Dicionário Biográfico - Família Arruda
Assis Arruda
Dicionário Biográfico
Os Arrudas
1
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Assis Arruda
Dicionário Biográfico
Família Arruda
Copyright by Francisco de Assis Vasconcelos Arruda
Coordenação Gráfica
FRANCISCO DE ASSIS V ASCONCELOS ARRUDA
Todos os direitos reservados
All rights reserved
Impresso no Brasil
Printed in Brazil
Arruda, Francisco de Assis Vasconcelos
Dicionário Biográfico Família Arruda
2
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fortaleza, CE, 2011
p.450
1- BIOGRAFIA
COD. 929.308131
Livros publicados:
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Os Arrudas- Genealogia, @ 1ª Ed. 1980
Genealogia Sobralense - Os Arrudas - Vol. III @ 2ª Ed. 1988
Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo I 1993
Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo II 1996
Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo III 1996
Genealogia Sobralense - Os Ferreira da Ponte -Vol. IV -Tomo I 1998
Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo IV 2000
Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo V 2004
Dicionário Biográfico – Familia Gomes Parente – Vol. I - 2012
Livros a publicar:
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Roteiro Genealógico das Sete Irmãs- Vol. I
Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo VI
Os Ferreira da Ponte - Vol. IV - Tomo II a XVII
Os Linhares- Vol. V. Tomo I a X
Os Ferreira Gomes - Vol. VI - Tomo I a IV
Os Ribeiro da Silva- Vol. VII - Tomo I a IV
Os Prado-Vol. VIII
Descendência do Capitão Diogo Lopes do Coração o de Maria - Vol. IX
Roteiro Genealógico de Algumas Famílias da Ribeira do Acaraú - Vol. X.
Dicionário Biográfico- Família Ferreira da Ponte
Dicionário Biográfico – Família Linhares
3
Dicionário Biográfico - Família Arruda
INTRODUÇÃO
Historicamente a família Arruda tem suas raízes em Portugal, onde
teve como destaque, principalmente no que diz respeito à arquitetura. São
inúmeros os monumentos e obras que, de uma maneira ou de outra, se ligam
4
Dicionário Biográfico - Família Arruda
aos Arrudas. Em Évora, o Aqueduto do Prata, com nove quilômetros de
extensão, destaca-se como um dos mais característicos monumentos
arquitetônicos de que é dotado, foi construído por D. João III, de 1531 a
1538, "com a cooperação eficaz dos abastados Arrudas", assim como rezam
os registros de sua construção. E em Lisboa um de seus mais famosos
monumentos, a "Torre de Belém", erguida na do "Tejo" para perpetuar a
epopéia das navegações lusitanas, teve, como Arquiteto, Francisco de
Arruda. Outras obras como a Fortaleza de Moçambique, Poços de
Enxobregas, Santarém, Almeirim e Muge, estão vinculadas a outros
arquitetos como: Diogo de Arruda, Pedro de Arruda e João de Arruda.
Além da arquitetura, encontramos um Arruda, estudioso em assuntos
genealógicos, que viveu na ilha de São Miguel dos Açores, com o nome de
João de Arruda Botelho e Câmara, sendo mais conhecido com a alcunha de
"morgado João de Arruda". Nasceu em Ponta Delgada, Arquipélago dos
Açores, em 1774 e faleceu na mesma Ilha, no ano de 1845. Escreveu os
seguintes livros: "Instituição Vinculares de muitas famílias de São Miguel",
"Notícias verdadeiras dos principais fatos históricos e genealógicos da Una
de São Miguel" e "índices dos livros de Registro da Câmara Municipal de
Ponta Delgada".
No clero, destaca-se um Arruda com o nome de Frei Jácome de
Arruda, da Ordem Franciscana. Exerceu o cargo de Porteiro-Mor do
Convento de São Francisco de Lisboa. Porém, em virtude de um conflito
religioso, com o seu Provincial Frei Francisco Noé, o Cardeal Dom Henrique
o desterrou para Mosteiro. Faleceu em 1587, com 80 anos de idade.
Na medicina, encontra-se o Dr. Manoel Monteiro Velho Arruda, que
também se interessou pelos assuntos relativos à história. Nasceu a
05/12/1873, na Vila do Porto da Una de Santa Maria dos Açores. Publicou
vários trabalhos históricos na Revista "História de Lisboa". No ano de 1932
levou ao público uma Coletânea de documentos relativos ao descobrimento e
povoamento dos Açores.
Nas ciências biológicas encontramos Francisco de Arruda Furtado Biologista e Investigador Científico. Nasceu em Ponta Delgada a
17/09/1854, tendo falecido no mesmo lugar a 21/06/1887. Era possuidor de
uma sólida e vasta cultura científica, tendo publicado os seguintes trabalhos:
Zoologia (Muta-cologia) - Indagação sobre a complicação das maxilas de
alguns Hélias - em 1880; A propósito da distribuição dos Moluscos
Terrestres nos Açores, em 1831; Notas Psicológicas e Etnológicas sobre o
Povo Português; Estudos Arroenológicos e o Homem e o Macaco, em 1886.
5
Dicionário Biográfico - Família Arruda
O Município de Arruda é um dos mais antigos do país, tendo
recebido o seu primeiro foral em 1160 e um novo em 1517, doado por D.
Manoel. O seu primeiro Barão foi Bernardo Ramires Esquivei, tendo
recebido o baronato a 17/12/1801. O terceiro Barão de Arruda foi
Bartolomeu de Gamboa e Liz, que não tinha nenhum grau de parentesco com
o primeiro e segundo Barões de Arruda. Nasceu a 10/10/1778 e faleceu a
26/03/1870. Era filho do Capitão-Mor de Arruda, ligado ao Santo Oficio. Foi
Par do Reino, por carta de 01/09/1834. Foi ainda Cavalheiro Fidalgo da Casa
Real e Cavalheiro de Cristo.
Vimos que, a maioria desses ilustres portugueses, acima citados,
teve a bucólica e tranqüila Ilha de São Miguel dos Açores como seus berços
de origem. O mesmo ocorre com AMARO JOSÉ DE ARRUDA, objeto
deste livro, que aportou as nossas terras no descambar do Século XVIII.
Filho de Pedro de Viveiros e de sua mulher Dona Francisco dos Anjos. O
moço português contraiu núpcias com Dona Maria da Conceição, natural de
Mamanguape, Paraíba; filha do Capitão José Ferreira da Costa e de sua
mulher D. Maria Colaça.
Os recém-casados deslocaram-se de Mamanguape para o lugar
"Oiticará". Lá se instalaram numa fazenda de plantar e criar, às margens do
rio Contendas. As terras da Fazenda pertenciam aos domínios da antiga
Fidelíssima Vila de Januária, hoje Sobral. Atualmente pertencem à jurisdição
política do Município de Massapé - berço dos Arrudas cearenses. Depois,
adquiriram o "sítio Barra" encravado no planalto da Beruoca, hoje
denominada "Meruoca".
Porém foi em "Oiticará" que o casal plantou as raízes verdejantes da
sua fecunda prole. Foi lá que seus filhos viram a luz da vida e assistiram o
desenrolar de suas existências. O Patriarca lá veio a falecer, no dia 22 de
maio de 1832.
Os descendentes do moço lusitano se radicaram pelos sertões, serras
e praias das terras de "mares bravios", foram à Amazônia, durante a febre
doirada da extração da borracha e se espalharam por todo o Brasil.
A contribuição da prole do moço açoriano foi e continua sendo
muito valiosa, em relação à terra alencarina. Seus descendentes se projetam
principalmente na indústria e comércio, não deixando de ter participação em
outras atividades, desde a literatura às pesquisas biológicas.
No entanto, os Arrudas do Ceará, não só descendem de Amaro José
de Arruda. Um outro moço açoriano, chamado José Francisco de Arruda,
aportou às terras cearenses e radicou-se ao sopé do planalto d'Aratanha, na
6
Dicionário Biográfico - Família Arruda
então povoação de Pacatuba da Comarca de Maranguape — Gleba
privilegiada pelo acariciante encanto ecológico que se desprende da serra
verdejante que a circunda. Acreditamos que este outro moço açoriano, seja
parente bem próximo de Amaro José de Arruda, pois ambos são naturais da
mesma Ilha de São Miguel e trazem o sobrenome Arruda no final do nome.
José Francisco de Arruda veio já casado em companhia de seus três filhos:
Francisco Arruda, Maria Arruda e João José de Arruda.
O seu filho João José de Arruda, tomou-se abastado proprietário, na
região de Pacatuba. Casou-se com sua distinta Senhora, Dona Maria José da
Conceição, natural de Cauipe, na ribeira cearense do Ceará. Do casamento
nasceram os seguintes filhos: Rita Francisca de Arruda, Pedro José de
Arruda, Maria de Arruda, Izabel Maria de Arruda, Santilha Maria de Arruda,
Manoel José de Arruda, Vicente José de Arruda, António José de Arruda,
Francisco José de Arruda e Luiz José de Arruda.
Destes dez filhos, apenas temos notícias da descendência de Dona
Rita Francisca de Arruda que nasceu na localidade de Suipê, próximo à
cidade de São Gonçalo do Amarante. Casou-se com Valdivino Bandeira de
Oliveira, natural do Rio Grande do Norte, da localidade de Pilar. Do
casamento nasceram os seguintes filhos: Crisanto José de Arruda, Clarinda
de Arruda, João José de Arruda, Santilha Maria de Arruda, Manoel José de
Arruda, Dionísio José de Arruda, Maria Cristina de Arruda, Raimundo José
de Arruda, Vicente José de Arruda, José Francisco de Arruda e Francisco
José de Arruda.
Dos descendentes de Rita Francisca de Arruda, tem-se noticias de
Crisanto José de Arruda. Este nasceu na Vila do Soure, hoje Caucaia, a
30/08/1883 e faleceu a 24/12/1953, em Messejana, distrito de Fortaleza.
Este, foi proprietário de vários sítios em Maranguape e Imobiliária
de renome naquela cidade. Em Fortaleza, fundou em 1951 a Imobiliária
Crisanto Arruda S/A. Casou-se com Sônia Paulina Correia de Arruda, de
cujo consórcio nasceram os filhos: Raimundo Correia de Arruda 1, Francisco
Correia de Arruda 2, António Correia de Arruda3, Maria Arruda da Mota4 e
Manoel Correia de Arruda5 .
1
Raimunda Correia de Arruda, nasceu a 30/08/1909 em Maranguape/CE, casada com
Sebastião Nunes Mavignier, pais de: Luiz Arruda Mavignier, n. 06/02/1930, Oficial da Marinha,
c.c. Adélia Quevedo
2
Francisco Correia de Arruda, nasceu a 24/09/1915 em Maranguape/CE, c.c. Elvira da Cunha
Silveira, pais de: Jebert Arruda Silveira, n. 3/11/1962.
3
Antônio Correia de Arruda, nasceu a 16/03/1917 em Maranguape/CE. Bacharel em Ciências
Econômicas. Diretor da Organização Crisanto Arruda S/A. Fundador e Presidente da Câmara
de Valores Mobiliários do Ceará. Delegado representante do Sindicato dos Corretores de
7
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Contudo, "Os Arrudas" aqui estudados e procedido o desdobramento
genealógico, provém somente de Amaro José de Arruda, que podemos
intitulá-lo como o "Patriarca de Oiticará", que juntamente
com outros "Patriarcas" ribeirinhos do Acaraú, deram valiosas contribuições
ao povoamento, de grande parte, da região Norte do Ceará.
ABELARDO RANGEL PARENTE (Qn.980), Bancário, nasceu em Sobral
a 16 de maio de 1916 e faleceu em Fortaleza a 27 de maio de 1972.
Imóveis junto à Federação do Comércio do Estado do Ceará e Presidente do Conselho Fiscal
do mesmo órgão. Membro da subcomissão do BNH em Fortaleza para assuntos de Imóveis.
Casou-se a 10/02/1945 com Gerarda Castelo Branco Arruda filha de Josué Castelo Branco e
Luiza Castelo Branco, pais de: Eliane Maria Arruda Silva, no 18/05/1946, formada em Filosofia.
C.c. Jonas José da Silva, Odontólogo. - Antônio Arruda Júnior, n. 05/06/1947. Odontólogo, c.c.
Mariluce Viegas Arruda. — Francisco Irapuan Arruda, n. 18/05/1949.
4
Maria Arruda Mota, n. a 11/04/1919. Ex-Funcionária Federal da Rede de Viação Cea¬rense,
licenciada em História. C.c. Raimundo Tarcísio Nogueira Mota, Advogado, Professor
Universitário. Pais de: Luciano Arruda Mota, n. 18/05/1948, formado em Administração. C.c.
Maria Zeneide Lopes Mota. - Raimundo Tarcísio Mota Júnior, n. 29/09/1949. C.c. M. Soares
Mota. - Lúcia Mota Aguiar, n. 06/06/1950, c.c. João Bosco Ponte Aguiar.
5
Manoel Correia de Arruda, n. 22/09/1920. C.c. Violeta Alencar Arruda, n. 21/04/1916, pais de:
José Crisanto Alencar Arruda, n. 27/12/42, c.c. Maria Cláudia Pereira Arruda. - Moacir Alencar
Arruda, n. 28/04/44, c.c. Ana Lúcia B. Alencar de Arruda. - Roberto Alencar de Arruda, n.
26/08/45, c.c. Ana Nicolau de Arruda. - Fernanda Arruda Morei¬ra, n. 02/12/47, c.c. José
Pereira Moreira. - Violante A. de Arruda Piancó, n. 29/12/48, c.c. Hamilton de Alencar Piancó
(pp).
8
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Era filho de Raimundo Osvaldo Rangel Parente (Tn.457) e Rosalina
Cavalcante Rangel. Funcionário do Banco do Brasil, por onde se
aposentou, trabalhou durante muitos anos nas Agências de Sobral e
Camocim. Profissional competente altamente comprometido com a
instituição em era vinculado, sempre a serviço da mesma. Um
cidadão no lato sensu da palavra, de uma honestidade ímpar e de
uma capacidade de trabalho invejável. Soube, de maneira brilhante,
transferir aos filhos os princípios que pautaram sua vida, uma
educação esmerada reconhecida por todos que convivem com sua
prole. Deixou este grande legado para sociedade, homens cultos e de
conduta exemplar. Casou-se a 25/08/1945, no Rio de Janeiro, com
Ilsa Rodrigues Rangel, filha de Bráulio Lourenço Rodrigues e de Olívia
Lourenço Rodrigues, de tradicionais famílias do Rio de Janeiro. Dona
Ilsa, como eu a conheci, era uma destas pessoas de finos tratos, de
uma linguagem visível mente carioca, que nos chamava atenção, o
mesmo se percebia dos filhos logo que chegaram do Rio de Janeiro.
Pessoa agradável e de esmerada educação. De seu consórcio
nasceram os filhos: Carlos Osvaldo Rodrigues Rangel, Sônia Maria,
Paulo Maurício, Abelardo Rangel Parente Filho e Raimundo José
Rodrigues Rangel, todos casados e com destaque em suas atividades
profissionais.
ABELARDO RANGEL PARENTE FILHO (Pn.2232), Odontólogo, nasceu
em Camocim (CE) a 11 de dezembro de 1950, filho de Abelardo
Rangel Parente Abelardo Rangel Parente (Qn.980) e Ilsa Rodrigues
Rangel. Odontólogo, formado pela Universidade Federal do Ceará.
Exerce suas atividades profissionais com grande competência em
Fortaleza (CE). Dotado de uma grande capacidade de fazer bons
amigos, conservador, de atitude altruística. Tem pautado sua vida
dentro dos princípios herdados de seus pais, onde a família é o
centro de suas atenções. Amigo fiel, bom profissional e um pai de
grande coração. Casou-se a 02/07/1976 com Liliana Moreira Rangel,
9
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Odontóloga, n. a 19/07/1952, em Sobral, de tradicionais famílias ali
radicadas, dotada de grandes virtudes, de destacada personalidade,
acima de tudo, uma boa amiga, a quem tenho também um grande
apreço e admiração. Formada pela Faculdade Ondotologia da
Universidade Federal do Ceará (UFC). Exerce sua profissão com muita
proficiência na capital alencarina, filha do empresário Edmilson
Moreira6 e Maria Lilia Sanford Moreira. Do consórcio nasceram três
filhas: Lília Moreira Rangel, médica; Rebeca Moreira Rangel,
psicóloga e Débora Moreira Rangel, Médica.
ADAUTO IZIDORO ARRUDA (Pn. 1881.), Bancário, filho de Rafael
Izidoro Arruda (Qn.1475) e de Francisca Alcídia Arruda. Nasceu em
Sobral a 4 de abril de 1960. Funcionário do Banco do Nordeste do
Brasil, em Sobral, CE. Tendo exercido várias funções no desempenho
de suas atividades como bancário. Empresário, um dos pioneiro com
empresas fotográfica e confecção de vídeos de grande eventos em
Sobral. Eleito a Vereador à Câmara Municipal de Sobral nos pleitos de
2008 e 2012. Vem desenvolvendo um trabalho voltados para os
Distritos principalmente para o Distrito de Rafael Arruda,
anteriormente Distrito do Recreio, limite com a cidade de Cariré, que
atualmente o nome de seu pai. Adauto Arruda é 15ª filho de uma prole
de 19 filhos de uma única mulher. Uma família numerosa e de muita
harmonia testemunhada por mim, quando
então vereador
frequentando a casa de seus pais que me apoiavam para vereador.
Naquele casarão da esquina da principal rua do Distrito destacava-se
das demais. Ali como comerciante e incentivador de confecções de
redes na região, seu pai era líder político de muito prestígio do então
Prefeito e depois Deputado Federal Cesário Barreto Lima. Foi através
do Dep. Cesário Barreto que vim conhecer o Sr. Rafael Arruda e seus
6
Edmilson Moreira, n. a 07.10.1920, empresário de destaque em Sobral, foi diretor presidente do
Derby Clube Sobralense, filho de Francisco Moreira e de Luzia Moreira, casou-se com Maria Lilia
Sanford Moreira, n. a 28.04.1928, filha de Giuceppe Genuense Frota e de Maria Beatriz de
Almeida Sanford ( Apud Sanford, Paulo de Almeida – A Família Sanford no Ceará, 1985, pg
98)
10
Dicionário Biográfico - Família Arruda
familiares. Alí no meio do rural Adauto Arruda e os demais irmãos
consquistaram seus espaços nas diferentes atividades profissionais e
no comércio. Adauto casou-se em Sobral no dia 14 de julho de 1989
com Maria Aurileide Silva Arruda, n. a 09/10/1965, filha de Antônio
Balbino da Silva e de Maria de Moura Silva.
ADOLFO POMPEU DE ARRUDA (Tn.38) Advogado e Professor,
nascido a 27 de abril de 1893 e falecido a 14 de julho de 1964, filho
do emérito magistrado Dr. Antônio Adolfo Coelho de Arruda
(Bn.17) e de Gervizina Pompeu de Arruda. Foi professor de Francês
e Desenho Técnico, na Escola Técnica, Colégio Militar e Liceu do
Ceará. Casou-se com MARIA POMPEU DE ARRUDA, n. a 27.08.1895
e fal. a 18.01/1963, filha de Cesário Pompeu de Souza Magalhãese
de Ambrosina Pompeu Magalhães.
ADRIANA ARRUDA MENEZES (Pn.169), Analista de Sistema , nascida
em Fortaleza, a 21 de junho de 1966, filha do Dr. Francisco Aníbal
Oliveira Arruda Coelho ( Qn.85) e de Márcia Aldigueri de Arruda
Coelho. Formada pela Universidade Federal do Ceará – UFC,
atualmente empresária em Fortaleza. Casou-se a 02/07/1987 em
Fortaleza com Carlos Ivo Novaes Menezes Júnior, Analista de
Sistema, formado pela Universidade Federal do Ceará, atualmente
empresário em Fortaleza, filho de Carlos Ivo Novaes Menezes e de
Célia Gurgel Novaes.
ADRIANA ÍTALA ALMEIDA DE ARRUDA (Pn.252), Fonoaudióloga,
nascida em Fortaleza, a 21 de março de 1977, filha de Raimundo
Nonato Melo de Arruda (Qn.115) e de Kátia Maria Almeida de
Arruda, formada em fonoaudiologia pela Universidade de Fortaleza Unifor. Casou-se em 29/11/2007 em Fortaleza com Hugo Araújo
Ribeiro, filho de Manuel Ribeiro e de Maria Ribeiro.
11
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ADRIANO VERAS PEREIRA (Pn. 1622.), Bancário e Economista, filho
de José Danilo Rubens Pereira ( Qn. 1350) e de Zuleide Veras Pereira (
Lêdinha). Nascido a 13 de janeiro de 1959 em Arcoverde (PE). Fez seus
estudos em sua cidade natal e em Recife e Brasília. Frequentou os
Cursos de Administração de Empresas e de Economia, em Brasília
(DF). Ingressou no Banco do Brasil, na Agência de Caucaia. No Banco,
desempenhou funções administrativas, inclusive como Caixa
executivo. Aposentou-se do Banco, onde trabalhou durante dezoito
anos, em agosto de 1998, ainda novo, por questão de saúde. Casouse a 17/12/1983, em Brasília e separou-se a 13/11/1992 de Keith
Gomes do Carmo Pereira, n. a 01/04/1959, no Rio de Janeiro (RJ),
filha de Valdir Espinheira do Carmo e de Ruth Gomes do Carmo,
funcionária de Carreira da Caixa Econômica Federal, onde tem
desempenhado funções de relevo, na área de planejamento e
assessoria. Formada pela Universidade Nacional de Brasília (UNB), em
Comunicação, Publicidade e Informática. Do seu enlace matrimonial
nasceu único filho Leonardo Gomes do Carmo Pereira em Brasília
(DF) no dia 23 de agosto de 1984.
AGLAÍS DIAS ARRUDA (Qn. 1340.), Bancária, filha de José Euripedes
Arruda (Tn.518) e de Antéia Dias Arruda. Nasceu em Fortaleza no dia 31
de janeiro de 1944. Trabalhou no Banco Real S.A, durante 12 anos, na
função de escriturária. Deixou o o Banco por motivos pessoais e voltou
suas atividades profissionais, como chefe de administração no
Laboratório de Análises Clínicas Dr. José Valmik Gomes, até o
momento de sua aposentadoria. Casou-se a 04/05/1976 com José
Valmik Cavalcante Gomes, Médico, natural de Juazeiro do Norte,
nascido em 06 de setembro de 1033 e falecido em Fortaleza, em
11/12/2005, filho de Valmik Gomes de Figueiredo e de Leila
Cavalcante Gomes. Dr. José Valmik, era Bacharel em Farmácia e
Química pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Especializou-se em
Bacteriologia na Faculdade Paulista de Medicina, em São Paulo e em
Bioquímica na Faculdade de Farmácia do Rio de Janeiro. Aprovado em
12
Dicionário Biográfico - Família Arruda
concurso, ingressou no InstitutoDr. José Frota, onde exerceu a função
de Chefe do Laboratório e Banco de Sangue, durante 15 anos.
Exerceu, ainda a função de Técnico do Instituto Bromatológico do
Ceará, sob a direção do Professor Osvaldo Rabelo. Foi responsável
técnico do Laboratório de Análises Clínicas Dr. José Valmik Gomes, do
qual era proprietário, prestando serviços ao instituto Nacional de
Previdência Social (INPS), Instituto de Previdência do Município (IPM) e
a todos os hospitais da capital e consultorias médicas. Teve uma única
filha, Caroline Arruda Gomes, que nasceu em Fortaleza a 30 de
dezembro de 1991.
ALAN ARRUDA ARAGÃO (Gêmeo) (Pn. 751), Médico, filho de
Geraldo Costa Aragão e de Ana Maria Arruda Aragão ( Qn.216).
Nasceu em Brasília a 12 setembro 1981. Formado em Medicina, pela
Universidade Federal do Ceará, em 2006. Trabalhou como Médico de
Saúde da Família após assumir concursos públicos na cidade de
Itapipoca-CE durante o ano de 2006 e Pacajús (CE) no ano de 2007.
Concluiu residência médica em Cirurgia Geral pelo Instituto Dr. José
Frota (IJF) em Fortaleza-CE nos anos de 2008 e 2009. Atualmente
cursando o terceiro e último ano de residência médica em Urologia
no Hospital Universitário Pedro Ernesto pela Universidade do Estado
do Rio de Janeiro (UERJ), com início em 2010.
ALBERTO HUET MORAIS DE ARRUDA (Pn.188), Odontólogo, filho de
José Aldemir de Arruda Coelho (Qn.93) e de Maria Aída Morais de
Arruda. Nascido em Fortaleza a 9 de julho de 1967. Formado pela
Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Ceará –UFC.
Casou-se em Fortaleza a 26/09/1990 com Ângela Borges de Arruda,
filha de Uirandê Augusto Borges 7e de Dolores Mota Borges.
7
Uirandê Augusto Borges, filho de Ubirajara Augusto Borges e de Rita Ferreira Borges,
casou-se com Dolores Mota Borges, filha de Fernando Cavalcante Mota e de Maria Helena
Cavalcante Mota (pp)
13
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nascida em Fortaleza a 11 de fevereiro de 1970. Tiveram três filhos:
Alberto Huet Morais de Arruda Filho n. a 28/07/1992 em Fortaleza, Gabriel
Huet Borges de Arruda n. a 08/02/1996 em Fortaleza e Guilherme Huet
Borges de Arruda n.a 02/07/98 em Fortaleza.
ALBINO LUCIANI ARRUDA CARNEIRO (Pn.711), Médico, filho de
Humberto Arruda Carneiro (Qn.205) e de Ana Guimarães Carneiro.
Nasceu em Sobral a 19 de agosto de 1978. Formado pela
Universidade da Alemanha, onde reside. Albino fez suas primeiras
letras em Sobral. Muito cedo teve sua saúde comprometida, tendo
que passar por cirurgias na coluna. Sua força e determinação não lhe
abateram. Foi para Alemanha fazer faculdade de Medicina onde
formou-se com louvor desenvolvendo algumas residências que o
qualifica como um grande profissional.
ALEKSANDER RODRIGUES RANGEL (Sn.201), Engenheiro Civil e
Empresário, filho do Dr. José Armando Mont’ Alverne Rangel (
Pn.326) e Maria do Carmo Rodrigues Rangel. Nascido em Fortaleza a
4 de março de 1969. Formado pela Faculdade de Engenharia Civil da
Universidade Federal do Ceará –UFC. Casou-se em Fortaleza com
Alessandra de Sabóia Rangel, Engenheira Civil, formada também
pela Universidade Federal do Ceará, natural de Fortaleza, nascida no
dia 28 de fevereiro de 1969. Do seu consórcio nasceram: Thaís de
Sabóia Rangel, n. a 13/11/1995 em Fortaleza e Armando de Sabóia Rangel,
n. a 18/12/1999 em Fortaleza.
ALEUDA DIAS ARRUDA (Qn. 1339.), filha de José Euripedes Arruda
(Tn.518) e de Antéia Dias Arruda, nasceu em Fortaleza a 24 de novembro
de 1945, casada com Francisco José de Barros Fléxa, Engenheiro Civil,
nascido em Fortaleza, aos 22/02/1950, filho de filho de Edgar Nunes
Fléxa8e de Francisca Guimarães Barros Fléxa. Engenheiro Civil pela
8
Edgar Nunes Fléxa, filho de Arsênio da Cruz e de Diva Brígido Nunes Fléxa. Casou-se com Francisca
guimarães Barros Fléxa, filha de Vicente Florêncio de Barros e de Maria Soledade Guimarães (Apud
Pereira, Danilo – Memorial Genealógico- Familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg111).
14
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Tem exercido suas atividades
profissionais na Superintendência de Obras do Estado do Ceará (SOEC),
da Secretaria de Obras do Estado, como engenheiro civil, na comissão de
Assessor de Engenharia DAS-2, no perído de julho/1983 a junho/1985.
Contratado em junho/1985 para a Divisão de Prédios Escolares, do
Departamento de Edificações da SOEC, onde trabalhou na fiscalização de
obras de construção, ampliação e reforma de prédios escolares da
Secretaria de Educação, na capital e interior do Estado; em perícias
judiciais e trabalhos afins de engenharia. Com a extinção, em junho/1997,
da SOEC, o pessoal foi incorporado pelo DERT. Com a criação do Núcleo
de Articulação Institucional (NUARI), foi designado para exercer a função
de “ Articulador” do DERT com as Secretarias do Governo do Estado, em
cuja função permanece até hoje. Do seu matrimônio teve uma filha
Melissa Arruda Fléxa, nascida no dia 29 de março de 1988 em Fortaleza.
ALEXANDRA ARRUDA ROCHA (Pn. 739), Administradora de
Empresas, filha de Gerardo Magela Vasconcelos Arruda (Qn.213) e de
Maria de Lourdes do Carmo Arruda. Nasceu em Sobral a 5 de julho
de 1970. Formada em administração de empresas pela Universidade
Estadual do Ceará -UECE, em 1995 e Contabilidade Pública e Privada,
pela Universidade Estadual Vale do Acaraú–UVA, em 1997.
Atualmente, exerce função estratégica, na Empresa “ SIM
SOLUÇÕES” franquia da empresa de telecomunicações “ T.N.L.
Telecom “, conhecida com nome de fantasia (OI). Para melhor
desempenho de suas atividades, realizou o Curso de MBA da Função
Dom Cabral, em Planejamento Estratégico, em 2008. Casou-se a
14/10/1995, em Sobral, com Francisco das Chagas Rocha Júnior, n. a
19/12/1969, em Sobral, filho de Francisco das Chagas Rocha9 e de
Raimunda Elizete Melo Rocha. Do seu enlace matrimonial nasceram
9
Francisco das Chagas Rocha, n. a 01.12.1944, em Luís Correia (PI), filho de Manoel Canuto
Rocha e Elvira de Jesus Silveira Rocha. Casou-se a 04.12.1966, com Raimunda Elizete Melo
Rocha, n. a 14.02.1947, em Ipueiras , filha de João Crisóstomo de Melo e de Maria da Silva
Melo (pp).
15
Dicionário Biográfico - Família Arruda
duas filhas ambas nascida em Sobral:
Aléxia Arruda Rocha
14/08/1998 e Alícia Arruda Rocha n. a 27/04/2005.
n. a
ALEXANDRE PONTE LINHARES (Pn.500), Advogado, filho de José
Maria Ribeiro Linhares ( Qn.169) e de Analdira da Ponte Linhares.
Nasceu em Sobral a 9 de outubro de 1965. Formado pela Faculdade
de Direito da Universidade Federal do Ceará. Exerce sua atividades
como advogado no município de Sobral. Casou-se em Sobral a
09/10/1991 com Kátia Cavalcante, da qual se separou, filha de
Milton Cavalcante e de Hosana Cavalcante. Tiveram o filho Thales
Cavalcante Linhares n. a 09/04/1992 em Sobral.
ALICE FROTA ALMEIDA (Qn.122), filha do Dr. José Ribeiro da Frota e
de Guiomar de Arruda Frota ( Tn.47), nascida em Fortaleza a 14 de
outubro de 1919. Recebeu uma educação das mais emeradas.
Participou desde cedo da mais alta sociedade alencarina. Casou-se
com Trajano Augusto de Almeida, médico, nascido em Fortaleza a 9
de setembro de 1915, filho de José Joaquim de Almeida Filho e
Emília Ledroneta Montenegro de Almeida10. Formado pela
Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará. Do seu
consórcio nasceram cinco filhos: Trajano Augusto de Almeida Filho,
médico; Heloise Maria Frota de Almeida, médica; Inês Alice Frota de
Almeida,fisioterapeuta; José Joaquim Frota de Almeida, médico e
Gilda Beatriz Frota de Almeida, engenheira civil. Todos casados com
descendência residentes em Fortaleza. Dona Alice Frota e Dr.
Trajano tiveram um lar de muita harmonia dedicada a educação dos
filhos e aos trabalhos sociais.
10
Emília Ledroneta Montenegro de Almeida, filha do Tabelião Francisco Urbano Pessoa
Montenegro (filho do Pe. Francisco Urbano Albuquerque Pessoa Montenegro e de Joaquina
Figueiredo, e primeiro neto de Genebra e Manoel, era também citado como Coronel
Francisco Urbano. Francisco Urbano foi tabelião em Itapipoca por vários anos e prefeito de
Itapipoca (CE) de janeiro de 1840 a dezembro do mesmo ano, era casado com Ledroneta
Teles de Menezes, filha de Manoel Jacinto Teles de Menezes e Mariana Teles de Menezes.
Casou-se com Joaquim de Almeida Filho, descendente de portugueses.(Tavares, Maria
Yolanda Montenegro - Montenegro: a história e uma família, 1634-1996, pg204, 1997)).
16
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fundador da Clínica Trajano Almeida, que remonta ao ano
de 1946 quando Dr. Trajano Augusto Almeida e Dr. Carlos Alberto
Studart Gomes, ambos Pneumologistas e exercendo mais
intensamente a área de Tuberculose (Tisiologia), adquiriram em
1946, da viúva do Dr. Lineu Jucá, falecido neste ano, sua clínica
radiológica então situada à rua Floriano Peixoto, 932, Centro. Dr.
Lineu Jucá inaugurou esta clínica em 1936 tendo sido o primeiro
médico a exercer radiologia como especialidade exclusiva no Ceará.
A radiologia estava nos seus primórdios.(Descoberta dos Rx em
1895).
A Clínica passou a denominar-se de Instituto de Radiologia
Lineu Jucá em homenagem ao grande radiologista. A partir de 1975,
inaugurou-se a fase mais moderna com a cooperação de Doutores
ilustres da radiologia cearense Dr. Trajano Almeida Filho, José
Joaquim Frota de Almeida, José Jurandyr Cardoso e José Wilson
Medeiros, todos pertencentes a linhagem nova da radiologia com
pós graduação no Sul do país e no exterior.
Em 1988, sob a direção exclusiva dos Drs. Trajano Almeida
e Joaquim Almeida, a Clínica inaugurava sua nova e moderna sede à
Av. Dom Luiz, Aldeota, projetada e construída dentro dos mais
rígidos padrões arquitetônicos de versatilidade e segurança. Passou,
então, a chamar-se de Clínica Trajano Almeida.
Na sua fase contemporânea, a Clínica cresceu muito,
dispondo atualmente das mais modernas aparelhagens para os mais
diversificados exames nas áreas da Radiologia Digital, Mamografia
Digital, Estereotaxia, Ultrassonografia, Doppler Colorido, Tomografia
Computadorizada Multislice, Densitometria Óssea e Ressonância
Magnética de Alto Campo 1,5 tesla e 3,0 tesla.
ALINA ARRUDA D´ALVA DUCHROW (Pn. 743), Arquiteta, filha de
Francisco das Chagas d' Alva e Souza e de Maria do Socorro Arruda
d' Alva (Qn.236). Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 27 de março de
1971. Formada em Arquitetura pela Universidade de São Paulo17
Dicionário Biográfico - Família Arruda
USP. Casou-se a 11.10.2001, em Fortaleza com Anselm Duchrow, n.
a 16/09/1966 na cidade de Heidelberg na Alemanha. Engenheiro
Agrônomo, filho de Ulrich Duchrow e de Ulrique Duchrow.
ANANIAS ARRUDA, ver Raimundo Ananias Vasconcelos Arruda,
pg.....
ALOISIO CÉSAR ARRUDA SABINO (Qn. 665.), Representante Comercial,
filho de José Garcez Sabino e de Maria Consuelo Arruda Sabino
(Tn.266). Nascido a 29 de maio de 1955 em Fortaleza. Casou-se a
29/02/1980 em Fortaleza com Maria Valéria Guimarães de Andrade
Sabino, filha de Ofir Andrade Rodrigues Lima e Ednir Guimarães de Andrade, nascida a 16 de junho de 1961 em Fortaleza.
AMANDA DO CARMO ARRUDA AGUIAR (Pn. 741), Empresária, filha
de Gerardo Magela Vasconcelos Arruda (Qn.213) e de Maria de
Lourdes do Carmo Arruda. Nasceu em Sobral a 6 de agosto de 1977.
Casou-se a 13/11/1999 com Eduardo Henrique Aguiar n. a
30/12/1974 em Sobral. Formado em Direito pela Universidade de
Fortaleza - Unifor, em 1998. Especialização em Processo Civil, com
atuação na advocacia empresarial, tendo passado por grandes grupos
empresariais do Ceará, como Édson Queiroz e Jota Macêdo.
Atualmente presta serviços na área de advocacia e consultoria
jurídica para empresas, filho de Antônio Atibone Bastos Aguiar11 e de
Rosa Maria Aguiar.
AMARO JOSÉ DE ARRUDA (F. 03).(2º do Nome), Agropecuarista,
nascido em 1805 na fazenda Oiticará município de Massapê e
falecido em 27/08/1877, filho de patriarca o português Amaro José
11
Antônio Atibone Bastos Aguiar, n. a 03.08.1943, filho de Francisco Angélico Aguiar
Ximenes e de Maria do Carmo Bastos Aguiar. Casou-se a 04.07.1969, com Rosa Maria Aguiar,
n. a 19.08.1949, filha de José Edmilson Aguiar e de Francisca Mourão Aguiar (pp).
18
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Arruda e de Dona Ana Maria da Conceição. Proprietário de
fazendas e sítios no município de Sobral - CE. Senhor de escravos.
Casou-se a 13/07/1929 com RITA UMBELINA DO NASCIMENTO, filha
de Manoel José do Nascimento12 e Maria da Costa do Nascimento. Do
seu matrimônio nasceram seis filhos com destacada descendência na
vida pública do Estado do Ceará: Prof. Vicente Ferreira de Arruda (
Prof. Arruda), grande abolicionista sobralense e latinista, casado com
Guilhermina Gomes Coelho de destacada família, filha do Capitão
Antônio Gomes Coelho, tronco da família Arruda Coelho; Ana
Joaquina Ferreira de Arruda casada com José Gomes Parente, filho
de Antônio Gomes Parente e de Inês Madeira de Vasconcelos
Linhares, de onde se origina parte da família Rangel, Monte Parente e
outras destacadas famílias sobralenses; Raimundo Nonato Ferreira
de Arruda, casado com Joana Clara de Araújo; com descendência
ainda ignorada pelo autor; Peregrino Ferreira de Arruda; com
descendência ainda ignorada pelo autor; Maria Quitéria Ferreira de
Arruda casada com Cel. Raymundo Benício da Silveira, natural de
Viçosa do Ceará, onde foi Juiz de Paz e membro da última Câmara
Municipal de Viçosa, na Monarquia, do casal descende uma das mais
tradicionais família de Viçosa os Arrudas da Silveira, os Caldas da
Silveira entre ouutras; Rita Umbelina Ferreira de Arruda, falecida
inúpta e Antônio José de Arruda, também com descendência
ignorada pelo autor. O tronco da família de Amaro José de Arruda
está destacado no Tomo III da Genealogia da Família Arruda na
terceira edição.
12
Manoel José do Nascimento, avô materno do General Tibúrcio, é natural de Amontada,
filho de Matias Vital de Negreiros, natural do Jaguaribe, e de Maria de Vera-Cruz, e se casou,
em Sobral (CE), com Cosma Maria do Livramento, filha de Amaro da Rocha Maciel e de
Quitéria Maria de Jesus. Do casal nasceram os seguintes filhos: (1) Matildes Francisca do
Nascimento casou-se com José Alves Linhares; (2) Margarida Ferreira do Nascimento,
casou-se duas vezes. A 1ª, com Alexandre José da Silveira. A 2ª, com Francisco Ferreira de
Sousa. Deste segundo matrimônio nasceu o General Tibúrcio; (3) Vicente Ferreira do
Nascimento casou-se com Rufina Felícia, filha de Antônio José Portela e de Rita Raimunda de
Castro; (5) Rita Umbelina, casou-se a 13.07.1829, em Sobral (CE),com José Amaro de
Arruda, filho de Amaro José de Arruda, português, e de Ana Maria da Conceição; (6) Maria
Quitéria do Nascimento casou-se com o Cap. Bento de Araújo Costa, viúvo de Rita Maria da
Conceição e filho do Cap. Diogo Lopes de Araújo Costa ( Apud Araújo, Sadoc – Cronologia
Sobralense, Vol II, pg 39).
19
Dicionário Biográfico - Família Arruda
AMAURI BEZERRA DE ARRUDA (Qn.128), Odontólogo, filho do
comerciante na praça de Fortaleza Lívio Cavalcante Arruda (Tn.49) e
de Maria do Rosário Bezerra de Arruda. Nasceu em Fortaleza a 18
de fevereiro de 1925 e faleceu na mesma cidade a 16 de setembro
de 1971, aos 46 anos de idade. Casou-se em Fortaleza a 22 de
março de 1952 com Maria Eunice Bruno de Arruda, com quem teve
duas filhas: Eliane Maria Bruno de Arruda e Inês Bruno de Arruda.
Do seu enlace matrimonial nasceram duas filhas: Eliane Maria Bruno
de Arruda casada com o Oficial do Exército Ítalo Roberto Gondim da
Silva, e Inês Helena Bruno de Arruda casada com Wellington das
Neves Morais, ambas com descendência.
ANA CAROLINA ARRUDA CABRAL SILVA (Sn.131), Administradora,
nascida no Rio de Janeiro 5 de maio de 19788, filha de Iná Cristina
Arruda Cabral Silva e de Francisco Luiz Villar Cabral Silva (Bacharel
em Comunicação pela Universidade RJ Formação em Inglês pela
UCLA University Los Angeles Califórnia. Cursando MBA em
Administração na Peperdine University Malibu Califórnia.
ANA CAROLINA FERNANDES ARRUDA (Pn.1601.), Odontóloga, n. a
23/06/1979, em João Pessoa (PB), filha de Raimundo Ferreira de Arruda
( N.36) e de Teresa Maria Aguiar Arruda. Formada em Odontologia pela
Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e trabalha no Centro Integrado
de Ortodontia do Nordeste (CION). Casou-se e separou-se de Antônio
Carlos Magalhães Neto, n. a 23/03/1976, em João Pessoa (PB). Do
casal nasceu uma filha Dara Arruda Magalhães, nascida a 18 de maio
de 2000 em João Pessoa (PB).
ANA CAROLINE ALVES DE CARVALHO RAMOS (Sn.305), Odontóloga,
nascida em Teresina a 2 de abril de 1977 , filha de Paulo de Tarso de
Moraes Trindade Carvalho e de Maria Célia Alves Carvalho ( Pn.370).
Cursou seus estudos no Instituto Dom Barreto (1981-1995), sendo
20
Dicionário Biográfico - Família Arruda
aprovada para o curso de Administração de Empresas na
Universidade Estadual do Piauí (1977) e para o Curso de
Odontologia da Universidade Federal do Piauí (1988). Casou-se a
07/12/2001 com Luciano Sérgio Coutinho Ramos, Médico, n. a
11/04/1975, em Teresina (PI), cursou seus estudos no Instituto Dom
Barreto-IDB (1978-1992), logrando êxito no vestibular para o curso
de Medicina da Universidade Federal do Piauí em 11 ª lugar geral
(1993-1998) e para o curso de Direito em 67º lugar (1996). Professor
de Biologia durante três anos no IDB (1995-1998). Trabalhou por
sete meses como médico da família em Croatá e Guaraciaba do
Norte, Serra da Ibiapaba (CE). Fez especialização médica na área de
Pediatria (1999-2001), ocupando atualmente o cargo de chefe do
Serviço de Pediatria do Hospital São Paulo (apart-hospital privado de
corpo clínico misto), filho de José Maria de Aguiar Ramos e de Maria
de Jesus Coutinho Ramos.
ANA EXCELSA ARRUDA (NANA) (Bn. 133.) n. a 25/03/1874 em
Massapê e falecida com 90 anos de idade, no dia 16/07/1964, em
Massapê. Era filha de Raimundo Ferreira de Arruda ( N.36) e de Maria
Aguiar Arruda. Casou-se com seu primo Francisco José de Arruda,
natural de Cruz, então Município de Acaraú . Posteriormente foi
residir em Massapê, onde todos seus filhos nasceram. Chico José
como era conhecido, mantinha uma grande amizade como meus avós
Antônio Araújo Vasconcelos e Maria da Virgens Arruda, consta até
que morou com eles algum tempo. Em 1920, foi assumir um emprêgo
em Camocim, como Guarda Ferroviária, com toda a famílias, onde
passou o resto de seus dias. Homem simples, mas de grande carácter.
Ana Excelsa (Nana) após sua morte retorna a Massapê com a família.
Deles descendem uma grande prole que souberam honrar o nome de
sua família, e se destacam em várias atividades humanas, no Estado
do Ceará e no Brasil, filho de José Francisco de Arrudae de Constância
Maria da Conceição.
21
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ANA FLÁVIA ARRUDA BLOC (Sn.103), Engenheira Agrônoma, filha
de José Hélio Barreto de Arruda Coelho (Pn.134) e de Maria Ramos
Arruda Coelho (Marietta Arruda). Nasceu em Sobral a 23 de março
de 1965. Formada pela Faculdade de Agronomia da Universidade
Federal do Ceará –UFC e mestrado na mesma Universidade em
irrigação. Atualmente empresária. Casou-se a 19/02/1994 com
Antoine Francis Roux Bloc, filho de Jeanine Roux Bloc e Hubert
Etienne Bloc, franceses. Do seu consórcio nasceram os filhos: Nicole
Arruda Bloc, n. a 02/08/1994 em Sobral e Jean-Luc Arruda Bloc, n. a
02/10/1996 em Sobral .
ANA JOAQUINA DE ARRUDA PARENTE (N.12), professora pública,
nomeada no dia 6 de abril 1867 professora da instrução pública
primária na 2ª cadeira feminina de Sobral; filha de Amaro José de
Arruda (2º do nome) (F.03) e de Rita Umbelina do Nascimento. Ana
Josquina irmã do célebre professor Vicente Ferreira de Arruda ( Prof.
Arruda) e prima do General Tibúrcio. Casou-se em Sobral a 14 de
fevereiro de 1858 com José Gomes Parente13, este em 2ª núpcias,
filho de Antônio Gomes Parente (filho do Cap. Mor José Inácio Gomes
Parente e de Francisca de Araújo Costa) e de Inês Madeira de
Vasconcelos Linhares (filha de José Alves Linhares). Nasceu em Sobral
a 24 de março de 1925, onde desenvolveu grande patrimônio como
agropecuarista e latifundiário na região. Como os demais membros
da família Gomes Parente viviam da pecuária e investimentos
mobiliários. Deixou uma prole de oito filhos, que se estenderam aos
milhares pelo Estado do Ceará e Brasil. São eles: Raimundo Gomes
Parente; Francisco Gomes Parente; João Júlio Gomes Parente; Maria
Carminda Gomes Parente; Rita Gomes Parente; Vicente Gomes
Parente; Maria José Gomes Parente; Ana Gomes Parente e José
Gomes Parente Filho.
13
JOSÉ GOMES PARENTE casou-se em 1ª núpcias, a 11.01.1848 com sua prima Brasiliana
Alves Pontes, filha de Francisco Alves Pontes e de Luiza Teresa de Jesus. O casal teve dois
filhos; (1) José Mariano Gomes Parente e Joana Brasiliana Parente(Apud Arruda, F.A.V. –
Genealogia Sobralense, Vol III, Os Gomes Parente, Tomo IX)
22
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ANA LETÍCE COSTA MEDEIROS (Pn. 1558.), Contadora, filha de Antônio
Édson Medeiros ( Qn.1381) e de Maria de Lourdes Arruda Costa. Nasceu
em Sobral a 15 de novembro de 1972. Formada em Letras com
especialização em português pela Universidade Estadual Vale do Acaraú
–UEVA. Bacharela em Ciências Contábeis pela mesma Universidade.
Casou-se em Fortaleza a 20/12/2003 com Francisco Carlúcio de Farias,
n. a 07/09/1975, em Massapê , filho de Raimundo Adones de Farias e de
Maria Rosália de Farias. Tiveram dois filhos: Francisco Lúcio Medeiros
Farias n. a 05/12/2004 e Pedro Lucas Medeiros Farias n. a 24/02/2009, ambos em
Sobral.
ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG(Qn.777.),
Médica, filha de Miguel Edgy Távora Arruda ( Capitão Edgy) ( Qn.297) e
de Maria Adelina Furtado Arruda. Nasceu em Baturité-CE a 7 de julho
de 1950. Formada pela Faculdade de Medicina da Universidade
Federal do Ceará com especialidade em pneumologia; historiadora e
mestre em História Social pela PUC-SP. Fez, no Rio de Janeiro, os
cursos: Nacional de Pneumologia Sanitária-MS (1988), Nacional de
Combate ao Fumo-MS (1989) e Aperfeiçoamento em Tisiologia-MS
(1990). Em 2009, em Paris, cursou: Histoire de la Civilisation
Française, Histoire de l’Art et Français Général - France Langue.
Implantou e coordenou o Programa de Controle do Tabagismo da
Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (1990-2000). Atua na
literatura, com p roduções nos seguintes gêneros: crônica, ensaio e
poesia. Retratista e memorialista, publicou o livro biográfico
“Clemente Ferreira (1857-1947)”. Publicou os capítulos: “Nicotina e a
Mulher” e “tuberculose e Cortiço” dos livros: “Nicotina Droga
Universal" e "Polifonias da Cidade”. Publicou uma dezena de
trabalhos em revistas médicas. É membro da Sociedade Brasileira de
Médicos Escritores-CE e da Sociedade Brasileira de História da
Medicina. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 14/04/1975 em Fortaleza com
Mauro Régis Assunção Teixeira n. a 05/10/1947 em Iguatu (CE), filho
23
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Luiz Fernando Barros Teixeira e Francisco Alves Assunção Teixeira.
A 2ª, a 24/11/2005 em são Paulo (SP) com José Rosemberg, filho de
Emanuel Rosemberg e de Eugênia Rosemberg. Do seu 1º casamento
nasceram três filhos: Jana Arruda Teixeira n a 22/02/1977 em
Fortaleza; fotógrafa e pedagoga; Daniel Arruda Teixeira n. a 21/02/1980
em Fortaleza; médico patologista,solteiro e Liana Arruda Teixeira n. a
10/02/1982 em Fortaleza; Psicóloga, casada com Robston Medeiros. Do
2º casamento sem sucessão.
ANA MARIA ARRUDA ARAGÃO (Qn.238), Bancária e Administradora
de empresas, filha do empresário sobralense Francisco Linhares
Arruda (Tn.111) e de Maria de Jesus Vasconcelos Arruda. Nasceu em
Sobral a 18 de abril de 1951. Formada em Administração de Empresa,
pela Universidade Nacional de Brasília - UNB. Funcionária aposentada
da Caixa Econômica, onde ocupou diferentes funções. Casou-se a
08/11/1977 com Gerardo Costa Aragão, Bancário, n. a 17/10/1951,
em Granja, filho de Raimundo Nonato Aragão e de Francisca Costa
Aragão. Formado em Administração de Empresas, pela UNB.
Funcionário concursado do Banco Central,
em Brasília e
posteriormente Fortaleza.
Geraldo foi em vida um otimista. Acreditou na força da vontade
e conquistou com galhardia seu merecido espaço no Banco Central
do Brasil e no seio da sociedade. Pessoa por demais alegre, animava
qualquer roda que se encontrasse. Contava uma anedota com muita
simplicidade contaminando a todos com sua maneira espontânea,
sem medir meias palavras, ao contá-las.
Mesmo doente empreendeu ainda duas viagens a Europa.,
oportunidade em que me visitou duas vezes em Madrid-Espanha,
quando me encontrava realizando um curso pela Embrapa,
proporcionando-nos dias de muita alegria e de grande movimentação
nas noites madrilenhas. Tinha a consciência, que não dispunha mais
muitos dias de vida, e procurou desfrutar dos melhores ambientes
de Madrid, bons restaurantes e casas de shows flamengos. Na
24
Dicionário Biográfico - Família Arruda
tourada, na Plaza de Madrid, fez questão de torcer pelos touros.
Achava ele uma tremenda covardia, um luta desigual, entre o touro e
o toureiro. Pintou alguns quadros, que ainda se encontram no sítio
que ele adquiriu e que muito pouco usufruiu. Ana Maria e Geraldo
tiveram quatro filhos: Igor Arruda Aragão, procurador do Banco
Central; Yuri Arruda Aragão, Médico; Alan Arruda Aragão (gêmeo),
Médico e Cid Arruda Aragão (gêmeo), Procurador Federal da União.
ANA MARIA ARRUDA VIANA (Qn. 785.), Professora, filha de Clemente
Olintho Távora Arruda (Tn. 301.) e de Rocilda Germano Arruda. Nasceu
a 12 de novembro de 1950 em Fortaleza. Casou-se a 10/07/1972 em
Fortaleza com João Bosco Gomes Viana, Industrial, n a 23/01/1950 em
Fortaleza, sócio proprietário, com seus irmãos da firma Coimbra
Industrial Técnica Lata, fabricantes de fogões e lavanderias
industriais. Oficial da Reserva do Exército Brasileiro, tendo
cursado o Curso Preparatório de Oficiais da Reserva - CPOR em
Fortaleza. filho de Odair Albuquerque Viana e Maria Júlia Gomes Viana.
Do seu matrimônio nasceram cinco filhos: Ana Júlia Arruda Viana
Belchior n.a 02/05/1974; casada com Francisco de Assis Fontenele
Belchior n. a 13/12/1974; Ana Paula Arruda Viana n. a 14/08/1975
casada com Gladson Alves de Oliveira n. a 03/06/1976; João Bosco
Gomes Vianna Júnior n. a 30/09/1977 casado com Lívia Maria Lima
Viana n. a 27/11/1981; João Paulo Arruda Viana n. a 24/10/1980 solteiro
e Ana Beatriz Arruda Viana n. a 08/01/1997, solteira.
ANA PAULA CARVALHO ARRUDA COELHO (Pn.102) nasceu em
Sobral a03 de junho de 1965, filho do Dr. Luciano Arruda Coelho
(Qn.67), Promotor de Justiça, e de Maria do Carmo Carvalho de
Arruda Coelho, ilustre tabeliã em Sobral. Fez seus primeiros estudos
em Sobral. Em Fortaleza ingressou na Faculdade de Direito da
Universidade Federal do Ceará -UFC. Casou-se com Fernando Cela
Pinto, sobralense nascido a 28 de setembro de 1963, filho do
cardiologista Dr. Afonso Walter Magalhães Pinto e Maria Helena
25
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Cela Magalhães Pinto. Tiveram três filhos: Lucas Carvalho Arruda
Cela, Gabriel Arruda Cela e José Artur Arruda Cela, todos nascidos
em Sobral.
ANA PAULA DIAS RANGEL MONTENEGRO (Sn.234), Médica, nascida
a 24 de setembro de 1971, filha de Paulo Maurício Rodrigues Rangel
(Pn.339) e de Maria da Conceição Dias Rangel. Neta paterna de
Abelardo Rangel Parente e de Ilsa Rodrigues Rangel, e pelo lado
materno de Luiz Gonzaga Dias e de Raimundinha Passos Dias.
formada pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do
Ceará - UFC, com especialidade em pediatria; casou-se a 22/07/1994
com Renam Magalhães Montenegro Júnior n. a 15/11/1966, filho de
Renam Magalhães Montenegro14e de Vera Silvia Coelho
Montenegro. Do seu consórcio nasceram três filhos: Mariana Rangel
Montenegro n. a 14/04/2000, Ana Luiza Rangel Montenegro n. a
24/03/2007 e Amanda Rangel Montenegro n. a 19/03/2010, todos
nascidos em Fortaleza.
ANA VALÉRIA ROCHA ARRUDA (Pn. 844.), Advogada, n. a 24/09/1966 em
Fortaleza; filha de José Roberto Furtado Arruda (Qn.631) e de Maria Elcy
Rocha Arruda. Formada em Direito e Técnica Judiciária do Tribunal
Regional do Trabalho em Natal (RN); casou a 04/07/1997 com Marcelo
Martins Pinto n. a 13/07/1971 em Teresina (PI), filha de Francisco das
Chagas do Nascimento Pinto e Maria do Perpétua Socorro Martins Pinto;
técnico em Informática do TRT em Natal. Tiveram dois filhos: Marcos
André Arruda Pinto n. a 22/01/2002 e Artur Gabriel Arruda Pinto n. a
05/07/2004, ambos nascidos em Fortaleza.
ANANIAS ABNEGADO VASCONCELOS (ANANIAS ARRUDA) (Bn. 70.),
Comendador, nascido a 23 de maio de 1886 em Santo Antônio do
14
Renam Magalhães Montenegro, n. a 28.08.1936, médico, filho de João Alfredo Azevedo
Montenegro e de Edna Benevides Magalhães Montenegro. Casou-se a 31.12.1966 com Vera
Sílvia Coelho Montenegro, n. a 27.05/1943, filha de Fernando Veras Coelho e de Lígia Sílvia
Pessoa dos Santos Coelho (PP)
26
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Aracatiaçu, Sobral. Era filho do Cap. Miguel Arcanjo de Arruda ( N.26) e
de Maria do Livramento Arruda. Deixou sua cidade natal com a idade
de apenas cinco anos, quando seu pai foi residir em baturité. Conta seu
próprio pai que o mesmo fora montada em uma burra com seu irmão
mais velho. Alí encontrou um ambiente favorável para seu
desenvolvimento moral, intelectual e espiritual. Considerado um dos
maiores beneméritos de Baturité, Ceará. Realizou diversas obras
sociais, dentre as quais: fundação da Conferência Vicentina de São Luiz
Gonzaga em 1900; Escola do Menino Deus (1931), da qual ele foi
professor e diretor durante longos anos; Círculo Católico de Baturité
(1904); Seminário Católico A Verdade (1937); Círculo Operário de Baturité
(1924); Vila de Mendigos e Pobres Abandonados (1940); Patronato de N.
Senhora do Livramento (1943) e o Ambulatório São José (1943) para
atender a doentes pobres. Ainda no campo religioso coube a iniciativa da
instalação de várias Ordens Religiosas em Baturité, como por exemplo: a
dos Jesuítas (1922), dos Salesianos (1930), inclusive a do ramo feminino
da mesma congregação (1932). Foi também fundador da Casa do
Pobre Santa Luíza de Marilac inaugurada em 1943. O Comendador
Ananias Arruda foi um dos fundadores da Associação Comercial de Baturité,
da qual foi Presidente durante muitos anos, e do Banco Comercial e
Agrícola de Baturité. Em maio de 1935 foi nomeado prefeito daquela
cidade, investidura posteriormente confirmada em sufrágio popular.
Permaneceu no cargo até maio de 1943, tendo prestado relevantes
serviços à causa pública.
Em virtude de seu trabalho no sentido de estimular a Fé Cristã,
Ananias Arruda foi nomeado Comendador da Santa Sé, Ordem de São
Silvestre, e também da Ordem de São Gregório Magno, pelo Papa Pio XII,
honrarias que ostenta e conserva com humildade e alegria.
Já anos antes, conseguira um privilégio raramente concedido pelo
Santo Padre. Na época do Papa XI, este o autorizou a manter no
Oratório de sua residência o Santíssimo Sacramento. Este privilégio
teve a duração de cinco anos, sendo renovado e mantido sem
27
Dicionário Biográfico - Família Arruda
interrupção pelo próprio Pio XI, e depois pelo Papa Pio XII, João XXIII e
Paulo VI, até a data de sua morte.
Aliado a esse direito, recebeu ainda autorização para dar comunhão, o
que fez com regularidade; casou-se a 17/09/1911 com Ana Custódio dos
Santos, nascida a 31/07/1895, em Sobral, e faleceu a 19/01/1941, em
Pacoti (CE), filha de Custódio dos Santos e Águeda Braga da Costa.
(Sem sucessão).
ANDERSON PONTES ARRUDA (Sn.324 ), Biólogo, filho de Moisés Plínio
Arruda ( Pn. 1667)e de Maria Aparecida Pontes Arruda. Neto paterno do
líder político e agropecuarista Rafael Izidoro Arruda, o qual emprestou seu
nome para o atual distrito Rafael Arruda de Sobral, antes Recreio. Anderson,
formou-se em Biologia pela Universidade Federal do Ceará; mestre em
Ciências Fisiológicas pela Universidade Federal do Ceará e atualmente está
realizando o doutorado em Genética e Biologia Molecular pela Universidade
Federal do Rio Grande do Sul. Professor da disciplina de Genética Médica
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte – Estácio FMJ.
ANDRÉ ALMEIDA ARAÚJO (Sn.190), Médico, nascido em Fortaleza
a 24 de dezembro de 1975, filho de Aprígio Castelo Branco de
Araújo e de Inês Alice Almeida Araújo (Pn.268). Formado pela
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte (FMJ). Solteiro.
ANDRÉA DO CARMO ARRUDA (Pn. 740), Empresária, filho de
Gerardo Magela Vasconcelos Arruda e de Maria de Lourdes do Carmo
Arruda. Nasceu em Sobral a 15 de setembro de 1972. Fez o segundo
grau no Colégio......... Iniciou sua vida profissional ainda com seus
pais...........................................Posteriormente
foi
trabalhar
como........................................ e ........................................
28
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Casou-se em Fortaleza 7 de junho de 1997 com Fábio Agostine
Xavier Filho, n. a 31/07/1962, Engenheiro Civil, filho de Fábio
Agostine Xavier e de Margarida Pereira Xavier, quando foi residir no
Rio de Janeiro. Lá fundou a empresa.................................................
ETC Etc.... colocar toda sua vida profissional. Teve uma União Estável
com Vinícius Leitão Vasconcelos, n. a 06/01/1979, filho de José
Medeiros de Vasconcelos e de Verônica Leitão Vasconcelos. Em 2ªs
núpcias, a 10/09/2009, em Fortaleza, com Jalsey Pereira de
Nazareno, n. a 07/03/1976, em Limoeiro do Norte , Engenheiro Civil,
filho de Manoel Luís de Nazareno15 e de Maria Duarte Pereira de
Nazareno. Do primeiro casamento teve: Maria Gabriella Arruda
Xavier, n. a. 09/08/1999, em Fortaleza e De sua União com Vínicius
teve um filho - André Arruda Leitão, n. a 10/12/2004, em Fortaleza.
ÂNGELA MARIA ARRUDA BRASILEIRO (Qn. 783.)n. a 07/02/1958 em
Baturité; contadora; filha do Cap. Miguel Edgy Távora Arruda (Tn. 297. )
e de Maria Adelina Furtado Arruda. Casou-se duas vezes. A 1ª, a
22/05/1981 em Fortaleza com Henrique José Brasileiro n. a
25/11/1954 em Baixio (CE), filho de Hugo Lima Brasileiro e Iraci Diniz
Brasileiro. A 2ª, em Fortaleza com José Sinval Teles , natural de Tianguá,
Ceará, nascido a 18 de março de 1960, filho de José Teles de Menezes e
de Francisca Fani de Vasconcelos. Do seu primeiro matrimônio Nasceram
dois filhos: Henrique Sávio Arruda Brasileiro, Engenheiro Mecatrônica, n.
a 25/09/1981 em Fortaleza residente atualmente em Paris- França e
Miguel Ângelo Arruda Brasileiro n. a 07/05/1984 em Fortaleza. Natimorto. Do segundo matrimônio nasceram os filhos: Lívia Fany Arruda
Teles; Arthur Yuri Arruda Teles de Menezes e Yasmin Arruda Teles de
Menezes,todos nascidos em Fortaleza.
15
Manoel Luís de Nazareno, n. a 16.06.1942, em Lavras da Mangabeira , filho de Pedro Luís
Sobrinho e de Alcides Vitória de Oliveira. Casou-se com Maria Duarte Pereira Nazareno, n. a
05.06.1943, em Lavras da Mangabeira , filha de Raimundo Pereira Duarte e de Ana Cecília
Duarte (pp).
29
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ANGELA MARIA DE ARRUDA AMORIM (Tn. 374.), Médica, filha de
Luís Olyntho de Arruda ( Bn.88) e de Maria Celeste Corrêa Lima de
Meneses. Nasceu a 06 de maio de 1948 em Fortaleza. Casada com
Roberto Cláudio Carvalho Anmorim, Médico, n. a 14/08/1952 em
Fortaleza.
ANGÉLICA ELLERY TORRES DA SILVA (Qn. 567.), Escultora, filha de
Antônio de Gois Ellery e de Noeme de Aguiar Ellery (Tn.209). Nasceu
a 16 de fevereiro de 1914 em Baturité (CE). Formada em escultura
pela Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro. Casou-se com Honor
Torres da Silva, Odontólogo, natural do Rio de Janeiro, nascido 5 de
janeiro de 1914. Formado em odontologia, filho do Major Honor Torres
da Silva e de Maria Teixeira Torres da Silva. Tiveram seis filhos: Eduardo
Augusto Torres da Silva n. a 05/05/1940 no Rio de Janeiro; formado
em Física e Química; casou-se a 03/03/1964 com Benedita Pereira
Torres da Silva; Caio Phidias Torres da Silva n. a 24/08/1941, capitão da
Aeronáutica no Rio de Janeiro, casou-se a 18/02/1966, com Suely
Farias, filha de Haroldo Farias e de Judith Farias; Nísia Angélica Torres
Leitão n. a 13/04/1943, formada em Administração Pública, Diretora
de Pessoal da SOEC; casou-se a 20/10/1966 com José Olímpio Pereira
Leitão, filho de José Olímpio Leitão e de Maria Alice da Costa Pereira;
Paulo Cid Torres da Silva n. a 28/05/1946, formado em Medicina pela
Faculdade Federal do Ceará. Diretor Geral do Hospital da Fundação
SESP em Tocantinópoles (GO); casou-se a 16/02/1972, com Ângela
Coelho Torres da Silva; Stella Maria Torres Furlani n. a 22/07/1950,
formada em Medicina pela Faculdade Federal do Ceará; casou-se a
30/01/1970 com Fernando César Sales Furlani n. a 16/12/1946, filho
de Northppol Furlani e Honor Torres Filho n. a 16/02/1957.
ANGELIQUE SARAIVA ARRUDA (Pn.1593.), Contadora,
n. a
26/12/1969, em Fortaleza, filha de Antônio Barreto Arruda Neto (
Qn.1329) e de Francisca Dila Saraiva Arruda. Formada pela
Universidade de Fortaleza –UNIFOR. Casou-se com Edmar Gurgel
30
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Coêlho Filho, n. a 05/08/1970, em Fortaleza, funcionário aposentado
do Banco do Brasil, filho de Edmar Gurgel Coêlho e de Marta Maria
Gurgel Coêlho. Residem nos Estados Unidos.
ANTÔNIO ADEMAR ARRUDA (Tn. 478). Vereador, nasceu em
Massapê a 24 de maio de 1920. Era filho de José Levino de Arruda e
de Maria da Conceição Vasconcelos Arruda (Neném) (Bn.120). Como
Vereador, completou 30 anos de bons serviços prestados ao povo de
Fortaleza. Iniciando o aprendizado das primeiras letras em sua terra
natal e ainda menino, até certo ponto tímido, veio para Fortaleza
prosseguindo os estudos no Colégio Cearense e posteriormente na
Escola Técnica de Comércio Pé. Champagnat. Levado por um profundo
sentimento de amor ao próximo, resolveu trilhar o caminho político
como fórmula de poder atender aos reclamos do povo, tanto é que
jamais pretendeu eleger-se deputado federal, estadual ou senador. A
cidade de Fortaleza a cada dia cresce e precisa de representantes que
olhem com carinho e pautem seu trabalho com honestidade.
Seus projetos e requerimentos são de verdadeiros sentidos
sociais, os quais visam comumente o bem-estar da comunidade. É um
político modesto, humilde e simples. Presentemente, Ademar Arruda,
além de exercer suas ativi-dades como representante do povo de
Fortaleza, é também, coordenador de Finanças do Instituto de
Previdência Parlamentar, onde vem-se destacando com eficiência.
Em obediência a seus princípios, Ademar Arruda fundou na década
de 60, em Fortaleza, o jornal "A Luta Trabalhista" um instrumento de
defesa do trabalhador e que causou enorme sucesso à época. O
Partido presidido pelo Presidente Getúlio Vargas recebia a chancela
local do falecido Senador Carlos Jereissati. Com a mudança dos partidos,
ingressou no PMDB, onde está até hoje.
Oparlamentar municipalista é sócio honorário da Associação
Cearense de Imprensa, é diretor social do Recreio Clube de Campo e
Diretor do Centro Massapeense, sendo inclusive um dos seus
fundadores e sócio honorário da Associação Cearense de Jornalistas
31
Dicionário Biográfico - Família Arruda
do Interior. Ademar Arruda também é funcionário da Previdência
encontrando-se como aposentado como fiscal do ÍAPAS era casado
com Zeneida Dias Arruda, filha de Luiz Gonzaga Dias da Ponte 16 e de
Raimunda Passos Dias. Zeneida uma mulher de muita fibra onde o
ditado: “ A trás de um grande homem tem sempre uma grande mulher
“ , lhe cabe muito bem. Sempre esteve ao lado de seu companheiro
em toda a lida política que manteve durante 30 anos de legislatura.
Tiveram uma feliz união conjungal e desta união nasceram cinco filhos
que foram sempre seus bons amigos, todos nasceram em Fortaleza:
Maria da Conceição Dias Arruda casada com Afrânio Gomes Pereira,
Médico; Maria Goreth Dias Arruda foi casada com José Valdir Mihaliuc;
Luiz Ademar Dias Arruda, Engenheiro Civil e Vereador em Fortaleza em
duas legislaturas, casado com Orgendina Maria de Carvalho Pontes
Arruda, Arquiteta, filha de Manoel Aguiar Pontes 17e de Maria
Livramento Carvalho Pontes; Antônio Ademar Arruda Filho e Carlos
Ademar Dias Arruda, funcionário público, casado com Nadja Melo de
Oliveira, filha de Afonso Elias e Valdenora Santiago.
ANTÔNIO ADOLFO COELHO DE ARRUDA (Bn.17), Juiz de Direito,
nascido em Sobral a 28 de fevereiro de 1862 e faleceu em Fortaleza.
Era filho do célebre professor Vicente Ferreira de Arruda (N.11) e
Guilhermina Gomes Coelho. Fez os estudos primários em sua terra
natal sobre a direção de seu pai, e posteriormente matriculou-se na
Faculdade de Direito de Recife pela qual se bacharelou a 16 de
outubro de 1885. Regressando ao Ceará foi nomeado Promotor
Público de São Benedito e posteriormente Sobral, Juiz substituto de
Quixadá, Baturité e São Benedito, e Juiz de Direito de São Benedito.
Organizada a Academia Livre do Ceará foi nomeado para reger a
16
Luiz Gonzaga Dias da Ponte, filho de João Dias Carvalho Sobrinho e de Maria do Carmo da Ponte . ;casouse a 06/05/1924 com Raimunda Passos Dias, filha de José Ferreira Passos e de Maria
Amália Porfiria de Paula. ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol IV – Os Ferreira
da Ponte, Tomo VI, pg 983).
17
Manoel Aguiar Pontes n. a 27/09/1932, no Município de Cariré /12/, comerciante
de destaque em Fortaleza. Líder Maçônico, filho de José Alves Pontes e de
Orgendina Parente de Aguiar, ;casou-se a 29/12/1957 com Maria Livramento
Carvalho Pontes, filha de João Araújo Carvalho e de Consuelo Menezes de
Carvalho (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes
Parente, Tomo 6, pg 1048, 2ª Edição).
32
Dicionário Biográfico - Família Arruda
cadeira de Direito Civil, e depois a de Direito Internacional, cargo
que exerceu por muitos anos. Foi também professor de História
Universal no Liceu do Estado e redator-chefe d`A República, diário
oficial, de Fortaleza. Casou-se a 17/04/1890 com Gervizina Pompeu
de Arruda, filha do Cap. Tomás Pompeu de Souza Magalhães18 e de
Maria Cesarina Ferreira da Costa. Tiveram oito filhos com destacada
descendência no Estado do Ceará: Adolfo Pompeu de Arruda, n. a
27/04/1893 e fal. a 14/07/1964. Advogado, casado com Maria
Pompeu de Arruda, n. a 27.08.1895 e fal. a 18.01/1963, filha de
Cesário Pompeu de Souza Magalhães 19e de Ambrosina Pompeu
Magalhães; Maria Pompeu de Arruda falecida solteira; Francisco
Pompeu de Arruda falecido solteiro; Vicente Pompeu de Arruda já
falecido, era casado com Orfila Pontes de Arruda, falecida, filha de
Francisco de Lira Pontes e de Isabel Magalhães Pontes; José Pompeu
de Arruda falecido, era casado com Maria Alacoque Furtado de
Arruda, filha de Luís Gonzaga Furtado20 e de Maria Adelina Arruda
Furtado; Laura Pompeu de Arruda n. a 18/09/1923 casada com José
Ricardo Souza Neves, filho de Ricardo de Souza Neves e de
Ambrosina de Holanda Neves; Thomaz Pompeu de Arruda, n. a
09/05/1908, em Fortaleza e aí faleleceu a 15/07/1998, casou-se a
30/06/1932 com Ítala Melo De Arruda, n. a 07/07/1914 e faleceu a
06/04/2005 em Fortaleza, filha de José Gomes de Melo e de Emília
Sampaio e Carmen Pompeu de Arruda, inupta.
18
Tomás Pompeu de Souza Magalhães, filho de José Antônio de Mesquita Magalhães e de
Maria Joaquina de Sousa, casou-se a 15.07.1862, com Maria Cesarina Ferreira da Costa, filha
de Cesário Ferreira da Costa e de sua primeira mulher Maria Viriato de Medeiros (Apud
Araújo, Pe. Francisco Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol. IV, pg 85)
19
Cesário Pompeu de Souza Magalhães
20
Luís Gonzaga Furtado, nascido em Baturité, CE, a 10.09.1875 e falecido a 27.05/1954, em
Fortaleza, filho do Capitão Antônio Furtado de Mendonça e Meneses e Maria Ursulina Bezerra
Furtado. , casado em Fortaleza, CE, a 08/12/1967, com Maria Adelina Arruda Furtado, nascida a
25.08.1887, em Santo Antônio do Aracatiaçu, Sobral, CE, e falecida em 1965 em Fortaleza ( Apud
Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol III, Tomo III, pg )
33
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ANTÔNIO AIRTON PONTES (Qn. 1341.) Advogado, nasceu em
Fortaleza, aos 08/05/1937, filho de Vicente de Araújo Pontes (Tn.519) e
de Georgina Arruda Pontes. Bacaharel em Ciências Jurídicas e Sociais, o
Curso de Direito, pela Universidade Federal do Ceará UFC), em 1970.
Fez Pós- Graduação em Especialização em Direito Público, em 1983, no
Departamento de Pós-Graduação da Faculdade de Direito, da
Universidade Federal do Ceará (UFC). Fez o curso de Jornalismo na
Associação Cearense de Imprensa, em 1964. No ICRH, do Rio de
Janeiro, fez, em 1964, o curso de Liderologia, Pedagogia e Relações
Públicas Humanas. Fez o curso de Direito Comparado e Course of
Corporative Law, em 1997, na The School of Law of the University of
Miami, nos Estados Unidos. Nomeado Juiz Substituto da Comarca de
Solonópole , em 21,01.1981. Teve promoção por merecimento, em
29/04/1983. Transferido para a Comarca de Jucás . Tendo
desempenhado ainda suas funções nas Comarcas de São Gonçalo do
Amarante , Uruburetama e Fortaleza na 13ª Vara Criminal. Juiz
Corregedor auxiliar da Corregedoria Geral, em Fevereiro de 1997.
Recebeu as comendas: Medalhão Comemorativo do Centenário de
Nascimento de Alberto Santos Dumont, “ pela sua participação valiosa
e altamente meritória nas homenagens do “ Pai da Aviação”, concedida
pelo Ministério da Aeronáutica, em julho de 1973; Diploma da
Medalha Militar de Prata – Passadeira de Prata, concedida, por
delegação do Exmo Sr. Presidente da República, pelo Ministro de
Estado dos Negócios da Aeronáutica, através da Portaria SCC de 2 de
dezembro de 1975, por haver completado, em 26/03/1975, “ o
segundo decênio de bons serviços militares prestados durante mais de
vinte anos”. Título entregue no Rio de Janeiro, em 16/02/1976.
Cidadão Honorário de São Gonçalo do Amarante, concedido de acordo
com a Lei Municipal nº 397/90, de 01/06/1990. Casou-se a 21/08/1964,
com Irislene Ferreira Pontes, n. em Senador Pompeu , em 20/02/1946,
filha de Francisco Ferreira de Brito e de Júlia Moésia Ferreira. Do seu
consórcio nasceram quatro filhos: Alcione Maria Pontes Tinoco casada
com Marcos Aurélio Costa Tinoco; Inês Helena Pontes Mendes,
34
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Bacharela em Pedagogia, casou-se duas vezes. A 1ª, em Fortaleza , com
Roberto da Silva Braga e depois com João Hercílio Fernandes Mendes;
Luciana Maria Ferreira Pontes, Formada em Pedagogia em Direito
casada com Edgar Gomes Coutinho Júnior, bancário; Miriam Silva
Pontes casada com Adonias Fabrício de Sousa Filho.
ANTÔNIO ALDO MELO FILHO (Pn.712), Médico, filho de Antônio Aldo
Melo e Teresinha Arruda Carneiro Melo (Qn.206). Nasceu em
Fortaleza a 4 de dezembro de 1973. Formado em pela Faculdade de
Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do
Ceará, em 1996, com Especialização – Residência médica em Cirurgia
Geral Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Campinas,
Brasil, no período de 1997 a 1999; Especialização / Residência
médica em Cirurgia Pediátrica Universidade Estadual de Campinas,
UNICAMP, Campinas, Brasil, de 1999 – 2002; Cirurgia Pediátrica
Minimamente Invasiva, Le Bonheur Childrens Medical Center,
Estados Unidos e Oncologia Pediátrica Cirúrgica. St. Jude Children's
Research Hospital, SJCRH, Estados Unidos, no mesmo ano de 2001.
Hands-On in Fetal and Neonatal Endoscopic Surgery, em 2001. E
posteriormente na Universidade do Minho, UMINHO, Braga,
Portugal, em 2009.
Desde 2002 desenvolve suas atividades no Instituto do Câncer
do Ceará – ICC, como cirurgião pediátrico. Iniciou suas atividades na
UFC como professor Colaborador como Cirurgião Pediátrico/
Professor convidado, e atualmente é Professor Adjunto II – Cirurgia
Pediátrica.
Professor Assistente, nível VI, da Universidade de FortalezaUNIFOR, desde de 2007. Presta serviços ainda como Coordenador
do Serviço de Cirurgia Pediátrica do Hospital Infantil Albert Sabin –
HIAS. Como Médico Regulador da Central de Regulação de leitos do
Município de Fortaleza, doServiço de Atendimento Móvel de
Urgência (SAMU-Fortaleza) e Médico do Hospital Distrital Edmilson
35
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Barros de Oliveira. Casou-se Aline Garcia Costa Melo.
ANTÔNIO ALEXANDRE FROTA AMORA ( Pn.274), Engenheiro Civil,
nascido em Fortaleza a 20 de fevereiro de 1954, filho do historiador
Manoel Albano Amora e de Maria Frota Albano Amora (Qn.123).
Funcionário da Procuradoria Geral do Estado. Casou-se duas vezes.
A 1ª com Lúcia Maria Barreira Amora, filha de Juarez Ellery
Barreira21 e Florinda de Figueiredo Barreira. A 2ª, com Ivina
Cavalcante Amora, filha de Deusimar Cavalcante22e Leônia
Cavalcante. Do seu 1º matrimônio nasceram dois filhos: Antônio
Alexandre Frota Amora Filho n. a 08/06/1972 e Ticiana Barreira
Amora n. a 12/04/1976. Do 2º matrimônio, nasceram também dois
filhos: Renata Cavalcante Amora e Manoel Albano Frota Neto,
ambos em Fortaleza.
ANTÔNIO ALEXANDRE GONDIM NASCIMENTO BRAIDE (Pn.54)
nasceu a 03 de junho de 1967, Miguel Rabay Braide e Maria Teresa
Gondim do Nascimento Braide (Qn.50) . Formado em Direito pela
Universidade de Fortaleza - Unifor e administração de empresas.
Casou-se em Fortaleza a 01/11/1991 com Andréa Stopiglia Guedes
Braide n. a 06/05/1970, fisioterapeuta, filha de Carlos Alberto
Morette Guedes e de Neide Stopiglia Guedes.
ANTÔNIO ANTENOR DE VASCONCELOS (Pn. 1928.), Engenheiro
Operacional, n. a 25/05/1947, filho de Antônio Bolívar de
Vasconcelos (Qn.1484) e de Otacília de Maria Vasconcelos.. Formado
pela Universidade Vale do Acaraú. Empresário. Casou-se e separouse de Maria José Aragão de Vasconcelos, filha de Manoel Calixto
21
Juarez Ellery Barreira, Engenheiro Agrônomo, funcionário Federal, aposentado, filho de
Inácio Barreira Nanam e de Cora Ellery. Neto paterno de Inácio Alves Barreira Nanam e de
Maria Francisca Lessa. Neto materno de Eduardo ellery e de Angélica de Castro Góis. Casouse com sua prima Florinda de Figueiredo Barreira, filha de Francisco Bezerra de Figueiredo e
de Odília Barreira (Apud Girão, Raimundo – Famílias de Fortaleza, 1975, pg 184).
36
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Aragão23 e de Raimunda Martins Aragão ( Raimunda Martins Viana).
Posteriormente uniu-se com Maria José Guariguasy.
ANTÔNIO ARRUDA GOMES (GUILARDO) (Tn. 363.) n. a 11/04/1934 em
Fortaleza; filho do industrial Antônio Gentil Gomes e de Maria
Noemízia de Arruda Gomes (Bn.83). Casou-se a 25/10/1958 com
MARIA AURISTELA MALLMAN n. a 05/08/1934, filha do Dr. Pedro de
Alcântara Mallman (Dom Camilo) e e de Maria Stella de Castro Mallman.
ANTÔNIO ARRUDA NETO (Qn.491.), Representante Comercial, n. a
23/03/1934, em Sobral; filho de João Evangelista Arruda (Tn.172) e
de Maria Edith Vasconcelos Arruda. Representante Comercial
durante grande parte de sua vida. Viajando para os Estados do Piauí e
Maranhão, para as empresas “Casa Blanca” , “ J. Dias” e “ Aramzém
Guanabara”. Agropecuarista. Possui um grande relacionamento
familiar e com a sociedade sobralense. Casou-se a 28/07/1959 com
Rita Odete Linhares Arruda, n. a 26/04/1936, em Sobral . Uma mulher
de grande determinação. Admirável companheira. Aprendeu que não
deveria esperar pelo marido, para fazer o que tinha que ser feitoi, em
virtude de suas ausências, como representante comercial, e tocava a
vida com os filhos na condução da fazenda e das construções civis.
Educou os filhos de modo exemplar e os fez pessoas honradas na
sociedade, filha do agropecuarista Francisco Batista Linhares24 e Maria
Estefânia Linhares.
23
Manoel Calixto Aragão cc Raimunda Martins Aragão ( Raimunda Martins Viana). Tiveram
os seguintes filhos: (1) José Martins Aragão, n. a 01.10.1951, c. a 17/01/1981 com Ana
Gláucia Albuquerque Cardoso, n. a 12.03.1959, filha de Cassimiro Cardoso e de Maíza
Albuquerque Cardoso (Reg. Cas. P. da Sé). (2) Maria José Aragão de Vasconcelos, casouse e separou-se de Antônio Antenor de Vasconcelos, n. a 25/05/1947, filho de Otacília de Maria
Vasconcelos, n. a 21.04.1916 e fal., a 14/01/2008, em Sobral . Casou-se a 11/1933, com Antônio
Bolívar de Vasconcelos, nascido a 11/01/1912 ( Os Arrudas, Tomo V); (4) Liduína Maria Martins
Aragão, n. a 07.08.1967, c. a 15.06.1991, em Sobral , com Francisco Carlos Torres Araújo, n. a
01.06.1963, filho de Wagner Teófilo de Araújo e de Maria de Lourdes Torres Araújo (Reg. Cas. P.
da Sé). (Apud Arruda, F.A.V. – Arquivo Genealógico, no prelo).
24
Francisco Batista Linhares, n. a 29.06.1903. Casou-se a 03.10.1923 com Maria Estefânia
Linhares, n. a 29.10.1900, filha de Lucas Evangelista da Silva e de Estefânia Ferreira da Ponte (
37
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ANTÔNIO AUSTREGÉSILO VASCONCELOS ARRUDA (Bn. 68.),
Comerciante, nasceu a 18 de dezembro de 1878 em Santo Antônio do
Aracatiaçu, Sobral, e faleceu a 20 de abril de 1935 em Baturité. Era filho
do Capitão Miguel Arcanjo de Arruda (N.26) e de Maria do
Livramento Arruda. Foi comerciante de grande destaque no Ceará.
Casou-se a 01/10/1904 em Fortaleza com Júlia Coelho da Fonseca
(Julinha) n. a 02/09/1884, em Fortaleza e falecida a 18/11/1963 em
Fortaleza, filha de João Coelho da Fonseca e Feliciana Rosa. Do seu
consórcio nasceram quinze filhos dando orígem ao tronco familiar os
Coelhos de Arruda da descendência do Cap. Miguel de Arruda, todos com
destaque nas atividades que abraçaram.
ANTÔNIO BARRETO ARRUDA NETO (Qn. 1329.), Contador, nasceu a 28
de maio de 1938, em Fortaleza ; filho de José Barreto de Arruda (
Tn.516) e de Ana Nascimento Arruda (Ninosa). Formou-se em
contabilidade pela Fênix Caixeral, em Fortaleza. Tem curso superior de
Administração de Empresas pelo Instituto Brasileiro de Economia e
Sociologia do Ceará (IBESC). Casou-se duas vezes. A 1ª, a 23/12/1965 e
separou-se de Francisca Dilma Saraiva Arrudaa , n. a 23/04/1941, em
Fortaleza , filha de Francisco Mariano de Paula e de Maria Angelita Saraiva .
A 2ª, com Catarina Nogueira Carvalho (Keith), n. a 05/10/1944, em
Fortaleza .
ANTÔNIO BARRETO DE ARRUDA (Bn. 127.), Comerciante, nascido em
1880 na Fazenda Oiticará, Massapê-CE e falecido em 13/03/1943, em
Fortaleza . Era filho de Raimundo Ferreira de Arruda 25(N. 36) e de Teresa
Maria Aguiar Arruda. Comerciante, no ramo de mercearia, em Fortaleza.
Casou-se a 17/09/1904, em Massapê , com CAROLINA AMÉLIA ARRUDA
Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo IV, pg 909, 1ª
Edição)
25
Raimundo Ferreira de Arruda (N.36), filho de Vicente Ferreira da Ponte e de Joaquina Maria de Arruda (F.08). Neto
do patriarca da família Arruda, o português, Amaro José de Arruda e de D. Ana Maria daConceição, natural de
Mamanguape, Paraíba, pg 1337 ( Apud Arruda, F.A.V –Genealogia Sobralense, os Arrudas).
38
Dicionário Biográfico - Família Arruda
(Caluzinha), n. a 07/01/1882, em Sobral e fal. a 18/07/1963 com 81 anos de
idade, em Fortaleza , filha de Vicente Ferreira da Ponte Filho26 e de
Francisca Marcionília Domingues Coelho ( Francisca Marciolina Coêlho
Ponte). Do seu consórcio nasceram: José Barreto Arruda; Francisca Olida
Arruda Pereira (Francy); José Eurípedes Arruda; Georgina Arruda Pontes e
Maria Minervina Arruda.
ANTÔNIO CARDOSO LINHARES (Qn.204), Empresário, filha do
capitalista Luís Maria Arruda Linhares(Tn.102) de Alda Cardoso
Linhares. Nasceu em Crateús a 16 de maio de 1948. Empresário bem
sucedido do ramo imobiliário e da construção civil de grande
destaque em Crateús e em Fortaleza, com a Empresa de Construtora
e Imobiliária de grande expressão. Sua portentosa carreira
empresarial começou na tenra idade. Quando ainda menino,
enquanto outras crianças iam à Praça da Matriz, em Crateús, para
brincar e se divertir. Antônio ia trabalhar, demonstrando desde
pequeno uma inegável aptidão para empreender e progredir. Ainda
muito jovem, gerenciava lojas dos irmãos mais velhos com a
desenvoltura de um adulto competente. Montou sua primeira loja –
A Vencedora, inspirada numa loja de produtos religiosos de Canindé.
Antônio Linhares foi emancipado aos 15 anos de idade. Em seguida
inaugurou outra loja, de material de construção, e foi seguindo célere
na carreira empresarial. Aos 20 anos de idade, ingressou no ramo de
construção civil. Primeiro, com a construção de pequenos prédios,
depois conjuntos habitacionais e, em seguida, verdadeiras vilas e ruas
de casas. Casou-se a 23/12/1972 com Maria Vera Lúcia Cavalcante
Linhares,
n.
a
26/09/1953,
em
Crateús
filha
de......................................... e de ....................................
26
Vicente Ferreira da Ponte Filho, filho de Vicente Ferreira da Ponte e Carolina Maria da Ponte, casou-se
com Francisca Marcionília Coêlho Ponte, filha de Francisco Domingues Coelho e Vicência Maria da
Conceição Coêlho (Apud Arruda, F.A.V. & Carvalho, Evilásio – Cronologia Genealógica Massapeense, no
prelo)
39
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ANTÔNIO CARLOS MATTEIS DE ARRUDA (Qn. 651.), Advogado,
nasceu a 8 de março de 1941 em Piracicaba (SP), filho de Francisco
Sales Coelho Arruda (Tn.260) e de Leoncina Matteis de Arruda.
Casou-se a 20/03/1969 em São Paulo com Marilza Toro de Arruda n.
a 20/04/1942 em São Paulo, filha de José Toro Alonso e Rosa Patara
Toro.
ANTÔNIO CARLOS MATTEIS DE ARRUDA JÚNIOR (Pn. 883.),
Advogado, filho de Antônio Carlos Matteis de Arruda ( Qn.651) e de
Marilza Toro de Arruda. Formado pela Pontifía Universidade Católica
em 1994, é mestre e doutorando em Direito pela mesma
Universidade. É também professor universitário, lecionando na
PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, nos Cursos
de Direito Processual Civil, Prática Jurídica e Prática Forense. Sócio do
Escritório Tonani, Matteis de Arruda. Advogacia desde 1997, já
trabalhou em empresas e escritórios de grande porte na iniciativa
pública e privada. Atua e coordena as áreas cível, consumidor e
trabalhista do escritório.
ANTÔNIO CARLOS VASCONCELOS ARRUDA (Qn. 233). Empresário,
filho de Francisco Linhares Arruda (Tn.111) e de Maria de Jesus
Vasconcelos Arruda. Nasceu em Crateús (CE) a 21 de abril de 1941 e
faleceu em Fortaleza vítima de um infarto no miocárdio no dia 30 de
janeiro de 2014, ao 72 anos e 9 meses de idade. Antônio Carlos
Iniciou a trabalhar ainda muito jovem com seu pai na Firma da Viúva
Pedro Aguiar Carneiro. Logo depois de que interrompeu para servir o
Exército Brasileiro no Batalhaão de Engenharia em Crateús,
chegando a patente de Cabo. Deixa Exército e volta a trabalhar com
seu pai e seus primos. Funda com seu irmão a firma CARLOS &
MAGELA.
Em 1975 assumiu a empresa CAPASA como Diretor Industrial.
Como sócio da Emresa é destacado para a cidade de Cerquilho onde
40
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ficaria responsável pela distribuição de chapeus para o Estado de São
Paulo e Sul do País. Depois de um período de cinco anos regressou a
Sobral para CAPASA, mas logo no mesmo ano seu pai Francisco
Linhares Arruda presidente da empresa entra em acordo com os
sobrinhos para desfazerem da sociedade.
Em 1984, Antônio Carlos e seu irmão Gerardo Magela fundam a
Empresa MACROL Indústria e Comércio Ltda. E posteriormente
adquire de seu irmão, a parte correpondente da sociedade, e assume
todo o controle da MACROL MADEIRAS. E com esta empresa
permance até mesmo após sua aposentadoria. Somente em 2010,
resolve fechar as portas da Macrol Madeiras, quando estava
resolvido vir residir em Fortaleza. Soube durante sua vida ativa no
comércio investir na construção Civil, tendo inclusive construido um
edifício apart-hotel. Grandes galpões. Aquisição de imóveis e
terrenos urbanos.
Casou-se a 03/10/1968 com Dinorá Lima Arruda, Normalista e exímia
adminsitradora, nascida a 27 de julho de 1949, em Sobral, filha do
Dr. Raimundo Lima Neto27, dentista e Ivete Aragão Lima, sobralense,
filha do poeta Paulo Aragão. Dinorá Arruda, soube durante estes
anos administrar seu lar com parcimônia, paciência e sempre com
um sorriso aberto. Acompanhou seu esposo em todas as atividades
comerciais, indo inclusive para Cerquilho,SP, onde tive a
oportunidade de receber o prestimosa atenção, quando residia em
Piracicaba, época em que fazia o curso de mestrado pela Escola
Superior de Agronomia Luiz de Queiroz. Uma boa amiga, uma boa
cunhada e uma mãe por excelência. Do seu matrimônio teve quatro
filhos: Cristiane Arruda Dantas, n. a 20/03/1970, casada com
Jocênio Pereira Dantas, n. a 05/08/1966, em Sobral , Industrial, filho
27
Dr. Raimundo Lima Neto, n. a 17.11.1923, Odontólogo, filho de Cesário Ibiapina da Silva e
de sua 1ª mulher Areolina Lima Ibiapina. Casou-se a 30.10.1948 com Maria Ivete Aragão
Lima, n. a 25.11.1930, filha de Paulo Ximenes Aragão e de Dinorá Lins Aragão ( Apud
Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol V, Os Linhares, Tomo I, pg 46);
41
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Jocely Dantas de Andrade Torres 28e de Cândida Pereira Dantas;
Maria Célia Lima Arruda de Albuquerque, n. a 16/12/1973, casada
28
Jocely Dantas de Andrade Torres, nascido em 26 de setembro de 1928, na cidade de
Limoeiro do Norte, no Ceará, casado com Cândida Pereira de Almeida Dantas. Ainda muito
jovem, teve de acompanhar a família quando esta se transferiu para a cidade de Pombal,
Estado da Paraíba. Jocely Dantas sempre demonstrou seu pendor pelo desenvolvimento
econômico e financeiro. Passou, sem capital suficiente, a negociar de forma autônoma em
Pombal e, aos poucos, foi ampliando suas atividades a cidades circunvizinhas. Jocely Dantas,
sentindo no seu âmago o desejo inato de prosperar, já dono de suas próprias decisões,
resolveu, então, deixar a Paraíba e tentar algo mais promissor no Estado da Piauí, àquela
época proporcionando boas oportunidades a quem se dispusesse a explorar seu potencial.
Estabelecer seu domicílio na cidade de Teresina, onde deu continuidade às suas atividades
comerciais e, aos poucos, foi diversificando-as, chegando a explorar a compra e venda de
veículos pesados, diretamente de São Paulo. Com essa atividade, estendeu seus negócios aos
estados do Maranhão e Pará. Mas algo faltava àquele dinâmico jovem, pois suas idéias
estavam sempre voltadas para uma atividade mais abrangente – a indústria – e assim tentou
uma indústria e beneficiamento de arroz, na cidade de Dom Pedro, no estado do Maranhão.
Mas a grande distância física que separava seu domicílio em Teresina e sua indústria em Dom
Pedro desaconselhava a continuidade daquela atividade. Desfez-se do negócio em Dom
Pedro. Direciona novamente sua atenção a Teresina, onde, em meados do ano de 1961, é-lhe
oferecida à venda uma pequena indústria de torrefação e moagem de café, beneficiamento de
milho e semente de urucu em Sobral. Sua indomável predileção pela atividade industrial fez
com que Jocely Dantas se deslocasse até essa cidade para ver de perto o que lhe fora
oferecido. Chegando aqui, viu a possibilidade de fazer prosperar aquela indústria, não obstante
a grande quantidade de empresas similares na praça. Não se deixou levar pelo temor da
concorrência; passou a enfrentá-lo com decência e altivez, procurando oferecer um produto de
alto nível e, graças a extraordinária qualidade de seus produtos, angariou a preferência dos
sobralenses e, aos poucos, foi ampliando sua área de atuação, hoje atendendo a todo o estado
do Ceará, além dos estados do Piauí e Maranhão, proporcionando, destarte, vários empregos
diretos e outros tantos indiretos, além de contribuir de forma considerável para o
desenvolvimento da cidade. Jocely Dantas poderia ter se dado por satisfeito com o brilhante
sucesso de sua indústria de café, beneficiamento de milho e semente de urucu, mas não:
partiu para novos horizontes econômicos. Fundou em 1977, a Cerâmica Torres Ltda., seu
segundo complexo industrial, desta vez visando atender ao setor da construção civil. Daí pra
frente, o progresso de suas indústrias tomou um ritmo cada vez mais dinâmico. Hoje pertence
a seu grupo empresarial a Sopremol – Sobral Premoldados Ltda., empresa especializada em
premoldados de cimento, e, logo em seguida, juntamente com seu filho, fundou a CCN Construções Civis do Nordeste Ltda., esta detentora de um dos maiores e mais expressivos
loteamentos da história do Ceará. Hoje Jocely Dantas administra, com habilidade de
empresário bem sucedido, o seu grupo de empresas, onde mantém cerca de 1.500 empregos
diretos e indiretos, ainda prestando considerável contribuição ao Município, Estado e União,
através de seus recolhimentos de impostos, contribuições e previdenciários. Jocely Dantas é
pessoa imprescindível a Sobral, por sua capacidade e dinamismo, fazendo crescer o número
de empregos na região, minimizando, de forma sensível, o problema de ordem social nesse
setor. Jocely Dantas, empreendedor e visionário, com espírito solidário, hoje transforma suas
empresas numa comunidade onde todos os seus funcionários são seus colaboradores para o
sustentáculo do grupo. Pela Moageira Serra Grande, uma das dez maiores empresas de
torrefação do País, tem dado sua contribuição social através de projetos sócio-culturais, como
Troféu Conterrâneo, Clube da Caminhada, Festival Café com Arte, o coral de vozes Serra
Grande, a alfabetização de todos os seus colaboradores, como também a Creche Corina
Dantas, com 100 crianças assistidas e alfabetizadas, com mais um sopão diário para 100
crianças do bairro Sinhá Saboya e muitas atividades paralelas junto às entidades já existentes,
feitos em parcerias. Embora haja recebido tentadoras propostas para se transferir de Sobral,
preferiu não aceitá-las, pois, mesmo não sendo sua terra natal, Jocely Dantas, que é cidadão
sobralense, quis desenvolver aqui suas atividades, proporcionando o desenvolvimento do
Município ( Cavalcante, Arnaud de Holanda- Vultos em Destaque- Sociedade sobralense,
Sobral , 2005).
42
Dicionário Biográfico - Família Arruda
com Osmar Sérgio Rodrigues Albuquerque, filho de José Osmar de
Albuquerque filho e de Francisca Rodrigues de Albuquerque;
Antônio Carlos Vasconcelos Arruda Filho, n. a 10/12/1979,
Farmacêutico – Bioquímico, casado com Adriana Matos Rodrigues
Arruda, Farmacêutica – Bioquímica, filha de José Aldemir Rodrigues
e de Maria Gonçalves Matos e Dinorá Aragão Arruda Saraiva n. a s
primei01/09/1984, casada com Yure Monteiro Saraiva, n. a
12/08/1978, filho de Francisco das Chagas Carneiro Saraiva e de
Leda Maria Monteiro Saraiva.Todos nascidos em Sobral. Faleceu
vítima de um infarto no miocárdio no da 30 de janeiro de 2014, em
Fortaleza, aos 72 anos.
ANTÔNIO CARLOS VASCONCELOS ARRUDA FILHO (Pn.731),
Farmacêutico Bioquímico, filho de Antônio Carlos Vasconcelos Arruda
( Qn.233) e de Dinorá Lima Arruda. Nasceu em Sobral a 10 de
dezembro de 1979 . Farmacêutico - Bioquímico formado pela
Universidade Federal do Ceará no ano de 2003. Especialista em
Biologia Molecular e Doutorando em Biotecnologia pela Universidade
Estadual do Ceará. Empresário do ramo de Laboratório de Análises
Clínicas e Toxicológicas. Casou-se em 2006 com Casou-se em
Fortaleza a 10/11/2006 com Adriana Matos Rodrigues Arruda,
Farmacêutica – Bioquímica, exercendo suas atividades na
Universidade Federal do Ceará e no Laboratório da Santa Casa de
Misericórdia de Fortaleza, filha de José Aldemir Rodrigues e de Maria
Gonçalves Matos.
ANTÔNIO CÉSAR MENESES DE ARRUDA (Tn. 376.), Engenheiro Civil,
nasceu a 13 de dezembro de 1951 em Fortaleza; filho de Luís Olyntho
de Arruda ( Bn.88.) e de Maria Celeste Meneses de Arruda. Formado
pela Universidade Federal do Ceará. Casou-se com Marcília Maria
Pinto de Arruda, Advogada, n. a 09/01/1955, filha do Promotor de
Justiça Dr. Waldemar da Silva Pinho e de Germana Vale Pinho.
43
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ANTÔNIO DE MARIA LINHARES (Tn. 94), Representante Comercial,
filho de Manuel Alves Linhares e de Maria da Conceição Arruda
Linhares. (Bn.39) Nasceu em Sobral a 22 de julho de 1980 e faleceu
no Rio de Janeiro. Homem de pequena estatura física, mas de grande
expressão pelo caráter e envergadura moral. Muito cedo partiu de
Sobral, sua Terra Natal, com destino ao Rio de Janeiro, onde se
desenvolveu economicamente como Representante de várias firmas
comerciais do Ceará, inclusive de empresas de chapéus de palha,
sediada em Sobral. Consegui com muito mérito educar e
proporcionar aos filhos meios suficientes para educa-los nos
melhores colégios do Estado do Rio de Janeiro. Era um anfitrião da
família e um cavalheiro ao lidar com os parentes e homens de
negócios. Afeito a um bom charuto, fumar seguidamente um atrás do
outro. Vinha periodicamente ao Ceará visitar seus irmãos e patentes.
Todos os recebiam com muita satisfação e muita alegria. Casou-se no
Rio de Janeiro (RJ) a 02/07/1921 com Edith Toledo Luna Linhares, n.
a 03/03/1901 em Pernambuco, filha de Sales de Andrade Luna e de
Maria Rosa Toledo Campos, que era filha de José Carlos de Toledo e
de Adelines de Andrade Toledo, que por sua vez era tetraneta de
José Bonifácio de Andrada e Silva, Patriarca da Independência do
Brasil.
ANTÔNIO DE MELO ARRUDA (Tn. 316.), Médico, n. a 29/03/1913 em
Massapê e faleceu a 25/05/1994 em Fortaleza. Era filho do Cel. João
Aguiar Arruda ( Cel. João Arruda) ( Bn.75) e de sua 2ª esposa Laura de
Melo Arruda. Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina da
Universidade Federal da Bahia, em 1936. Foi Deputado Estadual em
duas Legislaturas. Ex-Secretário de Saúde do Estado do Ceará. ExDiretor do Departamento de Perícia Médica do Instituto de
Previdência do Ceará. Mordomo da Santa Casa de Misericórdia de
Fortaleza, CE. Conselheiro Vitalício do Conselho Superior Interclubes
de Fortaleza. Ex-Presidente do Lions Club de Fortaleza e Iracema.
Membro da governadoria do Distrito L-15 do Lions Internacional;
44
Dicionário Biográfico - Família Arruda
diretor da Casa do Leão do Ceará. ;casou-se com Maria Onyra Carneiro
de Arruda n. a 29/09/1919, filha de Enéas Carneiro, natural da Paraíba.
Sem sucessão.
ANTÔNIO EDSON MEDEIROS (Qn. 1381.), Comerciante, nascido a 10 de
outubro de 1933, em Massapê, filho de Pedro do Nascimento Medeiros
(Tn.531) e de Maria das Graças Medeiros. Neto paterno de João Paulo
Medeiros e de Maria do Patrocínio de Arruda, e neto materno de Miguel
Francisco do Carmo e de Raimunda Arruda do Carmo. Radicou-se em sua
terra natal, ao contrário de muitos outros, que partiram em busca de
oportunidades. Edson Medeiros, conseguiu vencer todas as intempéries e
dificuldades do interior nordestino, progrediu financeiramente e educou sua
família como qualquer outro que radicou-se nas grandes capitais, formandoas com níveis superior . E isto, toca muito o seu coração, e a todos os filhos.
Casou-se a 04/10/1955, em Massapê, com sua prima Maria de Lourdes
Arruda Costa, natural de Santana do Acaraú, Ceará, nascida a 10 de
março de 1939, filha de Jacinto Gregório Costa29 e de Maria Letícia
Arruda Costa.
ANTÔNIO ÉLBER DIAS ARRUDA (Qn. 1337.), Médico, nascido a 19 de
outubro de 1946, em Fortaleza, filha de José Euripedes Arruda (Tn.518) e
de Antéia Dias Arruda. Formado em Medicina pela Faculdade de
Medicina da Universidade Federal da Bahia, em 1971. Realizou curso de
Mestrado em ORL, tendo defendido tese com o título “ Utilização dos
Potenciais Evocados do Córtex Cerebral na Discriminação de Tons Puros
em sujeitos com Audição Normal”, realizada em 20 de outubro de 1978.
Tendo realizado o mais variados cursos de aperfeiçoamento que o torna
um especialista de alta competência. Participou de inúmeros congressos
inclusive com apresentação de trabalho técnico científico. Residente
concursado do Departamento de Cirurgia de ORL da Faculdade de
29
Jacinto Gregório Costa, n. a 06/09/1892, filho de Joaquim Gregório da Costa e de Maria
Emília Costa. Casou-se com Maria Letícia Arruda Costa, n. a 02.07.1902, filha de Francisco das
Chagas de Arruda e de sua segunda mulher Maria Quitéria Aguiar ( Apud Arruda, F.A.V.Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas, Tomo V, pg 1791, 3ª edição).
45
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo : R-1 em
1972 e R-2 em 1973. Aprovado em concurso médico
Otorrinolaringologista, no Hospital do Servidor Público estdual Francisco
Moratto de Oliveira, realizado em são Paulo, em 114/02/1974.
Aprovado, ainda, em concurso de Títulode Especilaista de ORL na
guanabara, em 1974 e em Otologia, em São Paulo, em 1975. ExProfessor Instrutor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de
Misericórdia de São Paulo e do Curso de Pós-graduação em ORL da PUC
de São Paulo. Casou-se em 06/06/1987 com Eliana Lucas de Lucena
Arruda, n. aos 10/12/1960, em São Paulo (SP),. Secretária Bilíngue
formada pela Faculdade Anhembi Morumbi, em São Paulo, filha de
Jorge Lucas de Lucena e de Maria José Leitão de Lucena.
ANTÔNIO ERNANI FURTADO ARRUDA (Qn. 632), Bancário, nasceu a 18
de junho de 1936, em Fortaleza, filho de João Coelho Arruda (
Coelhinho) ( Tn.255) e de Maria Alexandrina Furtado Arruda.
Funcionário aposentado do Banco do Nordeste do Brasil; casou-se a
07/12/1968 com Núbia Teixeira Arruda n. a 09/09/1939 em Acopiara,
filha de João Batista Lima e Hilda Félix Teixeira.
ANTÔNIO FLORÊNCIO DE ARRUDA (N. 18), filho de Alexandre José de
Arruda (F.05) e de Florência Gomes Caminha. Neto paterno do
português Amaro José de Arruda patriarca da família Arruda na Zona
Norte de Estado do Ceará, e de Ana Maria da Conceição. Nasceu na
localidade Oiticará, município de Massapê, a 03 de junho de 1836 e
faleceu em Massapê a 9 de fevereiro de 1927, aos 91 anos
incompletos. Maria de Jesus Vasconcelos Arruda, sua neta, o definia
como uma pessoa muito bem relacionada. Tinha a pele Clara e de
olhos azuis. Estes traços foram transmitidos para seus netos e
bisnetos. Vivia do campo, da agricultura e da pecuária. Casou-se duas
vezes. A 1ª, em Massapê a 10 de fevereiro de 1862 com Francisca
Maria do Carmo Aguiar, na fazenda UNHAS DE GATO, filha do Cap.
46
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Diogo Lopes do Coração de Maria (DIOGO MEU BEM)30 e de sua 2ª
esposa Rita Maria de Medeiros. Diogo Lopes de Aguiar foi genro de
José de Lira (filho do Capitão mor José de Xerez Furna Uchoa). A 2ª,
também em Massapê com Filomena Ribeiro da Ponte, a 12/05/1890,
filha de Vicente Ferreira da Ponte e de Francisca Maria do Espírito
Santo Ribeiro ( Francisca Ribeiro Pontes). Do 1º. Matrimônio,
nasceram cinco filhos: Maria da Conceição Aguiar Arruda casada
com Manuel Alves Linhares; José Joaquim Caminha de Arruda
casado com Maria Ferreira de Arruda (Maroca) 31, Domingos José
Aguiar Arruda casado com sua sobrinha Francisca Linhares Arruda;
Rita Aguiar de Arruda casada com Joaquim Paulo de Medeiros e
Ricardo José Aguiar Arruda, Casou-se duas vezes, a 1ª, com Teodoro
Carminda Araújo Arruda, a 2ª núpcias com Maria da Conceição
Aguiar Arruda; Do 2º Matrimônio, nasceram dois filho: Raimundo
Napoleão Arruda e Maria das Virgens Arruda casada com Antônio
Araújo Vasconcelos Arruda ( avós maternos de Assis Arruda, o autor
desta obra).
ANTÔNIO JAIRO SOARES ARRUDA (Tn.451.), Engenheiro Civil, filho de
João Sigefredo Arruda (Bn.104), que fora comerciante de destaque em
Massapê, Ceará, durante muitos anos, e de Maria Creusa Soares Arruda.
Nasceu a 2 de fevereiro de 1932 em Massapê, CE. Funcionário do
DERBA em Salvador, BA. Casou-se em 1a núppias com Maria Laura
Curvelo (falecida), e em 2a núpcias com Marilza Vasconcelos Arruda,
30
Cap. Diogo Lopes do Coração de Maria (Diogo meu Bem), faleceu a 04 de
agosto d 1872, sendo sepultado na Povoação dos Remédios, onde residia, filho de
Gabriel Arcanjo de Aguiar e de Dominiciana Teresa da Conceição. Casou-se duas
vezes. A 1ª, com Francisca de Lira Pessoa, filha de José de Lira Pessoa e de Inácia
de Olanda Cavalcante. A 2ª, a 01.01.1836, com sua prima Rita da Silva Medeiros,
filha de Narciso Lopes Aguiar e de Maria Quitéria (Apud Araújo Sadoc –
Cronologia Sobralense, Vol I, pg 331).
31
Maria Ferreira de Arruda (Maroca) casou-se duas vezes. Do primeiro matrimônio teve os
seguintes filhos: Gumecinda (Gugu), Laura, Noca, Braz e Zulmira, todos residiam em Belém.
Maria em visista aos seus familiares no Ceará encontra Joaquim Caminha de Arruda, com
quem casa a 25 de outubro de 1882, em Fortaleza . Logo em seguida viagem para Belém (PA),
onde residia com seus familiares. Joaquim Caminha, fixa sua residência em Belém (PA),
deixando os irmãos Domingos José Aguiar Arruda, Ricardo José Aguiar Arruda, Maria da
Conceição e Rita Aguiar Arruda, no Estado do Ceará.
47
Dicionário Biográfico - Família Arruda
funcionaria do D.N.E.R. Do 1º matrimônio nasceram: Cristiane Curvelo
Arruda e Eliane Curvelo Arruda. Do 2º matrimônio, nasceram: Rodrigo e
Bruno Vasconcelos Arruda, ambos nascidos em Salvador (BA).
ANTÔNIO LINHARES ARRUDA (Tn. 109), Representante, filho de
Domingos Aguiar Arruda (Bn.41) e de Francisca Linhares Arruda.
Nasceu em Sobral a 9 de novembro de 1909 e faleceu no Rio de
Janeiro a ...................Iniciou sua vida profissional como contador. Foi
para o Rio de Janeiro então Capital do País, em busca de melhores
oportunidades. Lá inclusive representou algumas firmas de Sobral.
Posteriormente ingressou na SUL AMÉRICA por onde se aposentou.
Como pessoa, Antônio Linhares, foi em vida um modelo de cidadão.
Como tio foi admirável, acolhia a todos que ir passear no Rio de
Janeiro, no aconcheco de seu apartamento, não admitia que nenhum
sobrinho se hospetase em hotel. Sempre que ia visitar seus pais em
Sobral, levava lembranças para todos os familiares, que não era
poucos. Com isto consquistara a todos os sobrinhos. Como não teve
filhos adotou uma sobrinha da tia Rizoleta, e eu estava em sua mira,
quase fui morar com ele no rio de Janeiro, preparei as malas, más
meus pais não deixaram. Este acontecimento ficou registrado em
nossa história de vida. Sempre que nos encontrava vinha a tona. Dele
guardo duas cartas que são um marco do inicio de quando comecei a
desenvolver o trabalho com a pesquisa genealógica, datada de 1971,
conforme transcrevo em nota32 de rotapé. Casou-se no Rio de
32
Carta de Antônio Linhares Arruda – Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 1971 – Estimado
sobrinho Assis – preliminarmente, peço ao estimado sobrinho aceitar as minhas escusas na
demora em responder a sua atenciosa carta.
Fiquei muito satisfeito em saber que você vai bem de saúde como também em seus
estudos.
Quando estive em Fortaleza, tomei conhecimento da exitência da OIMA. Pelo que observei
ví logo tratar-se de uma organização com fins de comunicação e de interesse social. Fez-me
lembrar uma espécie de mine Rotary. Achei muito interessante e os meus votos é que essa
Organização se torne portentosa e dê os frutos esperados, pois é dos jovens, que esperamos o
nosso grande Brasil de amanhã.
Sua idéia da criação de uma Àrvore Genealógica dos Arrudas, é muito importante, creio
que você quer saber sobre Rizoleta, que infra informo....Aproveito a oportunidade para desejarlhe um Ano Nôvo com muita saúde, paz, amor e realizações.
Um grande abraço nos manos Chico e Mariinha e aos demais de nossa família. Com muita
saudades de seu velho tio. Antônio.
48
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Janeiro a 20/01/1951 com Rizoleta Loureiro Arruda, n. a 25/01/1925
no Rio de Janeiro, filha de Manoel Loureiro Rosas e de Maria do
Nascimento Silva, ambos portugueses. Sem sucessão.
ANTÔNIO MARCELO ARRUDA SILVA (Pn. 836.), Bancário, nasceu a 30
de junho de 1956 em Fortaleza, filho de Jurandir Francisco da Silva e
Maria Helena Arruda Silva (Qn.630). Funcionário do Banco do Estado do
Ceará. Casou-se a 03/11/1984 em Fortaleza com Fernanda Scheridan
de Moraes Arruda n. a 22/06/1957, filha de Vicente de Paulo Bezerra
Pinto e de Magdeleine Coelho de Moraes Bezerra.
ANTÔNIO MONT’ALVERNE RANGEL (Pn.324),
Médico
oftalmologista, filho do empresário José Edson Rangel (Qn.139.) e
Maria Alpha Mont´Alverne Rangel. Nasceu em Sobral no dia 26 de
novembro de 1938, onde fez seus primeiros estudos. Ingressou na
Faculdade de medicina da Universidade Federal do Ceará, onde
concluiu o curso com grande mérito. Fez residência médica em
Oftalmologia no Instituto Penido Burnier, Campinas (SP), em
1964/65. Curso de Especialização em Oftalmologia obtido por
concurso do Conselho Brasileiro de Oftalmologia e Associação
Médica Brasileira. Exerce atividade em clínica particular. Membro
Titular da Comissão de Prevenção de Cegueira da Secretaria de
Saúde do Estado do Ceará; Presidente da Sociedade de Oftalmologia
do Ceará em 1970 e 1981; Secretário do Conselho Brasileiro de
Oftalmologia, 1974/75; Membro Titular da Sociedade de
Oftalmologia do Ceará; Sociedade Brasileira de Oftalmologia;
sociedade de Lentes de Contato; sociedade Francesa de
Oftalmologia; Sociedade Oftalmológica do Instituto Barraquer,
Barcelona, Espanha; Sociedade Pan-Americana de Oftalmo-logia;
Membro Titular Fundador da Sociedade Brasileira da Catarata e
Implantes Intra-Oculares, Rio de Janeiro, 1982. Foi ainda Presidente
49
Dicionário Biográfico - Família Arruda
da Banca Examinadora do Concurso para Título de Especialista em
Oftalmologia do Conselho Brasileiro de Oftalmologia e Associação
Médica Brasileira, em 1975. Recebeu no dia 15 de agosto de 2012,
por ocasião dos 270 anos de nascimento do patriarca da família
Gomes Parente, o português Inácio Gomes Parente o Certificado de
Filho Ilustre da família Gomes Parente, outorgado pelo Genealogista
sobralense Assis Arruda, pelo relevantes serviços prestado a classe
médica e a Sociedade.
No ano de 1968 casou-se com Maria do Carmo Lima Rangel
(Carmita), também sobralense, nascida a 13 de setembro de 1949,
filha de Raul Vieira Lima33 e Celeste Ferreira Gomes. Cursou o
Primário no Colégio Sant´Ana; colegial e parte do pedagógico nos
colégios Santa Cecília e Escola Doméstica São Rafael, em Fortaleza
(CE). Concluiu o curso pedagógico em Sobral. Tem grande
participação na sociedade alencarina. Participou ativamente com
outras amigas na organização do livro “ Era uma vez em Sobral”
publicado pela editora RDS e com grande sucesso.
ANTÔNIO MONT’ALVERNE RANGEL FILHO (Sn.196), Médico, n. a
03/07/1980, em Fortaleza (CE), filho do destacado médico
oftalmologista em Fortaleza Dr.Antônio Mont’Alverne Rangel
(Pn.324) e de Maria do Carmo Lima Rangel (Carmita), formado pela
Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, em 2004.
ANTÔNIO PERÍGIO ARRUDA (Tn. 550), nasceu a 24 de maio de 1911, no
Distrito Olho D´água dos Arrudas, Sobral (CE), era filho de João Pedro de
Arruda ( Bn.137) e de sua 2ª esposa Maria da Conceição Araújo
Vasconcelos. Neto Materno de Raimundo Ferreira de Arruda (N.36) e de
Teresa Maria Aguiar Arruda, e neto materno de Miguel Araújo de
Vasconcelos e de Francisca Cândida Dias. Casou-se em 1a núpcias com
33
Raul Vieira Lima, filho de Francisco Antônio Lima e de Maria Vieira Lima. Casou-se a
24.09.1948 com Maria Celeste Ferreira Gomes, filha do Cel. Eurípedes Ferreira Gomes e de
Abigail Mont´Alverne Ferreira Gomes (Apud Sadoc, Araújo, Cronologia Sobralense, Vol, IV,
pg 279).
50
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Josefa Dias Arruda, filha de João Dias de Carvalho34 e Joaquina Ferreira
Dias , em 2ª núpcias com Maria José Fialho Arruda, filha de Pedro Ponte
Araujo35 (filho de Marshal Ferreira da Ponte e de uma pessoa com o
apelido de Peba), e de e Maria Assunção Cavalcante Fialho. Dos dois
matrimônios nasceram uma prole de 15 filhos, que prosperam em várias
atividades econômicas do Estado do Ceará.
ANTÔNIO SÉRGIO LINHARES VASCONCELOS (Qn. 363.), Bancário,
filho de Francisco Araújo Vasconcelos (Tn.147) e de Ivone Maria
Linhares Vasconcelos. Nasceu em Sobral a 23 de maio de 1957.
Casou-se
com.....................................................................................................
APARECIDA MARIA ARRUDA BARROS (Qn.82), Advogada, nasceu em
Granja (CE) a 24 de setembro de 1925, filha do ilustre magistrado Dr.
Vicente Arruda Coelho (Tn.36) e de Inácia Oliveira de Arruda Coelho.
Bacharela em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade
Federal do Ceará. Casou-se com Marcelo Sanford Barros, Engenheiro
Civil, n. a 29/04/1922 e fal. a 21.08.1976. Formado pela Escola
Nacional de Engenharia. Dirigiu o DAER por duas vezes. Foi ainda
Deputado Federal em 1962. Secretário da Câmara dos Deputados e
Empresário em Fortaleza, filho de Antônio Fernando Barros36, natural
do Rio Grande do Norte, e de Suzana Sanford Barros.
ARGEMIRO ARRUDA (Tn. 509.), Agropecuarista e Comerciante, nasceu
a 5 de maio de 1897 em Sobral e faleceu a 17 de abrail de 1961, com
apenas 64 anos de idade. Agropecuarista no Distrito de São Vicente.
34
João Dias de Carvalho
Pedro Ponte Araujo, pai de Francisco Fialho de Araújo, n. em 1932, casou-se com Maria
Assunção Cavalcante Fialho, posteriormente manteve uma União Estável com Maria
Magalhães do Nascimento, que são os pais de Alexandre Araújo, que reside em Aracatiaçu,
locutor da Rádio Cultura FM. ( Apud Arruda, F.A.V. – Aquivo Genealógico, no prelo)
35
36
Antônio Fernando Barros, de família norteriograndense, funcionário público, proprietário na
cidade de Fortaleza onde residia, casou-se com Suzana Sanford Barros, filha de John Roshore
Sanford e de Minerva de Almeida Sanford (Apud Sanford, Paulo de Almeida – A família
Sanford no Ceará, 1985, pg 94).
51
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Teve grande projeção dentro do Distrito de São Vicente em Sobral, onde
comercializava seus produtos de agropecuários. Proporcionou aos filhos
um ambiente favorável para se desenvolverem dentro dos princípios
religiosos, que sempre guiara sua vida. A honestidade era sagrada. Pelo
que se pôde observar na conduta de seus filhos, souberam
perfeitamente assimilar suas lições. Argemiro Arruda, era um próspero
comerciante na região ribeirinha do Acaraú. Seus filhos e descendentes
herdaram o sangue do empreendedorismo e todos vem prosperando
com dignidade. Deixou uma descendência numerosa nas diversas
atividades sócio-econômica de Sobral. Ainda hoje, lembrado por seus
netos e bisnetos. Casou-se a 12/07/1922, em Sobral, com Maria do
Livramento Silva Arruda, filha de Raimundo Inácio da Silva37 e de Maria José
Linhares. Pais de: Maria das Dôres Arruda; Maria Nilse Arruda;
Sebastiana Arruda; Raimundo Tupinambá
Arruda; Luís
Arruda;Teresinha Arruda; Maria Salete Arruda Linhares; Maria da Paz
Arruda;Rogério Arruda e Rita de Cássia Arruda, que consquistaram
um espaço significativo em várias atividades como o comércio, na
política e como agropecuarista da região.
B
37
Raimundo Inácio da Silva (Raimundo Tertuliana da Silva), pernambucano, casou-se duas vezes. A 1ª
com Joauina Alves Linhares e a segunda com Maria José Linhares, filha de Narcsiso Alves Linhares e de
Maria de Jesus Parente Linhares (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes
Parente, tomo IV, pg 835, 1ª Edição, 2000).
52
Dicionário Biográfico - Família Arruda
BEATRIZ FURTADO LIMA (Pn. 1030.), Psicóloga, nasceu a 31 de agosto
1981 em Fortaleza; filha de Armando José de Melo Lima e de Maria
Cristina Furtado Lima ( Qn.757). Graduada em Psicologia pela
Universidade Federal do Rio Grande do Norte; especialização pela
Universidade Federal do Rio Grande do Norte; mestrado na Espanha
pela Universidade de Cádiz; doutorado nos Estado Unidos pela Virginia
Polytechnic Institute and State University. De seu relacionamento com
Matheus Staufackar Carlos n. a 15/12/1975 em Araraquara,
médico, tiveram uma filha. Está noiva de Joseph Jacob Kodnovich n.
a 02/01/1979 em Delaware (EUA), piloto das Forças Aéreas
Americanas, filho de Jacob Kodnovich e de Paula Kodnovich.
Residentes na Virginia, (EUA).
BEATRIZ MARIA ARRUDA DE ARAÚJO PINHEIRO (Qn. 706.),
Economista, n. a 19/05/1953 no Rio de Janeiro; filha de José Soares
Arruda ( Tn.274) e de Maria de Lourdes Lopes Arruda. Casou-se no
Rio de Janeiro, em 25/01/1974, com Rubens Souza de Araújo Pinheiro
n. a 07/04/1949 no Rio de Janeiro, filho de Bento Gonçalves de Araújo
Pinheiro e Alda Souza de Araújo Pinheiro.
BENEDITO ARRUDA CARNEIRO (Qn. 230), Empresário, filho de Pedro
Aguiar Carneiro, comerciante que foi em Sobral, e de Maria Arruda
Carneiro (Tn. 108) Nasceu em Sobral a 30 de agosto de 1943.
Formado em Filosofia e em Obstetrícia pela Universidade do Vale do
Acaraú (UVA). Comerciante e Industrial com diferentes indústrias. Foi
Diretor do Hospital de Massapê. Atualmente é empresário no ramo
hoteleiro em Sobral, como os demais irmãos. Casou-se em Sobral a
29/06/1969 com Vera Cristiane Lopes Carneiro, Normalista, n. a
23/07/1947, em Sobral. Desde muito cedo vem dedicando-se a
leitura. É conhecimento de uma grande cultura. Ler diariamente.
Conseguiu dentro de um clima administrar seu lar, favorecendo uma
53
Dicionário Biográfico - Família Arruda
boa eduação para seus filhos. Eram seus pais Antônio Albuquerque
Lopes38 e de Myriam Mont’ Alverne Lopes, de tradicional família
sobralense.
BENEDITO ARRUDA CARNEIRO FILHO (Pn. 723), Médico, filho do
empresário sobralense Benedito Arruda Carneiro (Qn. 230) e de Vera
Cristiane Lopes Carneiro. Casou-se a com Raquel Maia Morais,
Médica, filha de................................ e de .........
BENEDITO LINCOLN VASCONCELOS ARRUDA (Qn. 240), nasceu em
Sobral no dia 8 de junho de 1955, onde fez seus estudos primários e
secundários no Colégio Sobralense. Formado em Engenharia Elétrica
com opção em Eletrônica, pela Universidade Federal do Rio Grande
do Norte, em 1980. Iniciou suas atividades profissionais, ainda sua
38
Antônio Albuquerque Lopes, n. a 09.06.1919, na fazenda Logradouro. “ Veio residir em
Sobral com seus padrinhos de batismo, José Figueira de Saboya e Dona Carminda Marinho de
Saboya. Foi aluno da afamada Professora Chiquinha Félix, depois passou ao Externato Luís
Felipe, de propriedade do ilustrado mestre Luiz Felipe Silva. Mais tarde, matriculou-se na
escola dirigida pelo Dr. Rui de Almeida Monte. Os princípios rígidos da educação que
imperavam na sociedade patriarcal do seu tempo forjaram a sua personalidade de homem
destemido, porém prudente, comedido e, acima de tudo, honesto. Cedo compreendeu que o
trabalho, a parcimônia no gastar e o estudo eram a única forma de adquirir com nobreza sua
independência. Foi assim que, ainda muito jovem, ingressou na Fábrica de Tecidos de Sobral.
A esse tempo já cursava o propedêutico na Escola Técnica de Comércio Dom José, dirigida
pelo Prof. Paulo Aragão. A 02 de abril de 1945 iniciou suas atividades comerciais como sócio
da firma Dias de Carvalho & Cia.
Como homem de negócios, participou decisivamente de implantação da Cia.
Cearense de Cimento Portland, em Sobral. Foi um dos fundadores do Rotary Clube de Sobral
e por mais de uma década, foi um dos diretores do conceituado estabelecimento creditício, o
ex-Bancesa. Agropecuarísta ocupou, sucessivamente cargos diretivos na Federação da
Agricultura do Ceará e na Confederação Nacional da Agricultura. Político militante foi ardoroso
filiado da União Democrática Nacional (UDN). Com o advento da Revolução Militar de 31 de
março de 1964 marchou com a ARENA (Aliança Renovadora Nacional), depois atua no P.D.S.,
em 1984, filiou-se à facção do Partido da Frente Liberal (P.F.L). Considerado o seu ardor
partidário foi sucessivamente nomeado delegado às convenções regionais. Seus olhos cor de
esmeralda se fecharam para nós num final de tarde domingueira de 17 de maio de 1987. Partiu
com o sol... Em sua casa se fez noite para sempre. Viveu pouco, mais viveu bem,
intensamente. A sua memória até hoje é reverenciada por todos nós. Casou-se em Sobral a
07.07.1945 com Maria da Conceição Mont´Alverne Lopes (Myriam), n. em Sobral a
19.06.1919, Professora diplomada em Sobral a 30.11.1940, filha de Antônio Mont´Alverne
Filho38 e de Maria Marphisa Mont´Alverne ”.(Apud Arnaud, Holanda Cavalcante, Sociedade
Sobralense, Vultos em Descaque- 2004, pg 85).
54
Dicionário Biográfico - Família Arruda
terra natal ministrando cursos na área de sua formação nos colégios
Sobralense e Santana.
No inicio de 1981, passou a fazer parte do quadro funcional da
ESTEL -Empresa de Serviços Telefônicos, com responsável técnico,
oficialmente seu primeiro emprego como técnico especializado. Em
meados de 1982, foi indicado para a CEMEC – Empresa de
Transformadores do Grupo J. Macêdo, como engenheiro calculista,
onde teve a oportunidade de ampliar seus conhecimentos na área de
Sistemas de Energia.
