JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL
PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL
* JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL
PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL
* JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL
PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL
JORNAL
PAROQUIAL
09 a 15 *de
Março/2002
* JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL PAROQUIAL * JORNAL
A PALAVRA
IV DOMINGO DA QUARESMA
1ª Leitura
2ª Leitura
S. Resp.
Evangelho
1Sm 16, 1b.6-7,10-13ª
Ef 5, 8-14
O Senhor é meu pastor, nada me falta.
Jo 9, 1-41
«Os que não vêem ficarão a ver; os que vêem ficarão cegos»
Jo 9, 39
Acreditar é uma forma de ver. Por isso a luz é um dos grandes sinais da liturgia baptismal. A fé resulta da
contemplação do mistério de Cristo. Deus chama (1ª Leitura); pela fé respondemos (2ªleitura); somos acolhidos e
integrados na comunidade (Evangelho).
«O homem olha as aparências; Deus vê o coração».
Para ver não basta os olhos; é preciso entrar luz. Os fariseus só tinham olhos. Por isso ficavam-se pelas
aparências. E nós? Temos fé para ver, como Deus, o coração?
in Bíblica
DIA DIOCESANO DO DOENTE
(Dia 17 de Março)
A propósito do Dia Diocesano do Doente, D. António de Sousa Braga, na sua Nota Pastoral para a
Quaresma 2002, escreve o seguinte: «Ir ao encontro dos mais débeis da sociedade, como são os
doentes, é uma maneira de pôr em prática o amor gratuito do próximo. Quanto mais alguém estiver em
dificuldade, tanto mais deve ser objecto do nosso amor concreto/…/.
Dentro desta preocupação para melhorar o serviço aos irmãos doentes, a Comissão Diocesana para a
Pastoral da Saúde vai promover em Ponta Delgada /…/, nos dias 19, 20 e 21 de Março, umas Jornadas
sobre ‘Relação de Ajuda nos Limites da Vida’. O tema interessa a quem quiser intervir na Pastoral da
Saúde com competência e amor.»
DIA DIOCESANO DO DOENTE
(Dia 17 de Março)
A CEP (Conferência Episcopal Portuguesa) publicou um Nota Pastoral sobre o acto eleitoral do próximo
dia 17 do corrente mês. Transcrevemos o seu n.º 4, com o título “Exigência do discernimento cristão” :
«O cristão deve julgar as situações guiado pela sua fé, ou seja, à luz da Palavra de Deus e da doutrina
da Igreja. Tratando-se de discernir sobre projectos de sociedade, apresentados pelos Partidos, os
cristãos devem ter particularmente em atenção a visão da Igreja acerca de algumas questões:
O respeito pela religião e pela liberdade de consciência e de culto;
O respeito pelo carácter sagrado da vida humana, de toda a vida humana, desde a concepção até à
morte natural;
A promoção da dignidade da pessoa humana, anulando discriminações de classe, sexo ou etnia e
promovendo a igualdade de oportunidades, dando particular atenção aos mais pobres e desfavorecidos;
Uma política de educação que, promovendo e garantindo a qualidade, respeite o papel da família e o
direito dos pais escolherem, para os seus filhos, o projecto educativo de sua preferência, sem
desigualdades injustas nos encargos com a educação. Isso supõe redimensionar a função do Estado,
revendo as políticas de promoção e apoio ao ensino não estatal;
A seriedade e a honestidade dos servidores da sociedade. As práticas de corrupção descredibilizam
as pessoas e os grupos e a justa viabilização dos projectos que apresentam;
A vitória sobre o materialismo economicista. Uma economia sadia é essencial, mas deve estar ao
serviço de um projecto de sociedade, cultural e humanista.
1
09 a 15 de Março/2002
ENTREVISTA
ao Chefe dos Romeiros
Tendo em vista a saída para mais uma semana de
caminhada da formação do Romeiros da nossa
Paróquia, apresentamos-lhe uma entrevista, feita
no dia 5 do corrente mês, ao chefe dos Romeiros.
Nome: Eduardo Manuel Moniz Pereira
Idade: 42 anos
Profissão: Agente de exploração
Anos de Romaria: faz este ano 25
S.Cu Quantos Romeiros irão este ano e quais as idades do mais velho e mais novo?
