32º DOMINGO DO TEMPO COMUM
ANO DA FÉ
MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO DO
DÍZIMO
EM JESUS TODOS VIVEM!
MOTIVAÇÃO
Caríssimos
irmãos
e
irmãs,
bem-vindos a esta celebração
onde
cremos
carne,
confirmaremos
na
sendo
fundamentos
ressurreição
esta
da
um
nossa
que
da
dos
fé,
alicerçada na ressurreição de
Cristo, que venceu o pecado e a
morte. Ao comungarmos Jesus,
seguiremos
confiantes
na
fidelidade amorosa de Deus e
nada teremos a temer. Com
esperança, iniciemos, cantando!
CANTO DE ENTRADA
A ti, Senhor, meu pedido! / Volta
pra mim, volta pra mim, volta
pra mim, / Senhor, pra mim, o
teu ouvido!
1. Ó Senhor, escuta a prece / Que
te faço e o meu pedido! / Vem! Me
atende, Deus fiel! / Eu preciso ser
ouvido. / Se vieres nos julgar, /
Todo mundo está perdido.
A ti, Senhor, meu pedido! / Volta
pra mim, volta pra mim, volta
pra mim, / Senhor, pra mim, o
teu ouvido!
2. Lembro os dias do passado: /
Os teus feitos que me alentam. /
Eu te estendo as minhas mãos, /
A minh’alma está sedenta / Como
terra esturricada, / Ressequida e
poeirenta..
A ti, Senhor, meu pedido! / Volta
pra mim, volta pra mim, volta
pra mim, / Senhor, pra mim, o
teu ouvido!
3. Vem, depressa, meu Senhor! /
Vem, depressa, me escutar! / Meu
espírito está fraco, / Eu já estou
para
desmaiar.
/
Não
me
escondas o teu rosto, / Para eu
não me arrasar..
A ti, Senhor, meu pedido! / Volta
pra mim, volta pra mim, volta
pra mim, / Senhor, pra mim, o
teu ouvido!
4.
Vem,
me
ensina
a
fazer
sempre, / Ó Senhor, tua vontade! /
Teu Espírito me guia / A uma terra
conquistada. / Vem, renova minha
vida, / das angústias libertada.
A ti, Senhor, meu pedido! / Volta
pra mim, volta pra mim, volta
pra mim, / Senhor, pra mim, o
teu ouvido!
SAUDAÇÃO
- Em nome do Pai e do Filho e
do Espírito Santo.
- Amém!
- A graça e a paz de Deus, nosso
Pai, e de Jesus Cristo, nosso
Senhor, estejam convosco.
- Bendito seja Deus que nos
reuniu no amor de Cristo!
ATO PENITENCIAL
Confessemos os nossos pecados:
Confesso
a
Deus
Todo-
Poderoso e a vós, irmãos e
irmãs, que pequei muitas vezes
por pensamentos e palavras,
atos e omissões, por minha
culpa, minha tão grande culpa.
E peço à Virgem Maria, aos
anjos e santos e a vós, irmãos e
irmãs, que rogueis por mim a
Deus, nosso Senhor.
CANTO DO ATO PENITENCIAL
.....
- Deus
Todo-Poderoso
tenha
compaixão de nós, perdoe os
nossos pecados e nos conduza
à vida eterna.
- Amém!
-Senhor, tende piedade de nós!
-Senhor, tende piedade de nós!
-Cristo, tende piedade de nós!
-Cristo, tende piedade de nós!
-Senhor, tende piedade de nós!
-Senhor, tende piedade de nós!
HINO DE LOUVOR
Glória a Deus nas alturas e paz
na terra aos homens por Ele
amados. Senhor Deus, Rei dos
céus, Deus Pai Todo Poderoso.
Nós vos louvamos, nós vos
bendizemos, nós vos adoramos,
nós vos glorificamos, nós vos
damos graças por vossa imensa
glória.
Senhor
Jesus
Unigênito,
Cristo,
Senhor
Filho
Deus,
Cordeiro de Deus, Filho de Deus
Pai. Vós que tirais o pecado do
mundo, tende piedade de nós.
