Ciências Humanas e suas
Tecnologias - Geografia
Ensino Médio, 1ª Série
OS FATORES DE LOCALIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DAS INDÚSTRIAS
• No ponto de vista histórico,
podemos dizer que a
indústria surgiu na Inglaterra,
na segunda metade do século
XVIII.
• Profundas transformações
ocorreram nesse país, uma
verdadeira revolução no
modo de produzir. Daí a
expressão consagrada pelos
historiadores: Revolução
Industrial.
• Para muitos historiadores, a
Revolução Industrial
desempenhou um papel vital
no desenvolvimento
capitalista.
Imagem: Rodolfo E. Aristimuño / Creative
Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
IMPORTÂNCIA DA INDÚSTRIA PARA O
DESENVOLVIMENTO DE UMA NAÇÃO
A indústria é capaz de
transformar uma matériaprima em bens de consumo e
produção.
Sem a indústria, a nossa
capacidade de transformação
de matéria-prima seria
limitada, e o abastecimento de
grandes massas populacionais
seria bem difícil e até inviável.
A indústria, porém, nem
sempre teve as características
que tem hoje em dia (1).
Imagem: Autor Desconhecido / United States
Public Domain.
Imagem: Peter grotzinger / GNU Free Documentation
License.
Antes houve a longa fase do artesanato e
manufatura, que se estendeu desde a
antiguidade até a Revolução Industrial. A
produção era feita de forma manual (2).
Imagem: Eckhard Pecher / Creative
Commons Attribution-Share Alike 2.5 Generic.
A Primeira Revolução Industrial teve início no fim do século
XVIII início do século XIX. A partir desse período muita coisa
mudou: as tecnologias, as relações de trabalho, o modo de
produzir, entre outros (3).
Imagem: Herman Heyenbrock / United States public domain.
INFLUÊNCIA DO CAPITALISMO
O capitalismo não criou a cidade, mas ele criou a
metrópole, em sua fase industrial, e recentemente a
megalópole, em sua fase financeira.
Imagem: Dirk Ingo Franke / Creative Commons Attribution-Share Alike 2.0 Generic.
O LOCAL IDEAL PARA A INSTALAÇÃO DE UMA
INDÚSTRIA
• A determinação do local
ideal para a instalação de
uma indústria é
fundamental para o
sucesso do
empreendimento.
• A análise de alguns fatores
que influenciam nos
processos empresariais,
como mercado
consumidor, fornecedores
e mão de obra (4).
Imagem: Abhisek Sarda / Creative Commons Attribution 2.0
Generic.
FATORES PARA IMPLANTAÇÃO DE UMA INDÚSTRIA
São observados diversos fatores para a
criação e implantação de uma
indústria, dentre os principais estão:
Capitais: não é possível instalar e
colocar em funcionamento uma
indústria sem recursos financeiros, pois
são esses que dão subsídios para a
construção da edificação, para obter a
área, aquisição de equipamentos e
máquinas e todos os recursos
necessários para o início da produção
(5).
Imagem: Anonymoususer / public
domain
FATORES PARA IMPLANTAÇÃO DE UMA INDÚSTRIA
Imagem: Trygvetv / GNU Free Documentation License.
Energia: para a execução da prática industrial, é indispensável a utilização de energia
para mover as máquinas e equipamentos. Ao escolher um local para instalação de
um empreendimento é preciso verificar qual fonte energética está disponível e a
quantidade oferecida, uma vez que essa tem que ter um número abundante, pois o
custo de instalação é muito elevado e não pode haver falta de tal recurso no
processo produtivo (6).
FATORES PARA IMPLANTAÇÃO DE UMA INDÚSTRIA
Mão de obra: além dos itens citados, outro elemento que é de extrema
importância nesse processo é a mão de obra, pessoas que vendem sua força de
trabalho em troca de um salário que deve garantir a manutenção do trabalhador e
de sua família, devido a essa dependência humana as indústrias geralmente se
encontram estabelecidas em grandes centros urbanos (7)..
Imagem: Ricardo Stuckert/PR / Creative Commons Attribution 3.0 Brazil.
A MATÉRIA - PRIMA
Matéria-prima: esse item ocupa um lugar de destaque no
processo produtivo, pois é a partir da matéria-prima que
será agregado um valor correspondente ao resultado do
trabalho e automaticamente o lucro da produção (8).
