Apoio do BNDES a Provedores
Regionais de Internet
Cuiabá – MT
26/02/2015
Como apoiamos?
Operações Diretas
Contratadas diretamente com
o BNDES
Como apoiamos?
No de operações 2013
Operações Indiretas
R$ 1,1 milhões
Informação
Instituição
Financeira
Credenciada
Desembolsos 2013
R$ 190 Bilhões
Empresário
Fluxo Operacional no Ag. Financeiro
Cadastro
Faturamento
Limite de Crédito
Patrimônio
Setor
Operações
Capacidade
Pagamento
Garantias
Risco
Requisitos mínimos
Instituição Financeira
Credenciada
 Em dia  obrigações fiscais e
previdenciárias;
Análise cadastral;
 Legislação ambiental;
Garantias: normas Banco
Central.
 Não estar em regime de
recuperação de crédito.
Capacidade de pagamento;
O BNDES não exige tempo mínimo de faturamento!
Apoio às Micro, Pequenas
e Médias Empresas
Classificação de Porte utilizada
M
Porte da Empresa
Receita Operacional
Bruta Anual
Micro
até R$ 2,4 milhões
Pequena
até R$ 16 milhões
Média
até R$ 90 milhões
P
M
E
Formas de apoio do BNDES
Projetos de
Investimento
Máquinas e
Equipamentos
BNDES
Automático
BNDES Finame
Máquinas / Equip +
Insumos e Serviços
Cartão BNDES
BNDES Automático
• Implantação
• Ampliação
Projetos de
Investimento
• Modernização
BNDES
Automático
O que Giro
podeAssociado
ser financiado?
Até 40%
Projetos de Investimento
BNDES Automático
MPE Condições Especiais
 Condições especiais de financiamento para Micro e Pequenas
Empresas:
 Recomposição(reembolso)
dos
gastos
investimentos realizados nos últimos 12 meses;
vinculados
aos
 Mesmos itens financiáveis no Produto BNDES Automático (exceto
capital de giro);
 Até 36 meses com até 12 meses de carência;
 Limite de até R$ 300.000,00 a cada 12 meses, comprometendo o
limite do BNDES Automático.
Formas de apoio do BNDES
Projetos de
Investimento
Máquinas e
Equipamentos
BNDES
Automático
BNDES Finame
Máquinas / Equip +
Insumos e Serviços
Cartão BNDES
BNDES Finame
Máquinas e
Equipamentos
BNDES Finame
O que pode ser financiado?
Equipamentos novos,
nacionais e credenciados no
BNDES
BNDES FINAME
para cabos de
fibra óptica
13
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
2013: Associações de provedores de Internet solicitam ao BNDES
___inclusão de cabos de fibra óptica no CFI (Cadastro FINAME);
•
BNDES credencia fabricantes nacionais de cabos de fibra óptica:
• FIBRACEM
• FURUKAWA
• PRYSMIAN
• CABLENA (2015)
•
Inclusão no programa BNDES PSI:
• Financiamento de até R$ 1,5 milhão por CNPJ, limitado a,
no máximo, R$ 200 milhões por grupo econômico;
14
• Pedidos de financiamento à aquisição de cabos de fibra óptica
não poderão conter outro tipo de bem.
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Cabos de fibra óptica fabricados no Brasil
• Taxa de juros:
7,0% ao ano para micro, pequenas e médias empresas;
9,5% ao ano para demais empresas.
• Prazo de financiamento:
até 60 meses,
carência de 3 a 24 meses.
. Nível de participação:
até 70%(+20%)² para micro, pequenas e médias empresas;
até 50%(+40%)² para demais empresas.
²A Participação Máxima do BNDES poderá ser ampliada para até 90% do valor dos itens financiáveis, sendo o Custo Financeiro a Selic ou
UMBNDES/Cesta ou US$/Cesta, a Remuneração do BNDES 1,2% a.a. e a Taxa de Intermediação Financeira de 0,1% a.a. ou 0,5% a.a.,
conforme Receita Operacional Bruta (ROB).
15
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
• Cabos de fibra óptica com Tecnologia Nacional
– Taxa de juros:
6,5% ao ano para micro, pequenas e médias empresas;
7,0% ao ano para demais empresas.
– Prazo de financiamento:
até 96 meses,
carência de 3 a 24 meses.
. Nível de participação:
até 70%(+20%)
²A Participação Máxima do BNDES poderá ser ampliada para até 90% do valor dos itens financiáveis, sendo o Custo Financeiro a Selic
ou UMBNDES/Cesta ou US$/Cesta, a Remuneração do BNDES 1,2% a.a. e a Taxa de Intermediação Financeira de 0,1% a.a. ou 0,5% a.a.,
conforme Receita Operacional Bruta (ROB).
