www.portaldosjornalistas.com.br
Edição 918
9 a 15 de outubro de 2013
André Luiz Costa assume a Direção Executiva de Jornalismo da Rede Bandeirantes.
José Carlos Carboni passa a diretor nacional de conteúdo das rádios do grupo
n André Luiz Costa deixa a Direção de Jornalismo da Bandnews
FM para assumir o posto de
diretor executivo de Jornalismo
da Rede Bandeirantes, ocupado interinamente por Valdir
uma empresa de medicina e saúde
imprensa: (11) 3897-4122
Zwestch desde a saída de José
Emílio Ambrósio, em dezembro
passado (ver J&Cia 876); Zwetsch
volta à Chefia de Redação. No
cargo novo, André também terá
a responsabilidade de otimizar a
integração dos diversos veículos
da casa. A ideia é convergir a
elaboração de conteúdo e evitar
que equipes de diferentes núcleos “batam cabeça” na apuração
de uma mesma informação. Ele
foi redator, repórter e chefe de
Redação da Rádio Bandeirantes
até 2005, quando foi convidado
a participar da criação da BandNews FM. Outra mudança no
alto escalão do grupo é a de José
Carlos Carboni, antes diretor
Nacional de Jornalismo da Rádio
Bandeirantes e que passa a diretor Nacional de Conteúdo das
rádios do Grupo Bandeirantes,
também com a missão de unificar a produção das emissoras,
minimizando trabalhos dobrados.
Com as mudanças, as funções
antes exercidas por André e Carboni deixam de existir.
Ricardo Anderáos dirigirá Brasil Post, parceria da Abril com Huffington Post
Ele já tem confirmados na equipe Thiago Araújo e Amanda Previdelli. Estreia está marcada para 3 de dezembro
n Ricardo Anderáos foi o nome
escolhido pela Abril para dirigir
seu novo projeto, o jornal digital
Brasil Post, fruto de parceria com
o norte-americano The Huffington
Post, com estreia programada
para o dia 3 de dezembro. O
projeto contará inicialmente com
uma equipe de dez jornalistas
e um executivo para a área comercial, seguindo desenho que
o Huffington Post tem adotado
para o start-up de todas as suas
parcerias internacionais, entre
elas Alemanha, Canadá, Reino
Unido, França, Itália, Espanha,
Japão e Região do Magreb (noroeste da África, abrangendo os
países de língua francesa), e as
outras duas que estão para ser
inauguradas, além do Brasil: Austrália e Índia. Ao lado de Anderáos
estarão Thiago Araújo, que já
vinha atuando ao lado dele no
núcleo de Mídias Sociais da Abril,
e Amanda Previdelli, que hoje
atua como repórter do portal Exame.com. Com a reestruturação
C
M
Y
CM
MY
CY
Prêmio classifica 79 trabalhos para a etapa final
Mais de 170 finalistas representam todas as regiões do País.
n A Comissão de
Seleção do Prêmio
Jornalistas&Cia/
HSBC de Imprensa e Sustentabilidade definiu
nesta 2ª.feira (7/10) os trabalhos
que passam para a etapa final do
concurso. Nela, esses trabalhos
serão submetidos à avaliação
da Comissão de Premiação para
a escolha dos vencedores. São
173 jornalistas finalistas, sendo
76 inscritos e 97 nas equipes,
responsáveis pelos 79 trabalhos
selecionados. O Prêmio recebeu
ao todo 732 trabalhos, de 387 jornalistas. A categoria Jornal teve
maior número de inscrições, com
138 matérias, seguida por 127
da categoria Revista. Webjornalismo contou com 120 trabalhos
inscritos. A categoria Imagem
teve 116, divididos entre 26 de
Imagem-Criação Gráfica e 90 de
Imagem-Fotografia. Televisão recebeu 68 inscrições e Rádio teve
26. A categoria especial Água,
exclusiva neste ano, recebeu
137 inscrições das plataformas
jornal, revista, rádio, televisão e
webjornalismo.
n Alguns veículos conseguiram
chegar à final com mais de um
trabalho, como TV Pajuçara, de
Maceió, Diário do Nordeste (CE),
CMY
K
Valor Econômico (SP), O Globo
(RJ), Globo News (RJ), Gazeta do
Povo (PR) e Jornal do Commercio
(PE). Algumas reportagens se
classificaram em duas categorias
– em Jornal ou Revista e ImagemCriação Gráfica ou Fotografia.
n O anúncio dos vencedores
será feito após 28/10 e a festa de
premiação acontecerá em 13/11,
no restaurante Capim Santo, na
capital paulista.
n A Comissão de Seleção
foi integrada pelos seguintes
profissionais (veja perfil): Jornal
– Ângelo Pavini, Fernando
Porto, Luiz Caversan e Wilson
Marini; Revista – Fernando
Paiva e Wilson Baroncelli;
Rádio – Cid Barboza e Paulo
Vieira Lima; Televisão: Mateus
anunciada em junho pela Abril,
a área de mídias sociais migrou
para a Diretoria de Tecnologia da
Informação e a estratégia continuou sob responsabilidade de
Anderáos, que a acumula com
anuncio_jcia_curso_aberje_david.p
o novo trabalho
no Brasil Post.
(continua na pág. 3)
15
CURSO AVANÇADO
Gestão Estratégica da out
Identidade Organizacional
DAVIDE RAVASI
PROFESSOR DA UNIVERSIDADE BOCCONI, ITÁLIA
aberje.com.br/cursos
Furlanetto e Ulisses Rocha;
Webjornalismo – Igor Ribeiro
e Marcelo Moreira; Imagem
– Luiz Machado Pereira Filho
(Fotografia) e Paulo Sant´Ana
(Criação Gráfica); e Água – Paulo
Antunes e Sérgio Lapastina.
(Confira os finalistas na pág. 2)
E mais...
Imbroglio na Alesp pode resultar em 94 demissões (pág. 3)
Jairo Leal deixa a Abril (pág. 6)
Saem os vencedores do ETCO de Jornalismo (pág. 7)
Mauri König mostra O Brasil oculto em seu novo livro (pág. 8)
Edição 918
Página 2
Os finalistas
n Confira a seguir os finalistas, por segmento, listados sem qualquer ordem de classificação:
Jornal – Floresta de Flávia Milhorance com Rena- combinada turbina produtividade Rogério Andriotti Luiz, Robson
rica, população po- to Grandelle e Vinicius Sassine em solo arenoso, de Ariosto Mes- Davi Quinafelix, Fernanda Didini
bre, de Giovana – O Globo (RJ); Visão integrada, quita e Fernando Yassu – DBO e Laura Machado Salaberry –
Girardi – O Estado de S. Paulo de Celia Rosemblum, com Ra- (MS); Pecuária x Agricultura – Tes- Saúde é Vital (SP).
(SP); O renascer nas cinzas, de chel Cardoso, Adauri Antunes, te final de sustentabilidade para
Rádio – Especial seca no semiMarianna Rios, com Renato Regiane Oliveira, Silvia Czapski o pecuarista brasileiro, de Bruno árido, de Heloisa Cristaldo, com
Ferraz Lima, Maurenilson Freire, e Eduardo Magossi – Valor Eco- Santos – AG A revista do Criador Maria Beatriz de Melo e Messias
Valdson Messias, Elio Rizzo, Ve- nômico (SP); RN autosustentável (RS); Mudança pela conservação, Costa Melo – Nacional FM 96,1
ronica Rocha Machado e Cecilia em energia, de Sara Vasconcelos de João Prudente – Terra da Gen- (DF); Reciclagem – do combate
Pinto Coelho – Correio Braziliense – Tribuna do Norte (RN); e Lixo te (SP); O ocaso de um predador, ao desperdício à oportunidade de
(DF); A desertificação, de Mariste- eletrônico, de Patrícia Comunello de Reinaldo José Lopes – Unesp negócio, de Ana Lúcia Caldas,
la Crispim, com Fernando Maia – Jornal do Comércio (RS).
Ciência (SP); Sobra dinheiro, falta com Nádia Coelho Faggiani,
e Emerson Rodrigues – Diário do
Revista – Mentes, mãos e tudo, de Milly Lacombe e Paola Thais Cristina Alves Passos e
Nordeste (CE); Desafio metropoli- mercado, de Acássia Deliê – Giavina Bianchi – Trip (SP); Muito Marcus Vinicius Lima Tavares
tano, de Giovanni Sandes – Jor- Graciliano (AL); Menos! Criamos além do lucro, de Rafael Freire e – Nacional (DF); Habitantes do
nal do Commercio (PE); Bilhões no uma sociedade de excessos. É Rodrigo Caetano – IstoÉ Dinheiro lixo, de Hebert Araujo – Paraíba
lixo, de Marcelo Monteiro – Zero hora de buscar qualidade em vez (SP); O fim da propriedade, de FM (PB); Alvarenga: soluções para
Hora (RS); Viúvas do veneno, de de quantidade, de Amália Safa- Rafael Quick – Superinteressante um cemitério de lixo, de Karina
Melquíades Júnior e Maristela tle, com Thaís Herrero, Magali (SP); e Sustentabilidade é, sim, Gomes – CBN 780 AM (SP); InCrispim – Diário do Nordeste (CE); Cabral, Gisele Neuls e Tatiane saúde, de André Biernath e Theo dústria descobre o caroço de açaí,
O desafio dos parques nacionais, Klein – Página 22 (SP); Adubação Ruprecht, com André Biernath, de Celso Freire e Cira Pinheiro –
O Liberal CBN (PA); Especial Dia
Mundial do Meio Ambiente, de
Luciana Waclawovsky – Justiça
104,7 FM (DF); Império da areia:
a dragagem que mata o Jacuí,
de Renata Colombo e Fábio da
Silva de Almeida – Gaúcha 93,7
FM (RS); Saneamento básico, de
Cirley Ribeiro – Cultura 103,3 FM
(SP); Pesquisas sustentáveis em
benefício da população amazônica, de Maíra Gabriel Heinen – Nacional da Amazônia (DF); e Cinco
elementos – essência da vida no
planeta, de Denise Viola – MEC
800 AM (RJ).
Televisão – O rei do sabão sustentável, de Thiago Correia, com
José Pereira, Rodrigo Rocha,
Ludmila Calheiros, Denis Karlysson, Márcio Lima e Genivaldo
Santos – Pajuçara (AL); Mapa da
energia, de Noel Coser, com Ro-
drigo Carvalho, Douglas Lima,
Egledio Vianna, Happy Carvalho, Felipe Martins, Rodrigo
Trovão e Walmor Junior – Globo
News (RJ); SP sem carro, de André Trigueiro, com Klara Lavinas
Raunheitti Duccini e Aline Peres
dos Santos – Cidades e Soluções/Globo News (RJ); A escola
sustentável, de Thiago Correia,
com Rodrigo Rocha, Jefferson
Oliveira, José dos Santos, Renata Pais e Eberth Lins – Pajuçara
(AL); Empresas sustentáveis, de
Valéria Almeida, com Flávio
Henrique, Leander Oliveira e
Flávio Cortez – Integração/Globo
Uberlândia (MG); Eu produzo, eu
preservo – Integração lavoura/
pecuária/floresta, de Maria Braga,
com Sebastião Garcia, Caroline
Kleinubing, Diego Mestiço e
Eduardo Ongaro – Programa
ABC/Canal Rural/RBS (RS); Mata
da Sálvia em perigo, de Lucas
Malafaia, com Valdemir Soares
e Renata Pais – Pajuçara (AL);
Cerâmica: crédito de carbono, de
Kelly Cordeiro, com Marcelo
Henrique de Oliveira Moura e
Patrícia Cibele Tenório – Jornal
da Pajuçara Manhã/Pajuçara (AL);
Reciclagem de pneus: do lixo
ao luxo, de Rachel Amorim e
Deocicliano Passos – Pajuçara
(AL); e Série sobre manguezais
brasileiros, de Vladimir Netto,
com Helio Gonçalves, Edivaldo
Simão e Rafael Benoque – Jornal
Nacional/Globo (DF).
