O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia
de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.
RICHARD POWERS/DIVULGAÇÃO
AUSTRÁLIA PAÍS É DESTAQUE EM MOSTRA DE FOTOS E FILMES
PÁG. 10
PORTO ALEGRE ESTREIA NA OSPA
Terça-feira,
3 de junho de 2014
sunny
snow
rain
Edição nº 640, ano 3
CONCERTO DE HOJE NO TSP
PÁG.
10
TRAZ OBRA
PARA
VIOLA
partly
cloudy
sleet
thunder
part sunny/
sunny
MÍN: 6°C
MÁX: 19°C
hazy
showers
www.readmetro.com | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metropoa
showers
thunder
showers
‘LA GARANTÍA SOY YO’
SECRETÁRIO DESCARTA FALTA
DE ENERGIA ATÉ 2015 PÁG. 08
OLHOS NA COPA
Governo do Estado inaugura central
que irá monitorar 2,1 mil câmeras PÁG. 03
Sala operacional montada no prédio da Secretaria da Segurança Pública reunirá policiais civis e militares, além de agentes de outros órgãos envolvidos com o evento em Porto Alegre | GABRIELA DI BELLA/METRO
pode
EPTC recebe Legalizar
ampliar o uso
propostas
dos ônibus
RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE
ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR
Secretário de Drogas do Uruguai,
que fala hoje na capital, diz que
mortes caíram após regulação PÁG. 06
Primeira licitação da história. Consórcios interessados em
assumir uma das três áreas de atuação do transporte público,
em Porto Alegre, apresentam hoje documentação e valores PÁG. 02
Obra deve ser liberada nesta semana | JOEL VARGAS/PMPA
Seleção Brasileira ‘M’ de novo viaduto
faz amistoso contra vira discussão
entre torcedores
o Panamá, às 16h
O primeiro dos dois jogos de
preparação para a Copa será em
Goiânia, no Serra Dourada PÁG. 12
Nem referência ao Mazembe nem letra
‘B’ inclinada; formato da obra pode ser
a inicial do nome do projetista PÁG. 03
1
FOCO
Novo presidente
IEE
O IEE (Instituto de Estudos
Empresariais) empossou
ontem o seu novo
presidente para a gestão
2014/2015. Quem assumiu
o comando foi Frederico
Hilzendeger (foto), 26 anos.
Formado em direito pela
PUCRS, ele é especialista
em direito tributário.
“O objetivo da nova
gestão é proporcionar ao
associado oportunidades
de formação em nível de
excelência, que contribuam
para o crescimento de
cada um de forma plena”,
destacou ele.
|02|
Greve fecha
EPTC recebe Municipais.
escolas em Porto Alegre
hoje propostas
do transporte
Histórico. Serão conhecidos esta manhã os nomes e as ofertas das
empresas interessadas na primeira licitação de ônibus da capital
Está marcada para hoje às
10h, na sede da EPTC, a entrega das propostas das empresas interessadas na primeira licitação do transporte
público de Porto Alegre. Ao
se tornarem públicos os nomes e valores, as expectativas se voltam para saber se
permanecerão os já tradicionais consórcios ou se novos
se formarão. Com a entrega,
começa a correr o prazo de
até 60 dias de análise para a
declaração dos vencedores. A
contagem se encerra na primeira semana de agosto.
Poderão ser apresentadas
propostas para as três áreas
que compreenderão a cidade: norte/nordestre, leste/sudeste e sul, mas quem vencer poderá assumir apenas
uma. O principal critério da
disputa é o valor da tarifa
oferecida. O valor máximo
Olhar
crítico
DIEGO
CASAGRANDE
DIEGO.CASAGRANDE
@METROJORNAL.COM.BR
Cotações
Dólar
+ 1,55%
(R$ 2,27)
Bovespa
+ 0,72%
(51.606 pts)
Euro
+ 0,86%
(R$ 3,08)
Selic
(11% a.a.)
Salário
mínimo
(R$ 724)
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
www.readmetro.com
{FOCO}
Diego Casagrande é jornalista profissional
diplomado desde 1993. Apresenta
os programas BandNews Porto Alegre
1a Edição, às 9h, e Ciranda da Cidade,
na Band AM 640, às 14h.
Saiba mais
Confira detalhes
da licitação dos ônibus:
• Áreas.
A capital foi dividida em três
bacias operacionais: Norte/
Nordeste, Leste/Sudeste
e Sul. A Carris continuará
com as transversais.
• Período.
A concessão será por 20
anos, sem prorrogação.
varia de R$ 2,93 a R$ 2,95.
Apesar disso, a cidade continuará tendo um valor único
de passagem.
É a primeira licitação na
história do transporte coletivo de Porto Alegre, desde a década de 1920, quando foi autorizada a operação
• Ar-condicionado.
Na largada, as novas
empresas terão de ter 25%
da frota com ar. A cada ano,
o incremento tem de ser
de 15%, até chegar ao 100%
no quinto ano.
• Idade da frota.
Na média, não pode superar
4,6 anos. Todo novo veículo
tem de ser adaptado
a pessoas com deficiência.
de ônibus na capital. Desde
então, o sistema funciona
por intermédio de permissões. Atualmente são 1.704
ônibus, 400 linhas, operados em três consórcios (STS,
Unibus e Conorte), além da
empresa pública, a Carris.
METRO POA
POVO DESARMADO,
POVO ESCRAVO
O Estatuto do Desarmamento foi uma violência. Algemaram a nação. Talvez no dia em que cassarem nosso
direito de opinião, começando pelas redes sociais com
base no Marco Civil da Internet, o povo acorde e tente
reagir. Mas como assim reagir? É que o desarmamento
de um povo em países conflagrados pela violência só
se presta a interesses escusos de aprisionamento da cidadania. É o caso do Brasil.
Quando partidos de esquerda se associaram a políticos vendidos para negar ao cidadão o direito à autoproteção, não havia uma única estatística decente que
pudesse apontar nas armas legais a causa de ser o Brasil recordista em homicídios. E por uma razão simples:
não são as armas obtidas legalmente, manipuladas por
cidadãos que se prepararam para tanto, a causa da violência em nosso país. Os brasileiros que disseram “Não”
no plebiscito fajuto de 2005 – 59 milhões de eleitores
(63% dos votantes) – estavam mandando um recado claro aos legisladores de que não aceitavam ser domados
desta forma. Não adiantou. Antes mesmo o Congresso
já havia cassado o direito ao porte.
