O FUTURO DA LICENCIATURA A
PARTIR DAS NORMATIVAS PARA O
ENSINO MÉDIO
Por Talamira Taita Rodrigues Brito
Pró-Reitoria de Graduação da UESB
A UESB
Jequié
Itapetinga
Vitória da Conquista
Localização regional da UESB
Um panorama da nossa universidade
Multicampia em três territórios de identidade;
Ingresso via Vestibular e SISU;
Referência em formação de professores da Educação Básica;
Atendimento na área de saúde com bastante expressividade;
Um quadro de professores bastante qualificado;
Atualmente, de seus 8.000 alunos matriculados na graduação,
6.500 são alunos oriundos da escola pública;
Nossos Cursos de Graduação
Jequié
Ciências Biológicas – Bacharelado
Ciências Biológicas – Licenciatura
Dança – Licenciatura
Educação - Física Licenciatura
Enfermagem
Farmácia
Fisioterapia
Letras Vernáculas – Licenciatura
Matemática enfoque em informática –
Licenciatura
Medicina
Odontologia
Pedagogia
Química – Bacharelado
Química – Licenciatura
Sistemas de Informação –
Bacharelado
Teatro – Licenciatura
Vitória da Conquista
Administração
Agronomia
Ciências Biológicas – Licenciatura
Ciências Biológicas – Bacharelado
Ciências Contábeis
Ciências da Computação
Ciências Econômicas
Ciências Sociais – Licenciatura
Cinema e Audiovisual
Comunicação Social – Jornalismo
Direito
Engenharia Florestal
Filosofia – Licenciatura
Física – Licenciatura
Geografia – Licenciatura
História – Licenciatura
Letras Modernas
Letras Vernáculas
Matemática – Licenciatura
Medicina
Pedagogia – Licenciatura
Psicologia – Bacharelado + Formação
Complementar em Licenciatura
Itapetinga
Ciências Bilógicas – Licenciatura
Ciências Biológicas – Bacharelado
Engenharia Ambiental
Engenharia de Alimentos
Física – Licenciatura
Pedagogia – Licenciatura
Química – Licenciatura
Química com atribuições Tecnológicas
Zootecnia
16
22
9
Nossos Cursos de Licenciatura
Jequié
Ciências Biológicas
Dança
Educação - Física
Letras Vernáculas
Matemática enfoque
em informática
Pedagogia
Química
Teatro
08
Vitória da Conquista
Ciências Biológicas
Ciências Sociais
Licenciatura
Filosofia
Física
Geografia
História
Letras Modernas
Letras Vernáculas
Matemática
Pedagogia
Psicologia – Bacharelado
+ Formação
Complementar em
Licenciatura
12
Itapetinga
Ciências Biológicas
Física
Pedagogia
Química
04
Nosso formato de Licenciar
• Matrizes curriculares baseadas numa multidisciplinaridade
e hierarquias conceituais
– conteúdos técnicos precedem aos conteúdos pedagógicos;
– matrizes muito densas de conteúdos: nossos cursos duram 4
anos em média quase que ainda no modelo 3 + 1
– Os estágios ainda acontecem em muitos cursos no final;
– Corpo de professores qualificados e não muito implicados com
“a complexidade de formar o docente”;
– Relação com comunidade escolar ainda muito precária;
– Isolamento entre pares que fazem as licenciaturas acontecerem;
– Reformas curriculares que quase nunca são feitas pensando na
formação de professores e sim em desejos particulares.
Nossos dilemas diários
• Debater as questões da formação de professores como
sendo um fim que se desdobra para o social;
• Customizar uma Licenciatura antenada com a realidade
escolar e com o potencial do quadro de professores de
nossa casa;
• Fazer do município o nosso grande colégio de aplicação
que traduz os anseios para um curso de formação de
professores;
• Entender a licenciatura como fluída em diálogo em
constante com a escola e seus movimentos;
• Proporcionar meios de envolvimento da universidade
com as questões que tangenciam a escola.
