Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Memória Viva
Minhas Experiências Espirituais.
Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico.
“Converso com a imagem de Santo Antônio de Pádua.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
1
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Memória Viva
Minhas Experiências Espirituais.
Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico.
2
Xangô, em meu Congá.
Orixá da Justiça. Sou filho de Xangô.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Memória Viva
Minhas Experiências Espirituais.
Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico.
Meu pai Carlos de Oliveira Dias e eu.
Saudades.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
3
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
INDÍCE
4
Agradecimento
6
Declaração do Autor
7
Recado do Autor
9
Oração de Santo Antônio de Pádua
11
Dedicatória deste Livro de Memórias Espirituais
14
Breve História do CECV – Centro Espírita Caminheiros da Verdade
16
A Fé e a Esperança
20
Os Altos e Baixos da Vida Material
22
1º Relato: O Primeiro Contato com Umbanda
24
2º Relato: A Sequência da Vida na Umbanda
26
3º Relato: A Fé em Santo Antônio de Pádua e na Ordem dos 31
28
Frades Menores de São Francisco de Assis
4º Relato: A Imagem de Santo Antônio de Pádua na Igreja e Convento
31
de São Francisco de Assis na Cidade de São Paulo
5º Relato: Lançar o Primeiro Livro sobre a Engenharia de Custos
35
Minha Saudação ou Oração Franciscana Para Todos os Amigos
38
O Santo Protetor. Nosso Intercessor Perante Nosso Pai Eterno
39
6º Relato: O Enorme Medo de Frequentar Hospitais
42
7º Relato: Visão da Cirurgia mais ou menos 40 ou 50
44
Prefácio que escrevi para o meu 3º Livro sobre Engenharia de Custos
52
8º Relato: A Primeira Filha Teria Que Ser do Sexo Feminino
53
O Guia Informa Missão de Cura
54
9º RELATO: Inventar Algo Quanto ao Trabalho na Vida Profissional
55
10º RELATO: Seguir o Destino Supremo ou Usar do Meu Livre Arbítrio
56
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
11º RELATO: Sair do Corpo ao Dormir. Viagens Espirituais.
60
12º RELATO: Ajuda na Passagem de Entes Próximos e Queridos
61
13º Relato: A Promessa para Nossa Senhora Aparecida
62
14º Relato: A Doença de Meu Filho. Oração Diária e
64
com Enorme Fé e Esperança.
15º Relato: Aviso da Chegada do Primeiro Neto
71
A Época do Natal e do Meu Aniversário
73
A Espiritualidade e a Caridade. A Doação ao Próximo.
76
Psicólogo (!) dos Obsediados.
79
16º Relato: A Última Profecia. Ainda Não Realizada.
80
Oração de São Benedito
82
Oração para Pedidos Especiais
83
Este Livro em e-book
84
Prece de São Francisco de Assis
85
Pai Benedito das Almas
86
Meu desejo final neste livro
93
17º Relato: O Que Eu Não Queria Ter Escrito nestas Memórias
91
Poema Escrito pelo Amigo Carlos Alberto
94
Oração de Nossa Senhora das Graças
97
Cântico de Ogum
98
Apoio Financeiro
99
TAU de São Francisco de Assis
100
O Autor destas Lembranças
101
O Conto Que Eu Mais Aprecio
104
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
5
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Agradecimento
6
Agradeço a amiga e artista Daniela de Assis Soares por ter atendido
meu desejo e desenhado ou representado lindamente e com rara
inspiração a entidade com que trabalho na Umbanda - o preto velho
Pai Benedito das Almas.
Agradeço imensamente por ter entendido o espírito desta obra
e através de sua sensibilidade ter me ofertado este belíssimo estudo
artístico.
Tanto a capa quanto a contra capa são desenhos de autoria
da Daniela. Muito Obrigado e que Deus te proteja e continue te
inspirando, como fez nesta preciosa obra do trabalho deste livro.
Que Santo Antônio de Pádua te proteja.
A artista niteroiense Daniela Assis sempre foi profundamente
ligada ao seu mundo interior. Desde tenra idade eram percebidos
sua tendência, talento, interesse, sensibilidade e amor pelas Artes.
Sua brincadeira favorita era passar horas a desenhar intensamente,
a partir de seus quatro anos de idade. Como escritora, tem um livro
de poemas praticamente pronto para publicação. Estudou piano e
balé clássico, acrobacia e teatro. Ministrou aulas em uma oficina de
expressão corporal na AFEA (Associação Fluminense de Engenheiros
e Arquitetos), em curso da Comunidade Solidária e participou de
eventos do AFEARTE, como o “Pintura no túnel”. Destacou-se em
declamações e concursos de poesia em sua cidade natal. Tem 35 anos e
atualmente é estudante de Educação Artística na Universidade Salgado
de Oliveira. Daniela é espírita cristã (kardecista), grande admiradora
de São Francisco de Assis e apaixonada pelas questões ambientais e
dos direitos dos animais.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Declaração do Autor
Gente do meu nível acadêmico e da minha classe social não pode
declarar sua preferência pela Umbanda. É constrangedor. A maioria
das pessoas semelhantes a freqüenta secretamente.
Estas Memórias me libertam deste segredo e receio, bem como,
tornam pública minha preferência religiosa.
Por tudo que passei e vivi não me resta opção. Sou espírita
umbandista convicto.
Os relatos deste livro demonstrarão a minha verdade em relação
aos fenômenos extraordinários ao corpo físico, que ocorreram comigo.
Relatos verídicos.
Engenheiro Civil Paulo Roberto Vilela Dias
UFRJ - 1975
Mestre em Engenharia Civil
UFF - 2002
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
7
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
8
O sentimento de gratidão ilumina a vida.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Recado do Autor
Este livro visa exclusivamente apresentar minhas memórias em
relação ao meu contato com o mundo espiritual, extraordinários ao
corpo físico, a fim de mostrar algumas situações comuns do espiritismo
ou da umbanda, a quem desejar.
Jamais terá qualquer intenção poética ou linguagem rebuscada
para impressionar ao leitor. Quem optar em ler as minhas memórias
de fatos extraordinários à vida terrestre terá relatos de alguns casos
verídicos que me parecem interessantes. Para espiritualistas e não
espiritualistas.
Aliás, a linguagem simples ao escrever é uma característica que
tenho, inclusive em meus demais livros técnicos sobre o tema da
Engenharia de Custos, resumo da minha vida profissional. Meus
orientadores espirituais transmitem desta maneira.
Não espero desta vida nada mais do que o combinado no mundo
austral antes de nascer na terra.
Também sei que posso perder algum compromisso anteriormente
acertado, antes de meu nascimento em 12/01/1950, caso não cumpra
com minhas obrigações espirituais, isto é, acordos assumidos para
serem realizados nesta vida.
Tenho alguns exemplos concretos. Não existe necessidade de contá-los.
Uma condição é certa na minha vida: “Pagarei nesta existência
tudo que aqui fizer contrariando os próprios princípios por mim
estabelecidos no mundo superior ou mesmo as normas vigentes na
sociedade da terra”. Outros podem ter suas penas adiadas para adiante,
no mundo superior ou em outras encarnações.
Aqui eu faço aqui eu pago. E muito rápido. Com muito rigor. E me
foi avisado, ainda, no mundo espiritual. Ando sempre na corda bamba.
No meu caso vale: “Aqui se faz, aqui se paga”.
Por fim, escrevi estas lembranças da Umbanda, para que possa
expressar para muitos que me conhecem e sequer desconfiavam de
minha atividade religiosa, pois para quem se encontra na classe social
que estou é difícil declarar esta preferência.
Sou e sempre serei umbandista pela fé, desde quando era muito
menino, uma criança. Comecei ainda quando cursava o primário,
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
9
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
nomenclatura da época.
Sou muito feliz desta forma. A caridade faz parte da vida de quem
é espiritualista. Eu sou caridoso por vocação. Porém, não sou santo,
cometo minhas falhas.
A doação deve ser espontânea.
Sou adepto da Umbanda Branca, isto é, não são permitidas bebidas
alcoólicas durante os cultos ou, ainda, qualquer tipo de intervenção
não aceita pelo ser humano – como matança de animais. Não se
propõe qualquer tipo de “trabalho”, no interior do centro ou em vias
públicas, matas ou outros locais.
Prega-se muita oração e fé em entidades da própria Umbanda ou
Santos católicos.
Minha entidade na Umbanda
10
“Minha entidade de trabalho é um preto velho muito
conhecido e reconhecido na Umbanda. Sou “cavalo” desta
entidade. O poder lhe dado por Deus e seus conhecimentos
curadores ajudam muitas pessoas encarnadas. Seu nome
é Pai Benedito das Almas. Um guia contador de casos
alegres para seus filhos de fé.”
Meu Congá
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Oração de Santo Antônio de Pádua
Oração para que não falte o Pão no Lar
“Santo Antônio, amigo dos pobres, que inspirais vossos
devotos a vos honrar, oferecendo pão aos necessitados,
eu vos rogo a graça de nunca ter falta de pão na minha
mesa, pão ganho com meu trabalho e suor, Em troca vos
prometo olhar sempre pelos mais necessitados, oferecendo
um pouco daquele pão que sempre enviareis à minha
mesa. Ajudai-me sobretudo a buscar sempre o Pão vivo
descido do céu, que é o Cristo na comunhão, verdadeiro
alimento de vida eterna. Vós que tantas vezes o tivestes
em vossas mãos, fazei que também esse Pão nunca me
falte e eu o receba na hora de minha morte. Assim seja.”
Santo Antônio de Pádua, O Santo Doutor (*)
“Em casa no meu altar ‘ou congá’ mantenho sempre um
pão representando meu pedido a Santo Antônio para
que nunca falte o pão no meu Lar. E se existe naquele
altar pão permanentemente, obviamente, nunca faltará
pão em minha casa.”
RESPONSORIO
“Se milagres desejais
recorrei a Santo Antonio
vereis fugir o demônio
e as tentações infernais.
(*) Santo Doutor, apelido dado em razão do seu grande conhecimento da Bíblia, anterior à entrada na OFM
- Ordem dos Frades Menores.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
11
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Foge a peste, o erro, a morte
O fraco torna-se forte
E torna-se o enfêrmo são!
Recupera-se o perdido
rompe-se a dura prisão
e no auge do furacão
cede o mar embravecido
Todos os males humanos
se moderam,e se retiram,
digam-nos os que viram
e digam os paduanos
12
Gloria ao Pai, ao Filho e ao
Espírito Santo, agora e
sempre Amém.
Deus eterno e Todo poderoso
que destes Santo Antonio, ao
vosso povo como insigne pregador e
intercessor em todas
as necessidades, fazei-nos por
seu auxilio, seguir os ensinamentos
da vida cristã, e sentir a vossa auxilio em todas
as provações. Por Jesus Cristo, Nosso Senhor,
na unidade do Espírito Santo.
Amém.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
13
Santo Antônio de Pádua
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Dedicatória deste Livro
de Memórias Espirituais
Esta dedicatória é muito simples como será todo o livro, as
citações e agradecimentos estão circunscritas apenas as pessoas que
participaram da minha vida e evolução espiritual.
Dedico esta Memória Viva sobre experiências extraordinárias ao
corpo humano aos médiuns Darley e Narcisa Russo, esta minha mãe
espiritual, e a minha querida avó Maria e minha tia Emília, sua irmã,
ambas nascidas em Portugal e brasileiras de coração.
Minha amada e inesquecível avó Maria me conduziu ao espiritismo
através de seus sobrinhos Darley e Narcisa, quando eu ainda era uma
criança. Relatarei o fato mais adiante.
14
Narcisa minha protetora espiritual encarnada.
Quanta ajuda já recebi.
Agradeço ao CECV – Centro Espírita Caminheiros da Verdade que
me acolheu nestes mais de 20 anos que o freqüento com muito amor
e fraternidade. Principalmente, ao presidente e mentor espiritual da
casa que em todos estes anos que participo de sua vida cotidiana,
tem se mostrado amigo e sempre presente Tarcizo Carneiro, mais um
irmão que tenho.
O mais importante nesta minha convivência com o Centro Espírita
Caminheiros da Verdade é que de fato comungamos das mesmas ideias
e ideais, da seriedade e responsabilidade com que deve ser tratada esta
e qualquer religião. Bem como, o atendimento a todas as pessoas que
o procura, tem, obrigatoriamente, que ser por caridade, por amor ao
próximo. O atendido, se quiser, pode fazer uma doação ao Centro,
a fim de garantir a manutenção predial e eternizar a entidade. Não
compulsório ou obrigatório.
O Centro Espírita Caminheiros da Verdade é
meu lar espiritual. Uma fonte de renovação de
energia e inspiração.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
O dízimo é uma prática normal em entidades como esta, porém,
caberá ao interessado determinar o que vai doar e como.
A meu ver o dizimo tem mais valor se fizer falta as necessidades
básicas do doador. Logicamente, tem sempre valor para Cristo.
Não poderia deixar de agradecer a todos os médiuns que trabalham
no CECV e que de alguma forma estou sempre aprendendo muito
com eles.O CECV tem como patrono e mentor espiritual meu santo
protetor, o santo mais querido do Brasil, Santo Antônio de Pádua. É
raro, ao entrar em uma igreja e não encontrar uma imagem do Santo
Casamenteiro (somente no Brasil tem esta denominação). Apesar de
ter feito milagres em todas as áreas, principalmente com seu dom da
oratória.
O CECV tem como patrono espiritual Santo
Antônio de Pádua.
Quem doa com generosidade, amor e sem olhar a quem o faz recebe,
garante o reconhecimento e as bênçãos do Pai. Não sei se é meu caso.
Espero que sim.
O dízimo deve ser dado de forma voluntária e não necessariamente
ser oferecido exclusivamente de nossa sobra financeira ou no momento
de angústia e dor. O dízimo deve ser oferecido constantemente à
instituição de seu agrado.
Doe com fé e sem intenções mesquinhas que Deus lhe retribuirá em
dobro.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
15
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Breve História do CECV – Centro
Espírita Caminheiros da Verdade
80 anos de História e de Ótimos Serviços Prestados a População Carioca - Um Centro Espírita com
História na Política do Estado do Rio de Janeiro
“Eu frequento o CECV há 25 Anos.”
A Fundação e os seus Principais Dirigentes - 80
Anos de Atividades Assistenciais e Espirituais do CECV
16
O CECV – Centro Espírita Caminheiros da Verdade completa seus
80 anos em 2012, pois foi fundado em 04 de março de 1932, por João
Carneiro de Almeida.
Sua sede própria situa-se na Rua Comendador João Carneiro de
Almeida nº 133 – Engenho de Dentro – Rio de Janeiro – RJ – CEP:
20770-100 – telefone: 21 2594-6336, a rua recebe este nome em
homenagem ao fundador do CECV.
O estatuto determina que o CECV seja uma associação religiosa
e espiritualista e sem fins lucrativos. O atendimento a população é
sempre gratuito.
Dai de Graça o que de Graça recebestes.
O Comendador João Carneiro de Almeida, fundador do CECV,
ergueu o edifício sede e orientou todos os trabalhos espirituais
desenvolvidos pela entidade.
O Comendador viveu de 1901 a 1973, tendo dedicado 40 anos de sua
existência aos Caminheiros. Presidiu o Centro de sua fundação até
1973, ano que fez sua passagem.
Outra importante obra deste valoroso brasileiro foi à criação do Lar
Antonio de Pádua em 1953. Internato para meninas órfãs.
Em algumas épocas o internato manteve mais de 60 meninas. Este
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
orfanato encerrou suas atividades em 2004.
O patrono espiritual do CECV é Santo Antonio de Pádua, sendo sua
egrégora espiritual comandada pelos Caboclos: Guaraná e Tira Teima.
Após o falecimento de seu fundador, sua esposa, Julia Coelho
Kuaik, presidiu o CECV entre os anos de 1975 e 1977.
Dona Julia presidiu o Lar Antonio de Pádua de 1956 a 1986, portanto,
durante 30 anos.
Atualmente o Centro Espírita é presidido por Tarcizo Antonio
Carneiro de Almeida, filho do Comendador e Dona Julia, empossado
no ano de 1984. Tarcizo nasceu dentro do CECV em 1956.
O presidente Tarcizo é considerado o reconstrutor do Centro
Espírita Caminheiros da Verdade, fundado por seu pai.
Tarcizo Antonio completa 28 anos a frente da instituição e com
muito êxito. É, ainda, o comandante espiritual da instituição por
designação do Caboclo Guaraná – mentor espiritual da Casa.
Os Grandes Presidentes do CECV
A presidência do CECV é cargo honorífico, portanto, não
remunerado.
Sem desmerecer aos demais presidentes, e ainda, homenageandoos por suas dedicações, os principais presidentes do CECV foram:
» Comendador João Carneiro de Almeida, de 1932 a 1973;
» Dona Julia Coelho Kuaik, de 1975 a 1977 e;
» Tarcizo Antonio Carneiro de Almeida, de 1984 até os dias de hoje.