Servidores municipais de
Porto Alegre prometem seguir hoje de braços cruzados. Eles deram início ontem a uma paralisação pelo
reajuste salarial e melhores condições de trabalho.
Para acabar com a greve,
a prefeitura fez uma nova
proposta aos trabalhadores que pretendem se reunir amanhã, às 9h, no largo Zumbi dos Palmares, no
bairro Cidade Baixa, para
decidir sobre o fim do protesto em assembleia.
Segundo levantamento
da prefeitura, das 96 escolas da rede municipal, 36 fecharam, em 40 a greve foi
parcial e 20 funcionam normalmente. A paralisação
também afetou parte do sistema de saúde.
Rodoviários decidiram ontem que não haverá paralisação do serviço de transporte público de Porto
Alegre nesta semana. A decisão foi tomada após reunião realizada TRT (Tribu-
nal Regional do Trabalho).
O dirigente sindical da
Carris, Alceu Weber, ressaltou que houve avanços na
discussão e que uma nova
reunião está marcada para
quinta. BANDNEWS
Na semana passada ficamos sabendo que o Brasil quebrou seu próprio recorde em 2012: absurdos
56.337 assassinatos. Nunca antes na história deste
país. Os dados constam do Mapa da Violência, que
compila dados do Sistema de Vigilância em Saúde do
Ministério da Saúde. Chegamos assim ao aterrorizante índice de 29 homicídios para cada 100 mil habitantes no país. No Rio Grande do Sul são 21,9, bem
mais que São Paulo que tem 15,1. São números de
guerra. O índice considerado “não epidêmico” pela
Organização Mundial da Saúde é de no máximo 10
mortes por 100 mil. O que isso prova? Duas coisas.
Primeiro, que não são as armas registradas nas mãos
de civis que causam a mortandade de brasileiros todos os dias. O armamento está praticamente proibido há quase dez anos e a mortandade só aumenta. Segundo, que é justamente a inexistência de armas nas
mãos dos cidadãos de bem o fator que contribui para o aumento do banditismo, uma vez que os criminosos sabem que não haverá qualquer reação quando
atacarem pessoas desarmadas. E assim o crime se agiganta. E será assim cada vez mais. Não somos a Suécia nem a Inglaterra. Tirar nossas armas foi decretar
nosso fim. Estamos algemados.
George Mason, um dos pais da pátria americana dizia profeticamente: “Desarmar os cidadãos é a maneira mais fácil de escravizar um povo”. Chegamos lá.
EXPEDIENTE
COMERCIAL: 051/2101.0302
Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145)
Editor Chefe: Luiz Rivoiro. (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini
Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior
Gerente Executivo: Ricardo Adamo
Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso
O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões
de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação
e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta
em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC,
Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.
Por volta das 10h, cerca
de 300 municipários se reuniram em frente ao Paço Municipal para protestar. Eles
reivindicam 20% de reajuste salarial, aumento do valor
do vale-alimentação para R$
23, plano de saúde e de carreira, e melhorias nas condições de trabalho. METRO POA
Rodoviários. Paralisação
de ônibus está descartada
FALE COM A REDAÇÃO
leitor.poa@metrojornal.com.br
051/2101.0471
Pronto-atendimento da Cruzeiro
do Sul sinalizava greve | BAND TV
Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio
Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS). Diagramação: Keila Casarin
Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti
Editado e distribuído por Metro Jornal
S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183,
Santo Antônio, CEP 90660-120,
Porto Alegre, RS. Tel.: (051) 2101-0302
O jornal Metro é impresso no
Grupo Sinos S/A.
A tiragem e distribuição
desta edição são
auditadas pela BDO.
40.000 exemplares
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
www.readmetro.com
{FOCO}
|03|◊◊
Novo centro irá monitorar
2,1 mil câmeras na capital
‘M’ do viaduto
pode ser nome
do projetista
Formato do topo da estrutura de 32 metros de altura gera polêmica na cidade | JOEL VARGAS/PMPA
Tudo é Gre-Nal. Formato de obra nas proximidades do Beira-Rio
fez surgir hipóteses e discussões entre gremistas e colorados
O CICC (Centro Integrado de
Comando e Controle), que
funciona junto à SSP (Secretaria da Segurança Pública), foi inaugurado ontem,
na capital, pelo governador
Tarso Genro e pelo secretário Airton Michels. A sala
operacional conta com um
grande telão para a reprodução de imagens de 101 câmeras da SSP e da EPTC. Ao
todo, são 2,1 mil câmeras,
contando as que são visualizadas por meio de parceria
com a prefeitura, Beira-Rio,
Arena do Grêmio, Concepa,
Trensurb e Secretaria Extraordinária de Segurança
para Grandes Eventos.
Funcionamento 24 horas
A sala operacional, que funciona 24 horas por dia, conta com 56 posições de despacho de viaturas e 48 posições
de videomonitoramento. Há
quatro posições de supervisão, ocupadas pela Brigada
Militar, Polícia Civil, Instituto-Geral de Perícias e Susepe.
A sala de atendimento ao
190 possui 31 posições com
operadores 24 horas. De forma gradual, os policiais estarão migrando para o local nos
próximos dias.
A estrutura foi viabilizada
a partir de investimentos do
Ministério da Justiça no valor de R$ 40 milhões. O gover-
270 mil
turistas devem visitar a capital
durante a Copa.
no do Estado investiu mais de
R$ 35 milhões em equipamentos. Mais de 5,2 mil servidores atuarão no CICC durante
a Copa, que na capital ocorre
entre 15 e 30 deste mês. Após
o evento, 270 agentes de diversos órgãos ficarão constantemente no centro, conforme
o secretário da Segurança Pública, Airton Michels, disse à
Rádio Bandeirantes.
METRO POA
Sala tem 56 posições para operadores de despacho de viatura e 48 de videomonitoramento | GABRIELA DI BELLA/METRO
BM usará jatos d’água
Gremistas fizeram referência ao Mazembe | FOTOS: REPRODUÇÃO
Em Porto Alegre, tudo vira
Gre-Nal. A máxima vale para a mais nova obra da prefeitura: o viaduto Abdias do
Nascimento, na avenida Pinheiro Borda, próximo ao
estádio Beira-Rio. O formato de “M” no topo da estrutura que deverá ser liberada ao trânsito nesta semana
fez surgir uma série de hipóteses nos últimos dias. A
verdade é que pode ter a inicial do nome do projetista.
