Sulempresas também divulga
a sua empresa no Facebook
®
®
O MAIS COMPLETO E FUNCIONAL
DIRECTÓRIO DE EMPRESAS
DA REGIÃO ALGARVE - DESDE 2006
Receba em Publicidade on-line
o dobro do valor da Assinatura
w w w. r e g i a o - s u l . p t
jornal da
região
ANO XX - EDIÇÃO N.º 845 - Preço: € 2,00 (IVA inc.)
algarve
MED LOULÉ
Quinzenário
|
Director: José Mateus Moreno
|
13 Jun 2012
Chefe de Redação: Edgar Pires
2012
29 e 30 de junho na zona histórica da cidade
Jamaican Legends, com Ernest Ranglin, Monty Alexander e Sly &
Robbie, Boubacar Traoré, PAUS, Cheikh Lô, Throes + The Shine
e A Caruma são os novos nomes confirmados para a próxima
edição do Festival MED, que se juntam aos já anunciados,
A Curva da Cintura com Arnaldo Antunes, Toumani Diabaté e
Edgard Scandurra, SMOD, Sany Pitbull, A Jigsaw e Norberto Lobo.
HPP Saúde vai investir
25 milhões de euros p| 07
em novo hospital privado
FINALMENTE !...
p| 20
p| 11
Barragem de Odelouca
começou a fornecer água
à região no dia 1 de junho
Casos de sucesso
do QREN em exposição
no Palacete Doglioni
na capital algarvia p| 20
_ano XIX
a c t u a l i d a d e
02
_edição nº 845
_13 jun 2012
Alcoutim:
Arranjo paisagístico do Cais
de Laranjeiras vai arrancar
A Câmara Municipal de
Alcoutim assinou na passada
quarta-feira, dia 6, a consignação da empreitada do arranjo
paisagístico do cais de Laranjeiras, que representa um investimento superior a 106 mil
euros.
O projeto, que conta com
financiamento de 75% pelo
Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal,
incide na valorização e funcionalidade do espaço existente,
na margem do Rio Guadiana.
A intervenção inclui um
percurso pedonal e a redefinição da zona de campo de jogos,
já existente. Vão ser ainda criadas áreas de sombra e instalado
um quiosque com esplanada,
à semelhança daquilo que já
aconteceu na remodelação do
cais de Guerreiros do Rio.
As obras vão começar ainda
em junho e deverão ser termi-
nadas num período de quatro
meses, adiantou a autarquia de
Alcoutim, em comunicado.
Prémio Literário Juvenil João Belchior
Viegas distinguiu jovens
são-brasenses
No passado dia 1 de junho,
Dia do Município de São Brás
Alportel, o Prémio Literário Juvenil João Belchior Viegas, que
visa intervir de forma ativa na
sociedade e estimular os mais
jovens para a leitura e para a
escrita criativa, distinguiu vários jovens do concelho.
Trata-se de uma iniciativa
dos herdeiros de João Belchior
Viegas, em colaboração com a
Câmara Municipal de São Brás
de Alportel, com o apoio da
direção regional de Cultura, da
direção regional da Educação e
das escolas do concelho.
De periodicidade anual,
este prémio literário, destinado a todos os jovens, desde os 9
aos 20 anos, que residam, estudem ou trabalhem em São Brás
de Alportel, é composto por
quatro categorias etárias.
O tema desta edição foi o
teatro, cabendo aos jovens escritores o desafio de escrever
uma peça de teatro, posteriormente avaliadas por um júri
constituído por cinco elementos.
Na 1.ª categoria, dos 9 aos
10 anos, a jovem vencedora foi
- Requalificação da 125 suspensa
- poRtagens também suspensas ?
José Mateus Moreno *
[email protected]
Está a chegar ao fim o período de isenção do pagamento
de portagens na Via do Infante (A22) concedido enquanto
estivessem em curso as obras de requalificação da EN 125,
pelo facto de não existir outra alternativa.
Esta concessão, a meu ver, foi o sinal mais evidente
de que a imposição de portagens na A22 era injusta, inoportuna (estavamos no início do Verão), e desadequada
em relação às condições de acessibilidades reais da nossa
região, considerando que a EN 125 para além de ser uma
via mortífera, não reunia (e não reúne) as condições mínimas essenciais para nela se transitar minimamente em
segurança.
Como já repetidamente me pronunciei, comungo das
ideias, intenções e ideais de todos os que, como eu, não
aceitam as portagens na ex-SCUT Via Longitudinal do Algarve. Esta via rápida foi uma compensação da União Europeia
por nos terem retirado valências e recursos que ainda hoje
poderiam fazer a diferença e sermos um país auto-sustentável. Mas, uma vez que nos retiraram o direito de utilização dessa infraestrutura a custo zero, creio que apenas
nos resta reivindicar esse direito adquirido e ao não sermos
atendidos, ignorarmos a sua existência.
No início deste processo até achei que se tratava de
um erro, ou de uma precipitação governamental, mas com
o passar do tempo verifiquei tratar-se de uma medida autoritária, sem fundamentação e sem objectivos reais, tanto
mais que os resultados obtidos com a introdução das portagens são reconhecidamente negativos, agravam a economia e apenas geram maiores dificuldades às empresas
da região.
Com as obras de requalificação da EN 125 suspensas,
suspeitando-se que não voltem a ser retomadas tão cedo,
ou que eventualmente até possam ficar por aqui, dado que
as empresas do consórcio estão a entrar em insolvência,
não vejo saída mais viável que não a anulação definitiva
do sistema de portagens. Isso sim, seria uma lufada de ar
fresco e um estímulo aos empresários em geral e à indústria turística em particular, para a região mais turística do
nosso país conseguir provar o seu valor real em face das
suas potencialidades.
Mas se assim não for, acreditando que todos os deputados eleitos pelo Algarve discordam das portagens na Via
do Infante, independentemente da força política que representam deveriam unir-se e abandonar a Assembleia da
República até que a isenção definitiva das portagens na Via
do Infante fosse proclamada.
Recordo que alguns deputados algarvios anteriormente
prometeram que nunca aceitariam as portagens no Algarve, mas contrariamente têm votado no Parlamento contra
a sua suspensão!... Caso para perguntar: afinal, em que é
que ficamos?...
E agora, com as obras da EN 125 suspensas e o tempo
de isenção a terminar, o que vai o governo fazer ?
Continuarão os algarvios a ser discriminados, expoliados e maltratados, sem qualquer tipo de compensação, a
não ser terem que viver todo o ano com um custo de vida
de nível turístico ?
Marilyn Tomás
Beatriz da Silva Gago Pereira,
autora da peça «A Descoberta
na Fonte Férrea», que ganhou
um prémio no valor de 50 euros. A 2.ª categoria, dos 11 aos
12 anos, distinguiu o trabalho
«Bernardo de Passos», realizado pela jovem Vera Cristina
Machado, que arrecadou 100
euros
Na 3.ª categoria, destinada a jovens entre os 13 e os 15
anos de idade, não foi atribuído o primeiro prémio porque
os trabalhos apresentados não
corresponderam ao tema pretendido, embora tenham sido
distribuídos os habituais pré-
mios de participação.
Por último, na 4.ª categoria, dedicada a participantes
entre os 16 e os 30 anos, o 1.º
prémio, na quantia de 500 euros, foi atribuído a Mónica Faleiro Dias, de apenas 16 anos de
idade, pela peça «Inefável».
Lagoa: Autarquia atribui apoios financeiros
à educação no valor de 1,2 milhões de euros
A Câmara Municipal de Lagoa anunciou, em comunicado,
que vai disponibilizar para a
área da educação, no ano de
2012, apoios financeiros no valor global de 1.240.880 euros.
e d i t o r i a l
As maiores parcelas, de 180
mil euros cada, destinam-se a
duas áreas: as atividades de enriquecimento curricular, através de contratos com empresa
e protocolo com a academia de
música, e o programa de refeições escolares
A autarquia sublinha a
aposta “na literacia e formação
da sua população, reconhecendo que, para se aprender com
prazer, é importante que os
agentes da educação desfrutem
de condições capazes de tornar
o projeto educativo numa referência”.
A D V O G A D A
Rua Afonso III, n.º 51 - 1.º
8135-112 Almancil
Telef. 289 358 816 - Fax: 289 358 818
Receba a Publicidade o dobro do valor investido
... e encontre-se
ainda no Facebook
O MAIS COMPLETO E FUNCIONAL NA INTERNET
_ano XIX
a c t u a l i d a d e
_edição nº 845
03
_13 jun 2012
São Brás
de
Alportel:
Autarquia sensibiliza para
prevenção de incêndios
O município de São Brás de Alportel está a promover, junto
da comunidade, a partir deste domingo, um conjunto de ações de
sensibilização sobre prevenção de incêndios e defesa da floresta.
A iniciativa, que será coordenada pelo gabinete municipal de
Proteção Civil e Defesa da Floresta, insere-se no âmbito de um
conjunto de ações do género a nível nacional, promovidas pela
Autoridade Florestal Nacional e orientadas pelos seus técnicos.
Depois da sessão já realizada no Sítio da Cabeça do Velho, em
plena Serra do Caldeirão, seguem-se as ações de hoje, quarta-feira, 13, pelas 15:30, no salão nobre da câmara, e dia 15, às 17:00,
na Casa de Pasto Fortes, em Parises.
Loulé:
Loulé:
Iniciativas para os mais jovens
assinalaram efemérides ligadas
ao ambiente e energia
A Câmara Municipal de Loulé comemorou recentemente
duas efemérides ambientais
– o Dia Mundial do Ambiente e
o Dia Mundial da Energia – com
uma série de ações dirigidas aos
jovens estudantes do concelho.
No Dia Mundial do Ambien-
projetos do Centro Ambiental
da Pena, dinamizados durante
o ano letivo 2011/2012, nomeadamente «Horta Biológica»,
«Estação Meteorológica» e «Os
cincos Elementos da Rocha da
Pena».
No dia 1 de junho, na bi-
rais.
Esta atividade envolveu a
participação de duas turmas
do 3º ano da EB1 Mãe Soberana
(Loulé) e educandos da Associação UNIR. A manhã terminou
com uma atuação musical do
grupo de percussão Os Stompi-
no sítio da autarquia.
Na semana passada, a Câmara de Loulé assinalou o Dia
Mundial da Energia, com a projeção de um filme interativo sobre a temática, que contou com
a presença da DECO Algarve.
Esta efeméride contou com
te, celebrado terça-feira, 5,
decorreram várias ações e atividades de caráter ambiental,
que contaram com cerca de 400
participantes, no sentido de informar e sensibilizar a população escolar para a preservação
do ambiente.
Antes, dia 31 de maio, no
Cine-Teatro Louletano, teve
lugar a apresentação final dos
blioteca do Jardim de Infância
nº 5 de Loulé, realizou-se a projeção de um filme relacionado
com temáticas ambientais,
envolvendo as três turmas existentes, enquanto na passada
terça-feira, o parque municipal de Loulé acolheu diversos
ateliês ambientais relacionados
com a reutilização de materiais
e utilização de elementos natu-
tos.
a participação de 102 alunos do
4º ano da Escola Básica Vale de
Rãs, em Loulé.
A ação teve como objetivo
a sensibilização da população
escolar para a necessidade de
“promover
comportamentos
que se traduzem na poupança
de energia em casa”, nomeadamente nas contas da eletricidade e do gás, entre outras.
Programa de voluntariado
jovem para vigiar
florestas avança pelo
quinto ano seguido
O serviço municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de
Loulé promove, pelo quinto ano consecutivo, o programa de voluntariado jovem «Vigilância Florestal 2012» no concelho de Loulé,
que decorrerá entre 2 de julho e 31 de agosto.
Esta iniciativa destina-se a jovens com idades compreendidas
entre os 12 e os 17 anos, em regime de voluntariado, organizados
em nove grupos/brigadas de sete elementos, com supervisão de
um monitor devidamente credenciado.
A atividade consiste na realização de passeios pedestres, visando uma componente de prevenção e deteção de fogos florestais, vigilância, sensibilização e informação às populações.
O programa realiza-se por quinzenas, nas freguesias do interior
(Alte, Ameixial, Benafim, Salir e Tôr), divididas em cinco sessões
organizadas em dias alternados. A saída (9:15 horas) e o regresso
(17:30) efetuam-se junto ao edifício do serviço municipal de Proteção Civil, na Rua Dr. Frutuoso da Silva.
“Aliar à vigilância florestal a componente pedagógica, a fim
de implementar uma cultura de proteção para com o nosso património comum – a floresta –, tal como dar a conhecer as freguesias
do interior do concelho”, são os principais objetivos desta ação,
refere a autarquia.
As fichas de inscrição estão disponíveis em www.cm-loule.pt.
Mais informações através do telefone 289400827.
9.º Encontro Regional
de Educação Ambiental
do Algarve
«Educação para a Conservação - O Êxodo em Contexto» será o
tema da 9.ª edição do Encontro Regional de Educação Ambiental
do Algarve (EREAA), que se realizará no Zoomarine, em Albufeira,
entre 19 e 21 de outubro deste ano.
O evento é organizado pela Almargem – Associação de Defesa
do Património Cultural e Ambiental do Algarve, que para a edição
de 2012 encontrou naquele parque temático o parceiro natural
para a abordagem à temática que serve de mote para a iniciativa.
O 9.º EREAA pretende marcar “uma mudança no horizonte da
educação ambiental” na região do Algarve trazendo, ao longo de
três dias de trabalho, novas visões, métodos e abordagens aliadas
ao conceito da educação para a conservação.
Novidade em 2012 é também a data de realização do EREAA, em outubro, mês da migração outonal para muitas espécies e
que se espera que seja também “uma inspiração para o êxodo de
alguns dogmas e para a criação de uma experiência inovadora e
inspiradora para todos os que participem neste evento”.
A Almargem vai disponibilizar no endereço eletrónico www.almargem.org/ereaa toda a informação relativa ao EREAA.
www.diarionline.pt
A edição da newsletter
«LC SUSTENTÁVEL», dedicada
à sensibilização dos munícipes
para as questões ambientais,
em particular para a separação
dos resíduos, teve também início no dia 5. A publicação apenas será emitida em formato
digital, divulgada através de
correio eletrónico e publicitada
Lagoa:
Programa «Idosos em Segurança»
decorre até segunda-feira
O programa «Idosos em
Segurança», que pretende contribuir para ligar as populações
do concelho de Lagoa às forças
de segurança, nomeadamente à
GNR da área da sua residência,
arrancou na passada segundafeira e vai durar uma semana.
Durante as sessões, que serão realizadas em associações
das várias freguesias do concelho, as forças de segurança vão
divulgar e instruir a população
sobre as suas atividades, valências e apetências na segurança
de pessoas e bens e nos socorros de emergência.
No total, são seis sessões de
esclarecimento junto das populações, tendo como público alvo
os mais idosos, “no sentido de
os alertar (e preparar) para os
vários métodos de fraude usados por burlões ou por pessoas
que atuam de má fé, algumas
vezes com violência gratuita”.
As sessões prestam-se, ainda, para ensinar os idosos como
reagir em situações de risco
para a sua integridade física,
garantindo-lhes, também, melhores condições de segurança
e tranquilidade em casos extremos.
Um dos aspetos que este
programa vai desenvolver prende-se, ainda, com a organização
de um levantamento exaustivo
dos idosos a viveram isoladamente, com ou sem familiares
por perto, assim como o seu
«modus vivendi» e relacionamentos de proximidade para
que, em casos de emergência,
possam ser socorridos.
Outro aspeto deste programa prende-se com a inventariação das pessoas/famílias em
situação desfavorecida/vulnerável, designadamente as mais
idosas que vivem mais afastadas dos centros populacionais.
O programa das sessões
ainda por realizar: Clube de
Futebol Os Estombarenses (Estômbar), dia 13, 10:00; ADR
Quinta de S. Pedro (Mexilhoeira
da Carregação), dia 13, 14:00;
Centro de Apoio a Idosos (Ferragudo), dia 15, 10:00; ACD
Che-Lagoense (Parchal), dia 15,
14:30; e junta de freguesia de
Carvoeiro, dia 18, 10:00.
a c t u a l i d a d e
04
_ano XIX
_edição nº 845
_13 jun 2012
Alcoutim:
Escola de Martim Longo recebeu
comemorações do Dia do Leite
e da Criança
A Escola Prof. Joaquim
Moreira, em Martim Longo,
acolheu dia 31 de maio, as comemorações do Dia do Leite
e da Criança, numa iniciativa
do Agrupamento de Escolas de
Alcoutim e do programa educativo «Missão: Crescer Saudável
Mimosa».
Os alunos dos infantários e
das duas escolas do concelho de
Alcoutim e os alunos de Cachopo, do concelho de Tavira, desfrutaram de um dia diferente e
com muitas atividades lúdicodesportivas.
Nas comemorações, estiveram presentes o diretor regional de Educação do Algarve, Alberto Almeida, o presidente da
Câmara Municipal de Alcoutim,
Francisco Amaral, autarcas locais e o diretor do Agrupamento
de Escolas de Alcoutim, António
Amorim, a quem os alunos deram as boas-vindas com uma
música sobre os benefícios do
leite.
Jogos tradicionais e atividades desportivas no pavilhão
José Rosa Pereira e na Piscina
Municipal preencheram o resto
do dia.
A iniciativa teve o apoio das
Associação de Pais das escolas
de Martim Longo e Alcoutim.
São Brás de Alportel mostra jovens
talentos durante três dias
A vila de São Brás de Alportel vai mostrar, entre os dias
15 e 17 de junho, no Jardim da
Verbena e no Centro de Artes e
Ofícios, os seus jovens talentos,
na iniciativa «Mostra-te_SBA!»,
promovida pelo Grupo Independente de Jovens São-Brasenses
(GIJS).
Este movimento informal
de jovens locais desafiou os
seus conterrâneos a mostrarem-se e a divulgarem as suas
ideias, os seus trabalhos, dan-
do a conhecer à população,
aos empresários e clientes, “as
potencialidades e conhecimentos” que dispõem.
O «Mostra-te_SBA!», que
conta com o apoio da autarquia
local, é, antes de mais, “um
desafio aos jovens e pretende
divulgar os jovens locais, com
um caráter dinâmico e atual”,
realça a organização.
A iniciativa corresponde
a uma mostra de trabalhos e
apresentações contemporâne-
as, “fugindo ao conceito dos
saberes tradicionais e partindo
dos estímulos que cada um adquire ou adquiriu tanto ao nível
profissional, amador ou académico”.
Já está confirmada a participação de mais de 40 jovens,
que vão dar-se a conhecer em
áreas tão distintas como a arquitetura (civil, paisagista e
de interiores), artes plásticas,
arqueologia, moda, modelação
3D, vídeo, fotografia, design,
instalações artísticas, robótica,
dança, artes marciais, música, humor/stand up comedy,
massagem tailandesa e ainda
workshops, conferências e BTT.
Nos dias 15 e 16 de junho,
o evento funcionará entre as
18:00 horas e as 2:00, enquanto no dia 17 de junho abre às
16:00 e encerra às 23:00.
A entrada é gratuita.
Comunidades imigrantes
do concelho louletano promovem
encontro em Quarteira
O Centro Comunitário da
Fundação António Aleixo, em
Quarteira, recebe no próximo
dia 17 de junho, entre as 15:00
e as 19:00 horas, o 1.º Encontro
de Comunidades Imigrantes do
Concelho de Loulé.
Esta iniciativa pretende
promover o espírito intercultural e multicultural, dinamizar as associações imigrantes,
promover a integração e o dinamismo imigrante e transmitir
uma imagem real da dinâmica
imigrante do concelho.
O programa arranca com um
momento cultural com a participação do Grupo Folclórico da
DOINA, música tradicional de
Cabo Verde, Batuque de Cabo
Verde e As Kwanzas de Angola.
Segue-se uma mostra de
trajes típicos da Roménia/Moldávia e dos PALOPS.
Pelas 16:45, é apresentado
o filme «Percursos», com relatos de imigrantes residentes no
concelho de Loulé.
O evento encerra com uma
amostra gastronómica com a
gastronomia dos países de origem dos participantes neste
Encontro, que está agendada
para as 18:00.
Proporcionar um convívio e
partilha de saberes, culturas e
gastronomia das várias comunidades imigrantes presentes no
concelho de Loulé, assim como
alguns relatos de vida dos imigrantes residentes neste Município.
Este evento é promovido pela Câmara Municipal de
Loulé, Alto Comissariado para
a Imigração e Diálogo Intercultural, Centro Local de Apoio
à Integração de Imigrantes,
Fundação António Aleixo, Associação Esperança e Paz, DOINA
– Associação de Imigrantes Romenos e Moldavos do Algarve,
APALGAR – Associação Amizade
dos PALOP no Algarve e Associação dos Guineenses no Algarve
e Amigos da Guiné-Bissau.