Os Serviços Prestados a Comunidade Espírita
As atividades espirituais desenvolvidas no CECV são as apresentadas
a seguir:
» Umbanda (Desenvolvimento de Novos Médiuns e Consultas
Públicas);
» Sessão das Rosas Brancas (Kardecismo);
» Ordem Espiritualista da Estrela (Esoterismo) e;
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
17
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
» Fonte de Siloé (Cirurgia Espiritual).
Calendário Fixo de Festejos do CECV
18
» Dia 20 de janeiro, Festa de Oxossi (São Sebastião);
» Dia 4 de março, aniversário dos Caminheiros (não é religiosa);
» Dia 23 de abril, Festa de Ogum (São Jorge);
» Dia 13 de maio, Festa do Preto Velho;
» Dia 13 de junho, Homenagem a Santo Antonio de Pádua (não é
religiosa);
» Dia 26 de julho, Festa de Nanã Buruquê;
» Dia 15 de agosto, Festa de Iemanjá;
» Dia 27 de setembro, Festa de Cosme e Damião;
» Dia 30 de setembro, Festa de Xangô;
» Dia 12 de outubro, Festa de Nossa Senhora Aparecida;
» Dia 2 de novembro, Sessão de Finados;
» Dia 4 de dezembro, Festa de Iansã e;
» Dia 8 de dezembro, Festa de Oxum.
OBS: Nos dias de festas não são realizadas as consultas.
Atendimentos Espirituais do CECV
O CECV, ao longo de seus 80 anos de história, já prestou socorro
espiritual e humanitário a mais de 6.000.000 (seis milhões) de pessoas.
O quadro mediúnico computou até hoje mais de 13.000 integrantes,
incluindo muitas personalidades.
Verificar pelo telefone os dias de atendimento de cada atividade.
Telefones dos Caminheiros: (21) 2594-6336 ou 3477-1735.
História Política do CECV
O CECV, por seus serviços prestados a comunidade, conta entre
seus amigos e colaboradores personalidades importantes da vida
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
pública brasileira. Governadores, prefeitos, senadores, deputados e
outros cargos e funções muito importantes de nosso País. Além, de
grandes figuras da vida artística e cultural brasileira.
Estudo da Doutrina Espírita
O CECV permanentemente mantém palestras e cursos para o
Estudo da Doutrina Espírita para seus membros efetivos, inclusive é
aberta ao público em geral.
Consulte o calendário destes eventos pelo telefone.
“Deus envia socorro espiritual aos encarnados de várias
formas. O CECV é uma delas. Utilize.”
19
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
A Fé e a Esperança
Podemos expressar nossa fé de infinitas maneiras, porém, cada
pessoa tem a sua forma de expressão e deve ser sempre respeitada.
A fé é a maior dádiva oferecida por Deus Nosso Senhor Todo
Poderoso aos homens. E devemos saber aproveitá-la.
A minha verdade religiosa apareceu muito cedo através de Cristo na
doutrina espírita. E especialmente, após minha evolução, na Umbanda
Limpa.
A fé é a maior dádiva a nós oferecida por Deus.
20
A Umbanda Limpa não pratica trabalhos no terreiro, na praia, no
cemitério ou em qualquer lugar, não aceita bebidas alcoólicas durante
os cultos e outros tipos de expressão que não são dignas do ser humano,
que prefiro nem citar. Respeito a todos os tipos de culto, simplesmente
não os pratico.
A fé, no início de minha evolução espiritual, dependia de em frente
a uma imagem de um Santo, seja ela qual fosse, orar e solicitar a graça
desejada. Isto se devia a necessidade de me disciplinar.
Atualmente, entendo que não é necessária nenhuma imagem para
proferir nossa fé. A fé e a nossa força mental são o bastante. Porém, me
sinto bem olhando para uma bonita imagem de um santo de minha
devoção. Mais é desnecessário.
Deus está dentro de nós. Nós somos a igreja.
Procure o que está dentro de você.
A esperança é que não pode nos faltar jamais. Podemos perder tudo
menos a esperança.
Recuperamos facilmente tudo que perdermos ao longo da vida,
menos a esperança. Esta perda é muito dolorosa e difícil para ser
recuperada.
A fé e a esperança são as molas motoras de nossa vida material.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Consegui vencer muitas dificuldades sérias em minha vida com a fé
inabalável ao Pai e considerar que cada tropeço representaria mais
um degrau de subida em relação ao aprendizado material e ao mundo
espiritual.
“Os tropeços da vida são degraus para nosso
desenvolvimento espiritual.”
A todos os amigos peço que mantenham a fé em qualquer situação de
suas vidas, por mais difícil que seja. Você será muito bem recompensado
pelo Pai Divino, com bênçãos e graças que o fará sempre se reerguer.
O franciscano pensa desta maneira. O umbandista também pensa
desta forma. Assim eu penso.
Para despistar os senhores de fazendas os escravos
africanos passaram a adotar os santos católicos em seus
cultos.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
21
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Os Altos e Baixos da Vida
22
Nesta minha existência estive pelo menos duas vezes no fundo
do poço, mais contundentes, e outras menos, isto é, nestas ocasiões
perdi praticamente todo o meu patrimônio, sempre por falha própria,
sempre por punição divina em razão de minhas mazelas espirituais.
Neste caso, resumia-se, principalmente, a me ausentar da vida
religiosa que escolhi antes de nascer na terra sem um motivo plausível
e abracei com fervor ainda muito cedo nesta vida. Reconheci sempre
o meu erro.
Em ambas às vezes fui realmente tão ao fundo que pensei que não
conseguiria ressurgir. Até porque estas situações mexem com nosso
emocional e nossa moral, tornando nosso retorno à normalidade mais
difícil, inclusive e principalmente, pelo desgosto que nos causa e a
vergonha e constrangimento que nos fazem passar, diante de nossos
familiares e amigos.
Porém, nossa força interior, a motivação referente à nossa família
e o pensamento sempre presente em nossos filhos, nos impede de
esmorecer e de deixar que a vergonha que passamos se torne mais
importante que a necessidade de materialmente sustentar nossos
entes amados.
As nossas quedas na vida servem como degrau para nosso
crescimento material e desenvolvimento espiritual. Ressurgimos
destes infortúnios momentâneos muito mais fortes e sábios. De bem
com Deus e com a Vida. Sem lembranças do passado e ressentimentos
de quem quer que seja.
As dificuldades são degraus para nosso
crescimento espiritual. Leve-as em
consideração.
Nunca olhando para trás e para as dificuldades que enfrentamos.
Só interessa o futuro e as novas aventuras e próximos desafios.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
A dificuldade é anúncio de uma oportunidade.
O sorriso em nosso rosto é o símbolo maior de beleza que podemos
expressar. Portanto, devemos sorrir sempre. Estar de bem com a vida.
A felicidade e a tristeza não foram criadas por Deus, e são passageiras.
Dependem de nossa atitude diante destas situações.
Sempre, até hoje pelo menos, saí mais forte e resgatei tudo que
perdera nestes momentos muito difíceis que a vida nos impõe.
“Foi inacreditável a rapidez com que me recuperei
financeiramente. Para a vontade de Deus nada é
impossível.”
23
O sorriso em nosso rosto é o maior símbolo de beleza que
podemos expressar. É fonte de energia espiritual e se reflete em
nosso corpo material.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
1º Relato
O Primeiro Contato com a Umbanda
Meu primeiro contato com a umbanda ocorreu quando eu estava
com 6 ou até 8 anos de idade. Minha lembrança maior refere-se aos
fatos, não há época. Ainda, cursava a escola primária. Chorava muito.
Atrapalhava a família.
“Tinha muita dificuldade em dormir, pois, via seres
humanos e animais, sempre me perseguindo. O que me
atormentava o sono.”
24
A necessidade da intervenção da Umbanda se deu porque eu não
dormia a noite em função de visões que tinha. Os pesadelos freqüentes
eram sempre de estar sendo perseguido por pessoas ou animais, o que
perturbava meu sono. Praticamente não dormia as noites.
O contato para a interrupção desta anormalidade:
Uma tarde chegou à casa da minha avó Maria seu sobrinho Darley e
fomos todos, como éramos bons tijucanos, para uma cachoeira no Alto
da Boa Vista. Na época eram muito limpas e lindas.
Eu me lembro que vestia uniforme da escola pública do curso
primário, daí ter citado a minha idade na época.
Somente me recordo das baforadas de charuto sobre mim e do ramo
de arruda produzidas pelo Darley e de uma garrafa de água retirada da
cachoeira que levamos para casa.
Após esta seção espírita minhas perturbações cessaram e passei a
ter sono tranqüilo. Precisamos ter mérito para que a cura seja obtida.
A motivação da perturbação ou doença deve ser de fundo espiritual.
Se material pode ser resolvida, porém, é mais delicado.
A fé na cura é fundamental e responsável pela solução de nossa
dificuldade. A presença da pessoa que apresenta o sofrimento é melhor,
porém, pode ser substituída por outra, sempre amiga e com interesse
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
e muita fé na solução.
“Se o problema é espiritual a cura é mais fácil pelos meios
mediúnicos. Caso contrário depende da aprovação do
mundo espiritual.”
Muitos anos após o fato eu me dei conta do que havia ocorrido.
25
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
2º Relato
A Sequência da Vida na Umbanda
Recordo-me ainda, que na casa da minha avó Maria, trabalhava e
residia Celina, que não sei bem, pela minha idade à época, qual sua
religião, porém, sei que diariamente, ao ir à casa de minha avó, não
perdia a oportunidade de pedir a ela que me rezasse. Não podia faltar
o galho de arruda, a água que desprendia da arruda e sua voz doce
fazendo a prece. Eu adorava.
“O galho de arruda na Umbanda me dá muito prazer.
Bem como, o seu aroma.”
26
Aliás, até hoje adoro um galho de arruda e seu aroma. É o melhor da
umbanda. Porém, preto velho adota muito pouco esta planta em suas
atividades mediúnicas.
Um pouco mais tarde, aos 15 anos mais ou menos, passei a visitar
com mais freqüência a casa da minha prima Narcisa para tomar
passes. E mais adiante para me consultar com seus guias, Pai Joaquim
e Pombagira, e participar de seções de trabalhos mediúnicos.
Narcisa e mamãe (foto do ano de 2012)
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
“Não parei mais com esta pratica. Narcisa se tornou
minha ‘mãe espiritual’. Eu te amo.”
Não sei precisar a data, porém, nos anos de 1980 me foi indicado,
pela minha mãe espiritual o trabalho no CECV - Centro Espírita
Caminheiros da Verdade. Lembro que me foi dito “Este é seu lar”.
Nestes mais de 20 anos de atuação no CECV, em algumas poucas
vezes, fiz incursões por outros centros, sempre pessimamente orientado
por médiuns inescrupulosos e aceito pela minha falha humana.
Felizmente, rapidamente desfeito o erro e retorno a normalidade e ao
Centro cujo mentor é o Santo de Lisboa.
“Santo Antônio de Pádua nasceu em Lisboa – Portugal
onde iniciou sua vida religiosa.”
Evidentemente, que em alguns poucos momentos fui infeliz na
escolha da casa espírita e não fui bem sucedido. Nada que em pouco
tempo percebesse e retornasse a normalidade.
Em qualquer situação da vida estamos sujeitos a encontrar pessoas
farsantes ou charlatães. O que temos a fazer é reconhecer logo o erro e
renunciar ao mau feito, voltando à normalidade.
“Devemos tomar cuidado com um ser humano se
passando por médium. Muita atenção. É uma farsa como
tantas outras que ocorrem neste mundo.”
Eu me lembro muito bem, já freqüentava o Caminheiros, quando
fui envolvido por determinado médium, e fui trabalhar na casa dele.
Estava na minha fase de adaptação à mediunidade. Eu e muitas outras
pessoas estávamos envolvidas neste caso.
Um dia solicitei que minha mãe espiritual fosse me visitar no
trabalho neste centro espírita. Foi o bastante. Em pouco tempo ela
desesperada me convidou para irmos embora e dizendo: - “este homem
não tem mediunidade, é um farsante”.
Imediatamente saí daquele ambiente horrível com minha mãe física Lelete - e espiritual – Narcisa -. Retornei ao meu verdadeiro lar. O CECV.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
27
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
3º Relato
A Fé em Santo Antônio de Pádua e na Ordem dos
Frades Menores de São Francisco de Assis
São Francisco de Assis pregava em suas preces, “Faça com seu
próprio suor”, e denominava aqueles que não gostavam de produzir de
“irmãos moscas”.
Parece-me que Santo Antônio me dá acesso ao dinheiro certo que o
dividirei, na medida do possível, com seus filhos, ou como Ele gostava
de dizer, “o pão dos pobres”. Percebo, inclusive, a quem ele destina
esses recursos que me são disponibilizados.
28
“Queimei minhas mãos, copiando São Francisco de Assis.”
É, principalmente, uma de suas casas, o CECV – onde trabalho
como médium, a quem dôo com imensa satisfação, pois sei o bom uso
que se dará ao mesmo e quantos desfrutarão do benefício.
“Frequento o CECV - Centro Espírita Caminheiros da
Verdade à aproximadamente 25 anos.”
Adoro ler sobre a vida dos Franciscanos e teria prazer em ser
como eles, entretanto, neste mundo capitalista tenho que viver de
acordo com a sociedade que está a minha volta, sustentar e criar a
minha família e outros mais necessitados que eu, e que muitas vezes
dependem de mim. Assim, faço as minhas doações sem esquecer meus
familiares próximos.
Tenho absoluta certeza que recebo recursos financeiros de maneira
a poder dividir com outros. Minha família aceita tal situação com
prazer. Minha esposa e filhos compartilham comigo este prazer.
Quem casa e tem filhos deve viver de acordo com a sociedade
capitalista, pensando primeiro no bem estar destes. Entretanto por
respeito aos franciscanos, prefiro ser muito discreto e sem ostentação.
Segundo São Francisco, “a santíssima pobreza”.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Gostaria de salientar que em vida sou parecido com Santo Antônio,
isto é, tenho prazer em dividir com quem precisa mais, repito sempre,
ganho com meu suor. Herdei meu afeto a ele, anteriormente a esta
vida. Criticado por alguns que não sabem praticar a caridade, pela
ganância.
“Tenho prazer em dividir o que ganho. Não sou
ganancioso. Acredito em Santo Antonio de Pádua e no
pão dos pobres. E no sentido de retribuição do bem.”
Temos que olhar para nossa alma que é imortal, jamais para quem
somos agora ou estamos sendo hoje. Vivemos neste mundo para
desenvolver nosso espírito.
Não se leva nada para o mundo superior. O patrimônio aqui obtido
aqui fica. Cuidemos, principalmente, de nosso espírito.
Um dos meus lemas espiritualistas mais fortes é: “Fora da Caridade
não há Salvação”.
A confirmação de minha fé em São Francisco Assis:
A minha fé e devoção em São Francisco Assis pode ser definitivamente
comprovada com o fato de ter imitado o Santo através do sacrifício em
me queimar com cigarro nas mãos, representando as chagas de Cristo,
que existiam nas mãos e pés do Chefe da Ordem dos Frades Menores.
Eu, após produzir os efeitos nas mãos, e tendo que trabalhar
diariamente e não podendo deixar de calçar sapatos, solicitei e fui
atendido, em queimar duas vezes as mãos. Assim, esta segunda
queimadura representaria as chagas dos pés.
As cicatrizes estão em minhas mãos, este fato ocorreu no ano de
2001.
Queimei as mãos em devoção ao Cristo. Sou louco, fui louco ou é
normal! Faria de novo, não tenho receio do resultado deste ato de fé.
“Coloquei as chagas de Cristo em meu corpo, como prova
de minha fé na Ordem Franciscana. Em Cristo. Em São
Francisco de Assis.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
29
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Que ninguém faça o mesmo se não for decidido pelo
mundo espiritual.
30
São Francisco de Assis
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
4º Relato
A Imagem de Santo Antônio de Pádua na Igreja
e Convento de São Francisco de Assis na Cidade
de São Paulo
Recentemente, estando na Cidade de São Paulo, fui visitar as igrejas
que se situam no centro da cidade, são elas: São Bento, Santo Antônio
de Pádua e São Francisco de Assis. Lindas.
Não existe prazer maior que passear por estas igrejas e obter os
fluidos positivos advindos de nossas orações nestas maravilhosas,
lindas e antigas capelas.
Mesmo tendo ido à igreja de Santo Antônio de Pádua minha grande
surpresa ocorreu no Convento de São Francisco, situado no Largo de
São Francisco, onde me senti mais a vontade e espiritualmente feliz. Ao
passar pela imagem de Santo Antônio de Pádua senti o “chamamento”
deste Santo dos Pobres.