Webjornalismo – Projetos sociais e ambientais florescem com
financiamento colaborativo, de
Fabiano Avila – Carbono Brasil
(SC); No extremo sul da cidade
de SP, agricultores apostam nos
orgânicos, de Gabriela Gasparin – G1 (SP); Série energia verde,
de Waldson Costa – G1 (AL); Em
nome do ouro: rastros do mercúrio, de Henrique Kugler – Ciência
Hoje (PR); Mobilidade na palma da
mão, de Ed Wanderley e Tânia
de Lourdes de Sousa Passos
Araújo – Diário de Pernambuco.
com (PE); Especial Sertão adentro,
de Liliana Peixinho – Mercado
Ético (SP); A luz que o Sol traz
depois de se pôr, de Elizabeth
de Oliveira – O Eco (RJ); Após
desintrusão, indígenas se preparam para reocupar Marãiwatsédé,
de Daniel Santini – Repórter
Brasil (SP); Pelo menos um, de
Ciara Carvalho e Julliana de
Melo Correia e Sá – NE10/Jornal
do Commercio (PE); e Amazônia
pública, de Marina Amaral, com
Ana Lima de Souza Aranha,
Carlos Juliano Barros, Fernanda
Ligabue, Ana Castro e Marcelo
Min – Agência Pública de Reportagem e Jornalismo Investigativo
(SP).
Imagem – Criação Gráfica – Planeta Seca, de Amauricio Cortez,
com Gil Dicelli e Pedro Turano, O
Povo (CE); Os novos exploradores
da Caatinga, de Andrea Cardoso,
com Ricardo Hiromi Miura – Revista Unesp Ciência (SP); É assim
que Jundiaí funciona, de Edu Cerioni e Michele Rossi Stella – Diário de S.Paulo (SP); Planeta Água,
de Demetrio Damiani – Dia-a-dia
Revista/Diário do Grande ABC
(SP); Desafio metropolitano, de Ira
Oliveira e Hernanto Barbosa da
Silva – Jornal do Commercio (PE);
Os meninos do Brasil, de Karla
Tenório – Jornal do Commercio
(PE); Órfão da seca, de Marcos
Tavares e Dino Ricardo Pezzole
– Gazeta do Povo (PR); Consumo,
logo existo?, de Robson Vilalba,
Gazeta do Povo (PR); Em rota
de colisão, de Robson Vilaba,
Gazeta do Povo (PR); e Ponta do
Coral – As vantagens de ser assim,
de Ronald Baptista – Diário Catarinense (SC).
Imagem – Fotografia – Maus
ventos das eólicas, de Wilton
Júnior – O Estado de S. Paulo
(RJ); Pesquisa e conservação em
cavernas, de Adriano Gambarini – National Geographic Brasil
(SP); O Brasil de Gonzaga, de
Alexandre Guzanshe – Estado
de Minas (MG); Reciclando vidas,
de Edimar Soares – O Povo
(CE); Pobreza na Calha Norte do
Pará, de Evelson de Freitas – O
Estado de S. Paulo (SP); A ferro e
fogo, de Izan Peterlle – National
Geographic Brasil (SP); Famílias
vivem em casas alagadas por
temer saques durante cheia em
Manaus, de Izinha Toscano – Portal Amazônia (AM); No interior do
RN, rebanho não resiste e morre
de sede e fome, de Magnus
Nascimento – Tribuna do Norte
(RN); e Arroio Pelotas, patrimônio
cultural, de Paulo Rossi – Diário
Popular/Pelotas (RS).
Água – Estiagem II no Ceará,
de Fernando Maia, com Emersomar Rodrigues da Silva e
Maristela Crispim – Diário do
Nordeste (CE); Água para os filhos
de nossos filhos, de Mariana
Lazari, com Luar Maria Brandão
– O Povo (CE); Ameaça rio acima,
de Henrique Gomes Batista e
Rafael Galdo – O Globo (RJ);
Conta Gotas, Celia Rosemblum,
com Sergio Adeodato, Martha
San Juan França, Silvia Czapski, Rosangela Capozoli, Eduardo Belo, Salete Silva, Paulo
Vasconcellos, Angela Klinke,
Patricia Amaral, Andrea Vialli e
André Lachini – Valor Econômico
(SP); Cisternas da discórdia, de
Mariana Dantas e Wladmir Paulino – NE10/Jornal do Commercio
(PE); Tem água pra ver, mas não
pra beber, de Pedro Rocha de Oliveira, com Yargo Sousa Gurjão,
Roger Quentin Pires e Bruno
Lima Xavier – Agência Pública
de Jornalismo Investigativo (CE);
Especial Água, de Mariana Segala, com Guilherme Manechini e
Maurício Oliveira – matéria do
Guia Exame de Sustentabilidade
2012 (SP); Águas divididas, biodiversidade unida, de André Dib
– Terra da Gente (SP); Pernambuco
tem a menor disponibilidade hídrica do Brasil, de Antonio Martins
Neto, com Raí Oliveira, Monica
Carvalho, Ingrid Farias, Fabiane
Assunção, Rodrigo Soares e
Catarina Farias – Jornal do Meio
Dia/SBT (PE); Especial Semana
Mundial da Água 1 e 2, de André
Trigueiro, com Klara Lavinas
Raunheitti Duccini e Aline Peres
dos Santos – Cidades e Soluções/
Globo News (RJ).
Leia na edição 226
n Uma entrevista especial com Enio Campoi, que comemora os 40 anos de fundação de sua Mecânica de
Comunicação; nela, relembra sua infância, o começo na carreira, as inúmeras tentativas de enveredar pela
publicidade, a atuação na época da ditadura e até a curiosa festa de inauguração de um aparelho de telex.
n A edição também destaca a ida de Rogério Louro para a Nissan; as saídas de Tatiana Corrêa Carvalho, da Fiat, e de Gustavo Ruffo,
do Jornal do Carro; além de trazer um miniguia do Salão Duas Rodas, que se realiza esta semana em São Paulo.
n Em Destaque da semana, Luís Perez comenta a invasão carioca nas redações paulistas.
Jornalistas&Cia Imprensa Automotiva – todas as 6ªs.feiras nas mesas e computadores
dos principais jornalistas e assessores de imprensa ligados ao setor automotivo.
Peça sua inclusão no mailing gratuito pelo e-mail [email protected] ou leia diretamente no site www.jornalistasecia.com.br.
Edição 918
Página 3
Brasil Post (continuação da capa)
Referência informativa da web
n O Brasil Post estará essencialmente focado em hard news
e será uma operação editorial
inteiramente independente do
HP, com plena autonomia de voo.
Combinará conteúdos próprios
(redação e blogueiros do Brasil
Post) com conteúdos de todas
as redações e blogueiros do Huffington Post no mundo e contará
ainda com conteúdos gerados
pelos demais núcleos editoriais
da Abril. Vai também usar material
de agências de notícias e, além
disso, operar como um imenso
agregador de conteúdos, acompanhando o melhor da mídia do
País e de redes sociais como facebook, twitter e youtube. “Queremos ser a principal referência
informativa da web”, diz Ricardo;
“Ser o lugar onde se encontra
tudo (de veículos, blogueiros,
redes sociais), mas nos limitaremos, no caso da agregação de
conteúdos, a postar a informação,
redirecionando o internauta para
os veículos de origem, sejam eles
Veja, Folha de S.Paulo, Terra etc..
Queremos atrair o internauta,
mas não engessá-lo”.
n Nesse perfil, o Brasil Post quer
ter o melhor portfólio editorial e,
adicionalmente, mostrar o melhor
das redes sociais (vídeos mais
vistos, posts de maior repercussão em facebook e twitter
etc.). “As redes são hoje muito
mobilizadoras e por isso é fundamental acompanhar e mostrar
para a nossa audiência o que está
acontecendo de mais importante
nelas. O desafio, como se vê, não
é pequeno, e por isso teremos
de ter ao nosso lado uma equipe
com competências para poder
fazer esse múltiplo acompanhamento do mercado – tanto o
editorial quanto o de redes sociais
– e, ainda, produzir conteúdos
próprios relevantes”.
n O Brasil Post nasce dentro da
Unidade de Negócios Digitais,
dirigida por Manoel Lemos, a
quem Anderáos estará subordinado operacionalmente, embora
também se vincule editorialmente ao Conselho Editorial da
empresa. Estará ao lado, entre
outros projetos dessa Unidade,
de IBA (a banca digital da Abril),
Elemídia (que produz conteúdos
para ambientes corporativos
fechados, como elevadores e
supermercados) e Alfabase, núcleo focado em big data (imensos
bancos de dados) e inteligência
de mercado.
n Anderáos passou uma semana
nos Estados Unidos acompanhando a operação local do Huffington
Post, que ali conta com 300 funcionários, em sua maioria engenheiros e jornalistas, trabalhando
lado a lado. E comenta sobre
o que viu: “É de impressionar
tanto a plataforma de tecnologia
que eles desenvolveram quanto
a maneira inovadora de trabalhar,
razões do sucesso mundial dessa
operação. Será excepcional poder
dividir essa experiência, via Editora Abril, para todo o mercado
brasileiro”.
São Paulo
Imbroglio na Alesp pode resultar em 94 demissões nesta 6ª.feira
n Os funcionários que atuam na
operação da tevê e rádio Alesp,
da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, estão desde
o último dia 25/9 trabalhando sob
a incerteza de sua continuidade
ou não na casa. Tudo porque o
contrato do órgão com a Fundac
(Fundação para o Desenvolvimento das Artes e da Comunicação),
terceirizada que desde fevereiro
de 2011 cuida dessa área, termina
nesta 5ª.feira (10/10), e um imbroglio jurídico vem impossibilitando
a entrada de nova contratada. O
processo licitatório contou com
a participação de oito empresas,
entre elas a própria Fundac, que
inclusive foi a responsável pelo
menor lance, mas a falta de um
documento exigido no edital a desabilitou do processo. Com isso,
a produtora GPM, de São José
dos Campos, segunda colocada.
seria a empresa habilitada para
operar os canais. A situação foi
parar no Tribunal de Justiça que
permitiu que a Fundac voltasse
ao processo, mas sem definir
uma data para julgamento da
validade ou não de sua participação. Com o contrato prestes a
vencer, e sem uma definição de
futuro, a Fundac pôs todos seus
funcionários – 94 no total, sendo
26 jornalistas – em aviso prévio
desde 25/9, mas como o contrato
vence nesta 5ª.feira, é provável
que eles não consigam cumprir
até o final. Segundo um desses
funcionários, que preferiu não se
identificar, a empresa acredita
que deverá contornar a situação,
mas internamente a apreensão
dos trabalhadores é muito grande, porque além de não haver
uma clara manifestação por parte
da Fundac, algumas medidas
ameaçadoras vem sendo adotadas pela fundação: “Já colocaram
aqui uma lista com pessoas que
seriam demitidas, inclusive com
seus possíveis substitutos, que
são pessoas que conhecemos
e acreditamos que nem devem
ter sido consultados a respeito
dessa possibilidade”, explicou.
