aluno deverá ter freqüência de 100% nas atividades
práticas no submódulo para ser considerado aprovado.
6.11. Saúde do Trabalhador
Serão realizadas avaliações constituídas por prova teórica e relatório individual da visita. A nota
mínima para aprovação é 7,0 (sete). A nota mínima para aprovação é 7,0 (sete).
♦ O estudante que não obtiver nota maior ou igual a 7,0 nas duas avaliações realizará
Prova de Recuperação do submódulo.
♦ O estudante que não atingir nota sete na Prova de Recuperação do submódulo
deverá realizar EXAME FINAL GERAL do MÓDULO (MD758).
♦ Além da aprovação por nota, o aluno deverá ter freqüência de 100% nas atividades
práticas no submódulo para ser considerado aprovado.
6.12. O aluno que faltar nas provas teóricas com justificativa balizada pelo regimento interno da
Universidade, comprovada por terceiros, poderá realizar uma prova substitutiva a critério do grupo
gestor ou ter esta nota suprimida do cálculo das médias.
6.13. MÉDIA FINAL DO MÓDULO
Aprovação direta: o aluno que obtiver em todos os submódulos a nota final ≥ 7,0 estará
APROVADO no Módulo e sua Média FINAL do Módulo será calculada da seguinte forma:
A média geral do módulo, a partir de notas parciais variando de 0-10, será constituída pela
MÈDIA FINAL:
Centro de Saúde x 0,5 + Saúde Coletiva x 0,1 + Patologia Clínica x 0,1 + Radiologia x 0,1 +
Saúde do Trabalhador x 0,1 e Ambiental x 0,1.
6.14. Aprovação com exames de submódulos:
Para o aluno que realizou Provas de Recuperação dos submódulos, a média do submódulo
será calculada da seguinte forma: média aritmética das notas + a nota da Prova de Recuperação
do submódulo dividido por 2. A média para não realizar EXAME tem que ser maior ou igual a
7,0 (sete).
Além da aprovação por nota, o aluno deverá ter freqüência de 100% nas atividades dos
submódulos para ser considerado aprovado.
6.15. EXAME GERAL DO MÓDULO:
O aluno que obtiver nota final no Exame Geral ≤ 5.0 estará REPROVADO no Módulo Neste
caso a Média final do Módulo (a que constará no histórico escolar) será a nota do exame em que
houve a reprovação.
O Exame Geral consistirá em uma Prova Teórica com conteúdo de todos os submódulos.
O aluno deverá obter nota > 5,0 para na seqüência, realizar a Prova Teórico-prática com uma
banca de professores. Assim, o aluno que não obtiver nota > 5,0 na prova teórica não realizará a
prova teórico-prática. A nota mínima da prova teórico-prática é 5,0 para aprovação, caso o
estudante não obtenha cinco, estará reprovado no módulo.
6.16. Orientações Gerais
O portfólio é um instrumento de avaliação muito importante e a data da entrega é
conhecida deste o início do módulo. Portanto caso o aluno não entregue na data prevista a
sua nota referente à esta etapa da avaliação será ZERO e o aluno vai automaticamente para
EXAME FINAL.
A plataforma Moodle é utilizada neste módulo como um instrumento de ensino que
deve ser constantemente consultada e atualizada de acordo com as instruções dadas em
sala ou por e-mail. Todas as possibilidades desta estratégia podem ser modificadas em
consonância com as decisões do grupo gestor.
7. Desenvolvimento do módulo
7.1. Centro de Saúde
Tarde
2ª feira
3ª feira
4ª feira
5ª feira
6ª feira
14-16h - Aula
Teórica MD758
14 – 18h
Aula Teórica
Atividades nos
Centros de
Saúde
Atividades nos
Centros de
Saúde
Atividades nos
Centros de
Saúde
[16-18h - MD748]
MD758
♦ Aprendizado em serviço de atendimento primário ao paciente, nas áreas de Pediatria,
Tocoginecologia, Clínica Médica e Saúde Coletiva.
♦ As atividades de atendimento individual deverão ser exercidas na forma de consultas,
discussão de casos com tutores e professores.
