3º EMG
[Digite texto]
CP-07
01)Ninguém os guardou no armário.
O termo grifado é:
a) pronome
b) artigo
c) preposição
d) conjunção.
02) Quanto ao emprego de pronomes, a alternativa incorreta é:
a) É difícil para mim aceitar tantas imposições.
b) Não há mais nada entre eu e ela.
c) Quero essa camisa branca que está na tua mão.
d) Ele trazia consigo a esperança da cura.
03)Observe:
1. “Língua certa do povo”.
2. Certa língua do povo.
A colocação da palavra certa após o substantivo língua e antes dele, indica que
a) em 1, certa é pronome indefinido e significa qualquer; em 2, certa é pronome demonstrativo e se
refere-se à língua.
b) em ambas, certa é pronome indefinido.
c) em 1, certa é adjetivo e significa correta; em 2, certa é pronome indefinido e significa qualquer.
d) em ambas, certa é adjetivo.
04)Leia com atenção o texto, extraído de Superinteressante n. 181 (outubro 2002, p. 45):
A neurociência vê o sonho como um mecanismo autorregulador do nosso cérebro. Ele faria a
digestão dos acontecimentos do dia organizando quais informações devem ser guardadas nos
arquivos da memória de longa duração e apagando as que não foram usadas.
Em relação ao texto acima, assinale a opção correta:
a)O pronome ele refere-se a cérebro.
b) Nosso é um pronome possessivo substantivo.
c) Neurociência é palavra simples, isto é, possui um só radical.
d) Neurociência é palavra composta por justaposição.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
Trecho para a questão 05.
A maior parte das empresas de franquia pretende expandir os negócios das empresas de franquia
pelo contato direto com os possíveis investidores, por meio de entrevistas. Esse contato para fins de
seleção não só permite às empresas avaliar os investidores com relação aos negócios, mas também
identificar o perfil desejado dos investidores.
(Texto adaptado)
05)Para eliminar as repetições, os pronomes apropriados para substituir as expressões: das
empresas de franquia, às empresas, os investidores e dos investidores, no texto, são,
respectivamente:
a) seus – lhes – los – lhes
b) delas – a elas – lhes – deles
c) seus – nas – los – deles
d) delas – a elas – lhes – seu
06)Para responder à questão seguinte, leia o fragmento de Machado de Assis, de 1866, e o poema
de Mario Quintana, de 1940, e analise as afirmativas.
TEXTO A
A explicação da minha recusa e do desamor com que eu via a minha prima estava no meu gênio
solitário e contemplativo. Até aos quinze anos fui tido por idiota; dos quinze aos vinte chamavam-me
poeta; e, se as palavras eram diferentes, o sentido que a minha família lhes dava era o mesmo. Era
pouco de ser estimado um moço que não comungava nos mesmos passatempos da casa e via
correr as horas na leitura e nas digressões pelo mato
.
TEXTO B
Eu nada entendo da questão social.
Eu faço parte dela, simplesmente...
E sei apenas do meu próprio mal,
Que não é bem o mal de toda a gente,
Nem é deste Planeta... Por sinal
Que o mundo se lhe mostra indiferente!
E o meu Anjo da Guarda, ele somente,
É quem lê os meus versos afinal...
E enquanto o mundo em torno se esbarronda.
Vivo regendo estranhas contradanças
No meu vago País de Trebizonda...
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
Entre os Loucos, os Mortos e as Crianças.
É lá que eu canto, numa eterna ronda,
Nossos comuns desejos e esperanças!...
I. O uso da primeira pessoa está de acordo com a temática dos textos, relacionada à afirmação da
individualidade.
II. Os dois autores expressam uma atitude crítica ante os interesses sociais que anulam os valores
humanos.
III. Em contextos sociais muito distantes no tempo, os autores expressam, em gêneros diferentes,
seu posicionamento.
Pela análise das afirmativas, conclui-se que está/estão correta(s):
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) I, II e III.
07)No poema “Procura da poesia”, Carlos Drummond de Andrade expressa a concepção estética de
se fazer com palavras o que o escultor Michelângelo fazia com mármore. O fragmento abaixo
exemplifica essa afirmação.
(…)
Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
(…)
Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma
tem mil faces secretas sob a face neutra
e te pergunta, sem interesse pela resposta,
pobre ou terrível, que lhe deres:
trouxeste a chave?
ANDRADE, Carlos Drummond de. A rosa do povo. Rio de Janeiro: Record, 1997, p. 13-4.
Esse fragmento poético ilustra o seguinte tema constante entre autores modernistas:
a) a nostalgia do passado colonialista revisitado.
b) a preocupação com o engajamento político e social da literatura.
c) o trabalho quase artesanal com as palavras, despertando sentidos novos.
d) a produção de sentidos herméticos na busca da perfeição poética.
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
Texto para as questões 8 e 9.
Aula de português
A linguagem
na ponta da língua
tão fácil de falar
e de entender.
A linguagem
na superfície estrelada de letras,
sabe lá o que quer dizer?
Professor Carlos Góis, ele é quem sabe,
e vai desmatando
o amazonas de minha ignorância.
Figuras de gramática, esquipáticas,
atropelam-me, aturdem-me, sequestram-me.
Já esqueci a língua em que comia,
em que pedia para ir lá fora,
em que levava e dava pontapé,
a língua, breve língua entrecortada
do namoro com a priminha.
O português são dois; o outro, mistério.
ANDRADE, Carlos Drummond de. Esquecer para lembrar. Rio de Janeiro: José Olympio, 1979.
08) Explorando a função emotiva da linguagem, o poeta expressa o contraste entre marcas de
variação de usos da linguagem em:
a) situações formais e informais.
b) diferentes regiões do país.
c) escolas literárias distintas.
d) textos técnicos e poéticos.
09)No poema, a referência à variedade padrão da língua está expressa no seguinte trecho:
a) “A linguagem / na ponta da língua”.
b) “A linguagem / na superfície estrelada de letras”.
c) “[a língua] em que pedia para ir lá fora”.
d) “[a língua] em que levava e dava pontapé”.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
Texto para a questão 10.
Carlos estava homem. Sem que se amedrontasse, assuntou a noite envelhecer. Só
reparou no vagar dela. Muito sereno, porém apressado. Aos poucos se apagaram as
bulhas1 da casa, vinte e três horas. Se irritou com a impaciência chegando, que o
fazia banzar2 pelo quarto assim, e lhe dava sensação do prisioneiro que espera o
minuto pra fugir. Puxa! Coração aos priscos3. A calma era exterior. Não. O coração
também se fatigou e sentou. Carlos também sentou. Cruzou os braços pra não
mexer tanto assim, disposto a esperar com paciência. Tomou o cuidado de pôr o
braço esquerdo sobre o outro, que assim o relógio ficava à mostra na munheca. E os
minutos se acabando, tardonhos4. Aliás nem tinha pressa mais, o aproximar da
aventura lhe apaziguava as ardências. Resfriado. Qualquer coisa lhe tirava o calor
dos dedos... Se lembrou de vestir pijama limpo, fez. Depois pensou. Não tinha
propósito
trocar
de
pijama
só
porque.
