CONDIÇÕES DE OFERTA DO
CURSO DE MEDICINA
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte – FMJ
Portaria Nº 2.864, de 24 de Agosto de 2005
DADOS CADASTRAIS
INSTITUIÇÃO
Nome: Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte
Sigla: FMJ
Endereço: Tenente Raimundo Rocha SN, Planalto
Município: Juazeiro do Norte
CEP: 63.040.360
UF: CE
Telefone: (88) 3572-7800
Fax: (88) 3572-7801
E-mail: atendimento@fmj-ce.edu.br
Home page: www.fmj-ce.edu.br
Início de Funcionamento: Outubro 2000
ENTIDADE MANTENEDORA
Nome: Sociedade de Ensino Superior do Ceará
Sigla: SESCE
Presidente: Professor João Clemente Baena Soares
Endereço: Avenida Dom Luiz, 906.
Município: Fortaleza
CEP: 60.821-010
UF: CE
C.G.C.: 01.239.996/0001-55
Telefone: (85) 3264-7855
Fax: (85) 3264-7641
Data de Fundação: 08 de abril de 1996
DIRIGENTES E TITULAÇÕES
Diretor Geral
Ângela Massayo Ginbo-Lima
Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente
4
Coordenação de Curso
Coordenadora Geral do Curso
Ana Cristina Gomes Duarte
Especialista em Nefrologia
DO CURSO
Curso
Medicina
Ato Legal
Reconhecido pela Portaria nº 1.090 de 26 de maio de 2006.
Publicado no DOU em 29 de maio de 2006.
Conceito – MB
Habilitação – Bacharelado
Mensalidade
R$ 2.609,39 (Dois mil seiscentos e nove reais e trinta e nove centavos)
Integralização
No mínimo de doze e no máximo de dezoito semestres letivos.
Regime de Matrícula
Crédito Semestral
Missão
Formar médicos com perfil de competência compatível com a atuação em
qualquer área da medicina geral, imbuídos de espírito ético e humanístico, com
percepção de sua responsabilidade social e da estrutura e funcionamento do sistema
de saúde do País. Contribuir para a melhoria da qualificação de recursos humanos na
área de saúde, através da oferta de cursos e de atividades de extensão e pósgraduação lato sensu e stricto sensu, contribuindo para o desenvolvimento social,
através da integração permanente com a comunidade e o sistema de saúde.
5
Concepção
Desde a sua criação em 2000, a FMJ vem passando por transformações
baseadas em auto-avaliação crítica do currículo, do trabalho docente e do seu processo
ensino-aprendizagem, buscando a melhoria contínua do seu desempenho, no que diz
respeito à organização do trabalho escolar.
O Projeto do Curso tem por princípios:
1. O estímulo à criação cultural e ao desenvolvimento do espírito
científico e do pensamento reflexivo;
2. O incentivo ao trabalho de pesquisa e investigação científica, visando
ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia, desenvolvendo o entendimento
do homem e do meio em que vive;
3. A promoção e a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e
técnicos que constituem o patrimônio da humanidade;
4. A comunicação do saber através do ensino, de publicações ou de
outras formas de comunicação; e
5. O estímulo ao conhecimento dos problemas do mundo presente,
buscando integração com a população local, conhecendo os problemas e
nosologias prevalentes, assim como procura contribuir para a busca de soluções,
visando a melhoria e o aprimoramento da qualidade de vida da comunidade na
qual o curso está inserido.
Para a adoção desses princípios, a FMJ entende que o desenvolvimento da
capacidade técnica, humana e política do corpo docente é primordial. Sob a
coordenação do Núcleo de Apoio Psicopedagógico, implementa o “Programa de
Educação Continuada para os Professores”, com o intuito de desenvolver nos mesmos
o espírito de educadores, imbuídos do espírito da pesquisa e das ações de extensão
em sintonia com a capacidade dos alunos. Nessa perspectiva, o currículo foi
estruturado dentro dos postulados mais modernos de ensino médico e da avaliação do
aprendizado. É voltado para a inserção precoce do aluno nas práticas médicas,
fortalecendo-se na integração interdisciplinar.
O Currículo do Curso de Medicina da FMJ tem por finalidade, a formação do
médico generalista, humanista, crítico e reflexivo. Ou seja, um profissional capaz de
atuar, tendo a ética como elemento balizador no processo de saúde-doença de forma
integrada, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde,
com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania.
6
A inserção da disciplina Saúde da Família ao longo de todo o curso contribui
para a percepção da abrangência da prática médica pelo aluno, sendo ainda, o eixo
integrador entre as várias especialidades nos diversos níveis de atenção. O objetivo da
abordagem centrada na Atenção à Família no Cariri, é de contribuir para que a família
construa e desenvolva as suas competências para lidar com as respostas aos
problemas de saúde atuais e/ou potenciais e a cumprir as suas funções do modo mais
saudável. Também corresponde à perspectiva do Ministério da Saúde que coloca a
família como objeto de atenção na estratégia de Atenção Primária que é o Programa
Saúde da Família (PSF).
Nesta perspectiva, o médico é chamado a considerar a dinâmica familiar como
um dos principais elementos do processo de conceitualização e contextualização dos
cuidados, principalmente na Atenção Primária. Por este motivo, é importante considerar
a discussão, elaboração e a produção de conhecimentos durante a formação do
profissional de medicina para ancorar e subsidiar as práticas de cuidados e atenção
centrada na abordagem da família.
Finalidade
Ciente da sua responsabilidade social, a FMJ tem por finalidade a
transformação social através da geração e difusão do conhecimento, orientando suas
ações de acordo com os paradigmas que norteiam o milênio: inovação, antecipação e
excelência, utilizando estratégias, processos, controles e avaliações de acordo com os
modernos princípios da pedagogia e das organizações de saúde modernas.
Antecipa-se, quando oferece com base na análise de cenários futuros e de
acordo com as necessidades locais, um curso na área médica, cursos de pósgraduação, atividades de extensão e projetos de pesquisa, que são essenciais para a
formação de um novo profissional, capaz de atuar no mercado de trabalho de forma
criativa e competente.
Busca a excelência do seu processo educacional, através de um projeto
pedagógico moderno, com atividades que envolvem parcerias com os serviços de
saúde da Região, monitoria, iniciação científica, tutoria, estágio, voluntariado, estudo
em biblioteca, pesquisa na Internet, aulas práticas, visitas técnicas, palestras e
seminários,
colocando
em
primeiro
plano
a
qualidade
dos
serviços
e,
conseqüentemente, a satisfação dos alunos.
7
Áreas de Atuação
A FMJ direciona suas ações para o ensino, a extensão e a pesquisa,
oferecendo ao aluno um leque de projetos e programas complementares a fim de
capacitá-lo plenamente para o exercício profissional e da cidadania.
Com essa concepção de educação superior, busca a identificação dos
problemas socioeconômicos e de saúde que afligem o País, a Região Nordeste, o
Ceará e o Cariri. Isso conduz à formação de pessoas conscientes da realidade da
região em que irão atuar. Nesse sentido, a FMJ atua nas áreas de Educação e Saúde,
nos níveis de extensão, graduação e pós-graduação.
Objetivos
Objetivo Geral
Formar médico generalista, humanista, crítico e reflexivo, sendo capaz de
atuar, tendo a ética como principal elemento balizador, no processo de saúde-doença,
conciliando as necessidades do cliente/pacientes, assim como da comunidade em que
irá atuar como agente de transformação.
Objetivos Específicos
I. Formar médicos com excelência profissional, em consonância com a missão
da instituição.
II. Incentivar e apoiar a pesquisa e a produção acadêmica na Região do Cariri
e seu diálogo com a comunidade acadêmica nacional e internacional.
III. Realizar e incentivar projetos de extensão criativos, estimulando vocações e
organizando programas particularmente vinculados às necessidades locais e
regionais.
IV. Estender o ensino à comunidade, mediante cursos e serviços especiais, em
colaboração constante para a solução de seus problemas, com vistas ao
cumprimento de sua responsabilidade social.
V. Oferecer condições para a especialização e o aperfeiçoamento do corpos
docente, discente, técnico-administrativo e profissionais de saúde da Região.
VI. Estimular a participação dos docentes e discentes em projetos e programas
instituídos pela FMJ.
VII. Cooperar com a comunidade local, regional e nacional, como organismo de
diagnóstico, consultoria, assessoria e prestação de serviços a instituições de
8
direito público ou privado, em matérias vinculadas aos seus fins e às suas
atividades.
VIII. Realizar convênios de cooperação técnica com vistas à realização de
atividades de ensino, pesquisa e extensão na área da saúde.
Competências e Habilidades
A Faculdade deve conferir as competências e habilidades necessárias à
atuação do graduado em qualquer uma das vertentes que ele queira seguir:
assistencial, acadêmica ou de pesquisa.
As competências e habilidades do médico a ser formado na FMJ implicam em
conhecer os conceitos e métodos de epidemiologia descritiva e de vigilância
epidemiológica, noções de programação em saúde local e de gestão de serviços que
lhe permitirão estabelecer o equilíbrio desejado entre os recursos financeiros
disponíveis e a necessidade de sua utilização.
Para o enfrentamento das demais vertentes o aluno deverá ter grande
embasamento científico, o desenvolvimento de compaixão (solidariedade) pelo doente,
o respeito na relação médico/paciente, a cooperação com os outros profissionais de
saúde e a atuação nos aspectos éticos, sociais, econômicos, ecológicos e de
comportamento em geral, ligados à Medicina.
Perfil do Egresso
O médico formado na FMJ deverá ter formação generalista, humanista, crítica e
reflexiva, levando-se em consideração a singularidade e a subjetividade da população a
ser atendida. Deve estar capacitado a atuar, pautado em princípios éticos, no processo
saúde-doença em seus diferentes níveis de atenção, com ênfase na atenção primária e
secundária, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde,
na perspectiva da integralidade da assistência, com senso de responsabilidade social e
compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano
(Resolução CNE/CES nº4 de 7 de novembro de 2001).