A princípio fiquei atônito e perplexo com o acontecido, porém
retornei e me ajoelhei ante a bela imagem de meu Pai Antônio de
Lisboa.
Assim que me ajoelhei, ainda assustado, lembrei de uma entrevista
de uma jovem freira na televisão, confesso que fiquei muito
impressionado com este fato, que descrevo sucintamente e como me
recordo, isto é:
Pergunta o entrevistador da TV:
- Porque você resolveu seguir a Deus?
Resposta da freirinha:
- Ouvi o chamado de Deus e imediatamente entrei para o Convento.
Então eu me perguntei, intrigado: “Como se ouve a voz de Deus? Ou
seu chamado? Como confirmar o que foi ouvido?”
Obviamente, eu não soube me responder. Tive descaso pela
declaração da jovem freira.
E não me esqueci mais deste acontecimento, pela sua importância
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
31
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
32
para mim. Evidentemente, naquele momento não entendi porque
seria tão importante assim.
Claro, ao ouvir a voz que saía da imagem me chamando, lembrei logo
da jovem freira e me tranqüilizei. Pensei, agora, segundo a resposta da
freirinha, eu estou sendo chamado pelo mundo espiritual.
Bem, estando ajoelhado recebi muitas orientações e conselhos que
não devem ser divulgados por serem pessoais.
Esta imagem, que se encontra na minha Igreja favorita passou a
ser o local onde sistematicamente me aconselho e converso com os
mensageiros de Cristo. Ou de Santo Antônio de Pádua? Evidentemente,
que não sei quem transmite as belas mensagens. Sei que adoro e me
trazem muita felicidade.
Sempre que posso ou viajo para São Paulo visito as três igrejas e
a minha imagem predileta, onde recebo orientações que atribuo aos
mensageiros de Santo Antônio. Sempre intercedendo por Cristo.
“Santo Antônio de Lisboa, meu padrinho espiritual.
Converso com sua imagem no Convento de São Francisco
de Assis em São Paulo.”
Com este fato descobri que meu padrinho espiritual é Santo
Antônio de Pádua e não São Francisco como eu imaginava. Assim,
pude desvendar o mistério que me acompanhava faz muito tempo, isto
é, havia comprado uma imagem do Santo de Lisboa muito maior que
a do próprio São Francisco, chefe da Ordem. Agora entendo o motivo.
Outros segredos se desvendaram após esta descoberta e a conversa
com a imagem ou mensageiros de meu padrinho, entre eles estão:
- Porque estava a mais de 20 anos freqüentando o CECV cujo mentor
espiritual é o Santo que viveu seus melhores momentos em Pádua.
- Porque me sentia tão bem no extinto Lar Antônio de Pádua,
orfanato de até 60 meninas gerido pelo CECV, que eu, com muita
honra, ajudava as meninas que ali viviam, seja levando-as junto com
minha família para o teatro ou para o circo. Quanta satisfação, no
ônibus que nos transportava até o evento ou mesmo durante o fato.
Eu era muito feliz.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
O encontro com o Lar Antonio de Pádua gerido
pelo CECV – Centro Espírita Caminheiros da
Verdade
A ida ao teatro infantil, cuja estrela era Julia, minha filha aos 14 ou
15 anos de idade (portanto, doze anos atrás)
A mais marcante destas saídas foi para ir ao teatro infantil assistir
a peça “A Bela e a Fera”, minha filha Julia Paula representava a “Bela”,
não podia ser outro personagem.
No fim do espetáculo Julia, vestida de Bela, veio ao encontro das
crianças, com o elenco, e conversou com elas demoradamente.
Após o contato das crianças com a minha filha Julia Paula no teatro
infantil, ou melhor, a “Bela”, toda vez que eu entrava no orfanato as
meninas corriam para mim e me perguntavam com muito carinho:
- Tio, onde está a Bela? Porque ela não veio? Passei a ser o Pai da
Bela. Não tinha mais nome. Quanto orgulho.
“Julia estava mais linda do que nunca vestida de ‘Bela’.
Quanto orgulho. Quanto prazer. Inesquecível.”
Promovia festas de aniversário ou oferecia presentes nas datas
marcantes, isto é, Dia das Crianças ou Natal. Quanto prazer em
cumprir esta etapa e, principalmente, pela ótima aceitação do fato
pelos meus filhos, na época eram muito jovens, principalmente, em
razão de nossa situação financeira, que não era tão boa.
Retornando a imagem do Santo:
Uma das coisas mais felizes da minha vida é ouvir aquela voz
acolhedora que vem da imagem de meu padrinho no Convento
Franciscano. As orientações são, normalmente, para me indicar
caminhos espirituais a seguir, o que não posso deixar de fazer ou
realmente tenho que realizar na doutrina, ou ainda, a caridade que
tenho que realizar. Com a graça a Deus a voz acolhedora tem me
acompanhado desde então. E mudou meu modo de viver.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
33
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Um dos principais conselhos, e que muito me marcou, aliás,
uma quase exigência, foi a de não desperdiçar meu dinheiro com
coisas fúteis. O que era muito comum. Após o aconselhamento me
transformei imediatamente e passei a usar melhor o que ganhava com
meu suor.
“O principal conselho que ouvi da imagem de Santo
Antônio de Pádua foi para deixar de usar o dinheiro que
ganho em futilidades.”
Minha esposa também me criticava muito por esta atitude e, ainda,
trabalhei este tema junto com minha psicóloga, após ouvir o conselho
na igreja. É claro que tenho algumas recaídas.
34
“Trabalho o uso indevido de dinheiro que ganho também
no tratamento psicológico que desenvolvo.”
Evidentemente, hoje estou muito mais seguro com o dinheiro que
ganho com meu suor, assim, como Pai Francisco gostava de citar.
“Salve Santo Antônio de Pádua meu padrinho espiritual e
protetor. Salve o pão dos pobres.”
“Salve São Francisco de Assis e sua Santa Pobreza.”
Lamento não poder acompanhá-lo integralmente no gosto pela
pobreza. Porém, como Ele pregava tenho muito receio de perder o
pouco patrimônio que amealhei encarnado. E o risco que isto me traz.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
5º relato
Lançar O Primeiro Livro sobre Engenharia de
Custos
Era o ano de 1996. A vida profissional estava difícil. A engenharia
estava em baixa.
Recebi uma mensagem através de um guia de outro médium – uma
preta velha - conhecida por Vovó Rita - para escrever um livro que
entendi ser sobre a Engenharia de Custos, minha atividade profissional.
“Vovó Rita, preta velha na Umbanda, me aconselhou a
escrever um livro.”
Agradeço por já existir a microinformática e os microcomputadores
que me facilitaram bastante ao escrever.
Porém, após estar com o mesmo praticamente pronto, escrevendo
simultaneamente a minha vida profissional, o lado material pesou
mais e interrompi o encerramento do mesmo, claro para trabalhar e
ganhar dinheiro e arcar com meus compromissos financeiros.
“Este livro foi escrito a quatro mãos com a espiritualidade.
Meu pai Carlos de Oliveira Dias certamente participou de
onde esteja no mundo espiritual.”
“Herdei de meu pai Coronel Carlos de Oliveira Dias,
professor do Colégio Militar do Rio de Janeiro, a arte de
lecionar e escrever.”
Meus protetores conhecendo a importância para minha vida
profissional deste livro e a minha recusa inconsciente em retornar a
ele, por razões que não sei explicar, me aplicaram um corretivo.
Isto é, fui demitido da empresa onde trabalhava e não conseguia
me recolocar. Entretanto, neste instante, senti um forte estímulo em
retornar ao livro.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
35
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Foi um período difícil no matrimônio, pois, além de não estar
trabalhando, o que dificultava o pagamento dos compromissos,
minha esposa e eu também, não entendíamos naquele momento o
que acontecia e não vislumbrávamos aquela situação como preparação
para o futuro promissor.
Ela começou a reclamar de minha falta de estímulo em procurar
emprego e sustentar a família, utilizando até adjetivos desnecessários.
Ficou preocupada com nossa situação financeira e comigo pela
ausência de motivação. Não sabíamos que era a força divina operando
em minha vida para que, principalmente, cumprisse minha missão na
terra. E ainda, melhorasse minha vida profissional e financeira.
“O livro mudaria minha vida profissional. O mundo
espiritual sabia. E me avisou antecipadamente.”
36
Tal situação só, efetivamente, melhorou quando terminei de
escrever o livro e consegui um emprego que garantisse nosso sustento.
E evidentemente, começassem a aparecer os frutos do livro lançado.
Passamos por momentos muito difíceis, porém que permitiriam
agora uma situação profissional mais confortável e menos vulnerável,
inclusive, me conduzindo a Diretoria do IBEC – Instituto Brasileiro de
Engenharia de Custos em 1997.
Descumprir um compromisso firmado na eternidade para mim
pode virar temporariamente um pesadelo, isto é, se não retornar a
minha linha da vida, pago caro. E nesta existência, como já relatado.
Temos que cumprir a missão a que nos comprometemos com nosso
grupo espiritual no mundo superior, em nossa existência na terra.
O mundo espiritual recebe o reflexo do que fazemos aqui na terra,
se acertamos, ajudamos alguém e se erramos, prejudicamos outros.
“É o ciclo da evolução espiritual de uma alma. Encarnações
na Terra e vidas no plano superior, sucessivamente. Até
nossa perfeição espiritual.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
NOSSA ALMA É IMORTAL
“Ela será depurada durante nossas encarnações até a
purificação integral.
Então, teremos o sossego espiritual.”
37
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Minha Saudação ou Oração
Franciscana Para Todos os Amigos
Faço uma pausa no livro para saudar a todos com a deliciosa
saudação franciscana.
Oração com que nosso pai São Francisco de Assis saudava a todos
os irmãos. Linda. Garante a eternidade de nossa Fé e, principalmente,
muita Paz e Amor.
38
“O Senhor te abençoe e te guarde
Te mostre a Vossa face e se compadeça de ti
Volva para ti o Seu rosto
E te dê a Paz
O Senhor te Abençoe
Amém
Paz e Bem”
Saudação de São Francisco de Assis
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
O Santo Protetor. Nosso Intercessor
Perante Nosso Pai Eterno.
Pedir a Deus que nos dê aquilo que almejamos nessa vida é normal
e bem acolhido pela espiritualidade, ou ainda, solicitar saúde, paz e
harmonia familiar. Ou seja, tudo o que nos for necessário nesta vida,
mesmo sendo bens materiais ou patrimoniais.
O melhor caminho para obtermos o que pedimos é a prece e,
preferencialmente, cumprir o ritual apresentado a seguir.
Ritual para Solicitação de um Benefício
Temos que estar com a mente e o coração limpos, em paz e alegres,
voltados em Cristo:
Inicialmente fazer uma meditação ou silêncio para reflexão é muito
bom. O tempo pode ser de 2 minutos ou mais.
- Primeiro precisamos agradecer ao Pai por tudo que nos aconteceu
ou conquistamos até aquele momento, com fervor;
- Em seguida fazemos a oração de nossa preferência ou que
desejamos e, se oportuno, pedimos a intercessão de nosso santo
predileto. Podemos realizar a própria oração de nosso Santo ou
utilizamos nossas próprias palavras e;
- Finalmente fazer nossos pedidos. Quaisquer que sejam. Apenas
devem ser dignos. Sem contrariar os mandamentos divinos. A fé neste
momento ajuda muito a obtenção da graça solicitada.
Desta forma, se formos merecedores e reconhecidos pelo Pai, sem
dúvida, receberemos a graça solicitada. O tempo de resposta depende
de nosso merecimento.
É importantíssimo que saibamos pedir e que caso não sejamos
atendidos tenhamos resignação, pois o que é nosso jamais nos será
tirado. Evidentemente, que poderemos perder caso nossa conduta
esteja totalmente em desacordo com os mandamentos superiores ou a
linha de vida por nós traçada no espaço.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
39
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Assim, sempre que formos fazer o pedido temos que estar conectados
com o mundo superior, com o sorriso no rosto, o coração resignado e
mente em paz.
Se pudermos devemos interceder ao nosso santo padrinho ou santa
madrinha, cada um tem seu predileto ou temos a escolha realizada em
algum momento da vida de nossa alma, mesmo no mundo superior,
desencarnado.
Meus guias espirituais, sempre que possível, me informam
o padrinho de meus amigos para que estes possam mais fácil e
rapidamente atingir o Pai. Muitas vezes eu mesmo faço pedidos
benéficos em nome destes, com autorização ou não.
A seguir cito os padrinhos ou madrinhas de familiares próximos a
mim, indicados por meu guia:
40
Padrinhos e Madrinhas de meus familiares próximos:
Meu » Santo Antônio de Pádua e Nossa Senhora das Graças
Minhas filhas Andreia Maria e Julia Paula » Santa Terezinha das
Rosas do Menino Jesus
Meu filho Pedro Paulo » São Benedito
Minha Esposa Elizabeth » Nossa Senhora das Graças
Meu neto João Paulo » Nossa Senhora das Graças
Caro amigo procure o seu padrinho, é importante. Nas horas
amargas lhe aliviará o sofrimento.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Linda, como minhas filhas.
41
Santa Teresinha
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
6º Relato
O Enorme Medo de Frequentar Hospitais
É muito difícil entender como eu tinha um enorme medo de entrar
em um hospital. Até este ano de 2011 persistia este fenômeno. E fazer
uma cirurgia, nem pensar.
O medo era tanto que não consegui dormi dois dias seguidos na
maternidade após o nascimento de cada um dos meus filhos, é difícil
renunciar a esta linda situação. E que momentos felizes são estes. Era
muito triste eu não permanecer próximo da família neste momento.
42
“Sempre tive muito medo de freqüentar hospitais. Mesmo
eu não sendo o paciente.”
Passei por algumas e pouquíssimas situações difíceis em hospitais,
o medo já existia, entre elas, posso citar:
1º caso: - ainda jovem, fui ao Hospital da Ordem 3ª da Penitência
para fazer uma “abreugrafia”, lembram deste exame, e ao entrar na
sala do exame, o atendente, me informou que precisaria sair por um
minuto.
Fiquei tonto e com tanto medo que me coloquei atrás da porta
pesada, como sempre de hospital, e a deixei um pouco aberta para que
pudesse olhar para o corredor.
Eu me distraí, e ao retornar o atendente empurrou a porta que bateu
no meu rosto com força e me machucou e;
2º caso: - mais uma vez ainda jovem, fui visitar um primo muito
amigo, Ademar, que havia realizado uma cirurgia. Ele estava internado
no Hospital Miguel Couto, na Gávea – Rio de Janeiro. Fiquei tão
impressionado com o que vi que não dormi por alguns dias, devido às
visões que tinha durante a noite das cenas do hospital, ou seja, doentes
deitados nas camas com o semblante pesado.
São mínimas as ocorrências até porque também foram poucas as
vezes que estive em um hospital, exatamente devido ao medo.
Outro fato foi quando estava no último ano da Escola de Engenharia
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
e na véspera de uma importante prova tive um cálculo renal e necessitei
passar um dia internado no Hospital de São Francisco. Sempre o
mesmo. O cálculo renal me acomete sempre em razão de estresse.
Não tenho muita lembrança sobre este dia, porém, também não
tenho uma memória ruim deste fato.
Qualquer que fosse o exame médico, mesmo em clínicas
especializadas ou consultórios, era um inferno para mim. Fiz muito
poucos exames.
Não sabia explicar o motivo de tanto medo.
“Mais uma vez recorri também a ajuda psicológica.”
43
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
7º Relato
A Visão de uma Cirurgia mais ou menos 40 a 50
Anos Antes do Fato Ocorrer
Sem saber precisar a data ou minha idade à época, porém sei que era
bem jovem, talvez nem a universidade tivesse iniciado, tive uma visão,
que resumidamente foi à seguinte.
A visão:
44
Vi uma cena de uma cirurgia de abertura de crânio sendo realizada
no Hospital da Venerável Ordem Terceira da Penitência de São
Francisco de Assis, no bairro da Tijuca no Rio de Janeiro”. Cena esta
em três dimensões.
A visão foi bastante nítida, parecendo verdadeira. Só não acreditei
que eu era o paciente.
Não me dei conta do significado daquela visão. Imagens claras
como ver um filme no cinema. Conscientemente, não percebi que era
eu naquela cirurgia.
Ressalto que meu avô Antônio Lage Dias, esposo da vovó Maria,
irmão daquela Ordem, comprava e presenteava a cada neto ao nascer
com um título da Ordem para que pudesse utilizar os serviços médicos.
Naquela época qualquer tratamento, inclusive cirúrgico, era gratuito
para quem possuía este título. Também recebi o meu título.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Fotos de 1967
Vovô, vovó, eu e meus irmãos.