(...)
Vestiu outra vez o pijama usado e se reconciliou consigo, já confiante.
E outra vez se sentou. Olhava a imobilidade dos ponteiros que lhe abririam a porta
de Fräulein5. Que o entregariam a Fräulein. Uma comoção doce, quase filial
esquentou Carlos novamente. E porque amava sem temor nem pensamento, sem
gozo, apenas por instinto e por amor, por gozo, iria se entregar. Está certo. Carlos
amava
com
paixão.
A imobilidade é a sala de espera do sono. Procurou ler e cochilou. Vinte e três e
trinta, se ergueu. Caceteação esperar! Também o momento estava estourando por
aí, graças a Deus! Sentou na cama. Mais vinte e sete minutos. Vinte e seis... Vinte e
cinco... Vinte e... Nos braços cruzados sobre a guarda da cama, a cabeça dele
pousou. A posição incômoda acordou Carlos. Espreguiçou, empurrando com as
mãos a dor do corpo, sentado por quê? Ah! Lembrança viva enxota qualquer sono.
Hora e meia! Desejo furioso subiu. Sem reflexão, sem vergonha da fraqueza, corre
pra porta de Fräulein. Fechada! Bate. Bate forte, com risco de acordar os outros,
bate
até
a
porta
se
abrir,
entra.
Aqui devem se trocar naturalmente umas primeiras frases de explicação – se ele der
espaço para tanto entre os dois! – porém obedeço a várias razões que obrigam-me a
não contar a cena do quarto.
ANDRADE, Mário de. Amar, verbo intransitivo. Belo Horizonte/Rio de Janeiro:
Itatiaia, 2002.
1
sons
meditar
3
saltos
4
lentos
5
em alemão, forma de tratamento para “senhorita”
2
10)O foco narrativo é um dos elementos que organizam o texto, definindo o ponto de
vista de quem conta a história e delimitando a situação narrada por meio de diversas
estratégias.
No fragmento apresentado, o narrador não faz uso da seguinte estratégia:
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
a) dirigir-se
diretamente ao leitor, comentando os fatos narrados.
b) expor as próprias ideias, deixando suas percepções na narrativa.
c) empregar a terceira pessoa, criticando as ações do personagem principal.
d) mostrar conhecimento das emoções dos personagens, revelando-lhes os
pensamentos.
Read the following text and answer the questions.
The flowering of human consciousness
Earth, 114 million years ago, one morning just after sunrise: the first flower ever to
appear on the planet opens up to receive the rays of the sun. Prior to this
momentous event that heralds an evolutionary transformation in the life of plants, the
planet had already been covered in vegetation for millions of years.The first flower
probably did not survive for long, and flowers must have remained rare and isolated
phenomena, since conditions were most likely not yet favorable for a widespread
flowering to occur. One day,however, a critical threshold was reached,and suddenly
there would have been an explosion of color and scent all over the planet. Later, this
first recognition of beauty was one of the most significant events in the evolution of
human consciousness.
The achievements of humanity are impressive and undeniable. We have created
sublime works of music, literature, painting, architecture, and sculpture. More
recently, science and technology have brought about radical changes in the way we
live and have enabled us to do and create things that would have been considered
miraculous even two hundred years ago. No doubt the human mind is highly
intelligent. Yet its very intelligence is tainted by madness. Science and technology
have magnified the destructive impact that the dysfunction of the human mind has
upon the planet, other life-forms, and upon humans themselves. That is why the
history of the twentieth century is where that dysfunction, that collective insanity, can
be most clearly recognized. A further factor is that this dysfunction is actually
intensifying and accelerating.
We only need to watch the daily news on television to realize that the madness
has not abated, that is continuing into the twenty-first century. Another aspect of the
collective dysfunction of the human mind is the unprecedented violence that humans
are inflicting on other life-forms and the planet itself - the destruction of oxygenproducing forests and other plant and animal life; ill-treatment of animals in factory
farms; and poisoning of rivers, oceans, and air. Driven by greed, ignorant of their
connectedness to the whole, humans persist in behavior that, if continued
unchecked, can only result in their own destruction.
When faced with a radical crisis, when the old way of being in the world, of
interacting with each other and with the realm of nature doesn‟t work anymore, when
survival is threatened by seemingly insurmountable problems, an
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
individual life-form - or a species - will
extinct or rise above the limitations of its
evolutionary leap.
either die or become
condition through an
Responding to this radical crisis that threatens our very survival is humanity‟s
challenge now. A significant portion of the earth‟s population will soon recognize, if
they haven‟t already done so, that humanity is now faced with a stark choice: evolve
or die.
11)The text blames man‟s lack of commitment toward the environment for the
eventual destruction of human life on Earth. Mark the option that best conveys this
idea.
a)) “Earth, 114 million years ago, one morning just after sunrise: the first flower ever
to appear on the planet opens up” […] (lines 1- 2).
b)) “[…] the first recognition of beauty was one of the most significant events in the
evolution of
human consciousness.” (lines 12-14).
c)) “[…] humans persist in behavior that if continued unchecked, can only result in
their own
destruction.”(lines 29-30).
d)) “The achievements of humanity are impressive and undeniable.” (lines 15-16).
12)The first paragraph considers one aspect of “The Flowering of Human
Consciousness”. Mark the option which reflects such an aspect.
a)
b)
c)
d)
Transformation in the life of plants.
Science and technology.
Collective insanity.
Recognition of beauty.
13) The text discusses the collective dysfunction of the human mind. It gives as
examples the destruction of oxygen-producing forests and other plant and animal life;
ill-treatment of animals in factory farms; and poisoning of rivers, oceans and air. The
reason for this behavior is:
a)
b)
c)
d)
lack of choice and insurmountable problems;
explosion of color and scent;
planet‟s survival and evolution of species;
human‟s greed and ignorance
14) In the text, the role of science and technology in the achievements of humanity is
viewed as one of contrast. Mark the option that best characterizes such a role.
a) Miraculous and destructive.
b) Radical and extinct.
c) Impressive and sublime.
d) Evolutionary and intensifying.
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
15) In the fourth paragraph, the repetition
WHEN indicates:
a)
b)
c)
d)
of
the
connective
denial;
emphasis;
doubt;
comparison
Lee con atención el siguiente texto:
De todos los países y pueblos hay uma imagen más o menos tópica, más o menos
real. Se dice, por ejemplo, que los españoles, en general, son apasionados y
bastante desorganizados. Se dice, también, que son simpáticos, amables,
demasiado habladores y un poquito dramáticos. El irlandés lan Gibson( hispanista
que vive en españa), en su libro “Fuego en la sangre: la nueva España”, dice,
además, que los españoles son ruidosos, sensuales, vitalistas e incapaces de
escuchar durante mucho tiempo al interlocutor.
