LIMITES LEGAIS PARA REGULAMENTAÇÃO DA PROPAGANDA
Abertura
1. Agradecimento ao Convite da Comissão.
2. Confirmar entendimento Dep. Julio Delado de ser o Congresso Nacional o
local adequado para este debate.
3. Evitarei a redundância da discussão e pretendo fazer uma reflexão conjunta
sobre os impactos da proibição da publicidade.
4. A proibição visa a redução do consumo.
5. Vejamos a seguir o que aconteceu no Brasil
Produção de Cigarros
PRODUÇÃO DE CIGARROS * / ANO
2000
TOTAL
Fonte : Receita Federal
2006
2.982.152.799
207.321.563
352.954.028
1.220.623.238
22.655.827
41.886.452
40.328.871
3.751.902.527
312.980.427
479.900.643
946.697.212
9.317.220
26.030.170
45.876.966
4.867.922.778
5.572.705.165
14 %
Produção de Fumo
FUMICULTURA SUL BRASILEIRA
Crescimento
Safra
Família Produtoras
Hectares
Plantados
Produção (T)
00/01
134.930
253.790
509.110
06/07
181.310
359.770
758.180
Cresc. %
34
42
49
Fonte : ABIFUMO
Depoimento Profissional da Indústria
Em um primeiro momento, o estrangulamento provocado pela falta de publicidade
afetou diretamente os resultados das empresas. Entre 2000 e 2003, o faturamento
da Souza Cruz caiu de 8.1 bilhões de reais para 6.5 bilhões.
"Levamos dois anos para conseguir nos adaptar à nova realidade", diz Christopher
Montenegro, ex-executivo da Souza Cruz e atual sócio-diretor da agência carioca
POP Marketing, especializada em comunicação nos pontos-de-venda.
MAS QUEM APOSTAVA QUE ESSE CENÁRIO SERIA DEFINITIVO ERROU. Hoje, o
Brasil mantém-se nas posições de 2º maior produtor de fumo do mundo e de maior
exportador. Desde 2000, a produção de cigarros cresceu de 4,8 bilhões de maços
para 5,6 bilhões.
Matéria publicada na Revist Exame
Participação de Mercado da Indústria
Encerramento
A ABRA DEFENDE A EDUCAÇÃO E A INFORMAÇÃO
ATRAVÉS DA PUBLICIDADE, E NUNCA A PROIBIÇÃO.
OBRIGADO PELA ATENÇÃO !
FREDERICO NOGUEIRA
VICE PRESIDENTE – ABRA
11 3131 1362
frederico.nogueira@band.com.br
Download

limites legais para regulamentação da propaganda