Em 1983, ingressou no Instituto Nacional de Pesos e MedidasIPEM/IMETRO/CE, onde teve contato com os Sistemas de Avaliação
de Segurança de Produtos.
Em 1984, ingressou no quadro técnico da Empresa Cearense de
Telecomunicações- ECETEL, como Engenheiro Elétrico. Almejado
sonho que os técnicos de sua época acalentavam como profissional
da área, no Estado do Ceará. Na ECETEL formou uma base de
conhecimento técnico na área de telecomunicações durante um
período de dez (10) anos de sua vida profissional.
Tendo, já um grande lastro de conhecimentos na área e
detectando um mercado para empresas privadas, então escassas na
época, que pudessem atender uma demanda que se apresentava nos
municípios do Estado, criou em 1992, juntamente com outro colega,
também do quadro da ECETEL, a SERVITRON- Empresa de Serviços
Técnicos e Industriais Eletrônicos Ltda. Esta prestou serviços mais
especializados nos Sistemas e Repetição e Retransmissão de Sinais de
Televisão para o interior do Estado. A empresa foi também a pioneira
no Estado na Área de Energia Solar, ou seja em Sistemas de Energia
com a utilização de Células Fotovoltaicas, e manteve-se no mercado
por mais de dez anos com grande conceito no Estado.
Como empresário de vanguarda, e sentido a necessidade de
buscar novos serviços na área, tendo em vistas as novas demandas
que vinha surgindo no mercado, criou em 2002, a Empresa LINCE
ENGENHARIA LTDA, empresa focada em Sistemas de Energia e
55
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Telecomunicações e Serviços Especializados na Construção Civil.
Como apenas 10 anos no mercado recebeu o “ O PRÊMIO TOP OF
QUALITY BRAZIL” outorgado pela C.C.E.P. – Cia Nacional de Eventos &
Pesquisas Ltda., em março de 2012.
Sempre em busca de novos conhecimentos vem participando
de Seminários e Congressos da Área e Cursos Extensivos da área de
Telecomunicações e Sistemas de Energia. Mantendo-se sempre
atualizado e em contatos com as empresas especializadas da área no
Brasil. Casou-se em Fortaleza a 05/07/1986 com Aglair Alencar
Araripe Arruda, Assistente Social, nasceu em Fortaleza a 01/07/1955,
filha de Huilo Pio de Alencar Araripe39 e de Francisca Gondim de
Alencar Araripe. Formada pela Universidade Estadual do Ceará
(UECE), em 1980. Mestre em Saúde Pública pela UECE, em
2009.Funcionária da Universidade Federal do Cearádesde 1981.
Especialização em Saúde Pública e em Gestão Hospitalar e em Saúde
Mentyal. Mestre em Saúde Pública pela Universidade Estadual do
Ceará –UECE em 2010. Exerce atualmente suas atividades no Hospital
Walter Cantídio da UFC no setor de Serviço Social e no Centro de
Atenção Psico Social CAPS –AD de Alcool e outras Drogras no cargo
de Swerviço Social de SER III da Prefeitura Municipal de Fortaleza.
BERNARDINO PROENÇA DE ARRUDA (Tn. 248.)n. a 23/05/1919 em
Fortaleza e falecido a 06/05/1979 em Belém (PA); filho de José
Aprígio de Arruda (Bn.67) e de Ester Proença. Casou-se a 08/12/1942
em Fortaleza com Zenor Gadelha Arruda n. a 04/06/1920 em
Fortaleza, filha de Joaquim de Souza Gadelha 40e de Amélia Moreira
Gadelha.
39
Huílo Pio de Alencar Araripe, n. a 12/11/1919, filho de José de Alencar Araripe e de Alice
Pio de Alencar Araripe. Casou-se a 14/06/1947 com Francisca Gondim Alencar Araripe, n. a
03/01/1925, filha de Singefredo Maia Gondim e de Maria Maia de Mendonça.
40
Joaquim de Souza Gadelha casado com Amélia Moreira da Rocha, filha de Manuel Moreira da
Rocha e Amália Seroa Moreira da Rocha (Apud Silva, Cláudio G. – O Clã do Cauípe, ABC –
Fortaleza, 1998).
56
Dicionário Biográfico - Família Arruda
BLANDINO SARAIVA ARRUDA (Pn.1594.), Economista, nasceu a 27 de
abril de 1972, em Fortaleza; filho de Antônio Barreto Arruda Neto
(Qn.1329) e de Francisca Dilma Saraiva Arruda. Formada pela
Universidade de Fortaleza – UNIFOR. Pós-graduada pela Fundação
Getúlio Vargas (FGV). Funcionária do Grupo Edson Queiroz, e exerce
suas atividades na Companhia de Gás do Pará (PARAGÁS), do mesmo
grupo, na cidade de Belém (PA). Solteira.
BRUNO CORDEIRO BASTOS (Pn. 1057.),Médico, nasceu a 6 de abril de
1981 em Fortaleza; filho do Dr. Raimundo José Arruda Bastos (Qn.793) e
de Marcília Alves Cordeiro Bastos. Formado pela Universidade Federal
do Ceará, em 2006. Atualmente residente em radiologia.
CÂNDIDO FERREIRA DE ARRUDA (Tn. 106), filho de José Joaquim
Caminha de Arruda (Bn.40) e de Maria Ferreira de Arruda ( Maroca).
Nasceu em Belém (PA) a 11 de março de 1906 e faleceu
a.......................... Foi funcionário da prefeitura de Belém (PA), até sua
aposentadoria. Casou-se a 16/06/1936 com Raimunda Ribeiro de
Arruda, n. a 17/05/1910, filha de João Paixão Ribeiro e de Maria da
Penha Ribeiro.
CANUTO TUPY CALDAS (Qn. 188), Militar, filho do ilustre Tabelião,
viçosense, grande líder comunitário e defensor do patrimônio
histórico de Viçosa do Ceará, Francisco Caldas da Silveira ( Chico
Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira (Tn. 86). Nasceu em Viçosa
do Ceará a 26 de outubro de 1928, onde recebeu seus primeiros
ensinamentos na boa companhia de seus familiares. Ingressou nas
fileiras do Exército Brasileiro, chegando a Tenente Coronel R/1 do
Exército. Artilharia. Cursou Comunicação e Aperfeiçoamento. Foi
Instrutor da AMAN e da ESAO, durante quatro anos em cada. Foi
Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Piauí, no Governo
Alberto Tavares Silva. Foi distinguido pela Câmara Municipal de
57
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Teresina, com o Título de Cidadão Teresinense. Foi aprovada, por
unanimidade, pela Assembleia Legislativa do Estado do Piauí a
concessão, também, do Título de cidadão piauiense. Foi-lhe
concedida Medalha de Ouro, com passadeira de ouro, por contar
mais de trinta anos de bons serviços prestados. Formado em
Administração pelo Centro Educacional Unificado de Brasília - CEUB,
Distrito Federal, em 1979. Exerceu já na reserva do Exército, as
funções de Assessor Especial do Presidente da EBTU, do Ministério
dos Transportes e Assessor-técnico e Coordenador de Programa no
DENATRAN, do Ministério da Justiça. Eleito em 15/11/1982, exerceu
o mandato de Vereador junto à Câmara Municipal de Viçosa do
Ceará. Casou-se e Resende, Rj, a 11 de novembro de 1958 com
Maria José Souza Caldas, n. a 19/03/1936, em Lagoa Dourada, MG,
filha do General Antônio Teodoro de Souza Neto e Maria Ephigênia de
Resende Souza.
CARLOS ALBERTO SILVA ARRUDA (Qn. 684.), Técnico em Administração,
nasceu a 14 de julho de 1945 no Rio de Janeiro; filho de Carlos Augusto
Soares Arruda (Tn.269) e de Regina Maria da Silva Arruda. Casou-se a
12/05/1972 em São Paulo (SP) com Idelma Cândida Sivieri Arruda n.
a 24/04/1941 em Patrocínio Paulista (SP), filha de Antônio Lucas Sivieri
e Francisca Geralda Sivieri.
CARLOS AUGUSTO SOARES ARRUDA (Tn. 269.) Técnico de
Administração, nasceu a 26 de outubro de 1912 em Baturité; era filho de
Jeremias Gervásio Vasconcelos Arruda (Bn.69) e de Margarida Soares
Bezerra. Aposentou-se com Técnico de Administração. Casou-se a
04/03/1939 no Rio de Janeiro com Regina Maria da Silva Arruda n. a
07/09/1916 em Saquarema (RJ), filha de Pedro Manoel da Silva e
Felicíssima Maria Gomes da Silva.
CARLOS DANIELLY ALVES PONTES (Pn.1616.), Repórter Político nasceu a 14
de abril de 1974, em Fortaleza; filho de Messias Araújo Pontes (Qn.1344) e de
58
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Maria Alves Pontes (Nilma). Licenciatura Especifica em História pela UVA.
Atualmente é Produtor de Programação do Programa Espaço Aberto e
Repórter Político. Teve seu primeiro relacionamento conjungal com Jusueyda
Ricarda Feitosa Soares, n. a 18/09/1975, em Russas , filha de João Soares
Machado e de Jucileia Maria Feitosa. Casou-se em segundas núpcias, em
12/07/2002, com Maria Ireni Neves Pontes, n. a 19/12/1969, em Fortaleza ,
formada em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).
Pós-graduação em Pedagogia Infantil, pela mesma Universidade. Atualmente
é Professora da Prefeitura Municipal de Fortaleza , filha de João Nonato das
Neves e de Maria Bezerra Neves.
CARLOS DANILO ARRUDA SILVA (Pn. 837.), Engenheiro Civil, n. a
16/09/1957 em Fortaleza, filho de Jurandir Francisco da Silva e de
Maria Helena Arruda Silva (Qn.630). Casou-se a 31/12/1982 em
Fortaleza com Izabel Maria Costa Arruda n. a 21/06/1960 no Rio de
Janeiro (RJ), filha de Luís Ferreira Costa e Onadir Montenegro Costa.
CARLOS EDUARDO ARRUDA MONT’ALVERNE (Pn.204), Juiz de
Direito, nascido a 21 de novembro de 1978, EM Teresina (PI), filho
de Francisco Edward Frota Mont´Alverne e Maria do Socorro de
Arruda Mont’Alverne (Qn.98), formado em Direito, atualmente Juiz
do Estado, em São Luís – Maranhão. Solteiro.
CARLOS EUGÊNIO ROCHA ARRUDA (Pn. 847.), Cirurgião Dentista, n. a
04/12/1972 em Fortaleza; filho de José Roberto Furtado Arruda
(Qn.631) e de Maria Elcy Rocha Arruda. Casou-se duas vezes. A 1ª, com
Geovana Monteiro Arruda, filha de Ivan Monteiro e Maria Fátima
Sales Monteiro; enfermeira. A 2ª, com Cynthia Gonçalves Braga n. a
24/09/1982 em Pacajus (CE), filha de Valderi Carneiro Braga e
Teresinha Gonçalves Braga; graduada em Administração; funcionária
da Companhia de Eletrificação do Ceará – COELCE.
59
Dicionário Biográfico - Família Arruda
CARLOS EURICO FURTADO DE ARRUDA (Qn. 786.), Biólogo, nasceu a
15 de outubro de 1963 em Fortaleza; filho de Cap. Miguel Edgy Távora
Arruda (Tn.297) e de Maria Adelina Furtado Arruda.
CARLOS FREDERICO ARRUDA ARAGÃO (Qn. 801.), Corretor de
Seguros, n. a 15/08/1956 em Fortaleza; filho de Tarcísio Lima Aragão e
de Maria José Távora Arruda Aragão (Tn.306.). Casou-se
a
08/12/1978 em Teresópolis (RJ) com Cláudia Quintella Aragão n. a
09/10/1958 em Teresópolis, filha de Carlos Cézar de Lima Quintella e
Maria da Conceição Ferreira Quintella.
CARLOS FREDERICO ARRUDA CORREIA (Qn. 710.), Engenheiro, n. a
04/05/1952 no Rio de Janeiro; filho de Pedro Correia Filho41 e de Tereza
Arruda Correia. Casou-se a 07/04/1984 no Rio de Janeiro com
Margareth Ogliari Arruda Correia (Tn.277), n. a 09/12/1952 no Rio
de Janeiro, filha de Valter Jorge Ogliari e Maria Adelina Ogliari.
CARLOS JUAÇABA NETO (Pn.1137.), Médico, filho de Jório Gondim Juaçaba
e de Regina Lúcia Ribeiro Juaçaba (Qn.845.) Nasceu em Fortaleza a 14 de
novembro de 1953. Graduado pela Faculdade de Medicina de Campina
Grande na Universidade Federal de Paraíba, especialista em Cirurgia
Geral pelo Hospital de Ipanema (INAPS) e em Cirurgia Plástica pela
Escola Médica de Pós-graduação da Pontífia Universidade Católica do
Rio de janeiro. Atualmente é cirurgião assistente da Clínica Dr. Ivo.
Pitanguy e leciona no Curso de Pós-Graduação na Faculdade
Integrada do Ceará – FIC e na Faculdade Farias Brito. Como médico,
Carlos Juaçaba já participou de inúmeros congressos, simpósios e
mesas redondas tanto no Brasil como no Exterior.Recebeu a Medalha
Boticáiro Ferreira outorgada pela Câmara Municipal de Fortaleza
peor seu profundo espírito de profissionalismo e relevantes serviços
41
Pedro Correia Filho, n. a 02.06.1923, em Maceió (AL), filho de Pedro Correia e de Carmelita Melo
Correia. Casou-se no Rio de Janeiro a 08.12.1948 com Tehereza Arruda Correia ( Tn.277), n. a
14.11.1927, emBelém (PA), filha de Jeremias Gervásio Vasconcelos Arruda e de Margarida Soares
Arruda ( Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense – Os Arrudas Tomo III, 3ª edição, pg 972).
60
Dicionário Biográfico - Família Arruda
prestados à comunidade no Estado do Ceará. Casou-se com
Claudiane Passos Borges Juaçaba.
CARLOS OSVALDO RODRIGUES RANGEL (Pn.337), Bancário, filho de
Abelardo Rangel Parente (Qn.980) e de Ilsa Rodrigues Parente.
Nasceu no município de Camocim, Ceará, a 23 de abril de 1947.
Funcionário aposentado do Banco do Nordeste do Brasil. Casou-se
com Perpétua Helena Ribeiro Rangel, filha de Antônio Ribeiro e de
Francisca Ribeiro.
CARLOS OTÁVIO DE ARRUDA BEZERRA (Pn.318), Procurador do
Estado, nascido em Fortaleza a 26 de novembro de 1962, filho do
desembargador Dr. Júlio Carlos de Miranda Bezerra e de Regina
Alice de Arruda Bezerra (Qn.136). Bacarel em Direito e atualmente
Procurador do Estado do Ceará. Casou-se a 20/09/1995 com Janice
Vidal Bezerra, n. a 24/03/1964, em Fortaleza (CE).
CARLOS ROBERTO PEREIRA BEZERRA (Pn. 1630.), Bancário, nascido
em Fortaleza a 11/08/1959. filho de Artur Pontes Bezerra e de Maria
José Bezerra ( Totinha) (Qn.1352). Foi funcionário do Banco do Brasil,
tendo exercido suas funções nas Agências de Pombal (PB) e Fortaleza.
Onde desempenhou os cargos de Chefia e Gerente. No Banco teve
oportunidade de se aperfeiçoar, intelectual e profissionalmente,
fazendo diversos cursos que contribuíram para sua ascensão na
carreira. Desligou-se do Banco, por opção própria, em 31/05/2005.
Formado em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal do Ceará
(UFC). Casou-se com Marilda Martins de Oliveira Bezerra, n. em
25/05/1963, em Riacho dos Cavalos (PB), foi bancária, tendo
trabalhado no Bradesco. Atualmente, é comerciante no ramo de
61
Dicionário Biográfico - Família Arruda
confecções, filha de Manoel Adonias de Oliveira42 e de Maria
Madalena de Oliveira.
CARMELO ARRUDA GOMES (Tn. 360.), Industrial, n. a 31/07/1929 e
fal. a 29/04/1984 em Fortaleza; filho de Antônio Gentil Gomes e de
Maria Noemízia de Arruda Gomes (Bn.83) Casou-se a 24/07/1954 com
OSCARINA RAQUEL VITORIANO GOMES, nascida a 09/12/1931, em
Sena Madureira, AC, filha de Francisco Vitoriano Gomes e de Maria
Angelita Thaumsturgo Vitoriano
CARMEN ALICE ARRUDA MAGALHÃES (Qn.785.), Funcionária Pública
Federal, nascida a 18 de junho de 1960 em Baturité; filha do Cap.
Miguel Edgy Távora ( Tn.297) e de Maria Adelina Furtado Arruda. Casouse a 20/10/1989 com Alfredo Magalhães de Souza, Empresário, n. a
22/09/1962 em Guaraciaba do Norte, filho de José Ximenes de Souza e
de Maria Magalhães de Souza.
CAROLINA MOREIRA PONTES DA ROCHA (Pn.1617), Secretária
Executiva, nascida a 15 de março de 1977, em Fortaleza; filha de João
Batista Arruda Pontes (Qn.1346) e de Fátima Maria Moreira Pontes.
Formada pela Universidade Federal do Ceará, em 2005. Casou-se em
11/05/1998 com Átila Alves da Rocha n. a 27/03/1972, em Fortaleza ,
filho de Narcélio Soares da Rocha e de Maria de Fátima Alves Rocha.
CAROLINY FIGUEIREDO ARRUDA GOMES (Pn.1613.), Comerciante, nascida
a 21 de abril de 1975, em Fortaleza; filha de Francisco de Assis Arruda
(Qn.1332) e de Maria da Conceição Figueiredo Arruda. Formada em
Pedagogia pela Universidade Vale Estadual do Acaraú (UVA). Casou-se a
17/03/2000, com Jackson Rodrigues Gomes, n. a 04/11/1974, em Fortaleza
42
Manoel Adonias de Oliveira, filho de Manoel martins de Araújo e de Inácia Maria de Oliveira.
Casou-se com Maria Madalena de Oliveira, filha de Marcelino Tomás de Brito e de Dorothea
Amaral de Brito (Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto Arruda –
Fortaleza, 2005, pg 83).
62
Dicionário Biográfico - Família Arruda
, Representante de Vendas, filho de Manoel Rodrigues Gomes e de Benedita
Rodrigues Gomes.
CECÍLIA NOEMY ARRUDA LIMA (Qn. 798.), Economista, filha de Nelson
Lima e de Maria Francisca Teresa Távora Arruda Lima (Tn.304). Nasceu em
Teresópolis (RJ) a 27 de junho de 1970; graduada em Economia, casou-se a
12/10/1991 em Fortaleza com Carlos Jorge Lima de Freitas n 09/02/1958,
Analista de Sistema, filho de Luiz Enoy de Freitas e de Waldizeth Lima de
Freitas.
CÉLIA MARGARIDA SILVA ARRUDA (Qn. 685.) n. a 29/05/1951 no Rio
de Janeiro; filha de Carlos Augusto Soares Arruda ( Tn.269) e de
Regina Maria da Silva Arruda. Bacharel em turismo; casou-se no Rio de
Janeiro com Ivo Henrique Borges Espíndola n. a 08/10/1939 no Rio de
Janeiro,filho de Herald Paquete Espíndola e Mercedes Borges Espíndola.
CELINA MARIA BEZERRA DE ARRUDA (Qn.132),filha de Lívio
Cavalcante Arruda (Tn.49)e Maria do Rosário Bezerra de Arruda.
Nasceu em Fortaleza a 15 de janeiro de 1937. Casou-se em Fotaleza
a 18 de janeiro de 1964 com Tarquínio de Carvalho Filho, falecido.
Do seu matrimônio nasceu: Valéria Maria Arruda de Oliveira casada
comAlberico Pessoa de Oliveira.
CÉLVIO BRASIL GIRÃO (Pn.76), Engenheiro Agrônomo, nasceu 19 de
julho de 1946, em Fortaleza, filho de Raimundo Girão e de Maria
Brasil Girão (Marizot) (Qn.43). Formado pela Universidade Federal do
Ceará (UFC). Funcionário aposentado do DNOCS, com destacado
serviço prestado ao Estado do Ceará e outros Estados da Federação.
Casou-se em Fortaleza a 31 de outubro de 1970 com Maria Lúcia
Vasconcelos Coe, fortalezense, nascida a 9 de outubro de 1949, onde
formou-se em Geografia e em Pedagogia pela Universidade Estadual
do Ceará – UECE, filha de Henrique Coe e de Maria de Lourdes
63
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Vasconcelos, pais de quatro filhos: Lígia, Régis, Luciana e Liana Coe
Girão.
CID ARRUDA ARAGÃO (Gêmeo) (Pn. 752), Procurador Federal, filho
de Geraldo Costa Aragão e de Ana Maria Arruda Aragão (Qn.216).
Nasceu em Brasília a 12 setembro 1981. Formado em Direito, pela
Universidade Federal do Ceará, em 2006. Aprovado por concurso
público para o cargo de Procurador Federal, junto à Advocacia-Geral
da União. Tomou posse no dia 19/11/2007, na Procuradoria Federal
Especializada junto ao IBAMA, em Brasília (DF), onde atualmente
exerce suas atividades. É pós-graduado em Docência, pela Faculdade
Getúlio Vargas, e em Direito Ambiental e Urbanístico, pela Faculdade
Anhanguera.
CINIRA ARRUDA D´ALVA ARTILES (Pn. 744), Arquiteta, filha de
Francisco das Chagas d' Alva e Souza e de Maria do Socorro Arruda d'
Alva (Qn.236). Nasceu em Fortaleza a 27 de março de 1971. Formada
em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Engenharia de São Carlos
da Universidade de São Paulo- USP, em 1995. Fez especialização em
Planejamento Urbano no Institute For Housing And Urban Studies em
Rotherdam-Holanda. Trabalhou com Planejamento e Educação por
quatro anos no Instituto Sertão, em Fortaleza . Em 2004, mudou-se
para os Estados Unidos e em 2005 fez o Curso de Formação em
Arquitetura de Terra no Novo México - USA. Atualmente trabalha
com planejamento e desenho urbano em São Francisco, Califórnia
(USA). Casou-se a 06/08/2004, em São Francisco Estado da Califórnia,
USA com Rodney Alexander Artiles, n. a 10/01/1975, em New Jersey
- USA , do qual se separou, filho de Ron Artiles e de Evelyn Osowsky.
64
Dicionário Biográfico - Família Arruda
CINTHIA COLLYER ARRUDA CAVALCANTE( Pn.746.), Assistente Social
e Professora, filha de Francisco de Assis Vasconcelos Arruda e de
Silvéria Lopes Vasconcelos Arruda. Nasceu em Fortaleza a 25 de
agosto de 1977. Professora de Língua Espanhola no Palácio de
Ciências e Línguas Estrangeiras do Município de Sobral . Acadêmica
de Serviços Sociais pela Faculdade UNOPAR de Londrina. Trabalhou
professora de espanhol em alguns Colégios particulares em Sobral.
Como tradutora de língua espanhola, traduziu o livro Sistema de
Salud de Brasil – Normas, Gestión e Financiamiento, de autoria do Dr.
Luiz Odorico Monteiro de Andrade, então Secretário de Saúde do
Município de Sobral . O mesmo foi publicado pela Aderaldo &
Rothschild Editores Ltda em 2002. Casou-se em Sobral a 28/11/1999,
com Arnaud de Holanda Cavalcante Júnior, n. a 25/05/1968, em
Sobral. Fez seus estudos nos tradicionais colégios de Sobral e
posteriormente em Fortaleza, onde ingressou na Faculdade de
Administração. Atualmente está cursando o Curso de Tecnologia da
Construção na Universidade Estadual Vale do Acaraú – UEVA.
Trabalha na LASSA – Laticínios Sobralense, na área de administração,
filho de Arnaud de Holanda Cavalcante e de Aloma Feijão
Cavalcante.
CIRILO JOSÉ CAMPELO ARRUDA (Qn. 289.), Empresário, n. a 03/01/1952,
em Viana, (MA); filho de Gerardo Vasconcelos (Tn. 130) e de Mariana
Raimunda Campelo Arruda. Formada em Filosofia na Universidade do
Amazonas. Casou-se com Ledir Oran Fonseca, Assistente Social. São
proprietários de uma fábrica de sabão na cidade de lago da Pedra –
MA.
CLÁUDIA ALICE BEZERRA DE ARRUDA (Qn.134), filha de Lívio
Cavalcante Arruda (Tn. 49) e Maria do Rosário Bezerra de Arruda
(Pn.325). Nasceu em Fortaleza a 8 de agosto de 1942. Casou-se em
Fortaleza a 5 de janeiro de 1974 com João Osteval Forte Ramos,
formado em Letras e filosofia, funcionário estadual.Do seu consórcio
65
Dicionário Biográfico - Família Arruda
nasceram dois filhos:Lívio Rômulo Arruda Ramos e Oscar Roney
Arruda Ramos.
CLÁUDIO RÉGIS AGUIAR RANGEL (Sn.197), Engenheiro Civil, nascido
em Fortaleza a 5 de março de 1969, filho de Osvaldo Rangel Neto
(Pn.325) e de Ana Islay Aguiar Rangel. Formado pela Universidade
Federal do Ceará. Casou-se com Mirna Soares Rangel, Economista,
formada pela Universidade Federal do Ceará.
CLÁUDIO ROBERTO CALDAS DE PINHO PESSOA (Pn. 448) Engenheiro
Eletrônico, filha do Dr. Justiniano de Pinho Pessoa, cirurgião dentista,
ilustre filho de Viçosa do Ceará e de Maria Amélia Caldas de Pinho
Pessoa (Qn.192). Cláudio pertence as mais tradicionais famílias de
Viçosa do Ceará. Neto paterno do Major Felizardo de Pinho Pessoa e
de Hilda Carvalho de Pinho Pessoa, e pelo lado materno do
magnânimo líder comunitário, tabelião, grande defensor do
patrimônio histórico de sua Terra Natal. Nasceu em Viçosa do Ceará a
16 de junho de 1960. Funcionário do Ministério da Fazenda; casou-se
em Fortaleza 21/09/1985 com Maria do Socorro Bastos de Pinho
Pessoa, filha de Bernardo Oliveira Rodrigues e Maria Eunice Bastos
de Oliveira.
CLÁUDIO VASCONCELOS FROTA (Pn.281), Administradora de
Empresas, nascida em Fortaleza a 10 de março de 1962, filha de
José Arruda Frota, dentista (Qn.124) e de Maria de Lourdes Parente
Vasconcelos Frota. Formado em Administração de Empresas e
funcionário do Banco do Nordeste do Brasil. Casou-se duas vezes. A
1ª, com Maria Elenilda Araújo. A 2ª , com Lúcia de Fátima Sousa.
CLEMENTE OLINTHO TÁVORA ARRUDA (Tn. 301.), Técnico Florestal,
nascido a 31 de dezembro de 1925, em Baturité; filho de Raimundo
66
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Vasconcelos Arruda (Bn.72) e de Noemy Távora de Assis Arruda. ExCombatente da Marinha de Guerra do Brasil, tendo sido
enquadrado como Pensionista recebendo o equivalente ao Posto
de 2º (segundo) Tenente.
Foi no dia 16 de novembro de 1949 condecorado pelo
Presidente da Republica dos Estados Unidos do Brasil com a
MEDALHA DE SERVIÇOS DE GUERRA pelos valiosos serviços
prestados ao País.
Ao chegar em Fortaleza no dia 12 de fevereiro de 1950,
em Fortaleza. Tomou conhecimento que seu cunhado Nelson Lima,
Engenheiro Agrônomo, chefiava o Horto Florestal de Sobral, e
através do mesmo foi nomeado extra-numerário diarista no Posto
Florestal que funcionava na Escola de Agronomia do Ceará.
Em 12 de julho de 1951, foi transferido para o Horto
Florestal de Sobral, onde fixou residência e passou a
prestar serviços como servidor federal. Casou-se a 04/10/1947
em Fortalezacom Rocilda Germano Arruda n a 31/07/1925 em Rio
Branco (AC), filha de Adelino Rodrigues da Silva e Guilhermina de Souza
Germano Silva.
CLODOALDO ARRUDA (Bn. 92.), filho de João Tibério de Arruda ( N. 29.) e
de Filomena Isabel de Lira Aguiar. Nascido em Massapê em 1917 e falecido
solteiro em Fortaleza. Nirez em artigo escrito no Jornal “ O Povo”, em 13
de abril de 1980, intiutlado “ Adeus, godô!” “ Clodoaldo Arruda era seu
nome, mas que me perdoe a família Arruda, era um nome por demais
pomposo para ser ostentado pela imensurável simplicidade de Godô. Era
por esse nome que ele atendia aos seus familiares e amigos. Godô era o
nome que ele gostava de ouvir e os amigos gostavam de chamar. Existiam
outros nomes ainda mais carinhosos como Gogota.
Eu sempre afirmei que Godô jamais morreria, pois ele tendo
nascido já com a saúde sacrificada e tendo sido operado várias vezes, trazia
sempre o otimismo contagiante que era responsável pelo seu pronto
restabelecimento. Muitos que lamentaram suas operações, se foram antes
67
Dicionário Biográfico - Família Arruda
dele. E eu sempre dizia brincando, mas nunca imaginei que minha
brincadeira fosse tão real, falasse tanto a verdade. Hoje, após seu entêrro,
vendo as pessoas que choravam, muitas sem nenhum vínculo sanguíneo
com ele, sentindo a dor do irremediável, vendo as imagens desfocarem
pelo acúmulo de lágrimas em meus olhos, é que vejo que, agora, depois de
morto é que Godô nunca morrerá. Sua passagem pela terrra deixou marcas
profundas em tantos quantos o conhecem. Marcas de profunda admiração
e respeito por um ser que viveu em função do próximo.
Nunca conheci alguém que se sentisse tão feliz quando prestava
um favor a outro, ou que brilhasse tanto os olhos ao deparar-se com a
oportunidade de poder ajudar a alguém. Mesmo doente com uma bengala
e pés inchados, procurava fazer favores. Era um predestinado.
Godô foi um dos primeiros colaboradores do Museu Nirez. Foi um
dos mais fiéis ouvintes do programa “ Arquivo de cera” que mantive no ar
durante nove anos. Quantos discos estão hoje nas prateleiras do Museu
perpertuando a sua inestimável ajuda.
Qauntos amigos Godô fez em sua vida? É impossível contá-los. E
quantos amigos seus ficaram amigos entre si por sua interferência? E
quantas pessoas têm raiva do Godô?. Não conheço nenhuma. Mas deve
existir. Deve existir porque a humanidade em sua podridão só gera um
Godô por acaso. Em toda a minha existência nunca conheci um elemento
desprendido, e tão cheio de bondade como godô. Bons amigos e pessoas
boas são difíceis, mas inimigos gratuitos são fáceis.
Sua família deve ter estranhado por eu não ter cumprimentado a
nenhum com a célebre frase “ meus pêsames”. Não estranhem. Primeiro
porque eu acho muito estereotipada a frase. Segundo, porque a dor que
atingia a todos era uma só. O Godô não tinha uma família pequena. Todos
os que conheciam e tinha por ele amizade lhe queriam bem e participavam
de sua família. Godô nunca se prendeu à família. Todos eram seus
parentes, seus irmãos. Morava com pessoas reconhecidamente boas e que
eram para ele mais que uma família. Pessoas que choraram
desesperadamente sua morte como se ele fosse o chefe da família. Assim
eu não poderia dar pêsames a ninguèm, pois a família não troca
68
Dicionário Biográfico - Família Arruda
sentimentos numa hora destas. Godô era meu irmão também. A minha dor
é a mesma. Também estou de sentimentos.
Adeus, godô. Que você encontre onde está a oportunidade de
continuar sendo bom. E que os que lhe cercam agora tenham o mesmo
espírito seu, o de colaboração.
Nós perdemos você, ma ganhamos uma imensa saudade que nos
ajudará a fazer-lhe justiça nunca esquecendo de você. Adeus Godô! Adeus.
CLODOMIR BENTES ARRUDA COELHO (Qn.66), filho de José
Clodoveu de Arruda Coelho (Tn.33) e de Carmen Bentes Moreira.
Nasceu em Sobral a 29 de outubro de 195. Fez os estudos
secundários no Colégio Cearense, em Fortaleza, ingressando na
Faculdade de Direito do Ceará. Uma esplendorosa organização
intelectual revelada nas suas colaborações à imprensa e discursos
proferidos e mesmo nas defesas dos seus constituintes, como
advogado. Jornalista de grande mérito e talento incontestável.
Profundo conhecedor do idioma e fluente orador que entusiasmava
as multidões. Desapareceu Clodomir Arruda43 prematuramente aos
43
CLODOMIR BENTES DE ARRUDA COELHO - Na edição de 14 de outubro de 1939, o
jornal do poeta Craveiro Filho, ocupava quase todo o espaço de sua primeira página para
evocar e honrar a figura do grande sobralense desaparecido prematuramente.
“ Vida é um calvário: sobe-se ao amor pela dor, à redenção pelo sofrimento “ . E a
morte: “ é o cobarde para os que a defrontam e animosa para os que a temem” . – A vida é um
calvário, onde o homem conduz o ideal do bem e do saber. A morte um cobarde, onde o
homem encontra a perfídia e a traição. Com um semblante voraz, ela não respeita lares nem
corações puros; arrebata os que pregam a sabedoria e os que têm um apostolado sublime; o
seu caminho é longo e sua ação em toda parte é destruidora. Clodomir de Arruda foi, para o
nosso afeto, a sua última vítima.
“ Um botão, no seu desabrochar fecundo, não chegou a florir vitorioso; não chegou a se
deslumbrar com o sol fulgurante da vida, nem pôde contemplar a beleza viva do horizonte, do
triunfo. Morreu em plena mocidade; quando tudo era ventura, tudo alegria e tudo juventude.
Morreu quando subia mais um degrau na escola da realidade. ”
“ Foi arrebatado aos céus, na hora em que sentia a beleza das flores, dos campos,
do mar. No encanto de sua mocidade, quando seus olhos pintavam de um azul do céu, de
cores diferentes, as coisas terrenas; quando desfazia, com os albores de sua cultura, as trevas
densas que apareciam, na sua rota.”
“ Aos 23 anos, na quadra mais feliz de moço – ele foi surpreendido traiçoeiramente;
23 anos de peregrinação e de preces benditas; 23 anos de uma semeação gigantesca nos
campos áridos do saber; 23 anos que bem podiam ser uma vertigem no mundo das letras, um
salto nos domínios da inteligência e uma vitória nas lutas da ignorância.”
“ A esperança de seu pai, passou a ser um eterno sofrimento, porque ele produziu,
em suas faces sadias, um caminho umedecido e inundado pelas lágrimas de uma saudade
inacabável e eterna. Um futuro brilhante lhe esperava: vitórias, glórias e fecundas revelações.
69
Dicionário Biográfico - Família Arruda
23 anos de idade, quando cursava o 2o ano de Direito, no dia 5 de
outubro de 1939, em Fortaleza. Exerceu interinamente a direção do
bissemanário A Ordem, na ausência do poeta Craveiro Filho, seu
proprietário. Colaborou com várias revistas do Estado (Apud
Oliveira, R. E.- Sobral Preeminência na História do Ceará, 1992, pg
112).
CLOTILDE ARRUDA PONTES (Bn. 84.), filha de João Tibério de Arruda
(N.29) e de Filomena Isabel de Lira Aguiar. Nasceu em Massapê (CE)
em 1882. Teve grande participação na vida social de sua família.
Tudo isto acabou-se. Foram-se os sonhos dourados que todo dia lhe invadiam o cérebro.
Transformaram-se em remígios as esperanças. Morreram as alegrias e as glórias.”
“ Foi-se com ele aquele sorriso juvenil que conduzia em seu rosto, apresentando um
semblante de consternação. Acompanharam-no o amor e justiça aos homens, porque ele era
leal, porque ele era amigo de todos. Todas as suas venturas, todo seu encanto de jovem
estudioso, de jovem que labutava com ardor nas tendas da escola, todo o seu patriotismo de
rapaz, tudo isto sucumbiu no abismo tremendo da morte.”
“ Clodomir era vibração sobralense. Clodomir era a fogueira sempre a crepitar no
coração do povo de sua terra. Clodomir era a expressão da amizade e da ternura. Um pesar
inapagável ficará guardado no íntimo de cada amigo, porque a sua falta foi sentida e deixou o
seu lugar vazio no meio dos que o admiravam e o simpatizavam.”
“ Clodomir durante o tempo de sua fatal moléstia, a qual soube enfrentar com
coragem e serenidade, aproximara-se convicto da Religião de Cristo e seus santos preceitos.
Viu que o mundo é uma ilusão que não justificava a maldade. Compreendeu a necessidade de
ser bom e puro, para receber, na terra do além, um presente mais valioso, mais edificante. Se
ele foi bom e soube pregar a verdade, ele merece o paraíso, porque lá é o lugar dos justos e
dos humildes.”
“ Clodomir deixou saudades, muitas saudades, porque a sua companhia era alegre e
cheia de sentimentos reais, a sua figura era de uma emotividade toda majestosa que seduzia a
todos. Clodomir foi um jovem de predicados e ações estimáveis. Tinha o sentido das coisas
românticas e amorosas; cantava sempre em seu lirismo endeixas suaves e bonitas, porque ele
era apreciador da música – o ideal de Santa Cecília, a sua maior veneração – Clodomir amava
a virtude, o saber. A sua inteligência era incomparável, porque ele era o rebento de uma família
de letrados e grandes cultores dos livros. Tinha uma cultura precoce, porque era muito jovem.
Mas quanto é pesaroso pensar-se em sua morte.”
“ Quanto é lamentável. Não se pode compreender. Por que quis o Senhor leva-lo tão
cedo? Por que não o deixou semeando os frutos benditos do saber? Por que não ouviu as
súplicas de seus entes mais queridos? É impossível uma resposta.”
“ E agora, quando sua alma acha-se no convívio celestial, comungando a hóstia
santa no meio de oito milhões de outras, adornando fervorosamente a imagem sagrada do
Nazareno, em preces ardentes, nós, os inconsoláveis companheiros de Clodomir, sentindo a
sua morte com uma saudade imorredoura, mandamos, daqui, os nossos augúrios de paz e
sentimento, a nossa derradeira palestra, o nosso último adeus, a ti que sempre foste bom e
amigo. E , à sua desolada família, principalmente ao seu inconsolável pai, Dr. Clodoveu, o seu
querido irmão Francisquinho, a expressão mais sincera de nossa consternação, de par com
sentimento de pêsames.”
“ A tu, Clodomir, que te achas na última morada, nossa eterna relíquia de amizade: a
veneração dos amigos companheiros da A Ordem.”
( Apud Oliveira, R. Eufrásio - Sobral – Preeminência na História do Ceará, 1992, pgs 92 a
94).
70
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Casou-se com Raimundo Rodrigues Pontes (DOCA PONTES), em
Sobral, filho de Joaquim Pontes e de Laurinda Pontes. Grande
patrimônio Moral de Sobral. Comerciante de grande destaque no
ramo de Chapéus de palha de carnaúba e peles de animais. Meu pai,
Francisco Linhares Arruda ( Chico Arruda), era seu afilhado, e tinha
por ele uma deferência muito especial, nutria um carinho e admiração
pelo cidadão que era Doca Pontes. Lembro-me de algumas vezes, eles
aos domingos, no alpendre lá de casa jogando Dama. Ainda hoje,
todos os meus irmãos, guardam na lembrança e no coração o mesmo
respeito e carinho como se também fosse padrinho de todos nós.
Pedro Correia Filho a ele nossa eterna lembrança e etrena gratidão
por sua amizade e companheirismo.
CLÓVIS RICARDO CALDAS DA SILVEIRA MAPURUNGA (Pn. 434),
Advogado, filho de Francisco Nogueira Mapurunga e de Mary Caldas
da Silveira Mapurunga (Qn.187), de tradicionais famílias de Viçosa do
Ceará, neto pelo lado paterno neto de Clóvis Carneiro Mapurunga e
de Julita Nogueira Mapurunga, e neto materno do Cel. Francisco
Caldas da Silveira (Chico Caldas), grande líder comunitário e tabelião,
e de Eglantine Carvalho da Silveira. Nasceu em Viçosa do Ceará a 13
de janeiro de 1959. Formado em Direito pela Universidade Federal
do Ceará - UFC, em 1982. Funcionário Municipal de Fortaleza. Casouse em Fortaleza a 03/06/1983 com Juçara Rocha Soares, n. a
03/06/1962, em Açu (RN), filha de Juracy Soares e Vera Lúcia Rocha
Soares.
CRISTIANE LINHARES ANDRADE DA CUNHA (Pn.525), Contadora,
filho de Francisco Valmir Andrade e de Maria da Conceição Linhares
Andrade (Qn.175). Nasceu em Sobral a 13 de setembro de 1972.
Formada em contabilidade pela Universidade do Vale do AcaraúUVA; casou-se em Sobral a 20/01/1996 com Jéferson Sousa da
Cunha n. a 02/09/1973 em Viçosa (CE), filho de Raimundo Carneiro
71
Dicionário Biográfico - Família Arruda
da Cunha e de Alda Souza da Cunha. Empresário, diretor presidente
da Empresa imobiliária ProBank, em Sobral.
DAISY MARIA ARRUDA LOUREIRO (Qn. 310), Farmacêutica, filha de
Fausto Aguiar Arruda (Tn. 133.), que foi Vereador e Deputado Estadual
pelo Estado do Ceará, e de Maria Helena Meireles Arruda. Nasceu em
Fortaleza a 9 de 10 de 1959. Formado em Farmácia pela Universideade
Federal do Ceará- UFC.
D
DANIEL ARRUDA TEIXEIRA (Pn. 1048.), Médico, filho de Mauri Régis
Assunção Teixeira e de Ana Margarida Furtado Arruda (Qn.777). Nasceu
em Fortaleza a 21 de fevereiro de 1980. Médico patologista pela
UNICAMP e Militar da Reserva do Exército, residente em Campinas (SP).
Como genealogista, está realizando um laborioso trabalho de sobre a
família Arruda oriunda de Sobral que radicou-se no município de
Baturité.Solteiro.
72
Dicionário Biográfico - Família Arruda
DANIEL RANGEL DE PAULA PESSOA (Sn.208), Advogado, filho de
Darcy Barbosa Pires Paula Pessoa e de Maria da Conceição Rangel de
Paula Pessoa (Pn.327), ambos sobralenses de tradicionais famílias.
Nasceu em Fortaleza a 29 de novembro de 1973.
DANIELA VIANA VASCONCELOS (Qn. 347.), Pedagóga, , filha de
Francisco Arruda Vasconcelos (Tn.144) e de Suzete Viana
Vasconcelos. Nasceu em Aracati (CE) a 1º de julho de 1977. Formada
em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual Vale do Acaraú –
UEVA. Pós-graduação em Matemática pela mesma Universidade.
Professora do Estado em Massapê . Em uma União Estável com José
Filipe Guimarães Coêlho, natural de Portugal.
DANIELE LIMA MONT’ALVERNE RANGEL (Sn.194) Advogada, nascida
em Fortaleza a 26 de março de 1970, filho do destacado médico
oftalmologista em Fortaleza Dr.Antônio Mont’Alverne Rangel
(Pn.324) e de Maria do Carmo Lima Rangel (Carmita), formada em
Direito pela Universidade Federal do Ceará. Casou-se com o
Dr.Tibério Freire Villar da Silva, n. a 05/11.1968, Juiz do Tribunal do
Trabalho, em Teresina (PI), filho de Raimundo Nonato da Silva e de
Clymene Freire Villar da Silva.
DANIELLE PONTES DE ARRUDA PINHEIRO (Pn.182), Advogada,
nascida em Fortaleza a 16 de junho de 1969, filho do Dr. Francisco
José de Arruda Coelho (Qn.89) e de Maria Lúcia Pontes Arruda
Coelho. Formada em Direito, pela Universidade Federal do Ceará UFC. Casou-se em Fortaleza a 25/01/1990 com Valdizio Pinheiro, n.
a 30/01/1965, Engenheiro Civil, formado pela Universidade Federal
do Ceará - UFC, filho de Valdir Rodrigues Pinheiro e de Maria
Consuelo Pinheiro.
DANILO ARRUDA GOMES (Tn. 362.), Empresário, filho de Antônio
Gentil Gomes e de Maria Noemízia de Arruda Gomes (Bn.83). Nasceu a
73
Dicionário Biográfico - Família Arruda
12/04/1932 e faleceu em Fortaleza. Casou-se com DAYSE DE
HOLANDA GOMES n. a 26/08/1935 em Quixeramobim. Filho de Luiz
Gonzaga Frota de Holanda44e de Zaine Belém de Holanda.
DANILO SILVA SOBRAL (Qn. 1157.), Engenheiro Civil, filho de Dionísio
Santana Sobral e de Palmira Silva Sobral (Tn.434). Nasceu em Fortaleza a
17 de abril de 1963. Casou-se a 06/04/1994 com Daniele Mapurunga, de
Parnaíba (PI), formada em Estatistica, trabalha na Secretaria de
Administração, filha do Mapurunga e de Maria da Conceição Mapurunga,
ambos de Viçosa do Ceará.
DANTE ALMEIDA ARAÚJO (Sn.192), Médico, nascido em Fortaleza a
26 de junho de 1981, filho de Aprígio Castelo Branco de Araújo e de
Inês Alice Almeida Araújo ( Pn.268). Formado pela Faculdade de
Medicina de Juazeiro do Norte (FMJ). Solteiro.
DARCY PIRES DE PAULA PESSOA JÚNIOR (Sn.205), Arquiteto,
nascido em Frotaleza a 16 de março de 1965; filho de Darcy Brbosa
Pires Paula Pessoa e de Maria da Conceição Rangel de Paula Pessoa
(Pn.327). Formado pela Universidade Federal do Ceará. Casou-se
com Adriana Frota de Paula Pessoa, Fonoaudióloga, nasceu na
capital alencarina a 10 de setembro de 1970, formada em
Fonoaudiologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), filha de
Raimundo Deocleciano Frota45 e de Maria Donato Lima Frota.
DAVID ALMEIDA ARAÚJO (Sn.191), Médico, nascido em Fortaleza a
16 de junho de 1979, filho de Aprígio Castelo Branco de Araújo e de
44
Luiz Gonzaga Frota de Holanda, filho de Antônio Ciríaco de Holanda Cavalcante (Ciníco) e de Maria da
Glória Menescal da Frota (filha de Galdino Lauriano Gomes da Frota e de Maria da Penha Menescal).
;casou-se com Zaine Belém de Holanda ( Apud Girão, Raimundo – Famílias de Fortaleza
(Apontamentos Genealógicos), Fortaleza, 1975, pg 107).
45
Raimundo Deocleciano Frota, n. a 26.10.1945, comerciante de destaque em Sobral (CE),
onde é grande proprietário de imóveis. Ex-presidente do CDL, em Sobral. Casou-se com Maria
Donato Lima Frota, n. a 07.09.1947, filha de Agesilau Donato de Araújo e de Olindina
Rodrigues Lima (Apud, Arruda, F. A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente,
Tomo I, pg 85 2a Edição).
74
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Inês Alice Almeida Araújo (Pn.268). Formado pela Faculdade de
Medicina de Juazeiro do Norte (FMJ). Solteiro.
DAYSE SILVA SOBRAL (Qn. 1151.), Analista Clínica, filha de Dionísio
Santana Sobral e de Palmira Silva Sobral (Tn.434), nascida em Fortaleza a
27 de agosto de 1952. Formada em Farmácia e Bioquímica pela
Universidade Federal do Ceará (UFC); casou-se a 22/12/1978, em
Fortaleza, com José Ednardo de Assis n. a 10/01/1952, Limoeiro /12/,
Engenheiro Elétrico, filho de José Amaro de Assis e de Antônia Leitão de
Assis.
DÉBORA LIBERATO ARRUDA HISSA (Pn. 753), Professora, filha de
Domingos Aguiar Arruda Neto (Qn.217) e de Maria de Fátima
Liberato Arruda. Nasceu em Fortaleza a 31 de julho de 1981.
Graduada em Letras e Especialista em Ensino de Língua Portuguesa
pela Universidade Estadual do Ceará com pós-graduação em
Metodologia e Didática pela Universidade de Valência (Espanha);
Mestranda do curso de Linguística Aplicada da UECE. Casou-se em
Fortaleza a 21/12/2007 com Miguel Rocha Hissa, n. a 24/05/1980,
em Fortaleza , formado em direito e procurador do Município de
Fortaleza , filho de Miguel Nasser Hissa e de Ana Sofia Rocha Hissa.
DÉBORA VIANA ARRUDA HISSA (Pn. 907.) Jornalista, filha de Fausto
Aguiar Arruda Filho (Qn.306) e de Zélia Maria Viana Arruda. Nasceu em
Fortaleza a 21 de março de 1982. Jornalista, Bacharel em Comunicação
social com habilitação em Jornalismo pela Faculdade Integrada do Ceará,
com a conclusão em 2004. Tendo exercido jornalismo na área de
Televisão na TV Jangadeiro, TV Cidade, na Rádio FM 93 e AM 810, Revista
Chic Automóvel e Sociedade. Assessora de Comunicação da Prefeitura
Municipal de Fortaleza. Casou-se a 02/12/2005, em Fortaleza , com
Rodrido Fernandes Hissa, n. a 16/05/1978, filho de Tarcísio Barbosa Hissa
e de Maria Clara Fernandes Hissa, formado em Engenharia Civil na
75
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Caltech Engenharia e está atualmente na Gafisa S/A como Gerente Geral
de Obras.
DELANO PONTES DE ARRUDA COELHO (Pn.180), Advogado, nascido
em Fortaleza a 19 de março de 1964 , filho do Dr. Francisco Jsé de
Arruda Coelho (Qn.89) e de Maria Lúcia Pontes Arruda Coelho.
Formado em Direito pela Universidade de Fortaleza - Unifor e em
administração de empresas. Casou-se com Mirella Barrocas Ferreira
de Arruda, n. a 12/07/1972,Arquiteta, filha de Evandro Moisés
Ferreira e de Gesiela Maria Montenegro Barocas Ferreira.
DENISE PONTES DE ARRUDA COELHO (Pn.179), Economista, nascida
em Fortaleza a 27 de outubro de 1962, filha do Dr. Francisco Jsé de
Arruda Coelho ( Qn.89) e de Maria Lúcia Pontes Arruda Coelho.
Formada em Direito e em Economia. Casou-se duas vezes. A 1ª, a
28/02/1985 com Grijalba José Mendes Carneiro, n. a 10/10/1958,
em Sobral (CE), Engenheiro Eletricista, do qual se separou filho de
Grijalba José Mendes Carneiro46e de Zélia Neiva de Figueiredo Leite
(Mendes Carneiro). A 2ª, com Gilson Leite Gondim Filho.
46
Grijalba José Mendes Carneiro, “ nasceu em Sobral a 27 de fevereiro de 1926, sétimo filho
de Pedro Mendes Carneiro e Diva Cavalcante Mendes Carneiro. Fez seus primeiros estudos
no Colégio Sobralense, transferindo-se para o Rio de Janeiro onde, no Colégio Andrews,
terminou o curso cientifico, hoje segundo grau. Prestou vestibular para o curso de Medicina na
Escola de Medicina e Cirurgia do Rio Janeiro, hoje Faculdade de Medicina da Universidade
Estadual do Rio de Janeiro, em 1949 colando grau no dia 4 de janeiro de 1955. Estagiou na
Maternidade da Policlínica de Botafogo, no serviço de cirurgia do Dr. Pinheiro Guimarães do
Hospital Moncorvo Filho e no Hospital do INPS, hoje Hospital de Ipanema, do INSS, no serviço
de cirurgia do Dr. Lúcio Galvão. Retornou para Sobral em outubro de 1955, logo começando a
trabalhar na Santa Casa de Misericórdia de Sobral , como cirurgião, integrando a equipe do Dr.
Guarany Mont’Alverne. Exerceu os cargos de vice-diretor clínico, diretor clínico e vice-provedor
deste hospital por muitos anos. Em 14 de abril de 1956, contraiu núpcias com a advogada
paulista Zélia Neiva de Figueiredo Leite; dessa união nasceram quatro filhos: Maria Luísa,
casada com Ernani José Viniski, empresário, três filhos menores Luís Ernani, Bianca e Thaís,
residentes em Recife, Grijalba Filho, engenheiro eletricista, divorciado, três filhos menores:
Grijalba Neto, Guilherme e Gabriele Zélia, residente em Sobral - Fernando Sérgio, engenheiro
mecânico, casado com a fisioterapeuta Sandra Maria Dias Rocha Mendes Carneiro, com dois
filhos menores - Fernando Filho e Sandro, residente em Sobral; Diva Helena, solteira terapeuta
ocupacional, residente em Recife. Nomeado como médico plantonista para o ex-SAMDU, hoje
INAMPS, em 1958, ali prestou serviço até falecer. Exerceu também a função de chefe do Posto
de Saúde, na Praça Monsenhor Eufrásio em Sobral, desde 1968, quando foi nomeado para o
serviço médico do Estado. A medicina sempre foi a sua verdadeira vocação. Procurava
76
Dicionário Biográfico - Família Arruda
DIANA BÁRBARA VIANA ARRUDA (Pn. 906.), filha de Fausto Aguiar
Arruda Filho ( Qn.306) e de Zélia Maria Viana Arruda. Nasceu em
Fortaleza a 18 de março de 1977. Residindo atualmente no Rio de Janeiro
onde cursa Letras/Espanhol e trabalha como revisora e tradudora no
Jornal A Nova Democracia. Casou-se em 18/12/1997, com Luiz Cláudio
Cereto Carcerelli, n. a 25/12/1961, no Rio de Janeiro (RJ). Formado em
Ciências Biológicas na UFRJ, filho de Cláudio Carcerelli e de Georgete
Cereto Carcerelli.
DILBERTO RÉGIS MARQUES ARRUDA (Qn. 1174.), Matemático, filho de
Francisco Waldiny Soares ( Dil) (Tn.453) e de Margarida Vasconcelos
Marques. Nasceu em Massapê a 27 de setembro de 1960. Formado em
Matemática pela Universidade do Vale do Acaraú (CE). Casou-se duas
vezes. A 1ª, com Angelita Marques Arruda, filha de Antônio Carneiro
Marques e de Raimunda Teixeira Marques. A 2ª, com Maria Ruth Lira,
filha de Sandoval Lira e de Rita Lira.
DIVANA MARIA MARTINS PARENTE LIRA (Pn.379), nascida em
Teresina a 05 de julho de 1958, filha de João Rangel Parente
(Qn.152) e de Maria da Cruz Martins Parente (Cruzinha). Formada
em Odontologia pela Universidade Federal do Piauí, com
especialização em Recife, professora Universitária casou-se com o
Dr.José Lira Mendes Filho, médico, formado pela Universidade
Federal do Piauí, Cirurgião Cardíaco, filho de José Lira Mendes e de
Maria Ribeiro Gonçalves Lira.
aprimorar seus conhecimentos, viajando para congressos e trazendo novas técnicas cirúrgicas
para o serviço de cirurgia da Santa Casa de Sobral. Faleceu repentinamente em 8 de outubro
de 1985, na mesma casa onde trabalhou, na Santa Casa de Misericórdia de Sobral “ (Apud
Cavalcante,Arnaud de Holanda - Sociedade Sobralense – Vultos em Destaque, Ed. IOM,
2004, Sobral-CE).
77
Dicionário Biográfico - Família Arruda
DOMINGOS AGUIAR ARRUDA (Bn. 41), Comerciante, filho de
Antônio Florêncio de Arruda (N.18) e de Francisca Maria do Carmo
Aguiar. Nasceu na localidade de Oiticará município de Massapê (CE),
no dia 7 de fevereiro de 1870 e faleceu em Sobral (CE) a 6 de agosto
de 1862. Homem de grandes virtudes morais e espirituais. Segundo o
Jornalista Luiz Fonteles “ Domingos Arruda era um Santo. Era dessas
pessoas muito santa. A bondade em seu Domingos era a sua grande
virtude, que me dava uma impressão de santidade. No menor gesto,
na mais longa palavra, a bondade pairava sobre sua pessoa e
contagiava os outros que gravitávamos em torno dele. Simples,
sempre jovial, muito humano, foi a pessoa que mais se gravou em
meus tempos de menino ali na Praça da Sé. Luiz Fonteles Lembra
ainda, que, quando seu Domingos chegava de suas constantes
viagens que fazia ao sertão, com uma tropa de burros, nos quais
levava mercadorias para vender aos sertanejos. Lembro que o
mesmo depois de descansado de viagem, reunia os meninos da Praça
da Sé
e ia nos contar estórias, do que se passara em suas viagens, na sua
vida de vendedor ambulante e, também, estórias da Carochinha. Era
"Seu Domingos" por sua pureza e sua bondade era por demais
benquisto dos seus inúmeros fregueses do sertão e o bom velho nos
encantava com suas narrativas e também nos relatava passagem de
sua vida cheia de aventuras, que passou nas matas do Amazonas. Era
dono de uma excelente conversa. Tinha sempre uma palavra de
conforto para os doentes aos quais até receitava remédios caseiros e
tinha uma boa palavra para seus familiares. "São Domingos de
Arruda" viveu muito: 92 anos de utilíssima existência. Sofreu muito
ao suportar com estoicismo o sofrimento, residia nele uma das
grandes virtudes de sua alma, que deve ter tido lances de heroísmo,
numa batalha, na qual soube sempre pelejar. Homem melhor do que
ele não conheci. Católico praticante, rezava o Terço todos os dias. Se
existir, (como acredito) a Eternidade o Reino dos Céus. Ele, o outro
78
Dicionário Biográfico - Família Arruda
"São Domingos',' estará hoje na comunhão do Senhor, na companhia
dos Santos. Portou-se como tal até no sofrimento de uma longa
existência, na qual seu lema maior era praticar o bem, fazer a
caridade. Muita coisa poderia ainda escrever, sobre "São Domingos
Arruda", mas basta apenas que eu diga: conheci um santo que em
vida se chamava Domingos Arruda.
Domingos Arruda foi comboieiro, transportando mercadorias
de Sobral ao Amazonas onde comercializava muitas vezes até com os
índios, chegando a trazer uma índia para o Ceará. No Estado do
Amazonas, em uma destas viagens adoeceu, ficando por lá doente
durante alguns anos.
Naquele "Inferno Verde", gostava muito de ler, possuía grande
inteligências veia poética. Deixou para nossa alegria algumas prosas
escritas, mas, devido a sua grande modéstia, não as publicou. Em
uma das muitas cartas que escreveu para sua saudosa família,
escreveu os seguintes versos: (é assim "Sahi de Caza Paterna/Para
tomar novo estado/Tive doente numa cama/Três anos passei
prostrado/Sahi do Lar querido "Deixando Paes, Mulher e Filhos"/Hoje
me acho tão distante/Desses Entes tão queridos/Quando chega um
Seringueiro do Estado do Ceará ainda que não leve dinheiro/Todos
lhe cercam e festejam, "Quem quizer venha cá/Saber o que é a vida,
do Seringueiro comendo guariba assada e macaco sapecado' Era o
santo homem muito alegre, humilde e paciente. Tinha o sangue de
poeta e o espírito de Bandeirante. Nunca quis saber de política. Era o
conselheiro da Família, uma espécie de oráculo, e na muito unida
família Linhares' Família de Fidalgo e de tradições, sua palavra era
ouvida e acatada. Seu nome é sempre lembrado por todos nós, que o
conhecemos em vida. Seus filhos e descendentes, vão todos bem de
vida, muitos venceram no comércio e na indústria são empresários.
Seus netos muitos são formados médicos, engenheiros, etc.
Admirava-o sobretudo pela simplicidade, pelas atitudes reservadas,
pelo cavalheirismo. Também soube educar os filhos, usava de
severidade quando preciso. Casou-se com sua sobrinha Francisca
79
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Linhares Arruda (Chiquinha), n. a 28/12/1882, em Sobral e falecida a
01.02.1982, filha de Manoel Maria Alves Linhares47 e de Maria da
Conceição Aguiar Arruda. Conta a história que Domingos Arruda,
escreveu uma carta a sua irmã Maria da Conceição, da Amazônia
onde se encontrava trabalhando como Seringueiro, pedindo a mão
de sua filha mais velha em casamento, esta tinha apenas quinze anos
de idade. Sua mãe comunicou o pedido à filha que ficou pasma
dizendo. E interrogou. Mãe! Irei casar com o Tio Domingos? Como se
só tenho quinze anos. E sua mãe respondeu. ou casa ou eu corto um
dedo, expressão usada na época, como que deserdar. Assim, casouse com o seu tio e viveram felizes durante mais de 65 anos de
casados e tiveram oito filhos. O Jornalista Diogo Fonteles, escreveu
uma crônica, intitulada “ São domingos Arruda” sobre Domingos
Aguiar Arruda48.
47
Manoel Maria Alves Linhares, n. em Sobral em 1849, onde fixou residência, e faleceu em
Sobral a 13 de março de 1920. Casou-se com sua parenta D. Maria da Conceição Arruda
Linhares, filha de Antônio Florêncio de Arruda e de D. Francisca de Aguiar Arruda (filha do
Capitão Diogo Lopes de Aguiar, que foi genro de José de Lira ( filho do capitão-mór José de
Xerez Furna Uchôa) ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol V, Os Linhares,
tomo VII, prelo- pg.1596)
48
Artigo Escrito pelo jornalista Luiz Fonteies no jornal TRIBUNA DO CEARÁ, Título: "São
Domingos Arruda". Nestes últimos tempos uma visão tem perdurado na minha lembrança,
sempre voltada para minha infância, a cidade de Sobral, especialmente a minha secular Praça
da Sé, nos idos de 1920 a 1930. Tudo ali me deixa perplexo e é para os tempos de menino que
me volto liricamente como se tudo se reanimasse e an¬dasse. Eu, juntamente com meus
amigos Antônio Linhares Arruda (o Pecou) Tancredo Alcântara, Raimundo Alves (o Xinelinha)
meu cunhado Zé Beleza, João Solon (o Sepinha) como se andasse eu a atravessar o Rio
Acaraú nas grandes cheias. Perdoai-me leitor amigo se acaso tens a "indulgência" de ler esta
crônica. Vivo dessa paisagem sentimental. E sempre que a lembro é como se me reintegrasse
no cenário distante das primeiras impressões. Lembro a casa do santo homem Domingos
Aguiar Arruda, onde sempre eu vivia a brincar com seu filho mais velho Antônio Linhares e «
dessa pessoa mui santa, de nome Domingos Arruda, que hoje quero falar. A bondade em seu
Do¬mingos era a sua grande virtude, que me dava uma impressão de santidade. No menor
gesto, na mais longa palavra, a bondade pairava sobre sua pessoa e contagiava os outros que
gravitávamos em torno dele. Simples, sempre jovial, muito humano, foi a pessoa que mais se
gravou em meus tempos de menino ali na Praça da Sé. Gosto e muito de debruçar-me no
paredão do passado e contemplar coisas que falam e vidas que passam. Pessoas que vimos
pequeninas, ou o tempo correu ou eles mudaram. Tudo cansa. Só a saudade nos acompanha.
Lembro que, quando seu Domingos chegava de suas constantes viagens que fazia ao sertão,
com uma tropa de burros, nos quais levava mercadorias para vender aos sertanejos. Lembro
que o mesmo depois de descansado de viagem, reunia os meninos da Praça da Sé e ia nos
contar estórias, do que se passara em suas viagens, na sua vida de vendedor ambulante e,
também, estórias da Carochinha. Era "Seu Domingos" por sua pureza e sua bondade era por
demais benquisto dos seus inúmeros fregueses do sertão e o bom velho nos encantava com
suas narrativas e também nos relatava passagem de sua vida cheia de aventuras, que passou
nas matas do Amazonas. Era dono de uma excelente conversa. Tinha sempre uma palavra de
conforto para os doentes aos quais até receitava remédios caseiros e tinha uma boa palavra
80
Dicionário Biográfico - Família Arruda
DOMINGOS AGUIAR ARRUDA NETO (Qn. 239), filho de Francisco
Linhares Arruda ( Tn.111) e de Maria de Jesus Vasconcelos Arruda.
Nascido a 15 de fevereiro de 1953, em Sobral, CE, onde estudou até o
pré-acadêmico no Colégio Sobralense. Posteriormente foi residir em
Brasilia onde esteve cursando a Faculdade de Direito, mas chegou a
concluir. Retornando ao Ceará concluiu o Curso de Filosofia
(FAFIFOR), em Fortaleza. Participou ativamente da ONG Sertão, onde
para seus familiares. "São Domingos de Arruda" viveu muito: 92 anos de utilíssima existência.
Sofreu muito ao suportar com estoicismo o sofrimento, residia nele uma das grandes virtudes
de sua alma, que deve ter tido lances de heroísmo, numa batalha, na qual soube sempre
pelejar. Homem melhor do que ele não conheci. Católico praticante, rezava o Terço todos os
dias. Se existir, (como acredito) a Eternidade o Reino dos Céus. Ele, o outro "São Domingos','
estará hoje na comunhão do Senhor, na companhia dos Santos. Portou-se como tal até no
sofrimento de uma longa existência, na qual seu lema maior era praticar o bem, fazer a
caridade. Muita coisa poderia ainda escrever, sobre "São Domingos Arruda", mas basta apenas
que eu diga: conheci um santo que em vida se chamava Domingos Arruda, e que nasceu em
Massapê a 7 de fevereiro de 1870 e faleceu em Sobral a 6 de agosto de 1962.
O Santo homem Domingos Arruda foi comboieiro, transportando mercadorias de
Sobral ao Amazonas onde comercializava muitas vezes até com os índios, chegando a trazer
uma índia para o Ceará. No Estado do Amazonas, em uma destas viagens adoeceu, ficando lá
doente por muito tempo.
Naquele "Inferno Verde", gostava muito de ler, possuía grande inteligências veia poética.
Deixou para nossa alegria algumas prosas escritas, mas, devido a sua grande modéstia, não
as publicou. Em uma das muitas cartas que escreveu para sua saudosa família, escreveu os
seguintes versos: (é assim "Sahi de Caza Paterna/Para tomar novo estado/Tive doente numa
cama/Três anos passei prostado/Sahi do Lar querido "Deixando Paes, Mulher e Filhos"/Hoje
me acho tão distante/Desses Entes tão queridos/Quando chega um Seringueiro do Estado do
Ceará ainda que não leve dinheiro/Todos lhe cercam e festejam, "Quem quizer venha cá/Saber
o que é a vida, do Seringueiro comendo guariba assada e macaco sapecado' Era o santo
homem muito alegre, humilde e paciente. Tinha o sangue de poeta e o espírito de Bandeirante.
Nunca quis saber de política. Era o conselheiro da Família, uma espécie de oráculo, e na muito
unida família Linhares' Família de Fidalgo e de tradições, sua palavra era ouvida e acatada.
Casou-se com sua' sobrinha dona Francisca Linhares Arruda. Esta também uma verdadeira
santinha a mesma era muito adorada por este outro santinho que em vida se chamava João de
Maria Linhares, que Sobral tem o dever de colocar seu abençoado nome em uma das ruas de
sua querida nossa Sobral. Todos eles descendentes das faladas sete irmãs donde provêm as
fidalgas famílias do Vale do Acaraú e de Sobral. Dado o exemplo dignificante que nos legou
"São Domingos Arruda", a melhor pessoa que conheci em minha infância.
Seu nome é sempre lembrado por todos nós, que o conhecemos em vida. Seus filhos e
descendentes, vão todos bem de vida, muitos venceram no comércio e na indústria são
empresários. Seus netos muitos são formados médicos, engenheiros, etc. Admirava-o
sobretudo pela simplicidade, pelas atitudes reservadas, pelo cavalheirismo. Também soube
educar os filhos, usava de severidade quando preciso. Ao relembrar a acolhedora casa, onde
residiu o "Santo Homem", digo mais: salva-se assim um patrimônio, para mim, salva-se
principalmente uma aluna que habita mistérios naquele local de tantas recordações. Sombras
vagando no silêncio. Como disse acima "muita coisa ainda poderia escrever sobre ele". Um
homem que dignificava a espécie humana, de tão bom que era que foi em vida, mas basta
apenas que eu diga "conheci um santo" que se chamava "São Domingos Arruda" e que nos
seus 92 anos de utilíssima existência, só espalhou o bem, nos deu um exemplo de Verdadeira
Santidade. Que o Reino dos Céus vos guarde "São Domingos Arruda".
81
Dicionário Biográfico - Família Arruda
teve a oportunidade de participar de vários projetos de meio
ambiente. Atualmente trabalha na Empresa LINCE como executivo.
Casou-se em 20/01/1980 com Maria de Fátima Liberato Fernandes
Arruda, n. a 29/08/1955. Bacharel em Direito, formada pela
Universidade Federal do Ceará, filha de Eduardo Cesário Fernandes e
de Teodora Liberato Fernandes.
DOMINGOS ARRUDA CARNEIRO (Qn. 231). Médico e Empresário,
filho de Pedro Aguiar Carneiro e de Maria Arruda Carneiro (Tn.108).
Nasceu em Sobral a 23 de julho de 1946. Fez suas primeiras letras
com sua tia Maria José Linhares Arruda e posteriormente no Colégio
Maria imaculada. Ginasial e científico no Colégio Estadual professor
Arruda. Começou a trabalhar ainda muito cedo com seus irmãos
Francisco Arruda Carneiro, Humberto, Raimundo e Benedito Arruda
com chapéus de palha. Tendo inclusive constituído sua própria Firma
Domingos A.Carneiro que teve pouco tempo de existência, pois havia
decidido ir estudar em Fortaleza. Em 1966, chega a capital e fica
hospedado na Pensão de D. Olívia, anexo do Fortaleza Hotel, a rua
Senador Pompeu. Prestou exames para vestibular para medicina na
Universidade Federal do Cearápara tendo logrado êxito logo na
primeira vez. Foi na Faculdade de Medicina uma aluno nota 10,
sempre com as melhores notas da turma. Concluiu o curso de
medicina a 16/02/1972. Fez Residência Médica em Traumatologia e
Ortopedia no HDB e Sarah Kubitschek em Brasília (DF), conseguido
sempre a 1ª vaga oferecida nos referidos hospitais. Fez concurso
público para médico ortopédico para o Sistema Inificado da Saúde,
em 1977, tendo obtido o 1º lugar dos 154 inscritos. Em 26 de
dezembro de 1974, retorna à Sobral indo exercer sua especialização
na Santa Casa de Misericórdia de Sobral onde permanceceu de 1974
a 1979. Trabalhou também no Hospital Nossa Senhora do Perpétuo
do Socorro, também conhecido por Hospitaldo do Dr. Estevão. Em
seguida montou sua Clínica em Traumatologia, Ortopedia e
82
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fisioterapia LTDA, que posteriormente mudou a razão social para
ORTOCLINIC, Radiogia e Afecções Afins. Empresário imobiliário, com
um grande número de imóveis em Sobral. Proprietário do Hotel “
Beira Rio ” e de outros empreendimentos com a Empresa Arruda
Carneiro empreendimentos Imobiliário LTDA. Foi o primeiro
ortopedista a fixar sua residência em Sobral oferecendo seus
trabalhos para toda Zona Norte do Estado. Dr. Domingos, ainda
esteve estagiando durante um mês na Universidade da Califórnia
(USA) e no Hospital pequeno príncipe em Paraná – Curitiba, em Pé
Torto. Dr. Domingos costuma fazer a seguinte citação bíblica do
novo testamento: “ A arrogância precede a queda e a humildade
precede a glória” .
E
83
Dicionário Biográfico - Família Arruda
EDGAR CAVALCANTE DE ARRUDA ( Tn.46), Advogado, Ministro e
Senador, nascido em Fortaleza a 5 de junho de 1893 e falecido no
Rio de Janeiro a 24 de abril de 1965. Era filho de Raimundo Leopoldo
Coelho de Arruda (Bn.18) e de Alice Cavalcante de Arruda. Iniciou o
estudo de Direito na Faculdade de Direito de Recife, 1913; Formouse na Faculdade de Direito de São Paulo, 1915; Promotor Público na
Comarca de Maranguape, 1918; Concurso para Professor
Catedrático de Direito Judiciário Civil da Faculdade de Direito do
Ceará. De 1931/1932, fundador e primeiro Presidente da Ordem dos
Advogados do Brasil Seção do Ceará. De 1935/1937, Senador
Federal, eleito pela Liga Eleitoral Católica, Membro da Comissão de
Constituição e Justiça do Senado. 1938/1945, Advogado em
Fortaleza. Em 1943, fundador e primeiro Presidente do Instituto
Brasil - Estados Unidos no Ceará. Em 1945/1950, Deputado Federal.
Membro da Comissão Constitucional. Relator do Capítulo “ Das
Forças Armadas” na Constituição de 1946. Membro da Comissão de
Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. Em 1950,
candidato ao cargo de Governador do Estado do Ceará, pela União
Democrática Nacional. De 1951 a 1962 foi procurador do Tribunal
de Conta do Distrito Federal; Advogado da Prefeitura do distrito
Federal; Ministro do Tribunal de Contas do Estado da Guanabara.
Em 1962, aposentou-se por ter atingido idade-limite. Publicou vários
trabalhos profissionais; Dissertações Processuais, O Caso do Cassino
Cearense, ação de Sonegados, O Caso dos Vãos do Edifício Diogo,
etc. Recebeu post mortem, a Medalha de Grande Oficial da Ordem
do Congresso Nacional. Casou-se com Rita Menescal Campos de
Arruda, n. 04/04/1905, em Fortaleza (CE) e fal. a 23/04/1992, no Rio
de Janeiro.
84
Dicionário Biográfico - Família Arruda
EDGARD AGUIAR DE ARRUDA (EDGARD ARRUDA) (Bn. 80.), filho de
João Tibério de Arruda ( N.29) e de Filomena Isabel de Lira Aguiar. Nasceu
na cidade de Massapê, no dia 4 de outubro de 1893. Foi comerciante
em Massapê, Sobral e Fortaleza nesta com grande destaque. Casou-se a
28/05/1919 na fazenda Araticum, município de Mauribé com Maria
Letícia Cartaxo Arruda n. a 28/07/1903, filha de André Brasiliense do
Couto Cartaxo49 e Maria Fernandes Teles Cartaxo. Pais de:Maria Noelia
Cartaxo Arruda; Maria Vânia Cartaxo Arruda; João Tarcísio Cartaxo
Arruda;.Luís Edgard Cartaxo Arruda; Regina Helena Cartaxo Arruda; Maria
Salete Cartaxo Arruda; Maria Filomena Cartaxo Arruda; Paulo André Cartaxo
Arruda e Maria Teresa Cartaxo Arruda. Todos com descendência e bem
sucedidos no Estado do Ceará.
EDILBERTO DIAS ARRUDA (Qn. 1334.), Psicanalista< nascido em Fortaleza
em em 24 de outubro de 1938 , filha de José Euripedes Arruda (Tn.518) e
de Antéia Dias Arruda. Entrou na Ordem dos jesuítas e nela permaneceu
até o segundo ano de Teologia. Fez o curso de Psicologia na Universidade
Santa Úrsula, do Rio de Janeiro. Hoje, atende como Psicalista em
consultório particular. Casou-se no Rio de Janeiro, em 09/02/1973 com
Regina Pires Netto, n. 02/05/1946, em Goiandira, Estado de Goiás. Fez
curso de Filosofia Pura e de Psicologia na Universidade de Santa Úrsula no
Rio de Janeiro, Foi Professora de Sociologia e Filosofia, filha de Joaquim
Netto Carneiro Filho50e de Ruth Pires Netto. Pais de:
EDÍLSON ARRUDA LINHARES (Pn.1469.) filho de Edson Arruda
Linhares ( Qn.1271) e de Sebastiana Arruda Linhares (Sezinha).
Nasceu em Sobral a 24 de fevereiro de 1948 e faleceu em Sobral a
49
André Brasiliense do Couto Cartaxo, n. 18/07/1873, Mauriti /12/, ;casou-se a 27/10/1900, em Crato
/12/, com sua prima Maria Fernandes Teles Cartaxo, (Micota) Cratense, filha de Teodorico Teles de Quental
e de Ana Balbina da Encarnação. André faleceu a 15/02/1944, no Cariri cearense (Apud Araújo Lima,
Francisco Augusto de – Família Cearenses – Fortaleza: Editora Premius, 2001, pg 59)
50
Joaquim Netto Carneiro Filho, filho de Joaquim Netto Carneiro e de Alexandrina da Costa Netto,
ambos de Ipameri (GO). Casou-se com Ruth Pires Netto, filha de Sebastião Gomes Pires e de Maria
Júlia Faria Pires, ambos também de Ipameri (GO) Santos (Apud Pereira, Danilo – Memorial
Genealógico- Familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 98).
85
Dicionário Biográfico - Família Arruda
03/05/1976. Ainda muito jovem mostrava suas habilidades para as
letras. Segundo o Prof. Gerardo Magela Collyer Lopes, professor de
inglês no curso do IBEU em Sobral, nos falou sobre a facilidade com
que Edílson tinha para as Línguas, destacando-se entre os melhores
alunos de sua turma.
EDINA CAVALCANTE DE ARRUDA (Tn.51), Freira Carmelita, filha do
Dr. Raimundo Leopoldo Coelho de Arruda ( Bn.18) e de Alice
Cavalcante de Arruda; de tradicionais famílias do Estado do Ceará,
irmã do Senador Edgar de Arruda, neta paterna de um dos maiores
vulto da educação de Sobral do século XIX, o professor Vicente
Ferreira de Arruda (Prof. Arruda) (N.11) e de Guilhermina Gomes
Coelho. Nasceu em Fortaleza a 19 de dezembro de 1901 e ali faleceu
a 15 de janeiro de 1992, aos 91 anos de idade. Dedicou-se à vida
religiosa como freira carmelita sob o nome de irmã Benigna da
Divina Medianeira.
EDMYRTES ARRUDA COELHO (Pn. 136), Bancária, nasceu em Sobral
a 4 de agosto de 1937 e faleceu em Fortaleza a 30 de agosto de
2009, era filha do empresário José Maria Arruda Coelho (Qn.78) e
Eurídice Barreto Arruda Coelho. Normalista e professora primária, no
Grupo Professor Arruda, em Sobral.
Ingressou no Banco do Nordeste 1961, como Praticante de
Escritório, em Sobral, sendo a primeira mulher a trabalhar naquela
Agência. Em 1964, sendo aprovada concurso interno para o cargo de
Escriturário. Sete anos depois, em 1971, foi transferida para a
Direção Geral, juntamente com seu marido, que também era
funcionário daquela Agência. Em Fortaleza, sempre trabalhou no
DEPES, onde exerceu funções de Auxiliar e Analista Administrativo e
se aposentou em outubro de 1988. Participou de vários cursos
promovidos pelo Banco: Inglês, Relações Humanas no Trabalho,
Direito e RECAT, este último, por seis meses, na Divisão de
treinamento (DITRE).
86
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Exerceu por três anos o voluntariado na Federação das APAES,
em Fortaleza, e, fez parte de vários grupos sociais. Presidiu, por dois
anos, o grupo de mulheres sobralenses - Grupo Princesa do Norte.
Foi casada, durante 45 anos. Administrou um Buffet e uma fazenda,
em Sobral, e reservou grande parte de seu tempo para dedicar-se
aos seus 4 filhos e 5 netos.
Segundo depoimento de sua prima Maria da Conceição Arruda,
no Livro “ Era uma vez Sobral” , “ Edmyrtes foi uma pessoa que teve
em vida como sua maior preocupação: servir, ajudar e doar-se.
Estava sempre ligada aos acontecimentos mundiais e nacionais. Em
tudo era uma jovem mulher de 70 anos. Casou-se com João Teófilo
Monte Coelho, natural de Sobral e faleceu em 15/07/2008, em
Fortaleza (CE). Foi funcionário do Banco do Nordeste do Brasil.
Após aposentadoria montou juntamente com sua esposa um
Buffet, em Fortaleza, era filho de Francisco das Chagas Monte51 e de
sua 1a mulher Maria da Conceição Vasconcelos. De sua união
nasceram os filhos: - Geórgia Arruda Coelho foi casada com Fernando
José Peixoto; Túlio Madson Coelho casado com Verônica Maria de
Oliveira Coelho; Fábio Arruda Coelho casado com Anthéa Arroio
Daudt Arruda; Francisco Hélio Arruda Coelho solteiro. Todos bem
sucedidos em Fortaleza.
ÉDNA MARIA FURTADO ARRUDA (Qn. 775.), Economista, filha de
Miguel Edgy Távora Arruda ( Capitão Edgy) (Tn.297) e de Maria Adelina
Furtado Arruda. Nasceu em Fortaleza a 30 de junho de 1947.
Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do
Ceará, em 1974. Cursou: Contabilidade Pública, no Serviço Nacional
de Aprendizagem Comercial (SENAC), em 1987; Legislação
51
Francisco das Chagas Monte, filho de Joaquim do Monte Coelho e de Filomena Teles de
Menezes. Neto paterno de Manuel José do Monte Coelho e de Maria Bernardina do Monte.
Neto materno de José Teles de Menezes e de Maria do Livramento Moreira. Casou-se duas
vezes. A 1a , com Maria da Conceição Vasconcelos. A 2a , com Francisca Macedo. (Apud
Gentil, José da Frota _ Os Frotas, pg 752).
87
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Previdenciária, no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), em
1992; Introdução ao Processamento de Dados, na Empresa de
Processamento de Dados da Previdência Social (DATAPREV), em
1992; Monitor de TP, na Empresa de Processamento de Dados da
Previdência Social (DATAPREV), em 1992; WINDOWS 3.1 (incluindo
Word e Excel), na SW Informática, em 1996. Trabalhou no Banco de
Crédito Comercial S/A, de 1967 a 1969. Foi admitida no ex- INPS, por
concurso público, no cargo de auxiliar de administração, em 1971.
Aposentou-se pelo INSS, em 1995.
EDSON ARRUDA LINHARES (Qn.1271.), filho de Narcisio Evaristo
Linhares (Tn.511) e de Maria Neomízia Arruda Linhares ( Maroca).
Nasceu em Sobral a 2 de abril de 1925 . Foi Empresário de grande
destaque em Fortaleza, no ramo atacadista de tecidos, diretor
presidente dos Armazéns Vitória. Casou-se com sua prima
Sebastiana Arruda Linhares (Sezinha), n. a 31/10/1926, em Sobral
filha de José Argemiro Arruda52 e de Maria Livramento Silva Arruda.
EDSON AZEVEDO VASCONCELOS (Qn. 1440.), Comerciante, filho de
João Tomaz de Vasconcelos (Tn.535) e de Francisca Adélia Azevedo
Vasconcelos ( Francisquinha), natural de Cariré nascido a 6 de junho
de 1937 e falecido em Sobral a 08 de janeiro de 2011. Foi
comerciante Mercado Central de Massapê por várias décadas no
mesmo ponto comercia.. Estive com Édson Azevedo, algumas vezes
em seu comércio. Tinha uma grande admiração pelos filhos. Falava
de suas consquistas e do progresso de cada. Seus netos e família era
sua grande riquesa. Senti sua vibração pela vida, parecia que tinha
ainda muitos anos ainda de vida. No entanto, fora acometido de um
infarto no miocárdio e tolido dos seus grandes sonhos que
alimentava realiaar através dos filhos. Um pessoa distinta e de
52
José Argemiro Arruda, n. em 1897, filho de José Maria de Arruda e de Maria do Patrocínio
Arruda. Casou-se com Maria do Livramento Silva Arruda, filha de Raimundo Tertuliano e de
Maria José Linhares (José de Oliveira Castro (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense,
Vol III, Os Arrudas, 2ª Edição, pg 268).
88
Dicionário Biográfico - Família Arruda
grande respeito na sua cidade em Massapê, cidade que adotara
como cidade natal. Fez grande amizades e deixou uma grande lacuna
no seio dos amigos e familiares. Casou-se em Massapê a 16/01/1965
e posterioremnte separou-se de sua esposa Maria Marlene Pontes
Vasconcelos, massapeense nascida a 23 de fevereiro de 1943, filha
de José Nilson Pontes53 e de Eronildes Arruda Pontes, de tradicionais
famílias de Massapê.
EDUARDO DE ARRUDA NABUCO (Qn. 660.), Analista de Sistemas,
filho de Euclydes Nabuco e de Maria Luisa Arruda Nabuco (Qn.784).
Natural do Rio de Janeiro, nascido a 16 de dezembro de 957. Casou-se
a 01/07/1981 no Rio de Janeiro, e separou-se de Kátia Mannequim
Demetrio Nabuco n. a 28/01/1961 no Rio de Janeiro, filha de
Chamalo Virini Demetrio e Maria Luiza Hannequim Demétrio.
EDUARDO GURGEL ARRUDA (Pn.1068.), Empresário, filho de
Raimundo Adelino Germano Arruda (Qn.784) e de Rejâne Maria
Gurgel Arruda. Nasceu em Fortaleza, em 12 de agosto de 1976. Casouse a 17/03/2006 em Fortaleza com Geyla Bacelar Arruda, Contadora,
nascida a 1º de setembro de 1977, em Fortaleza, filha de José da Silva
Bacelar e de Maria Pereira Bacelar "Graça”.
EDUARDO RODRIGUES DUARTE FILHO (Pn.346), Empresário
Agropecuarísta, filho do Inspetor do Banco do Brasil e empresário
agropecuarista Eduardo Rodrigues Duarte e de Luzía Rangel Duarte
(Qn.145). Herdou de seu pai a paixão pelo campo, e esteve por
muito tempo ombreado com seu pai no desenvolvendo de um
exitoso trabalho com a pecuária no semi-árido nordestino, no. no
Distrito de Aracatiaçu, município de Sobral; casou-se Sâmea Lima
53
José Nilson Pontes, filho de Vicente Pontes, irmão de João Pontes, um dos grandes nomes
da família Masapeense. Político e empresário que deixou na ua descendência grandes nomes
da política Cearense e nacional.
89
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Duarte, natural de Sobral,
Ferreira Gomes Lima.
filha de Raul Vieira Lima54e Celeste
EGLANTINE CARVALHO DA SILVEIRA (Tn. 86), filha do Dr. Antônio
Ferreira de Carvalho, ilustre viçosense Promotor de Justiça, e de Rita
Arruda da Silveira Carvalho (Bn.34). Nasceu em Viçosa do Ceará no
dia 31 de março de 1896 e faleceu em Fortaleza a 29 de abril, sendo
sepultada em Viçosa do Ceará. Segundo seu filho, João Caldas, a
descreve como “ filha dotada de espírito de humildade, obediência,
resignação, bondade, trabalho e oração”. “Quando tinha nove anos
de idade, faleceu o seu pai, sucedendo-lhe, no seu afeto filial, o seu
avô materno Tenente-Coronel Raimundo Benício da Silveira, a quem
chama carinhosamente de “ Pai Raimundo”-, aos quais aparecia
como o encanto do lar onde era estimadíssima pelos seus dois
irmãos, mais novos.” Esposa dedicada e solícita sempre ao lado do
companheiro em suas refregas em prol do desenvolvimento de
Viçosa do Ceará. Eglantine era membro, em Viçosa do Ceará, de
diversas Associações Pias e, diariamente, assistia a Santa Missa,
comparecendo à Mesa da Eucaristia, num admirável exemplo de fé
cristã e de confiança em Deus aliados ao da Pratica da Caridade e ao
do Amor ao Próximo. Casou-se aos 21 anos de idade, a 28/09/1917,
em Viçosa, com Francisco Caldas da Silveira, n. a 10/10/1893, em
Viçosa do Ceará, e faleceu em Viçosa do Ceará a 16/11/1988. “
Serventuário da Justiça na Comarca de Viçosa do Ceará no período de
1917 a 1963, quando foi aposentado por ter completado 70 anos de
idade. Chico Caldas, como é, carinhosamente, chamado por seus
parentes e amigos, é considerado benemérito de Viçosa do Ceará por
suas memoráveis campanhas e realizações: 1916, foi um dos
fundadores do "Gabinete Viçosenses de Leitura"; 1943, promoveu a
campanha para que o município permanecesse com o nome "Viçosa"
54
Raul Vieira Lima, filho de Francisco Antônio Lima e de Maria Vieira Lima. Casou-se a
24.09.1948 com Maria Celeste Ferreira Gomes, filha do Cel. Eurípedes Ferreira Gomes e de
Abigail Mont´Alverne Ferreira Gomes ( Apud Sadoc, Araújo, Cronologia Sobralense, Vol,
IV, pg 278).
90
Dicionário Biográfico - Família Arruda
e conseguiu com a sugestão do jurisconsulto Clóvis Beviláqua, que
ficasse "Viçosa do Ceará"; 1953, lança a ideia e, com a colaboração
dos conterrâneos, faz confeccionar um terço de ouro, oferta dos
viçosenses à Imagem de Nossa Senhora de Fátima na sua estada cm
Viçosa do Ceará; 1959, é agraciado com a Medalha Comemorativa do
Centenário de Clóvis Beviláqua" e inicia a construção do prédio
próprio do "Patronato Tenente Ãngelo4c Siqueira Passos", fundado
no início do mesmo ano; 1968, a 08 de janeiro, aniversário natalício
de seu idealizador Dr. Júlio de Siqueira Carvalho, é solenemente
inaugurado e entregue à Comunidade das Irmãs de Caridade o
"Patronato Tenente Ângelo de Siqueira Passos" e a 28 de setembro,
foi encaminhado o requerimento do autor, ao Presidente do Banco
do Estado do Ceará - BEC, assinado por mais de 100 pessoas,
solicitando a instalação, em Viçosa do Ceará, de uma Agência do
referido Banco; 1972, o nome Francisco Caldas da Silveira é dado a
um Colégio fundado cm Viçosa do Ceará; 1977, a 04 de outubro, em
comemoração ao 118º aniversário de nascimento de Clóvis
Beviláqua, lança o livro "Uma Contribuição de Clóvis à sua Terra
Natal", de sua autoria; 1981, o Egrégio Tribunal Eleitoral, pela
Resolução nº 28/81, de 05 de outubro, atribui o nome de Francisco
Caldas da Silveira ao Fórum Eleitoral da 35ª Zona, sediada cm Viçosa
do Ceará; 1985, a Câmara Municipal de Viçosa do Ceará institui a
"Medalha Francisco Caldas da Silveira". Filho do Alferes João
Severiano da Silveira Filho, n. a 09/12/1841, em Viçosa do Ceará, c
falecido a 29/09/1922, na mesma cidade. Agricultor, Delegado de
Polícia c membro do Colégio Eleitoral e da Guarda Nacional, cm
Viçosa do Ceará (filho do Major João Severiano da Silveira e Teresa
Maria Fontenelle da Silveira), e de Felicidade de Caldas Silveira, n. a
16/05/1851, na Vila de Brejo de Anapurus - MA e falecida a
18/09/1938, em Viçosa do Ceará (filha do Advogado Raimundo de
Caldas Ferreira e Ana Rosa Fontenelle Caldas e irmã dos militares o
Tenente Francisco de Caldas Ferreira, o Capitão Cândido Alfredo de
Amorim Caldas, o Tenente Coronel Antônio Tupy Ferreira Caldas 91
Dicionário Biográfico - Família Arruda
herói de Canudos - escritor e General Honorato Cândido Ferreira
Caldas e do Magistrado e Deputado Federal Raimundo Penafort
Caldas; neta de Antônio de Caldas Ferreira e Felicidade de Caldas
Ferreira, de Vidal Vaz dos Santos c Isabel do Espírito Santo
Fontenelle; bisneta do Mestre-de-Campo Inácio de Amorim Barros último capitão-mor de Viçosa do Ceará - e Ana Joaquina do Rosário,
do Tenente Inácio João de Barcelos e Rosa Maria Fontenelle; trisneta
do francês Engenheiro de Minas c Capitão de Milícias Jean Pierre
Fontenelle e Umbelina Maria de Jesus, de Antônio da Rocha Franco e
Caetana Josefa Maria de Jesus, de Antônio do Espírito Santo de
Oliveira Barcelos c Inácia Maria do Nascimento; trineta de Pedro da
Rocha Franco c de Vitória Rodrigues Câmara e de Antônio Rodrigues
Magalhães e Quitéria Marques de Jesus - fundadores de Sobral.),
filho do Alferes da Guarda Nacional João Severiano da Silveira Filho55
e de Felicidade de Caldas Silveira, irmã do General Honorato Caldas (
Apud Silveira, João Severiano Caldas da – Chico Caldas – O Patriarca
de Viçosa do Ceará, Volume III, Fortaleza, 2010).
ELAINE MARY ARRUDA MOURA (Qn. 332.), Pedagóga, filha de José Soares
de Moura e de Maria Celeste Arruda de Moura (Tn.141). Nasceu em
Fortaleza a 2 de agosto de 1956. Formada em Pedagogia pela
Universidade Estaduasl Vales do Acaraú – UVA. Atualmente trabalha no
Cartório Alexandre Rolim. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 11/02/1977, em
Fortaleza, com Djair das Neves Benevides, do qual divorciou-se. A 2ª, com
Francisco Gildenor Teixeira Filho, filho de Francisco Gildenor Teixeira56e de
Elba MagalhãesTeixeira.
55
João Severiano da Silveira Filho, faleceu em 29 de setembro de 1922, em Viçosa do
Ceará, filho do Major João Severiano da Silveira e de Teresa Maria Fontenelle da Silveira.
Casou-se com Felicidade de Caldas Silveira, natural de Anapurus (MA), filha do Capitão da
Guarda Nacional da Província do Maranhão, Raimundo de Caldas Ferreira e de sua mulher
Ana Rosa Fontenelle de Caldas, natural de Viçosa do Ceará (Apud Silveira, J. S. Caldas da Chico Caldas – O Patriarca de Viçosa do Ceará, Fortaleza, 2010)
56
Francisco Gildenor Teixeira, n. a 03.11.1934, em Itapipoca , filho de José Antônio Teixeira e Ana Costa
Teixeira. Casou-se com Elba Magalhães Teixeira, n. a 16.12.1937, filha de Bibiano Veras de Mesquita e de
Alaíde Veras de Mesquuita (pp).
92
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ELIANA CALDAS PINHO PESSOA DE HOLANDA (Pn. 445),
bibliotecária, filha do Dr. Justiniano de Pinho Pessoa, cirurgião
dentista, ilustre filho de Viçosa do Ceará, e de Maria Amélia Caldas de
Pinho Pessoa (Qn.192). Pertence as mais tradicionais famílias de
Viçosa do Ceará. Neta paterna do Major Felizardo de Pinho Pessoa e
de Hilda Carvalho de Pinho Pessoa, e pelo lado materno do
magnânimo líder comunitário, tabelião, grande defensor do
patrimônio histórico de sua Terra Natal. Nasceu em Viçosa do Ceará a
15 de fevereiro de 1954. Formada em Biblioteconomia pela
Universidade Federal do Ceará, em 1930. Casou-se a 19/01/1979, em
Fortaleza, com José Felipe Fontenelle de Holanda, Economista n. a
25/10/1947 em Viçosa do Ceará, filho de Silvino Alves de Holanda e
Maria Xavier Fontenele de Holanda.
ELIANE ARRUDA PARENTE (Qn. 854.) n. a 06/06/1939 em Santa Quitéria
(CE), filha de Raimundo Eduardo de Melo Arruda (Tn.317) e de
Francisca Magalhães Pinto Arruda. Formada em Letras Neolatinas e
Licenciatura Plena em Português e Francês na Universidade Esdual do
Ceará (UECE). Casou-se a 08/12/1961 em Fortaleza com Luís Ideburque
Mendes Parente n. a 26/01/1938 em Fortaleza, formado em
Contabilidade (Curso médio), 2º Tenente do Exército Brasileiro.
Formou-se em Direito pela Universidade Federal do Ceará, em 1970.
Advogado e Promotor de Justiça aposentado. Atualmente é
empresário em Fortaleza, filho de Francisco Ideburque Parente57 e de
Maria Luiza Mendes Parente.
ELIANO BEZERRA DE ARRUDA (Qn.131) filho de Lívio Cavalcante
Arruda (Tn. 49) e Maria do Rosário Bezerra de Arruda. Nasceu em
Fortaleza a 21 de julho de 1935. Casou-se em Fortaleza a 27 de julho
57
Francisco Ideburque Parente n. a 02 de setembro de 1909, em Sobral e faleceu em
Fortaleza., filho de Raimundo Cavalcante Parente e de Maria Umbelina Cavalcante Parente.
;casou-se com Maria Luíza Mendes Parente n. a 08/01/1914, em Fortaleza e faleceu na
mesma cidade ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol, II, Os Gomes Parente,
Tomo IV).
93
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de 1967 com Maria Helena Freire de Arruda, Professora. Do seu
consórcio nasceram dois filhos: Lívio Cavalcante de Arruda Neto,
advogado, casado com Ana Cristina Gondim de Arruda e Felipe José
Freire de Arruda, engenheiro civil.
ELIEZER OLIVEIRA DE ARRUDA COELHO (Qn.87), Empresário e
Político, nascido em Granja a 22 de junho de 1937, filho do Dr.
Vicente Arruda Coelho (Tn.36) e de Inácia Oliveira de Arruda
Coelho. Ex- deputado estadual e prefeito por duas vezes do
Município de Granja, onde realizou inúmeras obras vultos que
permanecerão inesquecíveis para seus contemporâneos. Em nota
publicada pelo Jornalista Dutra de Oliveira, na coluna Tribuna dos
Municípios do Jornal Tribuna do Ceará, “ O Prefeito Eliezer Arruda,
vem dando uma demonstração de dedicação e capacidade
administrativa nestes quatro anos e meses de sua gestão,
notadamente no início de 1986, quando sofreu um acidente
automobilístico e teve suas pernas grandemente afetadas, ao ponto
de se locomover com o auxílio de cadeira de rodas, mesmo assim o
conhecido líder político da próspera comuna da Zona Norte do
Estado vem administrando normalmente, realizando um trabalho
elogiado pela grande maioria da população granjens. “ Pertencente
a tradicional família de Granja, com assinalados serviços prestados à
política cearense, de modo especial ao município de Granja. Eleito
nas Eleições de 15 de novembro de 1982 na legenda do PDSA,
derrotando o candidato do PMDB por uma maioria superior a
quatro mil votos, num pleito bastante concorrido elegendo ainda o
total dos onze vereadores que compõem o Poder Legislativo
daquele município. Posteriormente aderiu ao então Governador
Gonzaga Mota, do PMDB, que passou a ser seu correligionário e
amigo pessoal. Em eleições posteriores elegeu seu irmão Dr.
Esmerino Arruda para continuar com muito brilhantismo o trabalho
que vinha desenvolvendo. Casou-se a 25/11/1961 com Niedja
94
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Ferreira de Arruda Coelho, filha de Raimundo Queiroz e de Maria
Ofife Srarquiz Queiroz.
ELISA MARIA ARRUDA BASTOS BARROSO (Qn. 782.)Bancária, filha de
Raimundo César Bastos e de Maria de Lourdes Bastos (Tn.300). Nasceu
em Fortaleza, em 2 de junho de 1961. Casou-se em Fortaleza a
21/12/1983 com Hildeberto Barroso Neto n.a 13/09/1961 em
Fortaleza, filho de Ésio Rios Lousada Maria Amélia Teixeira Barroso
Lousada.
ÉLSON ARRUDA LINHARES (Pn.1472.), Médico, filho de Edson
Arruda Linhares (Qn.1271) e de Sebastiana Arruda Linhares
(Sezinha). Nasceu em Sobral a 12 de dezembro de 1953. Especialista
em Cirurgia Geral. Fez Residência Médica em Cirurgia Geral no
Hospital Dr. César Clas. Exerce atividade em clínica particular.
Médico de Cirurgia Geral na Santa Casa de Mesericórdia de Sobral.
Casou-se em Sobral a 25/05/1985 com Marília Maria Coêlho
Linhares, de tradicionais famílias filha de Jorge Silvestre Coêlho58 e
de Carolina Mendes Coêlho.
EMANUEL SÁVIO LOPES PEREIRA (Pn.1617.), Técnico em Eletromecânica,
filho de Francisco Álvaro Rubens Pereira ( Qn.1349) e de Maria Ivoneide
Lopes Pereira. Nasceu em Fortaleza a 23 de março de 1981. Técnico em
Eletromecânica com Habilitação em Manutenção e em Operações da
Produção do Petróleo e Gás Natural pelo CEFET/RN. Possui inúmeros
cursos de extensão e qualificação profissional. Tendo exercido suas
habilidades profissionais em várias empresas como na Agência Nacional
do Petróleo (ANP), esta ainda como Bolsista; SERVICEDRIL MANUTENÇÃO
58
Jorge Silvestre Coêlho, n. a 23.05.1915, filho de José Silvestre Gomes Coêlho e de Vitalina
da Silva Franca. Casou-se a 31.10.1944 com sua prima Maria Carolina Mendes Coêlho, n. a
09.11.1917, filha de Pedro Mendes Carneiro e de Diva Cavalcante Mendes Carneiro (Apud
Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, 1ª Edição, pg 91,
1996).
95
Dicionário Biográfico - Família Arruda
EM EQUIPAMENTOS DE PERFURAÇÃO LTDA; TECNOPETRO SERVIÇOS
LTDA; KOSPETRÓLEO DO BRASIL; SERVIMOS LTDA E MI DRILLING FLUIDS
DO BRASIL (MI SWACO), onde permanece até os dias atuais na função de
Supervisor. Solteiro.
EMMANUEL OLIVEIRA DE ARRUDA COELHO (Qn.84), Empresário,
nascido em Granja (CE) a 14 de maio de 1932, era filho do ilustre
magistrado Vicente Arruda Coelho (Tn.36) e de Inácia Oliveira de
Arruda Coelho. Foi candidato a Prefeito de Granja concorrendo com
sua cunhada Carmen Sales Oliveira Arruda , e não logrou êxito.
Faleceu
em 29/12/2009, em Granja, vítima de acidente
automobilístico quando viajava de Fortaleza com destino a Granja
com o seu primo José Roberto Arruda Coelho, ambos faleceram e
foram sepultado em Fortaleza. Casou-se duas vezes. A 1a com
Mônica Miranda de Arruda Coelho. A 2ª, com Alaise Freire,
desembargadora.
ENEIDA ARRUDA FERREIRA GOMES (Pn. 737), Advogada, filha de
Francisco José Ferreira Gomes e de Maria da Conceição Arruda
Ferreira Gomes (Qn.212). Nasceu em Fortaleza a 27 de novembro
de 1977. Formada em Direito pela Universidade Católica de
Pernambuco-UNICAP. Casou-se a 10/01/2004, em Fortaleza, com
Sued Macêdo Suárez, n. a 26/04/1972, em Fortaleza. Agrônomo,
formado pela Universidade Federal do Ceará, filho de Raul Suárez
Inclan e de Maria Gireldina Macêdo Suárez.
ENEIDA MARIA LINHARES BARROSO (Pn. 450), Fonoaudióloga, filha
de Manuel Sales Linhares (Qn.168) e de Maria Eneida Andrade
Linhares. Nasceu em Sobral a 17 de julho de 1962. Formada em
Pedagogia pela Universidade Estadual do vale do Acaraú (UVA),
Fonoaudióloga, pela Universidade de Fortaleza –Unifor, em 1982.
Casou-se em fortaleza a 17/07/1986 com Ângelo Roncalli Silva
96
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Barroso, n. a 20/07/1963, em Fortaleza, filho de Vicente de Paula
Barroso e de Irene Silva de Oliveira.
ERNA VERÔNICA ARRUDA MARTINS (Qn. 270), Professora, filha de
Raimundo Vasconcelos de Arruda e de Odete de Almeida Arruda.
Nasceu em Fortaleza a 28 de outubro de 1955. Normalista.
Professora de lº Grau do Colégio Imaculada Conceição. Casou-se a
05/01/1977 com Raimundo Martins Neto, Engenheiro Agrônomo,
formado pela Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do
Ceará. Diretor Financeiro do Instituto de Terra do Ceará, filho de
Haroldo Martins e de... .........
ÉRICO ANTÔNIO GOMES DE ARRUDA (NI), Médico, Especialidade
Infectologia – Residência Médica em Clínica Médica no Hospital dos
Servidores Públicos de São Paulo; em Infectologia no Hospital das
Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Mestrado em Infectologia na Universidade de São Paulo. Exerce
atividade em clínica particular. Foi coordenador da Residência
Médica do Hospital São José, 1996 a 1997. Foi Presidente da
Comissão Estadual de Controle de Infecção Hospitalar, 1996 a 1997.
Foi ainda Presidente da Sociedade de Infectologia, de 1997 a 1998;
Presidente da CCIH no Hospital São José, 1994 a 1998; Presidente da
CCIH do Hospital Antônio Prudente, 1994 a 1997.
ESMERINO DE ARRUDA COELHO NETO (Qn.90), Empresário, nascido
em Sobral a 4 de outubro de 1933, filho de José Huet de Arruda
Coelho (Tn.37) e Raimunda Fontenele de Arruda Coelho. Ainda
durante a sua juventude foi morar em São Paulo, em busca de novas
oportunidades. Inicialmente trabalhou em algumas casas de
comércio, onde aprendeu a ligar com o público com o carisma que
sempre teve consigo. Logo colocou sua própria Casa de Comércio “
“Loja Dom Arruda”, sendo bem sucedido. Depois de 20 anos de
permanência em São Paulo, onde fez grandes amigos, volta ao Ceará
97
Dicionário Biográfico - Família Arruda
para ser Executivo da Mesbla. Em seguida transferiu-se para as Lojas
Pernambucanas, atuando como Gerente em São Luís (MA) e Recife
(PE). Depois retorna ao Ceará para trabalhar no Grupo Esplanada.
Casou-se em São Paulo a 08/03/1969 com Marisa de Andrade
Arruda, filha de Armando Andrade e de Noêmia de Andrade.
ESMERINO LINHARES ARRUDA (Pn. 657), Ontologista e Empresário
da Construção, nascido em Sobral em 13 de novembro de 1960, filho
de Antônio Arruda Neto (Qn.461) e Rita Odete Linhares Arruda.
Formado em Odontologia, pela Universidade Federal do Ceará, com
consultório dentário em Fortaleza. Empresário da construção Civil em
Manaus (AM) e Ceará. Admirável ver o seu desenvolvimento pessoal.
Desde jovem focado nos grandes exemplos da família, perseguiu seus
objetivos com grande determinação e a todos parece ter almejado.
Como seus pais, sempre mostraram personalidade altruísta e de
severos princípios de honestidade. Tudo que conseguiu foi com os
próprios esforços, fruto de um trabalho que edifica a família,
sustentáculo daqueles que tem uma razão para lutar por seus
sonhos. Casou-se a 02/01/1983 com Alcínia Braga de Lima Arruda, n.
a 08/09/1964, filha de Alcebíades de Veras Braga e de Antônia
Magalhães Braga Lima.
ESMERINO OLIVEIRA DE ARRUDA COELHO (Qn.81), Médico,
Empresário e Político, nascido a 29 de maio de 1922, em Granja (CE),
filho de Vicente Arruda Coelho (Tn.36) e de Inácia Oliveira de Arruda
Coelho. Empresário de grande destaque não só no Estado do Ceará
como no Rio de Janeiro, onde residiu durante muito tempo. Foi
Deputado Federal pelo Estado do Ceará, por 12 anos, com grande
Projeção na Câmara Federal, e suplente de senador, por 16 anos.
Assume a prefeitura Municipal de Granja para gestão de 1989 a
1992. Em 2008, eleito para seu terceiro mandato a prefeito de sua
terra natal, pelo PSD, nas véspera de seus 90 anos, após três anos de
98
Dicionário Biográfico - Família Arruda
mandato, renuncia em abril de 2012, com a consciência do dever
cumprido e de ter trabalhado por granja até onde a saúde permitiu.
Após 60 anos de vida política. Suas palavras no ato de sua renúncia
foram “ Saio neste momento com a consciência do dever cumprido e
de ter trabalhado por Granja até onde minha saúde permitiu. Prova
disso é que estou deixando para os granjenses a conquista de 3
grandes obras nesta semana: o abastecimento de água com adutora
para o importante distrito de Santa Terezinha, o asfalto para a Sede
do município e o recapeamento da longa estrada que interliga Granja
aos populosos distritos de Sambaiba, Pitimbu, Taboleiro e Ubatuba",
diz a carta endereçada à Câmara Municipal, ao Poder Judiciário e ao
Ministério Público”. Na carta de renúncia, ele agradece ao
governador Cid Gomes (PSB) pelo apoio a algumas obras realizadas
na cidade de Granja.Casado com Carmen Salles Oliveira Arruda, que
também foi prefeita por dois mandatos na Prefeitura de Granja,
oportunidade em que conseguiu implantar programas inovadores
em prol das comunidades carentes e serviços sociais, ela filha de
Francisco Salles e Sibelya Mendonça Salles.
ESMERINO OLIVEIRA DE ARRUDA COELHO JÚNIOR (Gony Arruda),
(Pn.154), Admistratora e Político, filho do empresário e político de
projeção no Estado do Ceará o Dr. Esmerino Oliveira de Arruda
Coelho (Qn.81) e Carmen Salles Oliveira Arruda. Formado em
Administração de Empresa pela Faculdade Cândido Mendes (RJ) e
tem curso completo de língua inglesa na University of South Florida.
Foi Diretor Administrativo do Clube de Regatas do Flamengo, vicepresidente de Futebol de Base daquele clube carioca e dirigiu a
delegação da Seleção Brasileira de Futebol na partida contra Seleção
da Rússia, em Fortaleza, em 1998. Arruda é diretor da RENTV
Locadora de Televisores S.A.
Como filho de político, traz nas veias a herança política do seu
pai Esmerino Arruda, ex-prefeito, ex-deputado e suplente de senador
pelo PSDB, e sua Mãe Carmen Arruda, Prefeita de Granja (CE) Entrou
99
Dicionário Biográfico - Família Arruda
para a política em 1998 quando se elegeu pela primeira vez à
Assembleia Legislativa. No último dia primeiro de Fevereiro foi eleito
1º Secretário da Mesa Diretora biênio 2003/2004, um dos cargos
mais cobiçados pelos parlamentares.
O novo 1º Secretário tem base eleitoral nos municípios de
Granja, Viçosa do Ceará, Chaval, Croatá, Coreaú, Camocim, Massapê,
Moraújo, Senador Sá, Martinópoles, Uruoca e Cruz.
Integrou na Assembleia a Comissão de Educação, Cultura e
Desporto, a Comissão de Fiscalização e Controle, e Indústria,
Comércio, Turismo e Serviços, Defesa do Consumidor, além de
presidir a Comissão de Ciências e Tecnologia. Foi titular das
Comissões Parlamentares de Inquérito do DPVAT e Desmonte das
Prefeituras.
Gony Arruda tem como principal ponto de sua plataforma
política o desenvolvimento dos esportes, como forma de incentivar à
juventude a uma vida saudável e distante das drogas e da
marginalidade. Vale lembrar que Gony também se destaca na
política esportiva. Numa fase crucial para a Seleção Brasileira, pouco
antes da conquista do Penta em 2002, ele chefiou novamente a
delegação canarinha no último jogo em solo brasileiro antes da Copa
do Mundo. No jogo contra a Iugoslávia, na inauguração do Castelão.
Os brasileiros, apesar de ainda desacreditados, venceram pelo placar
de 1 a zero e, a partir daí, inicia-se uma seqüência de vitórias até a
grande conquista da copa do mundo no Japão. Casou-se com Camila
Dantas Brabo Oliveira Arruda.
ESPEDITO ARRUDA LINHARES (Pn. 1154.), Zootecnista, filho de
Francisco Henrique Linhares e de Maria das Virgens Arruda Linhares (
Taíta) (Qn.422). Nascido em 28/07/1958, em Sobral. Formado pela
Faculdade de Zootecnia do Instituto de Ensino Superior do Maranhão
- IESM, em Timon (MA). Casou-se a 18/04/1980 com Edna Maria de
Carvalho Linhares, n. a 18/08/1956, Enfermeira, formada pela
100
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Universidade Federal do Piauí, filha de Benedito José de Carvalho59 e
de Maria Oliveira de Carvalho.
EUGÊNIO ARRUDA LEAL FERREIRA (Qn. 717.), Advogado, nascido a 07
de outubro de 1953 no Rio de Janeiro, filho de Arthur Fontes Leal
Ferreira, natural do Rio de Janeiro, e de Rita Arruda Leal Ferreira
(Tn.278), também natural do Rio de Janeiro. Neto materno do
empresário, um dos pioneiros da expostação no Estado do Ceará,
Jeremias Vasconcelos Arruda e de Margarida Soares Bezerrra. E neto
paterno de Francisco Soares Bezerra e de Teresa Soares Castello
Branco. Casou-se a 25/05/1979 no Rio de Janeiro com Maria Victória
Vaz Leal Ferreira n. a 16/05/1955 no Rio de Janeiro, filha de Álvaro Vaz
e Cecília de Lima Vaz.
EURICO FLÁVIO TÁVORA ARRUDA (Tn. 307.) Funcionário Autáquico,
filho de Raimundo Vasconcelos Arruda ( Bn.72) e de Noemy Távora de
Assis Arruda. Nascida em Baturité a 1º de março de 1955. Casou-se em
Baturité a 13/05/1962 com Francisca Beatriz Melo Arruda natural de
Baturité nascido a 14 de outubro de 1940, filha de José de Melo Falcão
60
e Maria José Nogueira Melo.
EURICO VASCONCELOS ARRUDA (Bn. 73.), Poeta e Jornalista, filho do
Capitão da Guarda Nacional Miguel Arcanjo de Arruda (N.26) e de
Maria do Livramento Arruda. Nasceu em Baturité a 21 de junho de
1892 e faleceu a 23/12/1931 em Fortaleza, sendo sepultado no
59
Benedito José de Carvalho, n. a 08.10.1915, no município de Valência no Estado do Piauí
e faleceu em Teresina-PI a 08.05.1976. Comercializava animais e abatia para quase todo os
marchantes de Teresina-PI. Casou-se com Maria Oliveira de Carvalho, n. a 15.12.1919, no
Brejo de Anapurus-MA, filha de Bernardo de Oliveira Ramos e de Maria Madalena Ramos (pp)
60
José de Melo Falcão n. a 30/12/1910, São Miguel, PI e falecido a 04/04/2001,
Fortaleza c.c. Maria José Nogueira Melo, n. a 19/12/1915, Quixeramobim (CE) e
falecida a 20/02/2008 ( Apud Arruda, Daniel – Família Arruda, site : www.
Famíliaarruda.com.br).
101
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Cemitério São João Batista em Fortaleza. Casou-se em 1929 com
Albertina Soares, n. em Fortaleza e falecida em maio de 1931.
Albertina tinha tinha aproximadamente dois anos de casado quando
faleceu. E Eurico logo após veio também a falecer.
EURICO DE ARRUDA NETO, Médico, com especialidade em Doenças
Infecciosas e Parasitárias , com Residência Médica em Clínica Médica
no Hospital Walter Cantídio. Mestrado em Doenaças Infecciosas e
Parasitárias na Escola Paulista de Medicina, em 1984\86. Doutorado
em Doenaças Infecciosas e Parasitárias na Escola Paulista de Medicina
e Escola de Medicina da Universidade de Virgínia, EUA, 1986\90.
Professor Auxiliar de Clínica Médica (consursado) da Universidade
Federal do Ceará, 1984\90. Atualmente é Professor na Faculdade de
Medicina em Ribeirão Preto.
EVELINE CARNEIRO PARENTE GOMES (Pn.701), Advogada, filha do
empresário Francisco José Arruda Carneiro (Qn.202), de Vera Maria
Lopes Carneiro, que aposentou-se pela Justiça do Trabalho. Eveline
Nasceu em Sobral a 7 de outubro de 1982. Formada pela
Universidade Estadual do Vale do Acaraú. Exerce com muito
brilhantismo, suas atividades, como Advogada em Sobral. Casou-se
em Sobral a 22/12/2001 com Paulo Roger Parente Gomes, Médico,
Filho de Francisco Pompílio Gomes61e de Eliete Parente Gomes.
Nascido em 14 de setembro de 1975, em Fortaleza. Formado pela
Universidade Federal do Ceará, com especialidade em Oftalmologia,
atualmente clinicando em Sobral.
EVERTON ARRUDA LINHARES (Pn.1476.), Empresário, nascido em
Fortaleza a 03 de maio de 1960, filho de Edson Arruda Linhares
(Qn.1271), que foi empresário de destaque em Fortaleza com os
61
Francisco Pompílio Gomes, n. a 09.12.1938, filho de José Pompílio de Oliveira e de
Florência Gomes Figueiredo. Casou-se a 18.01.1969 com Eliete Parente Gomes, filha de
Edgar Gomes Parente e de Antônia Mendes Matos ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo III, pg 650)
102
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Armazéns Vitória, e de Sebastiana Arruda Linhares (Sezinha), ambos
naturais de Sobral. Casou-se com Lílian Soares Arruda Linhares, n. a
24/06/1963, filha de Narcélio Lima Cabral e de Nancy Soares Cabral.
FÁBIO ALONSO GURGEL ARRUDA (Pn. 1069.), Gerente Administrador,
filho de Raimundo Adelino Germano Arruda (Qn.784) e de Rejâne
Maria Gurgel Arruda. Nasceu em Fortaleza a 276 de julho de 1978.
Casou-se a 09/12/2005 em Fortaleza com Cassiana de Lima Laurindo
Arruda n. a 20/09/1978 em Fortaleza, Gerente Administrativa e
Financeira, filha de Airton Laurindo 62e de Maria Irene de Lima Laurindo.
FÁBIO CÉSAR COSTA DE VASCONCELOS (Pn.950.), Advogado, filho de
José Ferreira Vasconcelos Neto (Qn.321) e de Meire Félix Costa
Vasconcelos. Nasceu em Sobral a 9 de dezembro de 1975. Formado em
Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (Sobral-CE) e em
Direito pela Universidade Federal do Piauí, em 2007. Casou-se a
09/01/2010, em Parnaíba (PI) e separou-se de Luciana Correia Aragão, n.
a 17/04/1978, em Parnaíba , filha de Francisco de Assis Aragão e de
Gardênia Maria Nunes Correia.
FABÍOLA MARIA BEZERRA DO NASCIMENTO (Pn. 1632.) nascida em
Fortaleza, no dia 6 de fevereiro de 1962, filha de Artur Pontes Bezerra
e de Maria José Bezerra ( Totinha) (Qn.1352). Casou-se em
26/02/1988, com Antônio Félix do Nascimento, n. em 07/07/1963,
em Porto Velho (RO), formado em Biblioteconomia, pela Universidade
Federal do Ceará (UFC). Atualmente está cursando Mestrado em
62
Airton Laurindo, n. a 07/03/1952, em Fortaleza, filho de Vicente Laurindo
Sobrinho e de Hidelzuite Laurindo Silva; casou-se a 31/12/1974, em Fortaleza com
Maria Irene de Lima Laurindo, n. a 06/04/1952, em Fortaleza filha de José
Leocadio de Lima e de Maria Machado de Lima (PP) .
103
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Gestão da Informação, em Porto (Portugal), filho de João Félix do
Nascimento63 e de Francisca Silva do Nascimento.
FAUSTO AGUIAR ARRUDA (Tn. 133.), Comerciante e Político, filho de
Ricardo José Aguiar Arruda (Bn.43) e de Maria da Conceição Aguiar
Arruda. Nasceu em Massapê, no dia 19 de dezembro de 1925 e faleceu
em Fortaleza a 14 de novembro de 1981. Realizou seus estudos em
Fortaleza até aos cinco anos, prosseguindo como autodidata,
conformando por isso uma excelente biblioteca. É como comerciário
no ramo de calçados que inicia suas atividades profissionais. No início
dos anos cinquenta ingressa no ramo de serraria e em seguida passa
à movelaria. Como comerciante de móveis destacou-se pela maneira
como atendia à clientela, muitas vezes migrantes do interior aos
quais vendia a crédito sem que os mesmos apresentassem avalistas
ou mesmo referências. Ainda na década de cinquenta é indicado para
presidente do Instituto de Previdência do Estado do Ceará - IPEC, do
qual logo é demitido como resultado de sua administração austera,
combatendo a corrupção e o compadrio. Estudioso e admirador do
cooperativismo participa da elaboração de vários projetos de
entidades cooperativas chegando, inclusive a elaborar o projeto da
Cooperativa de transportes coletivos de Fortaleza que, logicamente
não foi adiante por enfrentar a oposição dos empresários de ônibus
da época. Insistente, participa da fundação da Cooperativa
Suburbana de Consumo, a qual passa a gerenciar, com duas lojas no
centro e outra no bairro do Montese, vendendo eletrodomésticos e,
móveis e utensílios em seus magazines do centro e gêneros de
primeira necessidade e utilidades domésticas no Montese. Com o
golpe militar, o direito que as cooperativas tinham de isenção de
impostos foi abolido, levando ao fechamento de milhares de
63
João Félix do Nascimento, filho de João Félix do Nascimento e de Francisca Silva do
Nascimento. Casou-se com Francisca Silva do Nascimento, filha de João Batista da Silva e de
Benedita Batista dos Santos (Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto
Arruda – Fortaleza, 2005, pg 87).
104
Dicionário Biográfico - Família Arruda
cooperativas em todo o Brasil, inclusive a Suburbana. Um dos
fundadores do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) no Ceará.
Presidiu o Diretório Municipal do MDB, em Fortaleza. Presidente do
Conselho de Ética Partidária. Vereador pelo MDB nas legislaturas de
1967/71 e 1973/79. Neste período torna-se um especialista em
municipalismo ao mesmo tempo em que adquire um profundo
conhecimento sobre as questões regimentais de funcionamento do
parlamento municipal. Mais uma vez a luta contra a corrupção e a
malversação dos recursos públicos torna-se o centro de sua atuação.
Apresentou, ainda, vários requerimentos e projetos em prol da
melhoria das condições de vida da população de fortaleza, isto lhe
trouxe o reconhecimento da Crônica Política Cearense, que o
escolheu o melhor Vereador de Fortaleza, nos anos de 1973 e 1974.
Eleito Deputado Estadual para a legislatura 1975/78, continuou sua
luta contra os poderosos, em âmbito estadual, agora, também,
unindo seu trabalho ao de tantos brasileiros que dentro e fora do
parlamento clamavam pelo fim da ditadura militar. Membro das
Comissões de Economia e Redação de Leis. Agraciado com o Título de
"O MELHOR DEPUTADO DO CEARÁ", pela Crônica Política da
imprensa cearense, nos anos 1976, 1977 e 1978. Devido ao
fracionamento do eleitorado de esquerda na eleição de l978 não
consegue se eleger, ficando na suplência, assumindo novamente o
mandato até o dia de sua morte em 14 de novembro de 1981.
Enquanto esteve fora da atividade parlamentar dedicou-se a
pesquisa em Psicocibernética e Cibernética mental, tendo proferido
conferências e seminários sobre estes temas. Casou-se a 19/03/1949,
com Maria Helena Meireles Arruda, n. a 17/12/1930, em Tauá, CE, e
faleceu a 27/03/1998, em Fortaleza , filha de Antônio Cândido
Meireles e de Maria Lima Meireles.
FAUSTO AGUIAR ARRUDA FILHO (Qn. 306.), Sociólogo, Professor e
Político, filho do deputado Fausto Aguiar Arruda (Tn. 133.) e de Maria
105
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Helena Meireles Arruda. Nasceu em Fortaleza a 8 de dezembro de
1952. Sociólogo, licenciado em Ciências Sociais e Bacharel em Ciência
Política pela Universidade Federal do Ceará e pós-graduado em
Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Como estudante universitário tem destacada atuação no movimento
estudantil de Fortaleza, participando da luta contra a ditadura militar
e pela democracia na universidade. Ainda na década de setenta
ingressa no magistério das redes pública e particular. Em 1980,
ingressa na Fundação Educacional Edson Queiroz (UNIFOR) como
professor de Sociologia e Ciência Política da qual sai em l982 para se
candidatar a Deputado Federal pela legenda do PMDB, ficando na
suplência, o que se repetirá em 1986 para a Constituinte. Como
Cientista Político exerce a Função de Assessor Político da Bancada do
PMDB na Assembléia Legislativa e em Seguida Assessor da
Presidência. Em 1987 é convidado pelo Governo do Estado para
ocupar a Assessoria Especial para Assuntos do Trabalho (na
inexistência da Secretaria do Trabalho) da qual se demite no ano
seguinte. Ainda em 1986 é eleito para presidente da Associação dos
Professores dos Estabelecimentos Oficiais do Ceará que após a
Constituinte transforma-se em Sindicato e no qual é eleito para um
novo mandato. Em 1992 transfere-se para Brasília onde vai exercer
as funções de Assessor Parlamentar na Câmara Federal e da
Representação da Central Geral dos Trabalhadores em Brasília. Em
l997, transfere-se para Rondônia onde coordena a implantação da
rede de escolas populares denominada de Escola Família Camponesa.
Em 2002 participa da fundação do Jornal A Nova Democracia do qual
é o presidente do Conselho Editorial e no qual escreve artigos sobre a
situação política nacional e sobre a questão agrária. Casou-se em
06/12/1974 com Zélia Maria Viana Arruda, nascida em Fortaleza.
Formada em Ciências Sociais. Filha de Raimundo Corrêa Viana e Zélia
de Paula Viana.
106
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FAUSTO COSTA MENDES (Pn. 2281.), Médico, nascido em Sobral, no
dia 12 de maio de 1954, filho de Manuel Juarez Parente Mendes
(Qn.997.) e de Maria Helena Costa Mendes. Formado pela Faculdade
de Medicina de Campina Grande (PB), em 1979. Especialista em
cardiologia no Serviço de Cardiologia do Hospital das Clínicas, em
Fortaleza (CE), Ecocardiografia e Terapia Intensiva, Empresário, Sócio
da Empresa EMN (Emergências Médicas do Nordeste) que mantém
parceria com a Easy Life, de Sobral, de propriedade de Disraeli Ponte.
Atualmente, trabalha no ambulatório de Cardiologia do Sistema Hap
Vida Assistência Médica Ltda. Casou-se e separou-se de Teresa
Mamelta de Aquino Mendes, n. a 17/10/1959, Fisioterapeuta pela
Universidade do Vale do Acaraú (CE), filha de Wilson Moraes de
Aquino64e de Maria Ivanilde Marques Aquino. Desse casamento teve
três filhos: Jônatas de Aquino Mendes (Médico), n. a 20/10/1981,
casado com Cynthya Barbosa de Melo Aquino Mendes, Diego de
Aquino Mendes,solteiro,n. a 03/12/1982 (Corretor de imóveis e
veículos) e Katherine de Aquino Mendes,solteira,n. a 15/07/1986
(Estudante de Direito-Unifor). Casou-se novamente em 1999
com Socorro Viana Guimarães Mendes, n. a 04/07/1972, natural de
Maranguape-CE, Auditora de Contas Médicas Hospitalares, filha de
José Nunes Guimarães e Alice Viana Guimarães. Desse casamento
teve dois filhos: Ranya Guimarães Mendes,n. a 26/06/2002 e Marlon
Guimarães Mendes,n. a 24/08/2011.
FELICIANA ROSA ARRUDA DE ANDRADE(Rosita), (Tn. 261),
Funcionária Pública,
filha de Antônio Austregésilo Vasconcelos
Arruda (Bn.68) e de Júlia Coelho da Fonsêca ( Julinha). Feliciana
nasceu no dia 19 de abril de 1915, em Baturité e faleceu em Fortaleza
no dia 13 de janeiro de 1949. Casou-se em Fortaleza, no ano de 1936,
64
João Wilson Moraes de Aquino, n. a 17/05/1938, filho de Luís Santos de Aquino, n. a
30/01/1906, empresário que foi durante muitos anos no ramo tipográfico, quando adquiriu, do
Sr. Paulo Aragão a tipografia “Comercial Gráfica” atividade que exerceu até
sua
aposentadoria, e de Rita Marina Moraes de Aquino, n. a 15/05/1917 (Apud Arruda, F.A.V.,
Genealogia Sobralense, vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 214, 1989).
107
Dicionário Biográfico - Família Arruda
com Liberalino Pereira de Andrade, de Pacatuba (CE) e falecido em
Fortaleza, filho de João Pereira de Andrade e Liberalina Andrade.
FELICIDADE DE FÁTIMA CALDAS DA SILVEIRA FONTENELLE (Pn.429),
Assistente Social, filha de Raimundo Miguel Fontenelle e de Myrian
Caldas da Silveira Fontenelle. Neta materna do Cel. Chico Caldas,
grande líder comunitário e defensor do patrimônio histórico de
Viçosa do Ceará. Nasceu em Viçosa do Ceará no dia 12 de novembro
de 1954. Formada em Serviço Scoial pela Universidade Estadual do
Ceará - UECE. Funcionária da Prefeitura Municipal de Fortaleza (CE).
Casou-se em Viçosa do Ceará a 22/02/1975 com José Ronald
Carvalho Fontenele, n. a 08/11/1946 em Viçosa do Ceará,
engenheiro mecânico, filho de José Victor Fontenele Filho e Nilza
Urano de Carvalho Fontenele.
FELIPE ARRUDA MAGALHÃES (Pn. 1065.), Médico, filho de Alfredo
Magalhães de Souza e de Carmen Alice Arruda Magalhães. Nasceu a 11
de setembro de 1985 em Fortaleza. Formado pela Faculdade de
Medicina do Vale do Acaraú, em Sobral.