Estrutura Organizacional
A FMJ apresenta uma estrutura organizacional desenhada para o alcance dos
seus objetivos. Além da estrutura operacional propriamente dita, conta com órgãos
deliberativos que dão suporte às decisões de natureza acadêmica e administrativa.
9
Órgãos Normativos, Consultivos, Deliberativos e de Supervisão:
NOME
DATA DA INSTITUIÇÃO
Conselho Superior de Administração - CONSAD
17/10/2000
Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão - CONSEPE
17/10/2000
Colegiado de Curso
23/02/2001
Órgãos Executivos
NOME
DATA DA INSTITUIÇÃO
Direção Geral
10/10/2000
Secretaria Geral
18/10/2000
Assessoria Administrativo-Financeira
25/10/2000
Coordenação do Curso
10/10/2001
Órgãos de Apoio Acadêmico
NOME DATA DA INSTITUIÇÃO
NOME
DATA DA INSTITUIÇÃO
Gerência da Tecnologia da Informação – GTI
23/02/2001
Comitê de Ética em Pesquisa*
29/07/2001
Núcleo de Pós-Graduação, Pesquisa - NUPPE
13/01/2004
Núcleo de Extensão – NEX
Núcleo de Apoio Psicopedagógico – NAP
11/08/2004
Núcleo de Assuntos Educacionais – NAE
11/08/2004
Laboratórios
A partir de outubro 2000
Técnicos
Auxiliares de Laboratório
* O Comitê de Ética em Pesquisa está registrado na Comissão Nacional de
Ética em Pesquisa (CONEP)
10
Currículo
A Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte tem como proposta curricular
corroborar as recomendações das Diretrizes Nacionais para o ensino médico do
Conselho Nacional de Educação/Ministério da Educação. Tem como foco o ensino
centrado na formação dos alunos, inserindo-o desde cedo no seu futuro campo de
trabalho, permitindo-lhe o reconhecimento precoce da realidade da população na qual
realiza seu trabalho, o modelo de vigilância à saúde vigente no País e o Programa
Saúde da Família como estratégia governamental de organização da atenção primária
à saúde. Considera como prioridades educacionais a preocupação com o custobenefício do processo de diagnóstico e tratamento, a promoção da saúde e a
prevenção e reabilitação das doenças.
Considera ainda que o currículo do curso deve levar em consideração o
atendimento às demandas atuais e futuras do mundo do trabalho, dando atenção às
competências essenciais do profissional do campo da Medicina, sem esquecer,
contudo, aspectos mais genéricos de formação humanista, filosófica, ética, política,
legal e social.
Matriz Curricular
1º Período
Disciplina
Créditos
Código
Tipo
BIOMORFOLOGIA I
BM1
MÍNIMA
108 108
216
BIOFISIOLOGIA I
BF1
MÍNIMA
189
63
252
ECOLOGIA
PSICOPEDAGOGIA DO APRENDIZADO
SAÚDE DA FAMÍLIA I
T
P
C
Total
S023
MÍNIMA
36
36
72
HS004
MÍNIMA
27
9
36
S056
MÍNIMA
48
24
72
Pré-Req
2º Período
Disciplina
Código
Tipo
BIOMORFOLOGIA II
BM2
BIOFISIOLOGIA II
S004
MICROBIOLOGIA
Créditos
C
Total
Pré-Req
T
P
MÍNIMA
144
72
216
BM1
MÍNIMA
162
54
216
BF1
S048
MÍNIMA
54
18
72
PARASITOLOGIA
S051
MÍNIMA
54
18
72
SAÚDE DA FAMÍLIA II
S057
MÍNIMA
48
24
72
INFORMÁTICA MÉDICA
INF1
ELETIVA
9
27
36
3º Período
Disciplina
Código
Tipo
IMUNOLOGIA
S034
EPIDEMIOLOGIA
S026
Créditos
T
P
C
Total
MÍNIMA
108
36
144
MÍNIMA
54
18
72
Pré-Req
11
ANATOMIA PATOLÓGICA
AP1
MÍNIMA
36
36
72
BM2
FISIOPATOLOGIA
FP1
MÍNIMA
162
54
216
S004
SAÚDE DA FAMÍLIA III
S058
MÍNIMA
48
24
72
4º Período
Disciplina
MEDICINA LEGAL
Código
Tipo
Créditos
T
P
C
Total
S047
MÍNIMA
36
36
72
HS003
MÍNIMA
27
9
36
BIOESTATÍSTICA
S002
MÍNIMA
54
18
72
FARMACOLOGIA
S028
MÍNIMA
108
36
144
ÉTICA MÉDICA
S027
MÍNIMA
36
36
SAÚDE DA FAMÍLIA IV
S059
MÍNIMA
48
24
72
72
SEMIOLOGIA
SEM1
MÍNIMA
54
162
216
METODOLOGIA DA PESQUISA
Pré-Req
AP1 e FP1
S004
S004 e BM2
5º Período
Disciplina
Código
Tipo
CLÍNICA MÉDICA I
S016
CLÍNICA CIRÚRGICA I
S013
MEDICINA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE I
Créditos
P
MÍNIMA
54
162
216
SEM1 e FP1 e S028
MÍNIMA
72
72
144
SEM1 e FP1
S041
MÍNIMA
72
72
144
SEM1 e FP1
SAÚDE DA FAMÍLIA V
S060
MÍNIMA
48
24
72
S056 e S057 e S058 e S059
IMAGENOLOGIA
S033
MÍNIMA
36
36
72
SEM1 e FP1
INGLÊS MÉDICO
ING1
ELETIVA
18
18
36
OPT01
ELETIVA
9
27
36
TM1
ELETIVA
9
27
36
LIBRAS
TELEMEDICINA
C
Total
Pré-Req
T
6º Período
Disciplina
Código
Tipo
CLÍNICA MÉDICA II
S017
CLÍNICA CIRÚRGICA II
S014
MEDICINA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE II
Créditos
C
Total
Pré-Req
T
P
MÍNIMA
54
162
216
SEM1 e FP1 e S028
MÍNIMA
72
72
144
S013
S042
MÍNIMA
72
72
144
S041
SAÚDE DA FAMÍLIA IV
S061
MÍNIMA
48
24
72
S056 e S057 e S058 e S059
GENÉTICA MÉDICA
GM1
MÍNIMA
36
36
72
SEM1 e FP1
7º Período
Disciplina
Código
Tipo
CLÍNICA MÉDICA III
CM3
CLÍNICA CIRÚRGICA III
S015
CIRURGIA AMBULATORIAL
Créditos
C
Total
Pré-Req
T
P
MÍNIMA
54
162
216
SEM1 e FP1 e S028
MÍNIMA
36
36
72
S013
S008
MÍNIMA
36
36
72
S013
SAÚDE DA FAMÍLIA VII
S062
MÍNIMA
48
24
72
S056 e S057 e S058 e S059
SAÚDE DA MULHER
S064
MÍNIMA
72
72
144
SEM1 e FP1
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
TCC
MÍNIMA
54
18
72
S002 e HS003 e S026
8º Período
Disciplina
Código
Tipo
GS1
SAÚDE MENTAL
NEUROLOGIA
DERMATOLOGIA
SAÚDE DA FAMÍLIA VIII
GESTÃO EM SAÚDE
Créditos
C
Total
Pré-Req
T
P
MÍNIMA
27
9
36
SM1
MÍNIMA
36
36
72
NEU1
MÍNIMA
36
36
72
SEM1 e FP1
S021
MÍNIMA
36
36
72
SEM1 e FP1 e S034
S063
MÍNIMA
48
24
72
S056 e S057 e S058 e S059 e
S060 e S061 e S062
SEM1 e FP1
12
GERONTOLOGIA
S031
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS
S022
MÍNIMA
MÍNIMA
36
72
36
72
72
SEM1 e FP1
144
SEM1 e FP1 e S048 e
S051 e S034
Carga Horária de Atividades Complementares:
Carga Horária de Estágio: 3640
8º ou 9º ou 10º ou 11º ou 12º Período
Disciplina
Código
Tipo
INTERNATO MEDICINA INTERNA
INT_MI
MÍNIMA
INTERNATO CLÍNICA CIRÚRGICA
INT_CC
MÍNIMA
INTERNATO PEDIATRIA
INT_PED
INTERNATO TOCO-GINECOLOGIA
INTERNATO MEDICINA COMUNITÁRIA
Créditos
T
P
C
Total
76
692
768
76
692
768
MÍNIMA
76
692
768
INT_TG
MÍNIMA
76
692
768
INT_MC
MÍNIMA
76
692
768
Pré-Req
Internato
A metodologia de ensino corresponde a treinamento-em-serviço, sob
supervisão, complementada por sessões do Programa de Educação Continuada do
corpo clínico dos hospitais e unidades de saúde e/ou atividades didáticas
especialmente destinadas aos alunos, tais como: sessões clínicas, anátomo-clínicas e
clínico-radiológicas, clube de revista, sessões de revisão e atualização de temas, etc.
Trata-se de treinamento contínuo, onde os alunos exercem atividades de rotina
nos turnos da manhã e tarde, podendo realizar plantões no turno da noite, feriados e
finais de semana, em regime de escalas, de acordo com as características e
necessidades da área em que atua. O treinamento em urgências e emergências é
contemplado ao longo de cada área.
O aluno deverá desenvolver um Trabalho de Conclusão do Curso (TCC), que
pode ser uma monografia, um artigo científico, produção de material educativo,etc., em
uma das áreas do estágio.
A avaliação dos alunos no internato incide sobre a freqüência e o
aproveitamento (avaliação de habilidades e de conhecimento cognitivo, e de
desempenho). É exigida uma freqüência mínima de 95% em todas as atividades
programadas para o internato.
É considerado aprovado o aluno que obtiver média final igual ou superior a sete
e freqüência mínima de 95% por área de internato.
