Caracterização de sedimentos límnicos no reservatório de
abastecimento público do Iraí, Curitiba - Pr *
Charles CARNEIRO1, Eduardo S. PEGORINI2, Cleverson V. ANDREOLI3, Otto S. MADDER Nt4
1 2 3 4 Companhia
de Saneamento do Paraná - SANEPAR, Rua Engenheiro Rebouças, 1376, Rebouças, Curitiba, PR. CEP 80.215-900;
1 (charlesc@sanepar.com.br); 2 (epegorini@sanepar.com.br); 3(c.andreoli@sanepar.com.br); 4(ottonetto@sanepar.com.br)
INTRODUÇÃO
O reservatório do Íraí apresenta uma série de condições que favorecem a eutrofização e
a surgimento de algas, como alto tempo de residência, profundidade inferior a 4 metros
em 40% do lago e carga elevada de nutrientes através dos tributários e do material de
fundo.
OBJETIVO
Caracterizar a constituição do material de fundo visando avaliar a concentração de
metais pesados e relações com o processo de eutrofização e contaminação da
barragem.
MATERIAL & MÉTODOS
 Coletas mensais (draga WILDCO® 6”) ao longo de um ano do material de fundo
em quatro pontos do reservatório e dois a jusante.
A maioria dos processos físico-químicos nos ambientes lacustres acontecem no
sedimento de fundo, contribuindo significativamente no aporte de elementos
compostos para o meio líquido (Esteves, 1998). Este compartimento caracteriza-se
ainda como indicador do estado trófico e de contaminação de ambientes lacustres.
 Parâmetros: Al, Fe, Mn, Na, Ba, Pb, Zn, Cr, Cu, Ni, Co, Cd e V (digestão HCl,
HNO3 e HClO4), Hg (hidretos), Se e Ar (vapor frio), determinados através de
ICP/AES.
RESULTADOS
Figura 01. Teores totais de Fe, Al, Mn e Na em sedimento do reservatório Iraí (esq.) e a jusante (dir.).
Os teores elevados de Fe e Al indicam grande
influencia de solo na constituição do material
coletado.
Mn e Na (g / 100g)
0,20
5,00
0,15
4,00
3,00
0,10
2,00
0,05
1,00
7,00
0,55
6,00
Fe
Mn
0,35
4,00
0,25
3,00
0,15
2,00
1,00
0,05
-
(0,05)
-
Al
0,45
5,00
abr mai jun jul ago set out nov dez jan fev
abr mai jun jul ago set out nov dez jan fev
Al
Na
Fe
Mn
Na
120,00
100,00
80,00
60,00
40,00
20,00
abr mai jun
jul
Ba
ago set out nov dez jan
Pb
Zn
900,00
800,00
700,00
600,00
500,00
400,00
300,00
200,00
100,00
-
fev
140,00
120,00
100,00
80,00
60,00
40,00
20,00
Pb, Zn e Cr (mg/kg)
140,00
Ba (mg/kg)
450,00
400,00
350,00
300,00
250,00
200,00
150,00
100,00
50,00
-
Pb, Zn e Cr (mg/kg)
Ba (mg/kg)
Figura 02. Teores totais de Ba, Pb, Zn e Cr em sedimento do reservatório Iraí (esq.) e a jusante (dir.).
abr mai jun
Cr
jul
ago set out nov dez jan
Ba
Pb
Zn
fev
Cr
Ba, Pb, Zn e Cr (Figura 2):
Destes elementos, o Pb foi observado em
concentrações que podem indicar indícios
efeito de cumulação no lago. O Ba foi
observado em níveis acima dos valores de
referência apontados por CETESB (2001). Este
elemento apresentou grande variabilidade ao
longo das amostragens, tento entre os pontos
como entre as amostragens. Foram verificadas
variações
sazonais
semelhantes
destes
elementos nos pontos do interior e a jusante do
lago, verificadas também para Cr. Os teores de
Zn e Cr encontrando-se adequados aos padrões
de solos e sedimento de fundo de rios da região
(MINEROPAR, 2001)
Cu, Ni e Co (Figura 3):
Entre os elementos analisados, Cu, Ni e Co
foram verificados nas menores concentrações e
com comportamento semelhante tanto no
interior como a jusante do lago, encontrando-se
contudo entre os padrões normais para a região
MINEROPAR, 2001).