Loulé: Erro da autarquia
provocou cobrança ilegal
de derrama a empresas
Totalidade do valor cobrado a firmas
com volume de negócios inferior a
150 mil euros será devolvido, anunciou vice-presidente
Um erro da Câmara Municipal de Loulé, que omitiu à Autoridade Tributária informação relativa a uma isenção do pagamento
de derrama às empresas com volume de negócios inferior a 150
mil euros, provocou a cobrança ilegal desta taxa, cujo valor será
devolvido “na totalidade” pela autarquia.
A denúncia partiu da comissão concelhia do PS de Loulé, que
em comunicado condena “não só o erro grave cometido com possível má fé de que é responsável o executivo municipal, mas também o encobrimento da ilegalidade”.
Em novembro último, foi aprovada em assembleia municipal,
por proposta do executivo, uma derrama de 1,5% sobre o lucro
tributável das empresas com atividade no concelho, cujo volume
de negócios, no ano de 2011, tenha sido superior a 150 mil euros,
ficando as restantes empresas isentas do pagamento da derrama.
No entanto, diz o PS/Loulé em comunicado, “em manifesta
violação da deliberação da assembleia municipal”, o executivo
camarário, na comunicação feita à Autoridade Tributária, “omitiu
a informação relativa à isenção”, o que levou a que as empresas
tivessem sido ilegalmente tributadas por uma derrama da qual estavam isentas.
Os socialistas pediram esclarecimentos sobre a situação, tendo o vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé, José Graça,
anunciado “apressadamente, num «comunicado» por si assinado,
que irá devolver a totalidade do valor da derrama cobrado ilegalmente”, refere o PS louletano.
No documento, o autarca recorda que, para o ano de 2011
foi inscrita uma taxa reduzida de derrama de 0,01%. Este ano, foi
efetuada uma tentativa de inscrever, no Portal das Finanças, uma
taxa reduzida de derrama no valor de 0,00%, sem sucesso.
“Assim que foi detetado o erro, foi solicitada a correção da
taxa reduzida de derrama para 0,01%”, assinala. A Autoridade Tributária e Aduaneira indeferiu, porém, o pedido da Câmara de Loulé, por ter sido ultrapassado o prazo definido para essa matéria.
“Por forma a não prejudicar as empresas com um volume de
negócios inferior a 150 mil euros, o município de Loulé restituirá
a totalidade do valor da derrama pago à Autoridade Tributária e
Aduaneira”, anunciou José Graça.
PS critica “silêncio interesseiro”
Segundo os socialistas, a câmara escondeu do órgão municipal
e dos “contribuintes espoliados” o erro que cometeu na comunicação à Autoridade Tributária, “uma vez que já o havia detetado
antes da cobrança ilegal do imposto”, optando por “manter o silêncio interesseiro”.
O Partido Socialista louletano considera que o executivo, logo
após ter tido conhecimento do erro, “tinha a obrigação de informar de imediato a assembleia municipal”.
Essa omissão “constitui um ato de desvalorização das atribuições e competências da assembleia municipal e o completo desrespeito pelos sacrifícios e dificuldades que as empresas do concelho
estão a atravessar, ao compeli-las a pagar um imposto ilegal, com
a promessa que irá ser devolvido”, conclui o PS/Loulé.
Câmara de Lagoa concede
123 mil euros em apoios à
área da cultura
A Câmara Municipal de Lagoa vai conceder mais de 123 mil
euros a entidades da área cultural, no âmbito da assinatura de 13
protocolos com instituições locais e regionais ligadas ao setor.
As verbas vão contribuir para a aquisição e beneficiação de
equipamentos, a realização de projetos e ações pontuais, as deslocações e cedência de transportes e, ainda, na formação.
A Orquestra do Algarve é a entidade mais apoiada, com um
total de 29 mil euros, seguindo-se a ACD Ferragudo (15.100 euros), ADR – Quinta de São Pedro (14 mil euros) e Ideias do Levante
(13.500 euros).
A autarquia salienta que “continua a promover, incentivar, enriquecer e desenvolver o gosto e a apetência pela divulgação dos
recursos locais”, nomeadamente o enriquecimento e preservação
do património cultural, na vertente artística, recreativa e histórica.
_ano XIX
a c t u a l i d a d e
_edição nº 845
_13 jun 2012
“Vila do Bispo – Terra
com Histórias”
Está em curso a 2ª edição do projeto “Vila do Bispo – terra com
Histórias”, iniciativa que decorre de 10 de junho a 1 de setembro.
As sessões, com início marcado para as 15h00, decorrerem em cinco localidades do concelho.
A 1ª ação teve lugar no dia 10 de junho, na Capela de São
Lourenço, em Vale de Boi; a segunda está marcada para o dia 1 de
julho, na antiga Escola Primária, na Pedralva; segue-se a 3ª sessão
a 7 de julho, no Grupo Desportivo de Burgau, em Burgau. A 22 de
julho realizar-se-á a quarta sessão na Capela, nas Hortas do Tabual
e por último, no dia 1 de setembro, no Centro Cultural e Social da
Figueira, na Figueira.
Informar e sensibilizar os Munícipes de Vila do Bispo acerca de
alguns aspetos históricos e culturais importantes das terras onde
vivem, ou onde nasceram, enquadrando-as na perspetiva global da
História e Cultura Portuguesas são alguns dos objetivos desta iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Vila do Bispo e aberta
à população em geral.
Nova oferta formativa no
Centro de Formação
Profissional de Faro
O Centro de Formação Profissional de Faro (CFPF) vai iniciar
diversas ações de formação profissional durante os meses de junho
e julho, a funcionar a tempo inteiro, das 9:00 horas às 17:00, com
a possibilidade de atribuição de apoios sociais após análise de
cada situação específica.
“Com o número de desempregados que temos na região, a
formação profissional será certamente uma boa opção para um
regresso ao mercado de trabalho”, refere o diretor do centro algarvio, João Neves.
Em junho, decorre, em Olhão, um curso de instalação e manutenção de sistemas informáticos, para jovens entre os 15 e os
23 anos com habilitação de 12.º ano; um curso de costureiro(a)modista, a realizar em Faro, para adultos com idade superior a 23
anos e sem 4.º ano de escolaridade; e uma formação de animador sociocultural, na Fuseta (Olhão), dirigida a jovens com idades
compreendidas entre os 15 e os 23 anos e com habilitação mínima
de 9.º ano.
No mês seguinte, Faro recebe cursos de operador de jardinagem (adultos com mais de 23 anos e sem o 4.º ano); operador de
armazenagem (adultos com mais de 23 anos, com habilitações até
ao 9.º ano); esteticismo/cosmetologia (adultos com mais de 23
anos, com habilitação de 12.º ano); soldador(a) (para jovens entre
os 15 e os 23 anos, com habilitações até ao 8.º ano); e técnico de
contabilidade e gestão (para jovens entre os 15 e os 23 anos e com
habilitação mínima de 9º ano).
Ainda em julho, Vila Real de Santo recebe o curso de técnico(a)
de informação e animação turística, para adultos com mais de 23
anos e 12.º ano, enquanto Loulé recebe uma formação de agente
em geriatria, para adultos com mais de 23 anos e habilitação até
ao 9.º ano.
Para mais informações e inscrições, os interessados deverão
contatar os centro de emprego das respetivas áreas de residência.
Duas centenas participaram
no «Pedalar pela Vida»
O evento de cicloturismo solidário «Pedalar pela Vida», organizado pela Associação Oncológica do Algarve (AOA), juntou cerca de
duas centenas de participantes no último domingo de maio, num
percurso de 10 km pela cidade de Faro.
Os cicloturistas que aderiram à causa da AOA e à 1.ª edição
deste evento, que promete repetir-se, contribuíram para a luta
contra o cancro e apoio ao doente oncológico.
Os fundos angariados revertem para a construção da Casa Flor
das Dunas, que possibilitará uma melhor recuperação e qualidade
de vida aos doentes em tratamento na unidade de Radioterapia
da associação.
SondaLoulé
Sondagens e Captações de Água, Lda.
Furos e Bombas
De Manuel António Guerreiro
Vale da Rosa
Caixa 198 A
8100-331 Loulé
Telf: 289 415 712
Fax: 289 435 034
Tlm: 917 268 792
05
Centro de Interpretação de Alcalar
recebeu mais de 1600 visitantes
em apenas dois meses
Desde que reabriu ao público em finais de março passado,
o Centro de Interpretação de
Alcalar, em Portimão, já recebeu cerca de 1600 visitantes,
à descoberta dos monumentos
megalíticos, numa viagem no
tempo até há cinco mil anos,
para conhecer de perto este valioso património pré-histórico
Motivo de atração são também as oficinas de cerâmica
pré-histórica e todas as outras
atividades ligadas ao quotidiano, promovidas regularmente,
as quais possibilitam conhecer
de perto os processos e materiais utilizados por esta comunidade pré-histórica.
O trabalho desenvolvido
pelo Museu de Portimão em
prol da preservação e divulgação do património histórico do
município foi mais uma vez reconhecido, através do convite
de parceria que acaba de ser
feito pelo Centro Ciência Viva
do Lousal, após recente visita a
Alcalar.
O projeto em preparação
por aquele centro, localizado
no concelho de Grândola, visa
criar um percurso de 12 km em
bicicleta com paragem junto a
quatro monumentos megalíti-
cos existentes na zona, estando
já agendadas duas atividades
para os primeiros dias de setembro próximo e que serão
animadas pela equipa do Museu
de Portimão, na sequência de
uma parceria a estabelecer entre as duas entidades.
O Centro de Interpretação
de Alcalar tem gestão partilhada entre a direção regional de
Cultura do Algarve e o município de Portimão, podendo ser
visitado de terça-feira a sábado, das 10:00 horas às 13:00 e
das 14:00 às 16:30 (horário em
vigor até 31 de junho), com ingressos a 2 euros.
Loulé:
Autarquia propõe reconhecimento
de interesse municipal para
empreendimento Vale do Freixo
A Câmara Municipal de
Loulé deliberou, na sua última
reunião, propor à assembleia
municipal o reconhecimento do
interesse municipal do empreendimento Vale do Freixo, Golf
& Country Estate, enquanto
“projeto estruturante”.
O executivo decidiu ainda remeter o processo para a
Comissão de Coordenação e
Desenvolvimento Regional do
Algarve, que preside ao Observatório do PROT-Algarve, “com
vista ao reconhecimento do
interesse regional deste empreendimento”.
O projeto desenvolve-se
numa propriedade localizada
na Quinta do Freixo, na freguesia de Benafim, com cerca
de 380 hectares, e prevê 1722
camas turísticas e 129 930 m2
de construção, que incluirão
espaços verdes, espaços de alojamento turístico (aldeamentos turísticos, um hotel e um
pequeno estabelecimento hoteleiro articulado com o «spa»
do empreendimento) e espaços
de serviços e outras atividades
económicas não turísticas.
Um centro de congressos,
um «spa», zonas de desporto
e lazer, uma escola de golfe,
uma escola de formação hoteleira, um templo para a prática
religiosa, zonas de comércio
e ainda núcleos de investigação aplicada, de incubação de
empresas e de atividades não
turísticas, são alguns dos equipamentos previstos.
Segundo refere, em comunicado, a edilidade de Loulé,
o empreendimento visa fundamentalmente “um mercado
turístico de alta qualidade,
para além de outras atividades
económicas não turísticas complementares”.
O projeto do empreendimento do Vale do Freixo estima
criar 7976 postos de trabalho,
na fase de construção, e 1072
postos de trabalho, na fase de
exploração, revela a autarquia.
Os antecedentes deste projeto remontam ao ano de 2001,
altura em que a Câmara de Loulé deu início aos procedimentos
inerentes à Área de Aptidão
Trística (AAT) de Benafim, prevista no PDM de Loulé em vigor,
com vista à concretização de
um projeto/empreendimento
de vocação turística.
De acordo com os responsáveis municipais, a Câmara
de Loulé “tem vindo a apostar
no desenvolvimento do interior
do concelho, visando suster o
despovoamento e a depauperização económica daqueles
territórios”.
Estudo algarvio defende “permanência”
de educadores sociais nas escolas
Um estudo realizado no
âmbito do mestrado em Educação Social na Escola Superior
de Educação e Comunicação
da Universidade do Algarve
comprovou “a necessidade de
permanência” de educadores
sociais em agrupamentos de
escolas.
A investigação, levada a
cabo pela educadora social
Leonor Viegas, na Escola Secundária de Vila Real de Santo
António, identificou questões
que podem “motivar e/ou justificar” uma intervenção ao nível
da educação social na escola e
delinear o perfil de competências do educador social em contexto escolar.
Com este estudo, revelado
pela Rede Escolar de Técnicos
Sociais do Algarve (RETSA),
verificou-se existirem várias
questões que podem ser trabalhadas pelo educador social na
escola, “nomeadamente a um
nível preventivo e, por outro
lado, numa vertente reparadora, atuando-se em problemas
concretos”.
Tendo por base a sua formação técnica, o educador social aplica metodologias “que
permitem construir projetos,
em conjunto com o público a
que se destinam, e adaptados
às necessidades sentidas”.
Desta forma, diz o estudo
de Leonor Viegas, “a comunidade escolar é convidada a participar ativamente na busca da
solução dos seus problemas, o
que permite um envolvimento
consensual e responsabilizante”.
O educador social poderá
ter, numa escola, “um papel
ativo ao nível da prevenção dos
problemas sociais e da educação para a cidadania”, surgindo
ainda como facilitador do diálogo em situações de conflito e
estabelecendo uma ponte entre os vários agentes escolares,
conclui-se.
a c t u a l i d a d e
06
_ano XIX
_edição nº 845
_13 jun 2012
Alcoutim mais consciente
sobre alcoolismo
Associação Turismo
do Algarve forma técnicos
da Jet 2
A palestra sobre alcoolismo
realizada em Alcoutim, na passada quarta-feira, contou com
a presença de uma centena
de pessoas, que assistiram às
alocuções dos médicos Álvaro
Pereira e António Camacho,
médicos do Centro de Apoio aos
Toxicodependentes de Olhão.
Depois de uma breve introdução à história do alcoolismo,
António Camacho aproveitou
para desfazer na audiência alguma ideias feitas sobre o álcool: “Não abre o apetite, não
mata a sede, não aquece.”
“Por favor, nunca mais
pensem que o alcoolismo é um
vício”, avançou depois Álvaro
Pereira, sublinhando o facto de
o alcoolismo ser uma “doença
do cérebro, como a Alzheimer
ou a esquizofrenia”.
Desmistificados alguns juízos sobre o álcool e sobre a doença, os médicos transmitiram
ao auditório algumas ferramentas para ajudar o doente alcoólico a assumir-se e a querer
tratar-se.
“Podem passar-se muitos
anos desde que o doente tem o
problema até assumi-lo”, alertou o médico Álvaro Pereira,
A Associação Turismo do Algarve (ATA) promoveu uma ação
de formação, dirigida aos técnicos do «call-center» da operadora
Jet2/Jet2 Holidays, dirigindo a sua aposta junto dos profissionais
do setor do principal mercado emissor de turistas para a região.
Colmatar algumas deficiências existentes ao nível da informação sobre a oferta do destino foi o objetivo da visita do gestor de
produto Sol & Mar da ATA aos escritórios de Leeds, no Reino Unido,
da empresa, para formar uma equipa de cerca de 30 técnicos que
acolheram a iniciativa de uma forma bastante entusiasta.
Durante um dia, foi feita uma apresentação exaustiva sobre a
região do Algarve, as suas inúmeras valências, novas ofertas, oportunidades e nichos de mercado a explorar que foi complementada
com material informativo e promocional.
Os participantes, salientando que o Algarve “é um mercado
que vende muito bem”, referiram por vezes sentir alguma falta
de apoio na venda, nomeadamente no que diz respeito à oferta
turística complementar existente para além das unidades de alojamento, situação que, na opinião dos participantes, esta ação “veio
retificar, tendo o balanço sido bastante positivo”.
A escolha da Jet 2/Jet 2 Holidays teve por base fatores decisivos como o peso da companhia aérea/ operador, a sua performance no ano anterior e propostas para o futuro: de abril a outubro
de 2011, a Jet2 disponibilizou sete rotas oriundas de sete cidades
britânicas para Faro.
prevenindo a luta difícil e demorada.
Neste contexto, o presidente da Câmara de Alcoutim,
Francisco Amaral, que moderou
a sessão, combinou com os palestrantes uma formação, para
dar às famílias alcoutenejas
técnicas que as ajudassem neste processo. “Há uma inconsciência do alcoolismo, quase coletiva”, declarou o autarca de
Alcoutim, referindo que, muitas vezes, não basta o alcoólico
não acordar, como as pessoas
que o rodeiam já não acreditarem na sua recuperação.
“Por que é que nos sensibilizamos tanto com hipertensos
e diabéticos e com os alcoólicos deixamos andar?”, concluía
Álvaro Pereira, pedindo que
estes doentes fossem verdadeiramente ajudados e que não se
tivesse pena deles.
A partilha de experiências entre o público e os palestrantes fechou o encontro.
Um contributo importante foi
trazido por José Pepo, médico
na Amareleja, que partilhou a
sua experiência com esta comunidade, comprovando que o
envolvimento e a responsabilização sociocultural ajudaram a
combater o alcoolismo.
Empresas equipam veículos
de bombeiros no Algarve com sistemas
de navegação
A TomTom e a iMergencies
celebraram, no final de maio,
uma parceria para equipar os
principais veículos dos bombeiros de Faro, Olhão, Tavira, Vila
Real de Santo António, Alcoutim, Albufeira e São Bartolomeu
de Messines (Silves), com sistemas de navegação TomTom.
A entrega oficial dos dispositivos aos diversos municípios
realizou-se dia 31, na sede da
FOCON (Força Conjunta dos
Bombeiros de Faro), com a presença de Macário Correia (presidente da Câmara de Faro),
Teodósio Carrilho (presidente
da Federação de Bombeiros
do Algarve), Jorge Pereira
(iMergencies) e Sofia Veríssimo
(TomTom), que aproveitaram a
ocasião para debater a importância da segurança na estrada
e da rapidez na assistência.
Já a partir de junho, os
veículos dos vários corpos de
bombeiros no Algarve estarão
equipados com sistemas de
navegação TomTom, que oferecerão instruções de navegação
porta-a-porta e a rota mais rápida.
A parceria da TomTom e da
iMergencies visa “melhorar significativamente a logística e a
eficácia deste serviço de emer-
gência”.
A iMergencies é uma entidade algarvia que presta serviços de emergência e assistência
a residentes e turistas, disponibilizando os mesmos a bombeiros, INEM, Cruz Vermelha e
autoridades.
“Este pequeno passo fará
toda a diferença ao facilitar o
quotidiano dos bombeiros do
Algarve na sua ajuda à comunidade. Numa época em que o
Algarve começará a ter enorme
afluência, acreditamos que é
essencial chegar de forma rápida e eficaz aos mais diversos
pontos já que todos os minutos
podem fazer a diferença”, referiu a Country Sales Manager
da TomTom Portugal, Sofia Veríssimo.
“É com enorme prazer que
agradecemos à TomTom pelo
interesse em participar no projeto iMergencies. Para além
do serviço de intérprete e da
informação médica que disponibilizamos gratuitamente aos
serviços de ambulâncias, podemos também em conjunto,
contribuir no apoio à localização de quem mais necessita,
seja ele residente ou turista”,
disse Jorge Pereira, CEO da
iMergencies.
Ciclo de sessões de sensibilização
do projeto Via Algarviana já arrancou
A equipa de gestão da Via
Algarviana está a realizar, durante os meses de junho e julho, sessões de sensibilização e
esclarecimento junto de todos
os interessados em conhecer as
ações previstas para o futuro no
projeto.
As sessões, que decorrem
em local e horário a definir,
serão dinamizadas em todos os
municípios parceiros e abertas
à população em geral.
Esta ação visa apresentar
os resultados obtidos até ao
momento com o projeto, identificar e explicar as ações previstas até ao final do ano por
município e perceber de que
forma as empresas e população
podem beneficiar com a Via Algarviana e aproveitar os seus
recursos.
A primeira sessão, das 11
previstas, realizou-se dia 4 de
junho, no salão do Centro Náu-
tico de Alcoutim, local gentilmente cedido pelo respetivo
município.
A reunião contou com a presença de uma dúzia de munícipes, representantes de negócios
locais, associações, entidades
e estudantes, incluindo o vereador municipal Hugo Barras,
que discutiram vários pontos
de vista e debateram sugestões
“muito interessantes” para o
futuro da Via Algarviana.
