ATENÇÃO
A Turbo Roda se utilizada fora das condições sitadas nas tabelas
técnicas paginas 16 a 20, perderá a garantia.
A TURBO RODA BETTA é um equipamento patenteado, PATENTE n°
MU 7903106-4 qualquer violação contra os direito da Propriedade
Industrial como cópia e modificação, implicará nos crimes tipificados no
artigo 183 e seguintes da lei nº 9279 de 14 de maio de 1996.
Deficiências ou danos ao equipamento causados por erros na coleta de
dados ou na instalação serão de total responsabilidade do comprador o qual
arcará com os custos relativos à substituições, alterações, fretes, etc.
O TERMO DE GARANTIA DA TURBO RODA encontra-se no manual
de manutenção que acompanha esse equipamento.
A BETTA RESERVA-SE O DIREITO DE ALTERAR, SEM AVISO PRÉVIO,
AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESSE MANUAL
BETTA HIDROTURBINAS IND. LTDA.
RUA ALFREDO TOSI, 1600 - CAIXA POSTAL 278
CEP 14.403-180 - FRANCA - SP FONE/FAX: (16) 2104-5522
e-mail: betta@bettahidroturbinas.com.br
www.bettahidroturbinas.com.br
MANUAL DE INSTALAÇÃO
TURBO RODA
TR 400
ÍNDICE
1- CARACTERÍSTICAS DO EQUIPAMENTO
TURBO RODA TR 400
1 - Características do Equipamento Turbo Roda TR 400................................................................. 02
2 - Turbo Roda TR 400 - Instalação.................................................................................................... 03
3 - Avaliação do potêncial Hidráulico destinado ao funcionamento da Turbo Roda..................... 04
3.1- Como medir o nível de acionamento.......................................................................................... 04
3.2- Como medir a vazão de acionamento........................................................................................ 05
3.3- Comprimento do tubo de acionamento...................................................................................... 05
3.4- Como medir o desnível de bombeamento.................................................................................. 05
3.5- Comprimento da Tubulação de recalque................................................................................... 05
4 - Tubo de adução para a Turbo Roda.............................................................................................. 06
4.1- Tabela para escolha do diâmetro do tubo de adução................................................................ 06
5 - Captação de água para a Turbo Roda.......................................................................................... 06
6 - Apoio para o tubo de adução......................................................................................................... 07
7 - Montagem do tubo de adução no bico injetor.............................................................................. 07
8 - Construção da laje para fixação da Turbo Roda......................................................................... 08
8.1- Definição da área...................................................................................................................... 08
8.2- Montagem da forma de madeira e preparação da cama com brita.......................................... 08
8.3- Montagem da armação.............................................................................................................. 09
8.4- Montagem da TR 400 sobre a base............................................................................................ 10
9 - Montagem dos decantadores.......................................................................................................... 11
9.1- Bombeamento no sentido do tubo de adução............................................................................ 12
9.2- Bombeamento no sentido contrário do tubo de adução............................................................ 12
9.3- Inversão no sentido de bombeamento - Giro do cabeçote 180°................................................ 13
A Turbo Roda Betta TR400 é um dos produtos mais versáteis do mercado,
atende com um só equipamento diversos aproveitamentos hidráulicos. Pode
trabalhar desde 1,5 até 8,0m de queda e diferentes vazões desde 1 até 8
litros/segundo. Excelente relação custo/benefício e grande flexibilidade fazem da
Turbo Roda Betta uma solução fantástica para sua propriedade.
Por utilizar princípio de Turbina Hidráulica, além da alta eficiência, existe a
possibilidade de conseguir maior vazão bombeada, através do aumento da queda
d'água. Para conseguir maior queda d'água, basta aproveitar o desnível natural do
terreno aumentando o comprimento do tubo de adução da roda. Se fixada a vazão
bombeada, quanto maior a queda d’água conseguida, menor será a vazão necessária
na roda.
A transmissão da TR 400 é através de acoplamento direto eliminando correias
e qualquer outro tipo de transmissão.
Geralmente a vazão disponível na propriedade oscila muito conforme a época
do ano, pensando nisso a Betta desenvolveu duas possibilidades de controle de
vazão, fornecendo com o equipamento um complemento redutor. O bico sem
complemento redutor utilizará uma vazão de aproximadamente 4 polegadas e o
bico com o complemento redutor utilizará uma vazão de aproximadamente 3
polegadas. Com este procedimento, a Turbo Roda atende cerca de 90% das vazões.