Imagem: Congvang999 / public domain
MERCADO CONSUMIDOR
Mercado consumidor: a escolha em estabelecer-se próximo aos
núcleos urbanos é proveniente da proximidade entre a indústria e os
possíveis consumidores em potencial, desse modo evitam grandes
gastos com transporte, além de dinamizar o seu fluxo até os centros
de distribuição (9).
Imagem: Jfaneves / public domain
TRANSPORTES
Meios de transportes: um
sistema de transportes é de
extrema valia para a
produção e distribuição
industrial. Nesse caso, é
preciso que haja uma boa
infraestrutura que
possibilite uma logística
dinâmica e que atenda à
demanda de fluxo de
matéria-prima até as
indústrias e dessas até o
consumidor (10).
Imagem: Autor desconhecido / Public domain
Problemas gerados pelas indústrias
nos centros urbanos
Com a superconcentração do capital nas metrópoles,
ocorrem também:
A aceleração dos preços dos imóveis;
O congestionamento nas redes de transportes e
comunicações;
O esgotamento das reservas de matéria-prima e energia;
A elevação do custo da mão de obra.
BUSCANDO SOLUÇÕES
Está acontecendo uma reorganização geográfica industrial
no mundo, principalmente nos países subdesenvolvidos
industrializados. Procura-se uma desconcentração das
indústrias.
Imagem: ~~×α£đ~~es / GNU Free Documentation License.
INCENTIVOS FISCAIS
Um fator que tem bastante importância na hora de
decidir implantar uma fábrica são os incentivos
fiscais. Esses incentivos fiscais podem ser: isenção
de impostos, terreno sem custo, algumas vezes com
infraestrutura básica já implantada. Em qualquer
país, quando alguma empresa anuncia a
concentração de uma nova fábrica, começam as
guerras fiscais entre as cidades, para atraí-la.
TIPOS DE INDÚSTRIAS
Indústria de bens de produção ou de base
(pesada): transforma matérias-primas ou energia
em produtos que vão ser usados pelas indústrias de
bens de capital ou de consumo. Ex.: as siderúrgicas,
as metalúrgicas e as petroquímicas.
Imagem: Rascamelo / public domain
Imagem: Baytownbert / Creative
Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
Tipos de indústrias
Indústria de bens de capital: esse tipo de indústria
produz máquinas e equipamentos que serão
utilizados pelas indústrias leves ou pesadas. Essas
indústrias se localizam principalmente perto de
seus consumidores, nos centros industriais.
Imagem: SENAComunica / Creative
Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported.
TIPOS DE INDÚSTRIAS
Indústria de bens de consumo (leves) - Produzem produtos:
 Duráveis (móveis, eletrodomésticos, automóveis, etc);
 Não duráveis (alimentos, bebidas, etc).
Essas indústrias abrigam a maior parte dos trabalhadores e atinge um
amplo mercado consumidor.
Imagem: Alex Rio Brazil / GNU Free Documentation
License
Imagem: HVL / Creative
Commons Attribution 3.0 Unported.
INDÚSTRIA E URBANIZAÇÃO
A expansão das indústrias está diretamente
relacionada ao processo de urbanização e
crescimento demográfico nas cidades, pois esse
fenômeno exerce grande poder de atração para a
população rural, fato que desencadeia os fluxos
migratórios para as cidades (11).
Imagem disponível em:
http://dalhemongo.wordpress.com/2008/11/27/pare-veja-penseexodo-rural/
Industrialização Clássica É aquela que se vincula
à Revolução Industrial
pelo critério
tecnológico, cujo país
pioneiro foi a
Inglaterra, no período
1750 – 1850.
Imagem: Morwen / GNU Free Documentation License
Segundo Jorge Ávila, presidente
do INPI (Instituto Nacional da
Propriedade Industrial) , no
Brasil, como em toda a periferia
industrial, o esforço de invenção
foi deixado de lado em razão da
aprendizagem da capacitação
desenvolvida lá fora. Isso explica
a aposta brasileira nas políticas
industriais,
baseadas
na
substituição das importações.
Imagem: CIA / Bemoeial2 / Public Domain
Atualmente, vivemos uma 3ª etapa tecnológica: a
era da microeletrônica, das tecnologias de
informação, da robótica e da biotecnologia.