As datas e locais das próximas sessões serão divulgadas
regularmente no sítio www.viaalgarviana.org.
A Via Algarviana é um percurso pedestre de longa distância (300 km), classificado com
Grande Rota (GR13). Inicia-se
em Alcoutim, junto ao Guadiana, e termina no Cabo de São
Vicente, em Vila do Bispo.
Dez jovens empreendedores
algarvios participaram em
encontro transnacional
em Espanha
Dez jovens empreendedores algarvios, nas áreas mais diversas, estiveram presentes no primeiro encontro transnacional de
empreendedores, realizado no Parque Tecnológico de Málaga, em
Espanha.
Este evento inseriu-se no âmbito do Projeto MED Technopolis,
que integra seis regiões participantes: Algarve (Portugal), Andaluzia (Espanha), Paca (França), Umbria (Itália), Sicília (Itália) e
Pratras (Grécia).
O município de Faro e os parceiros portugueses ANJE, APREDIN
e CRIA levaram 10 jovens empreendedores em áreas tão diversas
como a agro-alimentar, aquacultura e biotecnologia, energias renováveis, telecomunicações e multimédia e serviços.
O Projeto MED Technopolis deu assim a oportunidade aos empreendedores de cada uma das seis regiões que integram a parceria de participarem em encontros com o formato «B2B», de trocarem experiências, informações e de estabelecerem contactos
comerciais.
Para alguns, este constituiu o primeiro passo para a internacionalização, estando prevista a realização de mais encontros transnacionais do género, revela a autarquia farense, em comunicado.
A autarquia farense encontra-se a desenvolver, no âmbito
deste projeto, o Plano de Urbanização da UOP3-Pólo Tecnológico,
em Gambelas, que integra o Parque Tecnológico Internacional do
Algarve (PTIA) e cuja futura implementação acrescentará um importante polo à rede de Interface Tecnológica Mediterrânica criada
pelo Projeto MED Technopolis.
À margem deste encontro transnacional de empreendedores,
decorreu a 8.ª reunião do Comité de Pilotagem, em que estiveram
presentes representantes das regiões.
Cada algarvio reciclou 3,29
kg de resíduos elétricos e
eletrónicos em 2011
Cada habitante da região algarvia entregou à Amb3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos, para reciclagem, 3,29
kg de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos (REEE),
em 2011.
A Amb3E recebeu e encaminhou para reciclagem 43.484 toneladas de REEE, o que significa uma recolha de 4,07 kg de resíduos
por habitante. De todos os distritos, Viseu foi aquele onde mais
resíduos foram recolhidos (9,62 kg/habitante), logo seguido pelo
Porto (8,85 kg/habitante).
De todos os resíduos recolhidos, a maioria (40%) é proveniente
de grandes equipamentos, como máquinas de lavar louça ou roupa, 29% de equipamento diverso de tamanho mais pequeno, como
varinhas mágicas ou telemóveis, 17% de equipamentos de refrigeração, como frigoríficos ou ar condicionado, 13% de monitores e
televisores e 1% de lâmpadas.
_ano XIX
a c t u a l i d a d e
_edição nº 845
_13 jun 2012
Algarve é zona endémica
na prevalência
de leishmaniose canina
O Algarve é uma das zonas endémicas de prevalência de leishmaniose canina em Portugal, a terceira área geográfica com risco
mais elevado da Europa, revelou um estudo europeu citado pelo
Observatório Nacional das leishmanioses (ONLeish).
A leishmaniose é uma doença parasitária infeciosa, provocada
pela picada de um inseto, o flebótomo, transmitida ao cão, a outros animais mamíferos e também ao ser humano.
O estudo europeu, do qual fizeram parte dois investigadores
portugueses da Universidade Nova de Lisboa, apresenta um modelo matemático que permite prever a prevalência de leishmaniose
canina em Portugal, assim como em outros países europeus.
Portugal é o terceiro país com a seroprevalência mais elevada
na Europa (7.3%), apenas ultrapassado pela Itália (17,7%) e pela
França (8,0%).
No país, as regiões do Algarve, Alentejo, Beira Interior, Estremadura e Trás-os-Montes e Alto Douro são as mais preocupantes.
O combate a esta doença passa essencialmente pela prevenção, sendo recomendado pelo ONLeish evitar passear os cães ao
escurecer e noite, quando é mais propicia a picada do inseto, nomeadamente entre abril e novembro; efetuar rastreios da infeção,
pelo menos uma vez por ano, principalmente nas regiões com significativa prevalência da infeção; e aplicação de inseticidas nos
cães, como coleiras impregnadas com deltametrina e vacinação,
medida que deve ser acompanhada pelo médico veterinário.
Segurança Social:
Quase 6.300 pessoas
perderam abono de família
entre março e abril
Cerca de 6.300 pessoas perderam o direito ao abono de família
entre março e abril deste ano, e o total de beneficiários deste
apoio ultrapassa os 1,17 milhões, revela o Instituto da Segurança
Social
Dados divulgados na passada semana mostram que em março
havia registo de 1.176.344 beneficiários, número que baixou para
1.170.052 em abril, menos 6.292 pessoas.
Em termos de centros distritais, é no Porto que se concentra o
maior número de beneficiários (231.516), logo seguido de Lisboa,
com 222.496, e de Braga, com 118.021.
Do lado oposto, o centro distrital de segurança social de Portalegre é onde há menos beneficiários (12.098), seguido de Bragança
(12.118) e de Beja (14.701).
Já em matéria de número de requerentes, os dados do ISS
mostram que houve também uma diminuição, havendo em abril
775.342, depois de em março esse número ter chegado aos
779.798, uma diminuição de 0,57 por cento (%).
O maior número de requerentes registou-se no centro distrital
do Porto, com 158.334, seguido do de Lisboa, com 143.976, e do
de Braga, com 77.203.
Comparando o número de beneficiários em abril deste ano com
o período homólogo de 2011, há uma quebra de 1,07%, já que
em abril de 2011 havia registo de 1.182.683 pessoas a receberem
abono de família.
Aliança Cívica diz que
pedir mais isenções
nas portagens é pôr
“penso rápido”
A Aliança Cívica “Vamos Salvar Faro” considerou, na sexta
feira, inadmissível que a Comunidade Intermunicipal do Algarve
tenha pedido o prolongamento das isenções do pagamento de portagens na Via do Infante (A22), quando deveriam, no seu entender,
ter pedido a sua suspensão.
“Pedir mais isenções é pôr um penso rápido, quando o doente,
que é o Algarve, o que precisa é de uma cirurgia para extirpar as
portagens”, refere em comunicado o líder da aliança, José Vitorino.
Segundo o ex-presidente da Câmara de Faro, o fim das portagens “é a única medida que terá efeitos positivos imediatos”, e,
com o pedido de mais isenções, as autarquias “vieram dar gás” ao
Governo para continuar a cobrar portagens na A22.
“Estamos perante mais uma situação de conivência regional
com Lisboa”, conclui.
07
Hospital de Faro vai contratar 115
médicos especialistas
O Hospital de Faro vai abrir
concurso público para contratar
115 médicos especialistas, cerca de 25% da totalidade autorizada pelo Governo até ao final
do ano para hospitais de todo o
país, disse o presidente da unidade hospitalar.
“A falta de especialistas é
grave, pois o corpo clínico está
muito envelhecido, o que nos
coloca como uma das unidades
de saúde mais necessitadas”,
explicou Pedro Nunes à Lusa.
Dois despachos do Ministério da Saúde, publicados em
Diário da República no dia 04
de junho, autorizam o recrutamento de jovens médicos para
preencherem as carências nos
hospitais e centros de saúde
nas áreas de Medicina Geral e
Familiar, Saúde Pública e diferentes especialidades hospitalares.
Das 644 contratações autorizadas, 210 vagas são para médicos de medicina geral e familiar (médicos de família) para
os centros de saúde e 434 para
especialidades carenciadas nos
hospitais.
Para o presidente do conselho de administração do
Hospital de Faro, o Ministério
da Saúde “percebeu bem as necessidades do corpo clínico do
hospital, há muito carenciado
de médicos jovens nas várias
especialidades”.
“Apesar da carência, temos
mantido um funcionamento
sem problemas à custa da boa
vontade e emprenho de muitas
pessoas, mas a situação não
pode continuar”, ressalvou Pedro Nunes.
Segundo ao responsável, o
concurso para a contratação de
médicos “será aberto na pró-
xima semana”, mas, advertiu,
“a seleção será muito rigorosa
e exigente ao nível da qualidade”.
“Selecionaremos apenas as
pessoas que nos garantam padrões de elevada qualidade”,
sublinhou.
Aliança «Vamos Salvar Faro» lança
«Observatório para o emprego»
A Aliança Cívica «Vamos
Salvar Faro», liderada pelo exautarca José Vitorino, vai criar
em breve um «Observatório
para o Emprego», com várias
áreas de intervenção, de forma a combater “a chaga económica e social” que constitui
o desemprego na região e no
concelho.
O anúncio foi feito pelo
coordenador do movimento
independente recém-formado
e anunciado candidato a presidente da câmara nas próximas
Autárquicas, na sequência de
uma reunião com responsáveis
do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) na
região.
O «observatório» corresponde a “uma resposta aos
números catastróficos” do desemprego no Algarve, tendo a
aliança «Vamos Salvar Faro»
registado as medidas e esforços
do IEFP para dinamizar o mercado do trabalho em favor dos
desempregados, nomeadamente na ligação às empresas.
“Houve disponibilidade e
vontade recíproca de colaboração, em beneficio dos trabalhadores por conta de outrem, dos
empresários e da economia”,
refere a aliança, que estima em
50 mil e 5 mil o número de desempregados na região algarvia
e no concelho de Faro, respeti-
vamente.
No entendimento do movimento, “o problema é estrutural, pelo errado modelo de
desenvolvimento seguido pelo
poder público nos últimos 30
anos”, pelo que se impõe “um
novo plano de desenvolvimento” para a região, “a preparar
e implementar num prazo curto”.
Segundo pior maio dos últimos 16 anos na
ocupação hoteleira registado este ano
A taxa de ocupação média
nas unidades hoteleiras algarvias em maio foi de 55,2%,
pelo que este foi o segundo pior
maio dos últimos 16 anos, revelou a Associação dos Hotéis e
Empreendimentos Turísticos do
Algarve (AHETA).
O mês de maio com pior
nível de ocupação de quartos
desde 1996 - ano do início dos
registos e da fundação da AHETA - foi o de 2011, com menos
3,7% do que no mesmo mês de
2012.
A ligeira retoma face ao
ano passado é atribuída pela
AHETA à recuperação do mercado britânico, que compensou
as perdas no mercado interno e
alemão, de acordo com o presidente da associação, Elidérico
Viegas.
“Esta melhoria conjuntural
do mercado inglês deve-se em
grande parte à desvalorização
do euro face à libra”, adiantou, em declarações à agência
Lusa.
A associação informa que a
média de ocupação de todos os
meses de maio dos últimos 16
anos foi de 65,2% e que o maio
mais ‘cheio’ foi o de 1999, com
80,80%.
O presidente da AHETA lamentou as sucessivas quedas
das quotas de alemães que optam pelo Algarve, que atribuiu
aos preços mais apelativos e à
proximidade dos países do Adriático, da Turquia e do Norte de
África.
Todavia, em maio passado,
os mercados britânico e holandês cresceram, em comparação
com maio de 2011, e os mercados alemão e espanhol registaram descidas.
De acordo com os dados da
AHETA, por zonas geográficas,
Portimão/Praia da Rocha (menos 11,4%) e Lagos/Sagres (menos 1,7%) foram as que registaram as maiores descidas entre
os meses de maio deste ano e
do ano passado.
As principais subidas ocorreram na zona de Carvoeiro/
Armação de Pêra (24,4%) e Vilamoura/Quarteira/Quinta do
Lago (8,7%). Albufeira, a principal zona turística da região,
registou uma subida de 3,3%.
A zona de Vilamoura/Quarteira/Quinta do Lago registou a
taxa de ocupação média mais
elevada (69,1%), enquanto Lagos/Sagres registou a mais bai-
xa, com 44,6%.
Por categorias, as maiores
descidas registaram-se nos aldeamentos e apartamentos turísticos e nos hotéis e aparthotéis de três estrelas. Os hotéis e
aparthotéis de quatro estrelas
apresentaram as maiores subidas nas ocupações.
Os aldeamentos e apartamentos turísticos de três estrelas foram os que apresentaram
a ocupação mais baixa (41,3%).
Os hotéis e aparthotéis de cinco
estrelas tiveram as ocupações
mais elevadas (67,7%).
O volume de negócios total
apresentou uma descida de 1,2%
em comparação ao período homólogo de 2011, o que, segundo Elidérico Viegas, evidencia a
redução dos preços praticados
na hotelaria da região.
_ano XIX
a c t u a l i d a d e
08
_edição nº 845
_13 jun 2012
Emprego:
PS acusa Governo de “profunda
insensibilidade” por excluir região
do Passaporte Emprego
O PS/Algarve acusou, na
passada quinta feira, o Governo de revelar “uma profunda
insensibilidade” ao excluir o Algarve do Passaporte Emprego,
“uma das medidas emblemáticas do programa Impulso Jovem”, recordando que a região
tem a maior taxa de desemprego do País.
“O Algarve está fora da
mais emblemática das medidas, o Passaporte Emprego, um
programa de estágios profissionais que seria extremamente
benéfico para a região mais
penalizada pelo desemprego
em Portugal”, afirma o líder da
Federação socialista do Algarve, Miguel Freitas, em comunicado.
Em declarações à Lusa, o
deputado eleito pelo círculo
de Faro desafiou o Governo a
“corrigir este erro”, no período
de 30 dias que, segundo o ministro Adjunto e dos Assuntos
Parlamentares, Miguel Relvas,
decorrerá até à entrada em vigor do programa.
De acordo com as medidas
quarta-feira anunciadas pelo
Governo, o Passaporte Emprego permitirá ao jovem, numa
primeira fase, ter um estágio
numa empresa e, numa segunda fase, passar a ter um contrato sem termo, sendo posto em
prática nas regiões do Norte,
Centro e Alentejo.
Caso não haja uma correção, Miguel Freitas desafia o
Governo a explicar como quer
resolver o problema do emprego jovem na região, com taxas
de desemprego que atingem os
20 por cento.
“Os algarvios que queiram
ter acesso a este programa de
estágios profissionais em setores de bens transacionáveis são
obrigados a sair da região”, critica o deputado socialista.
Nesse sentido, classifica
a decisão do executivo como
“uma segunda versão do célebre convite feito por Passos
Coelho aos jovens portugueses,
a quem sugeriu a emigração
como solução para obterem
emprego”.
Reconhecendo que o Algarve foi excluído de parte do
programa “por não estar nas re-
giões de convergência”, Miguel
Freitas sustenta que o Governo
“deve criar mecanismos próprios para a região”, utilizando
o pacote de 23 milhões de euros
de dotação nacional disponível
no Instituto do Emprego e Formação Profissional para o apoio
à criação de emprego.
Miguel Freitas disse à Lusa
que a medida Passaporte Emprego “teria sido aquela que,
caso fosse implementada na região, teria tido mais impacto”
na criação de emprego.
“Refutamos a ideia de que
o Algarve, por não ser uma região de convergência, seja uma
região demasiado rica para essa
medida”, reforçou.
Por outro lado, o deputado
do Partido Socialista criticou
que o executivo tenha remetido a avaliação da proposta do
“emprego intermitente” para
uma reunião com os parceiros
sociais a realizar em agosto,
por se revelar “tardia face à
sua entrada em vigor.
A proposta apresentada pelos deputados socialistas algarvios no parlamento é dirigida à
sazonalidade da região e, uma
vez posta em prática, implicaria que ao fim de sete meses de
trabalho numa função sazonal,
durante o verão, o trabalhador
teria direito a cinco meses de
subsídio de desemprego.
“Está-se a adiar uma decisão que, ao não ser tomada
já, para os novos contratos a
celebrar para o verão, põe em
causa o impacto dessa medida
ainda este ano”, disse Miguel
Freitas à Lusa.
Segundo o deputado, o Ministério da Economia valorizou
a proposta apresentada no parlamento, mas remeteu a sua
discussão para uma reunião do
Conselho de Concertação Social
a realizar em agosto, em que
será feita a avaliação do programa de criação de emprego
Estímulo 2012.
O programa “Impulso Jovem”, aprovado quarta-feira
em Conselho de Ministros, tem
um fundo superior a 344 milhões de euros e cobre um universo de 90 mil jovens.
PSD/Algarve critica “falta de memória política”
de Miguel Freitas
O PSD/Algarve acusou o
líder do PS/Algarve, Miguel
Freitas, de “falta de memória
política”, por ter criticado a
exclusão do Algarve do «Passaporte Emprego», uma das
medidas do programa «Impulso
Jovem».
Recordando que essa é a
única medida do programa que
não se aplica no Algarve, o PSD/
Algarve sublinhou, em comunicado, que Miguel Freitas “se esqueceu de referir” esse facto.
A medida, explicam os sociais-democratas, é financiada
pelo Quadro Nacional de Referência Estratégica (QREN) das
regiões de objetivo convergência (Norte, Centro, Alentejo e
Açores), que detêm a exclusividade da medida por efetivamente serem consideradas
regiões «phasing-in».
“O líder socialista esque-
ceu-se ainda de referir que foi
um cálculo estatístico profundamente injusto que colocou
o Algarve no regime transitório
do objectivo convergência, designado «phasing-out», negociado pelos governos do PS de
José Sócrates”, assinala o PSD/
Algarve.
Os sociais-democratas recordam ainda a Miguel Freitas
que este “nada disse quando
o seu então líder José Sócrates anunciou, em dezembro de
2005, o PEPAL (um programa de
criação de 2000 estágios nas
autarquias), deixando então os
jovens do Algarve totalmente
privados de tal apoio pela mesma razão agora invocada numa
particular medida deste plano”,
acrescentam.
“No último ano, a falta de
memória política tem sido uma
constante por parte de Miguel
Freitas. E quando o governo
apresenta um importante plano estratégico para combater
o problema do desemprego, o
líder do PS/Algarve, de forma
despudorada, aponta o dedo ao
particular, ignorando por completo a abrangência geral do
plano”, salienta o presidente
do PSD/Algarve, Luís Gomes.
Na opinião do PSD/Algarve,
o plano estratégico «Impulso
Jovem» “vem renovar a esperança dos jovens desempregados do Algarve ao colocar ao
seu dispor diversas ferramentas
com vista à recuperação de
postos de trabalho na região”.
As medidas, aprovadas em
Conselho de Ministros, passam
pela criação de diversos «Passaportes Emprego» em áreas
como a industrialização, a inovação, a internacionalização ou
economia social.
Paralelamente, estão a ser
lançados outros apoios à contratação de jovens desempregados de longa duração, bem
como o programa «Portugal
Empreendedor», destinado a
apoiar projetos de empreendedorismo por empresas que recrutem jovens desempregados
com qualificações superiores.
No total, realça o PSD/Algarve, o fundo de apoios é superior a 344 milhões de euros,
sendo que “mais de 75% desses
fundos estão em programas aos
quais os jovens do Algarve se
podem candidatar”.
“Esta é a resposta que se
esperava por parte do executivo que, apesar de todas as
contingências
governativas,
está a desenvolver esforços
para combater o problema do
desemprego de uma forma firme”, sustenta Luís Gomes.
Lei para acabar com freguesias “é uma aberração
que merece rejeição”, diz movimento CFC
O movimento Com Faro no
Coração (CFC), liderado pelo
ex-autarca José Vitorino, considerou a lei de reorganização
administrativa territorial autárquica promovida pelo governo,
que levará à agregação e extinção de freguesias, “uma aberração que merece rejeição”.
Segundo os independentes,
a lei publicada no final de maio
“é cega e sem fundamento,
constitui um ataque às populações e não traz benefícios”,
existindo “apenas para o poder
de Lisboa dizer que fez mais
uma reforma”.
No concelho de Faro, realça o
movimento CFC, “querem «abater» duas das seis freguesias”.
O município tem seis freguesias, três em zonas consideradas urbanas (Sé, São Pedro e
Montenegro) e mais três (Santa
Bárbara, Estoi e Conceição),
estabelecendo a lei, frisam os
independentes, “que se «aba-
tam» 50% das urbanas e 30% das
outras”.
“Faro é um concelho com
freguesias fortes e consolidadas
e se a lei fosse aplicada seriam
«abatidas» duas das seis, o que
é inaceitável. (...) Por isso a
luta tem de ir até às últimas
consequências”, concluem.
