FACULDADES ASSOCIADAS DE UBERABA
BIBLIOTECA DORA SIVIERI
http://www.fazu.br
PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DE
FORMANDOS - PEF
ELABORAÇÃO DE
TRABALHOS ACADÊMICOS
OBJETIVO
Apresentar a estrutura de trabalhos
acadêmicos (Projetos de Pesquisa e
Trabalhos de Conclusão de Curso-TCC),
utilizando as normas de documentação da
Associação Brasileira de Normas Técnicas –
ABNT.
NORMAS DA ABNT
NBR 14724/2005 - Apresentação de
trabalhos acadêmicos
NBR 6023/2002 - Referências
NBR 10520/2002 - Citações em
documentos
ETAPAS METODOLÓGICAS
ESCOLHA DO TEMA
LEVANTAMENTO DA BIBLIOGRAFIA
OBTENÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO
LEITURA DA DOCUMENTAÇÃO
APRESENTAÇAO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS
ESTRUTURA DO TEXTO
PRÉ-TEXTUAIS
TEXTUAIS
PÓS-TEXTUAIS
ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS
TCC
CAPA
FOLHA DE ROSTO
FOLHA DE APROVAÇÃO
DEDICATÓRIA (OPCIONAL)
AGRADECIMENTOS (OPCIONAL)
EPÍGRAFE (OPCIONAL)
RESUMO EM PORTUGUÊS
RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
LISTA DE ILUSTRAÇÕES (OPCIONAL)
LISTA DE TABELAS (OPCIONAL)
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (OPCIONAL)
LISTA DE SÍMBOLOS (OPCIONAL)
SUMÁRIO
ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS
Projeto de Pesquisa
FOLHA DE ROSTO
LISTA DE ILUSTRAÇÕES (OPCIONAL)
LISTA DE TABELAS (OPCIONAL)
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS
(OPCIONAL)
LISTA DE SÍMBOLOS (OPCIONAL)
SUMÁRIO
ELEMENTOS TEXTUAIS
TCC
INTRODUÇÃO (Visão global da pesquisa,
formulação de hipóteses, delimitações do
assunto e objetivos da pesquisa);
DESENVOLVIMENTO (Revisão de literatura,
Material e métodos, resultados e discussão);
CONCLUSÃO (Resposta à hipótese
enunciada na Introdução. Ponto de vista do
autor sobre os resultados).
ELEMENTOS TEXTUAIS
Projeto de Pesquisa
INTRODUÇÃO (Visão geral do trabalho, justificativa, objetivos,
definições conceituais, definição das variáveis, hipóteses);
REFERENCIAL TEÓRICO (Teóricos que ajudarão o
pesquisador a definir e delimitar o problema de pesquisa);
METODOLOGIA (Métodos e técnicas, caracterização do objeto
de pesquisa, definição da área física, plano de amostragem,
procedimentos de coleta de dados, apuração e análise dos
dados);
PLANO DE DESENVOLVIMENTO (Cronograma de execução);
RECURSOS NECESSÁRIOS (Humanos, materiais e
financeiros);
ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS
REFERÊNCIAS
GLOSSÁRIO (OPCIONAL)
APÊNDICE(S) (OPCIONAL)
ANEXO(S) (OPCIONAL)
ÍNDICE(S) (OPCIONAL)
ELEMENTOS
PRÉ-TEXTUAIS
CAPA - TCC
NOME DA INSTITUIÇÃO
NOME DO AUTOR
TÍTULO
SUBTÍTULO (SE HOUVER)
LOCAL
ANO DA PUBLICAÇÃO
MODELO DE CAPA - TCC
FACULDADES ASSOCIADAS DE UBERABA
DANIELA MENEZES FERREIRA
ACEITABILIDADE DE QUEIJO TIPO “PETIT SUISSE” À
BASE DE RICOTA E À BASE DE TOFU SABOR
MARACUJÁ
UBERABA
2004
FOLHA DE ROSTO - TCC
NOME DO AUTOR
TÍTULO E SUBTÍTULO DO TRABALHO
IDENTIFICAÇÃO DO TRABALHO
NOME DO ORIENTADOR
NOME DO PROFESSOR DA
DISCIPLINA
LOCAL
ANO
FOLHA DE ROSTO - TCC
DANIELA MENEZES FERREIRA
ACEITABILIDADE DE QUEIJO TIPO “PETIT
SUISSE” À BASE DE RICOTA E À BASE DE TOFU
SABOR MARACUJÁ
Trabalho de Conclusão de Curso
apresentado
às
Faculdades
Associadas de Uberaba-FAZU, como
requisito parcial para graduação no
Curso de Engenharia de Alimentos.
Orientador(a):
Profª MSc. Adriana
Cristina Mancin
Professora: Profª MSc. Fernanda B.
Borges Jardim
UBERABA
2004
FOLHA DE ROSTO
Projeto de Pesquisa
NOME DO AUTOR
TÍTULO E SUBTÍTULO DO TRABALHO
CURSO E INSTITUIÇÃO
FINALIDADE
NOME DO ORIENTADOR
LOCAL
ANO
FOLHA DE ROSTO
Projeto de Pesquisa
DANIELA MENEZES FERREIRA
ACEITABILIDADE DE QUEIJO TIPO “PETIT
SUISSE” À BASE DE RICOTA E À BASE DE TOFU
SABOR MARACUJÁ
Projeto de Pesquisa apresentado ao
Curso de Engenharia de Alimentos das
Faculdades Associadas de UberabaFAZU.
