A cura da alma
“...obtendo o fim da vossa fé:
a salvação da vossa alma.”
I Pe 1.9
...Sonda-me , ó Deus...
... Vê se há em mim algum
caminho mau...
Salmo 139: 1-18; 23-24
A CURA DA ALMA
 “Estou
plenamente certo de que aquele que
começou boa obra em vós há de completá-la
até ao dia de Cristo Jesus” ( Fp 1:6)

Mesmo tendo uma nova vida em Jesus
devemos cooperar com o Espírito Santo:
– tirando →
– colocando
velha vida ( Adão)
→ nova vida (Jesus)


Mesmo tendo uma nova vida nos deparamos
com conflitos interiores: pecados secretos,
lembranças negativas, complexos, medos, ira,
inveja, maldições, decepções...
Essas lutas interiores podem ter sua raiz:
– legado dos nossos pais ( I Pe 1:18)
– a prática do pecado ( 1 Pe 1:14)
Posição → já somos salvos e libertos
 Experiência
→ viver uma vida salva e liberta


Exemplo de Lázaro ( Jo 11: 44) - Desatai-o !
 Como
Deus opera em nós a libertação ?
 Gênesis
2:7 diz que o homem foi criado
– pó da terra
→ corpo - contato com o mundo- sentidos
– fôlego de vida → espírito do homem - contato com
Deus - consciência, intuição e comunhão
– alma vivente - contato consigo mesmo - emoções, vontade
e intelecto

“ O mesmo Deus da paz vos santifique em
tudo: o vosso espírito, alma e corpo sejam
considerados íntegros e irrepreensíveis na
vinda de nosso Senhor Jesus Cristo “
I Ts.5:23
3°CORPO – Pó da
terra
Árvores frutíferas
1° ESPÍRITO
Fôlego de vida
Árvore da Vida
2°ALMA
Vida natural (alma vivente)
Árvore do bem e do mal
No Éden... Gn 2.9
Árvores frutíferas
Árvore do entendimento do bem e do mal
Árvore da Vida
*Ao se alimentar da árvore do
entendimento, decidiu que viveria segundo o
entendimento da vida da sua alma, não mais
segundo o entendimento do Espírito de Deus.
Assim revelou sua independência e rebeldia contra
Deus.
Conseqüências:



*Morte espiritual: perda da vida espiritual, da
autoridade espiritual, da imagem e semelhança de
Deus, da comunhão e presença de Deus, domínio do
diabo - velha criatura
* Morte da vida interior: vida independente
e rebelde a Deus, vida no pecado, doenças
na alma, conflito entre fazer o bem e o mal,
problemas de relacionamento
* Morte física: desejos pecaminosos do
corpo, doenças, envelhecimento, trabalho e
suor, dores no parto, morte
Pelo nascimento natural,
nascemos em Adão e herdamos
as conseqüências do seu pecado
Rm 5:12 “ Portanto, assim como por um
só homem entrou o pecado no mundo, e
pelo pecado, a morte, assim também a
morte passou a todos os homens,
porque todos pecaram”
(Salmos 38.3-8 e 18; Isaías 1.5,6; Mateus)
9.36;11.28
É neste estado que chegamos ao Senhor!
Aqueles que vêm ao Senhor, deixando uma
vida de pecado, embora estejam salvos,
ainda podem estar cheios de

Nossa alma viveu muito tempo pelo
princípio da independência de Deus.
Isto gerou muitas feridas em nossa vida
sem Cristo.
 Agora
que estamos em Cristo,
Deus quer, pelo Espírito Santo,
nos trazer completa cura e
libertação!
Como precisamos de libertação
se já somos salvos?
A salvação já não nos trouxe libertação?
Salvação gr. Soteria: cura,libertação, saúde,paz
Aspectos
Tempos
Operações
ESPÍRITO
JUSTIFICAÇÃO
( Rm 5:1)
PASSADO
IMEDIATA
II Co 5:17
ALMA
SANTIFICAÇÃO PRESENTE
PROGRESSIVA
Fp 2.12,13
CORPO
GLORIFICAÇÃO FUTURO
CONSUMADA
Rm 8: 18-25
Cura da alma = salvação da alma
( 1 Pe 1.9)
O propósito da cura da alma é dar
liberdade para que um discípulo
decida viver, definitivamente, livre
para amar e servir ao nosso amado
Senhor Jesus Cristo.
Jesus veio:( Lc 4.18,19 ; Is. 61:1-4)