Currículo Pleno
Total geral do curso: 9.040h/aulas
13
Corpo Docente
NOME DO DOCENTE
MAIOR TITULAÇÃO
RESIDÊNCIA
C/H
REGIME DE
TRABALHO
ADRIANA FERREIRA DE CARVALHO
ESPECIALISTA EM
26
PARCIAL
PEDIATRIA
12
PARCIAL
26
PARCIAL
36
INTEGRAL
NEFROLOGIA
04
PARCIAL
PEDIATRIA
24
INTEGRAL
20
PARCIAL
26
PARCIAL
40
PARCIAL
24
PARCIAL
CLÍNICA MÉDICA
16
PARCIAL
PEDIATRIA
24
PARCIAL
04
INTEGRAL
20
PARCIAL
24
INTEGRAL
14
PARCIAL
8
HORISTA
34
PARCIAL
24
PARCIAL
NEONATOLOGIA
ALDA LÚCIA AFONSO FERREIRA SILTON
ESPECIALISTA EM
PEDIATRIA
ALEXANDRE JOSÉ STAUDINGER DA
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL;
SILVA
CIRURGIA GERAL;
UROLOGIA
UROLOGIA
ALOÍSIO ANTONIO GOMES MATOS
BRASIL
ESPECIALISTA EM
SAÚDE DA FAMÍLIA E
CLÍNICA MÉDICA
ANA CRISTINA GOMES DUARTE
ESPECIALISTA
NEFROLOGIA
ANA FLÁVIA BARROSO DE MORAES
BACALHAU
ANAIR HOLANDA CAVALCANTE
ESPECIALISTA
PEDIATRIA
MESTRE SAÚDE
PÚBLICA
ANASTÁCIA MATIAS DE LUCENA
ANDERSON PONTES ARRUDA
ESPECIALISTA EM
GINECOLOGIA-
MEDICINA FETAL
OBSTETRA
MESTRE EM CIÊNCIAS
FISIOLÓGICAS
ANDRÉ ALENCAR SULIANO
DOUTOR EM SAÚDE
COLETIVA
ANDRESA CARVALHO NOBRE
ESPECIALISTA EM
CARDIOLOGIA ECOCARDIOGRAFIA
ANDREZA DA CONCEIÇÃO SANTANA
OLIVEIRA
ÂNGELA MASSAYO GINBO-LIMA
ESPECIALISTA EM
PEDIATRIA
MESTRE EM SAÚDE DA
CRIANÇA E DO
ADOLESCENTE
ANTONIA ERISMAR G. DE ARAÚJO
ESPECIALISTA EM
PEDIATRIA
PEDIATRIA
ANTÔNIO BENITO CARNEIRO
MESTRE EM
FARMACOLOGIA
ANTONIO HELSON VIANA DE BRITO
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL
CIRURGIA GERAL
ANTÔNIO JOSÉ ESMERALDO
MESTRE EM
EDUCAÇÃO
ORGANIZACIONAL
ANTONIO OTÁVIO LEITE FERNADES
ANTONIO WISDAMY PINTO SARAIVA
ESPECIALISTA
CIRURGIA;
CIRURGIA; UROLOGIA
UROLOGIA
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL;
CIRURGIA GERAL;
CARDIOVASCULAR
14
CARDIOVASCULAR
ASTRIDE ARMIDA DE FREITAS
ESPECIALISTA CLÍNICA
CLÍNICA MÉDICA/
32
INTEGRAL
MÉDICA/ PATOLOGIA
PATOLOGIA CLÍNICA
CLINICA MÉDICA
20
HORISTA
NEUROCIRURGIA
20
PARCIAL
06
HORISTA
30
PARCIAL
CLÍNICA MÉDICA
24
PARCIAL
PATOLOGIA
40 TI
INTEGRAL
20
PARCIAL
CLÍNICA
BERNARDO PINHEIRO CARDOSO DE
BRITO GONÇALVES
ESPECIALISTA EM
ENDOCRINOLOGA E
DIABETES
CARLOS KENNEDY TAVARES LIMA
ESPECIALISTA
NEUROCIRURGIA
CÍCERO DO JUAZEIRO JOB MACIEL
ESPECIALISTA EM
NEUROLOGIA
CÍCERO FRANCISCO BEZERRA FELIPE
MESTRE EM
FARMACOLOGIA
CÍCERO ROBÉRIO ARAÚJO MOTTA
MESTRE EM CLÍNICA
MÉDICA
CLÁUDIO GLEIDISTON LIMA DA SILVA
MESTRE EM
PATOLOGIA
CLÓVIS COLARES DE CASTRO FILHO
CONCEIÇÃO MARIA SANTOS CORREIRA
SOUZA
ESPECIALISTA EM
MEDICINA DE
MEDICINA DE FAMÍLIA E
FAMÍLIA E
COMUNIDADE
COMUNIDADE
ESPECIALISTA EM
PEDIATRIA
30
INTEGRAL
CIRURGIA
20
PARCIAL
PEDIATRIA E SAÚDE
COLETIVA
DAVID NEGRÃO GRANGEIRO
MESTRE PEDIATRIA
PEDIÁTRICA
DJAILSON RICARDO MALHEIRO
ESPECIALISTA EM
16
GEOGRAFIA E MEIO
AMBIENTE
EDGLÊ PEDRO DE SOUSA FILHO
ESPECIALISTA EM
UROLOGIA
20
ANESTEDIOLOGIA
04
PARCIAL
UROLOGIA
EDVAL ALBUQUERQUE GOUVEIA
ESPECIALISTA EM
ANESTESIOLOGIA
ELIZABETE BERNARDO DE OLIVEIRA
ESPECIALISTA EM
HORISTA
CLINICA MÉDICA
36
CLÍNICA MÉDICA
EPONINA RÉGIA DE SÁ BARRETO
INTEGRAL
MESTRE EM NUTRIÇÃO
20
PARCIAL
PARCIAL
COUTINHO
ERLANE MARQUES RIBEIRO
EXPEDITO ARAÚJO SANTANA
MESTRE EM PEDIATRIA
PEDIATRIA
28
ESPECIALISTA EM
RADIOLOGIA
18
RADIOLOGIA
FLÁVIO CÉSAR BRITO NUNES
PARCIAL
MESTRE EM
12
ENGENHARIA
PARCIAL
ELÉTRICA
FRANCISCA ADILFA OLIVEIRA GARCIA
MESTRE EM
08
HORISTA
FARMACOLOGIA
FRANCISCA DE CÁSSIA FERNANDES
MESTRE EM SAÚDE DA
OBSTETRÍCIA E
CRIANÇA E DO
GINECOLOGIA
30
PARCIAL
15
ADOLESCENTE
FRANCISCA MARIA DE OLIVEIRA
ANDRADE
FRANCISCO AILTON ESMERALDO FILHO
MESTRE EM SAÚDE
PEDIATRIA
8
ESPECIALISTA EM
GINECOLOGIA E
20
GINECOLOGIA E
OBSTRETÍCIA
HORISTA
PÚBLICA
PARCIAL
OBSTRETÍCIA
FRANCISCO ANTONIO VIEIRA DOS
ESPECIALISTA EM
08
SANTOS
SAÚDE COLETIVA
FRANCISCO COUTO BEM
ESPECIALISTA EM
GINECOLOGIA E
GINECOLOGIA E
OBSTRETÍCIA
20
OBSTRETÍCIA
FRANCISCO DANÚBIO ALVES PINTO
ESPECIALISTA EM
HORISTA
PARCIAL
CIRURGIA GERAL
06
CIRURGIA DA CABEÇA
HORISTA
E DO PESCOÇO
FRANCISCO GILBERTO PINHEIRO
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL
28
CIRURGIA DO
PARCIAL
APARELHO DIGESTIVO
FRANCISCO JOSÉ SALES DE SIQUEIRA
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL
12
MEDICINA LEGAL
FRANCISCO PAULINO DE BRITO FILHO
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
CLÍNICA MÉDICA
10
CARDIOLOGIA
FRANCISCO SORMANI DE LUCENA
ESPECIALISTA EM
HORISTA
CLÍNICA MÉDICA
36
NEFROLOGIA
FRANKLIN HERBERT AGUIAR MARTINS
ESPECIALISTA EM
INTEGRAL
CIRURGIA GERAL
40
CIRURGIA GERAL
GABRIEL D'ANNUZIO DOS SANTOS T.