Vós que tirais o pecado do
mundo, acolhei a nossa súplica.
Vós que estais a direita do Pai,
tende piedade de nós. Só Vós
sois o Santo, só Vós o Senhor,
só
Vós
o
Altíssimo,
Jesus
Cristo. Com o Espírito Santo, na
glória de Deus Pai, Amém.
HINO DE LOUVOR
.....
ORAÇÃO DA COLETA
OREMOS (Silêncio): Deus de
poder e misericórdia, afastai de
nós todo obstáculo para que,
inteiramente
disponíveis,
nos
dediquemos ao vosso serviço.
Por nosso Senhor Jesus Cristo,
vosso Filho, na unidade do
Espírito Santo.
- Amém!
A PALAVRA SE FAZ VIDA
Diante
da
certeza
da
ressurreição, os sete irmãos
consideraram a morte como se
nada fosse e se mantiveram
fiéis às convicções de fé da sua
família.
A
ressurreição
de
Cristo
mostra-nos a fidelidade e o
amor
de
Deus
em
nos
proporcionar uma consolação
eterna e uma feliz esperança na
vida plena. Atentos, ouçamos.
PRIMEIRA LEITURA
(2Mac 7,1-2.9-14)
Leitura do Segundo Livro dos
Macabeus.
Naqueles dias,
1aconteceu
que
foram presos sete irmãos, com
sua mãe, aos quais o rei, por meio
de golpes de chicote e de nervos
de boi, quis obrigar a comer carne
de porco, que lhes era proibida.
2Um
deles, tomando a palavra em
nome de todos, falou assim: “Que
pretendes? E que procuras saber
de
nós?
Estamos
prontos
a
morrer, antes que violar as leis de
nossos pais”. 9O segundo, prestes
a dar o último suspiro, disse: “Tu,
ó malvado, nos tiras desta vida
presente. Mas o Rei do universo
nos ressuscitará para uma vida
eterna, a nós que morremos por
suas leis”.
10Depois
deste,
começaram
a
torturar o terceiro. Apresentou a
língua logo que o intimidaram e
estendeu corajosamente as mãos.
11E
disse, cheio de confiança: “Do
Céu recebi estes membros; por
causa de suas leis os desprezo,
pois do Céu espero recebê-los de
novo”.
12O
próprio rei e os que o
acompanhavam
ficaram
impressionados com a coragem
desse
adolescente,
que
considerava os sofrimentos como
se nada fossem.
13Morto
também
este,
submeteram o quarto irmão aos
mesmos suplícios, desfigurandoo.
14Estando
quase a expirar, ele
disse: “Prefiro ser morto pelos
homens
tendo
em
vista
a
esperança dada por Deus, que
um dia nos ressuscitará. Para ti,
porém,
ó
rei,
não
ressurreição para a vida!”.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus!
haverá
SALMO RESPONSORIAL
- Ao despertar, me saciará vossa
presença e verei a vossa face!
- Ó Senhor, ouvi a minha justa
causa, escutai-me e atendei o
meu clamor! / Inclinai o vosso
ouvido à minha prece, pois não
existe
lábios!
falsidade
nos
meus
-
Ao
despertar,
me
saciará
vossa presença e verei a vossa
face!
- Os meus passos eu firmei na
vossa estrada, e por isso os
meus pés não vacilaram. / Eu
vos clamo, ó meu Deus, porque
me
ouvis,
inclinai
ouvido e escutai-me!
o
vosso
-
Ao
despertar,
me
saciará
vossa presença e verei a vossa
face!
- Protegei-me qual dos olhos a
pupila e guardai-me, à proteção
de vossas asas. / Mas eu verei,
justificado, a vossa face e ao
despertar
presença.
me
saciará
vossa
-
Ao
despertar,
me
saciará
vossa presença e verei a vossa
face!
SEGUNDA LEITURA
(2Ts 2,16-3,5)
Leitura da Segunda Carta de São
Paulo aos Tessalonicenses.
