Aula 2. Relações entre
organismos nos
Agroecossistemas
Agroecologia
Módulo 1
Prof.ª Chayane C. de Souza
Funcionamento dos ecossistemas naturais
A função dos ecossistemas refere se aos
processos dinâmicos que ocorrem dentro deles:
Movimento de matéria e energia as interações e
relações dos organismos e materiais do sistema. É
importante conhecer esses processos para
compreender melhor estudos de dinâmica,
eficiência, produtividade e desenvolvimento de
ecossistemas, especialmente agroecossistemas.
Fluxo de energia
Cada organismo esta usando energia para executar
seus processos fisiológicos e ter suas fontes de
energia reabastecidas regularmente. O fluxo esta
diretamente relacionado com a sua estrutura trófica.
Decompositores
Plantas
Herbívoro
As produtoras captam a
energia solar , que fica
armazenada em suas ligações
químicas. A energia total do
sistema é chamada de
BIOMASSA VIVA, também
pode se usar a taxa de
conversão da energia solar
sendo a produtividade primária
bruta normalmente em kcal /
m² ao ano. E a energia que as
plantas usam para si chama se
produtividade primária liquida.
Os herbívoros (consumidores
primários) consomem a
biomassa das plantas e
converte em biomassa
animal, consumidores e
parasitas atuam como
consumidores secundários e
de nível mais alto, estes
atacando herbívoros e
outros consumidores. A taxa
de biomassa tende a cair em
cada nível trófico.
Por fim a massa é
decomposta por detritívoros
e decompositores. O
processo de decomposição
libera energia que entrou na
produção para ser devolvida
ao solo.
Em ecossistemas
naturais , a energia
deixa o sistema em
forma de calor pela
respiração dos
organismo ou na
decomposição da
biomassa.
Fluxo de Energia em um Agroecossistema
Este é muito alterado devido a intervenção
humana. Insumos derivam principalmente de fontes
humanas e frequentemente não são autosustentáveis. Os agroecossietmas tendem a serem
mais abertos, sendo que a energia é retirada do
sistema a cada nova colheita.
Atividade 1. Escolha uma planta medicinal ( relógio do
corpo humano) e descreva um fluxo de energia.
1. Encontre seu nome cientifico e a que família pertence.
2. Qual insumo foi usado no cultivo?
3. Em que a planta é utilizada para o consumo humano?
4. Houve algum ataque de praga ou herbívoro? Pesquise
se existe algum predador típico para esta planta.
5. Encerre organizando o fluxo em folha, traga uma folha
da planta escolhida para simplificar.
Próxima aula- 23/03
Ciclagem de nutrientes
Além de energia , os organismos necessitam da
entrada de matéria para manter suas funções vitais.
Este entra em forma de nutrientes que contem uma
variedade de elementos e compostos cruciais,
utilizada para compor células e tecidos e as
moléculas orgânicas complexas.
Os nutrientes costumam mover-se em ciclos
através dos componentes bióticos de um
ecossistema para o componente abiótico.
Estes ciclos são referidos como ciclos
biogeoquímicos. Tendo como os principais o
carbono, nitrogênio, oxigênio, fósforo, enxofre e
água. Com exceção da água, os outros são
reconhecidos como macronutrientes, cada um com
sua rota específica.
A atmosfera e o solo fazem parte do local de reserva
deste nutrientes. Muitos são absorvidos pelas raízes
das plantas, tornando armazenado em sua
biomassa, podendo retornar ao solo pelos
decompositores.
Ciclagem de nutrientes em um agroecossistema
Este ocorre de maneira mínima em um
agroecossistema devido a fato do sistema perder
quantidades consideráveis de nutrientes na
colheita ou como resultado da lixiviação ou erosão.
A exposição frequente do solo entre a plantas
cultivadas, cria um vazamento de nutrientes , para
repor estes utiliza se insumos externos.
Regulação de populações
A demografia de cada população é a função das
taxas de nascimento e de mortalidade daquela
espécie. Este é reconhecido como a capacidade de
carga no ambiente.
O tamanho de uma população em relação a outra
pode gerar interações em um ambiente.
Cada espécie tem características próprias de
adaptação que podem desenvolver de acordo com a
ocasião, algumas competem, outras fazem o
processo de mutualismo ou seleção.
Mecanismo reguladores da
população em um agroecossitema
Devido á simplificação do ambiente,
ocorre a redução nas interações.
Naturalmente as plantas são autoreguladores. Os insumos humanos ,
podem ser na forma de semente ou
agentes de controle de pragas,
dependem de muita energia e
mantem a diversidade biológica
reduzida.
Mudança no ecossistema
A estabilidade do ecossistema muda de acordo
com a resistência dos indivíduos a perturbação.
Algumas espécies se recuperam outras se perdem
no estagio de sucessão. Quando a espécie tornase adaptada e estável dizemos que ela encontra o
estado clímax, e o ecossistema seu equilíbrio
dinâmico.
Estabilidade no agroecossistema
Esta é muita pequena devido ao fato de ter pouca
diversidade funcional. Quando a colheita é o
enfoque principal e o equilíbrio é mantido pelos
humanos, por meio de insumos entre outros.
Dúvidas??
chayane.souza@ifsc.edu.br
Download

Aula 2. Relação entre organismos nos agroecossistemas