FERNANDO ANTÔNIO FROTA PARENTE (Qn.168), Administrador de
Empresas, nascido em Fortaleza a 24 de novembro de 1934, filho de
Alderico Monte Parente (Tn.71), natural de Camocim (CE), e de
Maria Luísa Frota Parente, amazonense. Fez curso de doutorado
pela Fundação Getúlio Vargas. Foi funcionário do Banco do Nordeste
do Brasil - BNB e posteriormente diretor do BIC. Casou-se a
30/04/1956 em Fortaleza com Alaíde Ferreira Parente n. a
27/08/1933 e falecida, filha de Luís Ferreira de Aquino e de Mariana
Rodrigues Ferreira.
FERNANDO CAMPOS DE ARRUDA (Qn.118), Procurador, nascido em
Fortaleza a 21 de fevereiro de 1929, filho do senador Edgar
Cavalcante de Arruda (Tn.46) e Rita Menescal Campos de Arruda.
108
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Bacharel em Direito, formado pela Faculdade Nacional de Direito da
Universidade do Brasil. Assessor Jurídico do Conselho Nacional do
Petróleo (CIXB) e do Departamento Nacional do Registro do
Comércio. Procurador do extinto Instituto do Açúcar e do Álcool.
Procurador do Estado do Rio de Janeiro (aposentado). Advogado no
Rio de Janeiro. Foi casado com Lygia Martins Macedo de Arruda,
advogada, nascida a 28 de novembro de 1928 e falecida a 14 de
dezembro de 1995.
FERNANDO CARDOSO LINHARES (Qn.201), Empresário, filho de Luís
Maria Arruda Linhares ( Tn.102) e de Alda Cardoso Linhares. Natural
de Crateús-CE. Empresário de destaque no Estado do Ceará.
Imobiliário, construtor e agropecuarísta. Casou-se duas vezes. A 1ª,
20/09/1966 Luísa Milcar Evarista, da qual se separou. A 2º, com
Vanda Lúcia.
FERNANDO FROTA AMORA (Pn.275), Advogado, nascido em
Fortaleza a 16 de abril de 1957, filho do historiador Manoel Albano
Amora e de Maria Frota Albano Amora (Qn.123). Casou-se com
Patrícia Garcia Amora n. a 05/12/1969, formada em Administração
de Empresas pela Universidade de Fortaleza – Unifor, filha de Carlos
Eduardo de Oliveira65 e de Maria do Socorro Girão de Oliveira. TEL:
3224 16 30/ 3261 50 32
FERNANDO JOSÉ SERRANO CALDAS DA SILVEIRA (Pn.425).
Engenheiro Mecânico, nascido em Porto Alegre, RS a 20 de fevereiro
de 1959, filho de José Caldas da Silveira (Qn. 185) e de Maria José
Serrano Caldas da Silveira, neto paterno do Cel. Chico Caldas, ilustre
viçosense e líder comunitário e de Eglantine Carvalho da Silveira.
Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do
65
Carlos Eduardo de Oliveira, n. a 27.04.1930, Engenheiro Civil. Casou-se com Maria do
Socorro Girão de Oliveira, n. a 12.03.1932 e fal., a 06.11.2006, Professora Diplomada, filha de
Antônio Girão de Oliveira e de Julieta Conrado Girão(Apud Girão, Guilherme – Família Girão:
História e Genealogia/ Guilherme Girão, Fortaleza: ABC Editora, 2007, pg 133).
109
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Ceará, em 1983. Exerce suas atividades profissionais em empresa
estabelecida em Salvador.
FERNANDO JUAREZ CARVALHO ARRUDA (Qn.809.), Funcionário
Público Municipal, filho de Juarez Távora Arruda (Tn. 306) e de Marlina
Isabel Carvalho Arruda. Nascido em Baturité a 4 de junho de 1960.
Formado em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará- UFC e
Funcionário Público Municipal. Casou-se duas vezes. A 1ª com Flora
Moreira Lacerda, da qual se separou. Em segundas núpcias com
Maria Zeneida Alves Pereira Arruda, Pedagoga, nascida em Baturité
a 6 de novembro de 1964, filha de Jose Pereira da Silva e Maria Alves
Pereira.
FILOMENA ARRUDA GOMES (MILENA) (Tn. 353.), filha de Antônio
Gentil Gomes, empresário em Fortaleza, e de Maria Neomízia de Arruda
Gomes. Nascida em Sobral a 05 de maio de 1919 e ali batisada; veio a
falecer em Fortaleza no dia................................................. Casou-se a
11/09/1943 com Antônio de Andrade e Moura, português, nascido
em Águeda a 15 de maio de 1916. Comerciante, Industrial e Jornalista,
filho de Joaquim Ferreira de Moura e de Ana de Sousa Andrade (filha de
Maria Emília de Sousa Sucena, prima do Conde Sucena, conhecido filantrópico de Portugal).
FILOMENA BOTO BULCÃO (Tn. 334.) filha de João de Andrade Bôto e de
Antônia de Arruda Bôto (Bn.78). Nascida em Massapê a 3 de janeiro de
1907 e falecida no Rio de Janeiro a 07 de novembro de 1986. Casou-se
com THOMPSON SOARES BULCÃO, natural de Uruburetama (CE), nascido a
28 de fevereiro de 1893 de fevereiro e falecido no Rio de Janeiro no dia 22
de novembro de 1964, filho de Casemiro Soares Bulcão e de Floriano Soares
Bulcão (avós da artista cinematográfica Florinda Bulcão).
110
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCINEIDE ISABELA LOPES PEREIRA (Pn.1615.), Assistente Social, filha
de Francisco Álvaro Rubens Pereira (Qn.1349); nascida em Picos no dia 21
de agosto de 1975. Formada em Serviço Social na Universidade do Estado
do Rio Grande do Norte (UERN), em 2004; curso de aperfeiçoamento em
Humanização, no Hospital regional Tarcísio Maia , em Mossoró, em 2003.
Tendo ainda participado de vários Seminários Técnicos dentro de sua
especialização. Casou-se e separou-se de Maurício Firmino de Oliveira, n.
a 23/06/1965 em Mossoró (RN).
FRANCISCA DE FÁTIMA VASCONCELOS (Qn. 342.), Representante
Comercial, filha de Vicente Arruda Vasconcelos (Tn.142) e de Francy Edna
Vasconcelos. Nasceu em Sobral a 12 de junho de 1955. Casou-se a
21/02/1979 com Nilson Jatahy Cândido, n. a 30/12/1953, em Manaus
(AM), filho de Nelson Pereira Cândido, natural de São Bento da Amontada
, e de Lucília Jatahy Cândido, natural de Manaus (AM).
FRANCISCA IACY RIBEIRO DE ABREU (Qn. 839.), filha de José
Rodrigues Ribeiro Filho e de Filomena Arruda Ribeiro (Tn.310).
Nascida em Fortaleza a 18 de abril de 1925. Casou-se com Teotônio
Gadelha de Abreu n. a 16/06/1920; Bacharel em Administração, filho
de Hélio de Abreu e de Adalgisa Gadelha de Abreu. De seu matrimônio
nasceram cincofilhos: Henrique Sérgio, Cláudio Jorge, Maria Rejane,
Fátima Ribeiro de Abreu e Hélio Abreu Neto. Todos bem sucedidos nas
diferentes atividades que abraçaram.
FRANCISCA LINHARES PONTE (Qn.189), filha do comerciante e
agropecuarista Vicente de Maria Arruda Linhares (Tn.99) e de
Raimunda Nonata Ribeiro de Oliveira Linhares. Casou-se em Sobral a
04/04/1959 com João Arruda Ponte ( João Arruda), sobralense,
comerciante na Praça de Sobral, filho de Francisco Arruda Bezerra e
de Nedite Ribeiro Ponte.
111
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCISCA OLINDA ARRUDA PEREIRA (FRANCY),(Tn. 517.), filha de
Antônio Barreto de Arruda (Bn.127) e de Carolina Amélia Arruda (
Caluzinha) n. a 11/08/1908, em Massapê e fal. a 18/12/1994, em
Fortaleza , aos 86 anos de idade. Casou-se a 09/10/1926 com Estaníslau
Rubens Pereira, n. 09/06/1897, em Meruoca e fal. a 30/08/1966, com 69
anos de idade. Ainda rapaz, mudou-se de Meruoca para Massapê, onde se
iniciou no exercício de diversas profissões, entre as quais se revelou exímio
artesão sapateiro, sendo também tipógrafo, jornalista, editor de jornal e
operador do único projetor de cinema da cidade. A partir de 1938, mudouse, com a família, para a Capital do Estado, fixando residência sempre no
bairro de Jacarecanga. Ajudado pelo sogro, montou uma mercearia, onde
trabalhou com a esposa, e exerceu também sua arte de sapateiro. filho de
João Pereira de Vasconcelos 66e de Maria do Carmo Pereira de Vasconcelos.
Pais de: Maria Denise Pereira; Francisco Álvaro Rubens Pereira; José
Danilo Rubens Pereira ; Maria Cearina Pereira; Maria José Pereira
Bezerra; Maria Inês Pereira; Maria do Carmo Rubens Pereira; José Daniel
Pereira.
FRANCISCA VASCONCELOS OLÍMPIO (Tn. 148.), Comerciante, filha de
Antônio Araújo Vasconcelos e de Maria das Virgens Arruda
Vasconcelos (Bn.45). Nascida em Massapê a 22 de setembro de 1934.
Casou-se em Massapê a 08/10/1953 como o viúvo e comerciante em
Massapê Antônio Lisboa Olímpio67 massapeese nascido a 10 de janeiro
de 1925, filho de Pedro Olímpio de Meneses 68e de Maria José Olímpio.
Logo após seu casamento fora residir em Bacabau (MA) se estabelecendo
no comércio, com a Casa da Cela, que tornou-se uma das casa de
comércio bem conhecida na região. Em Bacabau fez grandes amizades
66
João Pereira de Vasconcelos, n. em Meuroca e fal. em Massapê em 01.04.1937, filho de Joaquim
Pereira de Vasconcellos e de Maria Pereira de Vasconcelos Casou-se com Maria do Carmo Pereira de
Vasconcelos (Mariquinha), n. em Meruoca e fal. a 31.10.1955, filha de Antônio Caludino da Silva e de Maria
Gomes da Silva. Pais de: Estanislau Rubens Pereira; Maria José Pereira de Vasconcelos; Luíza Laura
Pereira de Vasconcelos; Francisco Álvaro Pereira de Vasconcelos e Rita Pereira de Vasconcelos (Apud
Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 49).
67
Antônio Lisboa Olímpio casou-se em 1ªs núpcias com Zenaide Azevedo Vasconcelos, n. a
13,06.1926, em Cariré , filha de João Tomaz Arruda de Vasconcelos e de sua 2ª mulher Francisquinha.
68
Pedro Olímpio de Meneses, filho de José Olímpio de Meneses e de Maria Delsa de Jesus Olímpio de
Meneses. Casou-se com Maria José Olímpio, filha de João Viana de Meneses e de Teresa de Jesus
Viana Meneses (pp)
112
Dicionário Biográfico - Família Arruda
dentro da sociedade proporcionando aos filhos um ambiente social
favorável a uma boa educação. Em Bacadau nasceram quase todos os
onze filhos que teve do seu segundo consórcio com Fransquinha, a todos
batizou com a letra “G”, assim nominados: Glauce Maria Vasconcelos
Olímpio; Glauco Mário Vasconcelos Olímpio;Galba Mário de
Vasconcelos Olímpio; Glauro Mário Vasconcelos Olímpio; Glenda
Maria Vasconcelos Olímpio; Gleuba Maria Vasconcelos Olímpio; Gleudo
Mário Vasconcelos Olímpio; Glênio Mário Vasconcelos Olímpio;
Galbério Mário Vasconcelos; Glauber Mário Vasconcelos Olímpio e
Glenice Maria Vasconcelos Olímpio. Todos casados e bem sucedidos
e residindo no Estado do Maranhão.
FRANCISCA ZILMAR RANGEL MAGALHÃES (Qn. 145) nascida em
Sobral a 9 de dezembro de 1925, filha de Raimundo Osvaldo Rangel
Parente (Tn.58) e Rosalina Cavalcante Rangel. Pessoa muito querida
da família e grande entusiasta da vida. Casou-se em Sobral a 21 de
dezembro 1950 com George Pompeu da Silva Magalhães, n. a
12/11/1920, em Sobral, filho de Dr. José Carlos Sabóia Magalhães69
(Carlito Pompeu) e Maria Odete Silva Magalhães. Estudou as
primeiras letras na escola de D. Zezinha e Mocinha Parente na Rua da
Aurora, hoje Domingos Olímpio, passando a estudar nos colégios de
Dona Mocinha Rodrigues – Prof. Luiz Jácome de Melo e Prof. Luiz
Felipe Silva seu tio do lado materno. Prestou exame de admissão na
primeira turma do Colégio Sobralense, no ano de 1934, estudando
somente um ano. Transferindo-se para a Escola de Comércio Dom
José. Concluiu o Curso de Perito Contador, na segunda turma de
Contadores no ano de 1942, sendo seus colegas de turma Cesário
Barreto Lima, Francisco Abaeté das Chagas, Francisco Chagas C.
Lopes, Francisco Caruso F. Menezes, Francisco Aguiar Frota, Flaviano
Dias de Carvalho, Gerardo Magela Soares Frota, George Pompeu da
69
Dr. José Carlos Sabóya Magalhães (Carlito), filho de João Pompeu de Sousa Magalhães e
de Jacinta de Saboya Magalhães, casou-se a 14.05.1914 com Maria Odete Pompeu da Silva,
filha de Antônio Leopoldo da Silva e de sua primeira mulher Geracina Pompeu da Silva ( Apud
Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 83).
113
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Silva Magalhães, Humberto das Chagas, José Martins Sales, José
Silvestre C. Coelho, Manuel Machado de Araújo, Manuel Linhares de
Arruda, Raimundo Machado de Araújo, Raimundo Viana Lopes e
Wilson Vasconcelos Brandão. Terminou o Curso Ginasial e Curso
Científico no Liceu do Ceará, no ano de 1944, quando foi prestar
vestibular de Odontologia na Faculdade de Odontologia de Belém
(Pará). Transferiu-se no 2º ano para a Faculdade de Farmácia e
Odontologia do Ceará, terminando o Curso de Odontologia no ano de
1948. No ano de 1949, montou consultório em Sobral, trabalhando
até o ano de 2001. Cursos Realizados – Coroas de Jaquetas,
ministrado pelo professor Dr. Domingos Leitão Neto; Curso de
Anestesiologia Dentária pelo Prof. Dr. Sérvulo Mendes Barroso; Curso
de Dentaduras Completa e Moldagem, ministrado pelos professores
Dr. Augusto Borges. Estagiou no Centro de Treinamento
Odontológico (CTO). Sociedade e Associação a que pertenceu –
Conselho Regional de Odontologia, CRO nº 307, Associação Brasileira
de Odontologia (Seção do Ceará) e Sindicato dos Odontologistas do
Ceará. Teve como colegas do Curso de Odontologia: Josué Leitão e
Silva; João Mozart da Cunha; Olavo Rocha Barreto; Luzia Fujita;
Antônio Alves dos Reis; Lúcio de Almeida Granjeiro; Iracema Rocha
Lima; Otávio Pires de Lacerda; Inácio Loiola de Brito; Edson de Lima
Gomes; Rosaly Xavier Mota; Edilberto Cavalcante Porto; Orlando
Lopes de Menezes; José Valter Bastos; Francisco de Assis Sousa Serra;
Leneida Brito Almeida; Pedro Pierre de Lima; José Arruda Frota;
Carlos Augusto de Alencar; Geraldo Elias de Aguiar; Aurélio Frota
Leitão; Divadalva M. de Barroso; José Otoch; Orlando Menezes
Barbosa; Amaury Bezerra; Lairton Paiva; Iêda Maria C. Pereira;
George Pompeu da Silva Magalhães; José Meireles Pereira e José de
Freitas Roseblit. Teve como Patrono da Turma o Dr. Acrísio Moreira,
na época Prefeito de Fortaleza. Diretor Dr. Raimundo Gomes. Em
janeiro de 1949 quando montou consultório dentário, trabalhavam
os seguintes colegas de profissão: Dr. Carlito Pompeu Sabóia
Magalhães (seu pai), sendo um dos mais antigos na Cidade, pois
114
Dicionário Biográfico - Família Arruda
formou-se na Faculdade de Medicina de Salvador (Bahia), no Curso
de Odontologia, no ano de 1913, clinicando em Fortaleza por dois
anos, transferindo consultório para a cidade de Sobral, onde clinicou
até o ano de 1970, Dr. Frota Aguiar, Dr. Claudio Amaral, Dr. Pedro
Cidrin, Dr. José Silvestre Coelho, Dr. Ubirajara Pinto Magalhães, Dr.
Hugo Parente, Dr. Pedro Juarez, Dr. Valmir Araújo e Dr. Raimundo
Lima. No ano de 1949, na festa de Bodas de Ouro do Coronel Osvaldo
Rangel com dona Rosalina Cavalcante Rangel, ficou noivo da
senhorita Francisca Zilmar Rangel, casando-se no ano seguinte, no dia
21 de outubro de 1950. Esposo dedicado e amoroso, teve na sua
companheira Zilmar, esposa e amiga de todas as horas, uma feliz
união, fez, em 2010, suas Bodas de Diamantes. No ano de 1959, no
dia 02 de março, nasceu sua filha querida, Maria Odete, que lhe deu
5 lindos netos, sendo eles, George, Paulo, Thiago, Débora e Rafael, e
duas bisnetas Geórgia Helen e Gabriele Carolina. George Pompeu,
que assim é conhecido por todos, carrega consigo todas as
características peculiares, na acepção da palavra, de homem probo,
íntegro, honesto, de conduta ilibada, com disposição para o trabalho,
a lealdade, a amizade, a solidariedade e a firmeza dos propósitos,
que são legados herdados por sua família.Em todas as atividades que
lhes foram confiadas, bem como em todas as funções que lhes foram
outorgadas, George Pompeu se houve de maneira brilhante,
exercendo-as de modo a que lhe fossem atribuídos grandes méritos.
Trabalhador incansável, fez da labuta diária uma constante em sua
vida.
FRANCISCO AIRTON LIRA ARRUDA (Qn. 232), bancário e empresário,
filho de José Gerardo Linhares Arruda e de Júlia Lira Arruda. Nasceu
em Sobral a 8 de julho de 1950. Funcionário aposentado do Banco do
Brasil. Trabalhou na Agência de Quixeramobim, CE, onde foi próspero
comerciante, proprietário da Empresa Ceará Center de Bebidas Ltda
– CECEBEL. Posteriormente transferiu-se para Fortaleza, onde
aposentou-se. Atualmente é Consultor Empresarial com a Empresa
115
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Consultoria. Maçon de destaque na Capital Cearense, onde
ocupou diferentes funções em Loja e Colégio Superior da Grande Loja
Maçônica do Brasil. Atualmente é Venerável. Casou-se a 21/09/1977,
com Maria Célie Saldanha de Almeida Arruda, n. a 18/02/1953,
funcionária do Banco do Nordeste do Brasil, filha de Fernando
Saldanha de Almeida e de Maria Saldanha de Almeida.
FRANCISCO ALEXANDRE ROCHA ARRUDA (Qn.867.), Contador, nasceu
a 8 de dezembro de 1960, em Fortaleza; filho de José Nelson Arruda
(Tn.321) e de Eurides Rocha Arruda. Formado em Ciências Contábeis
pela Unifor. Casou-se a 17/05/2003 em Fortaleza, com Ana Karenina
Nousiainen Aguiar Arruda n. a 26/01/1983 em Fortaleza, Advogada,
foramda pela Faculdade de Direito pela Faculdade 7 de Setembro,
filha de Manoel Edson Aguiar Júnior e de Irene Nousiainen Sampaio
Aguiar.
FRANCISCO ÁLVARO RUBENS PEREIRA (Qn. 1349.), Administrador,
nasceu a 25 de abril de 1929, filho de Estanislau Rubens Pereira e de
Francisca Olinda Arruda Pereira ( Frncy) (Tn.517). Ingressou com seu
irmão Danilo, em 13/02/1943, no Seminário Franciscano de Santo
Antônio, em Ipuarana, ( antiga Lagos Seca), então integrante do
Município de Campina Grande (PB), onde cumpriu todo o Seminário
Menor, entre 1943 a 1949; noviciado, em Serinhaém (PE), em 1950;
filosofia em Olinda (PE), de 1951 a 1952; e teologia em Salvador (BA), de
1953 a 1955, onde se ordenou, em desembro de 1955, Católico e
Religioso da Ordem Franciscana OFM, sob o nome clerical de Frei
Valentim Pereira. Após quase 20 anos de exercício do Ministério
Sacerdotal, teve, a pedido, sua redução ao estado leigo e dispensado de
todas as obrigações inerentes ao estado sacerdotal e religioso, inclusive
da lei do celibato. Em sua graduação civil, realizou vários cursos como o
de Licenciatura em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí em Picos
(PI), em 1972. Extensão Universitária sobre Fenônemos Parapsicológicos
no Centro Latino-Americano, em Picos (PI), em 1975; Administração de
116
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Materiais junto ao Núcleo de Assessoria e Comercial de Pernambuco em
Petrolina (PE), em 1978 e ainda o curso de Dinâmica de Administração,
pelo Instituto de Desenvolvimento de Executivos, em Fortaleza, em
1982. Casou-se a 30/08/1973, com Maria Ivoneide Lopes Pereira, n. a
03/04/1945, em Mossoró (RN), filha de Antônio Lopes de Medeiros70 e de
Isabel Percília de Medeiros.
FRANCISCO ANÍBAL OLIVEIRA ARRUDA COELHO (Qn. 85),
Engenheiro Químico, nascido em Granja a 12 de setembro de 1933,
filho do Dr. Vicente Arruda Coelho (Tn.36) e de Inácia Oliveira de
Arruda Coelho. Formado pela Universidade Nacional do Rio de
Janeiro. Professor aposentado da Universidade Federal do Ceará.
Patenteou o “ Sistema de transformação de veículos convencionais
em veículo articulado híbrido”. A invenção tem por objetivo permitir
de modo simples e econômico transformar ônibus convencionais, em
um ônibus articulado híbrido. Casou-se a 01/02/1964, em Fortaleza
(CE), com Márcia Aldigueri de Arruda Coelho, n. a 27/06/1942, em
Fortaleza (CE), filha de Romeu Aldigueri71 e de Lígia Campos
Aldigueri.
FRANCISCO ANÍBAL OLIVEIRA DE ARRUDA COELHO FILHO (Pn.170),
Engenheiro Civil , nascido em Fortaleza a 13 de março de 1968, filha
do Dr. Francisco Aníbal Oliveira Arruda Coelho e de Márcia Aldigueri
de Arruda Coelho. Engenheiro civil, formado pela Universidade de
Fortaleza - Unifor. Funcionário concursado do Banco Central.
Atualmente é assessor no Senado. Solteiro.
70
Antônio Lopes de Medeiros, n. a 10.05.1917 e fal. a 12.06.1987, filho de Delmiro Lopes de Medeiros e de
Maria Lopes da Silva. Casou-se com Isabel Percília de Medeiros, n. a 09.05.1917, filha de Vicente Carlos de
Menezes e de Percília Isabel Costa de Medeiros Vasconcelos (Apud Pereira, Danilo – Memorial
genealógico familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 52).
71
Romeu Aldigueri, natural do Rio de Janeiro (RJ), filho de Carlos Aldigheri e Sebastiana
Ferreira Aldigheri, casou-se com Lígia Campos Aldigueri, natural de Canindé (CE) filha do
empresário Julio Cordeiro Campos, natural de Canindé, onde fez grande fortuna em diversas
atividades econômicas, e de Maria Antonieta Barbosa Cordeiro Campos (pp).
117
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCISCO ARAÚJO VASCONCELOS (Araújo) (Tn. 147.), Comerciante
e Agropecuarista, filho de Antônio Araújo Vasconcelos e de Maria das
Virgens Arruda Vasconcelos (Bn.45). Nasceu em Massapê a 18 de
outubro de 1930. Comerciante e Agropecuarísta nas Praças de Massapê
e Sobral. Exercia em família suas habilidades como prático em
enfermagem. Mantinha um bom relacionamento com todos os irmãos.
Era sempre uma presença marcante na nossa residência à praça do
Patrocínio, nº 84, em Sobral. Muitas vezes, minha mãe, sua irmã mais
velha, recorria os seus préstimo como prático em enfermagem. Pessoa
calma e pacificadora, sempre portador de uma palavras amiga. Uma
dessa pessoas que sentimos a presença da espiritualidade. Homem de
coração puro desapegado bens materiais. Araújo, como era conhecido,
veio a falecer Sobral no dia.......................................... Era casado com
Ivone Maria Linhares Vasconcelos, n. a ........................e faleceu em
Sobral, a ........................, filha de Manoel Noé Liberato Linhares72 e de
Maria Zilda Ribeiro Gomes.
FRANCISCO ARRUDA CARNEIRO (Qn.226), Comerciante, filho de
Pedro Aguiar Carneiro e de Maria da Cocneição Arruda Carneiro (
Maria Arruda Carneiro) (Tn.108). Nasceu em Sobral, a 9 de outubro
de 1935 e aí veio a falecer.................. Ainda muito jovem ingressou
na atividade comercial co m Empresa de Exportação de Chapéus de
Palha de Carnaúba. Nesta aitividade projetou-se no seio da
sociedade, tendo inclusive se candidatado a vereador em Sobral,
ficando em uma das suplências. Como o irmão mais velho ingressou o
demais irmãos nesta atividade comercial. Casou-se em Sobral a
07/09/1957, com sua prima Maria do Socorro Dias Carneiro, filha do
destacado bancário do Banco do Brasil em Sobral, José Maria
Linhares Carneiro73 e de Juraci Dias Carneiro, esta de Forquilha,
72
Manoel Noé Libera to Linhares, filho de Gustavo Linhares Madeira, casou-se com Maria Zilda
Ribeiro Linhares (pp)
73
José Maria Linhares Carneiro, n. a 18/12/1918, em Sobral , funcionário aposentado do
Banco do Brasil, filho de Antônio Aguiar Carneiro e de Maria do Livramento Linhares Carneiro.
118
Dicionário Biográfico - Família Arruda
distrito de Sobral, na localidade de Arabito. Maria do Socorro,
também sobralense, nascida a 22 de maio de 1939, educada dentro
de um patrão acima da média da família. Como filha primogênita
teve grande participação na condução da numerosa prole de 14
irmãos entre homens e mulheres. Casada aos 18 anos de idade,
considerada uma boa idade para se casar. A maioria das jovens da
época casavam-se mais ou menos com esta idade. Socorro teve que
enfrentar no início de seu casamento, alguns conflitos entre seu pai e
a família do esposo. No entanto, conseguiram superar. Sua vida fora
marcado por fortes acontecimentos. O esposo teve que se internar,
ainda jovem, para tratamento psicológico em clínica de saúde
mental, passando a não mais gozar sua saúde plena, sendo por ela e
pela família conduzido até os últimos dias de sua vida. O destino dela
fora marcado pelo sofrimento, ainda que os filhos, de modo geral,
tenham procurado lhe proporcionar momentos raros de
descontração. Além de ter sua saúde comprometida, conduz
também uma filha com problemas mentais, que pacientemente vem
conduzindo a vida com muita resignação de diante de tanta
provação. Do seu enlace nasceram cinco filhos: Rosa Maria Carneiro
Marques casada com José Gerardo Frota; Pedro Aguiar Carneiro
Neto, Bancário, casado com Maria de Fátima Vasconcelos Carneiro;
Francisco Arruda Carneiro Júnior ( Gêmeo) casado com Aurivan
Duarte Carneiro; Maria do Socorro Carneiro, solteira; Maria Carneiro
Prado (Baía) casada com Antônio Sérgio Freire Prado. Todos com
descendência e bem sucedidos.
FRANCISCO ARRUDA DE ANDRADE (Qn. 652.), funcionário Público,
nascido em Fortaleza a 18 de março de 1937; filho de Liberalino
Pereira de Andrade e de Feliciana Rosa Arruda de Andrade (Tn.261).
Casou-se em Fortaleza com Hylvia Parga de Andrade nascida em São
Casou-se duas vezes. A 1ª, com Juracy Dias Carneiro, n. a 06/05/1922 e fal. a 27/10/1968, em
Sobral, filha de Raimundo Alves Loiola e de Rosa Carvalho Loiola. A 2ª, com Tereza Pimentel
Carneiro ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arruda, tomo II, pg
310).
119
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Luís (MA) a 3 de janeiro de 1941, filha de Hennildo Parga e Diana
Joaquina da Silva Parga.
FRANCISCO ARRUDA PONTES (Qn. 1342.), Estatístico e Bancário,
nascido em Fortaleza a 12 de outubro de 1942, filho de Vicente de
Araújo Pontes e de Georgina Arruda Pontes (Tn.519). Formado em
Estatística, em 1969, pela Universidade Federal do Ceará. Aprovado em
Concurso Público pra a função de Estatístico, no Banco Nacional da
Habitação (BNH) -1971 (posteriormente incorporado pela Caixa
Econômica federal (CEF) ingressou, em 1972, no quadro técnico desse
Banco, no Rio de janeiro, onde exerceu várias funções. Em Fortaleza, para
onde se transferiu em 1975, ocupou a Gerência Regional do BNH, tendo
participado de diversos projetos habitacionais para o Ceará, Maranhão e
Piauí. No BNH permanceu até à sua extinção, em novembro de 1986,
ocasião em que exercia a Gerência Geral Adjunta. Com essa extinção, foi
incorporado ao quadro funcional da Caixa Econômica Federal. Na CEF,
Filial de Fortaleza, foi assessor da Gerência Geral, quando, por designação
do Presidente da CEF, foi posto à disposição do Governo do Estado do
Ceará, que o requisitou, assumindo a Presidência da Companhia da
Habitação do Ceará (COHAB-CE) ( junho//1987) a dezembro/1988. Foi
designado posteriormente para exercer as funções de Gerente Regional
de Habitação da Superintendência, de setembro/1989 a dezembro/1993,
quando foi transferido para área de FGTS, onde permanceu até se
aposentar, em novembro/1994. Entre as Comendas recebidas, destacase a de “ O Melhor Executivo no Âmbito das Empresas do Setor Público
do Estado, conferida pelo Comitê de Imprensa da Assembléia Legislativa
do Estaod do Ceará, por sua atuação à frente da COHAB-CE. Casou-se em
02/09/1969, em Fortaleza , com Maria do Carmo Benevides Pontes (
Mariinha), n. em Fortaleza , aos 13/11/1941, filha de Joaquim Eduardo
Benevides74e de Cremilda Costa Benevides.
74
Joaquim Eduardo Benevides, filho de Artur Augusto Feijó Benevides e de Maria do Carmo
Esduardo Benevides. Casou-se com Cremilda Costa Benevides, filha de José Custódio da Costa e de
Maria Barros da Costa (Mariinha). (Apud Pereira, Danilo – Memorial Genealógico- Familia Antônio
Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 123)
120
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCISCO ARRUDA VASCONCELOS (Tn.144.), Comerciante, filho de
Antônio Araújo Vasconcelos e de Maria das Virgens Arruda
Vasconcelos ( Bn. 45). Natural de Massapê, nascido em 23 de
fevereiro de 1926 e falecido em Sobral a 03/02/2005. Fez suas
primeiras letras em Massapê onde viveu sua infância e préadolescência. Saindo, ainda moço, para Rio de Janeiro, onde já se
encontrava seu irmão Manoel. Ao retornar ao Ceará, desenvolveu suas
habilidades no comércio. Trabalhou durante muitos anos no ramo de
Chapéus de Palha. Era muito habilidoso dentro desta atividade.
Rapidamente conseguia amealhar recursos para sua manutenção e
investimento na atividade. Sabia cativar os sobrinhos, pessoalmente
mantinha com ele uma boa relação de amizade. Lembro-me, ainda,
quando menino, que me levava ao cinema e de volta íamos ao
restaurante Cascatinha tomar um sorvete. Gostava de contar estórias,
foram momentos inovidáveis, que aindo guardo com gosto de saudade.
Homem de grande coração. Passou grande parte de sua vida envolvido
com o alcool, trazendo-lhe grandes transtornos em sua vida, deixandolhe sequelas tanto materialmente como em sua saúde. Graças ao o
apoio de sua segunda esposa e das filhas, conseguiu aos poucos, se
livrar do vício e se recolher em sua terra natal, levando uma vida em
família. No entanto, é dele que guardo minhas melhores lembranças de
criança, seu carinho e estima que nutria por mim, como sobrinho, entre
9 a 10 anos de idade. Faleceu quase sem visão e vítima de um infarto
no miocárdio, em sua querida cidade natal. Fora casado duas vezes, a la.
a 21/05/1951, com Hosana Oliveira Vasconcelos, filha de Francisco
Oliveira Quintino e Antônia Assunção Oliveira, e a 2a. a 31/08/1968
com Suzete Viana Vasconcelos, n. a 19/09/1941, em Massapê , filha
de Manoel Viana Menezes75 e de Maria Nedite Olímpio Menezes. Do
75
Manoel Viana Menezes, n. a 15/07/1907, em Massapê, filho de Francisco Viana e de Tereza
de Jesus Menezes. Casou-se em fevereiro de 1938, em Massapê , com Maria Nedite Olímpio
Menezes, n. a 10/04/1915, em Santana do Acaraú , filha de Francisco Olímpio Menezes e de
Ana Luiza Menezes, ambos de Santana do Acaraú (pp).
121
Dicionário Biográfico - Família Arruda
primeiro matrimônio nasceram duas filhas, uma faleceu quando
ainda criança e a segunda Vera Maria de Oliveira Arruda,
posteriormente adotada aos dois meses de idade por sua tia Maria
de Jesus Vasconcelos Arruda. Do segundo matrimônio nasceram
quatro filhas: Tereza de Jesus Viana Vasconcelos; Tereza Cristina
Viana Vasconcelos, Daniela Viana Vasconcelos e Júlia Rafaela Viasna
Vasconcelos.
FRANCISCO BARTOLOMEU RIBEIRO LINHARES (Qn.194),Comerciante
e político, filho de Vicente de Maria Arruda Linhares e de Raimunda
Nonata Ribeiro de Oliveira Linhares. Nascido em Sobral a 26 de
setembro de 1950. Empresário em Tianguá. Foi vereador à Câmara
Municipal de Tianguá no período Legislativo de 1982-1988; casou-se
com Maria de Fátima Gomes Linhares, natural de Crateús, filha de
Gonçalo Gomes de Farias e de Ana Veras dos Anjos.
FRANCISCO BOSCO ARRUDA VASCONCELOS (Tn.146.), Comerciante,
filho de Antônio Araújo Vasconcelos e de Maria das Virgens Arruda
Vasconcelos (Bn.45). Nascido em Massapê a 7 de julho de 1929. Fez
seus primeiros estudos em sua cidade Natal. Esteve no Rio de Janeiro
durante um tempo acompamhado de seu irmão Manoel. Regressou a
Sobral, onde esteve sempre ligado à atividade de comércio. Pessoa
simples de grande coração. Sempre mantive por ele uma grande
afeição. Mantinha com sua irmã Maria de Jesus, minha mãe, um bom
relacionamento e com os demais familiares. Eu, particularmente,
sempre recebi seu apoio incondicional, nos embates político em
Sobral. Casou-se com sua prima MARIA DO SOCORRO ARRUDA
VASCONCELOS, n. a 24/03/1944, filha de Gerardo Vasconcelos Arruda76
e de Maria José Vasconcelos.
76
Gerardo Vasconcelos Arruda , n. a 15/08/1919. Casou-se a 10/12/1938 com Maria José Arruda (
Mezeca), filha deMessias Francisco de Arrudae de Teresa Firmo de Jesus Vasconcelos Arruda ( Apud
F.A.V.A. – Genealogia Sobralense, Vol II, Os Arrudas, Tomo V , pg 1132, 3ª Edição)
122
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCISCO CALDAS DA SILVEIRA FILHO (Qn. 193), Advogado e
político, filho do ilustre viçosense, tabelião, líder comunitário e
defensor do patrimônio histórico de Viçosa do Ceará, Francisco
Caldas da Silveira ( Chico Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira.
Nasceu em Viçosa do Ceará a 23 de novembro de 1934. Formado em
Direito pela Universidade Federal do Ceará, em 1960. Oficial R/2 do
Exército. Advogado de Ofício da Secretaria de Justiça do Estado do
Ceará. Foi escrevente do Cartório do lº Ofício, Professor do Patronato
Tenente Ângelo de Siqueira Passos, Adjunto do Promotor, Consultor
Jurídico da Prefeitura e Presidente do MOBRAL, em Viçosa do Ceará,
onde mantém um escritório de advocacia. Eleito, em 15/11/1982,
exerce, pela segunda vez, mandato de Vereador junto à Câmara
Municipal de Viçosa do Ceará. Casou-se em Viçosa do Ceará a
09/09/1967 com Maristela de Assunção Mapurunga Caldas da
Silveira , de tradicional família viçosense, nascida em Viçosa do
Ceará a 4 de novembro de 1943, filha de João Carneiro Mapurunga e
de Maria Porfírio Carneiro Mapurunga. De seu enlace nasceram
quatro filhos: Francisco José, Adovgado; Vanusa Mapurunga Caldas;
Francisco Caldas da Silveira Júnior e Gerusa Mapurunga Caldas.
FRANCISCO CALDAS DA SILVEIRA NETO (Pn. 420), Major do Exército,
filho de Raimundo Olímpio da Silva e Marina Caldas da Silveira (
Qn.182), neto materno do ilustre Tabelião, viçosense, Francisco
Caldas da Silveira ( Chico Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira
(Tn. 86). Nasceu em Viçosa do Ceará a 5 de outubro de 1944. Com
uma brilhante carreira no Exército Brasileiro. Realizou vários cursos
de aperfeiçoamento entre eles Curso de Comando de Estado-Maior
do Exército - ECEME. Serviu em Minas Gerais (RS), Pernambuco e
Distrito Federal. Casou-se a 01/02/1975, em Três Corações (MG),
com Elisabeth Pereira Sant´Ana, natural da mesma cidade, filha de
Antônio Sant´Ana e Adair Pereira Sant´Ana. Do seu enlace nasceram
dois filhos: Daniela Sant´Ana da Silveira e Tiago Sant´Ana Caldas.
123
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCISCO CARDOSO LINHARES (Qn.198), Empresário, nasceu em
Crateús, filha do capitalista Luís Maria Arruda Linhares (Tn.102) de
Alda Cardoso Linhares. Diretor Presidente da KRAUTOP VEÍCULOS e
peças, uma das maiores revenda da Chevrolet do Norte e Nordeste
do País. Casou-se a 25/09/1959 com Tereza Pierre Linhares, filha de
Francisco Cícero Pierre 77e de Adalgisa Linhares. Do enlace nasceram
quatro filhos: Marcos Antônio Pierre Linhares, Denize Pierre Linhares,
Rosângela Pierre Linhares e Raquel Pierre Linhares.
FRANCISCO CARVALHO ARRUDA COELHO (Pn.97). nasceu em
Sobral a 20 de julho de 1956l, filho de Luciano Arruda Coelho
(Qn.67) e de Maria do Carmo Carvalho de Arruda Coelho,
engenheiro civil, formado pela Universidade Federal do Ceará - UFC.
Professor da Universidade Estadual do Vale do Acaraú. Realizou
Curso de Doutorado na Universidade Politécnica de Madri Espanha. Casou-se em Sobral a 04/07/1980 com Maria Abigail
Aguiar Arruda (Bida) n. a 29.01/1960 em Sobral, formada em
Educação Física, filha de José Maurício Aguiar78e Abigail Mamede
Aguiar. Do seu enlace nasceram três filhos: André Carvalho y Aguiar
Arruda; Lara Aguiar Arruda Coelho e Lia Aguiar Carvalho Arruda.
FRANCISCO CÍCERO COELHO DE ARRUDA (Bn.20), Juiz de Direito,
filho de um dos maiores luminares da educação sobralense do
século XIX e grande defensor da abolição da escravatura no Brasil, o
professor Vicente Ferreira de Arruda ( Prof. Arruda) (N.11) e de D.
Guilhermina Gomes Coelho, neta do português José Gomes Coelho,
77
Francisco Cícero Pierre, n. em Santana do Acaraú , a 12.7-1902, filha de Manuel
Eduardo Pierre e de Maria do Carmo de Araújo. Casou-se a 18-12-1925 em Sobral com
Adalgisa Vasconcelos ( Apud Gentil, Pe. José da Frota -Os Frotas).
78
José Maurício Aguiar, n. a 29.11.1914 e fal. a 07.12.1999, filho de João Batista Aguiar,
irmão de Francisco Felinto e de José Aguiar, e de Isabel Iracy Frota Araújo Carvalho (filha de
Miguel Gaudêncio Carvalho e de Ana Amália Frota Araújo). Casou-se com Abigail Mamede
Aguiar, n. a 31.08.1916, filha de João Mamede Sousa e de Sinhá. (Gentil, Pe. José da Frota –
Os Frotas, pg 297).
124
Dicionário Biográfico - Família Arruda
um dos colonizadores da Ribeira do Acaraú. Nasceu em Sobral a 14
de setembro de 1868. Bacharelou-se em 1891 pela Faculdade de
Direito de Recife. Promotor Público em Sobral. Juiz substituto das
comarcas de São Benedito, Santana e Baturité. Juiz de Direito de
Acaraú, onde faleceu em 18/06/1903, solteiro.
FRANCISCO CLEITON VASCONCELOS ARRUDA (Pn. 1099.),Empresário e
político, filho de Raimundo Clodoveu Arruda e de Maria de Nazaré
Arruda. Foi candidato a Prefeito no Município de Massapê. Casou-se duas
vezes. A 1ª , com Maria Adalnice Aguiar Arcanjo, da qual se separou, filha
de José Adauto Arcanjo79 e de Maria Almira Aguiar Arcanjo, n. a
16/10/1963. A 2ª, com Maryane Frota, filha de Nilson Frota e de Cibele
Carcará.
FRANCISCO DAS CHAGAS CAMPELO ARRUDA (Qn. 284), Médico, nascido
em Viana (MA) a 09 de julho de 1944; filho de Gerardo Vasconcelos
Arruda ( Tn.130) e de Mariana Raimunda Campelo Arruda. Estudou em
São Luís, capital do estado e formou-se em Medicina pela
Universidade Federal do Maranhão. Casou-se com Ana de Lourdes
Carneiro, nascida a 04/04/1949, Médica, formada pela Universidade
Federal do Maranhão com especialidade em Pediatria. São
proprietários da Policlínica Santa Rita, na cidade de Lago da PedraMA, onde atualmente vivem.
FRANCISCO DE ARRUDA FROTA (Qn.126) filho do destacado médico
no Estado do Ceará Dr. José Ribeiro da Frota, natural de Viçosa do
Ceará, e de D. Guiomar de Arruda Frota ( Tn.47), natural de
Fortaleza, e neto paterno do Desembargador José Gomes da Frota e
de Primilívia da Silva Frota, e neto pelo lado materno do historiador
e político Dr. Raimundo Leopoldo Coelho de Arruda e de Alice
79
José Adauto Arcanjo casou-se com Maria Almira Aguiar Arcanjo, n. a 28.08.1935, em Acaraú-Mirim –
Massapê , filha de Luiz Cândido Aguiar e de Maria Profetisa Cisne ( Apud Aguiar, F. A. de; Aguiar, F.A.
de Sousa – Família Aguiar: 7 séculos de história- Fortaleza – Gráfica LCR, 2005, pg 222).
125
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Cavalcante de Arruda. Nasceu em Fortaleza a 31 de outrubro de
1927 e faleceu na mesma cidade a 8 de novembro de 1998.
Foi fiscal de rendas no Estado do Rio de Janeiro, onde
residu durante muitos anos.
Casou-se com sua prima Maria Alice Campos de Arruda, n.
a 07/11/1926, Pianista. Iniciou estudos no Conservatório de Música
Alberto Nepomuceno em Fortaleza. Diplomada pelo Conservatório
Brasileiro de Música no Rio de Janeiro, filha do senador Edgar
Cavalcante Arruda80e Rita Campos Menescal de Arruda.
FRANCISCO DE ARRUDA FROTA, Funcionário Público, nascido em
Fortaleza a 31 de outubro de 1927 e falecido em Fortaleza a 8 de
novembro de 1998. Era filho do Dr. José Ribeiro da Frota e Guiomar
de Arruda Frota. Fiscal de Rendas no Estado do Rio de Janeiro.
Casou-se com sua prima Maria Alice Campos de Arruda (Qn.117), n.
a 07/01/1926, Pianista. Iniciou estudos no Conservatório de Música
Alberto Nepomuceno em Fortaleza. Diplomada pelo Conservatório
Brasileiro de Música no Rio de Janeiro. Esta filha de Edgar Cavalcante
Arruda81e Rita Campos Menescal de Arruda.
FRANCISCO DE ASSIS ARRUDA LIRA (Qn. 1415.), Economista, filho de
José Peregrino Lira e de Maria José Arruda (Tn.543). Nascido em
Massapê a 3 de novembro de 1947. Foi gerente da distribuidora da
FINIVEST por um largo perído de tempo. Casou-se em Fortaleza
21/03/1975 e separou-se de Maria de Fátima Magalhães Lira, n. a
80
Edgar Cavalcante Arruda (Qn.1036), n. 05/06.1893 e fal. a 24.04.1965, Bacharel em
Direito pela Faculdade Federal do Ceará e professor da mesma. Senador da República,
deputado federal, Ministro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro. Candidato ao Governo do
Estado. filho deRaimundo Leopoldo Coelho De Arruda (Tn.492.) e de Alice Cavalcante de
Arruda, casou-se com Rita Menescal Campos de Arruda, n. 04.04.1905 e fal. a 23.04.1992
(Apud Arruda, F. A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo V, pg)
81
Edgar Cavalcante Arruda (Qn.1036), n. 05.06.1893 e fal. a 24.04.1965, Bacharel em
Direito pela Universidade Federal do Ceará e professor da mesma. Senador da República,
deputado federal, Ministro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro. Candidato ao Governo do
Estado. filho deRaimundo Leopoldo Coelho de Arruda (Tn.492.) e de Alice Cavalcante de
Arruda, casou-se com Rita Menescal Campos de Arruda, n. 04.04.1905 e fal. a 23.04.1992
(Apud Arruda, F. A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo V, pg)
126
Dicionário Biográfico - Família Arruda
03/06/1950, filha de Oscar Oliveira Magalhães e Maria Cavalcante
Magalhães.
FRANCISCO DE ASSIS ARRUDA (Qn. 1332.), Comerciante, filho de José
Barreto Arruda (Tn.516) e de Ana Nascimento Arruda. Nascido em
Fortaleza a 3 de dezembro de 1944. Como comerciante, sucedeu seu pai,
juntamente com seu irmão Antônio Barreto de Arruda negociando na
conhecida “ Casa do Povo ” em Fortaleza. Casou-se a 20/12/1969 com
Maria da Conceição Figueiredo Arruda, professora, filha de José
Osvaldo Figueiredo82e de Maria Petronília Figueiredo.
FRANCISCO DE ASSIS DE ARRUDA FURTADO ( 2º do Nome) ( Tn. 291.),
Advogado, ilho de Luís de Gonzaga Furtado e de Maria Adelina
Vasconcelos Arruda (Bn.71). Nascido em Senador Pompeu a 10 de
maio de 1923. Fez seus estudos preparatórios no Ginásio Salesiano
de Baturité e no Liceu do Ceará, formando-se depois em Ciências
Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Ceará, em dezembro
de 1947. Passou a exercer a função de Advogado.
Francisco de Assis de Arruda Furtado adota o nome literário
Arruda Furtado. Escritor, advogado, estudioso da história, é, além
disso, um homem profundamente religioso. Faz parte de uma plêiade
de paladinos da fé que encontraram abrigo no Instituto do Ceará, do
qual é sócio efetivo desde 1975.
Dentro de suas atividades participou de vários encontros e
simpósios, valendo destacar: Encontro de Secretários de
Administração dos Estados, na qualidade de Assessor, (Dasp), Rio,
1969; V Congresso Nacional de Municípios, Recife, PE, 1959, tendo
apresentado tese; Seminário Latino-Americano de Direito do
Trabalho, Fortaleza, 1978, tendo participado como conferencista;
Congresso Latino-Americano de Direito do Trabalho, em Lima, Peru,
82
José Osvaldo Figueiredo, filho de Inácio Capistrano Figueiredo e de Maria Madalena Arruda. Casou-se
com Maria Petronília de Vasconcelos, filha de José Araújo de Vasconcelos e de Petronília Arruda de
Vasconcelos (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas)
127
Dicionário Biográfico - Família Arruda
1979; Simpósio de História do Acre, participando como conferencista,
representando o Ceará, Rio Branco, 1977; Congresso Internacional de
Direito do Trabalho, 1986.
É autor de uma vintena de obras de grande alcance sobre temas
de Direito Administrativo, Legislação Trabalhista, religião, poesia,
memórias, biografia etc. Tem em preparo a 2a edição do livro
Agradável a Deus e por Ele Amado, sentida biografia de seu filho
falecido, e Elegias em Forma de Soneto e Outros Versos.
Batalhador da fé,tem tomado parte em várias campanhas
esclarecedoras sobre a Religião. Como estudioso de nossa história,
tem prestado valiosa colaboração nas reuniões do Instituto do Ceará,
com aportes da mais alta valia. Casou-se a 24/09/1948em Fortaleza
com Antônia Valburga de Andrade Furtado n a 12/11/1926 em
Sobral , filha de Antônio Rodrigues de Araújo e Francelina Aragão
Araújo.
FRANCISCO DE ASSIS GERMANO ARRUDA (Qn. 789.), Administrador de
Empresas, nascido em Sobral a 9 de março de 1956; filho de Clemente
Olintho Távora Arruda (Tn.301) e de Rocilda Germano Arruda.
Terminou seu curso Ginasial no Colégio Municipal “Professor
Filgueira Lima”.Como era muito estudioso e só tirava ótimas
notas, sua mãe Rocilda, convenceu os Irmãos Maristas do
renomado Colégio “Cearense” sua matrícula para uma prova de
seleção e dentre outros bons candidatos Francisco de Assis
logrou o 1º (primeiro) lugar sendo imediatamente matriculado
gratuitamente para frequentar o Cursinho, equivalente ao 2º
(segundo) grau.
Concluindo seu cursinho no Colégio “Cearense” se
submeteu ao Vestibular para o Curso de Medicina, passando
entre os primeiros classificados.
Influenciado pelo irmão mais velho Raimundo Adelino,
que já era funcionário do Banco do Brasil, se inscreveu para o
128
Dicionário Biográfico - Família Arruda
concurso do Banco na Agência de Baturité quando logrou ser
classificado em 3º (terceiro) lugar.
Foi
mediatamente
nomeado para prestar seus serviços na Agência do Banco do
Brasil da cidade de Pentecostes/Ceará que estava prestes a ser
instalada.
Neste interregno foi indicado para fazer um estagio de
3 (três) meses na Agência de Baturité quando foi hospede de
seus avós paterno.
Forçado pelas circunstancias suspendeu seu curso
de
medicina na Universidade Federal do Ceará, ingressando na
Universidade Estadual do Ceará, no Curso de Administração de
Empresas.
Aqui em Baturité conheceu a Senhorita Maria Idalba
Bastos Vasconcelos, que futuramente seria sua esposa.
Foi nomeado para assumir suas funções na Agência do
Banco do Brasil na Cidade de Pentecoste/Ceará, onde
permaneceu durante 2 anos.
A pedido foi transferido para a Agência do Banco do
Brasil aqui em Baturité, onde permaneceu durante 6 (seis)
anos.
Foi convidado para prestar seus serviços na
Superintendência
Estadual
do
Banco
do
Brasil
em
Fortaleza/Ceará, quando teve aoportunidade de deslanchar nos
serviços e iniciar sua vitoriosa carreira bancário.
Como era muito estudioso concluiu os Cursos de Direito
e de Administração de Empresas.
Foi designado Gerente da Agência na Cidade de Caucaia
– Ce., quando a Câmara Municipal lhes outorgou o Título de
Cidadão Cacauense, após 2 (dois) anos e 6 (seis) meses de
dedicação àquela Agência.
Passou um perído gerenciando a Agência de Maranguape.
Por seus méritos foi designado Gerente da Agência
“PAPICÚ” nesta Cidade de Fortaleza.
129
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Não parou por aí, foi designado para Gerenciar a
Agência Metropolitana de Fortaleza da Praça dos Correios.
Convidado pela direção do Banco do Brasil em Brasilia
para ocupar a Superintendência do Banco do Brasil no Estado
de Sergipe, foi a arrancada para a sua brilhante carreira.
Pelos seus relevantes serviços na Superintendência do
Banco do Brasil no Estado de Sergipe, a Assembléia Legislativa
do Estado e a Câmara Municipal de Aracaju lhes outorgaram os
Títulos de cidadão do Estado e do Município.
De Aracajú foi transferido para a Direção Geral do
Banco do Brasil em Brasília. Foi designado Superintendente do
Banco do Brasil nos Estados de Mato Grosso e Rondônia,
quando a Assembléia Legislativa de Mato Grosso lhe outorgou o
Título de Cidadão Matogrossence.
Transferido para exercer a função de Superintendência
do Banco do Brasil no Estado da Bahia, Francisco de Assis
Germano Arruda foi outorgado pela Assembléia Legislativa com
o Título de Cidadão baiano pelos seus relevantes serviços
prestado durante dois longos anos.
Com a posse de Luis Inácio da Silva na Presidência da
República, e a nomeação do Dr. Antônio Paloci, como Ministro da
Fazenda, o mesmo indicou ao Presidente da República, o nome do
Dr. Francisco de Assis Germano Arruda, então técnico do Brasil, para
exercer a função de Diretor de Negócios e Gestão de Pessoal
do Banco do Nordeste, função que permaneceu por mais alguns
anos.Casou-se a 29/10/1977 em Baturité com Maria Idalba Bastos
Vasconcelos Arruda n. a 30/10/1957 em Baturité, filha de Clóvis
Amora Vasconcelos e Francisca Lino Bastos Vasconcelos.
FRANCISCO DE ASSIS VASCONCELOS ARRUDA (Qn. 237), Engenheiro
Agrônomo e Genealogista, filho de Francisco Linhares Arruda (Tn......)
e de Maria de Jesus Vasconcelos Arruda. Nascido em Sobral a 18 de
novembro de 1948. Formado pela Faculdade de Agronomia do
130
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nordeste, em Areia - Pb, em 1975. Concursado pela ANCARPE, em
1975, onde permaneceu até janeiro de 1976. Ingressou, em 1976, no
quadro de pesquisadores da EMBRAPA, onde permaneceu até
março/2007, quando se aposentou. Realizou curso de especialização
em Bioclimatologia pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de
Queiroz”, em Piracicaba (SP). Em 1982, concluiu o Curso de Mestrado
em Nutrição Animal, pela Faculdade de Agronomia do Ceará. Ainda,
neste mesmo ano, foi eleito a vereador do
Município de Sobral, pelo Partido Democrático Social (PDS), com
1.200 votos, sendo o terceiro mais votado, ocupando posteriormente
a vice-presidência da Câmara, no período de 1984-1986. Em 1986 foi
eleito pelos seus pares à Secretário da União dos Vereadores do
Ceará, sucursal Sobral. Em 1988, candidato a vereador pelo Partido
da Frente Liberal (PFL), ficando na quinta suplência. Em 1985, assume
a Chefia do Centro Nacional de Pesquisa de Pesquisa de Caprinos.
No mesmo ano foi convidado pela Universidade de Oklahoma
– USA, para proferir palestra sobre Desenvolvimento da
Caprinocultura no Brasil, em 1989, foi liberado pela EMBRAPA para
realizar o Curso de Doutorado na Escuela Técnica Superior de
Ingenieros Agrônomos da Universidad Politécnica de Madrid,
Espanha, defendendo tese em 1993, na Área de Nutrição Animal,
com o trabalho “Estúdio Del Valor Nutritivo Nitrogenado de
Subproductos del Maiz Derivados de la Industria del Amidon y
Destilerias, para Rumiantes”. Caprinos ( Embrapa-Caprinos), sediado
em Sobral, permanecendo no cargo até 1988. Representou o
Ministério da Agricultura em Santiago-Chile, numa Reunião da FAO,
para o Desenvolvimento da Caprinocultura dos Países da América do
Sul.
Posteriormente, em 1977, representou a Empresa Brasileira de
Pesquisa Agropecuária, nos Estados Unidos, na Reunião do SMALL
RUMINANT COLABORATIVE PROGRAM, convênio que vinha
administrando através do Centro Nacional. Publicou vários trabalhos
131
Dicionário Biográfico - Família Arruda
em revistas técnicas – científicas de âmbito nacional e internacional.
Em 1998, foi convidado pelo Dr. Benedito Vasconcelos Mendes,
sobralense de destaque nacional, então Chefe Geral do Centro de
Pesquisa Agropecuária do Meio-Norte (Embrapa Meio-Norte),
sediado em Teresina (PI), para gerenciar e implantar a Área de
Comunicação Empresarial recém criada pela Embrapa, como área
estratégica de transferência de Tecnologia. Em Teresina, em 1998,
criou juntamente com outros funcionários do Estado o Grupo de
Articulação dos Grandes Eventos do Estado do Piauí (GAGEP),
assumindo sua coordenação.
Como estudioso em Genealogia, vem desenvolvendo pesquisa na
área desde 1970, com as principais famílias da Ribeira do Acaraú.
Publicando seu primeiro trabalho em 1980 sobre a Genealogia dos
Arrudas, com 150 páginas. Em seguida, publicou a segunda edição
ampliada e melhorada, sobre o título de GENEALOGIA SOBRALENSE –
OS ARRUDAS, editado pela IOCE, com 360 páginas. Em 1993, publica
o segundo volume da Coleção “GENEALOGIA SOBRALENSE – OS
GOMES PARENTE. Tomos I, II, III e IV impressos pela IOCE. O Quinto
tomo, publicado pela Editora Prêmius, em 2011. Para completar o
trabalho da genealogia dos Gomes Parente, será ainda publicado o
sexto tomo, perfazendo 2000 páginas de nos seis tomos desta
família.
Em 1998, publicou o quarto volume da coletânea OS FERREIRA DA
PONTE – Tomo I e em preparo os tomos II a XVII. Em 2011, publicou o
Tomo V dos Gomes Parente, Editora Premius e em 2012 o Dicionário
Biográfico da Família Gomes Parente, pela Editora Premius.
Está trabalhando arduamente no Quinto volume da Coletânea
Genealogia Sobralense - OS LINHARES, que será desenvolvido em 10
tomos, e na 3ª Edição dos Arrudas, em quatro tomos, com 2000
páginas.
É Membro da Academia Sobralense de Estudos e Letras,
cadeira nº. 14 cujo Patrono é Justiniano de Serpa, e da Academia de
132
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Letras, Ciências e Ecologia do Leste Maranhense, cadeira nº 9,
patrono Geraldo Vasconcelos.
Foi ainda Secretário da Associação dos Engenheiros Agrônomo
do Ceará - Subseção de Sobral. Secretário da Associação dos
Criadores de Caprinos e Ovinos da Zona Norte. Presidente da
Associação Brasileira de Bioclimatologia Animal (1986-1990).
Presidente da Associação Brasileira do Pós-graduando na Espanha
(1990-1991) em Madri. Presidente de Região do Distrito L-15 do Lions
Internacional (1995-1996); Presidente do Lions Clube Sobral Caiçara
(1996-1997); Vice-Presidente da Casa de Sobral (CASOP) no Piauí
(1998-1999); Vice-Presidente da Sociedade Nordestina de Produção
Animal (1997-1998); Presidente da Sociedade Nordestina de
Produção Animal (1999-2000) eleito por ocasião do I Congresso
Nordestino de Produção Animal, realizado 06-11/12/1998, em
Fortaleza, sob a Presidência do ilustre professor Abelardo Ribeiro de
Azevedo, fundador desta instituição. Casou-se em Fortaleza com
Silvéria Lopes Vasconcelos Arruda, n. a 06/07/1953 em Sobral, CE,
filha de Gerardo Magela Collyer Lopes83 e de Sarah Melo Lopes. Do
83
Gerardo Magela Collyer Lopes, n. a 21/02/1927, em Camocim , filho de Silvéria Collyer
Lopes (Dona Baby) e de José Lopes Viana. Funcionário aposentado do Banco do Nordeste do
Brasil. Formado em Letras, com especialização em Língua Inglesa, na Universidade Estadual
do Ceará. Professor de Inglês pelo Instituto Brasil Estados Unidos – IBEU, em Sobral e
também na Faculdade de Letras de Sobral, quando funcionava no Colégio Sant’ Ana, sob à
Direção do Pe. Gerardo Ferreira Gomes. Desde cedo, aos 18 anos, ainda no curso secundário,
despertou interesse pela língua inglesa do seu avô materno, John Affonso Collyer, que
descende de uma das mais tradicionais famílias Norte Americanas, pioneira na construção de
barcos à vela “ Chalupas” e “ Escunas” nos velhos tempos em Nova York, por volta de 1840 a
1845, procedentes da Inglaterra, durante a Colonização da América do Norte. John Affonso
Collyer, nascido em Belém - PA no Brasil, casou-se em Riachão (atualmente Uruoca-CE),
com Ângela Ferreira Collyer, indo residir em Camocim , onde constituiu sua família, era filho do
Capitão Comandante Charles Clairville Collyer, americano, e de Silvéria Collyer, natural
de Belém (PA). Charles Clairville, após o casamento passou a residir em Belém (PA). Fazia
comércio de madeira da Amazônia para os Estados Unidos, principalmente para estaleiro da
família Collyer, em Nova York –USA, foi um dos tradutores dos confederados norte americanos
que imigraram para o Brasil, Patriarca da família Collyer, no Brasil. Charles Clairville, era filho
de John Lyon Collyer, americano, neto de Moses Wakeman Collyer, natural de Sing Sing,
Nova York e de Betsey Ferris Lyon, esta era filha de Justus Lyon, de tradicional família da
Escócia, descendente do imigrante na América do Norte, Thomas Lyon I, nascido em 1621, na
Inglaterra e bisneto de Thomas Langley Collyer e de Elizabeth Wakeman. Casou-se a
24.05.1951, na Igreja do Patrocínio, em Sobral , com Sarah Melo Lopes, n. a 25.11.1928, em
Sobral , onde recebeu as primeiras instruções escolar e posteriormente foi internada no
Colégio das Dorotéias, em Fortaleza, onde recebeu uma refinada educação religiosa. Durante
sua juventude afeiçoou-se a música, tornando-se uma exímia professora de piano, das mais
conhecidas em Sobral. D. Sarah, como é conhecida, é também apaixonada pela leitura dos
133
Dicionário Biográfico - Família Arruda
seu consórcio nasceram três filhas: Cinthia Collyer Vasconcelos
Arruda,Assistente Social, casada com Arnaud de Holanda Cavalncante
Júnior; Juliana Collyer Vasconcelos Arruda, Terapeuta Ocupaciona,
casada com Elpídio Gomes de Moura Neto e Renata Collyer
Vasconcelos Arruda, Fonoaudióloga, casada com José Roberto Ponte
de Souza Filho.
FRANCISCO DE MELO ARRUDA (ARRUDINHA) (Tn. 318.), Industrial,
nascido em Massapê a 31 de agosto 1916 e falecido em Fortaleza a 26 de
agosto 1994. Era filho do Cel. João Aguiar Arruda ( João Arruda) (Bn.75)
e de Laura de Melo Arruda, sua segunda esposa. Formou-se em
Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa, MG. Industrial,
exportador, Ex-presidente do Centro dos Exportadores do Ceará e do
Centro Massapeense, fundador e ex-presidente da Federação do
Comércio Atacadista do Ceará e ex-diretor do Ideal Club de Fortaleza.
Casou-se a 28/10/1938 em Fortaleza com Elsa de Almeida Arruda,
falecida em Fortaleza a 07/08/1985, filha de Eduardo Garcia e de
Georgina de Almeida Garcia.
FRANCISCO EDVANIR ARRUDA ANDRADE (Tn. 463.), Engenheiro Civil,
nascido em Massapê a 05 de agosto 1929; filho de Paulo Andrade e de
Maria Diana Arruda Andrade (Bn.....). Formado em engenharia civil,
empresário do ramo da construção civil. Casou-se com a Dra. MARIA
ANGÉLICA TEIXEIRA ANDRADE, Médica.
grandes clássicos da literatura e do cinema. Ainda hoje, com seus 80 anos de idade, está
atualizada com os melhores lançamentos do cinema e da literatura. Viajou para Espanha e
outros países da Europa, em visista sua filha Silvéria que residia em Madrid, oportunidade em
melhor fundamentou seus conhecimentos de história e geografia, outra área que domina, e que
faz questão de salientar. Como mãe e esposa, sempre desempenhou um grande papel na
educação dos filhos, trabalhou lado- a – lado como seu companheiro para propocionar uma
educação esmerada dos filhos e um meio social mais adequado possível às suas tradições.
Era filha de Luiz Gonzaga Melo, cidadão de grandes virtudes e muito ousado para sua época.
Estabeleceu-se em Sobral no ramo de Padaria e Confeitaria, tornando a preferida da grande
sociedade de Sobral. Sua mãe Maria da Conceição Mont´Alverne Rodrigues (D. Santa), era
filha do Cel. Henrique Rodrigues de Albuquerque, que foi Prefeito de Sobral, e de Maria
Antnieta Mont´Alverne (filha de Antônio Mont´Alverne e de Maria Elisa Bessa Guimarães),
tradicionais famílias de Sobral (PP)
134
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCISCO EDWARD MONT’ALVERNE FILHO (Pn.203), Médico,
nascido em Teresina a 22 de dezembro de 1976, filho de Francisco
Edward Frota Mont´Alverne e Maria do Socorro de Arruda
Mont’Alverne (Qn.98).
FRANCISCO ESMERALDINO DE VASCONCELOS (Pn.1922.), n. a
12/10/1934, em Sobral e aí faleceu a....................... Era filho de Antônio
Bolívar de Vasconcelos e de Otacília de Maria Vasconcelos. Possui um
dos maiores Currículum Maçônico de Sobral e talvez do Estado do
Ceará. Foi iniciado pela ordem n dia 11 de outubro de 1975, na Loja
Deus e Caridade, n 1150, em Sobral, pasando por todos os Graus até
ser investido no Grau 33º como grande Inspetor Geral da Ordem p/
Adonhiramita, no dia 8 de abril de 1999. Fez parte da Fundação de seis
Lojas Simbólicas, tendo ocupado as mais difrentes funções dentro de
Loja. Gostava sempre de citar que já havia visitado mais de 240 lojas
em vários Estados da Federação, sejam elas nas capitais ou no interior
do Estado. Dizia ainda, que nos seus 33 anos de atividade Maçônica,
teve a oportunidade de votar em todas as eleições para Administração
das Lojas, que fez parte, ainda para Grão-Mestrado Estadual, de 1977 a
2007 e Grão-Mestrados Geral do GOB, de 1978 a 2008. Fez parte dos
três Poderes da Ordem, o Executivo, Legislativo e Judiciário. Recebeu
vários Títulos Honoríficos e Honra ao Mérito. Foi reconhecido por Força
do Ato nº 4350, do Soberano Grão Mestre Geral, como” BENEMÉRITO
DA ORDEM” . Os cursos e diplomas recebidos são inúmeros, bem
como os cargos e funções exercidas dentro do Estado. Esmeraldino,
como era conhecido, foi sem sombra de dúvidas, um dos maiores
Obreiros Maçônicos que conheci e de grande amor a esta grande
Instituição Benemérita e Iniciática no Brasil, da qual fiz parte por mais
de vinte anos. Casou-se em Sobral a 01/03/1960 com Maria Onezina
Paiva de Vasconcelos, n. a 16/02/1935, filha de Gonçalo Paiva
135
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Campos84e de Maria Guiomar Arcanjo de Araújo ( Maria Guiomar
Paiva).
FRANCISCO ESMERALDINO VASCONCELOS FILHO ( Didino) (Sn.377.),
Bancário, filho de Francisco Esmeraldino Vasconcelos ( Pn.1922) e de
Maria Onezina Paiva de Vasconcelos. Nascido em Sobral a 23 de março
de 1963. Formado em Ciências Contábeis pela Universidade Vale do
Acaraú e Acadêmico de Direito, Faculdade Estadual Vale do Acaraú. É
funcionário do Banco do Brasil, em Coreaú . Casou-se a 18/02/1988
com Felisbela Bemvinda Loiola Melo Vasconcelos ( Bidinha), n. a
13/12/1967, filha de Sabino Loiola Melo85e de Teresinha Lima Melo.
FRANCISCO FROTA ARRUDA (Arrudinha),(Tn. 151.), Representante
Comercial, nascido em Sobral, Ceará, na localidade Olho d’ Água dos
Arrudas a 23 de novembro de 1911; era filho do agropecurista José de
Lourdes de Arruda ( Bn.46) e de Raimunda Carneiro da Frota. Desde a
idade de oito, trabalhou comboiando em cima de um burro, ajudando
seu pai a vender mercadorias. Foi para a sede de Sobal onde concluiu o
curso da Escola Técnica Comercial, na Escola Técnica de Comércio D. José
Tupinambá da Frota . Veio para Fortaleza e após seu casamento
montou seu escritório de Representações. Trabalhou nesta atividade até
os 91 anos de idade, como muita disposição e consciênte do seu dever
para com a família. Homem de baixa estatura e de grandes virtudes. Foi
homenageado pelo SENAC, como Representante Comercial exemplar e o
mais velho na categoria e com atividade em nível nacional. Aposentou-se
por motivo de saúde que o levou a uma cadeira de rodas. Foi execelente
pai, esposo e amigo. Conhecido e amado por todos como um homem
guerreiro, bem humorado, honesto e fervoroso. Veio a falecer aos 96
84
Gonçalo Paiva Campos, n. a 09.09.1904 e fal., a 08.02.1980, em Mucambo , filho de Leandro
Venceslau Paiva e de Angélica Ferreira Campos. Casou-se com Maria Guiomar Arcanjo de Araújo,
n. a 16.08.1908 e fal., a 16.12.1969, filha de Joaquim Arcanjo de Araújo e de Maria do Espírito
Santo Araújo.
85
Sabino Loiola Melo, filho de Francisco Ximenes de Melo e de Felisbela Bemvinda Loiola. Casouse com Teresinha Lima Melo, filha de Francisco Itamar Araújo e de Maria do Carmo Melo Lima.
136
Dicionário Biográfico - Família Arruda
anos de idade em Fortaleza a 16 de fevereiro de 2008, no aconchego de
sua mulher, filhos, familiares e amigos. Casou-se com Dulcelina Gomes
Arruda, n. a 31/05/1919, natural de Coreaú , filha de João Batista Gomes
e de Quintina Moreira Fontenele.
FRANCISCO HAROLDO ALVES VASCONCELOS (Pn. 1755.), Engenheiro
Agrônomo, Advogado, filho de Miguel Azevedo Vasconcelos (Qn.1433)
e de Ondina Alves Vasconcelos. Nascido em Cariré (CE) a 19 de outubro
de 1954. Foi Extensionista pela EMATER no Estado do Piaúi; Secretário
de Agricultura do Estado do Piauí, no Governo de Francisco de Assis
Moraes (Mão Santa), onde desenvoveu um excelente trabalho pelo
desenvolvimento
do
Agronegócio
do
Estado.Formou-se
posteriormente em Direito, onde vem atuando como advogado em
Teresina. Casou e separou-se de Andelina Albuquerque Vasconcelos,
filha de Antônio Albuquerque e de Maria das Dôres Albuquerque.
FRANCISCO HAROLDO BEZERRA DE ARRUDA (Qn. 130), Médico,
filho de Lívio Cavalcante Arruda (Tn. 49) e Maria do Rosário Bezerra
de Arruda. Nasceu em Fortaleza a 28 de julho de 1929 e ali faleceu a
26 de junho de 1983, aos 54 anos de idade. Casou-se em Fortaleza a
11 de janeiro de 1958 com Maria Isolda Soares de Arruda filha de
Antônio Soares da Silva e de Maria José dos Santos Soares. Do seu
consórcio nasceram duas filhas: Eveline Maria Soares de Arruda,
formada em processamento de dados casada com George Figuerêdo,
e Arnoldo Soares de Arruda, funcionário público.
FRANCISCO HAROLDO CARVALHO MAPURUNGA (Pn. 469),
Psicólogo, nasceu em Viçosa do Ceará a 25 de março de 1956, filho
de José Maria Mapurunga e de Maria das Graças Carvalho
Mapurunga. Formado em Psicologia pela Universidade
de..............Técnico da Informação. Casou-se com Angélica
Vasconcelos Mapurunga, nasceu em Viçosa do Ceará a 17 de julho
137
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de 1969, filha de Haroldo Vasconcelos e Terezinha de Nazaré
Nogueira de Vasconcelos, formada em Adminsitração de Empresas
pela Universidade Federal do Ceará.
FRANCISCO HILDEBRANDO LINHARES ANDRADE (Pn.523),
Empresário e líder de Classe, filho de Francisco Valmir Andrade e de
Maria da Conceição Linhares Andrade. Nasceu em Sobral a 9 de
novembro de 1968. Contador, empresário de destaque com um dos
maiores escritório de contabilidade da Zona Norte. Casou-se em
Sobral a 26/06/1991 com Jeanne Souza Linhares n. a 16/01/1974,
filha de João Batista Ponte Linhares (Joãozinho)86e de Vânia Maria
Souza Linhares.
FRANCISCO ITAMAR ALVES FILHO (Pn.372), Médico, nascido em
Teresina a 13 de janeiro de 1955, filho de Francisco Itamar Alves e
Raimunda Zilma Parente Alves ((Qn. 150), formado pela Universidade
Federal do Piauí, com destacados serviços prestado ao Estado.
Casou-se a 21/05/1981 com Simone Martins Alves, n. a 18/10/1959,
Odontóloga, formada pela Universidade Federal do Piauí, filha de
João Soares Martins e de Terezinha Soares Martins.
FRANCISCO JOSÉ ARRUDA CANUTO (Qn. 318.), Funcionário Público, n. a
18/03/1956, em Fortaleza. Funcionário do Instituto Brasileiro de
Desenvolvimento Florestal (IBDF). Casou-se em Taperuaba, distrito de
Sobra, a 28/12/1980 com Orleângela Magalhães Mesquita Arruda (Léa),
n. a 06.09.1958, em Taperuaba, Sobral , filha de Osmar Ávila Magalhães e
de Rita Mesquita da Silveira.
86
João Batista Ponte Linhares (Joãozinho), n. a 07.02.1948, filho de Narciso Alves Linhares
e de Maria Orestes da Ponte Linhares. Casou-se a 14.01.1972 com Vânia Maria Souza
Linhares, filha de Camilo Mendes Sousa e de Caetana Madeira Sousa ( Apud Arruda, F.A.V. –
Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo I).
138
Dicionário Biográfico - Família Arruda
FRANCISCO JOSÉ ARRUDA CARNEIRO (Qn.224), Empresário, filho de
Antônio Aguiar Carneiro e de Raimunda Arruda Carneiro ( Neném).
Nasceu em Sobral a 29 de maio de 1947. Empresário de destaque no
ramo da indústria de beneficiamento, comércio e exportação de
chapéus de palha. Ainda muito jovem, com a idade de quinze anos,
colocou o seu próprio negócio com a Empresa Viúva Antônio Aguiar
Carneiro com apoio de sua mãe, que durou de 1963 a 1966.
Posteriormente fundou a firma Francisco José Arruda Carneiro
representante da firma Marcatto de Santa Catarina.
1971 passou a trabalhar com a Firma ICOPAL sediada em São Paulo.
Franzé, como é conhecido, nos Estados, como são Paulo, Rio de
Janeiro, Minas Gerais necessitava pedir autorização do Juizado de
Menor.
Os clientes ao receberem ficavam admirado como um enino
daquela idade era proprietário de uma das principais firma
comerciais de chapéus de palha de Sobral. Mostrou sua habilidade
com o comércio, e ainda no mesmo ano adquiriu um Jeep, carro
muito concorrido na época.
Franzé, quando viajava, para os diferentes lugares fora do Estado do
Ceará necessitava de autorização do Juizado de Menor. Assim,
prosperou e montou outros negócios como Curtume, extração e
139
Dicionário Biográfico - Família Arruda
industrialização da cal virgem, para pintura e outros produtos.
Sempre apaixonado pela exploração da pecuária, herança que
herdara dos pais. Sempre que tinha uma oportunidade ia rever a
velha propriedade de seu pai no Aracatiaçu, principalmente quando
caíam as primeiras chuvas no sertão cearense, motivo de muita
alegria para todos. Tendo, inclusive, restaurado a velha casa da
fazenda, pensando em passar sua velhice, juntinho ao cheiro do
gado, onde seus pais lutaram com muito sacrifício contra as
intempéries do sertão cearense. Ele sempre se lembra dos urgidos do
gado, passando fome durante as secas. Caíam mortos sem água e
comida. Tendo, muitas vezes, que migrarem para outros lugares em
busca de salvar a reses restantes. Muitas vezes, perdiam quase todos
os animais. Esta é a lembrança de quase todo nordestino que viviam
da pecuária. A veia heroica do pecuarista do nordeste, que corre nas
artérias do Franzé Arruda, fez dele um forte e destemido. Casou-se,
ainda muito cedo, em Sobral, a 19/03/1970, na data escolhida pelos
nordestinos, como a esperança da vinda chuvas, com Vera Maria
Lopes Carneiro, n. a 07/05/1953, em Sobral, de tradicionais famílias
sobralenses, filha de Eduardo Albuquerque Lopes87 e de Maria
Aparecida Ximenes Lopes. Funcionária aposentada do Ministério do
Trabalho, mantendo sempre sua atividade comercial com seu esposo
com uma Indústria de Chapéus de Palha com grande exportação para
Sul do Estado, principalmente durante as festas juninas. Mulher de
grande fibra e grande incentivadora da família. Considerada por
todas as irmãs como uma segunda mãe. Deu seu apoio moral e
material a todas elas. Sua presença, sempre muito marcante, na vida
de suas filhas, onde convivem diariamente, integradas numa
harmonia quase que perfeita, em um só coração. Seus pais enquanto
permaneceram com vida, receberam total e irrestrito apoio
87
Eduardo Albuquerque Lopes, n. a 24/12/1921, em Sobral e faleceu a 08/07/1989, em
Sobral , filho de José Alcino Lopes Cavalcanti, chamado em família Zeca Valdivino. Residia na
fazenda Logradouro, perto da sede de Sobral, na estrada que dar acesso a serra do Jordão, e
de sua primeira mulher , Maria Amélia Albuquerque, casou-se com Maria Aparecida Ximenes,
n. a 29/08/1929, em Sobral e faleceu a 26/09/2000, em Fortaleza , filha de Antônio Atibones
Ximenes e de Teodora Ramos Ximenesr (pp).
140
Dicionário Biográfico - Família Arruda
corroborado pelo esposo que sempre esteve ao seu lado,
principalmente quando se tratava de solidariedade aos familiares. Na
sociedade sobralense, deu também uma grande contribuição, como
Presidente da APAE em Sobral, trouxe grande desenvolvimento
àquela instituição de apoio aos deficientes mentais.
FRANCISCO JOSÉ ARRUDA MONT’ALVERNE (Sn. 2694.), Médico, n. a
13/12/1973, em Teresina (PI), filho de Francisco Edward Frota
Mont´Alverne e Maria do Socorro de Arruda Mont’Alverne ( Pn.
2393). Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina USPRibeirão Preto – 1992-1997. Residência em Neurologia pelo Hospital
das Clínicas da USP – Ribeirão Preto, 1998- 2001. Sub-especialização
em Neurorradiologia pela Universidade de Estrasburgo, 2001-2004.
Aprofundamento em Neurorradiologia pela Universidade Paris V,
2003-2004. Doutorado pela Faculdade de Medicina USP, 2006-2009,
com a tese centrada em neurorradiologia intervencionista, lidando
com o tratamento minimamente invasivo de doenças
neurovasculares e da coluna vertebral, teve como orientadores os
professores Jacques Chiras da Universidade de Paris VI, e Guilherme
Caldas, da USP. Membro da Sociedade Brasileira de Neurorradiologia
Diagnóstica Terapêutica – SBNRDT e da Sociedade Cearense de
Neurologia e Neurocirurgia – SOCENNE.Casou-se com Tarin Cristino
Frota Mont’ Alverne, n. a 08/07/1979, em Fortaleza, n. a
08/07/1979, em Fortaleza, filha de Romildo Pinto da Frota e Iduína
de Menezes Félix Frota.
FRANCISCO JOSÉ CARVALHO ARRUDA (Qn. 813.), nascido em
Fortaleza, Ceará, a 14 de junho de 1967, filho de Juarez Távora Arruda
(Tn.306) e de Marcelina Isabel Carvalho Arruda. Casou-se com Roberta
Otoche Bezerra n. a 22/09/1976 em Fortaleza, formada em
Pedagogia pela UVA, Administração Hospitalar pela FGF e funcionária
141
Dicionário Biográfico - Família Arruda
pública municipal, filha de João Bosco Couto Bezerra e Jandira Maria
Otoch Bezerra.
FRANCISCO JOSÉ DE ARRUDA (F. 02), Agropecuarísta, nasceu na
fazenda Oiticará, em 1803 e faleceu a 23/04/1845 em Sobral, filho do
português Amaro José de Arruda, patriarca da família Arruda no
Estado do Ceará, e de Dona Ana Maria da Conceição. Segundo o seu
inventário, realizado 28 de maio de 1845, em Sobral (CE), era
possuidor de várias propriedades, um sítio na Serra Meruoca no lugar
denominado estreito, fazenda de criar gados a margem do riacho
Acaraú Mirim, no lugar denominado Oiticará, além de inúmeros
escravos que deixou para os herdeiros, além de uma Vara e meia
quarta de cordão de ouro, par de cadeados de ouro, uma cruz de
ouro, um par , um acolher de sopa de prata, um cordão fino de ouro
(uma vara), três palmos de colar grosso de ouro, um par de cadeados
de meia lua de ouro, dois anéis de ouro, uma balancinha de pesar
ouro, além de outros patrimônios em dinheiro, gado e outros
utensílios. Casou-se a 05/10/1821 com MARIA JOSÉ DO ESPÍRITO
SANTO.
FRANCISCO JOSÉ DE ARRUDA COELHO (Pn. 2384). Procurador
Público, n. a 29/09/1931 em Sobral, filho de José Huet de Arruda
Coelho (Qn. 1035 ) e Raimunda Fontenele de Arruda Coelho.
Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Ceará, em 1956.
Foi nomeado através de concurso para o cargo de Fiscal Auditor do
IAPC, Promotor Público do Estado através de concurso realizado em
1957, Delegado do Instituto dos Marítimos em 1961 e nomeado
Procurador do IAPC, em 1962. Professor da Universidade de
Fortaleza – UNIFOR, com a Disciplina Direito Previdenciário, por mais
de quinze anos. Foi aprovado em1º lugar para Procurador da
Fazenda Nacional, depois de aposentado como Procurador do INSS.
Casou-se a 03/05/1962 com MARIA LÚCIA PONTES ARRUDA
142
Dicionário Biográfico - Família Arruda
COELHO, n. a 15/05/1940, em Massapê (CE), filha de José Custódio
Pontes88e de Maria Alda Vasconcelos Pontes.
FRANCISCO JOSÉ ITAGYBA ARRUDA (Qn. 705.), economista, filho de
Francisco Soares Arruda e de Célia Itagyba Arruda. Nasceu no Rio de
Janeiro a 6 de março de 1952. Casou-se a 30/06/1978 no Rio de
Janeiro com Ana Lúcia da Silva Nunes Arruda n. a 12/03/1960 no Rio
de Janeiro, filha de Luiz da Silva Nunes e Cecília Bertho da Silva Nunes.
FRANCISCO JOSÉ MATTEIS DE ARRUDA (Qn. 650.), Advogado,
Publicitário, n. a 11/03/1924 em Piracicaba (SP) e falecido em São
Paulo a 02/02/1984; filho de Francisco Sales Coelho Arruda (Tn.260)
e de Leoncina Matteis de Arruda. Casou-se a 05/02/1966 em São
Paulo com Zomar Carvalho Matteis de Arruda n. a 09/11/1937 em
Botucatu (SP), filha de Zoe Mariano Carvalho do Nascimento e
Antonietta Barros Carvalho do Nascimento.
FRANCISCO LACERDA DA SILVEIRA CAVALCANTE FILHO (Pn.454).
Médico, filho de Manuel Sales Linhares ( Qn.......)e de Maria Eneida
Andrade Linhares. Nasceu em Sobral a 4 de abril de 1966, formado
pela Universidade Federal do Ceará.
FRANCISCO LINHARES ARRUDA (Tn. 111), Empresário, filho de
Domingos Aguiar Arruda (Bn. 41.) e de Francisca Linhares Arruda.
Nasceu em Sobral, Ceará, a 21 de novembro de 1915, durante uma
das maiores secas ocorridas no Ceará, e faleceu em sua cidade natal
a 29 de janeiro de 1989, vítima de um infarto no miocárdio, na
88
José Custódio Pontes, n. a 21/12/1910, em Massapê (CE), filho de Antônio Rodrigues
Pontes e de Maria da Conceição Pontes, casou-se a 28/12/1938, em Massapê (CE), com Maria
Alda Vasconcelos Pontes, n.a 04/08/1912, em Massapê (CE), filha de João Batista Araújo
Vasconcelos e de Virgilina Mendes Vasconcelos (Apud Arruda, F.A.V. & Carvalho, Evilásio –
Cronologia Genealógica Massapeense, no prelo)
143
Dicionário Biográfico - Família Arruda
presença de alguns dos filhos e sobrinhos, chegando ser atendido por
eles.
Francisco Linhares (Chico Linhares) iniciou seus estudos
primários com a professora Alda de Lima e mais tarde com Ester
Batista, recebendo lições de francês. Falecida Ester, voltou a estudar
com Alda de Lima e esta por sua conta própria levou-o a estudar com
o professor Luiz Felipe, vindo a ingressar na ESCOLA DE COMÉRCIO
DOM JOSÉ. Mas os estudos foram
interrompidos porque ele transferiu-se para Parnaíba/PI, e desta
para Crateús. Posteriormente, regressando a Sobral, em 1948,
reingressou na ESCOLA DE COMÉRCIO DOM JOSÉ, concluindo, ali,
mais tarde, o curso de Contabilidade. Todavia, antes de se formar, já
era Guarda-Livros, prático, graças ao incentivo de sua dedicada mãe e
aos proveitosos ensinamentos do renomado advogado e Tabelião
Pedro Mendes Carneiro, inclusive de seu querido irmão Antônio,
pessoa que muito orientou no inicio de sua vida, mormente em 1933,
quando do primeiro emprego aos 17 anos de idade, como
escriturário da firma de seu padrinho Raimundo Rodrigues Pontes
(DOCA PONTES), exercido até 30 de junho de 1937. Época, aliás, em
que foi convidado por intermédio do Sr. Paulo Aragão, ex-líder da
mocidade estudantil de Sobral e então Gerente do BANCO CAIXERAL,
para ocupar a função de auxiliar de escrita de RANULFO TORRES
RAPOSO, conceituada firma de Parnaíba. Depois foi convidado pelo
seu parente Francisco das Chagas Linhares, proprietário da CASA
LINHARES, mportadora em Parnaíba, para gerenciar esta firma, e nela
permaneceu desde 01/11/1937 até 31/10/1940, quando passou a
dirigir a filial recém-instalada firma VILEMAR LOPES & CIA. em
Crateús, com sede em Fortaleza. Naquela cidade, o seu tio Luiz de
Maria Arruda Linhares o convidou para gerenciar um empresa de sua
propriedade, permanecendo ali até 26/01/1948, quando sua irmã
Maria, ainda abalada pela morte do marido, pediu a sua cooperação,
propondo-lhe uma sociedade nos negócios comerciais do marido.
Assim, ambos fundaram a firma VIÚVA PEDRO AGUIAR CARNEIRO &
144
Dicionário Biográfico - Família Arruda
IRMÃO, explorando o ramo de chapéu de palha de carnaúba.àquela
outra. Durou mais de 16 anos, ou seja, até abril de 1964. Assim,
passou ele a trabalhar com os filhos Antônio Carlos e Gerardo Magela
sob a razão comercial de FRANCISCO LI-NHARES ARRUDA & CIA.
enquanto sua mana Maria “passava a associar-se com seus filhos
Humberto e Raimundo”. Em 1970, após a criação da SUDENE, ele
fundou com seus filhos Antônio Carlos e Gerardo Magela, além dos
sobrinhos Humberto, Raimundo e Benedito Arruda Carneiro, a
Empresa CHAPÉUS ARTESANATO DE PALHA S/A, que incorporou as
firmas FRANCISCO LINHARES ARRUDA & CIA e ARRUDA CARNEIRO &
CIA. Naquela Empresa — CAPASA, ele foi o seu primeiro Presidente,
durante seis anos, passando depois a ocupar a função do Diretor
Industrial até o tempo em que se desligou. Já aposentado,
dedicando-se exclusivamente às boas leituras e à família. Casou-se
em Massapê a 25/06/1940 com sua prima MARIA DE JESUS
VASCONCELOS ARRUDA, n. a 24/09/1920, em Massapê e faleceu a
15/12/2003, em Fortaleza , filha de Antônio Araújo de Vasconcelos89e
de Maria das Virgens Arruda Vasconcelos. MARIA DE JESUS
VASCONCELOS ARRUDA (Tn. 141.), Prenda do Lar, filha de Antônio
Araújo Vasconcelos e de Maria das Virgens Arruda Vasconcelos.
Nasceu em Massapê a 24 de setembro de 1920. Dedicou sua vida ao
lar e a família, extensiva a todos seus irmãos. Sendo a filha primogênita
auxiliou ainda como criança sua mãe nos afazeres de casa. Antônio
Araújo, seu pai, homem nordestino criador de gado, rúde de poucas
letras, de estatura alta, bem acima da média dos seus familiares, era
temido pelos filhos, como contar minha dóce e adorável mãe. Mas, ela
sabia bem com se relacionar com ele, mesmo sabendo que suas
atitudes, eram muitas vezes assustadoras, de “ homem Vaqueiro” na
lida do dia a dia com os animais. Lembro-me de minhas poucas estadias
89
Antônio Araújo de Vasconcelos, n. a 10/05/1890, em Massapê, e falecido a 21/07/ 1974, em
Sobral. Agropecuarista, fiilho de Miguel Araújo de Vasconcelos e de Francisca Cândida Dias. Casou-se
com. Maria das Virgens Arruda, n a 15/08/1896, na fazenda Oiticará em Massapê, CE. e falecida a
05/03/1951, em Massapê , filha de Antônio Florêncio de Arruda e de sua segunda mulher Filomena Ribeiro
da Ponte, n. a 12.05.1890, filha de Vicente Ferreir da Ponte e de Francisca Maria do Espírito Santo Ribeiro (
Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas, Tomo II).
145
Dicionário Biográfico - Família Arruda
em sua casa, que ainda muito cedo no ordenhamento das vagas, o
rítmo era acelerado, e as coisas tinham que ser justas no tempo, sem
atraso. E ela desde de garota era como que sua principal ajudante na
empleitada. Minha mãe mulher muito destemida, e sempre muito
amável com os filhos e esposo. Acolheu a todos os irmãos em sua casa
e os auxiliou como pode. Mulher de dote e dons espirituais, que ela
mesma desconhecia como aconteciam tais premunições, comprovadas
por todos nós.
Católica fervorosa. Costumava tirar o terço sempre no final da
noite, quando convidava as almas, segunda ela, para lhe acomapnhar
em suas orações. Em suas orações sempre lembrava os entes queridos
que haviam passado desta a outra vida, pela saúde do esposo sempre
muito frágil e a guarnição de seus filhos. Soube manter a união e a
harmonia de seus nove filhos, sendo cinco homens e quatro mulheres.
Todos bem casados e com vida profissional. Sem maiores dificuldades
na vida. Estava sempre alegre, com energia sempre positiva,
encorajando os filhos para a vida. Nas enfermidades dos filhos sempre
se manteve muito presente e segura nos tratamentos medicinais
caseiros, em que colocava muita fé. Muitas vezes acontecia de dois a
três de seus filhos serem acometidos de enfermidades e ela alí
presente. Sua presença sempre nos dava muito segurança,
principalmente quando estávamos acometidos de alguma
enfermidade. Nossos médicos de cabeceira era o Dr. Antônio Custódio
de Azevedo e Dr. Grijalba Mendes Carneiro, e os enfermeiros senhor
Inácio Rodrigues Lima, Sr. João enfermeiro auxiliar do Dr, Antônio
custódio e o Bernardo Félix (Dr. Biná), bem com meu padrinho de
crisma, Edmílson Frota Carneiro, nosso vizinho. Tia Maria de Jesus e tio
Araújo as vezes lhe auxiliava com alguma aplicação de injeções.
Mantinha boa relação com todos os vizinhos da praça do
Patrocínio, onde morávamos, bem como com os filhos, noras, genros,
sobrinhos e seus trinta e três netos, e todos lhe adoravam, a
chamavam de “ vozinha Maria”.
146
Dicionário Biográfico - Família Arruda
D. Maria, como também, as vezes a chamava, foi uma mãe muito
presente em na vida dos filhos, haja vista, as viagens constantes de
meu pai e seus afazeres comerciais e na luta pela sobrevivência.
Manteve firme, mesmo quando viúva, até os seus oitenta anos de vida,
quando foi supreendida com a doença do século, e passou dois anos
sofrendo sem demonstração sempre na esperança de sua cura, pela fé
que mantinha em Jesus e nos seus Santos prediletos. Veio a falecer no
dia 15 de dezembro de 2003, em Fortaleza, com oitenta e dois anos de
idade.
FRANCISCO LINHARES ARRUDA FERREIRA GOMES (Pn. 734), Biólogo,
filho de Francisco José Ferreira Gomes e de Maria da Conceição
Arruda Ferreira Gomes. Nasceu em Fortaleza a 31 de outubro de
1965. Biólogo formado pela Universidade Federal do Ceará, em 1988.
Especialista em Biotecnologia Moderna pela UFRGS - Porto Alegre
1990. Aperfeiçoamento em Química de Proteínas pela UFRGS - Porto
Alegre 1990. Mestre em Tecnologia de Alimentos pela UFC – 1955.
Professor de Nutrição UVA, 1994. Professor Visitante de Biologia
Molecular, Genética e Evolução na UECE desde 1994. Estágio no
Laboratório de Medicina e Biologia della Riproduzione do European
Hospital Roma, Itália - 1998. Especialista em Reprodução Humana
Assistida pela Universitat’degli Studi de Roma - La Sapienza - Itália1998. Assessor Científico da SEAGRI: Secretaria da Agricultura
Irrigada do Ceará, 1999 - 2001. Pós-graduação em Biotecnologia
Vegetal na Universidade de Munster Alemanha, 2002. Biólogo
Consultor da Bios - Centro de Medicina Reprodutiva para Fortaleza,
Natal e João Pessoa, 1998. Professor Assistente V de Genética e
Evolução da UECE desde 2003. Mais de trinta (30) trabalhos
apresentados em congressos nacionais e ou internacionais.
Doutor em Bioquímica, UFC 2004. Treinamento em
Neurobiologia Celular no IRCM Institut de Recherches Clinique de
Montreal, Canadá 2005. Casou-se em Fortaleza a 15/04/1990, com
Rafaela Nóbrega Teixeira Ferreira Gomes, n. a 29/10/1969, psicóloga
147
Dicionário Biográfico - Família Arruda
pela Universidade Federal do Ceará, Francisco Nóbrega Teixeira90 e
de Ivelise Silva da Nóbrega Teixeira.
FRANCISCO MILTON ARRUDA DE FIGUEIREDO (Qn. 251.), filho de
João Vidal Figueiredo e de Maria Úrsula Arruda Figueiredo ( Tn.122).
Nasceu em Fortaleza a 25 de novembro de 1939. Casou-se com
Maria José Timóteo Figueiredo, n. a 08/09/1939. Funcionária do
Banco do Nordeste no Estado do Ceará, filha de Adérson Timóteo
Ferreira e de Amália Costa Figueiredo. Casou-se em 2ªs núpcias com
Teresa Andrade de Figueiredo, n. a 26/08/1969, filha de José
Andrade dos Santos e de Maria Nair Andrade dos Santos.
FRANCISCO NELSON ARRUDA (Tn.323.) nascido em Massapê; filho de
João Tibério Arruda (Bn.76.) e de.................................... Casou-se a
12/06/1912 em Massapê com Maria Amelina Pontes Arruda n.
16/05/1889 em Massapê e falecida a 27/10/1972 em Fortaleza, filha
de Francisco Ferreira da Ponte91e de Raquelina Maria Arruda Ponte (N.
29).
FRANCISCO NELSON ARRUDA (Bn.76.), Funcionário Público, filho de
Francisco Nelson Arruda (Bn.76.) e de Maria Amelina Pontes
Arruda.Natural de Massapê nascido a 6 de dezembro de 1919 e
falecido em Fortaleza a 3 de maio 1996. Funcionário administrativo da
Secreataria da Segurança Pública e Defesa Social, vinculado ao
Departamento de Identificação. Um vida dedicada ao trabalho. Teve a
oportunidade de servir a muitos amigos e denodadamente à familia. Ali
desempenhou suas atividades com muita habilidade como profundo
90
Francisco Nóbrega Teixeira, n. a 07.12.1937. Diplomado em Medicina pela Universidade
Federal da Bahia, em 1962 com formação em psicanálise no Rio de Janeiro. Casou-se com
Ivelise Silva da Nóbrega Teixeira, formada na Faculdade de Letras da UNIFOR.
91
Francisco Ferreira da Ponte, ;casou-se a 14/07/1874 com Raquelina Maria Arruda Ponte
n. a 15/02/1856, em Massapê /12/ e fal., a 12/08/1938, filha de João José de Arruda e de sua
primeira mulher Maria Quitéria de Jesus Aguiar (filha de Narciso Lopes de Aguiar e de Maria
Quitéria de Araújo Costa ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol III, Os
Arrudas Tomo III, pg 763, 3ª Edição).
148
Dicionário Biográfico - Família Arruda
conhecedor do trabalho que desenvolvia. A família Arruda e Colônia
Massapeense lhe rendem esta pequena homenagem, pelos relevantes
serviços a elas prestados. Casou-se a 25/10/1942, com Maria Zuleide
Arruda n. a 14/04/1925, em Massapê e falecida a 04/06/ 2000, em
Fortaleza, filha de Francisco das Chagas Arruda e de Maria José Arruda
(Maroca).
FRANCISCO OSMAN PONTES FILHO (Qn. 1118.), Médico Veterinário, n. a
09/10/1947; filho de ................. . Formado pela Universidade Estadual do
Ceará, em Veterinária. Funcionário da EMATERCE, sediado em Fortaleza;
casou-se a 30/07/1977 com Maria Kátia Bulcão Lousada, nascida a
22/06/1954, filha de Manoel Gonçalves Lousada e de Maria Zuila Bulcão
Lousada.
FRANCISCO OSMAR DE SOUSA ARRUDA (Pn.770), Médico,filho de
José Osmar Arruda Figueiredo (Qn.247) e de Onélia de Sousa Arruda,
n. a 11/04/1957. Foramdo pela Faculdade de Medicina da
Universidade Federal do Ceará. Solteiro.
FRANCISCO OSMUNDO PONTES (Tn.436.), Juiz e Escritor, n.a
04/11/1920, no Município Rio Purus (AM) e faleceu em 1995, em
Fortaleza. Era filho de José Manasés Pontes (Bn.101) e de Maria Edite
Sabino Pontes. Radicado no Ceará ainda criança, bacharelou-se em
Direito pela Faculdade de Direito do Ceará, em 1945. Teve destacada
atuação como jornalista, fundando e dirigindo a Revista
Contemporânea e o jornal Diário da Tarde, além de ter colaborado
com vários outros jornais, como O Povo. Foi juiz do Tribunal Regional
do Trabalho, sócio honorário do Instituto do Ceará, da Academia
Amazonense de Letras, Academia Maranhense de Letras e do
Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão. Foi membro, ainda, da
Academia Cearense de Letras e da Academia Cearense de Retórica.
Publicou, entre outras obras, Notícia Histórica de Massapê (1945),
149
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Portugal e Outras Pátrias (1986), China: Homem e Paisagem (1988) e
Portugal dos Meus Amores (1989). Estabeleceu, no seu testamento,
que parte de seu espólio deveria ser utilizado para a instituição de
um prêmio literário anual, a ser concedido pela Academia Cearense
de Letras. Surgiu, então, o Prêmio Osmundo Pontes; casou-se com
CIBELE VALENTE. PONTES, filha de José Gomes Valente92e de Anísia Feijó
Valente.
FRANCISCO RAIMUNDO PONTES FIGUEIREDO (CANUTO) (Qn. 1361.)
n. a 27/11/1935, em Sobral e faleceu a 28/10/1990, em Fortaleza;
filho de Francisco Raimundo Figueiredo (Tn.527) e de Maria Pontes
Figueiredo. Casou-se com Maria de Lourdes Medeiros Figueiredo
(Dudu), n. a 07/07/1934, em Camocim , filha de Pedro do Nascimento
Medeiros93e de Maria das Graças Medeiros.
FRANCISCO RANGEL PARENTE (Tn. 57), Empresário, nasceu em
Sobral a 24 de agosto de 1887, filho de Raimundo Gomes Parente e
de Lavínia do Nascimento Parente. Fez os estudos primários e de
humanidades, com o Professor Vicente Ferreira de Arruda, em sua
terra natal. Iniciou-se na vida comercial como empregado e a partir
de 1908 passou à categoria de sócio da firma Osvaldo Rangel &
Irmão. Foi por duas vezes eleito Vereador à Câmara Municipal de
Sobral, nos governos do Dr. Moreira da Rocha e Dr. Francisco
Menezes Pimentel, sendo que no último exerceu as funções de
Presidente da Câmara por dois anos. Foi sócio da Associação
Comercial, do Grêmio Recreativo Sobralense e do Sobral Atlético
Clube. Foi uma figura por demais destacada na sociedade
José Gomes Valente, filho de Artur Gurgel Valente e de Filomena Elvira Gomes.
;casou-se com Anísia Feijó Valente (Apud Amaral, A. G. – Na Trilha do Passado –
Genealogia da Família Gurgel, Fortaleza.
92
93
Pedro do Nascimento Medeiros, n. a 25/12/1905, filho de João Paulo Medeiros e de Maria do
Patrocínio de Arruda Medeiros. Casou-se com Maria das Graças Medeiros, n. a 24/05/1909, filha
de Miguel Francisco do Carmo e de Raimunda Arruda do Carmo (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol III, Os Arrudas, Tomo V, pg 1036)
150
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Sobralense. Casou-se a 06/10/1917, com Maria Bemvinda Cialdini
Parente (Nina), n. a 14/03/1889, filha de Miguel Cialdine da Frota94 e
Safira de Almeida Cialdine. Sem sucessão.
FRANCISCO RÉGIS PONTES VIDAL (Qn. 1044.), Industrial e Hoteleiro,
nascido a 21 de fevereiro de 1939 em Fortaleza; filho de José Alencar
Vidal (Tn.402) e de Francisca Alda Pontes Vidal. Neto paterno de
Francisco Ferreira Vidal e de Francisca Umbelina Lopes Vidal, e pelo
lado materno de Francisco Ferreira da Ponte e de Raquelina Maria
Arruda Pontes. Casou-se com Rosemarie Dias de Carvalho Vidal n. a
27/12/1941 em Fortaleza, filha de Francisco Dias de Carvalho e de
Laís Duarte Dias Carvalho.
FRANCISCO ROBERTO BARBOSA DE ARRUDA (Qn.137), Químicoindustria; nascido em Fortaleza a 29 de julho de 1944; filho do Dr.
Raimundo Leopoldo Coêlho de Arruda Filho (Arrudinha) (Tn.55) e
Irene Barbosa de Arruda. Formado pela Universidade Federal do
Ceará; Pós-graduação em Engenharia Nuclear pelo Instituto Militar
de Engenharia (I.M.E.). Casou-se com Cássia Azevedo Fernandes, n.
29/09/1953, em Pirapora (MG), formada em Estudos Sociais pela
Universidade Católica de Minas Gerais, com especialização em
Geografia.
FRANCISCO SOARES ARRUDA (Tn. 273.), Assessor Parlarmentar, nascido
a 27 de setembro de 1920 em Fortaleza; filho de Jeremias Gervásio
Vasconcelos Arruda (Bn.69) e de Margarida Soares Bezerra. Foi
Assessor do Senado Federal durante um longo período de vida
profissional. Tive a oportunidade de conhecê-lo em Brasília, onde fez
uma recepção com a família para apresentar o primeiro livro que havia
94
Miguel Cialdine da Frota, n. a 24/08/1856, em Santana do Acaraú e fal. em Sobral a
17/10/1920, filho de Francisco Ferreira da Ponte e de Isabel Genuína da Frota, casou-se a
02/01/1884 com Safira de Almeida Monte, filha de Francisco de Almeida Monte e de Amélia
Rosemunda de Almeida Monte. O sobrenome Cialdine foi-lhe dado quando aluno da Escola do
Pe. Antônio Fialho.( Apud Araújo, Sadoc- Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 40).
151
Dicionário Biográfico - Família Arruda
escrito sobre a família Arruda. Pessoa distinta com largo princípios e de
uma educação esmerada. Um cavalheiro de finos tratos. Um cidadão no
sentido lato da palavra. Casou-se a 31/05/1946 no Rio de Janero com
Célia Itagyba Arruda n. a 21/06/1922 em São João Nepomuceno
(MG), filha de Plínio Nogueira Itagyba e Maria do Carmo Motta Itagyba.
FRANCISCO VASCONCELOS ARRUDA (Tn. 126.), Empresário e
Político, filho Ricardo José Aguiar de Arruda (Bn.43) e de Teodoro
Carminda Araújo Arruda. Nasceu em Massapê a 27 de março de
1910. Iniciou as primeiras letras, com a professora particular Neném
Arruda e o professor Antônio Severino de Vasconcelos. Estudou
escrituração mercantil com o Prof. Olímpio Aguiar. Veio para
Fortaleza nos fins de 1924, onde trabalhou como auxiliar de contador
na firma J. Arruda Irmão e como contador na firma exportadora
Alfredo Fernandes e Cia. Concluiu os seus estudos contábeis no
Colégio Cearense e o Curso Secundário no Educandário Cearense e
Colégio São João. Posteriormente, formou-se em Contabilidade pelo
Colégio Fênix Caixeiral e em Ciências Jurídicas e Sociais pela
Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará, no ano de
1943. Sócio da Firma Sousa Fernandes & CIA Exportação, na cidade
de Ipaumirim. Presidente das Indústrias Reunidas do Nordeste S/A,
com sede em Baixio. Ingressou na política em 1945, candidato a
Deputado Federal pelo Partido Social Democrático - PSD, ficando em
lª suplência, não chegou a exerceu o mandato. Em 1954, candidatouse a Deputado Estadual pelo PSP, ficando em 1ª suplência, assumindo
logo em seguida a cadeira de Deputado.
Em 1958, foi reeleito a Deputado Estadual, sendo que nas
eleições seguintes foi novamente reeleito, ficando como Deputado
Estadual até 1965. Quando ainda estudante foi o Idealizador do
Centro Estudantil Cearense, o qual presidiu durante 10 anos.
Fundador da Casa do Estudante Pobre do Ceará. Era portador da
Carteira nº. 14 da Associação Cearense de Imprensa, datada de
27/11/1934, por ocasião da gestão dos Jornalistas; Perboyre e Silva,
152
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Clóves Alencar Mattos e Clóvis Barros. Presidente do Centro
Massapeense durante vários anos. Diretor do Colégio Fênix Caixeiral.
Dirigiu o Departamento do Serviço Público na gestão do Governador
Raul Barbosa. Líder político nas cidades de: Ipaumirim, Baixio e
Umirim de 1940 a 1972.
Em 1964, com o advento da Revolução teve o seu mandato
político cassado pela Assembléia Legislativa. Tinha ele em mãos um
documento da 10ª Região Militar que comprovando que nada existia
contra ele naquela Unidade Militar. Passou dias de muito sofrimento
diante do tremendo golpe deferido pelos colegas na sua ilibata
conduta política e formação moral enaltecida por todos os seus pares
e familiares. De moral abatida diante do acontecido deprimiu-se
levando uma vida de reclusão no hotel Fortaleza, onde residia.
Mesmo assim ainda exerceu o cargo de contador da Maternidade
Escola Assis Chateaubriand e da Casa de Saúde São Raimundo.
Tendo falecido no dia 23 de outubro de 1973, em Fortaleza em
consequência do golpe deferido pelos políticos interessados no seu
afastamento do cargo e da política. Solteiro.
FRANCISCO VASCONCELOS DE ARRUDA SOBRINHO (Qn. 279.),
Advogado, filho de Miguel Vasconcelos Arruda (Tn.128) e de
Francisca Ferreira Arruda. Nasceu em Ipaumirim (CE) a 2 de fevereiro
de 1949. Formado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de
Direito de Sousa, PB. Diretor Comercial e Assessor Jurídico da Rádio Vale
do Salgado, em Lavras da Mangabeira . Casou-se duas vezes. A 1ª, com
Francisca Pessoa Dutra. A 2ª, com Mariene Alves Gurgel, n. a 03/03/1967.
Do seu enlace matrimonial com Francisca Pessoa nasceu o filho Miguel
Henrique Pessoa Arruda. Do seu segundo matrimônio nasceram três
filhos: Miguel Vasconcelos de Arruda Neto; Mariane Gurgel Vasconcelos
de Arruda e Francisco Vasconcelos de Arruda Júnior.
FRANCISCO WALDINY SOARES ARRUDA (DIL) (Tn. 453.), Servido
Público, nascido a 14 de setembro de 1936, em Massapê; filho de João
153
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Sigefredo Arruda (Bn.104), que foi comerciante em Massapê, e de Maria
Creusa Soares Arruda. Funcionário aposentado do Departamento dos
Correios Telégrafos, em Massapê. Casou-se a 21/05/1955 em Massapê
com Margarida Vasconcelos Marques n. a 07/06/1937, em Massapê, filha
de José Gerardo Marques95 e de Maria do Carmo Vasconcelos Marques.
FRANCISCO WILSON ARRUDA LINHARES (Pn.1430.) filho de João
Batista Linhares Neto ( João Chicuta) e de Maria Salete Arruda
Linhares (Qn.1262). Natural de Sobral, nascido a 26 de agosto de
1965. Foi Vereador pela Câmara Municipal de Sobral. Casou-se a
30/05/1993 com Rita Julieta Osterno Moreira Linhares, filha de
José Odilardo Moreira e de Maria do Socorro Osterno Moreira.
GALBA MÁRIO DE VASCONCELOS OLÍMPIO (Gêmeo) (Qn. 370.), filho
de Antônio Lisboa Olímpio e de Francisca Vasconcelos Olímpio
(Tn.148). Nasceu em Massapê a 10 de abril de 1956 , casou-se a com
Albertina Santos Olímpio.
GENTIL CARDOSO LINHARES (Qn.199) filha do capitalista Luís Maria
Arruda Linhares (Tn.102) e de Alda Cardoso Linhares. Nasceu em
Crateús (CE) a 19 de junho de 1943 e faleceu na mesma cidade, em
1968, casou-se a 10/06/1965 com Valdênia Ximenes Linhares, n. a
31/03/194_ filha de José Ximenes de Aragão96 e de Joana de Melo
Ximenes. Do enlace matrimonial nasceu Maria do Socorro Ximenes
Linhares casada com Antônio Liberato Melo Bandeira.
95
José Gerardo Maques n. a 24/09/1914, em Massapê /12/, filho de José Águido Marques e de Isabel
Lourdes Marques. ;casou-se três Vezes, a 1ª com Maria do Carmo Vasconcelos Arruda, a 2ª, a
07/11/1940 com Lucília Vasconcelos Marques,n. a 16/11/1917, filha de João Thomaz de Vasconcelos
e Maria Gerviz Vasconcelos, a 3 ª, com Maria de Fátima Cavalcante Marques, filha de Antônio de Lira
Cavalcante e Risalva Nogueira Lira ( Apud Arruda, F. A.V. & Carvalho, Evilásio – Cronologia
Genealógica Massapeense, no prelo).
96
José Ximenes Aragão, n. a 28.10.1903, casou-se com Joana de Melo Ximenes,
n. a 30.03.1910, filha de Francisco Ferreira da Silva (Francisco Cabeludo) e de
Dorçulina Maria de Melo, esta em 3ª núpcias ( Apud Torres, Ismar de Melo
Geneagrafia e História de Crateús, 2ª Edição, Fortaleza , 1996, pg 166)
154
Dicionário Biográfico - Família Arruda
GENTIL CARDOSO LINHARES NETO (Sn.593), Acadêmico de Medicina,
filho de Antônio Liberato Melo Bandeira e de Maria do Socorro
Ximenes Linhares ( Pn.551). Nasceu a 5 de maio de 1984 e faleceu,
vítima de um acidente automobilista, Casou-se a 20/12/2005 com
sua prima Suely Cavalcante Cardoso Linhares, n. a 16/05/1980, filha
de Antônio Cardoso Linhares e de Maria Vera Lúcia Cavalcante
Linhares.
GENTIL EVARISTA LINHARES (Pn.556), Empresário, filho de Fernando
Cardoso Linhares (Qn.178) e de Luísa Milcar Evarista Linhares. Neto
paterno de Luís Maria Arruda Linhares e Alda Cardoso Linhares.
Casou-se em Fortaleza com Lia Ferreira Gomes, filha do Dede
Ferreira Gomes e de .............................
GEORGINA ARRUDA PONTES (Tn. 519.) nasceu em Massapê, no dia 3 de
março de 1915, era filha de Antônio Barreto de Arruda (Bn.127) e de
Carolina Amélia Arruda. Fez seus estudos do curso fundamental na sua
cidade natal. Em 1932, aos 17 anos, na flor de sua juventude, mudou-se
para a capital cearense na companhia de seus pais, aí casou-se a
14/02/1936, com 21 anos com Vicente de Araújo Pontes97, n. em
15/02/1912, em Russas e faleceu em Fortaleza, em 12 de junho de 1995,
97
Vicente de Araújo Pontes, teve um relacionamento conjugal com Alaíde Leite da Silva, do qual
nasceu um filho Walmir Leite Pontes, n. em 09.10.1953, em Fortaleza , Médico, clínico geral, casado,
em 30.03.1978 com Telma Oliveira de Almeida Pontes, nascida em 04.04.1952, em Quixeramobim ,
Engenheira Elétrica. Atualmente gerencia a Clínica Prontomed, da qual é sócia com seu esposo, e
trabalha no hospital Infantil de Quixeramobim , filha de José Teógenes Lemos de Almeida e de Maria
Consuelo Oliveira de Almeida. Walmir Leite Pontes foi apresentado a Dona Georgina Arruda Pontes,
esposa de Vicente Pontes, após o falecimento do Marido, e de quem recebeu o melhor acolhimento,
considerando-o, desde o primeiro momento, como mais um dos seus filhos. Os irmãos, numa atitude
belíssima de compreensão e carinho, têmo-no como verdadeiro irmão, numa integração familiar
perfeita. Foi mais um membro que se incorporou a um dos segmentos da família Arruda. Walmir Ponte
e Telma, tiveram três filhos: (1) Consuelo Oliveira Pontes Lobo (Sula), nascida em 26.12.1979, em
Fortaleza, casada, em 21.06.2002, com José Cavalcante Lobo filho, filho de José Cavalcante Lobo e de
Maria Geni de Oliveira Lobo, pais de um filho, Juan Pontes Lobo; nascido em 14.12.2002, em Fortaleza
. (2) Alaíde Oliveira Pontes, n. em 08.06.1982, em Fortaleza , formada em Comunicação Social, pela
UNIFOR. Empresária.; (3) Walmir Leite Pontes Filho, n. em 2101.1986, em Fortaleza , atualmente
cursa Mnedicina na Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte . (Apud Pereira, Danilo – Memorial
Genealógico- Família Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg148).
155
Dicionário Biográfico - Família Arruda
filho de José Zeferino Pontes98 e de Jovita de Araújo Pontes. Vicente
Pontes foi funcionário público civil do Ministério da Marinha, onde
trabalhou, como intendente taifeiro, na Escola de Aprendizes
Marinheiro, no bairro de Jacarecanga, até se aposentar. Pais de: Antônio
Airton Pontes; Francisco Arruda Pontes;Maria do Socorro Arruda
Pontes; Messias Arruda Pontes; José Alberto Arruda Pontes; João Batista
Arruda Pontes; José Maria Arruda Pontes e Lúcio Flávio Arruda Pontes.
GERALDO RIBEIRO DE ARRUDA (Qn. 223), funcionário público, filha
de Cândido Ferreira de Arruda (Tn.106) e de Raimunda Ribeiro de
Arruda. Nasceu em Belém (PA) no dia 5 de novembro de 1944.
Funcionário da IPLAC, corretor de imóveis. Casou-se a 21/06/1966,
em Fortaleza e separou-se de Maria Ledice Jorge Arruda , n. a
15/09/1946, filha de Jorge de Melo e de Aretusa de Jorge Melo.
Mantém uma União Estável com Maria do Céu Félix, n. a 25/02/1945
, filha de Vicente Félix do Nascimento e de Cosma Raimunda do
Nascimento.
GERALDO VASCONCELOS ARRUDA NETO (Pn..853.), Engenheiro Elétrico,
filho de Raimundo Nonato Campelo Arruda (Qn.286) e de Francisca
Menezes Arruda. Nasceu no Estado do Maranhão, a 18 de abril de
1980. Formado em Engenharia Elétrica com modalidade em
Eletrônica pela Universidade de Tecnologia do Amazonas (UTA).
Possui mestrado em Engenharia Elétrica, na área de Controle, pela
COP- RJ.
98
José Zeferino Pontes, natural de Russas, falecido em Fortaleza, em outubro de 1958, casou-se com
Jovita de Araújo Pontes, natural de Russas e falecida em Fortaleza, em Março de 1957, filha de Luiz
Aureliano de Araújo e de Senhorinha Leonila de Araújo ( Lulu e Mãe Sorinha). José Zeferino e Jovita de
Araújo, pais de Vicente Pontes tiveram 12 irmãos, entre os quais Francisca Pontes Bezerra, Dona
Chiquinha, casada com Francisco Nogueira Bezerra, pais de Artur Pontes Bezerra, que é o marido de
Totinha; Guiomar Pontes Leite –Babá, casada com Manoel Leite Cavalcante; José de Araújo Pontes –
Té, foi por muito tempo vereador à Câmara Municipal de Fortaleza, casado com Nadir Bezerra Pontes;
e mais, Bernadete, Luiz, Plínio, Lourdes, Raimundo, Gerardo e Cecília, Francisco e Luiz (Apud Pereira,
Danilo – Memorial Genealógico- Familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg117).
156
Dicionário Biográfico - Família Arruda
GERARDO ARRUDA (Qn.1255.), filho de Argemiro Arruda (Tn.509) e
de Maria do Libvramento Silva Arruda. Nasceu em Sobral a 17 de
março de 1924 e faleceu em Fortaleza. Foi comerciante que foi em
Sobral, com estivas e miudezas, proprietário da firma Gerardo
Arruda & Cia, nos anos 1944 a 1947. Casou-se com Albaneza
Albuquerque Arruda, n. a 14/12/1991 e falecida, filha de Edmundo
Queiroz de Albuquerque99 e de Albertina Ximenes de Albuquerque.
GERARDO DE MAGELA VASCONCELOS ARRUDA (Qn. 235),
Empresário, filho de Francisco Linhares Arruda (Tn.111) e de Maria
de Jesus Vasconcelos Arruda. Nasceu em Crateús (CE) no dia 18 de
dezembro de 1944. Técnico em contabilidade pela Escola Técnica de
Comércio Dom José. Em 1976 concluiu na Universidade Vale do
Acaraú, o curso de Enfermeiro Obstetra. Concluiu ainda: Programa de
Assistência à Pequena e Média Indústria do Nordeste, na
Universidade Federal do Ceará, em Fortaleza-Ce, Recursos Humanos,
Administração, Comunicação, Psicologia e lnteligência Emocional,
ministrado pelo médico Argentino Professor Mário Koziner. Iniciou a
sua vida profissional, como “office-boy” em 1956 com apenas 12
anos, na empresa da Viúva Pedro Aguiar Carneiro. Em 1975 assumiu
a empresa CAPASA como Diretor Industrial, depois diretor
administrativo. Teve como funções extra-profissionais: Membro do
Corpo de Jurados da Comarca de Sobral. Juizado de Menores. Diretor
Secretário da CDL de Sobral. Diretor social e presidente do Lions
Clube Sobral Caiçara. Presidente de Divisão do Lions Clube L-15.
Representante da Coordenação do CMDS (Conselho Municipal
de Sobral) nos segmentos sociais. Idealizador e fundador da
Associação Comunitária dos moradores da Boa Vista, em Meruoca.
Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Sobral-Ce (CDL)
Participou de inúmeros encontros e seminários dos setores: sociais e
empresariais. Publicou vários artigos em jornais locais sobre temas
99
Edmundo Queiroz de Albuquerque
157
Dicionário Biográfico - Família Arruda
sociais. Recebeu o titulo de honorífico de cidadão sobralense,
outorgado pela Câmara Municipal de Sobral, homenagens da APAE
(Associação dos Pais e Amigos excepcionais) e o Certificado de
Participação Amigos do Rotary. Atualmente exerce atividades de
interesse público como: Conselheiro da Associação comunitária dos
moradores da Boa Vista, representante dos clubes de Serviço no
CMDS (Conselho Municipal de Sobral). Membro do Conselho
Municipal do Trabalho (COMUT). Secretário da Câmara de Dirigentes
Lojistas de Sobral - CDL. Segundo vice-presidente da Federação da
Câmara dos Dirigentes Lojistas do Ceará - FCDL. Atualmente, suas
principais atividades profissionais são: Sócio da empresa MACROL
Indústria e Comércio Ltda; da empresa Ponto Dez - Comercial Ltda.
Está desenvolvendo no momento um projeto de estímulo e resgate
dos talentos adormecidos, na criação de emprego e renda familiar,
promovendo o Auto Emprego com o incentivo ao trabalho em casa,
onde pretende exercer uma nova profissão “Empreendedor Social”.
Após algum tempo volta de labuta no comércio é convidado pela
filha a trabalhar com ela na “ Empresa Sim Soluções” com Gerente
Financeiro, em Fortaleza. Nesta oportunidade realizou o curso de
MBA pela Fundação Dom Cabral em Planejamento Estratégico, em
2008. Casou-se a 25/05/1968, em Sobral , com Maria de Lourdes do
Carmo Arruda, n. a 15/12/1948 em Sobral . Empreendedora, dotada
de muitas habilidades, com atelier em confeções e outras atividades,
filha de Luís José Ponte do Carmo100 e de Benedita Eurídice Pinheiro
do Carmo ( D. Eurídice).
100
Luiz José do Carmo, n. a 20/05/1917 em Massapê e faleceu a 10/03/2005 em Sobral , filho
de Joaquim Francisco do Carmo e de Maria do Carmo da Ponte (Maria Pontes do Carmo),
Casou-se a 08/03/1948 em Massapê com Benedita Eurides Pinheiro da Rocha ( Benedita
Eurides Pinheiro do Carmo), n. a 11/11/1921, em Granja e faleceu a 22/01/2003 em Soabral ,
filha de Raimundo Pinheiro da Rocha e de Raimunda Irinéa da Rocha ( Apud Arruda, F.A.V.&
Carvalho, Evilásio – Cronologia Genealógica Massapeense, prelo)
158
Dicionário Biográfico - Família Arruda
GERARDO DE MAGELA VASCONCELOS ARRUDA FILHO (Pn. 738),
Representante Comercial, filho de Gerardo Magela Vasconcelos
Arruda (Qn.235) e de Maria de Lourdes do Carmo Arruda. Nasceu em
Sobral a 20 de abril de 1969. Formado em Matemática, pela
Universidade do Vale do Acaraú. Casou-se a 12/02/1999, em Ubajara
e separou-se de Ana Cristina Coutinho Parente, n. a 23/05/1974, em
São Paulo (SP), formada em Pedagogia pela Universidade Vale do
Acaraú (UVA), filha de Francisco Célio Parente101 e de Enilde Coutinho
Parente. Em 2ª núpcias com Jéssica Teles dos Santos, n. a
09/03/1985, em Manaus (AM), acadêmica de Administração de
Empresas, filha de Cristóvão Lima dos Santos e de Lucelina Moreira
Teles.
GERMANA MARIA PEREIRA RODRIGUES (Pn. 1634). Odontóloga,
nasceu em Fortaleza, a 13 de abrail 1981, filha de José Milton
Rodrigues (Qn......) e de Maria Inês Pereira Rodrigues. Formada em
Odontologia, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em 2003.
Concluiu o curso de francês, em 2004, na Casa de Cultura Francesa da
UFC. Especialização em Programa de Saúde Família. Atualmente
trabalha no Sistema Prevident de Saúde Odontológico. Solteira.
GERMANO SILVEIRA DE SIQUEIRA (Pn. 402), Advogado, filho de José
Maria Pacheco de Siqueira e de Ioneide Silveira Siqueira (Qn.205),
ambos de Viçosa do Ceará. Nasceu em Fortaleza a 26 de junho de
1964. Formado em Direito pela Universidade Federal do Ceará. Juiz
Trabalhista. Casou-se a 09/01/1993 com Sandra Helena Barros de
Siqueira, formada em Direito pela Universidade Federal do Ceará.
Juíza Trabalhista, filha de Francisco das Chagas Barros e de Eleomar
Oliveira Barros.
101
Francisco Célio Parente, filho de José Belarmino Gomes Parente e de Felina de
Azevedo Parente (filha de Antônio Custódio de Azevedo e Regina Parente Azevedo). Cit. Pg
498 Gomes Parente Tomo V.
159
Dicionário Biográfico - Família Arruda
GERVÂNIA CAVALCANTE VASCONCELOS MELO ( Pn.1779.), Advogado,
n. a 08/07/1983, em Massapê; filha de Getúlio Azevedo Vasconcelos
(Qn.205) e de Vânia Cavalcante Vasconcelos. Formada em Direito pela
Faculdade do Christo, em Fortaleza. Exerce suas atividades como
Advogada em Fortaleza. Casou-se a 26/07/2008 com Rômulo Marques
Oliveira Melo, n. a 23/12/1977, filho de João de Oliveira Melo e de
Maria Marques de Oliveira.
GETÚLIO AZEVEDO VASCONCELOS (Qn. 1443.), Comerciante, nasceu em
Massapê,. a 30 de novembro de 1949, em Cariré; filho do comerciante que
de destacaque inicialmente em Cariré e posteriormente e Massapê João
Thomaz de Vasconcelos ( Tn.535) e de Francisca Adélia Azevedo
Vasconcelos. Exerce suas atividades comerciais no Município de Massapê,
no Mercado Central. Membro ativo da Maçonaria.. Sempre que vou a
Massapê realizar uma pesquisa genealógica, tenho recorri seus préstimos,
que nos atende prontamente. Cidadão pacato e bem conceituado na sua
cidade natal. Tenho por ele um grande apreço e lhe sou muito grato pela
atenção que vem me dispensando. Casou-se em Massapê a 28/07/1982
com Vânia Cavalcante Vasconcelos, n. a 01/02/1956, em Massapê, filha de
Francisco das Chagas Cavalcante (Lira)102e de Margarida Adeodato
Cavalcante.
GILDA BEATRIZ DE ALMEIDA E PONTES VIEIRA (Pn.270), Engenheira
Civil, nascida em Fortaleza a 24 de novembro de 1957, filha do Dr.
Trajano Augusto de Almeida e de Alice Frota Almeida (Qn.122).
Formada em engenharia civil pela Universidade de Fortaleza Unifor, em 1982. Trabalha na EMLURB, lotada na SER II. Casou-se
em Fortaleza a 05/02/82 com Carlos Henrique de Pontes
Vieira, Administrador de Empresas e Advogado, nascido em
Fortaleza a 8 de março de 1953. Fformado em
102
Francisco das Chagas Cavalcante (Lira), n. a 22.12.1923, em Massapê , filho de João de Lira
Cavalcante e de Luiza Pereira Cavalcante. Casou-se a 06.07.1952, em Massapê , com Margarida Maria
Adeodato Cavalcante, n. a 14.12.1928, filha de José Adeodato Ferreira e de Maria Estelita Adeodato (pp).
160
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Ceará
(UECE) em 1978 e em Direito pela Universidade de Fortaleza - Unifor
em 2003, Trabalha na Clinica Trajano Almeida, filho de Dante Costa
Lima Vieira e Maria Aila Câmara Vieira.
GILSON ALBUQUERQUE DE ARRUDA (Pn.1389.), Empresário, nasceu
em Sobral, a 18 de setembro de 1957, filho de Gerardo Arruda
(Qn.1255) e de Albaneza Albuquerque Arruda. Casou-se a
02/05/1998 com Andréa Carvalho Guimarães, filha de Vilemon
Marcolino Guimarães e de Maria do Socorro Nogueira Carvalho.
GIRANY YÊDA PONTES BARREIRA (Tn.406.), Médico, filha de José
Raimundo Pontes (Bn.95) e de Rosa Laura de Andrade. Nasceu em
Fortaleza, a 9 de abril de 1918. Casada com Antônio Turbay Barreira,
Médico, nascido a 1º de março de 1914 e falecido a 01/02/1978 em
Fortaleza. Era filho do célebre Dolor Uchoa Barreira103 e de Maria José
Turbay Barreira (Marieta). Dr. Antônio Turbay, formou-se no dia 15 de
setembro de 1938, pela Faculdade de Medicina da Bahia. Foi professor
emérito da Faculdade de Medicina do Ceará da Cadeira de Microbiologia.