♦ Caberá aos tutores do Centro de Saúde acompanhar os atendimentos, discussão dos casos e
supervisionar todas as atividades das quais os alunos participam.
♦ Os docentes da FCM, cada qual em sua área de competência, supervisionarão as atividades
dos alunos, discutindo os casos atendidos. Sempre que possível, deverá participar junto com o
aluno, das discussões para elaboração do projeto terapêutico dos pacientes que necessitarem.
Centros de Saúde que serão campo de estágio: Centro de Saúde São Quirino, Centro de
Saúde Faria Lima, Centro de Saúde Barão Geraldo, Centro de Saúde Conceição, Centro de
Saúde Costa e Silva,Centro de Saúde Village.
OBS: os locais de estágio (Centros de Saúde) poderão sofrer alterações caso ocorram
situações que inviabilizem um bom aproveitamento do estágio
7.2. Saúde Coletiva
A Saúde Coletiva desenvolve atividades teórico-práticas na unidade de saúde ou em sua área de
abrangência, além de visitas com a equipe do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) de Campinas.
TARDE
1ª Aula
2ª Aula
3ª Aula
4ª Aula
5ª Aula
Centro de Saúde
Apresentação do
Programa
Seminário
Integralidade do
Cuidado em
Saúde.
Atenção
Domiciliar.
VISITAS
Subgrupo 1
Visitas
domiciliares a
pactes do CS
VISITAS
Subgrupo 1
Visitas com equipe
do SAD
Apresentação de
casos atendidos no
CS e análise da
integralidade do
cuidado
Atividades práticas
- Imunização e VE
Preparação das
Visitas
Subgrupo 2
Visitas com
equipe do SAD
Subgrupo 2 Visitas
domiciliares a pactes
do CS
7.3. Patologia Clínica
As atividades da área de Patologia Clínica serão desenvolvidas na forma de aulas práticas ou
estudos dirigidos envolvendo casos clínicos, visando a correlação clínico-laboratorial. Os alunos
rodiziarão em grupos de 19-20 alunos, totalizando 10 encontros de 4 horas por grupo, ao longo do
ano. O ano letivo será dividido em 5 períodos. Cada período contemplará dois encontros/grupo às
quartas-feiras e sextas-feiras. Em cada encontro serão abordados dois temas diferentes.
Local: Laboratório de Patologia Clínica (LPC): Anfiteatro e Laboratório de Aulas Práticas do
Departamento de Patologia Clínica (entrada pelo F2 - HC).
7.4. Saúde do Trabalhador
1º Período
2º Período
3º Período
Horário
14h
16h
Quarta
Doenças por
agentes
químicos
Doenças ap.
respiratório
Quinta
Visita a uma
pequena
empresa.
Visita a uma
pequena
empresa.
Quarta
LER/DORT
e Ergonomia
Exposição a
barulho e
PAIR
Quinta
Visita a uma
empresa de
maior porte
Quarta
Ambiental
Quinta
Outras
doenças
8. Supervisão das atividades práticas nos Centros de Saúde
(sujeito a alterações durante o ano letivo)
8.1 PEDIATRIA
Faria Lima
4ª
5ª
Suzana
Barão Geraldo
São Quirino
Costa e Silva
Conceição
Village
M. Lurdes
Marici
Gamba
Ricardo
Alessandra
Angélica
M. Lurdes
M. Ângela
Teixeira
Fernando
Angélica
8.2 TOCOGINECOLOGIA
4ª
Faria Lima
Silvia Santiago
Caio Hartman
6ª
Barão Geraldo
Laura Costa
São Quirino
Rodolfo
Costa e Silva
Belmiro
Cláudia Lacerda
Magda (PED)
Lorena
Diama (COB
Caio Hartaman
Helaine
Cristina
Laura
Cássia
Ivani
Conceição Village
Daniela
Joana
Isabela
Ilza
Arlete
Júlio
Daniela
Isabela
(COB)
Márcia
Rodolfo
Mariana
Mellone
Magda PED
8.3 CLÍNICA MÉDICA
Faria Lima
Barão Geraldo
São Quirino
Costa e Silva
Conceição
Village
5ª
Tatiana
Paulo
Olga/Juliana
Sandra
Márcio
Tiago
Samuel
Wilson
Giuliano
Felipe O.