Fuente: MIGUEL, Lourdes; SANS, NEUS. Rápido. Barcelona:
Difusión, 1994
16) Según el texto, se puede decir que:
a) El libro de Gibson está equivocado.
b)Los españoles son callados pero muy alegres y simpáticos.
c) Los españoles son amables y bastante desorganizados.
d) A los españoles les gusta escuchar a su interlocutor.
17) Hay que ver _____ importante que es para María trabajar en ___ teatro del
colégio. Ser ____ hada madrina era su sueño.
Comlete con la opción correcta:
a) el-lo-la
b) lo-el-el
c) lo-el-la
d) el-el-el
18) María es ____ chica que se preocupa excesivamente por todo lo que ocurre
____ mundo, escuchando día a día las malas notícias de la radio o _____ tele.
Complete con la opción correcta:
a) uma-no-da
b) una- no- de la
c) una- en el- de la
d) una- en el- da
19)___ ir a la conferencia nos encontramos profesionales ___ área de
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
matemática y ____ área tecnológica.
Complete con la opción correcta:
a) ao- del- da
b) al- da- da
c) ao- da- da
d) al- del- del
20)En:” demasiado habladores y un poquito dramáticos”, lo subrayado . El termo
subrayado quire decir que lós españoles:
a) falam pouco
c) Falam demais
b) De vez em quanto, falam
d) Quase não falam.
21) (UFF) Uma função real de variável real f é tal que f(1/2) =
 e f(x + 1) = x f(x)
para todo xR.
O valor de f(7/2) é:
a) 
b) 7 
c)
 /2
d) 15  / 8
22) Considere as funções reais f e q definidas por f ( x ) = x2 - 5x e g( x ) = 2x + 3.
f ( x)  f ( g (2))
As soluções da equação
 2 são:
g ( f (2))
a) 2 e 4
23) (UFF)
) 10 + 29 + 26
b) 16 + 29 + 26
c) 22 + 26
d) 17 + 29 + 26
b) 2 e 3
c) 1 e 5
d) 1 e 4
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
24) (UNIRIO) Se f : R  R é uma função
expressão f(x - 1) = x3, então o valor de
a) 0
definida
f(3) é igual a:
b) 1
c) 6
pela
d) 64
25) (PUC) Seja a função f : R  R definida por:
f(x) =
4x  1
3
O elemento do domínio de f, cuja imagem é 5, é:
a) -4/3
b) -1/3
c) 4
d) 7
26)Um satélite de telecomunicações, t minutos após ter atingido sua órbita, está a r
quilômetros de distância do centro da Terra. Quando r assume seus valores máximo
e mínimo, diz-se que o satélite atingiu o apogeu e o perigeu, respectivamente.
Suponha que, para esse satélite, o valor de r em função de t seja dado por
r(t) =
5865
1 + 0,15 ⋅ cos (0,06t)
Um cientista monitora o movimento desse satélite para controlar o seu afastamento
do centro da Terra. Para isso, ele precisa calcular a soma dos valores de r, no
apogeu e no perigeu, representada por S.
O cientista deveria concluir que, periodicamente, S atinge o valor de:
a)12 765 km
b)12 000 km
c)11 730 km
d)10 965 km
27)(FUVEST) Na figura abaixo, a reta s passa pelo ponto P e pelo centro da
circunferência de raio R, interceptando-a no ponto Q, entre P e o centro. Além disso,
a reta t passa por P, é tangente à circunferência e forma um ângulo α com a reta s.
Se PQ = 2R, então cosα vale:
a)
b)
c)
d)
2
6
2
3
2
2
2 2
3

28)(FUVEST) A função y = cos 3 − 3 é periódica de período:
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
2
a) 3
b) 3

c) 3
d) 2
29)(FUVEST) Na figura a seguir, a reta r passa pelo ponto T = (0,1) e é paralela ao
eixo OX. A semirreta Ot forma um ângulo  com o semieixo OX 0º    90º  e
intercepta a circunferência trigonométrica e a reta r nos pontos A e B,
respectivamente.
A área do triângulo TAB, como função de  , é dada por
a)
b)
c)
d)
1−
2
1−
2
1−
2
1−
2




30)(UFJF) Um ângulo do segundo quadrante tem seno igual a
ângulo é igual a:
12
13
. O cosseno desse
1
a) − 13
5
b) − 13
c)
d)
1
13
5
13
31) (G1 - cftmg 2013) Um motor é capaz de desenvolver uma potência de 500 W.
Se toda essa potência for usada na realização do trabalho para a aceleração de um
objeto, ao final de 2,0 minutos sua energia cinética terá, em joules, um aumento
igual a
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
a) 2,5.102.
d) 6,0.104.
b) 1,0.103.
c) 3,0.103.
32) (Espcex (Aman) 2013) Um carrinho parte do repouso, do ponto mais alto de
uma montanha-russa. Quando ele está a 10 m do solo, a sua velocidade é de 1m s.
Desprezando todos os atritos e considerando a aceleração da gravidade igual a
10 m s2 , podemos afirmar que o carrinho partiu de uma altura de
a) 10,05 m
b) 12,08 m
c) 15,04 m
d) 20,04 m
33) (Uerj 2012) Uma pessoa empurrou um carro por uma distância de 26 m,
aplicando uma força F de mesma direção e sentido do deslocamento desse carro. O
gráfico abaixo representa a variação da intensidade de F, em newtons, em função
do deslocamento d, em metros.
Desprezando o atrito, o trabalho total, em joules, realizado por F, equivale a:
a) 117
b) 130
c) 143
d) 156

34)(Espcex (Aman) 2012) Uma força constante F de intensidade 25 N atua sobre
um bloco e faz com que ele sofra um deslocamento horizontal. A direção da força
forma um ângulo de 60° com a direção do deslocamento. Desprezando todos os
atritos, a força faz o bloco percorrer uma distância de 20 m em 5 s.
A potência desenvolvida pela força é de:
Dados: Sen60  0,87; Cos60º  0,50.
a) 87 W
b) 50 W
c) 37 W
d) 13 W
35) (G1 - cftmg 2012) Um carrinho é lançado sobre os trilhos de uma montanha

russa, no ponto A, com uma velocidade inicial V0 , conforme mostra a figura. As
alturas h1, h2 e h3 valem, respectivamente, 16,2 m, 3,4 m e 9,8 m.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
Para o carrinho atingir o ponto C, desprezando o atrito, o menor valor de V 0, em m/s,
deverá ser igual a
a) 10.
b) 14.
c) 18.
d) 20.
