Lição da Escola Sabatina
17 de Fevereiro de 2015
Lidar com
Conflitos
Lição da Escola Sabatina
17 de Fevereiro de 2015
Vivemos num mundo de conflitos e aparências, em que parecer é mais
importante do que ser. E nas nossas relações interpessoais reflete-se essa
realidade.
Hoje, é normal mexericar sobre a vida de um amigo; é considerado aceitável
mentir, se for por uma boa causa; As palavras deixam de ser comedidas e em
nome da frontalidade, pode-se expor, magoar a quem seja.
Deus mostra-nos que há outro tipo de relacionamentos. Em que cada ser
humano é valorizado e tido em conta. Ensina-nos a medir as palavras, chamanos à reflexão profunda antes de agir ou falar e a colocar a verdade acima
dos interesses humanos e das boas intenções.
Deus deseja que nos relacionemos com amor Cristão, deixando os
julgamentos para Ele, o único com capacidade para conhecer os nossos
corações.
Verso Áureo | Prov. 17:1
“Mais vale pão seco comido em paz do
que banquete em casa cheia de
contendas.”
PASSOS
A DAR
• Aprender a gerir conflitos.
• Compreender os passos
básicos na gestão de
conflitos.
1º
PASSO
Aprender a gerir conflitos
A. Como proceder perante o erro de um amigo?
“Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados.”
Mateus 7:2. Lembre-se de que os seus irmãos são criaturas
falíveis como você mesmo, e olhe para os seus erros e falhas
com a mesma piedade e tolerância que desejaria que eles
exercessem a seu respeito. Eles não deveriam ser vigiados e
os seus defeitos passados em revista diante do mundo para
seu próprio regozijo. Aqueles que ousam fazer isso
sentaram-se na cadeira do juiz e fizeram-se a si mesmos
juízes, enquanto negligenciaram o jardim do próprio coração
e permitiram que ervas venenosas crescessem
exuberantemente. Individualmente, temos um caso pendente
no tribunal divino. O caráter está a ser pesado nas balanças
…
A. Como proceder perante o erro de um amigo?
… do santuário e deveria ser o desejo sincero de todos
andar humilde e zelosamente, temendo que, por
negligência, parem de deixar brilhar a sua luz no mundo,
tenham falta da graça de Deus e percam tudo o que
realmente vale a pena. Todas as dissensões, diferenças e
críticas deveriam ser postas de lado, com toda a
maledicência e amargura. Bondade, amor e compaixão de
uns para com os outros, devem ser acalentados, para que a
oração de Cristo, a fim de que os Seus discípulos pudessem
ser um como Ele é com o Pai, possa ser respondida. A
harmonia e a unidade da Igreja são as credenciais que eles
devem apresentar ao mundo de que Cristo é o Filho de Deus.
A conversão genuína levará sempre ao amor verdadeiro por
Jesus e por todos aqueles por quem Ele morreu.
-Testemunhos Para a Igreja, vol. 5, pp. 278 e 279.
B. A justiça e a compaixão devem estar presentes em qualquer resolução de
conflitos do Cristão. Como se desenvolve estes conceitos?
Assim como o arco nas nuvens é formado pela união da luz solar
e da chuva, também o arco-íris que circunda o trono representa o
poder conjunto da misericórdia e da justiça. Não é só a justiça
que deve ser mantida; pois isto apagaria a glória do arco-íris da
promessa sobre o trono; os homens poderiam ver apenas a
penalidade da Lei. Se não houvesse justiça nem punição, não
haveria estabilidade para o governo de Deus. É a mistura de juízo
e misericórdia que torna a Salvação completa. ...
A misericórdia convida-nos a entrar pelas portas na cidade de
Deus, e a justiça compraz-se em conceder a cada pessoa
obediente amplos privilégios como membro da família real, filho
do Rei celestial. Se fôssemos defeituosos no caráter, não
poderíamos passar pelas portas que a misericórdia abriu
para os obedientes; pois a justiça permanece junto à
entrada, e exige santidade de todos os que desejam
ver Deus. – Maranata, o Senhor Vem (Meditações
Matinais, 1977), p. 326.
2º
PASSO
Compreender os passos
básicos na gestão de conflitos
A. Que importância tem pensar antes de falar, na gestão de conflitos? E a
mentira tem lugar em alguma circunstância?
