Era uma vez um Coelhinho que foi à horta, ia buscar couves para fazer um
caldinho e encontrou lá a Gripe Gripez que espirrou e tossiu para cima dele…
Então o Coelhinho ficou doente com o vírus da Gripe A.
Ficou com dor de cabeça, dor de garganta, dores no corpo todo, arrepios e febre,
nariz entupido e com pingo , muito cansado e com muita, muita tosse.
O Coelhinho foi andando, tossindo e espirrando até que encontrou um Boi e pediu-lhe
ajuda:
— Eu sou o Coelhinho e fui colher couves à horta, mas estava lá a Gripe Gripez e eu fiquei
doente.
O Boi disse assim ao coelhinho:
— Muuuu! Quando tossires ou espirrares põe um lenço de papel ou o braço à frente da
boca, para não espalhares os micróbios da gripe e não me contagiares. E não te esqueças
de lavar as mãos muito bem e desinfectá-las a seguir.
O Coelhinho seguiu andando, tossindo e espirrando, mas punha o braço à frente da
boca, para não espalhar mais vírus da gripe, até que encontrou um Cão.
— Eu sou o Coelhinho e fui colher couves à horta, mas estava lá a Gripe Gripez e eu
fiquei doente.
O Cão disse-lhe assim:
— Ão, ão, ão, quando temos gripe devemos tossir e espirrar para o braço ou para um lenço
de papel e a seguir deitar o lenço na sanita. Devemos também lavar as mãos muitas vezes
com água e sabão, para não contagiar os outros. E não te esqueças de abrir as janelas
para o vírus da gripe sair da tua casa.
O Coelhinho seguiu andando, tossindo e espirrando, mas punha o braço à frente da
boca, para não espalhar mais vírus da gripe, até que encontrou um Galo.
— Eu sou o Coelhinho e fui colher couves à horta, mas estava lá a Gripe Gripez e eu
fiquei doente.
— Có-có-ró-có-có, deves pôr uma máscara, ligar para a linha de Saúde 24 e ir já para
casa, deitares-te na cama, beberes um chá de limão quentinho com mel e tomares um
comprimido.
O Coelhinho seguiu andando, tossindo e espirrando, mas punha o braço à frente da
boca, para não espalhar mais vírus da gripe, até que encontrou uma Formiga, e disse-lhe:
— Eu sou o Coelhinho e fui colher couves à horta, mas estava lá a Gripe Gripez e eu
fiquei doente.
A Formiga disse-lhe assim:
— Eu vou tratar de ti.
Também pôs uma máscara, e telefonou para a linha de Saúde 24.
Depois levou-o para casa.
A Formiga com uma luz viu a garganta e os ouvidos do Coelhinho, a seguir escutou o
coração e os pulmões e depois receitou-lhe um supositório para a febre, um xarope para a
tosse e uma injecção para a dor de garganta e de ouvidos.
O Coelhinho foi para a cama.
A Formiga foi à horta buscar bolotas para fazer um cházinho e dar ao Coelhinho.
O Coelhinho ficou muito contente, porque já estava melhor e a Gripe Gripez fugiu a
sete pés.
Então o Coelhinho convidou a amiga Formiga para comer uma sopinha de caldo verde.
A Formiga explicou ao Coelhinho que para não ficar doente com gripe precisamos
levar uma vacina, devemos vestir roupa quentinha quando vamos para a rua, devemos pôr
um chapéu na cabeça quando andamos ao sol e não devemos estar em casas fechadas
com pessoas que estão a tossir e a espirrar.
Texto e Ilustrações: Grupo de crianças do Jardim de Infância de Campinho
- Reguengos de Monsaraz
Tratamento de Imagem e Apresentação PowerPoint: Educadora de Infância Paula Gil
Janeiro de 2007
Revisão: Alexandre , José Paulo e Paula Gil
Setembro de 2009
Download

Apresentação PPS / PPT