103
Dolor Uchoa Barreira, nasceu em Solonópole a 13/04/1893 e faleceu no dia 30/06/1967, em
Fortaleza, filho de Alfredo Lopes Barreira e de Antônia Uchoa Barreira. Dolor Barreira, foi professor,
jurista e grande orador. Bacharelou-se em Ciências e Letras, entrando para Faculdade de Direito em
1911, tendo concluido o curso em 1914, laureado juntamente com Leiria de Andrade, distinção que
jamais logrou outro aluno daquela faculdade. Exerceu a advocacia com inexcedível brilho, sagrandose um dos mais eruditos e causídicos do Ceará. MembroPremunente da Ordem dos Advogados do
Brasil (OAB/CE) e do Instituto dos Advogados, como diretor.
Ocupou importantes funções públicas – Procurador dos Feitas da Fazenda Estadual
(1934/1937), membro da Comissão Legislativa, Catedrático da Cadeira de Direito Civil da Faculdade
de Direito do Ceará (concursado e nomeado em 1935) da qual foi diretor. Sempre dedicado as letras,
integrou o Quadro de Sócios Efetivos da Academia Cearense de Letras (1930) ocupando a cadeira de
nº 34, Diretor da Casa Tomás Pompeu, Membro Efetivo, a partir de 1941, do Instituto Histórico,
Geográfico e Antropológico do Ceará (cadeira nº19) do qual foi brilante orador, merecendo distinção
especial os discursos sobre Rui Barbosa e Clóvis Beviláqua e Diretor da Faculdade de Direito.
Além de arrazoados forenses e outros trabalhos de cunho jurídicos, literário e histórico
insertos nas Revistas da Academia Cearense de Letras, da Faculdade de Direito do Ceará, publicou
as obras: Investigação da Maternidade Legítima, Assinatura Falsa, perícia de Letras, Da Causa nas
Cambiais e a História da Literatura Cearense, em quatro volumes. ;casou-se com Maria José Turbay
Barreira n. a 14/05/1898 e fal., a 04/06/1960, em Fortaleza, filha de Miguel José Turbay ( sírio libanês)
e Francisca Viana Turbay ( Apud Ribeiro, Valdir Uchoa – Genealogia da Família Barreira/ Valdir
Uchoa Ribeiro. – Fortaleza: premius Editora, 1999, pg 300).
161
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Exerceu a Presidência do Centro Médico Cearense por três gestões, por
seis anos consecutivos.
GLAURA ARRUDA TEIXEIRA DE ALCÂNTARA (Tn. 319.), filha de João
Aguiar Arruda (Bn.75) e de Laura de Melo Arruda. Natural de Massapê,
Ceará, nascida a 7 de junho de 1920 e falecida a 28 de junho de 1974,
em Fortaleza. Era casada com o Dr. Luiz Alberto Teixeira de Alcântara,
Juiz de Direito desempenhando suas funções em vários municípios da
Zona Norte.
GLAURO MÁRIO VASCONCELOS (Qn. 371.), filho de Antônio Lisboa
Olímpio e de Francisca Vasconcelos Olímpio (Tn.148). Nasceu em
Massapê a 4 de agosto de 1957. Casou-se em Bacabal (MA) a
22/06/1992 com Vanderlem Cavalcante Olímpio, n. a 08/07/1967, em
Bacabal (MA), filha de Irandir Marques Cavalcante e de Nazaré Reis
Cavalcante.
GUARANY MONT’ALVERNE DE ARRUDA (Pn. 184), Médico, nascido
em Sobral a 16 de março de 1975, filho de José Gerardo de Arruda
Coelho (Qn.91) e Victória Régia Mont’alverne Arruda Coelho.
Formado pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Atualmente
exercendo sua profissão na Área de Ginecologia e Obstetrícia em
Sobral. Casou-se no dia 14 de fevereiro de 2003 em Sobral, com
Rochelle Parente de Arruda, n. a 21/09/1979, em Sobral, n. a
21/09/1979, em Sobral, filha do empresário Manoel Felizardo
Parente Filho e de Maria Luiza Pinto Parente.
GUILHERME LUIZ ARRUDA LEAL FERREIRA (Qn. 719.), Advogado, filho
de Arthur Fontes Leal Ferreira e de Rita Arruda Ferreira (Tn.278). Nasceu
no Rio de Janeiro, a 13 de maio de 1958. Casado no Rio de Janeiro, a 25
de janeiro de 1984, com Sandra Regina Nunes Leal Ferreira, filha de José
162
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Alves Nunes e Fátima dos Santos Nunes. Ela natural do Rio de Janeiro,
nascida a 17 de agosto de 1960.
GUIOMAR DE ARRUDA FROTA (Tn.47),nascido em Fortaleza a 12 de
setembro de 1894 e falecida em Fortaleza a 26 de maio de 1972, era
filha de Raimundo Leopoldo Coelho de Arruda (Bn.18.) e Alice
Cavalcante de Arruda. Casou-se a 25/07/1917, em Fortaleza (CE),
com o Dr. José Ribeiro da Frota, n. em Viçosa, a 17/06/1880 e fal.
em Fortaleza a 01/03/1959, filho do Desembargador José Gomes da
Frota104, (2o do nome) e de Primilívia da Silva Frota. Formou-se na
Faculdade de Medicina da Bahia a 21/10/1906, renomado médico,
que emprestou seu nome ao Instituto Dr. José Ribeiro Frota (I.J.F) em
Fortaleza, “ A morte do Dr. José Ribeiro da Frota nesta capital
enchendo de imensa tristeza toda a terra cearense. Foi um dos mais
brilhantes alunos de sua turma. Fez curso de especialização na
França e na Alemanha, ao tempo, grandes centros culturais da
ciência médica. Em Paris, foi assistente do famoso Bensaude, de
quem se tornou amigo íntimo. Sua tese de doutoramento versou
sobre- “Abscesso do fígado e seu tratamento cirúrgico”. Era também
diplomado em farmácia e médico de várias instituições cearenses,
em todas exercendo cargos de direção. Sócio fundador e expresidente do “Centro Médico Cearense”, com glorioso passado de
lutas e realizações. Profissional de invejável competência, sua vida foi
enobrecida pelo exemplo de honradez, da dignidade e trabalho, num
período de atividade benemérita de meio século, que o impôs à
estima e acatamento dos seus conterrâneos. Dedicou-se, em seus
últimos anos, à ginecologia, obstetrícia e cirurgia, em que conquistou
104
José Gomes da Frota (2o do nome), n. em Sobral a 02/01/1840 e foi batizado a 30 do
mesmo mês. Formado pela Faculdade de Direito do Recife a 21.09.1866 na mesma turma do
Barão do Rio Branco. Entretanto na magistratura, foi juiz de direito de Viçosa e depois promotor
de Sobral, e daí saiu nomeado desembargador do Tribunal da Relação do Ceará. Casou-se a
31.07.1866 com sua prima Primilívia Avelina Ribeiro da Silva, n. a 12.05.1846 e falecida em
Fortaleza a 30.05.1892, filha de Joaquim Ribeiro da Silva e de Francisca Ermelinda Gomes
Parente. O desembargador José Gomes da Frota faleceu de uma síncope cardíaca em 1894,
de viagem para o Rio de Janeiro e foi sepultado no recife (Gentil, Pe. José da Frota – Os
Frotas, pg 406).
163
Dicionário Biográfico - Família Arruda
grande notoriedade. Na clínica geral tinha lugar de alta distinção
como médico de família, em que demonstrou admirável sentimento
de bondade quase paternal. Neste ponto deixou um vazio difícil de
ser preenchido, tal o enternecido zelo que dispensava aos seus
clientes. Desprendido, nunca fez da medicina de balcão. Pretendia,
em certa parte de sua vida, ser historiador, para o que tinha
inclinação natural, mas sua afanosa existência de policlínico não o
permitiu. Nos pequenos vagares de seu intenso labor, entregava-se à
leitura dos seus autores prediletos, nacionais e estrangeiros, e era de
ver procurar na sua opulenta biblioteca o refúgio necessário ao
repouso de seu espírito. Foi um escritor que não se realizou por força
das circunstâncias de sua vida. Merece registro a sentida oração do
Prof. Saraiva Leão, proferida por ocasião do seu sepultamento;
“Abre-se a escuridade de um túmulo para abrigar o coração mais
humano que jamais conheci. E este coração, agora, parado e sem
vida, e prestes a decompor-se, foi o relicário de dons
peregriníssimos: caráter, honradez, probidade, benemerência,
bondade, altivez, sem orgulho, caridade, sem jactância, dedicação
pelos que sofriam; desprendimento absoluto de vis interesses;
esposo amantíssimo, pai extremoso, homem completo. O Dr. José
Ribeiro da Frota, decano dos médicos cearenses, foi um símbolo e foi
um apóstolo. Símbolo de médico, que não transige símbolo da
dignidade de uma classe. Apóstolo da deontologia médica da sua
Terra. Foi exemplo e foi padrão. Quem jamais ouviu falar em
deslizes, na profissão ou na sociedade, deste médico eminente ou
deste ínclito cidadão, que teve, sempre, Catão por modelo? Vale à
pena morrer-se assim, deixando um nome aureolado de glórias,
bendito por um povo todo e não esquecido nunca. José Frota não
morreu! Morrer é acabar-se, é destruir-se, é aniquilar-se, é o olvido.
E ele permanecerá intacto, como em vida, não só nos corações de
seu coração, os quais, neste momento cruciante, se dilaceram, e se
angustiam, e sangram lágrimas de dor, mas, no coração de toda esta
gente, do Ceará todo, que perdeu um dos mais eminentes filhos. O
164
Dicionário Biográfico - Família Arruda
meu coração também sangra e também chora à beira desta tumba e
que, vezes sem conta, salvou vidas da minha vida. Prestimoso e bom,
nunca,, a qualquer hora, deixou de atender não apenas clientes seus,
mas os desgraçados da Santa Casa e da Maternidade, os quais eram,
de último, a sua preocupação única. Sou testemunha de fato, ainda
eu acadêmico, que o eleva ainda mais e o dignifica excelentemente.
Passava eu, às nove horas da noite, nas proximidades da Santa Casa
(ficou-me isso impresso na memória), e vi que um homem, que logo
identifiquei, passeava, de mãos para traz, cabeça baixa, na calçada,
de frente, do velho casarão. Dirigi-me a ele. _ Que faz aqui, a estas
horas? - É que me disse, operei, hoje, uma pobre mulher e está
passando mal. Preciso reabri-la e não tenho agora quem me auxilie.
Ofereci-me, e após a intervenção, alegre e risonho, balbuciou: “
“como estou aliviado”! Não andou nunca à cata de posições, que as
teve, e viveu, sempre modesto e retraído entre o dever profissional e
o lar. Foi dono, em seu tempo, da maior clínica que se pode
ambicionar. Foi o maior cirurgião daquela época, com estágio na
França e quando surgiu a cirurgia nova, em Fortaleza, com os moços
que a vinham trazendo, ele não se afoitou a meter mão nela. E diziame: “Só faço o que sei”. Quando se elevaram os honorários,
permaneceu no que lhe parecia devido e honesto. Grande homem e
grande médico, o teu nome há-de ficar indelével, não somente na
lousa do teu mausoléu, mas na memória das gerações vindouras,
que te sagrarão através dos tempos, ao conhecerem a tua história e
a tua vida. “Entre os que te conhecerem ficou-te o culto, e há-de
perdurar”. O Centro Médico Cearense, entidade da qual foste
fundador, sócio permanente e presidente, e por quem foste
agraciado com o título merecidíssimo de sócio benemérito, vem, por
meu intermédio, trazer-te, aqui, o adeus derradeiro e dizer-te que
teu lugar permanecerá vazio, para que os médicos saibam e
compreendam o valor da dignidade de ser médico como o Código
Deontológico exige”. (Rev. Academia Cearense de Letras, 1959, pp
345-348).
165
Dicionário Biográfico - Família Arruda
GUIOMAR FROTA BARROS (Pn.278), Médica, filha de José Arruda
Frota ( Qn.124) e de Maria de Lourdes Parente Vasconcelos Frota.
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 06 de fevereiro de 1952. Formada
pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Casou-se com Cláudio
Abreu Barros, Bancário aposentado, filho de Clóvis Moreira Barros e
de Maria de Abreu Barros.
GUSTAVO ARRUDA BEZERRA (Pn. 1052.), Biólogo, filho de Francisco
Luiz dos Santos Bezerra e de Maria Goretti Arruda Bezerra
(Qn.778).Nasceu em Fortaleza a 2 de dezembro de 1981.Biólogo,
formado pela Universidade Federal do Ceará, Mestre em Bioquímica
e Biologia Molecular pela Universidade Federal do Ceará e Doutor
em Bioquímica e Biologia Molecular pela Universidade de Graz na
Áustria.
GUSTAVO VERAS PEREIRA (Pn. 1626.), Médico, filho de José Danilo
Rubens Pereira (Qn.1350.) e de Zuleide Veras Pereira ( Ledinha).
Nasceu em Recife, PE, a 19 de março de 1971. Formado em Medicina
pela Universidade Federal de Pernambuco, em 1994. Fez Residência
Médica e Especialização em Clínica Médica e Cardiologia, na
Universidade de São Paulo (USP), em /Ribeirão Preto (SP), no período
de 1996-1999). Pós-graduação em MBA –Gestão em Saúde, no
período de 2000-2002, na Fundação Getúlio Vargas. Especialista em
Ergometria pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, em 2005.
Professor no Curso de pós-graduação em Fisioterapia
Cardiorespiratória na Universidade Católica de Brasília (UCB), de 2002
-2005. Diretor Técnico de “Qaulitá – Cardiologia e Prevenção”, em
Brasília, no período de março/2003 a junho de 2004. Publicou vários
artigos em Revistas Científicas. Tendo realizados inúmeras pesquisas e
apresentados em Congressos Nacionais e Internacionais. Atualmente,
é médico plantonista na UTI do Hospital São Carlos, onde tem seu
consultório Médico. Casou-se em Ribeirão Preto, com Elaine Cristina
166
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Moraes Pereira, nascida em Ribeirão Preto, em 03/02/1978, filha
de Sebastião Signei de Moraes e de Maria Aparecida Jorge de Moraes.
Bacharelada em Direito pela Universidade de ribeirão Preto (UNAERP).
Fez pós-graduação lato sensu em Direito e Processo Administrativo
pela Universidade Cândido Mendes. Exerceu estágio no setor Jurídico
e exerceu a advogacia no escritório Said Halad Advogados Associados,
de Ribeirão Preto, de maio/1998 a junho/2002. Atualmente é
assessora jurídica na FIEC, na Unidade de Meio Ambiente (UMA).
H
HAROLDO ARRUDA DIAS (Pn. 902.), Advogado, filho de José Tarcísio da
Fonseca Dias e de Helena Mary Arruda Dias (Qn.304). Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 25 de agosto de 1979. Formado pela Faculdade
Integrada do Ceará (FIC). Casou-se a 18/11/2008 com Laryssa Gonçalves
Cruz, filha de Diogo Vital de Siqueira Cruz e de Margareth Gonçalves Cruz.
Nasceu em Fortaleza , a 8 de janeiro de 1984. Formada em Publicidade
pela Faculdade Integrada do Ceará (FIC) e acadêmica de Contabilidade
pela UNIFOR.
HELDER VASCONCELOS FROTA (Pn.283), Advogado, nascido em
Fortaleza a 12 de agosto de 1965, filho do Dr. José Arruda Frota,
dentista ( Qn.124) e de Maria de Lourdes Parente Vasconcelos
Frota. Formado em Direito pela Universidade de Fortaleza – Unifor.
167
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Casou-se a 13/12/1996 com Yara Sales Andrade Frota n. a
22/01/1960.
HELENA MARY ARRUDA DIAS (Qn. 304.), Pedagoga, filha do exdeputado estadual Fausto Aguiar Arruda (Tn.133) e de Maria Helena
Meireles Arruda. Nasceu em Fortaleza, a 26 de janeiro de 1950.
Bacharela em Letras, formada pela Faculdade de Filosofia da Universidade
Federal do Ceará (UFC) em 1974. Formada em Pedagogia, em 1977,
pela UFC. Professora do 29 Grau do Instituto de Educação do Ceará.
Casou-se com José Tarcísio da Fonseca Dias, nascido na Fazenda
Riacho, Granja-Ce, no dia 19 de julho de 1944. Filho de Antônio
Cavalcante Dias e de Hilda Fonseca Dias. Iniciou os seus estudos já
com 15 anos de idade, no estão Ginásio São José de Granja, em 1959.
Transferiu-se para Fortaleza em 1967 para cursar o 2º ano Científico
no Colégio Municipal de Fortaleza. Em 1969 cursou o 1º ano do curso
de Farmácia. Em 1970 iniciou o curso de Medicina na Universidade
Federal do Ceará, tendo concluído em 1975. Fez Residência em
Cirurgia Geral no Hospital Geral de Fortaleza do antigo INAMPS.
Tarcísio Dias sempre priorizou o serviço público, tendo trabalhado no
IJF de Parangaba, Ceará, por quase 30 anos e na Santa Casa de
Misericórdia de Fortaleza, onde exerce a chefia da Clínica de Cirurgia
Vascular. Foi presidente do Sindicato dos Médicos do Estado do
Ceará por dois mandatos e diretor da Federação Nacional dos
Médicos, sendo atualmente 1º Secretário daquela instituição.
Tarcisio Dias tem sido um defensor intransigente da categoria
médica. Tendo 4 filhos. Davis, Haroldo, Joao Paulo e Camila Arruda
Dias. O Davis tem 2 filhos - Bianca e Gabriel.
HELOISA COTIAS PARENTE (Pn.386), Engenheira, nascida no Rio de
Janeiro a 30 de maio de 1969, filha de Helvécio Parente 105 (Qn.156)
105
Helvécio Parente (Qn.156). Engenheiro Químico, nascido em Manaus (AM) a 10
de julho de 1941 (AM), filho de Oscar Monte Parente, sobralense falecido no Rio de Janeiro,
e de Lucila Cordeiro Parente; formado pela Escola Nacional de Química da Universidade do
168
Dicionário Biográfico - Família Arruda
e de Zélia Cotias Parente. Engenheira especializada em informática,
formada pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio
de Janeiro. Casou-se no Rio de Janeiro a 07/08/1992 com Alexandre
Augusto Perez Jorge n. a 31/05/1969 no Rio de Janeiro, formado em
administração de empresas pela Universidade Estácio de Sá,
atualmente é professor de MBA na mesma Universidade, filho de
Eduardo Augusto Jorge e Miriam Hildete Perez.
HELOISA HELENA DE ARRUDA BARCELOS (Qn.133), filha de Lívio
Cavalcante Arruda (Tn. 49) e Maria do Rosário Bezerra de Arruda.
Nasceu em Fortaleza a 16 de março de 1940. Casou-se em Fortaleza
a 31 de maio de 1962 com Telmo da Cunha Barcelos, falecido. Do
seu matrimônio nasceram quatro filhos: Lívio Henrique Arruda
Barcelos casado com Zoraide Barcelos; Telmo da Cunha Barcelos
Júnior oficial da Marinha Mercante; Márcio Arruda Barcelos,
bancário e Sandro Arruda Barcelos casado com Paula Barcelos.
HELVÉCIO COTIAS PARENTE (Pn.387), Jornalista, nascido no Rio de
Janeiro a 15 de abril de 1971, filho de Helvécio Parente ( Qn.156) e
de Zélia Cotias Parente. Formado em Jornalismo pela Universidade
Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Casou-se duas vezes. A 1ª, com
Janis Holmes Parente n. a 25/05/1972, em Londres, filha de Joseph
Holmes e Eliane Holmes. A 2ª, a 09/11/2001 com Daniela Valle, n. a
12/11/1974 no Rio de Janeiro, filha de Dirceu Valle e Vera Valle.
HELVÉCIO PARENTE (Qn.156). Engenheiro Químico, nascido em
Manaus (AM) a 10 de julho de 1941 (AM), filho de Oscar Monte
Parente, sobralense falecido no Rio de Janeiro, e de Lucila Cordeiro
Parente; formado pela Escola Nacional de Química da Universidade
Brasil no ano de 1965. Casou-se no Rio de Janeiro a 05/03/1966 com Zélia Cotias Parente
n. a 21/05/1946 no Rio de Janeiro, arquiteta, formada pela Escola de Arquitetura da
Universidade do Rio de Janeiro, em 1966, filha de Nilo Louro dos Cotias e Laura Mendes
Cotias ( Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense – Os Arrudas, pg).
169
Dicionário Biográfico - Família Arruda
do Brasil no ano de 1965. Casou-se no Rio de Janeiro a 05/03/1966
com Zélia Cotias Parente n. a 21/05/1946 no Rio de Janeiro,
arquiteta, formada pela Escola de Arquitetura da Universidade do
Rio de Janeiro, em 1966, filha de Nilo Louro dos Cotias e Laura
Mendes Cotias.
HENRIQUE JOSÉ ARRUDA PONTES (Qn.689.), Comerciante, n. a a
22/01/1946 no Rio de Janeiro; filho de Renato Ferreira Pontes Sobrinho e
de Maria Lúcia Arruda Ferreira Pontes (Tn.270). Casou-se a 04/03/1960 e
divorciou-se de Marília de Pugga Pontes, n. a 07/05/1949 no Rio de
Janeiro, filha de Manoel Almeida de Pugga e Yedda Almeida de Pugga.
Em união com Creusa Jussara da Silva Leitão n. a 12/11/1952 no Rio de
Janeiro, filha de Adaylton Maldonado Leitão e Marly da Silva Leitão.
HENRIQUE SÉRGIO RIBEIRO DE ABREU (Pn. 1113.), Engenheiro
Mecânico, n. a 30/10/1946 em Fortaleza; filho de Teotônio Gadelha
de Abreu e de Francisca Iacy Ribeiro de Abreu (Qn.839). Formado em
engenharia mecânica pela Universidade Federal do Ceará - UFC, com
estágios na França e no Japão, trabalhou na EIT e Gr. J. Macêdo,
desenvolveu serviços nos EUA, Inglaterra, Escóssia, França, Portugal,
Espanha, Dinamarca, Japão, Kwaite e Argentina, foi Secretário de Turismo
de Fortaleza e atualmente é sócio da empresa Casablanca Turismo,
;casou-se a.18/12/1969, em Fortaleza com Vânia Elita Teixeira de Abreu
n. a 01/03/1949, concluiu o 2º Grau em Fortaleza e a Facudade de Direito
na UFC. Foi Auditora do Ministério do Trabalho, representou seus colegas
como Presidente do Sindicato e Vice-pres da Federação Brasileira dos
Auditores do Trabalho. No MT galgou todos os postos chegando a ser a 1ª
mulher ocupar o cargo de Delegada Regional do Trabalho em Fortaleza,
filha de Fco Juraci Teixeira e de Maria Elita Diógenes Teixeira.
HERMELINDA AGUIAR ARRUDA JAMES (Qn.573.), Aeromoça, filha de
João Batista Arruda (Tn.185) e de Maria José Aguiar Arruda (Zezita).
170
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nasceu em Massapê (CE), a 10 de fevereiro de 1976. Fez as primeiras
letras em sua terra natal, posteiormente foi para Fortaleza onde
frequentou um curso para Aeromoças tendo um bom aproveitamento
aprovada com louvou foi designada pela empresa para recebr um
treinamento mais específico com uma carga horário intensiva em
línguas, tendo um bom conhecimento em cinco línguas, tendo logrado
êxito em todas asexigências menos uma a altura que era exigida, sendo
finalmente reprovada pela diferença de apenas dois centímetros,
ficando trabalhando no Chek in da companhia. Não desistiu de seus
sonhos e hoje é Aeromoça da TAM em Londres –Inglaterra, alí casouse com Michael Stanley James, Inglês.
HILDA EMÍLIA CARVALHO ARRUDA LINHARES (Pn.100), Odontóloga,
nasceu em Sobral a 19 de outubro de 1962l, filha do renomado
sobralense Dr. Luciano Arruda Coelho (Qn.67) e de Maria do Carmo
Carvalho de Arruda Coelho, piauiense, tabeliã em Sobral. Hilda é
formada em odontologia pela Universidade Federal do Ceará, em
1983. Casou-se a 26/10/1985 com seu parente José Luciano Ponte
Linhares (Pn.487.), sobralense, nascido a 3 de outubro de 1958, filho
de José Maria Ribeiro Linhares106 e Analdira da Ponte Linhares.
Engenheiro Eletricista, formado pela Universidade Federal do Ceará,
1981.
HOSANAN ARRUDA LINHARES (Qn.1274.), Agropecuarísta, filho de
Narcisio Evaristo Linhares e de Maria Neomízia Arruda Linhares
(Maroca). (Tn.511). Nasceu em Sobral, a 20 de janeiro de 1932.
Homem voltado para a atividade agropecuária, um legado de seus
ascendentes. Nesta atividade de compra venda de gado ele tem
levado sua vida. Com idas e vindas, participando ativamente de
quase das exposições agropecuárias no Nordeste. Atividade esta,
106
José Maria Ribeiro Linhares, n. a 06.11.1930, filho de Vicente de Maria Arruda Linhares e
de Raimunda Ribeiro Linhares, casou-se a 11.02.1952 com Analdira da Ponte Linhares, n. a
19.08.1935, filha de Cleto Ferreira da Ponte e de Mirian Coelho de Vasconcelos(Apud Arruda,
F. A.V. –Genealogia Sobralense, Vol. IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo II, pg 663).
171
Dicionário Biográfico - Família Arruda
mesmo com avançado da idade, ainda muito presente em sua vida e
nas dos filhos que adquiriram a mesmo ofício. Sempre tive com o
mesmo uma grande amizade, apesar da diferença de idade. Pessoa
amiga, de estatura mediana, cor morena queimada pelo sol, forte
com certa elevação na barriga que o impede de movimentos mais
ágeis até conflitante com o exercício de sua atividade. De poucas
letras, ele mesmo sempre friza que não é gago, e sim tato. Pessoa de
uma boa prosa com quem consegue desenvolver um assunto que lhe
agrada. A este e estimado primo minhas recordações que deixo
registradas nestas poucas linhas sobre seu perfil.
Casou-se a
08/05/1954 com Francisca Letícia Gomes Linhares, n. a 04/09/1931,
filha de Vicente Firmino Gomes e de Maria Olinda Gomes.
HUMBERTO ARRUDA CARNEIRO (Qn. 227), empresário, filho do
comerciante e agropecuarista Pedro Aguiar Carneiro e de Maria
Arruda Carneiro (Tn. 108). Nasceu em Sobral a 3 de novembro de
1939. Empresário e um dos pioneiros da industrialização no interior
cearense. Seu pai, Pedro Aguiar Carneiro, foi um dos precursores da
manufatura e comercialização de chapéus de palha na Zona Norte do
Estado. Pedro Carneiro faleceu muito jovem, aos 44 anos de idade,
tendo Humberto Arruda Carneiro, com a morte de seu pai se iniciado
no mesmo ramo de negócios. Ingressou na firma da família, cuja
razão social, então, era Viúva Pedro Aguiar Carneiro & Irmão. Era em
1954.
Após a conclusão do curso de Técnico em Contabilidade, pela
Escola
Técnica de Comércio Dom José, no ano de 1959, fundou uma firma
com seus irmãos, com razão social Arruda Carneiro & Cia.,
continuando no ramo de fabricação de artigos de palha,
principalmente chapéus.
A linha de produção de artigos de fibra de carnaúba tornou-se,
a partir de então, uma das mais promissoras atividades do Município
172
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Sobral, empregando milhares de pessoas, direta e indiretamente,
contribuindo para amenizar o grave problema social e elevar a
qualidade de vida. Outras empresas surgiram como resultado do
sucesso alcançado pela Arruda Carneiro & Cia.
Em 1970, objetivando maior expansão na industrialização do
artesanato de palha, a empresa conseguiu aprovar na SUDENE o
projeto de implantação da primeira empresa nordestina voltada para
a industrialização da palha de carnaúba nos seus mais variados
aspectos. Inicialmente, a empresa passou a denominação para
Chapéus Artesanato de Palha S/A - CAPASA. Agora é CAPASA S/A Indústria e Comércio. Após ter concretizado todos os objetivos na
exploração econômica da carnaúba, uma riqueza da terra árida,
Humberto Arruda Carneiro se lança numa nova e atraente atividade,
qual seja o setor de industrialização de confecções. Transformou a
antiga de semente artesanato em Confecções, aliás a pioneira do
Estado do Ceará, que atualmente fabrica calças jeans que são
comercializadas em todos os Estados da Federação. Fundou também
outra empresa de Confecções,' que se chama "OVER DRESS IND. E
COMÉRCIO S/A", empresa esta que teve seu projeto aprovado pela
SUDENE. Também procurando dar maior conforto à população da
região Norte do Estado, está implantando na Serra da Meruoca um
hotel de categoria 4 estrelas, que será inaugurado neste ano. Mas,
tendo convicção que somente a industrialização poderá sanar a
grande falta de empregos, encontra-se um projeto pioneiro do Ceará,
para ser implantada a lª fábrica de cordas de polietileno do Estado do
Ceará. Empregará mais de 400 pessoas, e suas instalações serão
iniciadas em 1986.
Em 1978, assumiu a de Presidência da Associação Comercial e
Industrial de Sobral e também membro do Conselho de Economia e
Política na Federação das Indústrias do Estado do Ceará,
representando a Região Norte do Estado. Casou-se a 19/12./960, na
Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio, em Sobral , com Ana
173
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Guimarães Carneiro, filha de Gerson Ferreira Guimarães e de
Bemvinda Aragão Guimarães.
HUMBERTO ARRUDA CARNEIRO JÚNIOR (Pn.709), Empresário, filho
de Humberto Arruda Carneiro (Qn.227) e de Ana Guimarães
Carneiro. Nasceu em Sobral a 19 de dezembro de 1966.
Administrador de Empresas, formado pela Universidade de Fortaleza
– Unifor. Empresário em Sobral e Fortaleza, sócio da empresa
hoteleira Itacaranha Hotel de Serra. Casou-se em Sobral a
09/12/1994 com Montielle Aragão Arruda, n. a 17/01/1975, em
Sobral, filha do industrial Francisco Demontiê Mendes Aragão 107 e de
Francisca de Fátima Prado Aragão.
HUMBERTO CALDAS DA SILVEIRA (Qn. 195), Militar, filho do ilustre
viçosense, tabelião, líder comunitário e defensor do patrimônio
histórico de Viçosa do Ceará, Francisco Caldas da Silveira ( Chico
Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira. Nasceu em Viçosa do
Ceará a 20 de julho de 1937. Tenente - Coronel do Exército.
Infantaria. Fez os cursos de Aperfeiçoamento de Oficiais – ESAO e de
Comando de Estado Maior do Exército- ECEME. Foi Instrutor na
Academia Militar de Agulhas Negras – AMAN, em Resende, Estado do
Rio de Janeiro. Serviu no Rio de Janeiro, Maranhão, Ceará, Distrito
Federal e, por duas vezes, em Pernambuco. Casou-se em Recife (PE) a
3 de julho de 1965 com Eliane Rodrigues Caldas da Silveira, n. a
06/10/1946, em Recife (PE), filha do General Murilo Rodrigues de
Sousa e Maria das Graças de Sousa.
107
Francisco Demontiê Mendes Aragão, filho de Edvard Mendes e Zilma Aragão Mendes.
Destacado industrial no Estado do Ceará, com industria de transformação de granito. Grande
exportador. Casou-se duas vezes. A 1ª, com Francisca de Fátima Aragão. A 2ª, com Nívia
Aragão.
174
Dicionário Biográfico - Família Arruda
I
IALOMITA ARRUDA LORDA (Tn. 315.), Farmacêutica, filha de João
Aguiar Arruda (Cel. João Arruda) (Bn.75) e de Laura de Melo Arruda.
Nasceu em Massapê a 26 de fevereiro de 1912 e faleceu em
Fortaleza a 19 de maio de 2009. Formada em Farmácia pela
Faculdade de Farmácia e Odontologia em 08/12/1926. Casou-se em
Fortaleza 06/07/1932 com FRANCISCO LORDA FILHO, Industrial em
Fortaleza, nascido a 22 de agosto de 1930 em Montividéu, Uruguai.
Cônsul do Uruguai no Brasil de 1945 a 1958, filho de Francisco Lorda e
de Elena Crésio Lorda.
IGOR ARRUDA ARAGÃO (Pn. 749), Procurador Federal, filho de
Geraldo Costa Aragão, foi bancário do Banco Central, e de Ana Maria
Arruda Aragão (Qn.216), bancária aposentada da Caixa Econômica.
Nasceu em Brasília a 5 de dezembro de 1978. Formado em Direito
pela Universidade de Fortaleza-UNIFOR, em 2003. Aprovado através
de concurso público para o cargo de Técnico Judiciário no Tribunal
Regional eleitoral do Maranhão, tendo sido lotado no Município de
Rosário (MA), onde exerceu suas funções durante o ano de 2006,
quando foi aprovado para Procurador do Banco Central, assumindo
suas funções em Brasília no dia 03/01/2007. Casou-se a 20/10/2007
com Marcela Almeida Martins Arruda, Advogada, nascida a 31 de
maio 1981, em Senador Pompeu, filha de Vicente Esmeraldo
Martins108e de Maria Lucilene Almeida Martins, Advogada, formada
pela Universidade Federal do Ceará, em 2004. Sendo aprovado, em
2006, através de concurso público, para a função de Advogada da
União, exercendo suas atividades no Ministério do Desenvolvimento
Social e Combate à Fome, em Brasília (DF).
108
Vicente Esmeraldo Martins, n. a 19.01.1956, em Senador Pompeu , filho de João Martins
Cavalcante e de Maria Torres Esmeraldo (Dayse). Casou-se a 10.09.1977 com Maria Lucilene
Almeida Martins, n. a 22.06.1957, em Senador Pompeu , filha de Francisco Antônio Almeida e
de Franca Helena Almeida (pp).
175
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ILKA VASCONCELOS DE SOUSA ARAÚJO (Sn.1037.), Músico, filha de
João Tomaz de Vasconcelos e de sua primeira mulher Maria Gervia de
Arruda. Nasceu em Fortaleza, a 19 de agosto de 1972. Mestrado em
Música pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Doutorado em
Musicologia nos Estados Unidos. Casou-se em Fortaleza, a 08/01/2005,
com Aleksa Jovanovic, n. a 11/07/1970, natural de Belgrado na Sérvia,
filho de Vitomir Jovanovic e de Marija Jovanovic. Residem atualmente
no Texas (USA).
INÁ CRISTINA ARRUDA MIRANDA (Pn. 151), Advogada, nascida no
Rio de Janeiro a 3 de maio de 1954, filha do Dr. Esmerino Oliveira
de Arruda Coelho (Qn.81) e de Carmen Salles Oliveira Arruda.
Bacharel em Direito Pela Universidade Cândido Mendes, Bacharel
em Design de Interiores Universidade Candido Mendes; Curso na
Pontifícia Universidade Católica em Tradução Português - Inglês e
Secretaria Executiva. Tem ainda, formação em Inglês pelo Curso
Brasas Graça Aranha. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 23/11/1974, no
Rio de Janeiro, com Fernando Luiz Villar Cabral Silva, Advogado, n. a
23/08/1948 no Rio de Janeiro, filho de Murillo Cabral Silva e Maria
Helena Villar Cabral Silva, do qual se separou. A 2ª União ocorreu a
28/09/2001, no Rio de Janeiro (RJ), com Luiz Fernando de Azevedo
Miranda, n. a 29/10/1957, no Rio de Janeiro, (Arquiteto), e que do
seu casamento anterior teve um filho de nome Felipe da Costa
Soares, Luiz Fernando é filho de Sônia de Azevedo Miranda e de
Fernando D'Ávila Miranda.
INÁ VALKÍRIA SALLES OLIVEIRA ARRUDA (Pn.152), Administradora,
nascida no Rio de Janeiro a 2 de janeiro de 1961, filha do Dr.
Esmerino Oliveira De Arruda Coelho e de Carmen Salles Oliveira
Arruda, Bacharel em Administração pela faculdade Cândido Mendes
do Rio de Janeiro. Formada em inglês pela King's School na Inglaterra.
176
Dicionário Biográfico - Família Arruda
É detentora de diversos cursos de especialização em Serviços. Na
Área Comercial e Marketing e Finanças pela fundação Getulio Vargas.
Atualmente ocupa o cargo na Diretora Executiva da Rentv Sa, Rentv
Participações Ltda e Rente venda Ltda. Participa ativamente da
Ordem eqüestre do Santo Sepulcro fazendo diretamente trabalhos
filantrópicos para diversas outras instituições onde faz parte do
Conselho. Banco da Providência; Educandário Santa Terezinha Rio
solidário dentre outros. Casou-se duas vezes. A 1ª , a 29/07/1986,
com César Moreira Filho, n.a 25/04/1959, no Rio de Janeiro (RJ). A
2ª, a 29/09/2008, com Marcel Vieira da Cunha, n. a27/03/1972, no
Rio de Janeiro (RJ).
INÁCIO CARVALHO ARRUDA COELHO (Pn.101) nasceu em Sobral a
11 de junho de 1963, filho do renomado sobralense Dr. Luciano
Arruda Coelho (Qn.67) e de Maria do Carmo Carvalho de Arruda
Coelho, piauiense, ilustre tabeliã em Sobral. Formado em Direito
pela Universidade Federal do Ceará. Casou-se e separou-se de
Claudia Pires.
INÊS ALICE ALMEIDA ARAÚJO (Pn.268.), Fisioterapeuta, nascida em
Fortaleza a 23 de outubro de 1952, filha de Trajano Augusto
Almeida e de Alice Frota Almeida (Qn.122). Casou-se com Aprígio
Castelo Branco de Araújo, Engenheiro Civil. Do enlace matrimonial
nasceram três filhos: André Almeida Araújo n. a 24/12/1975 em
Fortaleza, médico, formado pela Faculdade de Medicina de Juazeiro
do Norte (FMJ); David Almeida Araújo n. a 16/06/1979 em
Fortaleza, médico, formado pela Faculdade de Medicina de Juazeiro
do Norte (FMJ) e Dante Almeida Araújo n. a 26/06/1981 em
Fortaleza, médico, formado pela Faculdade de Medicina de Juazeiro
do Norte (FMJ).
177
Dicionário Biográfico - Família Arruda
INÊS HELENA PONTES MENDES (Pn.1609.), Pedagoga, n. a 07/08/1966,
em Fortaleza; filha de Antônio Airton Pontes (Qn.1341)) e de Irislene
Ferreira Pontes. Bacharela em Pedagogia pela Universidade Vale do
Acaraú (UVA). Casou-se duas vezes. A 1ª, em Fortaleza, com Roberto da
Silva Braga, n. em Fortaleza, em 21/03/1964, do qual se divorciou filho de
Humberto da Silva Braga e de Leila Martins Braga. A 2ª, em Fortaleza, aos
19/05/1997, com João Hercílio Fernandes Mendes, divorciado,
comerciante, nasceu
em Ubajara a 19/05/1944, formado em
Administração de Empresas pela AEUDF de Brasília (DF), filho de Expedito
Fernandes Mendes e de Generosa Cavalcante Mendes.
IONE ARRUDA GOMES (Tn.355.), Poetisa, n. a 28/07/1922, em Sobral e
ali foi batizada; filha do empresário Antônio Gentil Gomes e de Maria
Noemizia de Arruda Gomes ( Bn.83.). Fez seus estudos primários na
Escola Modelo, o secundário e o normal no Colégio da Imaculada
Conceição, onde se diplomou. Tem cursos de Piano, Desenho e
Pintura. Artes Industriais e Antropologia Física e Cultural. Pertence às
seguintes entidades. Sócia titular da Ala Feminina da Casa de Juvenal
Galeno, da Associação Cearense de Imprensa, da Associação de
Jornalistas e Escritores do Brasil e da União Brasileira de Trovadores de
Fortaleza. É funcionária do Ministério da Agricultura (Diretoria Estadual
do Ceará). Solteira.
ISABEL LUISA ARRUDA NOCRATO ( Qn. 787.), Contadora, filha do
Capitão Miguel Edgy Távora Arruda (Tn.297) e deMaria Adelina
Furtado Arruda. Nasceu em Fortalez, a 29 de outubro de 1964.
Casou-se a 09/12/1985 em Fortaleza, com Luiz Nocrato Vidal Júnior,
filho de Luiz Nocrato Vidal e de Terezinha Nocrato Vidal. Nasceu em
Fortaleza, 16 de junho de 1965.
ISABEL MARIA CARVALHO ARRUDA (Qn. 808.), Servidora Municipal,
filha de Juarez Távora Arruda (Tn. 307) e de Marlina Isabel Carvalho
Arruda. Nasceu em Baturité, a 27 de setembro de 1958. Formada em
178
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Pedagogia e funcionária pública municipal. Casou-se com Marcelo
Gonçalves dos Santos n. a 11/07/1963, formado em Ciências Contábeis
pela Unifor e Funcionário Público Estadual, filho de João Florêncio
dos Santos e Marizette Gonçalves dos Santos.
ISABELE MARIA FERREIRA GOMES DE MELO (Pn. 735), Psicóloga,
filha de Francisco José Ferreira Gomes e de Maria da Conceição
Arruda Ferreira Gomes (Qn.212). Nasceu em Fortaleza a 1º de março
de 1969. Formada em psicologia pela Universidade Federal do Ceará.
Casou-se a 06/07/2002 Welinton José de Melo, n. a 14/01/1970,
Empresário, filho de Joriwê José de Melo e de Lázara Rosa de Melo.
ISAIAS LIRA DE ARRUDA ( ISAIAS ARRUDA)
ISRAEL ARRUDA FILHO (Qn. 350.), Empresário, Nasceu em Sobral a 4
de junho de 1955; filho de Israel Arruda Vasconcelos (Tn.145) e de
Ana Vilma Frota Vasconcelos. Empresário de destaque em Sobral,
Massapê e Cerquilho (SP). Casou-se em Cerquilho (SP) com Maria
Aparecida Zuanete Arruda, da qual se separou. Do seu matrimônio
nasceram: Douglas Zuanete Arruda; Israel Arruda Vasconcelos Neto e
Diego Zuanete Arruda.
ISRAEL ARRUDA VASCONCELOS (Tn. 145.), Empresário e
Agropecuarista, filho de Antônio Araújo Vasconcelos e de Maria das
Virgens Arruda Vasconcelos(Bn.45). Nasceu em Massapê, a 02 de
maio de 1927 e faleceu em Sobral, a 29 de abril de 2003. Foi
comerciante de destaque em Sobral durante alguns anos. Mudou-se
para a cidade de Cerquilho, em São Paulo, com a mesma atividade de
Chapéus de Palha que exercia em Sobral. Em Cerquilho conseguiu se
desenvolver com grande mérito. Seus filhos em atividades paralelas
se firmaram economicamente colhendo bons dividandendos nas
aitividades que exercem. Casaram-se e adotaram a cidade de
179
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Cerquilho como sua segunda cidade natal. Depois de alguns anos,
sendo seus filhos já independentes, retorna á Massapê sua Terra
Natal, onde veio dedicar-se a atividade da agropecuária, sonha que
nutria desde que deixou sua terra natal.Levou esta atividade, ainda
por um bom tempo, com grande satisfação. Pessoa alegre de
compleição branca avermelhada, calvo e de olhos claros,
afogoiozado, transferindo estes traços para sua descendência. Tio
por demais querido, por mim e por outros sobrinhos. Deixo
registrado nestas páginas minha homenagem e as doces recordações
de sua alegre presença. Casou-se com Ana Vilma Frota Vasconcelos,
n. a 05/03/1934, filha de José Tomé da Frota109 e Maria Doracy Silva
Frota.
IURI ARRUDA ARAGÃO (Pn. 750), Médico, n. a 12/09/1981, em
Brasília (DF); filho de Geraldo Costa Aragão, que foi funcionário do
Bancon Central, e de Ana Maria Arruda Argão (Qn.216), bancária
aposentada da Caixa Econômica. Formado pela Universidade Federal
do Ceará (UFC), em 2006. Atualmente fazendo residência no Rio de
Janeiro.
JACQUELINE SOCORRO ARRUDA ARAGÃO (Qn. 804.), Arquiteto, nasceu
em Fortaleza a 19 de dezembro de 1961; filho de Tarcísio Lima Aragão e
de Maria José Távora Arruda Aragão (Tn.306). Formada em arquitetura.
Fez especialização em Auditoria Contábil. Casou-se 26/07/1989 em
Brasília com Iram Carvalho do Nascimento n. a 16/07/1959,
Administrador, Técnico em Informática e especialização em Gestão de
Projetos; filho de Antônio Carvalho do Nascimento e Francisca das
Chagas Souza.
109
José Tomé da Frota, filho de Francisco Hermenegildo de Souza e de Ana Tomé da Frota.
Casou-se com Maria Doracy Silva Frota ( Apud Pe. Gentil, Frota - Os Frotas)
180
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JAMILLY FIGUEIREDO ARRUDA COÊLHO (Pn.1614.), Fonoaudióloga, filha de
Francisco de Assis Arruda (Qn.1332) e de Maria da Conceição Figueiredo
Arruda. Nasceu em Fortaleza, a 19 de setembro de 1979. Formada pela
Universidade de Fortaleza – UNIFOR, em 2003. Concluiu Pós-graduação em
Fonoaudiologia Educacional, pela UNIFOR. Casou-se a 08/12/2005 em
Fortaleza , com Rafael Alves Coêlho, n. a 29/05/1976, em Fortraleza.
Formado em Química. Professor de química no Liceu do Ceará e em outros
colégios em Fortaleza.
JANAINA GURGEL ARRUDA (Pn. 1070.), Recurso Humanos, filho de
Raimundo Adelino Germano Arruda (Qn.784) e de Rejâne Maria
Gurgel Arruda. Nasceu em Fortaleza, a 5 de novembro de 1979. Casouse em Fortaleza, a 10/02/2005 com Francisco de Sales Honorato n. a
15/04/1980 em Banabuiu (CE), Eletrotécnico, filho de João Bosco Sales
Honorato e de Francisca Telma Braga Honorato.
JEREMIAS GERVÁSIO VASCONCELOS ARRUDA (Bn. 69.) n. a 05/03/1882,
em Santo Antônio do Aracatiaçu, Sobral; filho do Cap. Miguel Arcanjo de
Arruda (N.26) e de Maria do Livramento Arruda. Um dos pioneiros na
exportação. Muito cedo o espírito irrequieto empreendedor de Jeremias,
levou-o a mudar-se com a família para a capital do Estado.
Fixou-se em Fortaleza, em 1915, segundo ano da Primeira
Guerra Mundial. Negociava com produtos do Ceará, destinados à
exportação sua firma arrastava-se conforme o permitiam as
circunstâncias daquele conflito. /
Foi aí que surgiu a ocasião. Em
comércio, como em tudo mais, a oportunidade empurra os audazes para
cima. O governo inglês mostrou-se interessado em adquirir grande
quantidade de produtos do Norte e do Nordeste principalmente
sementes oleaginosas em pasta. De posse do telegrama sobre o assunto o
cônsul inglês em Fortaleza procurou contato com os comerciantes
cearenses. Mas o comércio da época era incipiente e de créditos e
181
Dicionário Biográfico - Família Arruda
recursos limitadíssimos. Ninguém se interessou pelo negócio. Ninguém,
não. Jeremias procurou o cônsul e disse-lhe que se lhe dessem créditos
e segurança contra o torpedeamento do navio transportador ele se
habilitaria a fazer o carregamento. O governo inglês aceitou. O
London Bank abriu-lhe os cofres. E o vapor "Orígenes" deixou o Brasil
totalmente carregado. O navio, como previra Jeremias, foi
torpedeado, mas o governo inglês, fiel à sua palavra, enviou outro
vapor, que foi igualmente carregado e, afinal, chegou a seu destino.
Luiz Soares Arruda diz que não há, aqui, lugar para lembrar o apogeu
comercial alcançado, a partir daí, por Jeremias, que foi pioneiro na
exportação de alguns dos principais produtos do Ceará, hoje na pauta
ordinária de exportação. O fim da guerra o encontrou com grandes
carregamentos de mercadorias em portos europeus, cujas cambiais, em
sua maior parte, tinham sido descontadas no Banco do Brasil, foi
nessa época, 1920, que Jeremias Arruda conseguiu uma bela casa
para sua residência, na Praça do Carmo, em Fortaleza, onde hoje está
a sede do Instituto do Ceará. "A LUTA CONTRA UM BANCO". Prevendo que a acomodação natural da paz, também acomodaria os
negócios na rotina, e o câmbio rapidamente cairia em pautas baixas,
Jeremias firmou contrato com o Banco do Brasil, pelo qual este se
obrigava a somente converter as divisas geradas pela venda dos
produtos exportados, em condições favoráveis de câmbio, que
permitissem àquele estabelecimento de crédito receber, integralmente,
o valor das cambiais por ele descontadas. De acordo com Luiz Soares
Arruda, a direção do Banco, na época, não honrou o compromisso
contratual e transferiu as divisas em câmbio desfavorável. Fez mais.
Acionou Jeremias para receber a diferença. Perdeu a questão em
todasas instâncias, fato que deu a Jeremias condições para, por sua
vez, acionar o banco para ressacir-lhe dos prejuízos e danos morais
sofridos. Entre o início e o término da questão decorreram 40 anos.
Jeremias, porém, ganhou a questão. Todavia não saiu ileso de sua
guerra de pigmeu contra o gigante. Foi compelido a liquidar seus
negócios e resolveu mudar-se para Belém com toda a família, lá
182
Dicionário Biográfico - Família Arruda
permanendo por 2 anos. Jeremias partiu, pois, para o Rio de Janeiro,
em meados de 1928, e ali viveu os últimos 41 anos de sua vida,
falendo aos 87 anos de idade, a 02/06/1969, no Rio de Janeiro.
Casou-se a 08/12/1909 em Baturité com Margarida Soares Bezerra
n. a 01/12/1802 em Baturité, e falecida a 12/05/1945 no Rio de
Janeiro, filha de Francisco Soares Bezerra110e Theresa Soares Castello
Branco.
JOÃO AGUIAR ARRUDA (JOÃO ARRUDA) (Bn.75.), Industrial, filho
primogênito de João Tibério de Arruda (N.28) e de Filomena Isabel de
Lira Aguiar. Nasceu em Massapê, Ceará, a 11 de julho de 1877.
Em 1922, alguns massapeenses fundaram uma instituição
destinada a prestar serviços relevantes à Massapê e aos filhos desta
cidade que necessitassem de auxílio e estímulo. Em 1932, a chamada
"Liga Massapeense" transformou-se em "Centro Massapeense", sendo
o seu primeiro presidente o estimado filho de Massapê, Cel. João Aguiar
Arruda (JOÃO ARRUDA).
O Cel. João Arruda foi o que mais demorou na liderança
municipal do "Partido Conservador", conhecido por "MARRETA",
constituindo-se, por isso, na segunda década de vida da comuna, o
pioneiro das suas iniciativas civilizado-ras. Deve-se-lhe a elevação da Vila
à Cidade, instalada em 5 de fevereiro de 1918. Obediente à orientação
do comendador Nogueira Acioly, jamais lhe negara fidelidade. Ao seu
lado, juntamente com José Amâncio
110
Francisco Soares Bezerra nasceu em Quixeramobim (CE) e faleceu a 08/01/1916 em
Fortaleza. Ainda na juventude fixou-se em Baturité (CE), dedicando-se à profissão de “ guarda
–livros” (contabilista); abolicionista ardoroso; vereador à Câmara Municipal de Baturité. ;casouse em 1882 com Thereza Soares Castello Branco n. a 14/01/1860, em Baturité, era filha do
ten.cel. Pedro José Pereira Castelo Branco ( Pedro Cru) e de Tereza Antônia Feitosa Castelo
Branco. Em sua cidade natal, a 11/04/1904, Tereza funda a Sociedade Protetora dos Pobres,
da qual é a primeira presidenta; ela faleceu no Rio de Janeiro a 07/01/1948. Deste matrimônio
nasceram oito filhos (Apud Bezerra, A.F. – Família Bezerra de Menezes ( Descendência de
Joana Bezerra de Menezes e João de Souza Pereira), Monografia- Fortaleza, pg 154).
183
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Albuquerque, que sempre esteve na fase áurea do mando e com
ele caiu na hora amarga da deposição imposta pela falange
revolucionária rabelista.
Homem de elevados princípios, sério, laborioso desde a
idade de doze anos quando enfrentou, galhardamente, a luta pela
vida, fora, outrora, Prefeito e alto comerciante em sua terra natal.
Conhecia e amava a pe'quena pátria como os antigos romanos sentiam
perto do coração a gleba que trabalhavam.
Em Fortaleza, foi sempre um massapeense. Nos conterrâneos
despertou a mística do amor à terra natal e, em torno de sua pessoa
afável, sempre acolhedora, sempre amiga a cordial, lá estava a
numerosa colónia, magnífica no elevar a terra que representava.
Foi João Arruda, por assim dizer, o pioneiro do grande ideal:
onde estiver um massapeense estará um pedaço da pátria, do
saudoso educador Adualdo Batista de Araújo.
Tão grande foi o seu amor a Massapê, tão alto elevou o nome
e a tradição de honradez e integridade da terra onde nasceu, que
esta, num preito de justa homenagem, lhe ergueu um busto de
bronze para perpetuar, séculos afora, o exemplo que este homem
admirável legou às gerações presentes e futuras.
Foi o símbolo do trabalho, da persistência, da modéstia e do
que é capaz de realizar o homem do sertão. Legou família distinta da
qual destaca Francisco de Mello Arruda — símbolo de distinção e do
cavalheirismo — além de ter enobrecido a tradição de nobres varões,
glória maior de Massapê; casou-se em lªss núpcias, com Maria José Aguiar
Arruda, filha de Felicíssimo Aguiar e Silva e de Joaquina Arruda Aguiar e
em 2º núpcias, a 29/10/1908, em Massapê, com Laura de Melo
Arruda, filha de José Ferreira de Melo e Josefa Soares de Melo.
JOÃO ARRUDA (JOÃO GUALBERTO VASCONCELOS ARRUDA)
(Bn.65.), Empresário, n. a 13/'07/ 1875, em Santo Antônio do
Aracatiaçu, Sobral e falecido a 25/09/1947 no Rio de Janeiro; filho do
Cap. Miguel Arcanjo de Arruda (N.26) e de Maria do Livramento
184
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Arruda. Casou-se duas vezes. A la.s , em Manaus, AM, em 1898, com
Mariana Teles n. a 21/02/1883 no Piauí e falecida a 05/07/1914 em
Fortaleza, filha de Francisco Araújo Teles e Minervina Araújo Teles. A
2a.s em Fortaleza com Carolina Martins, nascida em Fortaleza e
falecida a 19/12/1963 em Vitória da Conquista (BA), filha de Joaquim
Martins Júnior e Elisa de Oliveira Martins.
JOÃO ARRUDA RIBEIRO (JOÃOZITO) (Qn. 840.), Empresário, filho de
José Rodrigues Ribeiro Filho e de Filomena Arruda Ribeiro (Tn.310).
Nasceu em Fortaleza a 4 de abril de 1926. Neto primogênito do Cel.
João Arruda e de Maria José Aguiar Arruda e pelo lado materno de José
Rodrigues Costa e de Ana Santana Queiroz. Empresário de grande
destaque em Fortaleza; um dos pioneiros com concesionária de tratores
e máquinas pesadas para o Nordeste, com a Empresa “ A Fornecedora”.
Conseguiu com sua garra de trabalho constrtuir um sólido patrimônio
financeiro. Ainda em vida, procurou deixar a cada um de seus filhos com
seu próprio negócio. Seu grande lazer era viajar pelos continentes.
Tendo empreendido várias viagens com sua esposa. Em visita a sua casa ,
nos mostrava os albuns e objetos aquiridos nestas viagens. Em um
destas viagens, que fez a Portugal, trouxe para mim, algumas fotos e
documentos sobre a história do Município dos Arrudas dos Vinhos.
Um dos grandes incentivadores no levantamento dos dados da
Genealogia da família Arruda Tinha um grande orgulho, podemos assim
dizer, de pertencer a família Arruda. Falava com grande satisfação, que
era o primeiro neto do Cel. João Arruda, que foi o pioneiro da Indústria
no Ceará e Prefeito Municipal de Massapê (CE).
Joãozito, como era conhecido, foi um dos sóciosmantenedores
do Centro Massapeense em Fortaleza. Ele e seu tio Francisco de Melo
Arruda, tiveram grande participação na manuetenção daquele Centro
Recreativo, ponto de encontro dos Massapeense que se radicaram e
prosperam em Fortaleza.
Algumas vezes, viajamos a Massapê para rever os parentes, que
ali permanceram como testemunho das agruras do sertão e a labuta do
185
Dicionário Biográfico - Família Arruda
sertanejo com agropecuarístas . A todos abraçava e dizia da alegria de
revê-los e outros de conhecê-los.
Joãozito Arruda, foi sem sombra de dúvida, um destaque da
família Arruda no Estado do Ceará. Um grande amigo. Guardo boas
recordações dos poucos mas ricos momentos que tivemos.
Partiu inesperadamente desta vida, no dia 6 de janeiro de
1997, vítima de uma acidente automobilístico quando retornava de sua
fazenda para Fortaleza. Acredita-se que tenha sofrido um infarto no
miocárdio pela pressa que tinha em chegar em casa. Foi dito pelos
guarda rodoviários que passara pela barreirta com grande velocidade.
Hoje muito lamentamos sua ausência, pessoalmente tenho muito que
agradecer pela amizade e a consideração que sempre teve
comigo.;casou-sea 17/04/1948, em Fortaleza com Nazarita de Melo
Ribeiro, filha de Wenefrido Bezerra de Melo e de Isaura Sobreira de Melo.
JOÃO ARRUDA RIBEIRO JÚNIOR (Pn. 1119.), Engenheiro Civil, filho de
João Arruda Ribeiro (JOÃOZITO) (Qn.840) e de Nazarita de Melo Ribeiro.
Nasceu em Fortaleza a 14 de maio de 1950; casasdo com Vera Lúcia
Albuquerque, filha de Manoel Fortuna de Albuquerque e de Maria
Guilhermina Portella Albuquerque.
JOÃO ARRUDA TEIXEIRA DE ALCÂNTARA (Qn. 862.) médico, filho do
Dr. Luiz Alberto Teixeira de Alcântara e de Glaura Arruda Teixeira de
Alcâncatara (Tn.319); casou-se a 21/09/1979 e se separou de Verônica
Fernandes Teixeira de Alcântara (Verônica Gomes Fernandes) n. a
24/05/1952, filha de Tobias Rafael Fernandes111 e de Mirian Gomes
Fernandes.
JOÃO BATISTA ARRUDA PONTES (Qn. 1346), Professor Universitário, filho
de Vicente de Araújo Pontes (Tn.519) e de Georgina Arruda Pontes.
111
Tobias Rafael Fernandes n. a 05/09/1920, filho de José Araújo Bonfim e de Zulmira Carneiro de
Castro, ;casou-se com Mirian Gomes Fernandes n. a 18/12/1926, filha de José Amadeu Gomes e de
Francisca Cavalcante Gomes ( Apud Barroso, F. Andrade- Os Andrades, de Goiana a
Maranguape, 8 Gerações, pg 266).
186
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nasceu em Fortaleza, a 22 de agosto de 1948. Formado em Ciências
Sociais pela Universidade Federal do Ceará, em 1975. Curso de
Aperfeiçoamento em “ Sociologia Rural para Áreas Irrigadas”, Capina Grande
(PB), em 1976. Mestrado em Sociologia do Desenvolvimento (UFC),
1978/1989, incompleto. Mestrado em Sociologia Rural realizado na
Universidade Federal da Paraíba, em 1992. Professor de Sociologia Rural na
Escola Superior de Agricultura de Mossoró (ESAM), março/dezembro de
1976. Professor de Sociologia e Sociologia Rural na UNIFOR no período
1977/1984. Professor Adjunto de Sociologia da UFC desde 1975.
Coordenador do Curso de Ciências Sociais do Centro de Humanidades da
Universidade Federal do Ceará no período de 1995 a março de 1997. PróReitor de Assuntos Estudantis da Universidade Federal do Ceará, em
2004/2005. Presidente do Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o
Desenvolvimento do Ceará (INESP), no período de agosto de 2002/fevereiro
de 2003. Participou da Publicação dos Livros: 150 de Padre Cícero. Em 1994;
Canudos: As Falas e os Olhares, em 1995. Editou os livros: Antônio
Conselheiro e a Comunidade de Canudos, em 1997; Canudos: Messianismo e
Conflito Social, em 1993; Padre Cícero – Religião, Política e sociedade, em
2002. Casou-se , em 20/02/1976, em primeiras núpcias e separou-se de
Fátima Maria Moreira Pontes, n. a 07/01/1953, em Fortaleza , professora,
filha de Lauro Alaor Moreira e de Odilnira Cruz Moreira. Casou-se em
segundas núpcias com Lena Lúcia Espíndola Rodrigues Figueiredo, n. a
27/12/1951, em Fortaleza , Licenciada em Língua Portuguesa e Língua
Francesa, com as respectivas Literaturas pela Faculdade de Letras do Centro
de Humanidades da Universidade Federal do Ceará. Mestrado em Educação,
pela Univerisdade Federal do Ceará. Professora Assisstente de Língua e
Literatura Francesa – lotada no Departamento de Letras Estrangeiras da
Universidade Estadual do Ceará, em regime de DE, filha de Jorge de Oliveira
Rodrigues e de Maria Anadia Espíndola Rodrigues.
JOÃO BOSCO DE ARRUDA FURTADO (Tn. 296.), Servidor Público, filho
de Luís de Gonzaga Furtado e de Maria Adelina Vasconcelos Arruda (
187
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Qn.641). Nasceu em Fortaleza, a 15 de março de 1954. Técnico do
Ministério da Fazenda. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 07/12/1963em
Fortaleza com Maria Vanda Teixeira De Arruda Furtado n. a
22/07/1942 em Ipueiras, filha de Edmundo Almeida Teixeira e Noemi
Vasconcelos Teixeira. A 2ª, com Raimunda Paiva De Oliveira, nascida
em Baturité.
JOÃO BOSCO FURTADO ARRUDA (Qn. 641.), Engenheiro Civil, filho de
João Coelho Arruda ( Coelhinho) (Tn.255)e de Maria Alexandrina
Furtado Arruda. Nasceu em Fortaleza, a 26 de outubro de 1950.
Professor da Universidade Federal do Ceará. Casou-se em Fortaleza, a
26 de outubro de 1987, com Dulce Maria Marques Sales, Assistente
Social, filha de Francisco Marques Macedo e de Rita Soares Sales
Macedo. Nasceu em Fortaleza a 2 de agosto de 1958.
JOÃO COELHO ARRUDA (COELHINHO) (Tn. 255.), Funcionário
Autáquico, filho de Antônio Austregésilo Vasconcelos Arruda (Bn.68)
e de Júlia Coelho da Fonseca (Julinha). Nasceu em Barturité, Ceará, a
24 de setembro de 1907 e faleceu a 5 de fevereiro de 1987, em
Fortaleza. Funcionário autárquico aposentado. Casou-se em Baturité, a
06/01/1933 com Maria Alexandrina Furtado Arruda, filha de
Hermenegildo Furtado de Mendonça e Menezes (Gildo) e Maria Auta
Saraiva Furtado (Autinha). Nasceu em Baturité, Ceará, no dia 17 de
novembro de 1911 e faleceu em Fortaleza, a 14 de agosoto de 2008.
JOÃO DE DEUS CAVALCANTI JÚNIOR (Pn. 1130.), Engenheiro Civil, filho de
João de Deus Cavalcanti Filho e de Maria Nélie Ribeiro Cavalcanti (Qn.843).
Casado com Eveline Solon Barreira Cavalcanti n. a 10/10/1958,
formada em Química com pós-graduação em química orgânica pela
188
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Universidade Federal do Ceará, filha de José Coracy Gomes
Barreira112 e de Maria Luíza Solon Barreira.
JOÃO DE MARIA LINHARES (Tn. 90), Comerciante, filho primogênito
de Manoel Alves Linhares (Bn.39) e de D. Maria da Conceição Arruda
Linhares. Nasceu em Sobral a 15 de outubro de 1881 e aí faleceu a 25
de março de 1966, aos 85 anos de idade, cercados de seus familiares
e amigos.Foi comerciante de grande destaque, um dos pioneiros no
ramo comercial de chapéus de palha de carnaúba, em Sobral.
Projetou o artesanato de chapéus de palha de carnaúba para todo o
Brasil e até mesmo para o exterior. Foi prefeito de Massapê com
grande visão para expansão da infraestrutura da cidade. Detentor de
um grande patrimônio moral e espiritual. Homem de grande
religiosidade, obediente a Deus e aos princípios católicos. Como
primogênito deu uma grande contribuição na educação e formação
dos irmãos, estendendo este auxílio a outros familiares que lhe
recorriam.
Grande anfitrião dos parentes residentes nos municípios
vizinhos e na capital cearense. Casou-se duas vezes. A lª, em Sobral
com Maria José Sales Linhares (Doninha), nascida em Acaraú e
falecida em Sobral, filha de Antônio Ferreira Sales e de sua 2ª mulher
Francisca Dias Sales. A 2ª, também em Sobral a 2 de dezembro de
1936 com Benedita Dias Linhares, filha de Gabriel Dias de Carvalho e
de Cândida Sales Dias de Carvalho. Nasceu a 21 de abril de 1909 e
faleceu em Sobral, a 30 de maio de 1980. Dos consórcios nasceram
16 filhos todos em Sobral, sendo dez da primeira e seis da segunda.
Vale ressaltar, que todos eles, corresponderam em vida aos
princípios herdados de uma educação religiosa e de conduta ilibada,
que muito dignificaram os pais e sua ascendência familiar.
112
José Coracy Gomes Barreira n. a 17/01/1932, filho do Dr. Eduardo Ellery
Barreira e de Maria Juracy Frota Gomes; casou-se com Maria Luíza Solon Barreira (
Apud Arruda, Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo III, 2ª
Edição).
189
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOÃO GENTIL DE ARRUDA GOMES (Tn. 361.), Industrial, filho de
Antônio Gentil Gomes e de Maria Noemízia de Arruda Gomes
(Bn.83). Nasceu em Fortaleza a 28 de novembro de 1930 e aí faleceu;
Foi também alto comerciante em Fortaleza. Casou-se com Maria
Ivonilde Sousa de Arruda Gomes n. a 02/01/1930, filha de José de
Sousa Ferrer e de Emília de Castro Sousa.
JOÃO JOSÉ CLEMENTE FURTADO DE ARRUDA (Qn. 784.), Físico, filho
do Cap. Miguel Edgy Távora Arruda (Tn.297) e de Maria Adelina
Arruda. Nasceu em Baturité, Ceará, a 1º de julho de 1959. Casou-se a
21/12/1982 em Fortaleza, com Antônia Lima Arruda , filha de José
Alves do Nascimento e de Maria Henrique de Lima. Nasceu em Pedra
Branca, Ceará, a 23 de junho de 1963.
JOÃO JOSÉ DE ARRUDA (F.06.), Comerciante e Agropecuarísta, filho de Amaro
José de Arruda, português patriarca da família Arruda, e de D. Ana Maria da
Conceição Arruda. Nasceu a 21 de setembro de 1812 na fazenda Oiticará, Massapê e falecido na mesma fazenda a 25/04/1878. Um dos filhos de
português que deixou a maior descendência. Um de seus filhos o Cap.
Miguel Arcanjo de Arruda, migrou para o Município de Baturité, outros
permaneceram em Massapê e na capital do Estado do Ceará, deixando
uma prole de grande destaque como pioneiros na indústria no Estado e
na área política, tendo vários representantes na câmara estadual e
Federal, bem como no senado. Atravessaram as fronteiras do Estado,
indo radicar-se também no Rio de Janeiro, então capital do País, onde
tiveram oportunidade de encontrar um meio favorável para o
desenvolvimento de suas habilidades intelectuais e financeiras. Casou-se
em l.a núpcias em Massapê a 14/07/1833 com Maria Quitéria de Jesus (
Quitéria Maria de Arruda), filha de Narciso Lopes de Aguiar113 e de Maria
113
Narciso Lopes de Aguiar, faleceu a 18 de fevereiro de 1840, com 75 anos de idade, em sua
fazenda Picuí, filho de Nicacio de Aguiar e Silva e de Micaela de Sá Oliveira. ;casou-se a
25/01/1796, na Matriz de Sobral, com sua prima legítima Maria Quitéria de Araújo Costa, filha
de José Araújo Costa e Brites de Vasconcelos, uma das Sete Irmãs. Pais de: (1) Brites de
190
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Quitéria de Araújo Costa e, em 2.a núpcias em 1861 com Quitéria Maria da
Rocha114, filha de Bernardino Ferreira da Rocha e de Joaquina de Medeiros.
Pais de: Do 1.° matrimônio: Maria Marcolina Aguiar. Cavalcante;
Joaquina Arruda Aguiar; Tereza Aguiar de Arruda; Rita Ricardina de
Arruda; Francisco Ângelo Arruda; José Firmino Arruda; Miguel
Arcanjo Arruda; Maria Filomena Arruda; João Tibério Arruda;
Raquelina Maria Arruda; 2.° Matrimônio: Antônio Felipe de Arruda;
Maria Sacramento Arruda; Mariana Amélia Arruda; Maria das Mercês
Arruda; Raimundo Saladino Arruda ; Maria José Arruda.
JOÃO JOSÉ VASCONCELOS ARRUDA (Qn. 1303.), Empresário, filho de José
Euclides Arruda (Tn.509) e de Margarida Azevedo Vasconcelos Arruda.
Nasceu em Fortaleza, a 21 de agosto de 1966. Empresário bem sucedido
em Sobral e Massapê. Sócio Proprietário da Empresa J. Arruda Móveis.
Casou-se em Massapê, 17/02/1990 com Flávia Maria Aguiar Andrade
Arruda, filha de José Itamar Aguiar Andrade115e de Simone Frota Aguiar
Andrade. Nasceu em Massapê, 23 de novembro de 1968.
Vasconcelos Medeiros;casou-se a 08/02/1836 com Arnau de Olanda Cavalcante, este viúvo
de Joaquina Ferreira da Costa, filha de José Ferreira da Costa e de Maria Quitéria do Espírito
Santo, sendo Aunau de Olanda, filho de José de Lira Pessoa de Inácia de Olanda Cavalcante;
(2)Rita da Silva Medeiros;casou-se a 01 de janeiro de 1836 com seu primo Diogo Lopes do
Coração de Maria Aguiar, este viúvo de Francisca de Lira Pessoa, filha de José de Lira e de
Inácia de Olanda Cavalcante, filho de Gabriel Arcanjo de Aguiar e de Domiciana Teresa de
Jesus; (3) Francisca de Araújo Costa;casou-se a 08/11/1819 com seu primo João Alves
Linhares, filho de José Alves Linhares e de Rita Teresa de Jesus; (4) Maria Quitéria de
Jesus;casou-se a 14/07/1833 com João José de Arruda, filho de Amaro José de Arruda e de
Ana Maria da Conição; (5)José de Araújo Costa (neto);casou-se a 25/10/1825 com Antônia
Maria do Espírito Santo, filha de José Alves Linhares e de Rita Teresa de Jesus; (6) Vicente
Lopes Aguiar, nascido a 12 de junho de 1810;casou-se duas vezes. A 1ª, com Florência Maria
da Conição, filha do português Antônio Domingues da Silva e de Tomásia de medeiros Bezerra
de Araújo. A 2ª, a 15/10/1867, com a viúva Quitéria Maria da Rocha, segunda mulher de João
José de Arruda (Apud Araújo, Sadoc -Cron. Sobr. vol I, pg 331; vol II pg196 e 328).
114
Quitéria Maria da Rocha, viúva de João José de Arruda, casou-se em 2ª núpcias, com o então
viúvo Vicente Lopes de Aguiar, conhecido também como Pai Dindim ou Pecado, nasceu em 10
de abril de 1810, em Acaraú- Mirim/, e faleceu em 11 de novembro de 1915, filho de Narciso
Lopes de Aguiar e de Maria Quitéria de Araújo. Vicente casou-se em 1ª núpcias com Florência
Maria ( ou Ana Florência) da Conição, filha do português Antônio Domingues da Silva e de
Tomásia de Medeiros Bezerra de Araújo. ( Apud Aguiar, F. A de & Aguiar, J. A. de S. –
Família Aguiar – 7 séculos de História).
115
José Itamar Aguiar Andrade, filho de Miguel Gomes de Andrade, n. a 16/07/1902, em Massapê
, neto paterno de João Gomes de Andrade e de Maria do Carmo Andrade, e de Constância
Laura Aguiar, n. a 21/04/1908, em Massapê , neto materno de Antônio Aguiar e de Ana Paulino
de Aguiar. Casou-se Simone Frota Aguiar Andrade ( Apud Arruda, F.A.V. & Carvalho, Evilásio –
Cronologia Genealógica Massapeense, prelo).
191
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOÃO RANGEL PARENTE (Qn.152), Funcionário Público Federal,
nascido em Sobral a 22 de julho de 1933 em Sobral e falecido em
Teresina 17/12/1974, era filho de José Orion Gomes Parente(Tn.65)
e de Maria Diva Rangel Parente, de tradicionais famílias sobralenses.
Foi funcionário público do Departamento Nacional de Obras Contra
as Secas - DNOCS, tendo desempenhado várias funções de destaque
no durante sua permanência do Estado do Piauí; casou-se em Picos,
Piauí a 18 de outubro de 1956 com Maria da Cruz Martins Parente
(Cruzinha), n. a 22/08/1933, em Picos, funcionária pública estadual
aposentada da Secretaria de Saúde, filha de João Rodrigues de
Sousa Martins, este filho de Ricardo Coelho Rodrigues e de Delfina
de Sousa Dantas, ambos de Oeiras (PI), e de Ana Joaquina de Sousa
Martins. Do seu enlace matrimonial nasceram cinco filhos: Divana
Maria Martins Parente Lira, Odontóloga, casada com José Pedro Lira
Mendes Filho, Médico; Jane Maria Martins Parente Vieira,
Pedagóga, casada com Benedito Vieira de Carvalho, Economista;
Yonara Maria Martins Parente Soares, Pedagóga, casada com João
de Deus Soares Filho, Engenheiro Civil; Marcia Martins Parente
Souza, Bancário, e Patrícia Maria Martins Parente, Médica, casada
com Joel Waisdich, Administrador de Empresas, todos residentes
em Teresina Piauí.
JOÃO SEVERIANO CALDAS DA SILVEIRA (JOÃO CALDAS),(Qn. 184).
Engenheiro Agrônomo e Escritor, filho do ilustre Tabelião, viçosense,
grande líder e defensor do patrimônio histórico de Viçosa do Ceará,
Francisco Caldas da Silveira (Chico Caldas) e de Eglantine Carvalho da
Silveira (Tn.86). Nasceu em Viçosa do Ceará a 05 de março de 1924.
Formado em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará, em
1948 e em Administração Pública pela Universidade Estadual do
192
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Ceará, em 1976. Fez o curso especial em Educação Agrícola na
Universidade de Pardue, USA, em 1963. Ocupou os cargos de
Engenheiro Agrônomo e de Professor de Ensino Agrícola Técnico,
inicialmente, no Ministério da Agricultura, depois, no do Ensino e,
finamente, na Universidade Federal do Ceará, por onde se
aposentou. Foi executor do Acordo entre o Estado do Espírito Santo e
a União, para a manutenção da Escola Agrotécnica Federal de Santa
Teresa, da qual foi também Diretor, de 1959 a 1963. Foi, por duas
vezes, Presidente da Associação Rural de Santa Teresa, no Estado do
Espírito Santo. Foi Diretor do Colégio Agrícola de Pacatuba, Estado do
Ceará, de 1971 a 1973. Casou-se a 09/07/1955, em São João de
Petrópolis, Município de Santa Teresa, Estado do Espírito Santo, com
Margarida Maria Castro Caldas da Silveira, n. a 21/07/1929, na
citada localidade de São João de Petrópolis, filha do Coletor Estadual
Alcebíades de Paula Castro e Roza Pagani Castro (filha de João Pagani
e Margarida Vilaschi Pagani, italianos).
JOÃO SEVERIANO CALDAS DA SILVEIRA JÚNIOR (Pn.422),Engenheiro
Mecânico , nascido em São João de Petrópolis, município de Santa
Teresa (ES), a 22 de maio de 1956, filho do escritor e engenheiro
agrônomo Dr . João Severiano Caldas da Silveira ( João Caldas)
(Qn.184) e de Margarida Maria Castro Caldas da Silveira, esta com
descendência italiana. Formado em Engenharia Mecânica pela
Universidade Federal da Bahia - UFBA, em 1978. Iniciou as suas
atividades profissionais na Companhia Petroquímica do Nordeste –
COPENE, empresa-mãe do Polo Petroquímico de Camaçari, Município
de Camaçari (BA). Casou-se a 15/09/1979, na Igreja Santa Teresa, em
Olinda (PE), com Telma Lira Caldas da Silveira, n. a 26/05/1956, em
Recife PE. Engenheira Civil formada pela Universidade Federal de
Pernambuco - UFPE, em 1978, filha de Manoel de Barros Lira e de
Dorotéia de Barros Lira.
193
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOÃO SIGEFREDO ARRUDA (Bn. 104.) filho de Antônio Felipe de
Arruda (N.30) e de Maria Izabel Aguiar Arruda. Nasceu no dia 21 de
julho de 1894 e faleceu a 25 de fevereiro de 1980 em Massapê, CE.
Comerciante no ramos de caçados durante muitos anos em
Massapê.;casou-se a 27/09/1930 com Maria Creusa Soares Arruda,
nasceu 07/08/1913 em Massapê, filha de Antônio Minervino Soares116e
Maria Cândida Lyra Aguiar (Cândida de Lyra Soares). Do consórcio nasceram
os filhos: Luiz Valdir Soares Arruda, Antônio Jairo Soares Arruda, Maria
Valquíria Soares Arruda,
Francisco Waldiny Soares Arruda,Marta
Maria Soares Arruda, João Sigefredo Arruda Filho, Maria Valdívia Soares
Arruda ; Maria da Conceição Soares Arruda, Antônio Minervino Soares
Arruda.
JOÃO SIGEFREDO ARRUDA FILHO (Tn. 455), Médico, filho de João
Sigefredo Arruda e de Maria Creusa Soares Arruda. Nasceu em
Massapê 2 de julho de 194.1 Formado em Medicina, trabalha como
médico do jornal “ A Tarde”, em Salvador (BA). Casou-se com ANA
MARIA SAPUCAIA ARRUDA. Residem em Salvador. Do seu casamento
nasceram três filhos: Marcelo Sapucaia Arruda; Márcio Sapucaia Arruda
e Marcelo Sapucaia Arruda, residentes em Salvador, Bahia.
JOÃO TARCÍSIO CARTAXO ARRUDA ( Tn. 342.), Cel. do Exército, filho de
Edgard de Aguiar de Arruda ( Bn.80 ) e de Maria Letícia Cartaxo
Arruda. Nasceu em Fortaleza, a 10 de julho de 1930. Casou-se em
Fortaleza, com Sílvia Mourão Mattos Arruda, filha do Dr. Lincoln
Mourãooo Mattos e de Vanda Barreto Mourão Mattos.
116
Antônio Minervino Soares, n. em Massapê (CE) em 1874, filho de Miguel
Arcanjo Soares ( filho de José Pedro Soares e Ana Luzia da Trindade), e de
Brazilina Maria da Ponte (filha de Manuel Francisco da Ponte e Tereza Antônia
da Silva. Casou- se a 05/09/ 1903, em Massapê (CE), com Maria Cândida Lyra
Aguiar, filha de Vicente de Lyra Aguiar ae Maria Marculino Cavalcante (Apud
Lima, Francisco Augusto de Araújo – Soares e Araújos do Vale do Acaraú,
Fortaleza, Macaé, 1989).
194
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOÃO TIBÉRIO DE ARRUDA (N. 28.) n. a 14/11/1854 em Massapê e aí
faleceu no ano de 1928. Era filho de João José de Arruda ( F.06) e de
Maria Quitéria de Jesus. Neto paterno do português Amaro José de
Arruda e de D. Ana Maria da Conceição. Foi Agente dos Correios em
Massapê. Casou-se em la.s núpcias a 10/09/1874 com sua prima
Filomena Isabel de Lira Aguiar, falecida a 08/03/1898, filha de Vicente
de Lira Aguiar e de Antonia de Holanda Cavalcante e, em 2a. núpcias em
1901, com a sobrinha Aureliana de Arruda (Sinhá), falecida a
04/05/1944, filha de Pórfiro Bezerra de Araújo e de Maria da Glória
Cavalcante. Deixou uma destacada descendência no Estado do Ceará. Um
dos filhos, João Arruda, foi um dos pioneiros da indústria no Ceará e
primeiro Prefeito Municipal de Massapê, deve-se a ele a elevação da Vila à
Cidade instalada a 5 de fevereiro de 1915. Entre outros que se destacaram
na vida pública e em outras as sócio –econômica dos Estado. Tíbério
Arruda, conhcecido por Tio Tibério é um patriarcas da família Arruda que
se radicaram em Fortaleza. Dos seus dois consórcios nasceram: Do
primeiro: João Aguiar Arruda, Francisco Nelson Aguiar Arruda, Vicente
Humberto de Arruda,Antônia Aguiar de Arruda, Heitor Aguiar de Arruda,
Edgard Aguiar de Arruda, Antônio Aguiar de Arruda, Esther Aguiar de
Arruda, Maria Noemizia Aguiar de Arruda, Clotilde de Arruda. Do 2º
segundo: Miguel Olímpio de Arruda, Francisco Stoessel de Arruda,
Maria da Glória de Arruda, Luiz Olintho De Arruda, Raimundo Ananias
de Arruda, Isaías Lins de Arruda, Walter Arruda, Clodoaldo Arruda,
Itamar Arruda, Mírian Arruda.
JOÃO TOMAZ DE VASCONCELOS (Tn. 535.)n a 17/03/1889 na Fazenda Oiticará, Massapê, CE. Era filho de Miguel Thomaz de
Vasconcelos ( Bn.134) e de Joaquina Maria de Arruda Vasconcelos.
Grande comerciante no Município de Cariré, onde gozava de grande
prestígio na Classe política e na sociedade. Por motivo de
perseguições políticas transferiu seu negócio para o município de
195
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Massapê, com toda família. Onde procurou com o mesmo afinco
desenvolver suas atividade comerciais. Deixando um grande legado
aos seus filhos os princípios de honoestidade e de coragem para
enfrentar as dificuldades própria de uma existência no interior do
Ceará. Casou-se duas vezes. A 1ª, em Massapê a 13/07/1914 com
Maria Gerviz De Arruda, n. a 15/11/1897 e falecida a 26/08/1922,
filha de Arnaud de Lyra Cavalcante117 e Maria José de Arruda. A 2ª, A
06/06/1923, em Cariré , com Francisquinha Azevedo De Vasconcelos,
filha de Domingos Custódio de Azevedo118 e de Angélica Machado
Portela.
JOAQUIM MANOEL DE ARRUDA (Qn. 1333), Engenheiro Civil, nasceu
em Fortaleza, a 28 de agosto 1947; filho de Antônio Barreto de Arruda
(Pn.127) e de Carolina Amélia Arruda (Caluzinha). Formado pela Escola
de Engenharia da Universidade Federal do Ceará (1967/1971) lotado
no DNOCS, onde atualmente é Coordenador de Obras do Projeto de
Irrigação Baixo Acaraú e Engenheiro do Serviço de Obras da
Coordenação de Obras da Diretoria de Infra-estrurura Hídrica do
DNOCS. Como Técnico do DNOCS exerceu várias funções de confiança
como o de Responsável pelo Serviço de Instalação e Construção e
Substituto Eventual do Diretor da Divisão de Poços, da
Superintendência de Obras do Estado do Ceará (SOEC), cargo exercido
no período de janeiro/1972 a junho/1973. Chefe da Seção de
Desenvolvimento de Áreas de Montante da Divisão de Estudos e
Projetos da 1ª DR –DNOCS ( novembro/1974 a maio/1975); Chefe da
Seção de Engenharia da Irrigação e Substituto Eventual do Chefe da
Divisão de Estudos e Projetos da 1ª dr-DNOCS (Junho/1975 a
dezembro/1979); Chefe da Divisão de Obras de Irrigação e Infra117
Arnaud de Lyra Cavalcante, filho de Francisco de Lira Aguiar (filho de Diogo Lopes Aguiar e
Francisca de Lira Pessoa) e de Rita Maria Cacalcante (filha de Arnaud de Holanda Cavalcante,
por sua vez filho de José Lira Pessoa e de Inácia Cavalcante de Albuquerque). Casou-se com
Maria José de Arruda.
118
Domingos Custódio de Azevedo, residia em Cariré, na fazenda Tanques, filho de Custódio
Francisco de Azevedo e de Ursulina Maria do Livramento. Exercia grande liderança política na
região, era irmão de Joaquim Custódio de Azevedo, que era pai do Dr. Antônio Custódio de
Azevedo(pp)
196
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Estrutura da Diretoria de Obras Civis do DNOCS, no período de
junho/1981 a junho de 1991;Coordenador de Estudos e Projetos (CEP)
DA Diretoria de Infra-Estrutura Hídrica do DNOCS, no perído de
novembro/2001 a maio/2003. Tendo ainda elaborado inúmeros
Projetos e obras de Engenahria de grande vulto para os Estados do
Ceará e Piauí. Casou-se, em 05/10/1973, com Maria das Graças Braga
de Arruda, n. em Pedreiras (MA), em 01/03/1949, professora, filha de
Raimundo Braga Martins e de Corina Braúna Braga.
JOAQUIM
OLÍMPIO
DA
SILVEIRA
CARVALHO
(Tn.87.),
Desembargador, filho do emérito Promotor de Justiça Dr. Antônio
Ferreira de Carvalho, viçosense de grande lastro na promotoria do
Estado do Ceará, e de Rita Arruda da Silveira Carvalho ( Bn.34).
Nasceu em Ipu (CE), a 02 de janeiro de 1899, viveu a maior parte de
sua infância em Viçosa do Ceará.
A convite do tio e amigo Dr. Júlio de Siqueira Carvalho 119,
veio para Fortaleza, e, em 1914, foi matriculado no Instituto Miguel
Borges, dirigido pelo Prof. Odorico Castelo Branco. Em 1915 fez
exame para entrar no curso integral do antigo Liceu (1915-1919).
Concluiu o curso preparatório em 1919, mas só em 1921, pode
119
Dr. Júlio de Siqueira Carvalho nasceu na residência de seus pais, em Viçosa do Ceará.
Era 5º (quinto) filho, o caçula, na ordem da filiação do casal Coronel Joaquim Ferreira de
Carvalho, natural de sobral (CE) onde nasceu a 29 de julho de 1841, este filho de Antônio
Ferreira de Carvalho e de sua mulher Maria do Livramento de Carvalho, falecido em Viçosa do
Ceará a 22 de outubro de 1902, e Dona Raimunda Siqueira de Carvalho, falecida em Fortaleza
a 14 de março de 1926, esta filha do Tenente Ângelo de Siqueira Passos e sua mulher Dona
Maria Joaquina dos Santos, órfão de pai, aos 6 (seis) anos de idade, cresceu sob os cuidados
de sua mãe que o distinguiu entre os netos, alguns já de mais idade. Estudou as primeiras
letras, na Escola Pública da Professora Francisca de Carvalho Maia. Aos 12 anos ingressou
por iniciativa própria, no Instituto Lívio Barreto, onde se distinguiu pelo comportamento, firmeza
de caráter e liderança junto aos colegas. Aos 14 (quatorze) anos, Júlio Carvalho, em
companhia do seu padrinho Desembargador Cláudio Ideburque Carneiro Leal Filho, então Juiz
de Direito em Viçosa do Ceará, viajou para a capital do Estado, Fortaleza, internando-se no
conceituadíssimo Colégio Nogueira, para, alguns dias depois, passar a residir na casa de seu
tio Desembargador Francisco de Oliveira Praxedes então Presidente do Tribunal da Relação
do Estado do Ceará, que não tinha filhos, porém, mantinha em sua companhia dois sobrinhos e
dois afilhados. Concluiu os estudos preparatórios no Liceu do Ceará. Bacharelou-se em Direito,
em 1918, pela Faculdade de direito do Ceará. Em 1919, no início do ano, o Dr. Júlio de
Siqueira Carvalho é indicado para o cargo de Promotor Público de Viçosa do Ceará... (Apud
Silveira, J. S. C. da – Chico Caldas – O Patriarca de Viçosa do Ceará, Vol III, Fortaleza,
2010, pg 312).
197
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ingressar na Faculdade de Direito do Ceará, onde se forma em 1925.
Foi funcionário do antigo Superior Tribunal de Justiça do Estado, a
princípio, como Auxiliar de sua Secretária e mais tarde Amanuense e
2º Oficial. Foi Promotor de Viçosa de 1927 a 1931, Juiz Municipal de
Ubajara (julho de 1931 a janeiro de 1932), Promotor de Missão Velha
(dezembro de 1932 a julho de 1934), sendo removido, a pedido, para
a promotoria da comarca de Baturité (agosto de 1934 a março de
1941), Juiz Municipal de Soure, depois Caucaia (março de 1941 a
julho de 1954). Posteriormente, aproveitado como Juiz Auxiliar de
Direito de Fortaleza, onde foi promovido por antiguidade, para a 5ª
Vara Civil de Fortaleza e depois foi nomeado Desembargador. Foi
homenageado com o nome do Fórum, na Comarca de Caucaia, Av.
Olímpio da Silveira. Casou-se com Aldith Ramos de Almeida
Carvalho, de tradicional família de Parnaíba (PI).
JOARA MARIA LINHARES TORQUATO (Pn.456), Fonoaudióloga, filha
de Francisco José Torquato da Silva e de Maria Neila Dias Linhares
Torquato (Qn.155) Nasceu em Sobral, a 26 de março de 1977.
Formada pela Universidade de Fortaleza - Unifor). Exerce suas
atividades profissionais em Sobral. Solteira.
JORGE OLIVEIRA LINHARES ARRUDA (Qn. 242), funcionário público
federal, filho de Manoel Linhares Arruda (Tn.114) e de Léa Felinto
Oliveira Linhares. Nasceu no Rio de Janeiro (RJ), a 21 de julho de
1954. Formado em Processamento de Dados. Funcionário do
Ministério da Cultura. Casou-se a 15/05/1982 com Angélica Lília
Hugueney Linhares Arruda, n. a 28/02/1953, filha de Carlindo
Hugueney e de Angélica Hugueney. Do seu enlace matrimonial
nasceram dois filhos: Carlos Hugueney Linhares Arruda e Patrícia
Hugueney Linhares Arruda, residentes em Brasília (DF)
JOSÉ VASCONCELOS ARRUDA (Tn.191), Comerciante, filho de Messias
Francisco de Arruda (Bn. 49) e de Teresa Firmo Vasconcelos Arruda.
198
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nasceu em Massapê, a 27 de novembro de 1935. Comerciante há
mais de meio século em Massapê. Casou-se em Massapê a 16 de
outubro de 1960, com Maria Auxiliadora Vasconcelos Arruda, n. a
16/01/1936, em Massapê, filha de Raimundo Araújo Vasconcelos120 e
de sua 2ª mulher Emília Edite Carneiro Vasconcelos.
JOSÉ VASCONCELOS ARRUDA FILHO ( VASCO) (Tn.191), Servidor Público
Estadual, nasceu em Massapê a 27 de novembro de 1935.
Comerciante há mais de meio século em Massapê. Casou-se a
16/10/1960, em Massapê, com Maria Auxiliadora Vasconcelos
Arruda, n. a 16/01/1936, em Massapê, filha de Raimundo Araújo
Vasconcelos121 e de sua 2ª mulher Emília Edite Carneiro Vasconcelos.
JOSÉ AFRÂNIO VIDAL (Qn. 1043.) nasceu em Fortaleza a 11 de
novembro de 1936 e faleceu em Fortaleza; filho de José Alencar Vidal e
de Francisca Alda Pontes Vidal (Tn.402). Advogado e funcionário do
Banco do Nordeste do Brasil S/A. Editor de O LEÃO DO SUL, Órgão do
Lions Club de Fortaleza - SUL, revista premiada com a PLACA DE OURO
DA XXVII Convenção Nacional de Lions Clubes, em Poços de Caldas,
MG, e de CEARÁ LEONISTICO, informativo da Governadoria do
Distrito L - 15 (Lion Internacional). Casou-se com Inalda Duarte Vidal,
n.a 16/02/1936, filha de José Guilherme Rodrigues Laranjeira e de Maria
Alice Duarte Laranjeira.
JOSÉ ALARICO FROTA (Tn. 75), Empresário, nascido em Sobral, a 12
de julho de 1881, filho do Dr. José Frota Júnior, promotor público, e
de Maria Carminda Gomes Coelho ( Bn.25). Foi sócio da firma
120
Raimundo Araújo Vasconcelos, filho de Miguel Araújo Vasconcelos e irmão de Antônio
Araújo Vasconcelos. Casou-se duas Vezes. A 1ª, com Maria das Graças Martins Viana, filha
de....Martins Viana. A 2ª, com Emília Edith Carneiro Vasconcelos, n. a 03/07/1912, filha de
Joaquim Eremita Carneiro e Júlia Letícia Carneiro (pp).
121
Raimundo Araújo Vasconcelos, filho de Miguel Araújo Vasconcelos e irmão de Antônio
Araújo Vasconcelos. Casou-se duas Vezes. A 1ª, com Maria das Graças Martins Viana, filha
de....Martins Viana. A 2ª, com Emília Edith Carneiro Vasconcelos, n. a 03/07/1912, filha de
Joaquim Eremita Carneiro e Júlia Letícia Carneiro (pp).
199
Dicionário Biográfico - Família Arruda
comercial Frota & Cia. e teve também escritório de representações,
sob firma individual. Teve grande projeção na política, militava no
partido Republicano, que chefiou por muitos anos. Casou-se a
25/05/1907, com Maria Cândida Mendes Frota, filha do Cel.
Manoel Felizardo Pereira Mendes 122e Maria Cândida da Rocha
Mendes, sua 1ª mulher. Sem Sucessão.
JOSÉ ALBERTO ARRUDA PONTES (Qn. 1345.) nasceu em Fortaleza a 7 de
junho de 1945; filho de Vicente de Araújo Pontes (Tn.519) e de Georgina
Arruda Pontes. Graduado em Administração de Empresas no IBESCE.
Servidor público estadual, lotado nos quadro de funcionários da Secretaria
de Ação Social do Estado do Ceará.
JOSÉ ALDEMIR DE ARRUDA COELHO (Qn.93),Cirurgião – Dentista,
nasceu em Sobral, a 10 de agosto 1938; filho de José Huet de Arruda
Coelho (Tn.37) e Raimunda Fontenele de Arruda Coelho. Formado
pela Universidade Federal do Ceará. Atuou como profissional bem
sucedido em Fortaleza. Membro do Conselho de Odontologia e
Associação de Odontologia. Em 1974, fez Curso de Especialização em
Endodontia. Participou de vários congressos e eventos da profissão
em diferentes Estados da Federação.
Aposentou-se como
funcionário do DERT, na categoria de Cirurgião Dentista. Exerce ainda
as funções como especialista em tratamento de canal em seu
gabinete-dentário, em Fortaleza. Colaborou com muito apreço com
o trabalho biográfico, no tocante à família Arruda Coelho, aqui
apresentados. Casou-se a 06/08/1966, em Aracati (CE), com Maria
122
Manuel Felizardo Pereira Mendes, nasceu em Santana a 11.01. 1859 e fal. em Sobral a
14.06.1942, filho de Antônio Mendes da Costa de Vasconcelos e de Teodora Ferreira da
Costa. Casou-se duas vezes. A 1ª com Maria Cândida Rocha, filha de João Mendes Rocha e
de Cândida Furtado de Mendonça. A 2ª a 22.05/1893 com Maria José Lopes, n. em Sobral a
11.07.1862 e fal. em Sobral a 19.11.1955, filha de José Raimundo Lopes Cavalcanti e de
Francisca Furtado de Mendonça (Apud Frota, Pe. José Gentil - Os Frotas - Esboço de
Genealogia - Pe. José da Frota Gentil).
200
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Aída Morais de Arruda, n. a 06/08/1942, filha de Meton Barreto de
Morais123e de Maria Zélia Onofre de Morais.
JOSÉ ANTÔNIO DIAS CARNEIRO (Pn.474), funcionário público e
político, filho de José Maria Linhares Carneiro (Qn.177.) e de Maria
Juracy Dias Carneiro. Nasceu em Sobral a 15 de março de 1950. Fez
os seus estudos primários em Sobral. Diplomou-se Ciências Contábeis
pela Faculdade Vale do Acaraú- UVA, turma de 1979. Das suas
atividades acadêmicas consta a Presidência do Centro Acadêmico
Padre Sadoc. Na vida associativa prestou bons serviços a todas as
entidades que participou e participa, como: Câmara Júnior de Sobral,
da qual foi Presidente, tem Curso de Extensão Universitária pela UVA
e de Direito Tributário e Fiscalização da Previdência Social. Participou
de duas convenções nacionais da Câmara Júnior, em Arapiraca,
Alagoas, em 1982 e em Guarapari, Espírito Santo, em 1984. Foi
coordenador da Fiscalização Geral do Vestibular de Ciências
Contábeis da UVA em 1928. Foi membro da Associação Cearense de
Jornalismo do Interior- ACEJI, foi Gerente do Cinema Alvorada, de
Sobral, do escritório Regional da Coelce, com sua sede em Sobral
durante três anos e Assistente do Departamento da Zona Norte de
onde se afastou para se candidatar a Prefeito de Forquilha. Mas
desde 1982 participava da política partidária de sua terra, tendo sido
eleito vereador, na legenda do PDS com a expressiva votação de
1.050 sufrágios. Como vereador teve grande atuação, sempre na
defesa dos interesses coletivo, comportamento que fez com que
fosse escolhido pelos seus pares, Primeiro Secretário do Poder
Legislativo Sobralense, quando na Presidência Fernando Solon, na
Vice Presidência Francisco de Assis Arruda, e na gestão Municipal o
Prefeito Joaquim Barreto Lima. Em quase três anos de mandato de
vereador, adquiriu uma regular experiência o que o fez com que ele
123
Meton Barreto de Morais, n. a 18.03.1910, filho de Joaquim Morais e Presciliana Barreto de
Morais. Casou-se a 24.06.1941, em Fortaleza (CE), com Maria Zélia Onofre de Morais, n. a
26.10.1924, filha de José Onofre de Souza e de Natercia Paiva Onofre (pp)
201
Dicionário Biográfico - Família Arruda
se elegesse a Prefeito do novo município de Forquilha, então distrito
de Sobral. Casou-se com Valdênia Maria Afonso Carneiro, n. a
05/04/1953 e faleceu em Sobral a 24/03/2005, filha de Fernando
Afonso Marques124e de Ivone Parente Prado. Valdênia era uma
mulher determinada, sabia bem o que queria. Lutou em vida pelos
sues sonhos e muitos deles realizou. Tenho boas recordações dela
durante a campanha de seu esposo à Prefeito de Forquilha, onde
participei ativamente ainda como Vereador em Sobral.
JOSÉ APRÍGIO DE VASCONCELOS ARRUDA (Bn.67.), Industrial, nasceu
em Santo Antônio do Aracatiaçu, Sobral a 13 de agosto de 1877 e
faleceu em 09/03/1958, em Belén (PA); filho do Cap. Miguel Arcanjo
de Arruda (N.26) e de Maria do Livramento Arruda. Casou-se em
Baturité a 12/12/1907 com Ester Proença n. a 27/01/1884 em Baturité e
faleceu a 18/12/1956 em Belém, filha de Bernardino Proença e Jacinta
Proença.
JOSÉ ARNALDO MOTTA DE ARRUDA (Qn. 590.), Médico, filho de José
Proença Arruda ( Tn.244) e de sua 1ª mulher Letícia Motta de Arruda.
Nasceu no Rio de Janeiro, a 5 de novembro de 1951. Casou-se em
Fortaleza a 13/01/1980, com Carlota Ribeiro de Arruda n a
29/10/1952 em Fortaleza, filha de Carlos Mendes Ribeiro e Mirtes
Brasil Ribeiro.
JOSÉ ARRUDA FROTA (Qn. 124), Odontólogo, nascido em Fortaleza a
18 de fevereiro de 1924; filho do tradicional médico cearense Dr.
José Ribeiro da Frota e Guiomar de Arruda Frota (Tn.47)). Cirurgião
Dentista, de grande destaque em Fortaleza, casou-se a 11/10/1950
124
Fernando Afonso Marques, filho de Antônio Marques e de Cecília Afonso. Casou-se com
Ivone Parente Prado, filha de Jerônimo Medeiros Prado, líder Político e ex - Prefeito Municipal
de Sobral, comerciante e agropecuarísta de grande destaque em Sobral , e de Francisca
Gomes Parente ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol II – Os Gomes
Parente, Tomo II, pg 527), 1ª Edição)
202
Dicionário Biográfico - Família Arruda
em Fortaleza com Maria de Lourdes Parente VasconcelosFrota, filha
de José Prado Vasconcelos125 e de Francisca Parente Vasconcelos
(Francisca Carolina Vasconcelos).
JOSÉ BARRETO ARRUDA FILHO (Qn. 1330.), Bancário, nascido em
Fortaleza a 6 de maio de 1939. Filho de Antônio Barreto de Arruda (
Bn.127) e de Carolina Amélia Arruda. Funcionário aposentado do
Banco do Brasil, onde exerceu a função de Gerente nas Agências de
Iguatu e Senador Pompeu, no Ceará. Posteriormente, transferiu-se
para Brasília, onde praticou funções comissionadas na Gerência
Regional do Nordeste ( GENOR), oportunidade em que pôde ressaltar
seu profundo conhecimento sobre crédito rural, então liderado pela
CREAI, Carteira de Crédito que muitos benefícios prestou ao país.
Casou-se a 18/01/1963 com Iracele Rosa de Arruda, n. a
15/04/1941, em Crateús , professora, filha de José Euclides Rosa126 e
de Antônia Pereira da Paz Rosa .
JOSÉ BARRETO ARRUDA NETO (Pn.1600.), Advogado, nascido em João
Pessoa (PB) a 18 de outubro de 1974; filho de José Luciano Arruda
(Qn.1331) e de Luzenira Fernandes Arruda (Nirinha). Formado em
Direito pela Universidade Federal da Paraíba. É Advogado da Empresa
Brasileira dos Correios e Telégrafos (ECT), em Brasília (DF).
125
José Prado Vasconcelos, filho de Manoel Horácio do Prado Vasconcelos e de Carolina
Prado Vasconcelos (Calú), ambos de Camocim (CE). Casou-se com Francisca Carolina
Vasconcelos (Francisca Parente Vasconcelos) (Qn.532), filha de Manoel de Manoel Gomes
Parente e de Maria de Lourdes Cavalcante (filha de Manoel Osterno Cavalcante e de Francisca
Carolina Cavalcante). Manoel Horácio do Prado Vasconcelos e Carolina Prado Vasconcelos,
tiveram os seguintes filhos todos nascidos em Camocim: Aprígio Prado Vasconcelos; José
Prado Vasconcelos; Maria Hilda Vasconcelos; Raimunda Ambrosina Alves; Pedro Prado
Vasconcelos e Maria do Livramento Prado Vasconcelos Apud Arruda, F.A.V. – Arquivo
Genealógico, no prelo).
126
José Euclides Rosa, filho de Joaquim Gonçalves Rosa e de Joana Gonçalves Rosa. Casouse com Antônia Pereira da Paz Rosa, filha de José Pereira da Paz e de Francisca Pereira da
Paz ( Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005,
pg 36).
203
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ BARRETO ARRUDA ( Tn.516.), Comerciante, filho de Antônio Barreto
de Arruda ( Bn127) e de Carolina Amélia Arruda, Nasceu em Massapê,
Ceará, a 9 de julho de 1906 e faleceu em Fortaleza, Ceará, a 5 de abril de
1990. Era comerciante no ramo de mercearia, em sua conhecida “ Casa do
Povo”, localizada no antigo Mercado Central. Casou-se a 22/10/1934 com
Ana Nascimento Arruda ( Ninosa), n. a 28/10/1910 e fal. a
22/05/1991,em Fortaleza , filha de Joaquim Manoel Nascimento Lima e de
Maria Monteiro Nascimento Lima ( Maria Gomes do Nascimento). Do seu
consórcio nasceram os filhos: José Barreto Arruda, Francisca Olinda ( Francy),
José Eurípdes, Georgina Arruda Pontes e Maria Minervina Arruda, todos com
descendência.
JOSÉ BEZERRA DE ARRUDA (Cel) (Qn.129), Militar, nascido em
Fortaleza a 27 de abril de 1926 e ai falecido a 8 de março de 1994 aos
68 anos de idade. Era filho do destacado comerciante Lívio
Cavalcante Arruda (Tn.49) e Maria do Rosário Bezerra de Arruda.
Coronel do Exército. No posto de primeiro – tenente, foi instrutor na
Escola Preparatória de Fortaleza (EPF), instituição de ensino da qual
fora aluno. Fez vários cursos militares, como o Aperfeiçoamento de
Oficiais, e o Técnico e Tático de Motomecanização. Na área civil, fez
os cursos de Administração; de Recursos Humanos; e Direito
Administrativo. Foi condecorado com a Medalha Militar de Prata, por
mais de vinte anos de bons serviços prestados, dos quais mais de
catorze anos na EPF e no Colégio Militar de Fortaleza, onde exerceu
as mais varias das funções, desde instrutor a fiscal administrativo.
Recebeu o diploma de Amigo do Colégio Militar de Fortaleza, em
1976. Casou-se a 31/05/1952, em Fortaleza com Cármen Góis
Ferreira de Arruda, filha do médico Hélio Góis Ferreira e de Maria
José Menescal de Góis Ferreira. Do seu consórcio nasceram: José
Bezerra de Arruda Filho, médico; Pedro Jorge Góis Ferreira de
Arruda; Advogado, Augusto César Góis Ferreira de Arruda; Germana
Góis Ferreira de Arruda, socióloga; Fernando Antônio Góis Ferreira
de Arruda e Marcelo Góis Ferreira de Arruda.
204
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ CALDAS DA SILVEIRA (Qn. 185), Comerciante, filho do
magnâmico viçosense Tabelião e grande líder comunitário defensor
do patrimônio histórico de Viçosa do Ceará, Francisco Caldas da
Silveira ( Chico Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira (Tn.86).
Nasceu em Viçosa do Ceará a 03 de junho de 1925. Comerciante
desde 1945, nas praças do Rio de Janeiro, Porto alegre, Recife e São
Luís. Casou-se em Teresina (PI) a 24/05/1958 com Maria José
Serrano Caldas da Silveira, n. a 10/10/1935, em Belém (PA), filha de
Raul Serrano de Andrade e de Maria das Graças Sá Serrano.
JOSÉ CÂNDIDO ARRUDA DA SILVEIRA (Bn. 33), Comerciante, nascido
em Viçosa do Ceará a 7 de outubro de 1845 e falecido a 23 de maio
de 1913. Era filho de Raymundo Benício da Silveira e de Maria
Quitéria de Arruda Silveira (N.15). Foi intendente de Viçosa no
período de 1897 — 1898. Teve questão com o Barão de Ibiapaba por
causa das minas de Viçosa. Foi presidente da Câmara Municipal de
Viçosa, 1893, quando elaborou o regimento interno. Casou-se com
Prudenciana Carneiro da Silveira, filha do Cel. Antônio Rodrigues
Carneiro e de Maria Pessoa Carneiro.
JOSÉ CARLOS ROBERTO ARRUDA LIMA (Qn. 796.), Advogado, filho de
Nelson Lima e de Maria Francisca Teresa Távora Arruda Lima (Tn.304.).
Nasceu em Fortaleza, a 7 de junho de 1962. Formado em Direito. Casou-se
a 12/01/2004 em Fortaleza com Adriana Vidal Santana, Professora, filha
de José Inácio Santana e de Antônia Vidal Santana.
JOSÉ CÉLIO ARRUDA SABINO (Qn. 661.), Industrial, filho de José Garcez
Sabino e de Maria Consuêlo Arruda Sabino (Tn.266). Nasceu em
Fortaleza, a 14 de abril de 1946. Casou-se em Fortaleza a 16/09/1969,
com Francisca Eldeni Moreira Sabino n. a 31/12/1948 em Fortaleza,
filha de Joaquim Alexandre da Silva e Maria Moreira da Silva.
205
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ CLODOVEU ARRUDA COELHO FILHO (Cahú) (Qn.71),
Advogado, nascido em Sobral a 18 de abril de 1944 e aí falecido na
mesma cidade. Era filho de José Clodoveu de Arruda Coelho (Tn.33)
e de Romélia Cavalcante Arruda, formado em Direito pela
Universidade Federal do Ceará - UFC. Casou-se com Inês Rodrigues
Alves n. a 07/07/1957, filha de Antônio Mamede Alves e de Maria
José Alves.
JOSÉ CLODOVEU ARRUDA COELHO NETO (Pn.98), Advogado,
nascido em Sobral a 26 de maio de 1958, filho do renomado
sobralense Dr. Luciano Arruda Coelho (Qn.67) e de Maria do Carmo
Carvalho de Arruda Coelho, ilustre tabeliã em Sobral. Como na
maioria das crianças de sua época fez sua alfabetização como
professores particulares, no caso dona Maria José Carneiro, cuja
escola situava-se na Praça do São Francisco. Depois estudou no
Colégio Sobralense, formando-se em Direito pela Faculdade de
Direito, da Universidade Federal do Ceará.
Em Sobral, ainda adolescente, destacou-se como líder, já com
idéias progressistas e democráticas, discordava do regime militar,
sendo presidente do Grêmio Estudantil do Colégio Sobralense, era
um dos responsáveis pela “ Quinzena Estudantil” , jornal que
marcou época na década de setenta; foi um dos principais
organizadores do famoso “ Festival Musical do Mandacaru” , palco
revelador de talentos sobralenses e de outras regiões do Ceará;
desempenhou papel estratégico na criação e consolidação do
Movimento de jovens na Igreja por volta dos anos 75/76, sendo um
dos responsáveis pela criação da Pastoral da Juventude, na Diocese
de Sobral, por Dom Walfrido Teixeira Vieira, ocasião em que
conheceu os diversos municípios da Zona Norte.
Estudante na Faculdade de Direito, destacava-se como
respeitado intérprete do Direito insurgente, instrumento de luta
pelas liberdades democráticas. Em 1978, participa da criação do “
206
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Hábeas Corpus” , grupo de universitários que com base na
radicalidade do evangelho cristão se mobilizava na luta contra a
ditadura militar. Período de muitas leituras e de militância no
movimento estudantil. Participa diretamente da reestruturação das
entidades estudantis, postas na clandestinidade pelos governos
militares, está presente no Congresso de Reorganização da UNE –
União Nacional dos Estudantes e articula os encontros Nacionais de
Estudantes de Direito, espaço de luta pela redemocratização do
país.
Em 1979 é eleito vice-presidente da 1ª diretoria do
Diretório Central dos Estudantes –DCE da UFC, período em que
revela-se como uma liderança firme e carismática, consolida suas
posições políticas e ideológicas como um homem de esquerda e
acentua-se nas lutas pelo fim do regime militar, filia-se ao Partido
Comunista do Brasil, ainda clandestino, ocasião em que radicaliza
nas lutas libertárias pela Anistia, pela Reforma Agrária, pela
reformulação partidária, pela redemocratização do País.
Em 1980 é leito presidente do DCE da UFC, ocasião em que
também participa da Diretoria da UNE e conhece, em razão das
mobilizações nacionais e realidade de vários estados brasileiros.
Neste período, o Diretório Central da UFC cumpre o papel de pólo
aglutinador dos movimentos democráticos e populares do Ceará,
quando Clodoveu de Arruda, o Veveu como também é conhecido, se
revela um articulador e estrategista não só no movimento
estudantil, mas nos diversos sociais. Dirige em Fortaleza, na
condição de presidente do DCE, as maiores mobilizações populares
contra a Ditadura Militar e reestrutura em várias cidades cearenses
as entidades estudantis.
Formado em Direito, em 1982, volta para Sobral. Advogado
recusa a advocacia tradicional, apesar de filho e neto de juristas e
herdeiro da experiência e da boa fama de uma família de bacharéis
em Direito, assume as causas sociais, defendendo trabalhadores (as)
rurais e urbanos, atuando em Sobral e noutras comarcas da Zona
Norte. Como candidato à vereador nas eleições de 1982, inaugura
207
Dicionário Biográfico - Família Arruda
em Sobral, o discurso e a prática política de esquerda, denunciando
os “generais” de Brasília, os “ coronéis” do Ceará e os seus
representantes e protegidos em Sobral. Apesar de ter sido um dos
mais votados o seu partido não fez o cociente eleitoral, não foi
eleito.
Ingressa na Universidade do Vale do Acaraú (UVA), como
professor de Direito, recuperando as suas relações com a
Universidade e criando uma exigência de estudos acadêmicos para
si. Logo refaz relações com a diocese, especialmente, com o seu
segmento progressista e passa a orientar as organizações
camponesas, fortalecendo-as e assistindo-as juridicamente nas lutas
por seus direitos, principalmente pela reforma agrária, participando
ativamente das desapropriações de vários latifúndios.
O assassinato por pistoleiros, de Benedito Tombo, em 1985,
uma liderança camponesa e agente pastoral o marca
profundamente, o que reforça a sua convicção de usar os seus
conhecimentos jurídicos na construção de uma sociedade justa,
fraterna e sem exploração.
Percebe que para tanto, não basta a luta dos movimentos
sociais, mas que é também necessário uma ação política
institucional. Articula, então, com outros amigos e companheiros o “
Movimento Por Uma Nova Sobral” , que produz um ideário sócioeconômico político-cultural para uma nova geração de sobralenses,
que estava insatisfeita com a realidade de Sobral e que se mobiliza
para construir novos referenciais e ocupar posições estratégicas
com a finalidade de instituir “ uma nova ordem” em Sobral.
Prossegue advogando para os trabalhadores, mas mantém uma
ação política na cidade, ajudando a criar um movimento
institucional de esquerda no município. Em 1988, já desligado do PC
do B, filia-se ao Partido dos Trabalhadores. Em 1990, candidata-se a
deputado estadual, sendo a primeira candidatura de esquerda de
Sobral para a Assembléia Legislativa do Estado, ficando em 2ª
suplência, consolida uma nova opção política. Eleito vereador para o
208
Dicionário Biográfico - Família Arruda
mandato de 1993/1996 destacou-se como um brilhante
parlamentar, não apenas por sua atuação legislativa, mas sobretudo
por sua liderança no processo de restauração da ética como regra
de comportamento político e da refundação da noção de Estado, de
“república” no exercício administrativo e político municipal.
Em 1977, assume a Secretaria da Cultura, Desporto e
Mobilização Social, integrando o secretariado do Prefeito Cid
Gomes. Realiza um trabalho profícuo, reconduzindo Sobral para a
sua posição de destaque no plano cultural. Destaca-se entre todas
as ações o Tombamento do Patrimônio Cultural de Sobral pela
União, através do IPHAN, tornando Sobral PATRIMÔNIO NACIONAL,
o que a distingue entre os municípios brasileiros. Reeleito, em 2000,
O Prefeito Cid Gomes convidou-o para continuar na sua equipe.
Homem de múltiplas ações, o Clodoveu de Arruda também
contribui com a estratégia de transformar Sobral numa Cidade
Universitária. Com este objetivo, além do trabalho desenvolvido na
Secretaria da Cultura, foi um dos principais responsáveis pela
instalação do Curso de Direito em Sobral. Como Vice-prefeito de
Sobral, com a indicação do então prefeito Leônidas Cristina para
Ministro de Estado, assume a prefeitura para um mandato tampão
de dois anos. Casou-se a 15/12/1984 com Maria Isolda Cela de
Arruda Coelho, n. a 09/05/1960, Psicóloga, formada pela
Universidade Federal do Ceará. Empresária na área de Educação em
Sobral. Foi secretária – adjunta de Educação do município de Sobral
na gestão de Cid Gomes. Na administração fez parte de uma
revolução promovida no setor de educação daquele município, com
grande atuação na implantação do Programa Escola do Futuro
Trabalhado, fazendo de Sobral a pioneira no Estado. Ocupa pela
segunda vez a Pasta da Secretária Estadual de Educação no Estado
do Ceará, no Governo de Cid Gomes, filha do Dr. Afonso Walter
Magalhães Pinto127 e Maria Helena Cela Magalhães Pinto.
127
Afonso Walter Magalhães Pinto, médico cardiologista, filho de João Rodrigues Pinto e de
Nelsa Magalhães Pinto, casou-se com Maria Helena Cela Magalhães Pinto, filha de Fernando
209
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ CLODOVEU ARRUDA (Tn. 544.) nascido em Massapê a 22 de
junho de 1913 e falecido em Fortaleza a 18 de setembro de 1996 , com
83 anos de idade. Era filho de Francisco José de Arruda e de Ana Excelsa
Arruda ( Nana) (Bn.133). Foi Agente Ferroviário no Município de
Camocim. Posteriormente Inspetor de Distrito da Rede Viação Cearense
(RVC), em Sobral . Transferido para Fortaleza onde desenvolveu sua
função com grande mérito. Em sua época foi um dos destaques da
família, tendo auxiliado a muitos parentes e amigos, com o prestígio que
tinha na Empresa. Casou-se a 17/01/1941 na Capital Alencarina, com
NADIR COÊLHO DE ARRUDA, n. a 26/12/1914, em Cruzeiro do Sul –
Acre, filha de Nelson Coêlho e de Francisca da Silva Coêlho.
JOSÉ CLODOVEU DE ARRUDA COELHO (Tn.33), Advogado, nascido
em Sobral a 15 de setembro de 1889 e falecido em sua terra natal a
1º de fevereiro de 1963. Era filho de Esmerino do Monte Coelho e
de Edelvira Maria Arruda Coelho (Bn.13). Fez os estudos primários
em sua terra natal, com sua tia Rita Maria Coelho de Arruda.
Começou o Curso de Humanidades em Sobral, com o professor
Vicente Ferreira de Arruda, concluindo-o no Liceu do Ceará.
Matriculou-se em 1905 na Academia de Direito do Ceará e colou
grau de Bacharel em 08.11.1908, sendo Diretor o Dr. Tomás
Pompeu de Souza Brasil, tendo ainda sido o orador da turma e
laureado com distinção. Em 1907, acadêmico, foi pelo presidente
Dr. Antônio Pinto Nogueira Acioli, nomeado promotor de Justiça de
Sobral,
Brandão Cela (filho de Raimundo Cela, nascido em Sobral a 19.07.1890, e de Eunice de
Medeiros Cela) e de Noeme de Carvalho Cela ( filha do Dr. Joaquim Artur de Carvalho e de
Maria da Conceição Leal). ( Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 76).
210
Dicionário Biográfico - Família Arruda
cargo que exerceu, depois de reconduzido pelo Presidente General
Benjamin Barroso, até 1926. Foi escolhido secretário do Interior e
Justiça do Estado pelo interventor Federal Cel. Felipe Moreira Lima,
cargo que não aceitou. Deixou a magistratura em 1926. Aposentado,
passou a exercer a Advocacia, tendo colaborado em revistas
literárias e jurídicas, inclusive em vários jornais do Estado. Casou-se
em 1ª, núpcias a 04.09.1914 com Carmem Bentes Moreira, filha de
Antônio Moreira dos Santos e de Ernestina Bentes Moreira dos
Santos. Manteve uma união com Romélia Cavalcante. Casou-se em
2ª núpcias a 09.05/1917, em Sobral (Ce) com Regina Bentes.
JOSÉ COELHO ARRUDA(ZEZÉ) (Tn. 258.), Funcionário Autárquico, filho
de Antônio Austregésilo Vasconcelos Arruda e de Júlia Coelho da
Fonseca ( Julinha). Nasceu em Baturité, a 07 de março de 1911.
Casou-se a 19/08/1943 em Alcobaça (BA) com Marinita Mascarenhas
Arruda n. a 19/09/1922 em Alcobaça (BA), filha de José Ramos
Mascarenhas e Antônia Muniz Mascarenhas.
JOSÉ DANILO RUBENS PEREIRA (Qn. 1350.), Administrador de Empresas,
nascido em Massapê a 15 de março de 1931; filho de Estanislau Rubens
Pereira e de Francisca Olinda Aruda Pereira (Francy) (Tn.517.). Bacharel em
Letras formado pela Universidade Católica de Filosofia do Ceará. Bacharel
em Administração de Empresas pela Faculdade de Ciências da Administração de Pernambuco. Orador e Aluno Laureado da turma de
1967/1970. Como funcionário do Banco do Brasil S/A, exerceu várias
funções entre elas a função de Chefe de Serviço do CREAI, em Arcoverde,
PE, 1954/1963; Sub-Gerente Adido da Agência de Penedo, AL, 1964;
Chefe de Serviço (Gabinete da Gerência) na Agência Centro, Recife, PE.
1970/71; Estagiário no Escritório de Representação na Cidade do
México, 1971; Representante do Escritório do Banco do Brasil na
Cidade do México, 1971; Secretário de Gabinete da Diretoria da
CREGE/CREAI, 2ª Região (DINOR), em Brasília, DF, 1972/74; Gerente
211
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Regional da 2ª Região - NORDESTE (GENOR) - em Brasília (DF) de
abril/74 a março/1979; Exerceu, em diversas oportunidades, as funções
de Diretor de Operações da 2ª Região (DINOR); Chefe da Assessoria de
Análise de Operações Especiais da Vice-Presidência de Operações, no País,
do Banco do Brasil. Foie Secretário de Indústria e Comércio do Estado
do Ceará, Governo Gonzaga Mota 82/86. Possui título de Cidadão
Honorário de Sobral, CE, em 1977; do Estado do Piauí, em 1978; de
Regeneração, PI, em 1979; de Arcoverde, PE, em 1979; do Estado da
Paraíba, em 1979; do Estado de Pernambuco, em 1980; de Fortaleza,
CE, em 1981. Foi condecorado com a Ordem do Rio Branco, no Grau de
"CAVALEIRO", por decisão do Exmo. Sr. Presidente da República, (
Ministério das Relações Exteriores – Ytamaraty). Agraciado com a “
Medalha do Mérito Dr. Antônio Fernandes Teles” , da Associação
Comercial do Crato , comemorativa do cinquentenário da instituição, em
1982; “ Medalha do Mérito Insdustrial” pelas Federações das Indústrias
dos Estados do Ceará (1982) e de Pernambuco (1983); “ Troféu Iracema”,
pelo Clube de Diretores Lojistas de Fortaleza, em 1984; “ Roféu Mestre
Santiago” pelo Sindicato de Calçados de Fortaleza, em Indústrias do
Estado do Ceará (FIEC), exerce hoje as funções de Superintendente
Técnico Operacional dessa instituição. Casou-se a 14/02/1957 com
Zuleide Veras Pereira (Ledinha), n. a 05/02/1938, em Afogados da
Ingazeira (PE), filha de Emmanuel de Moraes Veras e de Iracema
Moura de Moraes Veras , Bacharela em Biblioteconomia, pela
Universidade Federal de Pernambuco, em 1972. Esteve exercendo
sua profissão nas bibliotecas da Companhia Auxiliar de Empresas
Elétricas Brasileira (CAEEB), sediada em Brasília; no Comando do
Exército Brasileiro em Brasília e na COELCE, em Fortaleza. Participou
de Cursos de Extensão na Universidade de Brasília e de diversos
outros curso, seminários e congressos. 1987; “Colaborador Emérito do
Exército”, do comando Militar do Nordeste, sediado no recife, em 2001.
212
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ DANILO RUBENS PEREIRA FILHO (Pn. 1625.) nascido em Recife
(PE) a 15 de janeiro de 1968; filho de José Danilo Rubens Pereira
(Qn.1350.) e de Zuleide Veras Pereira (Lêdinha). Curso incompleto de
Ciências Sociais, na UNIFOR. Casou-se a 02/09/1993 com Marta dos
Santos Pereira, n. em Campos Sales , aos 03/06/1871, filha de Antônio
Novo dos Santos128 e de Francisca Pereira dos Santos.
JOSÉ EDMAR DE ARRUDA COELHO (Qn.92), Desembargador, nascido
em Sobral a 28 de março de 1937; filho de José Huet de Arruda
Coelho (Tn.37.) e Raimunda Fontenele de Arruda Coelho. Formado
em Direito pela Universidade Federal do Ceará. Juiz do Estado,
aprovado através de concurso, assumindo a Comarca de Ibiapina, em
1972, posteriormente as Comarcas de Acopiara, São Benedito,
Juazeiro e finalmente Fortaleza. Durante vários anos atuou nas Varas
de Registro Público e Família. Foi nomeado Desembargador por
antiguidade, cargo em que se aposentou. Casou-se com Maria
Anastácia Vilani Magalhães de Arruda Coelho, n. a 16/02/1928, filha
de Frederico Pinheiro Magalhães e de Amarília Leite Magalhães.
JOSÉ EDMAR FURTADO ARRUDA (Qn.639.), Advogado, nascido em
Fortaleza a 11 de agosto de 1946; filho de João Coelho Arruda
(Coelhinho) (Tn.255) e de Maria Elexandrina Furtado Arruda. Bacharel
em Direito, procurador do INSS; casou-se a 26/01/1983 com Célia
Maria Machado Arruda n. a 31/01/1950 em Fortaleza, fisioterapeuta,
filha de Raimundo Machado Pimentel e de Maria da Conceição
Medeiros Machado.
128
Antônio Novo dos Santos, filho de Antônio Felício dos Santos e de Antônia Felismina do
Carmo. Casou-se com Francisca Pereira dos Santos, filha de Raimundo Ferreira dos Santos e de
Maria Ferreira dos Santos (Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto
Arruda – Fortaleza, 2005, pg 79).
213
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ EDSON CAVALCANTE (Qn. 485.), Bancário, filho de Bernardino
Cavalcante Vasconcelos ( Bezo Cavalcante) e de Maria de Nazaré de
Arruda Cavalcante (Tn.171). Nasceu em Sobral, a 27 de mario de 1951.
Funcionário aposentado do Brasil S/A. Tendo ocupado várias funções
durante sua carreira como e aposentado na função de Gerente com
grande destaque. Casou-se em Sobral a 20/01/1979 com Rita Helena
Ximenes Ponte Cavalcante, n. a 02/10/1957, em Sobral. Funcionária da
Caixa Econômica Federal (CEF), em Fortaleza, filha de Osmar de Sá
Ponte129 e de Laís Aguiar Ponte.
JOSÉ EDSON RANGEL (Qn.139.) Empresário, filho primogênito do
empresário sobralense Raimundo Osvaldo Rangel Parente ( Tn.58.)
e de Rosalina Cavalcante Rangel, de tracionais famílias. Nasceu em
Sobral a 1º de janeiro de 1910 e faleceu em Fortaleza a 11 de agosto
de 1989, aos 79 anos de idade, sendo sepultado em Sobral, junto aos
seus entes queridos. Fez seus estudos primários............
..........................................................................
Participou durante muitos anos das atividades do Grêmio Recreativo
Sobralense (Pálace Clube) exercendo, por diversas vezes, a função de
Diretor Social e integrou a comitiva de recepção por parte do Pálace
Clube à Sociedade Fortalezense representada pelo Ideal Clube.
Membro ativo até os últimos dias de sua vida da Irmandade do
Santíssimo Sacramento, motivo de muito orgulho sempre expressado
por ele. Ainda referindo-se ao seu trabalho profissional, exerceu
paralelamente a função de Construtor - Amador de prédios
comerciais e residenciais na cidade de Sobral, para seus familiares e
amigos, assim procedia, mais por amor à terra em que nasceu e
129
Osmar de Sá Ponte, n. a 15/12/1912, em Sobral e aí faleceu a 16/07/1997, filho de Francisco
Hermínio da Ponte e de Florência de Sá Ponte. Casou-se a 25/05/1944 com Laís Aguiar Ponte, fal.,
a 16/07/1997, filha de Antônio Salustiano Aguiar e de Águida Ximenes Farias Aguiar ( Apud Arruda,
F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo IV, pg 801)
214
Dicionário Biográfico - Família Arruda
viveu por contribuição à urbanização da cidade de Sobral do que pela
intenção de auferir recompensa financeira para si própria. Casou-se a
19/03/1938, em Sobral, com Maria Alpha Mont’Alverne Rangel, n. a
17/11/1913, de tradicional e honrada família sobralense, filha de
Antônio Mont’Alverne Filho130 e Maria Malphisa Araújo Mont’
Alverne. ( Apud Cavalcante, A. de H. –Sociedade Sobralense – Vultos
em Destaques – Imprensa Oficial de Sobral - IOM, 2004, Sobral.
JOSÉ EDVAN DIAS ARRUDA (Qn. 1338.), Engenheiro Civil, filha de José
Euripedes Arruda (Tn.518) e de Antéia Dias Arruda. Nasceu em Fortaleza,
a 29 de novembro de 1947 . Formado em Engenharia pela Universidade
Federal do Ceará, em 1973. Exerceu suas atividades profissionais na
Superintendência de Obras do Estado do Ceará (SOEC), de 1974 a maio
de 1975). Na Empresa Roberto Rossi Zucollo Engenharia Civil Estrutural
Ltda – São Paulo, de Junho de 1975 a fevereiro de 1976. Na Emresa
Engenharia de Projetos – São Paulo (S), março/76 a 1979. Enhenheiro
Civil da Superintência de Obras Hidráulicas do Estado do Ceará
(SOHIDRA). Casou-se em 30/12/1975 com Vera Maria Amora Arruda,
n. em Fortaleza, aos 17/06/1947, funcionária pública estadual,
servidno, desde a982, na Secretaria de Saúde, como Agente
Administrativo, filha de Francisco Costa e de Zenayde Amora Costa.