E.Pu Irão 73, o mais novo chama-se Bruno Ferreira e tem 11 anos e o mais velho é o Sr. Dionísio Lucas
que tem 63 anos.
S.Cu Em que Paróquias vão pernoitar?
E.Pu Vamos pernoitar na Ribeirinha, Achadinha, Nordeste, Povoação, Vila Franca, Fajã de Baixo e
Candelária.
S.Cu Qual é o dia e a zona do percurso em que este é difícil de ultrapassar?
E.Pu Existem duas zonas, entre o Nordeste e a Povoação, isto porque descemos ao Faial da Terra, e é
entre a Candelária e as Capelas, porque acordamos às 2h30 da manhã. Quanto ao dia da semana é a
terça-feira e o Sábado.
S.Cu Qual o significado das vossas vestes?
E.Pu O terço é o rosário de Nossa Senhora, o lenço significa a coroa de espinhos, o xaile é o manto de
Nossa Senhora, o bordão simboliza o bordão do Senhor quando este esteve no deserto e a saca é a cruz
de Jesus.
S.Cu Acha que os Romeiros têm vindo a diminuir ou a aumentar? Acha que esta tradição tem futuro
com esta nova geração?
E.Pu Quanto à tradição, se terá futuro, sim terá e será muito difícil de acabar. Quanto ao numero de
participantes, tem vindo a aumentar cada vez mais.
S.Cu Qual a razão da mulher não poder ser Romeiro?
E.Pu A mulher para ir de Romeiro tinha que ter as condições necessárias. E, principalmente, quem
sabe se quando ela fosse pernoitar numa casa em que o seu dono tivesse más intenções? Esta ideia
nasceu de um padre do Canadá.
S.Cu Quanto a desistências. Existem muitas?
E.Pu Algumas... Ainda à pouco tempo quase desisti por um problema no joelho, o mesmo acontece com
os outros, com doenças ou com acidentes de percurso.
S.Cu Tem alguma experiência anterior que o tenha marcado que queira partilhar connosco?
E.Pu Principalmente o que me marca mais são as aflições das pessoas, quando vêem os Romeiros, a
existência de uma necessidade de nos ver... Começa no Porto Formoso e, por exemplo, uma senhora
estava a ouvir os Romeiros, deixou tudo e veio tal como estava com os seus filhos à porta, de
madrugada.. Existem pessoas que têm familiares com doenças incuráveis... O que me marca mesmo é a
fé das pessoas doentes...
2
09 a 15 de Março/2002
S.Cu Que tipo de acolhimento encontra nas casas da nossa Ilha?
E.Pu É impecável, tudo isto é bom, mas é preciso saber se os Romeiros estão preparados para se
comportarem nas casas em que dormem, como rezar antes do jantar, agradecer devidamente... Mas
somos muito bem recebidos.
S.Cu Acha que Deus o compensa de alguma forma pelo que faz?
E.Pu Sim, eu não estou à espera de algo em troca mas peço sempre para Ele me ajudar. Claro, ele não
nos pode dar tudo o que pedimos, mas está connosco a toda a hora e nunca me deixa “cair”.
S.Cu Emociona-se na hora da despedida das famílias?
E.Pu Muito, é o que me custa mais e é quando os vemos na sexta-feira no Convento da Esperança .
S.Cu Qual a mensagem que deixa ao jovens da nossa Paróquia em relação às Romarias?
E.Pu Que participem. A Romaria é violenta fisicamente, mas espiritualmente é muito boa, desde a
partilha à amizade.
Agradecemos o tempo dispensado, desejamos a todos os Romeiros uma boa semana de caminha.