Devem aprender a ver com o entendimento, assim como com
os vossos olhos. Devem educar o vosso discernimento de
maneira a não ficar enfraquecido e ineficiente. Devem orar
pedindo orientação, e entregar o vosso caminho ao Senhor.
Precisam de cerrar o coração contra toda a loucura e pecado,
e abri-lo a toda a influência celestial. Devem aproveitar ao
máximo o vosso tempo e oportunidades, a fim de desenvolver
um caráter simétrico. - Filhos e Filhas de Deus (Meditações
Matinais, 1956), p. 283.
“O remanescente de Israel não cometerá iniquidade, nem
proferirá mentira, e na sua boca não se achará língua
enganosa; porque serão apascentados, deitar-se-ão,
e não haverá quem os espante.” Sof. 3:13.
B. Tendo em conta que só Deus conhece todos os ângulos de um conflito, qual
deve de ser a minha atitude perante qualquer circunstância?
Devem aprender a ver com o entendimento, assim como
com os vossos olhos. Devem educar o vosso discernimento
de maneira a não ficar enfraquecido e ineficiente. Devem
orar pedindo orientação, e entregar o vosso caminho ao
Senhor. Precisam de cerrar o coração contra toda a loucura
e pecado, e abri-lo a toda a influência celestial. Devem
aproveitar ao máximo o vosso tempo e oportunidades, a fim
de desenvolver um caráter simétrico. - Filhos e Filhas de
Deus (Meditações Matinais, 1956), p. 283.
Os relacionamentos humanos
constroem-se sobre palavras.
Estamos constantemente a dizer
palavras uns aos outros para indicar
a natureza dos nossos
relacionamentos. As palavras iradas
de discórdia e as mentiras indicam
um relacionamento desfeito.
Palavras corteses de verdade e
encorajamento indicam um
relacionamento em crescimento.
Lição da Escola Sabatina
17 de Fevereiro de 2015
Vivemos num mundo de conflitos e aparências, em que parecer é mais
importante do que ser. E nas nossas relações interpessoais reflete-se essa
realidade.
Hoje, é normal mexericar sobre a vida de um amigo; é considerado
aceitável mentir, se for por uma boa causa; As palavras deixam de ser
comedidas e em nome da frontalidade, pode-se expor, magoar a quem seja.
Deus mostra-nos que há outro tipo de relacionamentos. Em que cada ser
humano é valorizado e tido em conta. Ensina-nos a medir as palavras,
chama-nos à reflexão profunda antes de agir ou falar e a colocar a verdade
acima dos interesses humanos e das boas intenções.
Deus deseja que nos relacionemos com amor Cristão, deixando os
julgamentos para Ele, o único com capacidade para conhecer os nossos
corações.
Aplicação:
Como é que esta lição, sobre como lidar com conflitos, pode afetar hoje
a minha vida?
• Deixar de fazer mexericos acerca da vida dos
outros, mas tratar a todos com justiça e
compaixão
• Compreender que apenas Deus conhece os
corações e por isso apenas Ele pode julgar cada
Homem.
Plano:
Como é que posso usar esta lição, sobre como lidar com conflitos,
durante a próxima semana?
• Vigiar a minha boca e os meus pensamentos
para não falar ou pensar mal de ninguém
• Pedir a ajuda de Deus para me dirigir sempre
(sejam quais forem as circunstâncias), com
amor, justiça e compaixão
Verdade a Reter
Que mudanças preciso de fazer na minha vida?
Que princípio bíblico da
lição podemos usar hoje?
Verdade a Reter
Que mudanças preciso de fazer na minha vida?
Vamos tomar essa decisão!
PRINCÍPIO
A resolução de
conflitos deve
ser sempre
baseada no
caráter de
Cristo
APLICAÇÃO
1. Amor,
compaixão e
justiça são a chave
2. Deus é o único
com capacidade
para julgar
intenções
PROBLEMA
Muitas vezes
deixamos que
a forma de
agir mundana
reja as nossas
atitudes em
vez da Cristã
DECISÃO
Entregar a Deus
todos os conflitos
com que me
depare e deixar
que seja o Seu
método a
prevalecer
Download

PPT - Evangelismo