Silves:
Vereadores do PS e da
CDU abandonam reunião
de câmara e inviabilizam
votação do orçamento
Os vereadores do Partido Socialista (PS) e da Coligação Democrática Unitária (CDU) na autarquia de Silves abandonaram, dia
4 de junho, uma reunião de câmara, inviabilizando a votação do
Orçamento para 2012, revelou o executivo liderado por Isabel Soares (PSD).
Em comunicado, a autarca social-democrata descreve todo o
percurso de discussão e votação do documento durante os últimos
meses, considerando que a atitude dos quatro vereadores (três
socialistas e um da CDU) na reunião de hoje foi um ato de “cobardia”.
O orçamento, bem como as Grandes Opções do Plano, foram
apresentadas neste órgão pela primeira vez no dia 7 de dezembro
de 2011, tendo posteriormente sido discutidas em oito sessões de
câmara, aprovado em março e levado à assembleia municipal, que
o chumbou no final desse mês.
Durante todo este período de tempo, o executivo da câmara de
Silves diz ter procurado “introduzir as alterações que seriam mais
úteis e importantes”, nomeadamente para as juntas de freguesia,
debatendo várias propostas de transferência de competências e
respetivos montantes.
Mostrando-se “disponível” para receber propostas da oposição,
desde que tivessem por base “os dados objetivos da receita que
este município previa para o ano de 2012”, o executivo de Isabel
Soares diz que essas propostas passavam pela redução da receita e
aumento das transferências para as juntas de freguesia e coletividades, “o que produz o consequente aumento da despesa”.
“Como é facilmente compreensível, nenhuma regra financeira
sustenta esta posição política, que surge totalmente desfasada da
realidade, não passando de uma manobra demagógica”, realça a
autarca social-democrata.
O executivo PSD, “num derradeiro esforço”, decidiu permitir
“uma maior liberdade na gestão dos fundos destinados a instruir
a transferência de competências”, ficando definido que o valor a
repartir por cada competência seria da total responsabilidade das
juntas, cujos presidentes concordaram com a medida.
Efetuados todos os ajustes financeiramente exigidos, a proposta de orçamento foi apresentada na reunião de câmara desta segunda-feira. Os vereadores do PS abandonaram a sala, tendo antes
proferido uma declaração, gesto repetido pela vereadora da CDU.
“De facto, apenas por cobardia os ilustres vereadores do PS,
numa atitude de fuga e de total falta de responsabilidade (não
acreditamos que seja de irresponsabilidade, porquanto um vereador não pode ter tal conduta) se ausentaram da sala, associando-se em momento posterior a digna vereadora da CDU, determinando este ato irrefletido a ausência de quórum para a votação”,
sustenta Isabel Soares.
A autarca acredita “que apenas a cobardia foi o mobil de tal
atitude” pois, diz, “os quatro vereadores que se ausentaram da
sala (e que vão receber a ajuda de custo e senha de presença correspondentes) poderiam ter, com os mesmos argumentos, se assim
o desejassem, votado contra, sendo consequentes com o espírito
democrático que tão ardentemente defendem”.
O executivo PSD vai, “dentro do quadro dos constrangimentos
legais e financeiros”, submeter nova proposta de orçamento, “pois
os munícipes e todos agentes cívicos deste concelho merecem de
nós um profundo, sincero, honesto e verdadeiro respeito”, conclui
a presidente da câmara.
Conferência sobre a nova
Lei de Arbitragem Voluntária
em Loulé
A sala da assembleia municipal de Loulé vai acolher, dia 22 de
junho, das 9:30 às 18:00 horas, uma conferência sobre a nova Lei
de Arbitragem Voluntária.
A organização está a cargo da PLMJ – Sociedade de Advogados,
do conselho distrital de Faro da Ordem dos Advogados (OA) e da
delegação de Loulé da OA.
Os conferencistas da iniciativa serão José Miguel Júdice, exbastonário da OA, e ainda os advogados Pedro Metello de Nápoles,
Manuel Cavaleiro Brandão, Filipa Cansado Carvalho, Carla Góis
Coelho, Carmen Baptista Rosa, Cristina Vasconcelos Afonso, Tiago
Duarte e Nuno da Cunha Barnabé, ligados à PLMJ, e Carla Gonçalves Borges, da Linklaters.
O juiz Eduardo Tenazinha e José Leiria, António Cabrita e Valério Bexiga, atual e ex-presidentes do conselho distrital de Faro da
OA, respetivamente, serão os moderadores.
A entrada para o evento é livre, mas sujeita a inscrição prévia,
pelo contacto 289805615 ou pelo endereço eletrónico [email protected]
oa.pt.
_ano XIX
_edição nº 845
_13 jun 2012
Cais n.º 6 do porto
de pesca de Quarteira
será removido em breve
O cais n.º 6 do porto de pesca de Quarteira vai ser removido
em breve, de acordo com uma resposta do secretário de Estado
do Mar, Manuel Pinto de Abreu, a um requerimento do deputado
socialista e presidente do PS/Algarve, Miguel Freitas, sobre aquele
equipamento.
A revelação foi feita, em comunicado, pelo secretariado do
PS/Quarteira, estrutura que esteve na base das questões colocadas ao governante sobre a data projetada para o início das obras
de recuperação do cais 6 e da intervenção de conclusão das infraestruturas de apoio do porto de pesca.
A conclusão deste equipamento, “essencial” ao desenvolvimento da atividade piscatória local e regional, diz o PS, não foi
efetuada, quer em relação a pequenas infraestruturas (cafetaria e
sanitários) quer em obras de manutenção decorrentes da deterioração pelo uso do cais de atracagem.
É o caso de um passadiço que, segundo o PS/Quarteira, se encontra deteriorado há cerca de dois anos, com a agravante de que
a escada de acesso a terra se ter partido recentemente, tornando
o cais 6 extremamente “perigoso e inoperacional, o que requer
uma ação de urgência”.
Em resposta à pergunta do PS, o secretário de Estado do Mar
reconheceu a necessidade de remoção do cais n.º 6 do porto de
pesca de Quarteira, devido à sua acentuada degradação.
“Nos próximos dias será removida a estrutura degradada”, referiu Pinto de Abreu, embora na resposta enviada ao deputado
Miguel Freitas o governante não informe explicitamente quando
será instalada a nova infraestrutura no cais n.º 6.
Por outro lado, encontra-se em fase de “indefinição total” a
obra de construção de sanitários e cafetaria de apoio ao porto de
pesca, colocando em causa a gestão, a higiene dos diversos utilizadores do porto de pesca quarteirense e mesmo “a sua própria
operacionalidade”.
Em relação a esta matéria, o secretário de Estado do Mar sublinhou que os projetos estão concluídos, mas “dependentes de
autorização para a integração de saldos transitados, com vista a
fazer face ao investimento necessário”.
Assim, e numa altura que se comemora mais um Dia do Pescador, o PS/Quarteira diz que continuará “atento e atuante”, com
o objectivo de que o porto de pesca de Quarteira, “finalmente,
tenha todas as suas infraestruturas de apoio construídas para um
funcionamento em pleno”.
PSD/Faro pede “prémio”
do governo à autarquia
local no âmbito do acordo
com ANMP
O PSD/Faro acolheu com “satisfação” o acordo estabelecido
entre a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e
o governo, segundo o qual as autarquias receberão mais de mil
milhões de euros, considerando que a edilidade farense deve ser
uma das beneficiadas.
A estrutura liderada por Cristóvão Norte lembra que Faro “foi
uma das primeiras autarquias do Algarve, se não mesmo do país”,
a apresentar, pela vontade do atual executivo, um programa de reequilíbrio financeiro, mesmo antes de o Estado entrar no programa
de reajustamento em vigor.
“Ora, estando o desbloqueamento desta verba dependente da
assinatura de um compromisso de reestruturação financeira global
por parte dos municípios, é justo que se premeie quem desde cedo
percebeu que o ajustamento era necessário e que tomou as difíceis, e tantas vezes incompreendidas, medidas de saneamento”,
refere, em comunicado, o PSD/Faro.
Faro tem uma dívida de curto prazo que ascende a 30 milhões
de euros, “com despesas que aguardam pagamento desde há mais
de uma década”, recordam os sociais-democratas, culpando os
compromissos assumidos “em mandatos anteriores, os quais a autarquia não tinha meios financeiros para honrar”.
Elogiando o trabalho de consolidação de Macário Correia, o
principal partido da coligação que suporta o atual executivo da
autarquia farense, o PSD/Faro considera “que é da mais elementar
justiça” que o município de Faro venha a ser um dos beneficiados
com este programa.
“Em grande medida, disso depende a recuperação económica
do concelho e a consecução das medidas necessárias ao bem-estar
das populações”, conclui-se.
a c t u a l i d a d e
09
Deputados do PSD eleitos pelo Algarve
elogiam administração
do Hospital de Faro
Três deputados do PSD eleitos pelo círculo eleitoral do
Algarve visitaram, dia 28 de
maio, o Hospital de Faro, tendo deixado elogios “à gestão da
nova administração”, liderada
por Pedro Nunes, que consideram estar “no caminho certo”.
Mendes Bota, Elsa Cordeiro e Cristóvão Norte visitaram
as instalações da unidade hospitalar farense e reuniram-se
com a respetiva administração,
tratando-se de uma prática que
pretendem manter com regularidade até ao final do seu mandato.
Os parlamentares fazem,
em comunicado, um balanço
“bastante positivo” da gestão
da administração liderada por
Pedro Nunes, nomeadamente
pela “racionalização dos seus
recursos”, que, na sua opinião,
“está no caminho certo na prosecução da melhoria da qualidade de serviços e na defesa de
um serviço nacional de saúde
de qualidade”.
O pagamento a fornecedores a 60 dias, “sem cortes
no fornecimentos a nível dos
medicamentos, logo, sem prejuízos para os utentes”, e um
resultado operacional positivo,
em março, de 1,3 milhões de
euros, “certificam o bom desempenho” da atual gestão, salientam os deputados do PSD.
Bota, Cordeiro e Norte elogiam ainda a retirada de todas
as macas dos corredores, facto inédito “desde há muitos
anos”, estando prevista até ao
final de junho próximo a retirada das macas dos corredores do
serviço de Urgência, por força
do seu alargamento para um
novo espaço.
Os deputados do PSD concluem saudando “as boas nor-
mas de gestão” no Hospital de
Faro mas ressalvando que se
mantêm “fiéis ao seu compromisso” de pugnar pela construção do novo Hospital Central do
Algarve, “logo que as condições
financeiras do país o permitam”.
Algarve: Eleições para as concelhias
do PS sem surpresas
Luís Carito, António Pina, Célia Brito e Francisco Martins venceram
em Portimão, Olhão, Castro Marim e Lagoa, respetivamente
As eleições para 15 comissões concelhias do PS do Algarve não registaram quaisquer
surpresas, com a reeleição dos
quatro candidatos que já lideravam as estruturas e que, nos
atos eleitorais realizados nos
dois primeiros dias de junho,
contaram com oposição declarada.
Luís Carito, António Pina,
Célia Brito e Francisco Martins
venceram os seus adversários,
partindo para novo mandato de
dois anos nas secções de Portimão, Olhão, Castro Marim e
Lagoa, respetivamente.
Em Portimão, Luís Carito
foi reeleito, ao obter 129 votos, contra os 109 recolhidos
por Castelão Rodrigues, cuja
lista elegeu 17 membros para a
comissão política local, menos
três do que a lista vencedora.
O presidente do PS portimonense revelou que “não há
vencedores nem vencidos” e
agradeceu a todos os militantes
que participaram nas eleições
“por demonstrarem que, mais
uma vez, o Partido Socialista
é a principal força política de
Portimão”.
No duelo de Olhão, venceu
António Pina, que obteve 195
votos, derrotando Custódio
Moreno (80). Em Castro Marim,
Célia Brito derrotou Tiago Nené
e, em Lagoa, Francisco Martins
bateu Susana Ferreira.
Nas comissões concelhias
onde houve lista única, as eleições limitaram-se a oficializar
as vitórias de Ricardo Clemente (Albufeira), José Galrito
(Alcoutim), Luís Graça (Faro),
Jorge Botelho (Tavira), José
Gonçalves (Aljezur), António
Marreiros (Lagos), Victor Faria
(Loulé), Vítor Guerreiro (São
Brás de Alportel), Fernando
Serpa (Silves), Nuno Amado
(Vila do Bispo) e Célia Paz (Vila
Real de Santo António).
Nestas eleições, participaram 76% dos militantes que
integravam os cadernos eleitorais, informou o PS/Algarve.
Alcantarilha: PCP diz que fecho da farmácia é
“atentado contra os interesses” da população
A comissão de freguesia de
Alcantarilha do Partido Comunista Português (PCP) criticou
o fecho da farmácia de Alcantarilha, no concelho de Silves,
considerando que se trata, antes de mais, de “um atentado
contra os interesses da população”.
O PCP salientou, em comunicado divulgado na semana
passada, que o fecho, que terá
sido “feito pela calada durante o último fim de semana”,
provocará “mais dificuldades e
mais sacrifícios à população”,
nomeadamente aos cidadãos
mais idosos da freguesia.
“É lamentável que o governo não esteja a ter em conta
os interesses da população
mas somente os interesses do
negócio e tenha autorizado o
encerramento da única farmácia existente nesta freguesia”,
sublinham os comunistas.
O PCP diz não aceitar “esta
política de desprezo pelas pessoas”, exortando a população
de Alcantarilha a exigir das
entidades públicas, como a
autarquia de Silves e a junta
de freguesia local, “uma outra
postura” em defesa dos seus
interesses.
_ano XIX
a c t u a l i d a d e
10
_edição nº 845
_13 jun 2012
HPP Saúde vai investir 25 milhões de euros
em novo hospital privado
Anúncio feito no 1.º aniversário
da Clínica Forum Algarve, celebrado a 1 de junho
O Grupo HPP Saúde vai
investir cerca de 25 milhões
de euros na construção de um
novo hospital privado em Faro,
a quarta unidade do grupo no
Algarve, que deverá estar pronto dentro de dois anos, criando
150 novos postos de trabalho.
A empresa comemorou o
1.º aniversário da Clínica Forum
Algarve, no dia 1 de junho, com
uma série de iniciativas na região, cujo ponto alto foi a cerimónia simbólica de entrega
da aprovação do novo projeto,
pela vereadora da Câmara de
Faro, Teresa Correia, ao administrador da HPP Saúde, João
Martins.
A nova unidade hospitalar
do grupo em Faro, que se situará na zona da Lejana, garantirá
o aumento da capacidade e dos
serviços atualmente prestados
no HPP Hospital Santa Maria de
Faro, que continuará a funcionar em moldes diferentes, como
“apoio” à nova estrutura.
O hospital privado, que representará um investimento de
25 milhões de euros, terá 27 gabinetes de consulta, 50 camas e
três salas de bloco operatório,
disponibilizando ainda todos os
exames auxiliares de diagnóstico.
“A HPP Saúde está no Algarve há muitos anos, há mais de
uma década, não chegou agora.
Somos «corredores de fundo»,
temos projetos para o futuro,
queremos que seja sustentável
e que beneficie as populações e
os turistas que procuram a região”, disse o administrador da
empresa.
O projeto, que implicará
centena e meia de novos postos
de trabalho, prevê “dar resposta às necessidades das mais de
200 mil pessoas que têm vindo
a confiar na prestação de cuidados” nas unidades algarvias
do grupo.
Depois da atribuição do alvará de construção - aprovado
quinta-feira -, hoje simbolica-
mente entregue a João Martins
perto do local onde o hospital
Horizontes do Futuro
Marinho Pinto aborda «Justiça, Cidadania
e Estado de Direito» em Loulé
O ciclo «Horizontes do Futuro», uma
organização da Câmara Municipal de Loulé, vai trazer à cidade louletana o bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho
Pinto, para abordar o tema «Justiça, Cidadania e Estado de Direito».
A sessão está marcada para dia 21 de
junho, às 21:30 horas, no salão nobre dos
paços do concelho de Loulé.
António Marinho e Pinto nasceu a 10
de setembro de 1950, na freguesia de Vila
Chã do Marão, concelho de Amarante. Licenciado em Direito pela Universidade de
Coimbra, em 1984, foi patrono formador
da Ordem dos Advogados (Conselho Distrital de Coimbra), de 1999 a 2002, e depois membro do Conselho Geral da Ordem
dos Advogados e presidente da Comissão
de Direitos Humanos.
Foi eleito Bastonário da Ordem dos
Advogados em novembro de 2007 e ree-
leito, para novo mandato de três anos,
em novembro de 2010.
Foi jornalista, sucessivamente, da
ANOP – Agência Noticiosa Portuguesa,
da LUSA – Agência de Informação e do
Jornal Expresso, entre 1978 e 2007.
Foi membro do conselho de redação do
Expresso e da direção do Sindicato dos
Jornalistas.
Enquanto estudante, foi dirigente
da Associação Académica de Coimbra
antes do 25 de Abril, tendo sido preso aos 20 anos pela polícia política do
Estado Novo. Foi docente do ensino secundário e do ensino superior em várias
instituições. É autor dos livros «As Faces
da Justiça» (2004), «DURA LEX – Retratos da Justiça Portuguesa» (2007) e «Um
Combate Desigual» (2010), entre outras
obras publicadas em jornais e revistas
da especialidade.
será edificado, segue-se a fase
de concurso. A obra deverá
estar concluída, estimou o
responsável, no prazo de dois
anos.
“Com todas as unidades do
grupo na região, o Algarve ficará coberto num âmbito bastante alargado de especialidades
médicas e cirúrgicas”, sublinhou João Martins.
Ainda no dia 1 de junho, a
HPP Saúde assinalou a atribuição do Certificado de Acreditação pela Joint Commission
International (JCI) ao HPP Hospital São Gonçalo de Lagos.
A distinção foi entregue na
unidade, na presença do presidente da Câmara Municipal de
Lagos, Júlio Barroso, pela JCI,
entidade líder na acreditação
internacional de organizações
de saúde que pela primeira vez
distinguiu um hospital privado
em Portugal.
De acordo com a empresa,
está em causa a certificação da
“segurança dos processos e procedimentos que envolvem o doente”, seguindo “as melhores
práticas” a nível internacional,
ao seu funcionamento interno e
ao serviço assistencial prestado
na unidade lacobrigense.
A agenda da HPP Saúde arrancou, na manhã desse dia, na
HPP Clínica Forum Algarve, que
celebrou o seu 1.º aniversário
com uma iniciativa dirigida às
crianças e o hastear da bandeira que confere à estrutura
o Certificado de Qualidade ISO
9001.
Durante este ano de existência, a clínica registou 25 mil
atos médicos e de enfermagem
nas suas instalações, com maior
procura nas áreas de clínica
geral, pediatria, atendimento permanente, oftalmologia,
medicina dentária e análises
clínicas.
“Fazemos um balanço
muito positivo do projeto.
Constituiu um novo modelo de
negócio e gestão ao nível dos
serviço de saúde, pois uma clínica desta dimensão num centro comercial nunca tinha sido
experimentada. Nós fizemo-lo
e estamos muito entusiasmados
com o sucesso que tem tido”,
sublinhou o administrador da
HPP Saúde, João Martins.
Edgar Pires
SULEMPRESAS
também divulga
a sua empresa
no Facebook
®
O MAIS COMPLETO E FUNCIONAL DIRECTÓRIO
EMPRESARIAL DO ALGARVE
* CARACTERIZAÇÃO
* GEOLOCALIZAÇÃO
* SERVIÇO E-MAILLING
* ILUSTRAÇÃO FOTOGRÁFICA
* VÍDEOS PROMOCIONAIS
* CONTACTOS... etc.
DIRECTÓRIO SULEMPRESAS
ASSOCIADO AO JORNAL REGIÃO SUL
Betunes, 8100-254 Loulé
Tels: 289 463 890 / 916 615 965
[email protected]
Receba em publicidade
o dobro do valor que investir
ASSINATURA ANUAL = 50,00 Euros
_ano XIX
a c t u a l i d a d e
_edição nº 845
11
_13 jun 2012
Novas confirmações no Festival MED 2012
Jamaican Legends, com Ernest Ranglin, Monty Alexander e
Sly & Robbie, Boubacar Traoré,
PAUS, Cheikh Lô, Throes + The
Shine e A Caruma são os novos
nomes confirmados para a próxima edição do Festival MED,
que se realiza dias 29 e 30 de
junho.
Estes seis nomes juntamse aos já confirmados para a
9.ª edição do Festival MED, um
dos mais conceituados eventos
de «world music» do país, que
no fim do mês transformará o
centro histórico da cidade de
Loulé num “palco de sons, sabores, experiências culturais e
expressões artísticas dos quatro
cantos do mundo”.
