Profª. Luciana
lucianatreze@hotmail.com
Análise
Sintática
Parte 1
Análise Sintática estuda as
relações estabelecidas entre
os termos de uma oração.
Os termos da oração são:
Sujeito e predicado
Objeto direto e indireto
Adjunto adverbial e adnominal
Agente da passiva
Complemento nominal
Aposto
Predicativo
Vocativo
SUJEITO
Sujeito é o elemento que comanda a
atividade verbal.
Para se identificar o sujeito, basta fazer a
seguinte pergunta ao verbo:
QUEM (QUE) É QUE verbo?
A princípio ele compraria todas florezinhas.
Quem é que compra? ele
ele = sujeito
No caso de Ana, ocorreu sério empecilho.
empecilho
Que é que ocorre? sério empecilho
sério empecilho = sujeito
Tratar a estomatite melhorou seu humor.
Que é que melhora? Tratar a estomatite
tratar a estomatite = sujeito
(oracional)
• Simples
Existem
5 tipos de
sujeito
• Composto
• Oculto
• Indeterminado
• Inexistente
Sujeito simples
Apresenta um só núcleo.
O atleta recebeu a medalha.
sujeito
núcleo do sujeito
predicado
o atleta
atleta
recebeu a medalha
A alta taxa de câmbio dos países europeus com
indústrias têxteis caiu no final do ano passado.
sujeito
núcleo do sujeito
predicado
a alta taxa de ... têxteis
taxa
caiu no final do ano passado
Sujeito composto
Apresenta mais de um núcleo.
O atleta e o técnico receberam as medalhas.
sujeito
núcleos do sujeito
predicado
o atleta e o técnico
atleta; técnico
receberam as medalhas
Sujeito oculto
Apresenta um sujeito implícito, indicado pelo
verbo.
Recebemos a medalha ontem.
sujeito oculto
nós
Falei com o diretor da empresa.
sujeito oculto
eu
Sujeito indeterminado
Trata-se de uma pessoa existente, mas
desconhecida.
O sujeito é indeterminado em
qualquer uma destas situações:
1ª
Verbo na
3ª pessoa do singular
mais o pronome se e
sem objeto direto
2ª
Verbo na
3ª pessoa
do plural
Repare que nestas frases não
se sabe quem pratica a ação.
Falou-se de uma pessoa importante.
Falou-se de pessoas muito importantes.
Observe que os verbos não flexionam mesmo ocorrendo plural após.
2ª Verbo na 3ª pessoa do plural
Falaram que Rita fugiu de casa.
Dizem que a prova será fácil.
Para que o sujeito seja considerado
indeterminado, o texto não poderá ter
apresentado o sujeito ao longo do texto.
Sujeito inexistente
Trata-se de um verbo impessoal, ou seja, não há sujeito, por
isso o verbo permanecerá na 3ª pessoa do singular.
O sujeito é inexistente
principalmente em três situações:
1ª
Verbo haver
(com sentido de existir)
2ª
Verbo fazer
(indicando tempo ou
temperatura)
3ª
Verbo que
expressa fenômeno
da natureza
Com estes verbos não se pode usar a clássica
pergunta QUEM É QUÊ? ao verbo.
Sujeito inexistente
• 1º = Houve mortes.
• 2º = Faz anos já...
• 3º= Choveu muito em 2009.
Exercício:
Assinale a frase cujo sujeito se classifica do mesmo
modo que o da frase "Faz muito calor no Rio o
ano inteiro".
a) Devia haver mais interesse pela boa formação
profissional.
b) Falaram muito mal dos estimuladores de
conflitos.
c) Vive-se bem no clima de montanha.
d) Almejamos dias melhores.
e) Haviam chegado cedo todos os candidatos.
Exercício:
Qual a alternativa em que há sujeito
indeterminado?
a) Comecei a estudar muito tarde para o exame.
b) Em rico estojo de veludo, jazia uma flauta de
prata.
c) Soube-se que o proprietário estava doente.
d) Houve muitos feridos no desastre.
e) Julgaram-no incapaz de exercer o cargo.
Inicialmente veremos os 4
elementos ligados ao verbo.
1. Objeto direto
2. Objeto indireto
Elementos da voz ativa
3. Adjunto adverbial
4. Agente da Passiva
Elementos da voz passiva
analítica
Como se identifica o objeto direto em uma frase:
sintática.
Hoje eu aprenderei análise sintática.
QUEM APRENDE APRENDE ...
objeto direto
Objeto Direto
Mariana comprou uma bicicleta.
A empresa Delta recebeu o prêmio.
Sabemos que o Brasil passa por dificuldades.
Antes de avaliarmos os objetos indiretos, deveremos
saber quais são as preposições, pois os objetos indiretos
são regidos com preposição.
PREPOSIÇÕES
A, ANTE, APÓS, ATÉ, COM, CONTRA, DE, DESDE,
EM, ENTRE, PARA, PERANTE, POR
SEM, SOBRE, SOB, TRÁS
Como se identifica o
objeto indireto em uma frase:
Marianinha
falou com
com Sebastião
Sebastião ee seus
seus irmãos.
irmãos.
QUEM FALA FALA COM ...
preposição
objeto indireto
Objeto Indireto
Adriana falou com o Paulo.
Mostraram o carro para mim.
O pai de Rui gritou comigo.
Adjunto Adverbial
Os alunos aprenderam rapidamente.
Durante a Idade Média, a cultura sofreu.
Hoje o conhecimento comanda o mundo.
Agente da Passiva
A bicicleta foi comprada pela Mariana.
O prêmio foi recebido pela empresa.
As empresas serão movidas a criatividade.
Adjunto Adnominal
O meu carro azul venceu.
Encontramos três canetas ontem.
Artigo
Numeral
Adjetivo
Pronome adjetivo
Locução adjetiva
Complemento Nominal
A avenida é paralela ao parque.
Existe necessidade de carinho.
Exige a presença de
PREPOSIÇÃO
Predicativo
Os alunos são muito inteligentes.
O diretor anda um pouco preocupado.
Exige
VERBO DE LIGAÇÃO
ser / estar
Aposto
Pedro, vencedor da competição, chegou.
A Mônica, minha filha, está linda.
Vocativo
• Chamamento:
• Pedro, a professora chegou.
Exercício
A oração que apresenta complemento nominal é:
a) Os pobres necessitam de ajuda.
b) Sejamos úteis à sociedade.
c) Os homens aspiram à paz.
d) Os pedidos foram feitos por nós.
e) A leitura amplia nossos conhecimentos.
Exercício
Assinalar a oração que começa com um adjunto
adverbial de tempo:
a) Com certeza havia um erro no papel do branco.
b) No dia seguinte Fabiano voltou à cidade.
c) Na porta, (...) enganchou as rosetas das
esporas...
d) Não deviam tratá-lo assim.
e) O que havia era safadeza.
Download

Análise Sintática