Mamãe-Lelete e minha irmã,
Ângela Maria.
Com as sucessivas crises econômicas estas instituições, espalhadas
pelo Brasil, passaram a não ser mais gratuitas. Um absurdo para os
tempos atuais serem gratuitos o tratamento médico e cirúrgico.
No fim de 2010, não tenho certeza do motivo, precisei contratar um
plano de saúde novo para mim, esposa e um filho.
Como sempre ocorre, minha esposa escolheu a empresa e o tipo e
veio me consultar, aceitei a seleção dela, porém, eu lhe disse: “eu não
farei o plano de saúde para mim, se precisar vou utilizar a Ordem
Terceira”.
Ressalto que mais ou menos cinco anos antes fui informado por
minha sogra e uma tia que deveria revalidar a carteira desta Ordem
Terceira. Certamente, por mim não tomaria conhecimento deste
fato ou não faria a troca. Porém, minha sogra tendo que trocar a sua
carteira e fez a substituição da minha. Uma boa coincidência.
Não contratei plano médico para mim e comentei com a minha
esposa: - “Se necessário quero ir para o Hospital de São Francisco”.
Evidentemente, mais uma vez, não sei o motivo de tomar tal decisão,
muito repentina e sem análise da minha parte. Pode ser que tenham
tomado por mim. Esta alternativa é mais provável. Também, sabia que
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
45
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
o atendimento não era mais gratuito.
É bom ressaltar que desde a minha mudança de endereço para a
cidade de Niterói, à aproximadamente 15 anos, não freqüentei e minha
família também, nenhum médico ou outro serviço na Cidade do Rio
de Janeiro, somente na cidade que residimos agora.
Assim, foi contratado o plano de saúde para esposa e filho. Eu fiquei
sem o plano, também, jamais usara os planos anteriores não fosse para
consulta ou pequenos exames. Representava muito risco? Claro que
sim. Não sei o porque de minha atitude.
A queda que originou a necessidade da minha cirurgia de crânio:
46
No dia 24 de maio de 2011, estando dormindo em um hotel em
Fortaleza, acordei à noite, com cãibras, o que era freqüente, porém,
nesta data ao pular da cama pela dor que sentia, caí em cima de um
móvel baixo com rodas, que se localizava ao lado da cama. Ao me
apoiar nesta cômoda, o mesmo se deslocou, e eu fui projetado sobre
ela e bati com a testa em sua quina e abriu-se uma ferida pequena
sobre o supercílio, não doeu e sangrou muito pouco, principalmente,
em relação ao que os médicos constatam em situações semelhantes.
Uma vez que não me causou mais dor ou incômodo, fingi que
nada havia acontecido. Apesar de ter sido aconselhado a fazer uma
tomografia.
Poucos dias depois da queda meu olho ferido ficou roxo. Era sangue,
provocado pela queda.
Pouco mais de um mês depois desta queda passei a apresentar alguns sinais
estranhos, eu não percebia estes sinais ou os ignorava. Estes sinais eram, entre
outros, que os amigos próximos comentaram sobre os mesmos comigo.
- Falava palavras e frases sem nenhum sentido ou pura bobagem;
- Nas aulas, além de outras situações desagradáveis, por total
esquecimento tentava realizar os exercícios anteriormente resolvidos
ou repetir matérias já ministradas;
- O controle motor, inclusive o andar, não era normal.
Os amigos mais próximos procuravam minha família para comentar
meu estado, porém, ninguém sabia como agir.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Depois da cirurgia soube que estava apresentando problemas
neurológicos.
No final de julho, o último momento de vida que percebi antes
de minha cirurgia, estando em minha residência, no meu quarto e
deitado na minha cama, situado no andar de cima da casa, levanteime e fui ao corredor onde tem um garrafão de água e empunhando
um copo de vidro, peguei a água.
Lembro-me após estar com o copo cheio de água que, sem saber
se é o fato real, sofri uma queda muito estranha. Não sei explicar o
que aconteceu nem como foi. Tenho noção do ocorrido, porém estou
confuso em relação à cena e se é verdadeira. Portanto, não relatarei.
Depois ouvi alguns desdobramentos desta situação pelos familiares e
amigos.
Nada percebi ou vi nos dois dias após a queda em minha casa e que
antecederam a cirurgia, pois estava, penso eu, desacordado, porém,
soube da presença ao meu lado de inúmeros amigos, que posteriormente
ao tomar conhecimento me encheu o coração de alegria e a minha
alma de uma vaidade indescritível pelas demonstrações de carinho e
amizade.
Fui de ambulância para o hospital, porém, não tenho lembrança
deste fato. Imaginei que havia entrado no hospital com o Edson, e
na oportunidade entramos na UTI, que conheci depois da cirurgia.
Logo após acordar da cirurgia, penso ter reclamado com ele por ter
me levado para o hospital para ser operado, sem meu conhecimento.
Aí constatei aquele ditado: “Notícia ruim aparece rápido”, ou seja,
todos os amigos souberam imediatamente o que se sucedera comigo e
vieram me confortar neste momento difícil.
Agradeço a todos os amigos que acorreram a mim neste momento.
Estes são os verdadeiros amigos.
Recobrei os sentidos no terceiro dia, isto é, após a cirurgia em que
retirei 160 ml de sangue do crânio. Talvez, provocado pelo rompimento
de pequena artéria. Foi preciso abrir a cabeça em dois locais, um de
cada lado do crânio.
“Retirei 160 ml de sangue do crânio.”
Acordei em perfeitas condições físicas e mentais. A intervenção foi
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
47
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
48
um sucesso.
Impressionante, a meu ver, e agradeço a Deus por isto, que entrei
no hospital desacordado e passei dois dias nesta condição. Portanto,
nada percebi. No terceiro dia acordei no CTI e meu estado físico e
mental parecia que não havia ocorrido nada, nenhuma cirurgia e,
principalmente do porte e risco que fiz. Só me incomodou o paciente
que estava ao meu lado e gemia 100% do tempo. Estes gemidos me
atrapalhavam demais. Reclamei muito. Fui transferido para o quarto
no mesmo dia. O tempo daí em diante ao lado da filha Julia foi
maravilhoso. Graças a Deus.
Fisicamente, nos momentos posteriores a cirurgia e o acordar é
inacreditável, pois, rigorosamente nada senti. É como se não tivesse
realizado a operação de abrir o crânio em dois pontos e retirar os 160
ml de sangue. Somente o fato de estar no hospital me causou algum
incômodo. Obrigado Pai Eterno.
Os dias desacordados no Hospital de São Francisco de Assis:
Foram dois dias desacordados, se me lembro de alguma coisa
material, não sei se estarei falando a realidade dos fatos. E também
não tem nenhum interesse relatar. Não tenho lembrança de nada.
Impressionante foi o que me sucedeu nestes dois dias de
desfalecimento. E estando no Hospital de São Francisco de Assis.
Vamos aos fatos:
Sonhei, ou não sei o que ocorreu, com longas conversas animadas
com Santo Antônio de Pádua e São Francisco de Assis. Aliás, as faces
eram realmente dos dois amados Pais, porém, evidentemente eram
seus mensageiros. Pouco importa quem era. Vale a memória dos fatos.
Quantos conselhos materiais e outras tantas informações espirituais
recebi, presenciei e vivi. Eu me senti no mundo superior. Será que viajei
até lá? Onde estive nesta viagem? Não sei. Pouco importa. Quantos
ensinamentos. Visitei o paraíso. Novamente mudou minha existência.
Mudou para melhor minha vida. Indescritível.
Foram visões que jamais esquecerei, tal sua autenticidade,
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
momentos emocionantes, felizes e adoráveis, porém, eu estava
desacordado. Sempre envolvendo os Santos ou minha família e
paisagens e naturezas maravilhosas.
“Aproveito estas memórias para solicitar a meu Divino Pai,
através de oração, como deve ser, que me conceda no fim
da vida mais estes dois dias de minha existência subtraídos
pela enfermidade. Isto pouco importa. Lógico que é uma
brincadeira. Talvez de mau gosto.”
Esta cirurgia mudou meu jeito de ser, viver e o rumo da minha
vida. Estou muito melhor hoje, inclusive, com mais satisfação de viver.
Muito mais confiante e feliz.
Se eu tenho medo da morte? Agora não, depois do que conheci sobre
o meu retorno ao plano superior.
Entretanto, não quero morrer tão cedo, pois estou muitíssimo bem
na Terra. Ainda, com muitos projetos e ambições.
Apesar do meu medo de hospital, nesta cirurgia como estava
desacordado ao dar entrada no hospital, somente após a intervenção
cirúrgica é que presenciei os fatos no hospital. Com medo, ainda,
porém, sem pânico. Graças a Deus.
Será que aquela visão desta cirurgia e o local, bem como, a
própria cirurgia estão conectadas uma com a outra? Mais uma
mera coincidência? As duas coisas são uma só. O mundo espiritual é
fantástico.
Por não ter plano de saúde minha esposa me levou ao Hospital
de São Francisco, aliás, conforme meu desejo expressado à época da
contratação do plano de saúde dela. Na maior parte da minha vida
não teria recurso financeiro para pagar esta intervenção cirúrgica.
Coincidência?
A visão referia-se a mim, daí aquele medo horrível que sentia de
hospital. Isto é, inconscientemente eu sabia que estava na visão. Estou
procurando controlar este medo, inclusive com ajuda de terapia.
A cirurgia foi uma necessidade espiritual. Através dela fui alçado
ao mundo espiritual para avaliar a linha mestra de minha existência,
presenciar o paraíso e também, para alterar meu estilo de vida em
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
49
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
determinadas situações, que trouxe no meu destino, que eu tracei ou
aceitei, e não estava cumprindo adequadamente.
Bem, qual a necessidade da cirurgia em se tratando seu cunho
espiritual? Não sei responder, a não ser o que anteriormente mencionei,
porém, assim o quebra cabeça se encaixa: a visão do fato, sempre o
mesmo hospital, de São Francisco, inexplicavelmente sem plano de
saúde e tendo dinheiro para pagar a cirurgia. Uma paralisação para
acerto do rumo da vida.
A questão então é: “A cirurgia foi em um contexto espiritual?” Eu
diria que sim, integralmente.
A cirurgia. A espiritualidade.
50
“A minha cirurgia foi uma iniciativa da espiritualidade.
Os dois dias em que estive no Hospital de São Francisco
desacordado, conforme a visão anterior, me encontrei
com Deus e meus Santos prediletos. Ou melhor, estive
com seus mensageiros. Conheci o paraíso através de
lindas imagens.
E esta cirurgia fora avisada com bastante antecedência
pelo mundo superior.”
Entretanto, cabe ressaltar, que a cirurgia foi do ponto de vista da
medicina realizada por médicos dentro dos conceitos humanos e com
os riscos normalmente existentes.
“A cirurgia foi realizada sob o aspecto da medicina. Da
ciência. Do sistema capitalista, isto é, vai para hospital
particular quem pode e, então, recebe tratamento
especial.”
Não aceito mais, simplesmente por medo, me afastar de minha
família em momentos de dor e não poder ampará-los nestas ocasiões,
principalmente nas internações hospitalares.
Ocorreu necessidade recente, após a cirurgia, de estar neste
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
ambiente de medo para mim e eu me saí muito bem. Resisti. Vamos
ver futuramente.
“Incrível, eu fiz uma cirurgia de abrir crânio e não senti sequer
a sensação de ter recebido uma simples injeção. Mesmo
após recobrar os sentidos não sei qual é o efeito no ser
humano de ter sido submetido a uma anestesia geral.”
Quero acompanhar meus familiares quando hospitalizados ou
doentes, assim como eles fizeram comigo. Em razão de minha esposa
estar andando em cadeira de rodas, por ter quebrado o tornozelo no
dia seguinte a minha queda no hotel em Fortaleza, fui muitíssimo
bem assistido pela minha filha Julia. Obrigado minha filha eu te amo.
“Quero acompanhar meus familiares nos seus momentos
difíceis. O medo atrapalhava.”
“Minha filha Julia Paula me acompanhou durante todo o
período que estive internado.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
51
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Prefácio que escrevi para o meu 3º
Livro sobre Engenharia de Custos
(Recoloco aqui por adorá-lo. Escrito em quatro mãos com a espiritualidade.)
52
“À Maria,
Gostaria neste momento em nome de Maria, que me faz lembrar
Nossa Senhora da Conceição, homenagear todas as mulheres que
foram muito importantes na minha vida.
Não posso deixar de citar dois homens que marcaram muito minha
existência: meu falecido pai Carlos de Oliveira Dias, pelo exemplo
que foi em vida inspira meus passos, tanto ao escrever quanto na
honestidade, e meu amado filho Pedro Paulo, quanta falta me fazem
as brincadeiras e o convívio tão comuns entre nós na sua infância.
Porém, as Marias nos dão à vida e nos fazem viver.
Começando pelas minhas avós Marias que deixaram muitas
saudades e grandes ensinamentos de vida. Foram verdadeiras mães
para mim. Salve Santa Maria Mãe de Deus.
Minha mãe Lelete, quanta luta para me educar e criar até os dias de
hoje. Não é Maria mais é Santa Mãe, é o próprio Imaculado Coração
de Maria. Deus te abençoe e te dê vida longa sempre ao meu lado.
Minha esposa Elizabeth, fonte de amor e inspiração eterna. Quando
a disposição me falta só ela conhece a chave para me erguer, assim
como faz Nossa Senhora das Graças.
E minhas lindas e maravilhosas filhas Andreia Maria e Julia Paula,
sem o convívio com elas meu mundo não teria sentido algum. Tenho
sempre comigo seus retratos, para alegria e proteção, assim como a
medalha de Santa Terezinha das Rosas do Menino Jesus.
Não posso deixar de citar minhas queridas tias Emilia, em memória,
e Narcisa, duas santas protetoras, com a pureza de Nossa Senhora da
Rosa Mística.
Minha vida só tem razão de ser em função das minhas Marias,
obrigado Nossa Senhora de Fátima por tê-las colocado na minha vida.
Marias, amo todas vocês, com a mesma devoção que tenho por
Nossa Senhora Aparecida.”
Paulo Roberto Vilela Dias (12-01-2007)
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
8º Relato
o Primeiro Filho Teria Que Ser do Sexo Feminino
Dias após me casar recebi a mensagem, de um preto velho, que
meu primeiro, ou melhor, minha primeira filha teria que ser do sexo
feminino.
“Pai Joaquim me informou que o meu primeiro filho teria
que ser do sexo feminino.”
Em certo momento, sendo pai pela primeira vez, quando, em torno
dos oito meses de gravidez soube que o feto havia falecido no útero.
Para minha surpresa quando se deu o parto, nasceu (?) um menino. O
que contrariaria meu destino, conforme me avisara o guia.
“O parto mostrou que o feto (?) que nascera morto era
masculino. Não era a previsão divina, não se consumou.”
Alguns anos depois a nova gravidez chegou e naquela época era
um pouco difícil conhecer o sexo do feto no útero da mãe. Assim, não
fiquei conhecendo o seu sexo. Também não queria.
E como previsto, esta gravidez gerou e nasceu uma mulher. De
acordo com a mensagem recebida. Beijos Andreia Maria.
Mensagem cumprida.
Meu neto João Paulo (Foto de 2011)
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
53
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
O Guia Informa Missão de Cura
Meu guia, Pai Benedito das Almas, um preto velho, me informou
que através dele eu teria missão de cura. Na grande maioria das vezes
o consulente é pessoa que tem dificuldade de acesso a medicina.
Dependendo de nossa informação e ajuda.
“Em 2007 fui informado por Pai Benedito da minha
missão de cura de obsediados.”
54
Na verdade, temos que entender o termo “cura” como sendo a
detecção de alguma anormalidade na saúde ou alma da pessoa
atendida e o encaminhamento dela para sua solução de seu caso.
Eventualmente, caso seja uma chaga espiritual a cura pode ser obtida
ou amenizada.
O guia me informa quando devo invocar o médico do espaço “Dr.
Bezerra de Menezes” para que este junto com sua falange oriente
na condução de cada caso. E encaminhe a pessoa atendida para
tratamento, se for possível. Jamais afastamos as pessoas de consultar
os médicos da terra.
“O CECV realiza cirurgias espirituais na Fonte de Siloé.”
O encaminhamento desta cura passa por encontrarmos condições,
e é o que estamos buscando, obter êxito em criarmos, se possível, nos
Caminheiros um centro de ajuda aos que nos procuram sem condições
de terem seus casos resolvidos pelo sistema público de saúde, o que
realmente deveria ocorrer.
Esta é uma engenharia financeira e médica extremamente difícil,
estamos em processo de organizar e abrir este centro de ajuda médica
para quem realmente necessita. Principalmente, adotar a ciência
humana para portadores de doenças mentais com apoio espiritual. Se
Deus permitir. Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
9º Relato
Inventar Algo quanto ao Trabalho na Vida
Profissional
Um guia – preto velho – denominado de Pai Joaquim, que trabalha
com minha mãe espiritual, me informou que eu inventaria uma
ferramenta que me faria ganhar projeção e, quem sabe, dinheiro na
minha profissão de engenheiro civil.