FINALIDADE: Desenvolvimento de
uma
investigação
sobre
a
aceitabilidade do queijo tipo petit
suisse
Orientador(a):
UBERABA
2004
Profª MSc. Adriana
Cristina Mancin
VERSO DA FOLHA DE ROSTO
TCC
P a
Perim, Clarissa Basso
Avaliação dos parâmetros físico-químicos e de rotulagem
para o leite UAT integral e desnatado / Clarissa Basso Perim.
– Uberaba, 2009.
70 f.
Orientador: Profª MSc. Fernanda B.Borges Jardim
Trabalho de Conclusão de Curso -- Faculdades Associadas
de Uberaba, Curso Engenharia de Alimentos, Uberaba, 2008
1. Leite-Processamento. 2. Leite-Qualidade nutricional. 3.
Rotulagem de alimentos. 4. Legislação. I. Faculdades
Associadas de Uberaba. II. Título.
FOLHA DE APROVAÇÃO - TCC
AUTOR DO TRABALHO
TÍTULO E SUBTÍTULO
IDENTIFICAÇÃO DO TRABALHO
DATA DE APROVAÇÃO
COMPONENTES DA BANCA EXAMINADORA
MODELO DE FOLHA DE APROVAÇÃO
DANIELA MENEZES FERREIRA
ACEITABILIDADE DE QUEIJO TIPO “PETIT
SUISSE” À BASE DE RICOTA E À BASE DE TOFU
SABOR MARACUJÁ
Trabalho de Conclusão de Curso
apresentado às Faculdades
Associadas de Uberaba-FAZU
Curso de Engenharia de Alimentos,
aprovado pela banca examinadora
constituída pelos seguintes membros:
Uberaba, 25 de janeiro de 2004
__________________________________________
Prof. Dr. José Mauro Valente Paes - EPAMIG
(Convidado)
___________________________________________
Profª Drª Adriana Cristina Mancin - FAZU
(Orientador – FAZU)
___________________________________________
Profª MSc. Fernanda B. Borges Jardim
(Professora da Disciplina)
DEDICATÓRIA
PÁGINA ONDE O AUTOR PRESTA
UMA HOMENAGEM A ALGUÉM
MODELO DE DEDICATÓRIA
A Deus pela força e fonte de luz em todos os
momentos.
Ao meu pai Sylvio Paolinelli (in memorian),
com quem não pude compartilhar algumas
conquistas importantes.
À minha mãe, Vanylda Rezende Paolinelli,
pelos exemplos de fé, dedicação e
humildade.
A todos os amigos que se fizeram sempre
presentes em minha vida.
AGRADECIMENTOS
PESSOAS E/OU
CONTRIBUIRAM
RELEVANTE À
TRABALHO
INSTITUIÇÕES QUE
DE
MANEIRA
ELABORAÇÃO
DO
MODELO DE AGRADECIMENTOS
AGRADECIMENTOS
Agradeço de forma especial, à minha
orientadora, Profª MSc. Nilza Consuelo A.
Pinheiro, a quem devo manifestar a minha
gratidão, pela paciência, disponibilidade e
atenção dispensadas no anseio de mostrarme o caminho acadêmico das pesquisas, visto
que sem a sua reconhecida competência,
orientação, apoio, crítica, compreensão,
confiança e incentivo, este trabalho não teria
sido possível.
Aos colegas do curso, que me
proporcionaram momentos de dedicação,
respeito e envolvimento com o curso.
A todos que, direta ou indiretamente,
colaboraram na realização deste trabalho.
EPÍGRAFE
PENSAMENTO
OU
FRASE
INDICAÇÃO DE AUTORIA
COM
MODELO DE EPÍGRAFE
“Bom mesmo é ir à luta com determinação,
Abraçar a vida e viver com paixão...
Perder com classe e vencer com ousadia ...
Pois o futuro pertence a quem mais se
Atreve, e a vida é muito para ser
Insignificante ...”
CHARLES CHAPLIN
RESUMO EM PORTUGUÊS
VERSÃO PRECISA, ABREVIADA E
SELETIVA DO TEXTO
Até 500 PALAVRAS
PALAVRAS-CHAVE
NBR 6028/2003 DA ABNT
MODELO DE RESUMO EM PORTUGUÊS
RESUMO
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Palavras-chave: Tecnologias de informação e
comunicação. Biblioteca
universitária. Ensino superior.
RESUMO EM LINGUA ESTRANGEIRA
MESMAS CARACTERÍSTICAS DO
RESUMO EM PORTUGUÊS
PALAVRAS-CHAVE E/OU DESCRITORES
NA LÍNGUA
MODELO DE RESUMO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
ABSTRACT
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Key words: Tecnology of information and
communication. University library.
Higher education.