No caso da vazão for menor que 3 polegadas, a Betta pode fornecer um
complemento redutor especial.
10 - Conexões para a sucção e recalque da bomba............................................................................ 14
10.1- Tabela para escolha do diâmetro do tubo de adução.............................................................. 14
10.2- Instalação da tubulação de recalque da bomba...................................................................... 15
11 - Partida da Turbo Roda................................................................................................................. 16
12 - Tabela Técnica............................................................................................................................... 17
1
2
TR 400
TURBO RODA
Tubo de recalque
da bomba
Reservatório
2- TURBO RODA TR400 - INSTALAÇÃO
3- AVALIAÇÃO DO POTENCIAL HIDRÁULICO DESTINADO AO
FUNCIONAMENTO DA TURBO RODA
Ÿ
Ÿ
Ÿ
Ÿ
Ÿ
Desnível de acionamento para a roda (diferença de nível em metros).
Vazão disponível para acionar a roda (litros por segundo).
Comprimento do tubo de adução para a roda (metros).
Desnível a ser vencido pela bomba (metros).
Comprimento da tubulação de recalque da bomba (metros).
Com as informações acima será possível avaliar a vazão bombeada pela Turbo Roda,
utilizando a tabela no fim deste manual.
Desnível de Bombeamento
Alimentação
da bomba
3.1. - Como medir desnível de acionamento
-Método da mangueira de nível
Tubo de adução
PVC Branco
Fig. 01
1° passo:
Amarrar uma das pontas de uma mangueira de plástico translúcida cheia de água
em uma vara, ficando a outra extremidade livre. (Fig. 01)
2° passo:
Segurar a extremidade livre da mangueira no ponto superior do terreno (rente ao
chão) com a extremidade levantada o suficiente para não verter a água.
3° passo:
Descer para o ponto inferior do terreno, suspendendo a vara para que a água não
entorne.
4° passo:
Quando os níveis da água se equilibrarem dentro da mangueira, proceder à medida
de altura desde o nível de água na extremidade da mangueira presa na vara até o
chão, conforme mostrado no desenho. (Fig. 1)
5° passo:
Repetir a operação até atingir o ponto mais baixo do terreno onde se instalará o
equipamento. Efetuar a soma das alturas anotadas para obter enfim o desnível de
acionamento.
OBS: Por ser uma turbina hidráulica, a Turbo Roda tem sua potência proporcional ao desnível de
acionamento, ou seja, quanto maior a queda para acionar a roda, maior será sua potência e
consequentemente a vazão bombeada.
Queda d’água para acionamento
3
4
3.2. - Como medir vazão de acionamento
Método do tambor
4- TUBO DE ADUÇÃO PARA A TURBO RODA
O tubo de adução da Turbo Roda é PVC branco - leve e o diâmetro
a ser adotado deverá seguir a tabela abaixo.
Este método é utilizado para pequenas vazões (menores que 20 litros/seg.).
4.1. - Tabela para escolha do diâmetro do tubo de adução
Comprimento do Tubo (m)
até 15m
15 a 80m
80 a 120m
maior que 120m
Diâmetro (mm)
100
150
200
Consultar
5- CAPTAÇÃO DE ÁGUA PARA A TURBO RODA
Fazer toda a água cair dentro de um tambor de volume conhecido. Medir o tempo gasto para
enchê-lo (em segundos). Dividir o volume (em litros) do tambor pelo tempo . Teremos assim a vazão
em litros por segundo, conforme exemplificado na figura acima. (Fig. 02)
IMPORTANTE!!!
Afogar o tubo 10 cm abaixo da linha d’água,
considerando o menor nível no período sêco.
3.3. - Comprimento do tubo de acionamento
O comprimento do tubo de acionamento da turbina, será a distância entre a captação de água e a
entrada do bico injetor da Turbo Roda. Esta medida será feita utilizando uma trena.
Curva Suave
3.4. - Como medir o desnível de bombeamento
O desnível de bombeamento é a diferença de níveis entre a Turbo Roda e o reservatório instalado
no final da tubulação de recalque. Vide desenho de instalação, página 2 deste manual.
Este desnível deverá ser medido utilizando um altímetro ou um GPS.
3.5. - Comprimento da tubulação de recalque
O comprimento da tubulação de recalque é a distância entre a Turbo Roda e o reservatório
instalado no final da tubulação de recalque.
Este comprimento será medido utilizando um GPS, ou pela leitura de um odômetro de uma moto
ou de um automóvel.