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
Consulta a fabricantes e produtos credenciados
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
com tecnologia nacional no arquivo: listasno.zip
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
com tecnologia nacional no arquivo: listasno.zip
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
com tecnologia nacional no arquivo: listasno.zip
BNDES FINAME – Cabos de Fibra Óptica
com tecnologia nacional no arquivo: listasno.zip
Formas de apoio do BNDES
Projetos de
Investimento
Máquinas e
Equipamentos
BNDES Automático
BNDES Finame
Máquinas / Equip +
Insumos e Serviços
Cartão BNDES
Cartão BNDES
O que pode ser financiado?
Máquinas / Equip +
Insumos e Serviços
Mais de 238 mil itens para comprar
Cartão BNDES
Cartão BNDES
Ambiente de Negócios
633 mil
Compradores
MPMEs
R$ 38,9 bilhões de
crédito
pré-aprovado
58 mil Fornecedores
credenciados
245 mil produtos
Parceiros
Vantagens
 Limite de até R$ 1 milhão, por banco
emissor
 633 mil potenciais clientes com
R$ 38,9 bilhões de crédito préaprovado
 Prestações fixas em até 48 meses

Compradores
 Taxa de juros atrativa: 0,98% a.m.
(jan/15)
 Acesso a cerca de 58 mil
Fornecedores Credenciados
 Crédito rotativo e pré-aprovado; uso
automático
Financiamento automático para
o cliente
Fornecedores
 Sem risco de crédito
 Fabricantes podem indicar
distribuidores
 Exposição do catálogo de
produtos gratuita
Condições – BNDES PSI para MPME
Ônibus e
BKs
caminhões
Agrícolas
Demais
BKs
Ônibus
Elet /
Hibr
BKs
Tecnologia
Nacional
Custo
Financeiro
Rem. BNDES
Taxa Interm.
Financ.
9,5%
a.a.
7,0% a.a.
6,5% a.a.
0,76%
a.m.
0,57% a.m.
0,53% a.m.
Rem. Agente
Financeiro
Taxa Final
BKs
F. Clima
Condições - MPME
BNDES
Automático
MPE
Condições
Especiais
BNDES
MPME
Inovadora
BNDES
Progeren
Custo
Financeiro
TJLP
5,5% a.a.
TJLP
5,5% a.a.
TJLP
5,5% a.a.
SELIC
11,75% a.a.
Remuneração
BNDES
1% a.a.
3% a.a.
0% a.a.
0,4% a.a.
Taxa de Interm.
Financeira
Remuneração
Agente
Financeiro*
0,1% a.a.
0,1% a.a.
0,1% a.a.
0,1% a.a.
Negociada
3,1% a.a.
Negociada
Negociada
3,1%a.a
Negociada
3% a.a.
+/0,77% a.m.
+/0,93% a.m.
+/0,70% a.m.
+/1,19% a.m.
Taxa Final
*Fonte: AOI/DESCO
– média 2013
CASES de associados da Internetsul
Cases
CleanNet
Campo Bom - RS
População: 60 mil habitantes
CleanNet - Depoimento
“Quanto a um case de fibra, podemos falar sobre o Investimento da Clean Net.
Estamos fazendo o nosso primeiro projeto de 1,5 km no entorno da empresa e como você já sabe
temos receio de ser um investimento com retorno muito lento.
Para viabilizarmos isto estamos utilizando hoje o cartão Bndes, mas o grande problema dele é
que não temos a carência e os juros baixos que facilitaria o nosso início.
Alguns materiais conseguimos comprar pelo Finame , como a OLT da Parks , mas isto é apenas
um pedaço da rede. Estando a fibra no Finame , conseguiremos lançar a segunda etapa do nosso
projeto com mais 3 km que inclui levar internet para 3 bairros novos da Campo Bom onde existem
moradores sem oferta de internet e telefonia, fazendo com que uma empresa da cidade invista
recursos na própria cidade fomentando a economia local e gerando novos empregos.
Já estamos também pensando num projeto para o centro da cidade de Viamão e com o finame
tudo isto seria facilitado, pois temos demanda de clientes e condições de honrar nossos débitos e
tendo um crédito facilitado no Finame conseguiremos prazo para a implantação das fibras e
colocação dos clientes e o mais importante levar desenvolvimento para as regiões atendidas com
um serviço de alta qualidade. "
CASES de associados da Internetsul
Cases
BWNet
Lajeado - RS
População: 71 mil habitantes
BwNet - Depoimento
"Se houvesse condição de financiar tudo via FINAME, com carência e juros baixos,
certamente estaríamos chegando a muito mais pontos da cidade. Hoje nos limitamos
mais à parte central. Primeiro porque estamos no centro, então gastamos menos fibras
para chegar a clientes. Ainda tem o fato de a maior concentração de clientes ser no
centro e de, pelo menos no momento, estarmos atendendo mais empresas do que
pessoa física já que pessoa física geralmente que TV, algo que ainda não temos (e
também é caro para investir).