Vale lembrar que a Fundac é a
mesma empresa que atualmente administra a tevê da Câmara
Municipal de São Paulo.
n Na IstoÉ Dinheiro Luís Artur
Nogueira deixa o posto de subeditor de Economia e assume
a recém-criada vaga de editor
Multimídia. Ele passa a integrar
a equipe do diretor de Conteúdo
Digital Ralphe Manzoni Jr., este
também recém-promovido ao
posto, após a saída de Clayton
Melo (ver J&Cia 916). Além de
editar e produzir o conteúdo
multimídia, Luís fará reportagens
especiais de Economia para a revista e continuará com seus dois
boletins diários sobre Economia
para a Rádio Bandeirantes. Para
sua vaga chega Ana Paula Ribeiro, que era repórter de Finanças
no Brasil Econômico. Ainda na
Dinheiro, registro para a saída
do repórter Fernando Teixeira,
também de Finanças.
n Analice Nicolau volta ao ar no
SBT apresentado boletins da noite, após afastar-se por questões
pessoais. Ex-apresentadora do
SBT Manhã, também passou na
emissora por SBT Notícias Breves,
ao lado de Cynthia Benini, Aqui
Agora, Jornal do SBT e SBT Brasil.
n De volta ao Brasil após cinco
anos como correspondente internacional freelancer para Época
e Valor Econômico, nos EUA e
no México, Cláudia Daré está
disponível para frilas no País. Graduada em Rádio e TV pela Faap,
e em Jornalismo pela Metodista,
Cláudia passou pelas tevês Cultura, Fronteira (afiliada Globo em
Presidente Prudente) e Record.
Em comunicação corporativa,
esteve na Andreoli e trabalhou
para a empresa Tekbond, no
México. Seus novos contatos
são [email protected] e
11-998-043-021.
Assessorias-SP
Edson Porto deixa a RedeTV e começa na Ideal
n Edson Porto assumiu em 1º/10
como diretor de atendimento
na Ideal, respondendo pelas
contas Nextel, Pátria, Minerva,
Direct Edge, CNA e Etihad. Porto
estava desde outubro de 2012
como diretor de Esportes da
RedeTV, onde também foi chefe
de Redação por dois anos. Além
da emissora, atuou em BBC, Valor
Econômico, Época Negócios e
UOL. “Atuei em redação por
pouco mais de 20 anos, e há uns
três ou quatro venho namorando
essa ideia, até que surgiu essa
oportunidade excelente na Ideal”,
disse Porto a J&Cia. “É um campo
que está se desenvolvendo
muito dentro da comunicação,
que está se tornando cada vez
mais importante e complexo.
Hoje em dia as agências de RP,
como a Ideal, estão muito mais
preocupadas em comunicação
como reputação da empresa.
Além, obviamente, do trabalho
com a imprensa, isso abrange
o relacionamento com vários
outros stakeholders, engajamento
direto com o público em geral,
construção de conteúdo, coisas
que o jornalista de redação sabe
muito bem fazer”. Paralelamente
aos trabalhos na agência, é sócioinvestidor da Brazil Media Base
(www.brazilmediabase.com),
que presta serviços a jornalistas
e empresas estrangeiros que
vêm a trabalho para o Brasil.
Seu novo contato é edson.
[email protected]
Interinamente, o chefe da redação
Alex Fogaça ocupa o posto que
ele deixou na RedeTV.
Dança das contas-SP
feiras promovidas pela empresa,
o atendimento será feito em
parceria com a própria equipe
de Comunicação da Reed, sob o
comando de Antonio Alves. Mais
informações com Teresa Silva ou
Pedro Pimenta pelos [email protected]
com.br, 11-3030-9463 e 9464.
n A DCC, de Denise Sassarrão
([email protected]
br), assumiu o atendimento à
Wyda Embalagens, empresa
de embalagens descartáveis
para culinária, gastronomia,
cozinha industrial e doceiras. No
atendimento, Tiago Cardoso e
Beatriz Almeida, pelo 11-37913000 ou [email protected]
com.br.
n A RP1 comemora a conquista
da conta do escritório Machado,
M e y e r, S e n d a c z e O p i c e
Advogados. Presente em São
Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo
Horizonte, Porto Alegre e Nova
York, a empresa conta com cerca
de 350 advogados. Atendimento
de Carolina Marcondes,
com coordenação de Lúcia
Guimarães e direção de Marcia
Glogowski. E-mails formados por
[email protected]
São Paulo – Interior e Litoral (*)
Gastronomia, com foco principal
no público que procura opções do
gênero no fim de semana. O diretor
de Jornalismo é Eduardo Ferrari
Batista de Santana e o editor é
Hilton Hartmann.
n A Crucial Comunicação Integrada,
de Santo André, lança a revista
mensal Top ABC (www.topabc.
com.br), que será distribuída
gratuitamente partir de novembro.
Segundo o diretor da agência, Renê
Castro, a publicação, com três mil
exemplares, chega para valorizar a
região do ABC e em breve também
circulará em São Bernardo do
Campo e São Caetano do Sul.
Registro-Litoral – n Morreu
o repórter-fotográfico Paulo
Freitas, aos 57 anos. Ele estava
desaparecido desde 29/9 e seu
corpo foi encontrado em 3/10, em
uma vala às margens da rodovia
Padre Manuel da Nóbrega, após a
prisão do acusado de matá-lo. Paulo
morava em Santos e trabalhou por
27 anos em A Tribuna.
n A 2PRÓ, que já há algum tempo
vem atuando no atendimento
de diversas feiras promovidas
pela Reed Exhibitions Alcantara
Machado, entre elas o Salão Duas
Rodas, foi anunciada também
como assessoria de imprensa do
28º Salão do Automóvel 2014,
lançado oficialmente em 3 de
outubro. Assim como nas demais
n Rita Magalhães, que estava
no Diário da Região, de São José
do Rio Preto, assumiu a Chefia de
Reportagem no jornal A Cidade, de
Ribeirão Preto.
n Na mesma cidade, na próxima
6ª.feira (11/10), o jornal Tribuna
Ribeirão lança uma página de
(*) Colaborou Thell de Castro ([email protected]).
Edição 918
Página 4
São Paulo – continuação
Curtas-SP
Câmara de SP inaugura Praça Vladimir Herzog no próximo dia 25/10
n A Câmara Municipal de São
Paulo inaugura em 25/10 a Praça
Vladimir Herzog e o mosaico feito
com base na obra 25 de outubro,
de Elifas Andreato. A data faz
referência ao dia em que Vlado foi
morto nas dependências do DOI-CODI, em 1975, e a cerimônia
está marcada para começar às 11
horas. A praça fica atrás do prédio
da Câmara Municipal, no início da
rua Santo Antônio, na confluência
com a Praça da Bandeira. O convite, que deverá ser divulgado
oficialmente nos próximos dias,
é assinado pelo presidente da
Câmara, José Américo (PT), e
pelos vereadores José Police
Neto (PSD) – ex-presidente da
Câmara Municipal de São Paulo
e o primeiro autor do projeto que
deu origem à renomeação da
praça (Lei 15.739/2013) – e Gilberto Natalini (PV), presidente da
Comissão Municipal da Verdade
Vladimir Herzog.
n A próxima edição do Fórum de
Gestão do Conhecimento, Comunicação e Memória, evento promovido pela Aberje em parceria
com ECA/USP, Museu da Pessoa
e Memória Votorantim, contará
em sua próxima edição com as
presenças de Anna Reading,
diretora do Departamento de
Cultura, Mídia e Atividades Criativas na Kings College London, e
de Rodrigo Lara Mesquita, do
Estadão. O encontro acontece na
próxima 4ª.feira (16/10), a partir
das 9h, no auditório do Masp (av.
Paulista, 1.578). As vagas são
limitadas e as inscrições devem
ser feitas pelo site da Aberje
(www.aberje.com.br).
n A convite da União Nacional
Islâmica, Klester Cavalcanti
participa no próximo dia 19/10,
às 20h, no Salão da Mesquita
Sobem Santo Amaro (av. Yervant
Kissajikian, 1.130), de palestra-debate sobre seu livro Dias de
inferno na Síria. A Uni vai sortear
dez exemplares entre os presentes.
n Em continuidade à série de
workshops gratuitos para jornalis-
tas sobre Atualidade Econômica
e Investimentos, o Centro de
Estudos em Finanças (GVCef)
da Escola de Administração de
Empresas de São Paulo da FGV,
em parceria com a BBDTVM
(área de fundos do Banco do
Brasil), convida para o seminário
Investimentos em Previdência. A
atividade será conduzida por Altair
Cesar de Jesus, superintendente
de investimentos da Brasilprev.
No dia 11/1, das 9h às 11h30, na
FGV (rua Itapeva, 432, sl. 601).
Confirmações pelo [email protected]
gwacom.com, 11-3030-3000 ou
6620-2234. A iniciativa tem apoio
deste J&Cia.
Agenda-SP
São Paulo sedia Congresso Nacional dos Assessores de Comunicação da Justiça
10 e 11/10 (5ª e 6ª.feiras) – n
O auditório do Edifício MMDC
(av. Ipiranga, 165), prédio que
abriga os gabinetes do Tribunal
de Justiça de São Paulo, será
palco do IX Congresso Brasileiro
de Comunicação e Justiça,
evento que reunirá assessores
de comunicação de Tribunais
de Justiça, Ministérios Públicos,
Tribunais de Contas, Defensorias
Públicas e outras instituições
ligadas ao Judciário. Promovido pelo
Fórum Nacional de Comunicação e
Justiça, o congresso terá, entre
os palestrantes, Ricardo Kotscho
(Record News), Ana Brambilla
(Editora Globo), Frederico
Vasconcellos (Folha de S.Paulo),
Silvana de Freitas (ex-diretora de
Comunicação do STF) e Roberto
Cabrini (SBT). A programação
completa pode ser conferida no
http://conbrascom.fncj.org.br.
10/10 (5ª.feira) – n Serão anunciados os 20 finalistas do Prêmio
São Paulo de Literatura 2013, que
nesta edição irá premiar o Melhor
Livro do Ano com R$ 200 mil. A
partir das 15h, na Biblioteca de
São Paulo (av. Cruzeiro do Sul,
2.630). Informações e credenciamento com Renata Beltrão (112627-8166 e [email protected]
br) ou Natália Inzinna (8162 e
[email protected]).
n Na mesma 5ª, debate entre
o sociólogo espanhol Ignacio
Ramonet, fundador do Le Monde
Diplomatique, e Luis Nassif sobre
os desafios e as transformações
da comunicação na era digital, a
crise dos monopólios midiáticos
e os horizontes da comunicação
alternativa frente a esse contexto.
Às 19h, no Centro de Estudos
da Mídia Alternativa Barão de
Itararé (rua Rego Freitas, 454,
conj. 13). Confirmar presença pelo
[email protected]
11/10 (6ª.feira) – n In Press e Fundamento apresentam, respectivamente, os trabalhos Lançamento
do DVD Barbie e as sapatilhas
mágicas (para Mattel) e Gabribous – o direito das crianças que
não existem mais pra eles (Denis
Franco Goedert) na série Cases
Abracom Anhembi-Morumbi. Das
19h20 às 20h50, na Universidade
Anhembi-Morumbi (av. Paulista,
2000, sala 1.102). Confirmar presença pelo [email protected]
org.br. Entrada franca.
Eu apoio a inclusão do nome
do inventor brasileiro
Roberto Landell de Moura
no currículo obrigatório
do Ensino Fundamental
21/1/1861 – 30/6/1928
Helena Chagas
ministra-chefe da Secretaria de Comunicação
Social da Presidência da República
Bahia (*)
Record extingue sucursais e faz outras mudanças
n Mudanças nas sucursais da
Record Bahia. A emissora fechou o escritório que tinha em
Feira de Santana, transferiu as
duas equipes de jornalismo para
Salvador e unificou as sucursais
de Itabuna e Vitória da Conquista,
que agora funciona em Itabuna.