5
6
8- CONSTRUÇÃO DA LAJE PARA FIXAÇÃO DA TURBO RODA
6- APOIO PARA O TUBO DE ADUÇÃO
O tubo de adução de água para a turbina deve ser apoiado sobre o terreno.
Nos trechos onde o tubo fica aéreo devido depressões, apoia-lo a cada
metro conforme desenho abaixo.
A
Madeira
LISTA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO DA BASE:
- Forma de madeira - 10cm x 2cm - 10m lineares
- Cama de brita n°1 - 2,5 latas de 20 litros
- Armação - Ferro Ø3/16" - 2,5 barras de 12m lineares
- Concreto:
Cimento - 2 sacos
Areia
- 13 latas de 20 litros
Brita n°1 - 13 latas de 20 litros
Água
- 5 latas de 20 litros
8.1. - Definição da área
2,8 m
A
Vista A - A
2,0 m
TERRENO NIVELADO
Atenção!
A entrada da TR 400 é de Ø100mm.
Caso utilizar tubo de adução com diâmetro
maior que Ø100mm, utilizar redução
concêntrica conforme figura.
8.2. - Montagem da forma de madeira e preparação da cama com brita
7- MONTAGEM DO TUBO DE ADUÇÃO NO BICO INJETOR
2 cm
Cordões O’ring
7
Forma de madeira
2 cm
10 cm
Antes de montar o tubo de adução da
turbina no bico injetor, verificar se os
cordões o’ring estão bem fixados nos
encaixes. Passar graxa na ponta do
tubo e com pequenos movimentos
oscilantes encaixar o tubo no bico
Graxa
injetor. Atenção para não provocar
danos aos cordões o’ring.
8
8.4. - Montagem da TR 400 sobre a base
8.3. - Montagem da armação
280cm
Ø3/16" a cada 35cm
20cm
TR 400
Altura da laje de
concreto - 8cm
Parafuso Chumbador
8 cm
200cm
Laje de concreto
Vergalhão Ø3/16"
Apoio de madeira
para o parafuso
Porca
Sextavada
Ø5/16"
12cm
Cama de brita
Parafuso Sextavado
Ø5/16" x 3"
Forma de madeira
Forma de madeira
Apoio de madeira
Obs: Todos os itens deste capitulo não acompanham o equipamento.
A TR400 sai da fábrica com o pulmão posicionado para baixo. Antes de qualquer
operação, deve-se girar o pulmão 180° para que o mesmo fique voltado para cima.
Vergalhão Ø3/16"
Apoio do vergalhão
de madeira
Vergalhão Ø3/16"
2 cm
5 cm
Cama de brita
9
10
9- MONTAGEM DOS DECANTADORES
A decantação da água é feita com 3 tambores de 200 litros, interligados por tubo.
9.1. - Bombeamento no sentido do tubo de adução
Alimentação dos tambores
Ø 2"
Registro de gaveta 2" para
abastecimento do tambor
Tambor de 200 litros
Saída de água
para manter o
nível dos tambores
Tambores de 200 litros
Saída de água
para manter o
nível dos tambores
Recalque
70
cm
Tubo de adução
PVC branco Ø 100mm
100
Registro para limpeza dos tambores
Conexão entre os tambores
cm
Alimentação da bomba
Mangote flexível Ø2"
1
9.2. - Bombeamento no sentido contrário do tubo de adução
1
2
2
3
1- Registro de gaveta
2- Tubo PVC marrom Ø2"x150mm
3- Flange de caixa d’água Ø2"
Alimentação dos tambores
Ø 2"
Alimentação dos tambores
Ø 2"
1- Tubo PVC marrom Ø2"x300mm
2- Flange de caixa d’água Ø2"
A Turbo Roda TR400 não pode trabalhar com areia em suspenção na água.
A utilização de decantadores é imprescindível para a operação da
Turbo Roda TR 400, sem eles ocorrerá perda total da garantia do equipamento.
A bomba pode operar afogada (alimentação de água por gravidade) ou por sucção.
Quando afogada não existe entrada de ar no cabeçote central, o bombeamento é
regular e contínuo.
Trabalhando com sucção deve ser adotado os seguintes procedimentos:
1- Profundidade máxima permitido é 1,5 metros
2- Máximo comprimento do tubo de sucção é 5 metros.
3- Diâmetro mínimo do tubo de sucção 1'’
4- Diâmetro mínimo da válvula de pé 2'’.