LISTAS
QUANDO O NÚMERO DE TABELAS E
ILUSTRAÇÕES FOR EXCESSIVO
DEVE CONTER O NÚMERO, O TÍTULO E A PÁGINA
ABREVIATURAS, SIGLAS E SÍMBOLOS
ACOMPANHADOS DO SIGNIFICADO
MODELO DE LISTA DE ILUSTRAÇÕES
(na ordem em que são citadas no texto)
LISTA DE ILUSTRAÇÕES
Figura 1 – Evolução da informação .......... 45
Gráfico 1 – Evolução da biblioteca ............ 47
Gráfico 2 – Espaço físico das BUs ............ 48
Quadro 1 – Comparação das BUs ............ 49
MODELO DE LISTA DE TABELAS
(Na ordem em que se sucedem no texto)
LISTA DE TABELAS
Tabela 1 – Evolução da informação ..........45
Tabela 2 – Evolução da biblioteca ............ 47
Tabela 3 – Espaço físico das BUs ............ 48
Tabela 4 – Comparação das BUs ..............49
MODELO DE LISTA DE SIGLAS
(Ordem alfabética)
LISTA DE SIGLAS
CAPS – Centros de Atenção Psicossocial
FAZU – Faculdades Associadas de Uberaba
NAPS – Núcleo de Atenção Psicossocial
SUS – Sistema Único de Saúde
UAI – Unidade de Saúde Integrada
SUMÁRIO
NUMERAÇÃO PROGRESSIVA
RELAÇÃO DE SEÇÕES E SUBSEÇÕES
DO TRABALHO NA ORDEM EM QUE SE
SUCEDEM NO TEXTO
INDICAÇÃO DA PAGINAÇÃO
MODELO DE SUMÁRIO
SUMÁRIO
1
INTRODUÇÃO ...................................................08
2
REVISÃO DE LITERATURA ............................. 09
2.1 Soja .................................................................... 09
2.2.1 Histórico ............................................................. 11
2.1.2 Composiçáo e valor nutritivo...............................13
3
MATERIAL E MÉTODOS ................................. 15
3.1 Material ..............................................................17
3.2 Obtenção do petit suisse à base de tofu ............19
3.3 Obtenção do petit suisse à base de ricota ......... 21
4
RESULTADOS E DISCUSSÃO ...........................23
5
CONCLUSÃO ..................................................... 25
REFERÊNCIAS............................................................ 30
APÊNDICES
APÊNTICE A – Resultado da análise microbiológica
do queijo tofu .............................................................. 33
APÊNDICE B – Resultado da análise microbiológica
Do queijo ricota ........................................................... 34
ANEXOS
ANEXO A – Análise sensorial do queijo ricota .......... 36
ANEXO B – Análise sencorial do queijo tofu ............. 38
ELEMENTOS TEXTUAIS
INTRODUÇÃO
O ASSUNTO A SER TRATADO, SEUS
OBJETIVOS E FINALIDADES
MÉTODOS EMPREGADOS
DELIMITAÇÃO DA PESQUISA
PERÍODOS ABRANGIDOS
FORMA OBJETIVA E CONCISA
ÚLTIMA PARTE A SER ESCRITA
DESENVOLVIMENTO
LITERATURA RELEVANTE EXISTENTE
- CITAÇÃO DOS AUTORES
PESQUISADOS
EXPLICAR
DISCUTIR
DEMONSTRAR
CONCLUSÃO
ITENS MAIS IMPORTANTES
ESCRITA DE FORMA CLARA E LÓGICA
HARMONIA ENTRE A INTRODUÇÃO E
A CONCLUSÃO
ELEMENTOS
PÓS-TEXTUAIS
REFERÊNCIAS
DOCUMENTOS CITADOS DEVEM SER
RELACIONADOS
NBR 6023/2002 DA ABNT
MODELO DE REFERÊNCIAS
REFERÊNCIAS
AMARAL, S. A do. Web sites: uso de tecnologias no
cumprimento das funções das bibliotecas.
Informação e Sociedade: Estudos, João Pessoa,
v. 15, n. 2, p. 15-40, jul./dez., 2005. Disponível em: <
http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/viewF
ile/30/1511>. Acesso em 25 abr. 2008.
AMARAL, S. A. do; GUIMARÃES, T. P. Sites das
bibliotecas universitárias brasileiras: estudo das
funções desempenhadas. Trabalhos. In:
SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS
UNIVERSITÁRIAS, 12., Recife, 2002. Disponível
em:<
http://www.sibi.ufrj.br/snbu/snbu2002/oralpdf/131.a.p
df>. Acesso em 25 abr. 2008.
BURKE, P. A Classificação do conhecimento:
currículos, bibliotecas, enciclopédias. In: ______.
Uma história social do conhecimento: de
Gutemberg a Diderot. Rio de Janeiro: Jorge Zahar,
2003. p. 78-108.
