1
Conceitos de medicina transdisciplinar e
saúde integrativa. Ecobionomia: Ecologia,
saúde e meio ambiente; uma visão integral
do ser feminino na contemporaneidade.
Contribuições e projetos alternativos que
contribuam para a saúde sistêmica.
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
2
Medicina é arte quando se ouve e examina uma pessoa, descobre qual o mal
que a aflige.
Arte ainda quando se escolhe uma forma de curá-la, e realmente a cura.
Passa a ser ciência quando cataloga o que apreendeu com a arte, cria
aparelhos que complementam suas ações e seus anos de experiência,
aumentando assim seu poder de cura.
A observação do doente é composta pela anamnése
(Ana=duas vezes mnésis=lembrar, ou seja, relembrar) e
pelo exame clinico. Por estes meios descobre-se o mal de
que esta sofrendo a pessoa atualmente. Alem destes
procedimentos pode-se lançar mão dos Exames
Paraclinicos ou Subsidiários.
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
3
Aspectos do Poder
Mídia
Poder
Econômico
Religião
Sociedade
Educação
Poder
Hormonal
Poder
Político
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
O Poder e sua influência na Feminilidade
Visão medica
“Você não pode escolher
como vai morrer ou quando.
só pode decidir como vai viver agora.”
(Joan Baez, cantora)
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
4
5
O Poder e sua influência na Feminilidade
”Eu sou aquela mulher que fez
a escalada
da montanha da vida
removendo pedras e plantando
flores”
(Cora Coralina, poetisa)
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
6
Mulher e Idealização Mercadológica
 Temor à degradação física
 Relação da Mulher com seu
corpo caracterizada pela
insatisfação e culpa
interiorizadas
 Insegurança e infelicidade
como mola propulsora para
o consumo
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
7
Dinheiro e Feminilidade
 Tradição Romântica
 Prega o amor “verdadeiro
e único”
 Despreza e desafia o dinheiro
como vil manifestação das
coisas terrenas
 Realidade
 Dinheiro como forma de poder pessoal
 Exerce efetiva atração
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
8
“Você já foi ousada,
não permita que a
amansem.”
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
(Isadora Duncan,
bailarina)
9
Religião
 Sexo apenas como
instrumento de
reprodução
 Sexualidade e
culpa
 “Nada na vida deve ser temido,
 somente compreendido.
 Agora é hora de compreender
mais,
 para temer menos.”
 (Marie Curie, física)
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
10
Poder Político
 O que se diz X O que se faz
Em 11 de setembro de 2001, 35.615 crianças
morreram de fome, segundo a FAO.
• Edições especiais na TV:
zero
• Artigos na imprensa:
zero
• Mensagens de chefes de estado: zero
• Minutos de silêncio:
zero
• Mensagens do Papa:
zero
• Bolsas Mundiais:
nada mal
• Euro:
nada mal
• Nível de alerta:
nenhum
• Mobilizações militares:
zero
• Pistas dos criminosos:
nenhuma
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
11
Mídia
 Hipocrisia
 Campanhas de
responsabilidade
social e sexual
 Violência e erotismo
exacerbados
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
12
A Mulher e a Sexualidade
 Erotização precoce
 Histerização da Mulher
 Mulher e idealização
mercadológica
 Violência física e sexual
contra a Mulher
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
13
Erotização Precoce
 Estimulo à sexualidade
 Imaturidade afetiva
e emocional
 Baixa resistência aos
mecanismos do poder
 Aumento angustiante do número de meninas-mães
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
Desregulador Endócrino
É uma substância ou uma
mistura de substâncias
exógenas que alteram uma
ou várias funções do
sistema endócrino e têm,
conseqüentemente,
efeitos adversos sobre a
saúde
num
organismo
intacto,sua descendência
e/ou subpopulações .
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
14
Uma das maiores exposições da população aos
desreguladores endócrinos é através da ingestão de
alimentos e pela agua contaminados. No caso dos
seres humanos estima-se que mais de 90% dessas
substâncias ambientais são absorvidos por via
digestiva.
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
15
16
A maioria dos estudos sobre a regulação
epigenética
têm
mostrado
que
ambiente podem desempenhar um papel
importante
neste
contexto.
Realmente,
ambos os produtos químicos e toxinas ambientais
têm
sido
recentemente
demonstrado a alterar os padrões metilação do
DNA, resultando em epigenética do fenótipos.
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
17
as bases químicas da nova era.
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
18
Tempos Modernos
© Clínica Berenstein de Atendimento à Mulher
Meio biótico: Compreende a biosfera com todas as
espécies de vida que obedecem às leis da física,
química, biologia e ecologia.
Meio abiótico: Compreende o conjunto de todos os
fatores não vivos de um ecossistema (água,
temperatura, pressão, relevo, clima, geologia)
Habitat: Local onde os seres vivem. Definido por
suas características físicas mais visíveis (fauna e
flora). Num mesmo habitat vivem várias espécies.
Nicho Ecológico: Função ou papel desempenhado
pelo organismo no seu habitat.
Organismo: “unidade”mais fundamental da
ecologia.
População: Conjunto formado pelos organismos de
determinada espécie, que vivem em um lugar
delimitado.
Comunidade: Conjunto de todas as populações que
interagem em um determinado lugar.
Ecossistema: o conjunto formado por todos os
fatores bióticos e abióticos que atuam
simultaneamente sobre determinada região.
Biosfera: é o conjunto de todos os ecossistemas da
Terra.
BIOCICLO TERRESTRE OU EPINOCICLO


Composto pelos ecossistemas
de terra firme. Eles incluem
florestas, campos, praias,
desertos e montanhas.
Apesar de representar apenas
28% da área do globo
terrestre, éainda assim o
biociclo que possui a maior
biodiversidade devido a
variedade de climas e a
presença de barreiras
geográfica.