EVANGELIZAR OS POBRES
PROCLAMAR LIBERTAÇÃO AOS CATIVOS
RESTAURAR A VISTA AOS CEGOS
POR EM LIBERDADE OS OPRIMIDOS
APREGOAR O ANO ACEITÁVEL DO SENHOR
“Hoje
se cumpriu a escritura que acabais de ouvir”
Lc 4.21
VENCENDO AS BATALHAS INTERIORES
“Porque, embora andando na carne, não
militamos segundo a carne. Porque as armas
da nossa milícia não são carnais, e sim
poderosas em Deus, para destruir fortalezas,
anulando sofismas, e toda altivez que se
levante contra o conhecimento de Deus, e
levando cativo todo pensamento à obediência
de Cristo, e estando prontos para punir toda
desobediência, uma vez completa a vossa
submissão”. II Co 10:3-6
Fortalezas, em nossas vidas são
áreas que estão fechadas. São
lugares impenetráveis onde a
luz do Senhor ainda não
brilhou.
Fortaleza
fruto de mentiras de Satanás ( Jo 8.44)
pecados cometidos por longo tempo
Esta fortaleza passa a ser domínio de Satanás, e a partir
dali ele vai atingindo outras áreas.
CORPO
ESPÍRITO
ALMA
ESPÍRITO
HOMEM INTERIOR
SELADO PELO ESPÍRITO SANTO
HABITAÇÃO DA TRINDADE
Rm 8:9-11,16
FORTALEZAS
ALMA
MENTE
VONTADE
Rm 8:6/ 12:2
II Co 10: 3-4
Rm 6:12-14
EMOÇÕES
FIL 4:6
SOFISMAS





II Co 11:3 / Gl 3:1 / Cl 2:4/ I Tm 6: 3-5
I Tm 4:1-2 / I Jo 2:21 I
São argumentos falsos formulados com o
propósito de induzir ao erro - Satanás é
especialista nisso!
São mentiras com aparência de verdade
Começam de forma sutil. O diabo coloca
questionamentos na mente do discípulo e
se este às acolhe... Logo entra a dúvida, a
incredulidade,etc.
Altivez








lugar elevado (gr)
Orgulho,soberba, arrogância, amor próprio
Torre de Babel Gn 11:4
Pv 6:16-17; 16:18; 21:4
O orgulhoso tem dificuldade de conhecer a
Deus
Não se submete nem a Deus, nem às
pessoas que o Senhor colocou
É uma idolatria do EU. O homem sendo
seu próprio deus, independente de Deus e
fazendo sua própria vontade.
I Pe 5:5
Portas de entrada
para o ataque do inimigo
 Aceitar
o engano de Satanás (1 Tm 4.1)
 Pecado pessoal ( 1 Jo 3.8)
 Maldições – que aceitei ou não rejeitei
 Entrar no território inimigo sem
precauções ou preparo ( Ef 6.11)
 Traumas do passado
 Vícios
 Espíritos familiares (II Cr 18.20-2)
Enganos comuns a respeito dos demônios e
da escravidão satânica


Os demônios eram ativos na época de Jesus aqui na terra,
mas a atividade deles diminuiu muito ou nem existe nos
dias de hoje
Toda perturbação se deve a doenças mentais

Alguns problemas são psicológicos e alguns são
espirituais

Os cristãos não estão sujeitos à influência da atividade
demoníaca

A influência demoníaca só se evidencia no
comportamento extremado ou no pecado
grosseiro

A libertação da escravidão espiritual é o
resultado de um confronto poderoso com as
forças demoníacas e é preciso alguém com
muito poder de Deus para que haja libertação
dos demônios.
A
libertação dos conflitos espirituais e
da escravidão satânica não deriva de
um choque de poderes, mas de um
encontro com a VERDADE !
...e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente
sereis livres. João 8: 32,36
Veja o que pode acontecer quando você
enfrenta o inimigo:
1.
2.
3.
4.
Sua mente poderá divagar
Você poderá arranjar desculpas para não
querer passar por esse processo de
libertação, e culpar outros por essa
situação
Você vai tentar convencer-se de que
você não tem necessidade de passar por
esse processo
Você poderá sentir-se cansado.
RESTITUIÇÃO
CONFISSÃO
PERDÃO
ARREPENDIMENTO
LIBERTAÇÃO
ARREPENDIMENTO
LIBERTAÇÃO
ARREPENDIMENTO
para a
salvação
de obras
mortas
 Arrependimento = gr metanóia =
mudança de mente e
conseqüentemente de atitude.