JOSÉ EUCLIDES ARRUDA (Tn. 509.), filho de Francisco das Chagas de
Arruda (Bn.126) e de Maria José Arruda ( Maroca). Nasceu em Massapê a
17 de fev ereiro de 1913. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 13/10/1936, em
Massapê , com Maria Áurea Medeiros, n. a 04/19/1914 em Granja, CE,
filha de Vicente de Paula Medeiros e de Felismina Bezerra Medeiros. A
2ª, 14/09/1965, em Massapê , com Margarida Azevedo Vasconcelos
130
Antônio Mont’Alverne Filho, n. a 30.09.1882 e fal. a 06.11.1926 no Rio de Janeiro, filho de
Antônio Mont’Alverne e de Maria Elisa Bessa, casou-se a 10.11.1905 com Maria Marphisa
Mont’ Alverne, n. a 03.05.1891, filha de José Lourenço de Araújo e de Maria do Carmo
Cavalcante (Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 276).
215
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Arruda, n. a 04/07/1931, em Cariré , Ceará, filha de João Tomaz Arruda de
Vasconcelos131 e de Maria Gerviz de Aguiar.
JOSÉ EURÍPEDES ARRUDA (Tn.518.), Comerciante, filho de Antônio
Barreto de Arruda (Bn.127) e de Carolina Amélia Arruda (Caluzinha).
Nasceu em Massapê, a 29 de dezembro de 1911 e faleceu em
Fortaleza a 17 de agosto de 1980. Deslocou-se de sua terra natal para
Fortaleza, onde comerciou, como sócio de seu irmão José Barreto, na
empresa J. Barreto & Cia., na conhecida “ Casa do Povo” Localizada no
Mercado Central. Casou-se a 01/01/1938 com Antéia Dias Arruda, n. a
21/04/1918, em Massapê , filha de José Dias de Carvalho e de Maria
Jovem de Carvalho Dias. Pais de: Edilberto Dias Arruda; Maria Avany Dias
Airuda; Antônio Eirton Dias Arruda; Antônio Élber Dias Arruda ; José
Edvan Dias Arruda; Aleuda Dias Arruda e Aglaís Dias Arruda.
JOSÉ EYMARD ARRUDA PONTES (Qn. 692.), Advogado, filho de Renato
Ferreira Pontes Sobrinho e de Maria Lúcia Arruda Ferreira Pontes ( Tn.270).
Nasceu no Rio de Janeiro a 18 de outubro de 1948. Casou-se a
12/04/1972 no Rio de Janeiro com Marucia Azengo Pontes, filha de
Alexandre Azengo e Maria Rosa Silva Azengo. Nasceu no Rio de Janeiro, a
31 de julho de 1930.
JOSÉ EYMARD DE ARRUDA FURTADO (Tn. 289.),Advogado,filho de Luís
de Gonzaga Furtado e de Maria Adelina Vasconcelos Arruda (Bn.71).
Nasceu em Fortaleza, a 19 de abril de 1921. Formado pela Faculdade de
Direito de Universidade Federal do Ceará. Bancário aposentado do
Banco do Brasil. Casou-se a 22/10/1949 em Fortaleza com ALBANITA
131
João Tomaz de Vasconcelos, n a 17/03/1889 na Fazenda OITICARÂ, Massapê, CE. Allto
comerciante no Município de Cariré, onde gozava de grande prestígio na Classe política e na
sociedade., filho de Miguel Tomáz de Vasconcelos e de Joaquina Maria de Arruda
Vasconcelos. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 17/04/1913 com Maria Gerviz de Aguiar, nascida a
15/11/1897 e falecida a 26/08/1922, filha de Arnaud de Lira Cavalcante131 e Maria José de
Arruda. A 2ª, A 06.06.1923, em Cariré , com Francisquinha Azevedo de Vasconcelos, filha de
Domingos Custódio de Azevedo e de Angélica Machado Portela ( Apud Arruda, F.A.V. –
Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas, tomo V, pg 1044).
216
Dicionário Biográfico - Família Arruda
DE MELO FURTADO, n a 04/11/1923 em Granja (CE) e já falecida, filha
de Pretestado de Mello Filho e Maria José da Frota Mello.
JOSÉ FERNANDES FILGUEIRAS FILHO (CAPITÃO), (Pn.1590.), Militar, filho de
José Fernandes Filgueiras e de Maria José Arruda Filgueiras ( Menininha).
(Qn.1328). Nasceu em Fortaleza a 15 de dezembro de 1967. Ingressou no
Colégio Militar de Fortaleza (CMF), em 1979 e concluiu o nivel médio em
1986. Formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em
Resende (RJ), em 23/02/1987. Tendo galgado os diferentes cargos de
Aspirante-a-Oficial, em 30/11/1991, a Segundo Tenente e Primeiro Tenente,
e posteriormente o de Capitão, a 25/12/1997. Bacharel em Ciências
Militares, com formação de Oficial de Engenharia, em 30/11/1991. Mestre
de Operações Militares, no curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da Arma de
Engenharia (Pós- graduação Stricto sensu) em 28/11/2000. Doutorado em
Operações Militares (aprovado no concurso de admissão ao Doutoramento
interno, na Escola de Estado Maior, no rio de Janeiro, onde servirá nos
próximos dois anos (2006 a 2007). Pós- graduação Lato Sensu, em
Metodologia do Treinamento Desportivo, na Universidade Federal de Cuba,
em Havana, em 20/01/1999, tendo ainda no mesmo ano de outro curso de
Treinamento Desportivo, na Faculdade de Muzambinho (MG). Mestrando
em Motricidade Humana, na Universidade Castelo Branco, do Rio de Janeiro.
Serviu com Instrutor da Academia das Agulhas Negras, nos postos de 1º
Tenente e Capitão, participando da formação de cinco turmas de oficiais do
Exército Brasileiro. Recebeu várias Missões Especiais. No posto de Primeiro
Tenente, foi selecionado para compor o efetivo da Companhia de Engenharia
de Construções de Força e Paz, em Angola- África, de 25/08/1995 a
11/03/1996, como Sub-Comandante do Pelotão de Engenharia de
Construção, participando da construção de áreas de aquartelamento e de
heliportos, na recuperação de estradas, de pontes e vias de acesso. Na
Amazônia, comandou a 2ª Companhia de Engenharia de Cosntrução, do 6º
Batalhão de Engenharia de Construção, tendo como área de atuação o Norte
do Estado de Roraima até a Linha do Equador. Tendo recebido as Comendas:
“ Medalha Militar do Bronze”; “ Medalha de Serviço Amazônico Passador de
217
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Bronze” e “ Medalha das Nações Unidas ( UNAVEM) III (ONU). Vale ainda
ressaltar seu destaque com profissional na área de Educação Física, onde
recebeu a mais destacadas medalhas como a Tri campeão da NAVAMAER,
Vice – campeão do Sul-Americano de Cadetes, em 1997 (Equador) e em
1999 (Peru),. Como Técnico da modalidade de Atletismo da AMAN, foi bicampeão da NAVAMAER nos anos de 2004 a 2005 e como técnico da
modalidade de Pentatlo Militar, foi Campeão Sul-Americano de Cadetes em
2004 ( Brasil). Casou-se, em 04/02/1995, em Resende (RJ), com Silene Lopes
Gil Filgueiras, n. a 13/08/1968 em Resende (RJ) , formada em Licenciatura
Plena em Letras – Português e Inglês, pela Faculdade de Filosofia, Ciências e
Letras Dom Bosco, em Resende (RJ). Pós-Graduação em Língua Inglesa, pela
Universidade de Taubaté (SP), filha de Luiz Cardoso de Menezes Gil132e de
Lenir Lopes Gil. Sem sucessão.
JOSÉ FERNANDO BEZERRA PEREIRA (Pn. 1631.), Servidor Público,
filho de Artur Pontes Bezerra e de Maria José Bezerra (
Totinha).(Qn.1352) Nasceu em Fortaleza , a 18 de outubro de 1960.
Está cursando o curso superior de História, na Universidade Estadual
do Vale do Acaraú (UVA). Atualmente exerce o cargo de Técnico do
Tesouro Estadual. Casou-se em 23/01/1985, com Ana Sílvia Valente
Pereira, Advogada, filha de Waldir Fontenelle Valente e de Ires
Ferreira Valente. Nasceu em Fortaleza, a 19/09/1960. Formada em
Direito, pela Universidade Regional do Cariri (URCA), em Foirtaleza ,
em 2000, Especialização em Direitos Humanos Fundamentais, pela
Universidade Regional do Cariri (URCA), em Fortaleza , em 2003.
JOSÉ FERREIRA VASCONCELOS NETO (Qn. 341.), Representante
Comercial, filho de Vicente Arruda Vasconcelos (Tn.142) e de Francy
Edna Vasconcelos. Nasceu em Sobral, a 24 de novembro de 1954.
Casou-se em Sobral a 21 de agoato de 1975 com Meire Felix Costa
132
Luiz Cardoso de Menezes Gil, filho de Antônio José de Menezes Gil e de Hircânia Cardoso Gil. Casou-se
com Lenir Lopes Gil, filha de Francisco Lopes e de Anna Siqueira Lopes ( Apud Pereira, Danilo – Memorial
genealógico familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 33).
218
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Vasconcelos, n. a 17/09/1952, em Sobral, professora de curso
secundário, filha de Francisco Felizardo Costa e de Maria Miriam Pereira
Costa.
JOSÉ FRANCISCO POMPEU DE ARRUDA (CEL. ARRUDA) (Qn.100),
filho de Adolfo Coelho de Arruda (Tn.38) e de Maria Pompeu de
Arruda. Nasceu em Fortaleza, a 27 de dezembro de 1924. Iniciou
seus estudos militares na Escola Preparatória de Cadetes e
posteriormente na Academia dos Agulhas Negras, Estado do Rio de
Janeiro, onde passou três anos. Foi como Aspirante para 7ª
Companhia de Intendência, em Pernambuco. Em 1959 foi transferido
para Fortaleza. Fez Curso de Especialização na Vila Militar no Rio de
Janeiro. Foi a convite para Brasília onde foi promovido a Tenente
Coronel. Formado como Coronel. Todas as promoções foram por
merecimento. Aposentado trabalhou no Ministério das
Comunicações, durante quatro anos, depois no DENTEL. Gerenciou a
CAPEME e CPOEX, ambas as instituições de previdências. Casou-se a
06/01/1949 e separou-se de Maria Augusta Barroso de Arruda, filha
de José Renato Barroso Braga e de Georgina de Paula Barroso Braga.
JOSÉ GERARDO ARRUDA (Pn.1386.), Empresário, filho de Gerardo
Arruda (Qn.1255) e de Albaneza Albuquerque Arruda. Nasceu
Sobral, a 3 de novembro de 1953. Empresário por mais de vinte
anos no ramo de entretenimento, construtor. Manteve relação
conjugal com Isabel Maria Castelo Leitão e
casou-se
posteriormente com Mirna Camarine Mariana Arruda, filha de José
Mariano e de Alice Camarine.
JOSÉ GERARDO DE ARRUDA COELHO (Qn.91),Engenheiro, nascido
em Sobral a 24 de setembro de 1935, filho de José Huet de Arruda
Coelho (Qn. 1035) e Raimunda Fontenele de Arruda Coelho.
Formado em Engenharia Operacional pela Universidade Vale do
219
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Acaraú - UVA. Exerceu durante quarenta anos as funções de servidor
do DAER, hoje DER, onde foi Chefe de Residência em Granja, durante
12 anos. Casou-se, em Sobral a 16/02/1974, com Victória Régia
Mont’ Alverne Arruda Coelho, natural de Sobral, filha do
competente médico sobralense Dr. Guarany Mont’Alverne e de Nadir
Ferreira Gomes Mont’Alverne. Do seu consórcio nasceram três filhos:
Guarany Mont´alverne Arruda, médico, Joyce Mont´Alverne Arruda,
advogada e Larissa Mont´Alverne Arruda, médica.
JOSÉ GERARDO DIAS CARNEIRO (Pn.471), Bancário, filho de José
Maria Linhares Carneiro (Qn.177) e de Maria Juracy Dias Carneiro.
Nasceu em Sobral, a 9 de outubro de 1943 e faleceu em Fortaleza, a
28 de janeiro de 1996. Foi funcionário do Banco do Nordeste.
Casou-se com Dorenice Azevedo Carneiro, filha do Dr. Antônio
Custódio de Azevedo133e de D. Doralice Menezes de Azevedo.
133
Dr. Antônio Custódio de Azevedo, n. em Sobral a 12.09.1906 e faleceu a 22.07.1987, filho
de Joaquim Custódio de Azevedo e de Inácia da Graça de Azevedo. Formado pela Faculdade
de Medicina da Bahia. Regressou a sobral, passando a clinicar na região, muitas vezes
gratuitamente, para os que não podiam custear suas operações e tratamentos. Aos 13 anos
trabalhava como caixa de loja. Logo passou a ter seu próprio estabelecimento comercial com
apenas 15 anos de idade. Seu objetivo, porém, era ser médico. Para isso, emprestou
verdadeira maratona a partir dos cursos preparatórios em Pacoti e Fortaleza. Na primeira
cidade foi Diretor do Colégio São Luiz. Em 1931 conseguiu realizar sua meta de vida:
conquistou vaga em uma das melhores e mais concorridas escolas superiores do Brasil. Para
bancar seus estudos lecionava História Universal e Geografia em escolas baianas. Eleito
Deputado Estadual em 1955, 1959 (suplente) e 1963. Sexto Secretário da Mesa Diretor da
Assembléia Legislativa em 1965. Afastado da política, passou a dedicar-se a atividades de
cunho religioso. A vida de Antônio Custódio de Azevedo é, antes de tudo, uma lição de força de
vontade, perseverança e tenacidade. (Apud INESP. In: Deputados estaduais: 14ª
legislatura, 1955-1958. fortaleza: INESP, 1998, pg 32).Casou-se a 04.10.1937, em SalvadorBahia com Doralice Menezes de Azevedo, natural da Bahia, filha de José Barreto de
Menezes e de Leonília Barreto de Menezes. Pais de: (1) Raimunda Doraluce Azevedo Ponte,
casou-se com Dr. Estevão Ferreira da Ponte, Médico, filho de José Feliciano Ferreira da
Ponte e de Rita Carmem de Aragão; (2) Benedito Doreland Custódio Menezes de Azevedo,
n. a 03.09.1938, formou-se em Medicina a 20.12.1969. Casou-se com Maria Charlote
Bauman de Azevedo, filha de Bauman e Antônia Luzia Marques; (3) Benedito Doremberg
Menezes de Azevedo, n .a 26.05.1942, formado em Direito na em Salvador- Bahia, casou-se
com Hildeth Lima Freire; (4) Dorenice Azevedo Carneiro, casou-se com José Gerardo Dias
Carneiro, fal., filho de José Maria Linhares Carneiro e Juracy Dias Carneiro; (5) Antônio
Dorenildo Menezes de Azevedo, n. a 22.12.1945, formou-se em medicina, em 1977, casouse a 22.12.1976 com Vera Lúcia Carneiro de Azevedo, n. a 17.09.1949, filha de Ildefonso
Frota Carneiro e de Maria Magalhães Torres (Marlene), filha de Pedro Antonino Torres e de
Maria Magalhães Torres; (6) Teresa Doralice Azevedo de Menezes; (7) Joaquim Doerdelen
Menezes de Azevedo casou-se com Cláudia Macêdo de Azevedo, filha de Fernando
Macêdo.; (8) José Dorivaldo Menezes de Azevedo, casou-se com Nilza Andrade Silva.
220
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ GERARDO LINHARES ARRUDA (Qn. 181), Contador e Poeta,
filho de José Isaías Ponte Arruda (Tn.950 e de Maria José Arruda
Linhares. Nasceu em Sobral, a 1º de setembro de 1925. Estudou suas
primeiras letras com dona Chaguinha. Concluiu apenas o curso
primário. Contador prático, profissão que exerce desde a juventude.
Autodidata, escreveu os livros: Gotas de Saudade, Prosa e Poesia,
1960; Poeira da Minha Imaginação, Crônica, 1963; Retalhos D'alma,
Crônicas, Poesia e Romance, 1967 e Chão de Alegria, Seleta
Sobralense, 1968. Fundou Quatro Jornais: Mão Negra, 1960; O
Vigilante, 1961; Tribuna Caiçara, 1962 e ABC, de Piadas e Anedotas,
1968. Casou-se a 25/05/1957 com Antônia Viriata Frota Arruda, n. a
16/09/1926, filha de Antônio Rodrigues da Frota134e de Clotilde
Ponte Frota.
JOSÉ GERARDO LINHARES ARRUDA (Tn. 110), Comerciante, filho de
Domingos Aguiar Arruda (Bn.41) e de Francisca Linhares Arruda.
Nasceu em Sobral, a 7 de junho de 1914 e aí faleceu em Sobral a 18
de março de 1988. Foi comerciante e fabricante de ginebra como
laboratorista prático em bebidas alcoólicas. Casou-se duas vezes. A
1ª, a 16/07/1944 com Júlia Lira Arruda, n. a 25/12/1918, em
Massapê, CE, filha de Trajano Lira Pessoa135e de Maria Mirian
Carneiro. A 2ª, a 07/03/1987 com Eurídice Da Silva Melo n. a
05/06/1933, filha de José Gregório da Silva e de Idelzira Maria Melo,
sem sucessão.
(GSFP4).( Apud Arruda, F.A.V- Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte,
Tomo IV,pg 484, prelo).
134
Antônio Rodrigues da Frota (Neto), filho de Francisco Gomes da Frota Júnior , Adotou o
nome Júnior, para se diferençar do tio do mesmo nome. Foi casado com a prima Angela Maria
da Conceição, filha do seu tio paterno, Felipe Gomes da Frota e de Josefa da Frota. Casou-se
a 11-2-1911 com Clotilde Ferreira da Ponte, filha de Antônia Viriato de Medeiros e de
Domingos Ferreira da Ponte ( Apud Pe. Frota, Gentil - Os Frotas)
135
Trajano Lira Pessoa casouse com Maria Mirian Carneiro
221
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ GERARDO OLIVEIRA DE ARRUDA COELHO (Qn.83),
Empresário, filho do ilustre magistrado Dr. Vicente Arruda Coelho
(Tn.36) e de Inácia Oliveira de Arruda Coelho. Nasceu em Granja
(CE), a 6 de fevereiro de 1927. Casou-se a 28/07/1953 com
Raimunda Coelho de Arruda, n. a 14.02/1928, Granja (CE), filha de
José Vicente do Monte Coelho136 e de Isabel Maia Coelho.
JOSÉ GERARDO OLIVEIRA DE ARRUDA COELHO FILHO (Pn.161),
Empresário e Político, filho de José Gerardo Oliveira de Arruda
Coelho (Qn.82) e de Raimunda Coelho de Arruda. Nasceu em
Fortaleza, a 30 de abrail de 1959. Foi deputado estadual em sete
legislaturas consecutivas, Deputado Federal, ex-Prefeito de Caucaia.
Como Deputado Federal teve a grande habilidade de carrear recursos
para o Estado do Ceará. E conhecido com um dos parlamentares
melhores articulados em Brasília junto a Ministérios e outros órgãos
governamentais.
Como Prefeito de Caucaia, pode-se contabilizar também
várias realizações, com a execução de grandes obras que fizeram
uma grande diferença no perfil do município. Construiu o Anel
Fortaleza e Principais praias da região, além de ter viabilizado,
através de avenidas, a ligação de distritos populosos como Jurema e
Pavuna, com a sede do município.
Durante a legislatura 2003/2007, José Gerardo Arruda
manteve-se fiel ao estilo de atuação política, lutando no Parlamento
e buscando junto aos Ministérios, mais recursos para investimentos
no Estado do Ceará, notadamente nos municípios que representa;
como é o caso específico de Caucaia. Garante que será incansável na
luta por investimento sem áreas fundamentais como saúde,
educação, saneamento, infra-estrutura, turismo, esporte e lazer,
dentre outros setores.
136
José Vicente do Monte Coelho, filho de Vicente do Monte Coelho e de Constância
Constantina do Monte Coelho, casou-se com Isabel Maia Coelho, filha de Antônio Fonseca
Maia e de Umbelina Fonseca Maia.
222
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Teve participação ativa na apreciação do orçamento da
União durante seu mandato quando elaborou emendas visando
verbas para construção de obras no Ceará e ainda atuou de modo
intenso nas comissões técnicas e na apreciação das reformas, ponto
alto das sessões deste ano na Câmara Federal. Reeleito para mais
uma legislatura (2007/2011) na Câmara Federal. Casou-se com Inês
Maria Corrêa de Arruda, Deputada Estadual e Ex- Prefeita de
Caucaia. Inês é graduada em Terapia Ocupacional pela Universidade
de Fortaleza (UNIFOR), tendo exercido a profissão na Fundação
Perpétua Magalhães de 1994 a 1996. Foi professora do Colégio
Janusa Corrêa, em Caucaia, no período de 1977 a 1982. Foi ainda
Diretora Administrativa do mesmo colégio de 1978 a 1983; Diretora
Administrativa do Hospital Maternidade Dr. Paulo Sarasate, de 1990
a 1994; e Presidente da Fundação de Estudos e Projetos Especiais da
Prefeitura Municipal de Caucaia de 1997 a 1998. Foi também
conselheira do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do
Adolescente de Caucaia (COMDICA) de 1997 a 1998.Filha de Danilo
Dálmata da Mota Correia. Filha e herdeira política da ex-deputada
Maria Lúcia Corrêa e do ex-prefeito Danilo Corrêa, tem base eleitoral
em Caucaia. Entrou para a política em 1998, quando foi eleita
deputada estadual pelo PSB.
Como primeira dama de seu município, coordenou todos os
projetos sociais de Caucaia, bem como, as obras assistenciais, através
da Fundação Social, o Amparo Incentivo e Desenvolvimento de
Núcleos de Ensino Profissional, Beneficência e Puericultura.
Como deputada dedicou-se as questões ligadas à educação
infantil. Tem curso de especialização em Educação e Estimulação do
Pré-Escolar; de Recursos e Técnicas para Trabalho com o Deficiente
Auditivo; Terapia Física das Alterações Posturais; Psicopatologia do
Adolescente; Criatividade do Pré ao 1º grau; Formação de
Profissionais no Trabalho com Deficientes; e Liderança e Cooperação
Internacional na Área dos Direitos Humanos. Fortaleza, setembro de
1997. Foi presidente da Comissão de Transportes, Desenvolvimento
223
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Urbano e Interior, além de ser membro efetivo da Comissão de
Defesa do Consumidor. Na sua primeira legislatura obteve a maior
votação do Estado.
JOSÉ HAROLDO PONTE LINHARES (Pn.495), Engenheiro Agrônomo,
filho de José Maria Ribeiro Linhares (Qn.169) e de Analdira da Ponte
Linhares. Nasceu em Sobral, a 9 de julho de 1955. Formado pela
Faculdade de Agronomia do Ceará – UFC. Foi casado com Maria
Shirley Barrocas Linhares, n. a 03/12/1958, formada em direito, filha
de José Haroldo Lopes Barrocas137 e de Maria Vilma Ponte Barrocas.
JOSÉ HÉLIO BARRETO DE ARRUDA COELHO (Pn.134.), nasceu em
Sobral a 11 de abril de 1935e aí faleceu a 22 de janeiro de 1977,
com apenas 42 anos de idade. Era filho de José Maria Arruda
Coelho(Qn.78) e Eurídice Barreto Arruda Coelho. Foi industrial de
destaque na praça de Sobral com a Indústria de Macarrão e
Biscoitos. Casou-se a 24/06/1961, em Sobral, com Maria Ramos
Arruda Coelho (Marietta Arruda), n. a 15/01/1944, em Sobral.
Pessoa amável e de boa índole, sempre esteve ao lado de seu
esposo no acompanhando seu desenvolvimento. Com a morte
prematura do esposo não teve nenhuma dificuldade e dar
continuidade ao comércio e a indústria, com grande desenvoltura e
equilíbrio. Atualmente é sócia proprietária das Indústrias Reunidas
Hélio Arruda Coelho Ltda – Fábrica Coelho (biscoitos e macarrão). A
Fábrica está classificada como a 4.ª indústria do Estado no ramo de
massas alimentícias e a 15.ª na industrialização de alimentos do
Ceará. Seu exemplo profissional também foi comprovado quando
dirigia as Granjas Esperança, Meu Cantinho e a Padaria Coelho.
137
José Haroldo Lopes Barrocas, filho de Francisco Pires Barrocas e de Maria Lindaura
Lopes. Casou-se com sua prima Maria Vilma Lopes Ponte, n. a 06.05.1937, filha Francisco
Piragibe Ponte, n. a 16-2-1909 ( filho de Cândido Ponte e de Nazaré) e de Iraci Lopes, n. a
9-7-1910) ( filha de José Martiniano Lopes e de Joaquina Paula Quixadá) ( Apud Gentil, Frota
- Os Frotas).
224
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Pertence a algumas entidades beneficentes, tendo recebido troféus
e diplomas de reconhecimento por seu trabalho social e religioso,
além de profissional. Formada em Direito, em Recife pela
Universidade Federal de Pernambuco. Casou-se, em segundas
núpcias, em 06 de julho de 1983, com David Rosenthal, n. em 03 de
abril de 1935 em João Pessoa – PB. Filho de Asher e Blandina
Rosenthal (ambos judeus romenos refugiados dos pogroms russos),
tendo adotado o nome de Maria Ramos Arruda Rosenthal, indo
residir no exterior - Londres, Inglaterra 1983 / 1987 e em Berkeley,
Califórnia – EUA (1993 / 1997), onde fez cursos de inglês e
participou de seminários e congressos que lhe permitiram
aprimorar, cada vez mais, os conhecimentos e refinar sua cultura.
Avó de vários netos, pertence a diversas entidades beneficentes,
225
Dicionário Biográfico - Família Arruda
tendo recebido troféus e diplomas de reconhecimento por seu
trabalho social e religioso, além de profissional. Recentemente, foi
aprovada no vestibular de Direito, em Recife e está cursando na
Universidade Federal de Pernambuco. Mensalmente, visita Sobral e
amigos, filha do Dr. João Ribeiro Ramos138 e Dinorah Tomaz Ramos
(Apud Cavalcante, Arnaud de Holanda- Sociedade Sobralense –
Vultos em Destaque, 2004).
138
João Ribeiro Ramos, nasceu no Sítio Boa Vista, na Vila da Nossa Senhora da Conceição (
hoje Município de Guaramiranga, então distrito de Baturité), no dia 10 de abril de 1906.
Estudou as primeiras letras com seu pai e freqüentou a Escola Pública da Vila Conceição; fez o
curso secundário na Fênix Caixeiral e, depois dos preparatórios no Liceu do Ceará, colou grau
em Farmácia pela faculdade de Farmácia e Odontologia do Ceará (1925). Trabalhou como
farmacêutico em Baturité, Fortaleza, Acaraú e sobral, onde se diplomaria Contabilista pela
Escola Técnica de Comércio Dom José, da qual seria Diretor, ao mesmo tempo em que
lecionava Português, História, Legislação Trabalhista, Economia e OSPB. É Sócio Honorário
do Centro de Estudos Históricos e Antropológicos do Ceará. É vasta sua colaboração em
jornais e revistas do Ceará e de outros Estados, tendo publicado com mais freqüência no
Acaraú, no Correio da Semana, de Sobral, na Gazeta de Notícias, no Unitário, no Correio do
Ceará, no O Povo e na Tribuna do Ceará, de Fortaleza; tem publicado também no Jornal do
Comércio, do Rio e A Verdade, de Baturité. Além de várias placas de prata recebidas, tem
Diploma de Honra ao Mérito Farmacêutico e Medalha Professor Rabelo, do Conselho regional
de Farmácia, tendo sido escolhido “ “ Farmacêutico do Mês” , título conferido pela revista
Gazeta da Farmácia, do rio de Janeiro. Também foi agraciado com diploma de honra ao Mérito
da Academia Nacional de Farmácia e a Medalha do Centenário do Instituto do Ceará. Obras
publicadas: Centenário da Paróquia de Santana do Acaraú (1948). Eu...Sou Aquele que Serve
(1977)., conferências; In Memorium – José Hélio Barreto Arruda Coelho (1979), O Príncipe
Padre Antônio Tomás (1979), À Memória de Francisco Tomás Lourenço (1980). O Centenário
de Dom José à Luz da Academia (1982), Um Mestre e um Poeta – dois homens no meu
caminho (1983), focalizando seu irmão, o escritor J. W. Ribeiro Ramos, e o Padre Antônio
Tomás; Consumindo Luas (1987), crônicas, e Bodas de Diamante (1989). Ribeiro Ramos é
ainda Sócio Titular da Ordem dos Velhos Jornalistas do Brasil, sendo membro do Conselho
Deliberativo e Sócio Titular da União Brasileira de Escritores, de São Paulo. Dentre inúmeros
trabalhos seus estampados em revistas, podemos citar “ José Waldo, irmão, Mestre, Amigo” (
sobre o irmão, que foi ocupante da Cadeira nº 32), na Revista da Academia Cearense de
Letras nº 46, de 1985-86, e “ Cruz e Sousa e o movimento Simbolista do Brasil: um Livro
Fonte”, no nº48, de 1989-90. Falando de sua obra, disse F.S. Nascimento: “ Quanto a Ribeiro
Ramos – que bela autobiografia! A Saga do Acaraú se mostrara dadivosa a esse ilustre filho de
Guaramiranga, concedendo-lhe a graça de lá descobrir a sua Fornarina, para uma união
fecunda e terna; intérpretes maravilhosos da teoria das afinidades eletivas de Goethe, o
Acadêmico Ribeiro Ramos e a poetisa Dinorah Tomaz Ramos souberam conquistar, com
inteligência e humildade, o respeito e a admiração dos seus conterrâneos, enaltecendo a terra
cearense e a literatura que nestas plagas se produz. “ A alusão à Fornarina vem certamente do
fato de o escritor haver usado, por muitos anos, nos jornais, o pseudônimo de Rafael Sânzio.
Pertenceu a Academia Cearense de Letras ocupando a Cadeira n° 13, cujo Patrono é Dom
Jerônimo Tomé da Silva e respondendo por mais de seis anos pela Vice-presidência da
instituição. Vindo a falecer em plena lucidez aos 12 dias do mês de maio de 2000, em
Fortaleza. ( Apud Cavalcante, Arnaud de Holanda – Sociedade Sobralense – Vultos em
Destaque , 2004). Filho de Francisco Ramos dos Reís e de Maria Joaquina Ribeiro Ramos,
casou-se a 26.07.1929 com Francisca Dinorá Tomaz Ramos, filha de Francisco Tomás
Lourenço e de Maria José Farias (Marieta).
226
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ HUET DE ARRUDA COELHO (Tn. 37), Servidor Público, filho de
Esmerino do Monte Coelho (Tn. 491) e Edelvira Maria Arruda
Coelho. Nasceu em Sobral, a 4 de novembro de 1965 e faleceu em
Fortaleza a 28 de maio de 1965. Descendente de família
tradicionalmente voltado à cultura, Huet de Arruda, como o caçula
dos irmãos não saiu de Sobral, preferindo seus pais que o mesmo
fizesse os seus estudos primários juntos com os continuadores da
Escola Vicente Arruda, no caso à própria mãe Edelvira Arruda e sua
irmã Rita Maria. Os preparatório s para formação de Curso Superior
que necessitava de grande esforço para manutenção dos estudos em
outro centro,e isto não era mais possível, já que os irmãos Clodoveu
estava em Fortaleza cursando Direito e Vicente fazendo o
mesmo em Olinda. Por outro lado, o irmão Sílvio tinha acompanhado
Vicente para Recife para trabalhar e estudar. Huet de Arruda
permanecendo em Sobral, embora sem o caminho das letras, mas
com tenacidade e sacrifício foi trabalhar na construção do açude
"Parazinho" do antigo IFOCS, como fiscal, na seca de 1915. Devido
sua dedicação como servidor foi aproveitado e tornou-se funcionário
público . Em suas andanças de funcionário do IFOCS foi trabalhar na
construção do açude Várzea da Volta, a partir da seca de 1919.
Foi durante sua permanência na construção do açude que Huet
de Arruda encontrou Raimundinha Moreira Fontenele, de tradicional
família do hoje município Moraújo, cujas famílias Moreira e
Araújo deram o nome.Sua escolhida deu-lhe amor, compreensão ao
seu modo de viver, dedicação e matriarca de doze descendentes
que, como ele plantou, continuam demonstrando ser bons frutos em
perfeita confraternização familiar. Huet de Arruda era
um agropecuarísta por convicção. Possuía suas fazendas e
a administrava com toda dedicação com era comum em todos os
agropecuarísta, boa parte das despesas familiares provinham dos
recursos obtidos da propriedade. Outra constante de sua vida era a
política. Militou sempre na política. De início na UDN. Aliado dos
227
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Sabóias. Seu irmão Clodoveu foi o continuador do José Sabóia na
presidência da UDN. Depois passou para o PTB. Tornou-se aliado do
Chico Monte que o convidou para ser candidato a vereador pela
legenda do PTB. Suplente assumiu a cadeira algumas vezes. Huet de
Arruda aposentou-se como funcionário do DNOCS, onde prestou
relevantes serviços como servidor e passou a se dedicar às atividades
de agropecuarísta e a dedicação aos estudos dos filhos, e isto era sua
preocupação maior. Mantinha com sua fibra de homem dedicado à
família seis filhos estudando em Sobral e, outros seis filhos
estudando em Fortaleza. Tinha uma grande preocupação com a
educação de seus filhos, sendo hoje, reconhecido por eles como pai
que sempre se esmerou para lhes proporcionar uma boa educação.
Casou-se a 08/01/1928,em Sobral, com Raimunda Fontenele
Coelho, nasceu a 17 de fevereiro de 1917, no então Município de
Palma, hoje Coreaú(CE) e faleceu em Fortaleza a 10 de maio de 1998,
filha Antônio Celso Fontenele e Maria Moreira Fontenele.
JOSÉ ISAAC PONTES (Bn.98.), Comerciante, filho de Francisco Ferreira
da Ponte e de Raquelina Maria Arruda Ponte ( N.29.). Nasceu em
Massapê, a 2 de junho de 1886. Próspero comerciante em Fortaleza.
Casou-se a 10.03.1912, com Maria Dias Pontes, filha de Miguel Dias de
Carvalho e de Izabel Idalina Pontes Dias. Nasceu em Massapê, a 23 de
junho de 1887. Do seu enlace matrimonial nasceram os seguintes
Francisco Osmam Pontes, comerciante, casado com Maria Luzanira
Amaral Pontes, filha de Pedro Augusto Amaral e Francisca Cristina do
Carmo; Miguel Vanderlei Pontes, comerciante, casado com Marília
Moreira Silveira; Manoel Isaac Pontes, comerciante, casado com
Gizélia Silveira Pontes, filha de José Lino da Silveira e de Rosa Moreira
da Silveira; Maria Hosana Pontes Marataoan Castelo Branco, casada
com Herbert de Marataoan Castelo Branco, Juiz de Direito, filho de
Omero Ferreira Castelo Branco e de Leotina Nogueira Castelo Branco;
José Isaac Pontes Filho, empresário da construção civil; casado com
Maria Helena Osório, filha de Arnaldo Osório e de Josefina Osório; José
Humberto Pontes casado com Juracy Pinheiro Bastos, filha de Júlio
Pinheiro Bastos e de Mimosa Pinheiro Bastos; Maria Lucy Pontes
228
Dicionário Biográfico - Família Arruda
casada com João Ubiratan Vasconcelos, filho de Antônio Leocádio de
Vasconcelos e de Guiomar Carneiro de Vasconcelos.
JOSÉ ISAAC PONTES FILHO (Tn. 427.), Empresário, filho de José Isaac
Pontes ( Bn.98) e de Maria Dias Pontes. Nasceu em Massapê a 20 de
maio de 1925. Casou-se a 17/12/1949 com MARIA HELENA OSÓRIO,
filha de Arnaldo Osório e de Josefïna Osório.
JOSÉ JOAQUIM CAMINHA DE ARRUDA (Bn. 40), Comerciante, filho
de Antônio Florêncio de Arruda (N.18) e de Francisca Maria do Carmo
Aguiar. Nasceu na localidade de Oiticará município de Massapê (CE),
a 6 de julho de 1868. Era neto paterno de Alexandre José de Arruda e
de Florência Gonçalves Caminha. E pelo lado materno do Capitão
Diogo Lopes do Coração de Maria ( Diogo Meu Bem) e de sua
segunda esposa Rita Maria de Medeiros. José Joaquim recebeu este
nome em homenagem ao seu bisavô materno José Joaquim Caminha.
Casou-se a 25/10/1882, em Fortaleza com Maria Ferreira de Arruda
(Maroca) 139, então viúva, cearense, residente no Pará, e foram
residir em Belém, onde construíram uma construíram uma família
bem sucedida socialmente e economicamente na região. Do seu
consórcio com Maria Ferreira nasceram quatro filhos: Leôncio
Caminha de Arruda; Euclides Ferreira de Arruda; Maria dos Reis
Arruda de França e Cândido Ferreira de Arruda, todos residiam em
Belém e deixaram descendência.
139
Maria Ferreira de Arruda (Maroca) casou-se duas vezes. Do primeiro matrimônio teve os
seguintes filhos: Gumecinda (Gugu), Laura, Noca, Braz e Zulmira, todos residiam em Belém.
Maria em visista aos seus familiares no Ceará encontra Joaquim Caminha de Arruda, com
quem casa a 25 de outubro de 1882, em Fortaleza . Logo em seguida viagem para Belém (PA),
onde residia com seus familiares. Joaquim Caminha, fixa sua residência em Belém (PA),
deixando os irmãos Domingos José Aguiar Arruda, Ricardo José Aguiar Arruda, Maria da
Conceição e Rita Aguiar Arruda, no Estado do Ceará.
229
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ LUCIANO ARRUDA (Qn. 1331.), Bancário, filho de José Barreto
Arruda (Tn.516) e de Carolina Amélia Arruda ( Caluzinha); nasceu em
Fortaleza a 4 de setembro de 1941. Funcionário aposentado do
Banco do Brasil, onde trabalgou, por trinta anos, de 1964 a 1994,
iniciando sua jornada na Agência de Icó , transferindo-se
posteriormente para João Pessoa (PB), onde atuou na Tesouraria,
como Caixa Executivo, galgando, em sua carreira funcional, cargos de
administração gerencial. Casou-se a 19/03/1965 com Luzenira
Fernandes Arruda (Nirinha), n. a 15/03/1944, em Fortaleza ,
professora, acadêmica de Pedagogia da Universidade Federal da
Paraíba, com especialização na área docente, filha de Francisco
Fernandes Josino e de Raimunda Josino da Costa. Residem em João
Pessoa.
JOSÉ LUCIANO PONTE LINHARES (Pn.497). Empresário e político,
filho de José Maria Ribeiro Linhares (Qn.497) e de Analdira da Ponte
Linhares. Nasceu em Sobral a 3 de outubro de 1958. Formado em
engenharia elétrica. Empresário nas praças de Sobral e Fortaleza. Foi
vereador à Câmara Municipal de Sobral. Candidatou-se à prefeito de
Sobral e posteriormente a Deputado Estadual, não logrando Êxito.
Casou-se com Hilda Emília Arruda Linhares, formada em
odontologia, filha de Luciano Arruda Coelho140 e de D. Maria do
Carmo Carvalho Arruda Coelho.
JOSÉ MANASÉS PONTES (Bn. 101.), Comerciante, filho de Francisco
Ferreira da Ponte e de Raquelina Maria Arruda ( N.29). Nasceu em
Massapê a 19 de março de 1895 e faleceu em Fortaleza. Foi comerciante
em Fortaleza durante grande parte de sua vida profissional. Casou-se
140
Luciano Arruda Coelho, Advogado, formado pela Universidade Federal do Ceará, Promotor
Público, filho do Dr. José Clodoveu Arruda Coelho e de Carmen Bentes. Casou-se com Maria
do Carmo Carvalho Arruda Coelho, filha de.......... ( Apud ARRUDA, F.A.V.; Genealogia
Sobralense, Vol III, Os Arrudas, pg 30).
230
Dicionário Biográfico - Família Arruda
a 05/02/1919 com Maria Edite Sabino Pontes, n. 04/01/1898 em
Santana do Acaraú e faleceu em Fortaleza, filha de Francisco Sabino da
Costa (filho de Vicente Sabino da Costa e de Maria Alberta da Costa) e
de Maria Cerviz Gomes de Andrade (filha de José Garcês Gomes de
Andrade e de Rita Delfa de Andrade). Deixou uma prole de
renomados expoentes da vida pública do Estado do Ceará. Figura
entre estes o Dr. Francisco Osmundo Pontes, Juiz do Tribunal do
Trabalho e Dr. Osvaldo Pontes, ex- Diretor do DNOCS.
JOSÉ MARIA ARRUDA COELHO (Qn. 78), Empresário, filho de José
Sílvio de Arruda Coelho (Tn.34) e Maria de Lourdes Ribeiro Arruda
Coelho. Nasceu em Sobral a 24 de outubro de 1908 e faleceu na
mesma cidade a 15 de julho de 2000. Foi empresário de destaque
em Sobral, um pai exemplar e de grande caráter. Deixou um um
grande legado para os filhos, o empreendedorismo, a perseverança
na busca de seus ideais, e os princípios cristãos que norteiam uma
conduta ilibada e de bons costumes. Casou-se com Eurídice Barreto
Arruda Coelho, n. a 19/04/1911, em Sobral,filha de Júlio Barreto
Lima 141e de Maria Carolina Feijão. Deixou uma plêiade de oito filhos
todos de grande carisma, empreendedores moldados para luta e de
investidos grandes princípios religiosos. São eles: José Hélio Barreto
de Arruda Coelho, empresário; Maria Airtes Barreto Arruda,
Bancária, Edmirtes Arruda Coelho; Bancária, Maria Nilda
BarretoArruda, Francisco Euder Barreto Arruda; Maria Neice Arruda
Paula Pessoa, Bancária; Rita Maria Arruda Souza e José Maria Arruda
Filho, Engenheiro Civil e Empresário.
141
Júlio Barreto Lima, faleceu no dia 31 de outubro de 1945, em Sobral, aos 63 anos de
idade, filho de Joaquim de Sousa Lima, natural de Crateús (CE), e de Porcina Barreto Lima.
Casou-se a09.09.1910, em Sobral, com Maria Carolina Feijão, filha de Vicente Feijão Segundo
e de Maria José de Jesus. José Júlio tinha como irmãos: (1) Deolindo Barreto Lima, Jornalista;
(2) Francisco das Chagas Barreto Lima, Empresário em Sobral; (3) Maximino Barreto Lima; (4)
Manuela Barreto Lima; (5) Joana Barreto Lima; (6) 0Maria Barreto Lima; (7) Leonor Barreto
Lima ( Apud Araújo Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 137).
231
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ MARIA ARRUDA FILHO (Pn.141), Engenheiro Civil, filho do
empresário José Maria Arruda Coelho (Qn.78) e de Eurídice Barreto
Arruda. Nasceu em Sobral, a 7 de novembro de 1949. Formado pela
Faculdade de Engenharia da Universidade Federal do Ceará. Diretor
presidente da Firma L.T.C. Atualmente trabalho no Porto do Pecém.
Casou-se com Ana Maria Oliveira de Arruda. Do consórcio
nasceram: Carlos Frederico Oliveira de Arruda; Anna Carolina
Oliveira de Arruda e Bruno Oliveira de Arruda.
JOSÉ MARIA ARRUDA LINHARES (Qn. 1267.), Agropecuarísta e Político,
filho de Narcisio Evaristo Linhares e de Maria Neomízia Arruda Linhares
( Maroca) (Tn.511). Nasceu em Sobral, a 30 de julho de 1921 e faleceu
em Sobral, a 18 de abril de 1999. Agropecuarista, Vereador por várias
legislaturas em Sobral. Homem público devotado as causas do
Dsenvolvimento Rural, aos Distritos e Comunidades Rurais que
representava na Câmara Municipal. Fazia seu trabalho mais nos
bastidores com seus líderes político, que na Tribuna daquela Casa.
Tive a grande oportunidade, quando então Vereador de Sobral, no
período de 1982 a 1988, de compartilhar a Tribuna com seus sábios
apartes. Em um desses “apartes” disse-me: Nobre Colega, estimado
primo Assis Arruda, estou nesta Casa, já Alguns anos, e poucas vezes
subir a esta Tribuna, porque nossas palavras não ecoam mais além
que estas largas paredes. “ Quando não dar certo dar igual”, por isto
desça daí, pois pouco vão adiantar estes bonitos discursos que Vossa
Excelência faz em defesa da pecuária do Município e do patrimônio
histórico de Sobral. Era um dos mais antigos Vereadores daquela Casa
juntamente com Dr. Félix Biná, o enfermeiro. Consquistava os votos
de quase todos os familiares, principalmente os da família Arruda,
Linhares e Prado, oriundos do Distrito de Jaibaras e São Vicente.
Pacífico por índole, manso com jeito de homem do Serão e de muitos
bons tratos. Deixou um bom patrimônio financeiro e moral para sua
única filha e netos. Casou-se com Maria de Jesus Linhares, n. a
232
Dicionário Biográfico - Família Arruda
22/02/1922, filha de João Batista Linhares e de Alcelina Bezerra
Linhares.
JOSÉ MARIA ARRUDA LINHARES (Tn. 98.), Comerciante, filho de
Manuel Alves Linhares e de Maria da Conceição Arruda Linhares
(Bn.39). Nasceu em Sobral, a 31 de março de 1900 e aí faleceu em
novembro de 1959. Foi um dos pioneiros do comércio do chapéu de
"palha" em Sobral. Católico por convicção. Assistia diariamente a
Missa e comungava. Sempre era vista com um terço na mão.
Praticava a caridade e assistia os seus familiares na medida do
possível. Casou-se em Sobral a 14/02/1925 com Maria Cristina Frota
Vaz, filha do português José Joaquim Batista Vaz142 e de Maria
Cristina Frota.
JOSÉ MARIA ARRUDA PONTES (Qn. 1347.) Médico, filho de Vicente de
Araújo Pontes (Tn.519) e de Georgina Arruda Pontes. Nasceu em
Fortaleza a 15 de agosto de 1951. Formado em 1979 pela Faculdade
de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). Fez Residência
Médica no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Ceará (UFC),
entre 1980 e 1981. Tem o título de “ Especialista em Cirurgia Geral”,
fornecido pelo conselho Federal de Medicina. Como atividades médicas
destaca-se as seguintes funções ocupadas no exercicio de sua profissão:
Chefe dos Acadêmicos da Clínica Cirúrgica II da Santa Casa de Misericórdia de
Fortaleza; Chefe dos Residentes de Cirurgia dos Hospital das clínicas, da UFC;
diretor do Instituto Dr. José Frota, de Antônio Bezerra, em 1985; diretor do
Instituto Dr. José Frota, de Parangaba, de 1987/1988; Médico da Secretaria
de Saúde do Município de Fortaleza; Cirurgião de emergência do Hospital das
Clínicas da UFC e Médico cirurgião do Instituto José Frota e do Hospital
Governador Gonzaga Mota, de Messejana; do Hospital Menino de Jesus; e
142
José Joaquim Batista Vaz, casou-se com Maria Cristina Frota, viúva de José Leôncio de
Andrade, filha de Joaquim Gomes da Frota e de Marcolina do Monte Coelho (filha de Manuel
José do Monte Coelho e de Maria Bernardina do Monte) ( Apud Pe. Frota, Gentil - Os Frotas)
233
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Hospital e Maternidade Angeline, de Fortaleza. Como Políttico exerceu o
cargo de Ex-tesoureiro e Ex-Presidente do partido Socialista Brasileiro (PSB);
1º suplente de Deputado estadual juntoa à Assembléia Legislativa do Ceará;
Membro do Diretório Estadual do PSB;Vereador e líder da bancada do
Partido dos Trabalhadores (PT) no terceiro mandato à Câmara dos
Vereadores do Município de Fortaleza, onde se tem destacado por suas
ações corajosas e moralizadoras, gozando, por isso, de execelente prestígio
no seio da política municipal de fortaleza. Casou-se a 01/04/1980 e
divouciou-se de Joaquina Vilmaci de Oliveira Pontes, n. em Itapipoca , aos
28/06/1951, Médica, formada pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em
1978. Residência Médica em Homeopatia e Hematologia (1979-1980).
Especialista em Homeopatia titulação conferida pela Associação Médica
Brasileira e Associação Médica Homeopática Brasileira, em 2001, filha de
Joaquim Odilon de Oliveira e de Ana Carneiro de Oliveira. José Maria, casouse em segundas núpcias, com Maria de Fátima Castro Dias, n. em São
Raimundo Nonato (PI), aos 26/03/1953, Médica, formada pela Universidade
Federal do Ceará, com especialização em ginecologia e obstetrícia. Foi
presidenta do Sindicato dos Médicos do Estado do Ceará e exerce
atualmente a vice-presidência. Trabalha no Hospital Geral de fortaleza e é
Professora do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Ceará
(UECE), filha de Manoel da Silva Dias e de Ester de Castro Dias.
JOSÉ MARIA LINHARES CARNEIRO (Qn. 177), Bancário, filho de
Antônio Aguiar Carneiro e de Maria do Sacramento Linhares
Carneiro ( Tn.93). Nasceu em Sobral a 18 de dezembro de 1918 e aí
faleceu a 27 de setembro de 2008 com 89 anos de idade. Foi
funcionário do Banco do Brasil até aposentadoria, tendo exercido
várias funções comissionadas durante sua permanência no Banco
do Brasil.
Construiu um grande patrimônio familiar e a ele dedicou sua
vida. Com a morte de sua estimada esposa Juracy no frescor de seus
46 anos de vida, é acometida de uma grave enfermidade que após
grande sofrimento, deixa uma plêiade de filhos, entregue ao esposo
234
Dicionário Biográfico - Família Arruda
e a vida. José Maria recebeu a grande Missão que Deus lhe
reservou, e fez o melhor que pode, por todos eles. Mais tarde, sofre
outro grande golpe, com a morte de seu filho mais velho, José
Gerardo, que também partiu desta vida, ainda muito jovem. Ainda
com seus 90 anos de idade, já com sua saúde abatida ao lado, sua
companheira Teresinha, com paciência fortalecida pela fé, lhe dar o
merecido carinho e atenção. José Maria casou-se duas vezes: A 1ª,
com Maria Juracy Dias Carneiro, n. a 06/05/1922, na localidade
Aribito, no Distrito de Forquilha, Sobral (CE) e falecida a 27/10/1968,
em Sobral, filha de Raimundo Alves Loiola143 e Rosa Dias Carvalho
Loiola. A 2ª, a 28/07/1983 com Tereza Maria Pimentel Pereira, n. a
12.03.1943, filha de Florêncio Pereira Filho (Flor Braga) e D. Inácia
Pimentel Pereira, estes naturais da Meruoca.
JOSÉ MARIA MAPURUNGA FILHO (Pn. 466), Dramaturgo, filho de
José Maria Mapurunga e de Maria das Graças Carvalho Mapurunga
(Qn.204). Nasceu em Viçosa do Ceará, a 12 de novembro de 1951.
Sua biografia escrita por ele mesmo: “ Eu, José Maria Mapurunga
Filho, o José Mapurunga (da dramaturgia, do cordel, do roteiro de
cinema e da poesia), Zemaria Filho para os parentes e caros amigos
de Viçosa, Serra da Ibiapaba, Ceará, onde nasci a 12 de novembro de
1951 e onde vi e me apaixonei pela primeira e eterna vez pelos
dramas encenados no Theatro Pedro II, paixões de Cristo, folguedos
dos partidos encarnado e azul, mesmo porque em cada recanto de lá
emanava poesia e eu não poderia ser de outro modo senão deste,
besta e abestalhado, deixando de lado o consensual e sensato
impulso de ficar rico para escrever sobre diabos e anjos, maricas,
marocas e maricotas, leidianas, lionores, e beneditos, alguns dos
meus personagens que hoje, graças à identificação que tenho com o
143
Raimundo Alves Loiola, filho de Antônio Raimundo Loiola e de Maria Loiola de
Oliveira. Casou-se com Rosa Dias Carvalho Loiola, filha de Joaquim Carvalho e Ana Dias
de Carvalho (pp),.
235
Dicionário Biográfico - Família Arruda
divino e a molecagem, povoam as alegrias e as vinganças de
cearenses e conterrâneos deste Brasil tão igual e tão plural.
Andei escrevendo para teatro mais ou menos pela década de 70 e
deste tempo não ficou nada que valha um lugar numa gaveta, porque
era muito jovem, e nos jovens tudo é furor, arrebatamento, doce e
compreensível arrogância e tirante as raras exceções ainda não se
tem o discernimento pra beber com refinamento as dores e alegrias
que a vida apronta. Larguei o ofício de contador de histórias e entrei
de cara nas agências de propaganda, nas produtoras de vídeo para
onde escrevia e ainda escrevo roteiros, deixando apenas uma
pequeníssima parte do meu tempo para escrever poemas que a
insensatez de jurados resolveu premiar.
Nesta década de 90 deste século, depois e enquanto era aluno do
Instituto Dragão do Mar, voltei a escrever teatro e foi até com certo
espanto que vi, de repente, o meu Auto da Camisinha, ser encenado
por mais de 30 grupos teatrais de todo Ceará e até por outros grupos
em outros estados da Federação. O meu Auto de Leidiana foi um
sucesso de público e houve até briga, com direito à chegada da
polícia, de pessoas ansiosas para ver de perto as peripécias de um
fogosa dama sertaneja que rendeu até o Capeta com sua irresistível
sedução. Foi depois desses fatos que vi um folder proveniente da
terra gaúcha anunciando o 2º Concurso Nacional de Dramaturgia Prêmio Carlos Carvalho, promovido pela Prefeitura de Porto Alegre.
Estava com A farsa do Panelada pronta. Achei que devia arriscar
alguns reais com a postagem do Correio. Foi bom, porque ganhei
mais uma alegria. (Biografia publicada no livro 2º Concurso de
Dramaturgia - Prêmio Carlos Carvalho, em 2000.)
JOSÉ MARIA RIBEIRO LINHARES (Qn.185), Empresário, filho do
comerciante e agropecuarista Vicente de Maria Arruda Linhares
(Tn.99) e de Raimunda Nonata Ribeiro de Oliveira Linhares. Nasceu
em Sobral 6 de novembro de 1930. Empresário, agropecuarista e
236
Dicionário Biográfico - Família Arruda
corretor de imóveis. Casou-se a 11/02/1952 com Analdira da Ponte
Linhares, n. a 19/08/1935 em Sobral e aí faleceu a 04/07/2006, filha
Cleto Ferreira da Ponte144 e de Maria Mirian Vasconcelos Ponte.
Analdira teve uma grande participação na educação
JOSÉ MAURÍCIO SILVA ARRUDA (Qn. 695.), Corretor, filho de Miguel
Edmar Soares Arruda (Tn.272) e de Máuria Minghini Silva. Nasceu no
Rio de Janeiro a 18 de setembro de 1943. Casou-se duas vezes. A 1ª, no
Rio de Janeiro, em 19/01/1963, e desquitado de Maria Luiza de Souza
Barros n. a 10/11/1943 no Rio de Janeiro, filha de Sidney Clovis de Barros
e Maria Córdova de Souza Barros. A 1ª, com Vânia Lúcia Moraes Penna n. a
09/09/1943 no Rio de Janeiro, filha de Jorge Augusto Magalhães Penna
e Jandira da Costa Moraes Penna.
JOSÉ NELSON ARRUDA, nascido em 28 de novembro de 1916 em
Massapê (CE), filho de Francisco Nelson Arruda e Maria Amelina
Pontes de Arruda, foi Empresário do ramo de Vassouras piaçava na
década de 60. Foi Diretor do Centro Massapeense e membro
executivo e conselheiro daquela instituição. Casou com Eurides
Rocha Arruda nasceu 09 de junho de 1936 em Camocim (CE), filha de
Raimundo Cavalcante Rocha e Guiomar de Aguiar Rocha, com quem
teve 3 filhos e 8 netos. José Nelson Arruda Faleceu as 19h30 do dia
05 de setembro de 2005 em sua residência vítima de um infarto
fulminante.
144
Cleto Ferreira da Ponte, filho de Domingos Ferreira da Ponte ( filho de Manoel Ferreira da
Ponte e de Isabel Maria da Conceição) e de Antônia Viriato de Medeiros ( filha de Antônio
Viriato de Medeiros e de D. Antônia Joaquina Rodrigues). Casou-se a 15.04.1931 com Mirian
Coelho de Vasconcelos, filha de Francisco León de Vasconcelos ( filho de Joaquim Hermano
de Vasconcelos e de Teresa Carolina de Vasconcelos) e de Júlia Olindina Coelho (filha de
Francisco Raimundo do Monte Coelho e de Isabel Armênia Coelho) (Apud Arruda, F. A.V.Genealogia Sobralense, Vol V, Os Linhares, Tomo II, pg c322, prelo).
237
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ NELSON ARRUDA FILHO (Qn. 866.), Pedagógo, filho de José
Nelson Arruda (Tn.321) e de Maria Amelina Pontes Arruda. Nasceu em
Fortaleza a 23 de agosto de 1959. Formado em Padagogia e Letras pela
Universidade. Casou-se em Fortaleza a 08/01/1999 com Ana Cristine
Prata Regadas Arruda n. a 07/07/1971, em Maranguape (CE); formada
em Pedagogia e Letras, filha de Luís Carlos Regadas145e de Carmen
Maria Prata Regadas.
JOSÉ NELSON ARRUDA LIMA (Qn. 793.), Administrador de Empresas, filho
de Nelson Lima e de Maria Francisca Teresa Távora Arruda Lima (Tn.304).
Nasceu em fortaleza a 7 de baril de 1955; formado e Administração de
Empresas e trabalha com Produção Musical e Técnica em
Sonorização; casou-se a 22/11/1986, em Teresópolis, com Ruth
Zisman n. a 16/04/1962, no Rio de Janeiro, filha de Miguel Zisman e
de Norma Pingitore Zisman.
JOSÉ OSMAR ARRUDA DE FIGUEIREDO (Qn. 247), Funcionário
Público, filho de João Vital Figuerêdo e de Maria Úrsula Arruda
Figuerêdo (Tn.122). Nasceu em Fortaleza a 4 de março de 1926.
Funcionário dos Correios e Telégrafos, na cidade de Ipaumirim, onde
reside. Casou-se com Onélia de Sousa Arruda, n. a 14/02/1922, filha
de Francisco Olívio de Sousa e de Antônia Diná de Sousa.
JOSÉ PROENÇA ARRUDA (Tn. 244.), Bancária, filho de José Aprígio de
Vasconcelos Arruda (Bn. 67) e de Ester Proença. Nasceu em Baturité a 14
de novembro de 1910. Aposentado; casou-se duas vezes. A las, a
25/01/1936 em Fortaleza com Letícia Mota de Arruda n. a 18/12/1910
em Caucaia e falecida no Rio de Janeiro a 07/04/1958, filha de Vicente da
Rocha Motta e Emília da Rocha Motta. A 2a , a 08/07/1959 em Fortaleza
145
Luís Carlos Regadas, Engenheiro Agrônomo, ;casou-se com Carmem Maria Prata
Regadas n. a 16/07/1945, professora, filha de José Cavalcante Prata e de Francisca
Romana Galvão Prata ( Apud Girão, Guilherme – Família Girão: História e
Genealogia/ Guilherme Girão, 2007).
238
Dicionário Biográfico - Família Arruda
com Eneida Costa Proença de Arruda n. a 07/02/1925, filha de Nilo
Xavier da Costa e Silva e Stela de Vasconcelos Pessoa.
JOSÉ RAIMUNDO DIAS CARNEIRO (Pn.473), Bancário, filho de José
Maria Linhares Carneiro, bancário, funcionário destacado do Banco
do Brasil, e de Maria Juracy Dias Carneiro. Nasceu em Sobral a 21 de
janeiro de 1948 e faleceu em Fortaleza, a 25 de março de 2010,
vítima de um infarto no miocárdio.
Funcionário aposentado do Banco do Nordeste do Brasil.
Profissional competente se destacava pela maneira de se relacionar
com a clientela e colegas. Pessoa alegre de bem com a vida, parecia
que duraria a eternidade. Partiu muito cedo desta vida, deixando
muita saudade aos familiares e amigos. Desde infância tive a grata
alegria de compartilhar com ele momentos de grande descontração.
Durante a candidatura de seu irmão José Antônio, a Prefeito de
Forquilha , tivemos outra grande aproximação que ficou registrado a
estima e admiração que mantinha por seu irmão, também meu
grande amigo. Casou-se e separou-se de Maria José Vasconcelos
Carneiro, filha de José Ademar Vasconcelos e de Maria Jandira
Vasconcelos. Casou-se em 2ª núpcias, com Maria Zaíra Machado, n.
a 22/10/1949, filha de Gaudêncio Machado da Ponte146e de Zilca
Batista Machado.
JOSÉ RICARDO CAMPELO ARRUDA (Qn. 285.), filho de Gerardo
Vasconcelos Arruda (Tn.130) e de Mariana Raimunda Campelo Arruda;
nasceu em Viana (MA) a 26 de março de 1946. Formou-se no Rio de
Janeiro, com pós-graduação em Física e Informática. Atualmente é
Professor Doutor da UERJ. Casou-se com Constança Maria Maia
Arruda, nasceu no Rio de Janeiro (RJ). Analista de Sistemas no
146
Gauêncio Machado da Ponte, n. em 1922, filho de Joaquim Machado da Ponte e se sua 2ª
mulher Ana Maria Ximenes Aragão. Casou-se com zilca Batista Machado(Apud Arruda, F.A.V.
– Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo II, pg 741).
239
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Ministério da Aeronáutica, com pós-graduação em física e
informática.
JOSÉ ROBERTO DE ARRUDA COELHO (Qn.99), filho de José Huet de
Arruda Coelho (Tn.37) e de Raimunda Fontenele Arruda Coelho.
Nasceu Sobral a 30 de agosto 1951 e faleceu no dia 29 de dezembro
de 2009, vítima de um acidente automobístico no Município de
Granja, Ceará. Formado pela Universidade do Vale do Acaraú- UVA.
Foi Acadêmico de Engenharia Elétrica na Universidade de Fortaleza
– Unifor, não concluindo o curso. Formado em Engenharia
Operacional pela Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA. José
Beto, como era conhecido, veio a falecer no dia 29 de dezembro de
2009 de um acidente automobilístico, nas proximidades da Sede do
Município de Granja, quando viajava com seu primo Emmanuel
Oliveira de Arruda Coelho, ambos faleceram e foram sepultados em
Fortaleza.
JOSÉ ROBERTO FURTADO ARRUDA (Qn. 631.), Advogado, filho de João
Coelho Arruda ( Coelhinho) ( Tn.255) e de Maria Alexandrina Furtado
Arruda; nasceu em Baturité a 9 de dezembro de 1934. Advogado e
auditor fiscal do trabalho. Casou-se em Fortaleza em 14/11/1964 com
Maria Elcy Rocha Arruda n. a 26/02/1937 em Coreaú (CE), filha de
Francisco Francinet Rocha e Rita de Cássia Arruda Rocha.
JOSÉ ROGÉRIO ARRUDA PONTES (Qn. 688.), Médico, filho de Renato
Ferreira Pontes Sobrinho e de Maria Lúcia Arruda Ferreira Pontes (
Tn.270). Nasceu no Rio de Janeiro, a 27 de janeiro de 1945 aí faleceu a
12/06/1973. Casou-se no Rio de Janeiro, a 22 de setembro de 1971,
com Rita Maria Mendonça Arruda Pontes n. a 16/06/1951 no Rio de
Janeiro, filha de Antônio Geraldo Pinto Mendonça e Maria Sarmeiro
Gonçalves Mendonça.
240
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JOSÉ RÔMULO PONTE LINHARES (Pn.499), Engenheiro Agrônomo,
filho de José Maria Ribeiro Linhares (Qn.169) e de Analdira da Ponte
Linhares. Nasceu em Sobral, a 3 de janeiro de 1963. Formado pela
Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Ceará. Casou-se
em Sobral a 23/07/1988 com Maria das Graças Nunes Linhares, n. a
14/09/1963, filha de José de Sousa Nunes e de Eliane Linhares Nunes.
JOSÉ SÉRGIO PONTE LINHARES (Pn.496), Advogado, filho de José
Maria Ribeiro Linhares (Qn.169) e de Analdira da Ponte Linhares.
Nasceu em Sobral, a 19 de março de 1957. Formado pela Faculdade
de Direito da Universidade Federal do Ceará. Casou-se em Sobral a
22/01/1982 com Marilac Rios Linhares, n. a 19/09/1957, funcionária
da Coelce, filha de Manoel Itamar Rios e de Lindalva Feijão Rios.
JOSÉ SOARES ARRUDA (Tn. 274.), Advogado, filho de Jeremias Gervásio
Vasconcelos Arruda (Tn.69) e de Margarida Soares Arruda. Nasceu em
Fortaleza, a 22 de agosto de 1922. Casou-se no Rio de Janeiro (RJ) a
08/12/1949 com MARIA DE LOURDES LOPES ARRUDA, filha de
Herculano Lopes e Senhorinha Lopes. Nasceu no Rio de Janeiro (RJ), a 20
de janeiro de 1929.
JOSÉ TARCÍSIO FURTADO ARRUDA (Qn. 638.), Bancário, filho de João
Coelho Arruda (Coelhinho) (Tn.255) e de Alexandrina Furtado Arruda.
Nasceu em Fortaleza, a 5 de agosto de 1945. Funcionário aposentado
do Banco do Brasil. Casou-se a 05/09/1975 com Celina Maria
Marques Arruda, filha de Aloísio de Freitas Marques e Maria Sofia
Bastos Marques. Nasceu em Fortaleza, a 26 de junho de 1948.
JOSÉ VASCONCELOS ARRUDA FILHO (Qn. 256.), Economista, filho de
José Vasconcelos Arruda (Tn.123) e de Rita Carminda de Arruda.
Nasceu em Fortaleza a 6 de agosto de 1934 e faleceu em Fortaleza.
Formado em Ciências Econômicas, pela Fundação Educacional Edson
Queiroz — Unifor, e em administração de empresas da Escola de
241
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Administração da Universidade Estadual do Ceará. Comerciante.
Casou-se com Maria Neli Maia Arruda, funcionária do Instituto
Nacional de Previdência Social, filha de José Benedito Maia e de
Joana Mota Maia.
JOSÉ VASCONCELOS ARRUDA FILHO (VASCO) (Qn. 596.), Psicólogo,
filho de José Vasconcelos (Tn.191) e de Maria Auxiliadora Vasconcelos
Arruda. Nasceu em Massapê a 3 de agosto de 1961. Formado em
Psicologia pela Universidade Federal do Ceará. Trabalha no Tribunal
Regional Eleitoral, em Fortaleza. Escritor. Mantém um site
Sincronicidade vinculado ao Jornal o Povo. Casou-se em Fortaleza a
02/06/1989 com Nazareth Marcondes Arruda, n. a 04/06/1958, em
Vitória do Espírito Santo (RJ), filha de Benedito Marcondes de Oliveira e
de Nilma de Araújo Marcondes. Residem em Fortaleza. Do seu enlace
matrimonial nasceu: Indira Marcondes Arrruda.
JOSÉ VITAL ARRUDA LINHARES(Sn.2302.), nasceu em Sobral a 4 de
julho de1959, filho de João Batista Linhares Neto (João Chicuta)
(Pn.2193) e de Maria Salete Arruda Linhares. Empresário bem
sucedido no ramo de panificação. Vereador a Câmara Municipal de
Sobral, eleito com uma expressiva votação. Casou-se duas vezes. A
1ª, com Dina Aragão Linhares, funcionária da Caixa Econômica
Federal, filha de Raimundo Nonato Aragão e de Francisca Aragão, da
qual se separou.Casou-se em 2ª, núpcias, com Ana Irley. Do
primeiro matrimônionasceram: David Aragão Linhares e Renan
Aragão Linhares. Do 2º Matrimônio: Hirvey Magalhães e Lucas
Magalhães Arruda Linhares.
JOSÉ WILLIAM ARRUDA CAVALCANTE FORTE (Pn. 684), Bancário e
Professor Universitário, filho de José Maria Cavalcante Forte e de
Marise Ribeiro de Arruda (Qn.196). Nasceu em Fortaleza a 22 de
março de 1956. Funcionário da Caixa Econômica Federal. Teve uma
242
Dicionário Biográfico - Família Arruda
União Conjugal e posteriormente casou-se a 27/03/1991 com Sônia
Leal Parreira Forte, n. a 08/03/1959, em Niterói (RJ), filha de Mário
Alfredo Parreiras 147e de Cléo Leal Parreiras.
JOYCE MONT’ALVERNE DE ARRUDA OLIVEIRA (Pn.185), Advogada,
filha de José Gerardo de Arruda Coelho (Qn.91) e de Victória Régia
Mont’alverne Arruda Coelho. Nasceu em Fortaleza, a 22 de
setembro de 1976. Formada em Direito. Casou-se a 22/11/2003
com Aldenor Sombra de Oliveira, Procurador do Banco Central,
aprovado em concurso público e nomeado conforme portaria de
22.680 de 17 de abril de 2003. Filho de João Afonso de Oliveira e
Ana Anita Sombra de Oliveira.
JUAREZ TÁVORA ARRUDA (Tn. 306.), Funcionário Público Federal, filho
de Raimundo Vasconcelos Arruda ( Bn.72) e de Noemy Távora de Assis
Arruda. Nasceu em Baturité, Ceará, a 18 de dezembro de 1932 e
faleceu em Fortaleza, a 13 de março de 1998. Funcionário autárquico
do INSS. Casou-se a 22/12/1956 em Baturité com Marcelina Isabel
Carvalho Arruda n. a 16/08/1936 em Baturité e faleceu em Fortaleza a
07/06/2003, Servidora Pública do Ministério Público Federal, filha de
José Alves Carvalho e Anísia Silveira Carvalho.
JULIANA BENEVIDES PONTES (Pn.1613.), Psicóloga, filha de Francisco
Arruda Pontes ( Qn.1342) e de Maria do Carmo Benevides Pontes (
Mariinha). Nasceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 23 de junho de 1972.
Formado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza -Unifor. Casou-se
com Rogério Resende Castro Barbosa, Administrador de Empresa,
nasceu em Fortaleza , a 30 de janeiro de 1969.
147
Mário Alfredo Parreiras, n. a 26/07/1934, em Niterói (RJ), filho de Ary Parreiras e Aracy
Sardinha Parreiras. Casou-se em Niterói (RJ), com Cléo Leal Parreiras, filha de Carlos
Francisco Leal e Clara da Silva Leal (pp)
243
Dicionário Biográfico - Família Arruda
JULIANA COLLYER ARRUDA DE MOURA (Pn. 747), Terapeuta
Ocupacional, filha de Francisco de Assis Vasconcelos Arruda (Qn.215)
e de Silvéria Lopes Vasconcelos Arruda. Nasceu em Fortaleza a 14 de
outubro de 1980. Formada em Terapia Ocupacional, pela
Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Pós-graduação e Formação em
Acupuntura pela Associação Brasileira de Acupuntura - ABA. Realizou
ainda curso de Pedagogia Terapêutica – Baseado na Antroposofia,
ministrado por Nico Brodnitz, na Escola Waldorf Micael. Trabalhou
no Núcleo de Atendimento Pedagógico Especializado - NAPE do
Município de Caucaia. Atualmente exerce suas atividades como
Terapeuta noCentro de Integração Para Terceira Idade – CITI; na
Clínica Mentalité – Consultoria, Serviços e Treinamento em Saúde
Mental e com atendimento Domiliar (Home Care), na área de
Geriatria e Acupuntura. Casou-se em Fortaleza a 13/09/2003 com
Elpídio Gomes de Moura Neto, n. a 20/01/1978, em Fortaleza .
Corretor de Imóveis, com Curso Técnico no CETREDE da Universidade
Federal do Ceará. Acadêmico de Administração de Empresas, pela
Universidade de Fortaleza - UNIFOR. Atualmente é Bancário,
funcionário do Banco Internacional do Funchal (BANIF), com Sede em
Portugal, exercendo suas atividades como Agente Comercial, em
Fortaleza , filho de José Gomes de Moura148e de Ana Maria Braga
Moura.
JULIANA CARNEIRO MELO (Pn.713), Médica, filha de Antônio Aldo
Melo e de Teresinha Arruda Carneiro Melo (Qn.206). Nasceu em
Fortaleza, a 14 de abril de 1977. Formada pela Faculdade de
Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). Lançou seu
primeiro livro em setembro de 2005 em Fortaleza, com o título
148
José Gomes de Moura, n. a 01.10.1936, em Senador Pompeu , filho de Elpídio Gomes de
Moura, da tradional Ordem Massônica, onde foi Grande Mestre, e de Júlia de Moura. Casou-se
com Ana Maria Chagas Moura, n. a 20.05.1943, em Fortaleza , filha de Antônio Chagas e de
Gercelina Matos Chagas (PP)
244
Dicionário Biográfico - Família Arruda
“Catedral de Sonhos”, com a apresentação do ilustre historiador
Eduardo Campos. Sua Paixão pela poesia despertou quando ainda
era criança. Mais tarde, participando de três concursos literários
promovidos pelo Colégio Christus, conquistou no gênero poesia,
dois primeiros e um terceiro lugares.
Na faculdade, continuou a exercitar o seu estro, com produções
românticas, sacras e memorialísticas.
É sócia efetiva da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil
– AJEB, conceituada entidade cultura de âmbito nacional.
JUVENAL ANTÔNIO ARAÚJO DE ARRUDA FURTADO (Qn. 760.),
Advogado, filho de Francisco de Assis Arruda Furtado (Tn.291.) e de
Antônia Valburgade Andrade Furtado. Nasceu em Fortaleza, a 1º de
janeiro de 1981. Casou-se com Kátia Machado da Silveira Furtado, filha
de Wilson Martins da Silveira e Maria Adáuria Machado da Silveira.
Nasceu em Quixadá, Ceará, a 2 de agosto de 1955.
KÁTIA MAGALHÃES ARRUDA PAIVA (Pn. 773.) Ministra do Trabalho,
filha de Luiz Gonzaga de Figueiredo (Qn.248) e de Maria Dolores
Magalhães Arruda. Nasceu em Fortaleza a 1º de outubro de 1966.
Graduou-se em Direito pela Universidade Federal do Ceará em 1989
e mestre pela Universidade Federal do Ceará e doutoranda em
Políticas Públicas pela UFMA. Desembargadora pelo Estado do
Maranhão, onde foi presidente do TRT-MA no biênio 2005-2007 e
vice-presidente no biênio 2003-2005. Também foi vice-coordenadora
do Colégio de Presidentes e Corregedores da Justiça do Trabalho
(Coleprecor).
Foi homenageada, em 2008, pela seccional maranhense da
Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA). A ministra recebeu a
“Medalha Antenor Bogéa “, a maior comenda da instituição. A
homenagem foi em reconhecimento à postura ética da ministra Kátia
245
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Arruda, o tratamento dispensado aos advogados e à identificação
com os ideais institucionais da Ordem dos Advogados do Brasil.
Foi presidente das JCJs (atuais Varas do Trabalho) de Imperatriz
e Caxias e 1ª e 2ª JCJs de São Luís, tendo sido promovida em 2001
para o cargo de desembargadora do TRT-MA. Ingressou na Justiça do
Trabalho em 1990.
No dia 27 de março de 2008 tomou posse a ex-presidente do
Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT-MA), no Tribunal
Superior do Trabalho (TST), no cargo de ministra togada. Ela ocupou
a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Gelson de Azevedo.
Sendo, assim, a primeira mulher nordestina a ocupar um cargo de
ministra do TST. No discurso, o presidente Gerson de Oliveira
destacou que “ “todos sabem da competência, determinação e senso
de justiça inerente à história de vida da ministra Kátia Arruda”. "Por
mais que se diga ainda serão poucas as palavras para homenageá-la,
mas em nome dos Magistrados e servidores do Tribunal Regional do
Trabalho do Maranhão e do Maranhão, deixo registrado para a
história desta Corte e do nosso Estado, o exemplo de vida que é essa
nobre colega, a quem a todos nós, inspira, como profissional, mas,
acima de tudo, como pessoa", destacou. Casou-se com Adriano
Paiva.
L
246
Dicionário Biográfico - Família Arruda
LARISSA MONT’ALVERNE DE ARRUDA (Pn.186.), Médica, filha de
José Gerardo de Arruda Coelho (Qn.91) e de Vitória Régia
Mont´Alverne Arruda Coelho. Nasceu em Sobral, Ceará, a 12 de
junho de 1980. formada pela Faculdade de Medicina da Universidade
Federal de Belém (PA).Solteira.
LAURA ELENA LORDA MARTINS (Qn. 852.), Comerciante, filha de
Francisco Lorda Filho e de Ialomita Arruda Lorda (Tn.315); nasceu em
Fortaleza a 17 de junho de 1936. Casou-se em Fortaleza a 22/08/1953
com Airton Adeodato Borges Martins, filho de Adriano Martins e de
Maria Borges Martins; nascido em Fortaleza a 20 de novembro de
1926 e falecido em Fortaleza.
LAURA MARIA RIBEIRO PIMENTEL (Qn. 844.), filha de José Rodrigues
Ribeiro Filho e de Filomena Arruda Ribeiro (Tn.310). Nasceu em
Fortaleza, a 4 de abril de 1933. Casou-se com José Osmar Machado
Pimentel, Engenheiro Civil, filho de Valfredo Valdemar Pimentel e de
Maria Lina de Sousa Pimentel. Nasceu em Quixeramobim, Ceará, a 6 de
maio de 1934.
LEILA MARIA ARRUDA TAPAJÓS GOMES (Qn. 679.), filha de Luiz Soares
Arruda (Tn.268) e de Clice Itagyba Arruda. Nasceu no Rio de Janeiro, a 16
de outubro de 1953. Casou-se no Rio de Janeiro, a 30/05/1975 com
Mauro Francisco Lafayete Tapajós Gomes, filho de Haroldo Tapajós
Gomes e Maryse Lafayette Tapajós Gomes. Nasceu no Rio de Janeiro, a
23 de junho de 1949.
LEILA MARIA FROTA BARROS (Pn.280), Advogada, filha de José
Arruda Frota ( Qn.124) e de Maria de Lourdes Parente Vasconcelos
Frota. Nasceu em Fortaleza, a 12 de junho de 1959. Formada pela
Universidade de Fortaleza – Unifor. Casou-se a 25/07/1980 com Luís
Gonzaga Abreu Barros, médico veterinário, filho de Clóvis Moreira
247
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Barros e de Maria de Abreu Barros. Nasceu a 21 de junho de 1951.
Formado pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professor
secundário.
LEONARDO DE ALMEIDA SAID (Sn.188.), Admistrador de Empresas,
filho de Deoclécio de Azevedo Said e de Heloísa Maria de Almeida
Said. Nasceu em Fortaleza, a 14 de novembro de 1977. Formada em
Administração de Empresas pela Universidade de FortalezaUNIFOR.
LEONARDO JOSÉ DE ARRUDA (Tn. 168.), Agropecuarísta
e
Comerciante, natural do Distrito de de Olho-d'água dos Arrudas,
Município de Sobral, nascido a 6 de novembro de 1910. Era filho de
Antônio Francisco de Arruda ( Bn. 47) e de Maria das Virgens Bezerra
Arruda. Foi um pequeno comerciante no Distrito de Jaibaras. Homem
de estatura mediana e magro. Mãos calejadas da labuta da pecuária e
da agricultura. Trabalhor e de princípios religioso, exemplo de pai de
família. Tinha uma boa conversa. Durante o período que estive em
campanha para vereador em Sobral, tive a oporunidade de visitá-lo
por várias vezes, e sempre bem recebido. E mesmo quando ia ao
balneário do tradicional açude de Jaibaras, para um banho com os
amigos, passava por lá, era o parente mais próximo. Sua família, que
não era pequena, herdara sua mesma índole. Amigos e muito
corterzes com os parentes. Leonardo casou-se três vezes, sempre por
motivo de viuvez. Em 1ªs núpcias, a 19/07/1930, com Maria José de
Arruda, filha de Antônio Marculino de Araújo e de Maria do Carmo de
Araújo, tendo esta falecida, casa-se em 2a.s núpcias, em Sobral a
10/07/1938 com Maria Bezerra De Arruda, filha de Galdino Bezerra de
Araújo e de Luzia Bezerra de Araújo. Após o falecimento desta, casa-se
em 3ª,s núpcias, a 20/09/1947, com Sebastiana Maria de Arruda, filha de
Francisco Melquíades Aguiar149e de Maria da Conceição Aguiar.
149
Francisco Melquíades de Aguiar cc Maria da Conceição de Aguiar. Tiveram ainda: (1)
Frederica Mariana Aguiar Arruda, c. a 02.01.1940 com Antônio Taumaturgo de Arruda
248
Dicionário Biográfico - Família Arruda
LIA CORDEIRO BASTOS (Pn. 1058.), Médica, filha de Raimundo José
Arruda Bastos ( Qn.793) e de Marcélia Alves Cordeiro Bastos. Nasceu
em Fortaleza, a 5 de agosto de 1983. Formada pela Faculdade de
Medicina da Universidade Federal do Ceará. Possui especialidade em
nefrologista pediátrica pela Universidade Federal de São Paulo. Casou-se
a 23/12/2005 com Gerardo Aguiar Neto n. a 06/09/1980, filho de
Fernando Hugo Braun Aguiar e de Leonice Marcia Cordeiro Aguiar.
LIANA MARIA ARRUDA BASTOS MORAIS (Qn. 789), Advogada, filha de
Raimundo César Bastos e de Maria de Lourdes Arruda Bastos (Tn.300).
Nasceu em Baturité(CE), a 13 de julho de 1946. Bancária e advogada.
Casou-se a 19/12/1970 em Fortaleza, com Francisco Wilson Ribeiro
Morais n. a 29/04/1945 em Santana do Acaraú, filho de Francisco
Ataíde de Morais e Maria da Conceição Ribeiro Morais.
LIANE MARIA GONDIM DO NASCIMENTO BRAIDE GIDON (Pn.53),
Médica, filho de Miguel Rabay Braide e Maria Teresa Gondim do
Nascimento Braide (Qn.50). Nasceu em Fortaleza, a 3 de junho de
1962. Formada pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Casou-se
em Fortaleza a 19/12/1994 com Philippe Hubert Gidon, n. a
01/08/1967, filho de Hubert Gidon e de Marie Ivone Gidon.
LIDIANE ANDRADE CAVALCANTE (Pn.526), Empresária, filha de
Francisco Valmir Andrade e de Maria da Conceição Linhares Andrade
( Qn.175). Nasceu em Sobral, a 29 de abril de 1980. Formada em
Enfermagem pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú.
Atualmente trabalha no escritório de contabilidade de seu pai Valmir
Andrade, em Sobral. Casou-se em Sobral a 28/06/2003 com Ildefonso
Lopes Cavalcante, Empresário, sobralense, nasceu a 26 de fevereiro
(Antônio Ferreira Arruda), filho de Vicente Ferreira de Arruda e de Maria da Conceição Arruda
(Reg. Cas. Paróquia Patrocínio- Sobral) ( Arquivo Genealógico, no prelo).
249
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de 1975, filho do Dr. João Barbosa de Paula Pessoa Cavalcante150,
funcionário aposentado do Banco do Brasil, e de Teresa Francisca
Lopes Cavalcante, Bancária aposentada do Banco do Nordeste.
Ambos também Sobralense.
LILIAN VERAS PEREIRA (Pn. 1623.), Operadora Cambial, filha de José
Danilo Rubens Pereira (Qn.1359) e de Zuleide Veras Pereira (Lêdinha).
Natural de Arcoverde (PE), nascida a 15 de outubro de 1962.
Graduação em Psicologia (incompleto) no Centro Unificado de Brasília
(CEUB). Profissional na área de operação cambial com destaque no
Mercado de Câmbio de Fortaleza. Casou-se com Nelson Silva de
Oliveira, n. em 23/08/1955, na cidade de Santa Maria do Suaçui (MG),
filho de Nelson Silva de Oliveira e de Marieta Felício de Oliveira, foi
bancário, funcionário do Banco do Estado da Paraíba e do BANCESA.
Divorciou-se e teve um segundo relacionamento conjugal com
Benjamin de Carvalho Moura Filho, n. em Fortaleza , aos 30/11/1965,
filho de Benjamin de Carvalho Moura e de Almiralice.
LILIANA FERNANDES ARRUDA DE BRITO (Pn.1597.), Admistradora de
Empresas, filha de José Luciano Arruda (Qn.1331) e de Luzenira
Fernandes Arruda (Nirinha). Nasceu em João Pessoa (PB), a 5 de janeiro
de 1966. Formada em Administração de Empresas, pela Universidade
Federal da Paraíba. Atualmente é funcionária do Banco do Nordeste,
onde exerce a função de Gerente de Negócios na Agência de Natal
(RN), cidade em que reside. Casou-se a 14/09/1985 com Bonaldo Costa
de Brito, n. a 08/12/1959, em Patos (PB), formado em Turismo na
Universidade Federal do Rio Grande do Norte e, atualmente, trabalha
150
Dr. João Barbosa de Paula Pessoa Cavalcante, n. a 30.03.1934, em Sobral , filho de
Ildefonso de Holanda Cavalcante e de Francisca de Paula Pessoa Cavalcante (Chiquinha).
Funcionário aposentado do Banco do Brasil. Advogado, formado pela UNIFOR em 1988,
jornalista e escritor. Casou-se a 18.12.1965, em Sobral , com Teresa Francisca Lopes
Cavalcante, n. a 10.05.1945, em Sobral , funcionária aposentada do Banco do Nordeste do
Brasil e Bacharela em Ciências Contábeis, pela UVA em 1981( Apud Arruda, F.A.V.Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I)
250
Dicionário Biográfico - Família Arruda
na Cooperativa de Turismo 9COPERTURN) em Natal, filho de Nereu
Gadelha de Brito151 e de Maria dos Santos Costa de Brito.
LINTOR JOSÉ LINHARES TORQUATO (Pn.457). Advogado, filho de
Francisco José Torquato da Silva e de Maria Neila Dias Linhares
Torquato (Qn.155). Nasceu em Sobral, a 4 de maio de 1980. Formado
pela Universidade de Fortaleza - Unifor . Advogado bastante atuante
na praça de Sobral e nos municípios da região.
LÍVIA CORDEIRO BASTOS (Pn. 1059.), Médica, filha de Raimundo José
Arruda Bastos (Qn.793) e de Marcília Alves Cordeiro. Nasceu em
Fortaleza, a 28 de julho de 1986. Formada pela Faculdade de Medicina
de Juazeiro (CE) e atualmente residente de pediatria no hospital infantil
Albert Sabin
LÍVIA CORRÊA DE ARRUDA (Sn. 125), Engenheira Civil, nascida em
Caucaia (CE) a 13 de julho de 1984, filha do Deputado José Gerardo
Oliveira de Arruda Coelho Filho (Pn.161) e de Inês Maria Corrêa de
Arruda. Formada em Engenharia Civil pela Universidade Federal do
Ceará – Turma de 2007. Pertence ao clã de uma tradicional família
de políticos de Caucaia. Bisneta do deputado Edson da Mota Corrêa,
neta do Prefeito Danilo Dalmo da Rocha Corrêa e da deputada Maria
Lucia Magalhães Corrêa é herdeira de grandes políticos e saberá
igualmente, com nobreza e retidão, honrar o mandato que lhe foi
outorgado pelo povo.
Em 2006 foi eleita para o seu primeiro mandato de deputada
estadual, a mais jovem do país, representando o município de
Caucaia, quando foi Presidente da Comissão de Direitos da Criança e
do Adolescente e membro das comissões.
151
Nereu Gadelha de Brito, filho de José Fernandes de Brito e de Domingas Ana de Jesus.
Casou-se com Maria dos Santos Costa de Brito, filha de Amadeu de Souza Costa e de Severina
Francisca Rosa ( Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto Arruda –
Fortaleza, 2005, pg 38).
251
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, realizou um
trabalho no sentido de combater toda e qualquer violência contra
crianças e adolescentes, bem como, elevar a qualidade de vida dos
mesmos, e sem esquecer suas reivindicações em prol dos municípios
que ela representou naquela Casa do Povo.
LOUSIANE DE ARRUDA BARREIRA (Qn.1001.), Odontóloga, filha de
Gladstone Pinheiro Barreira e de Eliane de Arruda Barreira. Nasceu em
Fortaleza a 26 de junho de 1969; formada em Ondontologia; casou-se com
Guilherme Mora Morales, portorriquenho; graduado em Ondontologia.
LÚCIA MARIA ARRUDA MAGALHÃES ( Qn. 646.), Contadora, filha de José
Coelho Arruda (Zezé) (Tn.258) e de Marinita Mascarenhas Arruda. Nasceu
no Rio de Janeiro (RJ) a 8 de setembro de 1953. Casou-se no Rio de Janeiro
a 07/02/1976 com João da Silva Magalhães, n. a 16/12/1946 no Rio de
Janeiro, filho de Josué Pereira Magalhães e Margarida da Silva
Magalhães.
LÚCIA ARRUDA AGUIAR (Qn. 860.), filha do empresário Francisco de
Melo Arruda (Arrudinha) (Tn.318) e de Elsa de Almeida Arruda.
Nasceu em Fortaleza a 16 de janeiro de 1943. Casou-se em Fortaleza
a 18/07/1964 com o Prof. Francisco de Paula Aguiar n. a 18/07/1937
em Fortaleza; ex-diretor do Colégio Lourenço Filho; formado
em Pedagogia com especialidade em Administração Escolar. Professor
aposentado do Estado do Ceará.
LÚCIA DE FÁTIMA ARRUDA DE ALENCAR (Qn. 662.) Funcionária
Pública Federal, filha de José Garcez Sabino e de Maria Concuelo
Arruda Sabino ( Tn.266). Nasceu em Fortaleza, a 8 de janeiro de 1948.
Casou-se em Fortaleza a 18/07/1978 com Aluísio Ribeiro de Alencar n.
252
Dicionário Biográfico - Família Arruda
a 20/06/1948 em Lavras da Mangabeira, filho de Luiz Gonzaga de
Alencar e Alzira Ribeiro de Alencar.
LÚCIA MARIA FURTADO ARRUDA (Qn. 773.), religiosa, filha de Miguel
Edgy Távora Arruda ( Capitão Edgy) (Tn.297) e de Maria Adelina Furtado
Arruda. Nasceu em Fortaleza a 26 de fevereiro de 1945. Fez o curso
primário em Baturité, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. Em
1960 mudou-se para Fortaleza onde fez o Curso Normal, no Colégio
Santa Maria Goretti. Licenciada em Letras pela Faculdade de Filosofia
Ciências e Letras da Universidade Federal do Ceará, durante alguns
anos foi professora de Inglês no Centro de Cultura Britânica da UFC e
em Colégios do Estado do Ceará. Em 1973, ingressou na Congregação
de Nossa Senhora do Retiro no Cenáculo, que tem o carisma de
despertar e aprofundar a fé através da orientação de retiros
espirituais e catequese. Em 1992, graduou-se em Filosofia e Teologia
pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, em Belo Horizonte. É
autora do livro “Mulheres na vida de Jesus, a história das primeiras
discípulas”, escrito em forma de romance bíblico, e publicado em
2011, por Paulus editora.
LÚCIA VALÉRIA RAMOS DE ARRUDA COELHO (Sn.102), Engenheira
Elétrica, filha de José Hélio Barreto de Arruda Coelho (Pn.134) e de
Maria Ramos Arruda Coelho (Marietta Arruda). Nasceu em Sobral, a
07 de abril de 1964. Formada em Engenharia Elétrica pela
Universidade Federal do Ceará. Mestrado na área na UNICAMP e
doutorado em Robótica em NICE – França. trabalha na Universidade
Federal do Paraná – UFPR. Casou-se a 11/10/1999, com Flávio
Kolicz Neves, filho de Cecília Kolicz Neves e Flávio Neves. Do seu
enlace matrimonial nasceu a filha Mariana Arruda Neves, em
Curitiba, Paraná¸no dia 4 de maio de 2001.
253
Dicionário Biográfico - Família Arruda
LUCIANA MARIA FERREIRA PONTES (Pn.1610.), Advogada, filha de Dr.
Antônio Airton Pontes (Qn.1341), Advogado, e de Irislene Ferreira
Pontes, de Senador Pompeu, Ceará. Nasceu em Fortaleza, aos
07/05/1971. Formada em Pedagogia, pela Universidade Estadual do
Ceará (UECE) e bacharela em Direito, pela Universidade de Fortaleza
(UNIFOR). Casou-se, em Fortaleza , aos 29/04/1997, com Edgar Gomes
Coutinho Júnior, n. em Fortaleza, aos 01/04/1955, bancário, formado em
Ciências Econômicas, pela Universidade Federal do Ceará , filho de Edgar
Gomes coutinho e de Maria Stela Cavalcanti Coutinho.
LUCIANO ARRUDA COELHO (Qn.67), Promotor Público, filho de José
Clodoveu de Arruda Ceolho e de Romélia Cavalcante. Nasceu em
Sobral, a 4 de janeiro de 1931. Cursou o primeiro grau no Ginásio
Sobralense, em Sobral, e o segundo grau no Liceu do Ceará, em
Fortaleza e bacharelou-se em Direito na Faculdade de Direito do
Ceará, em dezembro de 1954. Sua formação cultural completou-se
com algumas excursões a Europa Ocidental e aos Estados Unidos da
América. Em 1955, conquistou por concurso público o cargo de
Promotor de Justiça, cuju manus exerceu em várias comarcas do
Estado, vindo a aposentar-se quando promovido para Fortaleza,
uma vez que não queria mudar-se de Sobral.
Em Sobral, dedicou-se intensamente as tarefas de caráter
comunitário como rotariano e consultor de planejamento em
administração municipal e desenvolvimento industrial. Coordenou
em âmbito local, o Programa de Desenvolvimento Industrial
patrocinado pela Universidade Federal do Ceará. Participou da
Diretoria da COSMAC, LASSA e INCASSA, empresas criadas pelo
programa supracitado, na fase de instalação dos mesmos. Conserva
até hoje, uma diretoria da COSMAC. Neste período participou da
criação da Fundação Universidade Vale do Acaraú, tendo sido
membro de seu Conselho Superior e exercido a coordenação do
Curso de Ciências Contábeis. Casou-se a 31/07/1955 com Maria do
Carmo Carvalho de Arruda Coelho, sua colega na Faculdade de
254
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Direito. Tabeliã, filha de Inácio Gomes de Carvalho e de Hilda
Pacheco de Carvalho.
LUCIANO ARRUDA COELHO FILHO (Pn.104), Advogado, filho do
promotor de Justiça Dr. Luciano Arruda Coelho (Qn.67) e de Maria
do Carmo Carvalho de Arruda Coelho, ilustre tabeliã em Sobral.
Nasceu em Sobral, a 26 de abril de 1971, Em Sobral, como os
demais irmãos, recebeu seus ensinos primários e secundários, indo
posteriormente para Fortaleza para pré-vestibular. Ingressou na
Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará – UFC.
Advogado, militante na capital. Casou-se Claudine Maria Aguiar
Arruda Coelho n. a 07/03/1972 em Sobral, filha do Dr. José Cláudio
Aguiar e de Maria Jane de Aguiar.
LUCIANO DE ALMEIDA ARRUDA (Qn. 859.), Economista, filho de
Francisco de Melo Arruda ( Arrudinha) ( Tn.318) e de Elsa de Almeida
Arruda. Nasceu em Fortaleza a 16 de março de 1940 onde veio falecer a
21 de janeiro de 2011. Formado em Economia pela Universidade Federal
do Ceará, em 1963; Mestre em Administração de Empresas pela UCLA
em 1966. Professor da Universidade Federal do Ceará -UFC. Casou-se
duas vezes. A 1a em 1960, com Maria Rosemeyre do Vale Meira. A
2ª,com Lúcia Vanda Pinheiro Brasil.
LUCIANO FERNANDES ARRUDA (Pn.1599.) Contador, filho de José
Luciano Arruda (Qn.1331) e de Luzenira Fernandes Arruda ( Nirinha).
Nasceu em João Pessoa (PB), a 17 de setembro de 1970. Formado em
Ciências Contábeis pela Universidade Federal da Paraíba. É funcionário
da Polícia Rodoviária Federal da Paraíba, em João Pessoa e Presidente
do Sindicato da Polícia Rodoviária. Casou-se com Viena Rosa de
Arruda, filha de José Barreto Arruda Filho e de Iracele Roda de Arruda
LÚCIO FLÁVIO ARRUDA PONTES FILHO (Pn.1622.), Publicitário e Jornalista,
filho de Lúcio Flávio Arruda Pontes (Qn.1361), Economista, e de Vanja
255
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fontenele Pontes, Advogada. Nasceu em Fortaleza, aos 22/03/1981.
Formado em Publicidade e Jornalismo pela Universidade de Fortaleza
(UNIFOR. Bacharelado em Direito pela Universidade Estadual do Ceará
(UECE). Casou-se em 03/09/2003, em Fortaleza e separou-se de Fernanda
de Oliveira Pontes, n. em São Paulo (SP), em 09/02/1982, filha de Francisco
Valmir de Oliveira e de Marta Maria de Araújo da Silva Oliveira.
LÚCIO FLÁVIO ARRUDA PONTES(Qn. 1361.), Economista, filho de
Vicente de Araújo Pontes e de Georgina Arruda Pontes (Tn.519).
Nasceu em Fortaleza, a 22 de junho de 1955. Formado em Economia pela
UNIFOR, em 1982 e em Administração de Empresas, pela Universidade
Estadual do Ceará (UECE), em 1991. Pós-graduação em Administração
Financeira, pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), em 1998.
Especialização em Comércio Exterior – Convênio UECE/FIEC. Tem
Experiência de vários anos, atuando nas áreas administrativa, financeira
e de planejamento, sempre em grandes empresas, acumulando um
expressivo acervo de conhecimento na gestão financeira de empresas
dos mais variados ramos de atividades do Estado do Ceará. Atualmente,
é sócio proprietário da TOPNUTS do Brasil Ltda, e Consultor de
Empresas, atuando nas áreas financeiras e de projetos. Casou-se em
Fortaleza , aos 05/09/1980 com Vanja Fontenele Pontes, n. em Fortaleza
, aos 26/08/1958, formada em Direito pela Universidade Federal do Ceará
(UFC), em 1979. Especialização em Processo Civil Penal, pela Universidade
Federal do Ceará (UFC) e Escola Superior do Ministério Público, em 1996;
Gestão Estratégica e Direito Ambiental, na UECE, respectivamente, em
1997 e 2002; Aprovada no Concurso do Ministério Público, tendo assumido
o cargo de Promotora de Justiça, em 28/08/1984. Esteve exercendo suas
atividades nas Comarcas de Coreaú; Mombaça; Brejo Santo e Canindé., E
nas Comarcas- Residência: Sobral, Moraújo, Acopiara, Tauá e Itatira.
Coordenadora Geral do DECOM, em 1995/1996; Ouvidora Geral Adjunta
do Estado do Ceará, em 1999/2001. Atualmente, é promotora da Vara de
Execução de Penas alternativas e Promotora Eleitora da 3ª Zona de
256
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fortaleza., filha de Francisco Saldanha Fontenele Filho152 e de Eneida Maria
Ferreira Gomes Fontenele.
LÚCIO OSCAR FROTA PARENTE (Qn.170), Bancário, filho de Alderico
Monte Parente, natural de Camocim (CE) e de Maria Luisa Frota
Parente (Tn.71), amazonense. Nasceu em Fortaleza, a 26 de março
de 1936 e ai faleceu a 10 de fevereiro de 1983. Foi funcionário do
Banco do Brasil, onde ocupou diferentes funções comissionadas.
Casou-se em Fortaleza a 15 de dezembro de 1958 com Maria
Ideusa Saraiva, n. a 15/12/1933, filha de Francisco Moreira Saraiva
e de Alda Machado Saraiva.
LUÍS ACHILLES RIBEIRO FURTADO (Qn. 734.), Advogado, filho de Luiz
Gonzaga Arruda Furtado (Tn.285) e de Aglair Cavalcante Ribeiro
Furtado. Nasceu em Fortaleza a 31 de março de 1944. Bacharel em
Direito pela Universidade Federal do Ceará. Exerceu atividade de
executivo do ramo de exportação de cera de carnaúba até a
aposentadoria. Atualmente trabalha no ramo de saúde ocupacional.
Casou-se em Fortaleza a 04/07/1971 com Izabel Rodrigues Furtado
n. a 19/03/1948 em Itapipoca, Ceará, filha de Graco Serra Rodrigues e
Maria dos Reis Alves Rodrigues.
LUIS ACHILLES RODRIGUES FURTADO (Pn. 996.), Psicólogo e Professor
Universitário, filho de Luís Achilles Ribeiro Furtado (Qn.734) e de Izabel
Rodrigues Furtado. Nasceu em Fortaleza a 1º de dezembro de 1975.
Graduado em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC),
mestre em Psicologia e doutorado em Educação pela UFC. Psicanalista e
professor da Universidade Federal do Ceará - Campus de Sobral, curso
de Psicologia. Casou-se com Camilla Araújo Lopes Vieira n. a 08/05/1978
152
Francisco Saldanha Fontenele Filho, filho de Francisco Saldanha Fontenele e de Francisca Costa
Fontenele. Casou-se com Eneida Maria Ferreira Gomes Fontenele, filha de Francisco Pinto Ferreira
Gomes e de Noêmia Bezerra Ferreira Gomes (Apud Pereira, Danilo – Memorial Genealógico- Familia
Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 145)
257
Dicionário Biográfico - Família Arruda
em Fortaleza; graduada em Psicologia pela Universidade de Fortaleza –
Unifor, Mestre em Psicologia pela UFC e doutora em Saúde Coletiva pela
UFC/UECE/UNIFOR. Psicanalista e professora da Universidade Federal do
Ceará - Campus de Sobral, curso de Psicologia, filha de Elizar Vieira Filho
e Maria do Socorro Araújo Lopes Vieira.
LUÍS EDGARD CARTAXO ARRUDA (Tn. 343.), Advogado, filho de Edgard
Aguiar de Arruda ( Bn.80) e de Maria Letícia Cartaxo Arruda. Nasceu em
Fortaleza a 20 de março de 1932. Casou-se em Fortaleza com Maria Júlia
Pereira Arruda n. a 11/01/1934, filha de José Marques Pereira e Clotilde de
Abreu Pereira. Do enlace matrimonial tiveram seis filhos: Luís Edgard
Cartaxo Arruda Júnior, Jorge Henrique Pereira Cartaxo Arruda, Theresa
Vânia Pereira Cartaxo Arruda, Francisco José Cartaxo Arruda, Fernando
André Pereira Cartaxo Arruda e Jeovana Pereira Cartaxo Arruda, todos
nascidos em Fortaleza, casados e com descendência que vem se destacando
dentro do Estado e seio da família. Luís Edgard soube de maneira autruista
imprimir em seus filhos a auto-estima e formação do carácter necessários
na formação de homens prósperos e de conduta ilibada.
LUÍS ERNESTO ARRUDA BEZERRA (Pn. 1051.) , Biólogo, filho de
Francisco Luiz dos Santos Bezerra e de Maria Goretti Arruda Bezerra (
Qn.778). Nasceu em Fortaleza a 30 de agosto de 1978. Formado pela
Universidade Federal do Ceará (UFC), Mestre em Ciências Marinhas
Tropicais, Doutor em Oceanografia pela Universidade Federal de
Pernambuco, com passagem no National Museum of Natural
History/Smithsonian Institution, Washiton DC e pós doutorado em
Oceanografia, pela Universidade Federal de Pernambuco. Solteiro
LUÍS LUCIANO MENESES DE ARRUDA (Tn. 321.), Médico, filho de Luís
Olyntho de Arruda e de Maria Celeste Corrêa Lima Meneses. Nasceu
em Fortaleza a 9 de abril de 1944. Formado pela Universidade
Federal do Ceará- UFC. Fez Residência Médica em Cirurgia Geral na
Faculdade Nacional de Medicina do Rio de Janeiro, 1970\72. Curso de
258
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Especialização em Medicina do Trabalho e Administração Hospitalar.
Mestrado em Saúde Pública. Professor de Medicina Legal da
Universidade Estadual do Ceará. No exercicio de sua profissão como
professor fez curso de Pedagogia pela Universidade Estadual do
Ceará –UECE. Tem ocupado relevantes cargos em sua vida pública e
profissional. Foi Chefe do Departamento de Biologia da Universidade
Estadual do Ceará. Coronel da Polícia Militar, aposentado com cargos
de Diretor. Médico Auditor do INAMPS, de 1975\90 e ex- Secretário
de Saúde de Pacatuba. Ainda dentro de sua profissão como médico
pertence a Sociedade Cearense de Cirurgia; ao Colégio Brasileiro de
Cirurgiões e a Associação Brasileira de Médicos do Trabalho. Como
intelectual, poeta e trovador, pertence à União Brasileira de
Trovadores e a SOBRAMES, tendo publicado quatro livros. Casado
com MARIA ARÍETE BARBOSA DE ARRUDA, nascida a 07/03/1951.
LUÍS MARIA ARRUDA LINHARES (Tn.102), Empresário, filho de
Manuel Alves Linhares e de Maria da Conceição Arruda Linhares (Bn.
102). Nasceu em sobral a 27 de janeiro de 1907 e faleceu em
Fortaleza a 10 de fevereiro de 2003, aos 96 anos de idade.
O historiador João Alves de Albuquerque, em seu livro “ Vida
dos Municípios”, em 1944 faz sua biografia que transcrevemos na
íntegra por retratar com fidelidade a vida daquele que tivemos a
oportunidade de conviver e conhecer sua história. “ Diz João
Albuquerque: “ Para nós, é sempre motivo de prazer quando temos
de focalizar a vida de um cidadão que , a golpe de esforço, de
inteligência e trabalho produtivo, venceu todos os obstáculos e
alcançou o fim colimado. Neste caso encontra-se o capitalista Luís
Maria Arruda Linhares, comerciante residente em Crateús
259
Dicionário Biográfico - Família Arruda
que, graças ao seu dinamismo e louvável tenacidade, conseguiu
adquirir, uma fortuna que o coloca em situação de privilégio sobre
seus colegas de vida laboriosa na zona norte do Estado, onde sua
atuação se irradia em todos os quadrantes daquela importante
região.
Homem criterioso e de uma probidade exemplar, não lhe foi
difícil encontrar meios para desenvolver seu pequeno negócio que,
até 1931, não passava de uma mercearia na cidade de Sobral.
Alargando seu comércio, no sentido de realizar seu ideal, fê-lo
com tanta felicidade que chegou a formar na vanguarda daqueles
que igualmente lograram situação de relevo na vida comercial.
Boníssimo, detentor de uma bela formação moral, o Sr. Luís Linhares,
que tem por norma o exato cumprimento do dever, não se afastando
dos princípios de dignidade, conseguiu obter em um decênio de labor
incessante, o que outros levaram lustros, para galgar.
Comerciante de visão larga, aliada a uma audácia digna de
ecômios, fator preponderante para quem abraça a vida do comércio,
o jovem sobralense tornou-se um dos capitalistas daquela região,
onde é por demais acatado.
Alto proprietário, é ele o dono dos mais vastos oiticicais em
toda zona norte do Estado, podendo assim ser considerado o rei da
oiticica naquele município. Possui também ricos carnaubais que lhe
proporcionam grandes colheitas. São notáveis seus haveres na cidade
de Crateús, aonde recentemente inaugurou um lote de dez armazéns
para depósito de seus grandes estoques de gêneros de exportação,
não só de sua lavra, como do que compra de sua numerosa freguesia.
Seu escritório, ultimamente instalado na antiga cidade do “
Príncipe Imperial”, é suficientemente aparelhado, o que bem revela o
bom gosto do jovem capitalista. Magnificamente situado em prédio,
por ele construído, nada deixa a desejar, por se assemelhar aos mais
modernos.
260
Dicionário Biográfico - Família Arruda
A ele, em grande parte, deve-se a fundação e consequente
inauguração da agência do Banco do Brasil em Crateús, pois graças a
sua prestimosidade e elevação de vista, foi quem maior esforço
desenvolveu, no sentido de dotar aquele adiantado meio de tão útil
melhoramento, de que há muito se ressentia o comércio de Crateús.
Foi ainda, Luís Linhares que, promovendo démarches junto a quem
de direito, se comprometeu a construir edifício próprio para servir de
sede àquela notável instituição bancária, que desde os primeiros dias
contou com o apoio decisivo do dinâmico homem de negócio.
Grande exportador, figura na dianteira daqueles que
desenvolvem idênticas atividades.
Sempre reconhecido ao povo de Crateús, é sobremodo louvável
a maneira delicada com que manifesta sua admiração e estima
àquela gente hospitaleira. E, é por isso, que não perde oportunidade
para trabalhar pelo progresso da terra que tão benevolamente o
acolheu, concorrendo para o seu triunfo comercial” .
Tio Luís, como conhecíamos, o irmão caçula de uma prole de 13
filhos do casal Manuel Maria Alves Linhares (paizinho) e de Maria da
Conceição Arruda Linhares (mãezinha), de tradicionais famílias de
Sobral, sob conquistar seu merecido espaço no só em sua vida
comercial como no coração de seus pais, irmãos, sobrinhos e demais
parentes que tiveram a oportunidade de partilhar de sua agradável
companhia.
Como os demais irmãos, muito religioso, dedicando parte de
seu dia as orações e a prática da caridade, que aqueles menos
favorecidos sempre recorrigia à porta de seu comércio e sua
residência. Todo o movimento religioso que ocorria em Crateús,
sempre era lembrado pelo promoventes no sentido de angariar
fundos para as ações sacerdotais da Igreja.
Conseguiu transmitir para os filhos sua religiosidade e seu
espírito empreendedor, sua descendência conseguiu se destacar
economicamente em todo o Estado do Ceará, com grandes
empreendimentos na capital alencarina e no interior do Estado.
261
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Casou-se em Crateús no dia 5 de janeiro de 1935, com Alda
Cardoso Linhares, n. a 18/01/1918, em Crateús, filha do não menos
abastado comerciante e latifundiário na cidade de Castelo (PI), Gentil
Newton de Araújo Cardoso e de................................................ Dona
Alda veio a falecer no dia 9 de dezembro de 1985 em Crateús ,
cercada de seus extremados filhos e entes queridos.
LUÍS OLYNTHO DE ARRUDA (Bn. 88., ), Comerciante, filho de João
Tibério Arruda (N. 29.) e de Filomena Isabel de Lira Aguiar. Nasceu no
Município de Massapê, no dia 20 de novembro de 1911. Casou-se a
18/05/1935 com Maria Celeste Corrêa Lima de Meneses, filha de
Francisco Meneses Filho e de Odete Corrêa Lima de Meneses. Pais de:
Maria de La Salete Meneses de Arruda; Glória Maria Meneses de Arruda
; Martha Maria Meneses de Arruda; João Tibério de Arruda Neto; Luís
Luciano Meneses de Arruda; Ana Lourdes Meneses de Arruda; Maria de
Fátima Meneses de Arruda;Angela Maria Meneses de Arruda; Maria do
Socorro Meneses Arruda ; Antônio César Meneses de Arruda e
Francisco Sérgio Meneses de Arruda.
LUIZ WALDIR SOARES ARRUDA (Tn 450.), Farmacéutico, filho de João
Sigefredo Arruda (Bn.104), que fora comerciante de destaque em
Massapê, Ceará, durante muitos anos, e de Maria Creusa Soares Arruda.
Nasceu na cidade de Massapê (CE), encravada no sopé da Serra da
Meruoca, no 24 de julho de 1931. Formado em Farmácia pela
Universidade Federal da Bahia, da qual é professor; casou-se com
JOSEFÍNA MACEDO ARRUDA, professora. Matrimônio sem sucessão.
LUIZ ADEMAR DIAS ARRUDA (Qn.1252), nasceu em Fortaleza em 27
de abril de 1956, filho do renomado vereador na cidade de Fortaleza,
Ceará, Antônio Ademar Arruda ( Tn.499) e de Zeneida Dias Arruda, de
tradicionais famílias da Ribeira do Acaraú. Ocupa atualmente o cargo
de Engeneiro Civil da Prefeitura Municipal de Fortaleza. Foi eleito
Vereador por duas Legislaturas à Câmara Municipal de Fortaleza,
262
Dicionário Biográfico - Família Arruda
desempenhando com muita probidade. Casado com Orgendina Maria
de Carvalho Pontes Arruda, Arquieta, filha de Manoel Aguiar Pontes
e de Maria Livramento de Carvalho Pontes, de destacada família
sobralense. Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade
Federal do Ceará- UFC. Atualmente é funcionária do Departamento
de Engenharia da Caixa Econômica Federal. Do seu enlace
matrimonial nasceram: Lia Pontes Arruda Porto n. 29/07/1984,
dentista, casou-se com Artur Gonçalves Porto, Engenheiro de
Produção, filho de Roseângela Gonçalves Porto e Raimundo Porto
Filho; Luana Pontes Arruda, n. 13/09/1986, Arquiteta e Luíza Pontes
Arruda, n. 08/09/1988, Psicóloga.
LUIZ DE GONZAGA COELHO ARRUDA (Tn. 267.),Representante
Comercial, filho de Antônio Austregésilo Vasconcelos Arruda ( Bn.68) e
de Júlia Coelho da Fonseca (Julinha). Nasceu na cidade de Baturité, no
dia 1º de junho de 1924. Iniciou seus estudos primários no Colégio
Salesiano Domingos Savio em Baturité, e o Ginasial no Liceu do Ceará. Com
uma larga experiência na Área de vendas, trabalhou em muitas empresas
como viajante comercial a exemplo da Casa Costa Guimarães ( Gonçalves
Machado & Cia), Casa Martins Costa S/A, Empresa Tecidos Euclides
Andrade S/A e outras com grande desempenho. Ccasou-se duas vezes , a
1ª, a 19/12/1955 em Barra (BA) com Alice de Amorim Arruda n. a
28/05/1927 em Barra (BA), e falecida em Barra, a 19/04/1958, filha de
Amorim Coelho e Rosália de Aquino Amorim. A 2ª, a 19/12/1959 em Barra
com sua cunhada Iracema de Amorim Arruda n. a 11/12/1940 em Barra
(BA), filha de Crispim de Amorim Coelho e Rosália de Aquino Amorim.
LUIZ GONZAGA FURTADO NETO (Qn. 762.), Sacerdote Católico, filho de
Francisco de Assis Arruda Furtado (Tn.291) e de Antônia Valburga Araújo
Furtado. Nasceu em Fortaleza, Ceará, no dia 5 de outubro de 1952.
Entrou no Seminário com 12 anos. Realizou o curso primário no Colégio
Cristo Rei em Fortaleza; o ginasial no Colégio Santo Inácio ( interno) em
263
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fortaleza; o colegial no Colégio Batista; Colégio João Pontes e Colégio São
João, todos em Fortaleza.
Fez Estudos Sociais e validação de Filosofia, bna Faculdade
Salesiana de Folosofia, Ciências e Letras, Lorena (SP); Filosofia no Instituto
Salesiano de Pedagogia e Filosofia, em Lorena (SP) e Teologia no Instituto
de Ciências Religiosas (ICRE), em Fortaleza.
Ordenação Sacerdotal na Catedral de Fortaleza, por D. Aloísio
Lorscheider a 22 de dezembro de 1981. Primeira Missa a 23 de dezembro
de 1981 – Igreja Cristo Rei em Fortaleza. Vigário Ecônomo de Cascavel, de
26 de janeiro de 1982 a 24 de abrail de 1985. Pároco de Pacajus –m
nomeação de 26 de abril de 1985 a 22 de fevereiro de 1986 (Apud Silveira,
Aureliano Diamantino – Ungidos do Senhor na Evangelização do Ceará (
1700-2004) – Fortaleza – Premius, 2004.)
LUIZ EDUARDO MARIA ARRUDA (Qn. 675.), Economista, filho de Luiz
Soares Arruda (Tn.268) e de Clice Itagyba Arruda. Nasceu no Rio de
Janeiro, a 4 de março de 1944. Casou-se em sua cidade natal no dia 28
de outubro de 1974 com Lúcia Cavalcante Reis Arruda, paranaense,
filha de Alberto Jorge Patemostro Reis e de Núbia Cavalcante Reis,
nascida na encantável cidade de Jandaia do Sul, Paraná, no dia 14 de
janeiro de 1952.
LUIZ FERNANDES DE TOLEDO LUNA LINHARES (Qn.180), Médico,
filho de Antônio de Maria Linhares (Tn.94) e de Edith Toledo Luna
Linhares. Nasceu na cidade maravilhosa do Rio de Janeiro, a 25 de
julho de 1930. Médico com especialidade em microbiologia.
Professor da Universidade do Rio de Janeiro. Doutorado pela
Universidade de Riverside na Califórnia (USA). Casou-se com Maria
da Graça Alvarenga Linhares. Do seu enlace nasceram três filhos:
Tânia Alvarenga Linhares, Ricardo Alvarenga Linhares e Kátia
Alvarenga Linhares.
264
Dicionário Biográfico - Família Arruda
LUIZ FERNANDO ARRUDA CORRÊA (Qn. 694), Advogado, filho de
Homero Bemby Corrêa e de Maria Luiza Arruda Corrêa ( Tn.271). Nasceu
no Rio de Janeiro, no dia 30 de agosto de 1941. Casou-se duas vezes. A
1ª, a 13/05/1969 no Rio de Janeiro com Celina Lúcia Barreiros Corrêa n. a
01/05/1947 no Rio de Janeiro e aí falecida a 28/02/1975, filha de Manoel
Barreiros e Silvia Barreiros. A 2ª, a 13/05/1977 no Rio de Janeiro com
Hedwiges Peltier Corrêa n. a 09/11/1945 em Salvador (BA), filha de
Jorge Loureiro Freire e de Maura Peltier Loureiro Freire; deste
Matrimônio não houve sucessão. Do primeiro matrimônio nasceu uma filha,
Adriana Barreiros Corrêa, no dia 28 de janeiro de 1972, no Rio de Janeiro.
LUIZ GONZAGA ARRUDA DE FIGUEIREDO (Qn. 248), filho de João
Vidal Figueiredo e de Maria Úrsula Arruda Figueiredo (Tn.122).
Nasceu na bucólica cidade de Uruburetama (CE), a 27 de setembro
de 1931. Funcionário aposentado da Secretaria da Fazenda do Estado
do Ceará. Casou-se com Maria Dolores Magalhães Arruda, n. a
03/02/1938, filha de Rufino Ferreira de Magalhães e de Mariana
Rodrigues de Magalhães.
LUIZ GONZAGA ARRUDA FURTADO (Tn. 285.), Professor, filho de Luís
Gonzaga Furtado e de Maria Adelina Vasconcelos Arruda ( Bn.71).
Nasceu em Baturité, Ceará. a 13 de junho de 1943. Casou-se com
Aglair Cavalcante Ribeiro Furtado, acreana, filha de Achilles
Rodrigues Ribeiro e Maria Cavalcante Ribeiro. Nasceu na cidade
Tarauacá, nome que significa, Rio das Tronqueiras, há 200 km da cidade
de Cruzeiro do Sul, encravada na floresta tropical, no dia 27 de maio de
1916. Tarauacá, é uma das localidades onde residem a maior
população de descendentes cearenses, que foram para Acre, como
Soldados da Buracha.
LUIZ OCTÁVIO ARRUDA LIMA (Qn. 795.), Engenheiro Agrônomo, filho
de Nelson Lima e de Maria Francisca Teresa Távora Arruda Lima (Tn.304).
Nasceu em Fortaleza, Ceará. a 24 de janeiro de 1961. Formado em
265
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Agronomia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e em
Direito pelo Centro Universitário Serra dos Órgãos. Atualmente
exercendo trabalho o cargo de Diretor da Vara Federal de Três Rios no
Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Direito Ambiental pela
Universidade Gama Filho. Casou-se a 03/05/1986 no Rio de Janeiro
com Rosa Cristina Pereira Lima n. a 15/02/1962, professora, filha de
Júlio José Pereira 153e Teresa de Jesus Taveira Pereira. Do seu
casamento nasceram nove filhos, todos casados em descendência.
LUSMAR RIBEIRO VIEIRA FILHO (Pn.401), Odontólogo, sobralense
nascido em 17 de dezembro de 1978, filho de Raimundo Lusmar
Ribeiro Vieira e de Zaíra Mendes Vieira (Qn.160). Formado pela
Universidade de Potiguar do Rio Grande do Norte, com clínica
dentária em Sobral. Casou-se com Sinthya Silva Prado Vieira n. a
01/10/1978 em Sobral, formada em Pedagogia pela URCA e
acadêmica de Direito pela Faculdade Luciano Feijão, filha de
Gutemberg Ponte Prado154e de Maria de Jesus Silva Prado.
LUZIA ARRUDA LIRA (Qn. 1411), Servidora Pública, filha de José
Peregrino Lira e de Maria José Arruda (Tn.543). Nasceu em Massapê,
Ceará, no dia 13 dedezembro de 1929. Aos dezessete anos ingressou
no convento das Irmãs de Caridade, alí permanecendo por dez anos.
Em 1955 foi residir em Camocim e posteriormente em Fortaleza
como funcionária do INSS até sua aposentadoria. Solteira.
LUZÍA RANGEL DUARTE (Qn. 144), nasceu em Sobral a 13 de
dezembro de 1923, filha de Raimundo Osvaldo Rangel Parente
153
Júlio José Pereira, n. a 20/08/1931 em Labruja, filho de João José Pereira e de Maria
Rosa Pereira; casou-se a 30/05/1929 no Rio de Janeiro com Teresa de Jesus Taveira Pereira n.
a 05/04/1930 em Vrea de Jales, filha de Antônio Júlio Taveira e de Maria da Glória Afonso
(pp).
154
Gutemberg Ponte Prado, funcionário aposentado da Justiça do Trabalho, formado em
Direito, com escritório de advocacia em Sobral, filho de Raimundo Aragão Prado e de Luísa
Ponte Prado, casou-se em Sobral, casou-se em Sobral com Maria de Jesus Silva Prado (pp)
266
Dicionário Biográfico - Família Arruda
(Tn.56), empresário de grande destaque que foi em Sobral, e de
Rosalina Cavalcante Rangel, ambos de tradicionais famílias de Sobral.
Casou-se em Sobral, Ceará, a 31 de maio de 1941, com Eduardo
Rodrigues Duarte, bancário, nascido a 8 de agosto de 1908. Formado
em Ciências Contábeis, pela Escola Álvares Penteado. Ingressou no
Banco do Brasil em Setembro de 1933 e aposentou-se em setembro
de 1976, como Inspetor Geral. No Banco do Brasil exerceu as funções
de Gerente de Agências em diversas unidades; Inspetor coordenador
da Política de Crédito Rural; Coordenador da política governamental
de preços mínimos e Conselheiro dos Governos dos Estados da Bahia
e do Rio Grande do Norte, para os investimentos de crédito rural
naqueles Estados. Na sua longa permanência no Banco do Brasil,
escreveu diversas monografias sobre o setor rural, dentre elas: Plano
para a recuperação da pecuária do Rio Grande do Norte;
Recuperação da Lavoura da Agave e o Plano GERCA na Serra da
Ibiapaba.
Precursor da Tese preconizada pelos professores
Guimarães Duque e Guilherme de Azevedo, segundo o qual a cultura
da Algarobeira, em nível de programa governamental, seria o grande
suporte de sustentação sócio-econômico para o semi-árido
nordestino. Segundo ele, esta leguminosa exótica, recupera os
recursos naturais devastados e fornece alimento para os rebanhos
desnutridos, tendo, a propósito, escrito a monografia “ A
Ovinocultura e a Algarobeira”. Empresário agropecuarísta de
renome no Distrito de Aracatiaçu, município de Sobral. Homem de
grande vigor físico, com a idade de 93 anos ainda administrava com o
mesmo entusiasmo seus negócios, acreditando na viabilidade do
semi-árido do Nordeste. Filho de Alípio Severino Duarte155 e Maria
Carmélia Rodrigues Duarte ( Apud Cavalcante, A. de H. –Sociedade
155
Alípio Severino Duarte, fal. a 08.07.1938, filho de Vicente Severino Duarte, neto paterno
de Ângelo José Ribeiro Duarte e de Mariana Lopes da Silva, e de Luíza Libânia Braga, filha de
Francisco Ferreira Braga e de sua Segunda mulher Francisca Libânia Fialho. Casou-se a 27 de
maio de 1897 com Maria Carmélia Rodrigues Duarte, filha de Francisco de Albuquerque
Rodrigues e de Antônia Lima Rodrigues (Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol
III, pg 185).
267
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Sobralense – Vultos em Destaques – Imprensa Oficial de Sobral IOM, 2004, Sobral.
LYNGNYS EMMANUEL ARRUDA DE VASCONCELOS SARAIVA (Pn.
892.), Professor de Matemática, filho de José Emíllson Lima Saraiva e
de Maria de Fátima Arruda de Vasconcelos Saraiva (Qn.277) .
Professor da Universidade Federal da Bahia - UFBA,. É mestre em
Matemática pela Universidade Federal do Ceará, em que tenha
cursado Física na graduação na mesma universidade em que se
graduou. Reside atualmente em Barreiras (BA).
LYNNYNGS KELLY ARRUDA DE PAIVA (Pn. 891). Professora
Universitária, filha de José Emíllson Lima Saraiva e de Maria Fátima
Arruda Vasconcelos Saraiva(Qn.277). Possui Graduação e Mestrado em
Matemática, pela UFC, e Doutorado em Matemática pela UNICAMP-SP.
Participou do Programa de Treinamento em Pesquisa para Estudantes
de Doutora ( Alfa Project/PDEs in Industry and Engineering), no Centre
de Recherche en Mathématiques de la Décision (CEREMADE), Iniversité
de Paris-Dauphine (PARIS IX), Paris, França. Atualmente é Professora
Adjunta, Nivel III, do Departamento de Matemática da Universidade
Federal de São Carlos ( UFSCar) e atua no Programa de Pós-Graduação
em Matemática deste Departamento. Tem experiência na área de
Matemática, subárea Análise, com ênfase em Equações Diferenciais
Parciais, atuando principalmente no seguinte tema: Estudos de
problemas estacionários e de problemas de evolução em meios fluidos.
Casou-se com Francisco Odair Vieira de Paiva, formado em
Matemática com curso de doutorado em Matemática pela Unicamp
(SP) onde lecionou tanto na Graduação como no Mestra e Doutora na
mesma da Unicamp (SP). Atualmente é Professor da Iuniversidade
Federal de São Carlos (SP).
268
Dicionário Biográfico - Família Arruda
M
269
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MANOEL ALBANO AMORA FILHO (Pn.272), Médico, nascido em
Fortaleza a 28 de junho de 1946, filho do historiador Manoel
Albano Amora
e de Maria Frota Albano Amora,cirurgião
cancerologista; casou-se com Marta Maria Mendonça Amora,
professora, filha do Cel. José Armando Mendes Mendonça e de
Mirta Maria Aguiar Ponte.
MANOEL CARDOSO LINHARES (Qn.206),
Engenheiro Civil e
Empresário, natural de Crateús (CE), filha do capitalista Luís Maria
Arruda Linhares ( Tn.102) de Alda Cardoso Linhares, Formado em
Engenharia pela Universidade Federal do Ceará - UFC. Casou-se duas
vezes. A 1ª, com Paula..............................., n. a...............................,
filha
de
...................................................
e
de............................................ A 2ª, Morgana Ximenes.
MANOEL CORDEIRO ARRUDA (Qn. 1471), Servidor Público, filho de José
Galdino Arruda ( Tn.545) e de Mariana Bezerra de Arruda. Nasceu em
Sobral, no dia 5 de agosto de 1926. Funcionário aposentado do Ministério
do Trabalho . Casou-se a 02/06/1956 com Raimunda Prado Arruda (
Raimundinha), n.a 25/10/1932, em Sobral e faleceu a 25/05/2005, em
Sobral , filha de Francisco Nascimento Prado e Antônia Maria Linhares
Prado.
MANOEL JUAREZ COSTA MENDES (Pn.392), Engenheiro Civil, filho
de Manoel Juarez Parente Mendes (Qn.157), bancário, e de Maria
Helena Costa Mendes. Nasceu em Sobral a 7 de outubro de 1959,
270
Dicionário Biográfico - Família Arruda
onde passou sua infância. Mudou-se para Fortaleza em 1971,
ingressando no Colégio General Osório. Em 1980, iniciou Curso de
Engenharia na Faculdades Reunidas Nuno Lisboa, no Rio de Janeiro
e concluindo o mesmo curso na Universidade de Fortaleza - Unifor.
Fez estágio curricular na Caixa Econômica e empresas privadas.
Atuou como engenheiro de obras no setor privado. Tendo ainda
trabalhado como Engenheiro/Empresário em construções de obras
públicas e privadas ( construção de casas, edifícios altos
residenciais/comerciais - obras hídricas (barragens, canais, adutoras,
saneamento,
perímetros
irrigados,
loteamentos,
etc).
