6
ECONOMIA
INTERIORIZAÇÃO
DC fecha parceria com Federaminas
Coluna semanal dedicada a notícias das associações comerciais e industriais do Estado estreia nesta edição
ALISSON J. SILVA
MARA BIANCHETTI
Em 2012, quando foram
comemorados os 80 anos de
fundação do DIÁRIO DO
COMÉRCIO, o jornal lançou
a proposta de discutir o
cenário no qual estarão inseridos os negócios em 2032,
ano em que completará cem
anos. Desde então, tem voltado também suas atenções
para a adoção de estratégias
e a criação de canais que permitam a modernização e a
ampliação da geração de
conteúdo. Tudo isso como
forma de reforçar e aprimorar seu papel na cobertura
especializada de economia,
gestão e negócios em Minas
Gerais.
Neste sentido, estreia hoje
a coluna “Negócios em
Foco”, parceria com a Federação das Associações
Comerciais e Empresariais
do Estado de Minas Gerais
(Federaminas), que será
publicada semanalmente, às
quintas-feiras.
Um espaço dedicado a
notícias e informações das
associações comerciais e
industriais do Estado, que
também chegará com mais
vigor às diversas regiões
mineiras, por meio das cerca
de 300 cidades em que a entidade possui filiados.
“Trata-se de um trabalho
complementar à série de
ações que já vêm sendo adotadas há dois anos. Desta
vez, com o objetivo maior de
também chegar ao interior
do Estado e promover as
riquezas dos mais de 850
municípios mineiros, por
meio da geração de conteúdo exclusivo e confiável,
que permita ainda uma interação com todos os agentes
da economia”, explica o diretor executivo e de Mercado
do DC, Yvan Muls.
O superintendente de
Negócios da Federaminas,
Ricardo Lacerda, destaca
que o principal objetivo da
entidade na parceria é de
levar ao empresariado
dados importantes sobre a
economia mineira, promovendo um intercâmbio de
informações entre as associações comerciais e as
empresas que representam
em toda Minas Gerais.
Para se ter uma ideia,
segundo ele, são mais de 180
mil associados em cerca de
300 cidades que, juntas,
representam 76% da população mineira e 85% do Produto Interno Bruto (PIB)
estadual. “Uma de nossas
principais atuações é, justamente, desenvolver os interesses da classe empresarial
e ser agente de promoção do
desenvolvimento da economia do Estado. Essa publicação vai funcionar como um
importante instrumento
para a concretização dessas
premissas”, ressalta.
Lacerda destaca ainda o
DIÁRIO DO COMÉRCIO
como uma referência para
empresários, executivos e
profissionais liberais, lembrando que a contrapartida na parceria se dará por
meio da divulgação de
informações de qualidade
junto à entidade. “O jornal
vai se firmar como uma
ferramenta de uso contínuo para os nossos associados, seja por meio da
divulgação das notícias
das filiais, seja pelas informações que levará até os
empresários”, completa.
Projetos — Além do jornal
impresso, que reúne conteúdo especializado em economia local, regional, nacional e internacional, o
portfólio do DC conta ainda
com uma revista dedicada à
reflexão e análise das principais questões econômicas
que dizem respeito a Minas
Gerais, a DC Análise, e o site,
que funcionará, em breve,
também como fonte de pesquisa e de processamento de
informações, projeto batizado de DC Inteligência.
Ainda dentro da proposta
reformulação da geração de
conteúdo, Yvan Muls destaca que parcerias semelhantes à da Federaminas têm
sido constantemente firmadas entre o jornal, entidades
e empresas. Há duas semanas, por exemplo, foi lançada coluna sob o título de
“A Cegueira nas Organizações”, que conta com a experiência da empresa de consultoria DM&P, publicada às
Lacerda destaca o valor do intercâmbio de informações
terças-feiras no caderno de
Negócios.
Destacam-se também a
parceria com a Endeavor,
para disponibilização de
conteúdo junto ao DC Notícias, e a promoção de seminários e debates, como
forma de aprofundar discussões do passado, presente e
futuro das economias nacional e estadual.
“Teremos mais uma edi-
ção do ‘Desafios da Gestão’, no próximo dia 28, do
‘Encontro de Inteligência
Competitiva’, provavelmente no dia 5 de novembro, e o terceiro seminário
sobre as perspectivas para
2032 com agentes da economia de Minas e do Brasil, antecedendo a publicação de comemoração dos
82 anos de fundação do jornal”, adianta.
NEGÓCIOS EM FOCO
Federaminas amplia projeto
para internacionalizar MPEs
Depois de incorporar
novas rotas neste ano, a
Federaminas amplia ainda
mais para 2015 o seu projeto
de internacionalização de
micro e pequenas empresas
(MPEs) mineiras, que é
desenvolvido através da presença de comitivas empresariais em feiras, exposições,
rodadas de negócios e visitas
técnicas a indústrias no exterior. Uma das inovações
estende a missão à convenção da National Retail Federation, a Big Show NRF 2015
— que se realiza em Nova
York (EUA) em janeiro —, e à
Zona Franca de Colon, no
Panamá, considerada a
segunda maior área de livre
comércio do mundo.