ESPECIALISTA EM
NEVES
SAÚDE DA FAMÍLIA
GEAMBERG EINSTEIN CRUZ MACEDO
ESPECIALISTA EM
INTEGRAL
PEDIATRIA
20
PARCIAL
CIRURGIA GERAL E
CIRURGIA GERAL E
CIRURGIA DE
CIRURGIA DE CABEÇA
CABEÇA E PESCOÇO
08
HORISTA
E PESCOÇO
GENI BALABAN GRANGEIRO
DOUTORA EM
PEDIATRIA
32
NUTRIÇÃO
GEORGE WALLACE F. DE BARROS
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
PEDIATRIA
20
PEDIATRIA
GEOVÂNIA MARIA DE SANTANA
FERREIRA
GIOVANY MICHELY PINTO DA CRUZ
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
CLÍNICA MÉDICA
16
CARDIOLOGIA
HORISTA
MESTRE EM CIÊNCIAS
40
FISIOLÓGICAS
GLAUCE SOCORRO BARROS VIANA
INTEGRAL
DOUTORA EM
30
FARMACOLOGIA
GLAUCIA VALÉRIA RESENDE BRITO
PARCIAL
ESPECIALISTA
GINECOLOGIA E
GINECOLOGIA E
OBSTRETÍCIA
20
PARCIAL
OBSTRETÍCIA
HELLEN LÚCIA CRUZ CALDAS
MESTRE EM SAÚDE DA
CRIANÇA E DO
40
INTEGRAL
16
ADOLESCENTE
HERBERT LIMA MENDES
ESPECIALISTA EM
CARDIOLOIGA
36
CLÍNICA MÉDICA
PARCIAL
CARDIOLOGIA
IRI SANDRO PAMPOLHA LIMA
MESTRE EM
40
FARMACOLOGIA
ÍTALO NEY BEZERRA PAULINO
INTEGRAL
ESPECIALISTA EM
04
HORISTA
GESTÃO DE SISTEMA
LOCAIS DE SAÚDE
JACIARA BEZERRA MARQUES
JÁCIO BERARDO SAMPAIO
ESPECIALISTA EM
MEDICINA DE
GERONTOLOGIA E
FAMÍLIA E
SAÚDE COLETIVA
COMUNIDADE
MESTRE EM SAÚDE DA
40
INTEGRAL
16
CRIANÇA E DO
PARCIAL
ADOLESCENTE
JOÃO ANANIAS MACHADO FILHO
MESTRE EM SAÚDE DA
NEUROLOGIA
30
CRIANÇA E DO
PARCIAL
ADOLESCENTE
JOÃO BOSCO SOARES SAMPAIO
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL
12
CIRURGIA GERAL
JOAQUIM JOSIAS DE CARVALHO JÚNIOR
PARCIAL
ESPECIALISTA EM
OTORRINOLARINGOL
OTORRINOLARINGOLO
OGIA
08
HORISTA
GIA
JOEL BOECHAT DE MORAIS JÚNIOR
ESPECIALISTA EM
PATOLOGIA
20
PATOLOGIA
JOHNNY EMERSON LIMA RIBEIRO
HORISTA
ESPECIALISTA EM
OBSTETRÍCIA E
OBSTETRÍCIA E
GINECOLOGIA
18
PARCIAL
GINECOLOGIA
JORGE ANDRÉ CARTAXO PEIXOTO
MESTRE EM SAÚDE DA
CLINICA MÉDICA
24
CRIANÇA E DO
PARCIAL
ADOLESCENTE
JORGE LUIZ COELHO LEITE
ESPECIALISTA EM
ORTOPEDIA E
ORTOPEDIA E
TRAUMATOLOGIA
08
TRAUMATOLOGIA
JOSÉ AÉCIO ARAÚJO SANTANA
HORISTA
ESPECIALISTA EM
08
RADIOLOGIA
JOSÉ EVANDRO SANTOS DE SOUSA
ESPECIALISTA EM
HORISTA
DERMATOLOGIA
16
DERMATOLOGIA
JOSÉ FERREIRA LIMA JÚNIOR
PARCIAL
MESTRE EM
08
HORISTA
ODONTOLOGIA
PREVENTIVA E SOCIAL
JOSÉ MAURÍCIO PEREIRA LOPES
ESPECIALISTA EM
INFECTOLOGIA
32
INFECTOLOGIA
JOSÉ PÉRICLES MAGALHÃES
VASCONCELOS
JOSIAS MARTINS VALE
PARCIAL
MESTRE EM CLÍNICA
08
MÉDICA
ESPECIALISTA EM
PATOLOGIA
HORISTA
ANÁLISES CLÍNICA
12
PARCIAL
17
JÚLIO CÉSAR FERREIRA DA SILVA
MESTRE EM
20
PATOLOGIA
KELSILENE FARIAS DE LUCENA
ESPECIALISTA
PARCIAL
PEDIATRIA
28
ECOCARDIOGRAFIA
INTEGRAL
PEDIÁTRICA
LEONARDO BESERRA LANDIM
ESPECIALISTA
ANESTESIOLOGIA
24
ANESTESIOLOGIA
LILIANNY MEDEIROS PEREIRA
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
PEDIATRIA
24
PEDIATRIA
LISIENE SIEBRA DE DEUS ALBUQUERQUE
PARCIAL
MESTRE EM
08
DESENVOLVIMENTO
REGIONAL
LÚCIA CRISTIANE DE ARAÚJO LAPA
HORISTA
ESPECIALISTA EM
08
CLÍNICA MÉDICA E
CARDIOLOGIA
LUCIANA BARRETO SILVEIRA DE SOUZA
MESTRE EM BIOLOGIA
12
DE FUNGOS
LUIS LUCIANO NETO
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
CIRURGIA GERAL
06
CIRURGIA GERAL
LUIZ CARLOS ALBUQUERQUE PINTO
HORISTA
MESTRE EM
24
MICROBIOLOGIA E
PARCIAL
IMUNOLOGIA
MARCELO CRUZ OLIVEIRA
ESPECIALISTA EM
28
CARDIOLOGIA
MARCELO GURGEL CARLOS DA SILVA
PARCIAL
DOUTOR EM SAÚDE
10
PÚBLICA
MACIAL MORENO MOREIRA
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
PSIQUIATRIA
08
ESPECIALISTA EM
CARDIOLOGIA
08
CARDIOLOGIA CLÍNICA
CLÍNICA
ESPECIALISTA EM
ANGIOLOGIA;
ANGIOLOGIA E
CIRURGIA
CIRURGIA VASCULAR
VASCULAR
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL
HORISTA
PSIQUIATRIA
MÁRCIO ALVES LANDIM
MÁRCIO FERNANDO GONÇALVES
ARAÚJO
MARCO ANTONIO BEZERRA RULIM
HORISTA
24
PARCIAL
08
CIRURGIA GERAL
MARCOS ANTONIO DE O. MARTINS
ESPECIALISTA EM
HORISTA
CIRURGIA GERAL
06
CIRURGIA GERAL
MARCOS ANTONIO XAVIER DE ALENCAR
HORISTA
ESPECIALISTA EM
20
REUMATOLOGIA
MARGARET MAIA DE SOARES MESSAGI
ESPECIALISTA E
ARRAIS
GINECOLOGIA E
PARCIAL
12
OBSTETRÍCIA
MARIA APARECIDA GUEDES BEZERRA
MARIA APARECIDA TIBÚRCIO
08
MESTRE EM SAÚDE DA
GINECOLOGIA E
CRIANÇA E DO
OBSTRETÍCIA
HORISTA
16
PARCIAL
ADOLESCENTE
18
MARIA AUXILIADORA NEVES PINHEIRO
ESPECIALISTA EM
08
DERMATOLOGIA
MARIA DA GRAÇA FARIAS BRASIL
HORISTA
MESTRE EM
20
DESENVOLVIMENTO
REGIONAL
MARIA DAS GRAÇAS NASCIMENTO SILVA
MESTRADO EM
PARCIAL
PEDIATRIA
40
PEDIATRIA
MARIA DENISE FERNANDES CARVALHO
INTEGRAL
MESTRE EM CIÊNCIAS
10
FISIOLÓGICAS
MARIA DO CARMO PAGAN FORTI
HORISTA
MESTRE EM CIÊNCIAS
20
DA RELIGIÃO
MARIA DO CÉO FILGUEIRAS MENEZES
PARCIAL
ESPECIALISTA EM
28
MEDICINA DA FAMÍLIA E
PARCIAL
COMUNIDADE
MARIA DO SOCORRO SAMPAIO B. DOS
ESPECIALISTA
SANTOS
CIRURGIA PEDIÁTRICA
MARIA ELIZABETH PEREIRA NOBRE
MESTRE EM CIÊNCIAS
20
PARCIAL
40
BIOLÓGICAS
MARIA LEOMAR MACEDO
INTEGRAL
ESPECIALIZAÇÃO EM
12
SAÚDE DA FAMÍLIA
MARIA VALÉRIA LEIMIG TELLES
HORISTA
MESTRE EM SAÚDE DA
40
CRIANÇA E DO
INTEGRAL
ADOLESCENTE
MAURÍCIO DE MIRANDA MOREIRA
ESPECIALISTA EM
ORTOPEDIA E
ORTOPEDIA E
TRAUMATOLOGIA
08
TRAUMATOLOGIA
MOACIR PEREIRA LEITE NETO
ESPECIALISTA EM
HORISTA
NEUROLOGIA
10
CIRURGIA GERAL
30
HORISTA
NEUROLOGIA
NAÉSIO COSTA PEREIRA
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL
NILENE CLEMENTE BARROS ALVES DE
OLIVEIRA
PARCIAL
MESTRE EM SAÚDE DA
GINECOLOGIA E
CRIANÇA E DO
OBSTRETÍCIA
26
PARCIAL
ADOLESCENTE
NILO JOBSON DE MORAIS MARTINS
ESPECIALISTA EM
PEDIATRIA
28
PEDIATRIA
NILTON SILVA SANTOS
PARCIAL
ESPECIALIZAÇÃO EM
08
FISICA MÉDICA
PEDRO JORGE PINHO MALZONI
HORISTA
ESPECIALISTA EM
08
PSIQUIATRIA
RAIMUNDO NASCIMENTO NETO
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
CIRURGIA GERAL
20
CIRURGIA GERAL
RÉGIS SANTANA FIGUEIREDO
MESTRE EM
PARCIAL
OFTALMOLOGIA
20
FARMACOLOGIA
PARCIAL
CLÍNICA
RICARDO SOUTO QUIDUTE
ESPECIALISTA EM
MASTOLOGIA E
CIRURGIA GERAL
08
HORISTA
19
CIRURGIA GERAL
ROBERTINA PINHEIRO ROBERTO
BARROS
ESPECIALISTA EM
CLÍNICA MÉDICA
40
PENUMOLOGIA
ROGÉRIO SAMPAIO DE OLIVEIRA
INTEGRAL
ESPECIALISTA EM
MEDICINA GERAL E
MEDICINA DE FAMÍLIA E
COMUNIDADE
40
INTEGRAL
COMUNIDADE
SAMIRA AZEVEDO
MESTRE EM
14
PARCIAL
FITOPATOLOGIA
SAMYA ARAÚJO NEVES
DOUTORA EM
20
BIOQUÍMICA
SÉRGIO ARAÚJO
SHEILA ULISSES PAIVA
PARCIAL
ESPECIALISTA EM
CIRURGIA GERAL E
CIRURGIA GERAL E DO
DO APARELHO
APARELHO DIGESTIVO
DIGESTIVO
MESTRE EM SAÚDE DA
OBSTETRÍCIA E
CRIANÇA E DO
GINECOLOGIA
40
INTEGRAL
16
PARCIAL
ADOLESCENTE
THALES ANÍBAL LEITE BARROS
AGOSTINHO
TÚLIO JOSÉ TEIXEIRA GOMES
ESPECIALISTA EM
CLÍNICA MÉDICA
20
ESPECIALISTA EM
OBSTETRÍCIA E
40
OBSTETRÍCIA E
GINECOLOGIA
HORISTA
CLÍNICA MÉDICA
PARCIAL
GINECOLOGIA
VALTER MENEZES BARBOSA FILHO
MESTRE EM CIÊNCIAS
08
HORISTA
FISIOLÓGICA
VIRNA TELES SOARES
ESPECIALISTA EM
NEONATOLOGIA
30
NEONATOLOGIA
VITOR LUNA DE SAMPAIO
MESTRE EM CIRURGIA
VIVIAN SAMPAIO MADEIRO
ESPECIALISTA EM
PARCIAL
OFTALMOLOGIA
16
HORISTA
20
CLÍNICA MÉDICA
WELLIGTON ALVES DE SOUZA
ESPECIALISTA EM
14
PSIQUIATRIA
WILMA JOSÉ SANTANA
PARCIAL
DOUTORA EM
40
MICROBIOLOGIA
YANA PAULA SAMPAIO
PARCIAL
ESPECIALISTA EM
MEDICINA GERAL E
MEDICINA DE FAMÍLIA E
COMUNIDADE
40 TI
INTEGRAL
COMUNIDADE
ZULEIDE FERNANDES DE QUEIROZ
DOUTOR EM
20
PARCIAL
EDUCAÇÃO
BRASILEIRA
Critérios de Avaliação
A avaliação do desempenho escolar é feita por disciplina, incidindo sobre a
freqüência e o aproveitamento.
