Migrando do Windows para o Linux
Primeiros Contatos
Por várias vezes, após apresentações e encontros, muitos colegas e
pessoas se impressiona m com o Linux e com as vantagens que teriam com o uso
dele. O principal motivo é a segurança e o eterno problema de vírus no windows.
Não vou entrar nestas questões, pelo menos neste momento.
O que este artigo se refere é: “O que devo fazer para migrar do
Windows para Linux”. Nosso primeiro contato com computa d ore s é, na maioria das
vezes, um computa d o r já instalado, configurado e pronto para uso. Tudo isso foi
feito por outra pessoa. Então, porque teria que ser diferente com o Linux? Hoje em
dia, já é possível encontrar lojas que vendem o computa d or com o Linux, e pessoas
que fazem este serviço. Exatamente igual ao Windows. Mas se você está interessad o
a fazer isto sozinho e não tem nenhu m a experiência prévia este artigo é para você.
Se você, é completa me nte novato, a minha sugestão é : “vá com calma”.
Indiferente a migração ou não, eu sempre sugiro: usem “software livre”
ou “software aberto”. Existem vários motivos para tal, mas o que me chama a
atenção, é quando da descobertas de falhas, elas existem. O tempo de resposta
para correções é sempre muito mais rápida que em outras modalidades de
software. Para quem quiser se aprofun dar no por que da afirmação acima, leia:
“The Cathedral and the Bazaar” (A Catedral e o Bazar) por Eric S. Raymond
http: / / www.catb.org / ~ e s r / w ritings / c at he d r al - bazaar / lá você encontra a versão
em português.
Continuand o, quando escuto a pergunta que:
- “Eu uso o programa D no Windows. Este programa roda no Linux?”.
A resposta é:
- “Não, mas existe o progra ma A que roda no Linux que faz a mesma
coisa e é compatível. E tem também o programa B que roda nos dois”.
Desta forma, eu sempre oriento as pessoas a instalar programa s que
funcionem nos dois sistemas operacionais.
Para começar:
- Netscape, Mozzila, Opera e outros. . Eles substitue m o Internet
Explorer e o Outlook. Eu pessoalmente utilizo o Netscape. (Tem também o Firefox
que substitui o Internet Explorer)
- OpenOffice . Ele substitui o Office da MS, ou seja, o Word, Excel e
PowerPoint.
Quando fizer o download para instalar, preste atenção na lingua em
que o software está implementa do. Normalmente a última versão está em inglês
mas a versão da em português é mais antiga, porém é mais estável e com menos
bugs.
Faça uso dos programas acima. Para qualquer navegador de internet
que você use, acredito, não haverá nenhum problema. Para o OpenOffice algumas
questões devem ser observadas. Você será capaz de manipular qualquer arquivo
feito pelo Word, Excel e pelo PowerPoint. Contudo, poderá haver algumas
Alexandre Lima
prof.alexandre.lima@gmail.com
1/ 2
Migrando do Windows para o Linux
diferenças no formato, margens, letras, animações, mas nada que impeça a
compreenção do arquivo. Você poderá gerar arquivos no formato Word, Excel e
pelo PowerPoint e esses serão lidos normalme nte por estes programas.
Em uma empresa, a sugestão que ocorra a migração completa para
OpenOffice. Isto já ocorreu no metro de São Paulo em novembro de 1999, leia
http: / / www.metr o.sp.gov.br / diversos / d o w nloa d / t e d ow nload.asp . A partir desde,
muitas empresas seguiram estae exemplo de sucesso.
até
Alexandre Lima
prof.alexandre.lima@gmail.com
http: / / p r of alexandrelima.pre dialnet.com.br
versão 1.00 em 3 de abril de 2005
versão 1.01 em 15 de abril de 2005
Alexandre Lima
prof.alexandre.lima@gmail.com
2/ 2
Download

Migrando do Windows para o Linux