Primeiro foram os gremistas que apelidaram a
obra viária de “Mazembe
Gate”, numa referência ao
time congolês que tirou do
Inter a chance do bi Mundial em 2010. A montagem
foi até retuitada pelo Twit-
Colorados revidaram com alusão à Série B
ter oficial do Mazembe na
noite de domingo.
Os colorados revidaram
com a mesma imagem do
viaduto, só que inclinada
para a direita, para parecer
a letra “B”. Ao lado, a frase
“Nosso rival é um clube de
série B”.
Discussões futebolísticas
à parte, o “M” pode estar relacionado ao nome do engenheiro Martin Beier, que projetou a estrutura. Em nota
divulgada por meio da assessoria de imprensa da prefeitura, ele afirmou que a ligação que dá sustentação aos
dois braços da estrutura estaiada tem a função de suporte e estética, garantindo a
“esbeltez da travessa” e asse-
gurando a rigidez durante a
passagem dos veículos.
Questionado pelo Metro
sobre a razão da letra “M”
na obra, o engenheiro evitou polemizar: “Pode ser pelo meu nome, pelo do meu
filho, Marcos, ou por qualquer pessoa cujo nome comece com ‘M’”.
Segundo ele, o projeto é
de 2011 e foi aprovado por
todas as instâncias em que
tramitou. O viaduto, que teve
investimento de R$ 26,6 milhões, está recebendo iluminação e deve ser liberado ao
trânsito ainda nesta semana.
MAICON
BOCK
METRO PORTO ALEGRE
O Ministério da Justiça enviará nos próximos dias à polícia
gaúcha um caminhão blindado equipado com canhão de
jato d’água, chamado de ST
Combat. O veículo terá capacidade para transportar até
21 policiais militares. Ele deve ser operado por três policiais, e um dos operadores do
veículo é o responsável pelo
canhão d’água.
Só o que faltava
O equipamento, que ficou
bastante conhecido no Chile
quando carabineros o usaram
contra estudantes em protestos, tem capacidade para armazenar 3 mil litros de água
e atingir até 60 metros.
Além disso, o caminhão é
dotado de câmeras que possibilitam o videomonitoramento das ações. Segundo o
major Alessandro Prestes, do
Zona norte
1º BPM, o caminhão blindado
será utilizado como forma de
restaurar a ordem pública. A
expectativa é de que o veículo chegue à capital antes da
abertura da Copa do Mundo,
na próxima semana.
O Ministério da Justiça deve encaminhar um caminhão
blindado semelhante a cada
uma das outras 11 cidades-sede da Copa. BANDNEWS
Interrupção
Cabelo é roubado
Sem água amanhã
Bloqueio na BR-116
Uma jovem de 20 anos
teve o cabelo roubado
na zona norte da capital,
por volta das 19h de domingo. Dois homens armados mandaram ela virar de costas e cortaram
o cabelo. A polícia investiga o caso. BANDNEWS
Um serviço do Dmae deixará bairros sem água
amanhã, das 8h30 até
a noite. São eles: Cristo
Redentor, Passo D’Areia,
Boa Vista, Vila Ipiranga,
Jardim S. Pedro, Vila Floresta, Lindoia, S. Sebastião e Itu Sabará. METRO
A BR-116 terá bloqueios
às terças e quintas-feiras,
desta semana e da próxima, no km 333, em Barra do Ribeiro, sempre
das 11h às 12h. As interrupções ocorrem nos
dois sentidos devido à
duplicação. METRO POA
|06|
Educação
Inscrições do Sisu
terminam amanhã
As inscrições para o Sisu
(Sistema de Seleção Unificada) do segundo semestre de 2014 terminam às
23h59 de amanhã. Nesta edição, haverá 51.412
vagas em 1.447 cursos de
67 instituições superiores. Cada candidato pode
fazer até duas opções de
curso, desde que tenha
feito o Enem em 2013 e
não tirado zero em redação. A inscrição deve ser
feita no site www.sisu.
mec.gov.br. METRO BRASÍLIA
Snowden
Itamaraty aguarda
pedido de asilo
O Ministério das Relações
Exteriores afirmou não ter
recebido pedido formal de
asilo de Edward Snowden.
O ex-funcionário da agência de inteligência dos Estados Unidos concedeu
entrevista dizendo que
gostaria de morar no Brasil. METRO BRASÍLIA
Eleições
Caravanas do PT
são suspensas
As caravanas do pré-candidato do PT ao governo de
São Paulo, Alexandre Padilha, foram suspensas por
decisão da Justiça Eleitoral, que alega antecipação
de campanha. METRO
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
www.readmetro.com
{BRASIL}
‘Legalizar uso da maconha
pode aumentar o consumo’
Polêmica. Secretário nacional de Drogas do Uruguai, Julio Calzada afirmou, em audiência no Senado, que decisão,
porém, reduziu mortes ligadas à droga. Hoje, ele fala na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, às 9h
Em vigor desde 6 de maio,
a legalização do uso da maconha no Uruguai provocou
um aumento no consumo,
mas baixou a zero o número
de mortes ligadas ao comércio da droga. A afirmação
foi feita ontem pelo secretário nacional de Drogas do
Uruguai, Julio Calzada, em
audiência na CDH (Comissão de Direitos Humanos)
do Senado. Hoje, ele participa do seminário “Drogas: A
experiência do Uruguai, um
caminho fora da guerra”, às
9h, na Câmara Municipal de
Porto Alegre.
Responsável pela implantação da polêmica política no
país vizinho, Calzada foi ouvido ontem em Brasília para
embasar o projeto popular
no Brasil sobre a liberação do
uso medicinal, industrial e
recreativo da maconha, que,
se for aceito, será apresentado no segundo semestre.
“De qualquer maneira,
sempre colocamos sobre a
mesa que o uso de cannabis
tem riscos e temos que controlar um conjunto de variáveis”, enfatizou o secretário,
apontando que, caso decidisse aderir à tese, o Brasil
deveria tratar a maconha
como tabaco, bebidas alcoó-
OPINIÕES
“Não é papel do estado
decidir se o cidadão
consome ou não uma
droga, esse é o papel
do cidadão.”
JULIO CALZADA, SECRETÁRIO NACIONAL
DE DROGAS DO URUGUAI
Secretário nacional de Drogas do Uruguai, Julio Calzada (à dir.), esteve ontem em Brasília | GERALDO MAGELA/AGÊNCIA ESTADO
licas e outras drogas, além
de adotar políticas sociais,
culturais e de saúde específicas que possam favorecer
a redução dos usuários.