APÊNDICE(S)
MATÉRIA ELABORADA PELO PRÓPRIO
AUTOR
INFORMAÇÕES ELUCIDATIVAS E
ILUSTRATIVAS
NÃO ESSENCIAIS AO ENTENDIMENTO DO
TEXTO
IDENTIFICADO POR LETRAS MAIÚSCULAS
MODELO DE APÊNDICE(S)
APÊNDICE E - DEPOIMENTO DE BIBLIOTECÁRIA
B SOBRE O PROCESSO DE TRATAMENTO DA
INFORMAÇÃO COM A UTILIZAÇÃO DAS TICs
Para que uma biblioteca possa
disponibilizar serviços de informação de
qualidade, é necessário que suas obras
passem pelo processamento técnico, que é
a atividade primordial para a organização e
conseqüente recuperação eficiente dos
mesmos. É no processamento técnico que
é realizada a análise temática e descritiva
dos documentos por meio dos serviços de
catalogação, classificação e indexação.
A catalogação envolve procedimentos
padronizados, normalizados de
representação documentária para
caracterizar um item individualmente e
também definir seus pontos de acesso.
Mesmo com o desenvolvimento de
tecnologias de informação e comunicação,
os processos técnicos sempre existirão,
acompanhando as mudanças tecnológicas
e as atualizações que se fizerem
necessárias. (Bibliotecário B, Universidade Pública Federal).
ANEXO(S)
CONTÉM DOCUMENTOS NÃO ELABORADOS PELO PRÓPRIO
AUTOR
PARTES INTEGRANTES DO TEXTO
DESTACADAS PARA EVITAR A DESCONTINUIDADE DO
TEXTO
IDENTIFICAÇÃO DEVERÁ SER FEITA EM LETRAS
MAIÚSCULAS
NUMERAÇÃO DA PÁGINA CONTÍNUA AO TEXTO
MODELO DE ANEXO(S)
ANEXO A – DECLARAÇÃO PARA ESTAGIÁRIO
SEM VÍNVULO EMPREGATÍCIO
FACULDADES ASSOCIADAS DE UBERABA – FAZU
(Papel timbrado da empresa com o respectivo CNPJ)
DECLARAÇÃO
Declaramos, para os devidos fins, que NOME
COMPLETO DO ALUNO COMO DEVERÁ
CONSTAR DO DIPLOMA, portador da Carteira do
Trabalho e Previdência Social n. ................, série
............, estagiou nesta empresa, no Setor NOME DO
SETOR/ATIVIDADE, no período de ___/___/___ a
___/___/___, de segunda a sextafeira,
no horário de .....h00 às .....h00.
REFERÊNCIAS - NBR6023/2002
DEFINIÇÃO: conjunto padronizado de
elementos descritivos que permitem a
identificação de um documento
LOCALIZAÇÃO: as citações mencionadas
devem aparecer em lista no final do trabalho
ESPACEJAMENTO E ALINHAMENTO:
espaço simples entre linhas, alinhadas à
esquerda e espaço duplo entre uma referência e
outra.
ELEMENTOS QUE
REFERÊNCIAS
COMPÕEM
AS
Todo termo que determina a entrada
de uma referência vem escrito em
letras maiúsculas
CAMPOS DE UMA REFERÊNCIA
JARDIM, W. R. Alimentação concentrada: para aves domésticas
Autor
13. ed.
Edição
subtítulo
Título:
São Paulo: Nobel, 2004. 192 p.
Local:
Editora,
Data.
Paginação
AUTORIA
PESSOAS FÍSICAS
SOBRENOMES SIMPLES:
QUEIROZ, R. de
SOBREMONES COMPOSTOS:
CASTELO BRANCO, C.
SOBREMONES LIGADOS POR HÍFEN:
DUQUE-ESTRADA, O.
SOBRENOMES COM PREFIXO:
DU PONT, C.
SOBRENOMES QUE DESIGNAM PARENTESCO:
CARVALHO JUNIOR, H.
AUTORIA
ENTIDADES COLETIVAS
REGRA GERAL:
INSTITUTO BRASILEIRO DE BIBLIOGRAFIA E
DOCUMENTAÇÃO.
IDENTIFICANDO O LOCAL:
INSTITUO GEOGRÁFICO DE ESTATÍSTICA (Portugal)
SUBORDINAÇÃO:
NATIONAL RESEARCH COUNCIL. Committe on Animal
Nutrition (Washington, D.C.).
ORGÃOS ADMINISTRATIVOS GOVERNAMENTAIS:
BRASIL. Ministério da Saúde.
AUTORIA
OBRAS ANÔNIMAS
EM CASO DE AUTORIA DESCONHECIDA, A
ENTRADA É FEITA PELA PRIMEIRA
PALAVRA
DO
TÍTULO
EM
LETRAS
MAIÚSCULAS
Ex:
MANUAL da secretária moderna. 11. ed. São
Paulo: Atual, 2007. 160. p.
TÍTULO E SUBTÍTULO
TRANSCREVÊ-LOS COMO APARECEM NA FOLHA
DE ROSTO
OPTAR PELO QUE VIER EM DESTAQUE OU EM
PRIMEIRO LUGAR
DESTACAR COM NEGRITO APENAS O TÍTULO
EDIÇÃO
LOCALIZADA APÓS A INDICAÇÃO DO
TÍTULO
INDICAR EM ALGARISMO ARÁBICO,
DE FORMA ABREVIADA E NA LÍNGUA
DO DOCUMENTO
Ex.: 2. ed. ou 5th ed.