36) (Ufla 2010) Um corpo desliza sem atrito ao longo de uma trajetória circular no
plano vertical (looping), passando pelos pontos, 1,2,3 e 4, conforme figura a seguir.
Considerando que o corpo não perde contato com a superfície, em momento algum,
é correto afirmar que os diagramas que melhor representam as direções e sentidos
das forças que agem sobre o corpo nos pontos 1,2,3 e 4 são apresentados na
alternativa:
a)
b)
c)
d)
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
37) (Ufla 2010) Uma esfera de massa 500 gramas desliza em uma canaleta circular
de raio 80 cm, conforme a figura a seguir, completamente livre de atrito, sendo
abandonada na posição P1. Considerando g = 10 m/s2, é correto afirmar que essa
esfera, ao passar pelo ponto P2 mais baixo da canaleta, sofre uma força normal de
intensidade:
a) 5N
b) 20N
c) 15N
d) π N
38)(Puccamp 2010) Num trecho retilíneo de uma pista de automobilismo há uma
lombada cujo raio de curvatura é de 50 m. Um carro passa pelo ponto mais alto da
elevação com velocidade v, de forma que a interação entre o veículo e o solo (peso
aparente) é
mg
neste
5
ponto. Adote g = 10 m/s2.
Nestas condições, em m/s, o valor de v é
a) 10
b) 20
c) 30
d) 40
39)(Ufrrj 2004) Um motoqueiro deseja realizar uma manobra radical num "globo da
morte" (gaiola esférica) de 4,9m de raio.
Para que o motoqueiro efetue um "looping" (uma curva completa no plano vertical)
sem cair, o módulo da velocidade mínima no ponto mais alto da curva deve ser de
Dado: Considere g≈10m/s2.
a) 0,49m/s.
b) 3,5m/s.
c) 7m/s.
d) 49m/s.
40)(Pucsp 2003) Um avião descreve, em seu movimento, uma trajetória circular, no
plano vertical (loop), de raio R = 40 m, apresentando no ponto mais baixo de sua
trajetória uma velocidade de 144km/h.
Sabendo-se que o piloto do avião tem massa de 70 kg, a força
de reação normal, aplicada pelo banco sobre o piloto, no ponto
mais baixo, tem intensidade
a) 36 988 N
b) 36 288 N
c) 3 500 N
d) 2 800 N
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
41) Sabendo que a massa atômica do magnésio é igual a 24 u, determine a massa,
em gramas, de um átomo desse elemento. (Dado: Número de Avogadro = 6,0 .
1023).
a) 24 g.
b) 4,0 g.
c) 24 . 10-23 g.
d) 4,0 . 10-23 g.
42)Considere um copo que contém 180 mL de água. Determine, respectivamente, o
número de mol de moléculas de água, o número de moléculas de água e o número
total de átomos (Massas atômicas = H = 1,0; O = 16; Número de Avogadro = 6,0 .
1023; densidade da água =1,0 g/mL).
a) 10 mol, 6,0 . 1024 moléculas de água e 18 . 1024 átomos.
b) 5 mol, 6,0 . 1024 moléculas de água e 18 . 1024 átomos.
c) 10 mol, 5,0 . 1023 moléculas de água e 15 . 1024 átomos.
d) 18 mol, 6,0 . 1024 moléculas de água e 18 . 1024 átomos.
43)(Fuvest-SP) A tabela abaixo apresenta o mol, em gramas, de várias substâncias:
Tabela com mol de substâncias
Comparando massas iguais dessas substâncias, a que apresenta maior número de
moléculas citadas a seguir é:
a) Au
b) HCl
c) O3
d) H2O
44)(Uespi) Os avanços tecnológicos na eletrônica levaram à invenção do
espectrômetro de massa, um aparelho que determina a massa de um átomo. Um
mineiro, procurando ouro em um riacho coleta, 10 g de peças finas de ouro
conhecidas como “pó de ouro”. Sabendo que a massa de um átomo de ouro é 3,27 ⋅
10−25 kg, calcule quantos átomos de ouro o mineiro coletou.
a) 3 ⋅ 1025
b) 3 ⋅ 1022
c) 5 ⋅ 1020
d) 5 ⋅ 1017
45) (Ufpb) Em uma partida de futebol, um atleta gasta cerca de 720 kcal, o que
equivale a 180 g do carboidrato C3H6O3. A partir dessas informações, é correto
afirmar que essa quantidade de carboidrato corresponde a:
a) 2 mol
b) 1 mol
c) 3 mol
d) 0,5 mol
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
46) Em uma das etapas do ciclo de Krebs, a enzima aconitase catalisa a
isomerização de citrato em isocitrato, de acordo com a seguinte equação química:
A isomeria plana que ocorre entre o citrato e o isocitrato é denominada de:
a) cadeia
b) função
c) posição
d) compensação
47) A respeito dos seguintes compostos, pode-se afirmar que
a) são isômeros de posição.
b) são isômeros funcionais.
c) ambos são ácidos carboxílicos.
d) o composto I é um ácido carboxílico, e o composto II é um éter.
48) Para que a estrutura abaixo indique um composto que tenha atividade ótica,
devemos substituir os grupos R e R‟ por:
a) metil, etil.
b) etil, propil.
c) hidroxila, metil.
d) metil, metil.
49) A partir da fórmula molecular C4H11N, o número possível de isômeros de
compostos orgânicos de cadeia aberta, contendo um grupo amina primária, é:
a) 7.
b) 6.
c) 5.
d) 4.
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
50) Na análise de uma amostra de manteiga rançosa, foram encontrados
compostos com fórmulas moleculares C3H6O e C4H8O2. Sabendo-se que esses
compostos apresentam cadeias carbônicas acíclicas, normais e saturadas, é
possível prever que se trata de
a) aldeídos, cetonas e ácidos carboxílicos.
b) aldeídos, álcoois e éteres.
c) álcoois, éteres e ésteres.
d) ácidos carboxílicos, cetonas e álcoois.
51) Considere os seguintes catabólitos animais:
I. uréia
II. amônia
III. ácido úrico
Assinale a alternativa que contém a seqüência desde o que necessita de menos até
o que necessita de mais água para ser excretado:
a) III – I – II
b) I – II – III
c) I – III – II
d) III – II – I
52) No homem, várias substâncias presentes no sangue chegam ao néfron,
atravessam a cápsula de Bowman e atingem o túbulo renal. Várias dessas
substâncias são, normalmente, reabsorvidas, isto é, do néfron elas são
lançadas novamente ao sangue, retornando a outras partes do corpo.
Entre essas substâncias normalmente reabsorvidas, no nível do néfron, podem
ser citadas:
a) água e uréia;
b) água e glicose;
c) glicose e uréia;
d) aminoácidos e uréia.
53) Considere as listas a seguir referentes às estruturas e funções do sistema
excretor humano.
