“Cobertura” de competências da epidemiologia
aplicada - em escolas de saúde pública
selecionadas
Competências “mínimas” em Epidemiologia Aplicada
Habilidade/domínio-
Avaliação e
Análise.
Epidemiologista aplicado[prático, de campo]:Um epidemiologista que
trabalha em agencia de saúde pública governamental (isto é.,agencia com
mandato legal para a condução de atividades da saúde pública )
maranhao@ensp.fiocruz.br
emaranhao@hotmail.com
Eduardo Severiano Ponce Maranhão
F.JPMa
A) Reconhece os problemas de Saúde pública que afetam a população.
•
•
•
•
•
•
•
•
1)Reconhece a existência de um
problema de saúde pública
a)Lista os dados relevantes e
as fontes de informação internas e
externas ao sistema de saúde
pública
I
X,S
•
•
•
•
b) Apóia na síntese
dos dados existentes e informação
dentro de determinados números
de casos ou resultados na população
X
X,S
•
•
•
•
•
•
c) Apóia e dá assistência na
determinação de valores limiar
(ex:linha de base de carga de
doença,prevalência de
comportamento de risco) para
ações da saúde pública
I
I,S
S
I,S
T
•
•
•
3)Colabora com outras agencias
interna e externa para identificar
o problema
S
I,S
S
I,S
S
[
1
]
2
]
3
S
S
]
4
]
5
]Ensp ]
X,S
I
I
X,S
X
S
S
S
B)Conduz atividades de vigilância[1]
[
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
2) Identifica os dados necessários
para vigilância
a) Cria definições de caso(s)
baseado em pessoas,lugar e
tempo
b) Reconhece o uso
potencial dos dados para
informar os
sistemas de vigilância
3) Implementa novos ou
sistemas de vigilância existentes
a) Define objetivos e usos de
sistemas de vigilância
b) Testa coleção de dados,
dados arquivados[estocados]
e métodos analíticos como
indicado
c) Apóia trabalhando
o sistema de vigilância
d) Coleta dados para a
verificação dos parâmetros
definidos, do sistema de vigilância
e) Classifica os casos potenciais
de acordo com a
definição epidemiológica de caso
1
]
2
]
3
]
4 ]
5 ]Ensp ]
X
X,S
X,S
X,S
X,S
S
I
X,S
S
I,S
I,S
S
X
X,S
S
X,S
X,S
T,S
I
I,S
S
I,S
I,S
S
S
S
S
S
S
S
S
S
S
S
S
S
I
I,S
I,S
I,S
I,S
S
B)Conduz atividades de vigilância
[continuação-2]
[
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
f) Entrevista pessoas com doença
para obter a informação necessária
g) Apóia o monitoramento da
qualidade dos dados
h) Mantém boas relações
de trabalho com as instituições
notificadoras.
i) Fornece realimentação
[feed-back] as instituições ou
outras organizações ou pessoas
que necessitam saber sobre
os dados ou o sistema
4) Informa achados[resultados]
chaves do sistema de vigilância
a) Fornece resultados do sistema
para epidemiologistas sênior
b) Reconhece as implicações
para os programas de saúde
pública
c) Apóia o desenvolvimento
das conclusões com os dados
da vigilância
d) Comunica os resultados
para a equipe sênior
1
]
2
]
3
]
4 ]
5 ] Ensp ]
-
T,S
S
S
S
T,S
T,S
T,S
S
T,S
S
T,S
S
S
S
S
T,S
S
S
T,S
T,S
S
T,S
S
-
-
S
S
-
S
I
X,S
S
I,S
T,S
T,S
I
T,S
S
I,S
T,S
S
-
-
T
-
-
-
B)Conduz atividades de vigilância
[continuação-3]
•
[
•
•
5) Apóia[ajuda] avaliação de sistemas de
vigilância
•
•
•
•
a) Coleta os dados necessários
para avaliação dos sistemas
de vigilância
usando os guias e métodos nacionais
1
]
2
]
3
]
4 ]
5 ]Ensp ]
-
T,S
S
S
-
S
•
•
•
b) Apóia[ajuda] preparando recomendações
para modificação dos sistemas
de vigilância com base em avaliação
-
S
S
S
S
S
•
•
•
•
