IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
A GUERRA DO VIETNÃ:
• Conferência de Genebra: divisão do Vietnã era temporária.
Reunificação ocorreria após a realização de plebiscito para
unificar o país.
• Vietnã do Sul cancela plebiscito – medo do comunismo.
• Guerra inicia (1960 – 1975):
VIETNÃ DO SUL
Apoio dos EUA
X
VIETNÃ DO NORTE
Vietcongues (guerrilheiros
comunistas do sul)
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
• Auge da participação dos EUA: 536 mil
soldados (1968).
– 50 mil americanos mortos.
– 2,5 milhões de vietnamitas mortos.
• 1971: Aproximação dos EUA com a
China e bombardeio aos países vizinhos –
Laos e Camboja.
– Neutralizar a influência soviética no
Vietnã do Norte.
– Isolar norte-vietnamitas.
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
Utilização de armas químicas de destruição de massa.
Aldeia bombardeada
com Napalm em 1965.
Aviões
americanos
despejando o
“Agent
Orange” em
plantações.
Efeito do “Agent Orange”
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
• Movimentos pacifistas desarticulam política norte-americana.
– Oposição de jovens a guerra e a hipocrisia da sociedade
americana.
ASSISTA!!
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
• 1973: Acordos de Paris – EUA
retira-se da guerra.
• 1975: Comunistas do Norte
vencem e tomam a capital do Sul
– Saigon.
– Comunistas pró-URSS
tomam o poder em Laos.
– Comunistas pró-China
tomam o poder em Camboja
Khmer Vermelho – Pol
Pot: ditadura violenta que
eliminou metade da
população em 3 anos.
Sul-vietnamitas na embaixada
norte-americana.
Tropas do norte tomam Saigon
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
O monge budista Thich
Quang Duc ateia fogo a si
mesmo em um protesto
contra a suposta campanha
de perseguição religiosa
empreendida pelo governo
do Vietnã do Sul, em 1963.
Chocado com o horror da
cena e o cheiro da carne em
chamas, o fotógrafo
Malcolm Browne tirou
quatro filmes de fotos do
monge, que morreu em
silêncio nas ruas de Saigon,
no Vietnã do Sul.
(Foto: Malcolm Browne, 1963)
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
A opinião pública foi altamente influenciada pelas imagens marcantes que eram divulgadas da
guerra. Pela primeira vez, transmissões puderam ser vistas em todo o mundo, provocando o
descontentamento com a ofensiva americana. Um exemplo foi o confronto de 8 de junho de 1972,
quando um avião do Vietnã do Sul lançou, acidentalmente, sua carga de 'napalm' no vilarejo de
Trang Bang. Com a roupa em chamas, a pequena Kim Phuc eternizaria a imagem cruel da
disparidade da guerra. Phuc fugiu do vilarejo com a família, para ser hospitalizada. A menina
sobreviveu e, atualmente, mora nos Estados Unidos.
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
Violência
...mas de perto, o "glamour" da guerra desaparece.
Um paraquedista ferido do 101º batalhão lidera uma
evacuação de helicóptero pela selva para resgatar
feridos durante uma patrulha de cinco dias em Hue,
Vietnã do Sul, em 1968.
Mortos
Os corpos dos fuzileiros americanos se encontram
semi-enterrados na colina 689, a oeste de Khe Sanh,
em 1968. O cerco de Khe Sanh foi uma das mais
longas e sangrentas batalhas da guerra.
Cerca de 60 mil soldados americanos morreram no
Vietnã e mais de 300 mil ficaram feridos.
O número de vítimas vietnamitas, no entanto, foi
muito mais alto. Estima-se que mais de 500 mil
tenham morrido e milhões tenham ficado feridos.
IDADE CONTEMPORÂNEA
DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA
Perto do fim
A guerra
prosseguiu por
mais dois anos.
Já perto do fim,
esta mulher
carrega a filha
ferida para longe
das batalhas.
O fim
No dia 30 de abril de 1975, soldados do Exército
norte-vietnamita entraram em Saigon, no Vietnã do
Sul, capturaram o palácio presidencial e assumiram
o controle do país.
Os últimos militares americanos buscaram
segurança no telhado de sua embaixada.
Muitos dos vietnamitas do sul que trabalharam com
os EUA temeram por suas vidas, mas muitos mais
correram às ruas para ver os tanques.
Download

vietnã do sul - Colégio Passionista São Paulo da Cruz