CENÁRIOS PARA A
PECUÁRIA DE LEITE
Paulo do Carmo Martins
Economista (UFJF).
Mestre Economia Aplicada (UFV)
Doutor Economia Aplicada(USP/Esalq)
Vitória, 13 de julho de 2009
AGENDA
Tendências do Mercado Lácteos
Produção
Consumo
AGENDA
Tendências do Mercado Lácteos
Produção
Consumo
Tendências Setor de Produção
Preço da terra sobe no
mundo, principalmente nos
países exportadores de leite
Preço da Terra, variação percentual, valores
nominais. Série 1996-2005.
Fonte: Hemme et al (2007) - IFCN Dairy
Disponibilidade de Terras (milhões de hectares).
900
Pastagens e áreas não utilizadas
800
Agricultura
700
121
600
500
576
601
400
300
126
105
200
100
49
0
África
América Latina
Fonte: FAO. Elaboração: Embrapa Gado de Leite.
Ásia
América do
Norte
Europa
Oceania
Tendências Setor de Produção
Alimentação animal é cara
nos países que participam
do mercado lácteo
Preço da alimentação animal (US$/100 kg). 2005.
Feed price in US-$/100 kg
2006
0 <= 15
>15 <= 20
>20 <= 35
>35 <= 50
no data
Fonte: IFCN Dairy - Embrapa Gado de Leite
Custo da produção de Leite. US$/litro. 2006.
ATÉ 0,16 US$
Argentina, Austrália, Camarões, Índia, Paquistão, Ucrânia, Uganda,
0,16 – 0,31 US$
África do Sul, Austrália, Bangladesh, Brasil, Bulgária, Chile,
China, Índia, Irlanda, Israel, Nova Zelândia, Índia,
Paquistão, Peru, Rep.Tcheca,Turquia, Ucrânia, Uganda
0,31– 0,40 US$
Alemanha, Áustria, Bulgária, Espanha, Irlanda, Israel, Marrocos,
México, Polônia, Reino Unido, Rep. Tcheca, Suécia
0,40 US$ ou mais
Alemanha, Áustria, Canadá, Dinamarca, França, Finlândia, Holanda,
Itália, Luxemburgo, Noruega, Reino Unido, Suécia, Suíça,
Reino Unido, Turquia
Fonte: IFCN Dairy
Preço ao Produtor por país em relação ao Preço no
mercado mundial. 2007.
Fonte: IFCN Dairy
0
Fonte: IFCN (2007)
UA-641
38 países analisados
CH-60
NO-31
FI-60
CA-98
LU-69
IT-229
FR-60
DK-180
MX-1638
50
DE-650E
AT-40
SE-195
NL-96
UK-195
PL-65
MA-12
15
ES-105GA
Brasil
TR-15
20
IL-270
IE-98
US-350WI
ZA-366
PE-15
BR-50RS
45
CN-1000
NZ-610
BD-10
CZ-428
BG-34
CL-355
IN-16PU
PK-10
AU-620WA
30
BY-650 ++
35
AR-1700
55
UG-13
CM-20
US-$ per 100 kg milk ECM
Custo de Produção em 2006.
65
60
Preço de Leite na Fazenda em 2007
Mexico
40
União Européia
Preço de Leite na Fazenda em 2008USA
India
25
Ucrânia
Preço do Leite na Fazenda 1996 - 2005
10
5
Capacidade Limitada de Oferta
Perspectiva de oferta dos principais players.
Participação
no Mercado
Internacional
Projeção
28%
Sem competitividade, por custos
elevados. Produção sustentada
por subsídios.
Nova
Zelândia
25%
Limitação de terra e
Produtividade
Australia
15%
Sérios problemas ambientais
Estados
Unidos
5%
Custos elevados e produtividade
no limite
Total
73%
Países
União
Européia
Situação Brasileira:
Captação
• 2007 = crescimento formal de 7,3% com 2,9% total.