Figura 03. Teores totais de Cu, Ni e Co em sedimento do reservatório Iraí (esq.) e a jusante (dir.)
70,00
80,00
60,00
70,00
Variabilidade Sazonal:
Este trabalho identificou possíveis tendências
de sazonalidade para alguns elementos (FE,
AL, Mn, Na) que no entanto devem ser melhor
avaliadas com análises futuras.
60,00
mg/kg
50,00
mg/kg
Al, Fe, Mn e Na:
Os teores médios destes elementos no interior
do lago e a jusante (Figura 1) encontram-se
semelhnates aos verificados por MINEROPAR
(2001), apontando correlações significativas
entre os elementos Al, Fe e Mn nos pontos do
lago. Identifica-se ainda possível variação
sazonal destes elementos no lago. Nos pontos
externos as variações não apresentam esta
característica, exceto para o Na, que apresentou
comportamento semelhante entre lago e pontos
a jusante.
0,65
Na e Mn (g/100g)
6,00
-
Hg, Cd, Se e Ar:
Destes elementos apenas o Ar foi detectado
acima do limite de detecção, respectivamente,
0,05 ppm, 3 ppm, 1 ppm e 1 ppm. Os valores
verificados no entanto não excederam 10 ppm,
encontrando-se adequados aos padrões de solos
e sedimento de fundo de rios da região
(MINEROPAR, 2001)
8,00
0,25
Al e Fe (g / 100g)
7,00
Al e Fe (g / 100g)
Características gerais:
O material de fundo do lago apresentou
composição predominante inorgânica, com teor
de sólidos médio de 570 g/kg, sendo 78%
sólidos fixos e teor de carbono inferiores a 10%
em média. A pouca idade do reservatório,
atualmente com 2,5 anos, provavelmente
tenham grande influencia sobre estas
características.
40,00
30,00
50,00
40,00
30,00
20,00
20,00
10,00
10,00
-
-
abr mai
jun
jul
Cu
ago set
Ni
out
nov dez
jan
fev
Co
CONCLUSÕES
abr
mai
jun
jul
ago
Cu
set
Ni
out
nov
Co
dez
jan
fev
Contaminação:
Os resultados analíticos apontam teores
adequados aos padrões de referência
(MINEROPAR, 2001 e CETESB, 2001), com
valores superiores para Pb e Ba.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Os teores de metais pesados no material de fundo do lago do Iraí e nos pontos de coleta a
jusante são compatíveis com os teores em sedimento de fundo de rios da região, com
teores superiores apenas para Ba, Fe e Pb.
Observou-se variação sazonal de teores de metais para os elementos analisados, no
entanto estes resultados devem ser confirmados com novas análises.
A dinâmica do lago influencia a distribuição e movimentação dos elementos no sedimento
ESTEVES, F. A. Fundamentos de Limnologia. Rio de Janeiro: Interciência,. 2 ed,
602 p, 1998.
MINEROPAR - Minerais do Paraná S.A. Atlas Geoquímico do Paraná. Curitiba,
80 p, 2001.
CETESB. Relatório de estabelecimento de valores orientadores para solos e águas
subterrâneas no Estado de São Paulo, São Paulo, 73p, 2002.
de fundo
Novos estudos são necessários visando avaliar outras variáveis sobre o comportamento
destes íons.
* Este trabalho faz parte do Projeto Interdisciplinar de Pesquisa sobre Eutrofização de Águas de Abastecimento Público na Bacia do Altíssimo Iguaçu
Download

Juiz de Fora