Arrependimento
O arrependimento ilustrado
 Lucas
15.11-32 – O Filho Perdido
– uma mudança de mente : “caindo em si”
– uma decisão da vontade: “Levantar-me-ei e
irei ter com meu pai”
– uma ação da vontade: “ E, levantando-se...”
É necessário:( Mc 8.34,35; Lc 14.33)
1.
2.
3.
4.
Negar-se a si mesmo
Tomar a cruz
Perder a vida
Renunciar a tudo
PERDÃO
ARREPENDIMENTO
LIBERTAÇÃO
PERDÃO



A falta de perdão é uma das armas mais utilizadas por
Satanás para nos levar uma vida miserável.
A resistência em nosso coração para perdoar os outros nos
impede de avançarmos na vida com Cristo.
Quando alguém peca contra outra pessoa, cria-se um
vínculo como o de credor (ofendido) e devedor ( ofensor)
II Co 2:10 e 11
“A quem perdoais alguma coisa, também eu perdôo; porque, de fato, o que tenho
perdoado ( se alguma coisa tenho perdoado), por causa de vós o fiz na presença de
Cristo; para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos
os desígnios.”
Perdoar
>
Não é
tentar esquecer
“... de nenhum modo me lembrarei dos seus pecados e das suas iniquidades, para
sempre. (Hb 10.17)
2.
Não é opção, mas um ato da vontade em obediência a um
mandamento do Senhor.
“... Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós. Cl 3.13
3.
Parece algo difícil porque entra em conflito com nosso
senso de justiça. É um ato de fé.
4.
Pedir desculpas não é o mesmo que pedir perdão. Pedir
perdão envolve humilhação
“...e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” I Jo 5.4
A quem devemos perdoar?
• A toda e qualquer pessoa que pecar contra nós, inclusive
a nós mesmos.
•Alguns possuem mágoas contra Deus por situações que
passaram em suas vidas e que lhes trouxeram sofrimentos
( fruto das suas escolhas ou não)
•Aos nossos irmãos
“ Se teu irmão pecar contra ti, vai argüi-lo entre ti e ele só. Se ele te ouvir,
ganhaste a teu irmão.” Mt 18.15
•Obs: Pequenos desapontamentos que se acumulam e não
são devidamente tratados podem formar feridas
( A prática do perdão página 35)
Agora você está em condições de
perdoar as pessoas de sua lista !
Ficará livre!
Aquelas situações
já não terão controle sobre você!
CONFISSÃO
PERDÃO
ARREPENDIMENTO
LIBERTAÇÃO
CONFISSÃO

1 Jo 1:5-9/ Tg 5.16 / Pv 28:13

Andar na luz é tornar-se manifesto, mostrarse tal como é, sem capa nem máscara

Envolve decisão e confissão- exposição
voluntária da nossa vida

Confessamos a Deus e também aos homens
Tg 5:16

Tudo aquilo que permanecer escondido será
domínio do diabo (1 Jo 3.7-10)

Só a confissão com arrependimento pode
produzir cura e perdão
Como deve ser nossa confissão de pecados?
= Confessar não é pedir perdão - é dizer com a boca o que
temos feito -clara e totalmente
= Deve ser feita com humildade e arrependimento
= Deve ter o tamanho da transgressão
= Deve ser feita sem demora (Sl 32:3)
= Deve ser feita abrangendo todos os ofendidos
= Confessar uns aos outros
para andar na luz
cura e libertação
obter conselho e
oração
RESTITUIÇÃO
CONFISSÃO
PERDÃO
ARREPENDIMENTO
LIBERTAÇÃO
RESTITUIÇÃO