A INTEGRAÇÃO DO PROCESSO INDUSTRIAL
À GLOBALIZAÇÃO
São várias as estratégias indispensáveis à atual economia,
altamente competitiva, integrada e globalizada. Entre elas,
podemos citar:
- a automação do processo produtivo, com a substituição da mão de obra
por equipamentos automatizados;
- a exigência de trabalho cada vez mais qualificado;
- a reestruturação da linha de montagem, com maior integração entre as
tarefas ou etapas do processo produtivo.
- a flexibilização das normas do trabalho, que possam restringir a atividade
das empresas;
- o sistema "just-in-time", que consiste na redução, ao mínimo, dos
estoques das empresas (12).
INDÚSTRIA NO BRASIL
Durante o período colonial, pelas regras da política
econômica mercantilista, não podia ser implantada,
no Brasil, nenhuma atividade produtiva que
competisse com as atividades da metrópole ou que
prejudicasse seus interesses comerciais (13).
Imagem: Jean-Baptiste Debret / Public Domain
As dificuldades causadas
pela Segunda Guerra
Mundial ao comércio
internacional favoreceram a
substituição de
importações.
Em 1946 começou a operar
a Companhia Siderúrgica
Nacional (CSN), em Volta
Redonda, no Rio de Janeiro.
A Petrobras foi criada em
outubro de 1953 (14).
Imagem: Maurício Kanno / Creative Commons AttributionShare Alike 3.0 Brazil
A região Nordeste tem
atraído elevados investimentos
para seu setor econômico.
Sua atividade industrial
está em ascensão, isso
acontece em decorrência de
melhorias ocorridas nas
indústrias nativas e da chegada
de inúmeras empresas
oriundas de outras partes do
Brasil, especialmente do
Sudeste.
Dentre as principais
indústrias, estão as do ramo
alimentício, calçadista e
vestuário (15).
Imagem: Dr. Karl-Heinz Hochhaus / GNU Free Documentation License
Imagem: C.A.Müller / Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
•O Complexo Industrial Portuário de Suape é o mais completo polo para a localização
de negócios industriais e portuários da Região Nordeste.
• Dispondo de uma infraestrutura completa para atender às necessidades dos mais
diversos empreendimentos. Suape tem atraído um número cada vez maior de
empresas interessadas em colocar seus produtos no mercado regional ou exportá-los
para outros países (16).
POLO DE CONFECÇÕES DO AGRESTE
• O polo inclui 3 municípios: Caruaru, Santa Cruz do
Capibaribe e Toritama.
• O polo de confecções surge como um potencial para
o turismo de negócios. Em cada uma das três
cidades, existe um centro de comercialização da
produção, para onde acorrem compradores de toda
a região (17)
Imagem: DiogoCantareli282913 / GNU Free Documentation License
POLO FARMACOQUÍMICO
EM GOIANA - PE
Imagem: Mauro Costa / Public Domain
A escolha do ponto levou em consideração itens como:
a localização (existência da BR-101 como um facilitador para o escoamento da
produção através do Complexo Industrial Portuário de Suape ou pelo Aeroporto
Internacional Recife/Guararapes-Gilberto Freyre)
e a proximidade das capitais
nordestinas - Recife/ João Pessoa.
Também contou pontos a favor, a conjuntura harmônica dos meios físicos e bióticos,
como presença de massa vegetal nativa; relevo pouco acidentado e condições
climáticas favoráveis (baixa variação de temperatura) para esse tipo de indústria.
"O espírito, a alma, a sabedoria e a
decisão da cidade se encontram nas
leis." (Cícero)
Três Apitos – Noel Rosa
Quando o apito da fábrica de
tecidos
Vem ferir os meus ouvidos
Eu me lembro de você
Mas você anda
Sem dúvida bem zangada
Ou está interessada
Em fingir que não me vê
Você que atende ao apito de uma
chaminé de barro
Porque não atende ao grito
Tão aflito
Da buzina do meu carro
Você no inverno
Sem meias vai pro trabalho
Não faz fé no agasalho
Nem no frio você crê
Mas você é mesmo artigo que
não se imita
Quando a fábrica apita
Faz reclame de você
Nos meus olhos você lê
Que eu sofro cruelmente
Com ciúmes do gerente
Impertinente
Que dá ordens a você
Sou do sereno poeta muito
soturno
Vou virar guarda-noturno
E você sabe por que
Mas você não sabe
Que enquanto você faz pano
Faço junto ao piano
Estes versos pra você.