Fez ainda o Curso de Habilitação Profissional pela Unifor/Crea em
Projetos e Obras de: aeroportos, portos de rios e canais. Foi
Engenheiro Consultor do IICA - Instituto Interamericano de
Cooperação para Agricultura no Brasil - Junto ao DNOCS - 2005 /
2006; Engenheiro Consultor Sênior no DNOCS – 2007 e. Engenheiro
de Operações e Segurança de Barragens na COGERH - Companhia de
Gestão de Recursos Hídricos do Estado do Ceará- 2008/2011. Casouse em Fortaleza com Virgínia Lúcia Machado Braga Mendes,
Psicóloga, nascida em Fortaleza a 1º de dezembro de 1963, Formada
pela Universidade de Fortaleza – Unifor, filha de José Aristides Braga
e de Marlene Machado Braga. Do seu matrimônio nasceram dois
filhos: Juarez Braga Mendes e Vanessa Braga Mendes.
MANOEL LINHARES ARRUDA (Tn. 114.), Servidor Público Federal,
filho de Domingos Aguiar Arruda (Bn.41) e de Francisca Linhares
Arruda. Nasceu em Sobral a 13 de março de 1924. Foi funcionário do
Ministério da Fazenda, em Brasília, DF. Casou-se a 18/10/1951, no
Rio de Janeiro (RJ), com Léa Felinto Rodrigues De Oliveira, n. a
13/02/1922, em Belém (PA), filha de José Felinto de Oliveira, natural
de Natal (RN), e de Maria Rodrigues de Oliveira, de Belém (PA). Teve
um único filho, Jorge Oliveira Linhares Arruda, que nasceu no Rio de
Janeiro, no dia 21 de julho de 1954.
271
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Guardo comigo boa recordações deste estimado tio, pessoa de
fino trato. Tinha um bom conhecimento da vida espiritual, e nos
transmitia com serenidade através de suas conversas em nossos
raros encontros, quando vinha à sua cidade Natal, em visita aos
familiares. Um de seus robes era colecionar pensamentos de grandes
personagens da história da humanidade e dos grandes filósofos. Esta
preciocidade mantenho comigo, aguardando um dia, quem sabe,
compartilhar com todos. Manoel Linhares, Passou seus últimos dias,
em Sobral (CE), na boa companhia da família. Não era muito afeito a
consulta médica e a medicamentos, o que se comprometeu seu
quadro de saúde, vindo a felecer no dia 21 de agosto de 1985, com
apenas 61 anos de idade, deixando uma grande lacuna no seio da
família.
MANUEL AGUIAR DE ARRUDA (Tn. 136), Advogado e Político, filho de
Ricardo José de Arruda (Bn. 43.) e de Maria da Conceição Aguiar
Arruda. Nasceu em Massapê, Ceará, a 24 de novembro de 1931.
Alfabetizou-se na escola de sua prima, professora Maria Arruda
no Grupo Escolar de Massapê. Prosseguiu os estudos em sua terral
natal, na Escola Santa ùrsula, da exigente e conhecida professora
Maria do Carmo Bezerra que deu educação a várais gerações de
massapeenses. Em seguida, estudou em Tururu, Uruburetama, na
Escola do professor Soares Bulcão. Em Fortaleza reinciou os seus
estudos na Escola dirigida por sua cunhada Odete de Almeida Arruda.
Depois a partir do 3º ano primário, no então conhecido Instituto
Waldemar Falcão, do célebre escritor e folclorista Filgueiras Sampaio.
Ingressou no Liceu do Ceará, em 1947, fazendo nele todo o Curso
Ginasial, como também o Curso Científico, concluindo-o em 1953,
sempre no curso noturno, por sinal desde 0 3º ano primário. Em 1956,
ingressou na Faculdade de Direito do Ceará, concluindo o curso de
Ciências Jurídicas e Sociais em 1960. Formado .em Geografia e Filosofia,
pela Faculdade de Filosofia do Ceará.
272
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Líder Estudantil Secundarista e Universitário. Presidiu, entre outras
Entidades Estudantis, o Centro Dceal de Educação e Cultura (CLEC), do
Liceu do Ceará, o Centro Estudantal Cearense e a UEE — Entidade
Representativa dos Universitários Cearenses. Presidiu a Associação dos
Servidores do Estado e do Município (ASEM) e a Associação dos
Professores Licenciados do Estado do Ceará (APLEC). Funcionário da
Secretaria da Fazenda do Estado. Como Professor, lecionou em vários
colégios de Fortaleza. Como Político, pertenceu aos Diretórios
Municipal e Regional do Partido Democrata Cristão. Pertenceu ao
Djretório Regional do MDB e foi Presidente do seu Diretório Municipal
de Fortaleza. Eleito Vereador de Fortaleza, pelo PDC, nas eleições de
1962, permanecendo até 1964. Como candidato a Deputado Federal
pelo MDB, em 1978, ficou na 2ª Suplência, com 23.941 votos, assumiu a
cadeira de Deputado Federal por quatro vezes, fazendo neste curto
período na Câmara Federal, mais de quarenta pronunciamento. Em
1982 foi eleito Deputado Estadual pelo PMDB. Foi fundador dos jornais
"ANCOAL" e "GUARANI". Casou-se em 1963 com Salete Brito Bastos
Arruda, filha de Renato Brito Bastos e Sulamita Prado Brito Bastos.
MANUEL BOSCO LINHARES CARNEIRO (MANUZINHO) (Qn.176.),
Comerciante, filho de Antônio Aguiar Carneiro e de Raimunda
Linhares Carneiro (Tn.92). Nasceu em Sobral no dia 20 de dezembro
de 1927 e aí faleceu a 5 de outubro de 2008, vítima de um infarto no
miocárdio. Exerceu até os últimos dias de sua vida, a atividade no
comércio. A exemplo de muitos membros da família Linhares Arruda,
era comerciante com chapéus de artesanato de palha de carnaúba,
uma das grandes atividades comerciais de Sobral, que chegou a ser
um dos principais produtos de exportação do Ceará juntamente com
a Cera de Carnaúba. Sobral era conhecida como a capital
internacional do chapéus de palha de carnaúba”. Título que ainda
hoje ostenta. Os chapéus de palha confeccionados na Região são
exportados ainda para todo o Brasil e exterior. Manuzinho, como era
conhecido por todos, era um cidadão pacato e de bom convívio.
273
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Detentor de uma grande amizade na sociedade sobralense e entre
seus familiares. Tinha como lazer a pecuária, atividade principal de
seus antepassados e lhe dar grande satisfação a atividade que tinha
campo. Contava com apenas 10 (dez) anos de idade, quando sua
mãe falecera, passando a residir com sua avó Maria da Conceição
Arruda Linhares – Mãezinha, mulher de grande influência na
sociedade local com líder político José Sabóya, amizade que se
estendeu aos seus familiares.Casou-se com sua prima carnal Maria
de Jesus Linhares Carneiro, n. a 09/04/1931, em Sobral e aí faleceu a
20/10/1987. Esta, também, por motivo de falecimento de sua mãe,
passou também a residir com sua avó – Maria da Conceição Arruda
Linhares – Mãezinha, igualmente seu futuro esposo, Manoel BoscoManuzinho. Ali se criaram como irmãos, mantendo sempre uma
grande admiração entre eles, que mais tarde se uniram em
matrimônio. Maria de Jesus, foi professora do Estado durante muitos
anos no Grupo Professor Arruda, em Sobral, filha de Pedro Aguiar
Carneiro156 e de Maria Luíza Arruda Linhares.
MANUEL JUAREZ PARENTE MENDES ( Qn. 997), nasceu em Sobral a
17 de junho de 1928 e alí faleceu em 13/10/1959, vítima de
pancreatite aguda 13/10/1959, aos 31 anos de idade. Era filho de
Felizardo Mendes e de Antonieta Parente Mendes (Tn.468.). Foi
funcionário do Banco do Brasil, mais atuante na carteira agrícola,
deixando muitos amigos e colegas consternados, os quais, fizeram
homenagem póstuma dando seu nome à piscina da AABB de Sobral
quando inaugurada o que permanece até hoje. Grande incentivador
e participante ativo do Derby Club, chegando juntamente com os
amigos e possuir cavalos que partipavam das corridas. Casou-se a
25/05/1951 com Maria Helena Costa Mendes, filha de Francisco
156
Pedro Aguiar Carneiro, filho de Antônio da Costa Carneiro e de Maria José Aguiar
Carneiro. Casou-se duas vezes. A 1ª, com Maria Luzia Linhares Carneiro, filha de Manoel
Alves Linhares e de Maria da Conceição Arruda Linhares. A 2ª, com sua sobrinha Maria
Arruda Carneiro, filha de Domingos Aguiar Arruda e de Francisca Linhares Arruda( Apud
Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas).
274
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Eustáquio Costa e de Maria Viana Costa, nasceu em Sobral em
24/01/1932. Estudou colégio Santa’Ana, depois fez curso Normal e
Técnico de Contabilidade. Trabalhou em Sobral em uma subsidiária
da SUDENE, CAENE – Companhia de Águas e Esgotos do Nordeste.
Pela CAENE foi transferida para Fortaleza, onde fixou residência a
partir de 01.02.1970, quando a CAENE foi extinta foi contratada pela
Construtora Beta, e posteriormente pelo CREA-CE. Encerrou sua
carreira profissional em um escritório de contabilidade até
aposentar-se. Durante a vida de aposentada foi viver a vida dos
justos, viajando e conhecendo a cultura da vários países do mundo.
Em 25.05.1951 casou com Manuel Juarez Parente Mendes. São seus
filhos: Olivia Maria Mendes Aragão, Enfermeira pós-graduada em
Saúde Pública; Fausto Costa Mendes médico cardiologista; Luciene
Costa Mendes, engenheira química e Manoel Juarez Parente Mendes,
engenheiro civil.
MANUEL TELAMO FERREIRA ARRUDA (Qn. 274), Comerciante, filho
de Miguel Vasconcelos Arruda (Tn.128) e de Francisca Ferreira
Arruda. Nasceu em Ipaumirim (CE) a 19 de setembro de 1935.
Comerciante na cidade de Cajazeiras, PB. Casou-se com Alaíde
Gouveia Arruda, n. a 01/08/1942. Mantém uma União Estável com
Maria Izaete de Andrade Matias, n. a 15/11/1967.
MARCELO DE ARRUDA BEZERRA (Pn.320), Advogado, nascido em
Fortaleza a 1º de setembro de 1967, filha do desembargador Dr.
Júlio Carlos de Miranda Bezerra e de Regina Alice de Arruda Bezerra
(Qn.136). Procurador do Município de Fortaleza. Casou-se com Yêda
Noyale Alves Bezerra, n. 20/03/1967, em Iguatu (CE), formada em
Administração de Empresas.
MARCIA CAROLINA ALVES PONTES (Pn.1615), filha de Messias
Araujo Pontes (Qn.1364) e de Márcia Alves Pontes ( Nilma). Nasceu
em Fortaleza, Ceará, no dia 18 de janeiro de 1972. Bacharelado e
275
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Licenciatura em Geografia, pela Universidade Estadual do Ceará
(UECE). Pós-graduação em Psicopedagogia, pela Universidade do
Christus. Exerce a profissão de Geógrafa. Solteira.
MÁRCIA LUMENA ARAGÃO MONTEIRO (Qn. 802.) filha de Tarcísio
Lima Aragão e de Maria José Távora Arruda Aragão (Tn.306). Nasceu
em Fortaleza, Ceará, no dia 11 de setembro de 1957. Casou-se em
Teresópolis (RJ), a 27/10/1979, com Luís Antônio Dantas Ribeiro n. a
16/04/1954 em Teresópolis (RJ), filho de Antônio Rodrigues Ribeiro e
Maria da Glória Dantas Ribeiro.
MARCO AURÉLIO CALDAS DE PINHO PESSOA (Pn. 446), Engenheiro
Eletrônico, filha do Dr. Justiniano de Pinho Pessoa, cirurgião dentista,
ilustre filho de Viçosa do Ceará e Maria Amélia Caldas de Pinho
Pessoa (Qn.192). Pertence as mais tradicionais famílias de Viçosa do
Ceará. Neto paterno do Major Felizardo de Pinho Pessoa e de Hilda
Carvalho de Pinho Pessoa, e pelo lado materno do magnânimo líder
comunitário, tabelião, grande defensor do patrimônio histórico de
sua Terra Natal. Nasceu em Viçosa do Ceará a 4 de agosto de 1955.
Formado em Engenharia Eletrônica pela Escola Politécnica de
Pernambuco, em 1979. Oficial R/2 do Exército. Engenheiro Eletrônico
da empresa Telecomunicações de Pernambuco S.A. — TELPE, em
Recife (PE); casou-se em Recife a 24/05/1981 com Verônica Arruda
Caldas de Pinho Pessoa, n. a 25/05/1957, em Taquaritinga do Norte
(PE), filha de Robério Barbosa Borges e Maria do Carmo Cordeiro de
Arruda Borges.
MARCOS DE ALMEIDA E PONTES VIEIRA (Sn.196), Médico, filho de
Carlos Henrique de Pontes Vieira e de Gilda Beatriz de Almeida
(Pn.270). e Pontes Vieira. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 20 de
fevereiro de 1984. Formado pela Faculdade de Medicina de Juazeiro
do Norte (FMJ), em 2007. Fazendo a especialização em Clínica Geral.
Solteiro.
276
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARCOS LUIZ DE OLIVEIRA FURTADO (Qn. 727.) n. a 30/03/1951;
Engenheiro Químico; filho de Miguel de Arruda Furtado (Tn.279) e de
Luzanira Oliveira Furtado.Casou-se a 10/07/1977 em Avaré (SP) com
Maria das Graças Furtado n. a 28/11/1951 em Avaré,filha de Gabriel
Allan Kardec da Silva e Therezinha Corrêa da Silva.
MARCOS ROBERTO ARRUDA BASTOS (Qn. 794.), Bancário, filho de
Raimundo César Bastos e de Maria de Lourdes Bastos (Tn.300). Nasceu
em Fortaleza, Ceará, 9 de agosto 1958. Casou-se em Fortaleza a
24/05/1981, com Maria Verônica de Oliveira Bastos n. a 12/12/1962
em Fortaleza, filha de José Cardoso de Oliveira e Maria Lilian Farias de
Oliveira.
MARCUS ANTÔNIO LIRA TÁVORA GURJÃO (Pn.1718), filho de Admar
Távora Gurjão e de Maria da Conceição Lira Gurjão ( Mariinha) (
Qn.1414). Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 13 de junho de 1962. Formado
em Engenharia Civil e Direito pela Universidade Federal do Ceará. Casouse a 18/08/1993 com Andréa Borges Leão, n. a 24/09/1964, filha de
Roberto Leão Silva Oliveira e de Maria Carolina Borges Leão. Sem
sucessão.
MARCUS GIOVANNI ARRUDA SILVA (Pn. 838.), Bancário, filho de Jurandir
Francisco da Silva e de Maria Helena da Silva. Nasceu em Fortaleza,
Ceará, a 2 de outubro de 1958. Funcionário do Banco do Brasil. Casouse a 15/12/1986 com Maria Ivete da Ponte Arruda n. a 22/07/1960 em
Ipu (CE), filha de Manuel Geraldo da Ponte157e Ana Jessé da Ponte.
157
Manuel Geraldo da Ponte n. a 02/07/1917 em Santana do Acaraú (CE), filho de Manuel Porfírio
da Ponte e de Francisca Domitília da Ponte,onde recebeu as primeiras lições. Tendo iniciado sua
atividades profissionais em Sobral, posetriormente transferido para Acopiara, e a pedido para São
Bendito, em seguida para Ipu. Finalmente em Fortaleza onde na Receita Federal desempenhou
suas funções durante vinte anos até sua aposentadoria. Amante das letras, escreveu uma
monografia sobre sua descendência genealógica “ Raizes – Descendente e Parentes” não
publicada mas divulgada entre os familiares, que dela muitos dados foram coletados na construção
dos Ferreira da Ponte, que descendem de Manoel Francisco da Ponte que foi residir em Santana
do Acaraú, constituindo o sexto tomo da Genealogia desta ilustre família da Zona Norte do Estado
277
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARGARIDA CALDAS DA SILVEIRA NOGUEIRA PINHEIRO (Qn. 190),
filha do ilustre viçosense, grande líder comunitário e defensor do
patrimônio histórico de Viçosa do Ceará, Francisco Caldas da Silveira (
Chico Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira (Tn. 86). Nasceu em
Viçosa do Ceará, a 18 de janeiro de 1931. Casou-se em Viçosa do
Ceará a 30/05/1959, com Pedro Jairo Nogueira Pinheiro, n. a
13/08/1921, em Senador Pompeu (CE). Coronel R/1 do Exército e
Médico do INAMPS, em Fortaleza, filho de Joaquim Nogueira
Pinheiro e Maria do Rosário Nogueira Pinheiro.
MARGARIDA FURTADO WEINBERGER (Qn. 726.) Concertista; filha de
Miguel de Arruda Furtado (Tn.279) e de Luzanira Oliveira Furtado.
Nasceu em Sobral, Ceará, a 28 de novembro de 1948. Casou-se a
05/04/1975 em Viena, Áustria, com Stephan Karl Hugo Weinberger n.
a 29/11/1948 em Viena Áustria, filho de Erhart Weinberger e Johana
Weinberger.
MARGARIDA VASCONCELOS MARQUES (Pn. 1813.), filha de José
Gerardo Marques e de Maria do Carmo Vasconcelos ( Qn.1453).
Nasceu em Massapê, Ceará, cidade encravada no sopé da Serra da
Meruoca, a 14 de setembro de 1936. Casou-se a 21/05/1955, em
Massapê, com Francisco Waldeny Soares Arruda (DIL), n. a
14/09/1936, em Massapê, filho de João Sigefrêdo Arruda158e de Maria
Creusa Soares Arruda. Funcionário aposentado do Departamento dos
do Ceará. ;casou-se em Santana do Acaraú a 01/11/1946 com Ana de Jessé da Ponte, n. em
Santana do Acaraú (CE), a 20/02/1919 e fal. 22/10/1997, filha de Miguel Arcanjo de Maria157 e de
Francisca das Chagas Cisne (Dona Inglesa) (de Santana) ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol III, Os Ferreira da Ponte, Tomo VI, prelo).
158
João Sigefrêdo Arruda, nasceu no dia 21 de julho de 1894 e faleceu a 25 de fevereiro de
1980 em Massapê, CE, filha de Antônio Felipe de Arruda e de Maria Izabel Aguiar Arruda. Casou- se a
27/09/1930, em Massapê , com Maria Creusa Saores Arruda, n. a 07/08/1913, em Massapê , filha de
Antônio Minervino Soares e de Cândida Lira Soares (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol
III, Os Arrudas, Tomo IV, pg 1495).
278
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Correios e Telégrafos, exercia suas atividades na Agência dos Correios
no Município de Massapê,
MARIA ADELINA VASCONCELOS ARRUDA (Bn. 71.), filha do Cap. Miguel
Arcanjo de Arruda (N.26) e de Maria do Livramento Arruda. Nasceu em
Santo Antônio do Aracatiaçu, Sobral a 25 de agosto 1887 e falecida a
07/06/1965 em Fortaleza. Casou-se a 02/12/1905 em Baturité com
Luís de Gonzaga Furtado n. a 10/09/1875 em Baturité e falecido a
27/05/1954 em Fortaleza. Foi comerciante em Senador Pompeu (CE),
depois em Baturité (CE), e posteriormente em Fortaleza. Foi
funcionário da Previdência Social até aposentar-se, em 1944, filho do
Capitão Antônio Furtado de Mendonça e Meneses e Maria Ursulina
Bezerra Furtado.
MARIA ADRIANA ARRUDA RIBEIRO (Pn. 985.), Administradora de
Empresas, filha de José Iran Gomes Ribeiro e de Maria Mirza Arruda
Ribeiro ( Qn.730). Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 6 de dezembro de 1964.
Casou-se com Francisco Fábio de Araújo Benício, representante
comercial, filho de José Benício e Djalmira de Araújo Benício.
MARIA AIRTES BARRETO ARRUDA (Pn. 135), nasceu em Sobral a 05
de maio de 1936, filha do empresário José Maria Arruda Coelho
(Qn.78) e de Eurídice Barreto Arruda Coelho. Fez seus estudos no
Colégio Sant´Ana de Sobral. Era moça simples, retraída e gostava
bastante de trabalhos manuais, particularmente, de costurar. Sobral
era conhecida como cidade de belas mulheres, e ela, não fugiu à
regra. Desde cedo começou a despontar como uma bela jovem.
Possuía corpo escultural e era detentora de pernas belíssimas.
Conseqüentemente, começou a despertar a atenção dos presidentes
dos clubes elegantes de Sobral. Daí nasceu o convite formulado pelo
presidente da Associação Atlética do Banco do Brasil – AABB,
coordenado pelo Sr. José Fontenele para ser a representante
279
Dicionário Biográfico - Família Arruda
sobralense no concurso Miss Ceará/Miss Brasil/59, promoção dos
Diários e Rádios Associados, do competente jornalista sobralense
Stênio Azevedo. Assim sendo, em deslumbrante festa na AABB,
Maria Airtes foi oficialmente apresentada à sociedade sobralense
como sua representante ao concurso daquele ano. Em maio de 1959,
veio para Fortaleza para disputar o cobiçado título, juntamente com
as representantes dos clubes elegantes de Fortaleza. O desfile
ocorreu no Náutico Atlético Cearense em monumental baile,
contando com grande público presente ao evento, bem como,
alegres e animadas torcidas organizadas. Foi delirantemente
aplaudida e desfilou com belíssimo vestido de baile e capa, criação
da competente modista Edméa Mendes. Todavia, o Náutico quase
veio abaixo quando a representante sobralense desfilou de maiô,
exibindo sua perfeita plástica. Depois de várias dúvidas e discussões
por parte da comissão julgadora, finalmente, foi escolhida a Srta.
Rufina Braga da Justa como Miss Ceará e Maria Airtes como Miss
Fortaleza, sendo-lhe ofertado, como prêmio, o direito de assistir ao
Concurso de Miss Brasil no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.
Todavia, Rufina Braga usufruiu o título apenas poucos meses,
renunciando, por motivos particulares, passando o cetro para Maria
Airtes, a qual ficou sendo oficialmente a Miss Ceará. Como detentora
do importante título de beleza, foi alvo de clamorosa homenagem
por parte do povo sobralense, sendo recebida com grandes festas,
desfilando em carro aberto pelas ruas da cidade, juntamente com a
representante de Nova Russas e várias autoridades sobralenses.
Soube muito bem honrar o título de Miss Sobral/Miss Ceará,
viajando por todo o Brasil, mostrando a beleza da mulher cearense,
particularmente, da mulher sobralense. Finalmente, em maio de
1960, também em grande festa realizada no Náutico Atlético
Cearense, passou o cetro à sua sucessora (Apud Cavalcante, Arnaud
de Holanda- Sociedade Sobralense – Vultos em Destaque, 2004).
280
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARIA ALICE ARRUDA FERREIRA GOMES (Pn. 733), Professora
Universitária, filha de Francisco José Ferreira Gomes e de Maria da
Conceição Arruda Ferreira Gomes (Qn.212.). Nasceu em Fortaleza a
31 de janeiro de 1964. Formada em Letras pela Universidade Federal
do Ceará. Depois de uma temporada de quatro anos na Espanha,
onde desenvolveu vários Cursos da Língua espanhola e inclusive
iniciando seu curso de Doutorado. Volta ao Brasil e com grande
mérito fez o mestrado pela Universidade Federal do Ceará. Aprovada
através de concurso público para Professora de Língua Espanhola do
Instituto de Línguas da UFC, em 2005. Retorna à Espanha e conclui
seu curso de Doutorado na Faculdade de Filologia da Universidade
Complutense de Madrid, em 2010, defendendo tese sobre o título “
La Aventura del Descubrimiento em los Libros de Viajes Portugueses:
La Peregrinação de Fernão Mendes Pinto” . Casou-se a 01/07/1995,
em Fortaleza com Antônio Geraldo Ferreira, n. a 08/12/1961, filho
de José Ferreira Filho e de Maria Aparecida Amgarten Ferreira.
MARIA AMÉLIA CALDAS DE PINHO PESSOA (Qn. 192) filha do ilustre
viçosense, grande líder comunitário e defensor do patrimônio
histórico de Viçosa do Ceará, Francisco Caldas da Silveira ( Chico
Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira (Tn.86). Nasceu em Viçosa
do Ceará a 26 de junho de 1953. Casou-se em Viçosa do Ceará a 24
de janeiro de 1953 com o cirurgião Dentista Dr. Justiniano de Pinho
Pessoa, funcionário do Ministério da Agricultura, filho do Major
Felizardo de Pinho Pessoae Hilda Carvalho de Pinho Pessoa. Nasceu
em Viçosa do Ceará, a 15 de abril de 1926.
MARIA ARGENTINA DE OLIVEIRA (Tn. 418.), filha de Patriolino Waldemiro
Aguiar e de Maria Raimunda Ponte Aguiar (Qn.96). Nasceu em Massapê,
Ceará, a 10 de abrail de 1921. Casou-se com o Historiador Guarino Alves
Dem Oliveira, Servidor Público, filho de Antônio Alves de Oliveira
(advogado provisionado, jornalistae acadêmico) e de Alice Cid de Oliveira.
Nasceu em Natal (RN), a 2 de mario de 1921. Seus traços biográficos se na
281
Dicionário Biográfico - Família Arruda
homenagem póstuma feita pelo acadêmico Francisco de Assis Arruda
Furtado em nome do Instituto do Ceará, que transcrevo na íntegra.
“ O Intelectual Guarino Alves de Oliveira – Homenagem
prestada pelo Instituto do Ceará, pelo acadêmico Francisco de
Assis Arruda Furtado. “ Depois da missa exequial de 7º dia,
celebrada em sufrágio da bondosa alma do consórcio Guarino
Alves de Oliveira, esta é a vez em que o Instituto do Ceará presta,
aos saudoso companheiro a nossa homenagem póstuma de que
faz parte este breve discurso.
Durante vinte e cinco anos ,desde 4 de julho de 1974 até a
data de seu falecimento, Guarino Alves de Oliveira prestou à nossa
entidade, o concurso inestimável dos seus trabalhos culturais e
atividades.
Filho do intelectual norte-riograndense Antônio Alves de
Oliveira e de dona Alice Cid de Oliveira, nasceu em Natal, a 2 de
maio de 1945, com dona Maria Argentina Aguiar de Oliveira,
nascida em 10 de abril de 1921, em Massapê, Ceará, filha de
Patriolino Valdemiro de Aguiar e de Maria Raimunda Ponte de
Aguiar, e neta paterna de Antônio Alves de Aguiar e de Maria
Bernarda de Aguiar, materna de Francisco Ferreira da Ponte e
Raquelina Maria de Arruda da Ponte.
Guarino Alves é brasileiro vinculado a duas Províncias do
Nordeste: a do Rio Grande do Norte e a do Ceará. A do Rio Grande
do Norte porque açli nasceu, dali é a maioria dos seus
ascendentes, e ali deu começo à sua formação intelectual. A sua
vinculação ao Ceará decorre de ser cearense a sua trisavó Isabel
Ferreira Cavalcante, filha do Coronel José Rodrigues da Silva e de
sua mulher Maria Inácia Cavalcante, trisavó essa, casada a 18 de
novembro de 1814 com o português de Funchal ( Ilha da Madeira)
de nome Antônio Furtado de Mendonça e Menezes. Além disso,
para se casar, escolheu jovem da família Aguiar, de Massapê,
família das mais importantes na formação da sociedade cearense.
282
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Por outro lado, foi no Ceará que Guarino desenvolveu e ampliou a
sua formação cultural.
A atividade cultura do homenageado é medida pelo
número e importância de associações nacionais e estrangeiras (
afora o nosso instituto), a que pertenceu, a saber: Associação
Cearense de Imprensa, Fortaleza, CE; Sociedade Cearense de
Geografia e História, Fortaleza, CE,; Academia Brasileira de
História, São Paulo, SP.; Sociedad Brasileira de Trovadores, Secção
do Ceará, Fortaleza, CE.; Instituto de Cultura Americana,
Montevidéu, Uruguai, correspondente.; Academia Sobralense de
Estudos e Letras, Sobral, CE, correspondente; Instituto Histórico e
Geográfico do Maranhão, São Luís, MA; Instituto Cultura do Vale
Caririense, Juazeiro do Norte, CE, correspondente; Centro Cultural,
Literário e Artístico de Felgueiras, Portugal, correspondente;
Instituto Genealógico do Cariri, Crato, CE, correspondente;
Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte, Natal, RN,
correspondente; Academia de Letras do Nordeste, Recife, PE,
correspondente; Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo,
ES, correspondente; Sociedade de Geografia de Lima, Peru,
correspondente; Instituo de História e Cultura Naval de Madri,
Espanha, correspondente.
A bagagem literária de Guarino Alves é muito expressiva.
Publicou os seguintes livros: “ O Diamante do Tibagi” ( Romance),
Tip. Luzitana. Fortaleza, 1953; “ Janela para o Nordeste”. Imp.
Universitária da Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 1960; “
A Costa Setentrional do Brasil na Carta de Navegar de Alberto
Cantino”. Ed. “ A Fortaleza, Fortaleza, 1968; “ Vera Cruz”, t.1º. Ed.
Henriqueta Galeno. Fortaleza, 1974. Plaquetas. Como Folhetos e
Separatas publicou diversos artigo: “ Duas Contribuições para a
História Marítima do Brasil” Ed. Henriqueta Galeno, Fortaleza,
1974; “ O Monte Deily”. Ed. Henriqueta Galeno, Fortaleza, 1974.; “
Capitanias Hereditárias, ou Disertações Sintéticas de um HistórioGeógrafo”. Ed. Henriqueta Galeno, Fortaleza, 1977; “ Profincia
283
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fluminis Grandis”. Separata da Ver. Do Instituo do Ceará.
Fortaleza, 1978; “ Estudos Americanos” (Homenagem ao 3º
Distrito Navl). Ed. Henriqueta Galeno. Fortaleza, 1978; “
Navegações Ultramarinas Portuguesas”, t. 2º de Vera Cruz. Ed.
Henriqueta Galeno. Fortaleza, 1978; “ João Rodrigues Colaço e
uma Nota em Cursivo do Barão de Studart”. Sep. da Rev. do
Instituto do Ceará. Fortaleza, 1979; “ Elogio de Isabel, a Rainha
Católica”. Sep. Da Ver. Tempo Universitário, da Universidade
Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 1980; “ Vicente Yañez
Pinzón y Brasil” ( Texto em castelhano). Sep da Revista do Instituo
do Ceará, Fortaleza, 1981..
Guarino Alves esteve na Espnha, onde fez Estudos
Superiores de História, a convite do Ministério de Assuntos
Exteriores, e do Instituto de Cultura Hispânica, daquele país. Isto
lhe conferiu elevada especialização em assuntos náuticos e de
navegação antiga, base de vários trabalhos, entre outros o sobre
Vicente Pinzón.
Por seus merecimentos intelectuais, pelos seus dotes
morais, pelo companheirismo que sempre demonstrou nesta Casa,
recebe ele a nossa comovuda homenagem póstuma.
Deixo aqui registrado minha eterna gratidão a este grande
expoente da história do Ceará. Em determinado momento de vida vida,
como genealogista, tive de recorrer aos seus préstimos, como historiador e
genealogista que era, para fazer a orelha da 2ª Edição do livro de genealogia
da família Arruda. Grande foi minha surpresa quando o mesmo, ao ver
meu trabalho e meu ideal pela genealogia, se prontificou, em redatilografar
todo aquele trabalho, de 350 páginas, dentro de um modelo que fosse aceito
para editoração. Fiquei perplexo, diante de tamanho despremendimento e
amabilidade para com aquele pesquisador neófilo, tendo ele inúmeros
afazeres e compromissos diante às diversas sociedades a que pertencia. Seu
ambiente de trabalho, era uma garagem que ficava ao lado de sua
residência, alí com um pequeno ventilador, uma garafa de café, tragando um
284
Dicionário Biográfico - Família Arruda
cigarro, um em cima do outro, entrava em uma outra dimensão na
construção de seus sonhos e produções. Além de pesquisador, era um
exímio pintor, um artista plástico. Dentro de seus trabalhos de tudo fazia.
Como se diz na gira “ Pintava e Bordava”. Sua inteligência que chorava como
uma fonte, lidava com vários temas como a mesma facilidade. Tinha pelo
quatro livros completos que nunca chegara a publicar, por falta de recursos
financeiros e descasso dos órgãos competentes de órgãos competentes. Para
publicar tinha que publicar em separatas, de forma resumida, com páginas
limitadas, e isto não lhe agradva muito, mas era a forma que encontrava para
poder publicar seus trabalhos, e até é era grato as instuições a que pertencia
por assim fazer. Acima de tudo, um cidadão e grande companheiro. Sempre
o terei em minhas recordações, e sempre que posso, repito o mesmo feito,
quando me deparo com um idealista, com um missionários da pesquisa
genealógica, estendo-lhe minha mão e faço o que posso para auxiliá-lo, em
memória deste grande amigo Guarino Alves de Oliveira. Do seu enlace
matrimonial com Argentina Aguiar, teviveram três filhos: Frederic Alves de
Oliveira, funcionário Público; casado com Eneida Xavier de Almeida,
filha de Alfredo Xavier de Almeida e de Maria Carmélia Pinheiro de Alencar;
Alexander Alves de Oliveira, Engenheiro Civil, Funcionário do DNOCS,
casado com Maria Goretti Maciel Oliveira, filha do Industrial Gessy Maciel
Lopes e de Euríce Emidio Lopes, e Charles Alves de Oliveira.
MARIA AUGUSTA SILVA SOARES (Qn. 1160.), Psicóloga, filha de José
Meneses Soares e de Teresinha Silva Soares (Tn.435). Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 25 de fevereiro de 1954. Psicóloga com com curso de
especialização na França. Casou-se com Dagoberto Liberato n. a
16/04/1951, Médico com especiliazação na França, filho de Raimundo
Liberato e de Argenora Liberato.
MARIA AUXILIADORA DIAS LINHARES (SISI), (Qn. 173), filha de João
Alves Linhares (Tn.90) e de sua segunda mulher Maria Benedita Dias
Linhares. Nasceu em Sobral, Ceará, a 22 de julho de 1942. Formada
em Filosofia pela Faculdade de Filosofia de Sobral. Professora do
285
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Estado. Pessoa mais alta estima no seio da família. Sempre que pode
está pronta para auxiliar os parentes enfermos e carentes. Alegre e
comunicativa, duas grandes virtudes que reputo em um ser humano.
Pessoalmente tem uma grande admiração pelo o jeito de ser e de se
comunicar. Gosta de viajar e vem procurando a cada dia ampliar seus
conhecimentos culturais através de inúmeras viagens que tem feito
pelo Brasil e no exterior. Solteira.
MARIA AUXILIADORA LINHARES PINHEIRO (Qn.203), natural de
Crateús, filha do capitalista Luís Maria Arruda Linhares (Tn.102) e de
Alda Cardoso Linhares,, casou-se a 14/05/1964 com José Diógenes
Pinheiro.
MARIA AVANY DIAS ARRUDA (Qn. 1335), filha de José Euripedes Arruda
(Tn.518) e de Antéia Dias Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 2 de
dezembro de 1940. Formada em Serviço Social, pela Universidade
Federal do Ceará (UFC). Fez, na Fundação Getúlio Vargas, na PUC e na
Faculdade do Rio de Janeiro, diversos cursos de aperfeiçoamento, tais
como: Psicanálise, Parapsicologia e Psicoterapia. Como Assitente Social,
trabalhou em Fortaleza, na Fundação do Bem Estar do Menor e, no rio
de Janeiro, na Casa de Saúde Dr. Eiras. Atualmente, dedica-se a
atividades religiosas e ao estudo de música e pintura. Casou-se em
12/05/1979, em Fortaleza , com Noré Tavares Bastos, n. em São
Gonçalo (RJ), aos 02/02/1933, este viúvo de Suzi da Rocha Lima. Tem um
largo folha de serviços prestado ao exército Brasileiro. Foi Comandante
da Companhia do 4º Regimento de Infantaria em Quitaúna (SP), de onde
se afastou para exercer as funções de Ajudante de Ordens do Gen. Div.
Aloysio Guedes Pereira, passando por várias Unidades do Exército.
Promovido a Major, em 1974, quando servia no 28º Batalhão de
Infantaria Blindado. Em 1976 foi trasnferido para o Comando do I
Exército no Rio de Janeiro, onde galgou o posto de Tenente Cronel.
Permaneceu naquela grande Unidade até 1982, quando foi transferido
para a reserva remunerada, no posto de Tenente Coronel, quando
286
Dicionário Biográfico - Família Arruda
desempenhava as funções de Oficial de Relações Públicas do então
comando do Primeiro Exército, no Rio de Janeiro (RJ), filho de João
Tavares Bastos159 (Oficial do Exército Brasileiro natural do Maranhão) e
de Scyla Araújo Bastos ( natural do Rio grande do Sul). Sem sucessão.
MARIA CARMINDA ARRUDA GUIMARÃES (Qn. 287.), Geógrafo), filho de
Gerardo Vasconcelos Arruda (Tn.130) e de Mariana Raimunda Campelo
Arruda. Nasceu na Baixada Maranhense, no município de Viana. Nasceu
a 20 de março de 1949. Formou-se em Geografia Licenciatura, é
professora aposentada do CEFET-MA. Casou-se a. com João de Sousa
Guimarães, n. em 18.02.1946, Engenheiro Agrônomo, professor do
CEFET-MA e UEMA (Universidade Estadual do Maranhão), falecido
em 14/09/2005.
MARIA CELESTE ARRUDA DE MOURA (Tn. 141.), funcionária pública,
filha de Raimundo Napoleão Arruda ( Raimundo Florêncio) (Bn.44) e
de Maria Amelina Pontes Arruda. Nasceu em Massapê a 8 de julho de
1927 . Fez seus estudos primários em Massapê com as professoras
Lourdes Aguiar e Maria do Carmos Andrade. Aos onze anos, em 1938,
deixa sua cidade natal em busca de melhores condições e vai para
Sobral onde fica morando na casa do primo Doca Pontes e de Dona
Clotildes (Colo). Matriculou-se no Grupo Escolar Professor Arruda
onde se destacara com uma das melhores alunas. Posteriormente, em
1939, transferiu-se para Fortaleza sempre com a visão de melhores
oportunidades, com seu espírito sempre dinâmico concluiu seus
estudos secundários no Grupo Escolar Juvenal Galeno, Escola Pública
de grande conceito em sua época.. Em 1946, deu seus primeiros
passos rumo ao magistério. Com auxílio de sua grande amiga Luiza
Távora, conseguiu ingressar como Professora Auxiliar do Estado,
lecionando na Escola Auxiliar de Jacarecanga. No mesmo ano, em 01
159
João Tavares Bastos, filho de Cazemiro Tavares Bastos e de Severa Lopes Bastos. Casou-se com
Scyla Araújo Bastos, filha de Belizário Araújo e de Honorina Silva Araújo (Apud Pereira, Danilo –
Memorial Genealógico- Familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 99).
287
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de junho de 1947, começou a trabalhar como diarista na Secretaria de
Educação do Estado até 1949 depois prestou concurso interno para
Auxiliar de Escritório. Posteriormente submeteu-se a um novo
concurso para Oficial de Administração. Função esta que passou a
desempenhar com muita responsabilidade e profissionalismo. Em
1977, durante o Governo de Virgílio Távora, foi nomeada Diretora da
Divisão de Serviços Gerais, então empossada pelo Secretário de
Educação, o professor Antônio Albuquerque de Souza Filho.
Permaneceu como Diretora por mais de 14 anos, até outubro de 1984
quando se aposentou, ainda na gestão do Secretário de Educação o
Prof. Ubiratan Aguiar. Profissional exemplar como, pela carreira
funcional que construiu desde de 1947, quando iniciou como diarista
através de serviços prestados.
Maria Celeste, durante sua permanência na Secretaria de
Educação teve a oportunidade de auxiliar a todos que a procurasse
para resolver seus problemas e dificuldades nos trâmites burocráticos
daquela Secretaria. Muitos funcionários da Educação, tanto do
interior e mesmo da capital do Estado, tinham na Maria Celeste uma
pessoa de confiança e amiga sempre pronta para auxiliá-los.
Soube cativar e fez uma rede de grandes amigos na Sociedade
Local, e no interior do Estado.
Na família, tornou-se um exemplo de boa companheira e amiga.
Mantém um dos maiores circulos de amizade no seio da família. É
sem sombra de dúvidas, uma das grandes representatividades da
família Arruda em Fortaleza. Pessoa simples, que soube permear com
seu carisma pelos diferentes troncos familiares e meios social, polítco
e econômico. Por esta e outras qualidades recebeu a insígnia de
Honra ao Mérito da Colônia Massapeense, juntamente com sua
grande amiga e prima Palmira Silva Sobral, outra grande baluarte da
família Arruda no Estado do Ceará. Casou-se a 08.10.1955, em Fortaleza ,
288
Dicionário Biográfico - Família Arruda
com JOSÉ SOARES DE MOURA, n. a 16.11.1926, filho de João Soares de
Moura160 e de Raimunda Marciel de Moura.
MARIA CLÁUDIA ARRUDA CABRAL SILVA (Sn.130), Economista,
nasceu no Rio de Janeiro, a 26 de fevereiro de 1976, filha de Iná
Cristina Arruda Cabral Silva (Pn.151) e de Fernando Luiz Villar Cabral
Silva ( Bacharel em Administração e Economia pela Universidade
Estácio de Sá Rio de Janeiro. Formação em Inglês pela Havergal
College Toronto Canadá).
MARIA CLÁUDIA BACELAR DE ARRUDA (Tn. 384.), Médico, filha de
Raimundo Ananias de Arruda ( Bn. 89) e de Maria Estela Bacelar de
Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 7 de dezembro de 1948. Solteira.
MARIA CLEOMAR VASCONCELOS SOUSA ARAÚJO (Pn. 1745.)
Farmacéutico Bioquímica, filha Francisco Honorato de Souza e de Ilka
Arruda Vasconcelos( Qn.1430). Nasceu em Cariré, Ceará, 17 de janeiro de
1947. Casou-se a 19/01/1972, em Cariré, com José Mário de Araújo, n. a
13/10/1939, em Acaraú , Ceará. Professor de Música do Conservatório
Alberto Neponumcema, em Fortaleza , filho de Manoel Alves de Araújo e
de Maria José da Silveira.
MARIA CONSUELO ARRUDA SABINO (Tn. 266.), filha de Antônio
Austregésilo Vasconcelos Arruda (Bn.68) e de Júlia Coelho da Fonseca.
Nasceu em Baturité, Ceará, a 30 de dezembro de 1921. Casou-se a
11/05/1945 em Fortaleza com José Garcêz Sabino n. a 19/03/1913 em
Massapê, filho de Francisco Sabino da Costa 161e Maria Gerviz Sabino.
160
João Soares de Moura, faleceu a 14.04.1982, em Fortaleza , filho de Manoel Soares de
Moura e de Maria Luiza de Moura. Casou-se com Raimunda Marciel de Moura ( Certidão de
Óbito – Cartório Norões Milfont, folhas 60v do Livro nº c27 do Registro de Óbito)
161
Francisco Sabino da Costa n. a 21/03/1865, filho de Vicente Sabino da Costa e de
Maria Alberta da Costa;casou-se com Maria rviz Sabino n. a 04/071864, filha de José
Garcês Gomes de Andrade e de Rita Delfa de Andrade ( Apud Arruda, F.A.V. &
Carvalho, Evilásio – Cronologia Genealógica Massapeense, no prelo)
289
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARIA CRISTINA COELHO DE ARRUDA (Bn. 13), filha do emérito
professor Vicente Ferreira de Arruda (N.11) e de Guilhermina Gomes
Coelho. Nasceu em Sobral a 22 de fevereiro de 1855 e faleceu a
30/07/1942, na mesma cidade. Casou-se em 1881 com o maestro
Zacarias Thomaz Da Costa Gondim n. a 29/12/1851, em Sobral, filho
do maestro Galdino José Gondim162 (filho do Professor Zacarias Vieira
da Costa e Maria Luíza Gondim)
e de Maria Clara de Araújo (filha de José Joaquim de Araújo e de
Francisca Clara de Araújo). Zacarias Thomaz da Costa Gondim
estudou música com seu pai, e humanidades com os professores
162
Galdino José Gondim, nasceu em Canindé a 22 de novembro de 1829 e faleceu a 8 de
novembro de 1915, deixando uma grande descendência r uma família de musicistas, filho de
Zacarias Vieira da Costa e de D. Maria Luísa Vieira Gondim, casou-se em Sobral a 8 de junho
de 1850 com D. Maria Clara de Araújo, filha de José Joaquim de Araújo e de D. Francisca
Clara de Araújo. O Major Ângelo José Ribeiro Duarte foi um dos homens mais progressistas
do Sobral Antigo. O seu nome está ligado a vários melhoramentos, introduzidos na velha
Caiçara, associando-se a todas as instituições, quer de caráterpuramente comercial, quer de
caráter social ou religioso. Foi o Major Ângelo que, desejoso de promover o estudo de piano e
de canto em Sobral, contratou com o Maestro Galdino José Gondim a sua vinda para a cidade,
em 1848. Chegando a Sobral o Maestro Galdino Gondim, encontrou um violoncelista e um
excelente violinista, vindo do Rio Grande do Norte, e com estes e mais um pequeno elemento
que encontrou na cidade conseguiu organizar uma orquestra muito regular para a época e não
inferior às de outras localidades. “ O professor Galdino Gondim, escreveu o seu filho Zacarias
Gondim, tem algumas composições sacras, pouca é verdade, mas não posso emitir juízo sobre
ellas porque, como filho, me considero suspeito para apreciá-las; entretanto seja-me lícito dizer
que, se não fossem os incômodos da vista e a negação que tem para exibições, teria feito
mais. Nos arranchamentos, transcrições e sua instrumentação nota-se nelle gosto pela arte.
Não gostava de repetir, por muito tempo as mesmas músicas, pelo que tinha um repertório
talvez o mais variado até então, principalmente de músicas sacras; tocava vários instrumentos,
o que tão necessário era a um regente de orquestra no interior do Ceará, inclusive o
violencello, instrumento como que obrigatório a todo o mestre de capella.” Por algum tempo os
sobralenses gozaram, senão as harmonias de uma boa orquestra, ao menos as melodias e
acordes de uma espécie de quarteto, misto, pois o violoncellista também cantava, certamente
melhor do que a música de outras localidades vizinhas. O prof. Galdino Gondim durante muitos
anos tratou a população da cidade pelo sistema homeopático, adquirindo no exercício dessa
profissão grande experiência, pelo que era considerado até pelos médicos diplomados como
bom terapeuta, afirma D. José Tupinambá da Frota em seu Livro sobre a História de Sobral.
Teve em Sobral uma fábrica afamada de cigarros, brancos e amarelos, e outra de
pólvora, que incendiou-se em 1891.
Foi agente do Correio durante vários anos, desempenhando seu ofício com
inatacável honestidade (Apud Frota, D. José Tupinambá da – História de Sobral, 2@!
Edição, Editora Henriqueta Galeno, Fortaleza, 1974, pgs411 a 413).
290
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Vicente Ferreira de Arruda e Emiliano Frederico de Andrade Pessoa.
Habilitou-se para o magistério no Liceu do Ceará em 1872. Voltando
a Sobral - CE, abriu aula particular, dedicando-se também aos
misteres do foro, funcionando como advogado, Promotor interino,
etc. Tirou depois em concurso o 2.º Tabelião em Sobral. Foi um dos
iniciadores e redatores do "Sobralense", Secretário e Sócio Fundador
da "União Sobralense", "Gabinete de Leitura" e outras Associações.
Exibiu-se na Tribuna várias vezes, entre outras produções,
correm impressos de seus discursos sobre a.Libertação dos Escravos
e Inauguração do Gabinete de Leitura.
Comissionado pelo Partido Liberal, fez a oração fúnebre por
ocasião das exéquias solenes do Senador Francisco de Paula Pessoa.
Em 1888 foi eleito Deputado provincial pelo 3.º Distrito e serviu na
Assembléia o cargo de l.º Secretário. Em 1891 foi convidado pelo
Bispo do Pará, D. Jerônimo Thomé da Silva, para ocupar uma cadeira
e o lugar de Secretário do Instituto da Providência, mas recusou o
oferecimento por ter sido nomeado Diretor do Asilo de Alienados de
São Vicente de Paulo, em Parangaba, cargo que exerceu até a data
em que foi nomeado Professor Vitalício de Musica do Liceu do Ceará
por ocasião da reforma do ensino secundário, feita pelo Presidente
Dr. José Freire Bezerril Fontenelle. Zacarias publicou os seguintes
trabalhos: a) Músicas e danças indígenas (ligeira notícia sobre a
música dos índios da América do Sul por ocasião da descoberta do
Brasil em 1500). Esse trabalho foi publicado na República, de
Fortaleza, em 1900. b) Traços ligeiros sobre a evolução da música no
Brasil, especialmente no Estado do Ceará. Esse trabalho foi publicado
no livro comemorativo da vinda dos primeiros portugueses ao Ceará,
em 1903. Publicou: Música Popular ou Nacional; Apreciação ao Hino
Nacional; Origem dos Instrumentos Musicais e uma série de artigos
sobre o modo de entender as prescrições contidas no Motu próprio
de S. S. Pio X, relativamente à música Sacra. Das suas composições
musicais se conhecem as seguintes: "Hino a D. Joaquim José Vieira;
Hino de N. Senhora de Lourdes; Dois outros breves, Ladainhas e
291
Dicionário Biográfico - Família Arruda
música ligeira de dança". (Dicionário Bibliográfico de Barão de
Studart, p. 221).
MARIA CRISTINA FURTADO LIMA (Qn. 757., filha de José Eymard de
Arruda Furtado (Tn.289) e de Albanita de Melo Furtado. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 11 de agosto de 1958. Graduada inicialmente em
Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e,
posteriormente, em Psicologia, pela Universidade Federal do Rio
Grande do Norte; especialização pela Universidade Federal do Rio
Grande do Norte; mestrado nos Estados Unidos pela East Tennessee
State University; doutorado pela Univeristy of North Carolina in
Greensboro (EUA). Casou-se a 24/12/1978 em Fortaleza com Armando José de Melo Lima n. a 13/02/1953 em Fortaleza; Engenheiro
Mecânico, filho de Marcelo Porto Lima e Maria Zaide de Melo
Lima.Residentes na Carolina do Norte (EUA).
MARIA DA CONCEIÇÃO ARRUDA CARNEIRO (MARIA ARRUDA
CARNEIRO) (Tn. 108), filha de Domingos Aguiar Arruda (Bn.41) e de
Francisca Linhares Arruda ( Chiquinha). Nasceu em Sobral a 20 de
janeiro de 1907 e faleceu em Fortaleza a 16 de março de 1986.
Casou-se em Sobral a 09 de janeiro de 1933 com seu "tio afim",
então viúvo, Pedro Aguiar Carneiro, n. a 03/08/1903, em Aracatiaçu,
CE, e falecido a 07/11/1947, em Sobral. Era filho de Antônio da Costa
Carneiro e de Maria José Aguiar Carneiro. Próspero comerciante em
Sobral e de grande relacionamento com a sociedade local. Tendo
falecido ainda muito cedo, a 7 de novembro de 1947, com apenas 44
anos de idade, em Sobral. Maria Arruda, então viúva, passou por
momentos difíceis com os (8) oito filhos, dos quais alguns ainda
criança e muitos problemas a serem resolvidos, inclusive com os
familiares. Retirou-se para o Sertão do Aracatiaçu, onde tinha uma
pequena propriedade e lá conseguiu atravessar todas as intempéries
e a situação que se encontrava com a morte de seu esposo. Mantevese fiel aos seus princípios religiosos e com a força interior,
292
Dicionário Biográfico - Família Arruda
determinação e coragem superou todos os obstáculos e ser vitoriosa
com o sucesso obtido por todos seus filhos, graças a educação que
conseguiu impor aos filhos, formou com nível superior a quase
todos, dos quais dois médicos e os demais comerciantes e industriais
de grande destaques na Zona Norte do Estado do Ceará.
MARIA DA CONCEIÇÃO ARRUDA FERREIRA GOMES (Qn. 234),
Normalista, filha do empresário Francisco Linhares Arruda (Tn.111) e
de Maria de Jesus Vasconcelos Arruda. Nasceu em Crateús (CE) a 31
de maio de 1942. Fez os seus estudos até o Normal, relativo ao
segundo grau, o que acontecia com a grande maioria das mulheres
da época. No entanto, continuou se aperfeiçoando através de
leituras ampliando seus conhecimentos gerais. Casou-se em Sobral
aos 20 anos de idade a 19/03/1963 com o Dr. Francisco José Ferreira
Gomes, n a 26/05/1934, em Acaraú, filho do empresário João Jaime
Ferreira Gomes e de Maria Alice Ramos Ferreira Gomes. Bacharel em
Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Piauí. Como
Advogado exerceu a função de Assessor Jurídico da Companhia de
Eletrificação do Estado do Ceará (COELCE). Deputado Estadual pela
Aliança Renovadora Nacional (ARENA), 1977. Foi Secretário
Municipal de Acaraú durante a gestão de João Jaime Ferreira Gomes
Filho; Diretor de Planejamento da Empresa Cearense de Tuismo
(EMCETUR). Exerceu ainda a Presidência da Fundação Cearense de
Meteorologia (FUNCEME). Vem dedicando grande parte de seu
tempo à poesia memorialista e aos ensaios biográficos, tendo
publicado: Árvore Genealógica dos Meus Avós; Menino da Barra –
Poema Memorialista; Septuagésimo Aniversário de um Líder ( Dados
Biográficos de João Jaime Ferreira Gomes); Sacerdotes da Prainha –
Turma de 1931 (Dados Biográficos) (Opúsculo); Veleiros do Meu Pai –
Continuação do Menino da Barra – Poemas; Dados Biográficos do
Prof. João Ramos Ferreira da Costa – O pioneiro das chuvas artificiais
no Brasil (Opúsculo); Centenário de Nascimento dos Meus Avós Cel.
José Philomeno Ferreira Gomes e Dona Firmina Ferreira Gomes. No
293
Dicionário Biográfico - Família Arruda
prelo, se encontra ainda vários outros trabalhos como: Caminho da
Perseguida – Poemas, conclusão da Triologia da Memória
Acarauense; Nas Ribanceiras do Velho Monge; A Senhora das Casas
Grandes de Juazeiro e Salgadinho (Dados Biográficos de Dona Amélia
Bezerra de Menezes).
MARIA DA CONCEIÇÃO ARRUDA LINHARES (Mãezinha) (Bn. 39), filha
primogênita de Antônio Florêncio de Arruda (N.18) e Francisca Maria
do Carmo Aguiar. Nasceu em Massapê a 2 de fevereiro de 1864 e
faleceu em Sobral 4 de novembro de 1954, com quase 91 anos de
idade, cercada de seus familiares. Neta paterna de Alexandre José de
Arruda e bisneta do português Amaro José de Arruda, este patriarca
da família Arruda no Estado do Ceará. Maria da Conceição, é uma das
matriarcas da família Linhares Arruda, em Sobral. Tinha uma
personalidade forte e muito bem relacionada com na sociedade.
Ficou viúva após 40 anos de casada, aos 56 anos de idade, tendo que
administrar as dificuldades imposta pela própria vida, mas sempre
contando com a presença e o apoio de seus filhos que lhe queriam
muito bem. Como ela moravam três filhas e dois netos, em uma
residência de grande porte na Rua do Aurora, lugar privilegiado em
Sobral. Os filhos e netos a chamavam por Mãezinha. Casou todos os
filhos tiveram projeção dentro da sociedade local e vida econômica e
social de
294
Dicionário Biográfico - Família Arruda
destaque em Sobral. Foi casada com o comerciante Manuel Alves
Linhares, nascido em 1849 em Santana do Acaraú, CE, falecido em
Sobral a 13 de março de 1920, filho de João Alves Linhares163 e
Francisca de Araújo Costa, de tradicionais famílias da Ribeira do
Acaraú, pioneira na colonização da região juntamente com os
Ferreira da Ponte, Os Gomes Parente, Os Arrudas e outras. Do casal
nasceram os filhos:: João de Maria Linhares ; Francisca Arruda
Linhares Raimunda Arruda Linhares; Maria do Sacramento Arruda
Linhares ; Antônio de Maria Linhares; Maria José Arruda Linhares ;
Maria do Patrocínio Arruda Linhares; Maria Carminda Arruda
Linhares; José Maria Arruda Linhares; Vicente de Maria Arruda
Linhares; Maria Luiza Arruda Linhares; Maria de Lourdes Arruda
Linhares ; Luiz de Maria Arruda Linhares.
MARIA DA CONCEIÇÃO CARDOSO LINHARES FEIJÃO ( Temis)
(Qn.199) filha do capitalista Luís Maria Arruda Linhares (Tn.102) e de
Alda Cardoso Linhares. Nasceu em Crateús (CE). Casou-se a
27/12/1958 com José Airton Feijão, Cel. do Exército, filho de Vicente
Feijão e de Maria de Lourdes Feijão. Do seu enlace matrimonial
163
(1)
João Alves Linhares, filha do Cap. José Alves Linhares , (filho do sargento(2)
mór Antônio Álvares Linhares e D. Inez Madeira de Vasconcelos) e Rita Teresa
de Jesus (filha do capitão-mór José de Araújo Costa (português) e sua tia D. Brites
de Vasconcelos (uma da sete irmãs) filha de Manoel Vaz Carrasco e D. Maria
Madalena de Sá). Casou-se a 25.10.1825, em Mumbaba Distrito de Massapê , com
sua prima Francisca de Araújo Costa, filha de Narciso Lopes de Aguiar e de D.
Maria Quitéria de Jesus- Neta pelo lado materno do Capitão José de Araújo Costa
(Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol IV – Os Linhares, Tomo VII, pg
1595)
295
Dicionário Biográfico - Família Arruda
nasceram três filhos: Luciano Linhares Feijão, Paulo Airton Feijão e
Socorro de Maria Linhares Feijão.
MARIA DA CONCEIÇÃO FIGUEIREDO MENEZES (Qn. 252), filha de
João Vidal Figuerêdo e de Maria Úrsula Arruda Figuerêdo (Tn.122).
Nasceu em Uruburetama (CE) a 21 de outubro de 1943. Formada em
Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) com Pós graduação em Geografia. Casou-se em Fortaleza a 09/07/1998 com
José Arimathéa Menezes, n. a 06/11/1926, filho de Francisco Júlio
Menezes e de Maria Eliza Menezes. Sem sucessão.
MARIA DA CONCEIÇÃO LINHARES ANDRADE (Qn.191),
Professora,filha do comerciante Vicente de Maria Arruda Linhares
(Tn.99) e de Raimunda Nonata Ribeiro de Oliveira Linhares. Nasceu
em Sobral, Ceará, a 31 de março de 1944. Professora estadual,
grande incentivadora da família. Participa ativamente da vida
profissional do esposo apoiando em todas as decisões e encorajandoo frente às dificuldades que atravessaram financeira no início da
construção de uma família. Casou-se em Sobral a 07/12/1967 com
Francisco Valmir Andrade, filho de José Alencar de Andrade164 e de
Maria Estefânia Andrade. Nasceu em Sobral, Ceará, a 26 de junho de
1943. Cursou as primeiras letras com professora Maria Frota e o
ginasial no Ginásio São José e posteriormente no Colégio Sobralense.
Ingressou, em 1962, na Escola Técnica de Comércio Dom José, escola
tradicional que tinha grandes nomes em seu quadro docente.
Trabalhou em diversas empresas em Sobral, sempre se empenhando
e recebendo elogios de seus empregadores por seu esforço e
vontade de trabalhar. Um dia conseguiu emprego no Armazém do Sr.
Linhares, homem probo, que viria a ser seu futuro sogro, e
164
José Alencar de Andrade, nasceu em Patriarca, Município de Sobral , filho de Joaquim
Gomes de Andrade e de Maria Glória de andrade. Casou-se com Maria Estyefânia
Andrade,(pp)
296
Dicionário Biográfico - Família Arruda
novas portas de abriram. Iniciou sua carreira de contabilista em 1964
tão logo se formou na Escola Técnica. Trabalhou com seu irmão,
Eudes Andrade, grande orientador de sua vida, de quem
posteriormente se tornou sócio. Em 1968 fundou uma empresa que
prestava serviços contábeis, o Escritório de Contabilidade Valmir
Andrade. No início, a empresa contava apenas com dois funcionários.
Com sua perseverança, a empresa foi crescendo e conquistando cada
vez mais confiança e respeitabilidade de seus clientes, galgando
vários degraus até chegar ao patamar em que se encontra. A
Empresa Valmir Andrade Assessoria Empresarial, conta hoje com
mais de 55 funcionários atua de toda região prestando os mais
variados serviços na área contábil, cobrança de aluguéis e
administração de condomínios, além de ser pioneiro na criação do
primeiro Tribunal Arbitral da região. Valmir Andrade é um ativista
dentro de sua classe, tendo sido um dos fundadores do Sindicato dos
Contabilistas de Sobral, onde exerceu diversos cargos na diretoria,
tendo sido inclusive presidente. Atualmente, por conta de sua
constante busca por desafios, assumiu a empreitada de ser Ecônomo
da Diocese de Sobral, o que lhe rendeu muitas responsabilidades.
Traço marcante de sua personalidade é empenho e o prazer com que
se dedica ao trabalho e às atividades a que se propõe a realizar,
pautando suas ações com ética e humanidade. Foi presidente do
Lions Clube Caiçara e por várias vezes secretário do mesmo Clube,
MARIA DA CONCEIÇÃO LIRA GURJÃO (Mariinha) (Qn. 1414), filha de
José Peregrino Lira e de Maria José Arruda Lira (Tn.543). Nasceu em
Massapê, Ceará, cidade encravada no sopé da Serra da Meruoca, a
30 de dezembrode 1934. Casou-se a 30/12/1955 com Ademar
Távora Gurjão, filho de Ernesto Fernandes Gurjão e de Maria
Carmelita Távora Gurjão. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 5 de junho
1923 e aí faleceu a 24/07/1997. Foi funcionário do Banco da Lavoura
posteriormente Banco Real, em Fortaleza,Ceará.
297
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARIA DA CONCEIÇÃO RANGEL DE PAULA PESSOA (Pn.327), filha
do empresário José Edson Rangel (Qn.139.) e Maria Alpha
Mont´Alverne Rangel. Nasceu em Sobral a 6 de outubro de 1943.
Casou-se a 06/10/1962 com Darcy Barbosa Pires Paula Pessoa, filho
de José Barbosa de Paula Pessoa165 e Jandira Pires Barbosa Paula
Pessoa, de tradicionais famílias da Zona Norte do Estado do Ceará.
Foi bancário, ocupou diferentes posições no Banco do Nordeste do
Brasil, Nasceu em Sobral, Ceará, a 18 de fevereiro de 1938 e faleceu
em Fortaleza, Ceará, em 2012. Do seu consórcio nasceram três
filhos:Francisco Sérgio Rangel de Paula Pessoa, médico; Darcy Pires
de Paula Pessoa Júnior, arquiteto; Ticiana Maria Rangel de Paula
Pessoa, Engenheiro Civil, com os quais cultivou uma grande amizade.
MARIA DAS GRAÇAS CARVALHO MAPURUNGA (Qn. 204), natural de
Viçosa do Ceará, filha de Raymundo da Silveira Carvalho (Raimundo
Olímpio) (Tn. 88) e de Francisca Fontenelle Pacheco Carvalho.
Casou-se em Viçosa do Ceará com José Maria Mapurunga, filho de
Clóvis Carneiro Mapurunga e de Julita Nogueira Mapurunga. Do seu
consórcio nasceram os filhos: José Maria Mapurunga Filho; Maria da
Conceição Carvalho Mapurunga; Mardônio Carvalho Mapurunga;
Francisco Haroldo Carvalho Mapurunga; Clóvis Carneiro Mapurunga
Neto e Carlos Augusto Carvalho Mapurunga, todos nascidos em
Viçosa.
MARIA DAS GRAÇAS DE ARRUDA COELHO MAGALHÃES (Qn.97),
Professora, nascida em Sobral a 28 de outubro de 1947, filha de José
Huet de Arruda Coelho (Tn.37) e Raimunda Fontenele de Arruda
Coelho. Concluiu o curso normal no Colégio Sant’ Ana, em Sobral.
Formada em Letras pela Universidade Vale do Acaraú. Aposentou
165
José Barbosa de Paula Pessoa, filho de João Barbosa de Paula Pessoa, neto paterno do
Senador Vicente Alves de Paula Pessoa e de sua Segunda mulher Ana Barbosa de Paula
Pessoa, e de Francisca Aragão de Paula Pessoa, casou-se com Jandira Pires Chaves, filha de
Ismael Pires Chaves e de Maria Chaves (Apud Araújo, Sadoc- Cronologia Sobralense, Vol
IV, pg 105).
298
Dicionário Biográfico - Família Arruda
como professora do Estado em Sobral. Casou-se com João Bosco
Muniz Magalhães n. a 02/05/1942, filho de Jacob Magalhães e de
Frederica Muniz Magalhães.
MARIA DAS VIRGENS ARRUDA VASCONCELOS (Bn. 45.), filha de Antônio
Florêncio de Arruda (N.18) e de sua segunda esposa Filomena Ribeiro
da Ponte. Nasceu na localidade de Oiticará município de Massapê,
Ceará, a 29 de agosto de 1894 e faleceu na cidade de Massapê, Ceará, a 5
de março de 1951. Neta paterna de Alexandre José de Arruda e bisneta do
português Amaro José de Arruda, patriarca da família Arruda no
Estado do Ceará. Casou-se em Massapê a 1º de fevereiro de 1917 com
Antônio Araújo de Vasconcelos166, n. a 10/05/1892, em Massapê, e
falecido a 21/07/ 1974, em Sobral. Era filho de Miguel Araújo de
Vasconcelos167e de Francisca Cândida
de Carvalho Vasconcelos.
Agropecuarista. Homem de estatura alta, de muita coragem na lida com
o gado. Tinha duas propriedades na Serra da Meruoca de nome Urubú e
Cavalo Morto e outra em Massapê. Passando o período das águas no
Sertão e o periodo seco na Serra. Como diziam do Birim pra Beroca. Assim
criava o seu gado. Ao lado da sua residência tinha um curral grande que
ainda muito cedo arreava o leite das vacas. Quando necessitava ir a
Sobral, montava seu cavalo alazão e em nossa casa se hospedava. Fez
muitas viagem a Aracati-Açú para fazer aquisição de animais e visitar seus
familiares. Quando enviuvou, conheceu a Madrinha Brígida, ou seja Maria
Brígida Barroso, sua futura esposa por lá, com ela teve ainda quatro filhos:
Antônio Leocádio, Miguel Araújo, Maria Gorete e Antônio Araújo Filho.
Maria das Virgens Teve com Antônio Araújo Casconcelos oito filhos: Maria
de Jesus, Vicente , Manoel, Francisco, Israel, Francisco Araújo, Bosco e
Francisca Arruda Vasconcelos ( Fransquinha). Educou todos os filhos da
166
Antônio Araújo de Vasconcelos, casou-se em segundas núpcias com Brígida Barroso
Vasconcelos, filha de.......................................... e de ................................. Deste matrimônio
teve quatro filhos: José Leocádio, Miguel, Antônio Araújo eGorete.
167
Miguel Araújo de Vasconcelos, filho de Manoel José de Vasconcelos. Casou-se com Francisca
Cândida Dias, filha de João Dias de Carvalho.
299
Dicionário Biográfico - Família Arruda
melhor maneira que pode. Todos prosperaram, homens voltados a
agropecuária e ao comércio.
MARIA DE JESUS LINHARES ARRUDA (Tn. 113.), Empresária, filha de
Domingos Aguiar Arruda (Bn. 41) e de Francisca Linhares Arruda.
Nasceu em Sobral a 25 de dezembro de 1922. Pessoa por demais
alegre. Empreendedora, não se deixava se abater pelas dificuldades
que se apresentavam. Soube manter seus negócios com equilíbrio e
dando ritmo crescente aos seus empreendimentos. Pelo
conhecimento na área de enfermagem, foi chamada, várias vezes,
para atender a família. Casou-se a 11/04/1942 e separou-se de
Atualpa Pontes Aguiar, n. a 05/04/1929, em Frecheirinha e faleceu
em Tianguá . Comerciante e agropecuarísta, filho de João Capistrano
de Aguiar 168e de Maria Pontes Aguiar.
MARIA DE LA SALETE MENESES DE ARRUDA ( Tn.367), Servidora
Pública, filha de Luís Olyntho de Arruda ( Bn. 88.) e de Maria Celeste
Meneses de Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 3 de novembro de
1936. Formada pela Faculdade Católica de Filosofia, Licenciatura em
Letras Neo-Lat-nas. Funcionária da Secretaria de Educação do Estado
do Ceará.Solteira.
MARIA DE LOURDES ARRUDA BASTOS (Tn. 300.), filha de Raimundo
Vasconcelos Arruda (Bn. 72) e de Noemy Távora de Assis Arruda. Nasceu
em Lisboa, Portugal, a 9 de fevereiro de 1924. Casou-se a 06/12/1943,
em Baturité, com RAIMUNDO CÉSAR BASTOS n. a 15/04/1917 em
Saboeiro (CE), filho de José Bastos de Oliveira e Maria das Dores César
Bastos.
168
João Capistrano de Aguiar, casou-se três vezes. A 1ª, com Maria Pontes Aguiar. A 2ª,
com Joana Aguiar. A 3ª, com Débora Valfredo de Aguiar. Do 1º, matrimônio nasceram os
seguintes filhos: (1) Abdias Pontes Aguiar, (2) Abdon Pontes Aguiar, (3) Aderbal Pontes
Aguiar, (4) Atualpa Pontes Aguiar, (5) Adélia Pontes Aguiar, (6) Ana Pontes Aguiar, (7) Alaíde
Pontes Aguiar. Do 2º Matrimônio nasceram os seguintes filhos: (1) Maria Aguiar Arruda, (2)
Teresina Aguiar. Do 3° Matrimônio nasceram; (1) Tarcísio Capistrano de Aguiar, (2) Francisco
Capistrano de Aguiar, (3) José Capistrano de Aguiar, (4) Nivardo Capistrano de Aguiar, (5)
Celeste Valfredo de Aguiar, (6) Neomésia Valfredo de Aguiar, (7) Maria Liduína Aguiar (P.O.).
300
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARIA DENISE PEREIRA (MANINHA OU MADENISE) (Qn. 1348.), filha de
Estanislau Rubens Pereira e de Francisca Olinda Arruda Pereira ( Francy) (
Tn.517). Nasceu em Massapê , Ceará, a 29 de setembro de 1927. Freira
Missionária, ingressou na Congregação das Irmãs Missionárias Jesus
Crucificado, em Campinas (SP), em 28/08/1947. Posteriormente,
transferiu-se para Teresina (PI), em 1954, com um interstício de dois anos
(1956/1957) em Fortaleza, para depois voltar, em 1958, como que
definitivamente, para a Capital do Piauí. Na Capital piauiense, trabalha há
mais de cinquenta anos, sempre exercendo cargos de relevo na sua
congregação. O Governo do Estado, em reconhecimento a esses
meritórios serviços prestados, concedeu-lhe o título de “ Cidadã Honorária
do Piauí”. Sua Congragação, a princípio embrionada sob a forma de uma
Associação, na qual se reuniam nove (9) jovens numa casa cedida pela
família Villac, na cidade de Campinas (SP), tornou-se, a partir de 3 de maio
de 1928, data de sua fundação, pelo Bispo dessa cidade, Dom Barreto, o 2º
bispo de Campinas, falecido em 1942 e pela Madre Maria Villac, falecida
em 1978, uma florescente Congregação Religiosa, passando das primitivas
nove associadas para 2.117 Irmãs Missionárias de Jesus Crucificado.
Iniciando sua internacionalização pelo país africano de Angola, a
Congregação foi-se expandindo para outros países, principalmente na
américa Latina, mas também na África, a saber: Chile; Equador, Bolívia,
Paraguai, Nicarágua e, além de Angola já referida, Moçambique no
território africano. No Vaticano, a Congregação administra uma Casa. No
Brasil, a Congregação está espalhada por quase todos os Estados, sendo
sua sede geral localizada em Campinas (SP).
MARIA DENISE PEREIRA BEZERRA (Pn.1633) filha de Artur Pontes
Bezerra e de Maria José Bezerra (Totinha) (Qn.1352). Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 16 de setembro de 1966. Formada pela
Universidade Estadual do Ceará (UECE), em Pedagogia. Fez pósgraduação em Psicopedagogia, pela Universidade Estadual Vale do
301
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Acaraú (UVA). Está cursando Administração de Empresas. Exerce
atualmente sua profissão no serviço Social da Indústria (SESI), entidade
vinculada à Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).
Solteira.
MARIA DO AMPARO ARRUDA FERREIRA GOMES (Pn. 736),
Advogada, filha de Francisco José Ferreira Gomes e de Maria da
Conceição Ferreira Gomes (Qn.212). Nasceu em Fortaleza, Ceará, a
14 de setembro de 1971. Formada em Direito, pela Universidade
Federal do Ceará. Pertence ao quadro de Agentes da Polícia Federal.
Solteira.
MARIA DO CARMO ARRUDA FURTADO (Qn. 704.), Psicóloga, filho
de Francisco Soares Arruda (Tn.273) e de Célia Itagyba Arruda.
Nasceu no Rio de Janeiro, a 05 de julho de 1947. Casou-se a
26/07/1969 em Brasília (DF) com Aleixo Anderson de Souza Furtado n.
a 12/10/1942 em Rio Grande (RS), filho de Augusto de Araújo Furtado
e Yara Torres de Souza Furtado.
MARIA DO CARMO ARRUDA MARQUES (Qn. 1175.), filha de Francisco
Waldiny Soares Arruda (DIL) e de Margarida Vasconcelos Marques.
Nasceu em Massapê, Ceará, a 26 de fevereiro de 1957. Casou-se a
22/11/1975, em Massapê, com José Jeová Marques n. a 12/08/1943,
em Massapê, filho de José Arimatéa Marques169 e de Maria da
Conceição Marques.
MARIA DO CARMO COSTA (BIBITÁ) (Qn. 1287.), filha de Jacinto
Gregório da Costa e de Maria Letícia Arruda Costa (Tn.503). Nasceu em
169
José Arimatéa Marques, filho de José Agdo Marques e de Isabel Lourdes Marques de Maria. ;casou-se
com Francisca das Chagas, casou- se duas vezes, a 1ª com Francisca das Chagas Vasconcelos (
Chaguinha), filha de João do Carmo e de Francisca Cândida de Vasconcelos, a 2ª, a 19/10/1939, em
Massapê /12/, com Maria da Conceição Marques (Marizuta) n. a 29/06/1916, em Massapê /12/,
atualmente com 93 anos de idade, em plena lucidez, residindo em Massapê /12/, filha de José
Sebastião de Lira e de Teresa Arruda de Vasconcelos (Teresinha).( Arrudfa, F.A.V. & Carvalho, Evilásio
– Cronologia Genealógica Massapeense, prelo).
302
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nova Olinda, município de Santana do Acaraú, Ceará, 24 de agosto
de 1937. Casou-se a 24/12/1956 com José Waldemar Costa, n. a
07/03/1914, em Massapê, este em 2ª núpcias, viúvo de Maria Alda
Costa, filha de Raimundo Nonato Costa e de Maria Angélica Costa.
Comerciante de destaque em Massapê. Líder político. Vereador por
oito vezes pela Câmara Municipal de Massapê. Foi eleito VicePrefeito de Massapê e posteriormente assumiu a prefeitura pelo
período de dois meses, durante o processo de cassação do então
prefeito. José Waldemar, era filho de Elpídio Marques Costa170e de
Maria José Costa, de família que se radicaram em Massapê, ainda
quando Vila.
MARIA DO CARMO RUBENS PEREIRA (Qn.1354.), filha de Estanislau
Rubens Pereira e de Francisca Olinda Arruda Pereira ( Francy) (Tn.517).
Nasceu em Massapê, Ceará, a 8 de julho de 1938. Segundo seu
sobrinho Danilo Pereira, “ Deus reservou-lhe, entre seus irmãos, o papel
de verdadeiro “ escudeiro” de sua mãe, Francy, ao lado de quem
permaneceu, diurtunamente, com um zelo e devotamento inspirado
pelos céus, durante décadas, até aos últimos e finais momentos da vida
de sua mãe.
MARIA DO LIVRAMENTO ARRUDA SANTOS ( Lia Arruda) (Qn. 786.),
filha de Clemente Olintho Távora Arruda (Tn.301) e de Rocilda
Germano Arruda. Nasceu em Sobral, Ceará, a 14 de outubro de 1951.
Servidora do Instituto de Previdência do Estado do Ceará
(IPEC), chefiou sua Agencia
em Baturité. Quando da
administração Municipal de seu pai, foi colocada a disposição da
Prefeitura, sem ônus para a municipalidade, foi nomeada Chefe
170
Elpídio Marques Costa , n. a 06/01/1889, em Massapê , filho de Joaquim Marques da
Costae de Floripes Maria da Conceição, casou duas vezes, a 1ª, com Maria José Costa, a 2ª,
com Maria do Carmo Souza,n a 07/08/1914, em Massapê , filha de Raimundo Gonçalves
Souza e de Maria Rodrigues de Mattos, a 03 de agosto de 1935, em Massapê ( Apud Arruda,
F.A.V. & Carvalho, Evilásio – Cronologia Genealógica Massapeense – prelo).
303
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Gabinete, acumulando suas funções como Supervisora do
Centro Comunitário “Comendador Ananias Arruda” quando
relevantes serviços. casou-se a 30/10/1971 em Fortaleza, e
divorciou-se de Francisco Assis de Lima Santos (Tico) n. a 02/06/1946
em Baturité, filho de José de Oliveira Santos e Clarice Nair de Lima
Santos.
MARIA DO SOCORRO ARRUDA BARROSO (Tn. 138), Advogada, filha
de Ricardo José de Arruda ( Bn.43) e de Maria da Conceição Aguiar
Arruda. Nasceu em Fortaleza. Formada em Ciências Jurídicas e
Sociais, em 1963, pela Faculdade de Direito da Universidade Federal
do Ceará. Formada em Administração Pública em 1978, pela
Faculdade de Administração da Universidade Estadual do Ceará.
Técnica em Administração da Secretaria de Administração do Estado.
Como Funcionária Pública, chefiou vários serviços e Secções do
Departamento do Serviço Público (DSP), atual Departamento de
Administração do Pessoal Civil (DAPEC). Chefiou a Agência de Pessoal de
Fortaleza do DAPEC. Especializou-se na área de Administração de
Pessoal. Executou vários trabalhos técnicos em órgãos da Administração Estatal direta e indireta. Reorganizou e Reestruturou em
1973/74, o Departamento de Administração Geral, atual Secretaria
de Administração do Estado do Piauí. Atualmente é Supervisora de
Apoio (Administradora) do Sistema Nacional de Emprego - SINE/CE.
Casou-se em 1967, em Fortaleza, com Paulo Barroso Filho.
Funcionário Público Estadual, filho de Paulo Barroso e de Francisca
Adeodato Barroso.
MARIA DO SOCORRO ARRUDA D' ALVA (Qn. 236), Normalista, filha
de Francisco Linhares Arruda (Tn.111) e de Maria de Jesus
Vasconcelos Arruda. Nasceu em Crateús (CE) a 12 de abril de 1947.
Casou-se a 16/12/1967, com Francisco das Chagas d'Álva e Souza, n.
a 24/11/1942, em Fortaleza e faleceu a 06.01.2008. Foi funcionário
do Banco do Brasil, tendo exercido vários e importantes cargos
304
Dicionário Biográfico - Família Arruda
durante sua vida profissional, filho de Oscar d' Alva e Souza e de Rita
d' Alva e Souza.
MARIA DO SOCORRO ARRUDA PONTES (SOCORRINHA) (Qn. 1343),
filho de Vicente de Araújo Pontes (Tn.519) e de Georgina Arruda
Pontes. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 19 de maio de 1944.
Formada, em 1977, no Curso Superior de Educação física, pela
Universidade de Fortaleza (Unifor). Foi professora, na especialidade
de Educação Física, nos colégios Escola Doméstica, de Natal (RN),
Colégio Farias Brito, de Fortaleza, Escola Técnica Federal do Ceará
(hoje CEFET) e Colégio Estadual Liceu do Ceará. Solteira.
MARIA DO SOCORRO DE ARRUDA MONT’ALVERNE (Qn.98), nasceu
em Sobral a 23 de junho de 1949, filha de José Huet de Arruda
Coelho (Bn. 88) e Raimunda Fontenele de Arruda Coelho. Concluiu o
curso no Instituto São Rafael em Fortaleza, onde estudou durante
vários anos, tanto no ginasial como no científico. Foi sempre muito
atuante como companheira do Lions Club, onde exerceu as funções
de primeira Dama,
quando seu companheiro assumiu a
Governadoria da Região de Teresina (PI). Casou-se com Francisco
Edward Frota Mont´Alverne, funcionário da AGESPISA, em Teresina
(PI), filho de Maria Yeda Frota e de Antônio Edward Mendes
Mont´Alverne171.
MARIA DO SOCORRO MENESES ARRUDA MARQUES (Tn. 375.),
Funcionária Pública, filha de Luís Olyntho de Arruda (Bn.88) e de
Maria Celeste Meneses de Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 26
de novembro de 1949. Funcionária da Secretaria de Educação do
Ceará. Casou-se com Silvio Soares Marques.
171
Antônio Edward Mendes Mont´Alverne, n. em Sobral a 07.06.1913, filho de Alarico
Mont´Alverne, n. em Sobral a 02.10.1886 e de Edith Mendes, n. em Sobral a 19.07.1890.
Casou-se com Maria Yeda Frota, n. em Coreaú a 11.06.1918, filha de Samuel Félix da Cunha e
de Maria Carneiro da Frota (Maroca). Yeda Frota, é paterno de Gabriel Benício da Cunha e de
Iduína Félix de Oliveira (Apud Gentil, Pe. José da Frota – Os Frotas, pg 591).
305
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARIA DO SOCORRO PONTES DIAS (Qn. 975.), filha de Antônio
Deusdeti Dias e de Teresinha Pontes Dias (Tn.362). Nasceu em Sobral,
Ceará, a 4 de abril de 1950. Formada em Direito em Brasilia. Trabalha
no Ministério do Exterior, tendo exerciddo suas atividades na
Embaixada do Brasil em Atenas e Paris. Atualmente trabalha na
Embaixada do Brasil em Bucarest (Romênia); casou-se e divorciou-se
de Décio Rocha, natural de Minas Gerais. Deste enlace matrimonial
nasceu o filho Décio Rocha filho, natural de Brsília, nascido em 20 de
novembro de 1975.
MARIA ELIENE ARRUDA SOUSA (Pn.1851), filha de Manoel Cordeiro
Arruda (Qn.1471) e de Raimunda Prado Arruda (Raimunundinha).
Nasceu em Sobral, Ceará, a 17 de julho de 1964. Casou-se a
15/03/1985 , com José Espedito Sabóia Sousa, filho de Teodoro
Gomes de Sousa e Josefa de Sabóia Sousa. Nasceu em Sobral,
Ceará, a 20 de junho de 1963. Empregado do Centro Nacional de
Pesquisa de Caprinos da Embrapa, sediado em Sobral.
MARIA ERONILDES ARRUDA (Tn. 513.), filha de Francisco das Chagas
Arruda ( Bn.126) e de sua 3º mulher Maria José Arruda ( Maroca).
Nasceu em Massapê, Ceará, uma bulólica cidade no sopé da Serra da
Meruoca, a 28 de novembro de 1921. Casou-se a 23/11/1940, em
Massapê , com José Nilson Pontes, n. a 04/05/1918, filho de Vicente
de Lyra Pontes 172e de Rita Urcesino Pontes.
172
Vicente de Lyra Pontes, n. em Massapê , em 1882, filho de José Ferreira da Ponte e de
Filomena Maria da Ponte, casou-se a 13 de abril de 1904, com Rita Urcesino de Castro (Rita
Urcesino Pontes), n. em Massapê , em 1882,filha de Urcesino Xavier Magalhães e de Rita
Delfa de Castro. Deste Matrimônio nasceram: (1)Maria Hilda Pontes cc Francisco
Cavalcante Lopes, n. a 05/02/1902, em Massapê , filho de Firmino Lopes Freire e Maria
Cavalcante Lopes, a 24 de outubro de 1924, Massapê ; (2)José Nilson Pontes, n. a
04/05/1918 c.c. Maria Eronildes Pontes, n. a 28.11.1921, filha de Francisco das Chagas
Arruda e de Maria José Arruda, a 23 de novembro de 1940, em Massapê ( Apud Arruda, F.A.
V. & Carvalho, Evilásio – Cronologia Genealógica Massapeense, prelo).
306
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARIA ESTEFÂNIA LINHARES ANDRADE AFONSO (Pn.524),
Contadora, filha de Francisco Valmir Andrade ( Qn.175) e de Maria da
Conceição Linhares Andrade. Nasceu em Sobral, Ceará, a 10 de maio
de 1971. Formada em pedagogia e em ciências contábeis, pela
Universidade Estadual do Vale do Acaraú- UVA. Trabalha no
escritório de Contabilidade de Valmir Andrade; casou-se em Sobral a
21/10/1994 com Gerônimo Prado Afonso n. a 22/10/1964 em
Sobral, onde é comerciante, filho de Fernando Afonso Marques173e
de Ivone Parente Prado. Do seu matrimônio nasceram: Ana Joyce
Andrade Afonso e Conceição Andrade Afonso, ambos nascidos em
Sobral, Ceará.
MARIA ESTHER ARRUDA BARATA (Tn. 245.), filha de José Aprígio de
Vasconcelos Arruda (Bn.67) e de Ester Proença. Nasceu em Fortaleza,
Ceará, a 14 de fevereiro de 1912. Casou-se a 07/06/1941 em Belém (PA),
com Helyophar Barros Barata ,filho de Francisco Barata e Rita Barros
Barata. Nasceu Belém, Pará, a 21 de dezembro de 1902 e aí faleceu a 30
de setembro de 1969.
MARIA FILOMENA ARRUDA BARREIRA (Tn 346.), filha de Edgard Aguiar
de Arruda (Bn.80) e de Maria Letícia Cartaxo Arruda. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 2 de março de 1941. Casou-se a 02/03/1963, com
José Luciano Gomes Barreira n. a 26/06/1935, filho do Dr. Eduardo
Ellery Barreira174 e de Maria Juracy Gomes Barreira.
MARIA FRANCISCA TERESA TÁVORA ARRUDA LIMA (Tn. 304.),
Professora, filha de Raimundo Vasconcelos Arruda (Bn.72) e de Noemy
173
Fernando Afonso Marques, filho de Antônio Marques e de Cecília Afonso. Casou-se com
Ivone Parente Prado, filha de Jerônimo Medeiros Prado, líder Político e ex - Prefeito Municipal
de Sobral, comerciante e agropecuarísta de grande destaque em Sobral , e de Francisca
Gomes Parente ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol II – Os Gomes
Parente, Tomo II, pg 527), 1ª Edição).
174
Dr. Eduardo Ellery Barreira n. a 22/12/1904 e fal., a 07/02/1981, em Fortaleza., filho de Ignácio Barreira
Nanan e de Cora Ellery Barreira. ;casou-se com Maria Juracy Frota Gomes n. a 20/11/1904 e fal., a
11/10/1967 ( Apud Ribeiro, Valdir Uchoa – Genealogia da Familia Barreira/Valdir Uchoa Ribeiro. –
Fortaleza: Premius Editora, 1999, pg 212).
307
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Távora de Assis Arruda. Nasceu em Baturité, Ceará, a 3 de janeiro de
1930. Professora normalista. Casou-se em Baturité a 10/12/1949, com
Nelson Lima n a 02/01/1913 em Limeira (SP), filho de Luiz Gonzaga de
Lima e Ana de Oliveira Lima.
MARIA FROTA ALBANO AMORA (Qn. 123), n. a 28/10/1920, em
Fortaleza, filha do Dr. José Ribeiro da Frota e Guiomar de Arruda
Frota (Tn.47) , casou-se a 29/03/1941, com o historiador Manoel
Albano Amora, n. a 19/10/1915 e fal. a 02/06/1991, em Fortaleza,
filho do farmacêutico Carlos Albano Amora e de Amália Teixeira
Albano Amora. Sempre residiu em Fortaleza onde perlustrou todas
as etapas de sua cultura mental, culminada com diploma de Bacharel
pela Faculdade de Direito do Ceará, tendo colado o respectivo grau
em 16 de dezembro de 1939. Durante o Curso Jurídico, foi redator da
Revista da Faculdade (1937) e, em 1939, redator de Seu Doutor,
revista humorística acadêmica. Começou a sua vitoriosa carreira nos
domínios do Direito como Promotor Público de Juazeiro do Norte,
depois de Uruburetama e Baturité. Promotor Público de Juazeiro do
Norte, depois de Justiça da Comarca de Fortaleza. Ocupou o cargo de
Subprocurador Geral do Estado por quatro vezes, duas por
substituição e duas por nomeação do Governo do Estado.
Conselheiro da Ordem dos Advogados, Seção do Ceará. Exerceu as
funções do cargo de Procurador da República no Ceará durante
vários anos e, como substituto legal, teve assento no Tribunal
Regional Eleitoral. Pertenceu ao Conselho Penitenciário do Ceará e à
Comissão de Entorpecentes da Saúde Pública Estadual. Presidiu à
Associação Cearense do Ministério- Público, e foi presidente,
mediante diversas reeleições, da Sociedade Cearense de Geografia e
História, `a qual deu excepcional incremento. Como professor,
lecionou, durante dez anos, a disciplina Direito Penal na Escola do
Serviço Social de Fortaleza. Ensinou História Geral e do Brasil e
Francês em estabelecimentos de nível médio- Colégio São José,
Colégio Santa Maria e Fênix Caixeiral, com registro expedido pela
308
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Diretoria do Ensino Secundário do Ministério da Educação e Cultura.
Professor Titular de Direito Internacional Privado da Faculdade de
Direito da Universidade Federal do Ceará, ex-Assistente na mesma
Faculdade na Disciplina de Direito Administrativo, Subchefe do
Departamento de Estudos Propedêuticos dessa Faculdade, havendo
assumido a chefia e tendo assento no Conselho Departamental.
Orientador da disciplina Estudos de Problemas Brasileiros. A Turma
de Bacharel de Direito de 1972, em justa homenagem, adotou a
denominação de “Turma Professor Manoel Albano”. E foi paraninfo
da Turma de 1975. Teve assento, como Conselheiro, no Conselho
Superior do Ministério Público, do qual foi Secretário. Um dos
fundadores do Instituto Clóvis Beviláqua, colaborador da Revista da
Faculdade de Direito, na qual publicou vários trabalhos jurídicos. Exdiretor do Museu Histórico e Antropológico do Ceará e do
Departamento do Patrimônio Cultural da Secretaria de Cultura do
Estado, na gestão do Secretário Raimundo Girão (1966-1971).
Membro do Conselho Estadual de Cultura, mais duma vez
reconduzido. Já publicou Páginas Jurídicas, onde estão reunidos
diversos trabalhos doutrinários sobre o Direito; Estudo sobre a
Nacionalidade no direito Brasileiro. No campo literário e histórico
deu à publicidade: Manhã de Amor (poesia), 1938; A Academia
Cearense de Letras (síntese histórica), 1957; Pacatuba- Geográfica
Sentimental, 1972; Céu Azul, verde mar (poemas), 1973; Elogio de
Thomás Lopes, 1956; Na Casa do Barão de Studart (discurso, de
parceria com Raimundo Girão), 1957; Bibliografia de Mário Linhares,
1959; O Centenário da Abolição em Pacatuba, 1984. Organizou com
Artur Eduardo Benevides e Eduardo Campos Pacatuba Antologia do
Centenário, 1969. Escritor-Sócio efetivo do Instituto do Ceará,
Histórico, Geográfico e Antropológico. Membro da Academia
Cearense de Letras. Presidente da Sociedade Cearense de Geografia e
História. O seu poema “vitrola”, foi traduzido para o espanholpor
Gaston Figueira, que o incluiu no livro Poesia Brasileira
Contemporânea, 1947. Pertence ao Instituto do Ceará, do qual foi
309
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Secretário Geral, à Academia Cearense de Letras, à Academia
Cearense de Genealogia, ao Instituto dos Advogados do Ceará, à
Academia Cearense de Letras Jurídicas, como membro efetivo, e
também à Sociedade Cearense de Geografia e História, depois de
várias reeleições com votação unânime. Como Sócio
Correspondente, pertence a vários Institutos de Estados do Brasil.
Advogado inscrito na Ordem, Seção do Ceará. (Apud Dicionário da
Literatura Cearense- Raimundo Girão e Maria da Conceição Sousa pg
44-45,1987) .
MARIA GORETTI ARRUDA BEZERRA (Qn. 778.), Engenheira Civil, filha de
Miguel Edgy Távora Arruda ( Capitão Edgy) (Tn.297), um dos grandes
entusiastas da familia Arruda radicada em Baturité, e de Maria Adelina
Furtado Arruda. Nasceu em Baturité a 5 de setembro de 1951.
Engenheira Civil, formada pela Universidacde Federal do Ceará. Casou-se a
06/12/1975 em Fortaleza, com Francisco Luiz dos Santos Bezerra n. a
19/11/1951, filho de Francisco Alves Bezerra e Josefina dos Santos Bezerra.
Do seu enlace matrimonial casceram três filhos: Roberta Arruda Bezerra,
Luís Ernesto Arruda Bezerra e Gustavo Arruda Bezerra.
MARIA HELENA SOARES BULCÃO (Qn.906.), filha de Thompson Soares
Bulcão e de Filomena Boto Bulcão (Tn.334). Nasceu em Fortaleza, Ceará, a
17 de janeiro de 1942. Mantém uma União Estatável, desde de 16/06/1975,
com Marco Paulo Rabelo n. a 20/01/1918, atualmente com 92 anos de
idade, resindindo no Rio de Janeiro. Como Engenheiro Civil e amigo
particular, do então Presidente Juscelino Kubicheque, foi, pode se assim
dizer, o maior construtor na construção de Brasília Desta União com Maria
Helena, não tiveram filhos.
MARIA HOSANA PONTES MARATAOAN CASTELO BRANCO (Tn. 426.),
filha de José Isaac Pontes (Bn.98) e de Maria Dias Pontes. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 25 de fevereiro de 1922. Casou-se em Fortaleza a
22/05/1942, com Herbert de Marataoan Castelo Branco, Juiz de Direito,
310
Dicionário Biográfico - Família Arruda
filho de Omero Ferreira Castelo Branco, de tradicionais famílias do Piauí, e
de Leotina Nogueira Castelo Branco. Nasceu a 2 de fevereiro de 1916.
formado pela Universidade Federal de Teresína (PI). Exerceu o cargo de
Juiz em várias Comarcas, inclusive na de Sobral. Tiveram os seguintes
filhos: Omero Ferreira Castelo Branco Neto, Deputado Estadual pelo
Estado do Piauí; Vânia Pontes Castelo Branco e Herbert de Marataoan
Castelo Branco Júnior.
MARIA HOZEREUDA VASCONCELOS PRESTES (Qn. 1438), filha de João
Thomaz de Vasconcelos (Tn. 535.) e de sua 2ª mulher Francisca Adélia
Azevedo Vasconcelos ( Francisquinha). Nasceu em Cariré, Ceará, a 8
de dezembro de 1932. Casou-se civilmente no dia 3 de fevereiro de
1959, em Massapê, Ceará, com Juarez Prestes Cabana, filho de João
de Lira Cavalcante175 e de Luiza Pereira Cavalcante. Nasceu em
Massapê, Ceará, a 1º de outubro de 1927 e aí faleceu a 03/12/1998.
Foi funcionário do INPS em Sobral, CE.,
MARIA INÊS PEREIRA RODRIGUES (Qn.1353), filha de Estanislau Rubens
Pereira e de Francisca Olinda Arruda Pereira ( Francy) (Tn.517). Nasceu em
Massapê, Ceará, a 19 de julho de 1937. Fez curso superior em Serviço
Social, na Universidade Estadual do Ceará (UECE), em 1982. Concluiu o
curso de Espanhol pela Casa de Cultura Hispânica da Universidade Federal
do Ceará (UFC), em 1974. Funcionária Federal da Fundação SESP, hoje
Fundação Nacional da Saúde. Casou-se em 15/12/1978 com José Milton
Rodrigues, n. em Fortaleza, em 06/03/1939, filho de Valdemar Rodrigues
Verino e de Joana Rodrigues.
MARIA JOSÉ ARRUDA (Tn.543), filha de Francisco José de Arruda e
de Ana Excelsa Arruda ( Nana) ( Bn.133). Nasceu em Massapê, Ceará,
a 13 de janeiro de 1910 e aí falecida. Casou-se em Massapê em
28/02/1927, com José Peregrino Lira, n. a 22/07/1901, em Massapê
175
João de Lira Cavalcante, filho de José de Lyra Cavalcante e de Inocência de Araújo.Casou-se
com Luiza Pereira Cavalcante.
311
Dicionário Biográfico - Família Arruda
e falecido em julho de 2001, filho de Manoel de Lyra Cavalcante (
Manoel Lyra Aguiar) e de Francisca Rodrigues de Souza (Chiquinha).
Pais de:Teresinha Arruda Lira; Luiza Arruda Lira; Maria do Socoorro
Arruda Lira; Margarida Arruda Lira; Maria da Conceição Lira Miriam
Arruda Lira; Maria Aldenir Arruda Lira; Maria Aldenira Arruda Lira;
Francisco de Assis Arruda Lira.
MARIA JOSÉ BEZERRA MOREIRA (MANINHA) (Pn. 1629.), filha de
Artur Pontes Bezerra (Qn. 1352) e de Maria José Bezerra ( Totinha).
Nasceu em Fortaleza, Ceará, no dia 1º de janeiro de 1958. Formada
em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará (UFC) -19771980, com especialização em saúde pública. Funcionária Pública
Estadual e Federal, aprovada em concurso público. Atualmente exerce
sua profissão na área da saúde pública, com especialidade em diabetes
e hipertensão. Casou-se em 22/12/1980 com José Moreira Filho
(Deda), Economista, filho de José Moreira de Holanda176 e de Maria
Alice de Souza Holanda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 8 de maio de
1952. Bacahrel em Ciências Estatísticas, da Faculdade de Ciências
Econômicas e Administrativas da Universidade Federal do Ceará.
Trabalhou no Serviço Federal de Processamento de Dados (SEPRO),
onde desempenhou o cargo de técnico de informática, com
especialização em Administração de Produção. No SEPRO, foi chefe do
setor de Transcrição e Transmissão de dados (SETRA). Atualmente, É
aposentado e trabalha na Câmara Municipal de Fortaleza, como
Assessor Parlamentar,
MARIA JOSÉ LINHARES ARRUDA (Tn. 112), Professora, filha de
Domingos Aguiar Arruda (Bn. 41) e de Francisca Linhares Arruda.
Nasceu em Sobral a 14 de janeiro de 1920. Formada em Filosofia pela
Faculdade de filosofia de Sobral. Professora Catedrática, em História
176
José Moreira de Holanda, filho de José Moreira de Holanda e de Joana Cassiano de Queiroz.
Casou-se com Maria Alice de Souza Holanda, filha de Joaquim Dias de Souza e de Henriqueta
Dias de Souza (Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto Arruda –
Fortaleza, 2005, pg 81).
312
Dicionário Biográfico - Família Arruda
e Geografia. Lecionou até sua aposentadoria no Colégio Estadual de
Sobral. Ensinou as primeiras letras a quase todos os sobrinhos.
Dedicada á família. Morou sempre com seus pais, onde lhes deu
toda assistência, até os últimos dias de suas vidas.
MARIA JOSÉ PEREIRA BEZERRA (TOTINHA) (Qn.1352), filha de
Estanislau Rubens Pereira e de Francisca Olinda Arruda Pereira (
Francy) (Tn.517). Nasceu em Massapê, Ceará, em 25 de julho de
1934. Fez seus estudos em Fortaleza, para onde veio com a família
em 1938. Exímia profissional da moda, costura há décadas para uma
variada clientela da sociedade cearense. Casou-se em 26/02/1954,
com Artur Pontes Bezerra, n. em 16/10/1926, em Fortaleza, Ceará,
filho de Francisco Nogueira Bezerra e de Francisca Pontes Bezerra.
MARIA JOSÉ TÁVORA ARRUDA ARAGÃO (Tn. 306.), filha de Raimundo
Vasconcelos Arruda (Bn.72) e de Noemy Távora de Assis Arruda. Nasceu
em Baturité, Ceará, a 3 de junho de 1931. Funcionária pública federal;
casou-se a 08/12/1953 em Baturité com TARCÍSIO LIMA ARAGÃO n. a
11/02/1928 em Ibiapina; advogado, filho de Pedro Aragão Ximenes e
Marieta Lima Aragão.
MARIA JULIETA TÁVORA ARRUDA MONTEIRO (Qn. 302.), funcionária
autárquica, filha de Raimundo Vasconcelos Arruda (Bn.72) e de
Noemy Távora de Assis Arruda. Nasceu em Belém, Pará, a 19 de maio
de 1927. Professora normalista e funcionária autárquica aposentada.
Grande incentivadora da Fundação Comendador Ananias Arruda –
FCAA, e tudo que diz respeito a memória da família Arruda. Casou-se
a 17/10/1953 em Fortaleza com José de Lima Monteiro, filho de
Ildefonso Bezerra Monteiro e Ana Lima Monteiro. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 2 de abril de 1910.
MARIA JURACY PONTES DE SALGADO CAMPOS (Tn. 411.), filha de José
Raimundo Pontes (Bn. 95) e de Rosa Laura de Andrade. Nasceu em
313
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fortaleza, Ceará, a 18 de maio de 1929. Casou-se com Luciano Salgado
Campos, filho de Mário Campos e de Ailza Salgado Campos. Nasceu a 8
de julho de 1920. General de Brigada, ex-comandante da 5º Região
Militar, em Curitiba-PR e da Brigada de Fronteira, em Santo Angelo, RS,
do III Exército. Exerceu função de Adido Militar na Embaixada Brasileira
em Bonn, República Federal Alemã e foi Chefe de Gabinete do Ministro
César Cais de Oliveira Filho, das Minas e Energia. Quando da Revolução
de 31 de março de 1964, comandava o 10? Grupo de Obuses, em
Fortaleza, CE, sendo, posteriormente, transferido para Brasília, DF,
onde integrou o SNI, sob a Chefia do então Presidente, Gal. João Batista
de Oliveira Figueiredo, nos Governos Castelo Branco e Costa Silva. Do
seu enlace matrimonial cinco filhos: Maria Pontes de Salgado
Campos; Nolia Campos Palermo casada com Carlos Eduardo Loretti
Palermo; Cristiana Salgado Campos Broch casada com Hans Cristian
Broch; Grina Campos Fiúza casada coSérgio BarbosaFiúza e Luciano
Salgado Campos Júnior.
MARIA LETÍCIA ARRUDA CORREIA ( Qn.713), Secretária Executiva, filha
de Pedro Correia Filho e de Thereza Arruda Correia ( Tn.277). Nasceu no
Rio de Janeiro, a 11 de abril de 1956. Casou-se no Rio de Janeiro, RJ, a 11
de março de 1977, com Nilton Ferreira Meliga, filho de Nilton Meliga e de
Jupira Panatalos Meliga, nasceu no Rio de Janeiro, Rj, a 3 de julho de 1954
e aí faleceu a 18 de junho de 1984.
MARIA LINA PIMENTEL DE AZEVEDO (Pn. 1135.), filha de José Osmar
Machado Pimentel e de Laura Maria Ribeiro Pimentel (Qn.844). Nasceu
em Recife (PE), a 26 de julho de 1964. Formada em Administração pela
Universidade Estadual e especialização em Dinâmica de Grupo pelas
Faculdades Leão e em Administração de Recursos Humanos pela UFC.
Recursos Humanos pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). ;casou-se
a 30/09/1988, em Fortaleza com Jorge Torres Vieira de Azevedo n. a
17/12/1961, filho de Félix Vieira de Azevedo e de Aglais Alves Torres,
formado em Economia pela Universidade Federal do Ceará com Pós314
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Graduação em Informática e Marketing, fez ainda especialiadade em
Contabilidade e Controladoria. Atualmente trabalha na sua empresa “
Work Solution Consultoria S/A LTDA, onde realizam nas empresas
consultorias, treinamentos nas áreas: Administrativa, financeiras, Recursos
Humanos, Marketing e controladoria.
MARIA LÚCIA ARRUDA FERREIRA PONTES (Tn.270.), filha de Jeremias
Gervásio Vasconcelos Arruda (Bn.69) e de Margarida Soares Bezerra.
Nasceu em Baturité, Ceará, a 16 de maio de 1914. Funcionária público
federal aposentada. Casou-se a 19/03/1941 no Rio de Janeiro com
Renato Fereira Pontes Sobrinho, filho de Mário Afonso Ferreira Pontes e
Dulce Ferreira Pontes. Nasceu em Salvador (BA) a 21 de abril de 1915 e
faleceu no Rio de Janeiro a 23 de dezembro de 1954.
MARIA LÚCIA DE ARRUDA MESQUITA (Qn.96), Funcionária Pública
Federal, filha de José Huet de Arruda Coelho e Raimunda Fontenele
de Arruda Coelho. Nasceu em Sobral a 1º de julho de 1945.
Concluiu o curso normal no Colégio Sant’ Ana, em Sobral. Formada
em Filosofia em Letras pela Universidade do Vale do Acaraú.
Concursada do INAMPS, tendo exercido suas na Agência de Sobral.
Casou-se em Sobral a 03/02/1976 com José Randal Mesquita, este
então viúvo, foi comerciante de destaque na cidade de Sobral
durante muitos anos. Participou ativamente da CDL e Associação
Comercial de Sobral, filho de Francisco Austraségilo Mesquita e de
Maria Cláudia Macêdo de Mesquita. Do seu enlace com Randal
Mesquita nasceram dois filhos: Paulo Roberto de Arruda Mesquita e
Fábio de Arruda Mesquita.
MARIA LÚCIA DE ARRUDA REAM (Qn. 222), Professora de Música,
natural de Belém (PA), filha de Cândido Ferreira de Arruda ( Tn.106) e
de Raimunda Ribeiro de Arruda. Nasceu em Belém (PA) no dia 14 de
setembro de 1942. Cantora e violonista com grandes apresentações
no Brasil e exterior. Casou-se três vezes. A 1ª a 21/03/1964 com José
315
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Alberto Pereira Machado, n. a 23.08.1943 e faleceu a 18/08/1965,
filho de Orlando Conceição Macedo Machado e Dulce Pereira
Machado. A 2ª com Antônio José Nogueira Neto, n. a 04/03/1952,
filho de Athos Nogueira e de Natércia Assis Nogueira, do qual se
separou.A 3ª, com George M. Ream, este sem sucessão. Reside
atualmenteem San Diego- Califórnia -USA.
MARIA LUCY PONTES (Tn. 429.) , filha do casal José Isaac Pontes ( Bn.
98) e de Maria Dias Pontes, de tradicionais famílias de Massapê.
Nasceu em Massapê, Ceará, uma bucólica cidade encravada no sopé
da Serra da Meruoca, a 4 de agosto de 1928. Teve uma educação
emerada e de grandes virtudes. Casou-se a 14/10/1950, com João
Ubiratan Vasconcelos, filho de Antônio Leocádio de Vasconcelos177 e
de Guiomar Carneiro de Vasconcelos,
de destacada família
massapeense, nascido Massapê a 11 de janeiro de 1923 e faleceu em
Fortaleza a 7 de outubro de 1981. Deixou uma prole de dez filhos,
todos nascido em Massapê, casados e com descendência. Seus filhos
se projetaram nas diferentes atividades econômica e na politica do
Município.
MARIA LUÍSA DE ARRUDA BEZERRA (Pn.319), Terapeuta
ocupacional, nascida em Fortaleza a 21 de janeiro de 1964, filha do
desembargador Dr. Júlio Carlos de Miranda Bezerra e de Regina Alice
de Arruda Bezerra (Qn.136). Formada pela Universidade de
Fortaleza-Unifor e cursando, atualmente, a faculdade de Direito.
Casou-se duas vezes. A 1ª, com Fábio de Oliveira Motta, n. a
23/03/1962, em Fortaleza. A 2ª, com Mário Schmid Gonçalves, n. a
17/05/1959, no Rio de Janeiro (RJ).
177
Antônio Leocádio de Vasconcelos, filho de Vicente Leocádio de Vasconcelos e Florência
Maria de Vasconcelos. ;casou-se com Guiomar Carneiro de Vasconcelos, filha de José
Joaquim Carneiro e Inocência Carneiro de Vasconcelos (Apud Arruda, F.A.V & Carvalho,
Evilásio – Cronologia Genealógica Massapeense, no prelo).
316
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MARIA MARCOLINA ARRUDA CAVALCANTE (N. 20.) nasceu a
17/06/1834 e faleceu a 27/10/1905; filha de João José de Arruda (F. 06)
e de Maria Quitéria de Jesus. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 25/01/1854
com o Major Gabriel Jose Cavalcante, viúvo de Joaquina Madeira de
Vasconcelos178, filho de Antônio Alves de Holanda Cavalcante e de
Mariana de Lira Pessoa. Gabriel José Cavalcante do seu primeiro
casamento deixou uma prole com grandes nomes na vida política e
econômica do Estado do Ceará. Desdobrados na genealogia da família
Gomes Parente, no sexto tomo, da família Gomes Parente. Do segundo
matrimônio de Gabriel José, com Maria Marcolina, deixou uma única
filha. Com o falecimento do Major Gabriel Cavalcante, Maria Marcolina
casara-se em 2ª núpcias, a 29/05/1870, em Sobral, com Antônio
Joaquim de Araújo, falecido em Sobral a 28/05/1907, filho de Manuel
Joaquim de Araújo e de Francisca Clara Araújo, como consta na
Cronologia Sobralense, vol IV, pg 282).
MARIA MAZARELE DIAS LINHARES (MAZINHA) (Qn.174). Médica,
filha de João Alves Linhares (Tn.90) e de sua segunda mulher Maria
Benedita Dias Linhares. Formada pela Faculdade de Medicina da
Universidade Federal do Ceará, em 1970. Especialidade em Pediatria.
Fez Residência Médica na Casa de Saúde César Cals sob a orientação
do Prof. Otho Leal (4 anos) . Mécia do INAMPS com lotação em vários
Postos. Pertence a Sociedade Cearense de Pediatria.
MARIA MELAINE FURTADO MONTEZUMA (Qn. 723.)n. a 16/03/1942
em Fortaleza; filha de Miguel de Arruda Furtado (Tn.729) e de Luzanira
Oliveira Furtado. Professora da Universidade de Campinas – UNICAMP;
casou-se a 08/12/1971 em Londrina (PR) com Marconi Freire
178
Joaquina Madeira Cavalcante, filha de Antônio Gomes Parente e de Inez Madeira de
Vasconcelos (filha do Cap. José Alves Linhares e de Rita Teresa de Jesus). ;casou-se a
01/12/1827 com seu parente, o Major Gabriel José Cavalcante,filho de Antônio Alves de
Holanda Cavalcante e de Mariana de Lira Pessoa. Pais de: (1)Antônio A. Holanda
Cavalcante; (2) Joaquim Alves Cavalcante; (3) Gabriel José Cavalcante; (4) José Cândido
Cavalcante; (5) Rosalina Maria Cavalcante; (6) Mariana de Lira Pessoa; (7) Maria Rosalina
de Lira Cavalcante ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes
Parente, Tomo VI, prelo). ( Araújo, Sadoc, Cronologia Sobralense, Vol II, pg 190).
317
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Montezuma n. a 06/07/1925 em Crato (CE); filho de Adroaldo
Montezuma de Carvalho e Maria do Carmo Freire de Carvalho;
ingressou no Seminário Menor de Sobral (CE), e cursou a Faculdade
de Filosofia de São Leopoldo (RS); inteligência rara, privilegiada e
brilhante, fez cursos de Filosofia Pura, Física, química, Matemática
Superior, Botânica e Zoologia; após curso de Teologia durante quatro
anos, foi ordenado sacerdote em Sobral; pediu e obeteve dispensa de
seus votos na década de 70; professor na Universidade de Brasília e
professor da Universidade de Campinas – UNICAMP, nesta última foi
responsável pela estruturação e implantação da Faculdade de
Educação; faleceu a 29/06/1990 em Guarapimirim (RJ), onde então
residia o casal; ela faleceu a 15 de dezembro de 2008 em Londrina,
sem sucessão. Sem sucessão.
MARIA MIRTES DE ARRUDA FURTADO (Qn. 731.), Professora
Normalista, filha de José Pompeu de Arruda e de Maria Alacoque Furtado
de Arruda ( Tn.282). Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 29 de novembro de
1940. Casou-se em Fortaleza, Ceará, a 8 de dezembro de 1967, com seu
primo Miguel Pró de Oliveira Furtado nascido em Fortaleza, Ceará, a
5 de outubro de 1939, filho de Miguel de Arruda Furtado179 e
Luzanaira Oliveira Furtado.
MARIA MÔNICA FURTADO RODRIGUES LIMA (Qn. 764.), Advogada, filha
de Francisco de Assis de Arruda Furtado (Tn.291) e de Antônia Valburga
de Andrade Furtado. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 18 de março de
1980. Casou-se com Cézar Augusto Rodrigues Lima, filho de Roque
179
Miguel de Arruda Furtado, filho de Luís De Gonzaga Furtadoe de Maria Adelina Vasconcelos
Arruda Bancário Aposentado, nascido em Baturité, , a 16/09/1906. ;casou-se em Fortaleza, a
08/12/1934, com Luzanira Oliveira Furtado, nascida em Fortaleza, , a 10/03.1912, filha de Júlio
Oliveira e Maria Antunes Oliveira (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol III, Os
Arrudas, Tomo III, 3ª Edição, pg 628, ).
318
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Sebastião Rodrigues Lima e Maria José (Gaspar Lage) Rodrigues Lima,
nascido em Recife, PE, a 30 de maio de 1949.
MARIA NEILA DIAS LINHARES TORQUATO (Qn.171), Bancária e
Empresária, filha de João de Maria Linhares ( Tn.90) e de sua segunda
mulher Maria Benedita Dias Linhares. Funcionária aposentada do
Banco do Nordeste, tendo exercido várias funções de destaque na
Agência de Sobral. Empresária. Casou-se em Sobral a 20/07/1974
com Francisco José Torquato Silva ( José Torquato), contador,
pessoa por demais conhecida na sociedade sobralense, conhecedor
da vida partidária da política local. Foi grande seguidor da corrente
partidária do líder político, Dep. Federal Cesário Lima Barreto e exprefeito de Sobral. Nasceu em Sobral a 16 de maio de 1935, filho de
Raimundo Torquato Silva180 e de Maria de Nazaré Torquato.
MARIA NÉLIE RIBEIRO CAVALCANTI (Qn. 843.), Enfermeira, filha de José
Rodrigues Ribeiro filho e de Filomena Arruda Ribeiro (Tn.310), nascida em
Fortaleza, Ceará, a 30 de dezembro de 1931. Formada em Enfermagem.
Casou-se com João de Deus Cavalcanti Filho, bacharel em Direito, tabelião,
filho do Dr. João de Deus Cavalcanti e Celeste de Souza Cavalcanti.
MARIA NEOMÍZIA ARRUDA LINHARES (MAROCA) (Tn. 511.), filha de
José Maria de Arruda (Bn.125) e de Maria do Patrocínio de Arruda,
nascida em Sobral, Ceará16 de janeiro de 1898 e aí faleceu a 13 de
abril de 1985. Casou-se a 15/06/1918, em Sobral , com Narcisio
Evaristo Linhares, n. a 26/10/1896 e faleceu a 28/08/1993, em
Sobral, aos 97 anos de idade, filho de Francisco Gomes Linhares e de
Ermilina Ximenes Linhares. Agropecuarísta no Município de Sobral,
onde teve a oportunidade, como homem simples do campo e de
grande honradez constituir uma prole de grande posição em diversas
180
Raimundo Torquato Silva, n. a 18.12.1898, em Sobral , filho de Joaquim Torquato
Ferreira da Silva e de Zeferina da Costa Brasil Torquato. Casou-se a 02.02.1922 com Maria
de Nazaré Jorge Torquato, n. a 22.07.1903, filha de Francisco José Torquato Silva e de
Francisca Torquato Silva (pp)
319
Dicionário Biográfico - Família Arruda
atividades sócio-econômica no Estado do Ceará. Aos 80 anos ainda
tinha disposição para fazer uma montaria.. Pais de:Francisco Linhares
Neto; José Maria Arruda Linhares; Gerardo Arruda Linhares; Hosana
Arruda Pontes; Maria Alaíde Arruda Linhares; Edson Arruda Linhares;
Eronildes Arruda Linhares; Francisca das Chagas Arruda Linhares;
Hosanan Arruda Linhares; Caetano Arruda Linhares; Teresa de Jesus
Linhares Aguiar; Maria Salete Linhares Andrade; Eurípedes Arruda
Linhares e Raimundo Rulvaman Arruda Linhares.
MARIA NEYCE ARRUDA PAULA PESSOA (Sn.2628.), Bancária, nascida
em Sobral, Ceará, a 29 de junho de 1941, filha de José Maria Arruda
Coelho (Pn. 2371) e Eurídice Barreto Arruda Coelho. Trabalhou no
Tribunal Regional do Trabalho. Funcionária do Banco Nacional da
Habitação – BNH e posteriormente na Caixa Econômica Federal,
onde se aposentou. Casou-se com Francisco Amauri Carneiro Paula
Pessoa, n. a 07/01/1938, em Sobral, filho de Vicente Barbosa de
Paula Pessoa e de Abigail Trévia Carneiro. Farmacêutico-Bioquímico,
formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC).
Diretor-Presidente do então Laboratório de Análises Clínicas
Paula Pessoa Ltda, de 1962/76, em Sobral-Ceará. Transferindo-se
posteriormente para Fortaleza onde instalou o Laboratório Clínico
Samuel Pessoa Ltda, com treze postos de coleta, além da Unidade
Central, mesmo como Diretor-Presidente participa ativamente das
análises de laboratórios Especializados em Análises Clínicas desde
1966, pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, sendo seu
membro efetivo. É sócio também das Sociedades Brasileiras de
Citologistas e de Parasitologia Médica. Ocupa a Cadeira nº 14 da
Academia Cearense de Farmácia desde 17 de abril de 1995. Professor
Adjunto de Parasitologia Médica da Universidade Estadual do Ceará
(UECE). Lecionou Biologia Geral no Curso Básico da Faculdade de
Filosofia Dom José, em Sobral, agregado à Universidade Federal do
Ceará (UFC) e Parasitologia Médica na Faculdade de Enfermagem e
Obstetrícia da Universidade Vale do Acaraú (UVA). Deu grande
320
Dicionário Biográfico - Família Arruda
contribuição para a criação do referido curso, a princípio, com
monsenhor José Gerardo Ferreira Gomes, primeiro Diretor da
Faculdade de Filosofia Dom José, e, com referência à UVA, com o
Cônego Francisco Sadoc de Araújo, com o qual empreendeu algumas
viagens à Fortaleza com a finalidade de resolver essa importante
tarefa. Conseguiu com a sua sempre boa vontade, um microscópio
binocular para a Faculdade de Enfermagem (UVA). Cedeu o seu
laboratório de análises clínicas à UVA, para estágio, inclusive ao
Colégio Sobralense, a pedido do seu então Diretor, Pe. José Linhares
Ponte, onde lecionava, gratuitamente, à guisa de colaboração. Foi
também professor do ensino médio, tendo lecionado Ciências Físicas
e Biológicas, Biologia Geral e Química, nos Colégios Estadual, Dom
José, sobralense e Ginásio Sant`Ana, além da Escola Técnica de
Comércio Dom José, por longo período de tempo.
Como Analista Clínico concursado da Polícia Militar do Ceará, tem
gozado de grande prestígio dessa corporação dentro e fora do Estado
Ceará. Membro da Sociedade Cearense de Cidadania (Soccer).
Foi Presidente da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas,
Regional do Ceará (1987/89), Presidente do Lions Sobral - Centro e
Vice-Presidente do Rotary Fortaleza-Barra, inclusive 1º Secretário do
Rotary Praia de Iracema, é sócio fundador.
Funcionário público federal como Sanitarista do Ministério da
Saúde, aprovado em concurso público em sexto lugar no Ceará e 41º
no Brasil.
Tem participado de dezenas de curso de sua especialidade em
várias cidades do Brasil, promovidos pelas diferentes Universidades e
Sociedades, e, também de avaliação de professores da UECE e em
várias Bancas Examinadoras.
Como emérito pianista-amador tem realizado grandes
apresentações. Teve a oportunidade de tocar para os Estagiários da
Escola Superior de Guerra (por duas vezes), para o Embaixador de
Israel, Embaixatriz de Portugal, Presidente da VASP, Primeira Dama
da Cidade de Newsphire (USA), Ministro da Educação, Governador
321
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Virgílio Távora. Todos esses eventos a convite do cerimonial do
Palácio da Abolição, além de muitas outras apresentações. Gravou
um CD, obtendo grande sucesso. Sobralense que muito nos honra.
Vem representando a Colônia Sobralense em Fortaleza com grande
galhardia ( Apud Cavalcante, Arnaud de Holanda – Sociedade
Sobralense – Vultos em Destaque, 2004).
MARIA NOELIA ARRUDA BANDEIRA DE MELLO (Tn. 340.), filha de Edgard
Aguiar de Arruda (Bn. 80) e de Maria Noélia Cartaxo Arruda. Nasceu em
Fortaleza, Ceará a 30 de janeiro de 1925. Casou-se a 25/07/1945 com o
Cel. Osmar Bandeira de Mello, filho do Comandante José Bandeira de
Mello e de Anayde Rodrigues Bandiera de Mello. Nasceu em Fortaleza,
Ceará a 22 de julho de 1919. Do seu casamento nasceram seis filhos, todos
bem sucedidos com destaques na sociedade alencarina. São eles: Paulo
Roberto Bandeira de Mello, empresário, casado com a sobralense Ana Maria
Rodrigues Bandeira de Meloo, filha do ex- deputado Manoel Rodrigues dos
Santos e de Maria Alaíse Azevedo Rodrigues;. Rodrigo Bandeira de Mello,
formado em Engenharia Civil, casado Juliana Ozol de Pádua, filha de Tarquínio
Morillas de Pádua e de Martha Maria Ozol; Roberta Rodrigues Bandeira de
Mello, formada em Odontologia com especialização em Ortodontia, casada
Paulo Cid Torres da Silva Filho, filho de Paulo Cid Torres da Silva e de Angela
Maria Coelho Torres da Silva; Raquel Rodrigues Bandeira de Mello, formada
em Fisioterapia com especialização em Fisioterapia Cárdio-Respiratória,
casada com José Murilo Soares Dias Júnior, filho de José Murilo Soares Dias e
de Marise Martins Dias e Rebeca Rodrigues Bandeira de Mello, formada em
Odontologia com especialização em Prótese, casada com Fábio Machado
Bezerra , filho de Heraldo de Azevedo Bezerra e de Virta Maria machado
Bezerra.
MARIA NOEMÍZIA DE ARRUDA GOMES (Bn. 83.), filha de João
Tibério de Arruda ( N.29), foi Agente dos Correios em Mssapê, e de
sua 1ª mulher Filomena Isabel de Lira Aguiar. Nasceu em Massapê,
322
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Ceará, a 31 de dezembro de 1895. Casou-se em Sobral, Ceará, no dia
4 de maio de 1917, com Antônio Gentil Gomes, nascido 5 de
setembro de 1894, em Ubajara, Ceará, no sítio Pernambuquinho, era
filho de Antônio Sabino Gomes 181e de Maria Cândida Pereira Gomes .
Após cinco de casados em Sobral, fixaram residência em Fortaleza,
onde se estabeleu no comércio, e foi bem sucedido, tornando-se um
Industrial de destaque no Estado do Ceará. . Para melhor
conhecimento do seu perfil como homem de negócio e papels que
desenvolveu em vida, transcrevo na íntegra, a homenagem feita por sua
filha Ione Arruda, em forma biográfica , intitulada - Gentil Gomes – Um
homem de coragem - “ Se vivo fosse, estaria prestes a comemorar
seus noventa e cinco anos de nascimento, uma vez que nasceu no dia
5 de setembro de 1894.
O destino, com alta presciência, escolheu, no coração da
Ibiapaba, onde palpita a "decantada Gruta" e as esbeltas palmeiras
dançam nas alturas, ao embalo da suave aragem, a cidade de Ubajara
para ser sua cidade-berço, terra em que viveu e amou e onde
experimentou os primeiros contatos profissionais.
Filho de Antônio Sabino Gomes e Maria Cândida Soares
Pereira, descendentes de portugueses, abastados proprietários da
Ibiapaba. Seu pai, homem esclarecido, prático negociante, foi seu
grande conselheiro. Eram seus irmãos: Tomaz, Mundoca, Tereza,
Jesuína e a centenária Efigênia Gomes Furtado, que sobreviveu até os
103 anos de idade.
Iniciou seus estudos na Escola Pública Mista da Povoação
Jacaré (primeiro nome dado a Ubajara), regida pela professora Maria
Emiliana da Silva. Tendo tido um bom proveito, dotado de grande
inteligência, seu pai o transferiu para o Colégio São Joaquim, na
181
Antônio Sabino Gomes, de origem lusitana, proprietário do sítio Pernambuquinho, no município
de Ubajara /12/. ;casou-se com Maria Cândida Soares Pereira. Deste matrimônio nasceram cinco
filhos: Antônio Gentil Gomes, Raimunda ( Mundoca), Teresa, Jesuína e Tomás Gomes (Apud
Gomes, Ione Arruda – Imagens Indeléveis; Primeiros Contatos com o Bairro Aldeota –
Fortaleza: Stylus Comunicações, 1991. 92p).
323
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Parnaíba, dirigido pelos Irmãos Maristas, a fim de complementar e
aprimorar seus estudos o que fez até 1910.
Voltou a Ubajara e em 1911, aos dezessete anos, não se
contentando com a dependência a seu pai, passou a trabalhar no
comércio, por conta própria, e encontrou no trabalho a realização
para os seus ideais. Gostava de narrar um episódio, quando menino,
de férias no Sítio Pernambuquinho, propriedade de seus pais, se
revelara um artífice manufaturando solas em madeira para
tamancos, com tal perfeição que passara a vendê-Ias em Ubajara.
Foram seus conterrâneos e amigos: Grijalva Costa, Antônio Pereira,
Raimundo Magalhães Júnior, conhecido escritor (seu primo),
Raimundo Cunha, João Furtado de Melo, Clóvis Furtado de
Mendonça, Hemetério Pereira e outros valores, tendo quase todos
colaborados com a imprensa de Ubajara; ex-colegas que figuram a
seu lado na relação dos Alunos da Escola Mista do Povoado (Ano
1903), na Revista do Cinquentenário de Ubajara (1915/1965). Para
muitos de seus conterrâneos, a sua pedra fundamental no comércio
foi lançada aí, na sua terra natal, ao assumir, aos dezessete anos, por
conta própria, seu trabalho no comércio, o que foi constatado mais
tarde, na sua ascensão, intrepidez e heroísmo pelos cinqüenta anos
ininterruptos de prélio.
Sendo Ubajara um campo ainda pequeno, decidiu transferir
sua Casa Comercial para a progressista cidade de Sobral. Aí
chegando, logo se tomou conhecido no comércio, ganhou fama e em
1917, aos 23 anos, contraiu núpcias com Maria Noemízia de Arruda
Gomes, de tradicional família de Massapê, filha do patriarca João
Tibério Arruda e Filomena Aguiar, irmã do conhecido coronel João
Arruda, Edgard e Vicente Arruda, bastante conceituados nos meios
sobralenses. Em Sobral, demorou-se cerca de quatro aos, e nos
albores de 1923, transferiu-se com a família para Fortaleza, levando
quatro filhos em tenra idade.
Espírito empreendedor desde adolescente, chegando a
Fortaleza estabeleceu-se por conta própria no Armazém à rua
324
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Floriano Peixoto, (quando então contava 29 anos de idade), local
onde o comércio era intenso na década de XX. O estabelecimento
reconhecido com seu nome, Antônio Gentil Gomes, também
conhecido por Gentil Gomes, abastecido de produtos de importação
e de variedades de gêneros de todo o País, ganhou vulto, competiu
com as diversas casas comerciais de Fortaleza.
Na capital cearense, manteve a amizade dos amigos
ubajarenses que o vinham visitar, felicitá-lo pelo progresso e
intrepidez de sua carreira Em pouco tempo ampliou seus negócios,
associou-se a várias firmas comerciais, entre elas: Gomes Lima Ltda.,
Gomes & Arruda, Queiroz Gomes Ltda., Moura Gomes e outra mais.
Na década de trinta adquiriu os imóveis da rua General
Sampaio, onde morou por pouco tempo e o da rua Senador Pompeu,
perto da Igreja São Bernardo, local de moradias tradicionais, onde
passou a residir com a família até o fim da mesma década. Por essa
época, os filhos eram todos estudantes, ainda, dos Colégios:
Professor Nogueira, Liceu, Dom Bosco e Farias Brito; e depois, na
Aldeota, no Ginásio São João, do Prof. Braveza. As filhas estudavam
na Escola Modelo, no Colégio da Imaculada Conceição e outras do N.
Srª das Vitórias. Nos anos 50, Margarida, sua sobrinha, veio morar
conosco.