Em cada disciplina, a média dos trabalhos escolares realizados durante o
semestre, forma a média de aproveitamento no semestre.
20
Independentemente dos demais resultados obtidos, é considerado reprovado
na disciplina o aluno que não obtenha freqüência de no mínimo, 75% (setenta e cinco
por cento) das aulas e demais atividades programadas.
O aluno é avaliado oficialmente nas disciplinas, nas etapas:
a) PR1 – Primeira prova parcial que vale de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) pontos,
inclusive centésimos.
b) PR2 – Segunda prova parcial que vale de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) pontos,
inclusive centésimos.
c) Prova Final – Avaliação para o aluno que não foi aprovado por média
aritmética nas provas parciais, independente da média entre PR1 e PR2 o aluno deverá
acertar 50% (cinqüenta por cento) das questões. Vale de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) pontos,
inclusive centésimos e não poderá ser inferior a 5,00 (cinco).
Fica aprovado nas disciplinas o aluno que:
a) Obtiver freqüência igual ou superior a 75 % das aulas ministradas nas
disciplinas do 1º ao 8º semestre;
b) Obtiver média aritmética na disciplina entre PR1 e PR2 igual ou maior que
7,0 ou
c) Obtiver Grau Final na disciplina igual ou maior que 5,0.
Fica aprovado no internato, o aluno que obtiver média final igual ou superior a
sete e freqüência mínima de 95% por área do internato.
Biblioteca
A Biblioteca da FMJ teve início em outubro de 2000, e sua organização está
fundamentada no papel que a biblioteca exerce enquanto parte intrínseca do complexo
educacional. Tem como objetivo maior disponibilizar a informação nos mais diferentes
suportes para as atividades de ensino, pesquisa e extensão, contribuindo na formação
dos corpos docentes e discentes.
Nesse sentido segue as modernas tendências do campo biblioteconômico, que
preconiza ir além da formação de um acervo de qualidade, promovendo acesso à
informação,
onde
quer
que
ela
esteja.
Disponibiliza
informação
nos
mais diversos suportes e formatos.
•
Descrição do acervo impresso por áreas do conhecimento
•
Obras em formato digital/eletrônico por área do conhecimento
21
ACERVO DIGITAL E ELETRONICO
ACERVO DIGITAL / ELETRÔNICO
ÁREAS (CNPQ)
QUANTIDADE DE ITENS DE ACORDO COM A MODALIDADE
LIVROS
PERIÓDICOS
MATERIAL ÁUDIO
BASES
VISUAL
DE
Títulos
Volumes
DADOS
PROGRAMA DE
COMUTAÇÃO
BIBLIOGRÁFICA
Acesso à Bases de Dados Informatizadas e Programas de Comutação
22
CIÊNCIAS
AGRÁRIAS
CIÊNCIAS
AGRÁRIAS
Ciência e Tecnologia de Alimentos
CIÊNCIAS
CIÊNCIAS
BIOLÓGICAS
1 Biofísica; Parasitologia;
5
Biologia; Genética; Zoologia;
Imunologia; Microbiologia
BIOLÓGICAS
CIÊNCIAS DA SAÚDE
Fisioterapia; Educação Física; Fonoaudiologia;Odontologia; Medicina;
CIÊNCIAS DA
CIÊNCIAS EXATAS E DA
SAÚDE
TERRA
19
999
158
210
2
2
Estatística; Matemática; Física; Química; Geologia; Oceonografia;
CIÊNCIAS EXATAS
E DA TERRA
CIÊNCIAS
1
2
3
6
1
5
HUMANAS
CIÊNCIAS SOCIAIS
APLICADAS
ENGENHARIA/
TECNOLOGIA
LINGUÍSTICA,
LETRAS E ARTES
MULTIDISCIPLINAR
3700
19
4699
1
164
228
3
2
Bibliográfica
Além do seu acervo local, oferece acesso a bases de dados e programas de
comutação bibliográfica na área médica.
23
CIÊNCIAS HUMANAS
Artes Cênicas; Artes Visuais; Direito; Filosofia; Geografia; História; Pedagogia;
Música;
CIÊNCIAS SOCIAIS
Administração; Ciências Sociais; Ciências da Informação; Comunicação Social;
APLICADAS
Hotelaria; Serviço Social; Turismo
ENGENHARIA/ TECNOLOGIA
Arquitetura e Urbanismo; Computação e Informatica; Design; Engenharias e
Meteorologia
LINGUÍSTICA, LETRAS E
Linguística; Língua Portuguesa; Artes; Fotografia;
ARTES
CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Ciência e Tecnologia de Alimentos
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Biologia; Genética; Zoologia; Biofísica; Parasitologia; Imunologia; Microbiologia
CIÊNCIAS DA SAÚDE
Fisioterapia; Educação Física; Fonoaudiologia;Odontologia; Medicina;
CIÊNCIAS EXATAS E DA
Estatística; Matemática; Física; Química; Geologia; Oceonografia;
TERRA
CIÊNCIAS HUMANAS
Artes Cênicas; Artes Visuais; Direito; Filosofia; Geografia; História; Pedagogia;
Música;
CIÊNCIAS SOCIAIS
Administração; Ciências Sociais; Ciências da Informação; Comunicação Social;
APLICADAS
Hotelaria; Serviço Social; Turismo
ENGENHARIA/ TECNOLOGIA
Arquitetura e Urbanismo; Computação e Informatica; Design; Engenharias e
Meteorologia
LINGUÍSTICA, LETRAS E
Linguística; Língua Portuguesa; Artes; Fotografia;
ARTES
Bases de Dados
Portal da Pesquisa:
Infotrac OneFile: Possui mais de 3.700 periódicos internacionais com artigos
na integra e cerca de 7.200 títulos indexados. Ao todo, oferece por volta de 21.000.000
de artigos científicos, provenientes das mais diversas áreas de conhecimento, como
humanas, exatas, tecnológicas, biomédicas, agroveterinárias e ciência da terra.
Ovid, 77 Lippincott (Convênio CAPES e IES): Coleção com 77 periódicos da
Editora Lippincott, especializada em várias áreas da Medicina. Oferece o texto
completo dos artigos.
EBSCO HOST
Biomedical Reference Colltection: Comprehensive: Fornece aproximadamente
900 revistas científicas com texto completo, incluindo quase 850 publicações
24
analisadas por Especialistas, abrangendo praticamente todas as áreas de estudo
médico.
Programas de Comutação Bibliográfica
BIREME – Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências
da Saúde
Dá acesso a diversas bases de dados nacionais e internacionais (MEDLINE,
LILACS, COCHRANE, SCIELO, ADOLEC, etc.), disponibilizando alguns artigos em
texto completo. Os que não estão disponibilizados na íntegra podem ser adquiridos
mediante o pagamento de uma taxa, que varia de acordo com o número de páginas e
localização do artigo.
COMUT – Programa de Comutação Bibliográfica
Administrado pelo IBICT – Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e
Tecnologia. Este cadastra bibliotecas de Instituições do Brasil e do Exterior,
centralizando e promovendo acesso a documentos entre elas.
Política de atualização e informatização
O tratamento da informação é realizado de acordo com a norma de referência
bibliográfica NBR 6023:2002, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT),
Sistema de Classificação Decimal de Dewey – 21 Ed. e Tabela de Cutter-Sanborn. As
atividades de processamento técnico, balcão de circulação (Empréstimo, Devolução) e
Consulta bibliográfica são automatizadas através do software Sysbibli.
A Biblioteca é um setor em constante desenvolvimento e seu acervo cresce a
cada semestre, através de compras, doações e permutas de itens documentais. O
processo de seleção/aquisição se dá através da consulta aos catálogos de editoras,
indicações de professores e coordenação do curso. Os alunos também podem
apresentar sugestões de títulos.
Área física disponível
ESPAÇO FÍSICO
25
Tipo do Espaço
Área (m2) Capacidade
Cabines Individuais
65,38
68
Consulta a Internet
30,15
17
Espaço Físico do Acervo
210,3
0
10
0
12,65
4
Sala de Estudo em Grupo I
5,4
4
Sala de Estudo em Grupo II
5,4
4
Sala de Estudo em Grupo III
5,4
4
Sala de Estudo em Grupo IV
5,4
4
Sala de Estudo em Grupo V
5,4
4
Sala de Estudo em Grupo VI
5,4
4
Sala de Estudo Livre
61.60
40
Sala de Projeção
20,57
20
8
3
389,5
176
Guarda Volumes
Recepção/Atendimento
Tratamento Técnico
TOTAL
Formas de acesso e utilização
O acesso ao acervo é livre. Os usuários (funcionários, alunos, professores e
visitantes) fazem a pesquisa nos terminais de consulta da biblioteca e dirigem-se ao
acervo para localizar a obra.