d) Apóia[ajuda] implementando
mudanças nos sistemas de
vigilância baseadas
em avaliação
-
T,S
S
S
-
S
C)Identifica condições agudas e crônicas ou outros resultados adversos na população[1]
•
[
•
•
1) Apóia[ajuda] a condução de avaliação
da situação de saúde da população
•
3) Caracteriza processos investigativos
•
•
•
•
1
]
2
]
3
]
4 ]
5 ]Ensp ]
-
T,S
S
I,S
S
S
a) Reconhece os diferentes princípios
de investigação de endêmica/esporádica
doença ou conglomerados de doenças
versus surtos agudos
X
X
X
X
X
T,S
•
•
•
•
b) Lista os maiores desenhos de estudos
epidemiológicos,incluindo as fortalezas
e as fraquezas de cada um deles
4) Cria hipóteses
X
I
X,S
X,S
S
S
X,S
I,S
X
X
•
•
•
•
5) Apóia[ajuda] no desenho de investigação
a) Identifica população alvo para
investigação
d) Cria definições de casos
X
X
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X
S
T,S
S
C)Identifica condições agudas e crônicas ou outros resultados adversos na população
[continuação 2]
[ 1
•
•
•
•
•
6)Conduz investigações dirigindo-as
a)Responde num período de tempo
consistente com o problema de
saúde pública que
está sendo investigado
•
•
d)Usa métodos para encontrar casos e
outros objetos vinculados a
investigação
•
•
•
-
]
2
]
3
]
4 ]
5 ]Ensp ]
S
X
S
S
I.S
T
T,S
X,S
S
S
T,S
e)Usa instrumentos para coleção de
dados que foram construídos
para investigação
T
I,S
X,S
T,S
T,S
T
•
•
f)Usa métodos identificados
de amostragem
T
T,S
S
T,S
T
•
•
g) Apóia[ajuda] a coordenação necessária
entre todos os grupos envolvidos
na investigação
-
T,S
X,S
T,S
S
S
T,S
D)Aplica princípios de boa ética/ prática legal como relacionado nos desenho do estudo e
coleta de dados ,disseminação[1]
[
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
1) Segue as normas,guias e princípios
éticos quando planeja estudos e
conduz pesquisas ,coleta , dissemina
e usa dados
a) Coleta e usa dados de saúde pública
incluindo indivíduos identificados,
somente quando claramente justificado
b) Balanceia [ equilibra ] entre o
respeito pelas pessoas e
a privacidade individual com o risco
de ameaça a comunidade
c) Aplica o código de ética da saúde
pública na coleta, gerenciamento,
disseminação e uso dos dados e
da informação, incluindo os princípios
de justiça,oportunidade e transparência
de propósito
2)Aplica as leis importantes [relevantes]
para coleta de dados, gerenciamento,
disseminação e uso dos dados e informação
4)Descreve pesquisas em indivíduos
humanos
5)Aplica o código de ética em pesquisa
como é indicado[recomendado]
6)Traz os potenciais conflitos
de interesse a atenção dos
epidemiologistas “sênior”
1
]
2
]
3
]
4 ]
5 ] Ensp ]
I
X,S
S
I,S
T,S
S
I
X
S
I,S
S
X
T
X
T,S
S
S
-
S
T,S
T,S
T,S
I
X,S
T,S
S
T,S
I
X,S
S
S
S
T
I
I,S
X,S
S
S
S
T
T,S
S
D)Aplica princípios de boa ética/ prática legal como relacionado nos desenho do estudo e
coleta de dados ,disseminação
[continuação 2]
•
[
1
]
2
]
3
]
4 ]
5 ]Ensp ]
•
•
•
7) Aplica conhecimento das leis
sobre privacidade para
proteger a confidencialidade
I
X,S
S
S
S
S
•
•
8)Conhece os procedimentos
éticos requeridos
-
T,S
I,S
S
S
S
•
•
•
•
•
9)Verifica as potenciais violações aos
princípios éticos no preparo e submete
as publicações a atenção
dos epidemiologistas “sênior”
I
S
S
S
S
I
E)Organiza dados de vigilância, investigações e outras fontes[1]
•
•
•
•
1)Apóia[ajuda] a definição de
dados de base
