Juliete Silva Nunes, Dra Deisi Scunderlick Eloy de Farias
Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica-PIBIC

A arqueologia histórica deu seus primeiros passos,
tendo como maior preocupação os vestígios dos
grandes monumentos dos colonizadores. Sendo assim,
correto
afirmar
compromete
que,
com
a
arqueologia
trabalhos
de
histórica
restauração
se
de
monumentos e espaços urbanos que fazem parte de
nosso patrimônio histórico arquitetônico, auxiliando na
preservação da memória cultural, aqui compreendida
como quaisquer ações que visem à conservação de
valores culturais de uma nação (SILVA, 1996).

Consideramos importante realizarmos a pesquisa
sobre a Casa da Nação em Jaguaruna, SC, uma vez
que a casa necessitava
ser revitalizada a partir de
organização dos dados históricos e propostas de
conservação e valorização deste monumento. Essa
estrutura encontra-se em situação lastimável, pois
esse
monumento
está
sendo
deteriorado
pela
população local que vem, lentamente, desmontando
partes da casa.
Figura- Casa da Nação, 1970; acervo pessoal. Jaguaruna-SC

Por isso propomos compreender a origem,
função e utilidade desse monumento ao
longo dos anos, a partir de levantamento
documental e fotográfico desse monumento.

Verificar em arquivos públicos documentos, certidões, escrituras e demais
registros;

Realizar entrevistas com moradores antigos em busca de maiores informações
sobre o monumento, produzindo um documento que apontará a memória regional
sobre o monumento que sobreviveu a mais de um século;

Averiguar se há imagens produzidas antes da casa ser quase que totalmente
destruída.

Identificar a ocorrência de mais dessas estruturas ao longo do litoral brasileiro
através de pesquisa bibliográfica e documental.

Para desenvolver a pesquisa, utilizamos o método
quali-quantitativo, que consiste na aplicação de
questionários e entrevistas, tendo como população
investigada
Balneário
os
moradores
Camacho,
da
Jaguaruna
comunidade
–SC.
do
Utilizamos
também o levantamento documental e bibliográfico
aplicando a metodologia de entrevistas para história
oral, tendo como finalidade identificar a origem e
função do monumento Casa da Nação.

Compreender a origem e função do monumento Casa da Nação,
propiciará o desenvolvimento de um trabalho de preservação
dessa estrutura, evitando assim a perda total do monumento.

Com a pesquisa organizaremos um prognóstico a ser entregue
na Prefeitura de Jaguaruna, propondo o Arqueoturismo, como
instrumento de sustentabilidade e preservação do monumento,
além
de
elementos
conhecimento
e
educativos
sensibilização
em
que
gerem
relação
ao
histórico- cultural representado pela Casa da Nação.
interesse,
patrimônio

Percebemos que são existentes muitas hipóteses referentes à origem e
função da Casa da Nação, porém, segundo grande parte da comunidade, a
Casa da Nação fora feita pelo governo, com objetivo de obrigar os soldados
durante as batalhas e armazenar armas. Pousada para os soldados em tempo
de guerra e também para demais viajantes, a tal pousada não possuía um
proprietário específico a casa era de todos que pertenciam à nação, mas
existiam algumas exigências ao se hospedar nela. Os mantimentos usados
eram necessários serem repostos pelos viajantes antes de seguirem viajem, o
mesmo servia com as moedas utilizadas. Já no século XX a Casa da Nação
deixa de ser denominada como pousada e passa a pertencer a famílias bem
conceituadas na época. “Era tudo um apartamentinho, uma casa grande com
puxado, tinha um tronco para amarrar cavalo. Conhece desde os sete anos.
Era com soalho de peroba preta.” ( Maria, 80 anos). A partir dos depoimentos
de alguns moradores que conheceram a Casa da nação antes de ser
depredada entende-se que, a casa era grande, com paredes edificadas com
pedras, conchas, toras de madeira resistentes e fora usado óleo de baleia
na construção.
Download

ARQUEOLOGIA HISTÓRICA NA CASA DA NAÇÃO