5- Preencher totalmente com água a tubulação de sucção, antes da partida.
6- Escorvar o cabeçote de entrada com uma caneca e ao mesmo tempo girar a Roda.
O processo é finalizado após 10 voltas na Roda. Colocar e apertar o tampão.
11
Alimentação da bomba
Mangote flexível Ø2"
Tubo de adução
PVC branco Ø 100mm
Recalque da bomba
12
10- CONEXÕES PARA A SUCÇÃO E RECALQUE DA BOMBA
9.3. - Inversão no sentido de bombeamento - Giro do cabeçote 180°
O cabeçote da bomba pode girar 180° permitindo inverter o sentido de bombeamento. Isso para
evitar curva no recalque da bomba. Vide figura abaixo:
Errado
Vista
Superior
curva de 180°
Girar o cabeçote
180°
Recalque da bomba
Sucção da bomba
Certo
10
3
Vista
Superior
2
8
7
8
8
11
4
9
5
Saida
11 12
12
13
6
Saida
3
2
1
Procedimentos para girar o cabeçote central:
1- Soltar as conexões dos tubos de alimentação e recalque da bomba.
2- Soltar os parafusos de fixação do cabeçote central (pos. 1).
3- Destacar o conjunto de cabeçotes central + entrada + saída (pos. 2) da camisa de cerâmica
(pos. 3) com pequenos movimentos para cima e para baixo, soltando gradualmente.
IMPORTANTE!!!
MANTER A CAMISA DE CERÂMICA (pos. 3) FIXADA AO GUIA DE PISTÃO (pos. 4)
4- Girar o conjunto de cabeçotes (pos. 2) 180° e com cuidado aproximá-lo da camisa de cerâmica.
5- Com leve pressão encaixar o conjunto de cabeçotes (pos. 2) na camisa de cerâmica (pos. 3)
ATENÇÃO: Verificar se a junta de vedação está montada no encaixe do cabeçote central para
receber a camisa de cerâmica.
6- Certificar se a camisa de cerâmica está perfeitamente encaixada no cabeçote central.
7- Apertar alternativamente os parafusos de fixação do cabeçote central (pos. 1)
1
QUANTIDADE
12
1
2
2
1,5 m
1
1
1
3
1
1
2
2
13
0,5 m
14
1
7
8
9
10
11
FORNECIMENTO
BETTA
Codigo
2 niples
NIP0214
TEE0552
CJ83
Adaptador flange p/ caixa d’água - Ø2"
Espigão de ferro fundido Ø2”
Abraçadeira zincada xxxxx
Mangueira flexível Ø2”
Luva - Ø2”
Ampliação - Ø1” / Ø2”
Ampliação - Ø3/4” / Ø1”
Niple - Ø3/4”
T 3/4”
Pulmão
Espigão de ferro fundido Ø3/4”
ESP1156
Abraçadeira zincada 25 x 30
Mangueira de alta pressão Ø3/4” 1500 PSI - trama de aço ou nylon
Ampliação Ø3/4” / Ø da tabela abaixo
ABR0224
MAN0201
10.1.- Tabela para escolha do diâmetro da tubulação de recalque
Comprimento da Tubulação de recalque (metros)
Girar o Cabeçote
Central 180°
2
3
4
Vazão
Bombeada
(litros/dia)
Até 500m
De 500 à
1000m
De 1000 à
1500m
De 1500 à
2000m
De 2000 à
3000m
Acima de
3000m
3000
19 mm
19 mm
19 mm
19 mm
19 mm
25 mm
6000
19 mm
19 mm
25 mm
25 mm
32 mm
32 mm
12000
25 mm
32 mm
32 mm
32 mm
40 mm
40 mm
19000
32 mm
32 mm
40 mm
40 mm
40 mm
50 mm
27000
32 mm
40 mm
40 mm
50 mm
50 mm
50 mm
OBS: Os valores da tabela servem para tubos de PVC azul ou Mangueira Preta de Polietileno
13
14
14
11- SEQUÊNCIA DEPARTIDA DA TURBO RODA
IMPORTANTE!
Caso o tubo de recalque da bomba já esteja instalado, e este tubo tenha diâmetro menor que
o indicado na tabela para escolha do diâmetro de recalque da bomba, pagina 10, a vazão
bombeada será menor que a indicada nas tabelas técnicas mostrada a partir da pagina 12.