[database] requeridos quando indicado
•
•
•
•
•
b)Adere aos padrões nacionais
para codificar
as variáveis dirigidas para assegurar
a confiabilidade[acurácia] e
facilitar a análise
T
X,S
S
•
•
•
•
c)Usa técnicas de entrar dados
para assegurar
a acurácia [confiabilidade] e
a reprodutibilidade
X
I,S
•
•
d)Conduz a validação na entrada
dos dados
X
•
•
e)Faz a limpeza dos dados e
a correção dos erros
X
[ 1 ] 2
]
3
]
4 ]
5 ] Ensp ]
I,S
S
T,S
X,S
S
X,S
I
S
S
S
T,S
I
S
X,S
X,S
S
T,S
E)Organiza dados de vigilância, investigações e outras fontes
[continuação 2]
•
•
2)Mantém os dados base[database]
•
a)Mantém dados originais
-
X,S
S
S
T,S
•
•
•
c)Segue procedimentos estabelecidos
para criar novas variáveis quando
necessário para apoiar a analise de dados
-
I,S
X,S
S
X,S
T,S
•
•
•
•
e)Segue procedimentos estabelecidos
para vincular dados relacionados e os
coloca dentro de
grupos de dados de analise –específica
-
X,S
S
I,S
S
S
•
•
g) Documenta todas as mudanças
dos dados base[database]
-
X,S
S
S
T,S
S
•
•
•
•
•
h) Aplica práticas de segurança (acesso
restrito) e dados estocados estáveis
(registros de rotina),
dados base redundantes
[database redundancy] )
S
S
X,S
S
] 1 ] 2
-
T,S
]
3
]
4 ]
5 ]Ensp ]
I,S
F)Analisa dados de uma investigação ou estudo epidemiológico
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
] 1 ] 2
1) Usa plano de análise de dados
d) Reconhece / descreve as hipóteses
[proposições] usadas na interpretação
dos resultados
2) Conduz a análise de dados
a) Computa as freqüências e
estatística descritiva
b) Desenvolve analises de taxas e
ajustamento [padronização]
(como orientado)
c) Computa / calcula sensibilidade,
especificidade,valor preditivo positivo,
incidência,prevalência
e fração atribuível[risco]( como orientado)
e) Desenvolve análise de medidas
de associação (Ex: RRs e ORs),
intervalos de confiança e valores de p
[p values]
i) Cria informes epidemiológicos padrões
e componentes necessários
incluindo tabelas,gráficos e quadros
]
3
]
4 ]
5 ]Ensp ]
X
X,S
S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,S
X,I
I,S
X,S
I,S
I,S
I,S
G) Resume resultados de analise e desenha as conclusões
•
•
•
3) Identifica resultados[achados]chaves
para o estudo
[ 1
] 2
X
I,S
]
3
X,S
]
4 ]
I,S
5 ] Ensp ]
X,S
I,S
H) Apóia desenvolvendo as intervenções recomendadas baseadas em evidência e as medidas
de controle em resposta aos achados[resultados] epidemiológicos
•
[ 1 ] 2
•
•
1) Define parâmetros culturais/
sociais / políticos para as intervenções
recomendadas
•
•
•
a)Descreve os dados do estudo
de maneira que façam clara
a racionalidade para as recomendações
I
I,S
]
3
X,S
]
4 ]
I,S
5 ] Ensp ]
X,S
S
I)Apóia a avaliação de programas
•
•
•
•
•
3)Coleta dados da vigilância
epidemiológica e outros dados para
uso no monitoramento dos objetivos e
resultados do programa
T
T,S
X,S
T,S
S
S
•
•
•
4)Apóia[ajuda] o progresso do monitoramento
do programa através dos objetivos e
resultados
I
I,S
S
I,S
S
S
•
•
•
5)Comunica a informação sobre o
progresso dos objetivos do programa
e resultados para os gerentes
S
S
S
S
S
] 1
-
] 2
]
3
]
4 ]
5 ] Ensp ]
Resultado
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
X - O curso cobre o tema, os estudantes devem ter
bom entendimento e competência .
I - O curso introduz o tema, tem leitura dedicada ao
tema e possibilidade de trabalho pós aula,[ trabalho
de casa].
