“Responderam eles: Jamais alguém
falou como este Homem.” (Jo 7:46)
Muitas das declarações de Jesus eram
muito controvertidas porque não se
enquadravam com as tradições
populares. Mesmo hoje, algumas das
palavras de Jesus parecem difíceis de
seguir e difíceis de aplicar ao nosso
“estilo de vida” normal, isso porque o
homem, à medida que passa pelo tempo,
tem se distanciado ainda mais de Deus.
O Desafio para os cristãos de hoje:
Seguir as declarações e ensinos de
Jesus – mesmo quando impopulares
Sobre a questão do casamento e
do divórcio
Havia duas escolas de pensamento
entre os fariseus: Hillel e Shammai.
Hillel - esta ensinava que um homem
podia se divorciar de sua esposa por
motivos triviais, tais como queimar a
refeição, etc...
Shammai - ensinava que você só podia
se divorciar por falta de modéstia ou
conduta indecente.
Jesus declarou: “Por esta causa deixará
o homem pai e mãe e se unirá a sua
mulher, tornando-se os dois uma só
carne. De modo que já não mais dois,
porém uma só carne. Portanto, o que
Deus ajuntou não o separe o homem”
(Mt 19: 5 e 6).
As únicas aberturas bíblicas para a
ruptura do casamento são:
Morte de um dos cônjuges
Infidelidade conjugal por uma das
partes, e mesmo havendo
infidelidade, por amor aos filhos, é
aconselhado que se trabalhe a
reconciliação.
Nota: Biblicamente está claro que não
estava nos planos de Deus o
divórcio. O que se vê hoje nas
mídias em geral, e como reflexo, na
sociedade, com respeito ao
assunto, é uma aberração satânica
a fim de ridicularizar o nome de
Deus e trazer transtornos
irreversíveis para o ser humano,
criado a imagem de Deus.
Para aqueles que não querem se
enquadrar nesta realidade, o
conselho de Jesus é:
“Nem todos são aptos para
receber esse conceito, mas,
apenas aqueles a quem é dado...
há aqueles que se fizeram
eunucos por causa do reino dos
céus” (Mt 19: 11 e 12).
Mt 18: 21, 22
Jesus aconselhou que os
discípulos deveriam perdoar
não só sete vezes uma
pessoa, mas, setenta vezes
sete. Será que Jesus estava
limitando o perdão a
quatrocentos e noventa
vezes? O que Jesus queria
ensinar?
Jesus morria na cruz sob fortes
maltratos, mesmo assim
pronunciou: “Pai, perdoa-lhes!” (Lc
23: 34).
A lição do perdão na Bíblia é clara:
Para recebermos o perdão
precisamos perdoar, Jesus explica
isso na parábola que está em S.
Mateus 18:23-35.
Um homem devia 10 mil talentos (R$
700.000.000,00) ao rei e o rei lhe
perdoou. O homem perdoado
encontra um amigo que lhe deve
100 denários (R$ 1.200,00) e não
perdoa, manda o amigo para
prisão. O rei manda chamar
aquele que não perdoa o amigo e
diz: “Como você tem coragem de
fazer o que fez?
Perdoei-te uma dívida de setecentos
milhões e você não tem coragem de
perdoar uma de hum mil e duzentos
reais, você vai ficar na prisão até a
morte.”
Resumo: Deus só poderá nos perdoar
se estivermos dispostos fazer o
mesmo.
“Vende tudo que tens, dá-o aos
pobres” (Lc 18:22)
Por que Jesus falou tanto a
respeito do problema com as
riquezas? O dinheiro tem todas
as características de um deus:
1. Por dinheiro, as pessoas matam,
traem, corrompem, se prostituem,
mentem, enganam, roubam,
pervertem a verdade, rejeitam ou
desconsideram evidências,
facilitam injustiças e se
transformam em criaturas que elas
nunca pensaram existir.
2. O dinheiro silencia os lábios,
paralisa as mãos e congela o
coração, cegando a visão.
3. Viver para o dinheiro, não
importa se muito ou se pouco, é
viver para nós mesmos.
4. Às vezes, dizemos que
"usamos" o dinheiro, quando na
verdade, é o dinheiro que nos
usa, porque ele nos transforma
em seus escravos, subordina
nossas afeições, alvos e
propósitos na vida. (Citações
do Pr. Amim Rodor)
Agostinho, o filósofo cristão,
disse: “Quem tem Deus, tem
tudo, quem não tem Deus, não
tem nada. E aquele que tem
Deus e tem tudo, não tem mais
do que aquele que tem Deus e
não tem nada."
Onde você se encontra na
afirmação de Agostinho?
Qual é a noção bíblica de perfeição?
Quando Jesus diz no sermão do
monte, em São Mateus 5:48
“Portanto, Sede vós perfeitos
como perfeito é o vosso Pai que
está nos céus”, o que Jesus quis
dizer com tal afirmação?
É possível ser perfeito de acordo
com S. Mateus 5:48?
Considerando o contexto do verso
podemos responder de três formas:
1. SIM, É POSSÍVEL, se entendermos
perfeição no sentido bíblico, como
maturidade cristã, como perfeição
relativa, tendo em conta o avanço em
nossa marcha para o Reino. Perfeitos
não são os que pensam que "já
chegaram", mas os que estão
avançando para níveis mais altos de
dedicação a Deus, de integridade e
2. NÃO, NÃO É POSSÍVEL, se por
perfeição se entende impecabilidade
total.
3. NÃO É POSSÍVEL, se queremos
dizer em sentido absoluto, "assim
como Deus é perfeito". Jamais a
criatura, nem nesta vida, nem na
eternidade, se tornará perfeita em
sentido absoluto, como Deus é
perfeito. (Comentários Dr. Amim
Rodor)
“Quem ama seu pai e sua mãe
mais do que a Mim, não é digno
de Mim; quem ama seu filho ou
sua filha mais do que a mim não
é digno de mim” Mt 10:37.
Por que Jesus se mostra tão
exigente? Por que é tão
importante priorizar Deus na vida,
mais do que as pessoas mais
importantes?
O que muitas pessoas não
entendem é que, quando
realmente os filhos, esposos,
esposas, etc., colocam Jesus
Cristo em primeiro lugar na sua
vida, eles serão melhores filhos,
melhores esposos e esposas,
infinitamente mais devotados,
mais leais, mais fiéis, mais
atenciosos, mais obedientes aos
pais, e mais devotados aos
outros laços de parentesco.
Devemos honrar a Deus e se o
honramos honraremos nossos
pais:
Um filho visitava o pai num asilo,
que sofria de Alzhaimer...
Alguém que o observava lhe
disse: "Por que você faz isso?
Ele nem sabe quem é você!" Ao
que o filho respondeu: "É
verdade... Mas eu sei quem eu
Filhos devem notar que o
mandamento não diz que honra é
devida aos pais, apenas quando
eles apreciam o que é feito por
eles; se são ou foram bons pais;
se "sentimos" que devemos
cuidar deles; se outros membros
da família fazem a sua parte, ou se
foram pais perfeitos, etc. O
mandamento diz apenas: "Honra
o teu pai e a tua mãe..." Faça isto
e ponto final!
Amigo, você tem honrado a
Deus honrando sua família?
Que a bênção de Deus seja
sobre você!
Download

PowerPoint Portugués