Biociclo dulcícola(água
doce) ou Limnociclo
É formado por rios,
córregos, lagos, pântano,
brejos e até mesmo uma
simples poça de água.Pode
ser dividido em dois tipos:
lênticos(água lenta) e
lóticos(água corrente).
Biociclo marinho ou Talassociclo
Os mares e oceanos ocupam cerca de 70% do
globo terrestre formando o maior dos biociclos.
Entretanto apesar de apresentar populações
bastante numerosas o talassociclo apresenta
menor número de espécie que o epinociclo.
Isso se deve a pouca variação nas condições
climáticas nos ambientes aquáticos.
Ecossistema
É o resultado da inter-relação que
ocorre entre os seres e o meio
ambiente, levando a formação de
complexos sistemas constituídos
por fatores bióticos e abióticos com
uma contínua passagem de
matéria e energia entre eles.
A ecótonoéa zona de interseção
entre dois ou mais ecossistemas.
O conhecimento situacional
Medicina convencional
Baseada em
evidencias
Coletivo...........individua
l
Diseases mongering
Normotica
Farmaco cirurgica
Hipocratica
Organicista

Med. Readaptativa
ecopromotora
Baseada na
individualidade
 Ecodi diseases
 Atividades promotoras
terapeuticas
transformadoras
 Maimoniadicas
 Sistemicas

PASSOS MOBILIZATIVOS ECOMEDICINAIS
Com sciencia
Ecomudanças
 Ecoconsciencia
 Transformar
 Ego crescimento
 Pedir ajuda
 Criar o futuro
 Permitir

Ecosciencia
Eco nutrição
 Eco comunicação
 Ser trans forma do
 Cultura do Amar
 Facilitar
 Superar o
ressentimento
 Permutar

O QUE É POLUIÇÃO???

É a introdução no meio ambiente de qualquer
matéria ou energia que venha a alterar as
propriedades físicas, químicas ou biológicas desse
meio, afetando, ou podendo afetar, a "saúde“das
espécies animais ou vegetais que dependem ou
tenham contato com ele, ou que nele venham a
provocar modificações físico-químicas nas espécies
minerais presentes.
BREVE HISTÓRICO





A partir da Revolução Industrial (RI), a poluição passou a
constituir um problema para a humanidade;
A RI levou à aglomeração urbana que é uma fonte de
poluição, pois implica numerosos problemas ambientais;
A RI foi percussora do capitalismo -sistema econômico
voltado
para a produção e acumulação constante de mercadorias;
Com a RI, a natureza vai pouco a pouco deixando de existir
para dar lugar a um meio ambiente transformado
TIPOS DE POLUIÇÃO
Água;
 Ar;
 Solo.

Constituição do
Planeta Terra
 Água75 %

A SITUAÇÃO DA ÁGUA NO BRASIL

O Brasil detém 11,6%
da água doce
superficial do
mundo;70% da água
disponível para uso
estão localizados na
Região Amazônica;Os
30% restantes
distribuem-se
desigualmente pelo
País, para atender a
93% da população.
Segundo a OMS, a água poluída é aquela cuja
composição tenha sido direta ou indiretamente
alterada. A água deve ter aspecto limpo, pureza
de gosto e estar isenta de microorganismos
patogênicos, o que éconseguido através do seu
tratamento, desde da retirada dos rios atéa
chegada nas residências urbanas ou rurais.Para a
água se manter nessas condições, deve-se evitar
sua contaminação por resíduos, sejam eles
agrícolas, esgotos, resíduos industriais, lixo ou
sedimentos vindos da erosão.
AGENTES CONTAMINANTES DA ÁGUA:
Classificação dos Poluentes da Água
Agentes QuímicosOrgânicos: gorduras,
hidrocarbonetos, ceras, detergentes, óleos, tintas,
pesticidas, solventes..
Inorgânicos: ácidos, álcoois, tóxicos, sais
solúveveis. 
Agentes Físicos Radioatividade;Calor.
Agentes Biológicos Bactérias; Vírus;Protozoários.
A Poluição da Água é
causada principalmente
por:agrotóxicos e
produtos químicos; 
esgoto; térmica; 
industrial;natural.
A água das chuvas, através da erosão e
escoamento superficial, leva agrotóxicos e
produtos químicos para os rios, córregos,
especialmente quando o uso desses produtos
foi indiscriminado, principalmente no meio
rural.As altas concentrações de produtos
químicos (agrotóxicos) na água dos rios
resultam na mortandade de peixes e outros
animais aquáticos.

Na maioria das cidades, os
esgotos contêm restos de
alimentos, detritos orgânicos e
detergentes, que são lançados
diretamente nos rios e arroios.
Download

Poder e Sexualidade