T - O curso aborda o tema, mas não aprofunda a
discussão.
S - Alguns estudantes obtém “cobertura” prática e
experiência de campo ou por esforço próprio [ só
estudando por conta própria]
________________________________________Obs:Devido a variabilidade no nível de “cobertura”
da competência em um curso particular, os níveis
de cobertura foram consolidados como apresentado
acima.
---------------------------------------------------------------1-Johns Hopkins University Bloomberg Scholl of
P.H-USA
2-University at Albani SUNY Scholl of P.H-USA
3-University of California at Berkeley Scholl of P.HUSA
4-University of Illinois at Chicago Scholl of P.H-USA
5-University of Washington Scholl of P.H and
Community Medicine- USA
Ensp- Escola Nacional de Saúde Pública-Brasil
1Hopkins
X = 37,7 %
I = 40,0 %
T =15,5 %
S = 22,2 %
2 Albani
X = 42,6 %
I = 18,0 %
T = 19,6 %
S = 90,0 %
3 California
X = 32,2 %
I = 1,6 %
T = 6,4 %
S = 98,3 %
X+ I =77,7 %
X+ I = 60,6 %
X+ I = 33,8 %
4Chicago
X = 22,5 %
I = 27,4 %
T = 8,0 %
S = 95,1%
5 Washington
X = 30,5 %
I = 6,7 %
T = 22,0 %
S = 89,8 %
Ensp
X = 11,2 %
I = 12,9 %
T = 25,8 %
S = 83,8 %
X + I = 50,0 %
X + I = 37,2 %
X + I = 24,1%
Limitações / comentários
•
É importante comentar as limitações desta análise.
•
•
1-Dos EUA só existe 5 escolas de S.P das 40 escolas de Saúde pública acreditadas.
Das 5 escolas dos EUA – 4 são instituições públicas e 1 é instituição privada [ Hopkins ]
•
A metodologia para Avaliação da “Cobertura” de Competências de Epidemiologia AplicadaCurrículo e Projetp Prático é uma aproximação.
O uso de níveis de “cobertura”, como apresentado não prova ser totalmente, uma representação
acurada da profundidade da “cobertura” de competência.
•
•
Uma questão importante permanece certamente Que quantidade de tempo é suficiente p/
assegurar que os estudantes [os mestrandos] adquiram uma particular competência [em
epidemiologia aplicada] ?
•
Quanto a Ensp, lamentavelmente, ainda não pôde ser comparada com nenhuma das Escolas
de S. P brasileiras [Ex: Escolas de Saúde Pública de São Paulo;Minas
Gerais,Bahia,Pernambuco,Santa Catarina e outras com mestrado.[na dimensão epidemiologia
aplicada]).
•
Seria importante fazer a experiência [comparação] entre as escolas de saúde pública brasileiras!
[ o ensino de epidemiologia- ” Applied Epidemiology ” .]
•
Mas, já dá para se ter uma idéia ! 
[ da nossa situaçãoa Ensp ]
Referencia
•
•
James M. Crutcher,Applied Epidemiology Competencies : Perspectives of State Health Officer.”
Public Health Reports.2008 Supplement 1,Volume 123,11-12
•
APSH / CDC / CSTE - Applied Epidemiology Competencies Curriculum and Practicum ProjetTask Force Report, Washington, DC- 2008 [ Association of Schools of Public Health / CDC –
safer-healthier-people / Council of State Territorial Epidemiologists ] - USA
•
Catálogo de Cursos 2009- FIOCRUZ – Ensp , p 17 – 22 –Rio de Janeiro - Brasil
•
•
•
http://ensp.fiocruz.br/portal-ensp/pos-graduacao/site/?=1
http://ensp.fiocruz/portal-ensp/pos-graduacao/site/?=2
http://ensp.fiocruz/portal-ensp/pos-graduacao/site/?=3
•
•
•
Obs:Material elaborado e adaptado para discussão sobre ensino de epidemiologia na Ensp / Fiocruzp/ apresentação no Dpto de epidemiologia e métodos quantitativos em saúde –Ensp / Fiocruz
2008
Download

Competências em Epidemiologia Aplicada Habilidade/domínio