Lv 6:2-7 / Mt 5:23-26 / Is 42.22 / Ez 33.15

Como restituir?
1.
A necessidade de restituição
2.
O princípio da restituição
3.
O momento da restituição
* O Princípio da quinta parte
* Casos em que não é possível a restituição plena
RESTITUIÇÃO
PERDÃO
CONFISSÃO
ARREPENDIMENTO
LIBERTAÇÃO
IDENTIFICANDO FORTALEZAS
SOFISMAS E
ALTIVEZ
1. LAÇOS DE ALMA

União de alma (Fp 2.2)
– Pais e filhos
(Gn 44:30)
– Líder e liderado
– Amigos
(I Sm 20:2)
(I Sm 18:1)
– Marido e esposa
(Gn 2:24)
– O homem e Deus
(Dt 10: 20)
Cortando o cordão umbilical
A. Filhos com pais (Gn 2:24)
B. Pais com filhos (Gn 22)
C. Cristãos com seus líderes
(I Co 3:4)
D. Laços ocasionados por relacionamentos físicos
(Gn 34:1-3 / I Co 6:16)
O CAMINHO PARA A LIBERDADE
2. AMARGURA





Hb 12:15 / Tg 3:14
Amargor, tristeza, sofrimento, mágoa e
ressentimento
É um sentimento solidificado no coração de
determinada pessoa, causado por situações
vividas e não devidamente tratadas
Relacionamentos que causaram feridas;
sonhos não realizados, perdas, tragédias
É um sentimento demoníaco que leva a
pessoa à morte (II Co 7:10b)
3. REJEIÇÃO/ REVOLTA



Ne 9:26 / Is 1:2 / Is 53:3
Normalmente tem sua origem na infância, no
relacionamento com pais e irmãos. Pode
ocorrer na concepção ou na gravidez
Estratégias de Satanás
Danificar a identidade por meio de...
– Atos
– Palavras
– Gozações
– Rejeições
– Humilhações
– Pecados
– Tudo que provoca traumas
Como a rejeição é expressa?
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
“Eu não ligo!”
Retraimento
Timidez
Rebeldia
Ressentimento
Autocomiseração
Insegurança
Depressão
Crítica
Resistência
– Teimosia
– Manipulação
– Autodepreciação
– Complexo de
inferioridade
– Apatia e
desânimo
– Senso da
inaptidão
– Sentimento de
culpa
– Agonia e
desespero

A revolta é acompanhada dos
seguintes sentimentos:
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
–
agressividade
presunção
complexo de superioridade
espírito competitivo
posição de domínio
inflexibilidade
espírito controlador
teimosia
resistência ao aprendizado
amargura
ressentimento
espírito de crítica
personalidade possessiva
AS MURALHAS DA REJEIÇÃO
1.
2.
3.
4.
DESEJO DE REJEIÇÃO
REJEIÇÃO PROVOCADA POR OUTROS
AUTO-REJEIÇÃO
MEDO DE REJEIÇÃO
QUEM SOU EM CRISTO

EM CRISTO SOU ACEITO
Sou filho de Deus (Jo 1.2)
Sou amigo de Deus (Jo 15.15)
Fui justificado por Deus (Rm 5.1)
Estou unido com o Senhor e sou um
só espírito com ele (1 Co 6.17)
Fui comprado por Deus e pertenço a
ele (1 Co 6.19-20)
QUEM SOU EM CRISTO
Sou membro do corpo de Cristo
(1 Co 12.27)
Sou santo e fui adotado como filho de Deus
(Ef 1.1,5)
Por meio do filho sou liberto e perdoado
(Cl 1.14)
Sou uma nova pessoa em Cristo
Sou herdeiro de Deus
(1 Pe 1.4)
(2 Co 5.17)
Em Cristo estou seguro
Estou livre de toda condenação (Rm 8.1)
Sei que todas as coisas contribuem para o
meu bem (Rm 8.28)
Estou livre de toda acusação contra mim
(Rm 8.31-34)
Nada poderá me afastar do amor de Deus
(Rm 8.33-39)
Em Cristo estou seguro
Fui ungido, selado e sou propriedade do
Espírito Santo (2 Co 1.21-22)
Estou convicto de que Deus completará a
obra que iniciou em mim (Fp 1.6)
Posso aproximar-me do trono da graça e
receber a misericórdia divina (Hb 4.16)
Sou nascido de Deus e o maligno não pode
me tocar (1 Jo 5.18)