A atuação de Jamaican
Legends, com Ernest Ranglin,
Monty Alexander e Sly & Robbie,
será um dos grandes momentos
da próxima edição do MED, correspondendo à união de três
grandes mestres de «world
music» visando celebrar o 50.º
aniversário da independência
da Jamaica.
Numa digressão mundial,
que terá lugar apenas este ano,
o trio promete aquecer os palcos com a exploração de variadas vertentes do reggae. Este
espetáculo único terá lugar dia
30 de junho no palco Matriz.
Neste mesmo dia sobe ao
palco Cerca o incontornável
artista do blues africano, Boubacar Traoré. O cantor, compositor e guitarrista malinense
desenvolveu um estilo único e
inimitável, profundamente inspirado no som do kora.
Cheikh Lô, singular cantor,
compositor guitarrista, percus-
sionista e baterista senegalês,
considerado por muitos como
um dos mais brilhantes músicos
africanos das últimas duas décadas, irá atuar dia 29 de junho
no palco Matriz.
Os PAUS são mais um dos
nomes nacionais confirmados
para a 9.ª edição do Festival
MED. Este surpreendente quarteto vai apresentar o seu álbum
duo portuense (os Throes) e a
energia debitada sem trepidez
de uns angolanos com pêlos nas
guelras (The Shine). O encontro
dos dois projetos está marcado
para dia 29, no palco Castelo.
sa, os seus temas irónicos, reativos e provocadores prometem
conquistar o público do MED.
Os primeiros nomes anunciados, há poucas semanas,
foram, recorde-se, A Curva da
de estreia em Loulé no dia 29 de
junho, no palco Cerca.
Rockuduro é o rebento primogénito, fruto da união de
facto entre o rock de um power-
Já no dia 30 de junho, o palco Cerca vai ser invadido pela
alegria contagiante do pop-marialva traçada a tinto fanfarra
com tiques à Emir Kusturica da
banda portuguesa A Caruma.
Através da utilização de um português escolhido a dedo entre o
rico léxico da língua portugue-
Cintura com Arnaldo Antunes,
Toumani Diabaté e Edgard Scandurra, SMOD, Sany Pitbull, A Jigsaw e Norberto Lobo.
Os bilhetes já se encontram
à venda no Cine–Teatro Louletano e na FNAC do Algarve Shopping. O bilhete diário custa 12
euros.
A22 / PORTAGENS
Comissão de Utentes prepara memorial
às vítimas da EN125 e uma nova petição
A Comissão de Utentes da
Via do Infante (CUVI) anunciou hoje que vai erguer um
memorial às vítimas da Estrada Nacional (EN) 125 e
que pretende entregar uma
nova petição a exigir a suspensão das portagens na A22.
Em comunicado, a CUVI explica que quer erguer, a 1 de
julho, um memorial às vítimas “da estrada da morte” e
ainda que pretende entregar,
até ao final do mês, uma nova
petição à Assembleia da República a exigir o fim das portagens na Via do Infante (A22).
Outra das ações previstas
é a realização de uma nova
marcha de veículos na Ponte Internacional do Guadiana, na primeira quinzena
de julho, que deverá contar com a participação de
organizações
andaluzas.
Recorde-se que para os
não-utilizadores da A22 a
opção passa pela utilização da EN 125 e vias secundárias não portajadas.
Os residentes e empresas locais
ainda beneficiam de um sistema de isenções de pagamento
de portagens, possibilidade
que terminará a 30 de junho.
Importa recordar que a CUVI
foi criada com o intuito de
evitar a introdução de portagens na A22 e que, desde
a introdução das mesmas,
tem vindo a realizar petições e ações de protesto
com o objetivo de alcançar
a suspensão das portagens.
No passado fim de semana, os
elementos da CUVI reuniram
em Armação de Pêra, concelho de Silves, para analisar o
impacto que a introdução de
portagens está a ter no Algarve e na economia regional.
A comissão diz que nos primeiros meses do ano os acidentes de viação e os feridos
graves “mais que duplicaram
e as vítimas mortais são superiores, na EN 125 e vias secundárias, relativamente ao mesmo período do ano anterior”.
“A situação vai degradar-se de
forma dramática com a chegada do verão e com o fim das
isenções – na EN 125 as filas
e o caos rodoviário irão atingir o insuportável”, alerta.
A comissão lança ainda críticas para os deputados eleitos
pelo PS, PSD e CDS que “têm
sistematicamente, votado no
Parlamento contra a suspensão das portagens na Via do
Infante”.
Associação hoteleira alerta
para situações de burla no mercado
das ‘camas paralelas’
A principal associação hoteleira do Algarve alertou, na segunda feira, os portugueses que
queiram fazer férias no chamado ‘alojamento paralelo’ para
que “não se deixem enganar
por propostas tentadoras” que
se revelam como situações de
burla, com base na Internet.
“Nos últimos anos têm-se
acentuado as situações de burla
com negócios feitos através da
Internet relativamente a alojamento não classificado nem registado nas câmaras municipais
e que muitas vezes nem sequer
existe”, disse à Lusa o presidente da Associação dos Hotéis
e Empreendimentos Turísticos
do Algarve (AHETA), Elidérico
Viegas.
Para evitar que os veraneantes fiquem “sem férias e sem
dinheiro”, a associação pede
aos potenciais consumidores
daquele tipo de mercado que
confirmem junto das autarquias
se o alojamento oferecido se
encontra devidamente registado.
De acordo com o dirigente
da AHETA, as câmaras municipais estão obrigadas a prestar
informação atualizada sobre as
habitações que ali foram legalmente inscritas, a quem o solicite, seja ‘online’, seja através
dos serviços de atendimento.
Ao abrigo da lei dos empreendimentos turísticos, de 2009,
muitos proprietários registaram
as suas casas, que dessa forma
deixaram de ser consideradas
‘paralelas’ e passaram a estar
conformes com a legislação em
vigor.
A AHETA solicitou também
às entidades competentes que
empreenda medidas de fiscalização “mais ativas, firmes e
empenhadas” para esbater a
exploração turística ilegal no
Algarve.
Segundo um comunicado
da associação, aquele tipo de
alojamento, constituído por
apartamentos e moradias particulares de propriedade privada,
“localiza-se normalmente fora
dos empreendimentos turísti-
cos classificados ou registados
oficialmente” nas autarquias.
“É uma forma de concorrência desleal com a oferta legalizada - por um lado porque
não paga impostos, por outro
porque não satisfaz os requisitos mínimos de segurança e outros”, disse Elidérico Viegas.
No comunicado, a AHETA
considera inaceitável a continuação de uma prática ilegal
que “provoca enormes prejuízos, quer às unidades hoteleiras e aos empreendimentos
turísticos, quer à boa imagem
da maior região turística portuguesa”.
Associação de Músicos recorre
de sentença de despejo do Tribunal
de Faro
O Tribunal de Faro confirmou a decisão de despejo das
instalações ocupadas pela Associação Recreativa e Cultural de
Músicos (ARCM), que anunciou a
apresentação de recurso junto
de instância superior.
A sentença, relativa ao
julgamento realizado a 17 de
fevereiro deste ano, onde a associação teve possibilidade de
apresentar a sua defesa frente
à ação de despejo desencadeada pelo senhorio em 2010, foi
recebida na semana passada. A
realização deste julgamento no
Tribunal de Faro aconteceu após
decisão do Tribunal da Relação,
de março de 2011, favorável à
ARCM, a quem não tinha sido
dada a possibilidade de defesa
na primeira instância.
“Apesar da presente sentença ser desfavorável, pondo
de novo a possibilidade de despejo em cima da mesa, a ARCM
utilizará todos os meios na defesa do seu percurso associativo
de 22 anos a desenvolver cultura”, refere a associação.
Neste sentido, “e considerando que vários argumentos
apresentados em julgamento
se mantêm válidos”, a ARCM
procederá à contestação da decisão do Tribunal de Faro para
instância superior, para além de
reafirmar “a vontade de continuar a desenvolver as suas atividades nas atuais instalações,
nas quais permanecerá até que
seja encontrada solução alternativa para o alojamento definitivo”.
Grupo dos Amigos de Lagos aborda
«Festa da Aldeia da Senhora do Forte»
O próximo «Encontro de
5.ª Feira» do Grupo dos Amigos
de Lagos, que se realiza amanhã, quinta-feira, 14, às 18:00
horas, na biblioteca municipal
Dr. Júlio Dantas, em Lagos,
vai debruçar-se sobre o tema
«Festa da Aldeia da Senhora do
Forte».
Integrado no ciclo dedicado
a «Lagos, passado e futuro», o
encontro terá como convidado
Cristiano Cerol, impulsionador
desta singular festa, que, nos
últimos 19 anos, ocorre sempre
no penúltimo sábado de junho,
no Museu de Lagos.
Serão recordadas as várias iniciativas recreativas e
culturais realizadas nos anos
anteriores, o primeiro prémio,
conquistado no ano passado,
num concurso europeu sobre
paisagem mediterrânica, a sua
inclusão num livro de boas práticas e a importância da pequena Aldeia da Senhora do Forte
“na promoção e preservação
do que há de mais genuíno na
arquitetura e nas tradições algarvias”.
Algarve:
Banco Alimentar Contra a Fome recolheu
153,8 toneladas de géneros alimentares
Os Bancos Alimentares
Contra a Fome recolheram, na
campanha realizada no último
fim de semana de maio, um
total de 2644 toneladas de géneros alimentares, tendo os algarvios contribuído com 153,8
toneladas, mais 8,3 por cento
do que na campanha de maio
de 2011.
Tanto as quantidades reco-
_ano XIX
g e r a l
12
lhidas como o número de voluntários envolvidos “ultrapassaram todas as expetativas”,
refere a federação dos BACF,
lembrando que, em termos de
quantidades, os resultados excederam em 13,7% os atingidos
no ano passado, apesar da contração do rendimento disponível e do poder de compra dos
portugueses.
“As quantidades de géneros
recolhidos e o número extraordinário de voluntários envolvidos [37 mil] mostram que as
pessoas responderam ao apelo
e quiseram demonstrar que,
apesar da profunda crise económica que afecta tantas famílias
portuguesas, não se conformam
com a situação e estão disponíveis para reagir e para ajudar
a minorar as dificuldades”, afirmou Isabel Jonet, presidente
da FBACF.
Os géneros alimentares recolhidos destinaram-se a 2100
instituições de solidariedade
social, que os entregam a 337
mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a
forma de cabazes ou de refeições confeccionadas.
_edição nº 845
_13 jun 2012
Curso «Gerir centros
e projetos na área
da saúde em tempos
de crise» em Silves
Estão abertas as inscrições para o curso «Gerir centros e projetos na área da saúde em tempos de crise», iniciativa da Escola
Superior de Saúde Jean Piaget, sedeada em Silves, que terá como
orador Pablo Waisberg.
O curso, que decorre nos dias 30 de junho e 1 de julho, dirigese a profissionais e estudantes da área da saúde e a jovens empreendedores com projetos empresariais em saúde, em preparação
ou em atividade.
“Para quem pretende desenvolver um projeto na área da saúde ou em qualquer outra área, é mais importante que nunca aproveitar oportunidades associadas à crise e saber como neutralizar os
seus efeitos negativos em negócios presentes ou futuros”, refere
a instituição.
Pablo Waisberg é um orador conceituado e presença assídua
em diversos eventos realizados à escala ibérica. Este curso em Silves marca o encerramento do seu périplo de 60 dias, dedicado ao
empreendedorismo na área da saúde.
O valor da inscrição é de 150 euros, existindo 25 vagas disponíveis. Mais informações pelo contacto 282440170 ou pelo endereço
eletrónico [email protected]
Assembleia Municipal
de Loulé
EDITAL
SESSÃO PÚBLICA NO DIA, 15/06/2012
Mário Patinha Antão, Presidente da Assembleia Municipal, supra:
Faz público, de acordo com as disposições legais aplicáveis,
que ao abrigo do disposto no Artigo 36.º do Regimento da Assembleia Municipal, que no próximo dia 15 de Junho de 2012,
pelas 21.00 horas, se realizará uma Sessão Ordinária, no Edifício Duarte Pacheco em Loulé, que versará a seguinte Ordem
de Trabalhos:
1- Período de Intervenção do Público;
2- Período de Antes da Ordem do Dia;
3- Período da Ordem do Dia:
a)- Proposta 24/2012 - Aprovação da proposta de alteração do
PPNDTQO por adaptação à Declaração de Impacte Ambiental
(DIA) relativa ao Ante-Projeto do Núcleo de Desenvolvimento
Turístico (NDT) da Quinta da Ombria, emitida em 21 de Setembro de 2010, nos termos do n.º1 do art.º79.º do RJIGT;
b)- Proposta 25/2012 - Aprovação do Reconhecimento do Interesse Municipal do Empreendimento Vale do Freixo, Golf &
Country Estate, enquanto projeto estruturante na tipologia de
Núcleo de Desenvolvimento Económico de tipologia «Tipo 3»,
para efeitos do disposto no PROT-Algarve;
c)- Proposta 26/2012 – Aprovação do Protocolo de Cooperação
entre a Associação Social e Cultural da Tôr e a Câmara Municipal de Loulé;
d)- Proposta 27/2012 – Aprovação da 1ª Revisão ao Orçamento
Municipal e da 1ª Revisão ao Plano Plurianual de Investimentos,
nos termos da proposta, ao abrigo da alínea b) do n.º2 do art.
º53.º da Lei n.º169/99 de 18 de Setembro, com a redacção
dada pela lei n.º5-A/2002 de 11 de Janeiro;
e)- Apreciação da Informação escrita do Presidente da Câmara
Municipal de Loulé, acerca da actividade municipal, nos termos
da alínea e) do n.º 1 do artigo 53.º da Lei n.º 169/99, de 18 de
Setembro, com a redacção dada pela Lei n.º 5-A/2002, de 11
de Janeiro;
f)- Proposta 28/2012 - Aprovação da proposta relativa ao Procedimento Concursal para Recrutamento de 77 Técnicos AEC do
Programa de Generalização do Ensino de Inglês e de Outras Actividades de Enriquecimento Curricular no 1.º Ciclo de Ensino
Básico, nos termos do n.º2 do art.º46.º da Lei n.º64-B/2011, de
30 de Dezembro (Orçamento de Estado para 2012).
Melhores cumprimentos,
O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE LOULÉ
(assinatura ilegível)
Mário Patinha Antão
PUBLICIDADE - REGIÃO SUL N.º 845 - 2012.06.13
_ano XIX
_edição nº 845
_13 jun 2012
Portimão: PSD celebrou
1.º aniversário da vitória
nas Legislativas de 2011
O PSD celebrou, dia 4, o primeiro aniversário da vitória nas
eleições Legislativas de 2011, com uma jornada Nacional dedicada
à consolidação, ao crescimento e à coesão, a qual também passou
por Portimão.
Na sessão realizada pelos sociais-democratas na Casa Manuel
Teixeira Gomes, estiveram presentes conhecidas personalidades
do partido, como Nuno Morais Sarmento, Mendes Bota, Matos Rosa
e Luís Gomes.
Na jornada comemorativa, Nuno Morais Sarmento, ex-ministro
de Estado, da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, defendeu
a política governativa desenvolvida no primeiro ano de mandato
PSD, sublinhando que “não existe outro caminho possível para Portugal além do que tem sido seguido pelo primeiro-ministro Pedro
Passos Coelho”.
Perante uma casa cheia, o ex-governante afirmou ser necessária uma mudança estrutural em Portugal. “Não basta conter a
despesa pois, quando aliviarmos a sua contenção, se não fizermos
mudanças estruturais, vamos ter o mesmo problema”, notou.
Mendes Bota, deputado eleito pelo Algarve, reconheceu o
“enorme esforço” que o governo está a realizar para levar a efeito
o memorando de entendimento, mas não deixou de fazer a avaliação, ponto por ponto, das principais ideias e projetos que o PSD
propôs aquando das eleições legislativas no Algarve.
“Sabemos que não estamos em momento de investimento, mas
não pode ficar esquecida a promessa de construção do Hospital
Central do Algarve”, assinalou.
Referindo-se à economia da região, o parlamentar sublinhou
ainda que o Algarve deve aproveitar as oportunidades da indústria
que melhor conhece. “O turismo está pronto a funcionar e a dar
rendimentos ao país e à região. No entanto, é necessário investir
em promoção externa para trazer mais visitantes”, frisou.
O líder do PSD/Algarve, Luís Gomes, alertou para o principal
problema da região – o desemprego – e deixou notas sobre o atual
estado de governação.
“É necessário que o governo olhe mais para esta região e para
o drama que a atinge. Os números de desemprego devem ser encarados com preocupação, sendo por isso necessário colocar em
marcha os programas que o governo tem aprovado sobre esta matéria”, frisou.
Também Matos Rosa, secretário-geral do PSD, deu nota do esforço que o partido tem feito para se manter como uma consciência crítica do governo, “sem nunca deixar de o apoiar incondicionalmente na ação governativa”.
Ciclismo: Alejandro Marque
fechou GP Abimota a vencer
O ciclista espanhol Alejandro Marque, da equipa profissional
algarvia Carmim/Prio/Tavira, fechou o 33.º GP Abimota com uma
vitória na 3.ª e última etapa da prova, que contudo não chegou
para ocupar a liderança na geral individual final.
O último dia contemplou 175,5 quilómetros, com duas contagens de montanha de 2.ª categoria. Alejandro Marque mostrou
estar à altura do desafio, e para além de ultrapassar as principais
dificuldades do dia, ainda foi o primeiro a cortar a linha da meta.
Para esta vitória, contribuiu ainda o colega de equipa Nelson
Vitorino que, com Marque e Omar Fraile (Orbea), protagonizou a
fuga do dia, a 15 quilómetros da chegada, sendo 8.º na tirada.
O melhor representante de equipas algarvias na classificação
final foi o argentino Jorge Montenegro, do Louletano/Dunas Douradas, que terminou no 4.º posto, a 16 segundos do vencedor, Moisés
Duenas (Supermercados Froiz). João Pereira, do Carmim/Prio/Tavira, foi 7.º, a 20 segundos do líder.
Ténis de mesa: Tavira recebe
Campeonatos Nacionais
de Cadetes
O Pavilhão Desportivo Dr. Eduardo Mansinho, em Tavira, vai
acolher, dias 23 e 24, os Campeonatos Nacionais Individuais de Cadetes, em ténis de mesa, evento integrado nos festejos do feriado
municipal tavirense.
São esperados todos os clubes nacionais, com os seus atletas,
nas categorias masculina e feminina, à conquista de pontos para a
melhoria do seu «ranking» nacional.
O evento esteve desde há muito calendarizado para a cidade
de Faro, mas as obras inacabadas do novo pavilhão municipal “inviabilizaram a inauguração do mesmo com esta importante prova”,
explica em comunicado a Associação de Ténis de Mesa do Algarve.
g e r a l
13
Miguel Barbosa destacou prevenção
rodoviária junto dos jovens estudantes
farenses
O piloto Miguel Barbosa,
várias vezes campeão nacional
de todo-o-terreno e de Velocidade, foi um dos convidados da
BP Portugal no âmbito do projeto de prevenção rodoviária
«BP Segurança ao Segundo», na
ação realizada na Escola Secundária João de Deus, em Faro.
A iniciativa, a terceira deste projeto, realizou-se no final
de maio, e Barbosa aproveitou
para dar o testemunho da sua
experiência enquanto condutor
profissional e no dia-a-dia nas
estradas, partilhando-a com
uma audiência de jovens entre
os 14 e os 17 anos, futuros condutores.
“Esta é uma iniciativa muito
interessante e que, a meu ver,
se reveste de uma importância
enorme já que é dirigida a jovens que a curto prazo também
serão condutores e condutoras.
Foi uma experiência muito interessante e reveladora do
papel social desenvolvido pela
BP e ao qual me dá um enorme
prazer estar associado ”, refere
Miguel Barbosa.
A ação da BP Portugal divi-
diu-se em três capítulos – um
workshop, uma experiência
num simulador de capotamento e um concurso por equipas
denominado «BP Segurança ao
Segundo» –, visando sensibilizar
os condutores do amanhã para
as boas práticas nas estradas.
«Chef» do Suite Alba Resort vence etapa
regional do Concurso Chefe Cozinheiro
do Ano
O chefe de cozinha do Suites Alba Resort, Louis Anjos,
venceu o Concurso Regional
Sul/Ilhas do Concurso Chefe
Cozinheiro do Ano, disputado
no final de maio, na Escola de
Hotelaria e Turismo do Algarve,
em Faro.