Irmãos:
16Nosso
Senhor Jesus
Cristo e Deus nosso Pai, que nos
amou
em
sua
graça
e
proporcionou uma consolação
nos
eterna
17animem
e
feliz
esperança,
os vossos corações e
vos confirmem em toda boa ação
e palavra.
3,1Quanto
ao mais,
irmãos, rezai por nós, para que a
palavra do Senhor seja divulgada
e glorificada como foi entre vós.
2Rezai
livres
também para que sejamos
dos
homens
maus
e
perversos pois nem todos têm a
fé!
3Mas
o Senhor é fiel; Ele vos
confirmará e vos guardará do mal.
4O
Senhor nos dá a certeza de
que vós estais seguindo e sempre
Seguireis as nossas instruções.
5Que
o Senhor dirija os vossos
corações ao amor de Deus e à
firme esperança em Cristo.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus!
ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
Aleluia, aleluia, aleluia.
Jesus Cristo é o Primogênito dos
mortos; a Ele a glória e o domínio
para sempre!
- O Senhor esteja convosco!
- Ele está no meio de nós!
- Proclamação do Evangelho de
Jesus Cristo, † segundo Lucas.
- Glória a vós, Senhor!
- Palavra da Salvação!
- Glória a vós, Senhor!
PROFISSÃO DE FÉ
Creio
em
Deus
Pai
Todo-
Poderoso, criador do céu e da
terra. E em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que
foi concebido pelo poder do
Espírito
Santo;
nasceu
da
Virgem
Maria;
padeceu
sob
Pôncio Pilatos, foi crucificado,
morto e sepultado. Desceu à
mansão
dos
ressuscitou
ao
mortos;
terceiro
dia,
subiu aos céus; está sentado à
direita de Deus Pai Todo-Pode-
roso donde há de vir a julgar os
vivos e os mortos. Creio no
Espírito Santo; na Santa Igreja
Católica;
na
comunhão
dos
santos;
na
remissão
dos
pecados; na ressurreição da
carne; na vida eterna. Amém.
ORAÇÃO DA COMUNIDADE
1.
Iluminados
pela
fé
e
pela
coragem de Jesus, a vossa Igreja e
seus ministros possam enfrentar as
dificuldades
e
adversidades
no
serviço de conduzir o povo de Deus
rumo à vida eterna, rezemos.
-
Pai
Santo,
dai-nos
perseverança para trabalharmos
na vossa Igreja!
2.
Para
que
nossos
jovens
perseverem e não percam a
esperança continuando firmes
no
projeto
de
vida
e
evangelização despertados pela
Jornada Mundial da Juventude,
rezemos.
-
Pai
Santo,
dai-nos
perseverança para trabalharmos
na vossa Igreja!
3. Para que nossas famílias
espalhem as atitudes da Igreja
Doméstica, rezemos.
-
Pai
Santo,
dai-nos
perseverança para trabalharmos
na vossa Igreja!
4. Por todos nós, para que
entendamos
sentido
da
o
verdadeiro
partilha
que
a
Pastoral do Dízimo nos ensina,
rezemos.
-
Pai
Santo,
dai-nos
perseverança para trabalharmos
na vossa Igreja!
CANTO DO OFERTÓRIO
1. Bendito seja Deus Pai, / Do
universo criador, / Pelo pão que
nós recebemos, / Foi de graça e
com amor.
O homem que trabalha / Faz a
terra
produzir.
multiplica
os
/
O
dons
nós vamos repartir!
trabalho
/
Que
2. Bendito seja Deus Pai, / Do
universo o criador,/ Pelo vinho
que nós recebemos, / Foi de
graça e com amor.
O homem que trabalha / Faz a
terra
produzir.
multiplica
os
/
O
dons
nós vamos repartir!
trabalho
/
Que
3. E nós participamos / Da
construção do mundo novo /
Com Deus, que jamais despreza
/ Nossa imensa pequenez.