Além disso, como não foi possível fazer tudo via FINAME, a maior parte foi via PROGER.
Na verdade acabamos tendo que gastar reservas porque o PROGER financia só 80%,
então 20% tivemos que pagar à vista. E o cartão BNDES, que não é ruim, tem o problema
de ter juros bem maiores, mas o principal é que se faz a compra e já se começa a pagar
no mês seguinte. Como o processo de lançamento da fibra, montagem do sistema,
receber os equipamentos, captar clientes, ativar clientes, etc. é demorado, começa-se a
pagar antes mesmo de conseguir novos clientes. A carência do FINAME torna-se muito
importante porque dá tempo de montar tudo, começar a operar e criar uma base de
clientes antes de ter que iniciar os pagamentos. E com certeza em 1 ano é possível ter
receia suficiente para pagar o FINAME de forma bem tranqüila. Tanto que pedimos um
prazo bem longo mas dependendo de como andar as coisas podemos até pagar antes. O
principal foram os juros e a carência."
CASES de associados da Internetsul
Cases
Redesul
Barão- RS
População: 5 mil habitantes
Redesul - Depoimento
“Puxamos fibra de Garibaldi (nossa sede) até Salvador do Sul. Neste caminho passamos
por várias comunidades interioranas como Barão, Linha 12, São Pedro da Serra, … São
comunidades com 1.000, 5.000, 4.000 habitantes. Fizemos isso com o cartão BNDES e
com recursos próprios. O caminho Garibáldi – Salvador do Sul foi para podermos
chegar a uma torre de transmissão nossa que pega sinal de Porto Alegre (aonde
compramos link a um preço melhor do que em nossa cidade no interior).
Agora é pagar a conta. Muitos dos lugares por onde cruzamos com fibra nos pedem
internet. Como são lugares pequenos e normalmente áreas rurais fica inviável puxar
uma derivação de fibra para cada casa. Estamos protelando o atendimento deste
pessoal pois esgotamos nossos recuros próprios e o limite do Cartão.
Se pudessemos colocar a fibra num Finame isso ia nos dar fôlego para atendermos esse
pessoal e com isso recuperarmos antes nosso investimento além de atender esse
pessoal de nosso interior. A fibra (cabo) é um dos principais custos hoje dentro do
conjunto (mão de obra, ferragens, projeto, …)”
Cases de associados da Internetsul
De: fabio@redesul.com.br
Para: "Sergio Massayuki Takizawa" <sergio.takizawa@bndes.gov.br>
Enviado(s): 24/07/2014 14:20:39
Assunto: BNDES ajudando a comunidade de São Miguel (interior de Garibaldi) a ter Internet
por fibra óptica
Oi Sérgio, tudo bem?
Segue em anexo um exemplo bem simples mas bacana de como o BNDES e o
financiamento da fibra óptica tem ajudado as comunidades (aquelas do interior, da
colônia como chamamos aqui) a ter uma internet de muito boa qualidade.
Aqui temos uma área rural, no interior da nossa cidade de Garibaldi, que está sendo
atendida graças a este programa. A comunidade de São Miguel é de descendência
italiana, foi fundada em 1930 e é caracterizada com pequenas propriedades rurais,
todas na agricultura familiar, cultivando vegetais e plantio de uva.
Agora eles conseguem planos de internet de 5, 10, 50 e 100 Mbits aos preços e qualidade
que temos no centro da cidade. Obrigado pelo esforço e pela ajuda!
Fábio Bonadiman
Cases de associados da Internetsul
Cases de associados da Internetsul
Cases de associados da Internetsul
Posto de Informações
48 Postos de Informações
Presente em todas as regiões e em
24 estados brasileiros
Escritório em São Paulo – (11) 3512-5100
Canais de comunicação
Atendimento Empresarial
0800 70 26337
Ouvidoria
0800 702 6307
www.bndes.gov.br/ouvidoria
BNDES
www.bndes.gov.br/faleconosco
Redes Sociais
www.youtube.com/bndesgovbr
www.slideshare.net/bndes
twitter.com/bndes_imprensa
www.bndes.gov.br
Mais BNDES
Obrigado!
Sérgio Takizawa – sergio.takizawa@bndes.gov.br
Download

BNDES Finame - Momento Editorial