SEMINÁRIO INTERNACIONAL Currículo, Contextualização e Sucesso Curriculum, Contextualiza@on and School Success Prá@cas de contextualização curricular: interrogando o referencial. A disciplina de História 11 maio 2013 FPCE-­‐UP Ângela Rodrigues mapr@ie.ul.pt Entrevistas semidirec@vas a professores: Objec@vos do guião Razões do sucesso dos alunos na disciplina
Lugar do currículo e da sua contextualização no
sucesso
Lugar da formação do professor na estratégia de
contextualização curricular
Vantagens e limites da contextualização curricular
Resultados da análise de conteúdo A Factores (e actores) que contribuem para o sucesso dos alunos B Estratégias pedagógicas que contribuem para o sucesso dos alunos Temas abordados C Relação do professor com o currículo escolar D O que é contextualizar o saber e Como se aprende a contextualizar Na opinião dos entrevistados… sem hierarquizações Factores (e actores) que contribuem para o sucesso dos alunos Ø  Mérito individual Ø  Mérito das turmas Ø  Empenho (curiosidade/ gosto por aprender/ esforço-­‐compromisso / interesse e atenção /autonomia Ø  Gosto pela disciplina, Ø  Aprendizagens anteriores •  Convergência de factores diversos •  Ambiente relacional •  Qualidade dos alunos •  Relevância do professor •  Comunhão de interesses •  Trabalho docente contextualizado no grupo e escola •  Importância da escola • 
• 
• 
• 
• 
• 
• 
• 
• 
• 
Cultura de exigência da escola Bom acolhimento dos alunos Bom relacionamento Bom clima de trabalho Boa colaboração entre professores Liderança esclarecida Monitorização do trabalho docente ArWculação entre os diferentes educadores Lógica de trabalho / Dinamismo Reforço da família Ø  Geral-­‐ o professor conta… Ø  Paixão pelo que ensina Ø  Bom humor Ø  AutenWcidade Ø  Empenho na moWvação Ø  Empenho na orientação Ø  Apoio próximo Sintonia no trabalho dos docentes Bom relacionamento escola e grupo Clima de autonomia escola e grupo Convergência do grupo nos objecWvos ensino •  Proximidade geracional dos professores •  Colaboração interpares (planificação conjunta / projectos em comum/
troca de testes e materiais / •  Reflexão sobre o quoWdiano • 
• 
• 
• 
Estratégias pedagógicas que contribuem para o sucesso dos alunos Princípios norteadores •  Individualização •  Con@nuidade pedagógica •  Treino e trabalho esforçado •  Diferenciação de abordagens •  Trabalho para as competências •  Diferenciação e variedade de ac@vidades fora e dentro da sala de aula •  Aproximação à realidade local •  Incidir na escrita •  Realizar esquemas e sínteses integradores Estratégias pedagógicas que •  Realizar auto correcção e hetero correcção sistemá@cas contribuem para o sucesso dos alunos •  Usar a memorização (exercícios de repe@ção) Prá0cas de ensino •  Promover o trabalho de projecto •  Incen@var a pesquisa •  Promover o trabalho de grupo •  O programa prescrito é para respeitar, Relação do mas…não é esparGlho professor com o currículo escolar •  O professor ajusta o saber (programáGco) aos alunos e suas circunstâncias Possibilidades de contextualização do saber Relação do professor com o currículo escolar Prioridades na gestão do currículo •  Cumprir o programa /preparar para o exame •  Contribuir para as finalidades do ensino da História • 
vivências geracionais •  Adequar aos alunos • 
interesses e mo@vações •  Conseguir a auto regulação do aluno •  Situar no tempo e no espaço •  Avaliar a perGnência do conteúdo •  Ligar ao quoGdiano do aluno O que é •  Aproximar o conteúdo para apreensão mais contextualizar fácil o saber •  Situar na História local •  Não sei •  Formação formal tem peso mas…. Como se •  Experiência profissional é importante aprende a •  Experiência de vida tem peso contextualiza
r •  Socialização com pares não pode marginalizar-­‐se Prá@cas de contextualização curricular: interrogando o referencial – disciplina de História Relembrando o referencial inicial O local O aluno A formação para a diversidade A prá@ca pedagógica Problema@zando o referencial inicial … a parWr do discurso dos entrevistados…. Contextualizar É meio para facilitar / sucesso da aprendizagem O aluno = aprendente com vida A polí@ca educa@va e curricular = aprendizagem desejada O lugar onde se aprende = contextos do aluno O saber O Professor = sua natureza = profissional epistemológica + sua finalidade de ensino pedagógica na escola Pretende usar o aluno como construtor de saberes Fazendo uma provocação… no plano da utopia… a melhoria do sucesso escolar dos alunos requer…. -­‐ Professores -­‐ Profissionais -­‐ de ensino -­‐ na escola • com visão pessoal sobre os fundamentos da profissão docente • com conhecimento aprofundado sobre a políWca educaWva, sobre as políWcas curriculares, sobre o projecto educaWvo de escola • com conhecimento aprofundado sobre o seu objecto de trabalho “o aprendente” • com conhecimento aprofundado do conteúdo que ensina • com conhecimento pedagógico do conteúdo que ensina • com conhecimento de estratégias de ensino e sua avaliação • com conhecimento fundamental sobre a aprendizagem • com autonomia /responsabilidade / condições de trabalho ConWnuum nas decisões tomadas ao longo do processo de desenvolvimento do currículo • Da definição da políWca educaWva • À acção do professor • Para quê orientações programáWcas? • Que uso para os manuais? (fora e dentro da escola) de construção disfarçada • Ao professor e à escola…decidir o quê, quando, como contextualizar … Proibição de estratégias do currículo… 
Download

Ângela Rodrigues