No Uruguai, o governo
tem o registro das plantações
de maconha, permite o cultivo de até seis pés da cannabis para cada casa e autoriza
a criação de clubes de cultivo
com 15 a 45 integrantes.
A legalização, segundo
Calzada, também favorece a busca por tratamento,
que com a proibição é re-
Protestos de 2013 tiveram 2.608
presos e oito mortos, aponta ONG
O Brasil foi palco de 696
manifestações entre junho
e julho do ano passado,
que registraram 2.608 detidos e 8 mortes, segundo estudo divulgado ontem pela
ONG Artigo 19. Nos protestos, 117 jornalistas foram
feridos ou agredidos, e outros 10 foram detidos.
A entidade alerta que
a prisão de manifestantes viola determinação da
Comissão
Interamericana de Direitos Humanos,
que proíbe a polícia de fazer prisões para averiguação ou simplesmente por
desordem.
“Apesar de vivermos em
uma democracia, nossa polícia parece funcionar com
a mentalidade da época da
ditadura”, criticou a diretora-executiva da Artigo
19, Paula Martins.
Estudo aponta excessos da atuação da polícia | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA
Repressão
A ONG também lista 20
projetos de lei em tramitação no Congresso que tratam sobre os protestos. “A
esmagadora maioria continha sinais claros de criminalização de manifestan-
tes”, aponta o estudo de 80
páginas citando que as penas propostas para dano ao
patrimônio ou tipificação
de terrorismo, entre 6 e 20
anos, seriam semelhantes a
aplicadas para crimes de homicídio. METRO BRASÍLIA
jeitado por 90% das pessoas
consideradas dependentes.
Contrários
A audiência ontem, em Brasília, foi acompanhada por
militantes contrários à legalização da maconha. “Nossa
cultura e educação não estão
preparadas para a legalização”, salientou a coordenadora do movimento “Maconha
Não”, Marisa Lobo.
O representante no Brasil do Escritório das Nações
Unidas sobre Drogas e Cri-
me, Rafael Franzino Batle,
alertou que a política antidrogas deve ser focada na
saúde da pessoas. A coordenadora-geral de Combate aos Ilícitos Transnacionais do Ministério das
Relações Exteriores, Márcia Loureiro, defendeu
uma ação conjunta entre
as nações para o enfrentamento do uso de drogas.
A CDH fará ainda outras
seis audiências antes de colocar a proposta em votação.
METRO
“O foco é na área
da saúde, colocando
a pessoa como centro
da preocupação, e não
a substância ilícita.”
RAFAEL FRANZINI BATLE, REPRESENTANTE
DO ESCRITÓRIO DA ONU NO BRASIL
“Aumenta o consumo?
É porta de entrada
para outras drogas?
Reduz a violência?
São perguntas que estão
pouco esclarecidas.”
CRISTOVAM BUARQUE, SENADOR PDT/DF
E RELATOR DA SUGESTÃO POPULAR
Casal é preso acusado
de esquartejar zelador
O publicitário Eduardo Tadeu Pinto Martins, 47, e
sua mulher, de 42 anos, foram presos ontem na Praia
Grande, no litoral sul de São
Paulo, suspeitos de matar e
esquartejar o zelador do
prédio onde moram em São
Paulo. Jezi Lopes de Souza,
63, trabalhava e morava há
cinco anos no condomínio.
Ele foi visto no local pela última vez no dia 30. O corpo
foi encontrado esquartejado
dentro de uma mala na casa de praia do casal. De acordo com policiais, o suspeito
confessou o crime e afirmou que a motivação foram
desavenças que tinha com a
vítima. Já a mulher teria negado participação no caso.
Segundo a polícia, o publicitário teria espalhado
Publicitário foi ‘maquiavélico’, segundo a polícia | MARCO AMBROSIO/FOLHAPRESS
partes do corpo do zelador
pela casa em sacos plásticos.
Ele também teria queimado
algumas e enterrado outras.
Para evitar o mau cheiro, foi
usado cal nos restos mortais.
A família registrou o desaparecimento na polícia
24 horas depois que imagens do circuito interno
mostrarem o zelador entregando cartas.
A perícia revelou o casal
deixando o prédio com uma
mala e um saco grande até
um carro preto. METRO
|08|
Tecnologia. Apple apresenta
novo sistema para iPhones
A Apple anunciou ontem o
novo sistema operacional
para iPhones e iPads. O iOS8
estará disponível no segundo
semestre deste ano, entre setembro e novembro. A empresa também apresentou o
novo sistema dos Macs, o MacOS X Yosemite, e o serviço
de nuvem iCloud Drive.
Durante evento, em San
Francisco, o presidente-executivo da Apple, Tim Cook,
afirmou que 130 milhões
de pessoas compraram um
dispositivo Apple no último ano, e que muitos desses
clientes tinham um Android,
do Google, antes. “Eles compraram um Android por engano e procuraram uma experiência melhor, e uma vida
melhor”, alfinetou.
Entre as novidades do
iOS8 estão um recurso o
“HealthKit”, que concentra
dados de aplicativos da área
da saúde, e um o “HomeKit”,
que permite controlar dispositivos da casa como fechaduras inteligentes e iluminação.
Com visual similar ao do
iOS 7, o iOS 8 também permitirá ao usuário receber uma
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
www.readmetro.com
{ECONOMIA}
Governo descarta falta de
energia até fim de 2015
Infraestrutura. Secretário de Minas e Energia garantiu abastecimento durante a Copa.
Zimmermann admitiu, no entanto, que tarifas podem ficar mais caras em situação de seca
Tim Cook apresentou ontem o iOS8 em
San Francisco | ROBERT GALBRAITH/REUTERS
notificação de mensagem,
no topo da tela, e respondê-la
sem precisar abrir o aplicativo. Será possível ainda usar
gestos para responder convites na agenda e no de e-mails.
Um novo sistema de teclado, chamado QuickType,
sugere palavras para incluir
em uma mensagem à medida em que o texto é digitado.
Também será possível atender a chamadas telefônicas
do iPhone no iPad e em Macs.