DESPEDIDA DOS ROMEIROS A NOSSA SENHORA
Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação - Capelas
ESTÁ A MISSA CELEBRADA
PELA BOCA DO MINISTRO
COM A HOSTEA CONSAGRADA
E SANGUE DE JESUS CRISTO
SENHORA DA APRESENTAÇÃO
VOSSOS FILHOS VÃO PARTIR
COM AMOR NO CORAÇÃO
SUAS PROMESSAS VÃO CUMPRIR
CELEBRAMOS A ORAÇÃO
SENHORA EM VOSSA PRESENÇA
NÓS QUEREMOS IR EMBORA
SENHORA DAÍ-NOS LINCENÇA
ADEUS Ó VIRGEM MARIA
COM VOSSO FILHO JÁ VAMOS
VÓS FICAIS EM COMPANHIA
DESTES IRMÃOS QUE DEIXAMOS
DAÍ-NOS LICENÇA SENHORA
Ó DOCE VIRGEM MARIA
NÓS QUEREMOS IR EMBORA
NESTA SANTA ROMARIA
SE EU AQUI NÃO MAIS VOLTAR
DOU-VOS MEU CORAÇÃO
PARA QUE EU POSSA ALCANÇAR
NOS CÉUS MINHA SALVAÇÃO
NESTA SANTA ROMARIA
EU QUEREI QUE VOU BEM GUIADO
E LEVO POR MESTRE E GUIA
O TEU FILHO CRUCIFICADO
SENHORA DA APRESENTAÇÃO
É ESTE O MOMENTO E HORA
E DAÍ-NOS A VOSSA BÊNÇÃO
VOSSOS FILHOS VÃO-SE EMBORA
MINHA SANTA MÃE QUERIDA
MINHA SANTA MÃE SOBERANA
CONSERVAI-NOS TODA A VIDA
COMO VAI SER A SEMANA
VAMOS PARTIR SENHORA
SEGUINDO EM ROMARIA
CANTANDO TODOS AGORA
A SANTA AVE MARIA
(CHEIA DE GRAÇA)
3
09 a 15 de Março/2002
CONTRIBUIÇÕES
Como deve calcular este jornalinho (que esperamos ser do seu agrado) não se faz com pouco esforço
e dedicação.
Tanto os jovens do projecto como os colaboradores mais velhos (Mons. António da Luz Silva e
Manuel João Melo), fazem o seu trabalho sem esperar receber nada em troca (a não ser a sua
satisfação, é claro). Mas com a alteração do jornal de mensal para semanal, aumentou as despesas
materiais (papel, tinta...).
Por isso, vimos por este meio, apelar à sua boa vontade, para que nos dê uma contribuição, não é
obrigatório, mas sem dinheiro não é possível continuar a fazer este jornalinho .
Desde já agradecemos-lhe a sua compreensão, pois a nossa Igreja atravessa um período económico
não muito fácil, pelo que pedimos a sua ajuda.
A equipa
AGENDA PASTORAL E LITÚRGICA
Dia 11 (Segunda-feira):
- Encontro de Crismandos (20h00)
- Legião de Maria (20h00)
Dia 13 (Quarta-feira):
- Eucaristia dos Romeiros das Furnas (09h00)
- Visita aos Doentes das Ruas Santana, Sertão, Porto,
Cruzeiro, Grota do Morro, Baleeiro e Jardim.
Dia 14 (Quinta-feira):
- Confissões toda a tarde em Santa Bárbara
Dia 15 (Sexta-feira):
- Eucaristia no Santuário do Santo Cristo às 09h00
(Romeiros e respectivas famílias)
- Via-Sacra (18h00), seguida da Eucaristia
- Grupo de Jovens (20h00)
Colaboração
Gest. Internet
Gráfica
Dia 16 (Sábado):
- Confissões (3.º, 4.º e 5.º Anos de Catequese, às 10h00)
- 2º Turno do Retiro dos Crismandos (das 14 às 17h00)
- Chegada dos Romeiros e Missa Vespertina (19h30)
Dia 17 (Domingo):
- Dia Diocesano do Doente
- Celebração comunitária do Baptismo (12h00)
Mons. António da Luz Silva, Clarisse Ponte, Bruno Reis e Manuel João Melo.
Rui Ponte
Emanuel Costa
INTERNET
Graças ao nosso site na Internet, temos vindo a receber bastantes contactos por parte dos
nossos compatriotas emigrados, relembramos que o site está disponível em qualquer parte do
mundo em: www.jicapelas.pt.vu
Envie-nos uma crítica, uma sugestão ou trabalho para o e-mail: jicapelas@sapo.pt
4
Download

- Jornal Paroquial