Andrei
6ª
Tatiana
Paulo
Simone
Renata
Sandra
Plínio
Tiago
Samuel
Edmilson
Zoraida
Margareth
Felipe O.
Felipe C.
9. Responsáveis e contato com os Centros de Saúde
Centro de
Saúde
Coordenadora
Telefone
Email
Barão Geraldo
Rosana
32899691
saude.csbaraogeraldo@campinas.sp.gov.br
Village
Regina
32874210
saude.psfvillage@campinas.sp.gov.br
a
Faria Lima
M do Carmo
32741888
saude.csfarialima@campinas.sp.gov.br
Conceição
Rogéria
32070601
saude.csconceicao@campinas.sp.gov.br
Costa e Silva
Renata
32081018
saude.csvilacostaesilva@campinas.sp.gov.br
São Quirino
Nicéia
32567243
saude.cssaoquirino@campinas.sp.gov.br
10. Cronograma de aulas
DATA
HORÁRIO
TEMA
PROF.(A) DR.(A)
13/01
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Apresentação do programa.
Unidades Básicas de Saúde
14/01
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
Mesa Redonda: Prevenção Doenças NefroCardiovasculares
Prof Andrei (CM)
Profa Almerinda (CM)
15/01
Quarta
Sl. Nobre
14:00-16:00
Insuficiência Cardíaca Congestiva: Abordagem
na Atenção Básica
Wilson Nadruz Jr (CM)
16:00-18:00
Abordagem da Cardiopatia Isquêmica e
Arterosclerose: Abordagem na Atenção Básica
Andrei Sposito (CM)
16/01
Quinta
Sl. Nobre
14:00-1600
Abordagem das Arritmias Cardíacas
16:00-18:00
Valvulopatias
17/01
Sexta
Sl. Nobre
14:00-18:00
Hipertensão Arterial: Abordagem na Atenção
Básica
Wilson Nadruz Jr. (CM)
20/01
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Analgésicos, antiinflamatórios não-esteroidais
e antitérmicos
Simone Appenzeler (CM)
Pré-natal: rotinas
Dra. Eliana Amaral (GO)
Pré-natal: queixas comuns e conduta
Dra. Eliana Amaral (GO)
Gestor e membros do grupo
gestor e CETS (Alóide
Guimarães)
Márcio Figueiredo (CM)
José Roberto M Souza (CM)
21/01
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
27/01
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Critérios de elegibilidade e indicação de
métodos em planejamento familiar.
14:00-15:00
Aleitamento materno na prática clínica
Roberto Teixeira Mendes
(Ped)
15:15-18:00
Alimentação da criança e do adolescente na
prática clínica
Roberto Teixeira Mendes
(Ped)
03/02
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Cuidados com neonato
04/02
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
Lesões precursoras de neoplasias do trato
genital inferior. Triagem e conduta com
abordagem da atenção primária.
10/02
Segunda
14:00-16:00
Dismenorréia e tensão pré-menstrual:
Abordagem na Atenção Básica
Dr. José Roberto E. Gabiatti
(GO)
Irregularidade menstrual-Hemorragia uterina
disfuncional
Amenorréia.
Dra. Arlete Fernandes (GO)
14:00-18:00
28/01
Terça
Sl. Nobre
11/02
Terça
Sl. Nobre
17/02
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Vulvovaginites e Cervicites: Abordagem na
Atenção Básica
Dra. Ilza Monteiro (GO)/ Dr.