Com o menu composto por
o choco, a cavala e a sapateira
(entrada), o pombo, os miúdos
e a salsify (prato principal) e
do bosque, o arroz doce e a
alfarroba (sobremesa), Anjos
conseguiu receber a aprovação
máxima do júri, composto por
vários «chefs».
Em 2.º lugar, ficou João
Ameixa, subchefe de cozinha
do Cascade Resort, que apresentou calducho do mar (entrada), chispalhada de porco (pra-
to principal) e macarrons com
recheio de lichias (sobremesa).
Hugo Ferreira do restaurante Anfiteatro, nos Açores, terminou no 3.º lugar, preparou do
mar para a terra (entrada), da
terra para o mar (prato principal) e a doce riqueza dos Açores
(sobremesa).
Mostra de alunos da Universidade
para a Terceira Idade em Albufeira
A galeria municipal de Albufeira está a acolher, até ao
dia 23 de junho, uma mostra
coletiva de trabalhos dos alunos do polo de Albufeira da Universidade para a Terceira Idade
(UATI).
Os alunos festejam o final
do ano letivo com uma exposição de trabalhos de artes plás-
ticas que pode ser visitada por
amigos, turistas e pela comunidade albufeirense.
A exposição resulta de um
trabalho de aprendizagem efetuada pelos alunos com o apoio
dos professores de diversas áreas artísticas.
Durante o ano letivo, os
seniores do concelho tiveram
oportunidade de melhorar as
suas competências e alguns
deles acabaram mesmo por
descobrir uma vocação artística tardia que preenche os seus
tempos livres de forma bastante agradável.
Nesta mostra coletiva, podem ser apreciados trabalhos
na área da pintura em tela e
seda, arraiolos e artes decorativas.
Os interessados podem visitar a exposição de segunda a
sábado, das 9:30 às 12:30 e das
13:30 às 17:30 horas. A galeria
encerra aos domingos e feriados.
Casa do Povo do Concelho de Olhão promove
atividades para jovens nas férias
A Casa do Povo do Concelho
de Olhão, com sede na freguesia de Moncarapacho, vai promover uma ação de ocupação
de tempos livres dirigida aos
jovens estudantes durante as
suas férias de verão.
De 3 de julho a 4 de setembro, decorrem diversas atividades para crianças entre os 6 e
os 14 anos, como teatro, jogos,
artes manuais, jogos tradicio-
nais, pinturas faciais, entre
outros.
As ações vão decorrer às
terças e quartas-feiras, das
14:30 às 18:00, incluindo uma
apresentação final.
As inscrições são obrigatórias. Mais informações através
do contacto 289798521 ou do
endereço eletrónico casapovo.
[email protected]
_ano XIX
d e s p o r t o
14
_edição nº 845
_13 jun 2012
Golfe:
Hugo Santos vence Montado Open PGA
O golfista algarvio Hugo
Santos conquistou no final de
maio o seu primeiro título do
ano, no Montado Open PGA,
que a PGA de Portugal organizou no Montado Hotel & Golf
Resort, em Palmela, com 4100
euros em prémios monetários.
O jogador, de 32 anos, arrancou a sua melhor volta da
época, em 67 pancadas, cinco
abaixo do «par»: foram 18 buracos isentos de «bogey» e com
cinco «birdies», que lhe deram
uma folgada vitória de quatro
pancadas sobre Tiago Cruz.
Hugo Santos agregou 138
pancadas, seis abaixo do «par»
e embolsou um prémio de 700
euros, aproximando-se do primeiro lugar da Ordem de Mérito
Tee Times Golf, com um total
de 1763 pontos.
“É sempre especial ganhar
um torneio, porque é o nome
que nunca se esquece. Mas a
Ordem de Mérito é sem dúvida
um objetivo, como no ano passado, e não sei se ultrapassei
o «Tó» [António Rosado] com
esta vitória, mas sei que vamos
ficar muito próximos”, disse o
Tomás Apolónia soma
e segue
O jovem piloto algarvio Tomás Apolónia somou mais um triunfo, na corrida de juvenis da segunda etapa do Campeonato de Portugal de Karting, disputada no primeiro fim de semana de junho,
no Kartódromo de Leiria.
vencedor.
António Rosado, campeão
do Open Montebelo PGA no
início de Maio, segurou o n.º 1
da hierarquia nacional depois
de ter sido 3.º classificado no
Montado, com uma pancada
acima do «par», empatado com
Miguel Gaspar.
Até às próximas provas do
calendário nacional, Hugo Santos espera pela eventualidade
de o presidente da PGA de Portugal, José Correia, conseguir
alguns convites para torneios
do Challenge Tour, onde tem
jogado Filipe Lima, que no domingo passado foi 3.º classificado na Bélgica.
Para o algarvio, “o mais
importante é estar preparado
para a Escola de Qualificação
do European Tour, no final da
época”.
GOLFE
Portugal Masters: Tom Lewis regressa
a Vilamoura para defender título
O inglês Tom Lewis, vencedor do Portugal Masters em
golfe em 2011, vai defender o
título no Oceânico Golf Course,
em Vilamoura, de 11 a 14 de
outubro, informou a organização.
“Foi o primeiro torneio
para que olhei quando o calendário de 2012 foi publicado
e estou ansioso por retornar”,
disse Lewis, de 21 anos, citado
pela assessoria de imprensa do
torneio português do European
Tour, que distribui 2,25 milhões
de euros em prémios monetários.
Karting:
Depois de ter vencido em Braga, na etapa inaugural do campeonato, a promessa almancilense, de 10 anos, voltou a dominar na
corrida leiriense, depois de ter partido da 2.ª posição da grelha.
Apolónia passou rapidamente para a liderança, que segurou
durante 12 voltas de enorme garra, aumentando a vantagem para
os adversários e vencendo completamente isolado.
Faro Aventura contou com
quase quatro dezenas de
participantes
O Centro Náutico da Praia de Faro recebeu, no sábado, mais
uma edição do Faro Aventura, evento promovido pela Câmara Municipal de Faro, em parceria com o Clube de Surf de Faro, que
contou com a participação de 39 desportistas.
Em Portugal, num traçado
que o golfista diz adequar-se
bem ao seu estilo, Lewis com
disputou há um ano o seu terceiro torneio como profissional,
arrancando uma excelente última volta, com 65 pancadas,
para derrotar o espanhol Rafael
Cabrera-Bello por duas pancadas e juntar-se ao seu compatriota Lee Westwood na lista de
campeões do torneio.
Antes da prova portuguesa,
Tom Lewis evidenciou-se em julho de 2011, quando coliderou
o British Open após a primeira
volta, ainda como amador.
12.º Torneio de Artes Marciais
Cidade Quarteira juntou 60 atletas
O 12.º Torneio de Artes
Marciais Cidade Quarteira, prova organizada pela secção de
karate do Quarteirense e pela
União Shitoryu Portugal, juntou
60 lutadores, no final de maio,
no Pavilhão Desportivo da Escola Secundária Laura Ayres, em
Quarteira.
Em competição, estiveram
60 participantes, a disputar 11
categorias distribuídas por vários escalões etários, entre os 6
e os 16 anos, e pelas disciplinas
de karate em kata e kumite e
kobudo em kata.
Karate Clube de Loulé,
Quarteirense, Escola de Karate
do Algoz, Escola Karate de Almancil, Escola Karate de Salir,
Karate Clube Albufeira, KCA Paderne e Colégio Internacional
de Vilamoura foram os clubes
participantes.
Os vencedores, na variante
de kata: infantil masculino até
cinto amarelo – Leonardo Hule
(Quarteirense); infantil masculino + cinto amarelo – Rafael
Garcia (Karate Clube de Loulé);
infantil feminino + cinto amarelo – Matilde Alegre (Karate
Clube de Albufeira); iniciado
misto – Alex Davoudian (Quarteirense); juvenil masculino
– Alexandre Correia (KCL); juvenil feminino – Madalena Alegre
(KCA); kobudo misto – Madalena
Alegre; cadete misto – Gustavo
Garcia (KCL).
Em kumite, triunfaram:
juvenil masculino – Alexandre
Correia; juvenil feminino – Madalena Alegre; cadete masculino – Gustavo Garcia.
O MAIS COMPLETO
E FUNCIONAL
NA INTERNET
Os atletas presentes lutaram pelos lugares de topo, numa competição saudável que envolveu as modalidades de natação, canoagem, BTT e orientação.
A iniciativa visou a integração da população farense em práticas recreativas e desportivas num local que oferece “facilidades
naturais singulares de extremo fascínio de (re)descoberta da natureza”.
Os participantes tiveram de ultrapassar obstáculos naturais,
tendo-se verificado um espírito de equipa e companheirismo entre
todos, ao longo de uma tarde que primou pela emoção, convívio
e diversão.
Na classificação individual masculina, a vitória foi de Pedro
João Fernandes, enquanto na competição feminina a vitória sorriu
para Inês Fernandes. Na classificação por equipas, venceram Filipe
Lara Ramos e Inês da Fonseca Pereira, que formaram a equipa
«Sueste».
_ano XIX
d e s p o r t o
_edição nº 845
15
_13 jun 2012
Futebol:
Farense anuncia Bruno
Ribeiro como
novo treinador
Bruno Ribeiro é o novo técnico do Farense, substituindo Manuel Balela no cargo, anunciou na semana passada, na sua conta
oficial do Facebook, o clube algarvio, que subiu esta época à II
Divisão Nacional.
Na sua segunda experiência numa equipa
sénior, o jovem treinador
vai ter como objetivo
atacar a subida à Liga
de Honra, uma meta já
revelada pelo presidente
do emblema farense, António Barão.
Bruno Ribeiro, 36
anos, natural de Setúbal,
estreou-se como técnico
nas camadas jovens do
Vit. Setúbal em 2010/11,
época na qual sucedeu
a Manuel Fernandes na
equipa sénior, que terminou a época, sob o seu comando, no 12.º
lugar da Liga Zon Sagres.
O técnico iniciou a temporada agora concluída no Vit. Setúbal
mas foi substituído após a 18.ª jornada, quando os setubalenses
seguiam na 15.ª posição.
No Farense, revelou ainda o clube, Bruno Ribeiro terá como
adjuntos Hernâni (representou o emblema de Faro como jogador,
em 1985/86) e Nuno Santos.
Club BTT Terra de Loulé
promove passeios de BTT
noturnos
O Club BTT Terra de Loulé já divulgou o calendário dos passeios
noturnos de BTT pelo concelho no ano de 2012, com início hoje,
quarta-feira, 13, e de periodicidade quinzenal, visando promover
o BTT e fomentar a atividade física e desportiva para todos.
O calendário de passeios arranca hoje, pela freguesia de São
Sebastião. A restante agenda: 27 de junho, passeio da Loja Bikeland; 11 de julho, Quarteira; 25 de julho, Stand Tony do Adro
(Loulé); 8 de agosto, Benafim; 22 de agosto, São Clemente; e 31
de outubro, Halloween (Loulé).
Estes passeios noturnos, com duração média de duas horas,
são gratuitos, com inscrição feita no local pelas 21:00 horas e início as 21:30. É obrigatório o uso de capacete. Mais informações no
sítio www.bttloule.com.
II Circuito Vilamoura
Activa promove hábitos
saudáveis
A 2.ª edição do Circuito Vilamoura Activa, que pretende promover “opções e hábitos saudáveis de uma forma divertida”, vai
realizar-se no dia 16 de junho, a partir das 9:00 horas.
Trata-se de uma organização do Browns Sports & Leisure Club
e do McDonald’s de Vilamoura, prometendo “um dia repleto de
atividades e boa disposição”.
O circuito terá ínicio no McDonald’s, percorrendo depois cerca
de 5,6 km através da Av. da Marina, Av. Tivoli, Av. Eng. João Meireles, Av. Vilamoura XXI e Caminho dos Golfes, com a corrida/marcha
a terminar no Browns Sports & Leisure Club.
Após o circuito, todos os participantes são convidados a usufruir das instalações do Browns durante o resto do dia, com acesso
às mais diversas atividades desportivas, nomeadamente aulas de
body combat, body balance, localizada, zumba e spinnng.
Para além destas atividades, todas as crianças serão convidadas a participar no «Rugby For Kids», onde durante a manhã poderão ter um contacto direto com a modalidade. Os adeptos do vólei
de praia poderão participar num torneio de duplas (masculino e
feminino), que decorrerá durante todo o dia.
Os interessados poderão optar pela participação com almoço
incluído. Inscrições e informações no sítio www.circuito-vilamoura-activa.com.
Voleibol:
Atlético de Albufeira e AV Portimão
vencem 13.º Torneio Voleibol
Memorial Carlos João
O Atlético Clube de Albufeira (ACA) e os Amigos de Voleibol
de Portimão (AVP) venceram o
13.º Torneio Voleibol Memorial
Carlos João nas categorias masculina e feminina, respetivamente, na fase final, realizada
no final de maio, no pavilhão do
Farense.
O torneio, de homenagem
póstuma ao professor de Educação Física Carlos João Dias,
foi organizado pela divisão de
Desporto e Juventude da Câmara Municipal de Faro, em parceria com a Associação Académica da Universidade do Algarve
(AAUAlg).
Na final masculina, a equipa do Atlético Clube Albufeira
bateu a AAUAlg, por 3-1, com
os seguintes parciais: 22-25, 2516, 25-23 e 26-24. O 3.º lugar
foi para Os Irmãos Dalton (8+1),
que venceram o São Francisco
(3-0).
No lado feminino, a equipa
dos Amigos de Voleibol de Portimão bateu o Atlético Clube de
Albufeira, por 3-0, com os parciais de 25-18, 25-22 e 25-14.
A equipa Bê venceu a equipa a
AAUAlg, por 3-0, no duelo pelo
3.º posto.
O atleta Renato Silva, da
AAUAlg, foi considerado o melhor jogador do torneio, a par
de Iara Cardoso (AVP), no lado
feminino. Nuno Lourenço foi
galardoado com o prémio «Voleibol Man», pelo seu contributo para o desenvolvimento da
modalidade na região nos últimos anos.
Participaram nesta edição
do torneio 15 equipas, oito
masculinas e sete femininas,
de vários concelhos do Algarve
(Faro, Albufeira, Portimão e
Lagos).
BTT: BTT Loulé/BPI terminou Maratona
de Azeméis no 2.º lugar coletivo
O BTT Loulé/BPI foi 2.º
classificado na Maratona de
Azeméis, a 4.ª corrida pontuável para a Taça de Portugal de
Maratonas BTT (XCM), disputada recentemente em Oliveira
de Azeméis.
A prova, organizada pela
Escola de Ciclismo Bruno Neves
e pela Federação Portuguesa de
Ciclismo, contou com a participação de duas centenas e meia
de atletas nas categorias de
competição, num percurso com
cerca de 80 km.
A equipa de Loulé esteve
presente com 12 atletas e conseguiu mais uma boa prestação
conquistando o 2.º lugar na
classificação coletiva, com sete
pontos, mais dois do que o vencedor, o BTT Seia.
Em termos individuais, destaque para os segundos lugares
de Celina Carpinteiro (elites
femininos) e Adelino Cruz (veteranos C), e para o 3.º lugar
de Carlos Cabrita, também em
veteranos C.
No percurso de elites masculinos, Bruno Rosa foi 5.º classificado, Hernâni Silva 11.º,
Andrew Henriques 30.º e Tiago
Gabriel 34.º.
A 5.ª prova da Taça de
Portugal de XCM realiza-se no
próximo domingo, 10, em Manteigas.
Vitória no 3.º Encontro
Inter-Regional de Escolas da
Zona B.
Por outro lado, o BTT Loulé/
BPI venceu, em Rio de Mouro,
no mês de maio, o 3.º Encon-
tro Inter-Regional de Escolas da
Zona B, no qual participaram
cerca de 150 atletas.
O emblema louletano participou com 32 atletas da sua
escola, com representação em
todos os escalões: benjamins
– 3; iniciados – 5; infantis – 16;
e juvenis – 8.
Os jovens atletas do BTT
Loulé/BPI voltaram a estar em
destaque ao conseguir lugares
no pódio em todos os escalões
em individuais e ao conquistar
o 1.º lugar por equipas, repetindo a vitória coletiva conseguida
no fim de semana anterior em
Alpiarça.
O 4.º e último Encontro
Inter-Regional BTT Zona B realiza-se dia 17 de junho, em
Torres Vedras.
www.sulempresas.com
_ano XIX
c u l t u r a
16
_edição nº 845
_13 jun 2012
Albufeira:
Artistas e artesãos dinamizam zona
norte da Av. Francisco Sá Carneiro
Os artistas e artesãos do
concelho de Albufeira desenvolvem as suas atividades, desde o
início de junho, na zona norte
da Avenida Francisco Sá Carneiro, no âmbito da medida de
isenção do pagamento de taxas
de ocupação da via pública.
Bijuteria, chinelos, artesanato, desenho artístico, pintura, retrato e muitos outros
trabalhos podem ser adquiridos
por turistas e residentes que
visitem esta movimentada ave-
nida de Albufeira.
A iniciativa vem no seguimento da autorização concedida pelo município, que isenta
os artistas do pagamento das
taxas de ocupação da via pública.
“Pretendemos dinamizar
a zona norte da Avenida Sá
Carneiro, levando as pessoas
a visitá-la com maior frequência”, explica o presidente da
Câmara de Albufeira, Desidério
Silva, acrescentando que “esta
é também uma forma de valorizarmos a atividade dos artistas
e artesãos locais, dando a conhecer os seus trabalhos”.
Mercadinho de Artesanato no
mercado municipal
dos Caliços
Por outro lado, o mercado
municipal dos Caliços, em Albufeira, vai passar a estar ocupado com uma dezena de bancas
de artesanato regional.
Bordados, pinturas em tecido e em areias, acessórios para
crianças, bijuteria ou peças
elaboradas a partir de materiais
reciclados estão à disposição de
quem visitar este mercadinho,
no primeiro e terceiro domingo
de cada mês.
No segundo e terceiro sábado do mês, este espaço acolhe
a Feira de Velharias, onde se
podem adquirir as mais variadas peças em segunda mão.
Albufeira: Animação prometida
no centro da cidade
As noites de grande animação estão de regresso ao centro
da cidade de Albufeira. Durante
a época balnear, muitos serão
os artistas algarvios a subir ao
palco do Largo Eng.º Duarte Pacheco, todas as quartas-feiras,
para exibir a sua arte.
De junho a setembro, o espaço vai acolher a atuação de
um grupo regional, sempre a
partir das 21:30. O grupo Entretenga será o protagonista do
primeiro espetáculo de animação, hoje, quarta-feira, 13 de
junho, com um repertório de
música tradicional portuguesa.
No dia 20 de junho, os alunos da Academia de Dança de
Albufeira vão dar vida a uma
animada performance de Dança Clássica, Contemporânea e
Sapateado.
O folclore também vai
passar pelo Largo Eng.º Duarte
Pacheco. No dia 27 de junho,
a Associação do Rancho Folclórico Amigos de Ferreiras traz a
palco os cantares, as danças e
os trajes típicos da região al-
garvia.
Por outro lado, no dia 23, o
centro da cidade recebe a visita de uma Associação Cultural
de Cabo-Verde, composta por
33 elementos, alguns portadores de deficiência física. O grupo Mon na Roda irá interpretar
números de dança em cadeira
de rodas, teatro e música.
Audições finais dos alunos
do Conservatório de Portimão
As audições finais do ano letivo de 2011/12 dos alunos dos
cursos de iniciação e básico do
Conservatório de Portimão-Joly
Braga Santos vão decorrer no
dia 15 de junho, no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão.
Este evento reúne num espaço nobre uma seleção de alunos que se evidenciaram nos estudos musicais e instrumentais
e que são assim premiados com
a presença nas audições finais
do ano letivo em causa.
Às 19:00 horas, decorre a
audição dos alunos do curso de
iniciação e, pelas 21:30 horas,
decorre a audição dos alunos do
curso básico. A entrada é livre.
O Conservatório de Portimão-Joly Braga Santos possui
atualmente o maior número de
alunos a frequentarem ensino
especializado da música no Algarve e “a mais diversificada e
completa oferta curricular” na
área da música a sul do país.
Faro: Atividades náuticas dominam
Férias de Verão da AMAR
Bodyboard, stand-up paddle
surf, jogos de praia, gincanas,
canoagem e workshops temáticos são algumas das atividades
radicais que fazem parte das
Férias de Verão da Associação
Adversários do Mar – AMAR, em
Faro.
A associação apresenta este
ano “um programa low cost”,
destinado a jovens e crianças
com mais de seis anos, que se
desenrolará entre 18 de junho e
31 de agosto, na Praia de Faro.
