Módulo SSM para Ambientes Simulados
em NS-2
Tiago Camilo, Jorge Sá Silva e Fernando Boavida
Departamento de Engenharia Informática, Universidade de Coimbra - Pólo II
Laboratório de Comunicações e Serviços Telemáticos, 3030 COIMBRA
Tel.: +351-239-790000, Fax: +351-239-701266
tandre@dei.uc.pt
Source Specific Multicast (SSM)
Network Simulator 2 (NS-2)
Simulador de Redes de Comunicaçao:
 Desenvolvido em C++ e OTcl
Suporta ambientes Unicast e Multicast.
Simula aplicações geradoras de tráfego,
como também emula filas de espera.
Protocolo Multicast em que:
 A entrega de pacotes é baseada
em canais (S,G).
 Os nós que desejem receber
determinada informação têm de se
inscrever no canal (S,G).
Distribuição Multicast
Estrutura Multicast do NS
Implementação
As mensagens de join e prune necessitam de
especificar o Group e a Source do canal multicast.
os routers não podem aceitar mensagens do tipo (*,G),
em que não é especificado a Source;
Estrutura Centralized Multicast
Estrutura SSM
Principais Diferenças
PIM-SM (CtrMcast)
Em ambientes SSM, o nó RP deixa de ser necessário.
A tabela de encaminhamento passa a ser
descentralizada;
>set ns [new Simulation]
>set mproto CtrMcast
>set mrthandle [$ns mrtproto $mproto]
>…
>$mrthandle set_c_rp $node(1)
>…
>$ns at 1.0 “$node(1) join-group $rcvr $group”
>$ns at 1.0 “$node(1) leave-group $rcvr $group”
>set
>set
>set
>…
>$ns
>$ns
PIM-SSM (SSMMcast)
ns [new Simulation]
mproto SSMMcast
mrthandle [$ns mrtproto $mproto]
at 1.0 “$node(1) join-group $rcvr $group $node(2)”
at 1.0 “$node(1) leave-group $rcvr $group $node(2)”
Avaliação
SSM vs SM
7
Tempo (s)
6
5
4
3
2
1
256MB
128MB
64MB
32MB
16M
8MB
4MB
2MB
1MB
512Kb
0
Tamanho do Pacote
SSM
Comportamento PIM-SM
SM
Tempo resposta a um pedido join
O trabalho apresentado é em parte, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, FCT, através do projecto 6Mnet POSI/REDES/44089/2002.
Comportamento PIM-SSM
Download

Modulo SSM para Ambientes Simulados em NS