Luis Bahamondes
Abimael Aranha (Ped)
Dr. Júlio Teixeira (GO)
Dra. Joana Bastos (GO)
Dr. Oswaldo Grassioto (GO)
Dra. Rose Amaral (GO)
DATA
HORÁRIO
18/02
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
24/02
Segunda
14:00 hs
25/02
Terça
Sl. Nobre
14:00-16:00
16:00-18:00
TEMA
O trabalho como determinante do processo
saúde-doença
Distopias e incontinência urinária: Abordagem
na Atenção Básica
Doenças benignas e malignas da mama:
Abordagem na Atenção Básica
FERIADO
04/03
Terça
FERIADO
11/03
Terça
Sl. Nobre
17/03
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
14:00-16:00
16:00-17:00
Satoshi Kitamura
(ST)/Sérgio de Luca (ST)
1ª PROVA (14/01 a 18/02/2014) - Salão Nobre e Sala de Imagem
03/03
Segunda
10/03
Segunda
Sl. Nobre
PROF.(A) DR.(A)
Constipação Intestinal Crônica na Criança e
Adolescente: Abordagem na Atenção Básica
Cuidados com a saúde do adolescente:
Abordagem na Atenção Básica
Saúde Reprodutiva na Adolescência (gestação
na adolescência/adolescência fora do período
gestacional): Abordagem na Atenção Básica
Dra. Cassia Juliato (GO)
Dra.Júlia Shinzato (GO)
Elizete Lomazi (Ped)
Lílian F R de Sousa Li (Ped)
Dr. Rodolfo Pacagnella (GO)
14:00-16:00
Diagnóstico diferencial de sangramento na
gestação: Abordagem na Atenção Básica.
18/03
Terça
Sl. Nobre
14:00-16:00
Abordagem dos principais transtornos mentais
na atenção básica
Paulo Dalgalarrondo (Psiq)
16:00-18:00
Abordagem do usuário de substâncias lícitas e
ilícitas na atenção básica
Renata Azevedo (Psiq)
24/03
Segunda
Sl. Nobre
14:00-15:00
Menopausa: Abordagem na Atenção Básica
Dra. Lucia Paiva (GO)
15:00-16:00
Osteoporose
João Francisco (CM)
25/03
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
Cuidados com a Saúde do Idoso: Abordagem
na Atenção Básica
31/03
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Reumatismo de partes moles
Ibsen Coimbra (CM)
14:00-16:00
Lombalgia
Ibsen Coimbra (CM)
16:00-18:00
Osteoartrites
Ibsen Coimbra (CM)
14:00-15:00
Hipertensão na grávida
Dra. Maria Laura C.
Nascimento (GO)
01/04
Terça
Sl. Nobre
07/04
Segunda
08/04
Terça
Sl. Nobre
15:00-16:00
Avaliação fetal intra-útero
Dra. Daniela Yela (GO)
Maria Elena Guariento (CM)
Dra. Fernanda Surita (GO)
14:00-16:00
Doenças difusas do tecido conjuntivo
Lilian Costallat (CM)
16:00-18:00
Diagnóstico diferencial das artrites
Manoel Bértolo (CM)
DATA
HORÁRIO
14/04
Segunda
14:00
15/04
Terça
Sl. Nobre
21/04
Segunda
22/04
Terça
Sl. Nobre
28/04
Segunda
Sl. Nobre
29/04
Terça
Sl. Nobre
05/05
Segunda
Sl. Nobre
06/05
Terça
Sl. Nobre
12/05
Segunda
Sl. Nobre
13/05
Terça
Sl. Nobre
19/05
Segunda
Sl. Nobre
20/05
Terça
Sl. Nobre
26/05
Segunda
27/05
Terça
Sl. Nobre
02/06
Segunda
Sl. Nobre
14:00-18:00
TEMA
PROF.(A) DR.(A)
2ª PROVA (25/02 a 08/04/2014) – Salão Nobre e Sala de Imagem
Mesa redonda: Síndrome Metabólica
Prof. Mário Saad (CM)
Profa Mariana P Zambon
(Ped.)
FERIADO
14:00-16:00
Abordagem da obesidade no adulto
Lício Velloso (CM)
16:00-18:00
Obesidade na criança e adolescente
Antonio A. Barros Filho
(Ped.)