O programa de atividades,
a cargo da ABF, a Escola de Bodyboard da AMAR, pretende que
os mais novos possam desfrutar
de um verão animado e repleto
de ação, com destaque para a
prática desportiva e contacto
com a natureza.
As inscrições podem ser feitas em diferentes modalidades,
de acordo com a disponibilidade dos participantes (um dia
ou uma semana – com acesso a
todas as atividades –, ou meio
dia, durante uma semana – apenas com aulas de bodyboard).
Os valores rondam os 30 e os
65 euros, podendo a alimentação e transporte ser opcionais.
As atividades requerem
marcação prévia e todas as
informações estão disponíveis
pelos contactos 916474598
e 962716222, no sítio www.
abbfaro.com ou pelo endereço
[email protected]
Santa Luzia: Associação Âncora organiza aulas
semanais de ioga
A Âncora – Associação Centro Comunitário de Santa Luzia,
sedeada nesta freguesia de Tavira, vai promover, a partir de
19 de junho, às 19:00 horas,
nas suas instalações, aulas se-
manais e gratuitas de ioga.
A ação insere-se no âmbito
do projeto «Do outro lado: A
saúde mental dos mais velhos»,
que conta com o apoio da Direção Geral de Saúde, a qual
visa o desenvolvimento de um
conjunto de ações no âmbito
da prevenção e intervenção da
saúde mental da população sénior do concelho de Tavira.
Para mais informações, os
interessados podem contactar
a Associação Âncora através do
número 281381978 ou do endereço eletrónico dooutrolado.
[email protected]
Albufeira: Atividades para
os jovens nas férias de verão
na biblioteca municipal
A biblioteca municipal Lídia Jorge, em Albufeira, vai acolher,
durante as férias escolares de verão, diversas atividades divertidas
e pedagógicas para crianças e jovens entre os 6 e os 14 anos.
«Descobrindo a Biblioteca» é uma das muitas atividades disponibilizadas pelo município para ocupar os tempos livres dos alunos
do concelho que, muito em breve, iniciam no período de férias
escolares.
Nos dias 4 e 5 de julho, os participantes neste ateliê vão explorar a Biblioteca Lídia Jorge, conhecer a organização deste espaço
cultural, as suas regras de funcionamento e curiosidades acerca
do livro.
Já nos dias 10 e 11 de julho, o ateliê versa sobre «Histórias
para cuidar do Meio Ambiente». Para quem prefere banda desenhada, tem à disposição o ateliê de leitura infantil «Era uma vez...
uma História», nos dias 12 e 13 de julho.
A reciclagem é outro dos temas propostos. De 17 a 19 de julho,
os estudantes vão aprender como decorre o processo de reciclagem e consciencializar-se da sua importância.
«Histórias com diferenças dentro» é o nome do ateliê sobre as
diferenças e a diversidade do ser humano, que vai decorrer a 24 e
25 de julho. Nos dois dias seguintes, 26 e 27, o tema do mar será
explorado pelas crianças através dos mais variados contos.
Os interessados nas artes cénicas podem inscrever-se no ateliê
«Histórias com Fantoches», de 31 de julho a 2 de agosto, onde lhes
é dada a oportunidade de criar as suas personagens favoritas em
fantoches.
No final de cada sessão, os participantes são convidados a realizar um trabalho de expressão plástica reativo ao tema abordado.
Todas as ações são dinamizadas por uma técnica superior da
divisão de Cultura do Município, decorrendo das 10:30 às 12:30
horas, na Biblioteca Lídia Jorge.
Os interessados podem efetuar a sua inscrição no setor infantojuvenil da biblioteca, a partir de dia 15 de junho.
Câmara Municipal de Loulé
AVISO
Nos termos do n.º 2 do artigo 78º do Decreto-Lei n.º 555/99, de
16 de Dezembro, torna-se público que a CÂMARA MUNICIPAL
DE LOULÉ, emitiu em 25/05/2012, o aditamento ao Alvará de
Loteamento n.º 2/99, em nome de JOSÉ POLICARPO COUTINHO, requerido por RODRIGUES & ESPERANÇA, LIMITADA, na
sequência da deliberação de Câmara de vinte e nove de Fevereiro de dois mil e doze, através do qual foi licenciada a alteração às especificações do Alvará de Loteamento n.º 2/99
emitido em dezasseis de Março de mil novecentos e noventa
e nove, (lotes n.os 3 e 4), que incide sobre os prédios sitos em
Barros de S. João da Venda, da Freguesia de Almancil, descritos
na Conservatória do Registo Predial de Loulé sob o número sete
mil quinhentos e oitenta e seis, barra, mil novecentos e noventa e nove, zero três, vinte e três, inscrito na matriz predial
urbana sob o artigo número nove mil oitocentos e cinquenta
e número sete mil quinhentos e oitenta e sete, barra, mil novecentos e noventa e nove, zero três, vinte e três, inscrito na
matriz predial urbana sob o artigo número nove mil oitocentos
e cinquenta e um, da respectiva freguesia.
Área abrangida pelo Plano Director Municipal de Loulé.
Após a alteração titulada pelo aditamento ao alvará de loteamento n.º 2/99, a operação de Loteamento passa a ter as
seguintes características:
A alteração à operação de loteamento compreende:
A alteração à alínea f) do n.º 4.1 do ponto 4 do regulamento
de construção do loteamento, que passa a ter a seguinte redacção:
“As vedações no perímetro dos lotes poderão ser na generalidade asseguradas por sebe vegetal, admitindo-se todavia
e quando necessário a execução de muros de alvenaria até
uma altura máxima de 1,20 m acima da cota do passeio fronteiro para o limite anterior confinante com a via pública e
de 2,00 m acima da cota exterior para os restantes limites,
de modo a permitir a segurança e privacidade das habitações.”
Loulé, 25 de Maio de 2012
SEBASTIÃO FRANCISCO SERUCA EMÍDIO, Presidente da Câmara Municipal de Loulé
PUBLICIDADE - REGIÃO SUL N.º 845 - 2012.06.13
_ano XIX
c u l t u r a
_edição nº 845
_13 jun 2012
CONSULTÓRIO
“Electricidade sem extras”
“Subscrevi a petição “Electricidade sem extras” lançada pela DECO há cerca de um ano. Gostaria de saber se essa
petição teve algum impacto na redução das tarifas energéticas.”
A DECO INFORMA…
No passado dia 17 de Maio, foi divulgado que o Governo
pretende cortar um valor anual entre 170 e 190 milhões de
euros nas rendas dos produtores de electricidade.
Mais de um ano após a petição “Electricidade sem extras”
lançada pela DECO e apoiada por cerca de 170 mil assinantes,
e entregue na Assembleia da República, o Governo veio de encontro às reivindicações de redução dos custos na factura da
electricidade não relacionados com a produção eléctrica.
A decisão do Governo tem um impacto significativo na cogeração e na garantia de potência, mas atinge menos os Custos de Manutenção dos Equilíbrios Orçamentais, os Contratos
de Aquisição de Energia e as energias renováveis.
A título de exemplo, as energias renováveis, mini hídricas
e eólicas sofrerão reduções de 450 milhões de euros, enquanto a cogeração terá uma redução de 700 milhões de euros,
sendo certo que ambos os valores têm o ano de 2020 como
horizonte.
Estas notícias são animadoras, no entanto, a redução
anunciada fica aquém do esperado, fundamentalmente por
culpa da indisponibilidade das empresas electroprodutoras em
prescindir de parte das receitas provenientes destes contratos, não tendo em consideração a realidade económica do país
e os sacrifícios exigidos aos consumidores portugueses.
Face a estas novidades recentes, resta saber qual será o
impacto real deste pacote de redução das rendas dos produtores, estimado em 1800 milhões de euros, até 2020, na factura
da energia eléctrica.
Assim, para que se possa avaliar com maior precisão o impacto final desta decisão, é necessário aguardar pela publicação dos respectivos diplomas legais. No entanto, a DECO irá
continuar a bater-se pelas medidas necessárias para um sector
sustentável capaz de fornecer electricidade com qualidade a
um preço mais justo e competitivo.
Delegação Regional do Algarve - Rua Rasquinho, n.º 19 – 8000-416 FARO
Tel.: 289 863 103 – Fax: 289 863 108 – E-mail: [email protected]
Município de Faro
AVISO 111/2012
Extrato da Escritura nº 06/2012
Cidália Maria Martins Mendes, Técnica Superior da Carreira de
Direito do Departamento de Administração e Finanças, na qualidade de Notária Privada, nos termos do despacho do Sr. Presidente da Câmara número sessenta e oito barra dois mil e dez
barra CM, de nove de dezembro de dois mil e dez e nos termos
do artigo 100º do Código do Notariado, TORNA PÚBLICO que,
em conformidade com as deliberações da Câmara Municipal e
Assembleia Municipal de Faro de dois de novembro e quinze de
dezembro de dois mil e onze, respetivamente, foi perante si
celebrada, em vinte e três de abril corrente, escritura de justificação notarial por usucapião como título de aquisição a favor
do Município de Faro do direito de propriedade do prédio urbano sito no Largo da Sé número treze, freguesia da Sé, concelho
de Faro, com a área coberta de dois mil quatrocentos e dezasseis vírgula sessenta e cinco metros quadrados, não descrito
na Conservatória do Registo Predial de Faro, inscrito na matriz
predial urbana das supra referidas freguesia e concelho sob o
artigo 8936, com o valor patrimonial tributável de um milhão,
cento e vinte e seis mil seiscentos e oitenta euros.
Faro, 23 de abril de 2012
A Notária Privativa
(assinatura ilegível)
Cidália Mendes
PUBLICIDADE - REGIÃO SUL N.º 845 - 2012.06.13
17
Brad Mehldau atua no Teatro
das Figuras
Um dos instrumentistas
mais aclamados do jazz contemporâneo, Brad Mehldau, vai
atuar em pleno Teatro das Figuras, em Faro, em concerto marcado para hoje, quarta-feira,
13, a partir das 21:30 horas.
O músico norte-americano
forjou um caminho ímpar, que
encarna a essência de explo-
ração e improviso do jazz, do
romantismo clássico e do pop
rock, sendo admirado como um
dos pianistas mais aventureiros
da «cena» jazz.
Da aclamação por parte da
crítica como um líder de banda até à exposição internacional, graças a colaborações com
Pat Metheny, Renée Fleming e
Joshua Redman, Mehldau continua a arrecadar inúmeros prémios e admiração por parte dos
puristas de jazz e entusiastas
de música em geral.
O preço dos bilhetes para o
concerto, com duração prevista
de uma hora e meia, é de 15
euros.
CAPa recebe 3.ª edição de projeção
de trabalhos fotográficos WIP
A 3.ª edição de projeção de
trabalhos fotográficos WIP realiza-se dia 16 de junho, a partir
das 21:00 horas, no Centro de
Artes Performativas do Algarve
(CAPa), evento que inclui ainda
outras ações ligadas à área da
fotografia.
Na projeção de trabalhos
fotográficos, pretende-se estabelecer um diálogo de proximidade entre autores e público,
de forma a desenvolver o pensamento crítico em torno da
imagem fotográfica.
Estarão presentes os fotó-
grafos Renato Roque, Brenda
Turnnidge, Catarina Leal e Hugo
Costa Marques.
Em fevereiro de 2012, o
The Portfolio Project iniciou um
conjunto de apresentações/
projeções públicas de trabalhos
fotográficos ainda em curso,
onde se insere esta terceira
edição do WIP.
A apresentação pública de
trabalhos ainda não finalizados
enceta um novo formato comunicacional onde se equaciona a
possibilidade de um confronto
precoce com o público para
poder contribuir para um desfecho de projeto “mais rico,
consistente e maturado”.
Cada apresentação pública
prevê a participação de três
fotógrafos distintos, sendo que
cada fotógrafo possuirá um
tempo de apresentação individual de 20 minutos.
No final de todas as apresentações decorrerá, durante 30 minutos, uma conversa
informal com o público onde
os fotógrafos se encontrarão
disponíveis para responder às
questões da audiência.
Nesta 3ª edição do WIP, haverá ainda o lançamento oficial
da 2.ª edição da revista Flânerie e a apresentação, pelo autor, de «Fotografia e curadoria,
queijo curado é outra coisa», a
segunda publicação da coleção
«Reflex», dedicada a pequenos
ensaios sobre diversas áreas da
fotografia.
O evento tem um preço
único de 2 euros. Mais informações e reservas pelos contactos
289828784 e 918703415 ou pelo
endereço eletrónico [email protected]
mail.telepac.pt.
Concurso de vídeo documental
sobre a baixa de Faro
Dar a conhecer os diferentes modos de viver a baixa de
Faro é o mote para o concurso
de vídeo documental «Viver é
Renovar», resultado do convite
do Teatro das Figuras ao blogue
A Defesa de Faro, no âmbito do
projeto «Carta Branca».
Os documentários, que devem ter 15 minutos no máximo,
pretendem “dar a conhecer diferentes modos de ver a mesma
realidade do nosso centro ur-
bano”, contando com testemunhos de intervenientes.
A organização do concurso
sublinha que a baixa farense,
outrora “ícone no Algarve, do
ponto de vista militar, cultural, religioso e comercial”, vive
agora “um momento menos glorioso”.
Assim, alguns episódios
poderão ser recordados pelas
gerações que ali habitaram e
nela encontraram espaço “para
um modo de vida ou hábitos de
lazer”, partilhando os “ideais
que ambicionam” para a sua
cidade.
Este concurso de vídeo documental/curta-metragem está
aberto tanto a novos autores
como a realizadores de experiência reconhecida. A data limite de entrega dos vídeos é 31
de julho.
Para os vencedores das duas
secções, a organização destinou
prémios monetários de 1500
euros (secção realizadores reconhecidos) e 1000 euros (secção primeiras obras). Os outros
prémios serão vales de compras
em lojas da baixa.
Os participantes deverão
preencher a ficha de pré-inscrição e consultar o regulamento
da iniciativa nos sítios www.
adefesadefaro.blogspot.com e
www.teatrodasfiguras.pt.
Alberto Melo publica textos das últimas
décadas em «Passagens Revoltas»
O antigo diretor regional do
Instituto de Emprego e Formação Profissional, Alberto Melo,
que desempenhou um papel
preponderante no campo da
educação de adultos nas últimas décadas, vai publicar «Passagens Revoltas», uma série de
textos escritos entre 1970 e
2012.
“São outros tantos testemunhos da sua vida de intervenção, prática e reflexiva, em
variados espaços socioculturais,
profissionais e cívicos”, refere
a Associação In Loco, que edita
este volume com cerca de 500
páginas.
Nestas comunicações de
“circunstância”,
provocadas
por situações sociais, políticas
e económicas particularmente
críticas, o autor “toma decididamente a defesa dos seus
valores e das suas opções filosóficas e ideológicas, mantendo
sempre uma intransigente independência face aos poderes
instituídos e aos seus catecismos”.
O livro está dividido em
cinco temáticas chave: educação e (sobretudo) educação de
adultos; conflitos políticos e
laborais; animação territorial
e desenvolvimento local; cidadania ativa e democracia participativa; crítica da economia
dominante.
A opção pela edição através
da Associação In Loco, sem fins
comerciais, e a renúncia a di-
reitos de autor permitirão oferecer uma obra desta dimensão
a um preço de venda ao público
relativamente baixo, cerca de
20 euros.
Os interessados em adquirir o livro poderão recolher mais informações junto
da associação, através do
contacto 289840860 ou pelo
endereço eletrónico [email protected]
in-loco.pt.
a
18
g
e
n
d
_ano XIX
a
_edição nº 845
_13 jun 2012
Previsões
Cartomânticas Tarot
SOS - E m e r g ê n c i a
FOGO - INCÊNDIO
117
EMERGÊNCIA MÉDICA
112
Corporações de Bombeiros
Municipais
Faro ……....………
Loulé …….……….
Olhão …………….
Tavira ……..………
289888000
289416702
289710000
281322122
Voluntários
Albufeira ………… 289586333
Alcoutim …....…… 281540450
Aljezur ….………… 282998258
Faro …………….…
Lagoa ………….….
Lagos ……...……...
Messines …………
Monchique ….……
Portimão ….………
S. Brás Alportel ....
Silves …….……..…
Vila do Bispo ..……
V. R. Stº António ...
289823630
282352888
282770790
282339633
282912115
282422122
289842606
282442411
282639285
281543202
T e l e f o n e s
H O S P I T A I S
FARO (HDF)
Informações PORTIMÃO (HBA)
Linha Azul LAGOS (HDL)
289 891 100
289 891 130
282 450 300
282 413 400
282 763 034
CENTROS de SAÚDE
ALBUFEIRA ALCOUTIM Giões Martinlongo
Pereiro Vaqueiros ALJEZUR
CASTRO MARIM
Altura Azinhal Odeleite FARO
Montenegro
Conceição Culatra Estoi
Stª B. Nexe
Bordeira
LAGOA
Carvoeiro Estombar Ferragudo Parchal Porches
LAGOS
Bensafrim Odiáxere JF da Luz Espiche B. S. João 289 586 350
281 546 559
281 498 124
281 498 194
281 547 263
281 498 152
282 998 113
281 531 027
281 957 846
281 495 711
281 495 226
289 823 680
289 817 181
289 824 259
289 703 327
289 991 372
289 990 105
289 991 372
282 340 370
282 432 665
282 432 665
282 461 361
282 418 081
282 381 005
282 770 100
282 687 756
282 799 450
282 789 722
282 788 565
282 687 439
G N R
Grupo Territorial
Faro ................................
Destacamentos Territoriais
Faro.................................
Tavira ..............................
Loulé ..............................
Albufeira ........................
Portimão ........................
Silves .............................
Postos Territoriais
Albufeira ………………...
Alcoutim ………………...
Aljezur ………………......
Almancil …………….......
Armação de Pêra …..….
Carvoeiro …………...…..
Castro Marim ……...……
Faro ……………........…..
Lagoa ……………...…….
Lagos ……………...…….
Loulé ……………...……..
Martinlongo ……...……..
Monchique ……...………
Odeceixe ………...…...…
289887600
289887605
281325704
289410490
289590790
282420750
282442414
289590790
281546208
282998130
289351530
282312178
282356460
281531004
289887603
282380190
282762809
289410490
281498131
282912629
282947682
LOULÉ
Almancil
Alte
Ameixial
Benafim
Boliqueime
Cortelha
Monte Seco
Quarteira
Querença
Salir
Tôr
MONCHIQUE Alferce Marmelete OLHÃO
PORTIMÃO
Alvor
Mexilhoeira Grande S.BRÁS ALPORTEL
SILVES
Algoz
Armação de Pêra Pêra S. B. de Messines S. Marcos de Serra Tunes
TAVIRA
Cabanas/Conceição
Cachopo Luz Stª Catarina Fonte Bispo Stª Luzia Stº Estevão VILA DO BISPO
Barão de S. Miguel Burgau Luz-Budens Sagres V. R. STº ANTÓNIO
Monte Gordo Vila Nova de Cacela Olhão …………………….
Olhos D’Água …………...
Paderne ………………….
Portimão …………………
Quarteira …………………
Salir ………………………
Silves …………………….
S. Bartolomeu Messines São Brás de Alportel …..
Tavira …………………….
Vilamoura ……………….
Vila do Bispo ……….......
Vila R. de Stº António ….
Posto Sazonal
Fuseta ….........................
289703089
289501478
289367115
282420750
289315662
289489136
282442414
282339246
289840800
281325704
289381780
282639112
281530150
289793365
P S P
FARO ..................................
Aeroporto de Faro .......
LAGOS ...............................
OLHÃO ...............................
PORTIMÃO ........................
TAVIRA ...............................
V.R.Stº ANTÓNIO ...............
289822022
289800688
282762930
289710770
282417510
281322022
281543066
Albufeira ………...…….......
Alcoutim …………..…........
Aljezur ………...…..…........
Castro Marim …….............
Faro ……………………......
Lagoa ………………….......
Lagos ………………….......
Loulé ……………………....
289599500
281540500
282998102
281510740
289870870
282380400
282780060
289400600
Limpeza de Chaminés
e Recuperadores
de Calor
Não suja a sua casa.
917868933
Apesar de em concreto, ninguém conseguir adivinhar o que o futuro
lhe reserva, é possível prever tendências em função no mapa astral e
de outros processos nele suportados. No nosso dia a dia, nos relacionamentos humanos, no plano dos negócios, nas relações amorosas ou noutras áreas, como a saúde ou os negócios, é possível fazer previsões.
Muitas pessoas, embora não o revelem publicamente, são fiéis “consumidores” deste método, com os qual orientam a sua vida profissional,
os negócios, a actividade política, as relações amorosas, etc.