Abro um parêntese, para enunciar os nomes dos dez filhos:
Olavo, o mais velho, Milena, Alita e lone, que nasceram em Sobral;
Sebastião, Palmira, Carmelo, João Gentil, Danilo e Antônio Guilardo,
nascidos em Fortaleza. Os filhos homens seguiram a profissão do pai.
Das quatro filhas, duas casaram e duas são solteiras. Ione exerceu o
magistério e foi funcionária pública federal por muitos anos. Palmira
é supervisora da Construção Civil e trabalha na Firma Thermus, com
os irmãos.
Nas décadas de quarenta e cinqüenta expandiu ainda mais
suas transações comerciais. Tornou-se entre os mais conhecidos
homens de negócios de Fortaleza. Por essa época, passou a residir no
bairro Aldeota. Cooperou, competiu e se fez credor das maiores
325
Dicionário Biográfico - Família Arruda
firmas do Estado. Associou-se a diversos clubes, entre eles, o antigo
Clube Iracema e o Ubajara Clube, dos quais foi sócio proprietário.
Fundou, junto aos conceituados comerciantes Luís Vieira,
João de Melo e Pedro Carlos, o Banco União SA, do qual foi DiretorSecretário e maior acionista; do Banco dos Importadores Ltda. (firma
de grande envergadura), onde foi Diretor Vice-Presidente. Foi ainda
Diretor-Presidente da União Algodoeira S/A, firma que exportava e
prensava algodão em larga escala, junto aos sócios diretores Manuel
Albano, Francisco Nunes Cavalcante, Natanael Cortês, Luís Vieira e
Morisé Andrade.
Colaborou com vários estabelecimentos
bancários, inclusive o Banco Caixeiral do Cariri, Banco do Estado do
Ceará, Banco do Nordeste. Colaborou junto aos membros do Centro
Social Ubajarense, quando Presidente daquele órgão, para a
instalação do Banco do Nordeste do Brasil S/A, naquele Município de
Ubajara. Contribuiu para a expansão educativa e embelezamento da
cidade de Fortaleza, doando à Prefeitura uma quadra de seus
terrenos na antiga Estância, para a construção de uma Escola Pública,
à Av. Barão de Studart com Marcondes Pereira, em frente ao atual
Centro Comercial Gentil Gomes. A doação para o plano educativo
não foi realizada, mas a Prefeitura construiu uma praça ajardinada no
recanto aprazível, o que concorreu depois, para a construção de
vários prédios em suas proximidades. Ainda hoje é ignorada a
omissão do nome do doador à bela e arborizada pracinha de
Fortaleza.
Permitam a minha admiração por esse homem, que exaltou
o solo fértil onde nasceu e o da terra onde viveu; respeitou suas
origens de filho e irmão devotado, digno e honesto, honrado chefe
de família, esteio de uma prole de dez filhos; que lutou e venceu
obstáculos provados pelas vicissitudes da vida. Conhecedor profundo
da História Geral, à Geografia, à Física; das leis civis e jurídicas, à
Bíblia - do Gênese ao Apocalipse; de prodigiosa memória, que saindo
da longínqua Ibiapaba, onde quase menino foi possuidor do senso da
responsabilidade; transpôs fronteiras, trabalhou e enriqueceu com
326
Dicionário Biográfico - Família Arruda
seus próprios esforços, e que nos últimos anos de sua vida batalhou
por um direito que lhe assistira: a justiça a direito de seus bens!
Antônio Gentil Gomes faleceu no dia 5 de setembro de
1968, subitamente, aos 73 anos de idade, na casa que construíra na
Aldeota, deixando entre nós, a lembrança marcante do homem de
coragem, cumpridor de suas obrigações nos meios familiares e uma
lacuna no comércio e indústria de Fortaleza, onde foi um grande
empreendedor!
Com justo merecimento, a Câmara Municipal de Fortaleza
decretou e sancionou a Lei, ano 1981, denominando, na artéria do
Loteamento José de Alencar, a Rua Antônio Gentil Gomes, em homenagem ao conhecido Gentil Gomes - meu pai. (Apud Gomes, Ione
Arruda – Imagens Indeléveis; Primeiros Contatos com o Bairro
Aldeota – Fortaleza: Stylus Comunicações, 1991. 92p).
MARIA OSMARINA ARRUDA (Tn. 322.), filha de Francisco Nelson
Arruda (Bn.76) e de Maria Amelina Pontes Arruda, de tradicionais
famílias de Massapê, Ceará. Neta paterna de João Tibério de Arruda e
de sua 1ª mulher Filomena Izabel de Lira Aguiar, e materna de
Francisco Ferreira da Ponte e de Raquelina Maria Arruda Pontes.
Nasceu em Massapê, Ceará, a 16 de maio de 1918. Casou-se a
26/07/1938 em Massapê, com seu parente José Hosanan Arruda
filho de Francisco das Chagas Arruda182(Bn. 122.) e de Maria José
Arruda ( Maroca). Nasceu em Mssapê, Ceará a 1º de junho de 1914.
MARIA QUITERIA DE ARRUDA SILVEIRA (N. 15), natural de Sobral,
irmã do célebre professor Vivente Ferreira de Arruda (F.03), um dos
maiores luminares da Educação do século XIX, em Sobral, filha de
Amaro José de Arruda (Filho) e de Rita Umbelina do Nascimento.
182
Francisco das Chagas Arruda,n. em 1871. ;casou-se três vezes. Em 1a núpcias com Maria do
Espírito Santo, em 2a núpcias, com Maria Quitéria Aguiar, filha de Joaquina Arruda Aguiar (N. .) e de
Felissíssimo Aguiar e Silva. Em 3a núpcias, ;casou-se com Maria José Arruda (Maroca), nascida em
1889, filha de José Ximenes Aragão182e de Francisca Ximenes Aragão ( Apud Arruda, F.A.V. –
Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas, Tomo V).
327
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Casou-se em Viçosa (CE) com o Coronel Raymundo Benício da
Silveira, nasceu em Viçosa do Ceará a 10 de abril de 1839 e falecido
a 04 de dezembro de 1916, na mesma cidade, onde foi Juiz de Paz,
por muitos anos, e membro da última Câmara Municipal de Viçosa,
na Monarquia, filho do Deputado Provincial em várias legislaturas,
Senador Estadual na Segunda Constituinte da República e Major do
Estado-Maior da Guarda Nacional sediado em Viçosa João Severiano
da Silveira 183 e Teresa Maria Fontenele da Silveira.
MARIA SÔNIA LINHARES FREIRE (Qn.197), natural de Crateús, filha
do capitalista Luís Maria Arruda Linhares de Alda Cardoso Linhares,
casou-se a 03/03/1956, em Crateús , com José Freire Filho, falecido
em Crateús, filho de José Ximenes Freire e de Ester Marques Freire.
Do seu enlace matrimonial nasceram cinco filhos: Lilian Maria, Paulo
Roberto, Ester, José Freitas Neto e Sílvia Helena Linhares Freire.
MARIA STELA PONTES MENEZES (Tn. 403.), filha de José Raimundo
Pontes e de Rosa Laura Pontes. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 13 de
fevereiro de 1913. Casou-se com o renomado professor Dr. Djacir de
Lima Menezes, nascido a 16 de novembro de 1907, em Maranguape
(CE). Em 1930, bacharelou-se na Universidade do Brasil. Fez curso de
doutoramento na Faculdade do Ceará (1932-1938). Inspetor Regional do
Ensino, após concurso (1931-1938). Professor catedrático de Psicologia
da Escola Normal Justiniano de Serpa, atualmente Instituto de
Educação, após concurso (1932-1938). Professor catedrático de
183
João Severiano da Silveira183, filho de Alexandre José da Silveira e Margarida Ferreira do
Nascimento - filha de Manoel José do Nascimento e Cosma Maria do Livramento; mãe, em 2ªs
núpcias, do General Antônio Tibúrcio Ferreira de Souza; e, irmã de Rita Umbelina do
Nascimento, esposa de Amaro de Arruda Júnior ) e Teresa Maria Fontenele da Silveira (filha de
Raimundo Benício Fontenelle e Ana Vitória Rosário; neta de Felipe B. Fontenele e Teresa do
Espírito Santo Fontenelle, de Félix Borges de Pinho e de Ana Benaflita de Jesus Pinho; bisneta
do francês Engenheiro de Minas e Capitão de Milícias Jean Pierre Fontenelle e de Umbelina
Maria de Jesus, do português Joaquim José Borges de Pinho e de Felipa Pereira de Souza e
do Capitão Antônio do Espírito Santo de Oliveira Barcelos e Inácia Maria do Nascimento, esta,
filha do Capitão Antônio Rodrigues .Magalhães e de Quitéria Marques de Jesus — fundadores
de Sobral).(Apud Silveira, João Severiano Caldas da – Chico Caldas- O Patriarca de Viçosa do
Ceará, Vol III, Fortaleza, 2010). Pais de:
328
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Introdução à Ciência do Direito, da Faculdade de Direito do Ceará,
após concurso (1938). Professor contratado do Colégio Militar do Ceará
(1939). Fundador e primeiro Diretor da Faculdade de Ciências
Econômicas do Ceará (1940), onde regeu a cátedra de Economia
Política. Membro do Conselho Nacional do Trabalho (1941-1942).
Professor catedrático por concurso da Faculdade Nacional de Filosofia
da Universidade do Brasil, cátedra de Economia Política e História das
Doutrinas Económicas (1942-1967). Catedrático da Faculdade de Economia
e Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1945). Curso de
Conferências sobre Sociologia e Economia, na Escola do Estado-Maior do
Exército (1941-1942). Conferências, em 1942, 1970, 1971 e 1972 na
Escola Superior de Guerra. Membro do Conselho Econômico da
Confederação Nacional das Indústrias desde 1950. Membro do Conselho
Técnico da Confederação Nacional do Comércio desde 1960. Professor
do Curso de Jornalismo da Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade
do Brasil (1955). Contratado pelo Ministério das Relações Exteriores para
dirigir, em 1953, a Secção Didática do Instituto Argentino-Brasileiro de
Cultura, em Buenos Aires. Diretor e Fundador do Centro de Estudos
Brasileiros, em 1954, em Buenos Aires, no Setor Cultura da Embaixada
do Brasil onde regeu a cadeira de Literatura Brasileira. Aula inaugural da
cátedra de Cultura e Literatura Brasileiras, na Faculdade de Filosofia &
Letras de La Universidad de Buenos Aires, em 1953, a convite do Reitor
Carlos Bancalarí e Decano Antônio Serrano, Redonnet, em nome da
Egrégia Congregação. Regeu a cátedra de Literatura Brasileira, durante
os anos de 1953 e 1954 na Faculdade de Filosofia & Letras de La
Universidad de Buenos Aires. Diretor e fundador do Instituto Cultural
Bolívia-Brasil, em 1958, em La Paz. Regeu a cátedra de Literatura Brasileira
na Universidade Nacional Autônoma do México (1959). Diploma do lº
Congresso Latim Americano de Sociologia, em Buenos Aires (1951). ViceDiretor (1959) e Diretor da Faculdade de Economia e Administração da
Universidade Federal do Rio de Janeiro (1960-1964). Diretor pró-tempore
do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (1965). Membro do Conselho
Federal de Cultura (l966). Membro da The National Geography Society
329
Dicionário Biográfico - Família Arruda
(1939). Diploma de Amigo do Colégio Militar de Fortaleza, por relevantes
serviços prestados (1971). Professor Emérito da Universidade Federal do
Rio de Janeiro (1968). Sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico
Brasileiro (1969). Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (19691973). Comendador da Ordem do Rio Branco (1972). Recebeu várias
medalhas como: de Grande Reconhecimento Maçónico do Grande Oriente
do Brasil (1970); de Mérito Cultural da Universidade Federal do Ceará
(1967) e muitas outras.
Escreveu várias obras, principalmente nas áreas de Filosofia,
Sociologia, Didáticas e Literárias.
MARIA TERESA ARRUDA GOUVEIA (Teca) (Qn. 782.), Auxiliar de
contabilidade, n. a 08/12/1956 em Baturité; filha do Capitão Miguel
Edgy Távora Arruda (Tn.297) e de Maria Adelina Furtado Arruda, ambos
de tradicionais famílias de Baturité, Ceará. Casou-se duas vezes. A 1ª,
em Fortaleza, a 12/04/1980, com João Germano Lima Rocha, n. em
Fortaleza , a 26/04/1957, filho de José Maria Rocha e Maria Augusta
Lima Rocha. A 2ª, em Fortaleza, com Cláudio Luís Benevides Gouveia n. a
01/06/1957, filho de José Heloisio Maramaldo Gouveia e de Zeneida
Benevides Golveia.
MARIA TERESA FROTA PARENTE (Qn.170), Administradora de
Empresas, nascida em Fortaleza a 5 de junho de 1948, filho de
Alderico Monte Parente (Tn.253), natural de Camocim (CE), e de
Maria Luisa Frota Parente, amazonense. Formada em Administração
de Empresas pela Faculdade Integrada do Ceará – FIC, 2003. Pessoa
de grande espírito humanitário e de elevada estima. Tem grande
interesse por suas raízes e referencia seus antepassados com muito
apreço. Colaborou no levantamento de dados para a elaboração do
quinto tomo dos Gomes Parente, mesmo tendo sido acometida de
um derrame celebral e parte do movimento do lado esquerda
comprometida, mantinh-ase conectada a internet trocando valiosas
contribuições. Casou-se em Fortaleza a 07 de maio de 1972 com
330
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Carlos de Freitas, paraense, nascido a 23 de setembro de 1948,
comerciante na Praça de Fortaleza, filho de Horácio de Freitas e de
Aída Caldeira de Freitas.
MARIA TEREZA ARRUDA CORREIA (Qn. 712.), Psicóloga, filha de Pedro
Correia Filho e de Thereza Arruda Correia (Tn.277). Nasceu o Rio de
Janeiro, a 25 de novembro de 1954. Casou-se a 22/06/1979 no Rio
de Janeiro, com Fernando Pires Coutinho nascido em Recife (PE), a 22
de novembro de 1950, filha de Murilo Domingues Coutinho e Jacy Pires
Coutinho.
MARIA TEREZA ARRUDA DE CERQUEIRA SANTOS (Qn. 618.),
Funcionária Pública Federal, filha de Miguel Coelho Arruda (
Arrudinha) (Tn.253) e de Luiza Nery Arruda (Lili). Nasceu em Baturité,
Ceará, a 20 de agosto 1927. Casou-se a 25/10/1958 em São Paulo, com
George de Cerqueira Santos, nascido em Miguel Calmon (BA), a 27 de
março 1927 e falecido a 24/09/1981 em Fortaleza, filho de José
Cassiano dos Santos e Helena Passos de Cerqueira Santos.
MARIANITA MASCARENHAS BRITO SANTANA (Qn. 645.), Arquiteta,
filha de José Coelho Arruda ( Zezé) e de Marianita Mascarenhas Arruda.
Nasceu no Rio de Janeiro, a 1º de agosto de 1950. Casou-se a
18/09/1975 no Rio de Janeiro, com Arivaldo Brito Santana, filho de
Ariston Santana e Carmelita Brito Santana. Nasceu em Salvador, Bahia, a 21
de setembro de 1944.
MARÍLIA LOPES ARRUDA ( Qn. 707.), Advogada, filha de José Soares
Arruda (Tn.274) e de Maria de Lourdes Lopes Arruda. Nasceu no Rio de
Janeiro, a 6 de setembro de 1957. Casou-se a 22/09/1983 no Rio de
Janeiro, com Pedro Luiz Papi de Moraes, nnascido no Rio de Janeior, a
18 de junho de 1954, filho de Pedro Afonso de Moraes e Sônia Papi de
Moraes.
331
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MÁRIO EUSTÁQUIO DE OLIVEIRA FURTADO (Qn. 725.), Comerciante, filho
de Miguel de Arruda Furtado ( Tn.279) e de Luzamira Oliveira Furtado.
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 09 de agosto 1946. Bacharel em
Comunicação Social; Comerciante. Casou-se a 08/12/1968 em
Londrina, com Neide Aparecida Barbosa Furtado nascida em Rancharia
( SP) , a 14 de agosto de 1946, filha de Antônio Barbosa e Marina
Pereira Barbosa.
MARTA MARIA CARVALHO ARRUDA (Qn. 810.), filha de Juarez Távora
Arruda ( Tn.307) e de Marlina Isabel Carvalho Arruda. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 9 de fevereiro de 1962. Formada em História pela
Universidade Federal do Ceará- UFC e em Fonoaudiologia pela
Universidade de Fortaleza- Unifor. Atualmente é Professora
Universitária. Casou-se e separou-se de Francisco Crisostomo da
Cunha. Casou-se em 2ª, núpcias,com.................................................
MARTA MARIA FURTADO DINIZ (Qn. 728.), Médica, filha de Miguel de
Arruda Furtado (Tn.279) e de Luzamira Oliveira Furtado. Nasceu em
Londrina (PR), a 23 de agosto de 1952. Casou-se a 08/12/1977 em
Londrina, com Armando Gomes Muniz Júnior, Médico, n. a 13/02/1952
em Rolândia (PR), filho de Armando Gomes Diniz e Alzira Morzeli Diniz.
MARTHA ARRUDA GRIBEL (Pn. 1203.), Economista, filha de Sérgio
Ancêde Gribel e de Yonni Arruda Gribel (Qn.887). Nasceu 15 de março
1961. Formada em Ciências Econômicas, exercendo atividade de
Consultoria; casou-se duas vezes. A 1ª, a 01/05/1978, com Francisco
Baldissara n. a 16/04/1959, filho de de Ariodanta Baldissara e de Eva
Sophia Raddzey Baldissara. A 2ª, a 19/02/1988 no Rio de Janeiro (RJ),
com Walder Felipe Pinto Bastos.
MARY CALDAS DA SILVEIRA MAPURUNGA (Qn. 187), filha do ilustre
Tabelião, viçosense, grande líder comunitário e defensor do
patrimônio histórico de Viçosa do Ceará, Francisco Caldas da Silveira (
332
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Chico Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira (Tn.86). Nasceu em
Viçosa do Ceará a 3 de agosto de 1927 e falecida a 23 de agosto de
1980, na mesma cidade. Concluiu o curso Normal do Colégio
Francisco Caldas da Silveira e foi escrevente do Cartório do lº Ofício,
em Viçosa do Ceará. Casou-se em Viçosa do Ceará a 31/03/1958 com
o comerciante Francisco Nogueira Mapurunga, filho de Clóvis
Carneiro Mapurunga e Julita Nogueira Mapurunga, de destaca família
da sociedade viçosense.
MATEUS BASTOS VASCONCELOS ARRUDA ( Pn. 1081.), Advogado,
filho de Francisco de Assis Germano Arruda ( Qn.780) e de Maria
Idalba Bastos Vasconcelos. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 18 de
junho de 1983. Formado em Direito e em Admistração de Empresas,
sócio na Extra Fomento Mercantil. Casou-se com Lillian Savaris Folle
Arruda, Administradora de Empresas, sócio na Extra Fomento
Mercantil, filha de Romeu Luiz Folle e de Natalina Savaris Folle.
MAURO FERNANDO MAIA ARRUDA (Qn. 676.), Economista, filho de Luiz
Soares Arruda ( Tn. 268) e de Clice Itagyba Arruda. Nasceu no Rio de
Janeiro, a 11 de janeiro de 1947. Formado em Economia. Casou-se a
16/09/1972 no Rio de Janeiro com Lúcia Helena Ponce de Leon
Arruda n. a 19/07/1950 no Rio de Janeiro, filha de Luís Carlos Ramos de
Leon e Maria Luiza de Veiga Ponce de Leon.
MAURO JOSÉ GARCIA ARRUDA (Qn. 656.), Advogado, filho de Paulo
Coelho Arruda ( Tn. 264) e de Raimunda Neusa Garcia Arruda. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 14 de agosto de 1941. Casou-se a 05/01/1972 em São
Paulo, com Maria José Fragoas Arruda n. a 19/11/1945 em São José
do Rio Preto (SP), filha de José Fragoas Maldonado e Verônica Cleonice
de Oliveira Fragoas.
333
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MAURO JOSÉ MASCARENHAS ARRUDA (Qn. 641.), Economista, filha
de José Coelho Arruda ( Zezé) ( Tn.258) e de Marianita Mascarenhas
Arruda. Nasceu em Caravelas (BA), a 13 de setembro de 1944. Casouse a 11/12/1971 no Rio de Janeiro, com Maria Alice Reis Arruda n. a
27/12/1949 no Rio de Janeiro, filha de Jorge Reis e Maria Tereza Reis.
MESSIAS ARAÚJO PONTES (Qn. 1344.), filho de Vicente de Araújo
Pontes (Tn.519) e de Georgina Arruda Pontes. Nasceu em Fortaleza,
Ceará, a 18 de abril de 1947. Formado em Comunicação Social, pela
Universidade Federal do Ceará (UFC). Tem larga experiência na área de
Jornalismo. Foi Redator da TVC; Ex-Diretor de Jornalismo da TVC.
Articulista do Jornal O Estado. Secretário de Comunicação do Comitê
Estadual do Partido Comunista do Brasil –militante comunista desde 1967.
Diretor do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Ceará. VicePresidente do Comitê de Imprensa da Assembléia Legislativa do Ceará. Já
foi Presidente em dois períodos e exerceu outros cargos. Diretor de Sede
do Comitê de Imprensa da Câmara Municipal de Fortaleza, do qual já foi
Presidente e exerceu outros cargos. Diretor de Comunicação da
Asssociação de Amizade – Cuba Ceará. Secretário de Imprensa da
Sociedade Cearense dos Poetas Vivos. Casou-se, em 05/04/1969, com
Maria Alves Pontes (Nilma), n. a 22/09/1948, em Fortaleza , bacharelada
em Matemática, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).
Tecnólogo em Processamento de Dados , pela Universidade Federal do
Ceará (UFC). Teologia pela Fundação Mokiti Okata, de São Paulo. Pósgraduada em Nutrição e Exercício Físico, pela Universidade Estadual do Ceará
(UECE). Diretora Gerente da Marketing, Assessoria, Comunicação S/C. Ltda.
(MAC)., filha de Manoel Alves do Carmo184e de Maria Martins.
184
Manoel Alves do Carmo, filho de João Alves do Carmo e de Joaquina Maria de Jesus. Casou-se com
Maria Martins, filha de João Martins da Silva e de Izabel Cosme da Silva (Apud Pereira, Danilo – Memorial
Genealógico- Familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 126)
334
Dicionário Biográfico - Família Arruda
MESSIAS ARRUDA VASCONCELOS (Pn.1092.) , Pecuarista e Político, filho
de Raimundo Clodoveu Arruda (Qn. 435.) e de Maria de Nazaré Arruda.
Nasceu em Massapê, Ceará, a 26 de fevereiro de 1948. Agropecuarista
de destaque no Município de Massapê, onde foi líder político e Vereador
em cinco legislaturas, em 1982, 1988, 1992, 1996 e 2004, todas bem
votadas em virtude dos relavantes serviços prestados à comunidade
massapeense, principalmente, os residentes na Zona Rural. Casou-se
com Francisca Elizete Linhares Vasconcelos Arruda, n. a 25/03/1949,
no Olho D’ Água dos Arrudas, em Sobral . Vereadora pela Câmara
Municipal de Massapê, durante a legislatura de 2000 a 2004, fazendo
jus ao excelente trabalho que desenvolveu junto ao seu companheiro
em várias campanhas eleitorais, filha de Antônio Arruda Linhares185 e
de Maria da Conceição Arruda Linhares.
MICHELINE CARNEIRO IBIAPINA (Pn.698), empresária, filha de
Francisco José Arruda Carneiro (Qn.202), empresário de destaque em
Sobral, e de Vera Maria Lopes Carneiro. Nasceu em Sobral, Ceará, a
23 de maio de 1972. Empresária na Praça de Sobral com lojas de
confecções. Casou-se em Sobral a 15/12/1990, com José Crisóstomo
Barroso Ibiapina (Zezão), Advogado e político, filho do líder político e
ex-prefeito de Sobral Antônio Félix Ibiapina Filho186 e de Julieta Odete
Barroso Ibiapina. Nasceu em Sobral, Ceará, a 18 de abril de 1966.
Estudou em Sobral até o 2º ano do ensino médio, no Colégio
185
Antônio Arruda Linhares, fal., filho de Vicente Bezerra Linhares e de Maria José Arruda
Linhares (Zeca). Casou-se com Maria Arruda Linhares, filha de Francisco das Chagas de Arruda
e de Francisca Vasconcelos Arruda ( Chiquinha) ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol III, Os Arrudas, Tomo II, 3ª Edição, pg 545).
186
Antônio Félix Ibiapina Filho, n. a 16.01.1936, comerciante em Sobral, com uma casa de
produtos veterinários. Agropecuarísta. Líder político em Sobral com destaque no Distrito de
Caracará. Foi Vereador e Vice Prefeito do município de Sobral. Tem uma larga folha de
serviços prestado ao desenvolvimento sócio cultura e ecnômico de Sobral, nas diferentes
atividades que vem exercendo na vida pública. Casou-se a 21.12.1964, com Julieta Odete
Barroso Ibiapina, foi Vereadora em Sobral e Secretaria de Educação do Município de Sobral,
filha do Dr. José Teixeira Barroso186e de Margarida Pereira Barroso (Apud Arruda, F.A.V.Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo II, prelo - pg 261).
335
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Sobralense. Em Fortaleza, concluiu o ensino médio no Colégio
Christus, sendo aprovado no Vestibular para Economia na Unifor em
1984. No mesmo ano é convidado para trabalhar na Assembléia
Legislativa com o Dep. Vicente Antenor Ferreira Gomes (Dr. Nozinho
), onde teve suas primeiras noções de política .
Eleito Vereador de Sobral por 7 legislaturas - 1988, 1992, 1996,
2000, 2004. 2008 e 2012.
Em 1990, participou da elaboração da 1ª. Lei Orgânica do
Município de Sobral.
Em 1994, foi eleito Presidente da União dos Vereadores do
Ceara- Seccional Zona Norte e em 15 de dezembro do mesmo ano
eleito Presidente da Câmara Municipal de Sobral tendo sido
empossado em janeiro de 1995. Em 1996 assumiu por 10 dias a
Prefeitura Municipal de Sobral.
Dentre vários projetos implementados na Câmara , destaca-se o
Plano de Cargos e Carreiras do poder Legislativo Sobralense.
Em 2003, ingressa na radiofonia estagiando no programa
Ferreira Neto na rádio tupinambá, tendo posteriormente realizado
curso de profissionalização de radialista, em 2007.
Em 2007, é aprovado no vestibular de Direito na Faculdade
Luciano Feijão.
Participou de inúmeros seminários, cursos e congressos de
Vereadores cujos temas fossem voltados para o processo legislativo e
outros assuntos constitucionais.
Em 02 de abril de 2008, na Câmara Municipal fez o discurso de
saudação aos senhores Dr. Paulo Bonavides e Dra. Maria Elizabeth
Guimarães Teixeira Rocha ( Ministra do Superior Tribunal Militar ),
por ocasião da comemoração do 1º. Ano de existência da Faculdade
Luciano Feijão em Sobral.
Em 2009, assume a monitoria da cadeira de Direito
Constitucional II, onde se destacou com a apresentação de um
trabalho sobre “ Processo Legislativo e sua correspondência com os
municípios”
336
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Foi convidado para apresentar este trabalho para a União
Nacional dos Vereadores, no hotel mareiros em Fortaleza para
Vereadores de todo o Brasil.
Recentemente apresentou este trabalho no município de
Granja, para Vereadores de Granja, Camocim, Barroquinha,
Martinópoles, Uruoca e Coreaú, e também para os alunos do Curso
de Direito da Faculdade Luciano Feijão. Atualmente (2010) é Vice
Presidente da Câmara Municipal de Sobral. Sendo reeleito, em
outubro de 2012, pela sétima vez à Câmara Municipal de Sobral,
ficando na quinta colocação, em número de Votos.
MIGUEL ARCANJO DE ARRUDA (Capitão Miguel de Arruda) (N. 26., ),
filho de João José de Arruda ( F.06) e de Maria Quitéria de Jesus.
Nasceu na fazenda Oiticará, à margem do rio Contendas, na Ribeira
do Acaraú, freguesia de Santana, em Massapê, a 23 de setembro de
1849 e faleceu a 25/03/1923 em Fortaleza. Era conhecido pelos pelos
netos de Pai Arruda.
Conta o Capitão Miguel Edgy Távora Arruda, em sua
manografia sobre “Os Arruda de Baturité” que Miguel de Arruda,
chegou em Baturité em junho de 1891 acompanhado de sua mulher
Maria do Livramento Arruda, de sua sogra, Francisca Bezerra de
Araújo Vasconcelos e de duas de suas cunhadas: Antônia amélia
Rodrigues de Vasconcelos ( totonha) e Maria Elisa Rodrigues de
Vasconcelos ( elisa); e de sete de seus filhos: João, de 16 anos;
Vicente, de 15 anos; José ( Zéca), de 14 anos; Antônio ( Toinho), de 13
anos; Jeremias, de 9 anos; Ananias, de 5 anos; e de Maria Adelina, de
4 anos. Procedia ele de Santo Antônio do Aracatí-Açu, Município de
Sobral, onde se casara, a 17 de setembro de 1874, ela filha de José
Rodrigues Vasconcelos e de Francisca Bezerra de Araújo, nascida a
04/01/1856 na fazenda Ribeira, Freguesia de Santo Antônio do
Aracatiaçu. A viagem, feita em lombo de animais, durara 5 dias,
passando por Canindé, onde fora pagar uma promessa, e atravessando
337
Dicionário Biográfico - Família Arruda
toda a serra, via Mulungú. A menorzinha, Adelina, de 4 anos, vinha na
lua da sela do cavalo do Zé Dias, escravo liberto de inteira confiança, e
o menorzinho, Ananias, de 5 anos, vinha no meio de uma carga
segurando, com mão firme, o cabresto do animal, sob as vistas do
mano mais velhinho, jeremias, de 9 anos, vigilante para que nada
acontecesse ao irmão menor. Miguel de Arruda tomara a decisão de se
mudar de santo Antônio do Aracati-Açu para Baturité, atendendo à
circunstância de ser esta cidade um centro comercial muito
importante e ao fato de dispor, já então, de melhores condições
educacionais para seus filhos em idade escolar. A escolha de Baturité
se devera também a ótima impressão que lhe causara a cidade em
viagens anteriores e por nela já residir o seu sobrinho João de Arruda
Aguiar, filho de sua irmã, Joaquina de Arruda Aguiar, casada com
Felicíssimo de Aguiar e Silva.
Chegando a Baturité, o Cap. Miguel de Arruda alugou,
inicialmente, um quarto no Mercado Público da Cidade onde se
estabeleceu com o comércio de gêneros e, posteriormente, um
armazém, passando a negociar em grosso e com artigos de
exportação. Alugou, também, uma casa à rua 7 de setembro onde se
instalou com a família. Nesta casa nasceram-lhe os filhos: Eurico, a
21/06/1892, e Raimundo, a 31/08/1893. Ainda em 1892, comprou a
fazenda “ Jucá” onde passou a invernar, todos os anos, com a família.
Mais ou menos por essa época, chegava a Baturité, como Juiz
de Direito, o seu primno, Dr. Francisco Cícero Coelho de Arruda, que
era solteiro, e, pouco depois, o irmãos deste, Dr. Antônio Adolfo
Coelho de Arruda, casado com Dona Gervisina Pompeu de Arruda, que
abriu um Colégio para meninos o qual funcionou, por vários anos, num
casarão de 7 portas de frente existente na rua 7 de setembro, eaquina
da atual Travessa Luiz de Gonzaga furtado e que, posteriormente, veio
a pertencer a seus filhos Antônio ( Toinho) e Ananias. Assim
transcorreram o anos de sua chegada a Baturité.
O Cap Miguel de Arruda, adotou, assim, esta formosa e
fagueira cidade com sua, transformando-a na terra de seus filhos,
338
Dicionário Biográfico - Família Arruda
netos, bisnetos, trinetos e tetranetos, mesmo que, alguns deles, nela
não tivessem nascido ou não viessem a nascer. Desta maneira, deu ele
início ao Ramo dos Arrudas do Ceará que se convencionou chamar: de
Baturité. Miguel de Arruda, que era Capitão da Guarda Nacional187, e
sua mulher, Maria do Livramento Arruda, pertencia a importantes e
tradicionais famílias da região Norte do Estado, nascida a 4 de janeiro
de 1856, na Fazenda “ Bilheira”, Freguezia de Santo antônio do
Aracati-Açu, Município de Sobral, e falecida a 19 de setembro de 1932,
em Baturité, conhecida pelos neto de Mãe Menta; era filha de José
Rodrigues de Vasconcelos (sobrinho) e Francisca Bezerra de Araújo.
Seu pai José Rodrigues de Vasconcelos ( sobrinho), filho de Domingos
Rodrigues de Vasconcelos e Antônia Maria do Espírito Santo, era
descendente de ilustres troncos portugueses, neto, pelo lado paterno,
do Cap. José Francisco deVasconcelos e Thereza Maria da Soledade, e,
pelo lado materno, do Cap. Domingos Cunha Linhares (neto) e ana
Maria do Espírito Santo. Sua mãe, Francisca Bezerra de Araújo, era
filha de Joaquim Bezerra de Araújo e de sua segunda mulher, Thereza
Maria de Jesus; ele, por sua vez, filho do Cap. Inácio Bezerra de
Menezes e Maria Madalena de Sá ( neta), irmã de Maria Quitéria de
Araújo Costa (avó de Miguel de Arruda), filha ambas do Capitão de
Marinhas José de Araújo Costa e Brites de Vasconcelos ( neta), uma
das Sete irmãs, filha do Cap. Manuel Vas Carrasco e Maria Madalena
de Sá e Oliveira, de onde se evidencia que estes eram,
respectivamente, trissavós de Miguel de Arruda e tetravós de Maria do
187
CARTA PATENTE – O Doutor Antônio Caio da Silva Prado, Presidente da província do Ceará,
ETC. Faço saber aos que esta CARTA PATENTE virem que attendendo ao marecimento do cidadão
MIGUEL ARCHANJO DE ARRUDA resolvi nomeal-o, em virtude do artigo quarente e oito da Lei N
602 DE Setembro de 1850, para o posto de Capitão da 6ª Companhia do 15º batalhão de infantaria da
Guarda Nacional da frguezia de Meruoca, da comarca de Sobral, que servirá com todas as honras,
privilégios e isenções, que directamente lhe competirem. Pelo que mando aos Sr. Commandante Superior,
que lhe faça dar posse, depois de prestar o devido juramento; aos offciaes, seus superiores, que o tenham
e reconheçam por tal; e a todos aquelles, que lhe forem subordinados, que obedeçam e guardem suas
ordens no que tocar ao serviço nacional, tão fielmente, como devem e são obrigados. Em firmeza do que,
mandei passar esta carta patente, que, sendo por mim assinada e sellada com o sello das Armas do
Imperio, se cumprirá tão inteiramente, como nella se contém; rsgistrando-se na Secretaria da presidência
e na do Comando Superior respectivo. Data do Palacio da Presidencia da Provincia do Ceará,aos trinta
dias do mez de outubrodDo anno donNascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de miloOitocentos
oitenta e Oito,sSexagesimo sétimo da independencia e do Imperio. Assinado: Dr. Antonio Caio da Silva
Prado ( Apud Arruda, Miguel Edgy Távora – Os Arrudas de Baturité ( Esboço da Genealogia)
339
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Livramento, o que fazia de ambos primos em 4º grau. Do casal
descendem o tradicional Clã dos Arrudas radicados no Maciço de
Baturiré – conhecidos por Arrudas de Baturité - que vem se
destacando pelos feitos realizados em Baturité, denotadamente por
um de seus filhos o Comendador Ananias Arruda, que sem sombra de
dúvidas, é um dos cidadãos mais destacados naquele município, tendo
recebido a Comenda de Comendador da Santa Sé por seus relevantes
serviços prestados a Igreja Católica. Como prefeito realizou inúmeras
outras de infraestrutura ainda hoje servindo a comunidade. Em vida foi
um benfeitor em todo o Maciço de Baturité. Os demais irmãos tiveram
também destacadas posições como se verá nas páginas deste trabalho
genealógico. Tiveram os seguintesfilhos: João Gualberto Vasconcelos
Arruda;Vicente Leonardo Vasconcelos Arruda; José Aprígio
Vasconcelos Arruda; Antônio Austragésilo Vasconcelos Arruda;
Jeremias Gervásio Vasconcelos Arruda; Ananias Abnegado Vasconcelos
Arruda; Maria Adelina Vasconcelos Arruda; Raimundo
Vasconcelos
Arruda; Eurico Vasconcelos Arruda ;Maria Luíza Vasconcelos Arruda.
MIGUEL AZEVEDO VASCONCELOS (Qn. 1433.), Funcionário Público
Estadual, filho de João Tomaz de Vasconcelos (Tn.535) e de Francisca
Adélia Azevedo Vasconcelos ( Francisquinha) n. a 05/07/1925 em Cariré,
Ceará e faleceu em Sobral, Ceará, a 01/04/1999. Cidadão de bons
costumes e de boa convivência social. Foi Coletor da Fazenda Estadual
do Ceará e Chefe do Posto Central de Fiscalizacão, em Sobral. Casouse a 01/01/1954 com Ondina Alves Vasconcelos, filha de Raimundo
Nonato Silva188e de Francisca Alves Silva. Nasceu em São Benedito,
Ceará, a 26 de fevereiro de 1923. Teve grande participação na
formação do filhos. Sempre esteve lado a lado com seu
companheiro, que embora mais recatado, era compensado pela lado
descontraído de dona Ondina, uma mulher que sempre mantinha um
188
Raimundo Nonato Silva, filho de Raimundo Tavares e de Maria Olinda Tavares. Casou-se
com Francisca alves Silva, filha de João belarmino Rodrigues e de Luiza Souza Rodrigues,
naturais de São Benedito Ceará (pp).
340
Dicionário Biográfico - Família Arruda
alto astral, bem humorada, de fácil comunicação. Participou de
vários momentos religiosos e do Lions Clube Sobral Caiçara. Mesmo
viúva, continuou dando sua participação no Clube como uma leonina
guerreira. Hoje residindo em Sobral sendo assitida pela a maioria dos
filhos que alí residem. Do seu casmento nasceram os filhos: Francisco
Haroldo Alves Vasconcelos, Imaculada Alves Vasconcelos, Francisco
Wellington Alves Vasconcelos, Francisco Roberto Alves Vasconcelos,
Francisco Tomás Alves Vasconcelos, Francisco das Chagas Alves
Vasconcelos, Francisco de Assis Alves Vasconcelos e Maria Verônica Alves
Vasconcelos, todos casados e com descendência.
MIGUEL CAIRO FERREIRA ARRUDA (Qn. 275), Servidor Estdual e
Político, filho de Miguel Vasconcelos Arruda (Tn.128) e de Francisca
Ferreira Arruda. Nasceu em Ipaumirim (CE), a 20 de maio de 1938.
Ex-Prefeito do Município de Ipaumirim (1973 – 1977). Diretor de
Divisão Administrativa do Serviço de Processamento de Dados do
Ceará. Casou-se com Maria Mirian Barbosa Arruda, n. a 11/09/1933,
Professora estadual aposentada, filha de Francisco Barbosa Lima e
Josefa Alexandre Barbosa.
MIGUEL CALDAS DA SILVEIRA FONTENELE (Pn. 431), Funcionário
público, filho de Raimundo Miguel Fontenelle (Qn.186) e de Myrian
Caldas da Silveira Fontenelle. Neto materno do Cel. Chico Caldas,
grande líder comunitário e defensor do patrimônio histórico de
Viçosa do Ceará. Nasceu em Viçosa do Ceará, no dia 11 de novembro
de 1958. Funcionário do IAPAS, em Fortaleza. Casou-se em Fortaleza
a 27/04/1985, com Márcia Bezerra de Moura Fontenele, n. a
22/07/1963, filha de Adauto Alexandre de Moura e Maria Bezerra de
Moura.
MIGUEL DE ARRUDA FURTADO (Tn. 279.), Bancário, filho de Luís de
Gonzaga Furtado e de Maria Adelina Vasconcelos Arruda (Bn.71).
341
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nasceu em Baturité (CE), a 16 de setembro de 1906 e falecido em
Londrina, Paraná, a 27 de agosto de 2000. Funcionário do Banco do
Brasil, aposentando-se como gerente da agência em Londrina (PR).
Casou-se a 08/12/1934 em Baturité, com Luzanira de Oliveira Furtado
n. a 10/03/1912 em Fortaleza e falecida 21/10/1998 em Londrina
(PR), filha de Júlio Oliveira e Maria Antunes Oliveira.
MIGUEL EDGY TÁVORA ARRUDA ( Capitão Edgy) (Tn. 297.), Militar, filho
de Raimundo Vasconcelos Arruda ( Bn.72) e de Noemy Távora de Assis
Arruda. Miguel Edgy foi para mim foi um dos maiores entusiasta da
família Arruda, um batalhador em prol da união e do fortalecimento
dos laços dos filhos de oiticará, que se embrenharam por este Brasil
afora em busca de oportunidades e se destacaram nas diversas áreas
sócio-econômica. Sempre tive uma grande admiração pelo trabalho
realizado pelo Capitão Edgy Távora, no sentido de preservar a
memória da família Arruda e seus feitos no Município de Baturité.
Seu filho Raimundo Luís escreveu seus traços biográficos por ocasião
do seu falecimento, que transcrevo na íntegra: “O Legado do meu
Pai”: “ Miguel Edgy Távora Arruda, conhecido por todos como
Capitão Edgy, nasceu em Fortaleza em 3 de Abril de 1919, à Rua
Barão do Rio Branco nº 355, às 16 horas, em uma quarta-feira.
Batizou-se no dia 13 do mesmo mês na Matriz do Carmo. Oficiantes:
Padre Cônego Henrique Mourão. Seus padrinhos, os avôs paternos:
Miguel de Arruda e Maria do Livramento Arruda. Crismou-se na
capela do Palácio Episcopal. Oficiante o Senhor Arcebispo Dom
Manoel da Silva Gomes e seu padrinho foi Jeremias Arruda.
Miguel Edgy, foi um homem incrivelmente fantástico, de
caráter irreparável, fez seu curso primário na Escola Apostólica dos
Padres Jesuítas em Baturité, onde estudou por três anos, em seguida,
se matriculou no Colégio Salesiano Domingos Sávio na mesma
cidade, onde se preparou para o exame de admissão. Fez o mesmo,
no Colégio São Luis, em Fortaleza. Estudou ainda por um ano no
342
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Colégio Marista Cearense transferindo-se posteriormente para o
Liceu do Ceará, onde terminou o curso de humanidades.
Trabalhou durante dois anos na Companhia de Eletricidade
Light.
Em 1940 viajou para o Rio de Janeiro, onde se matriculou no
Centro de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR), de Exercito
Brasileiro, sendo declarado Aspirante em 11 de outubro de 1942. Fez
o seu estágio de três meses no 1º Batalhão de Caçadores (1º BC) em
Petrópolis Estado do Rio.
Com a entrada do Brasil na 2ª Guerra Mundial foi convocado
para permanecer na ativa, sendo transferido para servir no 25º
Batalhão de Caçadores (25º BC) em Teresina, estado do Piauí, onde
se prepararia para uma eventual participação na 2ª Grande Guerra.
;casou-se no dia 12 de abril de 1944, com sua prima Maria Adelina
Furtado de Arruda, em Fortaleza, na Matriz do Patrocínio, na missa.
Presentes toda a sua família e a família da sua noiva. Oficiante
Monsenhor Otávio de Castro, Vigário Geral da Arquidiocese.
Em conseqüência de um acidente ocorrido em 18 de maio
de 1945, quando manuseava uma granada, foi reformado do Exercito
Brasileiro, em 25 de setembro de 1946, primeiramente no posto de
1º Tenente e posteriormente no Posto de Capitão. Passou a residir na
Capital Cearense, onde foi proprietário de uma Empresa de
Importação e Exportação. Por não ter no sangue o tino comercial,
fechou a Empresa e foi residir em Baturité onde foi proprietário do
Cine Baturité, primeiro cinema da cidade.
Em 11 de fevereiro de 1951 foi eleito Prefeito de Baturité,
assumindo a Administração da cidade em 25 de março do mesmo
ano.
Em junho de 1952 foi Condecorado com a Medalha de
Guerra e em 10/12/52 promovido ao posto de Capitão do Exercito
Brasileiro.
O Capitão Edgy fez uma administração brilhante em
Baturité, resolveu definitivamente um penoso problema vivido na
343
Dicionário Biográfico - Família Arruda
época, que era a falta d’água, com a construção da barragem
Tijuquinha, inaugurada em 19 de março de 1954.Uma das primeiras
providencia a frente da prefeitura foi adquirir um trator de esteira
tipo K – 55 para o Município e a respeito desta compra. Cito um fato
interessante, o representante da Empresa que fornecia o Trator
sugeriu lhe pagar 10% do valor da máquina, correspondente ao
desconto obtido na nota fiscal, no que foi imediatamente rechaçado
e exigido que o desconto fosse dado à prefeitura.
Cito agora alguns fatos importantes da sua administração: a
aquisição de um Grupo Diesel Gerador inaugurado em 5/6/1952
visando minorar o problema de energia elétrica na sede. Construção
da estrada Baturité a Serra do Vicente. Construção de 34 km de
estradas para diversas localidades, construção de uma Ponte tipo
Bueiro na localidade Várzea das Bestas na Estrada Quixadá –
Itapiúna. Restauração de 1.153 km de estradas. Construção o Posto
de Puericultura Dr. Severiano Ribeiro. Pavimentação da Avenida Dom
Bosco na sede e da Rua Principal do Distrito de Caio Prado.
Em março de 1954 foi presidente do II Congresso dos
Municípios Cearenses.
Sua prestação de contas era de uma clareza tão grande que
passou a ser recomendada como modelo para os demais municípios
do Brasil pelo, Instituto Brasileiro de Administração Municipal,
(IBAM). Como conseqüência de sua brilhante Administração, a
Cidade de Baturité foi agraciada com o Título dos 10 Municípios de
maior Progresso no Brasil, promovido pelo IBAM e pela Revista
Manchete. Diploma este conferido pelo Presidente da República,
João Fernandes Campos Café Filho,em Cerimônia realizada no dia 19
de agosto de 1955, no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, na época,
sede da capital da Republica.
Exerceu o mandato de prefeito de Baturité pela 2ª vez de
1959 a 1962.
Em 1960, com uma prole numerosa, e preocupado com a
educação dos filhos, trouxe a família para Fortaleza onde havia mais
344
Dicionário Biográfico - Família Arruda
recursos para educá-los, mas não se desligou de Baturité, foi ainda
Vereador e Assessor Especial de Cultura e Turismo, na Gestão do seu
irmão, Olinto Arruda.
O CAPITÃO EDGY PUBLICOU ALGUMAS OBRAS COMO: BATURITÉ DOS
MEUS TEMPOS DE MENINO; DOZE ANOS A SERVIÇO D E BATURITÉ ; A ESCOLA
APOSTÓLICA; BREVE ESTUDO SOBRE A HISTÓRIA DE BATURITÉ ;
REMINISCÊNCIAS; BATURITÉ DO PASSADO; OS ARRUDAS DE BATURITÉ E
BATURITÉ DA MINHA ADOLESCÊNCIA .
Em 27/06/1981 talvez tenha realizado seu maior sonho,
Criou a Fundação Comendador Ananias Arruda que tem como
propósito preservar a memória e o acervo deixado pelo Grande
Benfeitor de Baturité, através da criação do Museu e do jornal “A
verdade,” sendo seu presidente ate 25 de janeiro de 1998.
Miguel Edgy deixou a vida terrena, as 18:30 de 23 de
setembro de 2010.
Este é o Legado do meu Pai, Um homem que foi Historiador,
Professor, Jornalista, Escritor, e Administrador Público, Não deixou
bens materiais para os seus herdeiros, mas deixou de herança o que
de mais nobre um ser humano pode receber, o Exemplo de Caráter
ilibado, os princípios maiores de Honestidade e honradez, princípios
estes que correrão na memória e no sangue de seus descendentes
que se multiplicarão através dos séculos e serão tantos quanto às
estrelas no firmamento”. Casou-se a 12/04/1944 em Fortaleza com
sua prima Maria Adelina Furtado Arruda n. a 23/06/1918 em
Senador Pompeu, filha de Luiz de Gonzaga Furtado e Maria Adelina de
Arruda Furtado.
MIGUEL EDMAR SOARES ARRUDA (Tn. 272.), Contador e Economista, filho
de Jeremias Gervásio Vasconcelos Arruda (Bn. 69) e de Margarida Soares
Bezerra. Nasceu em Fortaleza a 14 de abril de 1918. Casou-se a
08/12/1942 no Rio de Janeiro, e desquitado de Máuria Minghini Silva n.
a 03/11/1924 em Vitória (ES),filha de Maurício Silva e Maria Minghini
345
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Silva. E de sua união com Inês Meira n. a 28/10/1941 em Castelo( ES),
filha de Evaristo Rodrigues Meira e Maria Freire Meira.
MIGUEL NONATO PARENTE DE ARRUDA (Qn. 599.), Publicitário, filho de
Miguel Bernardino Proença de Arruda (Tn.247) e de Cleoni Parente de
Arruda ( Nicinha). Nasceu no Rio de Janeiro a 20 de junho de 1946.
Formado em publicidade. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 03/05/1970 no
Rio de Janeiro, e divorciou-se de Ângela Maria de Araújo Aguiar n. a
03/06/1950 no Rio de Janeiro, filha de Wilson Bucker de Aguiar e Lygia
de Lourdes de Araújo Bucker Aguiar. A 2ª, a 28/12/1984 no Rio de
Janeiro com Gaudênia Ferreira Arruda, nascida no Rio de Janeiro,
filha de Renato Ferreira e de Maria de Lourdes Ferreira.
MIGUEL PRÓ DE OLIVEIRA FURTADO (Qn. 722.), Advogado, filho de
Miguel de Arruda Furtado ( Tn.279) e de Luzanira Oliveira Furtado.
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 5 de outubro de 1939. Funcionário do
Banco do Brasil. Casou-se a 08/12/1967 em Fortaleza, com sua prima
Maria Mirtes de Arruda Furtado, n. a 29/11/1940 em Fortaleza, filha
de José Pompeu de Arruda189 e Maria Alacoque Furtado de Arruda.
MIGUEL ROCHA ARRUDA (Qn. 259), Médico, filho de Miguel de
Arruda Furtado ( Tn.279) e de Luzanira Oliveira Furtado. Nasceu em
Mundaú (CE) a 6 de agosto de 1928. Formado pela Faculdade de
Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro. MédicoCirurgião do Hospital do INAMPS do Rio de Janeiro. Casou-se com
Helga Pita, nascida na Bahia. Médica Ginecológica e Obstetra do
Hospital do INAMPS do Rio de Janeiro. Sem sucessão.
MIGUEL VASCONCELOS ARRUDA (Tn. 128.) Empresário, filho Ricardo
José Aguiar de Arruda (Bn.43) e de Teodoro Carminda Araújo Arruda,
189
José Pompeu de Arruda (Tn.43), filho de Antônio Adolfo Coelho de Arruda Gervizina
Pompeu de Arruda. ;casou-se com Maria Alacoque Furtado de Arruda, filha de Luís Gonzaga
Furtado e de Maria Adelina Arruda Furtado (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol
I, Tomo I, pg 162).
346
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ambos de Massapê. Nasceu em Massapê, Ceará, a 27 de julho de
1912. Foi comerciante na cidade de Cajazeiras, PB. Diretor Presidente
da Rádio Vale do Salgado. Foi Presidente do Departamento Jurídico
da Liga Cajazeirense do Desporto. Foi Presidente da Comissão
Municipal do Mobral de Cajazeiras. Participou do secretariado da
prefeitura da cidade de Cajazeiras, como Secretário de Finanças.
Casou-se a 09/09/1933 com Francisca Ferreira Arruda, filha de João
Ferreira de Sousa e de Francisca de Sousa. Teve uma União com
Neide Sampaio de Souza.
MIRIAM SILVA PONTES (Pn.1611.), Pedagóga, filha de Antônio Airton
Pontes ( Qn.1341) e de Irislene Ferreira Pontes. Nasceu no Rio de Janeiro,
a 10 de abril de 1962. Formada em Pedagogia pela Universidade Estadual
do Ceará . Tem pós-graduação em Administração Escolar. Atualmente, é
professora na ABCR. Trabalha com crianças excepcionais. Casou-se em
25/11/1994 com Adonias Fabrício de Sousa Filho, filho de Adonias
Fabrício Sousa e Erotildes Castelo Branco de Sousa. Nasceu em Fortaleza,
Ceará, a 20 de janeiro de 1964.
MIRNA MARIA FURTADO MONTEZUMA (Qn. 724.), Adminstradora de
Empresas, filha de Miguel de Arruda Furtado ( Tn.279.) e de Luzanira
Oliveira Furtado. Nasceu em Santarém (PA) a 11 de agosto de 1944.
Bacharela em Administração. Casou-se a 08/12/1965 em Londrina (PR)
com Antônio Freire Montezuma n. a 13/08/1944 em Crateús, irmão do
precedente, filho de Adroaldo Montezuma de Carvalho e Maria do
Carmo Freire de Carvalho.
MIRZA HELENA ARRUDA MONTENEGRO (Qn. 267.), filha do Dr.
Raimundo Vasconcelos de Arruda ( Dr. Raimundo Arruda) (Tn.127),
médico pediatra e professor da Universida Federal do Ceará, e de
Odete de Almeida Arruda. Nasceu em Fortaleza. Formada em Música
pelo Conservatório de Música da Pontifícia Universidade Católica de
São Paulo. Casou-se com Eduardo José de Sousa Montenegro.
347
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Bacharel em Matemática pela Universidade Federal do Ceará, tendo
feito pós-graduação em Matemática em Brasília e pós-graduação em
Estatística em São Paulo. Do seu matrimônio nasceram: Heldo Arruda
Montenegro, Luzia Odete Arruda Montenegro e Hildo Arruda
Montenegro.
MÔNICA MARIA ARRUDA ARAGÃO (Qn. 805., Advogada, filha de Tarcísio
Lima Aragão e de Maria José Távora Arruda Aragão ( Tn.306.). Nasceu em
Fortaleza a 2 de fevereiro de 1963. Professora e advogada. Casou-se a
21/03/1986 com Luís Henrique Marques da Rocha, n. a 15/08/1959 em
Fortaleza, filho de Sebastião Mourão da Rocha e Maria Alice Marques da
Rocha.
MYRIAN CALDAS DA SILVEIRA FONTENELLE (Qn. 186), Tabeliã, filha
do ilustre Tabelião, viçosense, grande líder e defensor do patrimônio
histórico de Viçosa do Ceará, Francisco Caldas da Silveira ( Chico
Caldas) e de Eglantine Carvalho da Silveira (Tn.86). Nasceu em Viçosa
do Ceará a 23 de maio de 1926. Concluiu o Curso Normal no Colégio
Francisco Caldas da Silveira, em Viçosa do Ceará. Foi escrevente e
Tabeliã Substituta do lº Ofício e Agente Administrativo no Cartório
Eleitoral, em Viçosa do Ceará. Casou-se a 05/12/1953, em Viçosa do
Ceará, com Raimundo Miguel Fontenelle, n. a 21/07/1922, em
Viçosa do Ceará, funcionário aposentado do IBGE, filho do
comerciante César Fontenele e Edite Damasceno Fontenele.
NAJLA LIRA GURJÃO HELIODORO, Pn.1719.n. a 28/04/1966, em
Fortaleza CE), filha Ademar Távora Gurjão e de Maria da Conceição de
Lira Gurjão ( Qn.1419).Formada em Ciência da Computação pela
Universidade Federal do Ceará. Casou-se em Fortaleza, Ceará, 23 de
dezembro de 1988, com Marcos Túlio Leal Heliodoro, nasceido a 21 de
fevereiro de 1961, filho de Petrônio Heliodoro e de Maria da Natividade
Leal Heliodoro.
348
Dicionário Biográfico - Família Arruda
NATÁLIA TEIXEIRA DE ABREU (Sn.201.), filha de Henrique Sérgio Ribeiro
de Abreu ( Pn.1113) e de Vânia Elita Teixeira de Abreu, nascida em
Fortaleza, Ceará, a 29 de junho de 1974. Formado em Administração de
Empresas, gerente da Casablanca Turismo. Casou-se duas vezes. A 1ª, a
08/07/1997 em Fortaleza com Roberto Magalhães Rosa n. a 22/09/1971,
filho de Francisco Antônio Sampaio Rosa e de Cleonice Magalhães de
Mendonça Rosa. A 2ª, a 04/02/2003 em Fortaleza com Arley Abreu Silva
n. a 04/01/1964, filho de Gilvanete Lira da Silva.
NEILTOR FRANCISCO LINHARES TORQUATO (Pn.458), Médico, filho
de Francisco José Torquato da Silva e de Maria Neila Dias Linhares
Torquato (Qn.155). Nasceu em Sobral a 27 de setembro de 1982.
Formado pela Faculdade de medicina da Universidade Federal do
Ceará. Solteiro.
NELSON EDGY GERMANO ARRUDA (Qn. 790.), filho de Clemente
Olintho Távora Arruda (Tn.301) e de Rocilda Germano de Assis Arruda,
nasceu em Sobral, Ceará, a 11 de fevereiro de 1958. Aprendeu as
primeiras letras com sua mãe Rocilda, que sendo funcionária,
colaborava
com
as
Professoras Magaly e Margarida
contratadas pela administração do Horto Florestal.
Terminou seu curso primário no centro Educacional
“Dom Lustosa”, dos Padres Salesianos, localizados na Avenida
João Pessoa. Como era muito estudioso e aplicado, sua mãe
Rocilda conseguiu junto aos irmãos maristas uma bolsa de
estudos para o Colégio Cearense “Sagrado Coração” onde veio a
concluir o 2º (segundo) Grau, com um grande aproveitamento.
No ano de 1979 submeteu-se ao concurso para o
BRADESCO sendo nomeado como Caixa Executivo da Agencia do
Banco em Baturité onde fixara residia.
Sendo a Agência transferida para Fortaleza, Nelson Edgy
foi obrigado a acompanhá-la chegando a ser promovido a
Gerente, permanecendo até julho de 1982.
349
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Voltando para Baturité onde seus pais fixara residência,
matriculou-se no Colégio Comercial “Joaquim Nogueira”
terminando seu curso de contabilidade.
Fez concurso para a COELCE para Agente Administrativo,
logrando aprovação em setembro do mesmo ano quando foi
nomeado.
Tendo seu pai Olintho Arruda sido eleito Prefeito de
Baturité e tomado posse em janeiro de 1983, foi Nelson Edgy
convidado para exercer interinamente a Tesouraria da Prefeitura.
Com o promulgação da Lei nº 776 de 08 de março de
1983 que reestruturou o Quadro Administrativo da Prefeitura e
já funcionário da COELCE, foi Nelson Edgy requisitado, sem onos
para a Prefeitura, ao Exmo. Sr. Governador do Estado do Ceará,
Dr. Luiz de Gonzaga da Fonseca Mota, sua disponibilidade para
assumir o Departamento Financeiro da Prefeitura, subordinado a
minha irmã e sua tia Maria Julieta Távora Arruda Monteiro,
então Secretária de Administração e Finanças.
Atendida nossa solicitação e como Nelson Edgy já vinha
desempenhando, interinamente o cargo de Tesoureiro, foi o
mesmo nomeado Diretor do Departamento Municipal de
Finanças.
Nelson Edgy concorreu ao sufrágio popular no dia 03 de
outubro de 2004 obtendo uma votação de 766 (setecentos e
sessenta e seis) votos, sendo eleito VEREADOR, tomando posse
no dia 01 de janeiro de 2005.
Atualmente, se estabeleceu com uma micro-empresa no
ramo de perfumaria quando lhes foi concedida a concessão para
agenciar um Banco Popular aqui em Baturité.
Casou-se a 10/12/1983 em Baturité, com Fábia Maria Victor
Arruda n. a 28/10/1964 em Baturité, filha de Francisco Marcelo Victor
e Maria Aglaher Sampaio Victor.
350
Dicionário Biográfico - Família Arruda
NERTAN MELO RIBEIRO (Pn. 1118.), Engenheiro Químico, filho do
empresário João Arruda Ribeiro (Joãozito) ( Qn.840) e de Nazarita de
Melo Ribeiro. Nasceu em Fortaleza, Ceará a 1º de abril de 1949. Casado
com Lucione Leão Ribeiro, filha de José Leão Ribeiro e Valdívia Monte e
Silva Oliveira.
NÍOBE MARIA RIBEIRO FURTADO BARBOSA (Qn. 737.), Médica, filha de
Luiz Gonzaga Arruda Furtado ( Tn.285) e de Aglair Cavalcante Ribeiro
Furtado. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 29 de julho de 1950. Casou-se a
1º/01/1976 em Fortaleza, com Raimundo Barbosa Barros n. a
01/02/1950 em Aracati (CE), filho de João Pinheiro Barbosa e Maria das
Graças Barros Barbosa.
NOEMYADELINA CARVALHO ARRUDA (Qn. 812.), Administradora
de Empresas e Marketing, filhade Juarez Távora Arruda
(Tn.307) e deMarlina Isabel Carvalho Arruda .Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 7 de junho de 1965. Formada em
Administração e Marketing pela FGF e Funcionária Pública Municipal.
NOEMY ADELINA FURTADO ARRUDA (Qn. 774.), Servidora pública, filha
de Miguel Edgy Távora Arruda (Capitão Edgy) (Tn.297), Jornalista
memorialista, criador do Museu Ananias Arruda em Baturité, Ceará, e de
Maria Adelina Furtado Arruda, ambos de Baturité e primos. Nasceu
em Fortaleza, Ceará, no dia 1º de julho de 1946. Contadora e
funcionária pública; casou-se a 14/05/1966 em Fortaleza e separou-se
de Enéas Paiva Neto n. a 01/03/1946 em Pacoti, filho de Raimundo
Enéas de Paiva e Maria Stela Menezes Jucá. E de sua união com Satomi
lura n. a 30/08/1945 em Fumkuoca, Japão, filho de Iojiro Iura e Tomie
Iura.
NORMA RIBEIRO DO CEARÁ (Qn. 826.), filha de José Rodrigues Ribeiro e
de Filomena Arruda Ribeiro ( Tn.310). Nasceu em Fortaleza a 8 de
novembro de 1938. Casado com Ruy do Ceará n. a 28/03/1937 em
351
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fortaleza; engenheiro civil, atualmente exerce as funções de engenheiro
superintendente da RFFSA, divisão cearense; engenheiro avaliador da
CEF. 1º vice-Presidente do Náutico Atlético Cearense e Presidente do
Conselho Deliberativo do Ferroviário, filho de Joaquim Guedes Martins e
Araci Carneiro Guedes.
NORMA SÍLVIA LINHARES MARTINS BRITO (Pn.502), Empresária,
filha de Luiz Antunes Mesquita Martins ( Pretinho), de Reriutaba, e
de Rita Maria Linhares Martins (Qn.170). Nasceu em Reriutaba (CE),
a 19 de agosto de 1959. Funcionária aposentada do Banco do Brasil.
Formada em Publicidade e Comunicação Social pela Universidade de
Fortaleza e Administração de Empresa pela FIC. Atualmente é
empresária bem sucedida em Sobral com a Gráfica Sobral, a
empresa no ramo da Zona Norte. Um exemplo de tenacidade e
grande empreendedora. Casou-se a 12/11/1982 com Hélio Brito de
Sousa, n. a 29/04/1960 no Canto do Buriti (PI), empresário de
destaque em Sobral. Sócio com a esposa e filhos da Sobral Gráfica,
oferecendo serviço de alta qualidade para toda zona Norte do
Estado do Ceará, filho de Pedro Lino de Sousa e de Maria Flor Brito
de Sousa.
352
Dicionário Biográfico - Família Arruda
O
OLAVO RANGEL PARENTE (Qn. 142), Médico, filho do empresário
Raimundo Osvaldo Rangel Parente (Tn.58) e Rosalina Cavalcante
Rangel, de tradicionais famílias sobralenses. Nasceu em Sobral a 6 de
agosto de 1918 e faleceu em sua querida Terra Natal a 13 de abril de
2000, aos 82 anos incompletos.
353
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Iniciou seus estudos na cidade natal, e ainda muito jovem,
em 1930, com apenas 12 anos transferiu-se para Fortaleza, onde
cursou o ginásio no Colégio Cearense. Jovem talentoso, o que vinha
demonstrando nos estudos, seguiu para o Rio de Janeiro para prestar
exames do vestibular de Medicina. Sendo aprovado, ingressou na
Faculdade de Medicina da Praia Vermelha, onde colou grau no dia 05
de dezembro de 1945. Sem demora, e com o mesmo entusiasmo
fez estágio com residência no Hospital São Francisco Xavier, na
Maternidade Pró-Matre e no Hospital Miguel Couto. Ao concluir a
residência, regressou a Sobral, abrindo o seu consultório à rua Dr.
João Monte, sendo logo nomeado médico do I.A.P.T.E.C., e
convidado a trabalhar na Santa Casa de Misericórdia de Sobral, à
época administrada pelo Padre José Inácio Parente. Em pouco
tempo de profissão, Dr. Olavo Rangel, fez-se destacar dentro da
comunidade sobralense e pelos colegas de classe, como profissional
qualificado mostrando sua habilidade com os instrumentos e ética
profissional. Galgando todos os espaços médicos em Sobral,
trabalhou também como médico plantonista do S.A.M.D.U., e a
partir de 1955, na Maternidade Manoel Marinho, como obstetra e
ginecologista. A partir de 1972, passou a trabalhar lado a lado com o
Padre José Linhares Ponte, que iniciava sua administração à frente da
Santa Casa de Misericórdia de Sobral, oportunidade em que a Santa
Casa teve um grande avanço, tanto pela Maestria do Padre José
Linhares como pelos seus auxiliares.
Em 1968, realizou curso de anestesiologia no Hospital César
Cals na capital cearense, oportunidade em que deixou de exercer as
atividades de obstetrícia e abraçou com muito entusiasmo a
especialidade em anestesiologia, profissão que exerceu até 1989.
Retornou ao consultório como Clínico Geral, onde exerceu com a
mesma habilidade durante muitos anos. “Pelos colegas tinha
admiração e amizade, foi um amigo leal”. “Era um ser humano da
mais alta qualidade, deixou o exemplo de uma vida honrada, de
generosidade e nobreza de sentimentos”, depoimento de sua
354
Dicionário Biográfico - Família Arruda
esposa e companheira de todos os momentos, que soube com
galhardia, desde 1948, ultrapassar todas as dificuldades e tornar-se
um casal vitorioso e benquisto no seio da sociedade sobralense. Dr.
Olavo foi bem sucedido não só profissionalmente, mas também
com investidor imobiliário, onde passou a ocupar boa parte de seu
tempo, visto por ele como um bom exercício mental ou mesmo
como lazer. Gostava do campo, criava com habilidade, sabia
administrar suas propriedades como poucos profissionais da área.
Sempre era visto conduzindo seu carro carregando alimentos para o
gado e material de construção para os imóveis que construía,
mostrando a simplicidade com que levava à vida. Gostava de falar
sobre a história de Sobral e sempre que o procurava para adquirir
informações sobre os dados da família, nos recebia com satisfação
deixando às vezes algumas de seus afazeres. Dr. Olavo, “ de
natureza amena e amável e temperamento brando e afável “, deixou
uma grande lacuna no coração dos amigos e de todos os familiares.
Casou-se em Sobral, a 10/04/1948, com MariaNise Sanford Rangel,
n. a 26/04/1927, em Sobral, senhora muito benquista na sociedade
sobralense, pela conduta e simplicidade herdada de nobres
costumes de seus ancestrais, do Dr. Paulo de Almeida Sanford190 e
190
Paulo de Almeida Sanford, n. a 17.08.1898 e fal. a 05.02.1989, aos 90 anos de idade.
Engenheiro Agrônomo, filho de John Roshore Sanford e de Minerva de Almeida Sanford. Fez o
curso secundário no Liceu Cearense, para o qual entrara em 1916, seguiu para o Rio de
Janeiro, em cuja Escola Superior de Agricultura se matriculou e pela qual recebeu o grau de
Engenheiro Agrônomo, passando a exercer a sua profissão no Ceará, e tornando-se,
inquestionavelmente, nela, verdadeira autoridade. Nomeado Prefeito Municipal de Sobral,
exerceu as funções de 1932 a 1933, assinalando-se a sua passagem pelo governo comunal de
sua terra pela realização de um plano administrativo traçado com segurança e disposição de
efetuar algo duradouro embora não o pudesse levar, todo, a efeito, por não lhe permitir o curto
período de gestão. Deixando a Prefeitura, foi encarregado do Serviço Estadual do Algodão, de
1934 a 1935, eleito deputado classista à Assembleia Legislativa renunciou o mandato para
ingressar no Ministério da Agricultura, no Serviço de Fomento da Produção Animal, onde
exerceu as funções de Zootecnista, classe L (Encarregado do P.E.A. de Sobral e InspetorChefe da Inspetoria Regional do F.P.A. em Fortaleza). Foi agricultor e criador no município de
Sobral. Publicou excelentes trabalhos sobre pecuária no Boletim do Ministério da Agricultura e
na imprensa de Fortaleza, e alia aos conhecimentos da sua profissão, apreciável cultura
literária e sociológica. Foi ainda membro da Comissão de Agricultura e Obras Públicas, eleito a
22 de julho, em sessão ordinária. Candidato ao Senado em 1966, não logrou eleição, sendo
derrotado pelo ex-interventor Dr. Francisco de Menezes Pimentel. Casou-se em Sobral, a 10
de fevereiro de 1926 com D. Judith de Paula Pessoa Sanford, filha de João Barbosa de Paula
Pessoa e de Francisca Aragão de Paula Pessoa ( Apud INESPA- Memorial da Assembleia
355
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Judith Paula Pessoa Sanford (Apud Cavalcante, Arnaud Holanda –
Sociedade Sobralense – vultos em destaque, 2004).
OSCAR ARRUDA D´ALVA (Pn. 745), Administrador de Empresas, filho
de Francisco das Chagas d'Alva e Souza e de Maria do Socorro
Arruda d´Alva (Qn.236). Nasceu em Fortaleza a 21 de junho de 1975.
Formado em Administração de Empresas, pela Fundação Getúlio
Vargas (EAESP-FGV), Mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento
pela Universidade Federal do Ceará (PRODEMA-UFC), sua dissertação
de mestrado "O Extrativismo da Carnaúba no Ceará" foi aprovada
com louvor em Setembro de 2004 e publicada pelo Banco do
Nordeste em forma de livro em 2007. Oscar foi fellow da Ashoka
Fellowship para o desenvolvimento de um projeto de manejo
sustentável da palmeira Carnaúba no Assentamento Bonfim
Conceição em Santana do Acaraú o resultado desta experiência
estimulou a fundação por Oscar do Instituto Sertão, organização
dedicada à promoção de alternativas para o desenvolvimento
sustentável do semiárido. Oscar se manteve à frente do Instituto
Sertão entre 1999 e 2006, durante o período a organização realizou
uma série de projetos entre eles destacam-se a implantação de
cisternas para captação de água de chuva, a implantação pioneira no
Ceará de barragens subterrâneas, e a difusão de tecnologias de
convivência com o semiárido por meio da Escola de Vivência
Agroecológica. Em 2006, ingressou, mediante concurso público,
como analista no Ministério do Desenvolvimento Social, onde se
dedicou a avaliação de políticas e programas sociais. Em 2008 Oscar
ingressou na Organização Não Governamental internacional Christian
Aid onde dedicou-se ao financiamento de projeto sociais no Brasil,
Peru e Bolívia. Em 2010 Oscar ingressou mediante concurso público
no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) como analista
na área de pesquisas domiciliares. Músico autodidata, guitarrista,
Legislativa do Estado do Ceará- Cinqüentenário da Carta Magna Estadual 1947-1997, pg
127 a 128) e Araújo, Sadoc, Cronologia Sobralense, Vol V, pg 142).
356
Dicionário Biográfico - Família Arruda
cantor e compositor, Oscar formou em 2001 a banda Somufsão, que
lançou um disco com temas instrumentais em 2003. A partir de 2010,
Oscar deu início a um projeto solo lançando o EP Universo com
canções de sua autoria e realizando vários shows e preparando seu
primeiro álbum "Revolução" com previsão de lançamento em 2012.
Casou-se com Marise Leo Pestana da Silva (Bilica), n. a 20/10/1967,
filha de Agnaldo Pestana e Edite Leo Pestana. Oscar e Marise são pais
de Maiara Léo Arruda d'Alva n. a 06/10/2002.
OSVALDO RANGEL NETO (Pn.325),Engenheiro Civil, filho do
empresário José Edson Rangel (Qn.977) e de Maria Alpha
Mont’Alverne Rangel. Nasceu em Sobral a 7 de abril de 1940 e
faleceu em Fortaleza a 1º de novembro de 2000, com apenas 60
anos de idade ainda com todo vigor, pronto sempre a recomeçar
novos empreendimentos. Tinha consigo uma grande força de
vontade. Levava acabo tudo que se determinava. Um grande
empreendedor. Formado pela Universidade Federal do Ceará, em
1963, desempenhou com afinco a carreira que abraçou deixando
uma larga folha de serviços prestados à construção civil da capital.
Casou-se com Ana Islay Aguiar Rangel, n. a 09/01/1949, em Sobral,
empresária de destaque em Fortaleza e figura de alta projeção na
sociedade da capital cearense, filha de Raimundo Mendes Aguiar191 e
Maria de Jesus Ponte Aguiar.
OTACÍLIA DE MARIA VASCONCELOS (Qn. 1484.), filha de Peregrino de
Maria Aguiar e de Joaquina de Maria Aguiar (Tn.547). Nasceu em
Sobral a 21 de abril de 1916 e faleceu na mesma cidade a 14 de janeiro
de 2008. Casou-se a 11/1933, com Antônio Bolívar de Vasconcelos,
nascido a 11/01/1912 e faleceu em Sobral , filho de Joaquim
Cavalcante de Vasconcelos e de Raimunda de Maria de Vasconcelos.
191
Raimundo Mendes Aguiar, filho de Napoleão Neri de Aguiar e de Islay Mendes de Aguiar,
casou-se com Maria de Jesus Ponte Aguiar, filha de Samuel Gomes da Ponte e de Antônia
Frota Cavalcante (Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense, Vol. II, Tomo III, pg 743).
357
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Tiveram 11 filhos:.Francisco Esmeraldino de Vasconcelos, José de
Vasconcelos, Tarcísio Cavalcante de Vasconcelos, Maria do Socorro
de Vasconcelos, Raimundo Caitano de Vasconcelos, Maria de
Lourdes Vasconcelos, Antônio Antenor de Vasconcelos, João Batista
de Vasconcelos, Gerardo Bonifácio de Vasconcelos, Maria de Fátima
de Vasconcelos e Maria das Graças de Vasconcelos.
OTTO AZEVEDO VASCONCELOS (Qn. 1436), filho João Thomaz de
Vasconcelos ( Tn.535) e de Francisca Adélia Azevedo Vasconcelos. Nasceu
em Cariré, Ceará, a 22 de novembro de 1928 e faleceu a 06/09/1994,
em Massapê, Ceará. Casou-se a 16/07/1958, em Massapê com Lêda
Maria Gomes Vasconcelos, filha de José Ferreira Gomes (Zeca Zuza)
192
e de Elvira Apoliano Gomes. Nasceu em Massapê, Ceará, a 17 de
junho de 1932. Tabeliã do lº Cartório de Massapê. Sua contribuição
no desenvolvimento de sua Terra Natal, tem sido relevante. Como
Tabeliã tem tido a oportunidade de prestar um serviço imensurável
humanitário e esclarecedor de seus direitos como cidadãos à
população mais carente do município. Sua ação chega aos diferentes
municípios vizinhos, pelo conhecimento que é detentora dos
dieferentes processos cartoriais. Do seu matrimônio nasceram três
filhos: José Tomaz Gomes Vasconcelos casado com Antônia Lúcia
Gomes Vasconcelos, flha de Henrique Gomes de Moura e de Iza
Gomes de Moura; Inês de Maria Gomes Vasconcelos casada com
Pedro de Alcântara Abreu Lima, filho de Aurimar Apoliano Lima e de
Terezinha Abreu Lima e Otto Azevedo Vasconcelos Júnior, falecido
com seis anos de idade..
192
José Ferreira Gomes (Zeca Zuza), n.a 26.11.1905, filho de José Ferreira Gomes e de
Francisca Fontenele Gomes. Casou-se.com Elvira Apoleano Gomes, n. a 25.07.1910, filha de
Joaquim Ferreira Apoleano e de Ana Ferreira Apoleano.
358
Dicionário Biográfico - Família Arruda
P
359
Dicionário Biográfico - Família Arruda
PALMIRA ARRUDA GOMES (Tn. 359., Contabilista, filha do empresário
Antônio Gentil Gomes e de Maria Noemízia de Arruda Gomes (Bn.83).
Nasceu a 7 de março de 1928 e faleceu a 1º de fevereiro de 2008 em
Fortaleza. Contabilista, desempenhor durante muitos anos a função de
Supervisora de Conciliação Bancária da Thermus, indústria de
refrigeração de seus irmãos, em Fortaleza. Pessoa humana
maravilhosa. Morava com sua Irmã Ione Arruda, que lhe tinha um
grande carinho e admiração pela calma e a tranquilidade que era
detentora. Tinha os preceitos religiosos como centro de sua vida. Tive a
feliz oportunidade de conhecê-la nas várias vizitas que fiz irmã para
tratarmos do livro de genealogia da família Arruda, assunto que ficava
sempre à margem, mas sempre nos recebia com muito aprêço. E
quando ía acompanhado de uma filha, ainda pequenas, lhe dava toda
atenção. Palmira tinha uma estatura alta em relação à sua irmã, mais
parecida com seu irmão Sebastião. Pertencia a ordem religiosa, sempre
matinha seu crusifixo no peito. Deixou uma grande lacuna no seio de
seus familiares e amigos, e um enorme vazio na vida de sua querida
irmã Ione Arruda.
PATRÍCIA LIMA SAREH (Pn. 1029.), Médica, filha de Armando José de
Melo Lima, Engenheiro Mecânico, e de Maria Cristina Furtado Lima (
Qn.757), Psicóloga, nascida em Fortaleza, Ceará, a 18 de novembro de
1979. Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande
do Norte; Residência médica na Universidade of Miami (EUA);
subspecialização em Endocrinologia na University of Maryland (EUA).
Casou-se a 14/01/2006 em Natal com Houtan Sareh n. a 25/01/1976 no
Irã, médico, filho de Ali Sareh e de Elahe Sareh. Residentes na Flórida
(EUA).
PATRÍCIA MARIA ARRUDA ARAGÃO (Qn.807.), Funcionária Pública,
filha de Tarcísio Lima Aragão e de Maria José Távora Arruda Aragão (
Tn.306). Natural Teresópolis (RJ) nascida a 10 de setembro 1967.
Geógrafa e Gestora de TI, servidora da Receita Federal do Brasil.
360
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Casou-se com Fernando Zoby da Veiga Pessoa n. a 02/11/1964,
servidor público federal, filho de Gildo Nunes da Veiga Pessoa e
Maria da Conceição Fernandes Zoby, em 2011 foi declarada pela
igreja católica a nulidade do ato. Posteriormente; casou-se e
divorciou-se de Alcides Tebaldi Junior n. a 29/05/1966, empresário,
filho de Alcides Tebaldi e Cenira Moutinho Tebaldi. Uniu-se com
Sergio Wanderley Braga Ferreira n. a 05/11/1962, bancário, filho de
Adjair Ferreira e Iva Braga Ferreira, do qual se separou.
PATRÍCIA MARIA MARTINS PARENTE (Pn.383), Médica, natural de
Teresina, Piauí, filha de João Rangel Parente ((Qn.152), funcionário
do DNOCS, e de Maria da Cruz Martins Parente ( Cruzinha),
residentes em Teresina, Piauí. Formada pela Universidade Federal
do Piauí, em 1992, com especialização em cardiologia no Hospital
Beneficência em São Paulo e estágio no Instituto do Coração
(INCOR). Casou-se em Teresina, a 1º de dezembro de 2001, com Joel
Waisdich, n. a 03/09/1963, formado em Administração de Empresa,
comerciante, filho de Esequiel Waisdich e de Ida Kirgner Waisdich.
PATRÍCIA MARIA RAMOS DE ARRUDA COELHO (Sn.101) nasceu em
Sobral a 11 de maio de 1962, filha do empresário sobralense José
Hélio Barreto de Arruda Coelho (Pn.134.) e de Maria Ramos Arruda
Coelho (Marietta Arruda. Formada em Jornalismo pela Universidade
Federal do Ceará, atualmente funcionária da Direção Geral do Banco
do Brasil, em Brasília (DF). Casou-se em Sobral a 31/03/1979, com
Francisco Eudásio Pereira Barroso, filho do Dr. José Teixeira Barroso
e de Margarida Pereira Barroso, do qual posteriormente divorciouse.
PATRÍCIA MORAIS DE ARRUDA (Pn.189), Advogado, nascido em
Fortaleza a 10 de novembro de 1969, filha de José Aldemir de
Arruda Coelho (Qn.93.) e de Maria Aída Morais de Arruda. Formada
em Direito pela Universidade Federal de Rio Grande do Norte, em
1991.Casou-se em Fortaleza a 06/08/1988 com Felipe Alberto
361
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Bastos Siaudzionis n. a 21/07/1963 em Fortaleza, filho de Alberto
Siaudzionis e Luziane Bastos Siaudzionis.
PATRÍCIA VERAS PEREIRA (Pn. 1624.), Administrador de Empresas,
filho de José Danilo Rubens Pereira (Qn. 1350), bancário e ex-diretor do
Banco do Brasil, e de Zuleide Veras Pereira ( Lêdinha). Nascido em
Arcoverde (PE) a 18 de dezembro de 1963. Fez seus estudos do curso
fundamental e médio em Brasília, no colégio Marista e no colégio Dom
Bosco. Formado em Administração de Empresas pelas Faculdades
Integradas da Católica de Brasília, em 1986. Fez o curso de Habilitação
Profissional em Processamento de Dados e concluiu vários outros na
área de gerencial financeira. Foi bancária, tendo trabalhado no Banco
do Nordeste em Brasília, como auxiliar de serviços bancádrios e no
Banco Industrial e Comercial (BIC), em Fortaleza. Desempenha hoje as
funções de analista de Crédito e Cobrança. Casou-se a 18/10/1986, em
Fortaleza , com Adalberto Felinto da Cruz Júnior, Técnico do Banco do
Nordeste, cearense nascido em Fortaleza a 1º de março de 1967, filho
de Adalberto Felinto Cruz193e de Ana Clara Moura Cruz. Formado em
História pela Universidade Estadual do Ceará, em Fortaleza , em 1990.
Especialização para Área Financeira, Controladoria, Planejamento e
Estudos Econômicos. Mestrado em Administração pelo Banco do
Nordeste em Fortaleza e Universidade de Brasília (UNB). Realizou
vários cursos de aperfeiçoamento em Áreas correlatas em instituições
e universidades. Possui uma larga experiência profissional Banco do
Nordeste do Brasil, São Luís (MA), de dezembro/1991 a setembro
de/1992. Assessor da Superintendência Regional MA/PI.
Assessoramento ao Superintendente nos assuntos relacionados ao
Crédito e acmpanhamento de Agências. Transferido pelo Banco para a
Agência de Teresina (PI), onde desempenhou a função de Gerente
Geral da Agência Centro de Teresina, de outubro de 1992 a março de
193
Adalberto Felinto Cruz, filho de Manoel Felinto da Cruz ( filho de Felinto Manoel da Cruz, este
era filho do Tenente Coronel Raimundo Manoel da Cruz e de Maria Antônia de Jesus) e de
Antônia Maria da Cruz) e de Marlene Cruz Macedo (Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico
familia Antônio Barreto Arruda – Fortaleza, 2005, pg 69).
362
Dicionário Biográfico - Família Arruda
1995. Sendo nomeado posteriormente para a função de
Superintendente Regional para os Estados do Maranhão e Piauí, de
abril de 1995 a abril de 1999, quando assumiu no Banco Central do
Brasil, em Brasília (DF) a função de analista. Análise de Processos
Administrativos disciplinares do Sistema Financeiro Nacional.
Elaboração de Estudos e Pareceres, de julho de 2000 a abril de 2002.
Ainda no Banco Central do Brasil, em Brasília, a partir de maio de 2002
até 2005, exerce a função de analista Chefe da Consultoria de Custos e
Informações Gerenciais, do Departamento de Planejamento e
Orçamento. Administração do Sistema de Custos e Informações
Gerenciais do Banco Central. Assessoramento às Unidades do Banco
sobre Assuntos da Área. Tendo realizado várias palestras no Banco do
Nordeste do Brasil em Fortaleza sobre os mais variados temas
financeiros, inclusive na Fundação Dom Cabral, em Fortaleza , sobre
Programa Avançado em Finanças. Corp.- Enfoque Estratégico, em
1998. Participou de Missões Estrangeiras na Indonésia e Japão.
PAULO CÉSAR PONTES VASCONCELOS (PAÍNHA) (Qn. 1143.),
Empresário, natural de Massapê, nascido a 22 de novembro de 1957,
filho de João Ubiratan Vasconcelos e de Maria Lucy Pontes
Vasconcelos (Tn.429.), de tradiconais famílias de Massapê. Paulo
César, é empresário em Massapê. Foi Vereador pela Câmara
Municipal em quatro legislaturas e três vezes Presidente da Câmara
Municipal de Massapê (89-91),
(87-70) e
(97-2000) onde
desempenhou um excelente trabalho. Em 1992, candidatou-se pela
Partido Social Democrático Brasileiro - PSDB à Pprefeito Municipal, não
logrando êxito. Casou-se a 24/05/1980, em Massapê, com Keila
Geórgia Olímpio Vasconcelos, massapeense, nascida 25 de agosto de
1963, filha de Vicente Olímpio e de Jarina de Castro Olímpio.
PAULO DE TARSO ARRUDA CORREIA (Qn. 709.), Engenheirro Civil, natural
de Rio de Janeiro, nascido a 4 de abril de 1950, filho de Pedro Correia Filho e
de Thereza Arruda Correia (Tn.277.). Casou-se a 04/11/1980 em Belém
363
Dicionário Biográfico - Família Arruda
(PA) com Ana Bernardete Leão Correia, paraense nascida em Belém a 5
de janeiro de 1954 , filha de Atualpa Rodrigues Leão e Maria de Nazaré
Arruda Leão.
PAULO DE TARSO VERAS PEREIRA (Pn. 1621.), Empresário, natural de
Arcoverde (PE) nascido 6 de dezembro 1957, filho de José Danilo
Rubens Pereira (Qn. 1350) e de Zuleide Veras Pereira (Lêdinha).
Teólogo, formado pela Escola de teologia de Brasília. MBA – Altos
Executivos – USP ( Pós- Graduação); MBA em Marketing e
Comunicação – COPPEAD (RJ) e MBA em Governança Corporativa,
pela Fundação Dom Cabral (MG). Trabalhou no Banco do Estado da
Paraíba, no período de outubro de 1977 a dezembro de 1982, onde
desempenhou as seguintes funções: Escriturário e Gerente de
Operações Especiais; Funcionário do Banco do Brasil no período de
1983 a 2004, onde desempenhou várias funções: Assessor Sênior da
Presidência (PRESI) e Coordenadoria das Superintendências Estaduais
(COSUP); Assessor Sênior da Diretoria de Crédito, Recuperação de
Ativos e Distribuição; Gerente de Divisão – Gerência de Preços, Metas
e Orçamento da Diretoria de Distribuição; Gerente de Divisão –
Gerência de Promoção de Vendas da Diretoria de Marketing e
Comunicação e Gerente Executivo – Gerência Executiva de Marketing
Institucional da Diretoria de Marketing e Comunicação. Responsável,
no período de agosto de 1999 a setembro de 2004, pelo
planejamento, execução, acompanhamento dos projetos de
Marketing Esportivo e Cultural do Banco do Brasil. No esporte foi
responsável pela Implantação da Praça VôleiBrasil – áreas de
entretenimento, cultura, lazer e social anexada às arenas do Circuito
Banco do Brasil de Vôlei de Praia, formando assim, o grande
diferencial em Marketing esportivo no Brasil, o Complexo VôleiBrasil.
Teve ainda a frente dos projetos especiais, tais como - Olimpíada de
Sydney (Torcida do Brasil), Olimpíada de Atenas (BrilhaBrasil), sendo,
esse último, premiado pela Editora Referência e Fundação Getúlio
Vargas com o “ Prêmio Marketing Best 2004 – Case Projeto
364
Dicionário Biográfico - Família Arruda
BrilhaBrasil”, e ainda pela condução de mais de 480 eventos
esportivos. Foi palestrante de inúmeros seminários de marketing –
comunicação e promoção – sobre o tema marketing esportivo. Na
cultura, gerenciou o Centro Cultura Banco do Brasil do Rio de Janeiro
(RJ); Implantação e Gerenciamento dos Centros Culturais de São Paulo
(SP) e Brasília (DF) e a Implantação e Condução do Projeto Brasil
Musical do Banco do Brasil – resgate inédito da música instrumental
brasileira, através da realização de um circuito itinerante pelas
principais cidades brasileiras; Criação do Circuito Universitário de
Música Instrumental Brasileira; Implantação e Condução do Circuito
Cultura Banco do Brasil “ Projeto Tendas” – Projeto que agrega
diversas manisfestações culturais: música, teatro, artesanato e dança;
também itinerante pelas principais cidades brasileiras e ainda
responsável pela Condução de projetos especiais do Banco do Brasil
relacionadas às principais manisfestações culturais do Brasil: Círio de
Nazaré – Belém-PA, São João, de Campina Grande (PB), Festival de
Inverno de Campos do Jordão (SP), entre outros. Atualmente,
licenciado do Banco do Brasil, trabalha na atividade de Marketing e
publicidade, na empresa M.K. Tarso Consultoria e Participação Ltda.,
da qual é Diretor Proprietário, juntamente com outros dois sócios.
Casou-se a 19/03/1983, em Brasília (DF), com Patrícia Capdeville
Pereira, Psicóloga, natural de Belo Horizonte nascida a 17 de maio de
1960, formada pelo Centro de Ensino Universitário de Brasília (
UniCEUB), filha de Sérgio Paulo Capdeville194 e de Maria da Conceição
Tavares Capdeville.
PAULO JOSÉ COÊLHO DE ARRUDA (Qn. 1418.), natural de Camocim,
Ceará nascida 14 de janeiro de 1944, filho de José Clodoveu Arruda
(Tn.544) e de Nadir Coelho Arruda. Casou-se a 09/04/1969 e separou194
Sérgio Paulo Capdeville, n. a 25.12.1926 e fal. a 11/01/1986, em Brasília (DF), filho de Pedro
Capdeville e de Alverina Faria Capdeville. Casou-se com Maria da Conceição Tavares
Capdeville, n. a 08.12.1931, em Araçai (MG), filha de João Gomes Tavares e de Carmelita
Gabriela Tavares (Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto Arruda –
Fortaleza, 2005, pg 66).
365
Dicionário Biográfico - Família Arruda
se de com Maria Assunção Rocha de Arruda, n. a 06/05/1948, em
Fortaleza , filha de Francisco Jacinto da Rocha e de Teresinha Pinheiro da
Rocha. Posteriormente uniu-se com Elza Arruda da Silva, n. a
09/12/1959, em Limoeiro (PE), filha de João Arruda e de Elza Gomes da
Silva, ambos de Limoeiro (PE).
PAULO MAURÍCIO RODRIGUES RANGEL (Pn.339), Representante
Comercial, natural de Camocim, Ceará, nascido a 16 de novembro de
1947, filho de Abelardo Rangel Parente (Qn.980), Bancário, e de Ilsa
Rodrigues Rangel. Casou-se a 06/07/1968, com Maria da Conceição
Dias Rangel, n. a 15/02/1948, em Sobral (CE), filha de Luiz Gonzaga
Dias195 e Raimundinha Passos Dias. Do seu matrimônio nasceram
três filhos: Ilsa Rangel Pinheiro, n. a 24/10/1970, formada em
Comunicação, casada com Francisco José Castelar Pinheiro, este filho
de José Castelar Pinheiro e de Dulce Cândido Pinheiro; Ana Paula
Dias Rangel Montenegro, n. a 24/09/1971, Médica, casada com
Renam Magalhães Montenegro Júnior n. a 15/11/1966, filho de
Renam Magalhães Montenegro e de Vera Silvia Coelho Montenegro
e Abelardo Dias Rangel n. a 23/05/1976 em Fortaleza. Solteiro.
PAULO ROBERTO BANDEIRA DE MELLO (Qn. 919.), Empresário, filho do
Cel. Osmar Bandeira de Mello e de Maria Noelia Arruda Bandeira de
Mello ( Tn.340). Nasceu em Fortaleza a 27 de julho de 1948; casou-se
com Ana Maria Rodrigues Bandeira de Mello, filha do ex- deputado Manoel
Rodrigues dos Santos e de Maria Alaíse Azevedo Rodrigues.
PAULO ROBERTO DE ARRUDA MESQUITA (Pn.198), Odontólogo,
nascido em Fortaleza, Ceará, a 13 de novembro de 1978, formado
em Odontologia, filho de José Randal Mesquita e de Maria Lúcia de
Arruda Mesquita (Qn.96).
195
Luiz Gonzaga Dias, fal. com 97 anos, em Sobral, CE., filho de João Dias de Carvalho e de
Maria do Carmo, casou-se com Raimundinha Passos Dias, filha de José Porfírio Passos e de
Amália Passos.
366
Dicionário Biográfico - Família Arruda
PAULO ROBERTO DIAS LINHARES (Qn. 175), Empresário, filha de
João Alves Linhares (Tn.90) e de sua segunda mulher Maria Benedita
Dias Linhares. Casou-se e separou-se de Raimunda Ximenes
Linhares.
PAULO ROBERTO SILVA ARRUDA (Qn. 696.), Servidor Público, filho de
Miguel Edmar Soares Arruda (Tn. 272.) e de Máuria Minghini Silva.
Nasceu no Rio de Janeiro a 15 de dezembro de 1944. Casou-se a
09/03/1968 no Rio de Janeiro com Maria de Lourdes de Mendonça
Arruda n. a 23/03/1948 no Rio de Janeiro, filha de João Pontes Pinto
de Mendonça e Estella Queiroz Pinto de Mendonça. A 2ª, com Marisa
Tesch n. a 23/06/1950 em Teresópolis (RJ), filha de Oswaldo Tesch e
Solange Thomaz Tesch.
PAULO WAGNER LINHARES LIMA FILHO (Sn.258), Médico, nascido
em Sobral a 2 de maio de 1979 em Sobral, filho de Paulo Wagner
Linhares Lima e de Maria Odete Rangel Pompeu (Pn.349) graduado
pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em agosto de 2004.
Especialização/Residência
Médica
em
Neurocirurgia
pela
Universidade de Campinas (UNICAMP) São Paulo e subespecializado
em Cirurgia de Coluna. Aperfeiçoamento na Divisão de Cirurgia
Espinhal na Universidade da Virgínia –USA. Casou-se duas vezes. A
1ª a 24/03/2006, em Sobral (CE) e divorciou-se de Cibelly Aguiar
Sousa Lima, n. a 09/02/1982, em Sobral (CE), filha de José Wellington
Madeira Sousa e Inácia Suely Aguiar Sousa. A 2ª, em Campinas (SP),
com Karine de Abreu Germanowicz, filha de Elias Fraga
Germanowicz 196e de Janete de Abreu Germanowicz. Sem sucessão
em ambos os matrimônios.
196
Elias Fraga Germanowicz nascido em 10 de agosto de 1947, em Três Passos (RS), filho
de Carmelina Fraga Germanowicz e de Basili Germanowicz nascida em 16 de janeiro de 1952,
em Porto Alegre (RS), filha de Rodolfo de Abreu e Olávia Martins de Abreu (pp)
367
Dicionário Biográfico - Família Arruda
PEDRO AGUIAR CARNEIRO NETO (Pn.703), Bancário, filho de
Francisco Arruda Carneiro (Qn.226) e de Maria do Socorro Dias
Carneiro, ambos sobralense e primos. Nasceu em Sobral, Ceará, a 14
de janeiro de 1960. Formado pela Universidade do Vale do Acaraú
em Engenharia Operacional, funcionário da Caixa Econômica Federal.
Casou-se a 08/09/1984, em Sobral , com Maria de Fátima
Vasconcelos Carneiro (Fafá), n. a 13/05/1962, em Sobral, filha de
Bartolomeu Bezerra Vasconcelos (Humberto Vasconcelos) 197 e de
Maria do Socorro Prado Vasconcelos (Taisinha).
PEDRO DO NASCIMENTO MEDEIROS (Tn. 531.), Comerciante, natural
de Massapê, Ceará, nascido a 25 de dezembro de 1905, filho de João
Paulo Medeiros e de Maria do Patrocínio de Arruda Medeiros (Bn.132).
Foi Pequeno comerciante em Camocim, no Distrito de Guriú, era
camboeiro – transportada mercadorias em jumentos, onde fazia o
comércio ambulante. Trabalhador destemido e corajoso. Veio residir
em Fortaleza em 1938, onde se instalou e com seu trabalho,
compromisso e coragem, tornou-se um pequeno industrial,
proprietário do Curtume São Pedro, no Montese. Todos os seis filhos
trabalhavam, na pequena indústria Casou-se com Maria das Graças
Medeiros, massapeense, nascida a 24 de maio de 1909 , filha de Miguel
Francisco do Carmo e de Raimunda Arruda do Carmo.
PEDRO ERIC ARRUDA CARNEIRO (Pn. 716), filho de Raimundo Arruda
Carneiro (Qn.229), que foi empresário em Sobral, e de Gláucia
Teodora Arruda Carneiro. Nasceu em Sobral, Ceará, a 10 de outubro
de 1970. Formado em economia pela Universidade Federal do Ceará.
Funcionário do Ministério da Fazenda, em Brasília. Casou-se e
separou-se de Dionísia Teixeira Carneiro, filha do professor João
197
Bartolomeu Bezerra Vasconcelos (Humberto Vasconcelos), n. a 30.03.1922, filho de
Raimundo Lino Bezerra e de Francisca Bezerra Vasconcelos. Casou-se a 09.12.1945 com
Maria do Socorro Prado Vasconcelos, n. a 08.01.1930 (Taisinha), filha de Francisco
Nascimento do Prado e de Antônia Maria Linhares Prado (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo IV, pg 961).
368
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Alves Teixeira 198, Membro da Academia Sobralense de Estudos e
Letras – ASEL, e de D. Eloá Andrade Alves.
PEDRO HENRIQUE ARRUDA ARAGÃO (Qn. 800.), Físico, filho de Tarcísio
Lima Aragão e de Maria Távora Arruda Aragão ( Tn.306), nascido em
Fortaleza a 9 de setembro de 1954. Casou-se a 16/07/1977 em
Teresópolis(RJ), com Heliete Meira Coelho Arruda Aragão, nascida no
Rio de Janeiro a 20 de maio de 1954, filha de José Carlos Meira Coelho
e de Olga Motta Meira Coelho.
PEDRO JAIRO NOGUEIRA PINHEIRO FILHO (Pn. 443), Engenheiro
Civil, nascido em Fortaleza a 13 de abril de 1961, filho de Pedro Jairo
Nogueira Pinheiro e de Margarida Caldas da Silveira Nogueira
Pinheiro (Qn.190). Formado em Engenharia Civil pela Universidade
de Fortaleza - Unifor, em 1985. Casou-se a 04/01/1986 em Fortaleza,
com Ana Regina Nogueira Pinheiro, n. a 19/05/1964, em Fortaleza,
formada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará, em
1985, filha de Antônio Mazini Lima e Maria Salete Lima.
PEDRO JORGE MEDEIROS (Pn. 1679), Advogado, Economista, filho de
Raimundo Medeiros Sobrinho (Qn. 1383) e de Maria Nirvanda
Medeiros. Nasceu em Fortaleza a 13 de abril de 1966. Bacharel em
Economia pela Universidade de Fortaleza - Unifor, em 1980.
Posteriormente Bacharelou-se em Direito pela Universidade de
198
João Alves Teixeira
369
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Fortaleza- Unifor, em 1995. Pós- graduado em Direito Constitucional
pela Universidade de Fortaleza, em 1997; Em Direito Processual Civil
pela Universidade Federal do Ceará / Escola Superior do Ministério
Público - ESMP em 1999; Em Direito Tributário pelo Instituto
Cearense de Estudo Tributários - ICET, sob a coordenação do Prof.
Hugo de Brito Machado em 2000 e em Direito Empresarial pela
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em 2005.
É Economista e advogado militante. Atualmente é sócio da
Medeiros, Dias, Brasil e Silveira Advogados Associados. Tem
participado de inúmeros simpósios, seminários e congressos, como
palestrante, tendo sido o único representante da América do Sul a
proferir palestra na cidade de Cannes na França no ‘’European Tax
Summit 2010’’. Presidiu o IV, V e VI Congresso Ibero Americano de
Direito Tributário, realizado em Fortaleza-Ceará nos anos de 2009,
2010 e 2011.Consultor empresarial com vasta experiência em direito
tributário e direito empresarial.
Tem exercido várias funções de destaque dentro de sua
atividade profissional: Presidente da Comissão de Estudos Tributários
da Ordem dos Advogados do Brasil – Ceará – OAB/CE; Conselheiro
Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil – Ceará – OAB/CE;
Membro da Comissão Nacional de Acompanhamento Legislativo do
Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB – BrasíliaDF; Vice-Presidente da Comissão de Sociedade de Advogados da
Ordem dos Advogados do Brasil – Ceará – OAB/CE - 2007/2009;
Membro da Comissão Nacional de Acesso à Justiça do Conselho
Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB – Brasília-DF 2007/2009; Diretor da Caixa de Assistência dos Advogados do Ceará
– CAACE - 2007/2009; Vice Presidente da Associação Brasileira de
Advogados – ABA-CE; Membro da Academia Brasileira de Direito
Tributário – ABDT com sede em São Paulo-SP; Membro da Associação
Brasileira de Direito Tributário – ABRADT com sede em Belo
Horizonte-MG; Membro do Instituto Brasileiro de Planejamento
Tributário – IBPT com sede em Curitiba-PR; Membro do Instituto
370
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Brasileiro de Relação com Investidores - IBRI, com sede em São
Paulo-SP; Membro da Associação dos Advogados de São Paulo AASP, com sede em São Paulo-SP.
É ainda membro da Academia Metropolitana de Letras do
Estado do Ceará – Cadeira – 20 – Patrono Raimundo Girão e da
Academia Leonística de Cultura no Ceará – Cadeira – 26 – Patrono
Américo Fernandes Rosino.
Tem dado grande contribuição no meio social com Presidênte
do Náutico Atlético Cearense; como Diretor Jurídico do Ceará
Sporting Clube; como Conselheiro do Grupo Social: ‘’Amigos em
Ação” e Vice Presidente do Lions Clube de Fortaleza Fátima –
Distrito LA-4 .
Tendo publicado vários trabalhos técnicos e co- autor dos
seguintes livros: “Manual de Orientação do Investidor Estrangeiro no
Brasil”, inclusive traduzido para o alemão; “Conhecendo Nossos
Tributos” da Comissão de Estudos Tributários da OAB-CE, editado
pela Editora Christus; “Curso de Direito Tributário” da Comissão de
Estudos Tributários da OAB-CE, editado pela Editora Christus;
“Consolidação da Legislação Municipal da Cidade de FortalezaCeará”; “Rememorando Dias Felizes”. Publicou ensaio sobre:
“Contribuição de Melhoria” na Revista Tributária de Finanças Públicas
nº 57, pela Editora Revista dos Tribunais; “Meios de Defesa do
Contribuinte no Direito Brasileiro” na Revista Tributária de Finanças
Públicas nº 63, pela Editora Revista dos Tribunais; “Competência
Tributária” na Revista Tributária de Finanças Públicas nº 69, pela
Editora Revista dos Tribunais. É autor de diversos artigos em revistas
e jornais, entre os quais podemos citar: “Marginalização Social e
Violência”, na Escola Superior de Guerra e a “Importância de Criação
do Sistema de Mobilização Nacional”, na Escola Superior de Guerra e
no Ministério da Defesa. Casou-se com Eveline de Weimar Chaves
Medeiros, filha do Dr. Sérgio Chaves e de Lucy Chaves Weimar. Pais
de: Natasha Chaves Medeiros (08.10.1994); Pedro Jorge Medeiros Filho
(18.04.1999) e Marina Chaves Medeiros (01.02.2002).
371
Dicionário Biográfico - Família Arruda
PLÍNIO CÉSAR DA SILVA ARRUDA (Qn. 681.), Técnico em Administração,
nascido no Rio de Janeiro no 1º de novembro de 1941; filho de Carlos
Augusto Soares Arruda ( Tn.269) e de Regina Maria da Silva Arruda.
Casou-se a 31/10/1970 no Rio de Janeiro com Maria Elisabete Fonseca
da Silva Arruda (Bessye) n. a em 09/04/1944 no Rio de Janeiro, filha de
Agnaldo Viveiros da Fonseca e Maria Ozete Arruda Fonseca.
POLYNE DE ALMEIDA SAID (Sn.187). Arquiteta, nascida em
Fortaleza a 30 de setembro de 1975, filho de Deoclécio de Azevedo
Said e de Heloísa Maria de Almeida Said (Pn.267). Formada pela
Universidade Federal do Ceará.
QUITÉRIA HELOISA ARRUDA VASCONCELOS (Bn.123.) casou-se com seu
cunhado Gil Ferreira Gomes199, n. a 15/07/1893, em Massapê, este
em segundas núpcias, viúvo de Maria Esther de Vasconcelos, filha de
Antônio Rodrigues de Vasconcelos e de Maria do Sacramento de Arruda
(N. 31.).
199
Gil Ferreira Gomes n. a 15/07/1893, em Massapê /12/, filho de Francisco das Chagas
Ferreira Gomes e de Maria da Glória Ferreira Gomes, com Maria Esther de Vasconcelos n. a
03/03/1897, em Massapê /12/, filha de Antônio Rodrigues de Vasconcelos e de Maria do
Sacramento Arruda ( Apud Arruda, F.A.V. & Carvalho, Evilásio – Cronologia Genealógica
Massapeense, no prelo).
372
Dicionário Biográfico - Família Arruda
R
RAFAEL IZIDORO ARRUDA (Qn. 1475.), Comerciante e líder político,
natural de Sobral, Ceará, nascido a 15 de maio de 1915, filho de José
Alfredo de Arruda ( Tn.545) e de Maria Agda Ferreira da Ponte Arruda.
Líder poítico em Sobral de grande representação no Distrito de Recreio,
onde hoje leva seu nome Rafael Arruda. Tive a oportunidade de
373
Dicionário Biográfico - Família Arruda
conhecê-lo e em sua casa fui recebido várias quando peregrinava em
busca de voto na minha campanha a vereador de 1982. Era um homem
de estatura baixa e de cor branca avermelhada do sol causticante da
região e também pela natureza sanguínea. Homem sertanejo calmo
acostumado com a lida de sua gente. Uma família grande para cuidar
não media esforço para educá-los. Recebia a todos em sua residência
com distinção e os colocava à mesa para almoçar sim assim fosse o caso.
Casou-se a 26/06/1941, com Francisca Alcídia Arruda, nascida em 1924,
filha de Maria Cristina Portela. Senhora de porte forte, um pouco mais alta
que o esposo, mantinha os filho sobre um domínio com muito equilíbrio. Os
criados de casa e toda aquela gente para sentar em torno da mesa.
Somente uma pessoa com sua natureza pode conceber tantos filhos e
conseguir administrar um lar. Tiveram os seguintes filhos:: Moisés
PlínioArruda; Maria José Arruda; Amaral Amaro de Arruda José Edmar
Arruda; 1racir Arruda Ponte;.Francisca das Chagas Arruda; Maria do
Socorro Arruda; Maria Vilani Arruda Ponte; Maria da Conceição Arruda;
Antônio Benjamin Arruda; Francisco Osmarino Arruda; Vilton
Modesto Arruda; Anastácio Amorim Arruda; Maria de Fátima Arruda;
Adauto Izidoro Arruda; Evilásio Onofre Arruda; Raimundo Nonato de
Arruda; Juvenal Firmino de Arruda e Maria da Conceição Arruda
Viana.
RAIMUNDA LINHARES CARNEIRO (Tn.92), filha primogênita de
Domingos Aguiar Arruda (Bn.41) e de Francisca Linhares Arruda.
Neta paterna de Antônio Florêncio de Arruda e de Francisca Aguiar
Arruda e materna Manoel Alves Linhares e de Maria da Conceição
Arruda Linhares. Nasceu em Sobral a 4 de novembro de 1885 onde
veio a...................................... Casou-se em Sobral a 21/07/1940
com o seu tio afim, então viúvo Antônio Aguiar Carneiro,
Agropecuarísta e Comerciante, natural de Aracatiaçu, distrito de
Sobral, Ceará, nascido a 07 de fevereiro de 1888, filho de Antônio da
Costa Carneiro Ponte e de Maria José Aguiar Carneiro. Era
agropecuarísta com destaque na região de Aracatiaçu e Bilheira,
374
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Distrito de Sobral . Homem alto de feições marcas pelo trabalho no
campo. Como homem do sertão, deixou um grande legado aos seus
filhos, a coragem e o amor ao trabalho e a paixão pelo Sertão.
Faleceu em Sobral vítima de um atropelamento ao largo da Igreja do
Rosário em Sobral, logo pela manhã, quando saí de sua habitual
presença na Igreja do Rosário, onde sempre ia fazer suas preces e
entregar sua labuta como oferendas a Deus. Deste terceiro
matrimônio de Antônio Carneiro com sua sobrinha Raimunda
Linhares Carneiro, conhecida por Neném, tiveram dois filhos:
Francisco José Arruda Carneiro casado com Vera Maria Lopes
Carneiro, comerciante em Sobral bem sucedido e Domingos Arruda
Carneiro,solteiro.
RAIMUNDA ZILMA PARENTE ALVES (Qn. 150), nascida em Sobral,
Ceará, a 2 de julho 1926, filha de José Orion Gomes Parente (Tn.65.)
e de Maria Diva Rangel Parente. Passou sua primeira infância e
adolescência em Sobral, quando casou-se no dia 1º de setembro de
1944 com Francisco Itamar Alves, funcionário público Federal,
nascido a 1º de setembro de 1919 em Sobral e falecido a
14/09/2009, em Teresina, aos 90 anos de idade. Foi funcionário de
carreira no DNOCS. Em 1956, foi transferido para gerenciar o
escritório no Piauí, trabalhando inicialmente em Picos, Oeiras e
Piripiri, posteriormente em Teresina, onde se radicou e construiu
uma família bem estruturada. Conseguiu com esforços desenvolver
um patrimônio financeiro que lhe garantiu educar seus filhos nos
melhores colégios e viver comodamente durante sua terceira idade.
Educou os filhos como muito carinho, consciente de que somente
através de uma boa educação, eles poderiam prosperar em suas
vidas. Tive a oportunidade de visitá-lo algumas vezes, sendo ali bem
recebido por ele e D. Zilma, naquele belo casarão à Rua Presidente
Kennedy, em Teresina. Uma casa recuada a uns 50 metros do portão
375
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de Entrada, circundada por um belo jardim que cobria toda extensão
do velho casarão, de dois pisos. O acesso da casa era através de duas
escadas laterais, elevada a uns dois metros em relação ao jardim,
algo muito bonito de se ver, para mim um modelo único, só vista nas
grandes cidades de outrora. Dizia que só saía dali depois de sua
partida para eternidade, e isto se cumpriu. A família, não somente,
durante seu estado de convalescência, mas também durante sua
vida, lhe proporcionou muitas alegrias. Sua esposa, foi acima de
tudo uma devotada companheira, alicerçaram suas vidas nos
princípios religiosos e até com idade mais avançada faziam parte de
grupos religiosos, que frequentavam assiduamente. Itamar, não
esquecia seu torrão natal, amigos e familiares que ficaram, era filho
de Francisco das Chagas Alves Filho200 e de Ana Odete Frota Alves.
RAIMUNDO ADELINOGERMANO ARRUDA (Qn. 784.), Bancário, filho de
Clemente Olintho Távora Arruda (Tn. 301.), ex- prefeito de Baturité,
Ceará, e de Rocilda Germano Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, 2 de
maio de 1948. Funcionário na Agência do Banco do Brasil S. A na
Nova Andradina, cidade do Matogrosso do Sul. Posteriormente foi
transferido para a Agência do Banco do Brasil na cidade de
Mombaça aqui no Ceará, onde constituiu sua família. Casou-se a
10/07/1972 em Fortaleza, com Rejâne Maria Gurgel Arruda n. a
27/03/1949 em Fortaleza, filha de João Barros Gurgele Ritade Cásia da
Silveira Gurgel.
RAIMUNDO ARRUDA CARNEIRO (Qn. 229), empresário, filho de
Pedro Aguiar Carneiro e de Maria Arruda Carneiro (Tn. 108). Nasceu
em Sobral, Ceará, a 25 de dezembro de 1940 e faleceu em Fortaleza
em Janeiro de 2012, sendo sepultado em Sobral. Foi empresário de
200
Francisco das Chagas Alves Filho (Cazuza), filho de Francisco das Chagas Alves e de
Maria das Graças Carneiro da Frota. Neto paterno de Antônio Alves e de Constança Alves,
casou-se com Ana Odete Frota, n. em Santana do Acaraú ( Ce) a 01/01/1896 e fal. em Sobral
a 06.12.1942, filha de José Crisóstomo da Frota (Apud Pe. Gentil da Frota- Os Frotas, pg
383).
376
Dicionário Biográfico - Família Arruda
destaque em Sobral. Casou-se a 09/09/1967 e separou-se de Gláucia
Teodora Arruda Carneiro, n. a 07/12/1941, em Fortaleza, filha do Dr.
Raimundo Vasconcelos Arruda 201(médico) e de Odete Almeida
Arruda. Posteriormente assumiu uma união estável com Adélia
Maria Ximenes Lopes, n. a 09/04/1966, filha de Valdemar Ximenes
Lopes e de Francisca da Frota Ximenes Lopes. Do seu matrimônio
com sua prima Gláucia Arruda, teve quatro filhos: Daniele Arruda
Carneiro, Pedro Eric Arruda Carneiro,. Cibele Arruda Carneiro e
Rochelle Arruda Carneiro. Com a Adélia Ximenes, teve outros dois
filhos: Rayssa de Fátima Lopes Arruda Carneiro e Raimundo Arruda
Carneiro Filho, todos nascidos em Sobral.
RAIMUNDO ARRUDA NETO (Qn.807.), filho de Juarez Távora Arruda
( Tn.306), Servidor Público do INSS, e de Marcelina Isabel Carvalho
Arruda, Servidora Pública do Ministério Público Federal. Nasceu em
Baturité, Ceará, a 18 de outubro de 1957. Funcionário público
estadual. Casou-se e separou-se de Valeria Suely Silva. Casou-se
pela segunda vez com Maria Ludeni Fernandes Mendes.
RAIMUNDO CAITANO DE VASCONCELOS (Pn. 1926.), Bancário, filho
de Antônio Bolívar de Vasconcelos e de Otacília de Maria
Vasconcelos ( Qn.1484). Natural de Sobral (CE), nascido a 5 de
novembro de 1944. Formado em Ciências Contábeis pela
Universidade Vale do Acaraú – UVA. Funcionário aposentado do Banco
do Brasil, onde trabalhou por muitos anos na Agência de Sobral.
Casou-se com Maria Vanda Alves de Vasconcelos (Valderez), n. a
201
Raimundo Vasconcelos de Arruda, nascido a 27/07/1911 em Massapê. Formado pela
Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia, em 14/12/1950. Professor da
Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará. Médico Escolar da Prefeitura de
Fortaleza. Na gestão do Prof. Paulo Cabral. Diretor Administrativo da Secretaria de Saúde no
Governo Parsifal Barroso. Instalou o Berçário da Maternidade Escola Assis Chateaubriand,
passando a ser supervisor das classes A e B do mesmo Berçário. Presidente do Centro
Massapeense. Presidente da Associação de Pediatria do Estado do Ceará. Casou-se em
05/01/1937 com Odete de Almeida Arruda, filha de José Correia de Almeida 201e de Severina
Montenegro de Almeida (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas,
Tomo II, pg 404).
377
Dicionário Biográfico - Família Arruda
01/07/1947, formada em Ciências Contábeis, filha de Mariano Alves
da Costa e de sua primeira esposa Carmelina de Sá Barreto.
RAIMUNDO CLODOVEU ARRUDA (Qn. 435.), Agropecuarísta, filho de
Antônio Carlos Arruda e de Maria Elisa Arruda ( Tn.165), natural de
Massapê nascido a 29 de outubro de 1922 e falecido em Mumbaba,
disgtrito de Massapê a 15 de novembro de 1973. Casou-se duas
vezes. A 1ª, com Maria de Nazaré Arruda, nascida a 03/01/1942, e
falecida a 01/01/1975, filha de Messias Francisco Arruda e Tereza
Firmo de Jesus Arruda. A 2ª, com Benedita Enóe Marques, natural de
Mubaba de Baixo, Distrito de Massapê , filha de Francisco Severo
Marques e de Rosa Marques.
RAIMUNDO EDWARD DE MELO ARRUDA (Tn. 317.), Político, filho do
Cel. João Aguiar Arruda (João Arruda) (Bn.75) e de Laura de Melo
Arruda. Nascido em Massapê a 13 de abril de 1915. Foi comerciante
em Fortaleza, exerceu cargo de relevo na Câmara dos Vereadores e
também vereador à Câmara Municpal de Fortaleza. Casou-se com
Francisca Magalhães Pinto Arruda, natural de Santa Quiéria, nascida a
15 de abril de 1912, filha do Cel. João Rodrigues Pinto e de Maria Nelsa
Magalhães Pinto, de tradicionais famílias de Santa Quitéria. Do seu enlace
matrimonial nasceram os seguintes filhos: Raimundo Edvard de Melo
Arruda Filho, formado em Administração, casado com Maria Lisieux
Ribeiro Arruda; Eliane Arruda Parente, formada em Letras Neolatinas,
casada com Luís Ideburque Mendes Parente,, 2º Tenente do Exército
Brasileiro; João Arruda Neto, comerciante, casado com Valéria Arruda;
Ronaldo Pinto Arruda, comercainte destaque em Fortaleza, cassado
com Nadja de Castro Arruda, filha do Dr. Humberto de Castro e de Altair
de Sousa Castro; Roberto Pinto Arruda, comerciante; e Simone Arruda
Fernandes Vieira, Assistente Social do INPS, casada com o Dr. Francisco
José Vasconcelos Fernandes Vieira, médico.
378
Dicionário Biográfico - Família Arruda
RAIMUNDO GOMES PARENTE (Bn.22), filho do José Gomes Parente
e de Ana Joaquina Ferreira de Arruda (N.12.), décima segunda neta
de Amaro José de Arruda o patriarca da família Arruda no Estado do
Ceará. Ocupou o cargo de Secretário da Estrada de Ferro de Sobral.
Casou-se em Sobral a 19 de maio de 1893 com Lavínia do
Nascimento Parente, de tradicional família sobralense, filha de
Antônio Rangel do Nascimento202 e Rita Gomes do Nascimento. Do
seu consórcio nasceram três filhos quase todos com descendência
em Sobral e com grande participação ativa na vida socioeconômica
da cidade. Entre eles o filho mais velho Raimundo Osvaldo Rangel
Parente, n. a 09/09/1887 e faleceu a 28/05/1951, em Sobral, Foi
Diretor Presidente da Firma “OSVALDO RANGEL & IRMÃOS” fundada
em 1908. Foi Vereador da Câmara Municipal de Sobral nos Governos
do Dr. João Tomé de Sabóia e Silva e do Dr. José Moreira da Rocha e
Presidente da Associação do Comércio de Sobral, enquanto que seu
segundo filho Francisco Rangel Parente, n. em Sobral a 24.08.1887.
Capitalista. Foi por duas vezes eleito a Vereador da Câmara
Municipal de Sobral, nos governos do Dr. Moreira da Rocha e Dr.
Francisco Menezes Pimentel, sendo que no último exerceu as
funções de Presidente da Câmara por dois anos. Foi sócio da
Associação Comercial, do Grêmio Recreativo Sobralense e do Sobral
Atlético Clube. Foi uma figura por demais destacada na sociedade
Sobralense, e a terceira filha Lavínia Rangel Parente, não se casou,
permaneceu inupta na companhia de seus pais e muito presente na
vida da família.
RAIMUNDO JOSÉ ARRUDA BASTOS (gêmeo). (Qn. 793.), Médico, filho de
Raimundo César Bastos, natural de Saboeiro, Ceará, e de Maria de Lourdes
Arruda Bastos, nascida em Lisboa, Portugal, de tradicionais família de
202
Antônio Rangel do Nascimento, filho de Manuel José do Nascimento Júnior e de Ana
Portela do Nascimento, casou-se duas vezes. A 1a , a 30.01.1860 com Rita Gomes Coelho, fal.
a 16.12.1889, filha de Antônio Gomes Coelho e de Rita Teresa de Jesus. A 2a , a 14.10.1893,
com Paulinha Muniz Ribeiro, filha de Onofre Muniz Ribeiro e Tarcila Frota Ferreira.(Apud
Araújo, Sadoc, Cronologia Sobralense, Vol. III, pgs 186-187) .
379
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Baturité, Ceará. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 19 de janeiro de 1955
Casou-se a 12/06/1980 em Fortaleza, Ceará, com Marcília Alves Cordeiro
Bastos n a 16/02/1954 em Itapipoca, Ceará, filha de Raimundo
Adalberto Alves e Maria Vandeneida Alves Cordeiro.
RAIMUNDO LEOPOLDO COELHO DE ARRUDA ( RAIMUNDO
ARRUDA) (Bn. 18), Professor, político e historiador, nascido em
Sobral a 02 de novembro de 1963 e falecido em Fortaleza a
25/07/1934. Era filho do emérito prof. Vicente Ferreira de Arruda
(N.11) e de Guilhermina Gomes Coelho. “ Grande cientista e
benfeitor cearense- Estudou na infância sob a abalizada direção do
seu pai e, depois de completar os preparatórios, no Liceu do Ceará,
partiu para a Bahia, em cuja Faculdade de Medicina, recebeu o título
de Farmacêutico no ano de 1884. O historiador, Raimundo Eufrásio,
escreve em seu Livro –Sobral Preeminência na História do Cearátrecho do discurso do acadêmico Dr. Felizardo Pinho Pessoa Filho,
ocupante da Cadeira que tem como Patrono o notável sobralense Dr.
Raimundo Leopoldo Coelho de Arruda.
“ Voltando ao Ceará, consagrou-se à nobre missão de magistério
particular sendo em 1888 nomeado lente interino de Português do
Liceu do Ceará e, posteriormente, professor catedrático. Ainda em
1888, foi nomeado Diretor do referido estabelecimento de ensino.
No Liceu, lecionou Latim (1893), sendo ainda professor catedrático
de Geografia e de Literatura.
Foi nomeado Diretor efetivo do mesmo Liceu do Ceará (ato de 23
de abril de 1907) e interino (em 20 de setembro de 1920).
Militando na política, foi deputado em várias legislaturas, e
embora partidário intransigente da facção chefiada pelo
Comendador Acioly, sempre desfrutou das simpatias gerais, graças à
lhanesa do trato e à maneira correta de agir.
Atendendo a uma mensagem encaminhada à Assembleia pelo
então Presidente do Estado, apresentou, juntamente com os
Deputados Waldemiro Cavalcante, José Acioly, João Montezuma de
380
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Carvalho e Francisco Alves Barreira, o Projeto de Lei nº 6, de 7 de
julho de 1887, criando a Faculdade Livre de Direito do Ceará,
estabelecimento de ensino que deveria obedecer a regime federal
prescrito na Lei nº 314, de 30 de outubro de 1895, regulamentada
pelo Decreto nº 2.226, de 1º de fevereiro de 1896.
Uma vez criada à escola superior, nela matriculou-se tendo colado
grau de Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais no dia 2 de
dezembro de 1907. No ano imediato foi nomeado pelo então
Presidente Nogueira Acioly, Secretário dos Negócios da Fazenda,
cargo que exerceu de 7 de maio de 1908 a 24 de janeiro de 1912.
Concomitantemente, isto é, de 7 de maio de 1908 até 12 de julho do
mesmo ano, respondeu pela Secretaria de Justiça e Segurança
Pública.
Foi um dos fundadores da Academia Cearense de Letras, tendo
ocupado por algum tempo, o cargo de secretário do mencionado
sodalício. Exerceu as elevadas funções de membro do Conselho de
Instrução Pública do Ceará.
Foi Presidente da Associação dos Servidores Públicos do Estado e
Professor de Português da Escola Comercial do Ceará.
Foi ainda um dos fundadores e professor catedrático da Faculdade
de Farmácia e Odontologia do Ceará, tendo, por algum tempo,
ocupado a direção do aludido estabelecimento de ensino superior.
Mais ou menos no ano de 1895 fundou nesta capital, de
sociedade com os irmãos Leopoldo e Alfredo Domingos, de Sobral, a
afamada e tradicional “ Farmácia e Drogaria Pasteur”, que ainda hoje
existe.
Escreveu sobre vários assuntos, diversos trabalhos, merecendo
especial “destaque “ Discursos”, “Relatórios” e uma monografia
científica intitulada “Medicina e Farmácia” , a qual foi publicada no
Almanaque do Ceará, edição de 1922.
Como ficou dito acima, o Dr. Raimundo Leopoldo Coelho de
Arruda, além de ser uma autoridade em Filologia, um didata de
grandes méritos, um cientista de vastos conhecimentos, um político
381
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de envergadura moral, um exemplar chefe de família e um amigo
sincero e leal, era possuidor de uma vasta bagagem de
conhecimentos gerais.” ( Apud Oliveira, R. Eufrásio – Sobral
preeminência na história do Ceará, 1992). Casou-se em Fortaleza a 6
de junho de 1891, com Alice Cavalcante de Arruda, n. a 21/05/1874
e faleceu a 24/04/1951, em Fortaleza (CE), filha do Cel. José Cândido
Cavalcante203, n. a 29/05/1845 e faleceu a 17/12/1926 e de Maria
Amélia Garcia da Fonseca Cavalcante, n. a 17/03/1849 e faleceu a
26/08/1940, filha do português Antônio Coelho da Fonseca e de
Maria Ephigênia Garcia da Fonseca. Do seu consórcio nas uma
plêiade de ilustres filhos que contribuíram de forma significativa para
o desenvolvimento do Estado: Edgar Cavalcante de Arruda; Guiomar
de Arruda Frota; Maria Cavalcante de Arruda; Lívio Cavalcante
Arruda; José
Cavalcante de Arruda; Edina Cavalcante de
Arruda;Zulita Cavalcante de Arruda;.Nilda Cavalcante de Arruda; José
Alcino Cavalcante de Arruda e Raimundo Leopoldo Coelho de Arruda
Filho.
RAIMUNDO LEOPOLDO COÊLHO DE ARRUDA FILHO (ARRUDINHA),
(Tn.55), Advogado, filho de Raimundo Leopoldo Coelho de Arruda
(Bn. 18), emértito professor catedrático da Faculdade de Farmácia e
Odontologia do Ceará, e Alice Cavalcante de Arruda. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 7 de março de 1910 e aí faleceu em 18 de outubro
de 1994. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de
Direito do Ceará (1933); exerceu a advocacia civil e, por duas vezes,
foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral. Foi também Procurador Judicial
do Instituto Nacional de Previdências Social (INPS) e do Instituto de
Previdência do Estado do Ceará (IPEC). Foi, ainda, professor de
203
José Cândido Cavalcante, capitalista em Fortaleza, filho do Major Gabriel José de Holanda
Cavalcante, filho de Antônio Alves de Holanda Cavalcante e Mariana Lira Pessoa, e de
Joaquina Madeira Vasconcelos, filha do comerciante português Antônio Gomes Parente,
sétimo filho do português Inácio Gomes Parente. Casou-se com Maria Amélia Garcia da
Fonseca Cavalcante, filha do português Antônio Coelho da Fonseca e de Maria Ephigênia
Garcia da Fonseca ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes
Parente, VI, no prelo)
382
Dicionário Biográfico - Família Arruda
matemática do Colégio Militar do Ceará e do Ginásio Castelo Branco.
Implantou a Escola Doméstica de Fortaleza, destinada à formação de
jovens para o exercício do lar, a qual depois teve sua denominação
mudada para Ginásio Americano. Casou-se em Fortaleza (CE) a
17/06/1938, com Irene Barbosa de Arruda , natural do Rio Branco,
Acre, nascida 4 de abril de 1917, filha de José Macário Barboza 204e
Cecília Cabral Barbosa. Sua atividade escolar começou no Grupo
Escolar 7 de Setembro., Rio Branco, continuando no Grupo Escolar
Rodolfo Teófilo, em Fortaleza' Escola Normal Justiniano de Serpa,
graduando-se na Universidade Federal no Ceará e pós-graduando-se
pela Faculdade de Filosofia de Fortaleza – FAFIFOR. Como educadora,
a professora Irene Arruda tomou parte em muitos eventos
importantes, destacando-se sua participação como membro da
Reforma Administrativa da Secretaria de Educação; membro da
Comissão do Estatuto do Magistério; esteve em Curitiba, Belo
Horizonte e Brasília nos Congressos de Professores de 2º Grau;
também participou de seminários sobre a Lei 5.692,relativa à
expansão do ensino e realizou cursos nos Estados Unidos, de
Economia Doméstica.