• 2008 = crescimento de 9%.
• 2009 = redução de 7% no 1º quadrimestre em relação a 2008.
Situação Brasileira:
Custos de produção
ICPLeite /Embrapa
150
147,6
145
140
136,7
135
130
• Os custos de produção
aumentaram 9,28% nos
últimos 12 meses.
• Tendência de estabilidade
com pequena redução.
Fonte: Embrapa Gado de Leite
Apr/09
Mar/09
Feb/09
Jan/09
Dec/08
Nov/08
Oct/08
Sep/08
Aug/08
Jul/08
Jun/08
May/08
125
Grupos de custos
Mão de obra
Volumosos
Concentrado
Sal Mineral
Sanidade
Qualidade do leite
Reprodução
Energia e combustível
ICPLeite/Embrapa
Pesos
8,5
21,0
57,5
2,2
4,4
1,2
1,5
3,6
100,0
Situação Brasileira:
Relação de troca
180
160
ICPLeite/Embrapa
Preço leite ao produtor
IRT (IPR/IPP)
Paridade
140
160
120
150
100
140
80
130
60
120
40
110
(Relação de troca; Paridade)
(ICPLeite; Preço ao produtor)
170
20
100
0
abr/06
mai/06
jun/06
jul/06
ago/06
set/06
out/06
nov/06
dez/06
jan/07
fev/07
mar/07
abr/07
mai/07
jun/07
jul/07
ago/07
set/07
out/07
nov/07
dez/07
jan/08
fev/08
mar/08
abr/08
mai/08
jun/08
jul/08
ago/08
set/08
out/08
nov/08
dez/08
jan/09
fev/09
mar/09
abr/09
90
Fonte: Glauco Carvalho / Embrapa Gado de Leite
• A relação de troca tornou-se desfavorável ao produtor a partir de set./2008,
mas apresenta tendência de recuperação com estabilidade nos custos e
aumento no preço do leite.
R$/litro
Situação Brasileira:
Preços
0,88
0,86
0,84
0,82
0,80
0,78
0,76
0,74
0,72
0,70
0,68
0,66
0,64
0,62
0,60
0,58
0,56
0,54
0,52
0,50
0,48
0,46
0,44
0,42
2007
2008
Média
2001 a 2008
2009
2006
JAN
FEV
MAR
ABR
MAI
JUN
JUL
AGO
SET
OUT
NOV
DEZ
• Preços internos apresentaram retração a partir de junho 08, estabilidade de
novembro a fevereiro e em ascensão a partir daí, porém, sempre acima da média.
• Razões para a recente alta:
i) redução na oferta;
ii) mercado doméstico aquecido;
iii) febre do UHT com busca frenética de ocupação do espaço deixado por Nilza e
Parmalat.
AGENDA
Tendências do Mercado Lácteos
Produção
Consumo
Tendências do Consumo
Consumo mundial
continuará a crescer, ainda
que afetado pela recessão
mundial
Crescimento anual do consumo de leite .
País
Crescimento Anual (%)
China
15
Indonésia
14
Filipinas
12,5
América Latina
11
Leste Europeu
07
África
05
Tailândia
05
América do Norte
03
Europa Oriental
03
Projeção de Produção e Consumo de Leite.
Crescimento da Demanda
Produção e Consumo de Leite Projetados (em Bilhões de litros)
754
717
688
659
634
1
2006
675
2008
2010
Oferta
Mundial
34
20
13
5
654
697
2012
Crescimento na Ásia
720
2014
Consumo de
Produtos Lácteos
Programas de Ajuda
Alimentar
Deficit Mundial
Comércio Mundial de
40 bilhões de Litros
Consumo Per Capita de Lacteos (kg/ano). 2004.
Fonte: IFCN 2008 - Resultados preliminares
Variação Percentual no Consumo Anual por país.
2002 - 2007 (litros).
Fonte: IFCN 2008 - Resultados preliminares
PIB Per Capita (US$ mil).