LOCAL DE PUBLICAÇÃO
INDICAR SEMPRE A CIDADE
QUANDO HOUVER MAIS DE UM LOCAL PARA UM
SÓ EDITOR, CITAR O PRIMEIRO OU MAIS
DESTACADO
QUANDO FOR INEXISTENTE, USAR A EXPRESSÃO
SINE LOCO ABREVIADA, ENTRE COLCHETES [S.l.]
EDITORA
TRANSCREVER DA MESMA FORMA QUE
APARECE NA PUBLICAÇÃO, SEM AS
EXPRESSÕES: EDITORA/LIMITADA/COMPANHIA.
SE HOUVER MAIS DE UM EDITOR, CITAR O MAIS
DESTACADO
QUANDO NÃO FOR CITADA, USAR A
EXPRESSÃO SINE NOMINE, ABREVIADA, ENTRE
COLCHETES [s.n.]
DATA DE PUBLICAÇÃO
TRANSCREVER SEMPRE EM ALGARISMOS
ARÁBICOS
SE HOUVER MAIS DE UMA DATA, CITAR A MAIS
RECENTE
SE NÃO FOR CITADA, USAR A DATA APROXIMADA
ENTRE COLCHETES.
DATA DE PUBLICAÇÃO
DATA APROXIMADA:
[1971 ou 1972]
[1969?]
[1973]
[entre 1906 e 1912]
[ca. 1960]
[197-]
[197-?]
[18--]
[18-?]
– um ano ou outro
– data provável
– data certa, não indicada no
item
– use intervalos menores de
20 anos
– data aproximada
– década certa
– década provável
– século certo
– século provável
LIVROS E FOLHETOS
UM AUTOR:
JARDIM, W. R. Alimentos e
alimentação de gado bovino. São
Paulo: Agronômica Ceres,1976. 337p.
LIVROS E FOLHETOS
DOIS AUTORES:
Separam-se os autores com ponto e
vírgula
FERREIRA, M. E.; GRATTAPAGLIA, D.
Introdução ao uso de marcadores
moleculares em análise genética. 3. ed.
Brasília, D.F.: EMBRAPA, 1998. 220 p.
LIVROS E FOLHETOS
ATÉ TRÊS AUTORES:
Separam-se os autores com ponto e
vírgula
SANTINATO, R.; FERNANDES, A. L. T.;
FERNANDES, D. R. Irrigação na cultura
do café. Campinas: Arbore, [199-?]. 146 p.
LIVROS E FOLHETOS
MAIS DE TRÊS AUTORES
Indicar apenas o primeiro seguido da
expressão et al.
SOLER, M. P. et al. Industrialização de
frutas. Campinas, SP: ITAL, 1991. 205 p.
LIVROS EM PARTE
Autor do capítulo é diferente do autor
do livro
CHASSOT, A. I. Orientação virtual: uma nova
realidade. In: BIANCHETTI, L.; MACHADO,
A.M.N. (Org.). A Bússola do escrever: desafios
e estratégias na orientação e escrita de teses e
dissertações. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2006. p.
89-108.
LIVROS EM PARTE
Autor do capítulo é o mesmo autor do
livro
CHIAVENATO, I. Visão histórica da
administração. In: ______. Administração
nos novos tempos. 2. ed. Rio de Janeiro:
Campus, 1999. cap. 2, p. 31-71.
DISSERTAÇÕES E TESES
CARVALHO FILHO, A. Levantamento
detalhado e alterações de alguns atributos
provocados pelo uso e manejo dos solos da
Faculdade de Agronomia de Ituverava/SP.
1999. 88 f. Dissertação (Mestrado em
Agronomia) – Faculdade de Ciências Agrárias
e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista,
Jaboticabal, 1999.
DISSERTAÇÕES E TESES
OBS.: Adotam-se as expressões TESE,
para doutorado, DISSERTAÇÃO,
para Mestrado, MONOGRAFIA,
para especialização e Trabalho
de Conclusão de Curso, para
graduação.
MONOGRAFIA PÓS-GRADUAÇÃO
REIS, M. dos. Treinamento e
desenvolvimento de pessoas: as
concepções dos profissionais atuantes
nesta área sobre a necessidade da
avaliação deste processo. 2007. 113 f.
Monografia (Pós-graduação em Assessoria
Organizacional com Ênfase em Gestão
Organizacional) – Faculdades Associadas
de Uberaba, Uberaba, 2007.
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE
CURSO
BORGES JÚNIOR, S. C. Tecnologia de
aplicação de herbicida. 2007. 49 f.
Trabalho de Conclusão de Curso
(Graduação em Agronomia) –
Faculdades Associadas de Uberaba,
Uberaba, 2007.
CONGRESSOS, SEMINÁRIOS,
REUNIÕES, EM PARTE
CARVALHO, A. C. P. I. F. de. Computação
bioinspirada. In: CONGRESSO DA
SOCIEDADE BRASILEIRA DE
COMPUTAÇÃO, 24., 2004, Salvador, BA.
Anais ... Salvador, BA: SBC, 2004. v. 2, p.
145-191.
ARTIGOS DE JORNAL
com autor
DÁVILA, S. Noticiário dos EUA mira
bolivianos. Folha de São Paulo, São
Paulo, 23 nov. 2009. Mundo, p. A13.