Interessante afirmar que recebo a mensagem, a mesma deve ficar
armazenada em algum lugar do meu cérebro, e posteriormente,
somente ao se concretizar o seu conteúdo, me chama atenção para a
conquista e acerto da mensagem.
“A Engenharia de Custos. O livro. Uma invenção. Ou
equivalente.”
Penso que tal profecia se deu quando um grupo de interessados,
e eu, nos unimos e resgatamos o IBEC – Instituto Brasileiro de
Engenharia de Custos, em 1997. Que eu e outros cem profissionais
havíamos criado em 1978.
Eu me dei conta deste fato, a invenção, ao encontrar no aeroporto
do Galeão, ao chegar de viagem, um amigo e ex Ministro de Estado, e
ao convidá-lo para a festa de aniversário do Instituto, ele respondeu:
“aquilo que você inventou”.
“Um amigo comentou: ‘Aquela coisa que você inventou’.”
Não inventei nada, apenas este grupo de interessados resgatou o
Instituto que estava paralisado havia muitos anos. E desde 1999 venho
sendo reeleito seu presidente.
Porém, considerei que este fato representava aquela mensagem do
guia espiritual pela similaridade dos fatos.
Mensagem concretizada.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
55
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
10º Relato
Seguir o Destino Supremo ou Usar do Meu Livre
Arbítrio
56
Segundo meu destino original, decidido ainda no mundo espiritual,
nesta existência minha missão seria ser um oficial do Exército. Assim,
cursei o Colégio Militar do Rio de Janeiro. Sabia ou tinha a percepção
que deveria ser assim.
Morava no bairro da Tijuca próximo ao Colégio Militar.
Meu querido pai que lecionava naquele colégio não queria que eu
fosse estudar lá. Sei o motivo, não vale à pena relatar. Só passei no
exame de admissão para o Colégio Militar e em 4º lugar. Não passei
para o Colégio São José, onde meu pai gostaria que eu estudasse nem
para colégio estadual. Repito, passei em 4º lugar para o Colégio Militar.
Como explicar?
Porém, ao entrar para o 1º científico, nomenclatura da época, e
inconscientemente, tomei a decisão de não ir para a Academia Militar,
que me elevaria à condição de oficial, de acordo como previsto em
minha trajetória.
“Meu destino original. Ser militar.”
Paulo, com uniforme do Colégio Militar (Foto 1965)
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Devo salientar que meu pai era oficial do Exército e meu avô materno
também. Eu me recordo, quando menino, ao passar na Avenida
Presidente Vargas (meu avô paterno tinha um comércio em um prédio
desta avenida) e avistar aqueles prédios enormes para a época com
pessoas trabalhando dentro, me perguntava: “O que essas pessoas
fazem aí? Como elas podem viver deste modo?” e muita desconfiança
me trazia.
Só reconhecia o trabalho realizado nos quartéis. Era meu destino
original.
Decidindo pela vida militar, teria uma existência tranqüila e
disciplinada. Sem muitas emoções fortes, uma vida pacata. Assim
como fora a do meu Pai como oficial do Exército.
Não tinha esta noção na época nem lembro o motivo daquela
decisão de contrariar meu destino. Entretanto, a vida civil, me traria
coisas muito boas e momentos de grandes intranqüilidades. Isto não
ocorreria através da escolha da carreira militar. Teria vida civil com
muitos sobressaltos.
Inconscientemente, a principal diferença se seguisse meu destino
original seria renunciar a mulher que eu perseguia desde outras
encarnações e quem sabe, ainda, no plano superior. Talvez este
tenha sido o motivo de aceitar esta nova encarnação na terra. Assim,
configura-se um forte apego.
Utilizar o livre arbítrio:
Senão vejamos:
- Nasci nesta encarnação três meses antes que ela, portanto em
idade de nos casarmos, ou coisa parecida;
- Nós estudamos na Universidade Federal do Rio de Janeiro na
mesma época, em cursos diferentes, porém, com algumas matérias
nas mesmas turmas.
Não reconheço nenhum contato com ela neste período de minha
vida, ou seja, na universidade.
Aos quase trinta anos de idade, em 1980, nós fomos nos encontrar
em nossa última oportunidade, trabalhávamos na mesma empresa e
no mesmo setor, a despeito de eu ter me infiltrado na área em que ela
estava sem motivo aparente, pois, minha atividade profissional não
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
57
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
tinha nada a ver com o assunto deste departamento. Coincidência?
Obsessão pelo encontro?
Ressalto que poucos meses antes deste fato relatado ocorrer, eu
havia recebido uma ótima oferta para ser promovido de professor
a Diretor da Escola de Engenharia onde lecionara nos últimos dez
anos, simultaneamente com a atividade profissional. Entretanto, um
guia – preto velho – Pai Joaquim, me convenceu de não sair desta
empresa, alegando que me meu ciclo de vida ainda não se encerrará lá.
Desconhecia o motivo desta decisão.
58
Minha família. Foto do ano de 2002.
Minha cara metade:
Encontrei-a e também, a felicidade plena. Não sei se precisarei de
outras encarnações para me livrar deste vício, ou nos livrarmos.
O espírita entende que “amor em excesso é prejudicial, é vício,
devemos nos desfazer desse tipo de apego antes de partir”. Ou a
busca poderá continuar pela eternidade, prejudicando nossas almas.
Exigindo novas encarnações na Terra para solucionar o defeito
material.
Persistindo o apego vira a perseguição que citei. Um apego muito
forte que enfraquece o espírito, bom na Terra e ruim no mundo
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
superior.
“Ao se apegar a algo, você será por ele tolhido.
Se você se apegar ao dinheiro, vai se tornar escravo dele e
terá medo de perdê-lo. Se tiver apego pelo corpo carnal, você
se transformará em escravo dele e receará perdê-lo. Medos
e receios surgem quando se tem apego a algo. O meio de
conquistar a liberdade consiste em eliminar o apego.”
Do livro A Verdade, Vol. 8 – Masaharu Taniguchi – Seicho-No-Ie
A parte que cabe a Beth neste relato devemos esclarecer diretamente
com ela. Ela não é umbandista, simplesmente aceita minha decisão.
Ao longo desta convivência matrimonial venho sendo orientado
pela espiritualidade para tentar me desapegar desta situação, isto é
apego ao corpo carnal. É oportuno lembrar que pode não ter nada a
ver com sexo. Ou tem? É corpo espiritual, físico ou material? Sei que
é amor. É vida.
Até certo ponto tenho sido feliz em cumprir com sucesso as
orientações divinas. Quanto ao desapego em si, é mais difícil falar em
êxito.
Até aqui missão cumprida.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
59
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
11º Relato
Sair do Corpo ao Dormir. Viagens Espirituais.
60
Em nossa encarnação na terra, para um médium pelo menos, sair
do corpo e realizar viagens espaciais durante a noite de sono é comum.
E nós sabemos reconhecer quando este fato ocorre.
Nunca é uma noite tranqüila, geralmente esta situação no meu
caso acompanha um enorme pesadelo, porém, é necessário. Nós
reconhecemos e aceitamos. Acordo ao retornar ao corpo sempre muito
assustado e cansado fisicamente.
Segundo leio, ao sair do corpo físico ficamos presos a ele por um fio
que pode se romper. Este é o risco. Estamos sujeitos a tantos riscos, este
é só mais um. E controlado pelo Pai e os espíritos que nos amparam
nesta hora de trabalho.
Esta situação já me aconteceu inúmeras vezes. Eu sempre reconheço
a ocorrência deste fato.
Acordo sem ter noção do que se passou durante o sono e a viagem.
Serve como progresso espiritual. Vamos ajudar alguém ou fazer
um trabalho.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
12º Relato
Ajuda na Passagem de Entes Próximos e Queridos
Um dos motivos de nossa saída do corpo é ajudar algum ser humano
que fez a passagem e necessita de nossa ajuda. Geralmente, é alguém
próximo de nós.
Que eu tenha sido avisado, depois da ocorrência do fato, ajudei
na passagem de dois entes queridos. O intuito é evitar que o espírito
assustado com o novo corpo cometa alguma falha. Ajudamos a
alma esclarecendo a nova vida (ou simplesmente continuação) e a
encaminhando aos seres superiores preparada.
Muitas almas não aceitam facilmente a morte. Por desconhecimento
das regras ou apego as coisas materiais.
“Minha alma necessita da mediunidade nesta encarnação
para progredir.”
Não vou citar as pessoas, uma vez que não quero expor uma
condição ruim com seus cônjuges ou filhos. Se eventualmente não
acreditam neste fenômeno.
É minha missão enquanto médium. Eu escolhi ser médium, ainda
no mundo espiritual.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
61
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
13º Relato
A Promessa Para Nossa Senhora Aparecida
62
Fiz uma promessa para Nossa Senhora Aparecida para que meu
irmão Carlos Eduardo, deixasse de beber álcool. Era mais ou menos o
ano de 1995.
Eu havia parado de beber e estava muito difícil a convivência com
meu irmão, pois, era irritante demais a conduta dele enquanto bêbado.
Aliás, desde jovem este fato já ocorria nesta ocasião. Era muito difícil
para mim a situação. Não suportava a convivência.
Assim, me prometi que somente voltaria a manter contato ou falar
com ele caso deixasse de beber. Porém, resolvi dar uma ajuda a ele
fazendo uma promessa a Nossa Senhora Aparecida.
Desta forma, fazia constantemente oração ao pé de uma imagem da
Padroeira do Brasil e prometia que se ele parasse de beber eu entregaria
a Santa ao meu irmão. Não previ o que ele faria com a imagem.
Ajuda dos AA – Alcoólicos Anônimos:
Após alguns poucos anos, quando meu irmão parou de beber,
tendo inclusive freqüentado os Alcoólicos Anônimos, voltei a me
entender com ele e, então, eu ficara com a obrigação de lhe entregar a
imagem. Porém, estava constrangido em lhe dizer sobre a promessa e
a necessidade de lhe dar a imagem da Santa.
Providencialmente, ao passar em frente a uma loja que vendia
imagens sacras, meu irmão Carlos me confidenciou: - “A minha
mulher fez uma promessa para que eu parasse de beber. Agora tenho
que entregar uma imagem de Nossa Senhora Aparecida na igreja tal
(não me lembro qual)”.
Pronto, era a oportunidade que eu precisava, então
imediatamente informei a ele: - “ótimo, tenho uma imagem
de Nossa Senhora Aparecida para lhe dar, assim você paga sua
promessa com a minha Santa”. Entreguei a imagem. Não sei lhe
informei sobre a minha promessa. Não sei o que houve com a
imagem, minha missão estava cumprida.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
A divina providência atuando a meu favor.
O relato corresponde a uma enorme coincidência ou vontade
superior? Duas pessoas independentemente de suas vontades fazem
o “mesmo pedido” e prometem a mesma coisa. É mera coincidência?
Não acredito. A força suprema é espetacular.
“Entreguei-lhe a imagem da Santa e não soube mais o que
aconteceu.”
Sei apenas que fazem mais de 10 anos que ele não de bebe álcool. Eu
o admiro muito pela força de vontade que teve.
Em tempo:
Podemos trazer do mundo espiritual lições a serem aprendidas
ou pessoas a resgatar amizade, temos nossos carmas e um dos mais
difíceis que tenho para solucionar, apesar de todo o meu amor
fraterno, é o relacionamento com meu irmão Carlos nascido em 27 de
novembro, dia dedicado a Nossa Senhora das Graças, minha madrinha.
Tenho obrigação de nesta ou em outra existência me reconciliar
espiritualmente com esta alma. A reconciliação pode ocorrer no plano
superior. É vontade superior, somos da mesma comunidade eterna.
Não a toa que Ela é minha madrinha e a data de comemoração de
sua santidade é a mesma de nascimento de meu irmão.
Reconciliação
“Reconciliar-se com os outros é a condição básica para
que as orações sejam atendidas.”
Do livro Você Pode Curar a Si Mesmo - Masaharu Taniguchi /
Seicho-No-Ie
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
63
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
14º Relato
A Doença de Meu Filho. Oração Diária e com
Enorme Fé e Esperança
64
Era agosto de 2003, meu filho aos 21 anos cursava o 2º ano do curso
de graduação em Administração em uma universidade pública. Então,
percebemos que Pedro Paulo estava com atitudes estranhas. Até esta
data ele não havia tido mais do que um resfriado.
Interessante, é que sempre que perguntado, eu respondia que queria
ter 3 filhas todas mulheres. Hoje eu percebo que inconscientemente,
sabia o que estaria por acontecer se tivesse um filho do sexo masculino.
Meu 1º filho, ele foi registrado por ter um determinado número de
semanas, nasceu morto!
Um dia vendo a situação do Pedro lhe propus que viajasse comigo,
pois, ia ministrar uma aula fora do Rio. Então, com a proximidade dele,
não tive dúvida de que suas atitudes mereciam uma análise médica.
Ao procurarmos ajuda médica constatamos que se tratava de uma
doença gravíssima e com poucas chances que ele futuramente pudesse
ter uma vida normal.
Lembro-me que o remédio recomendado, o mais recente existente à
época, era importado. Pouco depois passou a ser produzido no Brasil.
Eu e minha esposa Beth nos unimos para reduzir nossas dificuldades.
Não sabíamos o que fazer, em função da gravidade da situação. Não
esmorecemos um só segundo nas inúmeras tentativas de realizar o
que não conhecíamos e não sabíamos como agir frente à dificuldade e
nosso total desconhecimento sobre o assunto.
Jamais havia passado por circunstância tão difícil em minha vida.
Pensei que não resistiria aquele baque e a nossa impotência para
encontrar a solução.
Preferia morrer a ver meu filho naquela situação. Tudo, exatamente
tudo, passou pela minha cabeça de pai desesperado. Porém, me
convenci da minha importância no caso e da necessidade de estar ao
lado dele e o apoiando, sendo mais forte que ele, de lhe conduzir ao
tratamento certo, apesar de sua negativa a qualquer um dos oferecidos,
promovendo as condições financeiras para que tivesse todos os
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
cuidados médicos disponíveis.
A fé e a esperança evitaram o forte desejo de tomar uma decisão
extrema. O sentimento de culpa em relação à situação era enorme.
Estava difícil conviver com todos os acontecimentos daquele triste
momento.
“A saúde pública é ineficiente em nosso País. Só o dinheiro
compra a saúde, infelizmente.”
A única certeza que eu e minha esposa tínhamos, de nossas
pesquisas espirituais, é que meu filho voltaria ter vida material normal.
Independente do que fosse necessário fazermos. Não mediríamos
esforços para obter o sucesso pelo nosso amor por aquele jovem ser
humano – nosso filho.
Passada a crise. Minha primeira providência foi solicitar ajuda de
meus mentores espirituais.
Comecei fazendo orações diárias pedindo encarecidamente pela
cura ou o que fosse melhor para o meu filho, apesar de conhecer a
dificuldade apontada pelos médicos. No Centro que freqüentava rezei
e pedi aos colegas médiuns que me apoiassem nas orações e pedidos
de intercessão junto ao Pai. Visitei todas as igrejas franciscanas que
passava, para orar e sempre solicitando apoio espiritual a São Francisco.
As Promessas para a Cura:
Procurei minha mãe espiritual e conversamos, solicitamos fluidos
superiores para nos orientar em tão dramática situação, e então,
resolvemos apostar em duas frentes de atuação:
- Ela fez a promessa de deixar o seu cabelo crescer até a melhora
do Pedro, depois entregaríamos o cabelo na Matriz de Nossa Senhora
Aparecida, em Aparecida – SP e;
- Eu faria orações diárias pedindo a São Benedito intercessão junto
ao Cristo pela sua cura ou o que fosse permitido.
Bem, mais uma vez pretendo poupar-lhes de maiores detalhes deste
triste incidente. Que repito, sabia que faria sentido a minha vida,
posteriormente, não sabia como.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
65
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Simplificando o caso, após passar por vários médicos em razão da
instabilidade do próprio Pedro, ele se conscientizou da importância de
se dedicar ao tratamento médico e a situação se tornou mais fácil para
todos nós que acompanhávamos o caso.
Sei que orei por mais de 6 anos diariamente e ininterruptamente.
Só a cura de Pedro me bastava. Para tanto, em meu oratório coloquei
a imagem do protetor de meu filho, São Benedito, na frente da qual
fiz as orações. Sempre na certeza de obter êxito. Mais uma vez, assim
indicavam os guias superiores.
Sem fé nada obtemos.