14:00-16:00
Doenças da tireóide: Abordagem na Atenção
Básica
14:00-16:00
Diabetes mellitus I e II
Marcos Tambascia (CM)
16:00-18:00
Diabetes na gestante
Dr. Belmiro Pereira (GO)
14:00-16:00
Distúrbios da coagulação e tromboses:
Abordagem na Atenção Básica
Joyce MA Bizzachi (CM)
14:00-15:45
Anemia no adulto
16:00-18:00
Anemia na criança e adolescente
Anemia na gestante
14:00-16:00
Infecção urinária na criança
Vera Santoro Belangero
(Ped)
14:00-16:00
Infecção urinária no adulto
Marilda Mazzali (CM)
16:00-17:00
Infecção urinária na gestante
14:00-16:00
Diagnóstico diferencial de hematúria e
proteinúria
Diagnóstico precoce da insuficiência renal
crônica
14:00-15:45
Doença do refluxo gastroesofágico/ síndrome
dispéptica adulto
Maria Aparecida Mesquita
(CM)/ Ciro Garcia Montes
16:00-18:00
Doença do refluxo gastroesofágico/ Síndrome
dispéptica na criança
Antonio Fernando Ribeiro
(Ped)
14:00
14:00-18:00
14:00-16:00
Denise Zantut (CM)
Erich Vinicius de Paula
(Patol. Clínica)
Angélica Bicudo (Ped.)
Maria Laura C. Nascimento
(GO)
Dra. Helaine Milanez (GO)
Maria Almerinda Alves (CM)
3ª PROVA (15/04 a 19/05) – Salão Nobre e Sala de Imagem
Mesa Redonda: Síndromes Ictéricas
Diarréia aguda e terapia de reidratação oral
Sara Monte Alegre (CM),
Raquel (CM), Jazon (CM),
Gabriel Hessel (Ped)
Elizete Lomazi (Ped)
DATA
HORÁRIO
03/06
Terça
Sl. Nobre
14:00-15:45
Hepatites no adulto
Raquel Stucchi (CM)
16:00-18:00
Hepatites na criança
Gabriel Hessel (Ped)
06/06
Sexta
Prazo Final
09/06
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
10/06
Terça
Sl. Nobre
16/06
Segunda
Sl. Nobre
TEMA
ENTREGA PORTIFÓLIO
Maria Aparecida Mesquita
(CM)/ Virginia Cabral (CM)
14:00-16:00
Hepatopatia crônica e cirrose hepática
Jazon (CM)/Tiago Pereira
(CM)
16:15-18:00
Discussão de casos clínicos
14:00-16:00
Acidentes e Politraumatismo na criança e no
adolescente
FERIADO
Copa
23/06
Segunda
FERIADO
Copa
14:00-16:00
30/06
Segunda
01 a 29 de
julho
04/08
Segunda
Sl. Nobre
05/08
Terça
Sl. Nobre
11/08
Segunda
Sl. Nobre
12/08
Terça
Sl. Nobre
18/08
Segunda
Sl. Nobre
CEG
Diarreia Crônica e constipação intestinal
17/06
Terça
24/06
Terça
Sl. Nobre
PROF.(A) DR.(A)
Detecção precoce de neoplasias do trato
gastrointestinal, próstata e pulmão
16:00-18:00
Mesa redonda: Síndromes Consuptivas
14:00-16:00
4ª Prova (20/05 a 25/06)
Sarita Saad (CM) /José
Vassallo (Anat. Patol.)