Referências Bibliográficas
www.diaadiaeducacao.pr.gov.br
www.mundoeducacao.com.br
www.suape.pe.gov.br
• Blog do Ânderson Pereira
• Janine Mattana Sfredo (UFSC) - janinemattana@yahoo.com.br
• Letícia Nunes Pereira (UFSC) -leticianp@hotmail.com
• Paulo Rogério Pinto de Moraes (UFSC) - pintodemoraes@yahoo.com.br
• Prof. Marcos Dalmau, Dr. (UFSC) - dalmau@cse.ufsc.br
• Wagner de Cerqueira E Francisco.
Tabela de Imagens
Slide
Autoria / Licença
2
Rodolfo E. Aristimuño / Creative
Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
3.a Autor Desconhecido / United States Public
Domain
3.b Peter grotzinger / GNU Free Documentation
License
4 Eckhard Pecher / Creative Commons AttributionShare Alike 2.5 Generic
5 Herman Heyenbrock / United States public
domain
6 Dirk Ingo Franke / Creative
Commons Attribution-Share Alike 2.0 Generic
7 Abhisek Sarda / Creative Commons Attribution
2.0 Generic
8 Anonymoususer / public domain
9
Trygvetv / GNU Free Documentation License
10 Ricardo Stuckert/PR / Creative
Commons Attribution 3.0 Brazil
11 Congvang999 / public domain
Link da Fonte
Data do
Acesso
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Maquin
a_a_vapor.JPG
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bild_Ma
schinenhalle_Escher_Wyss_1875.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Jnintern
ational3.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Fan_Ma
nufacture_Kyoto_2006.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:1890he
yenbrock.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Potsda
mer_metropolis_gerade.JPG
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:India_in
dustry.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Dollar_s
ign_(reflective_metallic).gif
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Fornyba
r_energi.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lula_e_
oper%C3%A1rios.jpg
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Chocola
te_raw_materials_used_in_the_kitchen.jpg
24/04/2012
26/04/2012
26/04/2012
26/04/2012
26/04/2012
26/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
Tabela de Imagens
Slide
Autoria / Licença
Link da Fonte
12 Jfaneves / public domain
27/04/2012
13
27/04/2012
15
17.a
17.b
18
19.a
19.b
22
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Consum
er_img02.jpg
Autor desconhecido / Public domain
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Transpo
rte.jpg
~~×α£đ~~es / GNU Free Documentation License http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cristo_d
el_Pajonalpanor%C3%A1mica_sobre_Medell%C3%ADn.jpg
Rascamelo / public domain
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Vista_in
terna_de_ind%C3%BAstria_sider%C3%BArgica.jp
g
Baytownbert / Creative Commons Attribution- http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Industry
Share Alike 3.0 Unported
_Texas.jpg
SENAComunica / Creative Commons Attribution- http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Centro_
Share Alike 3.0 Unported
Industrial_y_de_Aviaci%C3%B3n.jpg
Alex Rio Brazil / GNU Free Documentation License http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Training
_meeting_in_a_ecodesign_stainless_steel_comp
any_in_brazil.JPG
HVL / Creative Commons Attribution 3.0
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Caixas_
Unported
de_leite_da_Parmalat_em_Governador_Valadare
s_MG.JPG
Morwen / GNU Free Documentation License
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:England
_in_Great_Britain_simple.png
Data do
Acesso
27/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
27/04/2012
07/05/2012
Tabela de Imagens
Slide
Autoria / Licença
Link da Fonte
23 CIA / Bemoeial2 / Public Domain
07/05/2012
26
07/05/2012
27
28
29
30
31
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazilmap-blank.png
Jean-Baptiste Debret / Public Domain
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Debret_
-_Negros_Cangueiros.jpg
Maurício Kanno / Creative Commons Attribution- http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Propeno
Share Alike 3.0 Brazil
.JPG
Dr. Karl-Heinz Hochhaus / GNU Free
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:K%C3%
Documentation License
BChlschifffahrt_DCP_1633.JPG
C.A.Müller / Creative Commons Attribution-Share http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Comple
Alike 3.0 Unported
xo_Industrial_Portu%C3%A1rio_de_Suape.jpg
DiogoCantareli282913 / GNU Free
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Feira_d
Documentation License
e_Caruaru.jpg
Mauro Costa / Public Domain
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Goiana_
in_the_map_of_Pernambuco.JPG
Data do
Acesso
07/05/2012
07/05/2012
07/05/2012
07/05/2012
07/05/2012
Download

Os fatores de localização e distribuição das indústrias