ARTIGOS DE JORNAL
sem autor
MERCOSUL faz mal ao Uruguai, diz
opositor. Folha de São Paulo, São Paulo,
23 nov. 2009. Mundo, p. A12.
ARTIGOS DE REVISTA
sem autor
AGRICULTURA irrigada eleva
produtividade no centro-oeste. Terra
Brasil, Brasília, DF, v. 2, n. 3, p. 40-46,
set. 2009.
ARTIGOS DE REVISTA
com autor
EL-KOUBA, A. et al. Programas de
desenvolvimento comportamental:
influências sobre os objetivos
estratégicos. Revista de Administração
de Empresas, São Paulo, v. 49, n. 3, p.
295-308, jul./set. 2009.
PUBLICAÇÕES SERIADAS
RAYMUNDO, P. R. O Que é administração. São
Paulo: Brasiliense, 1995. 77 p. (Primeiros
passos, 260).
VERBETE DE DICIONÁRIO
MINUTA. In: HOUAIS, A.; VILLAR, M. de S.;
FRANCO, F. M. de M. Dicionário Houais da
língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva,
2001. p. 1928.
Verbete de dicionário eletrônico:
TAUTOLOGIA. In: GARSCHAGEN, D. M. (Ed.).
Língua portuguesa: dicionário eletrônico Barsa.
São Paulo: Barsa Planeta Internacional, [2004].
1 CD-ROM.
LEGISLAÇÃO
BRASIL. Decreto-lei nº 2423, de 07 de abril
de 1988. Estabelece critérios para
pagamento de gratificações e vantagens
pecuniárias aos titulares de cargos e
empregos da administração direta e
autárquica e dá outras providências. Diário
Oficial da União, Brasília, DF., v. 126, n. 66,
p. 6009, 8 abr. 1988. Seção 1, pt. 1.
CD-ROM
BRASIL. Ministério da Agricultura.
Associação Brasileira de Educação
Agrícola Superior. Agrofit 98. São
Paulo: Sonopress Rimo, [1998?]. 1 CDROM.
DVD
AMADEUS. Direção:Milos Forman. Produção: Saul
Zaentz. Intérpretes: F. Murray Abraham; Tom Hulce;
Elizabethe Berridge; Simon Callow; Roy Dotrice;
Christine Ebersole; Jeffrey Jones; Charles Kay.
Produtores executivos: Michael Hausman e Bertil
Ohlsson. Direção de fotografia: Miroslav Ondricek.
Roteiro: Peter Shaffer. Música: Neville Marriner. [s.l]:
Warner Home Vídeo-Brasil, c1998. 1 DVD (160
min.), widescreen, color., legendado.
DOCUMENTOS ELETRÔNICOS
Livro on-line
AZEVEDO, A. O Cortiço. Rio de Janeiro:
Fundação Biblioteca Nacional, [200-].
Disponível em:
<http://objdigital.bn.br/Acervo_Digital/livros
_eletronicos/cortico.pdf>. Acesso em: 22
nov. 2007.
LEGISLAÇÃO (Eletrônica)
BRASIL. Ministério da Agricultura e
Abastecimento. Instrução Normativa nº 4, de 31
de março de 2000. Aprova os regulamentos
técnicos de Identidade e Qualidade de Carne
Mecanicamente Separada, de Mortadela, de
Lingüiça e de Salsicha. Diário Oficial da União,
Brasília, DF, 5 Abr. 2000. Disponível em:
<http://extranet.agricultura.gov.br/sislegisconsulta/consultarLegislacao.do?operacao=visua
lisar&id=7778>. Acesso em: 30 out. 2007.
ARTIGOS DE REVISTA ELETRÔNICA
Revista on-line
FREKING, B. A. et al. Evaluation of the
ovine Callipyge Locus: III. Genotypic
effects on meat quality traits. Journal of
Animal Science, Savoy, IL. v. 77, n. 9,
sept. 1999. Disponível em:
<http://www.asas.org/jas/abs/1999/sep233
6.html >. Acesso em: 3 set. 1999.
ARTIGOS DE JORNAL SEM INDICAÇÃO
DE AUTORIA
Jornal on-line
GUERREIRO, G. Serra lidera intenção de
voto, mas candidaturas adversárias crescem,
diz CNT/Sensus. Folha On Line, São Paulo,
23 nov. 2009. Brasil. Disponível em:
<http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult9
6u656213.shtml>. Acesso em 23 nov. 2009.
DOCUMENTOS DE SITE
FACULDADES ASSOCIADAS DE
UBERABA-FAZU. Secretariado
Executivo Bilíngue: competências.
Uberaba, 2009. Disponível em:
<http://www.fazu.br/novo/?setor>. Acesso
em: 13 nov. 2009.
CITAÇÕES EM DOCUMENTOS
“Citar a fonte de pesquisa é acima
de tudo respeito por quem
estudou, para deixar uma
contribuição importante para quem
está precisando estudar”
(BUENO, 2004)
CITAÇÕES EM DOCUMENTOS
NBR 10520
SISTEMAS DE CITAÇÃO:
Autor-data
Numérico
CITAÇÕES
Sistema autor-data
REFERÊNCIA
PAES, M. L. Arquivo: teoria e prática. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV,
2004. 225 P.