EM CRISTO MINHA VIDA TEM SENTIDO
Sou um ramo da videira que dá fruto
(Jo 15. 1,5,16)
Sou sal da terra e luz do mundo
(Mt 5. 13,14)
Recebi poder para testemunhar de Cristo
(At 1. 8)
Sou templo do Espírito Santo
(1 Co 3.16-17; 6. 19-20)
Sou embaixador de Cristo e ministro da
reconciliação (2 Co 5. 17-21)
Salmos 27.10 - “Porque, se meu pai e minha
mãe me desampararem, o Senhor me
acolherá”
Romanos 15.7 - “Portanto acolhei-vos uns
aos outros, como também Cristo nos
acolheu para a glória de Deus.”
Hebreus 13.5 - “... De maneira alguma te
deixarei, nunca jamais te abandonarei.”
4. MEDO / ANSIEDADE


Gn 3.10 - “Ele respondeu: Ouvi a tua voz no jardim, e,
porque estava nu, tive medo, e me escondi.”
1 Jo 4.18 - “No amor não existe medo; antes, o
perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz
tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado
no amor.”
O medo
 entrou no coração do homem com o pecado
 demonstra incredulidade
 Ansiedade também é medo
 é uma fortaleza


Manifestações do medo
– Medo do futuro
– Medo de pessoas ( autoridades)
– Medo de determinados animais ou objetos
– Fobias
– Medo de morrer
Jesus disse muitas vezes:
“ Não temais!”
(Mt 10:28; 28:10 / Lc 5:10; 8:50)
 Jesus
também disse:
“ Não andeis ansiosos”
( Mt 6.25)
5.SENTIMENTOS DE CULPA




Jo 8:9 / 1 Jo 3:20
Resultado de pecados cometidos
Pecados não confessados , situações não
resolvidas e restauradas - geram “Fortalezas”
Erramos quando:
–
–
–
–
–
A
Ocultamos o pecado
Transferimos a culpa
Justificamos a culpa
Racionalizamos a culpa - Nossa mente nos dá razão
Escapamos da culpa de diversas maneiras
cura para a culpa está no sangue
de Jesus 1Ts 3:13
6. LEMBRANÇAS

Hb 8:12 / Is 43:18 / Fp 3:13-14 / II Co 5:17

Fortaleza com a qual o diabo lança culpa e
condenação e prende a pessoa ao passado

Podem estar ligadas a outras fortalezas

Por que trago estas lembranças?
– Porque não confessei
– Porque não perdoei
– Porque não recebi o perdão de Deus
7. IDOLATRIA

Ex 20:3-5 / Sl 115: 4-8 / 1 Co 10:14

É o resultado da rebeldia do homem;
prefere adorar ídolos que pode manipular,
segundo a sua vontade

Um ídolo é um objeto, (ou uma pessoa) a
que se venera, tem-se profunda devoção,
admiração ou obsessão
Ídolos mais
conhecidos
– Ídolos da Igreja
Ídolos mais
difíceis de
identificar
Católica-“santos”,
estátuas,
– Dinheiro
correntinhas,
– Um artista, uma
equipe esportiva
rosários
– Ídolos de religiões
africanas
– Ídolos de religiões
orientais
– Os filhos, o marido/
a esposa
– Nosso próprio eu
– Uma posição, poder
8. FEITIÇARIAS/BRUXARIAS



Gl 5:19-20 ; Dt 18: 10-12 ; I Sm 15:23; Ap 21.8
Feitiçaria é a tentativa do homem de
alcançar benefícios para si ou para outros
através de poderes sobrenaturais
disponibilizados pelos demônios
Pharmakia (gr) - drogas, poções, venenos


Tais envolvimentos geram prisões
como vícios e medos
Drogas, hipocondria, florais, simpatias, alcoolismo,
cartomancia, horóscopo, passes, levitação, curiosidades
por coisas malignas, gnomos, adivinhações, búzios,
benzimentos, experiências místicas , ufologia,
amuletos, músicas consagradas...
9. LASCÍVIA
 II
Co 12:21; II Pe 2:13; Cl 2:23
 Sensualidade,
luxúria, incontinência,
dissolução, libertinagem
É
uma adoração do eu, do corpo,do
sexo

