• Compreender que a influência de
Cristo enquanto indivíduo estava
diretamente relacionada com o
nível a que os Seus discípulos
aceitavam e interiorizavam os
valores do reino de Deus.
• Aprender a ser eficaz no
cumprimento da sua missão a
favor de Cristo, sendo intencional
no propósito de desenvolver
características Cristãs nos outros.
1º PASSO
Compreender que a influência de
Cristo enquanto indivíduo estava
diretamente relacionada com o nível
a que os Seus discípulos aceitavam e
interiorizavam os valores do reino de
Deus
Antes de Jesus escolher os Doze, que iriam passar
a maior parte do tempo com Ele no Seu ministério
terreno, Ele passou a noite em oração. Sabemos
quem Ele escolheu, mas não sabemos o porquê de
ter escolhido estes. Eram eles os melhores
candidatos disponíveis? Com o benefício que
temos de poder olhar para trás, sabemos que
alguns deles levaram consigo para a função de
apóstolos traços de personalidade abaixo do
recomendável. E porque não? Muito poucos entre
nós possuem personalidades imaculadas.
• Um coração capaz de ser instruído
por Deus. Assim um coração manso
pode receber instrução do Senhor
mesmo quando essas instruções vão
contra a sua vontade particular.
• Um coração orgulhoso dificilmente
aceitará ser guiado pelo Espírito
Santo no que diz respeito a
reconhecer os seus erros e aceitar os
caminhos divinos.
2º PASSO
Aprender a ser eficaz no
cumprimento da sua missão a
favor de Cristo, sendo
intencional no propósito de
desenvolver características
Cristãs nos outros
Quando Jesus deixou os Seus discípulos e
regressou ao Céu, deixou-os com algo
extremamente valioso – o Espírito Santo. Jesus
admitiu que não tinha tempo para dizer aos Seus
discípulos tudo o que necessitavam de saber, mas
que “quando vier Aquele Espírito de verdade, Ele
vos guiará em toda a verdade” (v. 13). Ao conceder
o Espírito Santo, Jesus estava a permitir que a Sua
obra se expandisse exponencialmente. O ministério
terreno de Cristo estava limitado pelo tempo e pelo
espaço; Ele só conseguia estar num mesmo lugar
num dado momento. Os Seus apóstolos, porém,
guiados pelo Espírito Santo, podiam levar a Sua
mensagem a doze vezes mais lugares do que Ele
podia.
•
•
•
•
•
•
Constatam a necessidade de alguém.
Partilham o perfil desejado.
Oram pedindo a direção de Deus.
Confiam que Deus conhece o coração.
Aceitam a escolha divina.
Confiam que Deus está na direção da
Sua Igreja.
• Desejo conhecer o que diz
a Bíblia sobre como Deus
escolhe líderes?
• Desejo perceber quais são
os projetos de Deus para
mim?
Já alguma vez Deus lhe mostrou
que tem um dom que Ele quer
que use para a Sua Igreja? Qual
foi a sua reação?
Disponibilizou-se para o serviço
ou ficou com medo?
Que princípio bíblico
da lição podemos
usar hoje?
Deus deixa
sempre um
legado após Si.
1. Aceitar que faço
parte desse legado.
2. Aceitar que tenho
de deixar continuar
esse legado.
Pensar que
ninguém é tão
capaz como eu.
Durante a próxima
semana, vou
procurar reservar
tempo para
perguntar a Deus
como posso ajudar
a continuar o legado
do discipulado na
igreja que frequento.
Download

PPT - Evangelismo