Outra Promessa:
66
Outra promessa foi a de retornar ao interior do Estado do Rio
Grande do Norte, onde realizava um trabalho, e fui levado a uma
igreja, a 4 horas de viagem rodoviária de Natal pelas pessoas que me
acompanhavam no serviço.
Era a igreja de Nossa Senhora dos Impossíveis, santa portuguesa, ali
construída por um patrício que nos idos de 1950 havia se perdido e com
dificuldade de encontrar o retorno e a presença de animais ferozes,
prometeu a esta Santa que caso se salvasse da situação mandaria
construir ali uma igreja em sua intenção. E foi o que fez.
Nossa Senhora dos Impossíveis, uma Santa importante em Portugal.
Então, estando nesta igreja, surgiu o desejo e prometi que se Pedro
melhorasse retornaria ao local para agradecer a Santa dos casos
impossíveis, como parecia o dele.
Após a melhora de meu filho, e na impossibilidade naquele momento
de retornar ao longínquo local, solicitei permissão e fui atendido, para
substituir a promessa feita por trabalhar no centro espírita com a
imagem da Santa que comprara quando da minha passagem por lá.
Este deveria ser o intento divino inicial.
E, assim tenho sempre ao meu lado nos trabalhos a imagem de
Pai Benedito das Almas, meu guia espiritual, e de Nossa Senhora dos
Impossíveis. Aos dois e dependendo da situação invoco mais um ou
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
outro na realização dos meus trabalhos mediúnicos.
Assim, tenho cumprido esta promessa feita pela solução do caso de
meu filho.
Cumprir a Promessa a Nossa Senhora Aparecida:
Mais de seis anos foi o tempo necessário para ver meu filho voltar
à vida normal, isto é, retornar a seu curso de graduação, após talvez
cinco anos paralisado, entre outras condições de seu cotidiano. Então,
as minhas orações diárias foram interrompidas e viajei a Aparecida
com a prima e mãe espiritual Narcisa, para entregar seu cabelo à
Santa. Ela permaneceu por todos estes anos sem o cortar o cabelo,
conforme prometera.
E a importância da medicina no caso de meu filho Pedro Paulo?
Total, sem a medicina não haveria o resultado obtido. O sucesso na cura
deveu-se exclusivamente ao avanço da medicina e aos profissionais
que o atenderam.
Não citarei nomes porque não solicitei licença ou autorização,
porém, serei eternamente grato aqueles que cuidaram do meu filho
com muito carinho, responsabilidade e ética profissional.
Agradeço sempre a Deus por ter me enviado recursos financeiros
que me permitiram oferecer ao Pedro tratamento adequado e de
altíssima qualidade. Sem isso, o êxito poderia não ter sido o mesmo.
“Neste mundo o dinheiro pode representar a cura de
vários males. Pior, para quem não o tem. É lamentável.”
Nestes casos, o lado espiritual através de pedidos e orações ajuda a
medicina e, ainda, auxilia, fortalece e oferece paz para o nosso espírito
e do enfermo.
Não fosse eu um médium e devoto da Ordem dos Frades Menores
e também de Santo Antônio talvez não reunisse as forças necessárias
para vencer essa catástrofe que passou em minha vida. A psicologia
me ajudou muito. Recomendo a utilização desta maneira de ajuda a
quem esteja em momento conturbado. A harmonia familiar foi outro
fator relevante neste processo, aí incluindo, além da esposa as minhas
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
67
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
outras duas filhas. Minha filha Julia teve papel fundamental neste
período de minha vida.
Não sei explicar, porém, cada ser humano tem suas próprias missões
previamente definidas, assim, minha esposa Elizabeth passou a
freqüentar um Centro Kardecista após detectarmos a doença de nosso
filho, e o faz até hoje. Com meu sincero apoio. Da mesma forma que
existe o apoio integral dela para minha vida espiritual na Umbanda.
“Outra vertente desta situação foram as minhas preces
diárias”
68
Simplificando o caso, após passar por vários médicos em razão da
instabilidade do próprio Pedro. Pudemos desfrutar de um período de
tranqüilidade quando ele percebeu a importância do tratamento em
sua cura e vida. Em certa data até agradeceu a nós familiares pela
insistência em mantê-lo no tratamento.
“O avanço da medicina e seus profissionais de alto nível
trouxeram para meu filho uma vida normal. Graças à
medicina. Graças a Deus.”
Em minhas preces sempre pedia a Deus Pai que curasse meu filho e,
se necessário, transferisse para mim todos os seus sintomas e a própria
doença dele. A meu juízo, ele não era merecedor de tamanha dor.
Entretanto, hoje sei o motivo espiritual e não posso revelá-lo. Mais
tarde ele saberá e tomará suas decisões.
O cuidado com a saúde e o tratamento permanecerá pelo resto de
sua vida, quem sabe pouco afetando sua rotina diária. É o que espero.
Quanto a mim sou grato por sentir os mesmos sintomas dele e
entender cada uma de suas angústias, dores, tensões e sofrimentos.
Sentir na pele tudo igual a ele me permite ajudá-lo muito mais, tira de
dentro de mim um peso. Eu me aproximo infinitamente dele. Assim,
sei como agir com ele em todas as situações. Entendo claramente o
que sente e posso ajudar mais facilmente
A característica mais importante é o cansaço após alguma
atividade. Muitas vezes o vi deitado após pouco tempo de estudo e eu
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
me perguntava, - “será possível tanto cansaço?”. Hoje tenho absoluta
certeza, é possível sim. Eu sinto também.
“Quando meu filho reclama de determinada situação e eu
estou vivendo a mesma situação, isto me dá um grande
alívio, pois o entendo imediatamente e sei como apoiá-lo.”
Se eu tenho a doença? Não sei. Será outra doença? Pouco importa.
E, ainda por cima na minha idade. Seja o que Deus quiser.
“É possível transferir sintomas de uma pessoa para outra
através da oração?”
A algumas poucas pessoas eu confessei este lado deste caso, isto é,
minha necessidade, solicitação e obtenção de permissão divina de me
aproximar de suas dores e sintomas. Porém, outros médiuns diziam
que isto era impossível ocorrer.
A transferência dos sintomas como solicitado nas preces:
Assim, consultei o mestre espiritual do Centro que eu freqüento
que acompanhou toda a situação e por muitas vezes soube elevar meu
espírito e minha confiança, que me respondeu:
- “É muito difícil obter esta permissão divina, porém, uma vez
que você orou com toda sua força e fé e do fundo da sua alma é bem
possível que nosso Pai tenha lhe atendido. Não é comum, porém, não é
impossível. Depende muito da fé que empenhamos em nosso pedido”.
“Obtive a permissão de Deus para eu assumir parte dos
sintomas de meu filho.
É difícil conseguir esta permissão, porém não é impossível.
Aliás, nada é impossível para Deus, nosso criador.”
Repetiria este gesto quantas vezes fossem necessárias e em nome de
qualquer pessoa amada.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
69
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Ciência e Espiritualidade:
A vitória da ciência é indiscutível. Enquanto a ajuda espiritual foi
determinante no caso da melhora do meu filho Pedro, pelo amor
de toda sua família e da atitude de cada um no sentido de ajudá-lo,
materialmente e espiritualmente.
Repetiria este gesto quantas vezes fossem necessárias e em nome de
qualquer pessoa amada.
“No ano de 2011 ficamos sabendo de várias personalidades
do país que se utilizaram da espiritualidade para
complementar seu tratamento médico e científico.”
70
Gostaria de ressaltar que a doença modificou meu jeito de ver
a vida e me aproximou infinitamente mais do Pedro, e de todos os
filhos, tenho muito prazer na convivência com o filho macho. Meu
semelhante.
Com as filhas mulheres, como li certa vez, “após crescimento dos
seios da filha o pai tem pudor até ao abraçá-la”. Comigo foi assim. Que
pena. Lamentável. Interferiu negativamente na minha comunicação
com elas. Beijos, meus amores.
O que mais me marcou nos anúncios mediúnico recebidos:
A enfermidade de meu filho e a minha cirurgia foram os casos mais
marcantes e importantes desta existência.
Mudaram o meu modo de viver e olhar para a vida.
“Salve São Benedito, protetor de meu filho Pedro Paulo.
Salve os Pretos Velhos, Salve Pai Benedito Almas
Salve a Falange das Almas Benditas”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
15º Relato
Aviso da Chegada do Primeiro Neto
Alguns dos principais momentos de minha vida foram previamente
a mim anunciados, como já ficou evidente.
Se bem que muitas vezes eu me confundi na interpretação das
mensagens, principalmente, em razão de minha indisciplina e
desatenção. Fatores muito comuns em mim.
Era o ano de 2010, um dos momentos mais marcantes dos fenômenos
que apresento foi o anúncio do nascimento do meu primeiro neto, sem
que eu percebesse claramente o que estava acontecendo.
Vejamos como aconteceu:
Eu estava na sala de espera do diretor de uma empresa em Recife
- PE, lendo aquelas famosas revistas que encontramos nestas salas,
quando subitamente empunho meu telefone celular e ligo para minha
filha Andreia (que habitualmente não atende logo face suas atividades
profissionais de médica cirurgiã), desta vez o fez e imediatamente,
faço a seguinte pergunta:
- Minha filha quando você vai me dar um neto?
Andreia, responde talvez assustada com a pergunta.
- Pai que pergunta é esta? Ainda não penso no assunto.
- Eu pressinto a pergunta inoportuna e peço desculpas:
- Esqueça de tudo que lhe perguntei minha filha é coisa de velho. E
mudo de assunto.
Então, passamos a conversar sobre outros assuntos.
Andreia Maria sendo médica, ela considera tudo pelo conceito mais
científico, e parece-me, não acreditar na Umbanda.
O anúncio da gravidez, a seguir:
Aproximadamente um mês depois desta conversa recebo uma
ligação da minha filha, que comenta:
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
71
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
72
- Pai, eu estou lhe telefonando, pois você estava ansioso para ser avô
e eu queria te informar que estou grávida.
Evidentemente que fiquei eufórico com o neto. E a mensagem se
confirmava. E o prazer em ser avô também.
Porém, o que eu não comentei com a Andreia é que após meu telefona
para ela fui informado pelo guia espiritual que na verdade, naquela
ocasião eu teria sido avisado que seria avô. Ao receber a mensagem fiz
uma pequena confusão.
Muitas vezes ao receber mensagens deste tipo fiz confusão e
deturpei o seu conteúdo. Nada que não pudesse ou não fosse corrigido
logo depois. Aconteceu ainda, com a visão da cirurgia e em outros
importantes momentos da minha vida
O que pensar de uma situação como esta, jamais comentara
qualquer coisa sobre este assunto com ela, com seu marido, com
minha esposa ou com qualquer outra pessoa. Repentinamente, ligo
para Andreia e comento sobre a chegada do neto que é descoberto logo
adiante. Agradeço ao meu protetor pelo aviso. Não sei o motivo deste
aviso. Certamente existe.
Foi mais uma profecia de meus guias e protetores confirmada. Em
uma audição.
“Não sei o motivo dos avisos pelo mundo espiritual, porém
agradeço ser desta forma. Motivos existem.”
Minha filha Andreia Maria e João Paulo.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
A Época do Natal e do Meu Aniversário
É uma constante na época do Natal, Ano Novo e do meu aniversário
que ocorre no início de janeiro, sou capricorniano, uma grande
confusão mental, passando por um estado de baixo rendimento e pouco
estímulo à produção, talvez uma situação de vazio no meu íntimo.
Sinto um mal estar físico enorme, que gera cansaço e desânimo. Uma
depressão momentânea? Ou o que? Não sei dizer.
Sei que sinto um mal estar constante. Sei também que ao comer o
primeiro item natalino, castanha ou avelã, vem a sensação de barriga
estufada. Ou ao beber o primeiro gole de vinho ou cerveja, vem a dor
de cabeça. Sempre o mal estar me acompanha.
Aliás, mesmo sem comer qualquer comida natalina o mal estar
também existe.
Geralmente, na data do meu aniversário procurava me esconder
de todos, inclusive, marcando viagens para locais onde pudesse ficar
sozinho. Sempre completamente isolado.
Em determinado ano, viajei para Rio Branco no Acre, existiam
trabalhos por lá, e no dia 12, passei integralmente no interior do
quarto do hotel. Fui despertado, apenas por um telefonema da minha
filha Andreia informando que havia passado na prova da Associação
Brasileira de Traumato-Ortopedia, o que lhe garantia início efetivo da
vida profissional sem restrições. Quanta alegria no meu coração. Eu,
a minha filha e poucas pessoas entenderão o motivo de tal alegria. E
de injustiças que estavam sendo cometidas. Apelara para a bondade
infinita de Santa Teresinha. E deu tudo certo.
Andreia Maria foi aprovada em diversos concursos públicos em
primeiro lugar, que me lembre seis vezes. Parabéns filha querida.
À semelhança de São Francisco de Assis
De tempos em tempos São Francisco de Assis se recolhia e se
hospedava em cavernas afastadas de tudo e de todos para orar e meditar.
E ainda, para se encontrar e conversar com seu afetuoso amigo, Deus.
Somente saía destas cavernas para receber alguma comida.
Parece-me que eu preciso deste isolamento no meu aniversário.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
73
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Sem querer conscientemente imitá-lo.
Venho tentando modificar minha atitude e passar com a minha
família este belo dia. Porém, sem tratá-lo comercialmente.
O Dia de Nosso Aniversário
“O dia de nosso aniversário de nascimento, se não tratado
comercialmente, é muito bom para o convívio familiar e
com os amigos.
Irei alterar meu procedimento de vida.”
74
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
75
Certificado de Nossa Senhora dsa Graças
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
A Espiritualidade e a Caridade. A
Doação ao Próximo.
76
Faço muito gosto de ser médium de consulta, pois, assim posso
doando meu corpo físico ajudar a terceiros que procuram o Centro
Espírita atrás de uma palavra de consolo ou de um afago de meu guia
espiritual. Bem como, auxiliamos no desenvolvimento espiritual dos
nossos guias desencarnados.
O mais importante é que seja doação de fato, ou seja, jamais se pode
cobrar qualquer quantia por mais nobre que seja o motivo.
A seguinte frase está escrita no terreiro de trabalhos do CECV. “Fora
da caridade não há salvação”. Eu admiro.
Se você foi escolhido ou escolheu esta missão, certamente foi por
caridade, com objetivo exclusivo de ajudar o trabalho dos guias, que
por sua vez também estão em missão de desenvolvimento espiritual.
Portanto, não cobrará pela doação. O castigo futuro para esta
transgressão divina será bastante forte.
Não aceito a obrigatoriedade de se oferecer dízimo à igreja, qualquer
que seja esta.
“Dôo com muito prazer a várias entidades religiosas ou
filantrópicas, por meu livre desejo.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
77
Associação Cristã Nossa Senhora de Fátima
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Outras ENTIdades
» ABEM - Associação Brasileira de Esclerose Múltipla
» Fundo de Assistência à Criança
» Doutores da Alegria
» Arautos do Evangelho
78
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Psicólogo (!) dos Obsediados
Em nossa missão de médium temos que acolher os necessitados
em um momento de dor física ou espiritual e aconselhá-los da melhor
maneira possível para que saiam do Centro confortado e esperançoso.
“Almas
desencarnadas podem vir a progredir
espiritualmente após trabalho de apoio ao médium
encarnado.”
Lembro que apenas doamos nosso corpo material para trabalho
dos guias, isto é, espíritos que para alcançar a plenitude de nossa
existência precisam fazer este tipo de caridade. São almas que como
nós da Terra estão em progresso espiritual. Com auxílio do corpo
do médium - espírito encarnado - conseguem o seu objetivo. São
espíritos desencarnados que a eles são exigidos estes trabalhos para
sua evolução.
O trabalho sério e responsável no centro espírita é muito importante
para o médium e aqueles que são assistidos.
“Podemos evoluir espiritualmente encarnados ou não.”
“Existe risco em buscar ajuda espiritual. É importante
conhecer muito bem onde estamos procurando este
auxílio ou o caráter do médium.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
79
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
16º Relato
A Última Profecia. Ainda Não Realizada.
80
Lanço um desafio a mim mesmo. Com a divulgação desta mensagem
antes de ocorrer o seu desfecho.
Fui informado pelo mentor espiritual que seria um homem “rico”,
fazem mais ou menos 25 anos, isto é, estava nesta ocasião com
aproximadamente 40 anos. Imagino que isto queira dizer que poderei
ter uma vida de aposentado sem muitas preocupações financeiras.
Todos nós sabemos da dificuldade de vivermos com a aposentadoria
oferecida em nosso País.
Bem, até eu escrever este livro, esta, digamos profecia, não havia
sido concretizada. Porém, estou com 62 anos, e ainda, é possível obter
tal dádiva, pois estou em plena atividade profissional. Não estando
aposentado.