Pecados nesta área → espírito de
prostituição
engano → afastamento de
Deus

Fortaleza que pode ter sido iniciada por:
– abuso sexual; revistas ou filmes
pornográficos; prostituição; adultério;
fornicação; masturbação; práticas
sexuais anormais; lesbianismo;
homossexualismo; bestialismo

Estas situações podem gerar:
– desinteresse sexual; repugnância
sexual; revolta sexual; obsessão sexual
Obs.: Aquele que está preso à fortaleza da sensualidade precisa de
libertação e de um acompanhamento constante para
permanecer na vitória
“ Se o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente
livres.” (Jo 8:36)
10. MALDIÇÕES
o
o
o
Êx 20.5,6 - “...Não as adorarás, nem lhes darás culto;
porque eu sou o Senhor, teu Deus, Deus zeloso, que
visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e
quarta gerações daqueles que me aborrecem e faço
misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e
guardam os meus mandamentos.”
Dt 30.15-20 - “Vê que proponho, hoje, a vida e o bem, a
morte e o mal; ...que te propus a vida e a morte, a
bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que
vivas, tu e a tua descendência.”
Gl 3.10 – “Todos quantos, pois, são das obras da lei,
estão debaixo de maldição; porque está escrito: Maldito
todo aquele que não permanece em todas as coisas
escritas no livro da lei, para praticá-las.”
o
Hb 6.8 – “...mas, se produz espinhos e abrolhos,
é rejeitada, e perto está da maldição; e o seu
fim é ser queimada.”
o
Tg 3.10 - “De uma só boca procede bênção e
maldição. Meus irmãos, não é conveniente que
estas coisas sejam assim.”
o
2 Pe 2.14 – “...tendo olhos cheios de adultério e
insaciáveis no pecado, engodando almas
inconstantes, tendo coração exercitado na
avareza, filhos malditos...”
o
Ap 22.3,4 - “Nunca mais haverá qualquer
maldição. Nela estará o trono de Deus e do
Cordeiro. Os seus servos o servirão,
contemplarão a sua face, e na sua fronte está o
nome dele.”
Maldição é uma praga ou invocação do mal ou de dano sobre alguém.
Maldizer = mal dizer, dizer mal, falar mal
“ Cristo nos resgatou da maldição da lei,
fazendo-se ele próprio maldição em nosso
lugar, porque está escrito: maldito todo
aquele que for pendurado em madeiro”
Gl 3:13

Tipos de maldições
– permitidas por Deus
– satânicas
– humanas
de forma legal
sem direito legal
de uns para com os outros
para si mesmos
* A origem pode estar fora de nosso
conhecimento, mas Deus nos dá
discernimento quando o buscamos.
• A vitória já foi ganha por Jesus !
é preciso apropriar-se !
LIBERTAÇÃO



A maldição sem causa não se cumpre
(Pv 26:2)
Cristo nos resgatou da maldição
(Gl 3:13)
Deus converte a maldição em bênção
(Ne 13:2)
Enchendo-se do Espírito Santo
e Vivendo em Liberdade
 Permanecer
na liberdade (Gl 5.1,13;
Cl 1.13,14: 1Pe 2.16)
 Intimidade no Relacionamento com
Deus: Oração e Palavra
(Sl 119.9-11; Jo 8.31; 1Jo 2.12-14)
 Andar no Espírito (Gl 5.16-26)
 Despojar-se do velho homem
(Cl 3.1-17)
Enchendo-se do Espírito Santo
e Vivendo em Liberdade
 Resistir
ao diabo (Ef 6.10-17; Tg
4.7)
 Separação do mundo (Gl 6.14;
Tg 4.4; 1Jo 2.16)
 Vida no Corpo (Ef 4.16; Cl 2.19;
Hb 10.25)
Enchendo-nos do Espírito
Santo
Gl 5: 16-26 e Ef 5:18
 Atitudes negativas para com o ES