Como principais realizações pessoais, a"professora Irene
Arruda cita ter sido professora do Ensino Médio (concursada),
diretora do Colégio Justiniano de Serpa (eleita), vice-diretora do
mesmo colégio, assessora do Secretário de Educação e Secretaria de
Educação (substituta).
Suas atividades sociais são intensas, senão vejamos: Presidente
da Associação das Voluntárias de Jacarecanga, conselheira da
Fundação do Bem-Estar do Menor, conselheira da Cruz Vermelha
Brasileira, vice-presidente da ACL. Sua atividade política é restrita,
estando' filiada ao PDS.
204
José Macário Barboza, nascido em Aracati (CE), filho de Macário José Barboza e
Philomena Barbosa da Silva. Casou-se com Cecília Cabral Barbosa, nascida em Guaiuba (CE),
filha de Firmino Moura Cabral e Maria Moura Cabral (Apud Nutting, Laurisa – Glórias de um
Ideal: Biografia de Irene Arruda- Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora Ltda., 2007)
383
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Como autores preferidos a professora Irene Arruda tem
“Marde - "O poder da vontade" - "Querer é poder", e vários outros
de formação, bem como livros científicos da Sra. Leandro Dupré "Éramos Seis".
Destaca como fatos marcantes de sua vida a realização
pedagógica quando diretora do Colégio Estadual Justiniano de Serpa,
colocando-o em seu merecido lugar como estabelecimento
educacional; e sua contribuição pessoal como educadora na
formação de jovens (intelectual, moral e social). Acrescente-se à
sólida carreira da professora Irene Arruda o seu título de Pedagoga,
com graduação em Pedagogia, habilitada em Administração Escolar
l.º e 2.º graus, pela Universidade Federal do Ceará, supervisora
escolar e pós-graduada em Tecnologia Educacional, pela FAFIFOR.,
(Apud Nutting, Laurisa – Glórias de um Ideal: Biografia de Irene
Arruda- Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora Ltda., 2007).
RAIMUNDO LUIZ FURTADO ARRUDA, Oficial da Marinha, natural de
Fortaleza, Ceará, nascido a 3 de fevereiro de 1949 , filho de Miguel Edgy
Távora Arruda ( Capitão Edgy), que era Oficial do Exército Brasileiro,
grande memorialista da história de Baturité e da família Arruda ali
radicada, e de Maria Adelina Furtado Arruda. Raimundo Luiz, oficial
Superior aposentado da Marinha de Guerra do Brasil; conhecido
como comandante ARRUDA, é Bacharel em Ciências Navais e
Engenheiro Mecânico, formado pela Escola Naval do Rio de Janeiro.
Cursou Administração de Empresas na Universidade Federal do Rio
Grande do Norte.
Fez todos os cursos de Pós- Graduação da Carreira Naval,
como o Curso de Comando e Estado Maior e Superior da Escola de
Guerra Naval. Serviu em diversos Navios da Marinha. Foi
Comandante da Estação Radiogoniométrica do Pina em Recife, PE e
Capitão dos Portos do Estado da Paraíba.
Atualmente é Presidente da Fundação Comendador Ananias
Arruda, diretor do Museu e do Jornal A Verdade de Baturité, CE.
384
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Em 2000 passou a se interessar pela estrutiocultura
estudando e participando de diversos seminários, cursos e eventos
ligados à criação de Avestruz. É proprietário da ARRUDA AVESTRAZ,
empreendimento em Aracoiaba, CE com ciclo completo, incubação,
cria e recria.
É também Presidente da (ACECA) Associação Cearense dos
Criadores de Avestruz. Casou-se em Fortaleza a 21/12/1975 com
Cláudia Lima Arruda n.a 14/06/1956, em Tauá (CE), filha de Ernando
Pereira Lima e de Maria Messias Chagas Lima. Atualmente, exerce o
cargo de Secretaria e Tesoureira da Fundação Comendador Ananias
Arruda – FCAA; Presta um serviço voluntário pelo espírito religioso com
que é dotada aIgreja nossa Senhora da Saúde e outras Igrejas.
Pertence a Legião de Maria, do Apostolado da Oração. Trabalha na
pastoral do idoso. Trabalhou na pastoral da criança, pastoral da
saúde. Fundou, ainda, o grupo da praia “Espírito Santo “ e logo
depois com mais um nome ( MMM, meninos e meninas do mar, para
ajudar drogados e idosos com depressão. Fundou o grupo Litúrgico
no Mar "o Espírito Santo das Aguas", trabalhando pelos pobres e
abandonados. Co-fundadora junto ao padre Edilson Leite " Sopão
dos Mendigos” na Igreja Nossa Senhora da Saúde. Coordena
também o Terço da Divina Misericórdia Frente ao Santíssimo
Sacramento.
RAIMUNDO MAURO ARRUDA LIMA (Qn. 797.), filho de Nelson Lima e de
Maria Francisca Teresa Távora Arruda Lima (Tn. 304.). Nascido em
Teresópolis (RJ), a 24 de abril de 1965. Casou-se a 14/04/2000 em
Fortaleza, com Cristiane Capibaribe Barros n. a 25/12/1971, funcionária
pública federal, filha de Tarcísio Ferreira Barros e Valdisa Capibaribe
Barros.
RAIMUNDO MEDEIROS SOBRINHO (MEDEIROS), (Qn. 1383.), Médico,
natural de Camocim, Ceará, nascido a 5 de abril de 1935, filho de
Pedro do Nascimento Medeiros ( Tn.531) e de Maria das Graças
385
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Medeiros. Veio com sua família, morar em Fortaleza, em 1938, por
convite de um tio, irmão de seu pai Raimundo Medeiros, fixando
residência no bairro Montese. Fez o curso primário, na escola pública e
o curso ginasial, no Colégio Rui Barbosa. Sempre muito estudioso, fez
exame de admissão, por meio do qual galgou o 1º lugar, e assim para o
curso de Contabilidade. Além da contabilidade, cursava o científico, no
Liceu do Ceará, sendo um dos primeiros da turma, líder estudantil,
sempre lutou pelos direitos das pessoas. Em 1959, fez vestibular, na
Universidade Federal do Ceará, para o Curso de Medicina, sendo
aprovado no 22º lugar, onde passaram 87 vestibulandos. Cursou
Medcina com muita dificuldade financeira, lecionava para ajudar sua
permanência na Universidade. Foi líder estudantil do Centro
Acadêmico. Diplomou-se, em 16 de dezembro de 1965, já casado. Fez
pós-graduação, especialização, em Otorrinolaringologia, na Santa Casa
de Misericórdia, reabrindo com os colegas, o Serviço de
Otorrinolaringologia, desta Entidade. Fez da medicina um sacerdócio,
exercendo-a com entusiasmo e sabedoria, dedicando-se aos pobres,
sem jactância, no cumprimento de um dever cristão, fazendo caridade
e espalhando o bem, a tantos sofredores. Exerceu suas ativdades
como médico além da Santa Casa de Misericórdia na Asssoaciação dos
Merceeiros, Fênix Caixaeral; no Hospital Geral do Exército de
Fortaleza; Médico do INAMPS e IPASE; Médico dos Colégios Carolina
Sucupira, Júlia Jorge e Fundador; Foi fundador da UNIMED de
Fortaleza e Federação das UNIMEDS do Ceará, sendo diretor de
ambas. Presidiu o Conselho Fiscal da Confederação das UNIMEDS do
Brasil; Foi secretário do Centro Médico Cearense; Delegado da
Associação Médica Brasileira; Membro do Conselho Regional de
Medicina; Presidente da Sociedade de Otoorinolaringologia e
Endoscopia; Presidente do Congresso de Otorrinolaringologia e
Pediatria. Além dos aspectos de sua profissão, sem gostou de
participar de várias entidades filantrópicas e em clubes sociais. Neste
sentido, ingressou no Lions Clube de Fortaleza, em agosto de 1974.
Logo, apos entrar no movimento leonísitico, em 1975, foi membro da
386
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Diretoria do Clube, (Diretor Animador) e logo chegou na presidencia
do memorável Lions Clube de Fortaleza Fátima. Foi governador, dos
Distrito L-15, no A.I., 84/85, sendo premiado pelo C.N.G. e pelo
presidente Bert Maison, conquistou a Medalha de Governador 100%;
Assessor do Distrito I.A -4; Companehrio Melvin Jones; Membro
imortal da Academia Leonísitca de Cultura, no Ceará, ocupando a
cadeira nº26, tendo como patrono, o CL. Américo Fernandes Rosino (
Lions Clube Jangada); apresentou trabalhos, nas Convenções, C.D.D, e
nos clubes. Qaundo Governador, no Ano Leonístico 84/85, com auxílio
de seus companheiros, fundou os Clubes: de Marco, Barro, Tamboril e
Penaforte. Casou-se a 27/06/1964, cursando o quinto ano de
medicina, com sua prima Maria Nirvanda Medeiros, n. a
15/10/1941, professora primaria e supervisora de Educação de
Adultos, hoje aposentada. Fez curso de Administração Escolar, e
cursou Pedagogia, na Universidade Estadual do Ceará, em 1972. Fez
especialização, no magistério, Administração Escolar, pós-graduação,
em Psicopedagogia e Supervisão escolar, filha de Francisco Medeiros e
de Joaquína Teixeira Medeiros.
RAIMUNDO NAPOLEÃO DE ARRUDA (Bn. 44.), Comerciante, filho de
Antônio Florêncio de Arruda (N. 18.) e de sua segunda esposa Filomena
Ribeiro da Ponte. Neto paterno de Alexandre José de Arruda, bisneto
do português Amaro José de Arruda, patriarca da família Arruda no
Estado do Ceará. Raimundo Florêncio, como era conhecido, nasceu na
localidade Oiticará, às margens do Rio Mirim, no município de Massapê,
Ceará, a 1º de abril de 1891 e faleceu em Fortaleza, Ceará, a 23 de abril de
1964. Raimundo Florêncio, foi comerciante em Fortaleza onde residiu
grande parte de sua vida. Casou-se em Massapê, a 1º de novembro de
1919, com Maria Amelina Pontes Arruda205, n. a 16/05/1889, em
205
Maria Amelina Pontes Arruda,, n. 16.05.1889, em Massapê, e falecida a 27/10/1972, em
Fortaleza. casou-se a 16.02.1912 , em Massapê , em 1ª núpcias, comFrancisco Nelson Arruda,
n. em Massapê, filho deJoão Tibério de Arruda e de sua 1a mulher Filomena Izabel de Lira Aguiar
(Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas, Tomo IV, pg 720, 3ª
Edição).
387
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Massapê e faleceu em Fortaleza a 27/10/1972 , filha de Francisco
Ferreira da Ponte206 e de Raquelina Maria Arruda Ponte. Do seu
matrimônio nasceram três filhos: Antônio Pontes Arruda faleceu com
um ano de idade; Teresa Pontes Arruda, n. a 02/09/1928, em Massapê
batisada em Massapê a 28.10.1928. Faleceu Criança; e Maria Celeste
Arruda de Moura, n.a 08/07/1927, em Massapê, Servidora Estadual da
Secretaria de Educação de grande destaque naquela Secretaria, casouse com José Soares de Moura, que era filho de João Soares de Moura207 e
de Raimunda Marciel de Moura.
RAIMUNDO NONATO CAMPELO ARRUDA (Qn.286.) , Engenheiro
Elétrico, natural do Maranhão, nascido em Viana , no dia 29 de
outubro de 1947; filho de Gerardo Vasconcelos Arruda (Tn.130) e de
Mariana Raimunda Campelo. Formou-se em Engenharia de Operações
Eletrônicas – modalidade de Telecomunicações pela UTAM –
Universidade Tecnológica do Amazonas em 1977; Engenharia Elétrica
– modalidade eletrônica pela Universidade Federal do Maranhão em
1982; Licenciatura Plena – UFMA, 1984; Pós-graduação: Latu sensu –
em nível de especialização em Planos e Projetos para o
desenvolvimento do ensino técnico – CEFET – Centro Federal de
Educação Tecnológica – Minas Gerais em 1989; Atualmente é
professor do CEFET-MA. Casou-se duas veszes. A 1ª, com Francisca
Deuzimar Menezes Arruda, filha de Raimundo Menezes Rodrigues e
Madalena Ferreira Rodrigues. A 2ª, com Eliene Brito de Oliveira,
pedagoga formada pelo CEUMA.
RAIMUNDO OSVALDO RANGEL PARENTE (Tn.58), Empresário, filho
de Raimundo Gomes Parente (Bn.22), e de Lavínia do Nascimento
206
Francisco Ferreira da Ponte, casou-se a 14.07.1874 com Raquelina Maria Arruda Ponte, n. a
15.02.1856, em Massapê e fal., a 12.08.1938, filha de João José de Arruda e de sua primeira mulher
Maria Quitéria de Jesus Aguiar (filha de Narciso Lopes de Aguiar e de Maria Quitéria de Araújo Costa (
Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas Tomo III, pg 763, 3ª Edição).
207
João Soares de Moura, faleceu a 14.04.1982, em Fortaleza , filho de Manoel Soares de
Moura e de Maria Luiza de Moura. Casou-se com Raimunda Marciel de Moura ( Certidão de
Óbito – Cartório Norões Milfont, folhas 60v do Livro nº c27 do Registro de Óbito)
388
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Parente. Nasceu em Sobral, Ceará, a 9 de setembro de 1887 e
faleceu na cidade natal, em 28 de maio de 1951, com apenas 64 anos
de idade. Fez seus estudos primários com o célebre Professor
Vicente Ferreira de Arruda. Foi Diretor Presidente da Firma
“OSVALDO RANGEL & IRMÃOS” fundada em 1908, que por muitos
anos liderou o comércio de estivas da zona Norte, com grande
penetração nos estados do Piauí e Maranhão. Exerceu, ainda, as
funções de Vereador da Câmara Municipal de Sobral nos Governos
do Dr. João Tomé de Sabóia e Silva e do Dr. José Moreira da Rocha e
Presidente da Associação Comercial de Sobral, tornando-a o centro
das decisões da vida sócio-econômica da Zona Norte.Todos os
grandes pleitos e decisões de interesse da região nasciam ou
transitavam por Sobral. A cidade, à época, exerceu liderança efetiva
e competente. Quando presidente do Grêmio Recreativo Sobralense,
célula máter da sociedade sobralense, criou a sociedade Pálace Clube
e construiu o edifício sede na Praça General Tibúrcio, mais conhecida
como Praça da Meruoca. Este importante evento social teve o mérito
de congregar a sociedade, então dividida entre gremistas e
democratas.Oswaldo Rangel foi um líder nato e homem de grande
visão para sua época. Casou-se em Sobral a 27 de novembro de 1909
com Rosalina Cavalcante Rangel, de destacada família sobralense,
filha do Tabelião Ildefonso Holanda Cavalcante208 e de Maria
Carolina Franca Cavalcante. Teve grande participação na vida ativa
dos filhos e dos netos. Grande líder da família, mesmo após o
falecimento do esposo continuou seu trabalho de preservação dos
princípios religiosos e da união filhos. Nasceu em Sobral a 23 de abril
de 1892 e ai faleceu a 22 de janeiro de 1967aos 65 anos de idade, na
mesma faixa etária do esposo, deixando uma grande lacuna no seio
da família Rangel e Cavalcante.
208
Cap. Ildefonso Holanda Cavalcante, n. a 07.08.1859 e fal. a 20.07.1918, em Sobral.
Tabelião público e escrivão de registro na cidade de Sobral, filho do Major Trajano José
Cavalcante e Rosalina Maria Cavalcante, casou-se a 25.07.1891 com sua parenta Maria
Carolina Franca Cavalcante (Mariquinha), n. a 11/01/1871 e fal. a 13.08.1917, em Sobral
(Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol. II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg
93).
389
Dicionário Biográfico - Família Arruda
RAIMUNDO SÉRGIO ARRUDA ARAGÃO (Qn. 806.), Representante
Comercial, filho Tarcísio Lima Aragão, Advogado, e de Maria José Távora
Arruda Aragão, Servidora Pública Federal, Nasceu a 31 de agosto de 1964.
Casou-se em Brasília, Distrito Federal, em 08/12/1989, com Cláudia
Cardoso Cordeiro Aragão n. a 23/09/1967 na cidade do Rio de Janeiro;
formada em Administração de Empresas pela UNIFESO, filha de
Antônio Arruda Cordeiro209 e Gilvanete Cardoso Cordeiro.
RAIMUNDO VASCONCELOS ARRUDA (Bn. 72.), filho do Capitão Miguel
Arcanjo de Arruda ( Capitão Miguel de Arruda) (N. 26.), nascido em
Oiticará, Massapê, Ceará, patriarca da familia Arruda radicada em
Baturité, e de Maria do Livramento Arruda, que pertencia a
importantes e tradicionais famílias da região Norte do Estado, nascida
na Fazenda “ Bilheira”, Freguezia de Santo Antônio do Aracati-Açu,
Município de Sobral Raimundo Arruda, nasceu em Baturité, Ceará, a
31 de agosto de 1893 e faleceu em Fortaleza, Ceará, a 18 de julho de
1990, aos 97 anos de idade. Casou-se a 17/06/1918 em Fortaleza, com
sua prima Noemy Távora de Assis Arruda, nascida em Cachoeira
(atualmente Solonópole), a 11/02/1894, filha de Clemente de Assis e
Silva e Maria Távora de Assis.
RAIMUNDO
VASCONCELOS
ARRUDA
JÚNIOR
(Qn.272)
Representante Comercial, filho de Raimundo Vasconcelos de Arruda
e de Odete de Almeida Arruda. Nasceu em Fortaleza a 6 de agosto de
1956. casou-se a 28/01/1980 com Maria Madalena Prado Arruda n.
209
Antônio Arruda Cordeiro, n. a 02/10/1936, em Colinas-MA filho de José Arruda
Cordeiro e de Rosa Assunção Cordeiro casou-se a 27/07/1963 em Natal-RN, com
Gilvanete Cardoso Cordeiro, n. a 06/11/1939, em Natal-RN, filha de Henrique
Cardoso Dantas e de Querubina Antunes Cardoso. Pais de: Concita Cardoso
Cordeiro e José Henrique Cardoso Cordeiro (pp).
390
Dicionário Biográfico - Família Arruda
a 10/03/1957 em Sobral, filha de Clóvis Aragão Prado 210e Maria Diva
Ximenes Prado. Atualmente Mantém uma união estável com Eliane
Maria Rola Bezerra de Menezes, filha de...................................... e
de.......................
RAIMUNDO VASCONCELOS DE ARRUDA ( Tn. 127.), Médico, filho
Ricardo José Aguiar de Arruda (Bn.43) e de Teodoro Carminda Araújo
Arruda. Nasceu em Massapê,Ceará, a 27 de julho de 1911 e faleceu
em Fortaleza. Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade
Federal da Bahia, em 14/12/1950. Professor da Faculdade de
Medicina da Universidade Federal do Ceará. Médico Escolar da
Prefeitura de Fortaleza. Na gestão do Prof. Paulo Cabral. Diretor
Administrativo da Secretaria de Saúde no Governo Parsifal Barroso.
Instalou o Berçário da Maternidade Escola Assis Chateaubriand,
passando a ser supervisor das classes A e B do mesmo Berçário.
Presidente do Centro Massapeense. Presidente da Associação de
Pediatria do Estado do Ceará. Casou-se em 05/01/1937 com Odete
de Almeida Arruda, filha de José Correia de Almeida e de Severina
Montenegro de Almeida.
RAÍSSA ARRUDA MAGALHÃES, Advogada (Pn. 1066.), filha de Alfredo
Magalhães de Souza, natural de Guaraciaba do Norte, Ceará, e de
Carmen Alice Arruda Magalhães ( Qn.785), natural de Baturité, Ceará,
Servidora Pública Federal. Raíssa nasceu no Rio de Janeiro, a 16 de
março de 1988. Formada em Direito pela Universidade de Fortaleza Unifor.
RANILSON RIBEIRO COELHO (Qn.77), Biólogo, filho de José Sílvio de
Arruda Coelho (Tn.34), sobralense, e de Maria de Lourdes Ribeiro
Arruda Coelho. Funcionário da SUDENE, onde desenvolveu um
210
Clóvis Aragão Prado, n. a 25.03.1921, em Sobral . Casou-se a 02.09...., em Sobral, com
Maria Diva Ximenes Prado, n. a 20.06.1922 e fal. a 15.01.1996, em Sobral, filha de Antônio
Atibones Ximenes e de Teodora Ramos Ximenes (pp).
391
Dicionário Biográfico - Família Arruda
trabalho técnico dos mais profícuos, em prol do desenvolvimento do
nordeste brasileiro. Faleceu solteiro em Recife, onde residia.
RAQUEL LIMA DUDDERAR (Pn. 1031.), Médico, filha de Armando José
de Melo Lima , Engenheiro Mecânico, e de Maria Cristina Furtado Lima (
Qn.757). Nasceu em Fortaleza, Ceará, em 24 de setembro de 1982.
Froamda em medicina pela Universidade do Rio Grande do Norte.
Residência médica pela East Tennessee State University (EUA). Casou-se
a 18/07/2010 em Maryland (EUA), com Matthew Roberts Dudderar n.
a 06/11/1980 em Maryland (EUA), piloto das Forças Aéreas Americanas,
filho de John Roberts Dudderar e de Mary Winifred
Dudderar. Residentes na Califórnia, (EUA).
RAQUELINA CORDEIRO ARRUDA PINHO (Pn.1197.), filha de Carlos
Alberto Arruda ( Beto) (Qn.884) e de Ana Teresa Cordeiro Arruda, nasida
em Fortaleza, Ceará, em 21 de março de 1975. Assistente Social,
trabalha no Tribunal de Justiça; casou-se 14/05/1999 em Fortaleza, com
Marcelo Melo Pinho n. a 30/09/1975, Empresário no ramo de Auto
Escola, filho de Cláudio Pinho e de Maria Clara de Melo Pinho.
RAYMUNDO DA SILVEIRA CARVALHO, ( Raymundo Olímpio) (Tn.88),
filho do emérito Promotor de Justiça Dr. Antônio Ferreira de
Carvalho, viçosense de grande lastro na promotoria do Estado do
Ceará e de Rita Arruda da Silveira Carvalho (Bn. 34.). Nasceu em Ipu
(CE), a 25 de dezembro de 1905 e ai faleceu a 23 de setembro de
1973 . Viveu a maior parte de sua infância em Viçosa do Ceará.
Proprietário rural de grande destaque no município. Casou-se em
viçosa do Ceará com Francisca Fontenelle Pacheco Carvalho, de
tradicionais famílias da sociedade viçosense, nascida em Viçosa do
Ceará a 28 de abril de 1912 e ai faleceu a 30m de dezembro de 1984.
Era filha de Francisco Pindaíra Pachecoe de Maria Hermelina
Fontenelle Pacheco. Do ilustre casal nasceram os filhos: Maria das
Graças Carvalho Mapurunga;Ioneide Silveira Siqueira;Fernando
392
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Antônio Pacheco Carvalho; Maria Helena Silveira Fontenele; Hélio
Pacheco Carvalho; Raymundo da Silveira Carvalho Filho e Rita
Pacheco Carvalho, todos com descendência e com fundamentada
educação.
REGINA ALICE DE ARRUDA CORRÊA (Qn. 136),
Professora
Universitária, nascida em Fortaleza a 6 de janeiro de 1943, filha do
Dr. Raimundo Leopoldo Coêlho de Arruda Filho (Arrudinha) , (Tn.55)
e de Irene Barbosa de Arruda. Formada em letras e professora
universitária de português e francês. Casou-se duas vezes. A 1ª, em
1962, com Dr. Júlio Carlos de Miranda Bezerra, n. a 22/07/1938, em
Fortaleza (CE). Desembargador. A 2ª, em 1989, com Dr. Danísio
Dalton da Rocha Corrêa, n. a 14/07/1930, em Caucaia (CE). Médico,
filho de Edson da Mota Corrêa e de Janusa Rocha Corrêa.
REGINA DE FÁTIMA CAVALCANTE ARRUDA (Qn. 300.), Economista,
filha de Francisco Nilson Aguiar Arruda (Tn.132), Represetnate
Comercial, e de Iolanda Cavalcante Arruda. Nasceu em Fortaleza,
Ceará, no dia 27 de dezembro de 1953. Formada em Ciências
Econômicas pela Universidade de Fortaleza - Unifor. Casou-se com
Heráclito Veras de Sousa Júnior, nascido em 27/08/1955, na Parnaíba, PI,
filho de Heráclito Veras de Sousa e de Maria Rosa Borges de Souza.
REGINA ELISABETH ARRUDA GIRÃO (Qn. 299.), Advogada, , filha de
Francisco Nilson Aguiar Arruda (Tn.132), Represetnate Comercial, e de
Iolanda Cavalcante Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, em 11 de
setembro de 1952. Formada em Ciências Jurídicas e Sociais pela
Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará. Casou-se com
Eraldo José Andrade Girão, n. a 08/01/1958, filho de João Perboyre
Teófilo Girão211 e de Odete Andrade Girão.
211
João Perboyre Teófilo Girão, n. a 14.10.1908, filho de Luís Damasceno Girão e de Isabel Teófilo
Girão (Belzinha). Casou-se com Odete Rabelo Andrade ( Odete Andrade Girão), n. a 05.03.1905, filha
de João Bezerra de Andrade e de Elisa Alice de Andrade ( Apud Girão, Gruilherme – Família Girão –
História e Genealogia/ Guilherme Girão. Fortaleza: ABC Editora, 2007, pg 429).
393
Dicionário Biográfico - Família Arruda
REGINA LÚCIA RIBEIRO JUAÇABA (Qn. 845.), filha de José Rodrigues
Ribeiro Filho, natural de Baturité, Ceará, e de Filomena Arruda Ribeiro
(Tn.310), de Massapê, Ceará, filha do Cel. João Arruda, pioneiro da
Industria no Ceará, e ex- prefeito de Massapê. Regina Lúcia, nasceu em
Fortaleza,, Ceará, no dia 18 de agosto de 1936. Casou-se com Jório
Gondim Juaçaba, filho de Carlos Garcia Juaçaba 212e Maria Monteiro
Gondim Juaçaba. Do enlace matrimonial nasceram quatro filhos: Dr.
Carlos Juaçaba Neto, Médico de grande destaque em Fortaleza; casado
com Claudine Passos Borges Juaçaba; Jório Juaçaba Júnior, Filomena
Regina Ribeiro Juaçaba e Ana Maria Ribeiro Juaçaba.
REGINA MARIA ARRUDA BASTOS MACHADO (Qn. 791.) Economista e
Bancária, n. a 16/11/1950 Fortaleza; economista e funcionária do Banco
Central; casou-se a 15/07/1972 em Fortaleza com Henrique Machado
da Ponte Neto, Agrônomo, filho de Juarez Jucá de Queiroz213 e Enedina
Machado Jucá. Nasceu em Crateús, Ceará, em 7 de maio de 1947.
Formado pela Escola de Agronomia do Ceará – UFC; funcionário do
Departamento de Obras Contra Seca –DNOCS, onde exerceu o cargo
de Diretor Adjunto. Do seu enlace nasceram quatro filhos: Daniel
Bastos Machado que casou-se três vezes. A 1ª, com Renata Hoyos
Camurça, da qual se separou, ela filha de Helcias Camurça Filho e de
Solange Hoyos Camurça. A 2ª, em Denver, Colorado, EUA, com
Carlos Garcia Juaçaba, n. a 31;07.1891, em São Bento dos Pareces, Maranhão,
comerciante em Fortaleza, casado com Maria Monteiro Gondim, n. a 24.01.1895, em
São gonçalo do amarante, Ceará, filha de Pedro Monteiro Gondim e de Isabel Sampaio (
Apud Girão, Raimundo – Famílias de Fortaleza, pg 349).
212
213
Juarez Jucá de Queiroz n. a 17/09/1917, em Quixadá (), agropecuarísta, filho de Melquíades
de Queiroz Pierre213 e de Ady Jucá de Queiroz. ;casou-se a 29/07/1941 com Enedina Martins
Machado n. a 15/12/1923, em São João da Serra (Piauí), filha de Henrique Machado da Ponte
n. a 23/09/1893, em Sobral () e fal. a 09/04/1977, em Crateús (). Agropecuarísta no Município
de Tamboril e de Francisca Martins da Ponte (Chicuta) n. a 08/02/1900 e fal. a 116/05/1964 (
filha de José Martins Sobrinho e de Ali Martins) ( Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol IV – Os Ferreira da Ponte, Tomo III).
394
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Marília Dutra de Sá Machado, filha de Gil Fernandes de Sá e de Marta
Maria Dutra de Sá. A 3ª, com Clarisse de França Martins Machado;
Filipe Bastos Machado , Analista de Sistemas e advogado; casado
com Galbéria Mourão Machado, filha de Pedro Rodrigues Mourão e
de Maria Neide Lobo Mourão; Camila Maria Bastos Machado,
Odontóloga, casada com Antônio Vieira de Resende Neto, filho de
Jefferson Guimarães de Resende e de Hercília Maria Nogueira de Resende
e João Henrique Bastos Machado , Advogado; casado com Lira Melo
Müller, natrual do Teresina, Piauí.
REGYNALDO ARRUDA SAMPAIO (Pn. 824), Engenheiro Agrônomo.
filho de Pedro Leite Sampaio e de Maria Mifran Arruda Sampaio (
Qn.376), nascido em Cajazeiras (PB), em 2 de maio de 1963. Iniciou
seus estudos em Cajazeiras, tendo concluído o curso de licenciatura
de 1º grau em Ciências no Centro de Formação de Professores da
UFPB, em Cajazeiras - PB, em 1983, e de Agronomia no Centro de
Ciências Agrárias da UFPB, em Areia - PB, em 1988. Após um ano de
atuação como Agrônomo na iniciativa privada, ingressou como aluno
no Curso de Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas da UFV, em
Viçosa-MG, o qual conclui em 1991. Em seguida, inscreveu-se para o
Curso de Doutorado em Fitotecnia, também da UFV, concluindo-o em
1996. Em janeiro de 1997, após aprovação em concurso público,
tomou posse como Professor Adjunto da UFRR, em Boa Vista-RR,
onde permaneceu por 6 anos. Ao longo deste período exerceu os
cargos de Chefe do Departamento de Fitotecnia, de Pró-Reitor de
Pesquisa e Pós-Graduação e de Vice-Reitor. Também, foi bolsista de
produtividade em pesquisa do CNPq. Em fevereiro de 2002, após
aprovação em Concurso Público, tomou posse como Professor
Adjunto do Instituto de Ciências Agrárias da UFMG, em Montes
Claros - MG, onde permanece até hoje. Atualmente é Professor
Associado III; bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq e
Membro da Câmara de Assessoramento Técnico em Agricultura da
Fapemig. Atua na área de Fertilidade e manejos de solos e lidero um
395
Dicionário Biográfico - Família Arruda
grupo de pesquisa cuja linha de atuação é a reciclagem agrícola de
resíduos de atividades urbanas e rurais. Casou-se com Adélia Maria
Vieira Guedes Sampaio, n. a 06/09/1962, formada em Economia
Doméstica.
RENATA ARRUDA PARENTE GIL (Pn.1159.), filha de Luís Ideburque
Mendes Parente, promotor de Justiça, e de Eliane Arruda Parente
(Qn.854), nascida em Fortaleza, Ceará, a 16 de julho de 1972.
Formada em Fonoaudiologia pela Universidade de Fortaleza – Unifor,
com especialização em Psicopedagogia também pela Unifor.; casouse com Luís Eduardo Gil Fernandes, nasceu em Montevidéu Uruguai, formado em Administração de Empresas pela Universidade
de Fortaleza. Atualmente Gerente de Empresa, filho de Jorge Luís Gil
Luzzo e de Lina Maria Fernandes de Gil.
RENATA COLLYER VASCONCELOS ARRUDA (Pn. 748), Fonoaudióloga,
filha de Francisco de Assis Vasconcelos Arruda ( Assis Arruda) (Qn.
237), autor da coletânea genealogia Sobralense, desta e e outras
obras, Membro da Academia Sobralense de Estudos e Letras – ASEL,
e de Silvéria Lopes Vasconcelos Arruda. Renata Collyer, nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 29 de novembro de 1982. Formada em
Fonoaudiologia, pela Universidade de Fortaleza - Unifor, em 2007.
Especialização em Audiologia pela Unifor, em 2008. Exerce suas
atividades profissionais no Hospital São Marcos, em Teresina (PI).
Casou-se a 25.08.2007, em Fortaleza, Ceará, com José Roberto Ponte
Sousa Filho, filho de José Roberto Ponte Sousa214e de Maria de
Fátima Rocha. Nasceu em Porto Velho (RO), a 23 de janeiro de 1984.
Foi Representante Comercial em Teresina (PI), da Empresa Euroflex
214
José Roberto Ponte Sousa, n. a 27/11/1963, em Sobral . Apresentador de programa na
Televisão, filho de Gentil Ponte Sousa e de Caetana Ponte Sousa. Casou-se a 05.12.1980, em
Sobral , com Maria de Fátima Rocha, n. a 05.07.1964, filha de Manoel Silveira Rocha e Elvira
de Jesus Rocha (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da
Ponte, Tomo I)
396
Dicionário Biográfico - Família Arruda
com Sede em Fortaleza (CE). Posteriormente fundou sua própria
Empresa Ponte & Arruda Representação LTDA. Atualmente é sócio da
Empresa Aço Crescente, com sede em Teresina, Piauí, na produção
de cadeira e móveis de aço. Do seu enlace nasceram dois filhos:
Samuel Collyer Arruda Ponte e Sabrina Collyer Arruda Ponte.
REYNALDO GUIMARÃES CARNEIRO (Pn.710), Empresário, filho de
Humberto Arruda Carneiro (Qn.205) e de Ana Guimarães Carneiro.
Nasceu em Sobral a 10 de janeiro de 1970. Formado em Ciências da
Computação, pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), em 1991.
Sócio da Empresa Hoteleira Itacaranha Hotel de Serra, com
empreendimento em Sobral e Fortaleza. Casou-se em Sobral a
20/07/1996 com Larissa Mont´Alverne Napoleão Carneiro, n. a
31/07/1971, em Sobral , filha de Gilberto Napoleão Parente e Silva215
e de Marta Saboya Mont´Alverne Parente e Silva.
RICARDO ANTÔNIO MEIRELES ARRUDA (Qn. 308.), Bancário, filho de
Fausto Aguiar Arruda (Tn. 133.) e de Maria Helena Meireles Arruda.
Nasceu em Fortaleza a 19 de março de 1956. Acadêmico de
Engenharia Mecânica da Faculdade de Engenharia da Universidade
Federal do Ceará. Funcionário do Banco Central.
RICARDO ARRUDA DE FIGUEIREDO (Qn. 249), filho de João Vidal
Figueiredo e de Maria Úrsula Arruda de Figueiredo (Tn.122), nascido
em Fortaleza, Ceará, a 16 de maio de 1935. Funcionário da Secretaria
da Fazenda do Estado do Ceará. Casou-se em Fortaleza a 19/03/1965
com Darilda Maria Ramos de Figueiredo, nascida a 23/09/1941, em
Souza (PB) e falecida a 07/01/1982, em Fortaleza, filha de Dário de
Almeida Ramos e de Hilda Pordeus Ramos.
215
Gilberto Napoleão Parente e Silva, filho de Humberto Napoleão Parente e Silva e de Maria
Pio Machado. Casou-se com Marta Saboya Mont´Alverne Parente e Silva, filha de José Maria
Mont´Alverne e de Maria Prudenciana Saboya (Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol
II, Os Gomes Parente, Tomo III, pg 654).
397
Dicionário Biográfico - Família Arruda
RICARDO DE ARRUDA NABUCO (Qn. 659.), Médico, nascido no Rio
de Janeiro, RJ., a 30 de julho de 1955, filho de Euclydes Nabuco,
natural de Ponte Nova, Minas Gerais, e de Maria Luisa Arruda
Nabuco ( Marilu), natural de Baturité, Ceará. Ricardo Arruda e Oficial
do Exército, casou-se no Rio de Janeiro, RJ., a 20 de dezembro de
1980, com Letícia Cancella Nabuco n. a 18/04/1954 no Rio de
Janeiro, filha de Lincoln Duarte Cancella e Irene Lourenço Cancella.
RICARDO JOSÉ AGUIAR ARRUDA (Bn. 43.), Comerciante e
Agropecuarista, filho de Antônio Florêncio de Arruda (
N. 18.) e de
sua 1ª esposa Francisca Maria do Carmo Aguiar. Nasceu na
localidade Oiticará município de Massapê a 24 de julho de 1876 e
faleceu em Fortaleza a 15 de outubro de 1951. Foi comerciante e
Agropecuarísta. Casou-se em lªs núpcias em 12/05/1898 com
Teodoro Carminda Araújo Arruda, filha de Miguel Araújo
Vasconcelos e de Francisca Cândida Dias ( Francisca Dias
Vasconcelos). Nasceu em Massapê a 16 de março de 1916. Ricardo
Arruda casou-se em núpcias com Maria da Conceição Aguiar Arruda,
nascida a 24/07/1900 filha de Manoel Lira Aguiar e de Francisca
Sousa Aguiar
RICARDO JOSÉ BRITO BASTOS AGUIAR DE ARRUDA (Qn. 324.), Juiz
Direito, filho do Deputado Manuel Aguiar de Arruda (Tn. 136) e de
Salete Brito Bastos Arruda. Nasceu em Fortaleza a 14 de junho de
1965. Casou-se a 07/05/1988 em Fortaleza com Maria Tereza
Vasconcelos Teixeira de Arruda Furtado, n. a 31/05/1966 em Fortaleza.
Psicóloga Clínica, graduada pela Universidade Federal do Ceará- UFC,
em 1998, filha de João Bosco de Arruda Furtado e de Maria Vanda
Teixeira de Arruda Furtado, ambos de Baturité, Ceará.
RICARDO JOSÉ CAMPELO ARRUDA (Qn. 290.), Empresário, filho de
Gerardo Vasconcelos (Tn.130), natural do Ceará, era comerciante em
398
Dicionário Biográfico - Família Arruda
São Luís (MA), onde residia, e de Mariana Raimunda Campelo Arruda.
Nasceu em Viana, Maranhão, a 13 de outubro de 1953. Formou-se
em telecomunicações pela Escola técnica federal do maranhão.
Trabalha na CAEMA – Companhia de água e esgoto do maranhão.
Atualmente é proprietário de uma fábrica de produtos de limpeza.
Casou-se duas vezes. A 1ª com Maria do Socorro Lima Gomes. A 2ª
com Marilene Evaristo Cavalcante Arruda.
RICARDO JOSÉ DE ARRUDA NETO (Qn. 278), bancário, filho de
Miguel Vasconcelos Arruda (Tn.128), foi comerciante em Cajazeiras,
PB., onde residia e teve uma grande participação na vida ativa do
Município, e de Francisca Ferreira Arruda. Nasceu em Ipaumirim (CE),
a 28 de dezembro de 1947. Formado em Filosofia pela Faculdade de
Filosofia de Cajazeiras, PB. Funcionário aposentado do Banco do
Nordeste e Radialista. Membro do Lions Club Internacional, do
Instituto Cultural do Oeste Potiguar e da Sociedade Brasileira de
Estudos do Cangaço. Casou-se com Maria Vanuzia Garcia Arruda, n.
a 06/03/1961, formada em pedagogia com Licenciatura em Letras.
RICARDO NILSON CAVALCANTE ARRUDA (Qn. 298.), Empresário de
Plucidade, filho de Francisco Nilson Aguiar Arruda (Tn.132), que foi
Representante Comercial por muitos anos do Grupo Ângelo Figueiredo
de Fortaleza e de Iolanda Cavalcante Arruda. Ceará. Nasceu em
Fortaleza, a 27 de agosto de 1949. Proprietário de uma Empresa
Publicitária em Teresina (PI). Casou-se com Verônica Gentil Arruda, n. a
27/12/1952, filha de Antônio José Gentil e Leda Rocha Gentil. Pais de:
RITA ARRUDA D’ALVA MARTINS RODRIGUES (Pn. 742), Promotora
de Justiça, filha de Francisco das Chagas d' Alva e Souza e de Maria
do Socorro Arruda d' Alva (Qn.236).. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 4
de março de 1969. Bacharelou-se em 1990 em Direito pela
Universidade Federal do Ceará. Em 1996, ingressou através de
concurso público nos quadros da carreira do Ministério Público do
399
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Estado do Ceará, tendo exercido função de Promotora de Justiça nas
Comarcas de Cariré, Barbalha, Sobral e Aquiraz. Casou-se a
13/12/1998, em Fortaleza, com Dr. Carlos Roberto Martins
Rodrigues Sobrinho, Médico, filho do renomado médico Dr. Paulo
Marcelo Martins Rodrigues e de Cláudia Maria Aderaldo Martins
Rodrigues. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 10 de maio de 1965,
Formado pela Universidade Federal do Ceará, em 1990. Em 1992,
após concluir o Curso de Residência em Clínica Médica na
Universidade Federal do Ceará, foi aprovado em seleção para o
Curso de Residência Médica do Instituto do Coração - INCOR na
cidade de São Paulo, onde cursou Residência médica em cardiologia.
Em seguida fez o Curso de Doutorado e defendendo tese sobre o
tema “Estudo do Quimioreflexo na Cardiopatia Hipertensiva”, em
2001. Em 2004, prestou concurso público para professor da
Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, aonde vem
exercendo a função de Diretor Clínico do Hospital Universitário
Walter Cantídeo.
RITA ARRUDA DA SILVEIRA CARVALHO (Bn. 34), nasceu em Viçosa
do Ceará a 28 de julho de 1873 e faleceu a 12/03/1945, na mesma
cidade. Era filho de Raymundo Benício da Silveira e de Maria Quitéria
de Arruda Silveira (N.15), de famílias de alta representatividade na
sociedade local. Casou-se em Viçosa do Ceará, no dia 21 de julho de
1894, com Antônio Ferreira de Carvalho, Advogado, Promotor de
Justiça na Comarca de Ipu, Estado do Geará, nascido em Viçosa e
falecido no Estado do Acre, filho do Cel. Joaquim Ferreira de
Carvalho, este nascido em Sobral e falecido em Viçosa, e de
Raimunda Siqueira Carvalho, nascido e falecido em Viçosa do Ceará.
RITA FROTA NÓBREGA (Qn.125), nasceu em Fortaleza, Ceará, a 3 de
junho de 1926, filha do destacado médico no Estado do Ceará Dr.
José Ribeiro da Frota, natural de Viçosa do Ceará, e de D. Guiomar
de Arruda Frota (Tn.47). Nasceu em Fortaleza, Ceará. Neta paterna
400
Dicionário Biográfico - Família Arruda
do Desembargador José Gomes da Frota e de Primilívia da Silva
Frota, e neta pelo lado materno do historiador e político Dr.
Raimundo Leopoldo Coelho de Arruda e de Alice Cavalcante de
Arruda. Casou-se com João Firmino Ribeiro da Nóbrega, Engenheiro
Civil, nascido em Fortaleza, a 3 de agosto de 1920 e falecido na
mesma cidade a 03 de setembro de 1983, filho do ilustre juiz de
direito Dr.Raimundo Garrido da Nóbrega216 e Maria Dantas Ribeiro
da Nóbrega. Neto também, pelo lado paterno, de um
Desembargador João Firmino Dantas Ribeiro, que foi presidente do
Tribunal de Justiça do Ceará.
ROBÉRIO LINHARES ARRUDA, (Pn. 1249.), n. a 12/09/1961, em
Sobral, filho de Antônio Arruda Neto e Rita Odete Linhares Arruda.
Engenheiro Civil e Empresário de destaque no setor imobiliário e
Construção Civil, em Manaus (AM) com a construtora Arruda
Guimarães Ltda. Presidente da Comissão de Material do Sindicato da
Indústria da Construção Civil do Amazonas SINDUSCON-AM, para o
Triênio 2007/2009. Diretor suplente da Federação da Indústrias do
Estado do Amazonas para o quadriênio 2003-2007.Robério tem sido
um exemplo de empreendedorismo para os jovens , que como ele,
nasceram no interior e buscam com determinação realizar seus
sonhos. Alicerçado nos exemplos de seus pais, que não mediram
esforços em mantê-los nos melhores colégios, lutam por seus
objetivos, seguindo firme no ideal que o homem tudo pode. hoje
ostentam uma condição invejável diante de muitos que tinham
melhores condições financeira e não souberam aproveitar as
oportunidades que lhes foram oferecidas. Casou-se com Lesley
Menezes Arruda, n. a 09/07/1967, em Eirunepé-AM.
216
Raimundo Garrido da Nóbrega, Juiz de Direito, casou-se a 18.07.1918 com Maria Dantas
Ribeiro da Nóbrega, n. a 26.01.1890, em Baturité (CE), filha do Desembargador João Firmino
Dantas Ribeiro, Presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, e de Maria Lessa Barreira (Apud
Ribeiro, Valdir Uchoa, Genealogia da Família Barreira- Fortaleza: Premius Editora, 1999,
pgs 120 e 210).
401
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ROBERTA DE ALMEIDA SAID (Sn.189), Médica, filha de Deoclécio de
Azevedo Said, Engenheiro Químico, e de Heloísa Maria de Almeida
Said (Pn.267). Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 10 de novembro de
1980. formada pela Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte
(FMJ). Solteira.
ROBERTA MIKHAELLY MARQUES ARRUDA (Qn. 1174), Servidora
Municipal, filha de Francisco Waldiny Soares Arruda ( DIL) (Tn.453) e de
Margarida Vasconcelos Marques. Nasceu n. a 10/11/1980, em
Massapê; formada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do
Vale do Acaraú- UVA. Professora do Estado e da Prefeitura de Massapê.
Casou-se a 22/09/2000 em Massapê com Juvenal do Rosário Menezes
Neto n. a 14/10/1956, em Soquim-SE, filho de José Agostinho Curvêllo e
de Honorina do Rosário Curvêllo.
ROBERTO CÉSAR MARQUES ARRUDA (Qn. 1175.), Médico, filho de
Francisco Waldiny Soares Arruda ( DIL) (Tn.453) e de Margarida
Vasconcelos Marques. Nasceu em Massapê, Ceará, a 3 de abril de 1956.
Médico Gastroenterologista, formado pela Univiersidade Federal de
Salvador. Trabalha atualmente nos hospitais: 9 de julho; hospital das
Aids e hospital do Campo Limpo, na cidade de São Paulo e no hospital
de Ozasco, em São Paulo. Solteiro.
ROBERTO MASCARENHAS ARRUDA (Qn. 644.), Engenheiro Civil, filho
de José Coelho Arruda ( Zezé) (Tn.258) e de Marianita Mascarenhas
Arruda, natural de alcobaça (BA). Nasceu no Rio de Janeiro, RJ., no dia
26 de fevereiro de 1949. Casou-se no Rio de Janeiro a 09/01/1976,
com Vânia Galvão Mascarenhas Arruda n. a 30/10/1955 em Recife,
(PE), filha de Elba Nunes Galvão e Cacilda Gomes Galvão.
ROGÉRIO CARNEIRO ARRUDA (Pn.846), Médico, filho de Francisco das
Chagas Campelo Arruda, Médico, com Clínica a cidade Lagoa da Pedra
(MA), onde . reside, e de Ana de Lourdes Carneiro, médica, com
402
Dicionário Biográfico - Família Arruda
especialidade em Pediatria. Nasceu em São Luis (MA), a 2 de outubro
de 1973. Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade
Federal do Maranhão,com Residência em Gastroenterologia. Casouse com Laisa Moraes Arruda, farmacêutica e advogada.
ROGÉRIO CARVALHO FILHO (Sn.462), Matemático, filho de Rogério
Menezes de Carvalho Maria de Lourdes Carneiro Carvalho
(Lourdinha) (Pn.470.). Nasceu em Sobral, Ceará, a 23 de novembro de
1966. Formado em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará.
Professor de Pré-Vestibular. Casou-se em Fortaleza a 09/10/1987,
com Regina Lúcia Bezerra Carvalho, n. a 14/02/1965, filha de
Lourival Evangelista Bezerra e de Raimunda Bibiano Evangelista
Bezerra.
ROGÉRIO MORAIS DE ARRUDA (Pn.190), Engenheiro Civil, nascido a
25 de dezembro de 1970, filho de José Aldemir de Arruda Coelho
(Qn.93) e de Maria Aída Morais de Arruda, formado pela
Universidade de Fortaleza – Unifor. Iniciou suas atividades como
Engenheiro da Vincunha, onde trabalhou por um período de cinco
anos. Atualmente tem sua própria empresa de engenharia, com
sede em Fortaleza. Casou-se em Fortaleza, Ceará, a 10 de agosto de
1994, com Christina Bandeira Fernandes Távora de Arruda n. a
23/07/1971 em Fortaleza,filha de Antônio Fernandes Távora 217 e de
Consuelo Bandeira Fernandes Távora.
ROMEU ALDIGUERE DE ARRUDA COELHO (Pn.171), Advogado,
nascido em Fortaleza a 12 de setembro de 1970), filha do Dr.
Francisco Aníbal Oliveira Arruda Coelho (Qn.85), natural de Granja,
Ceará, professor aposentado da Universidade Federal do Ceará, e de
217
Antônio Fernandes Távora, filho de Almir Fernandes Távora e de Mavorita Barreto
Fernandes Távora, casou-se com Conuêlo Bandeira Fernandes Távora, filha de José Bandeira
Dantas e de Maria Consuêlo Dantas (pp).
403
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Márcia Aldigueri de Arruda Coelho. Formado em Direito pela
Universidade Federal do Ceará – UFC, em 1993. No mesmo ano foi
indicado pelo Governo Lúcio Alcântara para Superintendêcia
Estadual do Meio Ambiente do Estado do Ceará - SEMACE, onde
permaneceu até 2006. Posteriormente assumiu a Supereintência do
IBAMA de 1999 a 2002. Casou-se duas vezes. A 1º, a 17/10/1992,
em Fortaleza (CE) com Adriana Barbosa Creston de Arruda, da qual
se separou, era filha de Hélio Creston e de Mary Barbosa Creston. A
2ª, a 11/11/2006, em Fortaleza, com Juliana Frota Lopes de
Aldigueri Arruda, filha de Alberto Cid Gualberto Lopes e Maria
Nilcislene Frota Lopes.
RONALDO LUIZ ARRUDA SILVA (Pn. 841.), filho de Jurandir Francisco da
Silva e de Maria Helena Arruda Silva (Qn.630), nascido em Fortaleza,
Ceará, a 14 de abril de 1961. Iinstrutor de boxe e pesca submarinha.
Casou-se a 28/09/2005 com Ana Karla Mourão Maia Arruda, Advogada,
n. a 04/06/1969, em Cariré (CE), filha de Francisco Alverne de
Albuquerque Maia e de Maria Maroca Mourão Maia. Funcionária do
Tribunal de Justiça do Ceará.
RONALDO PONTES BARREIRA (Qn. 1070.), Médico, filho de Antônio
Turbay Barreira, Médico, professor da Faculdade de Medicina do
Ceará, e de Girany Yêda Pontes Barreira (Tn.406). Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 22 de fevereiro de 1940 e aí faleceu a 24 de junho
de 1992. Exerceu a medicina com muita seriedade, conquistando seu
espaço na Radiologia. Casou-se a 22/04/1967 com Alaíde Benevides
Barreira n. a 02/03/1940, filha do Desembargador Floriano Benevides
Magalhães e de Laíde Benevides Magalhães.
RONALDO PONTES BARREIRA FILHO (Pn. 1303.), Médico, filho de
Ronaldo Pontes Barreira ( Qn.1070), médico, e de Alaíde Benevides
Barreira. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 1º de abril de 1968.
404
Dicionário Biográfico - Família Arruda
S
SABRINA CARNEIRO MELO (Pn.714), Médica, filha de Antônio Aldo
Melo e de Teresinha Arruda Carneiro Melo (Qn.228). Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 06 de julho de 1978. Estudou as primeira letras
no colégio Stella Maris, transferindo-se, depois, para o colégio
Christus, onde cursou o primeiro e o segundo graus. Formou-se em
Medicina pela Universidade Federal do Ceará- UFC. Atualmente, faz
Residência Médica em Pediatria, na Universidade Estadual de São
Paulo – UNESP, em Botucatu.
405
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Concluiu os cursos de idiomas: francês, na Casa de cultura
francesa da UFC, e inglês, no Instituto Brasil- Estados Unidos- IBEU.
Frequentou cursos de música (dedicando-se ao piano e ao
violino) e de dança. Integrou o Coral Seios da Face, curso de extensão
universitária da Universidade Federal do Ceará- UFC, o qual, por dois
anos consecutivos- 1999 e 2000, conquistou o primeiro lugar, em
concursos disputadíssimos realizados nessa universidade.
SAMARA RANGEL DE CASTRO (Sn.202), Odontóloga, nascida em
Fortaleza a 19 de junho de 1972; filha do Dr. José Armando Mont’
Alverne Rangel ( Pn.326), Engenheiro Civil, e Maria do Carmo
Rodrigues Rangel, Empresária. Casou-se em Fortaleza, Ceará, com
Daniel Vieira de Castro, Médico, formado pela Universidade Federal
do Ceará, com especialidade em Radiologia. Nasceu em Fortaleza a
07 de junho de 1970.
SÂMEA CARNEIRO SOARES (Pn.699), Empresária, filha de Francisco
José Arruda Carneiro (Qn.202) e de Vera Maria Lopes Carneiro.
Nasceu em Sobral, Ceará, a 19 de setembro de 1973. Empresária na
Praça de Sobral com lojas de confecções. Casou-se a 30/04/1988 com
José Antônio Lopes Soares, n. 25/05/1965, em Sobral, Ceará.
Empresário com indústria de transformação da cal virgem, em
produtos de argamassa e supercal para pintura, filho de Antônio
Márcio Soares218e de Lys de Maria Lopes Soares.
SAMYR LOPES ARRUDA CARNEIRO (Pn.724), Médico, filho do
empresário Benedito Arruda Carneiro (Qn. 230), sobralense, um dos
pioneiros da indústria em Sobral, Ceará, e de Vera Cristiane Lopes
Carneiro, de destacada família da sociedade sobralense.
218
Antônio Márcio Soares, n. a 25.02.1940, filho de Francisco Hemetério Soares e de Isolina
Capote Soares. Casou-se em Sobral a 19.03.1965 com Lys de Maria Lopes Soares, n. em
Sobral a 25.03.1941, filha de Carlos Augusto Oliveira Lopes (Carlito) e de Maria Elisa
Mont´Alverne Lopes (Apud Osvaldo de Araújo – Esboço Genealógico do Casal José
Lourenço de Araújo e de Maria do Carmo Ade Araújo).
406
Dicionário Biográfico - Família Arruda
SANDRA MARIA LINHARES MESQUITA (Pn.494), contadora, bancária,
filha de José Maria Ribeiro Linhares ( Qn.169) e de Analdira da Ponte
Linhares. Nasceu em Sobral a 24 de junho de 1954. Formada em
ciências contábeis pela Universidade Vale do Acaraú- UVA.
Funcionária aposentada do Banco do Brasil. Casou-se em Sobral,
Ceará, a 23 de julho de 1983, com Francisco Cyro Mesquita,
Bancário, filho de Raimundo Mesquita Rodrigues e de Maria José
Mendes Moura, nascido em Groaíras, Ceará, a 26 de outubro de
1954. Funcionário do Banco do Brasil na Agência de Sobral.
SEBASTIÃO ARRUDA BOTO (Tn. 335.), filho de João de Andrade Boto,
natural de Sobral, Ceará, e de Antônia de Arruda Boto ( Bn.78), natural
de Massapê, Ceará. Sebastião de Arruda Boto, nasceu em Massapê,
Ceará, a 20 de janeiro de 1912 e faleceu em Fortaleza, Ceará, a 19 de
setembro de 1989. Casou-se com MAGALI JUSTA BOTO n. a 28/02/1912,
em Fortaleza e aí falecida a 11/10/2006, filha de José Gonçalves da Justa e de
Cristina Gonçalves da Justa. Pais de:
SEBASTIÃO DE ARRUDA GOMES (Tn. 358.), filho do empresário
Antônio Gentil Gomes, de Ubajara, Ceará, radicado em Fortaleza
onde inicialmente com comércio e posteriormente com um indústria,
e de Maria Noemízia de Arruda Gomes (Bn. 83.), também de
tradicional família fortalezense. Sebastião Arruda, nasceu em Sobral,
Ceará, a 11 de janeiro de 1926. Grande empreendor tanto no comércio
como Indústria. È citado pela Federação das Indústrias do Estado do
Ceará – FIEC, num trabralho intitulo – Os primórrdios da Industrialização
no Estado do Ceará - como dos pioneiros na Indústria Metal – Mecânico e
Material Eletrônico, juntamente com Djalma Guedes de Figueiredo, João
Clemente Fernandes, José Torquato Praxedes Pessoa e Ivan Moreira de
Castro Alves. Participou ativamente da criação do Sindicato das Indústria
Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico no Estado do Ceará SIMEC, em 24 de janeiro de 1972, pelo então Ministro dos Negócios do
407
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Trabalho e Previdência Social, e dela faz parte em várias Diretorias. No dia
20 de janeiro, dia de São Sebastião, a SIMEC, por meio de seus associados,
tendo à frente o presidente Ricard Pereira Silveira, o homenageou com
uma placa afixada na Sala Principal do Sindicato, que a partir de então,
recebeu o seu nome, num preito de gratidão aos relvantes serviços
prestados ao Sindicato. “ Expressivo homem de visão e humanitário, a
todos consquistou com sua simplicidade, incansável espírito de
colaboração e convivência enriquecedora,” palavras pronunciada pelo
então presidente da SIMEC, o Sr. Ricard Pereira da Silveira. Atuou na área
de contabilidade e atuária. Fundou a Termisa Industrial S. A, empresa
especializada na fabricação de balcões e câmeras frigoríficas,
refrigeradores comerciais e bebedouros insdustriais, dentre outros
produtos. Destacou-se no Simec, desde 1978, como conselheiro fiscal. Foi
diretor administrativo, diretor tesoureio e diretor setorial do Setor
Mecânico. O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de
Material Elétrico do Estado do Ceará ( Simec), instituiu a comenda
máxima da entidade com o nome de Sebastião de Arruda Gomes, e por
ocasião dos seus 40 anos de fundação, no dia 15 de fevereiro de 2012,
em solenidade bastante concorrida, fez a entrega da referida comenda
aos seus fundadores. A comenda Sebastião Gomes de Arruda, é
realmente mais uma justa homenagem que o Simec faz a um de seus
ilustres associados e fundador. Sebastião Arruda, casou-se em Fortaleza,
com Marilsa Góes Ferreira Gomes, filha do Dr. Antônio Ferreira Góes
Gomes e de Aristéia Gênova Ferreira, e de seu enlace matrimonial
nasceram cinco filhos: Antônio Gentil Gomes Neto, falecido solteiro;
Guilardo Góes Ferreira Gomes, Engenheiro Mecânico, casado com Elisa
Lombard Branco;. Cláudia Maria Góes Ferreira Gomes,
Fisioterapêuta;Ana Regina Góes Ferreira Gomes e Sebastião de Arruda
Gomes Filho..
SÉRGIO ARRUDA PAULA PESSOA (Sn.118), Engenheiro Civil, nasceu
a 3 de agosto de 1970, filha do Professor Francisco Amauri Carneiro
Paula Pessoa e de Maria Neyce Arruda Paula Pessoa (Sn.2628.),
408
Dicionário Biográfico - Família Arruda
formado pela Universidade de Fortaleza – Unifor. Atualmente
exerce o cargo de Diretor Administrativo do Laboratório e Clínica
Samuel Pessoa. Casou-se a 05/04/2000 e separou-se de Gláucia
Ferreira Leite, n. a 28/11/1968, filha de Raimundo Leite Silva219 e de
Maria Perpétua Leite da Silva.
SÉRGIO AUGUSTO SANTANA ARRUDA (Pn.
852.), Advogado e
Economista, filho de José Sérgio Furtado Arruda ( Qn.636), natural de
Teresina, Piauí, e de Eliane Gervita Resende Santana Arruda, natural de
Campo Maior (PI), nascida 4 de novembro de 1967, em Teresina (PI).
Funcionário da Justiça Federal do Ceará. Casou-se 11/12/1993 com Karla
Patrícia Martins Arruda n. a 24/02/1969, em Bom Jesus (PI), filho de
Francisco das Chagas do Nascimento Pinto e Maria do Perpétuo Socorro
Martins Pnto; advogada, funcionária da Justiça Federal.
SÉRGIO DANILO PONTES DE ARRUDA (Pn.181), Advogado, nascido
em Fortaleza a 08 de março de 1966, filho do Dr. Francisco José de
Arruda Coelho (Pn. 2384), Promotor Público, e de Maria Lúcia Pontes
Arruda Coelho. Neto paterno de José Huet de Arruda Coelho e de
Raimunda Fontenele de Arruda Coelho, materno de José Custódio
Pontes e de Maria Alda Vasconcelos Pontes, ambos de Massapê,
Ceará. Formado em Direito pela Universidade de Fortaleza - Unifor.
Casou-se duas vezes. A 1ª, com Verônica Leite Barbosa Cavalcante,
filha de Mansueto Cavalcante e de Carmem Leite Barbosa. A 2ª, com
Luciana Rocha de Arruda, Médica, nascida de 9 de novembro de
1974. Formada pela Universidade Federal do Ceará – UFC, com
especialidade em Patologia, filha de José Ferreira da Rocha e de Luzia
Gomes da Rocha.
SÉRGIO HENRIQUE ARRUDA CAVALCANTE FORTE (Pn. 685),
Bancário e Professor Universitário, filho de José Maria Cavalcante
219
Raimundo Leite Silva, filho de Raimundo Leite Silva e de Maria Leite, casou-se com Maria
Perpétua Leite da Silva, filha de Melquíades Ferreira Gomes e de Maria Ferreira Gomes (pp)
409
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Forte e de Marise Ribeiro de Arruda (Qn.219). Nasceu em Fortaleza,
Ceará, a 7 de agosto de 1957. Funcionário do Banco do Nordeste do
Brasil, professor da Universidade de Fortaleza- Unifor. Casou-se a
19/07/1984, com Ana Luce Barreira Forte, n. a 05/10/1957, filha de
Adalberto Ellery Barreira220e de Maria José Lima Barreira.
SÉRGIO LÚCIO MARIA ARRUDA (Qn. 678.), Advogado, filho de Luiz
Soares Arruda (Tn.268), natural de Batuirté, Ceará, e de Clice Itagyba
Arruda, de São João de Nepomuceno, Minas Gerais . Nasceu no Rio de
Janeiro, RJ., a 14 de julho de 1951. Casou-se a 22/10/1980 no Rio de
Janeiro com Ana Maria Pereira Arruda n. a 04/08/1956 no Rio de
Janeiro, filha de João Vicente Pereira e Odete Barroso Pereira.
SÉRGIO LUÍS ARRUDA PARENTE (Pn.1157.), Juiz de Direito, nascido
em Fortaleza, Ceará, a 18 de setembro de 1962, filho do Dr. Luís
Ideburgue Mendes Parente, Promotor de Justiça, e de Eliane Arruda
Parente.formado em Direito pela Universidade de Fortaleza
(UNIFOR). 2º Tenente do Exército Brasileiro. Foi advogado militante
exercendo suas atividades também no sindicato dos bancários em
Fortaleza. Atualmente é Juiz de Direito, Titular da 4ª Vara de Família
da Capital. Casou-se em Fortaleza, Ceará, com Vânia Leal Chagas
Parente, Administradora de Empresas, filha de Dilson Ponte Chagas e
de Maria Lady Leal Chagas. Vânia é formada em Administração de
Empresas pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Acadêmica de
Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC).
SILVANA FERNANDES ARRUDA (Pn.1598.), nasceu 1967, em João
Pessoa (PB), filho de José Luciano Arruda (Qn.1331), Bancário
aposentado do Banco do Brasil, e de Luzenira Fernandes Arruda
(Nirinha). Formada em Contabilidade na Universidade Federal da
220
Adalberto Ellery Barreira, n. a 19.10.1916 e fal., a 28.11.1978, cirurgião dentista, filho de
Ignácio Barreira Nanan e de Cora Ellery Barreira. Casou-se com Maria José Lima Barreira,
química-farmacêutica (Apud Ribeiro. Valdir Uchoa – Genealogia da Família Barreira/ Valdir
Uchoa Barreira.- Fortaleza: Premius Editora, 1999,, pg 226)
410
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Paraíba. É funcionária da Caixa Econômica Federal, em João Pessoa,
onde é Gerente de Clientes de Personalizados. Casou-se em
07/01/1987, com Henrique de Paula Neto, n. a 08/04/1965, em
Fortaleza, eará. Funcionário da Receita Federal da Paraíba, em João
Pessoa, exercendo o cargo de Auditor Fiscal, filho de Ivan de Castro
Paula221 e de Maria de Loudes Figueiredo Paula.
SILVANA MARIA ARRUDA PAULA PESSOA (Sn.115) nasceu em
Sobral a 07 de maio de 1963, filha do Professor Francisco Amauri
Carneiro Paula Pessoa e de Maria Neyce Arruda Paula Pessoa
(Sn.2628.). Formada em Pedagogia com especialização em Medicina
Tradicional Chinesa, pela Universidade Estadual do Ceará. Casou-se
duas vezes. A 1ª, a 25/05/1982, em Ubajara (CE), com Joaquim
Nabuco Lobão Pereira, n. a 06/04/1955, em Ubajara (CE), do qual
se separou, ele filho de Joaquim Nabuco Pereira e de Julieta de
Lobão Pereira. A 2ª, com Pedro Fernandes da Costa, Empresário,
filho de Manoel Valente da Costa e de Maria Júlia Fernandes da
Costa.
SILVANA PONTES FÉRRER (Pn.1614), filha de Messias Araújo Pontes
(Qn.1344), Jornalista, e de Maria Alves Pontes ( Nilma). Nasceu em Fortaleza,
Ceará, a 11 de junho de 1969. Formada em Administração de Empresas pela
Universidade Christus. Pós-graduação de Pequenas e Médias Empresas, pela
UNIFOR Funcionária pública na Câmara Municipal de Fortaleza. Casou-se, em
28/04/1986, com José Osvaldo Correia Férrer, n. em Fortaleza CE), aos
28/06/1957, Engenheiro Elétrico, chefe do Departamento Institucional da
Companhia Energética do Ceará (COELCE)., filho de Osvaldo Férrer Sobrinho e
de Josefa Correira Férrer.
221
Ivan de Castro Paula, filho de Henrique de Paula e de Julieta de Castro Paula. Casou-se com
Maria de Loudes Figueiredo Paula, filha de José Osvaldo Figueiredo e de Maria Petronília
Vasconcelos Figueiredo (Apud Pereira, Danilo – Memorial genealógico familia Antônio Barreto Arruda
– Fortaleza, 2005, pg 39).
411
Dicionário Biográfico - Família Arruda
SÍLVIA HELENA VASCONCELOS ARRUDA ALBUQUERQUE (Qn.600.),
Pedagóga, natural de Massapê, Ceará, filha de José Vasconcelos Arruda
(Tn.191) e de Maria Auxiliadora Vasconcelos Arruda. Formada em
Orientação Educacional, pela Universidade Vale do Acaraú -UVA. Casouse a 09/10/1987, em Massapê, com Adalberto Albuquerque Neto, n. a
18/01/1960, em Massapê, Ceará, filho de Francisco Felinto Aguiar222 e de
Maria de Lourdes Pontes Albuquerque.
SILVIA MARIA ALVES MATOS (Pn. 268.), Médica, nascida em Piripiri,
Piauí a 28 de junho de 1945, filha de Francisco Itamar Alves e
Raimunda Zilma Parente Alves (Qn. 990). Formada em Medicina pela
Universidade Federal do Piauí, onde vem exercendo suas atividades
em Pediatria. Casou-se em Teresina a 9 de outubro de 1967 com
Humberto dos Santos Matos, Médico, nascido a 27 de janeiro de
1940, filho de Rogério de Castro Matos e de Antonieta Marques
Matos, ambos naturais de Piauí. Formado em Medicina pela
Universidade Federal de Recife. Exerce suas atividades em Teresina
médica em obstetrícia.
SÍLVIO ROBERTO PARENTE ALVES (Pn.375), Médico, nascido em
Teresina a 05 de julho de 1963, filho de Francisco Itamar Alves e de
Raimunda Zilma Parente Alves (Qn. 990). Formado pela Faculdade
de Medicina da Universidade Federal do Piauí, com especialidade
em anestesiologia. Casou-se em Teresina, Piauí, a 09 de julho de
1983, com Maria das Mercês Silveira e Sousa Alves, Médica,
nascida em Teresina a 27 de outubro de 1963, filha de Manoel Lúcio
Sousa Neto e de Maria Reis da Silveira e Sousa. Formada pela
Universidade Federal do Piauí, com especialidade em Anestesia.
222
Francisco Felinto Aguiar
412
Dicionário Biográfico - Família Arruda
T
TAMARA MENEZES ARRUDA (Pn..852.), Engenheira de Computação, filha
de Raimundo Nonato Campelo Arruda (Qn.286), natural de Viana
(MA), Engenheiro de Telecomunicações, professor do CEFET, e de sua
1ª mulher Francisca Deuzimar Menezes Arruda. Nasceu em São Luís
(MA), a 17 de setembro de 1978. Formada em Engenharia da
Computação, Mestre em Engenharia Mecânica Aeronáutica pelo ITA,
Doutora em Engenharia Mecânica Aeronáutica pelo ITA.
413
Dicionário Biográfico - Família Arruda
TÂNIA GARDÊNIA COSTA DE VASCONCELOS (Pn.951), Professora,
filha de José Ferreira Vasconcelos Neto (Qn.321) e de Meire Félix Costa
Vasconcelos. Nasceu em Sobral a 9 de janeiro de 1979. Formada em
Letras pela Univerisdade Vale do Acaraú, em 2000, Casou-se a
09/12/2000, em Sobral e separou-se de Pedro Henrique Muniz
Fernandes Magalhães, n. a 06/01/1972, em Sobral , filho de
Francisco Magalhães e de Terezinha Muniz Fernandes Magalhães.
Sem sucessão. Posteriormente casou-se com
Oliveira Júnior,
comerciante, em Timon, Maranhão.
TARCÍSIO AGUIAR LINHARES (Sn.2055.), Empresário, nasceu em
Sobral a 25 de setembro de 1944, filho do comerciante Francisco
Linhares Neto (Pn.2133) e de Margarida Ferreira Aguiar Linhares. Fez
seus primeiros estudos em Sobral e em virtude de sua tenacidade
para o negócio, habilidade natural da família. Despertou ainda muito
cedo, para a atividade comercial. Iniciou a trabalhar num depósito
de arroz frente ao antigo mercado público ( no bairro do junco).
Observando como se fazia transação daquele negócio, com os
Estados do Piauí e Maranhão, o seu pai facilitou seu ingresso na
atividade comercial e transporte do arroz a ser negociado em Sobral
e Zona Norte do Estado.
Passou muito tempo viajando,
semanalmente, para Dom Pedro no Maranhão, onde já estava
estabelecido com uma loja de carros e pneus chamada “ Dispvel” (
distribuidora de pneus e veículos Ltda) . Depois abriu uma outra loja
“ Vepil” ( Veículos do Piauí Ltda) em Teresina e fechou a de Dom
Pedro. O Passo seguinte era se estabelecer definitivamente na Praça
de Sobral com a loja de carros denominada “Cosvel”, revendedora
de carros novos e usados de grande conceito em Sobral e na Zona
Norte do Estado. Atualmente possui a “Yume” uma autorizada da
Mitsubishi. Casou-se a 19/06/1969, em Sobral, com Lúcia Maria
414
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Prado Linhares, da qual divorciou-se, filha de Francisco Aragão
Prado223 (Agenor Prado) e de Raimunda Freire Prado.
TARCÍSIO AGUIAR LINHARES FILHO, Médico, nascido em Sobral,
Sobral, em 28 de junho de 1979, filho do empresário de destaque em
Sobral Tarcísio Aguiar Linhares (Sn.2055.) e de Lúcia Maria Prado
Linhares, Estudou no Colégio Sobralense durante toda adolescência.
Em 1995 foi morar em Fortaleza para fazer o ginásio no colégio
Christus. Foi aprovado no vestibular para medicina na Universidade
Federal da Paraíba onde morou até o ano de 2007(ano de sua
formatura). No ano de 2008 serviu, como médico, as forças armadas,
no Grupamento de Engenharia de construção em João pessoa-PB.
Em 2009 mudou-se para São Paulo para cursar a residência médica
em otorrinolaringologia. Em 2012 voltou para o Ceará aonde vem
clinicando na empresa otoplasticlinic, como otorrinolaringologista.
Casado com Eveline Valeriano Moura Linhares, nascida em
01/06/1983, em Arco Verde-PE, filha de Roberto Ivo Moura e Hosana
Valeriano Moura. Médica ginecologista e obstetra, formada Pela
Universidade Federal da Paraíba, atualmente trabalhando em sua
clinica em Fortaleza.
TERESA CRISTINA GONDIM MORENO (Pn.93), Odontóloga, nascida
a 1º de fevereiro de 1962, filha de Benedito Hermogênio Moreno e
de Maria do Socorro Ramos Gondim (Qn.64), formada em
Odontologia pela Universidade Federal do Maranhão, casou-se com
Mário Henrique Pires Souza, n. a 09/06/1961, Economista, Filho de
Dejacir Nogueira de Souza e de Maria Lucineide Pires Souza.
223
Francisco Aragão Prado(Agenor Prado), filho de Raimundo do Nascimento
Prado e de Maria Aragão Prado. Casou-se a 12.08.1950 com Raimunda Freire Prado, filha de
Alberto Eduardo Freire e de Filomena Correia Lima.
415
Dicionário Biográfico - Família Arruda
TERESA MÔNICA CARVALHO ARRUDA MARTINS (Qn. 811.), filha de
Juarez Távora Arruda ( Tn.306) e de Marcelina Isabel Carvalho Arruda,
nascida em Fortaleza, Ceará, a 27 de maio de 1964. Formada em
Filosofia pela UECE. Casou-se com Marcos Antônio Almeida Martins,
Radialista, n. a 11/07/1961 em Monsenhor Tabosa (CE). Funcionário
da CEQUIP, filho de Edgar Timbó Martins e Raimunda Laís Almeida.
TERESA REGINA LIMA ZAMITH (Qn. 792.), Professora, filha de Nelson Lima
e de Maria Francisca Teresa Távora Arruda Lima (Tn.304). Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 23 de setembro de 1951. Professora normalista. Casouse a 31/03/1973 no Rio de Janeiro, com Júlio Ferraz Zamith, Advogado,
n. a 17/03/1945 em Nova Friburgo (RJ), filho de Júlio Américo do Lago
Zamith e Romilda Ferraz Zamith.
TERESINHA ARRUDA CARNEIRO MELO (Qn.228),Médica, filha de
Pedro Aguiar Carneiro e de Maria da Conceição Arruda Carneiro (Tn.
108). Nasceu em Sobral, Ceará, a 16 de julho de 1937. Formou-se em
Medicina pela Universidade Federal do Ceará- UFC. Fez Residência
Médica na Universidade Federal de Ribeirão Preto, SP. Curso de
Espcialização em pediatria durante dois anos. Médica do Ministério
da Saúde, Instituto José Frota e Prefeitura Municipal de Fortaleza.
Casou-se a 09/12/1972 com Antônio Aldo Melo, Engenheiro
Agrônomo, nascido em Ipueiras-Ceará, no dia 23 de fevereiro de
1935, filho de Antônio Crisóstomo Melo e de Maria de Lourdes Pinho
Melo. É formado pela Escola de Agronomia da Universidade Federal
do Ceará- EAUFC, atual Centro de Ciências Agrárias da Universidade
Federal do Ceará-CCAUFC, turma de 1963. É bacharel em
Administração Pública pela Universidade Estadual do Ceará – UECE,
turma de 1976. Iniciou sua vida profissional como agrônomo na
Superintendência do Desenvolvimento Econômico do Estado do
Ceará – SUDEC, onde permaneceu poucos meses, pedindo rescisão
de contrato para poder se dedicar mais ao magistério oficial e
particular, em Fortaleza. Em janeiro de 1965, foi designado para
416
Dicionário Biográfico - Família Arruda
ocupar o cargo de Diretor do Departamento de Pesos e Medidas da
Prefeitura Municipal de Fortaleza, recém-criado, o qual exerceu até
abril de 1970, quando este órgão foi autarquizado, com o nome de
Instituto de Pesos e Medidas de Fortaleza – IPEM – FORTALEZA,
conveniado com o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e
Qualidade Industrial – INMETRO. Aldo Melo foi também o seu
primeiro superintendente. Nesse período, em conseqüência do bom
desempenho de sua equipe no Estado do Ceará, o INMETRO o
delegou seu representante nos estados do Piauí, Maranhão, Pará,
Amazonas e nos, então, Territórios do Amapá, Roraima e Acre.
Nessas Unidades Federativas, instalou organismos metrológicos e,
para dirigi-los, nomeou colegas agrônomos e administradores de
reconhecida competência. Permaneceu na direção geral dessas
repartições públicas, de 1970 a 1986. No Governo do Estado do
Ceará ocupou os seguintes cargos: 1 – No Instituto de Previdência do
Estado do Ceará –IPEC: - Diretor de Arrecadação – de janeiro de 1988
a junho de 1990; - Diretor da Diretoria Administrativa e Financeira –
de junho de 1990 a maio de 1991; 2 – Na Secretaria da Administração
do Estado do Ceará – SEAD: - Diretor Administrativo e Financeiro. De
junho de 1991 a janeiro de 1995.
Foi aprovado em concurso público para o Banco do Nordeste do
Brasil e para cargo de carreira do Magistério Oficial do Estado do
Ceará. Ministrou e participou de vários cursos nas áreas de
administração, educação e metrologia legal.
Foi agraciado com os seguintes títulos: - Medalha de Mérito
Administrativo, conferida pela Prefeitura Municipal de Fortaleza,
quando Superintendente do IPEM, em 1971; - Grande Colaborador
da Cultura Portuguesa, conferido pelo Conselho Superior da
Academia Antero de Quental, por ocasião da passagem do IV
centenário de morte de Luis de Camões. Abril de 1980, em São PauloSP e- Honra ao Mérito Administrativo, conferido pelo Instituto de
Pesos e Medidas de Fortaleza, em outubro de 1995, Fortaleza-CE.
Atualmente, está aposentado e reside em Fortaleza – Ceará. Pais de:
417
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Antônio Aldo Melo Filho; Juliana Carneiro Melo e Sabrina Carneiro
Melo, todos médicos.
TERESINHA ARRUDA LIRA (Qn. 1410), nascida em Camocim (CE), a 5
de março de 1928, filha de José Peregrino Lira e de Maria José Arruda
( Tn.543), nasceu na residência de seus avós, quando sua mãe foi
descançar na boa companhia de seus pais. Permanceceu em Massapê
até 1951, quando veio residir em Fortaleza. Em 1955, após o
falecimento de seu paí, foi residir com sua mãe, então viúva, em
Camocim, para dar uma maior assistência a sua avó Ana Excelsa
(Nana), ficando em Camocim até 1962, quando veio trabalhar na
REFESA, emprego conseguido pelo seu tio José Clodoveu Arruda.
Trabalhou nessa Empresa até sua aposentadoria , em 1987. Pessoa
muito familiar. Acompanha a vida dos irmãos, sobrinhos e demais
parentes com muito carinho. Vem desenvolvendo um trabalho de
pesquisa genealógica sobre a família Lira Aguiar , que pretende
publicar com o seu primo Ésio de Souza. Publicou um pequeno
opúsculo “ Centenário de Nascimento e Genealogia de José
Peregrino - !901- 2001”, que contribuiu para a atualização da 3º
Edição da Genealogia da Família Arruda. Contribuiu, ainda, com o
levantamento de dados e outras informações para o Livro “ Capitão
– Mor José de Xerez Furna Uchoa – O Introdutor do Café no Ceará –
O Homem e
seu Tempo -1722-1797, em 2008, do escrritor Ésio de Souza. É uma
daquelas pessoas aficionadas pela genealogia da família, e admira
àqueles que de uma maneira ou de outra contribui para o
esclarecimento da historiagrafia da familia. Meu tributo pessoal pela
atenção e o carinho que temos rebedido, nossa gratidão.
Comemorou seu aniversário de 80 anos com simplicidade laureada
por seus famíliares, rogando a Deus por toda abênção que tem
recebido em sua vida. Reside em Fortaleza com sua querida irmã
Miriam, ambas solteiras, com muita harmonia e serenidade.
418
Dicionário Biográfico - Família Arruda
TERESINHA PONTES DIAS (Tn. 362.), filha de Raimundo Rodrigues
Pontes ( Doca Pontes), foi comerciante de destaque em Sobral, e de
Clotilde Arruda Pontes (Bn.84), massapeense, de destacada família
na sociedade. Nasceu em Sobral, Ceará, a 3 de maio de 1929. Casouse a 11/07/1949 em Sobral, com o comerciante Antônio Deusdeti
Dias, nascido em Sobral, Ceará, a 25 de abril de 1927 e faleceu a
12/01/1964, em Fortaleza. Foi comerciante no ramo de tecido, em
Fortaleza, filho de Pedro Dias da Ponte224e de Maira Alves Dias (
Mocinha Dias da Ponte.
TEREZA DE JESUS VIANA VASCONCELOS (Qn. 345.), Bancária, filha de
Francisco Arruda Vasconcelos (Tn.144.)
e de Suzete Viana
Vasconcelos. Nasceu em Sobral a 15 de setembro de 1969. Formada
em Matemática, pela Universidade do Vale do Acaraú - UEVA.
Funcionária do Banco do Brasil. Casou-se a 31/12/1994, em Sobral ,
com Carlos Augusto Feitosa Guimarães, Bancário, filho de Artur
Guimarães e de Anita Feitosa Guimarães. Nasceu em Groaíras, Ceará,
a 28 de julho de 1955. Funcionário do Banco do Brasil, onde exerceu
a Gerência da Agência de Sobral por alguns anos.
THEODORA THAYS ARRUDA CAVALCANTE (Pn. 808), Odontóloga,
filha de Raimundo Vasconcelos Arruda Júnior (Qn.272) e de Maria
Madalena Prado Arruda. Neta paterna do Dr. Raimundo Vasconcelos
Arruda, Médico, professor da Universidade Federal do Ceará, e de
Odete de Almeida Arruda, e materna de Clóvis Aragão Prado,
comerciante que de destaque em Sobral na área de auto peças de
automóveis, e de Maria Diva Ximenes Prado, ambos sobralenses.
224
Pedro Dias da Ponte n. a 06/07/1901, em Sobral, filho de João Dias de Carvalho Sobrinho e de
Maria do Carmo da Ponte. ;casou-se a 18/05/1926 com Maria Auta Dias da Ponte (Mocinha Dias
da Ponte) n. a 12/09/1903, filha de Vicente Cesário Alves Pereira (filho de Cesário Alves Pereira e
de Maria Carolina de Souza) e de Raimunda Maria Alves Rodrigues (filha de Joaquim José
Rodrigues e Inácia Raimunda Xavier)(Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol IV, Os
Ferreira da Ponte, Vol VI, pg 1028)
:
419
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Nasceu em Sobral, Ceará, a 2 de agosto de 1980. Formada pela
Universidade de Fortaleza - UNIFOR e Mestrado em Microbiologia
Médica pela Universidade Federal do Ceará, em 2007. Casou-se a
20/01/2008 com Carlos Henrique Aragão Cavalcante, Advogado,
filho de Ernani Cleiton Carvalho Cavalcante e de Clery de Aragão
Cavalcante. Nasceu em Sobral, Ceará, a 28 de fevereiro de 1982.
TIAGO BASTOS VASCONCELOS ARRUDA (Pn. 1079.), filho de
Francisco de Assis Germano Arruda (Qn.789), Bancário, ex- diretor do
Banco do Nordeste do Brasil, e de Maria Idalba Bastos Vasconcelos
Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 23 de abril de 1980. Diretor de
arte da Advance de Comunicações, estudante de Design gráfico,
casado com Rebeca Parente Saboia Arruda, fisioterapeuta, nascida
em Sobral, Ceará, a 19 de novembro de 1981, filha do empresário
Francisco Chucha Souza Saboia e de Terezinha Parente Saboia,
ambos sobralenses.
TRAJANO AUGUSTO DE ALMEIDA FILHO (Pn.266), Médico, nascido
em Fortaleza, Ceará, a 25 de abril de 1949, filho do Dr. Trajano
Augusto de Almeida, Médico de renomato conceito em Fortaleza, e
Alice Frota Almeida ( Qn.122). Formado pela Faculdade de Medicina
da Universidade Federal do Ceará. Casou-se duas vezes. A 1ª com
Ângela Romcy de Almeida, n. a 14/05/1954, em Fortaleza (CE), da
qual se separou, filha de Antônio Romcy e de Elza Dibe Romcy. A 2ª
com Rita de Cássia Araújo de Almeida, n. a 22/03/1973, filha de
Adilson Pinho e de Francisca Cavalcante de Araújo.
A História da Clínica Trajano Almeida remonta ao ano de 1946
quando Dr. Trajano Augusto Almeida (pai) e Dr. Carlos Alberto
Studart Gomes, ambos Pneumologistas e exercendo mais
intensamente a área de Tuberculose (Tisiologia), adquiriram em
1946, da viúva do Dr. Lineu Jucá, falecido neste ano, sua clínica
radiológica então situada à rua Floriano Peixoto, 932, Centro. Dr.
Lineu Jucá inaugurou esta clínica em 1936 tendo sido o primeiro
420
Dicionário Biográfico - Família Arruda
médico a exercer radiologia como especialidade exclusiva no Ceará.
A radiologia estava nos seus primórdios.(Descoberta dos Rx em
1895).
A Clínica passou a denominar-se de Instituto de Radiologia
Lineu Jucá em homenagem ao grande radiologista. A partir de 1975,
inaugurou-se a fase mais moderna com a cooperação de Doutores
ilustres da radiologia cearense Dr. Trajano Almeida Filho, José
Joaquim Frota de Almeida, José Jurandyr Cardoso e José Wilson
Medeiros, todos pertencentes a linhagem nova da radiologia com
pós graduação no Sul do país e no exterior.
Em 1988, sob a direção exclusiva dos Drs. Trajano Almeida e
Joaquim Almeida, a Clínica inaugurava sua nova e moderna sede à
Av. Dom Luiz, Aldeota, projetada e construída dentro dos mais
rígidos padrões arquitetônicos de versatilidade e segurança. Passou,
então, a chamar-se de Clínica Trajano Almeida.
Na sua fase contemporânea, a Clínica cresceu muito, dispondo
atualmente das mais modernas aparelhagens para os mais
diversificados exames nas áreas da Radiologia Digital, Mamografia
Digital, Estereotaxia, Ultrassonografia, Doppler Colorido, Tomografia
Computadorizada Multislice, Densitometria Óssea e Ressonância
Magnética.
ULISSES COSTA DE VASCONCELOS ( Pn. 952). Analista de Sistema,
filho de José Ferreira Vasconcelos Neto (Qn.321) e de Meire Félix Costa
Vasconcelos. , n. a 20/10/1982, em Sobral. Formado em Ciências da
Computação pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), em
2008. Especialização em Engenharia de Software pela Faculdade do
INTA, em Sobral . Casou-se a 12/01/2008, em Sobral, com Natália
Fernandes Vasconcelos, n. a 19/06/1987, em Ubajara . Acadêmica de
Química pela Universida Estadual Vale do Acaraú - UVA, filha de José
Fernandese de Luíza Maria Fernandes.
421
Dicionário Biográfico - Família Arruda
VALÉRIA ARRUDA DA PONTE LOPES (Pn.955.) Advogada, filha de
Francisco Lopes da Ponte de Vera Lúcia Arruda Lopes. Nasceu em
Sobral a 21 de março de 1981. Formada em Direito pela Universidade
Estadual Vale do Acaraú – UVA. Advogada em Sobral. Casou-se com
Narcélio Parente, Advogado ..............filho de.................
VALESKA FIGUEIREDO ARRUDA ALBUQUERQUE PEREIRA (Pn.1612),
Comerciante, filha de Francisco de Assis Arruda (Qn.1332) e de Maria da
Conceição Figueiredo Arruda. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 9 de janeiro
de 1971. Formou-se em Ciências Contábeis pela Faculdade Federal do Ceará
(UFC). Casou-se a 24/11/1994 com Rodolfo Albuquerque Pereira, n. a
29/08/1966, em Aratuba , formou-se em Ciências Contábeis pela Faculdade
Federal do Ceará (UFC), comerciante, filho de José Albuquerque Pereira e de
Maria Elena Bessa Pereira.
VERA CELI MEIRELES ARRUDA (Qn. 305). filha de Fausto Aguiar Arruda
(Tn. 133.) e de Maria Helena Meireles Arruda. Nasceu em Fortaleza,
Ceará, a 29 de agosto de 1951. Bacharela em Letras, formada em 1974,
pela Faculdade de Filosofia da Universidade Federal do Ceará.
VERA LÚCIA ARRUDA LOPES (Qn.344.) Pedagóga, filha de Francisco
Arruda Vasconcelos (Tn.144.) e de Hosana Oliveitra Vasconcelos.
Nasceu em Sobral a 15 de agosto de 1955. Foi adotada com meses de
nascida, pelo seus tios Francisco Linhares Arruda e Maria de Jesus
Vasconcelos Arruda, após o falecimento de sua mãe. Passou a
integrar uma família de oito irmãos, e sempre mereceu a mesma
atenção e carinho de seus tios Francisco Linhares Arruda e Maria de
422
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Jesus Vasconcelos Arruda. Desde cedo mostrou sua inteligência e
determinação. Formada em Filosofia, professora do Estado através
de concurso público. Juntamente com esposo deu o melhor para
educação dos filhos. Após o falecimento do esposo, teve que segurar
o leme da família, com determinação e coragem, dando-lhes força e
incentivo para seguir adiante e assim conseguiu formar seus quatro
filhos. Casou-se a 22/08/1978 com Francisco da Ponte Lopes,
Advogado, n. a 28/07/1949, em Sobral e faleceu a 10/10/2004, em
Sobral . Formado em Ciências Contábeis pela Universidade Vale do
Acaraú (UVA) e em Direito pela UEPA. Na juventude, tornou-se líder
estudantil, sensível aos movimentos de protesto durante o Regime
Militar, alcançando o posto de presidente do Centro Estudantil
Sobralense em 1968. Iniciou suas atividades profissionais como
Contador no Instituto Nacional de Pesos e Medidas, em Belém do
Pará. Anos depois, nessa cidade, assumiu o cargo de advogado do
Banco do Brasil, em virtude do qual trabalhou em outras cidades, até
retornar a sua terra natal em 1990. Em Sobral, consagrou-se como
profissional de referência na advocacia, por sua competência e
credibilidade no meio social. Sua última causa foi à frente da
Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, órgão do qual foi
eleito presidente e com o qual se envolveu na perspectiva de
promover a moralização na distribuição de saúde dentro daquela
instituição. Faleceu em 10 de outubro de 2004, aos 55 anos, no auge
de seu vigor intelectual e do reconhecimento público diante da
sociedade, filho de Jacó de Albuquerque Lopes225e Rita de Cássia da
Ponte Lopes.
VERA LÚCIA SILVA ARRUDA (Qn. 680.), Museóloga, filho de Carlos
Augusto Soares Arruda e de Regina Maria da Silva Arruda, nascido no
225
Jacó de Albuquerque Lopes, n. a 01.11.1912, filho de José Valdevino Lopese de Maria
Amélia Albuquerque Lopes. Casou-se a 14.02.1942, com Rita de Cássia da Ponte Lopes, n.
a 30.04.1923, filha de Vicente Gomes Ferreira da Ponte e de Maria Brígida da Silva Ponte (
Maroquinha) ( Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralnese, Vol IV, Os Ferreira da Ponte,
Tomo II).
423
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Rio de Janeiro, a 3 de fevereiro de 1940. Casou-se no Rio de Janeiro a
30 de junho de 1962, com Roberto de Belis, desquitados.
VERA MARIA ARRUDA BASTOS VIEIRA DA FONSECA (Qn. 790),
Economista, filha de Raimundo César Bastos e de Maria de Loudes Arruda
Bastos. Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 25 de março de 1940. Casou-se em
Fortaleza, Ceará, a 2 de maio de 1975 e separou-se de Fernando Silva
Vieira da Fonseca n. a 04/08/1949 em Fortaleza, filho de Jerson Braga
Vieira da Fonseca e Ione Silva Vieira da Fonseca.
VERÔNICA MARIA PEREIRA RODRIGUES (Pn. 1634.), Pedagoga,
nascida em Fortaleza, Ceará, a 31 de março de 1980, filha de José
Milton Rodrigues e de Maria Inês Pereira Rodrigues. Formada em
Pedagogia, na Universidade Federal do Ceará (UFC), em 2004.
Concluiu o curso de Francês, em 2004, na Casa de Cultura Francesa da
UFC. Trabalha, atualmente, com psicoterapia de crianças,
adolescentes e adultos em clínica particular. Presta serviço de
atendimento psicológico a crianças no Orfanato Casa /Santa Elizabete.
Solteira.
VICENTE ARRUDA COELHO (Pn. 36.), Juiz de Direito, filho de
Esmerino do Monte Coelho e Edelvira Maria Arruda Coelho (Bn.13).
Nasceu em Sobral, Ceará, a 3 de outubro de 1889 e faleceu a
08/08/1969, em Fortaleza, sendo sepultado em Sobral. Bacharelouse em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de
Recife, ingressando em seguida na magistratura. Foi Juiz Substituto
em Granja, em 1915, de Itapipoca em 1920 e, de Camocim, em
1922. Removido para o termo do Arraial, não aceitou a
transferência. Abandonando a Magistratura, fixou-se em Granja, e
424
Dicionário Biográfico - Família Arruda
depois em Fortaleza, onde se dedicou a Advocacia. Casou-se a
01/02/1919, em Granja (CE) com Inácia Oliveira de Arruda Coelho,
n. a 22/04/1896, filha do capitalista Raimundo Joaquim de Oliveira e
Maria Delmira de Oliveira, neta paterna de Joaquim Pereira de
Oliveira e de Inácia Eulália dos Santos. Neta materna de Francisco
Delmiro da Rocha e Prudenciana Quirino Pessoa.
VICENTE ARRUDA VASCONCELOS (Tn. 142.), Comerciante, filho do
agropecuarista Antônio Araújo Vasconcelos e de Maria das Virgens
Arruda Vasconcelos. Neto paterno de Miguel Araújo Vasconcelos e
de Francisca Cândida Dias. Pelo lado materno neto de Antônio
Florêncio de Arruda e de Francisca Maria do Carmo Aguiar. Nasceu em
massapê a 21 de outubro de 1921.
Ainda muito rapz com apenas 19 anos de idade foi para
trabalhar na Casa de Comércio “ Molduras Paraense, em Fortaleza ,
de propriedade de J. Araújo, onde trabalhou dois anos. Regressou a
Massapê a pedido do pai, para lhe auxiliar-lo nas tarefas da
propriedade rural como no comércio. Em 1943, foi sorteado para se
alistar no Exército Brasileiro, no 23 BC em Fortaleza, com grande
possibilidade de participar da 2ª Guerra Mundial. No chegou a viajar
para guerra. No Exército permaneceu quatro anos, saindo na patente
de Cabo. Ainda estava servindo o exército quando casou-se no dia 24
de janeiro de 1946, em Massapê . Posteriormente, foi para Sobral ,
trabalhar na construção do Canal do Açude de Jaibaras até a Tubiba,
em Sobral. O Fornecedor de alimento para os operários era o
sobralense José Inácio Parente, destaca Vicente, o nome deste ilustre
filho de Sobral. Após a conclusão do canal, adquiriu uma mercearia
do Atualpa Pontes Aguiar, então casado com sua prima Maria de
Jesus Linhares Arruda, irmão de seu cunhado Francisco Linhares
Arruda. E de comércio a comércio conseguiu educar seus filhos com
muito esmero. Residiu por algum tempo na praça do patrocínio,
vizinha sua irmã Maria de Jesus Vasconcelos Arruda, que mantiveram
425
Dicionário Biográfico - Família Arruda
sempre um relação de grande amizade, ocasião em nasceram grande
parte de seus filhos. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 24/12/1946, com
Francy Edna Vasconcelos, n. a 13/05/1925, em Massapê e faleceu a
29/10/1987, em Sobral , filha de José Ferreira de Vasconcelos226 e
Pacífica Teodora de Vasconcelos. A 2ª, a 02/12/1988, em Massapê , com
Ana Célia Moraes de Vasconcelos, n. a .............................., em Massapê ,
Professora aposentada do Estado, filha de ............... ...... ... .. .. ............. e de
Francisca Magalhães Moraes..
VICENTE DE ARRUDA GONDIM (Tn.28), Advogado, filho do Maestro
Zacarias Thomaz da Costa Gondim e de D. Maria Cristina Coelho de
Arruda (Bn. 13),n. a 26/06/1884 em Sobral e faleceu a 16/05/1947.
Bacharel em Direito. Exerceu durante 30 anos o cargo de Secretário
do Tribunal da Relação do Ceará. Casou-se com Isabel Viriato De
Araújo Gondim (Isa), n. a 23/10/1889 em Fortaleza e falecida a
23/05/1963, filha de Vicente Lopes de Araújo227 e Leonora Viriato de
Medeiros.
VICENTE DE MARIA ARRUDA LINHARES (Tn. 99), Comerciante e
Agropecuarista, filho de Manuel Alves Linhares ( e de Maria da
Conceição Arruda Linhares (Bn.39). Nasceu em Sobral a 16 de
fevereiro de 1903. Fez as primeiras letras com a professora Dona
Zezinha Parente, solteira, residente na rua da Aurora. Iniciou suas
atividades, em 1928, em Reriutaba como comerciante e exportador
226
José Ferreira de Vasconcelos, filho de Pompeu Mendes Vasconcelos e Maria Joana de
Vasconcelos. Casou-se a 16 de outubro de 1913, em Massapê com Pacífica Teodora de
Vasconcelos, nat. de Santana do Acaraú , filha de Joaquim Alves de Maria e Maria de Nazaré Aquino
(Apud Arruda, F.A.V. Cronologia Geneaógica Massapeense, no prelo).
227
Vicente Lopes de Araújo, nascido em 07.04.1860 e fal. em Fortaleza a 09.12.1947, foi por
31 anos funcionário da Prefeitura de Fortaleza, filho de José Lopes de Araújo e de Úrsula
Francisca das Chagas Lopes. Casou-se a 19-3-1887, no palácio episcopal da mesma
cidade oficiando seu irmão, o Pe. Antônio Lopes com D. Leonora Viriato de Medeiros, n. em
Sobral a 15-12-1858 e fal. em Fortaleza a 31-3-1957, filha de José Peregrino Viriato de
Medeiros e de D. Comba Lopes de Alcântara ( filha de Pedro Lopes de Alcântara e de D. Ana
Clara de Alcântara).. Pais de: José Assunção, Japhet (Javan), Isa e Georgina (Apud Linhares,
Mário, Os Linhares, 1954, pg 66).
426
Dicionário Biográfico - Família Arruda
de algodão, couro e mamona. Em 1931 passou a residir em Sobral,
comercializando e exportando chapéus de "palha". Administrou com
muito carinho suas fazendas em Reriutaba e Guaraciaba do Norte.
Casou-se a 07/04/1929 com Raimunda Nonata Ribeiro De Oliveira
Linhares, n. a 10/04/1908 em Reriutaba, filha de Hildebrando Ribeiro
de Oliveira e de Maria Memória da Costa (neta paterna de Manoel de
Oliveira - filho de Pedro Ribeiro de Oliveira e de Rosa Oliveira - e
Raimunda Petronília Ribeiro Memória). Neta materna do Dr. Joaquim
Francisco da Costa, português, Bacharel em Direito pela Universidade
de Coimbra, Portugal, e de Margarida Memória da Costa, sendo esta
filha de Plínio Memória da Costa e de Quitéria Memória. Pais de:
VICENTE DE PAULO MARIA ARRUDA (Qn. 674.), filho de Luiz Soares
Arruda (Tn.268) e de Clice Itagyba Arruda, nascido no Rio de Janeiro, RJ,
a 19 de julho de 1040. Funcionário da da PETROBRÁS. Casou-se a
13/05/1964 no Rio de Janeiro com Zita Gomes Arruda n. a 19/12/1941
em Santa Maria Madalena ( RJ), filha de Mário Roberto Gomes e
Felizarda Marinelli Gomes.
VICENTE FERREIRA DE ARRUDA (FILHO) (N. 11), (Prof. Arruda),
nasceu a 04/04/1834 na fazenda Oiticará e faleceu a 13/01/1898, em
Sobral, CE, filho de Amaro José de Arruda (F.03) e de Rita Umbelina
do Nascimento. Neto do português, patriarca da Família Arruda,
Amaro José de Arruda. Foi Professor de Latim em Sobral, em 1874,
em substituição ao Pé. António da Silva Fialho, que o fez sem
nenhum constrangimento. Considerado pelos educadores como o
maior vulto da Educação de Sobral do Século XIX. Lecionou
humanidades durante 53 anos. Foi o grande educador a quem sua
terra natal deve muito de seus filhos eminentes tanto na política
como nas ciências e nas letras.
Ao Grupo Escolar Professor Arruda, inaugurado em Sobral, CE,
no ano de 1939, foi dado o seu nome em sua homenagem.
427
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Presidente do CLUB ABOLICIONISTA SOBRALENSE228 em 1883. Foi
Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Sobral no ano de
1860. No dia 10 julho de 1861, como Vereador, solicita da Câmara
Municipal providências no sentido de que as árvores plantadas nas
Praças do Menino Deus, da Matriz e da Meruoca não “ feneçam aos
ardores do sol”. Estas árvores trata-se dos velhos tamarineiros ainda
hoje existentes na Praça da Matriz, em Sobral (CE). Com a sua morte,
ficou extinta a Escola Pública de Latim. Casou-se a 24/05/1854 com
Guilhermina Gomes Coelho, filha do Capitão Antônio Gomes Coelho
(filho de José Gomes Coelho, português, e de Francisca de Araújo
Costa) e de Rita Tereza de Jesus Gomes Parente (filha de Antônio
Gomes Parente e Inês Madeira de Vasconcelos Linhares).
VICENTE FERREIRA DE ARRUDA COELHO (Qn.84), Advogado e
Político, nascido em Granja (CE) a 17 de maio de 1929, filho do ilustre
magistrado Vicente Arruda Coelho ((Tn.36) e de Inácia Oliveira de
Arruda Coelho. Advogado, Deputado Federal, cientista político e
jornalista. Foi reeleito para o seu quarto mandato como deputado
federal representando a Zona Norte do Estado, e vários municípios
da Região Metropolitana de Fortaleza. Entrou para a política em
1995 com sua primeira eleição à Câmara dos Deputados. Pertence a
tradicional família política da Zona Norte, sendo irmão do exdeputado e suplente de senador, Esmerino Arruda. Entrou para
política em 1993, filiando-se ao PSDB, partido no qual permaneceu
durante alguns anos. Atualmente está filiado ao Partido Republicano
– PR, onde é candidato a Deputado Federal.
228
Em 1871 foi fundada em Sobral a "SOCIEDADE ABOLICIONISTA" que prestou relevantes
serviços à causa humanitária da redenção dos cativos. Mais tarde fundou-se o "CLUB
ABOLICIONISTA SOBRALENSE" no salão nobre do Paço Municipal, às onze horas do dia
quatro de março de 1883, compreendendo cerca de quarenta pessoas. Falou o Dr. Raimundo
Belfort Teixeira, médico, sendo aclamada a seguinte Diretoria: Presidente - Capitão Vicente
Ferreira de Arruda; Vice-Presidente - João Mendes da Rocha; Tesoureiro - José Clemente do
Monte; Secretário — José Vicente Franca Cavalcante (Apud Araújo, Sadoc- Cronologia
Sobralense)
428
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Vicente Arruda formou-se em Direito pela Universidade Federal
do Ceará em 1952. Em seguida fez pós-graduação em ciência política
na Universidade de Harvard (EUA) em 1954. Participou de vários
congressos, dentre os quais: XIV Congresso Brasileiro de
Magistrados, Fortaleza, 1995; Seminário dos Juízes Classistas,
Salvador, BA, 1995.
No Congresso Nacional participou da Comissão Mista de Quadros
e de Cargos DAS da Advocacia-Geral da União. Na Câmara dos
Deputados tem atuado nas seguintes comissões permanentes:
Constituição e Justiça e de Redenção; Educação, Cultura e Desporto;
Finanças e Tributação; Legislação Participativa. Relações Exteriores e
de Defesa Nacional; Segurança Pública e Combate ao Crime
Organizado; e Seguridade Social e Família Social e Família.
Suas atividades passam ainda pelas seguintes comissões especiais:
Emendas do Senado Federal ao PL nº 634/75, Código Civil; PEC n°
3/99, Período de Mandato Eletivo; PEC nº 57/95, Voto Facultativo;
PEC nº 137/99, Subteto; PEC nº 155/93, Imunidade Parlamentar; PEC
nº 231/95, Educação; PEC nº 256/95 Competência à União
Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira; PEC n°
338/96, Regime Constitucional dos Militares; PEC nº 347/96, Posse
do Presidente da República; PEC n° 370/96, Autonomia das
Universidades; e PEC nº 374/96, MPU.
Foi titular da Comissão Especial que analisou a PEC nº 407/96,
Altera Art. 100 da Constituição Federal, Precatórios; da PEC n°
550/97, Zona Franca de Manaus; da PEC nº 637/99, Prorrogação da
CPMF; PEC n° 639/99, Proíbe Reeleição; PL nº 1673/96, Doação de
Açudes pelo DNOCS; Procuradoria Parlamentar. É também titular do
Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Casou-se com Magali
Souto de Arruda Coelho.
VICENTE GOMES LINHARES (Pn.1488.) Agropecuarísta, filho de
Hosanan Arruda Linhares (Qn.1274.), e de Francisca Letícia Gomes
Linhares. Nasceu em Sobral a 1 de fevereiro de 1955. Foi vereador à
429
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Câmara Municipal de Sobral, tendo apresentado projetos em
benefícios principalmente dos Distritos de Jordão e Jaibaras. Casouse com Maria Sílvia Vasconcelos, filha de Francisco Edval
Vasconcelos (LOURO)229 e Francisca Vasconcelos.
VICENTE HUMBERTO DE ARRUDA (Bn. 77.), Empresário, filho de João
Tibério de Arruda (N.28), que foi Agente dos Correios em Massapê, e de
sua 1ª mulher Filomena Isabel de Lira Aguiar. Nasceu em Massapê,
Ceará e 15 de dezembro de 1884 e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, no dia
27 de novembro de 1951. Como empresário foi exportador de
algodão, sendo considerado um dos maiores. Empresário de grande
destaque no Brasil por seu empreendorismo e determinação. Sua
neta Beatriz, guarda boas recordações da figura lendária de seu avô e
dos alegres encontros familiares na Avenida Atlântida, onde residiam.
Casou-se em setembro de 1903 com Beatriz de Andrade Arruda n. a
08/05/1894, em São Bento da Amontada e falecida a 17/11/1978,
filha de José Pedro de Andrade e Ana Menezes.
VICENTE LEONARDO VASCONCELOS ARRUDA (Bn. 66.), filho do Capitão
Miguel Arcanjo de Arruda (Capitão Miguel de Arruda) (N. 26.) e de
Maria do Livramento Arruda. Nasceu em Santo Antônio do Aracatiaçu,
Sobral (CE), no dia 19 de junho de 1876 e faleceu em Baturité, Ceará,
nodia 27 de abril de 1919. Foi Guarda-Livros e Jornalista; casou-se em
Manaus (AM) em 1901 com Joana Batista, natural de Manaus; sem
sucessão.
VICENTE LINHARES PONTE (Pn.520), Advogado, filho de João Arruda
Ponte e de Francisca Linhares Ponte (Qn.189), nasceu em Sobral,
Ceará, em 11 de janeiro de 1966. Formado em Direito pela
Universidade de Fortaleza- Unifor. Advogado em Sobral. Casou-se a
229
Francisco Edval Vasconcelos (LOURO), filho de Antônio Adarias Vasconcelos e de Maria
Etelvina Vasconcelos. Casou-se a 12.05.1951 com Francisca Sílvia Vasconcelos, filha de
Joaquim Hermano de Vasconcelos (Júnior) e de Ana Sílvia de Vasconcelos (pp)
430
Dicionário Biográfico - Família Arruda
02/04/1991 em Sobral com Maria Elisa Arruda Ponte, n. a
24/09/1968, filha de Luís Carlos Arruda 230e de Luísa Vasconcelos
Arruda.
VICENTE LOPES GONDIM (Qn.43), Engenheiro Agrônomo, filho de
Vicente Arruda Gondim e de Isabel Viriato de Araújo Gondim (Isa).
Nasceu a 28 de outubro de 1915 e faleceu a 13 de dezembro de
1984. Formado pela Universidade Federal de Viçosa, MG. Foi
professor da Escola de Agronomia da Universidade Federal do Ceará.
Casou-se a 22/02/1914 com Maria Iracy Navarro Gondim n. a
12/08/1917 e fal. a 13/12/2001, filha de Tobias Navarro Leitão e
Antônia Pessoa Navarro.
VICENTE SALES LINHARES (Qn.162), Representante Comercial e Líder
empresarial, filho de João Alves Linhares (Tn.90) e de Maria José
Sales Linhares. Nasceu em Sobral a 22 de maio de 1913 e faleceu em
Fortaleza, Ceará. Exerceu a atividade de Representante Comercial por
muitos anos. Líder Empresarial na Capital Cearense. Exerceu por mais
de 30 anos diferentes cargos na Associação Comercial do Ceará,
inclusive a presidência. Pelo trabalho que desenvolveu junto as
diferentes esferas governamentais, defendendo os direitos
comerciais e industriais do Estado, tornou-se um patrimônio moral e
um árduo guerreiro em prol do Desenvolvimento Econômico do
Estado. Foi homenageado ainda em vida como Presidente de honra
dessa instituição, pela defesa ardorosa da classe. Membro do
Conselho Administrativo de algumas empresas públicas e privadas.
Fundador da União da Classe Produtora do Ceará. Antes de ser um
líder empresarial foi um extraordinário exemplo de liderança familiar.
Teve para com seus familiares irmãos muita atenção. Conquistou no
seio da sociedade alencarina uma posição privilegiada. Procurado por
230
Luís Carlos Arruda, nascido a 10/09/1944, comerciante e agropecuarísta em Sobral , filho de
Antônio Carlos Arruda Aguiar, neto paterno de Raimundo do Carmo Aguiar e de Raimunda
Maríade Arruda. Casou-se com sua prima Luiza Vasconcelos Arruda, n. a 19/03/1945, filha de
João Evangelista de Arruda e de Maria Edith Vasconcelos Arruda (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol III, Os Arrudas, Tomo II, 3ª Edição, pg. )
431
Dicionário Biográfico - Família Arruda
grandes nomes da economia cearense, políticos e industriais para dar
um parecer seguro sobre muitos aspectos da economia local.
Para seus familiares foi sempre a mesma pessoa. No seu
escritório, recebia a todos sem distinção, políticos, industriais, amigos
e parente, sem levar em consideração a posição social. No importava
com os móveis já desgastados pelo tempo e os utensílios do seu
escritório. Manteve o seu escritório de representação nos mesmos
moldes operandi de antes, com um auxiliar e muitos livros e
escrituras amontoados em sua escrivania.
Sentávamos ao lado, num sofá já surrado, e ele entre uma ligação
e outra nos atendia, com sua voz roca e em tom alto e forte. Às
vezes, saímos para tomar um café quente, ali por perto. Admirava a
maneira com que ele, de um trago só, engolia aquele café. Devo-lhe
não somente minha eleição a vereador e ao cargo da chefia do
432
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos, sediado em Sobral, como
aos sábios conselhos, que até hoje os mantenho como linha Mestra
em minha vida.
Tinha por meu pai uma profunda amizade e extensiva aos filhos. O
chamava de Chiquinho, eram primos irmãos. Exemplo de vida e
trabalho. Em seus vibrantes discursos falava com muita propriedade,
era homem de muitos princípios e conhecedor das causas que
defendia em prol do comércio e da indústria cearense. Homem de
levar a cabo aquilo que iniciava. Não tinha meios termos, falava
aquilo que era necessário ser tido. Foi realmente um líder inconteste
no Estado do Ceará. Um pai para toda a família. Um embaixador da
família na capital cearense. Casou-se com Teresinha de Jesus Cysne
Linhares, grande companheira, que o acompanhava em suas viagens,
por muitos lugares que ia a missão representar o Ceará. Sempre
elegante, fazia se respeitar, pela educação esmerada, e posição que
assumia perante todos. Para a família era mais do que uma cunhada
ou prima, comportava-se como uma irmã e amiga. Os tenho sempre
em minhas lembranças, filha de Ananias Cysne e de Luísa Frota e
Cysne.
VICTOR DE MELO RIBEIRO (Pn. 1121.), Empresário, filho de João Arruda
Ribeiro (JOÃOZITO) (Qn. 840.) e de Nazarita de Melo Ribeiro. Nasceu em
Fortaleza, Ceará, a 26 de janeiro de 1955. Casou-se com Dionízia Teixeira
Ribeiro filha de Aristóteles Alves Teixeira, este era irmão do professor
João Alves Teixeira, membro da Academia Sobralense de Estudos e
Letras – ASEL, e de Maria da Conceição S. Teixeira.
VIDAL ARRUDA DE FIGUEIREDO (Qn. 250), Servidora Público, nascido
em fortaleza, Ceará, a 16 de julho de 1936, filho de João Vidal
Figuerêdo e de Maria Úrsula Arruda de Figuerêdo (Tn.122).
433
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Funcionário aposentado do Conselho de Contas dos Municípios do
Estado do Ceará. Casou-se a 29/07/1967 com Cleide Maria Oliveira
de Figueiredo, Normalista, nascida em Fortaleza, Ceará, a 24 de abril
de 1944, filha de João Crispim de Oliveira de Fausta Ferreira de
Oliveira. Do seu enlace matrimonial, tiveram três filhos: Márcio
Alexandre Oliveira de Figueirêdo, Professor; Marco Leandro Oliveira
de Figueirêdo, formado em comércio exterior, e Marlon Magno
Oliveira de Figueirêdo.
VLADIR PONTES MENEZES (Qn. 1051.), Professor, nascido em Fortaleza,
Ceará, no dia 12 de julho de 1934, filho do notável sociólogo cearense
prof. Djacir Lima de Menezes e Stela Pontes Menezes (Tn. 403). Fez curos
primário, no Ginásio 7 de Setembro e os preparatórios no Colégio São José,
do Rio de janeiro, e depois no Colégio São João, de Fortaleza. Bacharelou-se
em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Ceará, em
dezembro de 1960, e em História pela Universidade Estadual do Ceará, em
1964.
É professor titular de História Econômica na Universidade federal
do Ceará. Diplomado pela escola Superior de Guerra em 1971. Pertence à
Sociedade Cearense de Geografia e História. Ex-professor de Introdução á
Administração da UFC e foi Chefe de Gabinete do Reitor da Universidade
Federal do Rio de janeiro e Sub-Diretor de Pessoal e Serviços Gerais desta
mesma Universidade, da qual é, também, Conferencista (1972-1974).
Publicou: Chefia e liderança; A Teoria Administrativa de fayol;
Delegação de Autoridade; Racionalização; Conotações Weberianas de
Burocracia; Os Fatores Ideológicos e a Estabilidade das Institutições, entre
outros importantes livros.
A obra científica do Dr. Vladir menezes não se cinge aos trabalhos
ora citados, mas a um grande número de artigos publicados em revistas, o
que revela a grandeza dos seus conhecimentos.
Versa preferencialmente sobre Administração, Sociologia, Política
e História, onde revela o autor um profundo amadurecimento e um espírito
434
Dicionário Biográfico - Família Arruda
desejoso de encontrar sempre soluções ajustadas para os múltiplos
problemas propostos.
O espaço cultural que Vladir Menezes abriu com o seu convívio
com a pesquisa e com a ciência e enfrentando mesmo a responsabilidade
de ser o filho de um notável cearense, Dr. Djacir Menezes, faz lembrar a
obstinação, o denodo, em que o mesmo teve para criar espaços próprios,
no mundo cultural do Ceará, onde parece ter haurido na Filosofia
Toynbeeana de desafio e resposta a linha de sua conduta, para se impor em
nosso contexto sócio-cultural. Casou-se com Hedyne Nunes Menezes, filha
de Edgard Duarte Nunes e de Nair Ferreira Nunes. ( Apud Site Instituto do
Ceará).
YONNI ARRUDA GRIBEL (Qn. 887.), Professora, nascido no Rio de
Janeiro, RJ.,a 31 de janeiro de 1940, filha de Archimedes de Andrade
Arruda (Tn.324) e de Léa de Sousa Fontes Arruda. Funcionária
aposentada da Prefeitura Municípal do Rio de Janeiro. Casou-se a
28/05/1960 e divorciou-se de Sérgio Ancêde Gribel231 n. a 12/07/1938
e fal., a 31/07/2008, em Belém (PA), onde vivia há mais de 20 anos,
ondeconstiuiu nova família, filho de e Newton Vieira Gribel e de Amélia
Ancêde Gribel. Segundo José de Alencar, numa homenagem prestada A
Sérgio Gribel , por ocasião de seu falecimento diz que “Sérgio Ancêde
Gribel era carioca mas escolheu o Pará para viver os melhores anos
de sua vida. Ele veio do Rio de Janeiro para Barcarena, para fundar a
ALBRAS ao lado de outros, valerianos ou não (ele não era valeriano,
palavra que no jargão corporativo designa os empregados da Vale).
As empresas têm alma e ela depende do fundador ou
fundadores. Gribel chefiou por mais de dez anos o comitê de
negociações coletivas da ALBRAS.
Recrutou gente jovem como Rohan Lima, que depois viria a
ser Diretor Jurídico da Vale. Graças a ele o comitê da ALBRAS forçou
231
Sérgio Ancêde Gribel, ;casou-se em segundas núpcias com Rachel Lucena
Gribel. Pais de: Renata Lucena Gribel.
435
Dicionário Biográfico - Família Arruda
uma geração de sindicalistas e advogados - eu inclusive - a se
qualificar para participar de negociações coletivas avançadas, no final
dos anos oitenta até metade dos anos noventa do século passado.
Por muitos anos essa foi a negociação coletiva mais sofisticada que se
praticou no Estado do Pará (outras havia, mas ocorriam fora do
Estado, em Brasília ou Rio de Janeiro, como a dos bancários e dos
mineiros da Vale, que era feita anualmente no Hotel Glória). No
último ano em que Gribel chefiou o comitê eu estava saindo da
advocacia e quando chegou a um impasse nas negociações eu fui
chamado pelos dois comitês - da ALBRAS e do SIMETAL - para fazer a
mediação privada e, se fosse o caso, arbitragem privada. Fiz a
primeira mediação privada no Estado do Pará e não foi preciso se
chegar à arbitragem.
Gribel se aposentou em 1995 e foi trabalhar para o Governo do
Estado.
Adversários na mesa de negociação por uma década, ficamos,
advogados e sindicalistas, amigos de Gribel, que nunca se esqueceu
de nenhum de nós e sempre estava querendo saber da sorte de cada
um.
Ontem ele se despediu de nós, que hoje vamos sepultá-lo, com as
merecidas homenagens a quem deixou sua marca e sua herança em
um Estado que precisa cada vez mais de gente como ele.
Minhas homenagens ao Gribel, minha solidariedade à Rachel,
Renata e demais filhas e filho.Descansa em paz, Gribel. Postado por
José se Alencar ”.
436
Dicionário Biográfico - Família Arruda
INDICE ONOMÁSTICO
A
Abelardo Rangel Parente
Abelardo Rodrigues Rangel
Adauto Izidoro Arruda
Adolfo Pompeu de Arruda
Adriana Arruda Menezes
Adriana Ítala Almeida de Arruda
Adriano Veras Pereira
437
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Aglaís Dias Arruda
Alan Arruda Aragão
Alberto Huet Morais de Arruda
Albino Luciani Arruda Carneiro
Aleksander Rodrigues Rangel
Aleuda Dias Arruda
Alexandra Arruda Rocha
Alexandre Ponte Linhares
Alice Frota Almeida
Alina Arruda D´Alva Duchrow
Aloisio César Arruda Sabino
Amanda do Carmo Arruda Aguiar
Amaro José de Arruda
Amauri Bezerra de Arruda
Ana Carolina Fernandes Arruda
Ana Caroline Alves Carvalho
Ana Excelsa Arruda
Ana Flávia Arruda Bloc (Sn.103).
Ana Joaquina de Arruda Parente
Ana Letíce Costa Medeiros
Ana Margarida Furtado Arruda
Ana Maria Arruda Aragão
Ana Maria Arruda Viana
Ana Paula Carvalho Arruda Coelho
Ana Paula Dias Rangel Montenegro
Ana Valéria Rocha Arruda
Ananias Abnegado Vasconcelos
Anderson Pontes Arruda
André Almeida Araújo
Andréa do Carmo Arruda
Ângela Maria Arruda Brasileiro
Angela Maria de Arruda Amorim
Angélica Ellery Torres da Silva
438
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Angelique Saraiva Arruda
Anna Carolina Arruda Cabral
Antônio Ademar Arruda
Antônio Adolfo Coelho de Arruda
Antônio Airton Pontes
Antônio Aldo Melo Filho
Antônio Alexandre Frota Amora
Antônio Alexandre Gondim Nascimento Braide
Antônio Antenor de Vasconcelos
Antônio Arruda Gomes
Antônio Arruda Neto
Antônio Austregésilo Vasconcelos Arruda
Antônio Barreto Arruda Neto
Antônio Barreto de Arruda
Antônio Cardoso Linhares
Antônio Carlos Matteis de Arruda
Antônio Carlos Vasconcelos Arruda
Antônio Carlos Vasconcelos Arruda Filho
Antônio César Meneses de Arruda
Antônio de Maria Linhares
Antônio de Melo Arruda
Antônio Edson Medeiros
Antônio Élber Dias Arruda
Antônio Ernani Furtado Arruda
Antônio Florêncio de Arruda
Antônio Jairo Soares Arruda
Antônio Linhares Arruda
Antônio Marcelo Arruda Silva
Antônio Mont’alverne Rangel
Antônio Mont’alverne Rangel Filho
Antônio Perígio Arruda
Antônio Sérgio Linhares Vasconcelos
Aparecida Maria Arruda
439
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Argemiro Arruda
Ariane Rosa de Arruda
B
Beatriz Furtado Lima
Beatriz Maria Arruda de Araújo Pinheiro
Benedito Arruda Carneiro
Benedito Arruda Carneiro Filho
Benedito Lincoln Vasconcelos Arruda
Bernardino Proença de Arruda
Blandino Saraiva Arruda
Bruno Cordeiro Bastos
C
Cândido Ferreira De Arruda
Canuto Tupy Caldas
Carlos Albuquerque Arruda
Carlos Augusto Soares Arruda
Carlos Danielly Alves Pontes
Carlos Danilo Arruda Silva
Carlos Eduardo Arruda Mont’alverne
Carlos Eugênio Rocha Arruda
Carlos Eurico Furtado de Arruda
Carlos Frederico Arruda Aragão
Carlos Frederico Arruda Correia
Carlos Juaçaba Neto
Carlos Osvaldo Rodrigues Rangel
Carlos Otávio de Arruda Bezerra
Carlos Roberto Pereira Bezerra
Carmelo Arruda Gomes
Carmen Alice Arruda Magalhães
Carolina Moreira Pontes Da Rocha
Caroliny Figueiredo Arruda Gomes
440
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Cecília Noemy Arruda Lima
Célia Margarida Silva Arruda
Celina Maria Bezerra de Arruda
Cid Arruda Aragão
Cinira Arruda D´Alva Artiles
Cinthia Collyer Arruda Cavalcante
Cirilo José Campelo Arruda
Cláudia Alice Bezerra De Arruda
Cláudio Régis Aguiar Rangel
Cláudio Roberto Caldas De Pinho Pessoa
Cláudio Vasconcelos Frota
Clemente Olintho Távora Arruda
Clodoaldo Arruda
Clodomir Bentes Arruda Coelho
Clotilde Arruda Pontes
Clóvis Ricardo Caldas da Silveira Mapurunga
Cristiane Linhares Andrade da Cunha
D
Daisy Maria Arruda Loureiro
Daniel Arruda Teixeira
Daniel Rangel De Paula Pessoa
Daniela Viana Vasconcelos
Daniele Lima Mont’alverne Rangel
Danielle Pontes de Arruda Pinheiro
Danilo Arruda Gomes
Danilo Silva Sobral
Dante Almeida Araújo
Darcy Pires de Paula Pessoa Júnior
David Almeida Araújo
Dayse Silva Sobral
Débora Liberato Arruda Hissa
Débora Viana Arruda Hissa
441
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Delano Pontes de Arruda Coelho
Denise Pontes de Arruda Coelho
Dilberto Régis Marques Arruda
Divana Maria Martins Parente Lira
Domingos Aguiar Arruda
Domingos Aguiar Arruda Neto
Domingos Arruda Carneiro
E
Edgar Cavalcante de Arruda
Edgard Aguiar de Arruda
Edilberto Dias Arruda
Edílson Arruda Linhares
Edina Cavalcante de Arruda
Edmo Arruda Linhares
Edmyrtes Arruda Coelho
Édna Maria Furtado Arruda
Edson Arruda Linhares
Edson Azevedo Vasconcelos
Eduardo de Arruda Nabuco
Eduardo Gurgel Arruda
Eduardo Rodrigues Duarte Filho
Eglantine Carvalho Da Silveira
Elaine Mary Arruda Moura
Eliana Caldas Pinho Pessoa De Holanda
Eliane Arruda Parente
Eliano Bezerra De Arruda
Eliezer Oliveira De Arruda Coelho
Elisa Maria Arruda Bastos Barroso
Élson Arruda Linhares
Emanuel Sávio Lopes Pereira
Emmanuel Oliveira De Arruda Coelho
Eneida Arruda Ferreira Gomes
442
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Eneida Maria Linhares Barroso
Érica Maia Arruda
Erna Verônica Arruda Martins
Esmerino de Arruda Coelho Neto
Esmerino Linhares Arruda
Esmerino Oliveira de Arruda Coelho
Espedito Arruda Linhares
Eugênio Arruda Leal Ferreira
Eurico Flávio Távora Arruda
Eurico Vasconcelos Arruda
Eveline Carneiro Parente Gomes
Everton Arruda Linhares
F
Fábio Alonso Gurgel Arruda
Fábio César Costa De Vasconcelos
Fábio de Arruda Mesquita
Fabíola Maria Bezerra Do Nascimento
Fausto Aguiar Arruda
Fausto Aguiar Arruda Filho
Fausto Costa Mendes
Feliciana Rosa Arruda de Andrade
Felicidade de Fátima Caldas da Silveira Fontenelle
Felipe Arruda Magalhães
Fernando Antônio Frota Parente
Fernando Campos de Arruda
Fernando Cardoso Linhares
Fernando Frota Amora
Fernando José Serrano Caldas Da Silveira
Fernando Juarez Carvalho Arruda
Filomena Boto Bulcão
Francineide Isabela Lopes Pereira
Francisca de Fátima Vasconcelos
443
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Francisca Lacy Ribeiro De Abreu
Francisca Linhares Ponte
Francisca Olinda Arruda Pereira
Francisca Vasconcelos Olímpio
Francisca Zilmar Rangel
Francisco Airton Lira Arruda
Francisco Alexandre Rocha Arruda
Francisco Álvaro Rubens Pereira
Francisco Aníbal Oliveira Arruda Coelho
Francisco Aníbal Oliveira de Arruda Coelho Filho
Francisco Araújo Vasconcelos
Francisco Arruda Carneiro
Francisco Arruda de Andrade
Francisco Arruda Pontes
Francisco Arruda Vasconcelos
Francisco Bartolomeu Ribeiro Linhares
Francisco Bosco Arruda Vasconcelos
Francisco Caldas da Silveira Filho
Francisco Caldas da Silveira Neto
Francisco Cardoso Linhares
Francisco Carvalho Arruda Coelho
Francisco Cícero Coelho De Arruda
Francisco Cleiton Vasconcelos Arruda
Francisco das Chagas Campelo Arruda
Francisco de Arruda Frota
Francisco de Arruda Frota
Francisco de Assis Arruda
Francisco de Assis Arruda Lira
Francisco de Assis Arruda Furtado
Francisco de Assis Germano Arruda
Francisco de Assis Vasconcelos Arruda
Francisco de Melo Arruda
Francisco Edvanir Arruda Andrade
444
Dicionário Biográfico - Família Arruda
Francisco Edward Mont’alverne Filho
Francisco Esmeraldino de Vasconcelos
Francisco Esmeraldino Vasconcelos Filho
Francisco Frota Arruda
Francisco Haroldo Alves Vasconcelos
Francisco Haroldo Bezerra de Arruda
Francisco Haroldo Carvalho Mapurunga
Francisco Hildebrando Linhares Andrade
Francisco Itamar Alves Filho
Francisco José Arruda Canuto
Francisco José Arruda Carneiro
Francisco José Arruda Mont’alverne
Francisco José Arruda Sabino
Francisco José Carvalho Arruda
Francisco José de Arruda
Francisco José de Arruda
Francisco Jos&