O projeto de lei para a Reforma do Ensino Médio
e seu desaguar nas Licenciaturas – algumas
análises e considerações
AS LINGUAGENS CONSTANTES NOS PARÂMETROS
CURRICULARES NACIONAIS DO ENSINO MÉDIO
• Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
• Ciências da Natureza, Matemática e suas
Tecnologias
• Ciências Humanas e suas Tecnologias
ENEM
•
•
•
•
Ciências Humanas e suas Tecnologias;
Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
Matemática, Códigos e suas Tecnologias;
Redação
Linguagens apresentadas no Projeto
de Lei XXX/2013
Art. 36. Os currículos do ensino médio, observado o
disposto na Seção I deste Capítulo, serão
organizados partir das seguintes áreas do
conhecimento:
• I – linguagens;
• II – matemática;
• III – ciências da natureza; e
• IV – ciências humanas.
No Projeto de LEI XXX/2013
• § 1º A base nacional comum dos currículos do
ensino médio compreenderá, entre seus
componentes conteúdos obrigatórios, o estudo
da língua portuguesa; da matemática; do
conhecimento do mundo físico e natural; da
Filosofia e da Sociologia; da realidade social e
política, especialmente do Brasil; e uma língua
estrangeira moderna, além daquela adotada na
parte diversificada, conforme dispõe o art. 26, §
5º.
§ 2º Os currículos do ensino médio
contemplarão as quatro áreas do
conhecimento e adotarão metodologias de
ensino e de avaliação que evidenciem a
contextualização, a interdisciplinaridade e a
transversalidade, bem como outras formas de
interação e articulação entre diferentes
campos de saberes específicos.
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
§ 3º Serão incluídos como temas transversais no ensino
médio os seguintes:
I – prevenção ao uso de drogas e álcool;
II – educação ambiental;
III – educação para o trânsito;
IV – educação sexual;
V – cultura da paz;
VI – empreendedorismo;
VII – noções básicas da Constituição Federal;
VIII – noções básicas do Código de Defesa do
Consumidor;
IX – importância do exercício da cidadania;
X – ética na política; e
XI – participação política e democracia.
Preparação para a universidade? Olha
o dilema outra vez.
• § 5º A última série ou equivalente do ensino
médio será
• organizada a partir das seguintes opções
formativas, a
• critério dos alunos:
• I – ênfase em linguagens;
• II – ênfase em matemática;
• III – ênfase em ciências da natureza;
• IV – ênfase em ciências humanas; e
• V – formação profissional.
Algumas características importantes
• Carga horária total do ensino médio passará, assim, das
atuais 2.400 horas para 4.200 horas;
• No mínimo 7 horas diárias de atividades escolares;
• “Art. 35-B. O ensino médio noturno, respeitadas as
formas de organização previstas nesta Lei, observará a
carga horária total mínima de 4.200 (quatro mil e
duzentas) horas, sendo 3.200 (três mil e duzentas) horas
desenvolvidas ao longo de quatro anos, mediante jornada
escolar de pelo menos quatro horas de trabalho efetivo
em sala de aula, e 1.000 (mil) horas a serem
complementadas a critério dos sistemas de ensino.;
Das questões postas para a
universidade... Para a licenciatura
• Mudança em sua estrutura de pensar formação e articulação curricular
para atender a esse modelo de Educação Básica?
• Resistir ao formato proposto para o Ensino Médio e assim reabilitar outro
sentido para a formação do professor que irá ocupar esse lugar na
Educação Básica?
• O que de fato a universidade vêm formando no decorrer de seus anos nos
cursos de licenciatura?
• O projeto lei, em sendo aprovado, propõe até 5 anos para os currículos
das licenciaturas serem modificados, qual o papel que atualmente as
universidades vêm ocupando neste cenário?
• Afinal, a ruptura das áreas tradicionais do conhecimento para conceber o
ensino como linguagens, traduz-se em quais questões maiores?
• Agradeço
• Talamira Brito – taitadoc@gmail.com
• Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Download

O FUTURO DA LICENCIATURA A PARTIR DAS