A empresa ainda apresentou o recurso Family Sharing,
com o que os usuários poderão compartilhar com até
seis pessoas da família arquivos, como fotos, ou conteúdo
do iTunes, como música e filmes. METRO
O secretário executivo do
Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann,
afastou a possibilidade de
adoção de racionamento de
energia no Brasil até o final
do ano que vem. Ele também garantiu que não faltará energia durante a Copa
do Mundo, que vai do dia 12
deste mês a 13 de julho.
“Em março, abril e maio,
o sistema melhorou. Então,
estamos com tranquilidade e não falamos neste mês
[junho]. Falamos, na verdade, em final de 2015. Até lá,
o suprimento está garantido
para aquilo que o sistema foi
planejado”, disse Zimmermann, que participou ontem de seminário, na Fundação Getulio Vargas, no Rio.
O secretário destacou que
um acompanhamento feito
mensalmente mostra uma
Zimmermann diz que desempenho do setor melhorou | ANTONIO CRUZ/ABR
boa reação do sistema às baixas vazões de janeiro e fevereiro. Para ele, o fato de
haver equilíbrio estrutural
permite garantir que a demanda do país vai ser atendida. “Nós não estamos trabalhando com a hipótese de
racionamento porque, tecnicamente, não há indicativo
de que estejamos trabalhando com riscos muito acima
daquilo que o sistema é planejado”, reforçou.
De acordo com o secretário, no modelo usado pelo
Brasil, em condições hidrológicas piores, uma situação
de seca implica, naturalmente, ter, quando se trabalha
em curto prazo, preços mais
altos para o consumidor.
Zimmermann
ponderou,
no entanto, que os riscos estão diminuindo com as perspectivas de maior volume de
chuvas até o fim do ano.
Zimmerman afirmou que
houve melhora no risco de
deficit de abastecimento de
energia em relação aos últimos números divulgados em
maio pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico,
que indicavam que a chance
era de 3,7% no Sudeste e Nordeste. Segundo ele, os resultados serão apresentados na
próxima reunião do comitê,
na próxima semana.
Apesar da melhora, não
há previsão de desativação
de térmicas. “Vamos analisar os índices, mas não há
indicação para desligamento”, afirmou. METRO
MUNDO
Rei da Espanha abdica trono
Realeza. Rei Juan Carlos anuncia na televisão que abre mão da Coroa em nome do filho Felipe; monarca se envolveu em polêmicas
O rei Juan Carlos, da Espanha, abdicou inesperadamente ontem em favor do
filho Felipe após 39 anos à
frente da Coroa espanhola.
Em um discurso transmitido pela TV, ele disse que
“uma nova geração reclama com justa causa o papel
de protagonista”.
Com a saúde debilitada,
cercado de polêmicas e com
uma popularidade decadente, Juan Carlos deixa o trono aos 76 anos. Ao anunciar a decisão, ele disse que
Felipe “tem a maturidade,
a preparação e o senso de
responsabilidade necessários para assumir com plenas garantias e iniciar uma
nova etapa de esperança”.
O premiê espanhol, Mariano Rajoy, que fez o anúncio mais cedo, disse que o
rei abdicou por razões pessoais. Mas uma fonte da Casa Real assegurou à Reuters
que as razões eram políticas
e que a decisão foi tomada
em janeiro mas adiada até
depois das eleições europeias de 25 de maio.
Milhares de manifestantes Novo rei, Felipe
pedem fim da monarquia pode restaurar
Juan Carlos faz anúncio na TV: ‘Expresso minha gratidão ao povo’ | REUTERS TV
Polêmicas e gafes
Figura popular que ajudou
a suavizar a transição da
Espanha para a democracia, na década de 1970, depois da ditadura de Francisco Franco, Juan Carlos
perdeu nos últimos anos o
apoio popular.
Ele fez um luxuoso safari secreto para caçar elefantes em Botsuana em 2012,
quando 25% dos espanhóis
estavam desempregados e o
governo se encontrava à bei-
ra de um calote financeiro.
A filha mais nova do rei, a
infanta Cristina, e o marido
dela, Iñaki Urdangarín, estão
sendo investigados em um
caso de corrupção O escândalo e a visível debilidade do
rei após várias cirurgias nos
últimos anos também comprometeram o apoio popular de Juan Carlos.
As pesquisas mostram um
apoio maior a Felipe, que não
foi atingido pelas acusações
de corrupção. METRO
Após o anúncio de que o rei
Juan Carlos abdicou, feito
pelo premiê espanhol, Mariano Rajoy, milhares de
pessoas foram às ruas em
diversas cidades ontem à
noite para protestar contra
a monarquia e a favor de
um referendo sobre o regime da Espanha.
De acordo com a polícia
da capital, Madri, cerca de
10 mil pessoas se reuniram
na Praça da Porta do Sol, no
centro da cidade, com bandeiras da República espanhola. “Vim porque acho
que deveríamos ao menos
ter a chance de votar em
um referendo”, disse um estudante de 25 anos.
Os partidos Podemos, Esquerda Unida e Equo, que
receberam 20% dos votos espanhóis no Europarlamento, pediram a realização de
um referendo.
Houve também protestos
popularidade
O próximo rei da Espanha, Felipe VI, pode ajudar a restaurar a popularidade de uma monarquia
abalada por escândalos.
Casado com a ex-apresentadora de TV Letizia Ortiz,
Felipe não foi envolvido
nas acusações de extravagância real e de corrupção que mancharam os últimos anos do reinado de
Juan Carlos.
Felipe é formado em Direito e tem mestrado em
Relações Internacionais,
Manifestantes pedem referendo em
ato em Oviedo | ELOY ALONSO/REUTERS
em Barcelona, Sevilha, Valencia, Oviedo, Bilbao e outras cidades.
Sem uma lei definida para casos de abdicação, a sucessão deverá levar entre
três e seis semanas. METRO
Futura rainha
Letizia, casada com Felipe
há 10 anos, tem se preparado desde então para assumir o posto de rainha,
tendo como modelo a sogra, Sofía.
O casal tem duas filhas,
as infantas Leonor, de 8
anos, e Sofía, de 7. METRO
2
CULTURA
|10|
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
www.readmetro.com
{CULTURA}
Ospa estreia solo de viola
Eruditos. Kyotaka Teraoka volta a reger a orquestra, na estreia
da obra do polonês Krzysztof Penderecki. Concerto será no TSP
A Orquestra Sinfônica de
Porto Alegre apresenta
uma peça inédita no seu
concerto oficial de hoje.