O serviço de empréstimo é facultado à comunidade acadêmica e depende da
inscrição do usuário na Biblioteca. Além deste serviço, podemos destacar outros, tais
como:
Consulta local e on-line; Renovação e Reserva;
•
Orientação ao Usuário;
•
Consultoria Bibliográfica;
•
Catalogação na Fonte;
•
Disseminação Seletiva da Informação;
26
•
Serviço de Reprografia;
•
Acesso à Internet;
•
Acesso a Bases de Dados;
•
Acesso a Programas de Comutação Bibliográfica;
LABORATÓRIOS
Infraestrutura Física
Área Total Campus FMJ - 49.680 m²
Bloco B – Biblioteca e Salas de Aula
Metragem (m²)
Sala de Internet (Biblioteca)
30,15 m²
Sala de Vídeo (Biblioteca)
20,57 m²
Sala de Estudo em Grupo 1 (Biblioteca)
5,40 m²
Sala de Estudo em Grupo 2 (Biblioteca)
5,40 m²
Sala de Estudo em Grupo 3 (Biblioteca)
6,00 m²
Sala de Estudo em Grupo 4 (Biblioteca)
5,40 m²
Sala de Estudo em Grupo 5 (Biblioteca)
5,40 m²
Sala de Estudo em Grupo 6 (Biblioteca)
5,40 m²
Almoxarifado (Biblioteca)
6,00 m²
Registro/Bibliotecária (Biblioteca)
11,40 m²
Sala de Reunião (Biblioteca)
4,45 m²
Recepção (Biblioteca)
22,65 m²
Salão de Leitura/Acervo (Biblioteca)
287,90 m²
Laboratório Telemedicina / Teleconferência
76,82 m²
Laboratório de Informática 67,86 m²
CPD / Núcleo de Assuntos Pedagógicos - NAP
62,38 m²
Centro Acadêmico / Iniciação Científica e Monitoria /
61,81 m²
Reprografia
Sala de Aula VII
61,42 m²
Sala de Aula VIII
61,42 m²
27
Sala de Apoio/Estudo em Grupo
Bloco C – 1° Pavimento – Laboratórios
61,61 m²
Metragem (m²)
Multidisciplinares e Salas de Aula
Laboratório de Parasitologia
79,4 m²
Laboratório de Microbiologia
79,4 m²
Interlaboratório Microbiologia/Parasitologia
34,5 m²
Coordenação de Parasitologia
7,45 m²
Coordenação de Microbiologia
7,45 m²
Banco de Microorganismos
7,26 m²
Sala dos Professores I
7,26 m²
Laboratório de Genética
79,4 m²
Laboratório de Imunologia
79,4 m²
Interlaboratório Genética./Imunologia
34,45 m²
Coordenação de Genética
7,26 m²
Coordenação de Imunologia
7,26 m²
Sala de Imunoflorescência
7,26 m²
Sala dos Professores II
7,26 m²
Bloco C – 2º Pavimento
Metragem (m²)
Sala de Aula I
70,14 m²
Sala de Aula II
70,14 m²
Sala de Aula III
69,68 m²
Sala de Aula IV
69,68 m²
Sala de Aula V
70,14 m²
Sala de Aula VI
70,14 m²
Bloco D - Biofisiologia e Farmacologia
Metragem (m²)
Laboratório de Biofisiologia I
88,88 m²
Laboratório de Biofisiologia II
88,88 m²
28
Sala de Preparo – Laboratório de Biofisiologia I
59,25 m²
Sala de Preparo – Laboratório de Biofisiologia II
59,25 m²
Laboratório de Farmacologia I
92,85 m²
Laboratório de Farmacologia II
92,85 m²
Sala de Preparo – Laboratório de Farmacologia
60,90 m²
Sala dos Professores I – Farmacologia
7,00 m²
Sala dos Professores II – Farmacologia
7,00 m²
Sala dos Professores I – Biofisiologia
7,00 m²
Sala dos Professores II – Biofisiologia
7,00 m²
Sala de Coordenação / reuniões
13,48 m²
Sala de Autoclave / água destilada
7,00 m²
Sala de Demonstração
39,00 m²
Depósito
3,90 m²
Laboratório Comportamental
14,00 m²
Bloco E – Clínica Cirúrgica
Metragem (m²)
Sala de Preparo
10,94 m²
Esterilização
7,65 m²
Sala de Autoclave
3,78 m²
Rouparia
3,75 m²
Expurgo
8,63 m²
Farmácia
11,76 m²
Guarda de Material Esterilizado
11,75 m²
Sala de Cirurgia I
30,97 m²
Sala de Cirurgia II
38,05 m²
Sala de Cirurgia III
30,97 m²
Circulação de Médicos e Enfermeiros (professores)
60,86 m²
Sala de Estar e Repouso
16,97 m²
(CME)
29
Sala de Recuperação I
16,34 m²
Sala de Recuperação II
16,34 m²
Sala de Revelação
6,84 m²
Sala de Raio X
22,89 m²
Sala de Gás
3,78 m²
Sala de Oxigênio
3,78 m²
Área de Circulação de Paciente
46,17 m²
Área de Para Macas
19,98 m²
Área de Circulação de Serviço (Expurgo)
38,97 m²
Bloco F – Biomorfologia
Metragem (m²)
Laboratório de Histologia I
116,10 m²
Laboratório de Histologia II
116,10 m²
Sala de Preparo - Histologia
69,24 m²
Sala dos Professores I - Histologia
7,88 m²
Sala dos Professores II - Histologia
7,88 m²
Laboratório de Anatomia I
118,26 m²
Laboratório de Anatomia II
118,26 m²
Sala de Preparo - Anatomia
72,02 m²
Ossário - Anatomia
15,62 m²
Recepção - Anatomia
16,25 m²
Registro - Anatomia
5,53 m²
Sala Professores I - Anatomia
6,05 m²
Sala Professores II - Anatomia
6,37 m²
Sala de Demonstração
36,00 m²
Depósito
6,06 m²
Bloco G – 1º Pavimento - Anatomia Patológica
Sala de Necrópsia
Metragem (m²)
30,55 m²
30
Sala de Depósito
14,02 m²
Sala de Preparo
25,1 m²
Frigorífico
26,3 m²
Gerador
4,75 m²
Lixo Cirúrgico
4 m²
Formol
4 m²
Sala de Registro
6 m²
Coordenação de Patologia
Bloco G – 2º Pavimento - Anatomia Patológica
12,74 m²
Metragem (m²)
Sala de Observação
69,42 m²
Sala de Apoio (30 lugares)
37,63 m²
Bloco H - Biotério
Metragem (m²)
Matriz – Ratos
14,63 m²
Matriz – Camundongos
14,63 m²
Reprodução – Ratos
14,63 m²
Reprodução – Camundongos
14,63 m²
Manutenção – Ratos / Camundongos
14,63 m²
Estoque – Ratos / Camundongos
14,63 m²
Estoque - Coelhos
46,23 m²
Estoque - Cães
38,75 m²
Sala de Limpeza / Tanques
40,91 m²
Estoque / Almoxarifado
20,00 m²
Expurgo
4,20 m²
Sala de Esterilizados
15,00 m²
Secretaria/Recepção
10,50 m²
Laboratório / Pesquisa
13,05 m²
Vestiário
5,25 m²
Depósito / Raspas
5,25 m²
31
Corredor Sujo
28,00 m²
Corredor Limpo
45,10 m²
Casa de Máquinas / Gerador
15,00 m²
Instalações sanitárias
No Campus da FMJ existem 08 Banheiros masculinos, 08 banheiros femininos
e 04 banheiros adaptados a deficientes físicos.
Instalações e laboratórios específicos
A FMJ utiliza as instalações do serviço local de saúde e laboratórios próprios
para o suporte às aulas práticas e estágios do seu corpo discente.
Unidades de Saúde
O aluno da FMJ inicia o contato com o serviço de saúde desde o primeiro
semestre, através de observações nas unidades do Programa Saúde da Família – PSF
– do município de Juazeiro do Norte.
Durante todo o curso, utiliza, além das unidades de PSF, toda a rede de saúde
do município, além de outras unidades de municípios circunvizinhos (Barbalha e Crato).
Para a utilização das unidades de saúde, foram firmados convênios de
cooperação técnica.
Infraestrutura de Informática e Formas de Acesso Acadêmico
A FMJ disponibiliza aos alunos e professores, equipamentos de informática
conectados permanentemente à Internet, serviços de e-mail, softwares licenciados,
recursos audiovisuais e multimídia em quantidade adequada ao desenvolvimento das
atividades que lhes são pertinentes. Todos os equipamentos estão interligados à Rede
de Computadores da Instituição, com acesso à internet.
Laboratório de Informática Básica e Aplicada
Quinze computadores Itautec Informax 434255, Equipados com Sistema
Operacional Windows XP Profissional, Office 2003 Professional, Sistema de Antivírus,
Aplicações PalmOne e Software de gerenciamento de Clínicas ComAmigo 2000.
Laboratório de Telemedicina
32
Módulos (dois) de Vídeo Conferência Polycom View Station H323. 15 Palm
Tungsten E
Sala de Professores
Dois computadores InterSystem equipados com Windows XP Professional,
Office 2003 Professional, e sistema antivírus.
Biblioteca
Doze terminais de acesso à internet, todos com o Software DOSVOX para
acesso a deficientes visuais.
Três terminais de consulta ao acervo da Instituição, através do uso do Software
Sysbibli.
Laboratórios de Ensino
Os laboratórios próprios da FMJ foram construídos dentro dos padrões de
qualidade obedecendo às especificações de cada área, de acordo com as
necessidades das disciplinas, dimensionados para o número de discentes previstos.