Em Salvador, Milene Rios deixa
a equipe de Produção do Jornalismo e Aline Cardoso, o posto
de editora. Ainda por lá, Marcus
Pimenta foi transferido para a Record Belém, onde assumiu como
apresentador dos programas
Balanço Geral Casos de Policia e
Cidade Alerta Pará.
n Na Band Bahia, Pauliane Araújo, que veio da sucursal de Feira
de Santana da Record, chega para
o lugar de Cláudia Costa, que
deixou a reportagem do Brasil
Urgente. Juliana Cavalcante
saiu do Band Cidade e seguiu para
a TV Bahia, sendo substituída por
Tiale Acrux, que foi apresentadora da TV Sergipe.
Assessorias-BA
n Mariana Ramos ([email protected]
yahoo.com.br) deixou a Comunicativa, onde atendia à Atento,
e está de volta ao mercado. Ela
teve passagens por assessoria de
comunicação da TWB Bahia, jornal
Correio e agências Darana e Lume.
n A Via Press está à frente da
comunicação da Bienal do Livro da
Bahia, que vai de 8 a 17/11 no Centro de Convenções, em Salvador.
Ela terá o romancista, contista,
cronista e roteirista João Paulo
Cuenca como curador do Café
Literário, além de outros grandes
nomes compondo a curadoria dos
espaços temáticos da feira.
n Depois de sete anos na diretoria da Frente & Verso, Adriana
Jacob tira licença da agência e
parte para um novo voo na Secretaria de Cultura do Estado da
Bahia, onde assume o cargo de
assessora de comunicação, antes
ocupado por Ana Paula Vargas.
No período em que estará afastada, a empresa seguirá sob o
comando de Tatiany Carvalho e
Fernanda Carvalho.
n A Darana cuidará da assessoria
de imprensa da inauguração da
nova unidade do DNA, primeiro laboratório de análises clínicas com
uma área inteira dedicada à população da Melhor Idade. Localizada
na Pituba e batizada de DNA
Viver Melhor +50, a unidade terá
equipe especializada e estrutura
física adequada para os exames,
além de espaço para atividades
como dança, terapia, palestras,
workshops, exposição cultural
e muitas atividades artísticas.
Atendimento de Camila Logrado
([email protected]).
n A Como, que já fazia a assessoria de imprensa de Bell Marques
enquanto band leader do Chiclete
com Banana, seguirá com ele
em sua anunciada carreira solo.
Atendimento de José Mion.
n Pelo segundo ano consecutivo
a Quarta Via assume a assessoria
de imprensa e o gerenciamento
de mídias sociais do Panorama
Internacional Coisa de Cinema.
Em sua nona edição, o festival vai
de 31/10 a 7/11, em Salvador e
Cachoeira, apresentando mais de
cem filmes divididos em diversas
mostras, com destaque para a
inédita Competitiva Internacional
de Curtas.
(*) Com a colaboração de Mariana Trindade (71-3342-3373 / 9239-3229 e [email protected]), da Darana Comunicação
Ceará (*)
n Kaio César deixou a TV Diário
e seguiu para a TV Verdes Mares,
onde vai narrar futebol. Para o
lugar dele chegou Tom Barros,
que assim retorna à crônica
esportiva.
Assessorias-CE
n Denísio Pinheiro e Rosana
Amazonas assumem a assessoria de comunicação da campanha
tucana no Ceará para 2014.
n A Agora fez o lançamento do
free shop de carnes nobres do res-
taurante Buffalo Bill de Fortaleza.
n A VSM respondeu pela assessoria de imprensa do Encontro Nacional da Indústria da Construção
Civil, em Fortaleza.
Curtas-CE
n O radialista Paulino Rocha vai
se tornar cidadão fortalezense in
memoriam.
n João Ferreira, presidente da
Associação Cearense de Jornalistas do Interior (Aceji), lança o
informativo Aceji Região Metropo-
litana, com oito páginas e tiragem
de cinco mil exemplares.
Agenda-CE
9/10 (4ª.feira) – n Adísia Sá lança o
livro AM do Povo: trajetória de uma
rádio pioneira (1982-2012), pelas
Edições Demócrito Rocha. O livro
é em comemoração aos 90 anos
da primeira transmissão radiofônica
do Brasil, data que coincide com os
30 anos da inauguração da AM do
Po. Após abordar o início da aventura radiofônica brasileira, passando
pela Era do Rádio, a autora chega
às primeiras experiências do meio
no Ceará, com ênfase na Ceará
Rádio Clube, a PRE-9, de João
Dummar. Seguindo as ondas do
rádio, chega à “companheira” AM
do Povo, em 1982, que ficou conhecida como a escola do rádio no
Ceará e de cuja equipe Adísia fez
parte. No evento de lançamento
da obra, também haverá um bate-papo com a autora. Às 19h, no
Espaço O Povo de Cultura & Arte
(av. Aguanambi, 282/A).
(*) Colaboração de Lauriberto Braga ([email protected] e 85-9139-3235), com Rendah Mkt & Com ([email protected] e 85-3231-4239).
Edição 918
Página 5
Rio de Janeiro
Abraji homenageia Marcos Sá Corrêa
n A Conferência Global de Jornalismo Investigativo, que tem
início neste sábado (12/10), simultaneamente ao Congresso
da Abraji, fará na 2ª.feira (14/10)
uma cerimônia em homenagem
a Marcos Sá Corrêa. No Theatro
Municipal, às 19h, além do tributo, a programação da noite conta-
rá com a entrega de três prêmios
internacionais do jornalismo
investigativo: o Latinoamericano
de Periodismo de Investigación,
oferecido pelo Instituto Prensa y
Sociedad (IPYS) e pela Transparency International; o Daniel Pearl, do International Consortium of
Investigative Journalists (ICIJ); e
o Global Shining Light, da Global
Investigative Journalism Network
(GIJN).
n Maurício Menezes estreou em
5/10 o seu Plantão de notícias na
Rádio Globo. Vai ocupar o horário
das 22h às 24h dos sábados em
que não houver transmissão de
futebol. Coordenador artístico da
programação para o Rio, Maurício
tem, desde setembro, um novo
quadro dentro do Globo Esportivo
RJ, o Rapidinhas do Maurício, em
que comenta, sempre às 18h30,
no tom humorístico habitual,
notícias importantes ou bizarras
que apareceram nos sites ao
longo do dia.
Vaivém-RJ
reio Braziliense, teve passagens
pela comunicação corporativa de
Vale, CNI e esteve, por último, na
Transpetro.
Registro-RJ – n José Truda Jr.
morreu na manhã de 7/10, aos
58 anos. Depois de internado por
insuficiência renal crônica, teve
uma parada cardiorrespiratória.
Nascido em São Paulo, vivia no
Rio desde 1970. Como diagramador, esteve em O Fluminense, O
Dia, O Globo e no jornal Lig, de
Niterói, com circulação no interior do Estado do Rio. Também
jornalista de texto, fundou nos
anos 1980 o Jornal da Lapa, que
sobreviveu até meados de 2000.
Trabalhou ainda no Sindicato dos
Jornalistas do Município, como
diagramador da revista Lide. Nos
últimos anos, criou e editava a
revista Flor da Idade, sobre qualidade de vida na terceira idade. O
enterro ocorreu nesta 3ª (8/10), no
cemitério São João Batista.
n Carol Souza começou este
mês na revista Quem. Vinda do
UOL, vai se reportar a Valmir
Moratelli, editor da sucursal, e
a Carla Ghermandi, redatora-chefe.
n Liana Verdini está agora no
Brasil Econômico. Ex-JB e Cor-
Assessorias-RJ
Conrerp edita publicações sobre RP para empresas e pessoa física
n O Conrerp 1ª Região publicou
uma coletânea de guias da
profissão de RP. São cartilhas
e códigos para acompanhar e
orientar quem exerce a atividade,
e guias com as normas para
pessoas física e jurídica. O
conteúdo foi produzido por
Muriel de Paula e Denise
Topke, com parceiros para o
projeto gráfico e impressão
sem custo para os associados.
Interessados nas publicações
devem solicitá-las, na quantidade
desejada, pelo [email protected]
conrerp1.org.br.
n A In Press Porter Novelli (213723-8080) fechou com a Ediouro
e dá início ao atendimento à
editora a partir deste mês. A
agência cuidará das ações de
imprensa para as publicações
dos selos Agir e Nova Fronteira.
A conta tem gerência de Tatiana
Wolff e atendimento de Ana
Claudia Santos. Ao mesmo
núcleo, chega a comunicação do
Circuito Banco do Brasil, evento
que une música, arte e esporte
em seis capitais do País este
ano. A próxima etapa acontece
neste sábado (12/10), em Curitiba,
com a participação do Simple
Minds. Estão confirmadas ainda
Rio, São Paulo, Belo Horizonte e
Brasília, com shows de Red Hot
Chili Peppers e Stevie Wonder,
entre outros. O atendimento é
de Roberta Gelio e direção de
Renata Pacheco Jordão (e-mails
formados por [email protected]
inpresspni.com.br). E o braço
digital da In Press conquistou a
conta da Nutrimental, fabricante
de barrinhas, farinhas infantis e
refrescos. A presença digital
das marcas Nutry, Nutrinho,
Nutribom e Nutrilon ficará sob
o comando de Dri Antunes,
com direção artística de Cibele
Bustamante, gestão de Filipe
Peduzzi e direção geral de Janine
Louven. O trabalho envolve redes
sociais, RP digital, branded content
e ações de engajamento.
realmente decidido quando vi as
manifestações de rua, em junho.
Foi o Brasil que despertou e, ali,
tomei a decisão de entrar para a
política”, disse ao Coletiva.net,
afirmando que os protestos de
junho passado foram a “última
gota” para que tomasse a decisão.
de Participação nos Lucros e Resultados (PPR/PLR). O Sindicato
promete manter uma agenda de
mobilização nas redações, enquanto busca medidas para dar
maior visibilidade à situação dos
profissionais da imprensa.
n Aberje promove em 18/10 o
Congresso de Comunicação Empresarial Rio Grande do Sul, que terá
como tema A Comunicação como
valor estratégico: novos contextos
e desafios, e palestra de Eraldo
Carneiro, gerente de Comunicação
Internacional da Petrobras e presidente do Conselho Deliberativo da
Aberje. Das 9h às 18h, no Auditório
da ESPM-Sul (rua Guilherme Schell,
350 – Porto Alegre). Inscrições pelo
http://bit.ly/16vDQKq.
n Foi transferido para 24/10 o
evento de premiação da eleição
500 maiores do Sul, promovido
pela revista Amanhã. O encontro
acontece a partir das 19h, na
sede da Fiergs (av. Assis Brasil,
8.787). Mais informações pelo 113230-3502 ou [email protected]
com.br.
Agenda-RS
ção. Interessados ainda podem se
inscrever pelo http://bit.ly/11PokGH.
Ex-Burson-Marsteller, Secretaria
de Meio Ambiente de São Paulo,
Associação Brasileira da Indústria
Farmacêutica (Abifarma), Bolsa do
Rio (BVRJ), Docas do Rio (CDRJ) e
Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Bette hoje dirige no Rio
de Janeiro a sua Background Maxx.
