SEXOLOGIA E A
ADOLESCÊNCIA
ADOLESCÊNCIA E
DESENVOLVIMENTO


Adolescência pode ser entendida como:

Período que se situa entre a maturidade
biológica, que é constatada nas
modificações
anatômicas
e
fisiológicas,responsáveis pela adaptação
frente a imagem corporal e a maturação
sexual;

Independência
nos
planos
psicoafetivos, sexuais e econômicos;

O despertar
profissional.
da
inserção
sócio-

A adolescência compreendida como
fase
peculiar
da
transição
biopsicossocial:

Transformações biológicas;
Busca da definição de um papel social;
Padrões culturais do meio.



MATURAÇÃO SEXUAL

A adolescência inicia na puberdade;

Puberdade vem do latim “pubis” que
significa pelos ou penugem;

Diferença entre a puberdade e
adolescência?

Puberdade: consiste
biofisiológicas
que
maturação sexual;
em mudanças
produzem
a

Adolescência: além destas, inclui uma
ampla
variedade
de
exigências
psicossociais

A idade em que se iniciam estes
processos varia de pessoa para pessoa.

Meninos:

Aumento dos testículos e da bolsa escrotal,

Crescimento dos pelos pubianos;

Crescimento longitudinal do pênis e dos axilares;

Pelos do resto e do corpo;

Crescimento da estatura(muscular, óssea, cutânea,de
voz)

Meninas:

Aparecimento das mamas;

Crescimento dos pelos axilares e pubianos;

Aumento dos ovários, trompas,útero,a vagina;

A menarca primeira menstruação;

RESPOSTA SEXUAL

Refere-se as mudanças corporais e
psicológicas que ocorrem em um
indivíduo,quando este se sente motivado
e ativado sexualmente.

Os processos fisiológicos da resposta
sexual, não são movimentos isolados de
pensamentos e sentimentos, mas parte
de um envolvimento sexual e da
identidade da pessoa como um todo.

Quatro fases como seqüência
mudanças fisiológicas:

Excitação;
Fase de platô;
Orgasmo;
Resolução;



das

Excitação: fonte de estímulo físico ou
psíquico – ex: beijos, palavras
carinhosas;

fase de platô: o nível máximo – ex:
aumenta a respiração, batimento
cardíaco);

Orgasmo: envolvimento total do corpo
na resposta a excitação sexual, é
experimentado de forma subjetiva;

Resolução: a sensação de bem estar.

ASPECTOS PSICOSSOCIAIS DA
SEXUALIDADE

O adolescente concentra as suas
atenções nas mudanças do corpo e
focaliza suas energias nos processos
psíquicos, da perda do corpo infantil e
da aceitação de novas formas.

E caso ocorra predominância dos
sentimentos negativos, em relação, a
imagem corporal, pode vir a gerar
ansiedade, em que o medo de não
conseguir os padrões socialmente aceito
do seu físico e então tornar-se um ser
desprezível.

É de extrema importância o adolescente
pertencer a um grupo, onde, em tese,
todos tem as mesmas aspirações,
gostam das mesmas coisas e se
comportam de maneira similar.

Pesquisas sobre a educação
adolescência, apontam:
sexual
e

As informações sobre sexo e sexualidade, são
adquiridos em primeiro lugar com os colegas
da mesma idade, depois recorrem as mães e
em terceiro lugar, os adolescentes procuram
uma professora;

Pais adotam atitudes menos negativas
(positivas), em relação a sexualidade de seus
filhos:

Postura mais liberal;

Discutem sexo de forma aberta;

Auxiliam seus filhos a obter anticoncepcional.

Pais adotam atitudes negativas:

Adultos parecem sentir-se ameaçado pela
sexualidade do adolescente;

Restringe
as
anticoncepcional;

Censura o que os adolescente assistem ou
lêem;
informações
sobre

Medo dos pais:

Gravidez indesejada;

Doenças sexualmente transmissíveis.

A ESPECIFICAÇÃO DA ORIENTAÇÃO
SEXUAL

Orientação sexual:

são os tipos de objetos pelos quais o
sujeito sente atração sexual, ou seja,
objetos com relação aos quais ele vai
orientar e dirigir o seu desejo sexual.

Orientação sexual é o sentimento de ser
eroticamente atraído por um parceiro
(a); e este sentimento é subjetivo e
interno.

Distinção entre orientação sexual e
atitude sexual?

Orientação sexual: é o movimento interno
erótico impulsionado por uma carga de atração
física e emocional;

Atitude sexual: é uma resposta física, um ato
em que outra pessoa entra simplesmente
como um corpo para satisfazer uma
necessidade biológica e psicossexual.

Formas de orientação sexual:

Heterossexualidade;
Homossexualidade;
Bissexualidade;


 Comportamentos
Sexuais
na Adolescência

O rapaz adolescente preocupa-se com as
suas
formas,
especialmente
o
desenvolvimento do pênis e se existe a função
para a relação sexual;

Ansiosamente busca a ejaculação através da
masturbação, esta nem sempre tem a
finalidade única do prazer, mas na simples
capacidade de ejacular;

Moças:

Apresentam as mesmas preocupações que os
rapazes, entretanto tendo em vista que as
mulheres são mais dominadoras que os
homens elas precisam disfarçar;

Apresentam grande ansiedade sobre a
atratividade sexual, o que acaba levando-as
ao jogo da sedução;

Masturbação:

É a auto-estimulação, cujo objetivo é a
obtenção do prazer por meio de carícias
ou fricção nos órgãos genitais ou em
outras partes do corpo e é uma atividade
sexual que ocorre ao longo da vida.
Masturbação

Fornece um meio seguro de experimentação
sexual;

Aumenta a auto – confiança sexual;

Controla os impulsos sexuais;

Combate a solidão e descarrega as tensões e
o estress em geral;

Vida Sexual Ativa dos Adolescentes:

Sabemos
indiretamente,
pelas
conseqüências – gestação, abortos e
doenças sexualmente transmissíveis.

Iniciações sexuais desagradáveis:

Os casais adolescentes, mal conhecem a si
próprios , quanto mais aos parceiros, iniciam
uma relação sexual, em ambos estão
nervosos, não conhecem as zonas erógenas e
não sabem intensificar a excitação e
freqüentemente estão em relacionamentos
clandestinos, se frustram.

Ficar:

É um contrato em que está implícita a
não existência de um compromisso e
que pode ir, desde o fazer companhia,
até o ato sexual.
RISCOS ASSOCIADOS À
SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA


Doenças sexualmente transmissíveis;

Sífilis;

Gestação;
 Conclusão

É
importante
perceber
que
a
sexualidade é diferente em cada fase do
desenvolvimento, e que a adolescência
é uma experiência pessoal e única.

A sexologia é a responsável por
contribuir com estes conhecimentos.
BIBLIOGRAFIA
MORETTI,E.;ROVANI,I.
(1996).
Os
sentimentos
dos
adolescentes em relação à imagem corporal.Revista Brasileira
de Sexualidade Humana, 7(2):202-219. São Paulo: SBRASH:
Iglu.
OBRIGADA!!!

Aleandra Marton Polegati Santos
Download

sexologiaeadolescencia