CITAÇÃO
“Observa-se, então, que a finalidade das bibliotecas e dos museus é
essencialmente cultural [...].” (PAES, 2004, p. 16).
Ou
Segundo Paes (2004, p. 16) “[...] a finalidade das bibliotecas e
museus é essencialmente cultural [...].”
CITAÇÕES
Sistema autor-data
CITAÇÃO DIRETA
CITAÇÃO INDIRETA
CITAÇÃO DE CITAÇÃO
CITAÇÃO DIRETA
SÃO TRANSCRIÇÕES TEXTUAIS DE
PARTE DO AUTOR CONSULTADO
SE AS TRANSCRIÇÕES TIVEREM ATÉ TRÊS
LINHAS, DEVERÃO VIR ENTRE ASPAS
DUPLAS
CITAÇÃO DE UM AUTOR
“As necessidades cognitivas estão envoltas
em reações emocionais, de modo que não
são apenas pensadas, mas também
sentidas.”(CHOO, 2003, p.89).
Ou
Segundo CHOO (2003, p.89) “As necessidades
cognitivas estão envoltas em reações
emocionais, de modo que não são apenas
pensadas, mas também sentidas.”
CITAÇÃO DE DOIS AUTORES
“A Identidade e a diferença não são, entretanto,
concebidas como dados da natureza; são
produzidas
cultural
e
socialmente.”
(SEMECHECHEM; JUNG, 2009, p. 10).
Ou
Semechechem e Jung (2009, p. 10) afirmam que
“A Identidade e a diferença não são, entretanto,
concebidas como dados da natureza;
produzidas cultural e socialmente.”
são
CITAÇÃO DE TRÊS AUTORES
“No processo de aprendizagem deve ser ainda
destacado o papel crucial da capacidade de
absorção.” (OLIVEIRA; MARTINS; QUENTAL, 2008,
p. 956).
Ou
De acordo com Oliveira; Martins; Quental (2008, p.
956), “No processo de aprendizagem deve ser ainda
destacado o papel crucial da capacidade de
absorção”.
CITAÇÃO DE MAIS DE TRÊS AUTORES
“A Investigação acústica tem-se revelado um instrumento
preciso na análise da fala, fornecendo insight naquelas
áreas em que a percepção do adulto falha.” (MEZZOMO
et al, 2008, p. 36).
Ou
De acordo com Mezzomo et al (2008, p. 36) “A
Investigação acústica tem-se revelado um instrumento
preciso na análise da fala, fornecendo insight naquelas
áreas em que a percepção do adulto falha.”
TRANSCRIÇÕES COM MAIS DE
TRÊS LINHAS
DEVERÃO SER DESTACADAS DO TEXTO COM RECUO DE 4 CM DA
MARGEM ESQUERDA
ESPAÇAMENTO ENTRE LINHAS SIMPLES
TAMANHO DE LETRA MENOR QUE A DO TEXTO
São as publicações que permitem a circulação da
informação, que possibilitam a socialização, em grande escala,
das novas descobertas.
Milhares de experiências bem-sucedidas perdem-se no
tempo [...] isso gera desconhecimento e a necessidade de
partir da estaca zero em seus projetos e trabalhos de
ensino. (FAZENDA, 1993, p. 98).
PARA ENFATIZAR TRECHOS DA
CITAÇÃO
DEVE-SE DESTACÁ-LOS INDICANDO ESTA ALTERAÇÃO
COM A EXPRESSÃO GRIFO NOSSO OU GRIFO DO AUTOR,
APÓS A CHAMADA DA CITAÇÃO:
“Se as práticas de escrita tiveram uma presença ínfima
na escolaridade prévia à pós-graduação, é lógico que
resulte penoso e difícil entregar-se a elas depois de
adulto.” (MACHADO, 2006, p. 51, grifo nosso).
“[...] as preocupações dos orientadores apontam para
problemas de escrita, para a presença indesejável de
cópia e reprodução e para dificuldades de criar [...].”
(MACHADO, 2006, p. 53, grifo do autor).
TEXTO TRADUZIDO PELO AUTOR
DEVE-SE INCLUIR, APÓS A CHAMADA DA
CITAÇÃO, A EXPRESSÃO TRADUÇÃO NOSSA,
ENTRE PARÊNTESES:
“Ao fazê-lo pode estar envolto em culpa, perversão,
ódio de si mesmo [...].” (RAHNER, 1962, v. 4, p. 463,
tradução nossa).
CITAÇÕES INDIRETAS
SÃO
AQUELAS
EM
QUE
SE
PARAFRASEIAM
IDÉIAS
E/OU
CONCEITOS DE AUTORES
CITAÇÃO DE UM AUTOR
Levacov (1997) afirma que as bibliotecas
eletrônicas foram surgindo gradativamente.
Ou
O Planejamento operacional é constituído de
uma infinidade de planos operacionais que
proliferam nas diversas áreas e funções.
(CHIAVENATO, 2000).
CITAÇÃO DE DOIS AUTORES
O Leitor de um texto qualquer deveria ser, antes
de tudo, um ouvinte não-passivo da voz que
esse material linguístico-elucidativo incorpora e
exterioriza. (MALENTACH; MENEGASSI, 2008).
