DIGIT.UL
COLECÇÕES DIGITAIS E
REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL
DA UNIVERSIDADE DE LISBOA
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
UL 23 | Abril | 2008
Eugénia Manuela Santos
http://www.fl.pt | [email protected]
Universidade de Lisboa
2
1. Introdução
2. Objectivos
3. Plataforma escolhida: DigiTool
4. Colecções
4.1 Tipos de colecções
4.2 Organização e estrutura
5. Objectivos imediatos
6. Repositórios Institucionais
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Sumário
DIGIT.UL
3
Com a nomeação, em Julho de 2007, do Grupo de Trabalho para
a Criação e Desenvolvimento do Repositório Institucional (RI) da
UL, pelo Reitor da Universidade de Lisboa, deu-se início ao
Projecto Digit.UL.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
1. Introdução
DIGIT.UL
4
Criação e desenvolvimento de colecções de
documentos digitais, com o objectivo de os
armazenar, gerir, preservar e divulgar a nível
mundial, via Internet, contribuindo, deste modo, para
a protecção e valorização da memória intelectual da
UL e para o aumento da visibilidade, acessibilidade e
impacto do seu valor científico e cultural.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
2. Objectivos
DIGIT.UL
3. Plataforma escolhida - Digitool, da Ex-Libris.
O Digitool é um sistema de gestão e de pesquisa de conteúdos.
5
 Metadados associados aos objectos digitais;
 O acesso e a apresentação desses objectos digitais;
 A base de dados de utilizadores.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
 Como instrumento de gestão, possibilita gerir:
 Objectos digitais, incluindo ficheiros de texto, imagens,
áudio e vídeo;
DIGIT.UL
6
 Pesquisar e navegar nos metadados;
 Efectuar pesquisas avançadas em texto livre nos
documentos em texto integral;
 Visualizar e/ou activar os objectos digitais de interesse;
 Guardar, imprimir e enviar por e-mail, os registos
pretendidos.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
 Como instrumento de pesquisa, permite ao utilizador final:
DIGIT.UL
DigiTool: arquitectura
7
Apresenta:
 Um conjunto de módulos para utilização interna (staff):
Meditor
 Uma interface web, para pesquisa: Resource Discovery
 E um módulo web para auto – depósito.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
 Tem uma estrutura modular, sendo cada modulo desenvolvido
para atender às diferentes necessidades, funções e fluxos de
trabalhos relacionados com o ciclo de vida de um objecto digital
DIGIT.UL
8
 Metadados Dublin Core – para a descrição dos documentos;
 Protocolo Open Archives Iniciative Protocol for Metadata
Harvesting (OAI-PMH), que permite a interoperabilidade com
outros sistemas; e
 Identificadores persistentes que permitem referenciar de
forma persistente os recursos e a recuperação dos mesmos
no futuro.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
 Implementa, ainda:
9
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
DIGIT.UL
MEDITOR
10
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
DIGIT.UL
DIGIT.UL – web
DIGIT.UL
11
 No âmbito deste projecto, incluem-se dois tipos de colecções
digitais:
1. Colecções de documentos, que embora constituam
património da UL, não são produção intelectual desta
instituição;
2. Colecções de documentos que formam a produção
científica desta comunidade universitária. Constituem o
Repositório Institucional da Universidade de Lisboa
(RIUL).
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
4. Colecções
DIGIT.UL
Colecções: organização e estrutura
12
 A colecção Repositório Institucional (RI) estrutura-se por
tipologia documental; cada uma destas sub–colecções remete,
por sua vez, para as Faculdades, Institutos, Centros de
Investigação e Laboratórios associados da UL.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
 As colecções estão organizadas tematicamente e/ou por
tipologia documental;
DIGIT.UL
13
 Recolha e inserção de conteúdos digitais, para
desenvolvimento das colecções já definidas;
 Divulgação e promoção do projecto junto da comunidade UL;
 Formação dos técnicos das Bibliotecas da UL;
 Definição de uma política institucional de auto - arquivo para
a Universidade de Lisboa;
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Objectivos imediatos
DIGIT.UL
14
 Participação no Projecto Meta – Repositório/Portal nacional
de literatura científica, juntamente com as Universidades
do Minho, Évora, Porto, UTAD e ISCTE;
 Interligação com o sistema de gestão de currículos
científicos DeGóis.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Objectivos imediatos
DIGIT.UL
15
http://digitool01.sibul.ul.pt
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Endereço electrónico do DIGIT.UL
5. Repositórios institucionais
16
 Podem ser criados de forma individualizada ou por grupos de
instituições que trabalhem numa base cooperante
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
 São sistemas de informação que servem para armazenar,
preservar e difundir a produção intelectual de uma determinada
instituição, normalmente uma comunidade universitária.
17
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Repositórios institucionais
Inserem-se no movimento conhecido por Open Acess Iniciative
(OAI), que visa promover o Acesso Livre à literatura científica e
académica
 Em linha
 De modo imediato
 Livre (sem restrições)
 Grátis
 Permanente
 Permitindo a qualquer utilizador ler, descarregar (download),
copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou referenciar o texto
integral dos documentos (link).
18
 Os repositórios de Acesso Livre constituem uma das vias
(a via verde) para o auto-arquivo da literatura científica;
 O movimento de criação de Repositórios institucionais
desenvolveu-se de forma significativa a partir de 2002,
após o forte impulso das principais Declarações
internacionais sobre o Acesso Livre (Declarações de
Budapeste, de Bethesda e de Berlim);
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Repositórios institucionais
As Declarações OA – Os 3 B’s
19
Bethesda Statement on Open Access Publishing –
Junho 2003
http://www.earlham.edu/~peters/fos/bethesda.htm
Declaração de Berlim sobre o Acesso Livre ao
Conhecimento nas Ciências e Humanidades – Outubro
2003
http://oa.mpg.de/openaccess-berlin/berlindeclaration.html
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Budapest Open Access Initiative – Dezembro 2001
http://www.soros.org/openaccess/
20
 Para além destas Declarações, o auto-arquivo pelos seus
autores em repositórios de livre acesso tem vindo a ser
recomendado por diversos documentos governamentais ou
parlamentares em vários países; e
 a ser definido como política e posto em prática por inúmeros
centros de investigação, organismos financiadores de
investigação e universidades.
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Repositórios institucionais
21
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Declaração do CRUP (28 de Novembro, 2006)
22
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Mapa dos Repositórios
23
UL 23 | Abril | 2008
Jornada de divulgação “Serviç[email protected]
Fim da apresentação
[email protected]
Download

digit.ul - Universidade de Lisboa