Neste momento meu patrimônio é de uma boa casa em condomínio
no bairro de Pendotiba – Niterói – RJ, dois veículos de passeio e
pequena poupança bancária.
Aguardo a confirmação desta profecia, principalmente, a fim de
que seja cumprida a mensagem recebida. Evidente que me interessa
garantir uma aposentadoria saudável financeiramente e, se possível,
podendo continuar ajudando ao próximo, por intercessão de Santo
Antônio de Pádua. O pão dos pobres. E ainda, quero apoiar meus
filhos financeiramente.
“Esta mensagem ainda não virou realidade. Continuo
aguardando, sem nenhuma preocupação material.”
A Riqueza
“É rico quem encontra beleza numa simples grama de
jardim.”
Do livro Convite à Felicidade vol. 1 – Masaharu Taniguchi / Seicho-No-Ie
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Não sei se a riqueza comentada na mensagem era esta definida pelo
escritor Taniguchi ou outra qualquer. Pouco importa. Quero ser rico
principalmente de espírito. É o que interessa para nossa alma. Não se
leva nada para o mundo espiritual, somente nossas atitudes na Terra.
“Devemos ser ricos de espírito. Para o bem de nossa alma
imortal.”
Se alguma mensagem de meus guias não foi realizada? Claro
que sim, aquelas de menor importância, porém, temos também que
analisar se houve interferência de meu livre arbítrio ou não. Não fiz
tais comparações.
Posso afiançar que todas as mensagens importantes que recebi dos
guias, na Umbanda, foram cumpridas.
“Evidentemente, que se mensagens não forem cumpridas
eu considerarei normal. Aceito a vontade divina. Tenho
resignação. Existe o livre arbítrio. A conclusão da
mensagem será devidamente informada.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
81
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Oração de São Benedito
O Protetor dos Homens Negros.
Padrinho Espiritual de Meu Filho Pedro Paulo.
“Ó São Benedito, modelo admirável de caridade e
humildade, por vosso ardente amor à Maria Santíssima
que colocou seu Divino Filho em vossos braços e por
aquela suave doçura com que Jesus encheu o vosso
coração, eu vos suplico: Socorrei-me em todas as minhas
necessidades e alcançai-me, de modo especial, a graça que
neste momento vos peço. (diga agora a graça que você deseja
alcançar)
82
Amém.” (Se puder reze o Pai Nosso e a Ave Maria)
O meu relato: A minha difícil graça solicitada foi obtida, a cura da
doença de meu filho. Conforme anteriormente citado.
Cântico a São Benedito (na Umbanda)
“Lá no mato tem folha
Tem rosário de Nossa Senhora
Lá no mato tem folha
Tem rosário de Nossa Senhora
Aroeira de São Benedito
São Benedito que nos valha nesta hora
Aroeira de São Benedito
São Benedito que nos valha nesta hora”
São Benedito era frade franciscano.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Oração para Pedidos Especiais
(pode ser utilizada também em pedidos simples, com fé dificilmente não
seremos atendidos)
“Oh, Mãe querida Nossa Senhoria Aparecida
Oh, Santa Rita de Cássia
Oh, meu glorioso São Judas Tadeu, protetor das causas
impossíveis
Santo Expedito, o Santo da última hora
Santa Edwiges, a Santa dos necessitados
Vós que conheceis meu coração angustiado, intercedei
junto ao Pai por mim (pedir a graça especial). Eu vos
glorifico e vos louvo sempre
Curva-me-ei diante de vós
Confio em Deus com todas as minhas forças e peço que
ilumine o meu caminho e a minha vida
Amém”
(rezar um Pai Nosso, uma Ave Maria e um Glória ao Pai)
Repetir de 3 a 7 dias seguidos, dependendo de sua
necessidade.
Já a utilizei várias vezes na vida.
“Jesus disse: - ‘Pedi e recebereis’”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
83
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Este Livro em e-book
84
Obtenha este livro em e-book em meu site:
www.paulorobertovileladias.eng.br
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Prece de São Francisco de Assis
Repito sempre para meu consolo:
“Seguidores da santíssima pobreza porque não tinham
nada, nada desejavam, e por isso não tinham medo de
perder coisa alguma”.
(1C Capítulo 15,39)
Uma de minhas maiores preocupações desde sempre, foi ficar na
miséria ou faltar o pão de cada dia (como pregava Santo Antônio de
Pádua). Assim, a partir do momento que iniciamos a conquista de um
patrimônio é o receio de perdê-lo que nos aflige demasiadamente, e
principalmente, ter nosso estilo de vida reduzido.
“Não podemos nos esquecer de Santo Antônio de Pádua e
doar ‘o pão dos pobres’, como o próprio Santo dizia.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
85
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Pai Benedito das Almas
Preto Velho da Falange das Almas Benditas.
Meu guia e protetor.
“É um preto velho muito conhecido e reconhecido na
Umbanda.”
Meu Guia Pai Benedito das Almas
Meus trabalhos mediúnicos são sempre orientados por Pai Benedito
das Almas e quando necessário invoco os conselhos, principalmente,
de Nossa Senhora dos Impossíveis.
86
“Nossa Senhora dos Impossíveis é uma Santa muito
admirada em Portugal e desconhecida no Brasil.”
Pai Benedito aconselha a todos que o procuram: “Pense primeiro
em si, depois ajude os outros”.
De que adianta você cuidar dos outros e depois não ter mais saúde
ou forças para cuidar de você e dos próximos.
Na verdade, o que o Preto Velho quer dizer, muito conhecido para
quem viaja de avião, é o seguinte:
- Primeiro coloque a máscara de oxigênio em você depois ajude uma
criança ou quem necessite ao seu lado.
“Não se esqueça do conselho de Pai Benedito das Almas:
Primeiro cuide de você.”
Não se esqueça de ajudar os outros, dentro de suas possibilidades
físicas e financeiras. Deus agradece, reconhece e retribui.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
A resignação
Outra questão importante, orientação de Pai Benedito, é que
tenhamos resignação.
A resignação nada mais é do que aceitar a vontade de Deus Pai
Todo Poderoso. Nosso criador. O que é nosso somente nós, por nossas
atitudes erradas, podemos afastar de nossos domínios.
“Pai Benedito nos orienta para que tenhamos resignação.
Será nossa fonte de renovação de energia. Nossa paz de
espírito. A aceitação de nossa vida como ela foi planejada
no mundo superior.”
87
Pai Benedito das Almas
Ponto em Homenagem a Pai Benedito das
Almas na Umbanda
“Oh, quem é aquele velhinho
que vem no caminho cantando devagar
com seu cachimbo na boca ...
fazendo fumaça jogando pro ar ...
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
quem é aquele velhinho
que vem no caminho cantando devagar
com seu cachimbo na boca ...
fazendo fumaça jogando pro ar ...
ele é do cativeiro ...é meu Pai Benedito ..ele é mirongueiro
ele é do cativeiro ...é meu Pai Benedito ..ele é mirongueiro
Adorei as almas, Adorei os Pretos Velhos!”
Breve História de Pai Benedito das Almas
88
Preto Velho é uma entidade alegre e divertida, sempre disposto a
ajudar quem necessite. São bons conselheiros. Sua forma de trabalho
se baseia na sabedoria africana que traz em seu espírito como poder.
Faz parte do povo africano.
Filho de escrava com um feitor branco, desta forma era discriminado,
e nem tão velho, porém andava um pouco curvado.
Foi um escravo reprodutor pelo seu físico e força. Ainda em vida
curava os irmãos e os ajudava nas fugas da senzala.
Pai Benedito das Almas
“Preto Velho é uma entidade alegre e divertida, sempre
disposto a ajudar a quem necessite. São bons conselheiros.
Sua forma de trabalho se baseia na sabedoria africana
que traz em seu espírito como poder.”
Amante das magias que aprendeu com o velho Pai Barnabé. Foi
lutador de capoeira.
Desencarnou com mais de 80 anos de idade, após ser forçado
pelo senhor da fazenda a ficar e resistir até morrer, por 45 dias sem
água e comida.
Foi à raiva e a perseguição aos homens brancos que o levou na
espiritualidade a formar falanges de escravos para se vingar destes.
“Pai Benedito viveu nos umbrais por sua raiva e perseguição
aos homens brancos. Aí ajudou aos espíritos necessitados.”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Pai Benedito viveu em umbrais, locais horríveis, de pagamento de
grandes dívidas espirituais. Ajudou os espíritos perdidos e os guiou a
lugares melhores.
“É um preto velho muito conhecido e reconhecido na
Umbanda. O poder lhe dado por Deus e seus conhecimentos
curadores ajudam muitas pessoas encarnadas.
Um contador de casos para seus filhos de fé.”
Dia 24 de junho é o de comemoração do povo africano. Também é
dia de São João. O dia da semana é segunda feira, dedicado às almas.
Neste dia deverá ser acesa uma fogueira onde os homens africanos,
ou seus cavalos, passarão caminhando descalços sobre as brasas em
chama. Provando seu poder e devoção a vida espiritual.
O Pai Benedito, preto velho da Umbanda branca, ele não aceita nos
cultos a utilização de bebidas alcoólicas ou sacrifício de animais, bem
como, “trabalhos” na rua, mata ou cemitérios.
O povo africano pertence à linha das Almas da falange da Umbanda.
Sua cor predileta é o vermelho. Adota guias preferencialmente na cor
vermelha, porém, depende ainda, do centro em que atua.
O meu preto velho usa cachimbo, é devoto de São Cipriano, que
se comemora no dia 16 de setembro, e usa bengala para se deslocar,
em função de sua elevada idade e de seu corpo curvado ao fazer a
passagem para o mundo espiritual.
Estas entidades ajudam no trabalho dos médiuns encarnados para
sua própria evolução espiritual e dos outros.
“Eu, sendo cavalo de guia africano, tive oportunidade de
andar descalço sobre brasas em chama.”
Preto Velho é meu guia na Umbanda. Pai Benedito das Almas,
seu nome.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
89
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Ponto de Pai Benedito das Almas na Umbanda
1º Ponto
Minhas Santas Almas
Valei-me Nossa Senhora
Pai Benedito das Almas
Valei-me em todas as horas
2º Ponto
90
Quem trabalha com as Santas Almas
Não tem medo de assombração
Sou filho de Pai Benedito
Tenho as Almas no coração
Ponto de Santo Antonio de Pádua com as Almas
1º Ponto
Santo Antonio de Lisboa
Tem coroa de Guiné
A benção minhas Almas Santas
Reforçai minha fé (bis)
2º Ponto
Se não fosse minhas Almas
Meu cruzeiro o que seria (bis)
Meu Santo Antonio é Rei das Almas
Ele é quem me defendia (bis)
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
17º Relato: O Que Eu Não Queria Ter
Escrito nestas Memórias
Gostaria de não ter escrito esta parte do livro, porém, fui convencido
de sua necessidade pelos meus guias. Após ter dado o livro como
concluído fui induzido pelos mentores espirituais para escrever este
capítulo, devido a minha necessidade de resgate destes valores, se
possível ainda nesta encarnação.
“Confio na minha recuperação desta dificuldade ainda
nesta encarnação.”
Um dos principais resgates nesta encarnação é bastante difícil de
divulgar, porém é parte fundamental da cura expressá-lo. Para que
possa me corrigir.
Diz respeito a uma grande deficiência que encontro em aceitar
a pobreza, os deficientes físicos, pessoas com aparência fora do
convencional e tudo que represente a exceção a regra aos homens
comuns, inclusive as raças humanas. Aquilo que antes de nascer
eu conhecia pouco ou repugnava, não sei o motivo, pois é de outra
existência.
“Tenho certeza de que vou superar esta fraqueza.”
Por isto, apesar de nascer em família de classe média, fui direcionado
ao espiritismo e a Umbanda, onde convivo com seres mais necessitados
que eu. Muitas vezes como eu repugnava. É meu aprendizado para
encerrar este ciclo infeliz de minha alma.
Lembro que não sou rico e também, não faço nenhuma questão de
ostentação ou ter algo muito acima de minhas necessidades básicas.
Claro, que pretendo deixar meus três filhos em boas condições
financeiras, se for possível. A primeira das minhas vontades está sendo
concretizada, isto é, meus filhos se formarem. Atribuo esta exigência a
todos os pais de classe média.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
91
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Meu amado pai dizia: - “o que de melhor posso oferecer a vocês
meus filhos é educação”.
O feitiço vira contra o feiticeiro
A aparência física para mim era tudo, anteriormente comentado,
daí ainda muito jovem, talvez aos 10 anos de idade, ter tido uma
experiência que me fizesse entrar no rol daqueles que eu tinha
prevenção. Isto é, passaria a ter vergonha e constrangimento de minha
própria aparência.
Vamos ao fato
92
- na casa onde residiam os meus avôs paternos havia uma rampa
que terminava em um portão de ferro muito pesado, era entrada de
veículos. Portanto, acesso a garagem.
Ao brincar e correndo neste local, descendo a rampa em direção ao
portão de ferro, não consegui parar e bati com a boca neste portão o
que afetou dois de meus dentes da frente e fui abrigado a tratar canal.
Na época, por volta de 1962, este tratamento dentário, pela falta de
recursos técnicos, deixava os dentes negros. E assim, eu caí na minha
própria repugnância. A exceção.
Um bom aprendizado e uma forma de conviver com a pequena
deficiência que me repugnava. Ou seja, uma aparência feia no rosto, no
sorriso, nosso cartão de visita. Para mim uma situação extremamente
penosa. Constrangedora. Porém, sobrevivi, como não poderia deixar
de ser.
Ao longo da vida entendi o motivo de tal punição ou destino, a fim
de me testar e ensinar. O resgate é necessário.
Após a cirurgia citada, onde encontrei de forma contundente a
Deus, através de seus mensageiros, inicia-se nova fase de minha vida,
principalmente, para resgatar este aspecto negativo de meu caráter
espiritual que se transformou em material.
---
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Meu desejo final neste livro
Que Deus ilumine o caminho de todos e
lhes dê a paz.
“Paz e Bem
Paulo Roberto Vilela Dias
Médium Umbandista
Salve Santo Antônio de Pádua
Salve São Francisco de Assis
Salve Nossa Senhora das Graças, mãe de Deus
Salve os Pretos Velhos. Salve a Umbanda.
Salve Pai Benedito das Almas
Salve as Almas Benditas”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
93
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Poema Escrito pelo Amigo
Carlos Alberto (*)
94
Carlos Alberto Carneiro Souza (*) é um grande amigo e médium do
CECV, dedicado entre outras causas a evolução espiritual e humana
das pessoas que lhe cercam.
E agora descubro outra virtude do amigo, que é a de escrever belos
poemas. Assim, solicitei-lhe que selecionasse aquele que se encaixasse
melhor neste livro de memórias.
O Carlos preferiu escrever um poema exclusivo para ser incluído
neste livro. Obrigado caro amigo, para sempre irmão de fé e material.
Então aí vai o poema do Carlos para nos oferecer paz e compreensão,
duas virtudes que não podem nos faltar nunca.
Memórias ...
“São memórias
Memórias desse filho
Tantos desajustes
Glórias
Momentos que a vida sai do trilho
Segue em lida
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Muitas histórias
Na família, uma demanda
Determinando seu caminho
Apoiada pela banda
Busca sol
Em meio atrito
Rogando a lei da Umbanda
Me socorre Pai Benedito!
Que fuja os quiumbas
Manda!
Santo Antônio, caridade
Essa magia desencanta
De joelhos envergado
Em devota oração
Pedindo ao Cristo
Piedade!
Com toda força e paixão
Essa prece alivia
Busca na cruz
Compreensão
Consolo e luz
Em ti Maria
Pela sua redenção
Hoje em busca de harmonia
Agradece a egrégora
Comunhão
Novo caminho de vitórias
Sintonia e perdão
Desse filho
São memórias”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
95
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
(*) O autor do poema: Poeta Carlos Alberto Carneiro Souza
Antologia, Ed. Delicatta VI, SP, 2011 (foram selecionadas
três poesias)
Antologia do Forte Copacabana, 2012 (foi selecionada uma
poesia)
Cada dia uma Poesia, Ed. Literis – RJ, 2012 (foi selecionada
uma poesia)
Poetas Urbanos, ONG – Cidadania em Movimento/
Secretaria Estadual de Cultura/ Ministério da Cultura,
2012 (foram selecionadas duas poesias)
Souza, Carlos Alberto Carneiro, Poesia aos Meus, Ed.
Delicatta, SP, junho2012
Antologia, Ed. Delicatta VII, SP, 2012 (a ser lançado na
Bienal Internacional do Livro)
96
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Oração de Nossa Senhora das Graças
“Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que
recorremos a vós”
(Minha Madrinha Espiritual)
“Santíssima Virgem, eu creio e confesso Vossa Santa e
Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima
Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa
prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso
amado Filho a humildade, a caridade, a obediência e
castidade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito,
a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma
boa morte.