Fonte: FAO( Banco de dados da Embrapa Gado de Leite)
Distribuição Percentual da População por Classe de
Consumo.
Classe A e B
Classe C
Classes D e E
2005
2007
Leite Fluido Consumo Per Capita – 2007 (litros).
Fonte: USDA ( Banco de dados da Embrapa Gado de Leite)
Queijo Consumo Per Capita – 2007 (kg).
Fonte: USDA ( Banco de dados da Embrapa Gado de Leite)
Mas...
Produção nacional cresce
mais que o consumo,
exigindo exportação
Produção de Leite Per Capita e PIB Per Capita.
Brasil. 1991 -2006 (litros).
Produção
PIB Per
Capita
Taxas de Crescimento Anual de Produção e Consumo
Per Capita por períodos (litros). Brasil.
Período
Variação Anual (%)
Entre 1980
Produção
3,5% ao ano
e 2005
Consumo
3,5 % ao ano
Entre 1990
Produção
3,8 % ao ano
e 2005
Consumo
3,2 % ao ano
Entre 2000
Produção
4,2% ao ano
e 2005
Consumo
2,6 % ao ano
Fonte: Embrapa Gado de Leite
Crescimento da População
(milhões)
Crescimento da População
(%)
72%
58%
35%
19%
7%
1950 1970 1990 2010 2030 2050
1950 1970 1990 2010 2030 2050
Evolução Etária da População Brasileira (%).
43
41
39
36
30
26
19
15
21
17
8
5
1950
2000
2030
Evolução Etária da População Brasileira (%).
40 anos ou mais
Até 39 anos
1950
2000
2030
Situação Brasileira:
Preços no varejo
Variação % de preços no varejo
(jan./08 a abril/09)
Fonte: IBGE, Elaboração Embrapa
O Mercado lácteo mundial:
Preços internacionais
Fonte: USDA (report 19)
O Mercado lácteo mundial:
Leilões Fonterra
Fonte: Global Dairy Trade/Fonterra
Balança comercial de lácteos
• A balança comercial de lácteos era positiva até o final de 2008.
• De jan. a maio de 2009 o Brasil apresentou um déficit de U$ 20
milhões ou 21,4 mil toneladas na balança comercial de lácteos.
Exportações brasileiras por destino
2007
2008
(US$ 299,6 milhões)
(US$ 541,5 milhões)
Argélia
18%
Angola
2%
Sudão
2%
Cuba
5%
Argentina
3%
Sudão
3%
Cuba
2%
Fonte: AgroStat Brasil
Elaboração: SRI/MAPA
Argélia
4%
Angola
3%
Senegal
4%
Venezuela
22%
Senegal
4%
Argentina
2%
Outros
47%
Venezuela
58%
Outros
21%
O Mercado lácteo mundial:
Preços internacionais
- Com a utilização dos preços atuais, o Brasil possui hoje um dos
maiores preços pagos ao produtor em todo o mundo.
O Mercado lácteo mundial:
Variação cambial entre exportadores
- O Real foi a moeda que mais valorizou (17%) desde o início do ano
entre os países exportadores de lácteos, contra 6% do NZD e 9% do
Peso Argentino.
Fatores que levaram o Brasil a voltar a ter
déficit na Balança Comercial de láctoes
• Preço da matéria prima nacional está entre as mais caras do
mundo = precisamos trabalhar melhoria de produtividade com
rentabilidade.
• Valorização do Real frente ao Dólar somente em 2009 foi de
17%, a maior entre os países produtores de lácteos.
• Difícil reequilíbrio de mercado com recuperação dos preços
internacionais devido à volta dos subsídios nos EUA e UE.
• Não fosse o licenciamento não automático para importações do
Mercosul e as altas alíquotas impostas para 3os países,
estaríamos importando muito mais.
Paulo
Martins
pcmar@terra.com.br
Download

Custos de produção - wandersonandrade.com