O homem que trabalha / Faz a
terra
produzir.
multiplica
os
/
O
dons
nós vamos repartir!
trabalho
/
Que
LITURGIA EUCARÍSTICA
- Orai, irmãos e irmãs, para que o
nosso sacrifício seja aceito por
Deus Pai Todo-Poderoso.
- Receba ó Senhor por tuas mãos
este sacrifício, para a glória do
Seu nome, para nosso bem e de
toda Santa Igreja!
ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS
Lançai, ó Deus, sobre o nosso
sacrifício um olhar de perdão e
de paz, para que, celebrando a
paixão do vosso Filho, possamos
viver o seu mistério. Por Cristo,
nosso Senhor. - Amém.
ORAÇÃO EUCARÍSTICA II
- O Senhor esteja convosco.
- Ele está no meio de nós.
- Corações ao alto.
- O nosso coração está em Deus.
- Demos
graças
ao
Senhor,
nosso Deus.
- É nosso dever e nossa salvação.
NA
VERDADE,
é
justo
e
necessário, é nosso dever e
salvação
dar-vos
graças,
sempre e em todo o lugar,
Senhor, Pai santo, Deus eterno
e todo-poderoso, por Cristo,
Senhor nosso. Ele é a vossa
palavra viva, pela qual tudo
criastes. Ele é o nosso salvador
e redentor, verdadeiro homem,
concebido do Espírito Santo e
nascido da virgem Maria. Ele,
para cumprir a vossa vontade e
reunir um povo santo em vosso
louvor, estendeu os braços na
hora da sua paixão a fim de
vencer a morte e manifestar a
ressurreição. Por ele os anjos
celebram vossa grandeza e os
santos
proclamam
vossa
glória. Concedei-nos também a
nós
associar-nos
a
seus
louvores, cantando (dizendo) a
uma só voz:
SANTO
Santo, Santo, Santo, Senhor
Deus do universo. O céu e a
terra proclamam a vossa glória.
Hosana nas alturas. Bendito o
vem
em
nome
Hosana nas alturas.
do
Senhor.
SANTO
...............
NA VERDADE, ó Pai, vós sois
Santo e fonte de toda santidade.
Santificai,
pois,
estas
oferendas, derramando sobre
elas o vosso Espírito, a fim de
que se tornem para nós o Corpo
e † o Sangue de Jesus Cristo,
vosso Filho e Senhor nosso.
- Santificai nossa oferenda, ó
Senhor!
- Eis o mistério da fé!
- Anunciamos, Senhor, a vossa
morte e proclamamos a vossa
ressurreição.
Jesus!
Vinde,
Senhor
CELEBRANDO, pois, a memória
da morte e ressurreição do
vosso
Filho,
nós
vos
oferecemos, ó Pai, o pão da
vida e o cálice da salvação; e
vos agradecemos porque nos
tornastes dignos de estar aqui
na vossa presença e vos servir.
- Recebei, ó Senhor, a nossa
oferta!
E NÓS VOS SUPLICAMOS que,
participando do Corpo e Sangue
de Cristo, sejamos reunidos
pelo Espírito Santo num só
corpo.
- Fazei de nós um só corpo e
um só espírito!
LEMBRAI-VOS, ó Pai, da vossa
Igreja que se faz presente pelo
mundo inteiro: que ela cresça
na caridade, com
o Papa
Francisco, e todos os ministros
do vosso povo.
- Lembrai-vos, ó Pai, da vossa
Igreja!
LEMBRAI-VOS
também
dos
nossos irmãos e irmãs que
morreram
na
esperança
da
ressurreição e de todos os que
partiram desta vida: acolhei-os
junto a vós na luz da vossa
face.
-
Lembrai-vos,
vossos filhos!
ó
Pai,
dos
ENFIM, nós vos pedimos, tende
piedade de todos nós e dai-nos
participar da vida eterna, com a
Virgem Maria, Mãe de Deus,
com os santos Apóstolos e
todos os que neste mundo vos
serviram, a fim de vos louvar-
mos e glorificarmos por Jesus
Cristo, vosso Filho.