Rio Grande do Sul (*)
n Após cinco anos no Mato Grosso, Jonas Campos está de volta
ao Rio Grande do Sul e integra,
desde 2/10, a equipe reportagem
da RBS TV – onde também deve
contribuir com a produção de matérias para os telejornais da Rede
Globo. No Mato Grosso, atuava
na TV Centro América, também
afiliada da Globo. Jonas teve
passagens por Rádio Gaúcha, TV
Iguaçu (Paraná) e TV Liberal (Pará).
n Lasier Martins afastou-se do
Grupo RBS após 27 anos de casa,
para lançar sua pré-candidatura ao
Senado pelo PDT-RS. O anúncio
foi feito nesta 2ª.feira (7/10) em
seu espaço de comentários no
Jornal do Almoço. “Foi algo pensado durante muito tempo, mas
Curtas-RS
n Profissionais gaúchos rejeitaram
em assembleia no último sábado
no Sindicado dos Jornalistas a proposta de reajuste salarial apresentada pelo sindicato patronal, que
previa piso salarial de R$ 1.808
para a Capital e R$ 1.540 para o
Interior. Também demonstraram
insatisfação com a negativa de
SindRádio e SindiJore ao benefício
15/10 (3ª.feira) – n Coletiva para
apresentação das novidades deste
ano do Natal Luz de Gramado.
A partir das 14h30, no Hotel Laghetto Viverone Moinhos (rua Dr.
Vale, 579), em Porto Alegre. Credenciamento pelo [email protected]
gmail.com.
(*) Com o portal Coletiva.Net (www.coletiva.net)
Santa Catarina
n Como boa gaúcha, Bette Romero
circula pela Região Sul. Ela ministra
o workshop Assessoria de imprensa
em tempos de mídias sociais, em
26/10, no Campus na Unisul, em
Tubarão (SC). Das 8h30 às 17h30,
vai rever as ações de assessoria de
imprensa com o apoio das redes
sociais, e mostrar como ampliar os
resultados do trabalho de divulga-
De papo pro ar
Parabéns, IMB!
Assis Ângelo, jornalista, estudioso
da cultura popular e presidente do
Instituto Memória Brasil
http://assisangelo.blogspot.com.br
À revelia de Assis Ângelo, invadimos este
espaço para registrar os dois anos de fundação,
no último dia 3/10, do Instituto Memória Brasil
(IMB), que ele preside.
Segundo o próprio Assis, o IMB, com acervo de
150 mil itens formado nos últimos 40 anos, tem
nos seus quadros advogados, editores, poetas,
músicos, atores, jornalistas e escritores como
Roniwalter Jatobá, Eduardo Ribeiro, Jorge Mello,
Jorge Paulo, Roberto Marino, Oswaldinho do Acordeon, Osvaldinho da Cuíca, Jorge Ribbas, Papete,
Théo de Barros, André Domingues, Alessandro
Azevedo, José Cortez, Marco Haurélio, Chico
Salles e Celia e Celma, entre outros.
Para comemorar a data ele apresentou, de 4 a
6/10, no Rio de Janeiro, o projeto Rodas Gonzagueanas (www.rodasgonzagueanas.org.br), que
mostrou facetas desconhecidas do rei do baião,
Luiz Gonzaga, e aspectos importantes da sua obra.
Na ocasião, ele também lançou o livro Lua Estrela Baião a História de um Rei (Cortez Editora) e
o CD O samba do Rei do Baião (Genesis).
Assis mantém desde maio de 2012 parceria
com este J&Cia na edição do Memória da Cultura
Popular, em que reproduz e contextualiza grandes
entrevistas e reportagens que integram o acervo
do IMB. A série rendeu até agora 17 edições. A
próxima, que deve circular na próxima 2ª.feira
(14/10), será centrada no sanfoneiro Dominguinhos, recentemente falecido, herdeiro musical
de Luiz Gonzaga.
Edição 918
Página 6
Curtas
Jairo Leal deixa a Abril
n Giancarlo Civita, presidente do
Conselho de Administração do Grupo Abril, distribuiu comunicado na
noite de 7/10 informando que estava deixando a empresa, depois de
40 anos, Jairo Mendes Leal, que
desde o início do ano vinha atuando
no Conselho da Abrilpar, holding
que controla as operações de logística e educação do grupo. Casado
com Roberta, filha de Roberto Civita, falecido em maio, Jairo é cria
da Abril, em que começou aos 15
anos, tendo na empresa ocupado
diversas funções executivas, a
principal delas no comando da Abril
Mídia, onde ficou nos últimos anos.
No comunicado, Gianca ressalta a
importância de Jairo para a Abril,
mas não informa sobre seu destino
profissional, indicando apenas que
“vai se dedicar a projetos pessoais
fora da empresa”.
n Vale lembrar que, no período na
doença de Roberto Civita, Leal já
havia perdido espaço para o presidente-executivo Fabio Barbosa,
razão de seu deslocamento para o
Conselho da Abrilpar (uma “queda
para cima”, como se costuma
classificar esse tipo de situação).
Portanto, esse desfecho não foi
propriamente uma surpresa para o
mercado. Ele, porém, é o executivo
que melhor conhece a operação
da Abril, pois Fábio é recente na
empresa e vem da área financeira.
Resta saber que impacto terá para
a Abril uma perda dessa magnitude. A conferir.
Em homenagem à Aberje, J&Cia e JCC editam Especial Dia da Comunicação Empresarial
n Para marcar os 46 anos da
Aberje e o Dia da Comunicação
Empresarial, J&Cia e Jornal da
Comunicação Corporativa retomaram nesta 3ª.feira (8/10) a
parceria que fizeram em outras
ocasiões e lançaram um especial
de dupla paternidade sobre a
história da entidade e do setor,
em dezenas de depoimentos de
seus protagonistas. Instituição
de vanguarda, a Aberje é hoje
liderança mundial, com invejável
capacidade de inovação, reflexão,
influência e transformação da
realidade, sempre pautada pelos
Workshop gratuito sobre energia nuclear
n A Associação Brasileira para
Desenvolvimento das Atividades Nucleares (ABDAN) oferece
no próximo dia 24/10, das 9h
às 13h, no Centro do Rio, um
workshop gratuito sobre energia
nuclear. Especialistas vão demonstrar e debater as variáveis
presentes na geração de energia
nuclear – como construção de
usinas, segurança dos processos, exploração de urânio,
interesses maiores da sociedade
e, claro, dos próprios comunicadores, seu público-alvo primário
e razão maior de sua existência.
Foram várias gerações que por
lá passaram, buscando, cada
uma ao seu tempo, entregar
aos profissionais da área uma
instituição ética, transparente,
inovadora, inquieta, empreendedora, visionária, democrática e
respeitada por seus associados
e pelo mercado. A íntegra desse
especial você confere em www.
jornalistasecia.com.br.
soluções para os rejeitos, entre
outros assuntos correlatos –
para complementar a formação
de quem se inicia no setor. A
ABDAN reúne todas as empresas brasileiras e estrangeiras
que participaram e participam da
construção das usinas nucleares
no Brasil. Interessados devem
enviar seus dados para [email protected]
abdan.org.br.
IICS anuncia edição 2014 de seu Master em Gestão
n Lançado em 1997, na época
como Master em Jornalismo para
Editores, o Master em Jornalismo
– Gestão Estratégica e de Marcas,
promovido pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais, está
com inscrições abertas para sua
edição de 2014. O curso, que busca formar líderes gestores entre
os profissionais que ocupam cargos executivos nas redações, terá
no próximo ano cinco módulos
semanais, com início em março e
término em setembro, e intervalo
durante a realização da Copa do
Mundo. A coordenação é de Pedro Sigaud Sellos ([email protected]
iics.org.br), que conta em seu
corpo docente com profissionais
nacionais e internacionais, como
Alberto Cairo, Carlos Alberto Di
Franco, Cesar Bullara, Demétrio
Magnoli e Ramón Salaverría.
Mais informações no www.iics.
edu.br, que acabou de ser reformulado, ou pelo 11-3177-8300.
n Em circular interna distribuída
no último dia 3/10, a Diretoria Executiva do Grupo Estado informou
que começaria nesta semana o
projeto de reorganização e revitalização dos espaços da empresa.
Minas Gerais (*)
n Com a descontinuidade do programa Feira Moderna, da Rede
Minas, a apresentadora Patrícia
Pinho mudou para o recém-lançado Hypershow, sobre música.
n Rosângela Guimarães, editoraadjunta do caderno Minas e editora
do caderno Eu Acredito do Hoje em
Dia, e as repórteres de Economia
Tatiana Moraes e Cássia Eponine
estão de férias até o início de
novembro. Nesse período, Paulo
Leonardo ([email protected]
com.br) recebe as demandas do
caderno Minas; na editoria de
Economia, o contato pode ser feito
pelo [email protected]
Curtas-MG
n Foram prorrogadas as inscri-
Diz o documento: “Esta fase
inicial visará: (i) o levantamento
das atuais ocupações em todos
os edifícios e pavimentos de
nossas instalações e (ii) a geração
de ideias e propostas que levem
à otimização do uso dos espaços
e, simultaneamente, a uma melhoria da qualidade dos ambientes
de trabalho em termos de funcionalidade, proximidade de áreas
afins, iluminação, adequação do
mobiliário, etc.”. O Projeto Revitalização, como esta sendo denominada a inciativa, é gerenciado
pelo gerente de Engenharia Lúcio
Lima, responsável pela gestão
e manutenção dos edifícios da
empresa, e tem a participação do
escritório de arquitetura Base 3 +
Kipnis. “Ao longo dos próximos
dias e semanas, os arquitetos
deverão percorrer as todas as
áreas da empresa para levantar
informações, fotografar e conhecer os espaços e ambientes das
diferentes unidades e diretorias”,
conclui o documento.
n A Agência Pública lançou nesta
2ª.feira (7/10) o site de votação
do projeto Reportagem Pública,
financiado por meio da platafor-
ma de crowdfunding Catarse.
A campanha, que durou pouco
mais de um mês, encerrou-se
em 20/9 com R$ 58.935 arrecadados de 808 doadores. Além
desse valor, a fundação Omidyar,
criada pelos fundadores do E-Bay, vai doar um real para cada
real arrecadado junto ao público,
chegando ao montante necessário para fomentar doze trabalhos
(dois a mais do que a expectativa
inicial) com bolsas no valor de
R$ 6 mil. Além do dinheiro, os
selecionados receberão apoio da
agência durante a apuração. Das
120 pautas inscritas, 48 foram
pré-selecionadas para que os
financiadores via crowdfunding
escolham, até 20/10, as que mais
lhe agradam. O endereço é www.
apublica.org/reportagempublica.
n O Comunique-se promove
em 21/10 a quinta edição do
Comunique-se Cases, desta vez
destacando seis casos de sucesso
apresentados por executivos de
Ambev, IBM, Itaú, Approach, Textual e Vale. O evento será das 9h
às 18h, no Hotel Transamérica (av.
das Nações Unidas, 18.591 – São
Paulo ). Inscrições pelo site cases.
comunique-se.com.br, por R$ 580
reais (com coffee break, almoço e
certificado incluídos).
n Em 25/10, a Aberje realizará
III Seminário Aberje de Gestão
Cultural, cujo tema é Gestão Cultural: Negócios que geram valor.