Bloco C
Laboratórios Multidisciplinares - Sala de Visualização / Imunofluorescência
Descri
Descrição do Equipamento
Qtd
Cadeira auxiliar Formato com rodízio
2
Estabilizador - Sws
1
Leitor c/ luz ultra violeta Vilber Lourmart Transiluminador
1
Mesa Marelli LIP - 125 (1,25 x 0,70) sem gavetas
1
Microscópio - Fotobinocular Taimim
1
Microscópio - Imunoflorecência Taimim
1
Laboratórios Multidisciplinares - Banco de Microrganismos
Descrição do Equipamento
Qtd
33
Estante Aço Forte
7
Laboratórios Multidisciplinares - Parasitologia
Descrição do Equipamento
Qtd
Armário Aço Forte com 2 portas
1
Balança digital BG 400
1
Caixas de Lâminas
60
Estante Aço Forte
1
Lupa Taimim
1
Microscópio Binocular Quimis
23
Microscópio Biológico Monocular Quimis
1
Moxo em aço
35
Rack de ferro preto
1
TV 29” polegadas Tochiba
1
Vídeo cassete Semp
1
Laboratórios Multidisciplinares – Microbiologia
Descrição do Equipamento
Qtd
Armário Aço Forte 2 portas
1
Balança analítica AG200 Gahaka
1
Balança digital BG1000 Gahaka
1
Banho Maria Evilab
2
BOD Q U 315 D Quimis
1
Cadeira auxiliar Formato com rodízio
1
Câmera microscópica Quimis
1
Capela de fluxo laminar Quimis
1
Contador de Colônias
1
Espectofotômetro 700 Fento
1
34
Estufa Bacteriológica Quimis
1
Forno microondas Eletrolux
1
Freezer Consul 260L vertical
1
Geladeira Brastemp 330L
1
Lupa Taimim
1
Microscópio Binocular Taimim
17
Moxo em aço
35
Phgâmetro Taimim mod.Q 400 A
1
Rack de ferro preto
1
Sheikee Quimis
1
TV 29” polegadas Tochiba
1
Vídeo cassete Semp
1
Vortex
1
Laboratórios Multidisciplinares - Interlaboratório de Microbiologia / Parasitologia
Descrição do Equipamento
Qtd
Cetrífuga Sorológica BE 6000 16T
1
Destilador simples
1
Exaustor Nalcon
1
Lavador de Pipetas
1
Moxo em aço
5
Reservatório para água destilada Permution
2
Laboratórios Multidisciplinares – Imunologia
Descrição do Equipamento
Qtd
Bomba de vácuo
1
Estante Aço Forte
1
Estufa BOD Quimis
1
35
Microscópio Binocular Taimim
3
Moxo em aço
35
Laboratórios Multidisciplinares – Genética
Descrição do Equipamento
Qtd
Barrilhete 20 litros Permution
1
BOD Estufa incubadora Biopar
1
Botijão de gás 13Kg
1
Capela de Fluxo laminar Quimis
1
Cilindro de CO2 tipo Q capac. 25Kg
1
Espectrofotômetro Fento 700
1
Estufa de CO2 180 Litros mod. 2323 Shel Lab
1
Freezer Esmaltec 210L
1
Geladeira Brastemp H330L
1
Higrômetro digital Oregon
1
Microscópio Binocular Taimim
16
Moxo em Aço
1
Laboratórios Multidisciplinares - Interlaboratório de Imunologia / Genética
Descrição do Equipamento
Qtd
Agitadores de tubos Quimis
1
Balança analítica Gehaka BG 200 (AG 200)
1
Banho Maria Quimis
1
Barrilhete 10L Permution
1
Centrífuga Eppendorf Fanem
1
Cetrífuga Sorológica BE 6000 16T Bioeng
1
Cuba de Eletroforese Scieplas
1
Cuba de Eletroforese vertical Scieplas
1
36
Estante Aço Forte
3
Estufa Bacteriológica Digital Biopar
1
Fonte de Eletroforese Consort
1
Freezer 280L Brastemp vertical
1
Geladeira Brastemp H370
1
Lupa TE 1B Taimim
2
Moxo em aço
5
Sistema de fotodocumentação Vilberlourmart
1
Termociclador para P.C.R Mastercycler (Eppendorf)
1
Bloco D
Farmacologia
Descrição do Equipamento
Activity Cage, new microprocessor controlledmodel, standard
Qtd
1
package including electronic unit, animal cage 7433 and sensors Nº
série 3852, 2932, 322
Aparelho de PH
1
Aparelho de Pressão com coluna de mesa
1
Aspirador Quimis Q355D2
1
Balança eletrônica Toledo
1
Broca de Dentista Beltec LB – 100
1
Cadeira Secretária
3
Cadeira Auxiliar
2
Centrífuga refrigerada Hettich
1
Centrifugen Universal 32R
1
Chamber Isolater (UGO)
2
Cromatógrafo ( HPLC ) com Módulos acoplados Shimadzu
1
Dissecador
1
Estabilizador de Tensão SMS Revolution I
1
37
Estabilizador RAGTECH
1
Estabilizador Microsol 1000
2
Estabilizador Microsol 1500
1
Estabilizador Mister Power
1
Estero Tax
2
Filtro SAVNT VLP 200
1
Fonte MM – Micro Mobilizador
1
Freezer Brastemp Vertical 370 lts
1
Gaiola metabólica
6
Hole Board, complete with control unit and board Nº série 8102
1
HPLC Eletroquímico eletro fluorescência
1
Lavadoura Ultrassônica Computa
1
Liolifizador
1
Master Flex (Ugo Basile) Mod. Easy – Load 7518-00
1
Mesa Lip 125+ Lip 102
2
Mocho em aço giratório
7
Monitor AOC 15”
1
Passive Avoidance Control (Ugo Basile) Mod. 7551 – Esquiva
1
Plantar Test Unit, complete Nº série 7702
1
Purificador de Água Milipore
1
Recoder Gemini 2 Canais mod. 7070
1
Respirador para ratos
1
Rota-Rod Treadmill for Rats Accelerating model Nº série 7912
1
Fisiologia
Descrição do Equipamento
Qtd
Agitador aquecedor mod. 258 Fonem
1
Cytocentrífuge Labho CT12
1
38
Banho Maria Evilab
2
Banho Maria Quimis
1
Cadeira Secretária
1
Chamber Isolater 4000 SINGLE
2
Deionisador Quimis
1
Eletroforese Consort E143
1
Estabilizador Microsol 1000
1
Esteira Pigistress Plusar
1
Evaporador Carrier 60.000 BTU’s
1
Freezer Cônsul Horizontal 310 lts
1
Mesa Lip 091
1
Micro microtec Vésper
1
Monitor 15”
1
Placa Aquecedora
1
Quimógrafo
7
Farmácia Viva
Descrição do Equipamento
Qtd
Aparelho de PH Quimis Digital
1
Agitador de Solução Quimis Q 232-2
2
Armário Aço forte com 2 portas
2
Balança Eletrônica Marte AS 5000 C
1
Balança Analítica Quimis Q-500L 210C
1
Barrilhete 10 litros
2
Barrilhete 20 litros
2
Botijão de gás 13Kg
1
Cadeira Secretária
1
39
Envasadeira p/ cremes e pomada com bico farmacêutico
1
Envasadora p/ cremes em potes Gel pratic
1
Encapsulador p/ 180 cápsulas MR multilabor
1
Estabilizador Microsol 1000
1
Estufa para esterelização e secagem nevoni mod. Nu-13
1
Evaporador Rotativo – Quimis
1
Evaporador de Ar Carrier 60.000 BTU’s
1
Fogão industrial
1
Máquina seladora de sacos Selp
1
Mesa Marreli Lip – 91
2
Microscópio Biológico Tm 18-A
1
Mocho em Aço
21
Peneira p/ análise granulométrica N° 40 Granutest
2
Percolador em PVC Permution
2
Refrigerador Vertical Brastemp 370
1
Secadora SELP
1
Triturador (Moinho) Trapp
1
Bioquímica
Descrição do Equipamento
Qtd
Armário de Aço Forte 2 portas
1
Agitador de Tubos Fisaton
1
Agitador Rotativo Marconi Mod. 0099
1
Analisador PH 300 M
1
Banho Maria Quimis
3
Banho Maria Evilab
3
Balança Digital Toledo 6 Kg
1
Balança Analítica OHAUS
1
40
Barrilhete em PVC 5 lts.
1
Barrilhete em PVC 10 lts.