(Se necessitar continue)
Conceda-me a graça que peço com toda a confiança
(Peça a graça).
Amém.”
(se possível reze uma Ave Maria)
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
97
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Cântico de Ogum
(Ogum representa São Jorge na Umbanda)
“Eu queria ser
Filho de Ogum
Mais Ogum é
Vencedor de Demanda
Quando chega ao reino
É para salvar filho de Umbanda” 98
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Meu progresso espiritual recente
Um ano após o lançamento da 1ª edição deste livro posso afirmar
que progredi bastante espiritualmente, porém, jamais atingirei à
perfeição.
Fiz inúmeras descobertas neste período, a principal delas foi à
de que sou médium de desdobramento. Isto é, o corpo espiritual se
descola do físico para cumprir alguma missão e depois retorna e se
acopla de novo. O médium nada sofre com este efeito.
Desdobramento é um fenômeno onde o espírito pode estar em mais
de um local ao mesmo tempo, independentemente da distância física
ou temporal entre os pontos, com diversas finalidades.
O caso clássico de desdobramento ocorreu com santo Antônio de
Pádua, aliás, meu padrinho espiritual.
Comigo, quando ocorre este fenômeno, no retorno ao corpo físico,
geralmente, não tenho consciência do que aconteceu. Entretanto, a
missão foi cumprida.
Outro aspecto deste período temporal foi à criação do ibecsocial,
que é parte do instituto que presido dedicada a assistência social,
cultural e ambiental, E, se deus quiser, em breve, zelar pela saúde dos
menos favorecidos.
Neste período passei também a incorporar o caboclo que se
identificou como “ogum megê das almas”. Ogum representa são Jorge
na umbanda.
Eu estou cumprindo rigorosamenteo lema da minha atual
existência:
“Amar a deus e servir ao próximo ACIMA DE TODAS AS
COISAS”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
99
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Relatório do ibec social - 2012
nossa senhora da conceição (oxum)
100
Madrinha do IBEC Social
O ibec social foi criado oficialmente em junho de 2012, pois já era
praticada a caridade em menor escala e sem organização técnica.
O Conselho Superior de Administração do IBEC Social conta com a
participação dos seguintes membros:
• Engenheiro Paulo Roberto Vilela Dias
• Engenheiro Fernando Paiva de Paes Leme
• Engenheiro José Chacon de Assis
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
O IBEC Social conta com as seguintes colaboradoras:
• Engenheira de Produção Julia Paula Washington Dias – Diretora Executiva do IBEC Social
• Assistente Social Silvia Passos – Responsável Técnica
• CristinaMoggiMiguez
• Daniela Passos de Barros
• Ana ValériaMiguez Menezes
O IBEC Social atua nos seguintes locais:
• Niterói / Sede do IBEC Social:
Rua Eduardo Luiz Gomes, 13 - sala 302 | Centro - Niterói/RJ
Telefone: (21) 3617-2799 | social.niteroi@ibec.org.br
• Rio de Janeiro / Centro (sede do IBEC):
Rua Sete de Setembro, 43 - sala 905 | Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2508-7919 ou 2221-6731 - ramal 209.
• Rio de Janeiro / Engenho de Dentro:
CECV – Centro Espírita Caminheiros da Verdade
Rua Comendador João Carneiro de Almeida, 133
Engenho de Dentro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2594-6336 ou 3477-17355
No ano de 2012 o IBEC Social desenvolveu, principalmente, as seguintes atividades:
ATIVIDADES ASSISTENCIAIS:
• distribuição mensal de mais de 300 cestas básicas ou cartões
alimentação;
• aulas de Informática Básica
• aulas de Apoio Escolar a Jovens e Adultos, atendendo a mais de
250 pessoas;
• doação de remédios;
• apoio médico e psicológico;
• doação de livros técnicos;
• bolsas de estudo parciais:
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
101
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
- pós-graduação: 2 (duas)
- graduação: 7(sete)
- curso Secundário 2 (duas)
• apoio financeiro para lançamento de livros técnicos ou
de poesias;
• doações a diversas entidades filantrópicas católicas,
orfanatos ou de atendimento de caridade e;
• doações para reforma ou construção de entidades
católicas ou de atendimento de caridade.
São Francisco de Assis
102
Madrinha do IBEC Social
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
IBEC Ambiental
Em parceria com a SBEF – Sociedade Brasileira de Engenheiros
Florestaiso IBEC Socialplantoumensalmente mais de 50 mudas
de árvores próprias da mata atlântica na Cidade do Rio de Janeiro,
inclusive conservação periódica das mesmas, para combater a emissão
do carbono pelo Instituto.
103
O PROTEC - PROGRAMA DE EMPREGABILIDDE PARA TÉCNICOS
EM ENGENHARIA DE CUSTOS
O PROTEC garante aos estudantes de nível técnico, mais
rapidamente, a entrada no mercado de trabalho de engenharia através
do conhecimento da ciência de custos.
Em parceria com a SEE – Sociedade Espírito-santense de
Engenheirose o CREA-ES Conselho Regional de Engenharia e
Agronomia do Espírito Santo foram treinados 264 alunos de escola
técnica, incluindo o fornecimento de livros e material didático.
Na Cidade do Rio de Janeiro, na sede do IBEC, foram treinados
mais de 30 alunos de escolas técnicas em Engenharia de Custos. Em
Araruama estão participando 67 estudantes.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
IBEC Cultural
O IBEC Social apoiou em 2012 a edição de 4 (quatro) livros técnicos
ou de poesias.
PALESTRAS GRATUITAS
O IBEC Social promoveu em todo o País palestras técnicas de grande
interesse para os engenheiros.
ATIVIDADES DE ENTRETENIMENTO
O IBEC Social promoveu “Caminhadas”, “festas e comemorações” e
“passeios” com os alunos dos seus cursos regulares.
104
IBEC Pesquisa e IBEC Conhecimento
O IBEC lançou o “IBEC Pesquisa”e o “IBEC Conhecimento” ambos
sob a coordenação de Engº Civil Paulo Roberto Vilela Dias - Mestre em
Engenharia Civil.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
IBEC PESQUISA
O IBEC lançou o IBEC Pesquisa sob a coordenação de Engº
Eletricista José Chacon de Assis–Pós-graduado em Engenharia.
Foram abertas as seguintes áreas de estudo:
• Estimativa de Custos de Obras e Serviços de Consultoria – Engª
Civil InaiaraFerreira – Mestre em Engenharia Civil
• Estudo da Aplicação do Gerenciamento de Projetos na Engenharia
Civil – Engº Civil Fernando José da Rocha Camargo – Mestre em
Negócios
• Estudo para Aplicação dasCidades Sustentáveis – Engº Eletricista
José Chaconde Assis - Especialista
• Estudo da Aplicação da Engenharia de Custos na Auditoria de
Obras Públicas – Engº Civil Marcio Rocha – Mestre em Engenharia
IBEC CONHECIMENTO
O IBEC lançou o IBEC Conhecimento sob a coordenação dosEngº Civis
Paulo Roberto Vilela Dias - Mestre em Engenharia Civil.
O IBEC oferece aos engenheiros recém-formados, estudantes de
engenharia ou de nível técnico residência de engenharia de custos por 6 (seis)
meses, quando os mesmos poderão se aprimorar nesta ciência e obter mais
facilmente colocação no mercado de trabalho.
Os estudantes de engenharia e técnicos de nível médio
podem realizar especialização em Engenharia de Custos
no IBEC através do IBEC Conhecimento. Oferecemos
bolsa auxílio.
Maiores informações no site www.ibec.org.br
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
105
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Atividades do CECV – Centro
Espírita Caminheiros da Verdade
Fundado em 1932
106
OS SERVIÇOS PRESTADOS A COMUNIDADE ESPÍRITA
Atualmente o Caminheiros é presidido por Tarciso Antonio Carneiro
de Almeida, que é também Comandante Espiritual.
As atividades espirituais desenvolvidas no CECV são as apresentadas
a seguir:
• Umbanda (Desenvolvimento de Novos Médiuns e Consultas
Públicas), atendimento às segundas e quintas feiras e aos sábados, a
partir das 17 horas;
• Sessão das Rosas Brancas (Kardecismo); atendimento às terças
feiras a partir das 18 horas.
• Ordem Espiritualista da Estrela (Esoterismo), atendimento às
segundas feiras das19 horas as 21 horas e;
• Fonte de Siloé (Cirurgia e Cura Espiritual), atendimento às quintas
feiras às 17 horas.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
CALENDÁRIO FIXO DE FESTEJOS DO CECV
• Dia 20 de janeiro, Festa de Oxossi (São Sebastião);
• Dia 4 de março, aniversário dos Caminheiros (não é religiosa);
• Dia 23 de abril, Festa de Ogum (São Jorge);
• Dia 13 de maio, Festa do Preto Velho;
• Dia 13 de junho, Homenagem a Santo Antônio de Pádua (não é religiosa);
• Dia 26 de julho, Festa de Nanã Buruquê;
• Dia 15 de agosto, Festa de Iemanjá;
• Dia 27 de setembro, Festa de Cosme e Damião;
• Dia 30 de setembro, Festa de Xangô;
• Dia 12 de outubro, Festa de Nossa Senhora Aparecida;
• Dia 2 de novembro, Sessão de Finados (Kardecista);
• Dia 15 de novembro, Dia da Umbanda;
• Dia 4 de dezembro, Festa de Iansã e;
• Dia 8 de dezembro, Festa de Oxum.
OBS: Nos dias de festas não são realizadas as consultas.
ATENDIMENTOS ESPIRITUAIS DO CECV
O CECV, ao longo de seus 80 anos de história, já prestou socorro
espiritual e humanitário a mais de 6.000.000 (seis milhões) de pessoas.
O quadro mediúnico computou até hoje mais de 13.000 integrantes.
Verificar pelo telefone os dias de atendimento de cada atividade.
Telefones dos Caminheiros: (21) 2594-6336 ou 3477-1735.
CECV – Centro Espírita Caminheiros da Verdade
Rua Comendador Carneiro de Almeida, 133
Engenho de Dentro - Rio de Janeiro/RJ.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
107
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Minha Reflexão de Amor
108
O atual avanço tecnológico transformou as pessoas em verdadeiros
robôs, perdemos nossas almas, afastamo-nos da fé e de nossa vida
espiritual.
Sendo profissionais engenheiros, médicos, comerciários e/ou
carpinteiros estamos muito focados no mundo material. Tornamonos extremamente consumistas, pensamos apenas em geladeiras,
computadores, veículos de passeio e viagens.
Devemos dividir nosso tempo entre a vida material e a dedicação
ao progresso de nossa alma, enquanto encarnado. Esta é uma das
maneiras de atingirmos o apogeu de nosso espírito.
Os homens devem retornar a visão espiritualista, alcançar e adotar
verdadeiramente a fé como condição de vida, só assim viverão uma
encarnação de paz, harmonia e felicidade. E alcançarão o progresso
espiritual que estão buscando. Não é necessário estar ligado a nenhuma
religião, porém, assim sendo o objetivo é mais fácil de ser atingido.
Esta é a minha mensagem e reflexão de amor que peço que todos os
meus irmãos leiam e reflitam sobre a mesma.
A decisão é de cada um de nós,para tanto possuímos o livre arbítrio.
Saudações Franciscanas: Paz e Bem
Paulo Dias
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
Apoio Financeiro
Entre outras doações, agradecemos especialmente a:
109
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
TAU de São Francisco de Assis
Acompanha este livro um presente para os meus amigos leitores,
um “TAU” de São Francisco de Assis.
O TAU, símbolo Franciscano, representa não só uma devoção a
cruz, mas também, à pessoa de Cristo.
A devoção de São Francisco pelo Cristo era imensa e a amizade entre
Eles também. E o TAU marca aqueles que atenderam ao chamado de
Deus para criar uma sociedade nova, baseada na Paz e no Bem.
Este TAU foi comprado e benzido pelos frades que vivem no
Convento Franciscano da Cidade de São Paulo.
O TAU apenso a este livro foi benzido pelos frades do
Convento Franciscano da Cidade de São Paulo.
110
Paz e Bem
São Francisco de Assis
Ordem dos Frades Menores
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
O Autor destas Lembranças
Currículum Vitae Resumido
Engenheiro Civil Paulo Roberto Vilela Dias, UFRJ – Universidade
Federal do Rio de Janeiro, 1975
Mestre em Engenharia Civil pela UFF - Universidade Federal
Fluminense, 2002
Prêmio Internacional – Engenheiro de Custos 2010 - oferecido pelo
ICEC - International Cost Engineering Council:
“ICEC AMERICAS AWARD 2010”
Recebido no Congresso Mundial de Engenharia de Custos em
Singapura.
» Professor Pesquisador do Mestrado em Engenharia Civil da uff –
Universidade Federal Fluminense de 2001 a 2008
» Professor de “Estradas e Transportes” da Faculdade General Roberto
Lisboa – RJ, de 1977 a 1998.
» Coordenador dos Cursos de Pós-Graduação em Engenharia de Custos
da uff e do INPG
» Fundador do IBEC – Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (1978)
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
111
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
112
e Presidente desde 1999
» Membro do ICEC – International Cost Engineering Council desde 1981
» Membro da AACEi – American Association of Cost Engineering
International desde 1978
» Sócio da ABC – Associação Brasileira de Custos, desde 2000
» Professor dos cursos de pós-graduação da FGV
» 39 anos de experiência em Construções, Transportes e Orçamentos de
Obras;
» 37 anos de experiência em didática no Ensino Superior
» Responsável Técnico de Grandes Empresas Construtoras
» Consultor de empresas na Área de Engenharia de Custos, principais
serviços:
- Cálculo de BDI e Encargos Sociais para órgãos públicos
- Implantação de Sistema de Custos de Obras – Tabelas de Custos
Diretos – e sistemática para cálculo do preço de referência
- Análise de Preços de Obras para defesa de empresas públicas e
particulares quando atingidas por auditoria do TCU – Elaboração ou Análise
de Aditivos Contratuais e de Re-equilíbrio Econômico-Financeiro
» Autor de cinco livros na área de Engenharia de Custos:
- “Uma Metodologia de Orçamentação para Obras Civis”, 7ª Edição,
IBEC, 2010.
- “Preços de Serviços de Engenharia e Arquitetura Consultiva”, 3ª
Edição, IBEC, 2005.
- “Gerenciamento de Custos em Projetos”,2ª Edição, para a coleção
FGV Management, da Fundação Getulio Vargas, 2009.
- “Novo Conceito do BDI”, 3ª Edição, IBEC, 2010.
- “Estimativa de Custos de Serviços de Engenharia – Engenharia de
Custos – Uma Ciência”, 1ª Edição, IBEC, 2011
» Palestrante internacional e Nacional na área da Engenharia Civil e de
Custos com mais de 35.000 profissionais participantes
» 20º Congresso Mundial de Engenharia de Custos – Toronto – Canadá
– julho/2008, apresentação do artigo denominado “Apropriação dos
Coeficientes Físicos das Composições de Custos”.
» Apostila e material didático de “Estradas e Transportes” da FGRL –
Faculdade General Roberto Lisboa, onde foi professor desta matéria por 21
anos.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
113
O seu Deus está dentro de Você. Procure-o.
Persista na sua fé.
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Memória Viva. Fenômenos Extraordinários ao Corpo Físico
O Conto Que Eu Mais Aprecio
114
Certa vez um homem comum desgostoso de sua vida na terra,
isto é, entendendo que ela era muito difícil, fez várias preces ao Pai
solicitando que ela fosse alterada.
O Pai respondeu-lhe: - “Meu filho se você considera sua cruz muito
pesada vá até a igreja tal, pois nos fundos existe um galpão com muitas
cruzes. Escolha a que você quiser”.
Assim fez o homem, empunhando sua cruz foi até a igreja para
substituí-la por outra, de acordo com orientação superior.
Chegando ao galpão mencionado pelo Pai, o homem deixou a
sua cruz na entrada, em um canto, e pôs-se a selecionar uma menos
penosa.
Percorreu o galpão por várias horas e nenhuma lhe agradava. Ou era
pesada demais ou machucava alguma parte do seu corpo ao empunhála.
Já estava cansado e desistindo quando finalmente experimentou
uma que muito lhe agradou. Chamou o responsável pelo local e lhe
disse: - “vou levar esta, é perfeita para mim”.
Sem titubear o responsável lhe respondeu: - “Leve-a então meu
filho. É sua.”.
Assim, o homem saiu radiante carregando sua nova cruz.
Porém, o que ele não percebeu é que escolhera aquela que trouxera,
isto é, a sua própria cruz.
“Nossa vida é decidida no mundo espiritual, antes de uma
encarnação”
Médium do Centro Espírita Caminheiros da Verdade Paulo Roberto Vilela Dias
Download

- Professor Paulo Roberto Vilela Dias