Estão confirmadas palestras de
Ana Luiza Landim (BNDES),
Juliano Tubino (Amazon), José
Nunes de Almeida Neto (Coelce), Rafael Moraes (Futebol
Experience), Robinson Borges
(Valor Econômico) e Facundo
Guerra (Cine Joia). Das 9h e 18h,
no Hotel Pullman Ibirapuera (rua
Joinville, 515 – São Paulo). Mais
informações com Barbara Cury,
pelo 11-3662-3990, ramal 224, ou
[email protected]
ções para o concurso da Fundação TV Minas Cultural e Educativa
– Rede Minas. O período para
solicitação de isenção do valor
da inscrição passou a ser de 15 a
18/10 e o de inscrições, de 15/10
a 14 de novembro. A data da
prova objetiva é 15 de dezembro.
n Terminam nesta 6ª.feira (11/10)
as inscrições para a sétima edição do Prêmio Délio Rocha de
Jornalismo de Interesse Público,
que distribuirá R$ 35 mil para os
três primeiros colocados das categorias de reportagens Impressa
(jornal/revista), Fotográfica (jornal/
revista), Radiofônica e Televisiva.
A inscrição é exclusiva para jornalistas associados ao Sindicato
dos Jornalistas de Minas e estu-
dantes matriculados em cursos
de Jornalismo no Estado. Podem
concorrer reportagens veiculadas
de 3/10/2012 a 22/9/2013. Inscrições e informações pelo www.
jornalistasdeminas.org.br.
n Belo Horizonte recebe na próxima semana, de 15 a 17/10, o
Congresso de Jornalismo e Religião na América Latina, promovido
pela Associação Internacional dos
Jornalistas de Religião. Dentre os
palestrantes brasileiros desta edição
estão profissionais como José Maria Mayrink e Elvira Lobato. Mais
informações pelo www.theiarj.org.
PERNAS
PRO AR
que ninguem é de ferro
84 3263.4007 / 4008
[email protected]
www.pousadadosponteiros.com.br
Eu apoio a inclusão do nome
do inventor brasileiro
Roberto Landell de Moura
no currículo obrigatório
do Ensino Fundamental
21/1/1861 – 30/6/1928
Carlos Alberto Di Franco
diretor de Comunicação do Instituto
Internacional de Ciências Sociais
(*) Com a colaboração de Admilson Resende ([email protected] – 31- 8494-9605), da Zoom Comunicação (31-2511-3111 / 8111)
Edição 918
Página 7
Prêmios
Saem os vencedores do ETCO de Jornalismo
n O Instituto Brasileiro de Ética
Concorrencial anunciou nesta
4ª.feira os vencedores do Prêmio
ETCO de Jornalismo, que contemplou as melhores reportagens
em cinco categorias sobre a importância de práticas de negócios
alinhadas com a ética concorrencial. Na categoria Jornal, Ricardo
Mioto, da Folha de S.Paulo, foi o
vencedor com a série Pesadelo
Fiscal; Em Revista, Bruna Martins Fontes e Júlia Pitthan, da
revista Pequenas Empresas &
Grandes Negócios, faturaram o
prêmio com a matéria Negócios
com causa – A escolha é sua;
Na categoria Radiojornalismo, os
ganhadores foram Lucas Scherer
e Bruno Feitosa, da BandNews
FM de Brasília, com o trabalho A
indústria da pirataria. Em Televisão, Eduardo Faustini e André
Luiz Azevedo, da TV Globo, foram os vencedores com a reportagem A cara da corrupção, veiculada no Fantástico e que neste
ano também já faturou o Grande
Prêmio Barbosa Lima Sobrinho,
principal categoria do Embratel
de Jornalismo, e uma das mais
importantes no Brasil segundo
o Ranking J&Cia dos Mais Premiados Jornalistas Brasileiros; E
na categoria Jornalismo Online,
as vencedoras foram Ana Paula
Pedrosa e Queila Ariadne, de
O Tempo Online, com o trabalho
10 anos sem camelô. A cerimônia
de premiação será em 7/11, no
Museu da Casa Brasileira, em
São Paulo, quando também será
conhecido o vencedor do Grande
Prêmio ETCO de Jornalismo.
n Antônio Carlos Lago, RP e
analista ambiental do Ibama, foi
agraciado com o Prêmio Chasqui
de Ouro, da Confederação Interamericana de Relações Públicas
(Confiarp). A entrega ocorreu
durante a solenidade de encerramento do IX Foro Internacional de
Relações Públicas e VI Encontro
Interamericano de Professores
de Relações Públicas, realizados
de 24 a 27/9, em Montevidéu,
Uruguai. Com o prêmio, o Brasil
garante o direito de sediar o 30º
Congresso Interamericano de
Relações Públicas, em 2016.
n O Prêmio Massey Ferguson de
Jornalismo divulgou em cerimônia
no Santander Cultural, em Porto
Alegre, na noite de 3/10, os vencedores de sua 12ª edição. Com 252
trabalhos inscritos, os vencedores
das oito categorias foram: Ed
Wanderley (Diário de Pernambuco Online), com Sertão Doce, em
Multimídia; Sérgio Ranalli (Folha
de Londrina), com O plantador de
flores, em Fotojornalismo; Bruna
Karpinski (Correio do Povo), com
Crianças no campo, em Jornal;
Vera Ondei (Dinheiro Rural), com
A carne nossa de cada dia, em Revista; Ana Lúcia Kist (Canal Rural),
com Uvas irrigadas no semiárido,
em TV; Paulo Palma Beraldo, estudante da Universidade Estadual
Paulista (Unesp), com Da terra à
mídia, em Estudantes; Fernando
Bertello (La Nación), com Web
y alambre, una nueva forma de
trabajar, em Mercosul; e Fernando Lopes (Valor Econômico), em
Destaque AGCO de Jornalismo
Rural Brasileiro.
n Estão abertas até esta 6ª.feira
(11/10) as inscrições para o 16º
Prêmio Fundação FEAC de Jornalismo, iniciativa da Federação
das Entidades Assistenciais de
Campinas. O tema da edição deste ano, que distribuirá R$ 35 mil,
é Dedicação de tempo e talento:
voluntários aglutinam esforços
e fazem a diferença. São seis
categorias locais e regionais em
disputa – Fotojornalismo, Cinegrafista, TV, Rádio, Mídia Impressa e
House Organ – e uma em âmbito
nacional, Jornalismo Onine. Informações e inscrições pelo www.
feac.org.br/premio.
n Foram prorrogadas até 18/10
as inscrições para o 18º Prêmio
Abrelpe de Jornalismo, promovido pela Associação Brasileira das
Empresas de Limpeza Pública e
Resíduos Especiais. Destinada a
profissionais de jornais, revistas,
rádio e tevê, a premiação este
ano, cujo tema é Novos rumos
para a gestão de resíduos no Brasil, vai distribuir R$ 30 mil. Podem
participar matérias publicadas entre 1º/10/2012 e 30/9/2013, que
devem ser inscritas pelo www.
premioabrelpe.org.br.
ria Honda/CBN Brasília (Melhor
programa de rádio), Antônio de
Castro/TV Globo (Melhor apresentador/âncora),Blog do Ricardo
Noblat (Melhor blog de política)
Revista Veja Brasília (Inovação
jornalística), Universidade Católica
de Brasília (Iniciativa acadêmica),
Jornal de Brasília (Veículo impresso), Globo Esporte/TV Globo (Melhor programa de TV) CorreioWeb
(Melhor site) e Consuelo Badra/
Revista Foco (Gestão de negócios
da comunicação).
Brasília
Engenho premia melhores da comunicação no DF
n Em festa comandada nesta
3ª.feira (8/10) por Kátia Cubel
na Embaixada de Portugal, foram
contemplados os vencedores do
Prêmio Engenho Comunicação,
que está completando dez anos
e teve nesta edição o colunista
do Correio Braziliense Ari Cunha
indicado como Personalidade da
Comunicação. Os 11 ganhadores foram: Correio Braziliense
(Cobertura de Brasília), Cláudio
Humberto/Jornal Metro (Melhor
coluna), Estevão Damásio e Ma-
Jornalistas recebem Medalhas da Assembleia Nacional Constituinte
n Em comemoração aos 25 anos
da Constituição Federal, a Câmara
dos Deputados realizou sessão
solene nesta 4ª.feira (9/10), no
Plenário Ulysses Guimarães, em
que homenageou com Medalha
Assembleia Nacional Constituinte
parlamentares e jornalistas que
colaboraram na elaboração da nova
Carta. Cunhadas em ouro, prata e
bronze pela Casa da Moeda em setembro de 1988, as medalhas foram
entregues também às presidências
da Câmara, do Senado, da República e do STF. Os profissionais de
imprensa receberam as de bronze.
Entre os agraciados estão Álvaro
Pereira, Andrei Meireles, Beatriz
Thielmann, Carlos Chagas, Carlos
Monforte, Cristiana Lôbo, Dodora
Guedes, Eliane Cantanhêde, Haroldo Holanda, Josias de Souza,
Luiz Gutemberg, Ricardo Noblat,
Rubens Azevedo Lima, Sonia
Carneiro, Tarcísio Holanda e Tereza Cruvinel.
n A Câmara também abriu nesta
4ª feira, no corredor de acesso ao
Plenário, a mostra Imprensa, Arte
e Cidadania: 25 anos de Constituição de 1988, que retrata o clima
político da época e a repercussão
da promulgação da Carta Cidadã
por meio de cartazes, pôsteres,
charges e quadros veiculados
pela imprensa nacional. Parte das
peças reproduz acervo do Museu
da República, do Rio de Janeiro.
Algumas imagens destacam a
ampla mobilização de movimentos sociais na luta pelos direitos e
garantias fundamentais. Foi exatamente a incorporação desses direitos ao novo texto constitucional
que levou o então presidente da
Assembleia Nacional Constituinte,
deputado Ulysses Guimarães,
a chamá-lo de “Constituição
Cidadã”. A mostra ficará aberta
até 15/11, com visitação de 2ª a
6ª.feira, das 9h às 17 horas.
n Em assembleia realizada nesta
2ª.feira (7/10) pelo Sindicato dos
Jornalistas do DF, repórteres fotográficos e cinematográficos discutiram a apresentação do Projeto
de Lei de Iniciativa Popular para
aposentadoria especial dos profissionais da área e a atualização da
tabela de preços dos free lancers.
O texto do PL foi inicialmente
aprovado durante o IX Congresso
Nacional dos Profissionais de
Imagem, realizado em setembro
no Recife. Segundo Alan Marques, integrante da coordenação
executiva do Sindicato, já há no
Congresso Nacional um projeto
sobre o assunto, mas a tramitação
dele está parada e não contempla
todos os pontos pleiteados. Um
dos objetivos da reunião foi dar
início à coleta de assinaturas no
DF. Na reunião, também foi eleita
a nova comissão de registro dos
profissionais, e criada a Arfoc-DF.
n André Giusti autografou nesta
3ª.feira (8/10, no Martinica Café,
Histórias de pai, memórias de filho
e a segunda edição de Voando
pela noite (até de manhã).
n Ainda sem data definida, o
STF discutirá em reunião admi-
nistrativa a situação funcional de
Adriana Leineker Costa, esposa
do repórter Felipe Recondo, que
faz a cobertura do Poder Judiciário
pela sucursal do Estadão em Brasília. Sob o argumento de que há
no caso situação “antiética” e de
“conflito de interesses”, o presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, solicitou na semana passada
ao ministro Ricardo Lewandowski
a saída dela dos quadros do STF.
Adriana é concursada do Tribunal
de Justiça do DF e cedida ao STF
desde 2000. O assunto causou
indignação nos profissionais da
capital. O Comitê de Imprensa
que cobre o judiciário entregou
carta de desagravo ao secretário
de Comunicação do STF, Wellington Geraldo Silva, defendendo o
desempenho profissional de Felipe. E o Sindicato dos Jornalistas
pretende pedir explicações ao presidente da Corte e solicitar que o
ministro volte atrás na solicitação.
n Em audiência realizada em 3/10,
no plenário da Câmara Legislativa
do DF, representantes de entidades em defesa da democratização
da comunicação, sindicalistas e
membros do GDF discutiram o
encaminhamento das decisões
tomadas há um ano no I Seminário
de Comunicação Pública do DF.