Emílio Baracat (Ped)
Felipe Osório (CM)
Marcelo Ramos (CM), Sarah
Monte Alegre (CM), Paulo
Dalgalarrondo (Psiq), Felipe
Osório (CM)
= Férias
14:00-16:00
Alergias e rinites
Antialérgicos e corticosteróides
Licio Velloso (CM)
14:00-16:00
Avaliação da tosse na criança
Dirceu Ribeiro (Ped)
16:00-18:00
Criança e adolescente com sibilância
Dirceu Ribeiro (Ped)
14:00-16:00
Pneumonias adquiridas na comunidade na
criança e adolescente
Emilio Baracat (Ped)
14:00- 16:00
Avaliação da tosse no adulto
Ilma Paschoal (CM)
16:00-18:00
DPOC, asma e insuficiência respiratória em
adulto
Ilma Paschoal (CM)
14:00-16:00
Antibioticoterapia para crianças e
adolescentes
Prova de Recuperação do 1º semestre
Ricardo Pereira (Ped)
DATA
19/08
Terça
Sl. Nobre
25/08
Segunda
Sl. Nobre
26/08
Terça
Sl. Nobre
01/09
HORÁRIO
14:00-18:00
Antibióticos utilizados em infecções
comunitárias em adultos: penicilinas,
macrolídeos e cefalosporinas
PROF.(A) DR.(A)
Mariângela R. Resende
(CM)
Antibióticos utilizados em infecções
comunitárias em adultos: aminoglicosídeos,
quinolonas e imidazólicos.
14:00-16:00
Tuberculose no adulto
Tuberculose na criança e adolescente
14:00-18:00
Mesa redonda: Síndromes Febris
Plínio Trabasso (CM)
Eduardo Capitani (CM).
Roberto Teixeira Mendes
(Ped)
Mariangela Resende (CM).
Reumato, Pediatria,
Geriatria
Semana Pátria
Segunda
02/09
Terça
Sl. Nobre
08/09
Segunda
TEMA
Semana Pátria
14:00-16:00
Doenças exantemáticas, estreptococcia e
estafilococcia no adulto
Marcelo Ramos (CM)
14:00-16:00
Diagnóstico diferencial de
hepatoesplenomegalia e adenomegalia no
adulto (PBmicose, EBV, Toxo)
M. Luíza Moretti (CM)
16:00-18:00
Diagnóstico diferencial de
hepatoesplenomegalia na criança
Mariana Zambon (Ped.)
Sl. Nobre
09/09
Terça
Sl. Nobre
15/09
Segunda
14:00-16:00
5ª PROVA (04/08 a 26/08/2014)
Infecção por HIV no adulto
Francisco Aoki (CM)/Monica
Jaques de Moraes
Eliana Amaral (GO), Marcos
Nolasco (Ped)
16/09
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
22/09
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Medidas preventivas, diagnóstico precoce e
conduta em infecções de transmissão
congênita (STORCH)
Helaine Milanez (GO)
23/09
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
Meningites na criança, no adolescente e no
adulto
Ricardo Pereira (Ped)/ Maria
Luiza Moretti (CM)
29/09
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Doença Imunopreviníveis: Coqueluche,
Difteria e Tétano
30/09
Terça
13:30-18:00
06/10
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
Doenças exantemáticas na criança
07/10
Terça
Sl. Nobre
14:00-18:00
Doenças Endêmicas: Chagas, malária,
leishmaniose, febre maculosa, leptospirose,
paracoco, histoplasmose.
Infecção por HIV na mulher e na criança
Raquel Stucchi (CM)
TESTE DE PROGRESSO
Emílio Baraccat (Ped)
Maria Luiza Moretti (CM) /
Plínio Trabasso (CM)
13/10
Segunda
Sl. Nobre
14:00-16:00
14/10
Terça
14:00
Biossegurança
Discussão de casos clínicos – SRA
6ª PROVA (08/09 a 13/10/2014) – Salão Nobre e Sala de Imagem
20/10
Segunda
21/10
Terça
Plínio Trabasso (CM)
Plínio Trabasso (CM)
ESTUDO
14:00-18:00
23/10
Prova de Recuperação: Saúde Coletiva, Ambiental, Trabalhador,
Patologia e Radiologia
Início Internato
14:00-18:00
Exame Final do Módulo
11. Bibliografia
1.
Marcondes E. ed. - Pediatria básica. ed.. São Paulo, Sarvier, 2001.
2.
Sucupira, A.C.L. et al – Pediatria em Consultório. São Paulo, Sarvier, 2010- 3ª Ed.
3.
CECIL- Tratado de Medicina Interna. Guanabara Koogan – 20 e21ª edição.
4.
TIERNEY – “Current” em português – Diagnóstico e Tratamento. Editora Atheneu, 41ª
edição.