I. Néfron
II. Bexiga
III. Uretra
IV. Ureter
a) Condução de urina para o meio externo.
b) Produção de urina.
c) Armazenamento de urina.
d) Condução de urina até o órgão armazenador.
Assinale a alternativa que associa corretamente cada estrutura à sua função
.
a) Ia, IIb, IIIc, IVd
b) Ib, IIc, IIIa, IVd
c) Ib, IId, IIIc, IVa
d) Ic, IIa, IIId, IVb
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
54) A reabsorção de água pelos rins é controlada hormonalmente. Esse
hormônio atua nos túbulos néfricos e nos ductos coletores, aumentando sua
capacidade de reabsorção de água quando nosso organismo necessita dessa
substância.
Marque a alternativa que indica corretamente o nome desse hormônio.
a) Estrogênio.
b) Oxitocina.
c) Vasopressina.
d) Somatotrofina.
55) O sangue, ao circular pelo corpo de uma pessoa, entra nos rins pelas
artérias renais e sai deles pelas veias renais. O sangue das artérias renais:
a) É mais pobre em amônia do que o sangue das veias renais, pois nos rins
ocorre síntese dessa substância pela degradação de ureia.
b) É mais rico em amônia do que o sangue das veias renais, pois nos rins
ocorre degradação dessa substância que se transforma em ureia.
c) É mais pobre em ureia do que o sangue das veias renais, pois os túbulos
renais secretam essa substância.
d) É mais rico em ureia do que o sangue das veias renais, pois os túbulos
renais absorvem essa substância.
56) No que se refere ao tipo de coração, os animais podem apresentar o
coração dividido em 2, 3 e 4 cavidades, classificando-se respectivamente
como:
a) mamíferos, peixes, aves;
b) peixes, anfíbios, aves;
c) anfíbios, répteis, mamíferos;
d) peixes, aves, anfíbios;
57) Na circulação dos mamíferos, o coração funciona como uma bomba que se
contrai e se relaxa ritmicamente. O sangue bombeado percorre todo o corpo
numa seqüência constante. Assinale a afirmação correta entre as abaixo
apresentadas.
a) O sangue venoso passa do átrio para o ventrículo direito e de lá é bombeado
para a artéria pulmonar.
b) A artéria pulmonar se ramifica levando o sangue arterial para o pulmão,
onde ocorre a hematose.
c) O sangue arterial volta ao coração pela aorta, entrando pelo átrio direito e
recomeçando o trajeto.
d) É chamada pequena circulação a via que leva o sangue arterial aos tecidos
e traz de volta o sangue venoso para o coração.
3º EMG
CP-07
58) A partir de registros fósseis, sabe-se que no Período Jurássico a 200 milhões de anos atrás,
haviam cerca de 300 Famílias de insetos; enquanto entre os quadrúpedes haviam cerca de 100
Famílias. A partir do Período Cretáceo, há cerca de 100 milhões de anos até o Período Terciário,
mais recente, o número de Famílias de Insetos quadruplicou enquanto o número de Famílias de
quadrúpedes apenas dobrou. Percebe-se que os insetos constituem um grupo bastante bem
sucedido na conquista do ambiente terrestre. Uma das características que possibilitou essa
adaptação foi a presença de:
a) respiração traqueal.
b) circulação fechada.
c) fecundação externa.
d) tubo digestivo incompleto.
59) (UFRN) Durante a respiração, quando o diafragma se contrai e desce, o volume da caixa
torácica aumenta; por conseguinte a pressão intrapulmonar:
a) diminui e facilita a entrada de ar.
b) aumenta e facilita a entrada de ar.
c) diminui e dificulta a entrada de ar.
d) aumenta e dificulta a entrada de ar.
60) O gráfico representa o mecanismo de ação de um determinado hormônio no néfron.
Verifica-se, pela análise do gráfico, que este hormônio é:
a)a vasopressina
b)o calcitriol
c)a tiroxina
d)a aldosterona
Centro Educacional Professor Ruy Azevedo
Avenida Getúlio Vargas – 243/253 – Centro
Santo Antônio de Pádua – RJ – CEP: 28.470-000
Tel.: (22) 3853.2252
www.colegiocepra.com.br
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
61) Com o avanço do consumo como lógica de expansão capitalista, a demanda por energia
tende a crescer em todo o mundo. A partir da análise do gráfico, é correto inferir que a(o)
a) estabilização do crescimento da população assegurará o decréscimo da utilização de petróleo.
b) consumo gradativo do combustível fóssil possibilitará a equalização do acesso ao recurso no
mundo.
c) relação direta entre natalidade e utilização energética permitirá o controle de crises nos
formigueiros humanos.
d) ampliação gradual do uso do hidrocarboneto revelará a inserção crescente da população no
circuito consumista.
62) Fontes de energia são fundamentais para o funcionamento da sociedade. Em função de
alterações climáticas, existe um debate amplo relacionado à diversificação da matriz energética e
à adoção de fontes de energia renováveis.
Com relação a este tema, marque a alternativa abaixo que NÃO é coerente com os debates
atuais.
a) Apesar de a utilização de biocombustíveis oferecer vantagens por ser uma fonte de energia
renovável e emitir menos gases poluentes durante a combustão, diversos especialistas defendem
que a produção em larga escala pode ter efeitos negativos sobre a produção de alimentos.
b) Apesar de ser uma fonte de energia renovável e não emitir poluentes, a energia hidrelétrica
não está isenta de impactos ambientais.
c) As principais barreiras à opção pela produção de energia nuclear dizem respeito à segurança,
à disposição dos rejeitos radioativos e à proliferação de armas nucleares, além dos custos de
construção e manutenção das usinas nucleares.
d) A ausência de tecnologia no setor é apontada como a grande barreira para a substituição de
derivados do petróleo como uma das principais fontes de energia empregadas.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
63) A apropriação antrópica dos recursos naturais renováveis e não renováveis como fontes
energéticas tem aumentado consideravelmente nas últimas décadas, trazendo consequências
socioambientais desastrosas para grande parte das populações da Terra. Neste contexto, é
correto afirmar que (o) (a)(s):
a) biocombustíveis obtidos do aproveitamento de matérias primas diversas têm sido a esperança
de uma obtenção mais limpa de energia oriunda de recursos naturais renováveis. O Brasil é um
dos países que tem investido na tecnologia de sua fabricação com aproveitamento de vegetais
como a cana-de-açúcar para fabricação do etanol e da mamona e outros para o biodiesel.
b) hidroeletricidade constitui a matriz energética da maioria dos países desenvolvidos
industrializados, sendo considerada uma forma de energia não poluente, de baixo custo de
aquisição e renovável, por estes motivos é largamente utilizada.
c) carvão mineral é um dos combustíveis fósseis de recente utilização pelo setor fabril com um
aproveitamento energético expressivo, em razão das insignificantes consequências ambientais
que sua exploração acarreta, quase sempre pouco danosas no que diz respeito ao meio
ambiente.
d) petróleo é a principal fonte energética do planeta, sendo matéria prima fundamental para vários
tipos de indústrias, é um combustível bastante nocivo para a saúde humana. Nos últimos anos,
sua utilização tem diminuído de forma significativa em função do aumento do uso dos
biocombustíveis.