Ou
Segundo Malentach e Menegassi (2008) a
leitura requer não apenas atitudes, mas que a
elas sejam somadas experiências emocionais.
MÚLTIPLAS CITAÇÕES NUMA
MESMA FRASE
Nas pesquisas de Beckman (1993), Marchiori
(1997) e Rowley (2002), encontram-se conceitos
semelhantes para biblioteca eletrônica e biblioteca
virtual.
NOTA:
As citações indiretas de diversos documentos de
vários autores, mencionados simultaneamente,
deverão aparecer em ordem alfabética.
CITAÇÕES DO MESMO AUTOR, COM MAIS DE
UM TRABALHO NO MESMO ANO
ACRESCENTAR a, b, c... APÓS a DATA
Chiavenato (2000a, 2000b) estudou as teorias de administração
concluindo que as tecnologias de informação modificam
profundamente o trabalho.
E na referência:
CHIAVENATO, I. Introdução à teoria geral de administração. 6.
ed. Rio de Janeiro: Campus, 2000a.
CHIAVENATO, I. Administração nos novos tempos. 2. ed. Rio de
Janeiro: Campus, 2000b.
CITAÇÃO DO MESMO AUTOR, COM
TRABALHOS PUBLICADOS EM ANOS
DIFERENTES
CITAR OS TRABALHOS EM ORDEM CRONOLÓGICA,
SEPARADOS POR VÍRGULA
Estudos sobre capital intelectual foram realizados por
Chiavenato (2000, 2004, 2006).
CITAÇÃO DE MAIS DE UM AUTOR COM
SOBRENOMES IGUAIS
MENCIONAR O SOBRENOME ACRESCIDO DA
LETRA INICIAL DO PRENOME, PARA DISTINGUÍLOS
Estudos realizados por (CHIAVENATO, J. J. ,1998;
CHIAVENATO, I., 2006) tem apontado soluções para a
questão do trabalho em equipe.
CITAÇÃO DE CITAÇÃO
CITAÇÃO DIRETA OU INDIRETA DE UM TEXTO
EM QUE NÃO SE TEVE ACESSO AO ORIGINAL
Exemplos:
... (FAQUETI, 2002 citado por CARPINTEIRO, 2004, p. 24).
Chauí (2001 citado por PIMENTA; ANASTASIOU, 2005, p. 168) ...
EXEMPLOS DE CITAÇÃO DE
CITAÇÃO
Neste sentido, Faqueti (2002 citado por Carpinteiro,
2004) deixa clara a necessidade dos serviços
bibliotecários se integrarem ao processo de ensinoaprendizagem da instituição escolar.
Ou
A Pesquisa constatou que “o controle de circulação de
materiais é uma das funções mais importantes da
Biblioteca, uma vez que se relaciona com a
disponibilidade de materiais aos usuários.” (ROWLEY,
1994 citada por RAMOS, 2004, p.103).
OBSERVAÇÃO
A CITAÇÃO DE CITAÇÃO DEVE SER
USADA COM CUIDADO, ISTO É, QUANDO
FOR IMPOSSÍVEL O ACESSO AO
ORIGINAL, OU SE TRATAR DE OBRA
RARA
REFERÊNCIAS NO FINAL
DO TRABALHO
EM TODOS OS CASOS DE CITAÇÕES, HÁ
NECESSIDADE DE SE FAZER A REFERÊNCIA
COMPLETA DO DOCUMENTO NO FINAL DO TRABALHO
ESTA SEÇÃO SE INTITULARÁ REFERÊNCIAS
REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO
DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
TIPO DE PAPEL:
Os trabalhos devem ser digitados no
anverso das folhas, no formato A4, digitados na
cor preta.
MARGENS:
Deixar para as margens, 3 cm à esquerda e
superior e 2 cm à direita e inferior
REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DOS
TRABALHOS ACADÊMICOS
ESPAÇAMENTO:
Espaço 1,5 no texto corrido. Os títulos das
seções devem ser separados do texto por dois
espaços 1,5.
TIPOS DE LETRAS:
Recomenda-se a utilização da fonte 12 para o
texto
REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DOS
TRABALHOS ACADÊMICOS
PAGINAÇÃO:
A numeração deve aparecer no canto superior direito da
página. A contagem das páginas é feita a partir da folha
de rosto, mas a numeração aparece a partir da primeira
página do texto, em algarismos arábicos.
Se houver apêndice ou anexo, as suas folhas devem ser
numeradas de forma contínua, dando seguimento ao
texto principal.
REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO
DOS TRABALHOS ACADÊMICOS
NUMERAÇÃO PROGRESSIVA:
Recomenda-se o uso da numeração progressiva para a
dar maior clareza à exposição e, facilitar a localização
imediata de cada parte.
INFORMAÇÕES E
SUGESTÕES
BIBLIOTECA DORA SIVIERI
3318-4120
biblioteca@fazu.br
www.fazu.br
Utilize o SOS BIBLIOTECA para se comunicar conosco
Sônia Maria Rezende Paolinelli
Bibliotecária CRB-6/1191
Download

autor - Fazu