- Concedei-nos o convívio dos
eleitos!
RITO DA COMUNHÃO
PAI NOSSO...
- Livrai-nos de todos os males, ó
Pai, e dai-nos hoje a vossa paz.
Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres
do pecado e
todos
os
protegidos
perigos,
de
enquanto,
vivendo a esperança, aguarda-
mos a vinda do Cristo Salvador.
- Vosso é o reino, o poder e a
glória para sempre!
- Senhor Jesus Cristo, dissestes
aos vossos Apóstolos: Eu vos
deixo a paz, Eu vos dou a minha
paz.
Não
olheis
os nossos
pecados mas a fé que anima
vossa Igreja; dai-lhe, segundo o
vosso desejo, a paz e a unidade.
Vós, que sois Deus, com o Pai e
o Espírito Santo.
- Amém!
- A paz do Senhor esteja sempre
convosco.
- O amor de Cristo nos uniu!
- Cordeiro de Deus que tirais o
pecado do mundo, tende piedade
de nós.
- Cordeiro de Deus que tirais o
pecado do mundo, tende piedade
de nós.
- Cordeiro de Deus que tirais o
pecado do mundo, dai-nos a paz.
- Senhor, eu não sou digno(a) de
que entreis em minha morada
mas dizei uma palavra e serei
salvo(a).
COMUNHÃO I
Deus dos mortos não é nosso
Deus! / Nosso Deus é o Deus
dos viventes! / Para Ele é
que todos vivemos, / Do pão
vivo comendo contentes!
1. Minh’alma louva o Senhor, / Seu
nome seja louvado! / Minh’alma
louva o Senhor, / Por tudo que me
tem dado. / Me cura as
enfermidades / E me perdoa os
pecados.
Deus dos mortos não é nosso
Deus! / Nosso Deus é o Deus
dos viventes! / Para Ele é
que todos vivemos, / Do pão
vivo comendo contentes!
2. Me tira da triste morte, / Me dá
carinho e amor. / Com sua
misericórdia / Do abismo me
retirou. / E, como se eu fosse
águia, / Vem renovar meu vigor.
Deus dos mortos não é nosso
Deus! / Nosso Deus é o Deus
dos viventes! / Para Ele é
que todos vivemos, / Do pão
vivo comendo contentes!
3. Consegue fazer justiça / A todos
os oprimidos. / Guiou Moisés no
deserto / E Israel escolhido. / Tem
pena, tem compaixão / E não se
sente ofendido.
Deus dos mortos não é nosso
Deus! / Nosso Deus é o Deus
dos viventes! / Para Ele é
que todos vivemos, / Do pão
vivo comendo contentes!
4. Guardando mágoa não fica / E é
lento pra castigar. / É sempre
cheio de amor / E gosta de
perdoar. / De nossos erros não
usa, / Para de nós se vingar.
Deus dos mortos não é nosso
Deus! / Nosso Deus é o Deus
dos viventes! / Para Ele é
que todos vivemos, / Do pão
vivo comendo contentes!
ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
OREMOS: Fortificados por este
alimento
damos
sagrado,
graças,
ó
nós
Deus,
vos
e
imploramos a vossa clemência;
fazei
que
perseverem
na
sinceridade
do
vosso
amor
aqueles que fortalecestes pela
infusão do Espírito Santo. Por
Cristo, nosso Senhor.
- Amém!
BÊNÇÃO E DESPEDIDA
- O Senhor esteja convosco!
- Ele está no meio de nós!
-Concedei, ó Deus, aos vossos
filhos e filhas, vossa assistência
e vossa graça: dai-lhes saúde de
alma e corpo, fazei que se amem
como irmãos e estejam sempre a
vosso serviço. Por Cristo, nosso
Senhor. Amém!
- Abençoe-vos
Deus
Poderoso,
e
Pai
Espírito Santo.
- Amém!
Filho
Todo†
e
- Em nome do Senhor, ide em
paz e o Senhor vos acompanhe.
- Graças a Deus!
BOA SEMANA!
Download

10/11/2013