64) A política estadunidense de estímulo à produção de etanol está vinculada:
a) Não apenas à procura de combustíveis alternativos, dos quais o etanol é um exemplo, mas
também a transformações no processo produtivo, beneficiando, assim, a proteção de reservas
florestais de países em desenvolvimento.
b) À busca de transformações culturais e políticas, de modo a promover uma verdadeira
"revolução verde", com mudanças permanentes de padrões e hábitos de produção, distribuição,
circulação e consumo de alimentos industrializados.
c) À lógica de mercado, segundo a qual o cultivo de produtos agrícolas é direcionado para a
fabricação de biocombustíveis, mais lucrativos, o que gera escassez e elevação dos preços dos
alimentos.
d) À procura de combustíveis alternativos, como o etanol, a fim de potencializar o uso da terra,
gerando emprego, renda e conjuntamente a expansão da produção de alimentos para um
mercado em constante processo de ampliação.
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
65) Leia a manchete a seguir:
Brasil precisa de investimento em energia limpa.
16/02/2011 - Jornal Folha de São Paulo.
Sobre o assunto tratado, é CORRETO afirmar que a(o)
a) biomassa, também chamada de energia renovável, é um tipo de energia limpa, desenvolvida
por meio de plantações energéticas, porém, mesmo quando é produzida de maneira sustentável,
emite grande quantidade de carbono na atmosfera.
b) energia limpa é aquela que não emite grande quantidade de poluentes para a atmosfera e é
produzida com o uso de recursos renováveis, a exemplo de biocombustíveis como a cana-deaçúcar e as plantas oleaginosas que são fontes de energia originadas de produtos vegetais.
c) Bacia de Campos, no Brasil, possui as maiores reservas de xisto betuminoso que é
considerado uma fonte de energia limpa renovável, não se esgota e pode ser aproveitado
indefinidamente sem causar grandes danos ecológicos.
d) lenha, energia eólica e energia solar, apesar de se constituírem em fontes de energia não
renováveis, são consideradas energias limpas e se destacam por suprirem a maior parte das
necessidades brasileiras de eletricidade e por apresentarem uma série de vantagens ambientais.
66) (Mackenzie)
3º EMG
CP-07
[Digite texto]
Tendo como base de análise a figura e os aspectos que definiram a Primeira Revolução
Industrial, considere as afirmativas a seguir:
I. Inicia-se nas últimas décadas do século XVIII e estende-se até meados do século XIX. A
invenção da máquina a vapor e o uso do carvão como fonte de energia primária marcam o início
das mudanças nos processos produtivos.
II. O Reino Unido foi o primeiro país a reunir condições básicas para o início da industrialização
devido à intensa acumulação de capitais no decorrer do Capitalismo Comercial.
III. Os mais destacados segmentos fabris desta fase foram o têxtil, o metalúrgico e o de
mineração.
IV. As transformações produtivas desta fase atingiram rapidamente outros países como a
Alemanha, França e Estados Unidos ainda no Século XVIII recrutando operários com salários
atrativos promovendo, assim, um intenso êxodo rural.
Estão corretas,
a)apenas I, II e III.
c) apenas II, III e IV.
b) apenas I, II e IV.
d) apenas I, III e IV.
67) (Ufrgs) Leia o enunciado abaixo.
O comércio marítimo triangular deu uma contribuição enorme ao desenvolvimento industrial da
Inglaterra. Seus lucros fertilizaram todo o sistema de produção do país.
WILLIAMS, Eric. Capitalismo e escravidão. São Paulo: Cia. das Letras, 2012. p. 157.
Considere as seguintes afirmações sobre o comércio triangular.
I. O comércio triangular britânico consistia, principalmente, no envio de produtos manufaturados
ingleses para a África; de escravos africanos para o Caribe; e de produtos coloniais,
especialmente o açúcar, para a Inglaterra.
II. Os lucros obtidos pelo comércio triangular forneceram um dos principais fluxos de acumulação
de capital que financiaram a Revolução Industrial inglesa.
III. A utilização de mão de obra livre nas plantations produtoras de açúcar garantia altos níveis de
lucratividade para seus proprietários.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas III.
c)Apenas I e II.
d) Apenas II e III.
68) (Uema) “Os carneiros, antes animais tão delicados e inofensivos, tornaram-se devoradores
de homens.”
MORUS, Thomas. A Utopia. Tradução: Paulo Neves. Porto Alegre: L&PM Editores, 1ª Ed. 1997.
A frase de Morus faz alusão a um dos principais fatores que antecedeu a Revolução Industrial,
conhecido como
a) as doenças provocadas pelas condições de trabalho.
b) o surgimento da propriedade privada.
c)o cercamento dos campos.
d) o nascimento da classe operária.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
69) (Ufsm) Analise o texto:
Com todas as suas deficiências, as primeiras Leis Fabris [Grã-Bretanha, 1802 e 1819] foram os
primeiros direitos sociais legalmente conquistados na era do capitalismo industrial. A limitação da
idade para o trabalho infantil e da jornada de trabalho para crianças e adolescentes são
intervenções significativas do Estado no funcionamento [...] do mercado de trabalho. Essas leis
declaram que a liberdade de contratar não é ilimitada e que o limite é a pessoa humana, cuja
integridade física e mental tem de ser preservada.
SINGER, Paul. “A cidadania para todos”. In: PINSKY, J. (org.). História da Cidadania. SP:
Contexto, 2010. p. 222.
A partir do texto, assinale a alternativa correta.
a) Interessados na integridade e bem-estar dos trabalhadores, os industriais e o Estado britânico,
desde cedo, favoreceram uma ampla legislação trabalhista.
b) Desde a Revolução Industrial, os capitães de indústrias se preocupam com a implantação de
uma legislação trabalhista estabelecida pelo Estado, pois só assim se concretizam os ideais do
liberalismo.
c)As leis que asseguram limites às relações de trabalho são importantes para o movimento
operário, porém, historicamente, não garantiram a sua efetivação, exigindo a mobilização dos
trabalhadores.
d) Do ponto de vista do movimento operário, desde o início da Revolução Industrial, era
importante defender a livre contratação dos empregados pelos patrões, assim como a não
intermediação do Estado nas negociações salariais.
70) (Uel) A Revolução Industrial foi acompanhada por profundas transformações na Europa. Os
novos meios de transporte, que utilizavam as máquinas térmicas recém-criadas, foram essenciais
aos avanços relacionados à industrialização por todo o continente. Naquele período, foi
demonstrado teoricamente que uma máquina térmica ideal é aquela que descreve um ciclo
especial, denominado ciclo de Carnot.