Segundo as entidades, nenhuma
das 24 propostas apresentadas
naquele encontro foi implantada.
O tom geral dos participantes do
encontro foi de indignação pela
falta de compromisso do governo
em relação, principalmente, à criação do Conselho de Comunicação
local. Gilberto Rios, da Frente de
Valorização das TVs do Campo Público, queixou-se de que “passou
um ano e nada do que o GDF se
comprometeu a fazer foi feito. Ao
contrário, houve um desmonte na
Secom que só prejudicou o processo. Já procuramos o governo
inúmeras vezes e eles sequer nos
recebem”. Para Jonas Valente,
do Sindicato dos Jornalistas, falta
vontade de cumprir os acordos.
Ele criticou, ainda, a ausência do
secretário de Comunicação no
debate, o que classificou como
“uma péssima sinalização do
governo”. Mas Renato Cortez,
representante do órgão, garantiu
que o processo para a criação do
Conselho “será retomado o mais
breve possível”. Argumento en-
dossado por Ricardo Taffner, da
Casa Civil do governo.
n Depois de uma cirurgia cardíaca,
Ricardo Noblat retornou a Brasília
em 4/10, o que, segundo ele, não
significa poder pegar pesado no
trabalho: “Os médicos é quem
ditarão o ritmo do retorno”. Em
postagem em seu Blog do Noblat,
disse que pensa em escrever um
livro sobre a experiência que viveu
de se hospitalizar por dois dias
para fazer exames, e só sair 30
dias depois, com três pontes no
coração. “Anotei muitas ideias,
sonhos, sensações e medos. O
medo é um companheiro permanente..., até hoje”, confessou.
n O Jornal de Brasília veiculará
de 14 a 18/10 matérias especiais
sobre o Dia do Médico, destacando
a história da profissão, interesses,
desafios e oportunidades para os
profissionais da área. Segundo o
Conselho Federal de Medicina, Brasília é a unidade federativa com o
maior número de médicos do País.
Vaivém-DF
n Ian Serrat começou recentemente na redação de Esportes do
Jornal de Brasília.
Edição 918
Página 8
Livros
Mauri König mostra O Brasil oculto em seu novo livro
n Um dos mais premiados jornalistas brasileiros de todos os tempos segundo o Ranking J&Cia, o
repórter especial da Gazeta do
Povo Mauri König lança nesta
semana O Brasil oculto – Crimes
das fronteiras obscuras aos paraísos à beira-mar (ComPactos).
A obra é resultado de quase dez
anos de pesquisa que culminaram
com cinco grandes viagens, em
que o autor percorreu os limites
do território brasileiro ao lado do
fotógrafo Albari Rosa. Foram 42
mil km rodados que resultaram
num retrato com a dinâmica do
tráfico de pessoas para a prostituição, as rotas usadas pelo crime
organizado para traficar crianças e
adolescentes de um país a outro,
e os negócios ilegais que movimentam a economia informal em
alguns dos principais portos do
País. “A ideia dessa grande reportagem surgiu em 2004, quando
venci o 2º Concurso Tim Lopes
com uma matéria que trazia a realidade da fronteira sul do Brasil.
Desde então venho alimentando
a ideia de estender esse projeto,
que só foi possível a partir de
2011 com o apoio da Gazeta do
Povo”, explica Mauri. Dentre as
realidades apresentadas, destaque para uma sondagem mais crítica realizada em cinco das doze
cidades-sedes da Copa de 2014,
em que König investiga o movimento de estrangeiros em busca
de turismo sexual com menores
nas praias do Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Natal e Fortaleza.
Foram 99 locais de prostituição
e exploração sexual de crianças
e adolescentes investigados pelo
jornalista, 64 dos quais estão ao
longo das fronteiras, 19 nas cidades portuárias das regiões Sul e
Sudeste e 16 nas praias do Rio de
Janeiro e do Nordeste. Também
foram consultadas 219 fontes
oficiais e extraoficiais, entre elas,
policiais, conselheiros tutelares,
juízes, promotores, organizações
não governamentais, além das
próprias vítimas da exploração
sexual e de pessoas direta ou
indiretamente envolvidas nesse
negócio ilícito. “Foram duas realidades diferentes encontradas
nas fronteiras e no litoral, mas
com um senso comum no que
diz respeito à exploração sexual
de menores. Quanto mais para o
interior do País, principalmente
na fronteira norte, a ausência
do estado é mais gritante. As
fronteiras são muito permeáveis
e permitem as piores situações
de violência e exploração. Já no
litoral, o que espanta é que mesmo depois de muitas campanhas
contra o turismo sexual, sua realidade ainda é muito forte desde o
Rio de Janeiro se estendendo por
todo litoral do Nordeste”. Acostumado a sofrer ameaças em suas
reportagens, Mauri explica que a
experiência o fez mais prudente
durante a investigação desse
livro. “Quando estávamos planejando a viagem, já analisamos os
eventuais riscos e decidimos que
não iríamos entrar em situações
de grande perigo. É claro ainda assim problemas ocorreram, como
por exemplo, quando fomos
tirados aos empurrões por leões
de chácara em uma boate em
Santa Vitória dos Palmares, no Rio
Grande do Sul, ou em Ponta Porã,
no Mato Grosso do Sul, quando
imaginávamos estar em uma
boate e de repente percebemos
que estávamos dentro da casa
de um dos maiores traficantes
de cocaína e maconha daquela
fronteira”.
n Conhecido por seus romances
históricos, como O Fundador,
Nova Lusitânia e a trilogia Livro
dos Hereges, o presidente da
Editora Europa Aydano Roriz mudou o foco e lança nesta 4ª.feira
(9/10), durante a Feira do Livro de
Frankfurt, Rigoletto: uma sátira
do Brasil de 2012, seu primeiro
thriller, que traz a história de um
assassino a bordo de um navio de
cruzeiro. Este, a propósito é um
dos ambientes favoritos em que o
autor costuma escrever parte de
suas obras: “Embarco naquelas
viagens longas, de 15, 20 dias, e
aproveito para escrever. É bom
que minha mulher vai comigo e
tem muita atividade para entretê-la enquanto eu me concentro
na história”, confidenciou ele a
este J&Cia no final do ano passado, enquanto ainda produzia
a obra. Após a estreia no evento
internacional, o livro chega às
livrarias brasileiras na próxima
6ª.feira (11/10).
n Fernanda Thedim, autora de
Corpo novo, vida nova, conta,
com bom humor e honestidade,
a aventura que foi mudar hábitos
para se tornar uma pessoa mais
leve, em todos os sentidos. Na
Veja Rio, foi desafiada por seu
editor a fazer uma reportagem
sobre perda de peso. Resistiu ao
convite por vergonha de revelar
seu peso aos leitores, até uma
amiga ser direta o suficiente para
convencê-la: “Você não precisa
dizer isso para ninguém, todo
mundo já está vendo como você
está gorda”. A partir daí, com o
apoio de um endocrinologista e
de um personal trainer, Fernanda perdeu 55 quilos em um ano,
passando a viver com mais saúde
e autoestima. A série de reportagens virou um livro, lançado agora
pela Casa da Palavra.
n Com texto de Luiz Roberto de
Souza Queiroz e produção e edição de Táta Gago Coutinho, foi
lançado na semana passada, em
cerimônia no Teatro Municipal do
Rio de Janeiro, o livro comemorativo do 70º aniversário da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Para
o levantamento da história foram
feitas mais de cem entrevistas
com os principais cardiologistas
brasileiros e recuperadas foto-
grafias do início do século, cujo
tratamento de imagem coube a
Fábio Moreira Salles. A obra
utilizou modernos recursos gráficos, possíveis graças a uma tinta
especial importada do Japão e
com verniz reserva na abertura
de cada capítulo. A edição é da
Avis Brasilis, editora que respondeu pelos livros mais recentes
dos três profissionais. O último
capítulo relata a descoberta da
Doença de Chagas no sertão de
Minas Gerais e a cardiopatia que
ela provoca, o que tornou Carlos
Chagas o primeiro cientista brasileiro a fazer pesquisa de campo a
respeito de problemas cardíacos
no Brasil, sobre enfermidade
que ainda hoje afeta milhões de
pessoas no mundo inteiro. O livro
tem versão digital que pode ser
acessada em tablets ou smart­
phones.
n Ricardo Viveiros mediará na
Feira Literária de Frankfurt os
debates Um Brasil de ilustrações
e quadrinhos, com Maurício de
Sousa e Ziraldo, ­e Brasil – a
invenção do livro infantil e juvenil,
com Pedro Bandeira, Eva Furnari
e Angela-Lago. País-tema do
evento deste ano, que acontece
de 9 a 13/10, o Brasil estará
representado por 170 editoras e
70 escritores. Viveiros também
gravará seu nome na “calçada
da fama” literária, em solenidade
nesta 4ª.feira (9/9), às 15h, no
espaço Agora, na praça central
da Messe. Autor de mais de 20
livros sobre diversos temas, ele é
professor universitário e presidente
da agência Ricardo Viveiros &
Associados. A programação
da Feira de Frankfurt está em
brazil13frankfurtbookfair.com.
n Em paralelo à Mostra de Ci-
nema Brasileiro na Rússia que a
Linhas Comunicação, de Fernanda Bulhões e Ederaldo Kosa,
promove em Moscou pelo sexto
ano consecutivo em parceria com
a Embaixada do Brasil e o Departamento Cultural do Ministério
das Relações Exteriores, de 9 a
15/10, a agência levou para esta
edição a exposição de fotos da
revista Placar, que pela primeira
vez é exibida no exterior.
“Desejo muito sucesso e longevidade a esse projeto que é
essencial para a democracia e para
a comunicação brasileira.” – Celso
Schröder
“Parabéns por essa fantástica
ideia que dura tanto e com tanto
sucesso!” – Laïs de Castro
pelo chão ou caindo atrás do móvel, porque aquelas bandejinhas
nunca funcionavam; às vezes chegavam ilegíveis por falta de tonner
ou porque o papel se enroscava....
E a gente achava o máximo da
tecnologia!” – Marcos Aidar
Internacionais
n Liz Lacerda, correspondente
do Terra em Sidney (Austrália),
foi eleita para o Comitê Executivo
da Foreign Correspondents Association (FCA) – Australia & South
Pacific na gestão 2013/2014.
Gaúcha, Liz passou por TVE/RS,
Jornal do Comércio, Correio do
Povo e Gazeta Mercantil, e está
em Sidney há dois anos. Seus
contatos são 61-415-483-802 e
[email protected]
18 anos de J&Cia
Mais mensagens
n Seguimos reproduzindo mensagens de leitores pelo aniversário:
“Meus parabéns! Sei que o
caminho não foi fácil mas também
sei que, apesar das dificuldades,
foi gratificante. E sei da importância do Jornalistas&Cia hoje no
meio. Ahhhh, me lembro do FaxMOAGEM chegando à redação
da Folha, naquela época... Que
saudade!” – Américo Martins
“Parabéns pelos 18 anos desse
informativo que tanto nos ajuda
no dia a dia da nossa profissão.”
– Ana Brambilla
“Desejo todo êxito do mundo
a vocês, que estão escrevendo a
história do jornalismo brasileiro.”
