Abertura: o pequeno traço
vertical interrompendo uma
das extremidades indica o
limite da abertura
abertura: indica o local onde
deverá ser feita uma abertura
por meio de recorte no
molde;
.
localização de casas;
localização de botão;
BOTÃO
Círculo com uma cruz no
centro, onde deverá ser preso
o botão ou a pressão depois
da prova
AUMENTO DE MOLDE
. A medida em centímetros é dada
na própria linha seguindo a direção
indicada pela seta, aumente a partir
do ponto apoiando uma régua sobre
a linha do molde.
CASEADO
Indica o lugar onde se deve
fazer a casa do botão
DISTENDER
Quer dizer esticar o tecido no
trecho indicado com o ferro
de passar.
EMBEBER
Significa fazer uma suave
diminuição antes da costura
DOBRA
DO
TECIDO
Indica que a peça não possui
costura no meio. Deve-se dobrar o
tecido, colocar essa linha sobre a
dobra, riscar e cortar, obtendo uma
peça inteira
Passe duas carreiras de fios com o ponto
grande da máquina na cabeça da Manga. O
primeiro fio bem próximo a linha onde vai
ficar a costura e o segundo fio a 4mm de
distância do primeiro.
Puxe os dois fios juntos até alcançar o
tamanho necessário para que o tamanho da
Manga fique igual ao da Cava da Roupa.
Distribua o franzido de maneira uniforme.

Depois de puxado os fios,
introduza uma almofada de
alfaiate ou na falta dela uma
toalha dobrada no trecho da
cabeça da manga que foi
franzida. Passe o ferro bem
quente com um pano úmido
pelo direito da manga, sobre o
embebimento, e vá alisando
até eliminar quase que
totalmente o trecho embebido.
FRANZIR
Significa que aquele trecho
deve ser reduzido
FIO DO TECIDO
Sempre paralelo à ourela do tecido,
esse fio serve para orientar a
posição da peça em relação ao
tecido

1. Usar um ponto reto largo (#5) a
ideia é fazer uma linha de costura
reta em toda a largura do retalho.

2. Dar retrocesso no início é
fundamental. Isso é básico dos
básicos e vai ‘travar’ os pontos no
início da costura. Depois continue
costurando em linha reta até
chegar na largura que você quer.

3. Terminada a costura em linha
reta, NÃO faça o retrocesso no
final desta vez.

4. Corte a linha deixando um bom
pedaço do fio sobrando – Repita o
processo costurando uma segunda
linha posicionada bem paralela à
primeira.

Neste caso, deixe a largura do pé
calcador como distância entre as
duas.
.
Enrole nos dedos as duas pontas
dos fios que sobraram de um
dos lados do tecido. Vá puxando
bem devagar. Vale puxar pelos
dois fios da frente ou pelos dois
do verso, isso não faz
diferença no resultado final. O
segredo é sempre puxar os dois
fios juntos e com muita calma
nesta hora. Vá distribuindo o
franzido para que ele fique
uniforme na largura do tecido.

NÓ DE
números
MONTAGEM ou
de
montagem:

São os pequenos números
encontrados nos cantos das
peças.
Eles
devem
coincidir na costura.

indicações por meio de
números
localizados
nas
diferentes partes da peça, de
acordo com a montagem da
mesma.
A mesma modelagem pode ou não ser usada para
outros tipos de tecidos.

Muitas empresas usam o mesmo molde em mais
de uma coleção, mudando os detalhes do
modelo, acrescentando aviamentos onde antes
não havia ou tirando-os. Isso pode ser feito desde
que seja respeitada a composição, o caimento, o
toque e largura do tecido;

Jamais colocar a modelagem na produção sem
fazer uma peça-piloto quando mudar o tecido.
Download

Slide 1