Sobre os princípios físicos da termodinâmica e do ciclo de Carnot, assinale a alternativa correta.
a)As máquinas térmicas, que operam em ciclos, são incapazes de retirar o calor de uma fonte e o
transformar integralmente em trabalho.
b) Em uma máquina térmica que opera em ciclos de Carnot, ocorrem duas transformações
isobáricas e duas isovolumétricas.
c) No ciclo de Carnot, ocorre uma transformação reversível, enquanto as demais são
irreversíveis.
d) O rendimento de uma máquina térmica é nulo quando as etapas do ciclo de Carnot forem
transformações reversíveis.
71) (Ufrgs) Durante o século XVII, a Inglaterra experimentou um período de profundas e violentas
transformações políticas, desde a eclosão da Guerra Civil Inglesa (1642-1651) até a Revolução
Gloriosa (1688).
Entre as principais consequências desse processo, podem ser enumeradas
a)a transição do absolutismo para uma monarquia constitucional e a limitação dos poderes
políticos do monarca.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
b) a abolição da propriedade privada e a adoção de um sistema de terras comunais em todo o
país.
c) a independência das treze colônias inglesas da América do Norte e a abertura dos portos
ingleses aos navios estrangeiros.
d) a derrota militar das forças reformistas e a consolidação do absolutismo monárquico nas mãos
de Oliver Cromwell.
72) (Ufsm) No Império Romano, o sal era um dos fundamentos tradicionais da vida e da cultura.
Esse hábito permaneceu entre os europeus e, apesar de ser conhecido nos vários continentes, o
sal não era usual na dieta dos povos africanos ou indígenas até o contato mais sistemático com
os brancos, ocorrido a partir do século XVI. Qual das situações históricas a seguir NÃO influiu no
processo de difusão da cultura europeia no período?
a) Expansão marítima da Era Moderna.
b) Tráfico de escravos da África para a América.
c) Estabelecimento de missões e reduções pela Companhia de Jesus.
d)Revolução Gloriosa.
73) (Ufpr) Na figura abaixo vemos à esquerda uma ilustração de Guy Fawkes, inglês católico
morto em 1605 após tentar explodir o Parlamento inglês na “Conspiração da Pólvora”, e um
manifestante inglês usando a máscara de Guy Fawkes em 2011 (inspirada na graphic novel V de
Vingança, transformada em filme em 2006) e portando um cartaz no qual se lê: “O povo não deve
temer seu governo”.
Sobre os contextos do século XVII e do século XXI em que a figura de Guy Fawkes aparece,
identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas:
(
(
(
(
) Guy Fawkes pertenceu a uma legião de opositores católicos à dinastia dos Stuart, que
tentou estabelecer um regime absolutista na Inglaterra ao longo do século XVII.
) Atualmente, o uso da máscara de Guy Fawkes mantém o ativismo católico do personagem
original, ao defender a opção preferencial pelos pobres e uma teologia de libertação através
do ciberativismo.
) Enquanto Guy Fawkes foi demonizado como traidor à Coroa inglesa desde o século XVII,
atualmente as máscaras de Guy Fawkes representam a contestação ao autoritarismo e à
injustiça, como no movimento Ocupe Wall Street e em diversos protestos pelo mundo.
) Após a Conspiração da Pólvora, outras revoltas ocorreram no século XVII na Inglaterra,
culminando na Revolução Puritana (1640) e na Revolução Gloriosa (1688), seja por
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
questões religiosas, seja pelos cercamentos, seja disputa de poder entre a monarquia e o
parlamento.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
a) V – F – F – V.
b) F – F – V – F.
c) F – V – F – V.
d)V – F – V – V.
74) (Mackenzie) A Revolução Gloriosa, na Inglaterra (1688–1689), marcou o início de uma época
de grande prosperidade para o país, lançando as bases para o desenvolvimento capitalista, e
permitiu que o país fosse o pioneiro na Revolução Industrial do século XVIII. Podemos
estabelecer uma relação entre os dois eventos porque
a) o governo passou a impor a religião anglicana, dando fim aos conflitos religiosos e aos
massacres entre católicos e protestantes, liberando mão de obra para as novas técnicas de
produção.
b) o poder real, com a retomada do absolutismo, não encontra empecilhos para dar fim ao
sistema feudal e incentivar a prática capitalista para aumentar os recursos do Tesouro
Nacional.
c)o país, com o advento do Parlamentarismo, passou por transformações, como o acordo político
e econômico entre a burguesia e a nobreza rural que, juntas, promoveram o desenvolvimento
econômico.
d) tanto a tolerância religiosa quanto uma maior liberdade de expressão política por parte da
sociedade civil, características do despotismo esclarecido, incentivaram o desenvolvimento
econômico.
75) (Fgvrj) A Reforma, a despeito de sua hostilidade à magia, estimulara o espírito de profecia. A
abolição dos intermediários entre o homem e a divindade, bem como a ênfase na consciência
individual, deixavam Deus falar diretamente a seus eleitos. Era obrigação destes tornar conhecida
a Sua mensagem. E Deus não fazia acepção de pessoas: preferia falar a John Knox do que à sua
rainha, Maria Stuart da Escócia. O próprio Knox agradeceu a Deus ter-lhe dado o dom de
profetizar, que assim estabelecia que ele era um homem de boa-fé.
Na Inglaterra, as décadas revolucionárias deram ampla difusão ao que praticamente constituía
uma profissão nova – a do profeta, quer na qualidade de intérprete dos astros, ou dos mitos
populares tradicionais, ou, ainda, da Bíblia.
HILL, Christopher, O mundo de ponta-cabeça. Ideias radicais durante a Revolução Inglesa de
1640. Trad. Renato Janine Ribeiro. São Paulo, Companhia das Letras, 1987, p. 103.
O texto se refere ao ambiente político e religioso da Inglaterra no século XVII. A esse respeito é
CORRETO afirmar:
a) A insatisfação popular na Inglaterra era decorrente da perspectiva protestante de manter os
sacerdotes como intermediários entre Deus e os homens.
b) Os revolucionários basearam-se em princípios estritamente racionais e científicos, em uma
nítida ruptura com as crenças e o profetismo da época.
c) Apesar de todas as disputas religiosas dos séculos XVI e XVII, os monarcas ingleses
mantiveram-se neutros, o que permitiu a preservação da monarquia.
d)A movimentação revolucionária esteve vinculada aos conflitos religiosos decorrentes da
chamada Reforma Protestante iniciada no século XVI.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
76) Para Aristoteles, em Etica a Nicomaco, “felicidade [... ] é uma atividade virtuosa da alma, de
certaespécie”.