– Carlos Marchi
“Parabéns pela ‘maioridade’
do Jornalistas&Cia. Desde o
Moagem, é uma ferramenta
indispensável para sabermos os
movimentos dos coleguinhas no
mercado. Daí a razão desse sucesso continuado.” – Gabriel Priolli
“Parabéns pela maioridade
do J&Cia. A permanência de um
veículo tão importante, para nós
jornalistas, reflete a competência
de todos que se dedicam à sua
produção.” – Joás Ferreira
“Vocês não imaginam como
fico feliz de ver casos de sucesso
como esse. Renova as esperanças
no empreendedorismo no jornalismo.” – Mara Luquet
“Parabéns a vocês por essa
data tão importante para o mundo
da comunicação no Brasil.” – Marco Antonio Antunes Pereira
“Esse trabalho sempre foi
muito útil e é ótimo que vocês
consigam comemorar em grande
estilo, na Câmara Municipal. Me
lembro do fax desenrolando no
aparelho e espalhando as folhas
n Também enviaram congratulações Alexandre Alfredo, Bete
Alina, Bia Fovitzky, Célio Galvão, Celso Horta, César Augusto
Nogueira, Cley Scholz, Edna
De Divitiis, Eduardo Octaviano,
Enio Campoi, Frederico Vasconcelos, Galeno Amorim, Gilberto
Galan, Gladis Éboli, Gilberto
de Almeida, Ivson Alves de Sá,
Juca Kfouri, Leão Lobo, Luciana
Peluso e Milton Saldanha,
Edição 918
Página 9
Sites, blogs e afins
Jornal GGN e iG lançam canal Espaço Democrático
n Com a propósito de discutir
e apresentar as propostas dos
principais partidos políticos sobre
temas nacionais, o Jornal GGN
(leia-se Luís Nassif) e o iG lançaram em 3/10 o canal Espaço
Democrático (http://glurl.co/c2i).
Segundo Nassif, “participam das
discussões intelectuais ligados
inicialmente a PT, PSDB e PSB,
discorrendo sobre princípios
gerais desses partidos, indica-
dos pelas respectivas direções,
mas sem que representem necessariamente a posição oficial
das agremiações, inclusive para
permitir maior liberdade às proposições”. A primeira rodada foi
sobre a reforma política, com um
roteiro dos principais pontos de
discussão colocado no Mutirão de
Reforma Política (http://glurl.co/
c2j). Vale lembrar que Nassif voltou este mês a publicar uma coluna no iG (http://bit.ly/1e6x3sf),
que por cinco anos hospedou o
seu Blog do Nassif.
n Fábio Gusmão, no carioca
Extra, comemora os bons resultados do uso do aplicativo
WhatsApp para o que chama de
“jornalismo hiperpróximo”. Três
meses depois do lançamento,
recebeu 50 mil mensagens, 3.200
fotos e conta com dois mil contatos cadastrados. Imagens que
chegaram pelo WhatsApp do jor-
nal (21-9644-1263) deram origem
a reportagens exclusivas, como
a que aparece aqui, colaboração
dos usuários dos trens. A participação do leitor na fiscalização do
transporte público no Rio rendeu
mais de dez matérias.
n Por insistência dos filhos e depois de fazer um curso no Sesc,
Rivaldo Chinem deu partida no
último dia 24/9 ao blog Memória
de tempos vividos (http://bit.
ly/1hAkpBO), em que começou
a “registrar histórias minhas, situações pelas quais passei, mais
as histórias vividas”. Consultor,
acostumado a escrever livros sobre comunicação corporativa, ele
confessou no primeiro post que
suas lembranças são fragmentadas: “Sei que há pessoas que
fazem isso muito bem: sabem
que aconteceu tal fato, lembram
detalhes, mas não é o meu caso.
Se tivesse de ganhar a vida com
a data exata dos acontecimentos
estaria estendendo a mão para
pedir alguns trocados”.
n Odair del Pozzo, o Dadá, é o
novo colunista do site RD1, hospedado no iG. “Depois de algum
tempo conversando, chegamos
num acordo sobre tudo, inclusive
liberdade editorial, o que me deixou feliz”, disse. Você confere a
Coluna do Dadá em rd1.ig.com.
br/colunadodada.
n O site Por dentro da mídia, de
Luciana Freitas, publica série
especial com Audálio Dantas
sobre o livro As duas guerras de
Vlado Herzog (Civilização Brasileira), indicado como melhor
finalista na categoria Reportagem
do Prêmio Jabuti deste ano. São
fotos, manuscritos, relatos e
trechos selecionados pelo autor
que mostram o seu processo de
concepção da obra. Confira em
pordentrodamidia.com.br.
Memórias da redação
Renato Lombardi, Chico Ornellas e Eduardo Octaviano atenderam aos nossos apelos e mandaram
histórias para repor o nosso estoque. Mônica Paula prometeu uma para a semana que vem. Mas
aguardamos ainda por Bebeto, Igor, Kanitz, Laïs, Moacir, Morgado, Nereu, Plínio, Táta e outros
colaboradores deste espaço! E por outros que se dignarem a nos brindar com seus relatos.
n A história de hoje é, então, de Renato Lombardi ([email protected]), ex-Estadão, comentarista para os assuntos de segurança e
Justiça da TV Record.
poetas em seus textos. No co- gem assinada por ele sobre um O rosto de Mellé ficou vermeO filósofo da redação
O jornal Notícias Populares, meço até que Mellé elogiou as assassinato passional. O marido lho. Ele olhou para a redação, deu
fundado por Jean Mellé e banca- matérias. Mas depois começou encontrara a mulher com outro as costas e foi para sua sala. Canum ponto de ônibus e a matara etano foi conversar com Ramão.
do pela família do então senador a implicar.
Herbert Levy, começou funcio- – Essa moça (moço) tem que a facadas. É, naquela época 99% Estava certo de que havia perdido
nando na rua do Gazômetro, no dar mais drama para os assuntos dos assassinatos praticados em o emprego.
São Paulo eram como a polícia – Vou para a Central (plantão
bairro paulistano do Brás, num –, cobrava Mellé.
prédio que por alguns anos abri- Ramão dizia que iria dar um gostava de registrar: com armas da Central de Polícia, no Pátio do
gara uma madereira. A redação jeito, mudar a situação, falar com brancas. Facas, facões, peixeiras. Colégio, onde tinha uma sala de
imprensa) e se ele mandar me
era recheada de jornalistas que seu subordinado, mas, de uma Caetano questionou o diretor.
tempos depois deixariam o NP bondade infinita, não cobrava de – Onde errei? O que tem de- demitir você me telefona –, disse.
com destino a Veja, Jornal da Caetano, que vinha da escola de mais que você recrimina nesta Caetano era plantonista durante
a tarde. Eu o rendia no período
Tarde, Folha, Estadão, O Globo. reportagem do Diário da Noite e matéria?
Algumas figuras eram folclóricas, sua cultura era acima da média E Mellé, surpreso, pegou a noturno, das sete da noite a uma
mas a principal foi mesmo o cria- da maioria dos repórteres espe- página e apontou para o abre que da manhã. Naquele dia Ramão
dor do jornal: Itik Koko Melle, cializados na área policial. Mas as dizia mais ou menos assim: “Ele reunira todos os setoristas, à exque, chegado da Sibéria para tra- cobranças de Mellé chegaram até tinha tantos anos, era moreno, ceção de Walter Gato – irmão do
balhar na editoria de Internacional Caetano e ele não deixou barato. e operário. Ela, morena, tantos também jornalista Nelson Gato,
da Última Hora, adotara o nome Numa tarde, assim que Mellé anos, enfermeira. Os dois esta- que fez sucesso nos Diários Asde Jean. Com o empastelamento subiu as escadas de madeira para vam casados havia determinados sociados –, porque ele trabalhava
pela ditadura de parte da Última a redação e chegou quase sem anos e a traição levou o marido a de madrugada.
Ninguém até então tivera coHora, ele convenceu Levy a ban- fôlego, Caetano peitou o diretor. matar a mulher”.
car o NP, que, no entender dele, – Quero falar com você. Pre- – O senhor começa todas as ragem de falar assim com Mellé.
iria substituir a UH. Mellé mis- cisamos esclarecer algumas reportagens dessa maneira. Não Todos acreditavam na demissão
é possível. Tem que mudar.
de Caetano. Passado um bom
turava o português com inglês, coisas.
O
pessoal
parou
para
ver
a
Caetano olhou direto para tempo Mellé mandou chamar
espanhol, mas sempre se fazia
conversa. Mellé disse que estava Mellé e disparou.
Ramão.
entender.
Entre os repórteres da editoria ocupado. Trazia nas mãos – como – Como você pode me dizer – Diga para a moça (moço) que
de Polícia, chefiada por Ramão sempre fazia – recortes de jornais isso se nem português sabe es- pode continuar a escrever assim.
Gomes Portão, estava Carlos do Rio de Janeiro, principalmente crever? Como quer mudar minha Precisamos ter um filósofo na
Caetano Cunha. Magro, óculos O Dia, com notícias de crimes. E maneira de escrever se nem por- redação.
tuguês direito sabe falar? Entre Caetano continuou a escrever
redondinhos, sempre de paletó, Caetano cravou.
gravata borboleta, gostava de – Não, meu velho. Você vai me na escola, aprenda português e como sempre fazia, mas ficou
depois venha discutir comigo o um bom tempo sem aparecer no
romancear suas matérias sobre ouvir.
assassinatos, principalmente os Segurava uma página do jornal que é certo e o que é errado nos Gazômetro.
passionais. Citava romancistas, do dia anterior com uma reporta- meus textos.
CLASSIFICADOS
A Bloomberg abriu uma vaga para estagiário em jornalismo. Para participar do programa, que pode ter duração de até 24 meses, os interessados devem ter conhecimento de economia e mercado financeiro, habilidade para trabalhar em equipe e com prazos estabelecidos,
fluência em inglês, estar entre o 2º e o 4º ano de Jornalismo, e ter disponibilidade para trabalhar 30 horas por semana (das 7h30 às 14h30),
no escritório da empresa em São Paulo. Encaminhar currículo (em inglês) para Cristina Amorim ([email protected]), informando
o código da vaga número 36305.
Jornalistas&Cia é um informativo semanal produzido pela Jornalistas Editora Ltda. • Tel 11-3861-5280 • Diretor: Eduardo Ribeiro ([email protected])
• Editor-Executivo: Wilson Baroncelli ([email protected]) • Editor-assistente: Fernando Soares ([email protected]) • Assistente
de redação: Mariana Ribeiro ([email protected]) • Estagiária: Georgia Aliperti ([email protected]) • Editora-regional RJ: Cristina
Vaz de Carvalho, 21-2527-7808 ([email protected]) • Correspondente: Kátia Morais (DF), 61-3347-3852 ([email protected]) • Diagramação e
Programação visual: Paulo Sant’Ana ([email protected]) • Assinaturas: Silvio Ribeiro, 11-3861-5283 ([email protected]).
A próxima edição do Fórum de
Gestão do Conhecimento, Comunicação
e Memória, evento promovido
pela Aberje em parceria
com ECA/USP, Museu da Pessoa
e Memória Votorantim, contará
em sua próxima edição com as
presenças de Anna Reading,
diretora do Departamento de
Cultura, Mídia e Atividades Criativas
na Kings College London, e
de Rodrigo Lara Mesquita, do
Estadão. O encontro acontece na
próxima 4ª.feira (16/10), a partir
das 9h, no auditório do Masp (av.
Paulista, 1.578). As vagas são
limitadas e as inscrições devem
ser feitas pelo site da Aberje
(www.aberje.com.br).
Download

André Luiz Costa assume a Direção Executiva de Jornalismo da Rede