A nova vazão bombeada será calculada em função do diâmetro do tudo de recalque já instalado
10.2.- Instalação da tubulação de recalque da bomba
Caso, na tubulação de recalque exista trechos conforme figura abaixo, é importante a instalação
de ventosas para impedir a formação de bolhas de vapor de água, responsáveis pela redução da
vazão bombeada e até a parada do conjunto TURBO RODA.
TRECHO RETO, COMPRIMENTO MAIOR QUE 500M
CORRETO
RESERVATÓRIO
CORRETO
VENTOSA
VENTOSA
1- Abrir o registro de alimentação dos 3 tambores decantadores, o suficiente para vazar água
pelo ‘’ladrão’’.
2- Liberar a água para a Turbo Roda.
3- Verificar se o conjunto está girando normalmente.
Nos primeiros momentos de operação a rotação do conjunto será consideravelmente maior
devido a tubulação de recalque estar completamente vazia. A medida que esta tubulação
é preenchida com água, a pressão na saída da bomba aumenta e a rotação do conjunto diminui.
4- Estando a bomba operando é provável que o nível de água nos tambores diminua. Abrir o registro
para que o nível retorne ao normal, ou seja, vazando constantemente a água pelo ‘’ladrão’’.
5- Após a água chegar no reservatório de destino final, verificar se o tubo de adução de água para
a Turbo Roda ainda está afogado. Caso negativo, montar no bico injetor o redutor de vazão que
acompanha o equipamento. Com este procedimento, a Turbo Roda irá reduzir o consumo de água,
mantendo assim o tubo de adução afogado e a vazão bombeada será menor.
500m
RESERVATÓRIO
VAPOR D’ÁGUA
ERRADO
ERRADO
VAPOR D’ÁGUA
VENTOSA
CORRETO
CORRETO
VENTOSA
TRECHO HORIZONTAL OU EM DECLIVE SUAVE
ERRADO
ERRADO
VAPOR D’ÁGUA
VAPOR D’ÁGUA
TRECHO HORIZONTAL OU EM DECLIVE SUAVE
ATENÇÃO!!!
Somente dar a partida na Turbo Roda com o tubo de sucção e de recalque da bomba
perfeitamente conectados.
15
16
Vazão de 4 polegadas (Sem complemento redutor de vazão)
DESNÍVEL
QUEDA D’ÁGUA
VAZÂO
ACIONAMENTO ACIONAMENTO DE BOMBEAMENTO
(metros.)*
(metros)
(litros/segundo)
1,5
12- TABELA TÉCNICA
2,0
3,5
4,0
2,5
4,5
3,0
4,9
10
20
30
40
50
60
70
10
20
30
40
50
60
70
80
10
20
30
40
50
60
70
80
90
10
20
30
40
50
60
70
80
90
100
VAZÃO MÁXIMA
BOMBEADA
(litros / dia)
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
5.400
4.800
4.100
3.700
3.000
2.600
2.000
8.500
7.800
7.000
5.700
5.000
4.200
3.700
3.200
11.600
10.600
9.500
7.800
6.800
5.800
5.200
4.700
4.000
15.200
13.800
12.000
10.100
9.000
7.600
7.000
6.200
5.600
5.000
* No desnível de bombeamento já está inclusa a perda de carga na tubulação de recalque,
conforme tabela da página 14.
Obs: Consulte na tabela da página 06 o tubo de acionamento a ser utilizado.
17
Vazão de 4 polegadas (Sem complemento redutor de vazão)
VAZÂO
DESNÍVEL
QUEDA D’ÁGUA
ACIONAMENTO ACIONAMENTO DE BOMBEAMENTO
(litros/segundo)
(metros.)*
(metros)
3,5
5,3
4,0
5,7
5,0
6,3
10
20
30
40
50
60
70
80
90
100
110
10
20
30
40
50
60
70
80
90
100
110
120
30
40
50
60
70
80
90
100
110
120
130
VAZÃO MÁXIMA
BOMBEADA
(litros / dia)
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
18.600
17.500
16.000
13.000
11.400
9.600
8.900
7.800
7.000
6.400
5.900
23.700
21.200
19.800
15.900
13.900
11.700
10.800
9.600
8.600
7.800
7.100
6.500
25.000
22.000
19.000
16.100
15.100
13.200
12.000
10.900
10.000
9.100
8.200
* No desnível de bombeamento já está inclusa a perda de carga na tubulação de recalque,
conforme tabela da página 14.
Obs: Consulte na tabela da página 06 o tubo de acionamento a ser utilizado.