 resistir
a Ele -At 7:51
 entristecê-lo
 mentir,
- Is 63:10
tentar ao ES - At 5:3
 apagá-lo
- 1 Ts 5:19
 blasfemar
contra Ele - Mc 3:28
 Atitudes
positivas para com o ES
– Encher-se dEle - Ef 5:18
– Viver cheios dEle - At 2:4 ; 4:8,31
– Ser guiados por Ele - Rm 8:14
– Obedecer a Ele - At 5:32
+
Cheios do Espírito Santo →
+ frutos
 O batismo no ES é a experiência
inicial, mas temos que estar cheios
do Espírito Santo constantemente
VIVENDO NA LIBERDADE
2 Coríntios 3.17 – “Ora, o Senhor é o Espírito; e,
onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.”
Gálatas 5.1 – “Para a liberdade foi que Cristo
nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos
submetais, de novo, a jugo de escravidão.”
Gálatas 5.13 – “Porque vós, irmãos, fostes
chamados à liberdade: porém não useis da
liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes,
servos uns dos outros, pelo amor.”
1 Pedro 2.16 – “como livres que sois, não
usando, todavia, a liberdade por pretexto da
malícia, mas vivendo como servos de Deus.”
 Cl
3.1 a 4.6
Para cada coisa que o Senhor nos manda fazer,
ele já realizou uma obra correspondente.
Observemos:

porque fomos ressuscitados com Cristo
– por isto podemos buscar as coisas lá do alto,
onde Cristo vive, assentado à direita de Deus
– porque morremos, e a nossa vida está oculta
juntamente com Cristo, em Deus
– por isto podemos pensar nas coisas lá do alto,
não nas que são aqui da terra
– por isto podemos fazer morrer a nossa natureza
terrena

porque fomos despidos do velho homem e
revestidos do novo homem que se refaz para o
pleno conhecimento, segundo a imagem daquele
que o criou:
– por isto podemos nos despojar do velho homem
– por isto podemos nos revestir do novo homem em
Cristo Jesus
– por isto podemos suportar uns aos outros
– por isto podemos perdoar-nos mutuamente
– a palavra pode habitar ricamente em nós
– podemos nos instruir e aconselhar mutuamente
– esposas podem ser submissas
– maridos podem amar suas esposas
– filhos podem obedecer aos pais
– pais podem educar com sabedoria os seus filhos
– servos podem obedecer aos senhores
– senhores podem tratar os servos com justiça
– podemos perseverar em oração
Cristo já realizou a obra
A perseverança na liberdade de Cristo
é responsabilidade nossa
Devemos diariamente despojar-nos
da natureza pecaminosa e nos revestir
de Cristo
Nossa posição no mundo espiritual
 Quem
sou em Cristo?
 Sou
filho e amigo de Deus
 Fui aceito por Deus
 Estou unido com o Senhor
 Fui comprado por Deus
 Fui adotado como filho de Deus
 Por meio do Filho sou liberto e perdoado
 Sou uma nova pessoa em Cristo
 Sou membro do corpo de Cristo
 Tenho acesso direto a Deus
 Não há condenação sobre a minha vida
 Sou cidadão do reino
 Sou herdeiro de Deus
REVESTINDO-NOS
COM TODA ARMADURA
DE DEUS
Temos que resistir aos ataques de Satanás.
De que forma?
Jesus nos antecedeu na tentação e
não pecou
 Estar preparados para os ataques
e resistir ao diabo com firmeza
 Estar convictos da derrota de
Satanás pela morte de Cristo na
cruz e da nossa posição
“em Cristo”





Cl 2:15 “... E, despojando os principados e as potestades,
publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na
cruz.”
Hb 4:15 “ Porque não temos sumo sacerdote que não
possa compadecer-se das nossas fraquezas, antes foi ele
tentado em todas as coisas, à nossa semelhança , mas
sem pecado.”
Tg 4:7 Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao
diabo , e ele fugirá de vós.”
1 Pe 5:8-9 “ Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso
adversário, anda em derredor, como leão que ruge
procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na
fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão se
cumprindo na vossa irmandande espalhada pelo mundo”
 Fp
1:6 Estou plenamente certo de
que aquele que começou boa
obra em vós há de completá-la
até o Dia de Cristo Jesus
“Portanto, também nós, visto que temos a
rodear-nos tão grande nuvem de
testemunhas, desembaraçando-nos de
todo o peso e do pecado que tenazmente
nos assedia, corramos, com perseverança,
a carreira que nos está proposta, olhando
firmemente para o Autor e Consumador
da fé, Jesus...”
Hb 12:1,2
Download

A CURA DA ALMA

almacura