Este jornal patrocina esta interactividade e proporciona aos seus
leitores colocarem uma pergunta por e-mail, cuja resposta será grátis e
dada pela mesma via. As consultas também são grátis, e apenas as Cartas
Astrais e Previsões Astrológicas poderão ter algum custo.
Consultas presenciais (apenas com marcação prévia) serão concedidas a título gracioso.
Para já, consulte o Horóscopo para os próximos sete dias !...
| carneiro | 21 março / 19 abril
Uma gestão de valores, poderá causar-lhe bastante preocupação, mas no final ser-lhe-á confortável. A correspondência que
de alguma forma a(o) preocupa é importante e está em curso.
Vai conseguir causar uma boa impressão à pessoa que pretende
cativar, mas não exagere.
| touro | 20 abril / 20 maio
Há uma nova estrela que deverá fazer por seguir, mesmo que
alguém a tente desviar. Aperfeiçoar um novo desempenho é o
próximo desafio, que apesar de tudo não será muito fácil, nem
suficientemente lucrativo. Vai agora poder colher os frutos da
árvore que você própria(o) plantou.
| gémeos | 21 maio / 20 junho
Ganhos financeiras positivos, embora os considere insuficientes. Bom progresso nos seus projectos pessoais. Vem aí um
período que lhe poderá ser extremamente positivo nos mais
diversos aspectos, desde que respeite os compromissos que
anteriormente definiu.
| caranguejo | 21 junho / 22 julho
O fardo de responsabilidades que lhe está a ser imposto, vai
continuar a ser pesado. Não desanime porque poderá vir a receber uma recompensa financeira. Como se sabe, depois da
tempestade virá a bonança, para lhe devolver a tranquilidade
e a paciência necessárias.
| leão | 23 julho / 22 agosto
Vem-se agravando um relacionamento há algum tempo e a situação tende a piorar. Deverá procurar ver mais longe do que
os seus horizontes actuais e seguir em frente. Mas repare que
alguma falta de sensatez e anseios exagerados poderão estar a
impedi-la(o) de fazer progressos.
| virgem | 23 agosto / 22 setembro
Nunca os seus receios foram tão fidedignos, mas nem por isso
deve impedir que as coisas progridam. É importante reforçar a
esperança, levantar o ego e deixar de lado o que a sua intuição
sabe ignorar. Este é o momento ideal para se abrir mais, participar em convívios e relacionar-se mais.
| balança | 23 setembro / 22 outubro
Alguém vai apresentar-lhe uma proposta aliciante, mas deverá
usar de ponderação antes de tomar decisões. Lembre-se que
nem só de pão vive o Homem, há também valores morais a
colocar à frente. Não use de menor sinceridade para atingir o
que procura há já algum tempo.
| escorpião | 23 outubro / 21 novembro
Uma palavra de esperança, um sinal de incentivo e um sentimento transmitido, são elementos a ter em conta para não
desistir. Uma pessoa, ligeiramente distante, está a torcer pelo
seu sucesso, por isso procure não a desiludir. Redobre a atenção
e encare a verdade, em vez de se resignar.
| sagitário | 22 novembro / 21 dezembro
Fique atenta às emoções e aos compromissos pessoais e se recebeu um convite para viajar deve aceitá-lo. Antes de se comprometer com algo, deve valorizar os contactos. Não pode fugir
da realidade - está a construir-se a ajuda de que vai precisar na
altura certa. Haja com moderação!
| capricórnio | 22 dezembro / 20 janeiro
CÂMARAS MUNICIPAIS
Monchique …………..….... Olhão ………………...….... Portimão ……………..…....
S. Brás de Alportel ……....
Silves ………………..…..... Tavira ………………...….... Vila do Bispo …….……..... Vila R. Stº António ….…....
282910200
289700100
282470700
289840000
282440800
281320500
282639105
281510000
Limpeza de Fossas
e Esgotos
Rua Vale Formoso, nº 33
Almancil
Tel: 289 397 892
A resolução de um diferendo com alguém da família, deve
passar por um esclarecimento. Se avançar com o(s) seu(s)
projecto(s), procure analisar a situação económica. Na vertente do trabalho, poucas serão as novidades favoráveis, tudo
deverá continuar como até aqui.
| aquário | 21 janeiro / 19 fevereiro
O seu ponto de vista pode ser o mais acertado e dele resultarem os melhores resultados, mas mantenha sempre a situação
sob controlo. As suas responsabilidades poderão aumentar com
a chegada de um novo contributo. Poderá obter melhores resultados do que espera.
| peixes | 20 fevereiro / 20 março
Está a chegar a hora de “deixar correr o marfim” e alhear-se de
certas ambições, até porque elas exigem-lhe muita paciência.
É aconselhável tentar defender-se de uma pequena “agressividade”, que lhe vai ser dirigida. Conte com a colaboração de
uma amiga mas não cometa o erro….
Consulta por e-mail ou pessoalmente
www.diarionline.pt
f i c h a
t é c n i c a
Por M. M. Metz – Consultor
Período de 13 a 19 de junho
289 401 000
289 395 674
289 468 174
289 847 182
289 416 512
289 366 328
289 416 513
289 432 146
289 313 665
289 462 942
289 489 200
289 416 512
282 910 100
282 912 585
282 955 136
289 700 260
282 416 272
282 459 268
282 968 133
289 842 450
282 442 416
282 574 269
282 312 572
282 313 819
282 339 022
282 361 193
282 576 449
281 324 023
2813 70 275
289 844 135
281 961 218
281 971 547
281 381 045
281 961 295
282 639 179
282 695 597
282 697 230
282 695 155
282 624 173
281 512 645
281 542 252
281 951 232
O(a) leitor(a) tem possibilidade de colocar uma questão por e-mail,
preenchendo o formulário disponível em http://www.regiao-sul.pt/horoscopo.php - preenchendo-o correctamente.
Descreva a questão que deseja ver respondida da forma mais clara
possível e se possível mande também a sua fotografia.
A resposta ser-lhe-á enviada por e-mail nas 24 horas seguintes.
jornal da
regiao
algarve
JORNAL QUINZENÁRIO DA REGIÃO ALGARVE
Registo N.º 117042
Depósito Legal n.º 140203/99
PROPRIEDADE
Navega Aqui - Publicações, Lda.
Cont. nº. 509 159 790 - Capital Social: € 5.000 euros
Empresa Jornalística n.º 223805
SEDE - ADMINISTRAÇÃO - REDACÇÃO
Betunes
8100-254 Loulé
Telefones: 289 463 890 / 916 615 964/5
Fax: 289 463 955
E-mails: [email protected] - [email protected]
DIRECTOR
José Mateus Moreno
SUBDIRECTORA
Natália Luis Moreno
CHEFE DE REDACÇÃO
Natália Luis Moreno
Tel: 289 463 890 - Fax: 289 463 955
SECRETÁRIA ADMINISTRATIVA
Sónia Santos - Tel: 289 463 890 / 916 615 965
Fax: 289 463 955
E-mail: [email protected]
JORNALISTAS COM CARTEIRA PROFISSIONAL
José Mateus Moreno - CPJ N.º 3386 - [email protected]
Natália Luis Moreno - CPJ N.º 4589 - [email protected]
Edgar Pires - CPJ N.º 7239 - [email protected]
Paula Ferro - CPJ N.º 8424 - [email protected]
João C. Anselmo - CPJ N.º 4409 - [email protected]
REDACTORES E COLABORADORES EFECTIVOS
António Montes, Jorge Cabaço, João Nuno Neves, Álvaro Viegas,
Júlio Reis Silva, Ti Genoveva, Ana Luisa S., Mário Ferreira, Nelson Gago, António Grosso Correia, José Luz Santos, Fábio Bota,
Jorge Lami Leal, Tiago Botelho, Nélia Faísca, Pedro Hilário, Rita
Branco, Rui Fernandes, Lurdes Morgado, Serafim Marques, Vitor Ruivo, Cláudia Luz, Susana Castro, Graça Pereira, Libertário
Viegas, Bruna Felix, Jean-Pièrre Guerreiro, Domingos Pereira,
Cláudia Fonseca, Irina Martins, Rita Candeias, Helena Coelho e
Nuno Neves.
Protocolo Editorial: Associação Min-Arifa - Paula Ferro.
FOTOGRAFIA
Jornalistas do Região Sul, Agências e Arquivo RS
DESIGN, MAQUETAGEM E PAGINAÇÃO
José Mateus Moreno e Natália Luis Moreno
IMPRESSÃO
FIG - Indústrias Gráficas, S.A.
Rua Adriano Lucas, 3020-265 Coimbra
Tel. 239 499 922 - Fax. 239 499 981
E-mail: [email protected]
PUBLICIDADE
Sónia Santos
Tels. 289 463 890 / 916 615 965 - Fax. 289 463 955
E-mail: [email protected]
COBERTURA E DISTRIBUIÇÃO
Todo o Algarve
PREÇO AVULSO
Edição normal: € 2,00 Euros (IVA incluído)
ASSINATURA ANUAL
Edição Impressa € 50,00 Euros (IVA incl.)
Edição On-line € 35,00 Euros (IVA incl.)
TIRAGEM
3.250 a 3.750 exemplares por edição
EDIÇÃO ELECTRÓNICA ON-LINE (em constante actualização)
http://www.regiao-sul.pt | http://www.regiaosul.pt
http://diarionline.pt
| http://diario-algarve.com
DIRECTÓRIO EMPRESARIAL DO ALGARVE / EMPRESAS ASSINANTES
http://www.sulempresas.com
E-mail: [email protected]
COLABORAÇÃO / OPINIÃO
O jornal “Região Sul” acolhe com agrado todos os artigos que
lhe sejam enviados, mas apenas se obriga a publicar a colaboração solicitada. No caso de “Cartas ao Director”, reserva-se do
direito de as reduzir sem que seja atraiçoado o seu conteúdo.
Os textos e artigos publicados são da responsabilidade dos seus
autores, pelo que as opiniões neles expressas não identificam
necessariamente a posição editorial da direcção e corpo redactorial deste jornal.
MEMBRO:
_ano XIX
g
_edição nº 845
e
r
a
l
19
_13 jun 2012
Concerto de Jorge Palma
em Vila do Bispo
Jorge Palma vai atuar
no Centro Cultural de Vila
do Bispo no próximo dia 30
de junho, às 22:00 horas.
O espetáculo agendado para o auditório, será
em formato acústico onde
o músico vai apresentar o
seu último trabalho, “Com
todo o respeito”, editado
em 2011.
Os bilhetes podem ser
adquiridos a partir do dia
11 de junho no Centro Cultural de Vila do Bispo.
Para mais informações
contactar os serviços da
Cultura do Município de
Vila do Bispo através do telefone 282 630300.
Estanco Louro recordado
em São Brás de Alportel
Manuel Francisco Estanco Louro, advogado, professor, investigador e autor de «O Livro do Alportel», considerada a primeira
grande fonte de estudo sobre São Brás de Alportel, está a ser recordado no Centro Museológico do Alportel, através da exposição
«Olhares».
A mostra evocativa da personalidade deste são-brasense – “um
homem de corpo inteiro, nascido na monarquia, abraçou o ideal
republicano, que norteou toda a sua vida” – está patente desde
sexta-feira, 1 de junho, e encerra em novembro.
Pedagogo por excelência, Estanco Louro não só se destacou
na função docente como criou manuais que ajudaram professores
e alunos a pôr em prática o que na teoria defendia, “pertencendo
a uma geração de professores liceais que procurou criar bases de
uma pedagogia moderna através do esforço docente, mas também
da produção de manuais escolares e de textos didáticos”.
Na obra «O Livro do Alportel», o investigador são-brasense revela-se “um etnógrafo de exceção sem paralelo nas monografias
locais anteriores e como uma referência para as posteriores”, mas
também “um regionalista «avant la lettre», com perfeita noção
dos verdadeiros interesses da região, portanto do país, que muitos
invejariam nos dias de hoje”.
A exposição está patente diariamente das 14:00 horas às
18:00. O espaço encerra às segundas-feiras. Para visitas fora deste
horário, os interessados podem utilizar os contactos 289843711 e
962471272.
Loulé:
Biblioteca promove
atividades de verão
para crianças em
férias escolares
Entre 2 de julho e 24 de agosto, a Biblioteca Municipal Sophia
de Mello Breyner Andresen, em Loulé, vai promover diversas atividades direcionadas às crianças e jovens do concelho, em férias
escolares.
Este ano, decorrerão dois ciclos de atividades. No mês de julho, as «Oficinas de Verão», para participantes dos 8 aos 12 anos,
com as temáticas «Informática Júnior», «Vamos fazer um Flanelógrafo», «Vamos fazer um Livro de Contos» e «Vamos ilustrar uma
História».
Em agosto, decorrerá a «Biblioteca em Férias», para participantes com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos, com as
seguintes atividades: «Natureza», «Ilustração de Contos», «Fantoches» e «Pintura em Gesso».
As ações decorrem de manhã, das 9:30 horas às 12:30, e à tarde, das 14:30 às 17:30. Cada atividade está limitada a um número
máximo de 12 participantes e um custo de 5 euros. No final será
atribuído um certificado de participação.
Para além da ocupação dos tempos livres, pretende-se com
estas atividades que as crianças e jovens aprendam algo e possam
desenvolver as suas aptidões natas de uma forma recreativa, dinâmica e educativa.
Mais informações sobre o projeto e inscrições, que abriram
sexta-feira, podem ser obtidas através do telefone 289400850.
Santos Populares:
Oito marchas vão desfilar na Marginal
de Quarteira
A cidade de Quarteira prepara-se para mais uma edição
do maior cartaz turístico da cidade e uma das mais enraizadas
tradições da sua comunidade,
os Santos Populares. Este ano,
oito marchas vão desfilar, nos
dias 23 e 28 de junho, a partir das 21:00 horas, na Avenida
Marginal.
Uma das artérias mais importantes da localidade quarteirense voltará a ser palco de
um espetáculo com muita cor,
música e alegria, estando presentes centenas de figurantes,
que desfilarão trajados a rigor
com coreografias inspiradas em
temas como o mar, a atividade piscatória, as tradições dos
Santos Populares e os símbolos
associados a esta festividade.
Este ano, participam no desfile, que tem entrada gratuita,
oito marchas em representação
das principais ruas da cidade:
Fundação António Aleixo, Rua
Vasco da Gama, Florinhas de
Quarteira, Rua do Pinheiro, Rua
do Outeiro, Vilamoura, Rua da
Cabine e Rua Gago Coutinho.
Em comunicado, a autarquia de Loulé frisa “o esforço,
a dedicação e o bairrismo” das
pessoas envolvidas neste evento, desde a organização, coreografia e confeção dos trajes
típicos, “o que tem contribuído, ao longo dos anos, para o
sucesso dos Santos Populares de
Quarteira”.
A par do desfile, um pouco
por toda a cidade haverá animação, com arraias, fogueiras,
bailaricos e os petiscos da época como a sardinha assada, febras e caldo-verde.
Este evento traz à cidade de Quarteira milhares de
visitantes, que não perdem a
oportunidade de observar uma
das mais importantes manifestações etnográficas da região.
Trata-se de uma iniciativa
da APROMAR, que conta com o
apoio da Câmara Municipal de
Loulé e da junta de freguesia
local.
Santos Populares comemorados
em São Brás de Alportel
No mês de junho, regressa
a São Brás de Alportel o programa de Valorização da Tradição
Cultural dos Santos Populares
«A Festa Sai à Rua», uma iniciativa que traz a festa à rua para
recordar esta tradição popular.
Esta iniciativa de entrada
livre, promovida anualmente
pela autarquia são-brasense,
em colaboração com a junta
de freguesia, associações locais e paróquia de São Brás de
Alportel, convida a comunidade a partilhar bons momentos
de convívio, abrilhantados por
um pezinho de dança e aromas
campestres.
Na edição deste ano, «A
Festa Sai à Rua» realiza-se
sempre pelas 21:30 horas e,
depois do primeiro encontro,
já realizado, segue-se a sessão
marcada para sexta-feira, 15,
no Parque do Alportel, que se
deixará invadir pelos acordes
de Luis José, a quem cabe abri-
lhantar a noite, num recinto ao
ar livre.
No final do mês, dia 29, a
Festa de São Pedro encerra as
celebrações dos santos populares no recinto do Bairro Social
João Rosa Beatriz, ao ritmo do
artista Hélder Alves.
Xávega promove serão lúdico-cultural
em Quarteira
A Xávega, Associação para
o Desenvolvimento Cultural de
Quarteira, vai promover, dia 16
de junho, às 21:30 horas, no
extremo nascente do Calçadão
de Quarteira, um espectáculo
multidisciplinar que integra o
conjunto das festas juninas da-
quela cidade.
No serão de características
lúdico-culturais, que conta com
o apoio da autarquia louletana,
as classes de dança da professora Annette Almeida interpretarão peças de dança clássica,
contemporânea e sapateado.
A atriz Elisabete Martins,
por sua vez, apresentará «Romeus e Julietas», uma performance realizada como exercício
prático dos alunos da oficina de
teatro que está a decorrer nessa cidade, numa organização da
associação.
A noite de animação completa-se com Carolina Tomé, a
jovem acordeonista que integra
o Grupo Etnográfico «A Xávega
de Quarteira», que brindará a
assistência com trechos populares do seu repertório.
Barragem de Odelouca já fornece água ao Algarve
A Barragem de Odelouca, um equipamento esperado “há mais de 40 anos”,
como recorda a empresa Águas do Algarve
em comunicado, começou a fornecer água
aos consumidores algarvios no dia 1 de junho.
Trata-se de “um marco histórico de especial relevância pelo facto de, finalmente,
o Algarve dispor de uma infraestrutura que é
o garante do abastecimento público de água
de todo o barlavento algarvio”, assinala a
Águas do Algarve.
Existe ainda a possibilidade, se necessário, de fornecer água ao sotavento através
das duas estações elevatórias reversíveis
existentes no concelho de Loulé.
Esta obra, “uma antiga aspiração de todas as entidades e estudiosos do abastecimento público”, começou a ser construída
em 2001, sob responsabilidade do então
INAG, e esteve suspensa durante mais de três anos, devido
às queixas de uma associação ambientalista.
No final de dezembro de 2006, foi dada a incumbência da
conclusão da construção da Barragem de Odelouca à Águas
do Algarve, que reiniciou a construção em fevereiro de 2007.
A obra ficou concluída em junho de 2010.
Desde então, e até à presente data, explica a empresa,
cumpriram-se com todas as obrigações legais do enchimento
da albufeira da Barragem até que, finalmente, foi dada a
autorização para que se desse o pleno enchimento da albufeira.
Após esta autorização, e a conclusão de todos os trabalhos necessários para ligação física da Barragem à ETA de Alcantarilha, a partir de hoje, 1 de junho, a água proveniente
da Barragem de Odelouca chega ao consumidor final, isto é,
ao utente municipal.
“Com esta infraestrutura e com as Estações de Tratamento de Água de Alcantarilha e Tavira, garantimos não só
a qualidade de água necessária e suficiente, mas também,
a elevadíssima qualidade do produto água que disponibilizamos a toda a região”, conclui a Águas do Algarve.
“Made in Algarve”
apresenta casos de
sucesso do QREN
A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve) e a autoridade de gestão do Programa Operacional Algarve 21 (PO Algarve 21)
promovem a exposição “Made in Algarve”, que apresenta
casos de sucesso de projectos co-financiados pelo Quadro
de Referência Estratégico Nacional (QREN), de 11 a 30
de Junho.
Esta mostra reforça a divulgação dos projetos desenvolvidos na região, com exemplos do que se produz no Algarve em vários setores de atividade que têm contribuído
para a dinamização económica, cultural e social.
Os produtos e serviços em exibição representam marcas de sucesso, incorporam inovação no seu processo produtivo, apostam na internacionalização e veem nos fundos
europeus uma alavanca para a sua estratégia empresarial.
Flor de sal, conservas, objetos de cortiça são alguns dos
produtos em exposição, aos quais se junta uma forte
componente audiovisual de divulgação.
A mostra, com entrada gratuita, está patente no Palácio Doglioni, CCDR Algarve, em Faro, entre as 10:00 e
as 17:30, de segunda a sexta-feira, e constitui o culminar
de uma série de iniciativas promovidas pelo PO Algarve
21, no âmbito das comemorações do Mês da Europa que
teve como momento de arranque o dia 9 de maio, Dia da
Europa.
O primeiro dia da exposição é também reservado à
realização da reunião da Comissão de Acompanhamento
do PO Algarve 21, que analisará a evolução do Programa
Operacional e fará o balanço da execução do QREN no
Algarve.
Download

Fazer do PDF