Será a estreia do “Concerto para viola e orquestra”,
do compositor Krzysztof
Penderecki,
Aos 81 anos, o músico
polonês é considerado um
dos mais importantes compositores vivos da música
de concerto. Inicialmente
seu nome foi sinônimo de
vanguarda. Mais tarde, ele
passou a retomar aspectos
da música dos séculos 18
e 19, desafiando algumas
convenções da produção
contemporânea.
O solista da peça será o
o violista Renato Bandel,
de São Paulo. Ele é mestre
no instrumento pela Universidade de Berlim e integrante do Quarteto Camargo Guarnieri.
Na segunda parte do programa, a Ospa apresenta a
“Suíte nº 2”, que o russo Sergei Prokofiev (1891-1953)
extraiu do balé “Romeu e
Julieta”. A música que ele
compôs em 1935 para o
Teatro Bolshoi, de Moscou,
foi considerada, na época,
muito difícil para ser dançada. Por isso, o compositor
a transformou em duas suítes para concerto.
À frente da Ospa estará
o maestro japonês Kiyotaka Teraoka, já bastante conhecido do público porto-alegrense. Formado pelo
Conservatório de Viena, Teraoka é, atualmente, maestro titular da Orquestra Sinfônica de Osaka, no Japão.
METRO POA
Para ver
No Theatro São Pedro
(Praça da Matriz, s/nº)
Hoje, às 20h30
Ingressos no local de R$ 10
a R$ 40
Tel.: 3227-5100
O japonês Kyotaka Teraoka volta a Porto Alegre | GIOVANNA POZZER/DIVULGAÇÃO
Austrália revista em imagens e filmes
A Austrália, que faz um dos
jogos da Copa do Mundo
em Porto Alegre (no dia 18
de junho), revela um pouco da sua cultura na Semana da Austrália, que começa hoje na Casa de Cultura
Mario Quintana (r. dos Andradas, 736).
Entre as atividades culturais programadas estão
uma mostra de fotografias
do país, que será inaugurada às 19h no hall térreo da
CCMQ. As imagens mostram uma Austrália pouco
divulgada para os turistas,
como o outback australia-
Infantil
Contos
revisitados
A Cia. Caixa do Elefante
apresenta o espetáculo
“Encantadores de
Histórias” hoje e amanhã,
às 10h e 15h, no Teatro
Carlos Carvalho da CCMQ
(r. dos Andradas, 736).
Em cena, dois contadores
de histórias recriam
os personagens dos
contos de Hans Christian
Andersen. Agendamento
pelo tel.: 9137-1990.
no, os monumentos rochosos e as famosas trilhas.
Outro destaque é a mostra de longas-metragens,
que será exibida até domingo, sempre às 19h30, na Sala Eduardo Hirtz. A seleção
reúne cinco títulos australianos, todos produções recentes e pouco vistas nos cinemas brasileiros.
São tramas que falam
de relacionamentos e discutem os laços familiares,
caso de “Os Garotos estão
de Volta”, com Clive Owen
no papel de um pai que
precisa cuidar dos dois fi-
lhos – um adolescente e
outro de seis anos – após a
morte da mulher.
Por este enfoque também segue “Romulus, meu
Pai”, do diretor Richard Roxburgh, sobre um menino
que tenta se equilibrar entre um pai moralista e uma
mãe depressiva.
Os filmes que completam a programação são “Sei
que vou te Amar”, de Elissa
Down; “Olhe para os Dois
Lados”, de Sarah Watt, e o
thriller de suspense “Busca
Sangrenta”, Patrick Hughes.
METRO POA
Daniel Escobar investiga
o mercado imobiliário
O gaúcho Daniel Escobar encontrou no mercado imobiliário a inspiração para sua
nova exposição, “Seu Lugar
é Aqui, seu Momento é Agora”, que abre hoje no Santander Cultural (r. Sete de
Setembro, 1.028). A mostra
faz parte do projeto RS Contemporâneo e tem a curadoria da carioca Daniela Labra.
As obras, que podem ser
vistas no segundo andar do
espaço cultural, vêm de uma
longa pesquisa sobre a publicidade da venda de imóveis,
que normalmente divulgam
apartamentos muito mais
confortáveis do que realmente são e em locais que
não combinam com a cidade. Escobar criou outdoors,
fotografias, um mapa turísti-
‘Busca Sangrenta’ é um dos filmes da programação | DIVULGAÇÃO
Música
Rock
no Renascença
Obra revela
outra Legalidade
As bandas Lítera e Fantomáticos tocam hoje na República do Rock, com o repertório dos seus novos
discos. Às 19h30, no Teatro Renascença (av. Erico
Verissimo, 307). O ingresso é um quilo de alimento.
“Segunda Legalidade”
traz novos fatos ao golpe militar de 1964, revelando a tentativa de Leonel Brizola de fazer uma
cadeia radiofônica para alertar sobre o movimento dos militares. O
livro é resultado de uma
pesquisa de alunos da
PUCRS, com organização
dos professores Luciano
Klockner, Luciano Abreu
e Charles Monteiro. Autógrafos hoje, às 18h, no
prédio 41 da PUCRS.
METRO POA
Teatro
Estreia na Álvaro
Moreyra
O artista projetou a própria exposição como um anúncio | D. ESCOBAR/DIVULGAÇÃO
co e slogans divertidos; além
disso, aproveitou o ilusionismo vendido pela publicidade para simular inclusive a
própria exposição com imagens em 3D. METRO POA
Para ver
No Santander Cultural
(r. Sete de Setembro, 1.028)
Abertura hoje, às 19h.
Autógrafos
A peça “Elivai Star Lá”,
da oficina de formação
do Depósito de Teatro,
estreia hoje no projeto
Novas Caras. Às 20h, na
Sala Álvaro Moreyra (av.
Erico Verissimo, 307).
Grátis. METRO POA
METRO POA
“SEGUNDA
LEGALIDADE”
LUCIANO
KLOCKNER
E OUTROS
EDIPUCRS
R$ 20
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
www.readmetro.com
{PUBLIMETRO}
Leitor fala
Os invasores
Achados & perdidos
Morte no arroio Dilúvio 1
Ipiranga com Salvador França e Ipiranga com a Silva Só são os dois locais onde mais caem carros dentro
do arroio Dilúvio. Não sei por que
a prefeitura não instala guard-rails
nestes locais...