Para o próximo ano, o
foco será a organização de
missões empresariais segmentadas, com maior
número de destinos. Até
então, o projeto da entidade
tem se concentrado em
comitivas para a NRF, a Canton Fair (feira de Cantão),
em abril e outubro, em
Guangzhou (China), e desde
este ano a Zona Franca de
Colon, na Cidade do
Panamá. Agora, a consultoria Baumann, que assessora
a Federaminas na área de
ações internacionais, prospecta novos mercados para
os quais serão direcionados
empresários de diferentes
segmentos produtivos e de
comercialização.
NRF — Os integrantes da
missão da Federaminas ao
Big Show NRF 2015 se juntarão a empresários e executivos de várias partes do
mundo atuantes nos mercados de varejo on-line e off-line,
além de setores coligados e
importantes que fazem parte
da cadeia de valor global, em
congresso mundial que
durante quatro dias debaterá
temas como inovação no
varejo digital, estratégias globais, marketing e gerenciamento de marcas, estratégias
d e merchandising, vare jo
móvel, experiência de loja,
tendências tecnológicas e
aplicativos. Em paralelo, na
NRF Expo terão contato com
fabricantes e demais provedores de soluções para o
varejo e outros setores da
cadeia, em sua maioria relacionados ao mercado de tecnologias, inovações, operações e soluções.
Colon — Na visita à Zona
Franca de Colon, área localizada na entrada do canal do
Panamá e que reúne mais de
3 mil fornecedores, os empresários encontrarão diferenciais como mix de produtos
que pode ser adquirido em
qualquer volume, acondicionamento das mercadorias em
contêiner único, despacho da
carga para o Brasil em menos
de 24h.
A comitiva também terá
agenda técnica na Cidade do
Panamá, com imersão no
varejo servindo como benchmark para seus negócios e,
ainda, oportunidade de compras nos diversos shopping
centers locais. Mais informações sobre a missão através
do telefone (31) 3078-7000 ou
e-mail sena@federaminas.com.br.
FEDERAMINAS/DIVULGAÇÃO
Sustentabilidade ganha núcleo
no município de Uberlândia
Promover a sustentabilidade como ferramenta na gestão empresarial do município e
da região é o objetivo de núcleo
específico implantado pela
Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub). O
presidente da entidade, Fábio
Pergher, explica que o órgão
trabalha em três eixos principais — mercadológico, social e
de conscientização.
O Núcleo de Sustentabilidade (NSA) foi criado no
âmbito do Programa Empreender, que reúne empresas de
pequeno porte de mesmo segmento em busca de soluções
para problemas comuns. O
consultor Gabriel Henrique
Almeida, coordenador do
grupo, diz que a iniciativa
decorre da necessidade de uma
visão ambientalmente responsável na gestão de negócios e
atende à urgência de se multiplicarem ações sustentáveis no
meio do empresariado local.
ACEs formam grandes delegações
para o XVII Congresso em Araxá
Associações comerciais de diversos municípios mineiros, entre
eles Nova Lima, Manhumirim e Pratápolis, se preparam para
participar com expressivas delegações de empresários do XVII
Congresso das Associações Comerciais e Empresariais de Minas
Gerais, que a Federaminas realiza de 5 a 8 de novembro no Tauá
Grande Hotel e Termas de Araxá, na região do Alto Paranaíba.
Essa disposição vem ao encontro do propósito do presidente
da entidade, Emílio Parolini, de que haja ampla mobilização das
federadas em torno do evento nessa estância hidromineral, numa
efetiva demonstração da pujança do movimento empresarial
capitaneado pelas associações comerciais mineiras.
Palestras e debates sobre temas de relevância, de interesse de
empresas e empresários e relacionadas com a economia do
Estado e do país, integram a programação do encontro anual das
ACEs. No dia 7, acontece a solenidade Mérito Empresarial 2014,
que premia os empresários-destaque do ano.
PM quer ampliar a Rede de Comércio
Protegido com apoio da Federaminas
FEDERAMINAS/DIVULGAÇÃO
Missão também será estendida à Zona Franca de Colon, na entrada do Canal do Panamá
Diante dos resultados positivos do projeto, a Polícia Militar
de Minas Gerais (PMMG)
busca ampliar no Estado a Rede
de Comércio Protegido e quer a
participação das associações
comerciais do Sistema Federaminas na motivação dos
empresários do setor. O assunto
será discutido durante o congresso das ACEs em Araxá.
Ponte Nova é um bom
exemplo do êxito do projeto.
Ao apresentar na Associação
Comercial local a fase de
monitoramento compartilhado da Rede, a 21ª Cia. de
Polícia Militar Independente
de Minas Gerais mostrou que
em um ano, desde agosto de
Apresentação em Ponte Nova
2013, o município registrou
redução de 7% no índice de
furtos e queda expressiva de
47% no de roubos e crimes
violentos. Agora, com câmer a s in s t a l a d a s e m t o d a a
cidade, a PM tem importante
ferramenta de combate e prevenção à criminalidade.
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FEDERAMINAS
Download

DC fecha parceria com Federaminas