1
Capela de Exaustão de Gases
1
Cadeira Universitária Verde
2
Contador de Célula
1
Centrifuga PLC Series
1
Dissecador
3
Destilador Quimis
1
Evaporador Rotativo Quimis
1
Eletrocardiógrafo Cmos
1
Espectrofotômetro Gênesys 10uv
1
Estimulador Digital LE 12106
1
Electrophoresis Consort E143
1
Electrophoresis EPS 301
1
Estabilizador de Tensão SMS Revolution I
1
Estufa para esterelização e secagem Nevoni mod. Nu 15
1
Estetoscópio Adulto
4
Estetoscópio Infantil
1
Freezer Cônsul 310
1
Fotocolorimetro Micro Processado 500m
1
Freezer Brastemp Vertical 370
1
Foco Cirúrgico com lupa
1
Glicosímetro Advantage
1
Glicosímetro Prestige
1
Guilhotina Pequena para Ratos
1
Gaiolas Metabólicas (UGO BASILE)
6
Liquidificador Arno
1
Lupa Binocular Taimim
1
Lavador de pipetas
1
41
Mesa inox com furo
1
Mini Agitador Quimis
1
Mesa Lip 125
1
Manta Acrílica Fisaton
1
Mini Agitador de Soluções Quimis
1
Microscópio Biológico Tm 18-A
1
Placa Aquecedora Quimis mod. 313-21
1
Quimógrafo
4
Razel
1
Secador de pipetas
2
Sistema de Eletro-Forese EPS 301
1
Schott Duran 1000 ml
1
Sirige Size Ranzel (UGO BASILE)
1
Tensmed IV
1
Tensiômetro Adulto
4
Tensiômetro Infantil
1
Sala de demonstração – Prática dos cães
Descrição do Equipamento
Qtd
Bisturi eletrônico BM 560
1
Estante em aço aberta
1
Mesa mayo
1
Mesa Cirúrgica em fórmica
1
Mesa auxiliar em fórmica
1
Mocho em aço giratório
21
Respirador para cães
1
Bloco E
Habilidades e Cirurgia Experimental
42
Descrição do Equipamento
Qtd
Vestiário
Estante de aço larga dividida
6
DEL – Descontaminação esterilização e lavagem
Altoclave vertical Phoenix
1
Altoclave vertical Quimis
1
Armário de aço c/ 2 portas
1
Birô peq. de ferro c/ duas gavetas hospitalar
1
Estante de aço larga
3
Estante de aço larga dividida
4
Estufa de esterilização Biopar
1
Freezer Eletrolux H210 210 litros
1
Gelágua Esmaltec
1
Almoxarifado
Estante de aço larga
6
Mesa Marelli LIP - 120 (1,20 x 0,70) com 3 gavetas
1
Moxo em aço
1
Sala de Cirurgia 1
Armário de aço c/ 2 portas
1
Aspirador cirúrgico Olidef CZ
1
Estante de aço larga dividida
1
Foco auxiliar Darvas
1
Mesa cirúrgica p/ cães em fórmica
1
Mesa de ferro arredondada esmaltada hospitalar
1
Mesa de Mayo
1
Mesa em fórmica
1
Moxos em aço
15
Negatoscópio 1 corpo
1
43
Suportes p/ soro esmaltado
2
Sala de Cirurgia 2
Arcondicionado Split Carrier 30000BTU´S condensador
1
Arcondicionado Split Carrier 30000BTU´S evaporador
1
Armário de aço c/ 2 portas
1
Aspirador cirúrgico Olidef CZ
1
Carro de anestesia c/ respirador Takaoka
1
Estante de aço larga dividida
1
Foco auxiliar Darvas
1
Mesa cirúrgica p/ cães em fórmica
1
Mesa de ferro arredondada esmaltada hospitalar
1
Mesa em fórmica
1
Microscópio oftalmológico DF Vasconcelos
1
Moxos em aço
13
Negatoscópio 1 corpo
1
Suportes p/ soro esmaltado
2
Sala de Recuperação 1
Arcondicionado Springer Mundial 18000BTU'S
1
Divã adulto preto
2
Foco auxiliar pequeno Darvas
1
Mesa para necrópsia em aço
1
Moxo em aço
1
Suporte p/ soro esmaltado
1
Sala de Recuperação 2
Arcondicionado Springer Mundial 18000BTU'S
1
Divã adulto preto
1
Maca p/ transporte de pacientes em madeira
1
Suportes p/ soro esmaltado
2
Sala de Raio-X
44
Aparelho de raio X completo Meditronix
1
Armário de aço c/ 2 portas
1
Fixador de raio X Lotus VisionLine
1
Revelador de raio X Lotus VisionLine VS36X
1
Sala de Cirurgia Contaminada
Armário de aço c/ 2 portas
1
Bisturí eletrico
2
Compressor cirúrgico C-71 PLUS
1
Estante de aço larga dividida
1
Foco auxiliar Darvas
1
Maca p/ transporte de pacientes em madeira
2
Mesa cirúrgica p/ cães em fórmica
1
Mesa em fórmica
1
Moxos em aço
10
Negatoscópio 1 corpo
1
Sonar - Detector fetal
1
Suportes p/ soro esmaltado
2
Bloco F
Biomorfologia - Microscopia 1
Descrição do Equipamento
Qtd
Armário de madeira para TV
1
Armário de vidro
6
Microscópio Taimim
30
Microscópio Taimim com câmera de vídeo Sony
1
TV Philco 29`` Polegadas
1
Vídeo cassete Philco
1
Biomorfologia - Microscopia 2
45
Descrição do Equipamento
Qtd
Armário de madeira para TV
1
Armário de vidro
6
Microscópio Taimim
30
Microscópio Taimim com câmera de vídeo Sony
1
TV Philco 29`` Polegadas
1
Vídeo cassete Philco
1
Sala de Preparo / Histologia e Histopatologia
Descrição do Equipamento
Qtd
Afiador de navalha OMA
1
Armário Aço Forte 2 portas
2
Balança analítica Ohaus
1
Balança de precisão Toledo
1
Banho Maria Dupi
1
Barrilhete Permution
1
Caixas de lâminas (Lâminas de Embriologia Galinha Ouriço do
60
Mar)
Capela Permution
1
Chapa aquecedora Quimis
1
Desenvolvimento Embrionário 12 estágios
1
Destilador Quimis mod. 212
1
Estante Aço Forte
1
Estufa Quimis
1
Histotécnico Ancap
1
Luminária
1
Lupa
1
Lupa Microscópica Taimim
1
46
Microscópio Taimim
2
Micrótome AO
1
Micrótomo Criostato
1
Moxo em aço
60
Navalha 12cm c/ estojo
2
Ossário
Descrição do Equipamento
Qtd
Estante Aço forte
6
Freezer Consul 530L
1
Olho gigante 11 partes
1
Ventilador de parede Solaster
1
Anatomia 1
Descrição do Equipamento
Qtd
Mesa em aço inox com escoamento central
12
Moxo em aço
46
Tripé de aço
11
Ventilador de parede Solaster
8
Anatomia 2
Descrição do Equipamento
Qtd
Mesa em aço inox com escoamento central
11
Moxo em aço
50
Tripé de aço
5
Ventilador de parede Solaster
2
Bloco G
47
Patologia (Verificação de Óbitos)
Descrição do Equipamento
Qtd
Armário Aço Forte
4
Balança eletrônica Tolêdo
1
Cadeira escolar polipropileno Mac Móveis
30
Câmara frigorífica 8 gavetas
1
Carro Maca com suporte
1
Degaseificador modelo DGU - 2A
1
Estufa de esterilização e secagem
1
Freezer Côsul 310L
1
Incinerador hospitalar
1
Mesa de Mayo esmaltada c/ rodízio
2
Mesa de som
1
Mesa em aço inox p/ necrópsia c/ 1 cuba med. 2,50x0,80x0,85
1
Mesa inox c/ rodízio
1
Mesa Marelli LIP - 120 (1,20 x 0,70) com 3 gavetas
2
Mocho em aço
40
Serra elétrica p/ gesso 220v
1
Transformador Trifásico 3,0 KVA 380/220V
1
Bloco H
Biotério
Descrição do Equipamento
Qtd
Balança adulto Welmy
1
Estante comum Aço Forte
12
Estante larga Aço Forte
1
Gaiola para camundongo 30x20x13cm Beiramar
40
Gaiola para camundongo 30x20x13cm mod. GC - 110 Beiramar
40
48
Gaiola para ratos 49x34x16cm Beiramar
60
Gaiola para ratos 49x34x16cm mod. GK - 115 Beiramar
60
Prateleira de ferro para cobaias
6
Prateleira dupla de ferro para cobaias
3
Valores
Semestre: Valor Fixo
Curso
Qtd. de Parcelas
Medicina
06
Relação e Preços de Taxas de Expediente
Descrição
Valor (R$)
2ª via de requerimento de matrícula
Grátis
Acerto administrativo
Grátis
Declaração de aprovação em concurso vestibular
R$ 5,00
Declaração de comparecimento a prova
R$ 5,00
Declaração de comparecimento ao concurso vestibular
R$ 5,00
Declaração de conduta escolar
R$ 5,00
Declaração de horário
R$ 5,00
Declaração de matrícula
R$ 5,00
Declaração de autorização /reconhecimento de curso
R$ 5,00
Guia de transferência
Histórico escolar
Grátis
R$ 10,00
Inclusão de matéria
Grátis
Isenção de disciplinas
Grátis
Programa de disciplinas
R$ 10,00
Reabertura de matrícula
Grátis
Regime de aprovação
R$ 5,00
Trancamento de matrícula
R$ 10,00
49
Xerox de documentos
R$ 5,00
Regulamento Financeiro
A semestralidade escolar corresponde à prestação de serviços educacionais
oferecidos aos alunos regularmente matriculados. O valor da semestralidade será
desdobrado em 6 (seis) parcelas podendo, em comum acordo, ser desdobrado em um
número menor de mensalidades.
Os valores dos encargos educacionais para cada ano letivo serão divulgados
de acordo com a legislação vigente.
As parcelas terão seus vencimentos estipulados para o 5º dia útil de cada mês,
contando com o sábado, inclusive a matrícula financeira. As mensalidades pagas até o
último dia útil do mês anterior ao vencimento terão desconto no percentual de 2% do
valor da mensalidade. As mensalidades não quitadas até a data do vencimento serão
cobradas com os devidos acréscimos legais.
Não é aceita a quitação de mensalidades com chegues de terceiros
A ausência ou abandono do aluno não dará o direito à restituição de
importâncias pagas e nem o eximirá do pagamento das mensalidades vencidas.
O aluno, para efetuar a matrícula, deverá estar sem débitos anteriores. Os
débitos existentes terão que ser pagas integralmente no ato da matrícula, devidamente
corrigidos com os acréscimos legais.
Será cobrado aos alunos, a título de matrícula financeira, o valor equivalente a
uma parcela da semestralidade.
O trancamento de matrícula não isenta o aluno do pagamento da mensalidade
subseqüente à data do requerimento, conforme Parecer n° 44/79, do Conselho Federal
de Educação.
O aluno que trancar matrícula por incorporação (comprovada) ao serviço militar
ficará isento do pagamento das mensalidades subseqüentes à data do requerimento.
No
caso
do
aluno
estar
devidamente
matriculado
(acadêmica
e
financeiramente) e requerer trancamento ou cancelamento de matrícula, não haverá
crédito dos valores pagos, exceto aos vestibulandos que requererem o cancelamento
da matrícula até o 1° dia de aula (inclusive), com direito a crédito de 50% do valor pago.
A solicitação da Guia de transferência não exime o aluno da responsabilidade
pelo pagamento das mensalidades vencidas até o dia em que solicitar sua transferência
para outra Instituição de Ensino Superior.
50
51
Download

Condições de Ofertas