RUBEM PENZ
RUBEM.PENZ@METROJORNAL.COM.BR
UM INVENTÁRIO
MALEDICENTE DE TIPOS
ALEXANDRE SIMEÃO DIAS – PORTO ALEGRE, RS
Cruzadas
Morte no arroio Dilúvio 2
Quem será o culpado pela morte deste condutor de 23 anos cujo carro caiu
no arroio Dilúvio no último domingo?
Por que não foi colocada proteção em
torno deste arroio? É somente mais
um entre tantos acidentes que acontecerão. São tantas irresponsabilidades
num Brasil lotado de corruptos que isto não significa nada.
Corações sensíveis e amantes do politicamente correto, cuidado. Afinal, neste bonde sem freios ousarei revelar que, sim, dizemos que alguém é magro, nanico,
careca ou vesgo, especialmente quando é. Ou mesmo
tímida, desajeitada, pernóstica, teimosa. São traços físicos e de personalidade que se destacam para facilitar nossa vida. Preguiçosas e ferinas reduções. Mas há
algumas expressões que também definem tipos, facilmente reconhecíveis, ainda que seja muito feio a isso
reconhecer. E, já que estou ousando, segue:
Tipo “vai indo que já vou”: aquela pessoa a qual,
quando compõe conosco um grupo de trabalho, compreende bem pouco o sentido da palavra grupo, e absolutamente nada as implicações da expressão trabalho.
Tipo “daqui ninguém me tira”: um indivíduo que
tem plena consciência de estar fora de lugar (literal ou metaforicamente), mas nem assim, ou justamente por isso, topa mudar de condição. Não adianta buscar o Papa.
Tipo “peraí, deixa comigo”: eis uma temeridade
ambulante, pois se constitui no voluntarioso despreparado. Inconsequente, colocará tudo a perder e precisará ser socorrido em minutos. No fundo, é uma espécie dissimulada de suicida...
Tipo “duvido que você consiga”: amigo da onça, empenha-se em ver o outro se estrepar (sabendo que se dará mal). É movido pelo mais legítimo espírito de porco.
Se for preciso, insistirá mil vezes, apelando para chantagens sobre a masculinidade, por exemplo.
Tipo “por que não me avisaram?”: é aquele que
nunca pede sua opinião, faz questão de bancar tudo
guiado pelos seus instintos (crenças, palpites, suposições) e, quando dá porcaria, terceiriza a responsabilidade na maior cara de pau.
Tipo “agora!, ainda não!, agora!, espera!”: o pernicioso casamento de complexo de maestro com indecisão crônica produz um dos indivíduos menos úteis
para termos ao nosso lado na hora de fazer algo delicado, difícil ou arriscado. Aquele nem decide, nem
desocupa a moita.
Tipo “olha lá, ela está te dando bola!”: variação igualmente sádica do tipo “duvido que você consiga”, este
falso parceiro tem prazer quase sexual em ver o amigo
dar vexame. Assim que o convence a agir, chama uma
plateia para curtir a iminente tragédia.
Ah, e um dos piores, o tipo “sabichão engraçadinho”:
rápido nas tiradas, adora fazer ironia, vê piada até nas
maiores catástrofes e morreria em segundos se mordesse a própria língua. Deve ser mantido sob o severo controle do superego. Costuma escrever crônicas.
MARCELINO POGOZELSKI – PORTO ALEGRE, RS
Metro Pergunta
Você acha que greves
Siga o Metro
e paralisações neste
no Twitter:
período pré-Copa @jornal_metropoa
são rotineiras ou têm como
foco aumentar a pressão
sobre as autoridades?
@WTarcisio
Bota pressão nisso. A panela vai
ferver #ForaDillma (com dois “L”
mesmo).
Metro web
Para falar com a redação:
leitor.poa@metrojornal.com.br
Participe também no Facebook:
www.facebook.com/metrojornal
Sudoku
Rubem Penz é escritor, músico, publicitário, baterista e compositor. Autor de “Enquanto Tempo”
e coordenador da oficina literária Santa Sede crônicas de botequim. Seu site é rubempenz.net
Horóscopo
|11|◊◊
Está escrito nas estrelas
www.estrelaguia.com.br
A exposição de sentimentos
será essencial em paqueras, se estiver
só e também aos comprometidos no
convivo junto ao cônjuge.
Com a Lua em seu signo, uma
transição marcará seus projetos
com motivações para executar
algo que encontrava mais dificuldade.
Temas como viagens, estudos
e interesses culturais são
propensos a tomar atenção,
seja planejando algo ou vivenciando no lazer.
A retomada de antigos assuntos
tende a influenciar o trabalho.
Procure ter cautela e respeito com
padrões que envolvam esta área.
Serão bem vindos alguns
afastamentos de certas relações
para equilibrar suas energias
diante de problemas e desgastes da rotina.
Tendências para tratar
assuntos burocráticos ou que
requeiram a necessidade de
maior precaução com bens e finanças.
Cuide para que os vários
interesses que tenha em
atividades de seu dia a dia
não provoque afastamento de pessoas especiais.
Ambientes sociais marcarão
positivamente momentos
importantes, especialmente
com amigos e situações que envolvam diversões.
Mudará a maneira de lidar com
relações e valorizar quem mais
precisa de você. Na vida afetiva,
exercite mais alguns gestos românticos.
O momento é de atenção dobrada
com ações consumistas e com as
despesas mais frequentes. Procure
para repensar prioridades financeiras.
Em relacionamentos, cuide
para não exagerar em cobranças
diante de responsabilidades
que divide com pessoas importantes da sua vida.
O envolvimento com as
obrigações de sua rotina não
deve ser desculpa para aproveitar
momentos especiais de diversão.
Soluções
3
ESPORTE
|12|
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
www.readmetro.com
{ESPORTE}
Fábio Koff lança a
‘Operação Grêmio’
Reconciliados. Após evitar a separação, Grêmio e a construtora
OAS assinam novo aditivo contratual para a gerência da Arena
Durante a assinatura do novo aditivo contratual entre Grêmio e a construtora
OAS, ontem, o presidente
Fábio Koff deflagrou a “Operação Grêmio”, que pretende adquirir a totalidade da
gestão da Arena, antes do
prazo de 20 anos, período
de vigência da parceria com
a empresa baiana. A meta é
obter os recursos em até 12
meses, no entanto, os valores de uma possível negociação não foram divulgados.
Para isso será formado
um conselho misto, com
membros do Grêmio e também da OAS, que irá discutir formas de finalizar a
transição total da gerência
do estádio através de ações
de marketing e entre outras maneiras.