Assinale a opção que NAO condiz com a referida definiçaoaristotélica de felicidade.
a) Felicidade so é possivel mediante uma capacidade racional, propria do homem.
b) Ter felicidade é obter coisas nobres e boas da vida que sosaoalcançadas pelos que agem
retamente.
c) Felicidade é uma fantasia que o homem cria para si.
d) Nenhum outro animal atinge a felicidade a nao ser o homem, pois os demais nao podem
participar de tal
atividade.
77) No livro II da Etica a Nicomaco, Aristoteles diz que há duas espécies de virtudes – dianoéticae
ética.
A virtude dianoética requer o ensino, o que exige experiencia e tempo. Já a virtude ética é
adquirida pelo hábito e
nao é algo que surge por natureza. Isso nao quer dizer que as virtudes sao geradas em nos
contrariando a
natureza. Para Aristoteles, somos naturalmente aptos a receber as virtudes e nos aperfeiçoamos
pelo hábito.
Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre a éticaaristotélica, considere as afirmativas a
seguir:
(1) A virtude dianoética e a virtude éticasao adquiridas, respectivamente, pela experiencia, tempo
e hábito.
(2) A virtude dianoética e a virtude ética, por serem inatas, sao facilmente aprendidas desde a
infancia.
(3) Os seres humanos sao naturalmente aptos a receber as virtudes éticas, embora nao sejam
virtuosos por
natureza.
(4) O hábito, de forma necessária, nos torna melhores eticamente, contudo as virtudes
independem da açao
para o desenvolvimento moral do individuo.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas 1 e 2 sao corretas.
b) Somente as afirmativas 1 e 3 sao corretas.
c) Somente as afirmativas 3 e 4 sao corretas.
d) Somente as afirmativas 1, 2 e 4 sao corretas.
78) Ética a Nicômaco é o principal tratado ético de Aristóteles. Dois tópicos centrais da
ética aristotélica são a teoria das virtudes e a análise do conceito de justiça. Sobre esses dois
tópicos, leia com
atenção as seguintes afirmativas:
I. Para Aristóteles, o ser humano possui apenas um tipo de virtude, ligada apenas às disposições
morais e não às intelectuais.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
II. As virtudes são o meio-termo entre disposições morais contrárias.
III. Ações morais que exprimem o caráter virtuoso são praticadas por causa de algo exterior a
elas.
IV. Ações morais têm de ser necessariamente as ações voluntárias.
V. Aristóteles determina a sabedoria prática (sophronise) como uma capacidade superior à
inteligência (nous).
VI. Para Aristóteles, a amizade é uma virtude de equilíbrio.
Assinale a opção CORRETA.
a) Somente as afirmativas II, III e VI são corretas.
b) Somente as afirmativas I, IV, V e VI são corretas.
c) Somente as afirmativas I, IV e VI são corretas.
d) Somente as afirmativas II, IV e VI são corretas.
79) “A busca da ética é a busca de um „fim‟, a saber, o do homem. E o
empreendimentohumanocomo
umtodo, envolve a busca de um „fim‟: „Toda arte e todométodo, assimcomotodaação e escolha,
parece tender para um certobem; poristo se tem dito, com acerto, que o bem é aquilo para
quetodas as coisastendem‟.
Nessepassoinicial de aÉtica a Nicômacos, estádelineado o pensamento fundamental da Ética.
Toda atividade possuiseufim, ouemsimesmaouemoutracoisa, e o valor de cadaatividadederiva da
suaproximidadeou distânciaemrelaçãoaoseuprópriofim”.
PAIXÃO, MárcioPetrocelli. O problema da felicidadeemAristóteles: apassagem da ética à
dianoéticaaristotélica no problema da felicidade. Rio de Janeiro: Pós-Moderno,2002. p. 33-34.
Com base no texto e nosconhecimentossobreaéticaemAristóteles, considere as afirmativas a
seguir.
I. O “fim” último da açãohumanaconsistenafelicidadealcançadamediante a aquisição de
honrariasoriundas
davidapolítica.
II. A ética é o estudorelativo à excelênciaou à virtudepróprias do homem, istoé, do “fim” da
vidahumana.
III. Todas as coisastêmumatendência para realizaralgo e, nessatendência, encontramosseu valor,
suavirtude,
que é o “fim” de cadacoisa.
IV. Uma açãovirtuosa é aquelaqueestáemacordo com o dever, independentemente dos seus
“fins”.
Estãocorretasapenas as afirmativas:
a) I e IV.
b) II e III.
c) III e IV.
d) I, II e III.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
80) Com relaçãoaocorretouso da moral, assinale a opçãocorreta.
a) O saber éticotrata do agir do serhumano, tendoem vista qualquerfimque se proponhaaexecutar
materialmente.
b) Segundo o pensamentoaristotélico, a ciência moral considera as açõeshumanasordenadas
para a
realização do fimúltimo, entendidocomo a busca da felicidade pela plena realização da
naturezahumana.
c) Aalienação moral é uma das possibilidadesmorais da ética, sendoválido o seguinteprincípio
moral: "Nãohá
princípio moral", fundamentadonaliberdadehumana.
d) O saber éticotrata da aquisição do conhecimentoteológico transcendental, considerando o
homem um ser
religioso.
81) O sistema feudal por volta do século XV estava em franco declínio, e as cidades
conjuntamente com o comércio cresciam como grande forçaeconômica. Nesse perio
́ do tem
origem uma nova classe social. Qual essa classe social?
a) A burguesia feudal.
b) A nobreza mercantil.
c) O proletariado urbano.
d) A nobreza comercial
82) Karl Marx analisou o modo de produçãoasiático que correspondia à Índia e ao Egito antigo.
No modo de produçãoasiático os meios de produção e a força de trabalho pertenciam?
a) Os meios de produção e a força do trabalho pertenciam ao Estado.
b) A força de trabalho e a produção pertenciam aos sacerdotes religiosos.
c) Os meios de produção e a força de trabalho pertenciam aos nobres.
d) Os meios de produção e a força de trabalho eram pertencentes ao imperador.
83) Os trabalhadores fazem parte processo produtivo, como os proprietários do meio de
produçãotambém fazem parte do processo produtivo. Os trabalhadores participam do processo
produtivo com?
a) Sua participação na produção.
b) Sua força de trabalho.
c) Investimento e os meios de produção.
d) As suas propriedades.
84) O modo de produção que se caracteriza pela relação entre trabalho assalariado e capital é
definido como modo de produção:
a)asiático.
b)camponês.
c)mercantilista;
d)capitalista.
3º EMG
[Digite texto]
CP-07
85) Segundo Karl Marx,
“o modo de produção da vida material condiciona o desenvolvimento da vida social, política e
intelectual em geral”.
Essa tese resume a sua teoria da história, também denominada de:
a)socialismo científico.
b) materialismo histórico.
c)racionalismo cartesiano.
d)fenomenologia do espírito.
Download

3º EMG CP-07