18
5. TABELA TÉCNICA
Vazão de 4 polegadas (Sem complemento redutor de vazão)
VAZÂO
DESNÍVEL
QUEDA D’ÁGUA
ACIONAMENTO ACIONAMENTO DE BOMBEAMENTO
(litros/segundo)
(metros.)*
(metros)
6,0
7,0
8,0
50
60
70
80
90
100
110
120
130
140
60
70
80
90
100
110
120
130
140
150
90
100
110
120
130
140
150
160
170
6,9
7,5
8,0
VAZÃO MÁXIMA
BOMBEADA
(litros / dia)
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
25.500
21.500
19.900
17.500
15.800
14.400
13.200
12.200
11.300
10.500
27.000
25.000
22.000
19.900
18.000
16.700
15.400
14.200
13.300
12.400
25.000
22.000
20.500
18.800
17.400
16.200
15.100
14.200
13.100
* No desnível de bombeamento já está inclusa a perda de carga na tubulação de recalque,
conforme tabela da página 14.
Obs: Consulte na tabela da página 06 o tubo de acionamento a ser utilizado.
19
Vazão de 3 polegadas (Complemento redutor de vazão n° 3)
DESNÍVEL
QUEDA D’ÁGUA
VAZÂO
ACIONAMENTO ACIONAMENTO DE BOMBEAMENTO
(metros.)*
(metros)
(litros/segundo)
1,5
2,4
2,0
2,8
2,5
3,1
3,0
3,4
10
20
30
40
10
20
30
40
50
60
10
20
30
40
50
60
70
80
10
20
30
40
50
60
70
80
90
100
VAZÃO MÁXIMA
BOMBEADA
(litros / dia)
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
4.000
3.600
3.100
2.500
6.000
5.500
4.800
4.000
3.400
2.800
8.000
7.500
6.800
5.400
4.700
4.000
3.700
3.100
10.800
9.700
8.900
7.200
6.200
5.200
4.700
4.200
3.800
3.400
* No desnível de bombeamento já está inclusa a perda de carga na tubulação de recalque,
conforme tabela da página 14.
Obs: Consulte na tabela da página 06 o tubo de acionamento a ser utilizado.
20
Vazão de 3 polegadas (Complemento redutor de vazão n° 3)
DESNÍVEL
QUEDA D’ÁGUA
VAZÂO
ACIONAMENTO ACIONAMENTO DE BOMBEAMENTO
(metros.)*
(metros)
(litros/segundo)
3,5
3,7
4,0
3,9
5,0
4,4
10
20
30
40
50
60
70
80
90
100
110
10
20
30
40
50
60
70
80
90
100
110
10
20
30
40
50
60
70
80
90
100
110
120
VAZÃO MÁXIMA
BOMBEADA
(litros / dia)
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
13.600
12.000
10.000
9.000
7.900
6.700
6.100
5.400
4.800
4.200
3.800
17.000
15.600
13.500
11.000
9.600
8.100
7.400
6.600
5.900
5.400
4.900
23.500
22.000
18.200
15.500
13.500
11.500
10.500
9.200
8.400
7.600
7.000
6.400
* No desnível de bombeamento já está inclusa a perda de carga na tubulação de recalque,
conforme tabela da página 14.
Obs: Consulte na tabela da página 06 o tubo de acionamento a ser utilizado.
21
Vazão de 3 polegadas (Complemento redutor de vazão n° 3)
QUEDA D’ÁGUA
VAZÂO
DESNÍVEL
ACIONAMENTO ACIONAMENTO DE BOMBEAMENTO
(metros)
(litros/segundo)
(metros.)*
6,0
4,8
7,0
5,2
8,0
5,5
30
40
50
60
70
80
90
100
110
120
130
40
50
60
70
80
90
100
110
120
130
140
60
70
80
90
100
110
120
130
140
VAZÃO MÁXIMA
BOMBEADA
(litros / dia)
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
até
25.000
20.500
18.800
15.000
13.800
12.200
11.000
10.000
9.200
8.400
7.800
25.400
22.300
18.800
17.000
15.400
13.800
12.600
11.600
10.600
9.800
9.000
23.000
21.200
18.800
16.900
15.400
14.100
13.000
12.000
10.500
Tab. 02
* No desnível de bombeamento já está inclusa a perda de carga na tubulação de recalque,
conforme tabela da página 14.
Obs: Consulte na tabela da página 06 o tubo de acionamento a ser utilizado.
22
Download

turbo roda tr 400 - BETTA HIDROTURBINAS