Emocionado, o presidente Fábio Koff convocou todos os gremistas para o
objetivo e disse que, particularmente, estava “experimentando uma das maiores emoções” que o Grêmio
já lhe proporcionou. Ao final, frisou: “Agora a Arena
é do Grêmio”.
Carlos Eduardo Barreto, da Oas, e Fábio Koff após assinatura | GABRIELA DI BELLA/METRO
No documento assinado ficou definido que o valor pago para manter os sócios na Arena cai de R$ 42
milhões para R$ 15 milhões
em 2014 e a partir do ano
que vem ficará em R$ 18
milhões até o fim da parceria. O Grêmio foi anistia-
do dos pagamentos referentes a 2013, no valor de R$
15 milhões. O Tricolor tem
agora 90 dias para concluir
as obras do novo centro de
treinamentos e migrar sua
administração
definitivamente para a Arena.
METRO POA
Felipão quer atenção total
em amistoso de preparação
Sem Copa
Falcao
Não vai ter Copa paa
Falcao García. Operado
no joelho esquerdo em
janeiro, o centroavante
foi cortado da lista de
jogadores que disputarão
o Mundial pela Colômbia.
O Brasil faz hoje no estádio
Serra Dourada, em Goiânia,
às 16h, o primeiro dos dois
amistosos que fará antes da
Copa do Mundo. O time enfrenta o Panamá. E o técnico
Luiz Felipe Scolari quer todos
os jogadores ligados.
“O Panamá é uma equipe
que quase se classificou para
esta Copa, tem um estilo de
jogo que é semelhante ao do
México e deverá ser levado a
sério”, disse o treinador, que
não terá Thiago Silva nem
Paulinho – a dupla foi poupada e será substituída por
Dante e Ramires.
Felipão nem lembrava o
técnico ranzinza e irritado do
último treinamento na Granja Comary, antes da viagem
para Goiânia. Insatisfeito com
o rendimento – e posicionamento – do seu time no coletivo, ele esbravejou para valer.
“Na primeira semana de
treinamentos, seguimos à
risca o planejamento, mas
não gostei de ver a marcação
frouxa, os espaços nas late-
Opinião
HELIO CASTRONEVES
HELIO.CASTRONEVES
@METROJORNAL.COM.BR
VITÓRIA DE NÚMERO 29!
Oi pessoal, hoje eu posso dizer a vocês que estou feliz. A vitória do domingo em Detroit foi especial porque veio num momento em que eu estava “batendo
na trave” e também por causa da maneira como foi
conquistada.
Assim como havia acontecido em Indianápolis, fui
muito bem na preparação e estive o tempo todo numa
condição competitiva. Tanto isso é verdade que fiz a pole no sábado e liderei o maior número de voltas. A vitória só não veio porque a nossa estratégia não conseguiu
se encaixar nas bandeiras amarelas. Então, aquele quinto lugar teve um gosto amargo, mas pouco tempo depois da bandeirada já havia assimilado e minha cabeça
estava focada totalmente no domingo.
Acordei muito bem, sem nenhuma ponta de frustração pelo que tinha acontecido no sábado, e sabia
que poderia fazer acontecer porque o meu carro estava muito bom. Não deu para repetir a pole, que dessa
vez ficou com o Takuma Sato, mas largando em terceiro, sabia que minhas chances eram muito boas. Assim
que largamos teve uma bandeira amarela, mas consegui passar para a segunda colocação e na volta 11 fiz
meu primeiro pit stop. Era a execução de uma estratégia de três paradas, uma a mais do que tínhamos feito
no sábado.
Como a gente parou cedo e muitos pilotos preferiram fazer o pit um pouco mais tarde, quem olhasse a
classificação da 12ª volta e me visse lá em 15º poderia
pensar que a coisa tinha ficado feia. Na verdade, começava ali uma escalada robusta de posições, tanto que já
era o líder na volta 28 e a partir disso praticamente não
saí da liderança, mesmo com mais dois pits.
A rodada dupla de Detroit foi muito importante também para a equipe, pois o evento é promovido pela própria Penske, mas a gente ainda não vencia aqui desde
2012, quando o Roger Penske passou a ser também o
capitão da corrida de Detroit. Com a vitória do Will Power no sábado e a minha no domingo, a minha 29ª na
Indy, foi realmente uma rodada completa para a equipe
e a Chevrolet, que tem feito um trabalho incrível.
Por causa da vitória eu acabei esticando a minha estada aqui em Detroit, mas já estou indo para o Texas,
onde no próximo sábado teremos corrida noturna no
oval. Será às 21h50 no horário brasileiro e a Band vai
mostrar tudo.
Abraço a todos, muitíssimo obrigado pela torcida e
mensagens de cumprimentos e até semana que vem!
Helio Castroneves, 39, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro
com mais vitórias na Indy, com 28 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002
e 2009). Disputa em 2014 sua 17ª temporada na categoria e 15ª pelo Team Penske.
Inter. Juan renova até o
fim da próxima temporada
Treinador quer jogadores ligados contra o Panamá | EDUARDO KNAPP/FOLHAPRESS
rais e meio para os contra-ataques de nossos adversários”,
explicou. “Como estamos a
apenas uma semana da nossa estreia na Copa do Mundo,
achei que era o momento de
lembrar os jogadores de que
eles podem fazer mais.”
FERNANDO VALEIKA
DE BARROS
ESPECIAL PARA O METRO
O vínculo do zagueiro Juan
com o Inter será renovado
até o fim da próxima temporada. O atual contratado
do defensor termina em julho e um novo já está acertado entre as partes e será assinado no próximo
mês. Para um novo acordo
ser firmado, o jogador teve que passar por uma readequação salarial para se
adaptar a nova realidade
financeira do clube.
O Inter, junto com o empresário Delcir Sonda, busca conseguir garantias ban-
cárias para comprar em
definitivo o chileno Aránguiz, o que deve ocorrer nos
próximos dias, assim como a contratação do lateral
Wellington Silva, que estava no Fluminense. A permanência de Aránguiz será
bancada por Sonda.
A maioria dos jogadores
está em férias. Porém, o
meia Alex, o zagueiro Paulão, o volante João Afonso
e o meia-atacante Otávio
treinam para se recuperarem de lesões.
METRO POA
PORTO ALEGRE - TERÇA-FEIRA, 3 DE JUNHO DE 2014
Download

porto alegre