5.
BEREK, JS et al – Tratado de Ginecología do NovaK. Guanabara Koogan
6.
DE CHERNEY AH, NATHAN L. GOODWIN TM, LAFER N. Current Obstetric & Gynecologic
Diagnosis & Treatment. International edition. 10th ed. McGraw Hill. 2007.
7.
NEME B. – Obstetrícia Básica 3ª ed., Ed. Sarvier. São Paulo, 2005.
8.
MENDES, René, editor - Patologia do trabalho. Editora Atheneu, Rio de Janeiro. 2000, 2
Volumes, 1924p.
9.
VIEIRA, S I, editor – Medicina Básica do Trabalho . Gênesis, editora. Curitiba.1994. 4 v.
- Sites com guias clínicos
•
Secretaria Municipal de Saúde de Campinas: www.campinas.sp.gov.br/saude
•
Organização Mundial da Saúde: www.who.ch
•
Ministério da Saúde: www.saúde.gov.br
•
Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo: www.saude.sp.gov.br
•
Organização Panamericana da Saúde: www.opas.org.br
•
Aleitamento: www.aleitamento.org.br
•
CDC: www.cdc.gov
•
AMB: www.projetodiretrizes.org.br
•
FEBRASGO - Diretrizes e Manuais: www.febrasgo.org.br
•
Informações de saúde: www.datasus.gov.br
•
Vigilância em Saúde: www.portal.saude.gov.br/saude
Saúde Coletiva:
1.
CECÍLIO, LUIZ C.O. As necessidades de saúde como conceito estruturante na luta pela
integralidade e eqüidade na atenção à saúde. In: Pinheiro, R. e Mattos, R.A. Os sentidos da
integralidade na atenção e no cuidado à saúde. Rio de Janeiro: IMS-UERJ-ABRASCO,
2001, p. 113-120.
2.
ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. A atenção à saúde coordenada pela APS:
construindo as redes de atenção no SUS: contribuições para o debate. Brasília, 2011.
3.
CECÍLIO, LUIZ C.O. A morte de Ivan Ilitch, de Leon Tolstói: elementos para se pensar as
múltiplas dimensões da gestão do cuidado. Interface – Comunic., Saúde, Educ., v.13, supl.1,
p. 545-555, 2009.
4.
BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE. Doenças
Infecciosas e Parasitárias: guia de bolso. 8ª ed. Revista. Brasília: 2010. Disponível em:
http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/doen_infecciosas_guia_bolso_8ed.pdf
PATOLOGIA CLÍNICA:
Microbiologia/Parasitologia
Microbiologia Médica - Murray, PR; Dreno, WL; Kobayaslu, GS; Thompson, JH. Guanabara Koogan [última edição disponível]
Doenças Infecciosas e Parasitárias. Veronesi, R. Ed. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro,
[última edição disponível].
Hematologia
Essential Haematology, AV Hoffbrand et al, Blackwell Science, [última edição disponível]
Hematology, W.J.Williams et al, [última edição disponível]
Interpretação Clínica do Hemograma, Helena Zerlotti Grotto, Ed Atheneu, 2009
Imunologia
Manual of Clinical Laboratory Immunology, N.R.Rose et al, [última edição disponível]
Diagnóstico Laboratorial - das Principais Doenças Infecciosas e Auto-Imunes, AW Ferreira e SLM
Ávila. Guanabara - Koogan [última edição disponível]
Bioquímica/Líquidos Biológicos/Fisiologia
Cecil Textbook of Medicine. R.L.Cecil, L. Goldman, J.C. Bennett. W.B. Saunders, [última edição
disponível]
Tietz Texbook of Clinical Chemistry and Molecular Diagnostics, Editado por Carl A. Burtis,
Edward R. Ashwood & David E. Burns [última edição disponível]
Uroanálise e Fluídos Biológicos. Susan King Strasinger. [última edição disponível]
Alterações do Equilíbrio Hídrico Eletrolítico e Ácido-Base, E. Goldberger, [última edição
disponível.
Download

MD758 – ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE