CIÊNCIAS – 6ª SÉRIE
Revisão para a
recuperação
Parte I – Assuntos 1 e 2
Profª. Ms. Daniela Benaion Barroso
(aleinad.bio@gmail.com)
Assunto 1: “A Célula”
OBS: Este assunto será revisto por ser item básico na
7ª série, justificando a necessidade de conhecê-lo
com segurança.
Histórico da citologia (estudo da célula)

Robert
Hooke
–
analisando ao microscópio
ficas fatias de cortiça (um
tipo de casca de árvore),
visualizou microscópicas
‘cavidades’,
‘caixinhas
ocas’, que denominou
“cella” que em latim quer
dizer
‘pequeno
compartimento’,
formando depois a palavra
‘cellula’que
hoje
conhecemos
como
CÉLULA.
Imagem vista por Hooke
A Teoria celular

Schleiden e Schwann, após estudarem vários tipos
de plantas e animais propuseram esta teoria que
dizia que
“TODOS OS SERES VIVOS SÃO CONSTITUÍDOS
POR CÉLULAS”
Estrutura das Células
Tipos de célula
 Procarionte
(possui
membrana
plasmática,
citoplasma
e
DNA
espalhado no citoplasma.
 Eucarionte ( possui
membrana plasmática,
citoplasma e núcleo
protegido pela carioteca
onde fica o DNA)

Tipos de células eucariontes

Célula animal

Célula vegetal
Assunto 2: “Características dos Seres Vivos”

Metabolismo:
conjunto de reações
químicas
que
mantém
um
organismo vivo.
Nutrição
Processo pelo qual os
organismos
obtém
energia para realizar
seu metabolismo
 Os
organismos que
obtém seu próprio
alimento são chamados
de AUTÓTROFOS e os
que não produzem seu
próprio alimento são os
HETERÓTROFOS.

Respiração
É a troca de gases entre o organismo vivo e o
ambiente.
 Os seres vivos que utilizam o gás oxigênio na
respiração são chamados de AERÓBIOS (maioria dos
seres vivos) e os que não utilizam, são chamados de
ANAERÓBIOS (alguns fungos e algumas bactérias).

Leveduras – fungos
unicelulares
Sensibilidade, reação e movimento
Capacidade de
perceber estímulos e
reagir a eles.
 O movimento
também é uma
característica dos
seres vivos.

Adaptação

Características desenvolvidas ao longo da
evolução e que permitem aos organismos
sobreviver e se reproduzir em determinadas
condições ambientais
Ex: nadadeiras
para ambientes
aquáticos.
 Asas para o voo
 Capacidade de
‘dormência’ de
algumas sementes.

Reprodução
Capacidade de gerar seres e perpetuar a espécie.
 Pode
ser SEXUADA, quando envolver a
participação de dois indivíduos para que haja a
FECUNDAÇÃO, originando um embrião.

Os embriões podem se desenvolver

Dentro do corpo da
mãe – esses são
chamados VIVÍPAROS.

Fora do corpo da mãe
– em ovos. Esses são
chamados OVÍPAROS.
Reprodução
A reprodução pode também ser ASSEXUADA
quando não envolve a união de células
reprodutoras.
 Pode ser por
Divisão binária (um ser unicelular origina dois
iguais)
Fragmentação (quando um pedaço que se parte
origina outro ser)
Multiplicação vegetativa (folha ou galho origina
nova planta)
Gemulação (formação de brotos ou gêmulas)
Esporulação (formação de esporos)

Reprodução assexuada
Divisão binária
Gemulação ou brotamento
Multiplicação vegetativa
esporulação
fragmentação
Download

Revisão para a recuperação